painel sandwich poliuretano fachada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "painel sandwich poliuretano fachada"

Transcrição

1 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC nervurado parafuso à vista O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

2 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC ponta diamante parafuso à vista O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

3 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC iso parafuso à vista O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

4 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC nervurado parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. 83 S carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

5 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC ponta diamante parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. 25 carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

6 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC iso parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

7 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC 600 nervurado parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC 600 é produzido na argura de 600 mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender. 600 S 83 carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,4+0,4 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 30 0,53 0, , ,42 0,48 9,88 8, ,34 0,39 10,3 9, ,22 0,25 11,56 10, ,19 0,22 12,39 11, KN/m² 2,17 1,39 0,97 0,70 0,53 0,27 2,29 1,73 1,21 0,88 0,67 0, KN/m² 2,74 2,03 1,05 0,82 0,63 0,47 3,06 2,25 1,65 1,11 0,82 0, KN/m² 3,31 2,29 1,24 0,93 0,71 0,54 3,43 2,54 1,87 1,25 0,94 0, KN/m² 4,96 3,33 2,45 1,82 1,33 1,05 5,23 3,50 2,58 2,00 1,64 1, KN/m² 3,57 3,05 2,29 1,97 3,18 2,76 2,32 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm

8 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC 600 ponta diamante parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC 600 é produzido na argura de 600 mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender. 600 S 83 carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,4+0,4 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 30 0,53 0, , ,42 0,48 9,88 8, ,34 0,39 10,3 9, ,22 0,25 11,56 10, ,19 0,22 12,39 11, KN/m² 2,17 1,39 0,97 0,70 0,53 0,27 2,29 1,73 1,21 0,88 0,67 0, KN/m² 2,74 2,03 1,05 0,82 0,63 0,47 3,06 2,25 1,65 1,11 0,82 0, KN/m² 3,31 2,29 1,24 0,93 0,71 0,54 3,43 2,54 1,87 1,25 0,94 0, KN/m² 4,96 3,33 2,45 1,82 1,33 1,05 5,23 3,50 2,58 2,00 1,64 1, KN/m² 3,57 3,05 2,29 1,97 3,18 2,76 2,32 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm

9 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC 600 iso parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC 600 é produzido na argura de 600 mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender. 600 S carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,4+0,4 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 30 0,53 0, , ,42 0,48 9,88 8, ,34 0,39 10,3 9, ,22 0,25 11,56 10, ,19 0,22 12,39 11, KN/m² 2,17 1,39 0,97 0,70 0,53 0,27 2,29 1,73 1,21 0,88 0,67 0, KN/m² 2,74 2,03 1,05 0,82 0,63 0,47 3,06 2,25 1,65 1,11 0,82 0, KN/m² 3,31 2,29 1,24 0,93 0,71 0,54 3,43 2,54 1,87 1,25 0,94 0, KN/m² 4,96 3,33 2,45 1,82 1,33 1,05 5,23 3,50 2,58 2,00 1,64 1, KN/m² 3,57 3,05 2,29 1,97 3,18 2,76 2,32 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm

10 paine sandwich poiuretano fachada ISOGREC O paine perfiado ISOGREC, constitui uma aternativa muito interessante e versáti, no revestimento de Fachadas e Coberturas, tendo em conta a sua geometria e eveza, aiada ao isoamento térmico resutante da apicação da camada de poiuretano peo seu interior. No que diz respeito aos acabamentos interiores, constitui também uma mais vaia interessante e importante, uma vez que pode ser produzida com apicação de uma foha de aumínio gofrado, idea para equipamentos onde se produzam eementos corrosivos de diversa origem, tendo em conta a durabiidade que consegue garantir, resutante das características do referido materia. Ex: pecuárias, aviários, fábricas de produtos químicos, etar s, etc Pode ser iguamente produzida com acabamento interior em poiuretano à vista, idea para apicações menos exigentes e/ou não expostas visuamente. Ex: sub teha e armazéns na generaidade. A 112 vaores em miímetros B C caraterísticas A - face superior chapa de aço 0,5 mm aminado, gavanizado e acado S 220+Z (EN10147) B - face inferior peícua em aumínio e maeáve numa das abas C - isoante poiuretano de ata densidade (60kg/m³) na espessura de 10 mm sobreposição ongitudina 130mm distância entre apoios 1500mm incinação mínima com sobreposição 8% incinação mínima sem sobreposição 5% casse de reação ao fogo B s₂d₀ conforme norma EN comprimento (m) 2 a 13,5

11 paine sandwich ã de rocha fachada FAC N firecass FAC MN firecass carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,6+0,5 0,5+0,5 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4, ,67 0,75 14,76 13, KN/m² 1,21 0,94 0,77 0,64 1,33 1,04 0,84 0,71 0, ,44 0,50 17,76 16, ,35 0,40 19,76 18, ,30 0,33 21,76 20, KN/m² 1,99 1,56 1,28 1,07 0,91 2,19 1,72 1,40 1,18 1,01 0, KN/m² 2,51 1,97 1,61 1,35 1,16 0,89 2,76 2,17 1,78 1,49 1,29 0, KN/m² 3,03 2,38 1,95 1,65 1,41 1,09 3,33 2,62 2,15 1,91 1,56 1,21 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,5 mm

12 paine sandwich ã de rocha fachada FAC L firecass FAC (N/MN/L) firecass sound carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,6+0,5 0,5+0,5 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4, ,67 0,75 14,76 13, KN/m² 1,21 0,94 0,77 0,64 1,33 1,04 0,84 0,71 0, ,44 0,50 17,76 16, ,35 0,40 19,76 18, ,30 0,33 21,76 20, KN/m² 1,99 1,56 1,28 1,07 0,91 2,19 1,72 1,40 1,18 1,01 0, KN/m² 2,51 1,97 1,61 1,35 1,16 0,89 2,76 2,17 1,78 1,49 1,29 0, KN/m² 3,03 2,38 1,95 1,65 1,41 1,09 3,33 2,62 2,15 1,91 1,56 1,21 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,5 mm

13 paine sandwich poiuretano fachada para agropecuárias AGROTEC WALL N Este tipo de paine com isoamento em poiuretano, foi concebido para a apicação em ugares onde existam predominância de ácidos orgânicos como por exempo, exporações agrícoas ou industriais eiteiras. Este tipo de paine pode também ser apicado em quaquer outro oca onde se verifique um ambiente agressivo e se pretenda obter um bom resutado a níve de anticorrosão. A base interior do paine é constituída por um aminado opaco iso, eaborado a partir de resinas de poiéster que é reforçada com fibra de vidro dando garantia ao produto de uma resistência a vapores e condensação ácidas, sendo ao mesmo tempo de fáci avagem com o sistemas de impeza convencionais assim como a água. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5 + poiéster 0,6 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4, ,44 0,51 6, ,36 0,41 7, ,30 0,35 7, ,23 0,26 8, ,20 0,23 9,

14 paine sandwich poiuretano fachada para agropecuárias AGROTEC WALL MN Este tipo de paine com isoamento em poiuretano, foi concebido para a apicação em ugares onde existam predominância de ácidos orgânicos como por exempo, exporações agrícoas ou industriais eiteiras. Este tipo de paine pode também ser apicado em quaquer outro oca onde se verifique um ambiente agressivo e se pretenda obter um bom resutado contra a corrosão. A base interior do paine é constituída por um aminado opaco iso, eaborado a partir de resinas de poiéster que é reforçada com fibra de vidro dando garantia ao produto de uma resistência a vapores e condensação ácidas, sendo ao mesmo tempo de fáci avagem com o sistemas de impeza convencionais assim como a água. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5 + poiéster 0,6 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4, ,44 0,51 6, ,36 0,41 7, ,30 0,35 7, ,23 0,26 8, ,20 0,23 9,

painel sandwich poliuretano cobertura

painel sandwich poliuretano cobertura paine sandwich poiuretano cobertura IRCOB 3- O paine IRCOB está indicado para coberturas incinadas com uma pendente mínima de 6%. Produzido em dois tipos de acabamentos na face interior nervurado e ponta

Leia mais

A EMPRESA O NOSSO OBJECTIVO

A EMPRESA O NOSSO OBJECTIVO A VERDADE DO AÇO A EMPREA A PERFITEC dedica-se à produção e comercialização de painéis andwich para coberturas e fachadas de edifícios comerciais, industriais e residenciais. Produz ainda vários perfis

Leia mais

PL 40/250 perfurado DESCRIÇÃO

PL 40/250 perfurado DESCRIÇÃO PL 40/250 perfurado DESCRIÇÃO Há mais de 40 anos que a Aceralia fabrica perfís largos auto-suportados de aço, para revestimento de todo tipo de edificações. Actualmente, é uma das empresas lider neste

Leia mais

melhor medida de segurança e garante a eficiência energética do processo. 3.- Acústica

melhor medida de segurança e garante a eficiência energética do processo. 3.- Acústica 2.3. Isoamento técnico Indústria 1.- Isover por uma indústria verde A Natureza, o cico de vida e as apicações dos nossos produtos convertem um bom isoamento na mehor aposta de futuro para a nossa indústria.

Leia mais

0,5 kg/m² 11,2 12,0 12,8 14,0 15,2 16,4 0,6 kg/m² 12,9 13,7 14,5 15,7 16,9 17,7. tolerâncias dimensionais ( de acordo com EN 14509) desvios (mm)

0,5 kg/m² 11,2 12,0 12,8 14,0 15,2 16,4 0,6 kg/m² 12,9 13,7 14,5 15,7 16,9 17,7. tolerâncias dimensionais ( de acordo com EN 14509) desvios (mm) * esp. peso. espessura nominal 80 100 120 150 180 200 0,5 kg/m² 11,2 12,0 12,8 14,0 15,2 16,4 0,6 kg/m² 12,9 13,7 14,5 15,7 16,9 17,7 tolerâncias dimensionais ( de acordo com EN 14509) desvios (mm) comprimento

Leia mais

Painel Madeira ACH. Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS

Painel Madeira ACH. Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS Painel Madeira ACH Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS Índice Painel Madeira ACH Painel Cobertura Aço-Madeira PIR Tabuleiro Abeto... 4 Painel Cobertura Aço-Madeira PIR OSB... 6 Painel

Leia mais

Soluções de isolamento acústico: - Obra nova - Reabilitação - Estabelecimentos

Soluções de isolamento acústico: - Obra nova - Reabilitação - Estabelecimentos Soluções de isolamento acústico: - Obra nova - Reabilitação - Estabelecimentos Impermeabilização Isolamento Drenagens - Geotêxteis Clarabóias Índice OBRA NOVA... N. Pavimentos...... N.. Abaixo da betonilha

Leia mais

Catálogo Geral

Catálogo Geral Catálogo Geral www.cfdoors.pt Painel de Frio Painel de Cobertura Painel Fachada Painel Fachada em Lã Rocha Painel Acústico Painel Cobertura Telha 2 Simbologia Simbologia dos revestimentos CF Doors identificando

Leia mais

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT GANHANDO TEMPO PARA VOCÊ 100% BRASIL PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT Painéis ISOJOINT WALL PUR Construção civil Os Painéis ISOJOINT WALL PUR são constituídos de núcleo de PUR (poliuretano) ou PIR (Poliisocianurato)

Leia mais

Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE

Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE Workshop AICCOPN, Porto,13/03/2014 Baio Dias baiodias@ctcv.pt Diretor Adjunto Técnico 1 Enquadramento Normativo Normas aplicáveis

Leia mais

Por que o alumínio compete com o aço?

Por que o alumínio compete com o aço? Por que o aumínio compete com o aço? AUUL AL A Sobre carbono Extração do aumínio da bauxita Recicagem do aumínio As propriedades do aumínio Por que o aumínio não enferruja O que você vai aprender O que

Leia mais

Painéis de cobertura em poliuretano

Painéis de cobertura em poliuretano 04 Painéis de cobertura em poliuretano De forma a poder conduzir a uma melhoria da eficiência energética das habitações tradicionais, a PERFITEC apresenta um painel sandwich com uma estética vanguardista

Leia mais

FICHA TÉCNICA CHAPA COLABORANTE PERFIL AL65

FICHA TÉCNICA CHAPA COLABORANTE PERFIL AL65 ESPESSURAS: 0,75 1,00 1,20 comercial para cálculo Peso próprio (kn/m 2 ) e=0,75 mm 0,71 0,08 e= 1,00 mm 0,96 0,1 e= 1,20 mm 1,16 0,12 Peso Comercial Massa (Kg/m 2 ) 0,75 8,52 1 11,36 1,2 13,64 total Volume

Leia mais

Paredes Fichas de Aplicação

Paredes Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação e Revestimento Painel Perfurado Painel Sandwich Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads. Outros Suplementos de Soluções Recomendadas Viroc

Leia mais

Universidade Federal de Itajubá Instituto de Recursos Naturais. Cálculo Estrutural EHD 804 MÉTODOS DE CONSTRUÇÃO. Profa.

Universidade Federal de Itajubá Instituto de Recursos Naturais. Cálculo Estrutural EHD 804 MÉTODOS DE CONSTRUÇÃO. Profa. Universidade Federal de Itajubá Instituto de Recursos Naturais Cálculo Estrutural EHD 804 MÉTODOS DE CONSTRUÇÃO Profa. Nívea Pons Objetivo: Projeto e dimensionamento de estruturas estáticas ou dinâmicas

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS COBERTURAS Imitação Telha (1/2/4 águas) -Aço galvanizado na qualidade S250GD+Z, segundo EN 10346:2009 + EN 10169, revestida com poliéster regular modificado, e tolerâncias de espessura

Leia mais

Placa Cimento-Madeira

Placa Cimento-Madeira Placa Cimento-Madeira INFORMAÇÃO GERAL: Painel de superfície lisa ou rugosa para diferentes aplicações. COMPOSIÇÃO: 75% Cimento 25% Madeira APRESENTADA COMO: B1 / A2 Bruto / Lixado Lisa / Bordo Maquinado

Leia mais

K-FLEX K-FLEX ST 74 U M A N O V A G E R A Ç Ã O D E M A T E R I A I S D E I S O L A M E N T O

K-FLEX K-FLEX ST 74 U M A N O V A G E R A Ç Ã O D E M A T E R I A I S D E I S O L A M E N T O K-FLEX 74 U M A N O V A G E R A Ç Ã O D E M A T E R I A I S D E I S O L A M E N T O /SK Tubo de isolamento pré-cortado com adesivo prancha tubos Isolamento elastomérico para todas as aplicações, civil

Leia mais

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS Vasco Peixoto de Freitas Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-1 www.patorreb.com Estrutura do Site Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-2

Leia mais

Os materiais de proteção térmica devem apresentar:

Os materiais de proteção térmica devem apresentar: Os materiais de proteção térmica devem apresentar: Elevado calor específico Reduzida condutividade térmica Garantia de integridade durante a evolução do incêndio Resistência mecânica adequada Custo viável

Leia mais

CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA PLACAS CIMENTÍCIAS, PAINÉIS E ACESSÓRIOS BRASILIT PARA A EXECUÇÃO DA SUA OBRA

CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA PLACAS CIMENTÍCIAS, PAINÉIS E ACESSÓRIOS BRASILIT PARA A EXECUÇÃO DA SUA OBRA CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA PLACAS CIMENTÍCIAS, PAINÉIS E ACESSÓRIOS BRASILIT PARA A EXECUÇÃO DA SUA OBRA Facilite com Brasilit PLACAS E PAINÉIS BRASILIT. A RAPIDEZ E A PRATICIDADE ALIADAS À ELEGÂNCIA E

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Studio

Fichas Técnicas de Produto. Linha Studio Fichas Técnicas de Produto Estante Alta Studio Descritivo Técnico Completo Estante alta confeccionada em chapa de aço de baixo teor de carbono com tratamento químico superficial fosfatizante, antiferruginoso

Leia mais

PAINEL STONEWOOL COMPOSITE HONEYCOMB DA ARCHICOM TM

PAINEL STONEWOOL COMPOSITE HONEYCOMB DA ARCHICOM TM STONEWOOL COMPOSITE HONEYCOMB ESTAMOS COMPROMETIDOS COM O VALOR E COM A QUALIDADE ARQUITETURA IDENTIDADE CORPORA TIVA EXIBIÇÃO TRANSPORTE INDÚSTRIA SOBRE A SUSTENTABILIDADE RIGIDEZ As estruturas prensadas

Leia mais

ASTM A-36. NBR ASTM APLICAÇÕES

ASTM A-36. NBR ASTM APLICAÇÕES Perfis Cantoneiras de Abas Iguais Principais aplicações: Estruturas metálicas; Torres de linhas de transmissão de energia elétrica; Torres de telecomunicações; Máquinas e implementos agrícolas; Indústria

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 10956 (51) Classificação Internacional: E04H 4/06 (2006) (12) FASCÍCULO DE MODELO DE UTILIDADE (22) Data de pedido: 2013.09.27 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

Pré-dimensionamento de Lajes

Pré-dimensionamento de Lajes FAU/UFRJ - CONCEPÇÃO ESTRUTURAL - Prof. Reia Veasco e Prof. Vivian Bathar ROTEIRO PRÁTICO Pré-dimensionamentos de Eementos Estruturais de Concreto Armado Pré-dimensionamento de Lajes a) Lajes Maciças:

Leia mais

LÃ DE ROCHA. Produtos para a Construção Civil

LÃ DE ROCHA. Produtos para a Construção Civil LÃ DE ROCHA Produtos para a Construção Civil Mantas MN 230- MK 230 - MA 230 (25/30 Kg/m3) Espessura Paletes MN 230 (Não Revestido) MK 230 (c/papel Kraft) MA 230 (c/aluminio) 8 000 x 1 200 60 6 000 x 1

Leia mais

8.5 Cálculo de indutância e densidade de energia magnética

8.5 Cálculo de indutância e densidade de energia magnética 8.5 Cácuo de indutância e densidade de energia magnética Para agumas geometrias de mahas pode-se cacuar a indutância aproximadamente. Cacuamos aqui a indutância de uma maha que contém um soenoide ciíndrico

Leia mais

TAFIPAN P2 FR. Descrição. Aplicações. Recomendações. Técnico. TAFIPAN P2 FR - aglomerado para uso interior, incluindo mobiliário, com comportamento ao

TAFIPAN P2 FR. Descrição. Aplicações. Recomendações. Técnico. TAFIPAN P2 FR - aglomerado para uso interior, incluindo mobiliário, com comportamento ao Propriedades Disponível com pigmento vermelho Fácil maquinabilidade Permite uma grande variedade de revestimentos Ignífugo Técnico TAFIPAN P2 FR TAFIPAN P2 FR - aglomerado para uso interior, incluindo

Leia mais

Um dos conceitos mais utilizados em Matemática

Um dos conceitos mais utilizados em Matemática A UA UL LA A noção de função Introdução Um dos conceitos mais utiizados em Matemática é o de função. Ee se apica não somente a esta área, mas também à Física, à Química e à Bioogia, entre outras. Aém disso,

Leia mais

Dutos. 14 mm PLASTCS Emenda 90º PLASTCS-30 RETA Emenda Reta

Dutos. 14 mm PLASTCS Emenda 90º PLASTCS-30 RETA Emenda Reta Dutos Os Dutos Dutoplast têm uma infinidade de utilizações. Produzidos em PVC nas cores cinza, creme, azul, azul petróleo e preta, as barras têm medidas de 2 ou 4 metros, e têm comprovada utilização em

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE VENDA. Produtos para a Construção Civil

TABELA DE PREÇOS DE VENDA. Produtos para a Construção Civil TABELA DE PREÇOS DE VENDA Produtos para a Construção Civil Mantas MN 230- MK 230 - MA 230 (25/30 Kg/m3) Espessura Paletes MN 230 (Não Revestido) MK 230 (c/papel Kraft) MA 230 (c/aluminio) 8 000 x 1 200

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS ÍNDICE VARÃO Varão para betão 7 Ampla Gama de Produtos SIDERURGICOS Pelos nossos clientes BARRAS COMERCIAIS TUBOS VIGAS MALHA ARAMES Barras comerciais 8 Tubos 15 Vigas 28 Malha 35

Leia mais

ARMACELL ISOLAMENTOS PRÉ-REVESTIDOS

ARMACELL ISOLAMENTOS PRÉ-REVESTIDOS ARMACELL ISOLAMENTOS PRÉ-REVESTIDOS 2 ARMA-CHEK SILVER ARMA-CHEK SILVER 125 Sistema 2 em 1 pré-revestido com substrato AF/Armaflex Sistema pré-revestido para poupança de tempo na instalação. Isolamento

Leia mais

Método dos Deslocamentos

Método dos Deslocamentos Método dos Desocamentos formuação matemática do método das forças e dos desocamentos é bastante semehante, devendo a escoha do método de anáise incidir num ou noutro conforme seja mais vantajoso O método

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO LAJE ALVEOLADA LA 12 -R ARMADURAS LA12-2-R

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO LAJE ALVEOLADA LA 12 -R ARMADURAS LA12-2-R Página 1/5 LAJE ALVEOLADA LA 12 -R DESCRIÇÃO Painel pré-fabricado em betão pré-esforçado, com armadura constituída por fios de aço aderentes, de secção vazada, com as faces prontas a pintar. As lajes apresentam-se

Leia mais

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT 100% BRASIL

PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT 100% BRASIL GANHANDO TEMPO PARA VOCÊ 100% BRASIL PAINÉIS ISOTÉRMICOS ISOJOINT PA MATRIZ: ANÁPOLIS - GO MT GO UNIDADES FABRIS PR MATRÍZ: GO - 62 4015-12 FILIAIS: PA - 91 3711-2720 MT - 65 3692-4611 PR - 41 3525-5300

Leia mais

Arval. Painéis Sandwich de Cobertura

Arval. Painéis Sandwich de Cobertura Arval Arval Índice Página Painel-Espuma de poliuretano 2-6 Hairisol 1000 C Ondatherm 900 C 2-3 4-5 Exemplos de Aplicação 6 Painel - Lã de rocha 7 Promistyl Feu 3005T 7 Aplicação 8-9 Peças de remate 10-13

Leia mais

LINHA MBI Isolação para coberturas

LINHA MBI Isolação para coberturas LINHA MBI Isolação para coberturas FACEFELT Isolação para coberturas Feltro constituído por lã de vidro aglomerada com resina vegetal e possui características termoacústicas. Revestido em uma das faces

Leia mais

CHAPA DE FIBRA. não é tudo igual. PROCURE O RINO.

CHAPA DE FIBRA. não é tudo igual. PROCURE O RINO. CHAPA DE FIBRA não é tudo igual. PROCURE O RINO. Madeira Ecológica Duratex O manejo ambiental é um diferencial para a Duratex, que adota as melhores práticas para alcançar alta produtividade com o mínimo

Leia mais

Fichas Técnicas de Produto. Linha Duraline

Fichas Técnicas de Produto. Linha Duraline Fichas Técnicas de Produto Estante Dupla Face Base Aberta 10 prateleiras 2M Imagem de Referência Descritivo Técnico Completo Estante face dupla totalmente confeccionada em chapas de aço de baixo teor de

Leia mais

Título: Comportamento mecânico de materiais compósitos FRP a temperatura elevada. Orientador: João Ramôa Correia

Título: Comportamento mecânico de materiais compósitos FRP a temperatura elevada. Orientador: João Ramôa Correia Título: Comportamento mecânico de materiais compósitos FRP a temperatura elevada Os materiais compósitos de polímero reforçado com fibras (FRP) apresentam diversas vantagens face aos materiais tradicionais

Leia mais

Baixa densidade Produto económico

Baixa densidade Produto económico R PN 0 PK 0 PA 0 EFINIÇÃO: Paineis semi-rígidos (0 kg/m ) de espessura uniforme, constituídos de fibras de lã de rocha aglutinadas com resina sintética termo-endurecida, - PN 0 sem revestimento. - PK 0

Leia mais

SCI Parafuso para ambiente exterior, com cabeça escareada Versões em aço inoxidável A2 e A4

SCI Parafuso para ambiente exterior, com cabeça escareada Versões em aço inoxidável A2 e A4 SCI Parafuso para amiente exterior, com caeça escareada Versões em aço inoxidável A2 e A4 GEOMETRIA ESPECIA Ponta autoperfurante com entalhe recuado, rosca assimétrica em forma de guarda-chuva, fresa alongada,

Leia mais

TECNOLOGIA INOVADORA PARA PROJETOS INTELIGENTES

TECNOLOGIA INOVADORA PARA PROJETOS INTELIGENTES TECNOLOGIA INOVADORA PARA PROJETOS INTELIGENTES A linha de Soluções Construtivas Eternit foi pensada para facilitar o desempenho do projeto na prática, para agregar qualidade e proporcionar um resultado

Leia mais

RT - Thermopainel RT-Thermolight

RT - Thermopainel RT-Thermolight RT - Thermopainel RT - Thermolight Painéis Multi-Funções Termopainéis U - Painéis Vantagens Fácil e rápida instalação Translúcido Isolamento térmico Resistência a altas temperaturas Formas, cores e funções

Leia mais

MATERIAIS DE REVESTIMENTO EM COBERTURAS INCLINADAS

MATERIAIS DE REVESTIMENTO EM COBERTURAS INCLINADAS MATERIAIS DE REVESTIMENTO EM COBERTURAS INCLINADAS Jorge de Brito, Professor Associado IST 1. Introdução Neste início da coluna Elementos de construção não estruturais, inserido no número da revista dedicado

Leia mais

Match. Designer panel inspiration. Conceito do Produto. Especificações Técnicas

Match. Designer panel inspiration. Conceito do Produto. Especificações Técnicas Designer panel inspiration Conceito do Produto Especificações Técnicas 1 2 3 4 5 Composição do Produto: 1 2 3 4 5 Acabamento final com verniz standard ou alto brilho. H2P com design standard ou design

Leia mais

CARACTERISTICAS TÉCNICAS

CARACTERISTICAS TÉCNICAS SISTEMA SMART light CARACTERISTICAS TÉCNICAS MOBILIDADE E FLEXIBILIDADE A NATUREZA AUTOPORTANTE DESTE PRODUTO, QUER NA VERSÃO PAREDE DIVISÓRIA, QUER NA PAREDE ARMÁRIO, TEM COMO BASE A SUA TOTAL MOBILIDADE,

Leia mais

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito utilizados em fechamentos de edifícios comerciais e residências, estes painéis são uma

Leia mais

, um deslocamento segundo o eixo local l 2. , u l 2. . Para aplicar ou restringir estes deslocamentos aplica-se uma força segundo o eixo local l 1

, um deslocamento segundo o eixo local l 2. , u l 2. . Para aplicar ou restringir estes deslocamentos aplica-se uma força segundo o eixo local l 1 Método dos desocamentos formuado matriciamente 4.1 4 - MATRIZ DE RIGIDEZ NO REFERENCIA OCA 4.1 - Introdução Na figura 4.1 representa-se uma arra com um nó i na sua extremidade esquerda e um nó na sua extremidade

Leia mais

CD15R00 PEAD TUBOS DE DRENAGEM AMBIDRENOS MANUAL DM-AM

CD15R00 PEAD TUBOS DE DRENAGEM AMBIDRENOS MANUAL DM-AM CD15R00 PEAD TUBOS DE DRENAGEM AMBIDRENOS MANUAL #01 AMBIDRENO A tubagem de drenagem destina-se a captar o excesso de água existente nos solos, resultante do índice de pluviosidade e da capacidade de retenção

Leia mais

KKT Parafuso para ambiente exterior, de cabeça cónica Versão em aço carbónico com revestimento orgânico e em aço inoxidável A4

KKT Parafuso para ambiente exterior, de cabeça cónica Versão em aço carbónico com revestimento orgânico e em aço inoxidável A4 KKT Parafuso para ambiente exterior, de cabeça cónica Versão em aço carbónico com revestimento orgânico e em aço inoxidável A4 ETA 11/0030 CONTRA-ROSCA SUBCABEÇA Rosca subcabeça invertida (sinistrorsa)

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO TUBAGENS

GUIÃO TÉCNICO TUBAGENS GUIÃO TÉCNICO TUBAGENS FICHA TÉCNICA Cimianto Nº 17 Nº de pág.: 5 20 de Agosto de 2005 TUBAGENS Descrição Fabricados pela Cimianto, os tubos de fibrocimento contam com uma experiência de 60 anos ao serviço

Leia mais

SE TEM PROBLEMAS DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO NÃO HESITE... CONTACTE-NOS!

SE TEM PROBLEMAS DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO NÃO HESITE... CONTACTE-NOS! E-mai: moviroo@sapo.pt Website: www.moviroo.com S O LU Ç Õ E S A DA P TA DA S À S N E C E S S I DA D E S D O C L I E N T E SE TEM PROBLEMAS DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO NÃO HESITE... CONTACTE-NOS! MOVIMENTAÇÃO;

Leia mais

Lã de Rocha. Produtos para a Construção Civil

Lã de Rocha. Produtos para a Construção Civil Produtos para a Construção Civil Mantas MN 2- MK 2 - MA 2 (25/ Kg/m3) Paletes MN 2 (Não Revestido) MK 2 (c/papel Kraft) MA 2 (c/aluminio) 8 000 x 1 200 60 6 000 x 1 200 80 4 500 x 1 200 100 Manta VF C/

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de 2005 www.construlink.com CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS - PAREDES SIMPLES A necessidade

Leia mais

INDUSTRIA DO PETROLEO E GAS

INDUSTRIA DO PETROLEO E GAS APLICAÇÕES DE PERFÍS PULTRUDADOS INDUSTRIA DO PETROLEO E GAS Palestrante : Carlos Viegas Apoio O QUE É UM COMPÓSITO ROVING CONTÍNUO RESINA POLIESTER VINIL ESTER FENOLICA EPOXI MANTA DE FIBRA DE VIDRO VÉU

Leia mais

O círculo e o número p

O círculo e o número p A UA UL LA 45 O círcuo e o número p Para pensar O círcuo é uma figura geométrica bastante comum em nosso dia-a-dia. Observe à sua vota quantos objetos circuares estão presentes: nas moedas, nos discos,

Leia mais

WWW.PAINEISTERMOISOLANTES.COM.BR Novas tecnologias para isolamento térmico na construção civil: PIR e PUR Rodnei Massamiti Abe Gerente Técnico em Eficiência Energética Dow Brasil Painéis Termoisolantes

Leia mais

FICHA TÉCNICA Nº5. AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) AN STANDARD

FICHA TÉCNICA Nº5. AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) AN STANDARD FICHA TÉCNICA Nº5 AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) Referências: AN STANDARD Para Isolamento Térmico Regranulados Calibre 2 / 9 e 4,5 / 15 mm Nota: Por encomenda, fabricam-se ainda outros

Leia mais

VIESMANN. VITOSOL 100-FM Coletores planos para aproveitamento da energia solar. Dados técnicos. VITOSOL 100-FM/-F Modelo SV1F/SH1F e SV1B/SH1B

VIESMANN. VITOSOL 100-FM Coletores planos para aproveitamento da energia solar. Dados técnicos. VITOSOL 100-FM/-F Modelo SV1F/SH1F e SV1B/SH1B VIESMANN VITOSOL 100-FM Coletores planos para aproveitamento da energia solar Dados técnicos N.º de referência e preços: ver lista de preços VITOSOL 100-FM/-F Modelo SV1F/SH1F e SV1B/SH1B Coletor plano

Leia mais

Painéis Multi-Funções

Painéis Multi-Funções Painéis Multi-Funções Painéis Multi-Funções Termopainéis U - Painéis Painéis Multi-Funções Informação geral sobre os Painéis Multi-funções Vantagens Fácil e rápida instalação Translúcido Isolamento térmico

Leia mais

Manual de instalação. Divisória Sanisystem Lite. Atenção

Manual de instalação. Divisória Sanisystem Lite. Atenção Manua de instaação Divisória Sanisystem Lite Atenção 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. Leia e observe atentamente todo este manua antes de iniciar a montagem. Confira todo o materia e certifique-se de que

Leia mais

SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE

SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE RF SÉRIE RF 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 1 FOLHA / 2 FOLHAS BATENTE 2 FOLHAS BATENTE SÉRIE RF 1 2 3 4 Fotografias gerais e pormenores SÉRIE RF 5 6 7 Fotografias gerais e pormenores 6 1 FOLHA / 2

Leia mais

TRIGONOMETRIA. Aula 2. Trigonometria no Triângulo Retângulo Professor Luciano Nóbrega. 1º Bimestre. Maria Auxiliadora

TRIGONOMETRIA. Aula 2. Trigonometria no Triângulo Retângulo Professor Luciano Nóbrega. 1º Bimestre. Maria Auxiliadora TRIGONOMETRIA Aua Trigonometria no Triânguo Retânguo Professor Luciano Nóbrega º Bimestre Maria Auxiiadora Eementos de um triânguo retânguo ß a cateto adjacente ao ânguo ß B c A Lembre-se: A soma das medidas

Leia mais

PAVILHÕES PARA INDÚSTRIA E AGRICULTURA. Sistemas em aço para apoio e armazenamento. Catálogo Geral XFRAME

PAVILHÕES PARA INDÚSTRIA E AGRICULTURA. Sistemas em aço para apoio e armazenamento. Catálogo Geral XFRAME PAVILHÕES PARA INDÚSTRIA E AGRICULTURA Sistemas em aço para apoio e armazenamento Catálogo Geral 016.01 0 PAVILHÕES CHAVE NA MÃO SOLUÇÃO INTEGRAL Solução desenvolvida e industrializada de forma a ser facilmente

Leia mais

Painel Sandwich em Madeira

Painel Sandwich em Madeira Painel Sandwich em Madeira Dossier Técnico Soluções para Coberturas www.jular.pt Lisboa: Norte: Centro: Sul: Sede e Fábrica: Quinta de Santa Rosa Apartado 1042 P-2681-855 Camarate (Lisboa) Rua Oriental,

Leia mais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Faculdade de Engenharia. Transmissão de calor. 3º ano

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Faculdade de Engenharia. Transmissão de calor. 3º ano UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE Facudade de Engenharia Transmissão de caor 3º ano 1 12. Transferência de Caor com Mudança de Fase Transferência de Caor na Condensação Condensação em Peícua Condensação em

Leia mais

Painel Cobertura DF-C3G. Inclinação mínima recomendada 5%

Painel Cobertura DF-C3G. Inclinação mínima recomendada 5% Painel Cobertura DF-CG - Coberturas que necessitem de isolamento térmico e acústico Número de gregas Passo da grega 7 mm Altura da grega 0 mm 0 mm Conforme encomenda 0 kg/m 0 0 Inclinação mínima recomendada

Leia mais

A argamassa seca de confiança

A argamassa seca de confiança A argamassa seca de confiança PREFASEC é a família de produtos da Morteros Tudela Veguín que engloba as argamassas utilizadas nas obras de alvenaria (muros, rebocos, estuques, rejuntes, ), bem como outros

Leia mais

Placas de Policarbonato Planas

Placas de Policarbonato Planas Placas de Policarbonato Planas MULTI WALL SHEETS Painéis Multi-Funções Termopainéis U - Painel Vantagens Resistente a altos impactos Espessuras disponíveis Este tipo de placa alveolar de policarbonato

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior. nº 17. Nº Pág.s: Fevereiro 2007

FICHA TÉCNICA. Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior. nº 17. Nº Pág.s: Fevereiro 2007 nº 17 FICHA TÉCNICA Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior Nº Pág.s: 07 17 12 Fevereiro 2007 Isolamento Térmico de fachadas pelo exterior 01 Para responder às crescentes exigências de conforto higrotérmico,

Leia mais

Especificações técnicas Pagina 1 de 9

Especificações técnicas Pagina 1 de 9 Especificações técnicas Pagina 1 de 9 Artº.1.1 Fornecimento e assentamento de divisórias Kemmlit modelo Noxx NR da Eurodivisal, em painéis sandwich de alumínio, cor de catálogo a definir, de acordo com

Leia mais

Plantas e mapas. Na Aula 17, aprendemos o conceito de semelhança

Plantas e mapas. Na Aula 17, aprendemos o conceito de semelhança A UA UL LA Pantas e mapas Introdução Na Aua 7, aprendemos o conceito de semehança de triânguos e vimos, na Aua 0, interessantes apicações desse conceito no cácuo de distâncias difíceis de serem medidas

Leia mais

TITECON é utilizado em substratos sólidos (concreto, bloco e tijolo maciço), para a fixação de:

TITECON é utilizado em substratos sólidos (concreto, bloco e tijolo maciço), para a fixação de: Titecon Parafuso para concreto 1. APRESENTAÇÃO: 1.1 Descrição TITECON é um parafuso para aplicações leves e médias em materiais como concreto, blocos e tijolos maciços, de instalação rápida e fácil sem

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS

BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS A BOLETIM TÉCNICO LAMINADOS Última atualização Dez/2009 VERSÃO DEZ/2009 ACABAMENTOS NATURAL: O acabamento padrão da chapa possui baia reflectância e pode apresentar variações de brilho. BRILHANTE: Esse

Leia mais

Aços Longos. Lâminas ArcelorMittal

Aços Longos. Lâminas ArcelorMittal Aços Longos Lâminas ArcelorMittal Soluções em Aço Seguro e Sustentável A ArcelorMittal está presente em mais de 60 países, fabricando Aços Longos, Planos e Inoxidáveis que correspondem a cerca de 10% da

Leia mais

CAF. Caixas CAF. Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio.

CAF. Caixas CAF. Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio. CAF Caixas CAF Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio. REVISÃO 04 29/10/2014 PAINÉIS METÁLICOS SÉRIE CAF Painel monobloco com placa de montagem removível para montagem

Leia mais

A Fibrolite conta com uma experiência de mais de 40 anos.

A Fibrolite conta com uma experiência de mais de 40 anos. A Fibrolite conta com uma experiência de mais de 40 anos. Quem somos A Fibrolite é uma empresa especializada no fabrico de fibrocimentos. Foi fundada em julho de 1972, por Joaquim Ferreira de Abreu, com

Leia mais

Com foco em acústica a OWA Sonex atua no mercado desde 1988 oferecendo produtos inovadores de alta performance e design diferenciado.

Com foco em acústica a OWA Sonex atua no mercado desde 1988 oferecendo produtos inovadores de alta performance e design diferenciado. Com foco em acústica a OWA Sonex atua no mercado desde 1988 oferecendo produtos inovadores de alta performance e design diferenciado. Com uma variedade de linhas de produtos, apresentamos o Nexacustic,

Leia mais

Calculando áreas. Após terem sido furadas, qual delas possui maior área?

Calculando áreas. Após terem sido furadas, qual delas possui maior área? A UA UL LA 53 5 Cacuando áreas Para pensar Imagine que você vá revestir o piso de sua saa com ajotas. Para saber a quantidade de ajotas necessária, o que é preciso conhecer: a área ou o perímetro da saa?

Leia mais

Apresentação da NP EN 12004: A1:2012

Apresentação da NP EN 12004: A1:2012 Joaquim Valente de Almeida LEP/ccMCS materials.habitat Seminário Colagem de Produtos Cerâmicos segundo a NP EN 12004:2008 (Colas para ladrilhos) CTCV/Coimbra 13/11/2013 1 Objectivo e campo de aplicação

Leia mais

Rigor, rapidez e qualidade de execução.

Rigor, rapidez e qualidade de execução. Rigor, rapidez e qualidade de execução. FAUSTINO E FERREIRA CONSTRUÇÕES METÁLICAS, SA 04 COMPONENTES E CONSTRUÇÕES METÁLICAS Somos uma empresa da indústria metalomecânica, especializada na concepção e

Leia mais

Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina.

Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina. FACHADA Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina. Vantagens Estética dos acabamentos em VMZINC Planimetria e robustez excepcionais Grande dimensão dos painéis e estabilidade

Leia mais

Telhas Shingle e Acessórios para Telhado. Sua casa em alto estilo.

Telhas Shingle e Acessórios para Telhado. Sua casa em alto estilo. Telhas Shingle e Acessórios para Telhado Sua casa em alto estilo. Telhas Shingle Você coberto de qualidade a vida toda. PROTEÇÃO +TECNOLOGIA PROTEÇÃO AR +LEVE LEVE GARANTIA GARANTIA +A PARTIR DE ANOS

Leia mais

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV

CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV CPV O Cursinho que Mais Aprova na GV FGV ADM 09/jun/0 MATEMÁTICA (MÓDULO OBJETIVO PROVA A) 0. No pano cartesiano, a reta (r) intercepta os eixos x e y nos pontos (5; 0) e (0; ); a reta (s) intercepta os

Leia mais

EMBALAGENS DE CONSUMO. Tecnologia em EPS

EMBALAGENS DE CONSUMO. Tecnologia em EPS EMBALAGENS DE CONSUMO Tecnologia em EPS ISOPLAST - TRADIÇÃO EM QUALIDADE A ISOPLAST atua desde 1993 na região Norte-Nordeste do Brasil, onde é líder de mercado na fabricação de produtos derivados do poliestireno

Leia mais

Você já participou da reforma ou da construção de um imóvel?

Você já participou da reforma ou da construção de um imóvel? ÁREA DE POLÍGONOS CONTEÚDOS Área de retânguo Área de paraeogramo Área de triânguo Área de trapézio Área de hexágono AMPLIANDO SEUS CONHECIMENTOS Área do retânguo e quadrado Você já participou da reforma

Leia mais

CENTRO EMPRESARIAL RAL 2 PAVILHÃO M 2709-503 SINTRA

CENTRO EMPRESARIAL RAL 2 PAVILHÃO M 2709-503 SINTRA 2015 Ficha Técnica Cabines e Divisórias em Fibra Fenólica DESIGNAÇÃO MODELOS DIMENSÕES CONSTITUIÇÃO FERRAGENS Cabines e Divisórias de WC em Compacto Fenólico de 10mm Variável, de acordo com o projeto.

Leia mais

Isolamento Armaflex AF e XG

Isolamento Armaflex AF e XG Janeiro 1 Isolamento Armaflex AF e XG Disponível numa ampla gama de produtos de em diâmetro e espessura. A Armacell produz térmico de alta qualidade: Evita condensações e previne a corrosão nos equipamentos;

Leia mais

Hilti HIT-MM PLUS Sistema de injecção

Hilti HIT-MM PLUS Sistema de injecção Aplicações em betão Hilti HIT-MM PLUS Sistema de injecção Sistema de injecção Hilti HIT-MM PLUS 330 ml cartucho 500 ml cartucho Misturador HIT RE-M Varão nervurado, EN 1992-1-1 Ann. C Varão roscado: HIT-V

Leia mais

Várias formas da seção transversal

Várias formas da seção transversal Várias formas da seção transversal Seções simétricas ou assimétricas em relação à LN Com o objetivo de obter maior eficiência (na avaliação) ou maior economia (no dimensionamento) devemos projetar com

Leia mais

Proposta para concurso de escultura

Proposta para concurso de escultura Proposta para concurso de escultura INTERFACES Classe: Mistura de materiais Autor: Filipe J.P. Chaves pág. 1 Índice Introdução 1 Aspectos construtivos 3 Custos 6 Atravancamentos gerais 9 Informação relativa

Leia mais

5. PROPRIEDADES. O que são propriedades? Você conhece alguma propriedade dos vidro?

5. PROPRIEDADES. O que são propriedades? Você conhece alguma propriedade dos vidro? 5. PROPRIEDADES O que são propriedades? Você conhece alguma propriedade dos vidro? As propriedades intrínsecas e essenciais do vidro são transparência e durabilidade. Outras propriedades tornam-se significantes

Leia mais

EMPRESA. Cobrimos todo território nacional com frota própria.

EMPRESA. Cobrimos todo território nacional com frota própria. EMPRESA Fundada em 1994, na cidade de Ribeirão Preto, a Aço Riber é referência no mercado de aços e laminados. Hoje a empresa conta com um estoque de produtos que garante a seus clientes segurança e tranquilidade.

Leia mais

Telhas Térmicas Dânica

Telhas Térmicas Dânica Telhas Térmicas Dânica Sem dúvida, o melhor produto Dânica: sem dúvida, a melhor solução A telha térmica TermoRoof Dânica é o resultado da união entre resistência, versatilidade e conforto térmico. Leve

Leia mais

Caixa de passagem e ligação

Caixa de passagem e ligação Caixa de passagem e ligação AR14 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper free de alta resistência

Leia mais

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções para Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Arame Recozido Trançadinho Recozido Prático Sapatas Recozido Fácil Pregos Treliças Nervuradas Murfor Produto Belgo

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 105774 (51) Classificação Internacional: E04C 2/284 (2006) (12) FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO (22) Data de pedido: 2011.06.27 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais