painel sandwich poliuretano fachada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "painel sandwich poliuretano fachada"

Transcrição

1 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC nervurado parafuso à vista O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

2 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC ponta diamante parafuso à vista O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

3 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC iso parafuso à vista O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

4 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC nervurado parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. 83 S carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

5 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC ponta diamante parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. 25 carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

6 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC iso parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC é produzido na argura de mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender, assim como também a junta aberta ou fechada. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,6+0,4 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 30* KN/m² 40 0,44 0,51 9,32 10, ,36 0,41 9,74 10, ,30 0,35 10,16 11, ,23 0,26 11,00 11, ,20 0,23 11,83 12, N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm * vaores ainda não disponíveis à data da eaboração desta tabea

7 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC 600 nervurado parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC 600 é produzido na argura de 600 mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender. 600 S 83 carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,4+0,4 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 30 0,53 0, , ,42 0,48 9,88 8, ,34 0,39 10,3 9, ,22 0,25 11,56 10, ,19 0,22 12,39 11, KN/m² 2,17 1,39 0,97 0,70 0,53 0,27 2,29 1,73 1,21 0,88 0,67 0, KN/m² 2,74 2,03 1,05 0,82 0,63 0,47 3,06 2,25 1,65 1,11 0,82 0, KN/m² 3,31 2,29 1,24 0,93 0,71 0,54 3,43 2,54 1,87 1,25 0,94 0, KN/m² 4,96 3,33 2,45 1,82 1,33 1,05 5,23 3,50 2,58 2,00 1,64 1, KN/m² 3,57 3,05 2,29 1,97 3,18 2,76 2,32 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm

8 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC 600 ponta diamante parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC 600 é produzido na argura de 600 mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender. 600 S 83 carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,4+0,4 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 30 0,53 0, , ,42 0,48 9,88 8, ,34 0,39 10,3 9, ,22 0,25 11,56 10, ,19 0,22 12,39 11, KN/m² 2,17 1,39 0,97 0,70 0,53 0,27 2,29 1,73 1,21 0,88 0,67 0, KN/m² 2,74 2,03 1,05 0,82 0,63 0,47 3,06 2,25 1,65 1,11 0,82 0, KN/m² 3,31 2,29 1,24 0,93 0,71 0,54 3,43 2,54 1,87 1,25 0,94 0, KN/m² 4,96 3,33 2,45 1,82 1,33 1,05 5,23 3,50 2,58 2,00 1,64 1, KN/m² 3,57 3,05 2,29 1,97 3,18 2,76 2,32 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm

9 paine sandwich poiuretano fachada IRFAC 600 iso parafuso ocuto O paine de fachada IRFAC 600 é produzido na argura de 600 mm, com junta fechada ou aberta e em três tipos diferentes de acabamento, quer na face exterior quer na face interior. O ciente pode escoher o acabamento exterior e interior do paine que pretender. 600 S carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5+0,4 0,4+0,4 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 4,5 30 0,53 0, , ,42 0,48 9,88 8, ,34 0,39 10,3 9, ,22 0,25 11,56 10, ,19 0,22 12,39 11, KN/m² 2,17 1,39 0,97 0,70 0,53 0,27 2,29 1,73 1,21 0,88 0,67 0, KN/m² 2,74 2,03 1,05 0,82 0,63 0,47 3,06 2,25 1,65 1,11 0,82 0, KN/m² 3,31 2,29 1,24 0,93 0,71 0,54 3,43 2,54 1,87 1,25 0,94 0, KN/m² 4,96 3,33 2,45 1,82 1,33 1,05 5,23 3,50 2,58 2,00 1,64 1, KN/m² 3,57 3,05 2,29 1,97 3,18 2,76 2,32 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,4 mm

10 paine sandwich poiuretano fachada ISOGREC O paine perfiado ISOGREC, constitui uma aternativa muito interessante e versáti, no revestimento de Fachadas e Coberturas, tendo em conta a sua geometria e eveza, aiada ao isoamento térmico resutante da apicação da camada de poiuretano peo seu interior. No que diz respeito aos acabamentos interiores, constitui também uma mais vaia interessante e importante, uma vez que pode ser produzida com apicação de uma foha de aumínio gofrado, idea para equipamentos onde se produzam eementos corrosivos de diversa origem, tendo em conta a durabiidade que consegue garantir, resutante das características do referido materia. Ex: pecuárias, aviários, fábricas de produtos químicos, etar s, etc Pode ser iguamente produzida com acabamento interior em poiuretano à vista, idea para apicações menos exigentes e/ou não expostas visuamente. Ex: sub teha e armazéns na generaidade. A 112 vaores em miímetros B C caraterísticas A - face superior chapa de aço 0,5 mm aminado, gavanizado e acado S 220+Z (EN10147) B - face inferior peícua em aumínio e maeáve numa das abas C - isoante poiuretano de ata densidade (60kg/m³) na espessura de 10 mm sobreposição ongitudina 130mm distância entre apoios 1500mm incinação mínima com sobreposição 8% incinação mínima sem sobreposição 5% casse de reação ao fogo B s₂d₀ conforme norma EN comprimento (m) 2 a 13,5

11 paine sandwich ã de rocha fachada FAC N firecass FAC MN firecass carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,6+0,5 0,5+0,5 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4, ,67 0,75 14,76 13, KN/m² 1,21 0,94 0,77 0,64 1,33 1,04 0,84 0,71 0, ,44 0,50 17,76 16, ,35 0,40 19,76 18, ,30 0,33 21,76 20, KN/m² 1,99 1,56 1,28 1,07 0,91 2,19 1,72 1,40 1,18 1,01 0, KN/m² 2,51 1,97 1,61 1,35 1,16 0,89 2,76 2,17 1,78 1,49 1,29 0, KN/m² 3,03 2,38 1,95 1,65 1,41 1,09 3,33 2,62 2,15 1,91 1,56 1,21 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,5 mm

12 paine sandwich ã de rocha fachada FAC L firecass FAC (N/MN/L) firecass sound carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,6+0,5 0,5+0,5 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 4, ,67 0,75 14,76 13, KN/m² 1,21 0,94 0,77 0,64 1,33 1,04 0,84 0,71 0, ,44 0,50 17,76 16, ,35 0,40 19,76 18, ,30 0,33 21,76 20, KN/m² 1,99 1,56 1,28 1,07 0,91 2,19 1,72 1,40 1,18 1,01 0, KN/m² 2,51 1,97 1,61 1,35 1,16 0,89 2,76 2,17 1,78 1,49 1,29 0, KN/m² 3,03 2,38 1,95 1,65 1,41 1,09 3,33 2,62 2,15 1,91 1,56 1,21 N.B: Os vaores nesta tabea são para uma fecha 1/200 de vão (m) e referem-se a painéis com a espessura de chapa de 0,5 + 0,5 mm

13 paine sandwich poiuretano fachada para agropecuárias AGROTEC WALL N Este tipo de paine com isoamento em poiuretano, foi concebido para a apicação em ugares onde existam predominância de ácidos orgânicos como por exempo, exporações agrícoas ou industriais eiteiras. Este tipo de paine pode também ser apicado em quaquer outro oca onde se verifique um ambiente agressivo e se pretenda obter um bom resutado a níve de anticorrosão. A base interior do paine é constituída por um aminado opaco iso, eaborado a partir de resinas de poiéster que é reforçada com fibra de vidro dando garantia ao produto de uma resistência a vapores e condensação ácidas, sendo ao mesmo tempo de fáci avagem com o sistemas de impeza convencionais assim como a água. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5 + poiéster 0,6 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4, ,44 0,51 6, ,36 0,41 7, ,30 0,35 7, ,23 0,26 8, ,20 0,23 9,

14 paine sandwich poiuretano fachada para agropecuárias AGROTEC WALL MN Este tipo de paine com isoamento em poiuretano, foi concebido para a apicação em ugares onde existam predominância de ácidos orgânicos como por exempo, exporações agrícoas ou industriais eiteiras. Este tipo de paine pode também ser apicado em quaquer outro oca onde se verifique um ambiente agressivo e se pretenda obter um bom resutado contra a corrosão. A base interior do paine é constituída por um aminado opaco iso, eaborado a partir de resinas de poiéster que é reforçada com fibra de vidro dando garantia ao produto de uma resistência a vapores e condensação ácidas, sendo ao mesmo tempo de fáci avagem com o sistemas de impeza convencionais assim como a água. carga úti uniformemente distribuída em - kn/m² esp. K peso paine S Kca W U.M. mm m².h. C m².k 0,5 + poiéster 0,6 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4,00 1,50 2,00 2,50 3,00 3,50 4, ,44 0,51 6, ,36 0,41 7, ,30 0,35 7, ,23 0,26 8, ,20 0,23 9,

A EMPRESA O NOSSO OBJECTIVO

A EMPRESA O NOSSO OBJECTIVO A VERDADE DO AÇO A EMPREA A PERFITEC dedica-se à produção e comercialização de painéis andwich para coberturas e fachadas de edifícios comerciais, industriais e residenciais. Produz ainda vários perfis

Leia mais

Painel Madeira ACH. Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS

Painel Madeira ACH. Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS Painel Madeira ACH Rapidez, Qualidade e Isolamento TRANSFORMADOS SOLUTIONS Índice Painel Madeira ACH Painel Cobertura Aço-Madeira PIR Tabuleiro Abeto... 4 Painel Cobertura Aço-Madeira PIR OSB... 6 Painel

Leia mais

PL 40/250 perfurado DESCRIÇÃO

PL 40/250 perfurado DESCRIÇÃO PL 40/250 perfurado DESCRIÇÃO Há mais de 40 anos que a Aceralia fabrica perfís largos auto-suportados de aço, para revestimento de todo tipo de edificações. Actualmente, é uma das empresas lider neste

Leia mais

Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE

Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE Colagem de Cerâmicos e Rochas Ornamentais Enquadramento normativo - Marcação CE Workshop AICCOPN, Porto,13/03/2014 Baio Dias baiodias@ctcv.pt Diretor Adjunto Técnico 1 Enquadramento Normativo Normas aplicáveis

Leia mais

Soluções de isolamento acústico: - Obra nova - Reabilitação - Estabelecimentos

Soluções de isolamento acústico: - Obra nova - Reabilitação - Estabelecimentos Soluções de isolamento acústico: - Obra nova - Reabilitação - Estabelecimentos Impermeabilização Isolamento Drenagens - Geotêxteis Clarabóias Índice OBRA NOVA... N. Pavimentos...... N.. Abaixo da betonilha

Leia mais

Catálogo Geral

Catálogo Geral Catálogo Geral www.cfdoors.pt Painel de Frio Painel de Cobertura Painel Fachada Painel Fachada em Lã Rocha Painel Acústico Painel Cobertura Telha 2 Simbologia Simbologia dos revestimentos CF Doors identificando

Leia mais

Placa Cimento-Madeira

Placa Cimento-Madeira Placa Cimento-Madeira INFORMAÇÃO GERAL: Painel de superfície lisa ou rugosa para diferentes aplicações. COMPOSIÇÃO: 75% Cimento 25% Madeira APRESENTADA COMO: B1 / A2 Bruto / Lixado Lisa / Bordo Maquinado

Leia mais

Painéis de cobertura em poliuretano

Painéis de cobertura em poliuretano 04 Painéis de cobertura em poliuretano De forma a poder conduzir a uma melhoria da eficiência energética das habitações tradicionais, a PERFITEC apresenta um painel sandwich com uma estética vanguardista

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS COBERTURAS Imitação Telha (1/2/4 águas) -Aço galvanizado na qualidade S250GD+Z, segundo EN 10346:2009 + EN 10169, revestida com poliéster regular modificado, e tolerâncias de espessura

Leia mais

FICHA TÉCNICA CHAPA COLABORANTE PERFIL AL65

FICHA TÉCNICA CHAPA COLABORANTE PERFIL AL65 ESPESSURAS: 0,75 1,00 1,20 comercial para cálculo Peso próprio (kn/m 2 ) e=0,75 mm 0,71 0,08 e= 1,00 mm 0,96 0,1 e= 1,20 mm 1,16 0,12 Peso Comercial Massa (Kg/m 2 ) 0,75 8,52 1 11,36 1,2 13,64 total Volume

Leia mais

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário:

(73) Titular(es): (72) Inventor(es): (74) Mandatário: (11) Número de Publicação: PT 10956 (51) Classificação Internacional: E04H 4/06 (2006) (12) FASCÍCULO DE MODELO DE UTILIDADE (22) Data de pedido: 2013.09.27 (30) Prioridade(s): (43) Data de publicação

Leia mais

CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA PLACAS CIMENTÍCIAS, PAINÉIS E ACESSÓRIOS BRASILIT PARA A EXECUÇÃO DA SUA OBRA

CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA PLACAS CIMENTÍCIAS, PAINÉIS E ACESSÓRIOS BRASILIT PARA A EXECUÇÃO DA SUA OBRA CONSTRUÇÃO INDUSTRIALIZADA PLACAS CIMENTÍCIAS, PAINÉIS E ACESSÓRIOS BRASILIT PARA A EXECUÇÃO DA SUA OBRA Facilite com Brasilit PLACAS E PAINÉIS BRASILIT. A RAPIDEZ E A PRATICIDADE ALIADAS À ELEGÂNCIA E

Leia mais

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS Vasco Peixoto de Freitas Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-1 www.patorreb.com Estrutura do Site Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-2

Leia mais

Os materiais de proteção térmica devem apresentar:

Os materiais de proteção térmica devem apresentar: Os materiais de proteção térmica devem apresentar: Elevado calor específico Reduzida condutividade térmica Garantia de integridade durante a evolução do incêndio Resistência mecânica adequada Custo viável

Leia mais

FICHA TÉCNICA Nº5. AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) AN STANDARD

FICHA TÉCNICA Nº5. AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) AN STANDARD FICHA TÉCNICA Nº5 AGLOMERADO NEGRO ( ou AGLOMERADO PURO EXPANDIDO) Referências: AN STANDARD Para Isolamento Térmico Regranulados Calibre 2 / 9 e 4,5 / 15 mm Nota: Por encomenda, fabricam-se ainda outros

Leia mais

CD15R00 PEAD TUBOS DE DRENAGEM AMBIDRENOS MANUAL DM-AM

CD15R00 PEAD TUBOS DE DRENAGEM AMBIDRENOS MANUAL DM-AM CD15R00 PEAD TUBOS DE DRENAGEM AMBIDRENOS MANUAL #01 AMBIDRENO A tubagem de drenagem destina-se a captar o excesso de água existente nos solos, resultante do índice de pluviosidade e da capacidade de retenção

Leia mais

Caixa de passagem e ligação

Caixa de passagem e ligação Caixa de passagem e ligação AR14 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper free de alta resistência

Leia mais

CARACTERISTICAS TÉCNICAS

CARACTERISTICAS TÉCNICAS SISTEMA SMART light CARACTERISTICAS TÉCNICAS MOBILIDADE E FLEXIBILIDADE A NATUREZA AUTOPORTANTE DESTE PRODUTO, QUER NA VERSÃO PAREDE DIVISÓRIA, QUER NA PAREDE ARMÁRIO, TEM COMO BASE A SUA TOTAL MOBILIDADE,

Leia mais

Pré-dimensionamento de Lajes

Pré-dimensionamento de Lajes FAU/UFRJ - CONCEPÇÃO ESTRUTURAL - Prof. Reia Veasco e Prof. Vivian Bathar ROTEIRO PRÁTICO Pré-dimensionamentos de Eementos Estruturais de Concreto Armado Pré-dimensionamento de Lajes a) Lajes Maciças:

Leia mais

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO LAJE ALVEOLADA LA 12 -R ARMADURAS LA12-2-R

FICHA TÉCNICA DE PRODUTO LAJE ALVEOLADA LA 12 -R ARMADURAS LA12-2-R Página 1/5 LAJE ALVEOLADA LA 12 -R DESCRIÇÃO Painel pré-fabricado em betão pré-esforçado, com armadura constituída por fios de aço aderentes, de secção vazada, com as faces prontas a pintar. As lajes apresentam-se

Leia mais

SE TEM PROBLEMAS DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO NÃO HESITE... CONTACTE-NOS!

SE TEM PROBLEMAS DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO NÃO HESITE... CONTACTE-NOS! E-mai: moviroo@sapo.pt Website: www.moviroo.com S O LU Ç Õ E S A DA P TA DA S À S N E C E S S I DA D E S D O C L I E N T E SE TEM PROBLEMAS DE ARMAZENAGEM, MOVIMENTAÇÃO NÃO HESITE... CONTACTE-NOS! MOVIMENTAÇÃO;

Leia mais

Isolamento Armaflex AF e XG

Isolamento Armaflex AF e XG Janeiro 1 Isolamento Armaflex AF e XG Disponível numa ampla gama de produtos de em diâmetro e espessura. A Armacell produz térmico de alta qualidade: Evita condensações e previne a corrosão nos equipamentos;

Leia mais

PAINEL STONEWOOL COMPOSITE HONEYCOMB DA ARCHICOM TM

PAINEL STONEWOOL COMPOSITE HONEYCOMB DA ARCHICOM TM STONEWOOL COMPOSITE HONEYCOMB ESTAMOS COMPROMETIDOS COM O VALOR E COM A QUALIDADE ARQUITETURA IDENTIDADE CORPORA TIVA EXIBIÇÃO TRANSPORTE INDÚSTRIA SOBRE A SUSTENTABILIDADE RIGIDEZ As estruturas prensadas

Leia mais

KKT Parafuso para ambiente exterior, de cabeça cónica Versão em aço carbónico com revestimento orgânico e em aço inoxidável A4

KKT Parafuso para ambiente exterior, de cabeça cónica Versão em aço carbónico com revestimento orgânico e em aço inoxidável A4 KKT Parafuso para ambiente exterior, de cabeça cónica Versão em aço carbónico com revestimento orgânico e em aço inoxidável A4 ETA 11/0030 CONTRA-ROSCA SUBCABEÇA Rosca subcabeça invertida (sinistrorsa)

Leia mais

CHAPA DE FIBRA. não é tudo igual. PROCURE O RINO.

CHAPA DE FIBRA. não é tudo igual. PROCURE O RINO. CHAPA DE FIBRA não é tudo igual. PROCURE O RINO. Madeira Ecológica Duratex O manejo ambiental é um diferencial para a Duratex, que adota as melhores práticas para alcançar alta produtividade com o mínimo

Leia mais

LÃ DE ROCHA. Produtos para a Construção Civil

LÃ DE ROCHA. Produtos para a Construção Civil LÃ DE ROCHA Produtos para a Construção Civil Mantas MN 230- MK 230 - MA 230 (25/30 Kg/m3) Espessura Paletes MN 230 (Não Revestido) MK 230 (c/papel Kraft) MA 230 (c/aluminio) 8 000 x 1 200 60 6 000 x 1

Leia mais

Baixa densidade Produto económico

Baixa densidade Produto económico R PN 0 PK 0 PA 0 EFINIÇÃO: Paineis semi-rígidos (0 kg/m ) de espessura uniforme, constituídos de fibras de lã de rocha aglutinadas com resina sintética termo-endurecida, - PN 0 sem revestimento. - PK 0

Leia mais

TABELA DE PREÇOS DE VENDA. Produtos para a Construção Civil

TABELA DE PREÇOS DE VENDA. Produtos para a Construção Civil TABELA DE PREÇOS DE VENDA Produtos para a Construção Civil Mantas MN 230- MK 230 - MA 230 (25/30 Kg/m3) Espessura Paletes MN 230 (Não Revestido) MK 230 (c/papel Kraft) MA 230 (c/aluminio) 8 000 x 1 200

Leia mais

Tintas, Vernizes, Lacas e Esmaltes. Professora Ligia Pauline

Tintas, Vernizes, Lacas e Esmaltes. Professora Ligia Pauline Tintas, Vernizes, Lacas e Esmaltes Professora Ligia Pauline Tintas Suspensão de partículas opacas (pigmentos) em veículo fluido; Função das partículas: cobrir e decorar as superfícies; Função do veículo:

Leia mais

RT - Thermopainel RT-Thermolight

RT - Thermopainel RT-Thermolight RT - Thermopainel RT - Thermolight Painéis Multi-Funções Termopainéis U - Painéis Vantagens Fácil e rápida instalação Translúcido Isolamento térmico Resistência a altas temperaturas Formas, cores e funções

Leia mais

ACE PISOS E REVESTIMENTOS. Impressionfloor. Corporativo Saúde Esportivo

ACE PISOS E REVESTIMENTOS. Impressionfloor. Corporativo Saúde Esportivo ACE PISOS E REVESTIMENTOS Impressionfloor Corporativo Saúde Esportivo Impressionfloor Características do Piso Impressionfloor é um piso vinílico em réguas decorativo que oferece diversidade de padrões

Leia mais

Painel Cobertura DF-C3G. Inclinação mínima recomendada 5%

Painel Cobertura DF-C3G. Inclinação mínima recomendada 5% Painel Cobertura DF-CG - Coberturas que necessitem de isolamento térmico e acústico Número de gregas Passo da grega 7 mm Altura da grega 0 mm 0 mm Conforme encomenda 0 kg/m 0 0 Inclinação mínima recomendada

Leia mais

Hilti HIT-MM PLUS Sistema de injecção

Hilti HIT-MM PLUS Sistema de injecção Aplicações em betão Hilti HIT-MM PLUS Sistema de injecção Sistema de injecção Hilti HIT-MM PLUS 330 ml cartucho 500 ml cartucho Misturador HIT RE-M Varão nervurado, EN 1992-1-1 Ann. C Varão roscado: HIT-V

Leia mais

TRIGONOMETRIA. Aula 2. Trigonometria no Triângulo Retângulo Professor Luciano Nóbrega. 1º Bimestre. Maria Auxiliadora

TRIGONOMETRIA. Aula 2. Trigonometria no Triângulo Retângulo Professor Luciano Nóbrega. 1º Bimestre. Maria Auxiliadora TRIGONOMETRIA Aua Trigonometria no Triânguo Retânguo Professor Luciano Nóbrega º Bimestre Maria Auxiiadora Eementos de um triânguo retânguo ß a cateto adjacente ao ânguo ß B c A Lembre-se: A soma das medidas

Leia mais

PAVILHÕES PARA INDÚSTRIA E AGRICULTURA. Sistemas em aço para apoio e armazenamento. Catálogo Geral XFRAME

PAVILHÕES PARA INDÚSTRIA E AGRICULTURA. Sistemas em aço para apoio e armazenamento. Catálogo Geral XFRAME PAVILHÕES PARA INDÚSTRIA E AGRICULTURA Sistemas em aço para apoio e armazenamento Catálogo Geral 016.01 0 PAVILHÕES CHAVE NA MÃO SOLUÇÃO INTEGRAL Solução desenvolvida e industrializada de forma a ser facilmente

Leia mais

Arval. Painéis Sandwich de Cobertura

Arval. Painéis Sandwich de Cobertura Arval Arval Índice Página Painel-Espuma de poliuretano 2-6 Hairisol 1000 C Ondatherm 900 C 2-3 4-5 Exemplos de Aplicação 6 Painel - Lã de rocha 7 Promistyl Feu 3005T 7 Aplicação 8-9 Peças de remate 10-13

Leia mais

ARGAMASSAS E CONCRETOS AGLOMERANTES

ARGAMASSAS E CONCRETOS AGLOMERANTES ARGAMASSAS E CONCRETOS AGLOMERANTES DEFINIÇÃO São materiais ligantes, em geral pulverulentos, que promovem a união entre os grãos de agregados. Estes materiais sofrem transformações químicas, por isso

Leia mais

MATERIAIS DE REVESTIMENTO EM COBERTURAS INCLINADAS

MATERIAIS DE REVESTIMENTO EM COBERTURAS INCLINADAS MATERIAIS DE REVESTIMENTO EM COBERTURAS INCLINADAS Jorge de Brito, Professor Associado IST 1. Introdução Neste início da coluna Elementos de construção não estruturais, inserido no número da revista dedicado

Leia mais

5. PROPRIEDADES. O que são propriedades? Você conhece alguma propriedade dos vidro?

5. PROPRIEDADES. O que são propriedades? Você conhece alguma propriedade dos vidro? 5. PROPRIEDADES O que são propriedades? Você conhece alguma propriedade dos vidro? As propriedades intrínsecas e essenciais do vidro são transparência e durabilidade. Outras propriedades tornam-se significantes

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO 1. Para determinar a porosidade aberta de uma pedra calcária, utilizou-se um provete com as dimensões de 7.1 7.1 7.1 cm 3. Determinou-se a massa no estado

Leia mais

1 Introdução Princípios Básicos da Corrosão Eletroquímica... 5

1 Introdução Princípios Básicos da Corrosão Eletroquímica... 5 Sumário 1 Introdução................................ 1 2 Princípios Básicos da Corrosão Eletroquímica........ 5 2.1 POTENCIAIS ELETROQUÍMICOS............................ 5 2.2 PILHAS DE CORROSÃO...................................17

Leia mais

Plantas e mapas. Na Aula 17, aprendemos o conceito de semelhança

Plantas e mapas. Na Aula 17, aprendemos o conceito de semelhança A UA UL LA Pantas e mapas Introdução Na Aua 7, aprendemos o conceito de semehança de triânguos e vimos, na Aua 0, interessantes apicações desse conceito no cácuo de distâncias difíceis de serem medidas

Leia mais

AFF-C-1-1 AFF-C-1-2 AFF-C-1-3 AFF-C-1-4 AFF-C-2-1 AFF-C-2-2 AFF-C-2-3 AFF-C-2-4 AFF-C-3-1 AFF-C-3-2 AFF-C-3-3 AFF-C-3-4

AFF-C-1-1 AFF-C-1-2 AFF-C-1-3 AFF-C-1-4 AFF-C-2-1 AFF-C-2-2 AFF-C-2-3 AFF-C-2-4 AFF-C-3-1 AFF-C-3-2 AFF-C-3-3 AFF-C-3-4 FICHA DE PRODUTO Cacifos fenólicos Página 1 de 5 AFF-C-1-1 AFF-C-1-2 AFF-C-1-3 AFF-C-1-4 AFF-C-2-1 AFF-C-2-2 AFF-C-2-3 AFF-C-2-4 AFF-C-3-1 AFF-C-3-2 AFF-C-3-3 AFF-C-3-4 AFF-CZ-1-2 AFF-CZ-2-2 AFF-CZ-3-2

Leia mais

PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS. Aquiles Fernandes Pinho

PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS. Aquiles Fernandes Pinho PESQUISA DE MATERIAIS DE ACABAMENTO FORROS E TETOS Aquiles Fernandes Pinho 1 TETOS: FABRICANTE: PRODUTO: TIPO DE USO: Knauf D112 Unidirecional Revestimento do Forro DESCRIÇÃO: Utiliza uma estrutura metálica

Leia mais

TITECON é utilizado em substratos sólidos (concreto, bloco e tijolo maciço), para a fixação de:

TITECON é utilizado em substratos sólidos (concreto, bloco e tijolo maciço), para a fixação de: Titecon Parafuso para concreto 1. APRESENTAÇÃO: 1.1 Descrição TITECON é um parafuso para aplicações leves e médias em materiais como concreto, blocos e tijolos maciços, de instalação rápida e fácil sem

Leia mais

CAF. Caixas CAF. Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio.

CAF. Caixas CAF. Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio. CAF Caixas CAF Caixas metálicas, monobloco fabricadas em aço carbono, aço inox ou alumínio. REVISÃO 04 29/10/2014 PAINÉIS METÁLICOS SÉRIE CAF Painel monobloco com placa de montagem removível para montagem

Leia mais

O que é o ICF? Vantagens

O que é o ICF? Vantagens O que é o ICF? É um sistema de construção constituído por blocos isolantes em EPS, poliestireno expandido (conhecido em Portugal como esferovite), que após montagem, são preenchidos com betão armado, formando

Leia mais

Prof. Carlos Barbosa Goiânia/ out 2010

Prof. Carlos Barbosa Goiânia/ out 2010 TELHAS DE FIBROCIMENTO Prof. Carlos Barbosa Goiânia/ out 2010 TELHAS DE FIBROCIMENTO Telhas de materiais diversos : alumínio, zinco, papelão, asfalto, fibras vegetais, pets,etc. Chapas onduladas: Leves

Leia mais

Desempenho Térmico de edificações

Desempenho Térmico de edificações Desempenho Térmico de edificações PROFESSOR Roberto Lamberts ALEJANDRO NARANJO Unidade deportiva Atanasio Girardot - Medellín ECV 5161 UFSC FLORIANÓPOLIS estrutura introdução isolantes cálculos exemplos

Leia mais

A perfeita definição de qualidade. Calor é o nosso elemento. Bosch Group. Acumuladores Logalux. Logalux LT Logalux SU Logalux LTN Logalux SM.

A perfeita definição de qualidade. Calor é o nosso elemento. Bosch Group. Acumuladores Logalux. Logalux LT Logalux SU Logalux LTN Logalux SM. [ Ar ] [ Água ] [ Terra ] Acumuladores Logalux [ Buderus ] A perfeita definição de qualidade Logalux LT Logalux SU Logalux LTN Logalux SM Calor é o nosso elemento Bosch Group Acumuladores Logalux Avançada

Leia mais

CIRCUITOS MAGNÉTICOS COM ÍMÃS PERMANENTES

CIRCUITOS MAGNÉTICOS COM ÍMÃS PERMANENTES APOTILA E ELETROMAGNETIMO I 146 16 CIRCUITO MAGNÉTICO COM ÍMÃ PERMANENTE Iniciamente vamos considerar um materia ferromanético iustrado na fiura 16.1, enroado com N espiras condutoras em que circua uma

Leia mais

Modernidade e inteligência. a serviço da construção. Eterplac Eterplac Wood Eterplac Stone Eterplac Color Painel Wall Pratic Wall

Modernidade e inteligência. a serviço da construção. Eterplac Eterplac Wood Eterplac Stone Eterplac Color Painel Wall Pratic Wall Modernidade e inteligência a serviço da construção Eterplac Eterplac Wood Eterplac Stone Eterplac Color Painel Wall Pratic Wall Com o objetivo de superar expectativas, acompanhar e influenciar a evolução

Leia mais

Outras Soluções Fichas de Aplicação

Outras Soluções Fichas de Aplicação Outras Soluções Fichas de Aplicação Cofragem Perdida Painel Perfurado Painel Sandwich Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads. Outros Suplementos de Soluções

Leia mais

também de acordo com o Sistema Métrico Internacional e conforme exigência da norma ABNT

também de acordo com o Sistema Métrico Internacional e conforme exigência da norma ABNT STEEL FRAME O Steel Frame é uma alternativa já consolidada e amplamente usada há dezenas de anos em países desenvolvidos. Ao contrário das estruturas convencionais de construção, são usados perfis de aço

Leia mais

Lã de Rocha. Produtos para a Construção Civil

Lã de Rocha. Produtos para a Construção Civil Produtos para a Construção Civil Mantas MN 2- MK 2 - MA 2 (25/ Kg/m3) Paletes MN 2 (Não Revestido) MK 2 (c/papel Kraft) MA 2 (c/aluminio) 8 000 x 1 200 60 6 000 x 1 200 80 4 500 x 1 200 100 Manta VF C/

Leia mais

Painel Sandwich em Madeira

Painel Sandwich em Madeira Painel Sandwich em Madeira Dossier Técnico Soluções para Coberturas www.jular.pt Lisboa: Norte: Centro: Sul: Sede e Fábrica: Quinta de Santa Rosa Apartado 1042 P-2681-855 Camarate (Lisboa) Rua Oriental,

Leia mais

Construção e montagem

Construção e montagem Construção e montagem Paredes com estrutura metálica W11 Construção A paredes consistem de uma estrutura metálica revestida com uma mais s de gesso, aparafusadas de ambos os lados. A estrutura metálica

Leia mais

ESPECÍFICA ILUMINAÇÃO APARELHO PROJETOR DE LONGO ALCANCE

ESPECÍFICA ILUMINAÇÃO APARELHO PROJETOR DE LONGO ALCANCE PRF 15/1 IP-54 Aparelho projetor fechado para lâmpadas tubulares de Vapor Metálico e Vapor de Sódio de alta pressão de 400 W. Quartzo iodo duplo envelope de 500 W. Corpo fundido em liga de Alumínio Silício,

Leia mais

Rigor, rapidez e qualidade de execução.

Rigor, rapidez e qualidade de execução. Rigor, rapidez e qualidade de execução. FAUSTINO E FERREIRA CONSTRUÇÕES METÁLICAS, SA 04 COMPONENTES E CONSTRUÇÕES METÁLICAS Somos uma empresa da indústria metalomecânica, especializada na concepção e

Leia mais

Emerson Marcos Furtado

Emerson Marcos Furtado Emerson Marcos Furtado Mestre em Métodos Numéricos pea Universidade Federa do Paraná (UFPR). Graduado em Matemática pea UFPR. Professor do Ensino Médio nos estados do Paraná e Santa Catarina desde 199.

Leia mais

tampo (TA ) VFX66T (vidro fixo triângulo 60 x 60 cm) MAX66 (maxim-ar 60 x 60 cm) maxim-ar (MAX )

tampo (TA ) VFX66T (vidro fixo triângulo 60 x 60 cm) MAX66 (maxim-ar 60 x 60 cm) maxim-ar (MAX ) 19 cruzeta (CR ) gradil (GR ) tampo (TA ) fixo (VFX ) VFX66T ( fixo triângulo 60 x 60 cm) CR66 (cruzeta 60 x 60 cm) MAX66 (maxim-ar 60 x 60 cm) ventilação permanente (VP ) maxim-ar (MAX ) maxim-ar dobradiça-haste

Leia mais

GABARITO LISTA 5 = REVISÃO GEOMETRIA ESPACIAL: PRISMAS, CILINDROS, PIRÂMIDES, CONES E ESFERAS.

GABARITO LISTA 5 = REVISÃO GEOMETRIA ESPACIAL: PRISMAS, CILINDROS, PIRÂMIDES, CONES E ESFERAS. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL COLÉGIO DE APLICAÇÃO - INSTITUTO DE MATEMÁTICA LABORATÓRIO DE PRÁTICA DE ENSINO EM MATEMÁTICA Professores: Luis Mazzei e Mariana Duro Acadêmicos: Marcos Vinícius

Leia mais

σ = ±, onde (σ) é a tensão, (M) é o momento e (ω ) é o módulo de resistência da ω

σ = ±, onde (σ) é a tensão, (M) é o momento e (ω ) é o módulo de resistência da ω QUESTÃO UNIV. TECNOL. FEDERAL DO PARANÁ UTFPR - 015. Dada uma viga com carregamento e geometria indicados abaixo, a tensão normal máxima de compressão equivale a: A) 40MPa. B) MPa. C) 14MPa. D) 0KN/m.

Leia mais

Telhas Térmicas Dânica

Telhas Térmicas Dânica Telhas Térmicas Dânica Sem dúvida, o melhor produto Dânica: sem dúvida, a melhor solução A telha térmica TermoRoof Dânica é o resultado da união entre resistência, versatilidade e conforto térmico. Leve

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA 2/3 LIMA DE FREITAS 10.º ANO FÍSICA E QUÍMICA A 2010/2011 NOME: Nº: TURMA:

ESCOLA SECUNDÁRIA 2/3 LIMA DE FREITAS 10.º ANO FÍSICA E QUÍMICA A 2010/2011 NOME: Nº: TURMA: ESCOLA SECUNDÁRIA 2/3 LIMA DE FREITAS 0.º ANO FÍSICA E QUÍMICA A 200/20 NOME: Nº: TURMA: AVALIAÇÃO: Prof.. A energia eléctrica pode ser produzida em centrais termoeléctricas. Nessa produção há perdas de

Leia mais

Lajes Aligeiradas

Lajes Aligeiradas www.ferca.pt Lajes Aligeiradas Princípios O sistema de moldes FG assenta em princípios de racionalização económica que permitem a execução de lajes das unidireccionais ou bidireccionais vulgarmente referenciadas

Leia mais

TECNOLOGIA A SERVIÇO DO AMIGO CAMINHONEIRO

TECNOLOGIA A SERVIÇO DO AMIGO CAMINHONEIRO TECNOLOGIA A SERVIÇO DO AMIGO CAMINHONEIRO QUEM SOMOS Fabricando excelência há 16 anos. Nós transformamos uma paixão em um produto. A Cielo cozinhas é a melhor escolha para sua empresa. Fabricamos cozinhas

Leia mais

CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS GERDAU

CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS GERDAU CANTONEIRAS DE ABAS IGUAIS GERDAU CANTONEIRA DE ABAS IGUAIS GERDAU Por sua ampla gama de bitolas e pela qualidade de seu aço, proporciona flexibilidade no dimensionamento das mais diversas estruturas,

Leia mais

Alukroma FACHADAS ARQUITETÔNICAS IMAGEM CORPORATIVA DECORAÇÃO SINALIZAÇÃO COMUNICAÇÃO VISUAL

Alukroma FACHADAS ARQUITETÔNICAS IMAGEM CORPORATIVA DECORAÇÃO SINALIZAÇÃO COMUNICAÇÃO VISUAL PAINÉIS DE ALUMÍNIO COMPOSTO ÚNICO FABRICANTE DE ACM COM LINHA DE PINTURA EM TERRITÓRIO NACIONAL IMAGEM CORPORATIVA FACHADAS ARQUITETÔNICAS DECORAÇÃO SINALIZAÇÃO COMUNICAÇÃO VISUAL A é uma empresa dedicada

Leia mais

FICHA TÉCNICA PRODUTO

FICHA TÉCNICA PRODUTO Modelo: ÚNICO Descrição do modelo: O modelo base de toda a gama OPENSPACE é composto por um caixilho de embutir para aplicação de uma porta de correr em madeira ou vidro. Com uma enorme versatilidade de

Leia mais

Superfícies Crivantes TALLERES NÚÑEZ

Superfícies Crivantes TALLERES NÚÑEZ hapa Perfurada Superfícies rivantes 8 8. hapa Perfurada 8.1. Aço ao arbono Aço Inoxidável Aço Anti desgaste 8.2. Tipos de perfuração TALLERES NÚÑEZ 89 90 TALLERES NÚÑEZ 8 hapas Perfuradas Pela sua resistência

Leia mais

Calculando áreas. Após terem sido furadas, qual delas possui maior área?

Calculando áreas. Após terem sido furadas, qual delas possui maior área? A UA UL LA 53 5 Cacuando áreas Para pensar Imagine que você vá revestir o piso de sua saa com ajotas. Para saber a quantidade de ajotas necessária, o que é preciso conhecer: a área ou o perímetro da saa?

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO TANQUE

ESPECIFICAÇÃO DO TANQUE ESPECIFICAÇÃO DO TANQUE FILTRO ASCENDENTE DE UMA ETE TANQUE CILINDRICO VERTICAL COM FUNDO PLANO APOIADO DIÂMETRO DO COSTADO: 2500 mm ALTURA DO COSTADO : 3700 mm LINER: 0,5 mm BARREIRA DE CORROSÃO: 2,0

Leia mais

CORRIMÕES / VARANDINS

CORRIMÕES / VARANDINS CORRIMÕES / VARANDINS CARACTERISTICAS MADE IN ITALY Os components do sistema de corrimão são produzidos em processo de pultrusão. (materias primas puxadas através de um banho de resina e de um molde de

Leia mais

EMBALAGENS DE CONSUMO. Tecnologia em EPS

EMBALAGENS DE CONSUMO. Tecnologia em EPS EMBALAGENS DE CONSUMO Tecnologia em EPS ISOPLAST - TRADIÇÃO EM QUALIDADE A ISOPLAST atua desde 1993 na região Norte-Nordeste do Brasil, onde é líder de mercado na fabricação de produtos derivados do poliestireno

Leia mais

Blocos de vidro com isolamento acústico

Blocos de vidro com isolamento acústico Blocos de vidro com isolamento acústico 1919/8 Light Diffusing (ex code: 198 LIGHT DIFFUSING WHITE) 1919/8 Light Diffusing é o bloco de vidro da Linha Technology que permite difundir a luz conferindo uma

Leia mais

ESPUMA PARA TELHAS. Data: 13/01/12 Pág. 1 de 7

ESPUMA PARA TELHAS. Data: 13/01/12 Pág. 1 de 7 Data: 13/01/12 Pág. 1 de 7 Dados técnicos: Base Poliuretano Consistência Espuma estável Sistema de endurecimento Polimerização pela humidade do ar Formação de pele Ca. 8 min. (20 C/65% H.R.) Tempo de secagem

Leia mais

O PODER DO QUARTZO AO SEU SERVIÇO

O PODER DO QUARTZO AO SEU SERVIÇO SILESTONE O PODER DO QUARTZO AO SEU SERVIÇO THE ORIGINAL A MELHOR SUPERFÍCIE EM QUARTZO PARA BANCADAS DE COZINHA, CASAS DE BANHO E PAVIMENTOS. PROTECÇÃO BACTERIOSTÁTICA Baseada em Tecnologia de Prata A

Leia mais

Da importância do aço

Da importância do aço Da importância do aço Imaginemos um mundo sem aço pregos e parafusos motores eléctricos armaduras para betão trilhos e rodas de comboios carrosserias e jantes para automóveis embalagens de bebidas equipamento

Leia mais

Sistemas de Reparo. As melhores soluções para recuperação de estruturas

Sistemas de Reparo. As melhores soluções para recuperação de estruturas Sistemas de Reparo As melhores soluções para recuperação de estruturas Reparo do concreto A deterioração do concreto é provocada por diversos fatores, sejam de caráter atmosférico como a chuva ácida e

Leia mais

C-CRYL S420 HB Revestimento acrílico casca de ovo de alta espessura Revisão: Janeiro 2016

C-CRYL S420 HB Revestimento acrílico casca de ovo de alta espessura Revisão: Janeiro 2016 DESCRIÇÃO C-Cryl S420 HB é um revestimento acrílico de alta espessura cujas principais propriedades são: - Produto com Marcação CE. - Cumpre os requisitos da norma EN 1504-2. - Cumpre com a especificação

Leia mais

Ficha técnica. 1 Composição. O painel de fachada EQUITONE PICTURA é constituído por:

Ficha técnica. 1 Composição. O painel de fachada EQUITONE PICTURA é constituído por: Ficha técnica 1 Composição O painel de fachada EQUITONE PICTURA é constituído por: cimento Portland de acordo com DIN EN 197-1 (como elemento de ligação) minerais (como elemento de preenchimento) celulose

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO LINHA DURS

BOLETIM TÉCNICO LINHA DURS BT 0003 BOLETIM TÉCNICO LINHA DURS LINHA DURS Fixadores autoperfurantes em aço carbono. Descrição Fixador autoperfurante com design exclusivo em aço carbono e marca H na cabeça. Tem como acessório uma

Leia mais

SOLUÇÕES INOVADORAS EM REVESTIMENTOS COMPÓSITOS

SOLUÇÕES INOVADORAS EM REVESTIMENTOS COMPÓSITOS SOLUÇÕES INOVADORAS EM REVESTIMENTOS COMPÓSITOS Participação: Olavo Barbour Filho REVESTIMENTOS EM COMPÓSITOS Proteção plena contra corrosão em ambientes agressivos Monolítico reforçado com fibra e escamas

Leia mais

PAINÉIS DE FIBRAS DE MADEIRA

PAINÉIS DE FIBRAS DE MADEIRA PAINÉIS DE FIBRAS DE MADEIRA Prof. Setsuo Iwakiri UFPR INTRODUÇÃO HISTÓRICO > 1914: Primeira fábrica > painéis fibras isolantes > processo úmido 1930: Primeira fábrica > painéis fibras duras > processo

Leia mais

RENOLIT WATERPROOFING

RENOLIT WATERPROOFING ALKORDESIGN O SISTEMA alkordesign O sistema ALKORDESIGN associa a estética das coberturas metálicas (zinco, cobre ou alumínio) às vantagens das membranas de impermeabilização sintéticas (alkorplan ). Este

Leia mais

BAYMER PE 9590/B16 INFORMATIVO TÉCNICO PROVISÓRIO PRODUTO EXPERIMENTAL

BAYMER PE 9590/B16 INFORMATIVO TÉCNICO PROVISÓRIO PRODUTO EXPERIMENTAL (1/5) BAYMER PE 9590/B16 INFORMATIVO TÉCNICO PROVISÓRIO PRODUTO EXPERIMENTAL Nº. Revisão Data: 01 Abr-00 Área Poliuretanos Aplicação Técnica Nossa assessoria técnica - tanto verbal quanto escrita ou através

Leia mais

Postes de Vinha. Lintéis. Aplicações. Tecnologia para a indústria de concreto pré-fabricado e protendido

Postes de Vinha. Lintéis. Aplicações. Tecnologia para a indústria de concreto pré-fabricado e protendido N O R D I M P I A N T I P R O D U C T S A P P L I C A T I O N S T U R N K E Y S E R V I C E G L O B A L Postes de Vinha e Lintéis Aplicações Postes de Vinha Lintéis Tecnologia para a indústria de concreto

Leia mais

GEOMEMBRANA PEAD MANUAL TÉCNICO

GEOMEMBRANA PEAD MANUAL TÉCNICO GEOMEMBRANA PEAD MANUAL TÉCNICO NEOPLASTIC EMBALAGENS PLÁSTICAS LTDA. Av. Pacaembu, 485 Serra dos Abreus Franco da Rocha SP CEP: 07810-000 Telefone: (11) 4443-1000 Fax: (11) 4443-1025 site: www.neoplastic.com.br

Leia mais

Tolerâncias de acordo com EN (nível I) Não retificada Após corte Espessura +/- 0.5mm +/-0.5mm Comprimento e largura +/- 5.0mm +/- 3mm Esquadria

Tolerâncias de acordo com EN (nível I) Não retificada Após corte Espessura +/- 0.5mm +/-0.5mm Comprimento e largura +/- 5.0mm +/- 3mm Esquadria Ficha técnica 1 Composição O painel EQUITONE TECTIVA (Etercolor) é constituído por: cimento Portland minerais selecionados que tornam as faces do painel mais macias fibras orgânicas reforçadas pigmentos

Leia mais

Placas de Policarbonato Planas

Placas de Policarbonato Planas Placas de Policarbonato Planas MULTI WALL SHEETS Painéis Multi-Funções Termopainéis U - Painel Vantagens Resistente a altos impactos Espessuras disponíveis Este tipo de placa alveolar de policarbonato

Leia mais

Forros e Revestimentos Acústicos de Madeira

Forros e Revestimentos Acústicos de Madeira Forros e Revestimentos Acústicos de Madeira Acústica e Design Acústica e Design Com foco em acústica a OWA Sonex atua no mercado desde 1988 oferecendo produtos inovadores de alta performance e design diferenciado.

Leia mais

TELA PARA AMARRAÇÃO DE ALVENARIA TELAS ELETROSSOLDADAS TELA EXPANDIDA TELAS E ARAMES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS INSTRUÇÕES DE APLICAÇÃO

TELA PARA AMARRAÇÃO DE ALVENARIA TELAS ELETROSSOLDADAS TELA EXPANDIDA TELAS E ARAMES CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS INSTRUÇÕES DE APLICAÇÃO 67 TELAS E S TELA PARA AMARRAÇÃO DE ALVENARIA São telas metálicas produzidas em aço zincado a fogo, utilizadas na união da alvenaria com a estrutura e entre alvenarias a fim de evitar o surgimento de fissuras

Leia mais

Referencial Técnico para Licitação Brise acústico para a unidades do Serviço Social do Comércio SESC, localizada na cidade satélite de Taguatinga

Referencial Técnico para Licitação Brise acústico para a unidades do Serviço Social do Comércio SESC, localizada na cidade satélite de Taguatinga Referencial Técnico para Licitação Brise acústico para a unidades do Serviço Social do Comércio SESC, localizada na cidade satélite de Taguatinga Cliente: SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO - SESC AR/DF Endereço:

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO VAI PRECISAR DE: VEJA O CÓDIGO DE PRODUÇÃO NA PARTE DE TRÁS DA TELHA TENHA EM ATENÇÃO 1 LIGUE:

GUIA DE INSTALAÇÃO VAI PRECISAR DE: VEJA O CÓDIGO DE PRODUÇÃO NA PARTE DE TRÁS DA TELHA TENHA EM ATENÇÃO 1 LIGUE: GUIA DE INSTALAÇÃO GUIA DE INSTALAÇÃO HERITAGE SHAKE SHINGLE MILANO VAI PRECISAR DE: MARTELO FITA MÉTRICA ALICATE DE CORTE 1 VERIFIQUE A AUTENTICIDADE DAS TELHAS VEJA O CÓDIGO DE PRODUÇÃO NA PARTE DE TRÁS

Leia mais

Lusomembrana, Lda. Tabela de preços Etics, Reboco e Gesso Cartonado Abril de 2014

Lusomembrana, Lda. Tabela de preços Etics, Reboco e Gesso Cartonado Abril de 2014 REDE DE REBOCO - CAPOTTO/ETICS - CERTIFICADA ETAG 004 Material:alcalino-resistente malha de fibra de vidro Aplicabilidade: Sistema de isolamento térmico externo e reforço interno de reboco e revestimentos

Leia mais

GAMA AMBICABOS CD26R02

GAMA AMBICABOS CD26R02 GAMA AMBICABOS ÍNDICE 1. Apresentação do Tubo... 3 2. Materiais e Plano de Inspecção e Ensaio de Recepção...3-4 3. Especificações Técnicas... 4-5 4. Acessórios... 6 5. Instalação / Utilização... 6 Data.

Leia mais

Boletim Técnico Outubro, 2011

Boletim Técnico Outubro, 2011 Extreme Sealing Tape Boletim Técnico Outubro, 2011 Descrição do Produto 3M Extreme Sealing Tape é uma fita simples face com adesivo sensível à pressão desenvolvida para aplicações de difícil vedação. O

Leia mais

2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2)

2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2) 1 PRODUTO: MESAS PARA SALA DE ESPERA - Portaria nº 69/SMG-G/2009 de 03/07/2009 1. DESTINAÇÃO Para uso em salas de espera. 2. REQUISITOS GERAIS 2.1. DESCRIÇÃO (VER DESENHOS Nº 15w1 e15w2 e/ou 16w1 e 16w2)

Leia mais

Reabilitação de coberturas de fibrocimento sem perfuração das placas existentes e sem libertação de pó Com armadura de reforço Paraplac

Reabilitação de coberturas de fibrocimento sem perfuração das placas existentes e sem libertação de pó Com armadura de reforço Paraplac Reabilitação de coberturas de fibrocimento sem perfuração das placas existentes e sem libertação de pó Com armadura de reforço Paraplac Paraplac é uma marca registada de Icopal Siplast S.A.S. Representado

Leia mais