Lição 3 O testemunho apostólico

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lição 3 O testemunho apostólico"

Transcrição

1 Lição 3 O testemunho apostólico Texto bíblico: Gálatas Texto áureo: 2Timóteo 1.8 Neste estudo, abordaremos um depoimento pessoal de Paulo, o apóstolo dos gentios (Ef 3.8; 1Tm 2.7). Interessa-nos, principalmente, destacar a fonte, a natureza e os desdobramentos desse testemunho apostólico, procurando, assim, estabelecer uma relação com a proclamação da igreja de Cristo, hoje. A fonte do testemunho apostólico É muito importante o destaque dado por Paulo à origem de seu apostolado, por dois motivos: (1) primeiro, para esclarecer que ele não traz uma mensagem nova, mas, simplesmente, passa a mensagem divina adiante. Ao cumprir sua missão, Paulo tornou-se o principal intérprete das profecias messiânicas do Antigo Testamento (1Tm 1.15). (2) segundo, para defender-se daqueles que procuravam denegrir sua imagem e seu testemunho perante a igreja (Gl 5.11). Esses opositores induziam os gálatas ao erro, movidos por inveja e sentimento faccioso (Gl 5.26). Portanto, ao apelar para a revelação de Jesus Cristo como a fonte do seu testemunho (Gl 1.1,12; 1Co 9.1), o grande mestre cristão desnuda seus opositores. Nenhum deles havia passado pela experiência do encontro com o Salvador e, por essa razão, não andam na verdade do evangelho (Gl 2.5). O fator que sobressai no apostolado de Paulo é a graça soberana de Deus por intermédio de Cristo (Gl 1.12,15). A revelação de Jesus causou não apenas a radical conversão de Paulo pelo abandono da atitude extremista farisaica (At 26.11; Fp 3.4-6) mas também sua consequente vocação para pregar aos gentios (At 9.15; Gl 1.16).

2 Nossa fonte de revelação, hoje O mesmo evangelho da livre graça que fora dado a Paulo, por revelação direta da parte de Jesus Cristo 1, encontra-se disponível à igreja, hoje. Não nos referimos com isso às revelações especiais que suscitam os apostolados modernos, mas tão somente à revelação do mistério da fé, que é Cristo, esperança da glória (Cl 1.26,27). Portanto, a fonte divina do testemunho da igreja ao mundo é a palavra da verdade, o evangelho da salvação (Ef 1.13). Por meio das Boas-Novas, descortina-se o eterno propósito divino, pelo sangue de Cristo, de oferecer ao mundo a redenção, segundo a riqueza da sua graça (Ef 1.7-9). O desvendar do mistério do evangelho, pelo testemunho da pregação, apresenta as implicações seguintes: suscita, da parte da igreja, a vigilância em oração com o intuito de encorajar os mensageiros diante da qualquer resistência (Ef 6.18,19; Cl 4.3); exige a exposição profética das Sagradas Escrituras e uma resposta de fé da parte dos ouvintes (Rm 16.25,26). Como podemos intensificar nossa relação com a Bíblia Sagrada, fonte inesgotável de vida e de salvação? De que maneira podemos estimular a oração pelo pastor e demais pregadores do evangelho na igreja? A natureza do testemunho apostólico O que podemos depreender da atividade apostólica em o Novo Testamento? Que significados podem ser extraídos da expressão apóstolo? Dentre os sentidos do termo apóstolo, destacam-se as definições seguintes: (1) alguém escolhido para levar uma mensagem; (2) alguém enviado por outrem com uma mensagem a transmitir; 1 GUNDRY, Robert H. Panorama do Novo Testamento. São Paulo: Vida Nova, 1981, p. 293

3 (3) alguém que recebeu uma comissão diretamente de Deus para representá-lo. Em Gálatas 1.17, Paulo fala dos primeiros apóstolos. Foram homens nomeados e treinados por Jesus para dar continuidade à sua missão redentora (At ). Entre os principais deveres apostólicos estavam a pregação (At 4.33; 1Co 1.17), o ensino (2Pe 3.2; Mc 6.30) e a administração da igreja 2 (At ; 15.6,22; 16.4). O evento que desencadeia o testemunho apostólico é o encontro com o Senhor ressurreto (1Co 15.6,7) fato, inclusive, alegado por Paulo (1Co 15.8). A ênfase dada a essa tarefa testemunhal leva Paulo a designar alguns de seus cooperadores como apóstolos 3, não como termo técnico, mas como mensageiros autorizados do evangelho (2Co 8.23; Fp 2.25; Rm 16.7). Quais os desdobramentos da ressurreição do Senhor Jesus para o testemunho cristão? (Rm 1.4; 1Pe 1.3) Nosso testemunho, hoje No Brasil, em anos recentes, o termo apóstolo vem sendo retomado por grupos neopentecostais de diferentes denominações. Essas instituições alegam que seus apóstolos e apóstolas pertencem à mesma linha sucessória que se desenvolveu nos primórdios da igreja primitiva. Afirmam, também, que seu ministério é resgatar para a igreja a sua verdadeira vocação e missão, a partir do que denominam um genuíno mover de Deus 4. Nós, batistas, não cremos nesse conceito caricato de uma igreja que precisa ser resgatada. Ela é e continuará sendo coluna e esteio da verdade (1Tm 3.15b). Seu resgate deu-se pelo sacrifício eficaz de Jesus, na cruz (Mc 10.45). 2 HARRISON, E.F. Artigo Apóstolo, apostolado. (in: Enciclopédia histórico-teológica da igreja cristã. São Paulo: Vida Nova, 1993, Vol. I, p. 103). 3 O termo grego traduzido como mensageiros em 2Coríntios 8.23 e Filipenses 2.25 é apóstolos. 4

4 Também não cremos em sucessão apostólica, pois não foi essa a ênfase de Jesus, ao indicar aqueles que dariam continuidade à sua missão. Os apóstolos foram escolhidos para salvaguardar a mensagem do evangelho autêntico. Neste anúncio, eles transmitiram, da parte de Deus e de seu Filho Jesus, o testemunho que deu forma e dinâmica ao corpo de Cristo (1Co 15.22). Qual tem sido a ênfase dos ministérios eclesiásticos em nossos dias? Tem-se enfatizado a mensagem, ou o mensageiro? O conteúdo evangélico, ou estratagemas humanos? A confirmação do testemunho apostólico Demonstrações de poder e grandes sinais seguiram os atos dos apóstolos de Jesus. Esses milagres incluíam a expulsão de demônios e a cura de enfermos, sempre acompanhando a pregação do evangelho (At 2.43; 2Co12.12; Hb 2.3b,4). Dessa forma, confirmava-se diante de todos a realidade da comissão divina. Em Gálatas, entretanto, o apostolado de Paulo ressalta outros dois fatores comprobatórios da validade de seu testemunho, os quais passamos a considerar: 1) Sua nova vida em Cristo, confirmada pelos demais cristãos O ponto de partida para testemunho do evangelho de Cristo é a cidade de Jerusalém, que constituía a base do culto judaico e o berço da igreja cristã. Nessa cidade, Paulo relata seu encontro com os apóstolos Pedro e Tiago, o irmão do Senhor (Gl 1.18,19), e afirma que se deu a conhecer aos cristãos que ali viviam (Gl 1.22). Sua reputação como pregador do evangelho havia se espalhado rapidamente e a igreja glorificava a Deus por esse redirecionamento (Gl 1.24). Quando aprouve a Deus (Gl 1.15a), o perseguidor passou a ser perseguido; o destruidor de vidas passou a edificá-las (Gl 1.23). Todos reconheceram a

5 mudança na vida do mais voraz perseguidor da igreja, pois, em favor da salvação pela graça, Paulo abriu mão de tudo por amor a Jesus Cristo (Fp 3.8). Essa é a mais importante evidência na vida de um pregador. 2) As vidas transformadas, em decorrência da sua pregação Paulo esperava que sua conversão fosse um paradigma para os cristãos da Galácia (Gl 4.12), pois a segunda evidência que confirma seu testemunho apostólico é a transformação na vida dos ouvintes da mensagem cristã. Dentre os muito exemplos bíblicos, dois sobressaem: a vida de Tito, companheiro de Paulo e seu filho na fé, que é descrito por ele como o irmão cujo louvor no evangelho está espalhado por todas as igrejas (2 Co 8.18); os cristãos da igreja em Corinto. Paulo ressalta que os efeitos da pregação ali demonstram, conclusivamente, a validade da mensagem que lhes fora pregada (2Co 1.6). O impacto deixado por Cristo em nossa vida é perceptível à sociedade? Conselhos úteis A igreja não reproduz apóstolos, simplesmente permanece fiel à doutrina apostólica (At 2.42; Tt 1.9), a fim de oferecer ao mundo o testemunho de Deus (At 4.33; 1Co 2.1). Assim é que os discípulos de Jesus tornam-se embaixadores de Cristo (2Co 5.20a) e, dessa forma, cumprem com autenticidade sua vocação missionária (1Pe 2.9). Não devemos e não podemos nos envergonhar do testemunho do Senhor, apesar das provas e tribulações deste mundo. Pelo contrário, estimulados pelo poder do Espírito, lutemos em favor do evangelho e ofereçamos um modelo digno de ser seguido, para a honra e glória do nosso Deus (2Tm 1.8).

6 Lição 3 O testemunho apostólico Leituras diárias Segunda Lucas Terça Mateus Quarta Atos Quinta Atos Sexta Atos Sábado Atos Domingo 1Coríntios

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério terreno do Nosso Senhor

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

Lição 4 A universalidade do evangelho

Lição 4 A universalidade do evangelho Lição 4 A universalidade do evangelho Texto bíblico: Gálatas 2.1-10 Texto áureo: Mateus 24.14 As últimas instruções do Cristo ressurreto aos discípulos, antes de ascender aos céus, sugere à missão cristã

Leia mais

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 História da Igreja Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 1. O que é a Igreja? É um edifício construído com pedras vivas. Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes

Leia mais

Planejamento. 1. Introdução 2. Painel Histórico 3. Painel dos Livros 4. Painel Geográfico 5. Painel Temático

Planejamento. 1. Introdução 2. Painel Histórico 3. Painel dos Livros 4. Painel Geográfico 5. Painel Temático NOVO TESTAMENTO Planejamento 1. Introdução 2. Painel Histórico 3. Painel dos Livros 4. Painel Geográfico 5. Painel Temático Introdução Fatores que favoreceram ao Ministério de Jesus Língua e cultura globalizadas

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

O Novo Testamento reivindica inspiração divina

O Novo Testamento reivindica inspiração divina O Novo Testamento reivindica inspiração divina Temos 2 fatores que comprovam a inspiração divina do Novo Testamento: A promessa de Jesus de que o Espírito Santo guiaria os discípulos a toda verdade; Cumprimento

Leia mais

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM FÉ: Primeiro você coloca o pé, depois Deus coloca o chão. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM Para muitos, a

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Era o ano 58 dc. Paulo estava em Corinto, pensando em sua próxima jornada missionária. Agora sua mente se concentraria em Jerusalém, Roma e Espanha.

Era o ano 58 dc. Paulo estava em Corinto, pensando em sua próxima jornada missionária. Agora sua mente se concentraria em Jerusalém, Roma e Espanha. Era o ano 58 dc. Paulo estava em Corinto, pensando em sua próxima jornada missionária. Agora sua mente se concentraria em Jerusalém, Roma e Espanha. A comunidade cristã de Roma era composta de conversos

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Tema missiológico comum: Reino de Deus Mais de 70 vezes é referido por Jesus nos Evangelhos O tema destaca-se do começo ao

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DECLARAÇÃO DE FÉ CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DAI-AMTB Departamento de Assuntos Indígenas, Associação de Missões Transculturais Brasileiras Campo Grande, MS: 2016

Leia mais

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

Reivindicações específicas para a inspiração do Novo Testamento

Reivindicações específicas para a inspiração do Novo Testamento Reivindicações específicas para a inspiração do Novo Testamento Orientação no ensino Não foram só aos apóstolos foi prometida a orientação do Espírito Santo em sua pregação sobre Jesus, mas eles também

Leia mais

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano. O No capítulo 15 da carta aos Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. O Paulo escreve a carta aos Romanos visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO]

ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO] OS DONS ESPIRITUAIS ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO] Êx 18.13-27; At 27.11; 1Co 12.28, Entender os objetivos a curto e a longo prazo de uma determinada parte do trabalho da igreja e elaborar planos eficientes

Leia mais

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus (At 4:13). 1. Que venhamos a conhecer a história e as

Leia mais

Ser e estar na igreja

Ser e estar na igreja Ser e estar na igreja Segundo a Revista Época de 25 de maio de 2009 estima-se que em 2020 50% da população brasileira poderá ser evangélica. E se a previsão se cumprir, o aumento no número de fiéis ajudará

Leia mais

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10)

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) ROMANOS AULA 1 A REVELAÇÃO E A APLICAÇÃO DA JUSTIÇA DE DEUS Professor: Vlademir Hernandes vlademir@ibcu.org.br 1 2 Objetivos do Curso Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) Conhecimento frutífero Capacitação

Leia mais

A TRANSMISSÃO DA REVELAÇÃO DIVINA Catequese com adultos Chave de Bronze

A TRANSMISSÃO DA REVELAÇÃO DIVINA Catequese com adultos Chave de Bronze A TRANSMISSÃO DA REVELAÇÃO DIVINA 12-11-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze Semana Passada Transmitir 1.enviar de um lugar a outro 2. fazer chegar a; conduzir; transportar 3. transferir para

Leia mais

Dinâmica e estrutura do discipulado. Ademir Ifanger

Dinâmica e estrutura do discipulado. Ademir Ifanger Dinâmica e estrutura do discipulado Ide, pregai o evangelho e fazei discípulos, constitui a essência do mandato de Jesus Cristo. Existem duas razões fundamentais no discipulado cristão: 1. Levar o discípulo

Leia mais

- A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios.

- A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios. INTRODUÇÃO LIÇÃO 3 IGREJA, AGÊNCIA EVANGELIZADORA - A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios. - A igreja existe para dizer ao mundo que Jesus

Leia mais

LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 A SEGUNDA VINDA DE CRISTO O ARREBATAMENTO DA IGREJA Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O ARREBATAMENTO DA IGREJA O arrebatamento da igreja do Senhor Jesus, será o mais extraordinário

Leia mais

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O MINISTÉRIO TRÍPLICE DE JESUS Jesus Cristo em seu ministério tríplice pregou, curou e ensinou, mas o ensino foi a atividade mais

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

HOMILÉTICA. Roney Ricardo. Site Teologia & Discernimento

HOMILÉTICA. Roney Ricardo. Site Teologia & Discernimento HOMILÉTICA Roney Ricardo roneyricardoteologia@gmail.com REFLEXÃO O Deus Todo-Poderoso tinha apenas um Filho, e este tornou-se pregador Anônimo DEFINIÇÃO O termo Homilética vem do grego e significa homiletike,

Leia mais

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

Slide 2

Slide 2 ( ) Na atualidade dos dons espirituais distribuídos pelo Espírito Santo à Igreja para sua edificação, conforme Sua soberana vontade para o que for útil (I Co.12:1-12). www.portalebd.org.br Slide 2 O Uma

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

A AUTORIDADE E O EVANGELHO DE PAULO

A AUTORIDADE E O EVANGELHO DE PAULO A AUTORIDADE E O EVANGELHO DE PAULO Lição 2 para 8 de julho de 2017 Embora as cartas de Paulo fossem tidas como inspiradas por Deus, nem todos estavam de acordo com isto. Alguns irmãos na região de Galácia

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

Sumário. O propósito de Atos A obra missionária é a prioridade da igreja O Espírito Santo é o executivo da obra missionária...

Sumário. O propósito de Atos A obra missionária é a prioridade da igreja O Espírito Santo é o executivo da obra missionária... Sumário O propósito de Atos...17 Primeiro princípio A obra missionária é a prioridade da igreja...31 Segundo princípio O Espírito Santo é o executivo da obra missionária...39 Terceiro princípio A oração

Leia mais

Guia de Jornada Cristã

Guia de Jornada Cristã 1 Ao receber este Guia de Jornada Cristã, está a receber a seu pedido material de carácter espiritual, o qual esperamos que lhe sirva para crescimento espiritual. Este guia divide-se em 3 partes: A primeira

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

O CONCEITO DOS DONS ESPIRITUAIS

O CONCEITO DOS DONS ESPIRITUAIS ECLESIOLOGIA AULA V JESUS CRISTO COMO CABEÇA DA IGREJA DISTRIBUI AOS MEMBROS DO CORPO, DONS, RESPONSABILIDADES E MINISTÉRIOS, PARA EDIFICAÇÃO UNS DOS OUTROS E PARA CRESCIMENTO. Definição de Dons Os dons

Leia mais

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ Material Estudo Bíblico Parte I Apresentação Pe Antônio 24/08 A BÍBLIA SAGRADA Palavra de Deus. Deus fala ao seu povo Deus se revela, se manifesta, intervém

Leia mais

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Lição 10 A liberdade em Cristo

Lição 10 A liberdade em Cristo Lição 10 A liberdade em Cristo Texto bíblico: Gálatas 4.1-11; 5.1-15 Nesta lição, desvendaremos o segredo para viver livres, a norma e o propósito da liberdade alcançada em Cristo. A partir dos capítulos

Leia mais

Teologia Bíblica de Missões SEFO 2013

Teologia Bíblica de Missões SEFO 2013 Teologia Bíblica de Missões SEFO 2013 2 ª Aula Fabio Codo Fábio Codo - http://teologiaaservicoevangelho.wordpress.com Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes

Leia mais

Acesso ao Jesus da História

Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

LIÇÃO de junho a 01 de julho

LIÇÃO de junho a 01 de julho Paulo: apóstolo dos gentios 01 VERSO PARA MEMORIZAR: "Ouvindo isso, não apresentaram mais objeções e louvaram a Deus, dizendo: 'Então, Deus concedeu arrependimento para a vida até mesmo aos gentios!'"

Leia mais

EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO:

EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO: EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO: Entender que a tarefa de evangelizar exige tanto esforços pessoais como de grupos organizados, no sentido de ganhar convertidos para Cristo; Desenvolver uma cooperação mais de

Leia mais

Temas vistos até aqui

Temas vistos até aqui O Magnífico Espírito Santo de Deus AULA 5 Professor: Vlademir Hernandes IBCU - Escola Bíblica Out / Nov - 2013 O ESPÍRITO SANTO E O SENHOR JESUS CRISTO PARTE 2 A sinergia e interação entre eles A simbologia

Leia mais

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre

Maria e o mistério de Cristo. Prof. Thiago Onofre Maria e o mistério de Cristo Prof. Thiago Onofre A realidade da Encarnação A Encarnação do Verbo de Deus é obra do Espírito Santo; Não é vontade humana, mas divina; São Lucas apresenta Maria como mediação

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 1 Introdução Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém estes livros? Por que a Bíblia Católica contém alguns livros a mais? Por que alguns outros livros despertam o interesse

Leia mais

EJC agosto por Simão P. S. Santos.

EJC agosto por Simão P. S. Santos. EJC agosto 2014 por Simão P. S. Santos simsantos@gmail.com 34 Cristo morreu pelos meus pecados segundo as Escrituras (1 Co. 15:3) Glória eterna com Cristo Um homem com LEGADO O que é transmitido

Leia mais

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático O Reino de Deus Estudo Bíblico e Sistemático Antigo Testamento Sl 103.19 Deus é visto como o rei da criação, tendo domínio sobre todos os aspectos da criação (inanimados, animados e humanos). Ao criar

Leia mais

LIÇÃO de setembro a 7 de outubro

LIÇÃO de setembro a 7 de outubro O apóstolo Paulo em Roma 01 VERSO PARA MEMORIZAR: Primeiramente, dou graças a meu Deus, mediante Jesus Cristo, no tocante a todos vós, porque, em todo o mundo, é proclamada a vossa fá (Rm 1:8) 30 de setembro

Leia mais

Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9. Lição 25 A identidade da Igreja Lição 28 As celebrações da Igreja Batismo nas Águas...

Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9. Lição 25 A identidade da Igreja Lição 28 As celebrações da Igreja Batismo nas Águas... SUMÁRIO Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9 Lição 25 A identidade da Igreja... 10 Lição 26 As marcas da Igreja... 15 Lição 27 Os ministérios da Igreja...19 Lição 28 As celebrações da Igreja

Leia mais

Escola Bíblica Dominical. Lição 01. Introdução à carta. Pb. Rodrigo da Silva Gomes 22/03/2015

Escola Bíblica Dominical. Lição 01. Introdução à carta. Pb. Rodrigo da Silva Gomes 22/03/2015 Escola Bíblica Dominical Lição 01 Introdução à carta Pb. Rodrigo da Silva Gomes 22/03/2015 Roteiro da Aula Introdução; O autor Local e data; Os destinatários; Propósitos; Roteiro da Aula Características

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Casas Abertas Estudos Diversos Batismo O batismo cristão é uma de duas ordenanças que Jesus instituiu para a igreja: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

Leia mais

LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO UM ORGANISMO VIVO A igreja é um organismo vivo e divino que prega a salvação em Jesus Cristo de modo a levar os salvos para a

Leia mais

Slide 2

Slide 2 ( ) 8. Na Igreja, que é o corpo de Cristo, coluna e firmeza da verdade, uma, santa e universal assembleia dos fiéis remidos de todas as eras e todos os lugares, chamados do mundo pelo Espírito Santo para

Leia mais

Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes

Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes foi concedida aos apóstolos e anciãos (Atos 15:22),

Leia mais

NOVO TESTAMENTO! Nome: Mateus! O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas.!

NOVO TESTAMENTO! Nome: Mateus! O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas.! NOVO TESTAMENTO Nome: Mateus Autor: Mateus, cobrador de impostos antes de ser discípulo Audiência: Judeus O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas. Esboço:

Leia mais

O batismo nas águas. Eu vos tenho batizado com água; ele, porém, vos batizará com o Espírito Santo. (Mc 1:8)

O batismo nas águas. Eu vos tenho batizado com água; ele, porém, vos batizará com o Espírito Santo. (Mc 1:8) O batismo nas águas Eu vos tenho batizado com água; ele, porém, vos batizará com o Espírito Santo. (Mc 1:8) OBJETIVO Ajudar o estudante da Escola Bíblica a entender corretamente e defender o batismo no

Leia mais

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA Lição 8 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA Pr. Marcel Mendes Filho Texto Áureo A eles quis Deus dar a conhecer entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança

Leia mais

A unção com óleo OBJETIVO

A unção com óleo OBJETIVO A unção com óleo Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se

Leia mais

Palestra by Charles Santos

Palestra by Charles Santos Palestra by Charles Santos Estrutura da Obra Parte I II III IV V VI VII Conteúdo Introdução A Doutrina da Palavra de Deus A Doutrina de Deus A Doutrina do Homem As Doutrinas de Cristo e do Espírito Santo

Leia mais

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

Edições. Biblioteca VIDA NOVA de Recursos Pedagógicos para Teologia Sistemática, de Wayne Grudem

Edições. Biblioteca VIDA NOVA de Recursos Pedagógicos para Teologia Sistemática, de Wayne Grudem Biblioteca VIDA NOVA de Recursos Pedagógicos para Teologia Sistemática, de Wayne Grudem Estrutura da Obra Parte I II III IV V VI VII Conteúdo Introdução A Doutrina da Palavra De Deus A Doutrina de Deus

Leia mais

MENSAGEM AS BENÇÃOS DE DEUS E A IGREJA. Texto - Efésios

MENSAGEM AS BENÇÃOS DE DEUS E A IGREJA. Texto - Efésios MENSAGEM AS BENÇÃOS DE Texto - Efésios 1.1-14 A Igreja de Éfeso tem dois endereços: ela é cidadã do mundo (está em Éfeso) e ela é cidadã do céu (está em Cristo). Hernandez Dias Lopes. Francis Foulkes diz

Leia mais

II TRI. LIÇÃO evange ho 13 LUCAS CRUCIFICADO E RESSURRETO

II TRI. LIÇÃO evange ho 13 LUCAS CRUCIFICADO E RESSURRETO II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 13 CRUCIFICADO E RESSURRETO VERSO PARA MEMORIZAR: quando disse: Importa que o Filho do Homem seja entregue nas mãos de pecadores, e seja crucificado, e ressuscite no

Leia mais

FILIPENSES: a humildade de Cristo como exemplo para a Igreja INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE

FILIPENSES: a humildade de Cristo como exemplo para a Igreja INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE FILIPENSES: a humildade de Cristo como exemplo para a Igreja INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE Estamos num trimestre bíblico, já que estaremos a estudar um livro das Sagradas Escrituras,

Leia mais

Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical

Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical Grade Curricular História da Igreja Formação do Estado de Israel e suas guerras Bibliologia Teologia Sistemática Básica - Doutrinas Bíblicas

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

MEDIDAS DO UNIVERSO. No original hebraico a palavra princípio no Gênesis é traduzida por Reshit, que significa

MEDIDAS DO UNIVERSO. No original hebraico a palavra princípio no Gênesis é traduzida por Reshit, que significa MEDIDAS DO UNIVERSO OBRA CRIADORA: Até aqui, as medidas que limitam o universo da Obra Criadora, segundo a física moderna, são as 4 (quatro) já conhecidas: comprimento, altura, largura e tempo. Nessas

Leia mais

A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES

A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES A MISSÃO NO SÉCULO XXI A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES Dr. ERICO T. XAVIER Os cinco textos da Grande Comissão. Mateus 28:18-20 Marcos 16:14-20 Lucas 24:44-53 João 20:19-23 Atos 1:8 Repetiu

Leia mais

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4).

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). Leitura: Romanos 12.1-8 Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). O plano é perfeito e inclui a salvação em Cristo (2 Ts 2.13) e a capacitação para lhe servirmos (2

Leia mais

CURSO BÁSICO DE HOMILÉTICA

CURSO BÁSICO DE HOMILÉTICA CURSO BÁSICO DE HOMILÉTICA É o estudo que capacita o mensageiro a preparar e transmitir um sermão baseado na Palavra de Deus. 1 - A importância da homilética na pregação. 2 - A mensagem genuinamente bíblica.

Leia mais

O poder transformador da Palavra de Deus

O poder transformador da Palavra de Deus Introdução Transformado pelo evangelho, o poder de Deus, passando de irrepreensível quanto à justiça que há na lei (Fp 3.6) a ser o principal dos pecadores (1Tm 1.15), Paulo ao desenvolver o seu ministério

Leia mais

LIÇÃO 13 UM CHAMADO PARA EVANGELIZAR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 13 UM CHAMADO PARA EVANGELIZAR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 13 UM CHAMADO PARA EVANGELIZAR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A MISSÃO DE EVANGELIZAR O discípulo de Cristo tem a nobre missão de evangelizar o mundo proclamando a Palavra de Deus

Leia mais

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO A Bíblia retrata a igreja como

Leia mais

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1)

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) APÓSTOLO PAULO Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para

Leia mais

A Oração. Egmon Pereira. 23 de Agosto de Igreja Presbiteriana do Brasil. A Oração. Egmon Pereira. Texto Bíblico. Introdução.

A Oração. Egmon Pereira. 23 de Agosto de Igreja Presbiteriana do Brasil. A Oração. Egmon Pereira. Texto Bíblico. Introdução. Igreja Presbiteriana do Brasil 23 de Agosto de 2016 Mateus 6.5-15 5 E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos

Leia mais

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O DIA DO SENHOR EM TODAS AS ÉPOCAS O dia do Senhor representou para Judá e Israel um severo julgamento devido a altivez humana que

Leia mais

a) Muitos pastores que reconhecem a importância da plantação de novas igrejas nunca incentivaram significativamente suas comunidades nesta direção?

a) Muitos pastores que reconhecem a importância da plantação de novas igrejas nunca incentivaram significativamente suas comunidades nesta direção? Renato Camargo a) Muitos pastores que reconhecem a importância da plantação de novas igrejas nunca incentivaram significativamente suas comunidades nesta direção? b) Muitas igrejas consolidadas não se

Leia mais

Guia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (2)

Guia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (2) Pág. 1 Pessoal, ainda lembram o meu nome? Sou o Rômulo, membro da igreja em Roma e estou contando sobre uma carta que recebemos de um Sr. Paulo. Já mencionei que a recepção desta carta gerou o maior alvoroço

Leia mais

Lição 5 Conflitos sociais no cristianismo

Lição 5 Conflitos sociais no cristianismo Lição 5 Conflitos sociais no cristianismo Texto bíblico: Gálatas 2.11-14 Texto áureo: Os anos que se seguiram à ressurreição de Jesus não foram nada fáceis para os cristãos. Foi um período de pressões

Leia mais

Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento

Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento IGREJA Origem Pensamento básico a) Origem no Antigo Testamento - O Tabernáculo prefigura a Igreja; - O sistema sacrificial dá base para as relações e culto da Igreja; - O sacerdócio origina o ministério.

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 4 Canônicos e Apócrifos do Novo Testamento. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 4 Canônicos e Apócrifos do Novo Testamento. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 4 Canônicos e Apócrifos do Novo Testamento Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém 27 livros no NT? Por que alguns outros livros despertam o interesse de sites na internet

Leia mais

LIÇÃO 12 UM CHAMADO PARA SER DISCÍPULO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 12 UM CHAMADO PARA SER DISCÍPULO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 12 UM CHAMADO PARA SER DISCÍPULO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A NATUREZA DIVINA DO DISCÍPULO DE CRISTO O discípulo de Cristo deve ter em mente a condição de consolidar em seu ser

Leia mais

1º Trimestre de 2017: Vida Cristã

1º Trimestre de 2017: Vida Cristã LIÇÃO 01 Salvação, a nova vida com Cristo Forme um quarteto. Pesquise sobre as fases da metamorfose da lagarta/ borboleta em comparação a conversão do cristão. + 10 pontos bônus (pela criatividade na apresentação:

Leia mais

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global EVANGELISMO Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais Pré-Tarefas Antes

Leia mais

Introdução Traduções e Referências Bíblicas Lição Conceitos Básicos. Lição Criação. Lição 3...

Introdução Traduções e Referências Bíblicas Lição Conceitos Básicos. Lição Criação. Lição 3... SUMÁRIO Introdução... 7 Traduções e Referências Bíblicas... 8 Lição 1... 10 Conceitos Básicos Lição 2... 12 Criação Lição 3... 14 Queda Lição 4... 16 A Promessa do Senhor Lição 5... 18 A Chegada do Salvador

Leia mais

Você conhece a sua bíblia?

Você conhece a sua bíblia? Você conhece a sua bíblia? RECORDANDO... Um breve tratado sobre as Escrituras - 66 livros: 39 AT + 27 NT - Ela é a revelação de Deus - Autores diferentes mas uma mesma mente formadora Interpretando a Bíblia

Leia mais

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja.

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja. POR QUE EVANGELIZAR? Existem oito razões para incomodar as pessoas com a pregação do evangelho: 1. O amor de Deus. Evangelismo é um ato de amor (João 3:16, Mt. 5:45-44). 2. A ordem de Jesus. Evangelizar

Leia mais

PERSEVERAVAM NA DOUTRINA, NA COMUNHÃO E NAS ORAÇÕES

PERSEVERAVAM NA DOUTRINA, NA COMUNHÃO E NAS ORAÇÕES PERSEVERAVAM NA DOUTRINA, NA COMUNHÃO E NAS ORAÇÕES At 2:42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. INTRODUÇÃO Desde a instituição da igreja após o derramamento

Leia mais

Aula 2 COLOSSENSES. Uma vida alinhada com o Senhor

Aula 2 COLOSSENSES. Uma vida alinhada com o Senhor Aula 2 COLOSSENSES Uma vida alinhada com o Senhor Recaptulação Propósito Data Autoria Sobre Colossos Sobre o autor O que podemos saber através do próprio texto de Colossenses? O que podemos ao olhara para

Leia mais

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição.

3. Introdução do Livro Depois de ter estudado agora leia a introdução ao livro de Filemom que está no final da lição. Estudando Filemon 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. A prática constrói o hábito! Encontro 05 2. Ouvindo os alunos A maior riqueza desse encontro é ver e ouvir o que os

Leia mais

AULA 02. Pr. Wellington Almeida

AULA 02. Pr. Wellington Almeida Pr. Wellington Almeida RELATÓRIOS DE LEITURAS LIVRO AUTOR pg / cap ENTREGA 1º Atos dos Apóstolos Ellen White cap. 1, 2, 3 12/04 2º Teologia e metodologia da missão Elias Brasil de Souza pag. 3-27 31/07

Leia mais

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra.

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. Pr. Cantoca Carta 1 Pedro Cap 2.1-10 Sermão manhã IBFé 29Nov2015 Introdução: Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. O Senhor

Leia mais