UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL ÉRICA OGURO IVAN DE JESÚS RICARDO LIMA DA SILVA SILVIA REGINA BATISTA MORAES SOLANGE MORENO RAMIREZ DA SILVA DISSERTAÇÃO SOBRE ESTUDO DA EXCLUSÃO SOCIAL NA CIDADE DE SÃO PAULO SÃO PAULO 2013

2 Apresentação A construção de conhecimento que apresentamos neste texto é a expressão das aulas da disciplina de Territorialidade e Geoprocessamento Aplicados ao Serviço Social sob orientação do professor Carlos Roberto Libonati Machado, mais precisamente no segundo bimestre de Neste período utilizamos as ferramentas 1 Microsoft Excel e Esri ArcGis para a construção do Mapa de Exclusão da Cidade de São Paulo utilizando como referencial estatístico o Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de Ao final do texto apresentamos o mapa da exclusão que foi fruto dos trabalhos no laboratório de informática da Universidade Camilo Castelo Branco. Trabalho com dados estatísticos Utilizando o Censo IBGE de 2010 no primeiro momento, trabalhamos os conceitos de população total, favelada, situação de rua, domicílios, coleta de lixo e esgoto, renda, empregos, analfabetismo, mortalidade infantil, homicídios, equipamentos de esporte, centros culturais, teatrais e cinema e por fim a cobertura vegetal dos distritos de Moema, Moóca, Morumbi, Parelheiros, Pari, Parque do Carmo, Pedreira, Penha e Perdizes. Após consolidarmos os dados, a planilha foi transportada para a geral, onde os noventa e seis distritos da Cidade de São Paulo foram mesclados com os demais dados dos outros grupos dos/as alunos/as do curso de Serviço Social para a consolidação dos dados estatísticos para chegarmos ao denominador comum do que representa a exclusão social. Para alcançar estes resultados, consolidamos os dados utilizando fórmulas matemáticas de média e desvio padrão e a consolidação por categoria foi conseguida pelo cálculo de cada característica dos bairros subtraída pela média e dividida pelo desvio padrão e a exclusão social foi obtida pela soma de cada um destes resultados onde um número positivo indica uma qualidade de vida melhor ao passo que um resultado negativo é indicativo para uma menor qualidade de vida, já que há falta de alguns ou vários elementos característicos de inclusão social que 1 Ferramentas disponíveis para os alunos no Laboratório de Informática da Universidade Camilo Castelo Branco em Itaquera, São Paulo, Capital. 2

3 permitem aos indivíduos terem acesso às políticas públicas que garantem tal qualidade de vida. Percebemos também que a exclusão social não se dá apenas por fatores como renda como geralmente nos é apresentado como fator primordial para o entendimento dos temas ligados à exclusão na sociedade, mas sim é a soma de um grande conjunto de fatores que a geram onde cabe ressaltar que são expressões da desigualdade social. O Mapa da Exclusão conclusões Após todos os apontamentos efetuados nas planilhas elaboradas no Microsoft Excel partimos para a importação dos resultados prontos da coluna exclusão social para a ferramenta Esri ArcGis onde nos propiciou entender espacialmente onde de fato se encontra a exclusão social na cidade de São Paulo e pudemos enxergar a real dimensão de como está a cidade de São Paulo nos dados divulgados pelo Censo de 2010 do IBGE. Para o Assistente Social, conhecer o espaço onde vai atuar proporciona para que a intervenção seja mais efetiva e eficaz e para isso o mapa espacial é de suma importância, pois traz informações essenciais às ações necessárias além de ser mais fácil e rápida sua visualização. As formas como as relações sociais acontecem são mais claras quando expressas no mapa espacial. Em um primeiro momento, percebemos que as regiões central e sul são as que oferecem a melhor qualidade de vida e a exclusão social se dá nas regiões periféricas e visualmente falando o degradê social partindo do amarelo (baixa exclusão) para o vermelho (alta exclusão) percorre um caminho ao se afastar da região central da cidade. Analisando o mapa, mais precisamente na região sul, Jardim Ângela, Jardim São Luis, Parelheiros, Grajaú, Pedreira, Cidade Ademar e Cidade Dutra percebemos uma constatação de TASCHNER (2003 apud Davis, 2011, p.141) onde metade das favelas de São Paulo fica às margens dos reservatórios que fornecem água à cidade. Isso põe em risco a saúde pública 2 e equivale dizer que os moradores destas áreas estão vivendo à beira da vulnerabilidade e que há falta de muitos quesitos indicativos de uma melhor qualidade de vida. 2 DAVIS, Mike. Planeta Favela. Boitempo Editorial. 3

4 Na zona norte de São Paulo, há uma grande área de vegetação, mais precisamente na área da Serra da Cantareira onde os bairros Tremembé, Cachoeirinha, Brasilândia, Jaraguá, Perus e Anhanguera também sofrem os mesmos efeitos e as pessoas que vivem nestes bairros não dispõem dos elementos que proporcionam uma melhor qualidade de vida. Ressalta-se que as áreas em questão também sofrem os mesmos efeitos das demais periferias que se encontram em locais de área de preservação de manancial ou ambiental e pode-se presumir que tais fatores sejam preponderantes para o não direcionamento de recursos inclusivos para estas populações. Finalmente falando sobre a exclusão social temos os bairros periféricos da Zona Leste de São Paulo, onde no mapa representam os distritos de Vila Jacuí, Vila Curuçá, Jardim Helena, Itaim Paulista, Lajeado, Guaianases, Cidade Tiradentes, Iguatemi, São Rafael, Sapopemba e Parque do Carmo. Estas localidades mais ao norte temos uma vasta área nas margens do Rio Tietê onde em ocasiões de fortes chuvas há incidentes ambientais que causam muitos estragos nos bairros citados acima, mais precisamente Vila Jacuí, Itaim Paulista e Vila Curuçá e, portanto mais uma vez percebemos que a ocupação desordenada do espaço urbano e a falta de infraestrutura influenciaram diretamente na exclusão social da localidade. Nos demais bairros também há únicas especificidades que influenciam para uma maior exclusão social como por exemplo em Cidade Tiradentes que é um bairro criado com a finalidade própria de bairro dormitório em sua concepção e está distante do grande centro metropolitano. Sobre as áreas que há um baixo índice de exclusão social destacamos a região da Barra Funda, Consolação, Butantã até Santo Amaro e, como apontamos se trata de uma região central, um núcleo onde há serviços diversos de inclusão social desde os culturais, saúde, melhores salários entre outros aspectos e no meio termo desta área destacamos uma área intermediária entre a alta e a baixa exclusão social que compreende desde a zona norte, uma vasta área desde o Tucuruvi, Santana; zona leste seguido pelas áreas do Belém, Tatuapé, Vila Prudente, Ipiranga e Saúde até o Campo Belo na zona sul. Tais áreas intermediárias são as que apresentam alguns elementos básicos 4

5 para incluir a população nos segmentos apresentados anteriormente e que por definição, proporcionam alguma melhora na qualidade de vida da população. Segue em anexo o mapa da exclusão social elaborado pelos alunos em sala. Bibliografia DAVIS, Mike. Planeta Favela. 1ª edição revista. São Paulo: Boitempo Editorial,

PRINCIPAIS RESULTADOS DO CENSO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA DA CIDADE

PRINCIPAIS RESULTADOS DO CENSO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA DA CIDADE 1 PRINCIPAIS RESULTADOS DO CENSO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA DA CIDADE DE SÃO PAULO, 2009 Silvia Maria Schor Maria Antonieta da Costa Vieira Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Outubro 2015

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Outubro 2015 Estoque de Outorga Onerosa Residencial Outubro 2015 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na cidade

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Setembro 2015 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Dezembro 2014

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Dezembro 2014 Estoque de Outorga Onerosa Residencial Dezembro 2014 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na cidade

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Julho 2014

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Julho 2014 Estoque de Outorga Onerosa Residencial Julho 2014 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na cidade

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Março 2014

Estoque de Outorga Onerosa Residencial Março 2014 Estoque de Outorga Onerosa Residencial Março 2014 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na cidade

Leia mais

IMPORTÂNCIA E DESAFIOS DO VAREJO PARA A BAIXA RENDA. Juracy Parente GVcev 17 de junho de 2004

IMPORTÂNCIA E DESAFIOS DO VAREJO PARA A BAIXA RENDA. Juracy Parente GVcev 17 de junho de 2004 IMPORTÂNCIA E DESAFIOS DO VAREJO PARA A BAIXA RENDA Juracy Parente GVcev 17 de junho de 2004 MERCADO DE BAIXA RENDA UM SEGMENTO DE CRESCENTE IMPORTÂNCIA E INTERESSE No Mundo: - Rápido crescimento econômico

Leia mais

2017 clique aqui para começar

2017 clique aqui para começar mapa da desigualdade 2017 clique aqui para começar contexto brasil contexto brasil Entre os países para os quais existem dados disponíveis, o Brasil é o que mais concentra renda no 1% mais rico, sustentando

Leia mais

MAPA DA DESIGUALDADE 2016 CLIQUE AQUI PARA COMEÇAR

MAPA DA DESIGUALDADE 2016 CLIQUE AQUI PARA COMEÇAR MAPA DA DESIGUALDADE 2016 CLIQUE AQUI PARA COMEÇAR TEMA PARA NAVEGAR PELOS INDICADORES, CLIQUE NO TEMA INDICADOR ASSISTÊNCIA SOCIAL CULTURA 2 EDUCAÇÃO ESPORTE HABITAÇÃO INCLUSÃO DIGITAL MEIO AMBIENTE SAÚDE

Leia mais

DECRETO N , DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 Cria os Conselhos Tutelares de José Bonifácio e Jardim São Luiz e reorganiza os demais Conselhos

DECRETO N , DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 Cria os Conselhos Tutelares de José Bonifácio e Jardim São Luiz e reorganiza os demais Conselhos DECRETO N 49.228, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2008 Cria os Conselhos Tutelares de José Bonifácio e Jardim São Luiz e reorganiza os demais Conselhos Tutelares no Município de São Paulo; altera o Anexo Único integrante

Leia mais

vereador José Police Neto

vereador José Police Neto vereador José Police Neto O que é o Conselho Participativo Municipal? O Conselho Participativo Municipal tem caráter eminentemente público e é um organismo autônomo da sociedade civil, reconhecido pelo

Leia mais

ANÁLISE DOS LOCAIS DE RESIDÊNCIA E TRABALHO DA POPULAÇÃO OCUPADA CONSTRUÇÃO DE NOVO INDICADOR PARA OS ESTUDOS DE MOBILIDADE URBANA

ANÁLISE DOS LOCAIS DE RESIDÊNCIA E TRABALHO DA POPULAÇÃO OCUPADA CONSTRUÇÃO DE NOVO INDICADOR PARA OS ESTUDOS DE MOBILIDADE URBANA ANÁLISE DOS LOCAIS DE RESIDÊNCIA E TRABALHO DA POPULAÇÃO OCUPADA CONSTRUÇÃO DE NOVO INDICADOR PARA OS ESTUDOS DE MOBILIDADE URBANA Emilia Mayumi Hiroi 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA CATEGORIA:

Leia mais

1º lugar entre as emissoras qualificadas. por dia. Média de ouvintes por minuto, no. target Ambos os sexos AB 25+ anos.

1º lugar entre as emissoras qualificadas. por dia. Média de ouvintes por minuto, no. target Ambos os sexos AB 25+ anos. Dezembro/2016 Média de 81.071 ouvintes por minuto, no 1º lugar entre as emissoras qualificadas. target Ambos os sexos AB 25+ anos. Atinge em média 153.894 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira

Leia mais

MAPA DA DESIGUALDADE 2016

MAPA DA DESIGUALDADE 2016 MAPA DA DESIGUALDADE 2016 CULTURA ACERVO DE LIVROS INFANTO- JUVENIS Número de livros disponíveis em acervos de bibliotecas municipais na faixa etária de 7 a 14 anos Fórmula: número total de livros infanto-juvenis

Leia mais

Coleta Seletiva na Cidade de São Paulo com Inclusão de Catadores

Coleta Seletiva na Cidade de São Paulo com Inclusão de Catadores Coleta Seletiva na Cidade de São Paulo com Inclusão de Catadores Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos PGIRS Implementando a Política Nacional de Resíduos Sólidos na Cidade de São Paulo Processo

Leia mais

PESQUISA. Abril/2015

PESQUISA. Abril/2015 PESQUISA Abril/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas: Atinge em média 135.118 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira, das 06h às 19h. Em 30 dias atinge 1.575.204 ouvintes

Leia mais

Situação da transmissão da dengue no Município de São Paulo em /06/2015

Situação da transmissão da dengue no Município de São Paulo em /06/2015 Situação da transmissão da dengue no Município de São Paulo em 2015 12/06/2015 Casos de dengue notificados, confirmados autóctones e confirmados importados por semana epidemiológica (SE) de início de sintomas

Leia mais

20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA PRÊMIO TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO METROFERROVIÁRIOS CATEGORIA 1

20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA PRÊMIO TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO METROFERROVIÁRIOS CATEGORIA 1 20ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA PRÊMIO TECNOLOGIA E DESENVOLVIMENTO METROFERROVIÁRIOS CATEGORIA 1 POR QUE SE ESTÁ USANDO MAIS O AUTOMÓVEL NAS ÁREAS PERIFÉRICAS? ESPACIALIZAÇÃO DAS DINÂMICAS ASSOCIADAS

Leia mais

PESQUISA. Janeiro/2015

PESQUISA. Janeiro/2015 PESQUISA Janeiro/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas e 4º lugar no ranking geral: Atinge em média 154.219 ouvintes por minuto, de segunda a domingo, das 06h às 19h. Média

Leia mais

PESQUISA. Junho/2015

PESQUISA. Junho/2015 PESQUISA Junho/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas: Atinge em média 134.025 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira, das 06h às 19h. Em 30 dias atinge 1.741.082 ouvintes

Leia mais

1º lugar entre as emissoras qualificadas. 3º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Média de ouvintes por minuto, no

1º lugar entre as emissoras qualificadas. 3º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Média de ouvintes por minuto, no Maio/2016 Média de 88.091 ouvintes por minuto, no 1º lugar entre as emissoras qualificadas. target Ambos os sexos AB 25+ anos. Atinge em média 166.137 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira das

Leia mais

A operacionalização de conceitos- parte 1 Métodos e Técnicas de Pesquisa I 2015 Márcia Lima

A operacionalização de conceitos- parte 1 Métodos e Técnicas de Pesquisa I 2015 Márcia Lima A operacionalização de conceitos- parte 1 Métodos e Técnicas de Pesquisa I 2015 Márcia Lima Roteiro da Aula Conceitos e a construção social do dado O controle da qualidade da medida: precisão, validade

Leia mais

PESQUISA. Julho/2015

PESQUISA. Julho/2015 PESQUISA Julho/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas: Atinge em média 148.509 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira, das 06h às 19h. Em 30 dias atinge 1.750.321 ouvintes

Leia mais

PESQUISA. Setembro/2015

PESQUISA. Setembro/2015 PESQUISA Setembro/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas: Atinge em média 145.379 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira, das 06h às 19h. 4º Lugar no ranking geral entre

Leia mais

1º lugar entre as emissoras qualificadas. 4º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Média de ouvintes por minuto, no

1º lugar entre as emissoras qualificadas. 4º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Média de ouvintes por minuto, no Janeiro/2016 1º lugar entre as emissoras qualificadas. Média de 78.717 ouvintes por minuto, no target Ambos os sexos AB 25+ anos. Atinge em média 165.130 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira das

Leia mais

PESQUISA. Outubro/2015

PESQUISA. Outubro/2015 PESQUISA Outubro/2015 ALPHA FM EM NÚMEROS 1º Lugar entre as emissoras qualificadas: Atinge em média 143.807 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira, das 06h às 19h. 4º Lugar no ranking geral entre

Leia mais

Líder no público AB 25+ anos. 1º lugar entre as emissoras qualificadas. 4º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia.

Líder no público AB 25+ anos. 1º lugar entre as emissoras qualificadas. 4º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Julho/2016 1º lugar entre as emissoras qualificadas. Líder no público AB 25+ anos com média de 82.320 ouvintes por minuto. Atinge em média 167.220 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira das 6h às

Leia mais

1º lugar entre as emissoras qualificadas. 3º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Média de ouvintes por minuto, no

1º lugar entre as emissoras qualificadas. 3º Lugar no ranking geral entre todas as. por dia. Média de ouvintes por minuto, no Abril/2016 1º lugar entre as emissoras qualificadas. Média de 89.571 ouvintes por minuto, no target Ambos os sexos AB 25+ anos. Atinge em média 166.922 ouvintes por minuto, de segunda a sexta-feira das

Leia mais

Situação da transmissão da dengue no Município de São Paulo em ª Coletiva de imprensa 07/05/2015

Situação da transmissão da dengue no Município de São Paulo em ª Coletiva de imprensa 07/05/2015 Situação da transmissão da dengue no Município de São Paulo em 2015 8ª Coletiva de imprensa 07/05/2015 Situação da transmissão no Brasil - 2015 Região Casos Coef. Incid. % Sudeste 414.716 487,2 66,2% -

Leia mais

ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO EXCLUSIVAMENTE USUÁRIA SUS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO (*)

ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO EXCLUSIVAMENTE USUÁRIA SUS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO (*) Ano 1, Boletim 1 Fevereiro de 2010 ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO EXCLUSIVAMENTE USUÁRIA SUS NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO (*) Apresentação Com intuito de garantir o Direito à Saúde dos cidadãos, o SUS realiza ações

Leia mais

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída.

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Dados por região da Cidade de São Paulo, por número de dormitórios e estado de conservação. ALUGUÉIS EM FAIXAS DE VALORES EM R$ POR

Leia mais

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída.

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Dados por região da Cidade de São Paulo, por número de dormitórios e estado de conservação. 1 DORMITÓRIO 2 DORMITÓRIOS 3 DORMITÓRIOS

Leia mais

Aula 5:Amostragem e tipos de. amostra. Métodos e Técnicas de Pesquisa I Márcia Lima Murillo Maschner

Aula 5:Amostragem e tipos de. amostra. Métodos e Técnicas de Pesquisa I Márcia Lima Murillo Maschner Aula 5:Amostragem e tipos de amostra Métodos e Técnicas de Pesquisa I 2015 Márcia Lima Murillo Maschner Roteiro: A lógica da amostragem por survey. Conceitos elementares Tipos alternativos de amostras

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2013

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2013 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2013 Os novos contratos realizados de locação residencial na cidade de São Paulo tiveram aumento médio de 0,5% em outubro

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2013.

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2013. PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2013. Os imóveis destinados para aluguel na capital paulista tiveram um pequeno aumento (+0,2%) em setembro de 2013, relativamente

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2013

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2013 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2013 De acordo com a Pesquisa Mensal de Valores de Locação Residencial na Cidade de São Paulo, os aluguéis de casas e de

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MAIO DE 2014

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MAIO DE 2014 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MAIO DE 2014 O mercado de imóveis para locação residencial na cidade de São Paulo registrou variação média de 0,6% em maio, relativamente

Leia mais

CEInfo. Boletim CEInfo Informativo Censo Demográfico 2010. Resultados parciais do Censo Demográfico 2010 para o Município de São Paulo

CEInfo. Boletim CEInfo Informativo Censo Demográfico 2010. Resultados parciais do Censo Demográfico 2010 para o Município de São Paulo Boletim CEInfo Informativo Censo Demográfico 2010 nº 02, Julho 2012 Resultados parciais do Censo Demográfico 2010 para o Município de São Paulo Apresentação Dando continuidade a divulgação dos dados do

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JULHO DE ,0 6,7 Locação 5,6 6,0 5,0 4,9

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JULHO DE ,0 6,7 Locação 5,6 6,0 5,0 4,9 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JULHO DE 2015 No mês de julho, os aluguéis de casas e apartamentos apresentaram redução média de 1% em comparação a junho de 2015.

Leia mais

PESQUISA DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO VARIAÇÃO (%) DO VALOR MÉDIO COMPARADO COM O IGP- M NOS ÚTLIMOS 12 MESES 3,8

PESQUISA DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO VARIAÇÃO (%) DO VALOR MÉDIO COMPARADO COM O IGP- M NOS ÚTLIMOS 12 MESES 3,8 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO FEVEREIRO DE 2015 As pessoas que procuraram moradias para alugar em fevereiro de 2015 encontraram valores menores do que em janeiro,

Leia mais

CRC SP Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional. PREVENÇÃO E MITIGAÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS SÃO PAULO - CAPITAL

CRC SP Material exclusivo para uso nas atividades promovidas por este Regional. PREVENÇÃO E MITIGAÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS SÃO PAULO - CAPITAL PREVENÇÃO E MITIGAÇÃO DE RISCOS PROFISSIONAIS SÃO PAULO - CAPITAL PALESTRANTES MARCIA RUIZ ALCAZAR VICE PRESIDENTE DE FISCALIZAÇÃO CONTADORA EMPRESARIA CONTABIL JOSÉ APARECIDO MAION CONSELHEIRO CONTADOR

Leia mais

mapa da desigualdade 2017

mapa da desigualdade 2017 mapa da desigualdade 2017 No início de 2017, os seis maiores bilionários do País juntos possuíam riqueza equivalente à da metade mais pobre da população Fonte: Relatório anual da Oxfam Brasil - 2017: A

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MARÇO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MARÇO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MARÇO DE 2015 As casas e apartamentos tiveram seus aluguéis mais altos em março, relativamente aos valores de fevereiro. Subiram em

Leia mais

14,3 a cada é a taxa de crianças que morrem antes de completar os 5 anos de idade em relação ao total de nascidos vivos (2015)

14,3 a cada é a taxa de crianças que morrem antes de completar os 5 anos de idade em relação ao total de nascidos vivos (2015) são paulo 2017 contexto brasil mortalidade Desnutrição 14,3 a cada 1.000 é a taxa de crianças que morrem antes de completar os 5 anos de idade em relação ao total de nascidos vivos (2015) 149.689 crianças

Leia mais

INSERÇÃO DAS MACROÁREAS LEI Nº E PL Nº 671/07 LEI Nº /2002 PL Nº 671/07 TÍTULO III DO PLANO URBANÍSTICO-AMBIENTAL

INSERÇÃO DAS MACROÁREAS LEI Nº E PL Nº 671/07 LEI Nº /2002 PL Nº 671/07 TÍTULO III DO PLANO URBANÍSTICO-AMBIENTAL TÍTULO III DO PLANO URBANÍSTICO-AMBIENTAL INSERÇÃO DAS MACROÁREAS LEI Nº 13.430 E PL Nº 671/07 LEI Nº 13.430/2002 PL Nº 671/07 TÍTULO III DO PLANO URBANÍSTICO-AMBIENTAL CAPÍTULO II DO USO E OCUPAÇÃO DO

Leia mais

DIRETÓRIO MUNICIPAL DE SÃO PAULO

DIRETÓRIO MUNICIPAL DE SÃO PAULO Todos os aspectos organizativos do PED 2017 estarão sob responsabilidade de uma Comissão de Organização composta em cada instância. As inscrições de chapas, teses e candidatos (as) a presidente para a

Leia mais

Uso de Serviços Públicos de Saúde

Uso de Serviços Públicos de Saúde Uso de Serviços Públicos de Saúde Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. OBJETIVO GERAL Levantar junto à população da área em estudo

Leia mais

Imovelweb index. Cidade São Paulo. Relatório mensal. Maio 2016

Imovelweb index. Cidade São Paulo. Relatório mensal. Maio 2016 Imovelweb index Cidade São Paulo Relatório mensal Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e aluguel

Leia mais

Projeto: Representação Política e Distribuição de Votos na Região Metropolitana de São Paulo

Projeto: Representação Política e Distribuição de Votos na Região Metropolitana de São Paulo Relatório de Pesquisa Projeto: Representação Política e Distribuição de Votos na Região Metropolitana de São Paulo Centro de Estudos da Metrópole (CEM) Cebrap CEPID/ Fapesp Equipe: Coordenadores: Argelina

Leia mais

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL JUNHO 2016

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL JUNHO 2016 Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL JUNHO 2016 Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e aluguel

Leia mais

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL NOVEMBRO 2016

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL NOVEMBRO 2016 Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL NOVEMBRO 2016 Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e

Leia mais

Você também pode realizar o seu cadastro utilizando seu perfil do facebook, basta estar conectado e selecionar "Login with facebook".

Você também pode realizar o seu cadastro utilizando seu perfil do facebook, basta estar conectado e selecionar Login with facebook. Manual de Inscrição Para facilitar a vida de todos os proponentes criamos aqui um descritivo detalhado. Aqui serão apresentados todos os campos que precisarão ser preenchidos para submeter um projeto.

Leia mais

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL SETEMBRO 2016

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL SETEMBRO 2016 Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL SETEMBRO 2016 Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e

Leia mais

Quadro da desigualdade em São Paulo

Quadro da desigualdade em São Paulo Quadro da desigualdade em São Paulo CULTURA Acervo de livros infanto-juvenis das bibliotecas municipais per capita Número de livros infanto-juvenis disponíveis em acervos de bibliotecas e pontos de leitura

Leia mais

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL AGOSTO 2016

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL AGOSTO 2016 Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e aluguel de imóveis

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO FEVEREIRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO FEVEREIRO DE 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO FEVEREIRO DE 2016 No mês de fevereiro, os valores médios das locações residenciais aumentaram 0,1% em relação ao mês anterior. No acumulado

Leia mais

Imovelweb index. Cidade de São Paulo Relatório mensal Abril 2016

Imovelweb index. Cidade de São Paulo Relatório mensal Abril 2016 Imovelweb index Cidade de São Paulo Relatório mensal Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e aluguel

Leia mais

CENSO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE (2011) Principais Resultados RUA NA MUNICIPALIDADE DE SÃO PAULO

CENSO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE (2011) Principais Resultados RUA NA MUNICIPALIDADE DE SÃO PAULO Prefeitura do Município de São Paulo - PMSP Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social - SMADS Núcleo de Pesquisas em Ciências Sociais - FESPSP CENSO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA NA

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MARÇO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MARÇO DE 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO MARÇO DE 2016 No mês de março, os valores médios de locações residenciais observados caíram 0,9%, em relação ao mês anterior. No acumulado

Leia mais

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL OUTUBRO 2016

Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL OUTUBRO 2016 Imovelweb Index SÃO PAULO RELATÓRIO MENSAL OUTUBRO 2016 Objetivos, características, metodologia OBJETIVO: oferecer estatísticas abrangentes e confiáveis que acompanhem a evolução dos preços de venda e

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2015 As pessoas que procuraram moradias para alugar em setembro encontraram valores menores do que os observados no mês

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2014.

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2014. PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2014. Os aluguéis de casas e apartamentos na capital paulista ficaram praticamente estabilizados em setembro de 2014, relativamente

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO DEZEMBRO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO DEZEMBRO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO DEZEMBRO DE 2015 No mês de dezembro, os valores médios de locações residenciais caíram 0,2%, em relação ao mês anterior. No acumulado

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2016 Outubro 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,8% Ano: - 0,5% 12 meses: - 0,8% No mês de outubro, os valores

Leia mais

DIFERENCIAIS INTRA-URBANOS DE FECUNDIDADE NA CIDADE DE SÃO PAULO

DIFERENCIAIS INTRA-URBANOS DE FECUNDIDADE NA CIDADE DE SÃO PAULO DIFERENCIIS INTR-URBNOS DE FECUNDIDDE N CIDDE DE SÃO PULO Cláudia Maria Martins 1 Márcia Furquim de lmeida 2 1 INTRODUÇÃO Considerando-se a tendência aparentemente irreversível de urbanização da população

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Sobre a evolução da taxa mortalidade infantil no Município de São Paulo

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Sobre a evolução da taxa mortalidade infantil no Município de São Paulo UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES Sobre a evolução da taxa mortalidade infantil no Município de São Paulo Marcos Oliveira Rodrigues Orientadora: Profa.Dra.Flávia Mori Sarti

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2016 Setembro 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: - 0,4% Ano: - 1,3% 12 meses: - 1,1% No mês de setembro, os valores

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2016 Agosto 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,1% Ano: -0,9% 12 meses: -1,2% No mês de agosto, os valores médios

Leia mais

A fecundidade no município de São Paulo e em suas subprefeituras: algumas características do padrão reprodutivo*

A fecundidade no município de São Paulo e em suas subprefeituras: algumas características do padrão reprodutivo* A fecundidade no município de São Paulo e em suas subprefeituras: algumas características do padrão reprodutivo* Lúcia Mayumi YAZAKI Palavras-chave: fecundidade; nível de reposição; pré-natal; cesárea

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2016 NOVEMBRO 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,2% Ano: - 0,3% 12 meses: - 0,5% No mês de novembro, os valores

Leia mais

AV. PAULISTA, 688 SÃO PAULO / SP CEP: 01310-909 TEL. (11) 3549-5500

AV. PAULISTA, 688 SÃO PAULO / SP CEP: 01310-909 TEL. (11) 3549-5500 ZONA SECCIONAL FISCAL Nº DISTRITO DISTRITOS Oeste Oeste Seccional Lapa Rua: Pio XI, 999 Alto da Lapa CEP: 05060-000 Tel.(11) 3834-0530 lapa@crosp.org.br Seccional Lapa Rua: Pio XI, 999 Alto da Lapa CEP:

Leia mais

Fotos: SPTURIS/Caio Silveira e Jefferson Pancieri. Relatório Mensal Março

Fotos: SPTURIS/Caio Silveira e Jefferson Pancieri. Relatório Mensal Março Fotos: SPTURIS/Caio Silveira e Jefferson Pancieri 2012 Relatório Mensal Março OUVIDORIA GERAL Prefeitura da Cidade de São Paulo A Ouvidoria Geral da Cidade de São Paulo registrou 5.290 atendimentos gerais,

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Outubro 2013 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO ABRIL DE 2014

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO ABRIL DE 2014 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO ABRIL DE 2014 A partir de agora, a Pesquisa Mensal de Valores de Locação Residencial passa a divulgar dados de um bairro específico

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO SETEMBRO 2017 SETEMBRO DE 2017 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: -0,80% Ano: 0,54% 12 meses: 1,34% No mês setembro, os valores

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO OUTUBRO 2017 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,15% Ano: 0,69% 12 meses: 0,69% OUTUBRO DE 2017 A Pesquisa de Valores de Locação

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2016 Junho 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,30% Ano: 0,30% 12 meses: -1,89% No mês de junho, os valores médios

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JANEIRO DE 2017

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JANEIRO DE 2017 JANEIRO 2017 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JANEIRO DE 2017 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,9% Ano: 0,9% 12 meses: 0,7% No mês janeiro, os valores médios

Leia mais

2017 1º Trimestre. Dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo. Estatísticas criminais do estado de São Paulo

2017 1º Trimestre. Dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo. Estatísticas criminais do estado de São Paulo 017 1º Trimestre Dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo Estatísticas criminais do estado de São Paulo SUMÁRIO Letalidade Violenta > APRESENTAÇÃO... > PRODUÇÃO DAS

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO ABRIL 2017 ABRIL DE 2017 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: -0,70% Ano: 0,30% 12 meses: 0,50% No mês abril, os valores médios

Leia mais

A GEOGRAFIA DO VOTO NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DO BRASIL: 1989-2006

A GEOGRAFIA DO VOTO NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DO BRASIL: 1989-2006 A GEOGRAFIA DO VOTO NAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DO BRASIL: 1989-2006 Cesar Romero Jacob Dora Rodrigues Hees Philippe Waniez Violette Brustlein Fernando Collor de Melo Eleição presidencial de 1989 Primeiro

Leia mais

SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA

SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA Metodologia e Amostra Pesquisa junto às consultoras Natura da cidade de São Paulo. Metodologia quantitativa, questionário auto-preenchido COLETA DOS DADOS Setembro

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2014

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2014 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2014 As pessoas que procuraram imóveis para alugar em agosto encontraram valores menores do que os vigentes em julho de 2014.

Leia mais

Perspectivas demográficas dos distritos do Município de São Paulo: o rápido e diferenciado processo de envelhecimento

Perspectivas demográficas dos distritos do Município de São Paulo: o rápido e diferenciado processo de envelhecimento Perspectivas demográficas dos distritos do Município de São Paulo: o rápido e diferenciado processo de envelhecimento As projeções populacionais até 2030 para os distritos da capital, realizadas pela Fundação

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO DEZEMBRO DE 2016

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO DEZEMBRO DE 2016 DEZEMBRO 2016 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO DEZEMBRO DE 2016 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: -0,2% Ano: - 0,5% 12 meses: - 0,5% No mês de dezembro, os valores

Leia mais

MINERAÇÃO DE DADOS ESPACIAIS: A BUSCA DE PEPITAS DE OURO

MINERAÇÃO DE DADOS ESPACIAIS: A BUSCA DE PEPITAS DE OURO MINERAÇÃO DE DADOS ESPACIAIS: A BUSCA DE PEPITAS DE OURO O levantamento de dados em campo representa a tarefa de maior custo em aplicações de Geoprocessamento que usam dados sócio-econômicos, como Geonegócios,

Leia mais

LOCALIZAÇÃO E EXPANSÃO NO VAREJO: Estratégias, Modelos e Operacionalização

LOCALIZAÇÃO E EXPANSÃO NO VAREJO: Estratégias, Modelos e Operacionalização LOCALIZAÇÃO E EXPANSÃO NO VAREJO: Estratégias, Modelos e Operacionalização ESTRATÉGIAS E MODELOS DE EXPANSÃO Juracy Parente GV-cev FGV-EAESP 16 de set de 2004 ESTRATÉGIAS E MODELOS DE EXPANSÃO (LOCALIZAÇÃO)

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 272/2015 (DISCIPLINA DO PARCELAMENTO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO)

PROJETO DE LEI Nº 272/2015 (DISCIPLINA DO PARCELAMENTO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO) PROJETO DE LEI Nº 272/2015 (DISCIPLINA DO PARCELAMENTO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO) CALENDÁRIO DE AUDIÊNCIAS PÚBLICAS - AUDIÊNCIA PÚBLICA GERAL PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE LEI

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JULHO 2017 JULHO DE 2017 Evolução do Valor Médio de Locação Mês: 0,7% Ano: 0,8% 12 meses: 1,3% No mês julho, os valores médios de locações

Leia mais

Plano Municipal de Habitação Social da Cidade de São Paulo. agosto 2010

Plano Municipal de Habitação Social da Cidade de São Paulo. agosto 2010 Plano Municipal de Habitação Social da Cidade de São Paulo agosto 2010 Plano Municipal da Habitação apresentação marcos institucionais capítulo 1 princípios e diretrizes capítulo 2 a construção do PMH

Leia mais

Anexo 3. Mapas por subprefeitura

Anexo 3. Mapas por subprefeitura 8:47 PM Page 52 Anexo 3 Mapas por subprefeitura 52 8:47 PM Page 53 Subprefeitura 21 Penha, Zona Leste. de São Paulo Subprefeitura 21 Penha, Zona Leste. de São Paulo, 2000. privação e idosos (Grupo 3) de

Leia mais

Endereço: Rua Maestro Massaino, s/nº - Estância Tangará - Ponto de referência: Estrada de M Boi Mirim - Rua ao lado da Escola Estadual Luiz Magalhães

Endereço: Rua Maestro Massaino, s/nº - Estância Tangará - Ponto de referência: Estrada de M Boi Mirim - Rua ao lado da Escola Estadual Luiz Magalhães IX CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CALENDÁRIO DAS 31 PRÉ-CONFERÊNCIAS DA CIDADE DE SÃO PAULO PRÉ-CONFERÊNCIA - REGIONAL M BOI MIRIM Data: 20.6.2011 Local: Clube da Turma M Boi Mirim Endereço:

Leia mais

Seminário GVcev Tendências e Expectativas para o Varejo de Os 7 Ingredientes de Sucesso - para 2011? Juracy Parente 23 de fev de 2011

Seminário GVcev Tendências e Expectativas para o Varejo de Os 7 Ingredientes de Sucesso - para 2011? Juracy Parente 23 de fev de 2011 Seminário GVcev Tendências e Expectativas para o Varejo de 2011 Os 7 Ingredientes de Sucesso - para 2011? Juracy Parente 23 de fev de 2011 ALGUNS EXEMPLOS DE SUCESSO VANTAGEM COMPETITIVA - SUPERMERCADOS

Leia mais

Perfil das pessoas mortas na cidade de São Paulo em circunstâncias violentas (2011)

Perfil das pessoas mortas na cidade de São Paulo em circunstâncias violentas (2011) Perfil das pessoas mortas na cidade de São Paulo em circunstâncias violentas (0) Sobre o estudo Objetivo: sistematizar conhecimento sobre vitimização por causas violentas na cidade de São Paulo identificando

Leia mais

2017 1º Semestre. Dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo. Estatísticas criminais do estado de São Paulo

2017 1º Semestre. Dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo. Estatísticas criminais do estado de São Paulo Dados divulgados pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo Estatísticas criminais do estado de São Paulo SUMÁRIO Letalidade Violenta > APRESENTAÇÃO...3 > PRODUÇÃO DAS ESTATÍSTICAS CRIMINAIS...4

Leia mais

PESQUISA CRECI DEZEMBRO/2007

PESQUISA CRECI DEZEMBRO/2007 PESQUISA CRECI DEZEMBRO/2007 Venda de imóveis usados caiu 3,98% na Capital em 2007 As vendas de imóveis usados na cidade de São Paulo terminaram 2007 em queda de 3,98%, com o índice de vendas da Capital

Leia mais

METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ

METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ METRÔ DE SÃO PAULO EXPANSÃO 2012-2030 ALBERTO EPIFANI Gerente de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos - METRÔ SÃO PAULO 13//06/2012 Expansão 2012-2030 2 REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

Leia mais

Quadro da desigualdade em São Paulo

Quadro da desigualdade em São Paulo Quadro da desigualdade em São Paulo CULTURA Acervo de livros infanto-juvenis das bibliotecas municipais per capita Número de livros infanto-juvenis disponíveis em acervos de bibliotecas e pontos de leitura

Leia mais

AULA 6 GEOGRAFIA URBANA. Reestruturação urbano industrial

AULA 6 GEOGRAFIA URBANA. Reestruturação urbano industrial AULA 6 GEOGRAFIA URBANA Reestruturação urbano industrial Indutor: Reestruturação produtiva em São Paulo: Crescimento maior do INTERIOR (perda de peso relativo da metrópole no crescimento industrial). Dados

Leia mais