Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now."

Transcrição

1 v LISTA DE TABELAS Página TABELA 1 - Categorias de IMC...13 TABELA 2 - Valores do teste Shapiro Wilks TABELA 3 - Distribuição dos praticantes e não praticantes de futsal segundo calssificação de IMC TABELA 4 - Correlação entre IA e POMA para a amostra total, praticantes e não praticantes de futsal...28

2 vi LISTA DE FIGURAS Página FIGURA 1 - Índice do Arco... 8 FIGURA 2 - Modelo de Pêndulo Invertido FIGURA 3 - Distribuição da média de idade cronológica nos grupos praticantes e não praticantes de futsal FIGURA 4 - Mediana dos valores de POMA alcançados pelos praticantes e não praticantes de futsal FIGURA 5 - Mediana dos valores alcançados pelos praticantes e não praticantes de futsal no IAD FIGURA 6 - Mediana dos valores alcançados pelos praticantes e não praticantes de futsal no IAE FIGURA 7 - Mediana dos valores alcançados pelos praticantes e não praticantes de futsal no IMC (Kg/m 2 ) FIGURA 8 - Mediana dos valores alcançados pelos praticantes e não praticantes de futsal no Baecke... 27

3 vii LISTA DE ABREVIAÇÕES COM Centro de Massa IA índice do arco IAD índice do arco direito IAE índice do arco esquerdo POMA Performance Oriented Mobility Assessment IMC índice de massa corporal

4 viii LISTA DE ANEXOS Página ANEXO I - Termo de consentimento livre e esclarecido ANEXO II - Questionário de atividade física de Baecke modificado ANEXO III - Ficha de avaliação do teste POMA ANEXO IV -Termo de aprovação ANEXO V - Tabela de dados da população geral, dos praticantes e não praticantes de futsal... 56

5 ix RESUMO RELAÇÃO ENTRE A ESTRUTURA DO PÉ E O EQUILÍBRIO EM IDOSOS Autora: MARIA FERNANDA DE OLIVEIRA Orientadora: Profa. Dra. SUELY DOS SANTOS Os pés representam a base de suporte do ser humano e a projeção do centro de massa dentro dela faz com que o indivíduo permaneça em equilíbrio. Alterações na base são responsáveis pela perda da instabilidade e podem ser a causa de quedas, principalmente em idosos. Portanto, verificar a relação entre o pé e o equilíbrio em idosos é de fundamental importância não apenas para compreender a natureza dessa relação, mas também para facilitar, a partir disso, suas atividades diárias como, por exemplo, sentar-se, andar e ficar em pé. Como há indicativos na literatura de que o índice de massa corporal e a prática de atividade física podem estar ligadas à manutenção do equilíbrio, torna-se necessário verificar a influência dessas variáveis nessa relação. O objetivo deste estudo foi verificar a relação entre a estrutura do pé (mais precisamente o arco longitudinal medial) e o equilíbrio em idosos praticantes e não praticantes de futsal. Foram avaliados 28 idosos do sexo masculino através da mensuração do índice do arco, da aplicação do teste de equilíbrio (POMA) e do questionário de Baecke modificado para idosos. Os resultados mostraram que não houve correlação significante entre as variáveis pé e equilíbrio tanto em diferentes tipos de IMC quanto em idosos praticantes e não praticantes de futsal. Todos os idosos apresentaram pontuação alta no POMA (entre 23 e 28 pontos), fato que demonstra efeito teto na população estudada. De um modo geral pode-se dizer que não houve relação entre pé e equilíbrio na população estudada.

6 x Palavras chave: índice do arco, equilíbrio, IMC, atividade física, idosos.

7 xi ABSTRACT THE RELATIONSHIP BETWEEN FOOT S STRUCTURE AND BALANCE IN OLDER PEOPLE Author: MARIA FERNANDA DE OLIVEIRA Adviser: Profa. Dra. SUELY DOS SANTOS The feet represent the base of support in the human beings and the center of mass projection on this base makes the individual balance. Any modification in the base of support is responsible for the lost the stability causing falls, particularly in older people. Therefore, the relationship between foot and balance in older people is important not only to understand the relationship nature but also to help daily activities such as sitting, walking and standing. Since the literature indicates that the body mass índex and the practice of physical atcivity can influence the balance, it is necessary to examine the influence in this relationship. The purpose of this study is verifying the relationship between foot (mainly the arch) and balance in older people who practices futsal or not. In this study, 28 male older people were assessed by using the arch índex and a balance test (POMA), and the Baecke questionnaire on habitual physical activity for elderly. The results show that there was not a significant correlantion between arch index and balance in differents types of BMI among older people who practices futsal or not. All volunteers show high pontuation in POMA (23 and 28 points) demonstrating ceiling effect. In conclusion there was not a relationship between foot structure and balance in this population. Keywords: arch índex, balance, BMI, physical activity, older people.

A prática de atividades físicas, a idade cognitiva e as restrições intrapessoais entre pessoas mais velhas

A prática de atividades físicas, a idade cognitiva e as restrições intrapessoais entre pessoas mais velhas Gustavo Marin Fontes A prática de atividades físicas, a idade cognitiva e as restrições intrapessoais entre pessoas mais velhas Dissertação de Mestrado (Opção profissional) Dissertação apresentada como

Leia mais

Teste do Tempo & Troco

Teste do Tempo & Troco Instituto Superior Miguel Torga Escola Superior de Altos Estudos Teste do Tempo & Troco Estudo de Validação Edgar Correia Dissertação de Mestrado em Psicologia Clínica Coimbra, 2011 Teste do Tempo & Troco

Leia mais

Quero agradecer à minha família e amigos, por todo o apoio, incentivo e compreensão ao longo desta etapa, marcada por muitos sacrifícios e angústias.

Quero agradecer à minha família e amigos, por todo o apoio, incentivo e compreensão ao longo desta etapa, marcada por muitos sacrifícios e angústias. Agradecimentos Quero agradecer à minha família e amigos, por todo o apoio, incentivo e compreensão ao longo desta etapa, marcada por muitos sacrifícios e angústias. Um agradecimento muito especial à minha

Leia mais

AGRADECIMENTOS. Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

AGRADECIMENTOS. Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. i AGRADECIMENTOS A toda minha família e meus amigos, pela paciência e apoio. Ao meu orientador, Prof. Dante de Rose Jr., pelo crédito e apoio irrestrito, todo meu carinho e admiração. Aos professores Osvaldo

Leia mais

Atributos de satisfação como determinantes da lealdade de clientes de academias no Brasil

Atributos de satisfação como determinantes da lealdade de clientes de academias no Brasil Atributos de satisfação como determinantes da lealdade de clientes de academias no Brasil Dissertação elaborada com vista à obtenção do grau de Mestre em Gestão do Desporto Orientador: Professor Doutor

Leia mais

Índice. Índice de Figuras. Índice de Tabelas. Lista de Abreviaturas. Resumo e Palavras-chave. 1. Introdução Objetivos 6

Índice. Índice de Figuras. Índice de Tabelas. Lista de Abreviaturas. Resumo e Palavras-chave. 1. Introdução Objetivos 6 Índice Índice de Figuras iii Índice de Tabelas iv Lista de Abreviaturas v Resumo e Palavras-chave vii 1. Introdução 1 2. Objetivos 6 3. Materiais e Métodos 8 4. Resultados e Discussão 10 5. Conclusão 17

Leia mais

Exigências laborais associadas ao stress profissional e bem-estar laboral: O papel moderador da coesão grupal percebida

Exigências laborais associadas ao stress profissional e bem-estar laboral: O papel moderador da coesão grupal percebida Departamento de Psicologia Social e das Organizações Exigências laborais associadas ao stress profissional e bem-estar laboral: O papel moderador da coesão grupal percebida Rita Menezes dos Santos Dissertação

Leia mais

ÍNDICE DE QUADROS. Quadro Classificações de estudos realizados na área das capacidades coordenativas.

ÍNDICE DE QUADROS. Quadro Classificações de estudos realizados na área das capacidades coordenativas. ÍNDICE DE QUADROS Pág. Quadro 2.4.1. Classificações de estudos realizados na área das capacidades coordenativas. 20 Quadro 2.6.1. Relação entre tipos/provas de equilíbrio. 24 Quadro 2.7.1.1. Quadro das

Leia mais

LISTA DE TABELAS. Páginas

LISTA DE TABELAS. Páginas i AGRADECIMENTOS Primeiramente a Deus em quem acreditei e que me proporcionou a possibilidade de conhecer o verdadeiro sentido da fé, e que me ajudou a conquistar este título. A minha orientadora professora

Leia mais

OUTRA FORMA DE VER? A CONSTRUÇÃO DO AUTOCONCEITO DE CRIANÇAS CEGAS E AMBLIOPES

OUTRA FORMA DE VER? A CONSTRUÇÃO DO AUTOCONCEITO DE CRIANÇAS CEGAS E AMBLIOPES UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA CENTRO REGIONAL DE BRAGA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS OUTRA FORMA DE VER? A CONSTRUÇÃO DO AUTOCONCEITO DE CRIANÇAS CEGAS E AMBLIOPES II Ciclo de Estudos em Ciências da

Leia mais

SÉRIES TEMPORAIS COM INTERVALOS-ALVO DIFERENTES EM TAREFAS DE TAPPING COM CRIANÇAS: O PARADIGMA DE STEVENS REVISITADO

SÉRIES TEMPORAIS COM INTERVALOS-ALVO DIFERENTES EM TAREFAS DE TAPPING COM CRIANÇAS: O PARADIGMA DE STEVENS REVISITADO UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA SÉRIES TEMPORAIS COM INTERVALOS-ALVO DIFERENTES EM TAREFAS DE TAPPING COM CRIANÇAS: O PARADIGMA DE STEVENS REVISITADO Dissertação elaborada

Leia mais

INSATISFAÇÃO CORPORAL E COMPORTAMENTO ALIMENTAR EM PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA

INSATISFAÇÃO CORPORAL E COMPORTAMENTO ALIMENTAR EM PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 INSATISFAÇÃO CORPORAL E COMPORTAMENTO ALIMENTAR EM PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA Juciane Tonon Chinarelli 1 ; Renata Cristina Casale Veronezzi 2 ; Angela

Leia mais

IMC DOS ALUNOS DO 4º PERÍODO DO CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS CAMPI/INHUMAS.

IMC DOS ALUNOS DO 4º PERÍODO DO CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS CAMPI/INHUMAS. IMC DOS ALUNOS DO 4º PERÍODO DO CURSO TÉCNICO EM ALIMENTOS DO INSTITUTO FEDERAL DE GOIÁS CAMPI/INHUMAS. MÁXIMO, Jefferson Jorcelino 1 Introdução: O índice de massa corpórea IMC é uma medida simples do

Leia mais

ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE QUADROS... III ÍNDICE DE FIGURAS... VIII ÍNDICE DE GRÁFICOS... IX ABREVIATURAS.. X RESUMO... XI ABSTRACT...

ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE QUADROS... III ÍNDICE DE FIGURAS... VIII ÍNDICE DE GRÁFICOS... IX ABREVIATURAS.. X RESUMO... XI ABSTRACT... ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE QUADROS... III ÍNDICE DE FIGURAS... VIII ÍNDICE DE GRÁFICOS... IX ABREVIATURAS.. X RESUMO... XI ABSTRACT... XII 1. INTRODUÇÃO... Erro! Marcador não 2. REVISÃO DE LITERATURA...

Leia mais

Dedicatória. À memória do meu querido avô Amaro, nunca te esquecerei. Aos meus filhos António e Cecília, pelos momentos ausentes.

Dedicatória. À memória do meu querido avô Amaro, nunca te esquecerei. Aos meus filhos António e Cecília, pelos momentos ausentes. ii Dedicatória À memória do meu querido avô Amaro, nunca te esquecerei. Aos meus filhos António e Cecília, pelos momentos ausentes. iii iv Agradecimentos Uma investigação desta tipologia envolve, directa

Leia mais

ASSOCIAÇÃO ENTRE O EQUILÍBRIO DINÂMICO E O ESTADO NUTRICIONAL DOS FREQUENTADORES DO PROJETO UNINASF

ASSOCIAÇÃO ENTRE O EQUILÍBRIO DINÂMICO E O ESTADO NUTRICIONAL DOS FREQUENTADORES DO PROJETO UNINASF 116 ASSOCIAÇÃO ENTRE O EQUILÍBRIO DINÂMICO E O ESTADO NUTRICIONAL DOS FREQUENTADORES DO PROJETO UNINASF Lísias Venina Souza Brandão¹, Karina Oliveira Martinho² Resumo: O objetivo deste estudo foi associar

Leia mais

Avaliação do Índice Apoptótico em Adenomas Pleomórficos de Glândulas Salivares

Avaliação do Índice Apoptótico em Adenomas Pleomórficos de Glândulas Salivares PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Faculdade de Odontologia Avaliação do Índice Apoptótico em Adenomas Pleomórficos de Glândulas Salivares Paulo César de Lacerda Dantas Belo Horizonte- MG

Leia mais

Aula prática. O roteiro da aula prática. O que se vai calcular no software Anthro/AnthroPlus. Anthro (WHO 2006) Anthro (WHO 2006) Anthro (WHO 2006)

Aula prática. O roteiro da aula prática. O que se vai calcular no software Anthro/AnthroPlus. Anthro (WHO 2006) Anthro (WHO 2006) Anthro (WHO 2006) 5/6/217 Universidade de São Paulo Faculdade de Saúde Pública Departamento de Nutrição HNT21 Avaliação Nutricional O roteiro da aula prática 1 atividade:, versão 3 de 211 Aula prática a) Uso do software

Leia mais

Avaliação do Sistema de Avaliação de Alunos da Disciplina de Pediatria I 3:1 Parte

Avaliação do Sistema de Avaliação de Alunos da Disciplina de Pediatria I 3:1 Parte Acta Pediam. Port., 2001; N. 6; Vol. 32: 399-406 EDUCAÇÃO MÉDICA PEDIÁTRICA Avaliação do Sistema de Avaliação de Alunos da Disciplina de Pediatria I 3:1 Parte LEONOR LEVY * Professora Auxiliar da Faculdade

Leia mais

!" # "$ %!" &" ' ( & )!" & )# * # +, & & ), % ) % " -' )#, ( ". %(,,$ " / ) 0 ( %" % &". "/ " "( " 1, % ( " $" * 2(,3" & 4564

! # $ %! & ' ( & )! & )# * # +, & & ), % ) %  -' )#, ( . %(,,$  / ) 0 ( % % &. /  (  1, % (  $ * 2(,3 & 4564 !"#"$%!"&"'(&)!"&)#*#+,&&),%)%"-')#, (".%(,,$"/)0(%" %&"."/""("1,%(" $"*2(,3"&4564 A dissertação foi elaborada de acordo com o novo acordo ortográfico. 2 Agradecimentos Quero agradecer à professora Doutora

Leia mais

iii AGRADECIMENTOS Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

iii AGRADECIMENTOS Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. iii AGRADECIMENTOS Aos jogadores e comissão técnica das equipes Sub-13 e Sub-15 do E.C. Banespa. Ao Luiz Paes de Barros, companheiro de estudos sobre o futsal. Aos amigos do Grupo de Estudo e Pesquisa

Leia mais

PERFIL ANTROPOMÉTRICO DOS USUÁRIOS DE CENTROS DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL- RN

PERFIL ANTROPOMÉTRICO DOS USUÁRIOS DE CENTROS DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL- RN PERFIL ANTROPOMÉTRICO DOS USUÁRIOS DE CENTROS DE CONVIVÊNCIA PARA IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL- RN Ana Paula Araujo de Souza 1 ; Luciana Karla Miranda Lins 2 1 Secretaria Municipal do Trabalho e Assistência

Leia mais

AVALIAÇÃO DA FORÇA MUSCULAR E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM PARTICIPANTES DO PROJETO UNINASF NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA-MG.

AVALIAÇÃO DA FORÇA MUSCULAR E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM PARTICIPANTES DO PROJETO UNINASF NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA-MG. 150 AVALIAÇÃO DA FORÇA MUSCULAR E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM PARTICIPANTES DO PROJETO UNINASF NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA-MG. Léo Marques Soares de Freitas¹, Karina Oliveira Martinho² Resumo: São inúmeras

Leia mais

Atitude dos Consumidores face aos Apelos Emocionais e Racionais da Publicidade:

Atitude dos Consumidores face aos Apelos Emocionais e Racionais da Publicidade: Atitude dos Consumidores face aos Apelos Emocionais e Racionais da Publicidade: estudo do sector alimentar por Elisa Margarida Lopes Canedo Tese de Mestrado em Marketing Orientada por: Prof. Doutor Paulo

Leia mais

AUTOR(ES): LUIS FERNANDO ROCHA, ACKTISON WENZEL SOTANA, ANDRÉ LUIS GOMES, CAIO CÉSAR OLIVEIRA DE SOUZA, CLEBER CARLOS SILVA

AUTOR(ES): LUIS FERNANDO ROCHA, ACKTISON WENZEL SOTANA, ANDRÉ LUIS GOMES, CAIO CÉSAR OLIVEIRA DE SOUZA, CLEBER CARLOS SILVA 16 TÍTULO: NÍVEL DE OBESIDADE ENTRE MÃES E FILHOS ESCOLARES CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: EDUCAÇÃO FÍSICA INSTITUIÇÃO: FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO AUTOR(ES):

Leia mais

ANEXO 1. FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO RESUMO DE COMUNICAÇÃO ORAL EM SESSÃO TEMÁTICA II ENExC Encontro de Extensão e Cultura da UFPE

ANEXO 1. FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO RESUMO DE COMUNICAÇÃO ORAL EM SESSÃO TEMÁTICA II ENExC Encontro de Extensão e Cultura da UFPE ANEXO 1 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO RESUMO DE COMUNICAÇÃO ORAL EM SESSÃO TEMÁTICA II ENExC Encontro de Extensão e Cultura da UFPE - 2016 1. Nome Completo do(a) Autor(a) Apresentador(a): Pablo Ramon Amorim

Leia mais

Michel Lacerda Baitelli. Posicionamento Competitivo dentro dos Grupos Estratégicos da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos

Michel Lacerda Baitelli. Posicionamento Competitivo dentro dos Grupos Estratégicos da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos Michel Lacerda Baitelli Posicionamento Competitivo dentro dos Grupos Estratégicos da Indústria de Higiene Pessoal e Cosméticos Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PSICOLOGIA. Claudia Mascarenhas Fernandes PSICANÁLISE PARA AQUELES QUE AINDA NÃO FALAM?

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PSICOLOGIA. Claudia Mascarenhas Fernandes PSICANÁLISE PARA AQUELES QUE AINDA NÃO FALAM? UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PSICOLOGIA Claudia Mascarenhas Fernandes PSICANÁLISE PARA AQUELES QUE AINDA NÃO FALAM? A IMAGEM E A LETRA NA CLÍNICA COM O BEBÊ São Paulo 2010 2 Claudia Mascarenhas

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: RELAÇÃO ENTRE INATIVIDADE FÍSICA E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM CRIANÇAS DA REDE MUNICIPAL DE VITÓRIA DE SANTO ANTÃO PE.

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: RELAÇÃO ENTRE INATIVIDADE FÍSICA E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM CRIANÇAS DA REDE MUNICIPAL DE VITÓRIA DE SANTO ANTÃO PE. EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: RELAÇÃO ENTRE INATIVIDADE FÍSICA E ÍNDICE DE MASSA CORPORAL EM CRIANÇAS DA REDE MUNICIPAL DE VITÓRIA DE SANTO ANTÃO PE. RAMON WAGNER BARBOSA DE HOLANDA PABLO RUDÁ FERREIRA BARROS

Leia mais

Relação entre a Ingestão de Café e a Saúde

Relação entre a Ingestão de Café e a Saúde Licenciatura em Ciências da Nutrição Relação entre a Ingestão de Café e a Saúde Volume II Anexos Elaborado por Gilda Maria Pimentel Brandão Aluna nº 201092225 Orientador Interno: Prof. Doutora Suzana Paz

Leia mais

CORRELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS EM UMA CIDADE DO NORDESTE BRASILEIRO

CORRELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS EM UMA CIDADE DO NORDESTE BRASILEIRO CORRELAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA E NÍVEL DE ATIVIDADE FÍSICA DE IDOSOS EM UMA CIDADE DO NORDESTE BRASILEIRO Karoline de Lima Alves UFPB/ e-mail: krol_lima_17@hotmail.com 1 Anna Cláudia Freire

Leia mais

Dedico este trabalho às minhas filhas à minha esposa pelo apoio em todos os projetos. iii

Dedico este trabalho às minhas filhas à minha esposa pelo apoio em todos os projetos. iii Dedico este trabalho às minhas filhas à minha esposa pelo apoio em todos os projetos. iii Agradecimentos Um trabalho destes só é possível com a colaboração, participação e esforço conjugado de um elevado

Leia mais

Service quality in restaurants: an experimental analysis performed in Brazil

Service quality in restaurants: an experimental analysis performed in Brazil . XIII INTERNATIONAL CONFERENCE ON INDUSTRIAL ENGINEERING AND OPERATIONS MANAGEMENT Energy that moves production: a dialogue among integration, project and sustainability 09-11 October 2007 Service quality

Leia mais

EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO CORPORAL MATERNA PÓS-PARTO E SUA RELAÇÃO COM O PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS DO LEITE HUMANO

EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO CORPORAL MATERNA PÓS-PARTO E SUA RELAÇÃO COM O PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS DO LEITE HUMANO DANIELLE CABRINI EVOLUÇÃO DA COMPOSIÇÃO CORPORAL MATERNA PÓS-PARTO E SUA RELAÇÃO COM O PERFIL DE ÁCIDOS GRAXOS DO LEITE HUMANO Dissertação apresentada à Universidade Federal de Viçosa, como parte das exigências

Leia mais

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497)

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Formato do curso: Presencial Preço: 800 Nível: Intermédio Duração: 12 horas Este curso, mostra a Programadores e Testers como utilizar as ferramentas do

Leia mais

Author: Aline Mizusaki 1 Co-authors: Reynaldo Rodrigues 2, Maria Stella Peccin 3, Jorge M. Mizusaki 4

Author: Aline Mizusaki 1 Co-authors: Reynaldo Rodrigues 2, Maria Stella Peccin 3, Jorge M. Mizusaki 4 Cross-cultural adaptation and validation of the Brazilian Portuguese version of the Foot and Ankle Outcome Score Questionnaire (Tradução e Validação do Questionário FAOS Foot and Ankle Outcome Score para

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS POR ALUNOS PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO EM ACADEMIAS DA CIDADE DE PIRACICABA

UTILIZAÇÃO DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS POR ALUNOS PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO EM ACADEMIAS DA CIDADE DE PIRACICABA UNIVERSIDADE METODISTA DE PIRACICABA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE MESTRADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA JOSÉ BECHARA NETO UTILIZAÇÃO DE SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS POR ALUNOS PRATICANTES DE MUSCULAÇÃO EM

Leia mais

ESTRESSE OCUPACIONAL E BURNOUT EM PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ

ESTRESSE OCUPACIONAL E BURNOUT EM PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ - FRANCINE MILENE ROMÃO ESTRESSE OCUPACIONAL E BURNOUT EM PROFISSIONAIS QUE ATUAM NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA NO MUNICÍPIO DE ITAJAÍ I t a j a í / SC 2009 FRANCINE MILENE

Leia mais

RESUMO. PALAVRAS-CHAVE: Linguagem; Música; Comunicação verbal; Terapia; Projecção de som

RESUMO. PALAVRAS-CHAVE: Linguagem; Música; Comunicação verbal; Terapia; Projecção de som RESUMO O presente trabalho resulta de uma investigação realizada num Jardim-de-Infância, pertencente a uma instituição denominada Centro de Acção Social do Concelho de Ílhavo (CASCI). O estudo tem como

Leia mais

UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA Faculdade de Ciências da Saúde Unidade Ponte de Lima Aluna de Enfermagem : Ana Isabel Sequeiros de Matos Lima. Nº7709 Orientadora Científica: Professora Doutora Manuela Pontes

Leia mais

GISELE QUEIROZ CARVALHO

GISELE QUEIROZ CARVALHO GISELE QUEIROZ CARVALHO ESTUDO DE ALGUNS MARCADORES INFLAMATÓRIOS E DE SÍNDROME METABÓLICA EM ADOLESCENTES COM SOBREPESO E NAQUELAS METABOLICAMENTE OBESAS DE PESO NORMAL. Dissertação apresentada à Universidade

Leia mais

TRATAMENTO TÓPICO COM MEL, PRÓPOLIS EM GEL E CREME A BASE DE ALANTOÍNA EM FERIDAS EXPERIMENTALMENTE INFECTADAS DE COELHOS.

TRATAMENTO TÓPICO COM MEL, PRÓPOLIS EM GEL E CREME A BASE DE ALANTOÍNA EM FERIDAS EXPERIMENTALMENTE INFECTADAS DE COELHOS. NAPOLEÃO MARTINS ARGÔLO NETO TRATAMENTO TÓPICO COM MEL, PRÓPOLIS EM GEL E CREME A BASE DE ALANTOÍNA EM FERIDAS EXPERIMENTALMENTE INFECTADAS DE COELHOS. Tese apresentada à Universidade Federal de Viçosa,

Leia mais

CAPITULO IV APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

CAPITULO IV APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS CAPITULO IV APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS Ao longo deste capítulo, serão apresentados os resultados obtidos bem como a sua discussão, após o tratamento estatístico das variáveis envolvidas no

Leia mais

Restrições intrapessoais para o lazer em turismo

Restrições intrapessoais para o lazer em turismo Renato das Chagas Benevenuto Restrições intrapessoais para o lazer em turismo por idosos no Rio de Janeiro Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Administração

Leia mais

ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE TABELAS ÍNDICE DE FIGURAS LISTA DE ABREVIATURAS RESUMO ABSTRACT VII IX X XI XII

ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE TABELAS ÍNDICE DE FIGURAS LISTA DE ABREVIATURAS RESUMO ABSTRACT VII IX X XI XII ÍNDICE GERAL ÍNDICE GERAL ÍNDICE DE TABELAS ÍNDICE DE FIGURAS LISTA DE ABREVIATURAS RESUMO ABSTRACT III VII IX X XI XII 1. INTRODUÇÃO 13 1.1. Pertinência do trabalho 14 1.2. Objectivos e Hipóteses de Estudo

Leia mais

Procura por indícios de efeitos geracionais em produto de baixo envolvimento: o caso da escolha do etanol como combustível para o carro

Procura por indícios de efeitos geracionais em produto de baixo envolvimento: o caso da escolha do etanol como combustível para o carro Talita Barbosa Matos Peixoto Procura por indícios de efeitos geracionais em produto de baixo envolvimento: o caso da escolha do etanol como combustível para o carro Dissertação de Mestrado Dissertação

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Escola das Artes

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Escola das Artes UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Escola das Artes A Técnica de Respiração nos Instrumentos Musicais de Sopro: Estudo de Caso na Escola Profissional Artística do Vale do Ave - Artave Dissertação apresentada

Leia mais

MECANISMOS DE CORREÇÃO DA ACIDEZ DO SOLO NO SISTEMA PLANTIO DIRETO COM APLICAÇÃO DE CALCÁRIO NA SUPERFÍCIE

MECANISMOS DE CORREÇÃO DA ACIDEZ DO SOLO NO SISTEMA PLANTIO DIRETO COM APLICAÇÃO DE CALCÁRIO NA SUPERFÍCIE MECANISMOS DE CORREÇÃO DA ACIDEZ DO SOLO NO SISTEMA PLANTIO DIRETO COM APLICAÇÃO DE CALCÁRIO NA SUPERFÍCIE ANTONIO SERGIO DO AMARAL Engenheiro Agrônomo (UDESC) Mestre em Ciência do Solo (UFRGS) MECANISMOS

Leia mais

Guerrilla Marketing on Social Media

Guerrilla Marketing on Social Media Universidade de Aveiro 2015 Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Aveiro Leandro Antunes Pina Marketing de Guerrilha em Redes Sociais Guerrilla Marketing on Social Media Universidade de

Leia mais

Sobrepeso, obesidade e importância da prática de atividade física em um grupo de crianças

Sobrepeso, obesidade e importância da prática de atividade física em um grupo de crianças Sobrepeso, obesidade e importância da prática de atividade física em um grupo de crianças Overweight, obesity and the importance of physical activity in a group of children Soraia Dias Alves Aluna do curso

Leia mais

MEDO DE QUEDA EM IDOSOS SUBMETIDOS À CIRURGIA DE CATARATA

MEDO DE QUEDA EM IDOSOS SUBMETIDOS À CIRURGIA DE CATARATA 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA GABRYELLA STEPHANYE OLIVEIRA NASCIMENTO MEDO DE QUEDA EM IDOSOS SUBMETIDOS À CIRURGIA DE CATARATA BRASÍLIA 2015 2 GABRYELLA

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO Curso de Especialização em Gerontologia

CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO Curso de Especialização em Gerontologia CENTRO UNIVERSITÁRIO SÃO CAMILO Curso de Especialização em Gerontologia Jader Santos Andrade EVIDÊNCIAS RELATIVAS AO EMPREGO DE FÁRMACOS PARA TRATAMENTO DA SARCOPENIA EM IDOSOS FRÁGEIS Monografia de conclusão

Leia mais

Anexo I Manual de intervenções de enfermagem que previnem o declínio do grau de (in)dependência do doente idoso hospitalizado na realização das suas

Anexo I Manual de intervenções de enfermagem que previnem o declínio do grau de (in)dependência do doente idoso hospitalizado na realização das suas ANEXOS Anexo I Manual de intervenções de enfermagem que previnem o declínio do grau de (in)dependência do doente idoso hospitalizado na realização das suas actividades básicas de vida diária Anexo II

Leia mais

AVALIAÇÃO SENSORIAL DE DOCE DE LEITE PASTOSO ADICIONADO DE FARINHA DE LINHAÇA

AVALIAÇÃO SENSORIAL DE DOCE DE LEITE PASTOSO ADICIONADO DE FARINHA DE LINHAÇA AVALIAÇÃO SENSORIAL DE DOCE DE LEITE PASTOSO ADICIONADO DE FARINHA DE LINHAÇA Leidiana Elias XAVIER 1 ; Yaroslávia Ferreira PAIVA 1 ; Moisés Sesion de Medeiros NETO 1 ; Anderson Florentino de LIMA 1 ;

Leia mais

ANALISE DA COORDENAÇÃO MOTORA RUDIMENTAR E EQUILIBRIO EM CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PARTICULAR DE BRASILIA-DF

ANALISE DA COORDENAÇÃO MOTORA RUDIMENTAR E EQUILIBRIO EM CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL DE UMA ESCOLA PARTICULAR DE BRASILIA-DF CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA - UniCEUB FACULDADE DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO E SAÚDE FACES WILLIAM ALVES DE VELLOSO VIANNA ANALISE DA COORDENAÇÃO MOTORA RUDIMENTAR E EQUILIBRIO EM CRIANÇAS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Leia mais

Título do Trabalho: Correlação entre dois instrumentos para avaliação do desenvolvimento motor de prematuros

Título do Trabalho: Correlação entre dois instrumentos para avaliação do desenvolvimento motor de prematuros Introdução O acompanhamento do desenvolvimento infantil consiste em uma das mais importantes estratégias básicas de saúde, demonstrando significante eficácia (SILVA; MAIA; LOPES; CARDOSO, 2013). Nesse

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE INDICADORES DE MUSCULATURA E DE ADIPOSIDADE COM MASSA CORPORAL E RISCO CARDIOVASCULAR EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

RELAÇÃO ENTRE INDICADORES DE MUSCULATURA E DE ADIPOSIDADE COM MASSA CORPORAL E RISCO CARDIOVASCULAR EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS RELAÇÃO ENTRE INDICADORES DE MUSCULATURA E DE ADIPOSIDADE COM MASSA CORPORAL E RISCO CARDIOVASCULAR EM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS Marcos Felipe Silva de Lima marcosfelipe@ymail.com Larissa Praça de Oliveira

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO FUNCIONAL DE IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS Cristina Marques de Almeida Holanda¹, Michele Alexandre da Silva². Universidade Federal da Paraíba - UFPB cristinamahd@gmail.com¹, michelebr@live.com

Leia mais

CELSO GALLIZA PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO PREDIAL NO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA

CELSO GALLIZA PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO PREDIAL NO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA CELSO GALLIZA PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA DA MANUTENÇÃO PREDIAL NO PODER JUDICIÁRIO DE SANTA CATARINA FLORIANÓPOLIS SC 2008 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA

Leia mais

PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO DESTINADO À ELABORAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO ORIGINAL NO ÂMBITO DO CURSO DE MESTRADO EM EPIDEMIOLOGIA (1ª EDIÇÃO)

PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO DESTINADO À ELABORAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO ORIGINAL NO ÂMBITO DO CURSO DE MESTRADO EM EPIDEMIOLOGIA (1ª EDIÇÃO) PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO DESTINADO À ELABORAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO ORIGINAL NO ÂMBITO DO CURSO DE MESTRADO EM EPIDEMIOLOGIA (1ª EDIÇÃO) Prevalência e Factores de Sucesso do Aleitamento Materno no Hospital

Leia mais

ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE MARINHA

ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE MARINHA ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE MARINHA Tácticas de Combate dos Navios à Vela Diogo Miguel Simões Monteiro MESTRADO EM CIÊNCIAS MILITARES NAVAIS (MARINHA) 2014 1 ESCOLA NAVAL DEPARTAMENTO DE MARINHA TESE

Leia mais

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA

MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Universidade de Lisboa Faculdade de Medicina de Lisboa MAUS TRATOS NA POPULAÇÃO IDOSA INSTITUCIONALIZADA Catarina Isabel Fonseca Paulos Mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses 2005 Esta dissertação

Leia mais

Cálculo da Reserva de Benefícios Concedidos da Previdência Social

Cálculo da Reserva de Benefícios Concedidos da Previdência Social Mariana Marques Lima Cálculo da Reserva de Benefícios Concedidos da Previdência Social Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo Programa

Leia mais

INTERAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPORAL, COM FLEXIBILIDADE E FLEXÕES ABDOMINAIS EM ALUNOS DO CESUMAR

INTERAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPORAL, COM FLEXIBILIDADE E FLEXÕES ABDOMINAIS EM ALUNOS DO CESUMAR Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 07 INTERAÇÃO ENTRE ÍNDICE DE MASSA CORPORAL, COM FLEXIBILIDADE E FLEXÕES ABDOMINAIS EM ALUNOS DO CESUMAR Alceste Ramos Régio

Leia mais

Prova Escrita de Inglês

Prova Escrita de Inglês EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 139/2012, de de julho Prova Escrita de Inglês.º e 11.º Anos de Escolaridade Continuação bienal Prova 0/1.ª Fase Critérios de Classificação 7 Páginas

Leia mais

CAPITULO III METODOLOGIA

CAPITULO III METODOLOGIA CAPITULO III METODOLOGIA A metodologia seguida neste trabalho é referente a um estudo descritivo e quantitativo. Isto porque a natureza do trabalho desenvolve-se na correlação e comparação entre as diferentes

Leia mais

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE DOUTORADO

UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE DOUTORADO 1 UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO CURSO DE DOUTORADO PPGA ANTECEDENTES DA INTENÇÃO DE RECOMPRA DOS CONSUMIDORES NO CONTEXTO DE COMPRAS ON-LINE ALEX ECKERT Caxias

Leia mais

ÍNDICE. CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO Introdução Pertinência do trabalho Objectivos e Hipóteses de Estudo...

ÍNDICE. CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO Introdução Pertinência do trabalho Objectivos e Hipóteses de Estudo... ÍNDICE CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO... 1 1.1. Introdução... 1 1.2. Pertinência do trabalho... 2 1.3. Objectivos e Hipóteses de Estudo... 2 CAPÍTULO 2: REVISÃO DA LITERATURA... 5 2.1. Obesidade Infantil... 5

Leia mais

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space 1 Próximas Actividades Next Activities Visualiza as próximas actividades a ter inicio, com a indicação do tempo restante Displays upcoming activities and indicating the remaining time 2 Categorias Categories

Leia mais

Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition)

Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition) Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition) István Wessel Click here if your download doesn"t start automatically Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition) István Wessel Churrasco -

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013. Carlos Souza & Cristina Silva

ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013. Carlos Souza & Cristina Silva ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM DE COIMBRA Coimbra, May 2013 Carlos Souza & Cristina Silva Population: 10,6 million. According to INE (National Institute of Statistics) it is estimated that more than 2 million

Leia mais

Estudo da pré-disposição para doar sangue segundo uma perspetiva de Marketing social na Ilha da Madeira

Estudo da pré-disposição para doar sangue segundo uma perspetiva de Marketing social na Ilha da Madeira Maria Francisca G. Nóbrega Freitas Estudo da pré-disposição para doar sangue segundo uma perspetiva de Marketing social na Ilha da Madeira Orientadora: Denise Capela dos Santos Departamento de Ciências

Leia mais

Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção. Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo

Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção. Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração 2012 Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo 1 Universidade de Aveiro Instituto

Leia mais

Bruno Batista de Carvalho. Canal de venda direta: um estudo com revendedores do Rio de Janeiro

Bruno Batista de Carvalho. Canal de venda direta: um estudo com revendedores do Rio de Janeiro Bruno Batista de Carvalho Canal de venda direta: um estudo com revendedores do Rio de Janeiro Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação em Administração de Empresas da

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AS ATIVIDADES FÍSICAS DE AVENTURA NA NATUREZA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO ENSINO FUNDAMENTAL

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AS ATIVIDADES FÍSICAS DE AVENTURA NA NATUREZA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO ENSINO FUNDAMENTAL ISBN: 85-85253-69-X Livro de Memórias do IV Congresso Científico Norte-nordeste CONAFF EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AS ATIVIDADES FÍSICAS DE AVENTURA NA NATUREZA COMO CONTEÚDO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO ENSINO

Leia mais

CÉLIO ROBERTO JÖNCK INFLUÊNCIA DE UMA QUEDA D ÁGUA NA RIQUEZA, COMPOSIÇÃO E ESTRUTURA TRÓFICA DA FAUNA DE DOIS REMANSOS DE UM RIO DA MATA ATLÂNTICA

CÉLIO ROBERTO JÖNCK INFLUÊNCIA DE UMA QUEDA D ÁGUA NA RIQUEZA, COMPOSIÇÃO E ESTRUTURA TRÓFICA DA FAUNA DE DOIS REMANSOS DE UM RIO DA MATA ATLÂNTICA CÉLIO ROBERTO JÖNCK INFLUÊNCIA DE UMA QUEDA D ÁGUA NA RIQUEZA, COMPOSIÇÃO E ESTRUTURA TRÓFICA DA FAUNA DE DOIS REMANSOS DE UM RIO DA MATA ATLÂNTICA Dissertação apresentada como requisito parcial à obtenção

Leia mais

Revista Mundo Antigo Ano II, V. 2, N 04 Dezembro 2013 ISSN Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication

Revista Mundo Antigo Ano II, V. 2, N 04 Dezembro 2013 ISSN Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication Revista Mundo Antigo Normas de Publicação Guidelines for publication 225 226 Normas de Publicação / Guidelines for publication REVISTA MUNDO ANTIGO ARTIGO - NORMAS DE PUBLICAÇÃO EXEMPLO INICIAL DE ARTIGO

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA MÍDIA NA CONCEPÇÃO DO USO DE SUPLEMENTOS ESPORTIVOS ENTRE ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA EM NATAL/RN

A INFLUÊNCIA DA MÍDIA NA CONCEPÇÃO DO USO DE SUPLEMENTOS ESPORTIVOS ENTRE ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA EM NATAL/RN A INFLUÊNCIA DA MÍDIA NA CONCEPÇÃO DO USO DE SUPLEMENTOS ESPORTIVOS ENTRE ALUNOS DE ESCOLA PÚBLICA EM NATAL/RN Victor Henrique dos Santos Silva 1 ; Adriana Moura de Lima 2 Resumo: Perante a abordagem da

Leia mais

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração.

Palavras chave: trabalho colaborativo, desenvolvimento profissional, articulação curricular, tarefas de investigação e exploração. RESUMO Esta investigação, tem como objectivo perceber como é que o trabalho colaborativo pode ajudar a melhorar as práticas lectivas dos professores, favorecendo a articulação curricular entre ciclos na

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE PROCISA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE PROCISA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE PROCISA THALES FREDERICO RIBEIRO FONSECA O SIGNIFICADO DAS VIVÊNCIAS E PERCEPÇÕES DE PACIENTES

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO A Componente de Apoio à Família no Jardim-de-Infância de Alcabideche Linda France Alonso Duque CICLO DE ESTUDOS

Leia mais

EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO ALEATORIZADO

EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO ALEATORIZADO 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA YASMIN SANTANA MAGALHÃES EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão

INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA. Escola Superior de Tecnologia e Gestão INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA Escola Superior de Tecnologia e Gestão SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NOS INSTITUTOS DE EMPREGO. ESTUDO DE CASO: IEFP DA GUARDA PROJETO APLICADO DO MESTRADO EM GESTÃO

Leia mais

MEIO AMBIENTE NATURAL E MEIO AMBIENTE ARTIFICIAL: INTER-RELAÇÕES JURÍDICAS ENTRE O ESPAÇO E AS CIDADES

MEIO AMBIENTE NATURAL E MEIO AMBIENTE ARTIFICIAL: INTER-RELAÇÕES JURÍDICAS ENTRE O ESPAÇO E AS CIDADES FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS WAGNER SARAIVA FERREIRA LEMGRUBER BOECHAT MEIO AMBIENTE NATURAL E MEIO AMBIENTE ARTIFICIAL: INTER-RELAÇÕES JURÍDICAS ENTRE O ESPAÇO E AS CIDADES POUSO ALEGRE / MINAS

Leia mais

Estudo de Periodicidade dos Dados de Poluição Atmosférica na Estimação de Efeitos na Saúde no Município do Rio de Janeiro

Estudo de Periodicidade dos Dados de Poluição Atmosférica na Estimação de Efeitos na Saúde no Município do Rio de Janeiro Carla Fernandes de Mello Estudo de Periodicidade dos Dados de Poluição Atmosférica na Estimação de Efeitos na Saúde no Município do Rio de Janeiro Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito

Leia mais

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa Faculdade de Economia e Administração. Helder dos Santos Dantas

Insper Instituto de Ensino e Pesquisa Faculdade de Economia e Administração. Helder dos Santos Dantas Insper Instituto de Ensino e Pesquisa Faculdade de Economia e Administração Helder dos Santos Dantas DETERMINANTES PARA O FOMENTO DO EMPREENDEDORISMO, UM ESTUDO DE CASO COMPARATIVO ENTRE BRASIL E ISRAEL

Leia mais

Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition)

Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition) Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition) István Wessel Click here if your download doesn"t start automatically Churrasco - Dando nome aos bois (Portuguese Edition) István Wessel Churrasco -

Leia mais

Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication. Revista Mundo Antigo Ano IV, V. 4, N 07 Junho 2015 ISSN

Revista Mundo Antigo. Normas de Publicação. Guidelines for publication. Revista Mundo Antigo Ano IV, V. 4, N 07 Junho 2015 ISSN Revista Mundo Antigo Normas de Publicação Guidelines for publication NEHMAAT http://www.nehmaat.uff.br 253 http://www.pucg.uff.br CHT/UFF-ESR NEHMAAT http://www.nehmaat.uff.br 254 http://www.pucg.uff.br

Leia mais

PERFIL SOCIAL E DA APTIDÃO FUNCIONAL DE IDOSOS RESIDÊNTES NO MUNICÍPIO DE TRIUNFO - PE

PERFIL SOCIAL E DA APTIDÃO FUNCIONAL DE IDOSOS RESIDÊNTES NO MUNICÍPIO DE TRIUNFO - PE PERFIL SOCIAL E DA APTIDÃO FUNCIONAL DE IDOSOS RESIDÊNTES NO MUNICÍPIO DE TRIUNFO - PE INTRODUÇÃO JOSÉ MORAIS SOUTO FILHO SESC, Triunfo,Pernambuco, Brasil jmfilho@sescpe.com.br O Brasil vem sofrendo nas

Leia mais

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE?

Visitor, is this is very important contact with you. WATH DO WE HERE? Visitor, is this is very important contact with you. I m Gilberto Martins Loureiro, Piraí s Senior Age Council President, Rio de Janeiro State, Brazil. Our city have 26.600 habitants we have 3.458 senior

Leia mais

A Matemática e a Resolução de Problemas por crianças de 4 anos

A Matemática e a Resolução de Problemas por crianças de 4 anos UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO Curso de Mestrado em Educação Pré-escolar A Matemática e a Resolução de Problemas por crianças de 4 anos Sob orientação de: Orientadora:

Leia mais

Problemas envolvendo fatorização de polinômios 1

Problemas envolvendo fatorização de polinômios 1 Problemas de Matemática do 2o. Grau Como Resolvê-los Passo à Passo - Lista 4 Problemas envolvendo fatorização de polinômios 1 Veremos no presente texto como resolver a fatorização de polinômios através

Leia mais

ANÁLISE DA ALTERAÇÃO DO EQUILÍBRIO, DA MARCHA E O RISCO DE QUEDA EM IDOSOS PARTICIPANTES DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA

ANÁLISE DA ALTERAÇÃO DO EQUILÍBRIO, DA MARCHA E O RISCO DE QUEDA EM IDOSOS PARTICIPANTES DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA ANÁLISE DA ALTERAÇÃO DO EQUILÍBRIO, DA MARCHA E O RISCO DE QUEDA EM IDOSOS PARTICIPANTES DE UM PROGRAMA DE FISIOTERAPIA ANALYSIS OF CHANGE OF BALANCE, GAIT AND THE RISK OF FALLING IN ELDERLY PROGRAM PARTICIPANTS

Leia mais

Personalidade de marcas de fast-food: uma comparação entre consumidores jovens brasileiros e americanos

Personalidade de marcas de fast-food: uma comparação entre consumidores jovens brasileiros e americanos Fernanda Marcia Araujo Maciel Personalidade de marcas de fast-food: uma comparação entre consumidores jovens brasileiros e americanos Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pósgraduação

Leia mais

Treinamento: Controle Postural e Locomoção em Idosos. Prof. Dr. Matheus M. Gomes

Treinamento: Controle Postural e Locomoção em Idosos. Prof. Dr. Matheus M. Gomes Treinamento: Controle Postural e Locomoção em Idosos Prof. Dr. Matheus M. Gomes 1 Queda Principal causa de morte acidental de idosos 2/3 Deandrea et al. 2010 5 Quedas 30% idosos caem pelo menos uma

Leia mais

O CONSUMO DAS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DA REGIÃO METROPOLITANA DE RECIFE: PADRÕES E EVOLUÇÃO DE 2002 A 2009

O CONSUMO DAS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DA REGIÃO METROPOLITANA DE RECIFE: PADRÕES E EVOLUÇÃO DE 2002 A 2009 1 Felipe Tavares Guilherme da Silva O CONSUMO DAS FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DA REGIÃO METROPOLITANA DE RECIFE: PADRÕES E EVOLUÇÃO DE 2002 A 2009 Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa

Leia mais

Lize Vicente de Almeida. O vestido e a enxada: A participação feminina no campo. Dissertação de Mestrado

Lize Vicente de Almeida. O vestido e a enxada: A participação feminina no campo. Dissertação de Mestrado Lize Vicente de Almeida O vestido e a enxada: A participação feminina no campo Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para a obtenção do grau de Mestre pelo Programa de

Leia mais

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese

Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Portuguese Lesson A Welcome to Lesson A of Story Time for Portuguese Story Time is a program designed for students who have already taken high school or college courses or students who have completed other

Leia mais