Bem no céu você via uma luz azul incandescente de diâmetros enorme emaranhados verticalmente, não sei o

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bem no céu você via uma luz azul incandescente de diâmetros enorme emaranhados verticalmente, não sei o"

Transcrição

1 PAN The Dark Days, The Time Child, and The Equilibrium. 1 Foi tudo um sonho, Estava de novo naquele estranho lugar tudo escuro como se não fosse meu mundo, meus pés estavam presos numa terra lamacenta, estava enrolado com cordas em uma árvore, não tinha como fugir. Bem no céu você via uma luz azul incandescente de diâmetros enorme emaranhados verticalmente, não sei o

2 que é, mas não é desse mundo. Vejo pessoas robustas, atacando com enormes flechas ligeiramente contra pessoas parecidas que surgiram das sombras. Aquele azul incandescente no céu surgia de um estranho e medonho livro, que assustadoramente desapareciam no horizonte, como uma gaiola, você não tem escapatória. Só escutava minha respiração, mas sabia que não era um

3 silencio natural, não batia com o massacre sangrento logo a minha frente. Escutava um zumbido em meu ouvido, como nem a minha própria ofegante respiração, mal escutava, como se duas coisas fosse penduradas aos lados em minha cabeça prestando a nada. O mundo era diferente tinha quase completamente certeza, tudo acontecia muito rápido, as coisas não pareciam reais.

4 E se tivesse acontecido estou convicto de que em um momento bizarro da historia como esse, deveria de ser informado ao mundo. Mas uma coisa era real o calor das pessoas me deixava desconfortável, como na escola, as coisas acontecem extremamente rápido quando percebo o dia acaba. Como um buraco negro, vazio. Tão rápido que mal me lembro dum dia em que notei realmente que vivi.

5 Mal me lembro de minha infância, como se visse coisas passando diante a mim, crescendo, morrendo tão rapidamente, tão insignificantemente, como se você pegasse algo e imediatamente se transformasse em pó. Não sou frio como dizem, é só que depois de anos sem ninguém entender o seu mundo sua concepção de mundo, ou melhor, apoiar, ele fica sem base, sem fundamento Que, aliás, é a pior coisa a

6 experimentar, Você perde a vontade da vida. Tudo não tem gosto ou sentido para você. Mas uma coisa me segura no mundo, dá a razão de minha existência, esperar por ela. Esperar para as regras do jogo. Adoro jogos me deixa confiante naquilo que faço como um mundo, com segundas chances, tentativas e erros, como uma escola por vezes extremamente insuportável, por vezes precisamente necessário, com suas

7 próprias tentativas e erros para preparar para as regras do jogo, o chefão, que não terá uma segunda chance que é justamente nossas vidas. Ou esperar por uma segunda vida, uma parceira, outra razão de viver. Destino é uma palavra muito forte, invariável, acredito ser uma meta para um jogo, e sim variável. Percebo ser puxado para baixo, como numa piscina afundando. Não sou eu, é a arvore em

8 que estava amarrado, estava afundando como se fosse terra movediça sendo puxado para baixo, rápido, em comparação ao tamanho da árvore, não parecia obra de uma maquina humana, e muito menos uma terra movediça devido ao tamanho o processo deveria ser bem muito mais lento, estava sendo levado diretamente para as trevas, por alguma força, algum ser que não quero jamais ter que conhecer.

9 Com folga da corda chequei se Raptide¹ estava em minha canela. Ok, eu sei muito bem que não é normal um menino de 14, andar com uma faca na canela, muito menos dar um nome, contudo, sou Paulista A violência existe em todo lugar, não importa aonde vá, existem pessoas do mal É sempre bom precaver. Raptide? Porque dar justo esse nome? Bem, não fui eu quem

10 escolheu, e na realidade é uma longa história. Foi um presente de meu pai, decorados perfeitamente com uma representação voraz de uma cobra, enforcando sua presa, nesse caso, a lâmina da faca onde a seguramos. Vai ver a cobra é cega, mas de uma coisa tenho certeza ela dá medo. Principalmente quando se tem 5 anos de idade, e recebe uma faca de seu pai, como uma espada miniatura. Foi difícil, mas a cobra,

11 víbora, diferente de todas as outras, tem um olhar familiar Dos meus pais me encarando quando faço algo errado. Se bem que nunca vi meus pais errando, sempre organizados, perfeitamente exemplares, ao contrario a mim Problemático Têm vezes que me sinto em um lar adotivo, diferente, assim como na escola. Mas só de pensar me dá uma angústia, uma vontade de chorar, carência de algo a se prender, enxaqueca

12 pesada exatamente como agora, como se alguém estivesse batendo, sacudindo initerruptamente sua cabeça. Ela tem esse nome latim significando ser arrebatadora, implacável, e realmente para uma faca ela é sem comparação. Corta até diamante se duvidar, como magica¹. Não duvido que seja, até porque isso explica muita coisa. Os galhos da árvore tampavam cada vez mais

13 a minha visão da luz azul incandescente em minha frente, como se me sufocando, me tirando do sonho, me levando para as trevas, não duvido que seja para a morte. Nos sonhos nunca passei dessa parte, sempre morria nesse ponto e voltava para ele. Quando consegui tirar Raptide da minha canela, ela veio voando com o chamado Raptide! E ao tocar em minha mão ela brilhou como aquele azul

14 incandescente logo a minha frente. Como se depois de 10 anos, ela tivesse acordado. Num tom verde escuro, tão brilhoso Se não mais Quanto à estranha luz azul à frente. Considerando ser um sonho Meu Pesadelos para muitos, tudo ser estranho é obrigatório, normal. Cortei as cordas como um isopor que recua do fogo.

15 Cortei os galhos em minha frente, voltei a ver a luz azul. Esqueci de uma corda, a do meu pescoço, justamente quando a corda prendendo minha garganta estava entrando no solo. Via a hora de morrer quando coloquei Raptide em meu pescoço, e com um sufoco cortei a ultima corda antes que ela me enforcasse. Estranho, a faca deve de ser magica mesmo, apenas um olhar chega a cortar, mas não importa

Há um lugar dentro de você Que brilha mais que o sol, que nem se pode ver. Há uma luz no seu coração, que nem mesmo a dor consegue apagar.

Há um lugar dentro de você Que brilha mais que o sol, que nem se pode ver. Há uma luz no seu coração, que nem mesmo a dor consegue apagar. CD VITÓRIA 1- Deus habita em você (Camila Max) Há um lugar dentro de você Que brilha mais que o sol, que nem se pode ver. Há uma luz no seu coração, que nem mesmo a dor consegue apagar. As bênçãos do Senhor

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

Classifique-se conforme a seguinte escala, respondendo com números de 1 a 10. Nunca Às vezes Com frequência. 1. Não consigo decidir o que quero fazer?

Classifique-se conforme a seguinte escala, respondendo com números de 1 a 10. Nunca Às vezes Com frequência. 1. Não consigo decidir o que quero fazer? 1. Não consigo decidir o que quero fazer? 2. Tenho dificuldades de me manter concentrado numa tarefa? 3. Sou hiperativo? 4. Sinto dificuldade de desacelerar? 5. Logo perco o interesse em muitas atividades

Leia mais

Pergaminho dos Sonhos

Pergaminho dos Sonhos Pergaminho dos Sonhos Michel R.S. Era uma vez um poeta... Um jovem poeta que aprendera a amar e deixar de amar. E de uma forma tão simples, assim como o bem e o mal, O amor tornou-se o objetivo de suas

Leia mais

O PEQUENO TREVO E OS AMIGOS DA RUA

O PEQUENO TREVO E OS AMIGOS DA RUA O PEQUENO TREVO E OS AMIGOS DA RUA LEITURA FÁCIL De Pedro Santos de Oliveira Ilustrações de Luis de Lacerda Estrela PLIP009 Adaptação e revisão de texto Ana Cristina Luz Desenvolvido no âmbito do projeto

Leia mais

PESSOANAMENTE: FICÇÕES ACERCA DA PESSOA DO PESSOA

PESSOANAMENTE: FICÇÕES ACERCA DA PESSOA DO PESSOA PESSOANAMENTE: FICÇÕES ACERCA DA PESSOA DO PESSOA André Boniatti 1 é como eu visse-me no espelho, mas outra pessoa. absolutamente outra. e mais ninguém. mas, meu amigo, ninguém mais. e então surgia da

Leia mais

Mutual

Mutual Mutual 2013 http://astontasvaoaoceu.blogspot.com.br/ Em Lugares Santos Se no escuro andais não vais enxergar quem sois e o que podeis vos tornar. Se de joelhos estais e na luz viveis, onde o Espírito está

Leia mais

Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este

Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este Vivo num sonho que não é realidade Faz parte do meu viver Crescer sonhando esquecendo os planos Sou eu quem vivo esta é minha vida Prazer este EU Hoje deixei pra lá me esqueci de tudo Vivo minha vida sobre

Leia mais

Ilha Misteriosa O Mundo Secreto

Ilha Misteriosa O Mundo Secreto 1 2 Conto para maiores de 18 anos, certamente, talvez até para maiores de 21, talvez até para maiores de 30. Alguns assuntos tratados na estória: Femdom, Bondage, slave, tease and denial, BDSM no geral.

Leia mais

O Pequeno Trevo e os Amigos da Rua

O Pequeno Trevo e os Amigos da Rua O Pequeno Trevo e os Amigos da Rua De Pedro Santos de Oliveira Versão COMPLETA Por Pedro Santos de Oliveira Ilustrações de Luis de Lacerda Estrela PLIP009 www.plip.ipleiria.pt 2013 O Pequeno Trevo e os

Leia mais

OBS: Sem fazer uma faxina pesada na consciência, se isentar de fazer nenhum tipo de julgamento é impossível.

OBS: Sem fazer uma faxina pesada na consciência, se isentar de fazer nenhum tipo de julgamento é impossível. OPA! Me enganei É só no vazio, logo acima do degrau mais alto da escada das coisas aprendidas, é que eu consigo identificar coisas novas. Mas essas novidades só ficam conscientes depois. Eu só consigo

Leia mais

Poemas de um Fantasma. Fantasma Souza

Poemas de um Fantasma. Fantasma Souza 1 2 3 Poemas de um Fantasma Fantasma Souza 2012 4 5 Fantasma Souza Todos os Direitos Reservados TITULO ORIGINAL POEMAS DE UM FANTASMA Projeto Gráfico Midiartes Capa Erisvaldo Correia Edição e Comercialização

Leia mais

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA

PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA A menina PETRA NASCEU COMO TODAS AS CRIANÇAS. ERA UMA menina alegre e muito curiosa. O que a diferenciava das outras crianças é que desde muito pequenina ela passava horas na Floresta do Sol conversando

Leia mais

JACK KIM ESCRITOR DE RUA

JACK KIM ESCRITOR DE RUA JACK KIM ESCRITOR DE RUA 2016 Todos os direitos reservado ao autor. Está autorizado a cópia parcial (2pág. Max) deste documento desde que seja citada a fonte. Proibido a reprodução total ou mais de 2 poemas.

Leia mais

Sheikespir, sim, é que era bão: só escrivia citação! (Millôr Fernandes) *

Sheikespir, sim, é que era bão: só escrivia citação! (Millôr Fernandes) * Sheikespir, sim, é que era bão: só escrivia citação! (Millôr Fernandes) * * Este livro é dedicado a Millôr Fernandes, o melhor de todos. 12 Shakespeare disse, disse, disse... A mulher e um prato para os

Leia mais

A Conversa de Lucila. (No escuro ouve-se o bater de asas. A luz vai lentamente iluminando o quarto de Lucila, o anjo está pousado em uma mesa.

A Conversa de Lucila. (No escuro ouve-se o bater de asas. A luz vai lentamente iluminando o quarto de Lucila, o anjo está pousado em uma mesa. 1 A Conversa de Lucila De Cláudia Barral (No escuro ouve-se o bater de asas. A luz vai lentamente iluminando o quarto de Lucila, o anjo está pousado em uma mesa.) O anjo Lucila, quer montar nas minhas

Leia mais

O Sorriso de Clarice

O Sorriso de Clarice O Sorriso de Clarice Clarice era uma mulher meio menina sabem,doce,meiga,amiga,e apaixonada,aqueles seres que contagiam com seu sorriso, ela tinha algo único conquistava todos com seu sorriso,ninguém sabia

Leia mais

Foi como sempre, mas diferente da primeira vez. Capítulo

Foi como sempre, mas diferente da primeira vez. Capítulo Capítulo UM Foi como sempre, mas diferente da primeira vez. Era como se o meu peito fosse uma porta onde alguém tinha enfiado uma chave com força e girado. A porta os meus pulmões queria se abrir, ceder

Leia mais

Francisco Anacleto Barros Fidelis de Moura. 40 Anos. 29 de Abril de Anos

Francisco Anacleto Barros Fidelis de Moura. 40 Anos. 29 de Abril de Anos Francisco Anacleto Barros Fidelis de Moura 40 Anos 29 de Abril de 2016 40 Anos Louro Neste dia tão importante em sua vida, eu e seu pai selecionamos algumas fotos e documentos que dizem respeito à sua

Leia mais

Presente Perfeito A. D. Feldman

Presente Perfeito A. D. Feldman Presente Perfeito A. D. Feldman Encontramo-nos em algum lugar de um pequeno planeta e observamos a beleza fria e ao mesmo tempo arrebatadora do infinito em sua profundeza impenetrável. Lá a morte e a vida

Leia mais

Mensagem do dia Insistir

Mensagem do dia Insistir Mensagem do dia Insistir Mensagem do Meu Anjo Insistir Por Paulo Roberto Gaefke Para os grandes conflitos da alma, uma tomada de decisão. Para a ausência de soluções, uma nova experiência. Para a desilusão

Leia mais

UMA HISTÓRIA DE AMOR

UMA HISTÓRIA DE AMOR UMA HISTÓRIA DE AMOR Nunca fui de acreditar nessa história de amor "á primeira vista", até conhecer Antonio. Eu era apenas uma menina, que vivia um dia de cada vez sem pretensões de me entregar novamente,

Leia mais

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares

A Procura. de Kelly Furlanetto Soares A Procura de Kelly Furlanetto Soares Peça escrita durante a Oficina Regular do Núcleo de Dramaturgia SESI PR. Teatro Guaíra, sob orientação de Andrew Knoll, no ano de 2012. 1 Cadeiras dispostas como se

Leia mais

2 TU-AFETIVIDADE E SEXUALIDADE. Meus primeiros amores. Na construção do amor

2 TU-AFETIVIDADE E SEXUALIDADE. Meus primeiros amores. Na construção do amor E acima de tudo isto, o amor, que é vínculo da unidade perfeita. Col. 3,1 1 E acima de tudo isto, o amor, que é vínculo da unidade perfeita. Col 3,1 Te convidamos para ler estas histórias... Um homem de

Leia mais

Amor & Sociologia Cultural - Fernando Pessoa

Amor & Sociologia Cultural - Fernando Pessoa Page 1 of 5 Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Sociologia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Amor & Sociologia

Leia mais

O MUNDO DE EMY E O MUNDO DOS OUTROS

O MUNDO DE EMY E O MUNDO DOS OUTROS 1 O MUNDO DE EMY E O MUNDO DOS OUTROS 2 O MUNDO DE EMY E O MUNDO DOS OUTROS 3 O MUNDO DE EMY E O MUNDO DOS OUTROS 4 GISELE ELLEN O MUNDO DE EMY E O MUNDO DOS OUTROS Segunda Edição/2017 São Paulo 5 O MUNDO

Leia mais

Os Principais Tipos de Objeções

Os Principais Tipos de Objeções Os Principais Tipos de Objeções Eu não sou como você" Você tem razão, eu não estou procurando por pessoas que sejam como eu. Sou boa no que faço porque gosto de mim como eu sou. Você vai ser boa no que

Leia mais

Era uma vez uma menina que se chamava Alice. uma tarde de Verão, depois do almoço, Alice adormeceu e teve um sonho muito estranho.

Era uma vez uma menina que se chamava Alice. uma tarde de Verão, depois do almoço, Alice adormeceu e teve um sonho muito estranho. Era uma vez uma menina que se chamava Alice. uma tarde de Verão, depois do almoço, Alice adormeceu e teve um sonho muito estranho. Viu um Coelho Branco, que corria e repetia sem arar: - Vou chegar tarde,

Leia mais

OS COMBOIOS QUE VÃO PARA ANTUÉRPIA

OS COMBOIOS QUE VÃO PARA ANTUÉRPIA OS COMBOIOS QUE VÃO PARA ANTUÉRPIA Em janeiro eu estava em Bruxelas, nos subúrbios, numa casa sobre a linha férrea. Os comboios faziam estremecer o meu quarto. Fora-se o natal. Algo desaparecera, uma coisa

Leia mais

Moinhos, Branca Sobreira, Edição: Camila Araujo & Nathan Matos. Revisão: LiteraturaBr Editorial. Projeto Gráfico: André Miyasaki

Moinhos, Branca Sobreira, Edição: Camila Araujo & Nathan Matos. Revisão: LiteraturaBr Editorial. Projeto Gráfico: André Miyasaki 20 Branca Sobreira 20 Moinhos, 2017. Branca Sobreira, 2017. Edição: Camila Araujo & Nathan Matos Revisão: LiteraturaBr Editorial Projeto Gráfico: André Miyasaki Diagramação: LiteraturaBr Editorial Ilustrações:

Leia mais

Singularidade. Ana Paula Almeida da Silva

Singularidade. Ana Paula Almeida da Silva Singularidade Ana Paula Almeida da Silva Quando eu a vejo pela primeira vez, é verão e as cigarras cantam no fim da tarde, enquanto eu volto para casa de bicicleta. O pôr do sol é rosa alaranjado e ela

Leia mais

O Livro de Todas as Coisas. Sobre o Tempo

O Livro de Todas as Coisas. Sobre o Tempo O Livro de Todas as Coisas Sobre o Tempo O Livro de Todas as Coisas Sobre o Tempo Douglas Turolli 1ª Edição Editora Perse Copyright 2012 by Douglas Turolli Capa e Contracapa: Talyta Oliveira e Ivan Domingues

Leia mais

Meditação Sala Azul. SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI)

Meditação Sala Azul. SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Meditação Sala Azul Nome: Idade: Professor: Contato do Professor: SEMANA 35 Heróis da Bíblia: Daniel Parte 1 Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Versículo

Leia mais

OS AMIGOS E O URSO. 01- Qual o título da história? R.: 02- O que apareceu enquanto os dois amigos caminhavam? R.:

OS AMIGOS E O URSO. 01- Qual o título da história? R.: 02- O que apareceu enquanto os dois amigos caminhavam? R.: PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ==================================================================== OS AMIGOS E O URSO Esopo Recontada

Leia mais

TODAS AS PALAVRAS poesia reunida

TODAS AS PALAVRAS poesia reunida Manuel António Pina TODAS AS PALAVRAS poesia reunida (1974-2011) ASSÍRIO & ALVIM Farewell Happy Fields I Entre a minha vida e a minha morte mete-se subitamente A Atlética Funerária, Armadores, Casa Fundada

Leia mais

O Tigre à Beira do Rio

O Tigre à Beira do Rio O Tigre à Beira do Rio --Baixe-se Moba! Muito bem Didi, o menino birmanês subiu no elefante e fez carinho em sua cabeça. Didi treinara Moba desde bebê. Como era um elefante asiático, Moba não era tão grande

Leia mais

Versão COMPLETA. O Ribeiro que queria Sorrir. PLIP004 Ana Cristina Luz. Ilustração: Margarida Oliveira

Versão COMPLETA. O Ribeiro que queria Sorrir. PLIP004  Ana Cristina Luz. Ilustração: Margarida Oliveira O Ribeiro que queria Sorrir Ana Cristina Luz Ilustração: Margarida Oliveira Versão COMPLETA PLIP004 www.plip.ipleiria.pt Este trabalho foi desenvolvido no espírito do art.º 75 e 80 do Código do Direito

Leia mais

Parábola do Grão de Mostarda. Mc 4,30-32

Parábola do Grão de Mostarda. Mc 4,30-32 Parábola do Grão de Mostarda Mc 4,30-32 Esta Parábola, deve ter sido aquela que mais desconcertou a todos. Foi uma estória surpreendente. Disse Jesus: - Com que coisa poderemos comparar o Reino de Deus?

Leia mais

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05

Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/ :19:05 11/06/ :19:05 Parte Um Minha_Vida_Agora.indd 7 11/06/2012 16:19:05 Minha_Vida_Agora.indd 8 11/06/2012 16:19:06 1 Meu nome é Elizabeth, mas ninguém nunca me chamou assim. Meu pai deu uma olhada em mim quando nasci e

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: Apoio: Patrocínio: Realização: O Espírito da Luz Copyright 2000, virtualbooks.com.br Todos os direitos reservados a Editora Virtual Books Online M&M Editores Ltda.É proibida a reprodução do conteúdo deste

Leia mais

Alberto Caeiro O Pastor Amoroso

Alberto Caeiro O Pastor Amoroso Este material é parte integrante do site e pode ser distribuído livremente desde que não seja alterado e que todas as informações sejam mantidas. Abr s Equipe Mundo Cultural O amor é uma companhia. Já

Leia mais

CONSULTA PARTICIPATIVA

CONSULTA PARTICIPATIVA CONSULTA PARTICIPATIVA Nº do questionário: Nome do entrevistador: APRESENTAÇÃO Olá, meu nome é. Faço parte de um grupo organizado de pessoas da comunidade e estamos fazendo uma consulta participativa para

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

O CÓDIGO DO GUERREIRO

O CÓDIGO DO GUERREIRO O CÓDIGO DO GUERREIRO VIVER André Furlan CÓDIGO DO GUERREIRO Às vezes tenho tido insônia. Ontem consegui dormir eram seis horas da manhã. Hoje já vou combater este problema. Deitado faço respiração lenta

Leia mais

AUTOCONFIANÇA C O M O A U M E N T Á - L A I M E D I A T A M E N T E. Paula Machado

AUTOCONFIANÇA C O M O A U M E N T Á - L A I M E D I A T A M E N T E. Paula Machado AUTOCONFIANÇA C O M O A U M E N T Á - L A I M E D I A T A M E N T E Paula Machado INSPIRE CONFIANÇA. EXPIRE A DÚVIDA. POSTURA 1. Coluna ereta, peito aberto, ombros para trás, barriga para dentro, olhar

Leia mais

VOCÊ... De tantas maneiras você se faz especial, enquanto eu da mesma maneira habitual de sempre Me faço rude Você sempre igual Sonhador e idealista E

VOCÊ... De tantas maneiras você se faz especial, enquanto eu da mesma maneira habitual de sempre Me faço rude Você sempre igual Sonhador e idealista E Noite Noite de outono fria como inverno Os fantasmas estão mais distantes e já não me puxam pelos pés No entanto percebo sua presença na porta Assoprando palavras mudas junto com o vento Eu me calo Nada

Leia mais

MEU ANIVERSÁRIO 01 Um dia, na escola, as meninas falaram para mim: - Samara, sabia que você vai ganhar um presente dos meninos no final da O SUSTO!

MEU ANIVERSÁRIO 01 Um dia, na escola, as meninas falaram para mim: - Samara, sabia que você vai ganhar um presente dos meninos no final da O SUSTO! aula? MEU ANIVERSÁRIO 01 Um dia, na escola, as meninas falaram para mim: - Samara, sabia que você vai ganhar um presente dos meninos no final da Passou uns minutos, aí tive uma ideia: vou perguntar para

Leia mais

Desenho Conceitual e StoryBoard- David de Oliveira Lemes Linguagem Audiovisual em games - Eliseu de Souza Lopes Filho O Guerreiro

Desenho Conceitual e StoryBoard- David de Oliveira Lemes Linguagem Audiovisual em games - Eliseu de Souza Lopes Filho O Guerreiro Gustavo Baião RA00186026 Tecnologia em jogos digitais Desenho Conceitual e StoryBoard- David de Oliveira Lemes Linguagem Audiovisual em games - Eliseu de Souza Lopes Filho O Guerreiro Fluxograma A1 Era

Leia mais

Conhece a Ana. // Perfil

Conhece a Ana. // Perfil Conhece a Ana // Perfil Nome: Ana Rodrigues Idade: 21 anos Nacionalidade: Portuguesa Cidade: Caxarias/Ourém Escola: Escola Superior de Saúde (ESSLei) Curso: Licenciatura em Dietética País Escolhido: Lituânia

Leia mais

SUMÁRIO. Metodologia da pesquisa Universo pesquisado

SUMÁRIO. Metodologia da pesquisa Universo pesquisado Apresentação Toni Reis Especialista em Sexualidade Humana Mestre em Filosofia, na área de ética e sexualidade Doutor e Pós-Doutor em Educação, LGBTfobia nas escolas Integrante dos Fóruns Nacional, Estadual

Leia mais

Manual da Conversa. Nesse ebook você irá aprender algumas estratégias para manter sua conversa rolando e evitar aquele temido "branco".

Manual da Conversa. Nesse ebook você irá aprender algumas estratégias para manter sua conversa rolando e evitar aquele temido branco. Manual da Conversa Nesse ebook você irá aprender algumas estratégias para manter sua conversa rolando e evitar aquele temido "branco". www.setimoamoroficial.com.br Evite o Questionário Um erro muito comum

Leia mais

Oração de proteção aos namorados

Oração de proteção aos namorados Oração de proteção aos namorados Uma poderosa oração de proteção para casais. Para quem está passando por alguma provação no relacionamento essa Oração e maneira que eu vou te ensinar a fazê-la devem ajudar

Leia mais

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. a s coleção Conversas #12 - SETEMBRO 2014 - Eu sinto a I tr s ç o ã o por c é no r r m ia a nç a l? s. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

ROTEIRO PARA O EXPERIMENTO PRÁTICO SISMÓGRAFO

ROTEIRO PARA O EXPERIMENTO PRÁTICO SISMÓGRAFO ROTEIRO PARA O EXPERIMENTO PRÁTICO SISMÓGRAFO ÁREA DO CONHECIMENTO Física CONTEÚDO Mecânica: oscilações; movimento harmônico simples; ondas mecânicas. OBJETIVO(S) Mostrar o princípio de funcionamento de

Leia mais

Atentai e testemunhai as verdades destas páginas até o fim, pois elas são o último legado dos Horadrim.

Atentai e testemunhai as verdades destas páginas até o fim, pois elas são o último legado dos Horadrim. Atentai e testemunhai as verdades destas páginas até o fim, pois elas são o último legado dos Horadrim. Cain_book_5a.indb 1 09/01/13 15:48 Cain_book_5a.indb 2 09/01/13 15:48 Livro de Cain Texto de Flint

Leia mais

TUTORIAL DE COMO TIRAR FOTOS 12 DICAS

TUTORIAL DE COMO TIRAR FOTOS 12 DICAS TUTORIAL DE COMO TIRAR FOTOS 12 DICAS Criado por Amanda Maciel de Quadros 1) Enquadramento Tente fugir do clichê de colocar o assunto sempre no meio da foto. Deslocar o objeto principal da imagem pode

Leia mais

Chutando o pau da barraca! Jogue fora culpas e desculpas. venda mais! Inicie mais! Busque seu SUCESSO. Sandra Trajano Diretora de Vendas

Chutando o pau da barraca! Jogue fora culpas e desculpas. venda mais! Inicie mais! Busque seu SUCESSO. Sandra Trajano Diretora de Vendas Chutando o pau da barraca! Jogue fora culpas e desculpas. venda mais! Inicie mais! Busque seu SUCESSO Sandra Trajano Diretora de Vendas O que te impede de ser feliz e ser a pessoa que deseja ser! MEDO

Leia mais

As aventuras de Jajá

As aventuras de Jajá As aventuras de Jajá susana schild As aventuras de Jajá ilustrações de mika takahashi Para Chloe A história da minha vida começou em cima de um muro. Um muro alto, com plantas compridas e espinhentas

Leia mais

Uma pergunta frequente? Como posso crer em um Deus que se afirma totalmente bom e poderoso diante de tanto sofrimento na história e no mundo?

Uma pergunta frequente? Como posso crer em um Deus que se afirma totalmente bom e poderoso diante de tanto sofrimento na história e no mundo? Uma pergunta frequente? Como posso crer em um Deus que se afirma totalmente bom e poderoso diante de tanto sofrimento na história e no mundo? Onde estava Deus, quando tudo isso aconteceu? Uma pergunta

Leia mais

9 passos para criar um negócio sem largar o emprego

9 passos para criar um negócio sem largar o emprego 9 passos para criar um negócio sem largar o emprego Antes de mais nada gostaria de deixar claro uma coisa: Em um determinado momento você vai precisar escolher entre trabalhar para alguém e trabalhar para

Leia mais

Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - APILMS

Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - APILMS Curso Básico de LIBRAS Comunicando com as Mãos de Judy Esminger Associação dos Profissionais Tradutores / Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais de Mato Grosso do Sul - Curso Básico de LIBRAS Ilustração:

Leia mais

Olá, meu amigo(a)! Eu sou o Vilinha, e vim aqui hoje te conhecer porque soube que você perdeu uma pessoa especial, não foi isso? Eu imagino como você

Olá, meu amigo(a)! Eu sou o Vilinha, e vim aqui hoje te conhecer porque soube que você perdeu uma pessoa especial, não foi isso? Eu imagino como você APRESENTAÇÃO O mundo das crianças não é tão risonho como se pensa, há medos e muitas experiências de perdas. Os adultos não gostam de falar disso, muito provavelmente para escaparem dessa dor. (Rubem Alves)

Leia mais

Te encontro lá! Blake Miller.

Te encontro lá! Blake Miller. Eu já deveria ter me acostumado com a personalidade daquele carrasco, mas era um pouco impossível engolir toda aquela arrogância e prepotência. Porém, o que eu podia fazer? Blake era simplesmente irresistível.

Leia mais

Eu em mim Enfim, esse é meu corpo, flor que amadureceu Estalo os dedos é sonho Respiro fundo é brisa Estendo os braços é asa Libero as fibras é voo

Eu em mim Enfim, esse é meu corpo, flor que amadureceu Estalo os dedos é sonho Respiro fundo é brisa Estendo os braços é asa Libero as fibras é voo Eu em mim Enfim, esse é meu corpo, flor que amadureceu Estalo os dedos é sonho Respiro fundo é brisa Estendo os braços é asa Libero as fibras é voo Esperança resolvida Verso que ficou pronto Meu corpo

Leia mais

QUEBRANDO BARREIRAS. Alexandre Luiz Demarchi

QUEBRANDO BARREIRAS. Alexandre Luiz Demarchi QUEBRANDO BARREIRAS Alexandre Luiz Demarchi Prefácio A vida apresenta-se como uma sequência de escolhas e cada um decide seu caminho. Nosso desenvolvimento vem de juntar as peças no grande quebra-cabeça

Leia mais

Ilustrações de L. Bandeira

Ilustrações de L. Bandeira Ilustrações de L. Bandeira maior brejo do mundo - MIOLO.indd 3 20/11/2012 14:22:17 Ofereço este trabalho aos amigos Valter e Rosangela, pois se fazem criança e brincam comigo nos momentos mais difíceis

Leia mais

Ela não merecia. Por. Stoff Vieira

Ela não merecia. Por. Stoff Vieira Ela não merecia Por Stoff Vieira (63)9211-3384 CENA 01. INT. QUARTO DE ANDRÉ. DIA Uma garrafa de vodka e um copo no chão. André deitado em uma cama velha bagunçada, ele acorda se espreguiça, coloca a mão

Leia mais

Nome: Sexo: Idade: Data: / /

Nome: Sexo: Idade: Data: / / pág 1 de 5 Nome: Sexo: Idade: Data: / / Este questionário é constituído por 28 questões sobre experiências que pode ter na sua vida diária. Nós pretendemos saber com que frequência é confrontado com essas

Leia mais

MARÍLIA e PEDRO (têm entre si uma porta de madeira) Cai uma chuva de pedras próximo de PEDRO. MARÍLIA (permanece em silêncio e indiferente)

MARÍLIA e PEDRO (têm entre si uma porta de madeira) Cai uma chuva de pedras próximo de PEDRO. MARÍLIA (permanece em silêncio e indiferente) Fernando Giestas O DIA DEPOIS DA NOITE e (têm entre si uma porta de madeira) (está encharcada, deitada numa cama, vestida e calçada debaixo dos cobertores; tem uma pedra numa mão e um guarda- -chuva aberto

Leia mais

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: /

Entidade Mantenedora: SEAMB Sociedade Espírita Albertino Marques Barreto CNPJ: / ESTRELINHA SOLITÁRIA. Certo dia, Genoveva, a abelhinha, sentindo-se muito cansada, interrompeu seu trabalho e pousou na pétala de uma flor para um minuto de repouso. Amarelinha, linda borboleta, com movimentos

Leia mais

COMPOSITOR CÍCERO BAHIA

COMPOSITOR CÍCERO BAHIA SALVADOR(BA), 28/08/99 ESTÚDIO: 15/11/2003 ESTILO: ROMÂNTICO TOM: C (DÓ MAIOR) EU CHEGO LÁ EU VOU TE AMAR. NO TEMPO CERTO EU VOU COLHENDO OS FRUTOS MADUROS E VOU VIVENDO. NA CONJUNÇÃO DA LUA VOU SELECIONANDO

Leia mais

FAÇA A SUA ESCOLHA JOSUÉ

FAÇA A SUA ESCOLHA JOSUÉ Filho está na hora de ir à igreja, vamos! Você já leu sua Bíblia hoje? Então, vamos logo. FAÇA A SUA ESCOLHA JOSUÉ 24.14-16 Talvez você também vá à igreja ou leia a Bíblia porque sua mãe (ou alguém outro)

Leia mais

10 maneiras de viver um relacionamento feliz e duradouro.

10 maneiras de viver um relacionamento feliz e duradouro. 10 maneiras de viver um relacionamento feliz e duradouro. Crescendo juntos no amor. 10 maneiras para viver um grande amor 1) Tem que haver amor (quando confundimos amor e paixão) Base de qualquer relacionamento,

Leia mais

Família Presente de Deus, Lugar de Amor

Família Presente de Deus, Lugar de Amor Família Presente de Deus, Lugar de Amor Amadas irmãs e amados irmãos, Paz e Bem! É com felicidade que trazemos mais este presente para a IMMF do Brasil: mais um encarte no caderno de formação! Um material

Leia mais

Todos os cursos MÓDULO 9 TEXTOS LÍRICOS FERNANDO PESSOA: ORTÓNIMO E HETERÓNIMOS. Disciplina- Português. Prof. Liliete Santos Patrícia Pereira

Todos os cursos MÓDULO 9 TEXTOS LÍRICOS FERNANDO PESSOA: ORTÓNIMO E HETERÓNIMOS. Disciplina- Português. Prof. Liliete Santos Patrícia Pereira Todos os cursos MÓDULO 9 TEXTOS LÍRICOS FERNANDO PESSOA: ORTÓNIMO E HETERÓNIMOS Disciplina- Português Prof. Liliete Santos Patrícia Pereira Turmas: todos os 3ºs anos Ano Letivo 2013-2014 1 Compreensão/expressão

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história:

Você já ouviu a história de uma tal garota legal? Bem, se não, deixeme contar uma história: Você já ouviu a história de uma tal "garota legal"? Bem, se não, deixeme contar uma história: Uma garota legal é alguém que se dedica de alma e coração em um relacionamento. Ela é alguém que poderia esperar

Leia mais

Nas asas da poesia. A poesia nasce no coração e floresce na cabeça.

Nas asas da poesia. A poesia nasce no coração e floresce na cabeça. Nas asas da poesia A poesia nasce no coração e floresce na cabeça. Bem, um dos meus grandes sonhos sempre foi escrever um livro de poemas. Ainda muito pequena já começava a rabiscar algumas coisas como

Leia mais

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! (esta senhora vai pagar tudo) quatro poemas portugueses por karen correia da silva Steel Bananas Art Collective, 2015 Karen Correia da Silva, 2015 Steel Bananas Art Collective Est. 2008, Toronto, Canada

Leia mais

01 F E L I C I D A D E 01

01 F E L I C I D A D E 01 100 AFIRMAÇÕES POSITIVAS 01 F E L I C I D A D E 01 1. A felicidade é o meu direito. Eu abraço a felicidade como meu ponto de equilíbrio. 2. Sinto alegria e satisfação neste momento. 3. Despertei de manhã

Leia mais

Fragmentos de Amor Eduardo Baqueiro

Fragmentos de Amor Eduardo Baqueiro Fragmentos de Amor Eduardo Baqueiro Interessante nosso caso! Nosso amor parece ter encontrado a pitada certa O tempero no ponto exato, Pois não é doce demais, tampouco salgado... Ele é algo difícil de

Leia mais

Como Restring Sua Vara do Lacrosse

Como Restring Sua Vara do Lacrosse Este guia irá ensinar-lhe as noções básicas de como restring sua cabeça lacrosse. Redigido por: James Rockett INTRODUÇÃO O trabalho de corda em sua cabeça lacrosse os efeitos de sua jogar muito mais do

Leia mais

Poesias, filosofias e reflexões Márcio Mercês (vol.1)

Poesias, filosofias e reflexões Márcio Mercês (vol.1) Poesias, filosofias e reflexões Márcio Mercês (vol.1) Cinzas de Mim Não fales... Apenas beijes minha boca e respires o meu ar. Não resistas... Apenas admitas que jamais encontrarás no futuro vestígios

Leia mais

CECÍLIA MEIRELLES CIRANDA CULTURAL 2º ANO A/2011 CIRANDA CULTURAL_POEMAS

CECÍLIA MEIRELLES CIRANDA CULTURAL 2º ANO A/2011 CIRANDA CULTURAL_POEMAS CECÍLIA MEIRELLES 1901-1964 CIRANDA CULTURAL_POEMAS 2º ANO A/2011 CIRANDA CULTURAL 2º ANO A/2011 ILUSTRADORES: AILA, ANA LUIZA VIANNA, LIVIA MARIA, VITÓRIA Uma Palmada Bem Dada Cecília Meireles É a menina

Leia mais

Você pode tudo! DIÁLOGOS PARA AGENDAMENTO!

Você pode tudo! DIÁLOGOS PARA AGENDAMENTO! Você pode tudo! DIÁLOGOS PARA AGENDAMENTO! OBSERVAÇÃO IMPORTANTE ANTES DE EFETUAR AS LIGAÇÕES: 1º) Ao ligar para fazer um agendamento, manter sempre o entusiasmo e a simpatia. 2º) Manter-se sorridente.

Leia mais

Abordagem fria. Por que fazer abordagem fria? Onde fazer abordagem fria?

Abordagem fria. Por que fazer abordagem fria? Onde fazer abordagem fria? ABORDAGEM O que significa? R: Abordagem é o termo utilizado para caracterizar um tipo de aproximação, seja entre pessoas ou coisas. Normalmente, a abordagem é o modo como determinada pessoa se aproxima

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume II - 2º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume II 2º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume II 2º ano Projeto editorial

Leia mais

Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Mendes

Escola Municipal de Ensino Fundamental Chico Mendes ROTEIRO CENA 1 Ext. Pátio da Escola: narrador caminha pelo pátio narrando algumas histórias do bairro. Nosso bairro era muito diferente do que é hoje. Antes eram várias vilas que dividiam espaços. (fotos

Leia mais

Sou ave, penas não tenho, Capa de ovelhas me cobre; Sou criada numa árvore, Coitadinha, sou tão pobre. Adivinhe.

Sou ave, penas não tenho, Capa de ovelhas me cobre; Sou criada numa árvore, Coitadinha, sou tão pobre. Adivinhe. VÊ LÁ SE 1. Sou ave, penas não tenho, Capa de ovelhas me cobre; Sou criada numa árvore, Coitadinha, sou tão pobre. Adivinhe. 2. Tem cabeça E não tem pescoço; Tem dentes, Sem ser de osso. O que é? 3. Que

Leia mais

O Amor deve reger nossa Obediência João

O Amor deve reger nossa Obediência João O Amor deve reger nossa Obediência João 14.15-31 15 "Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos. 16 E eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre, 17 o

Leia mais

Além disso, saber onde seus funcionários precisam melhorar vai ajudar e muito na criação de planos de desenvolvimento.

Além disso, saber onde seus funcionários precisam melhorar vai ajudar e muito na criação de planos de desenvolvimento. Este conteúdo faz parte da série: Avaliação de Desempenho Ver 3 posts dessa série O que é Quando o assunto é gestão de pessoas um dos tópicos mais importantes e falados é a avaliação de desempenho. Esse

Leia mais

Legenda para nada. Senhora Dona Lua. No céu de focos esventrado se apagou... Murcha, caiu à rua. A pálida camélia; E a vasa das valetas a levou.

Legenda para nada. Senhora Dona Lua. No céu de focos esventrado se apagou... Murcha, caiu à rua. A pálida camélia; E a vasa das valetas a levou. Legenda para nada Senhora Dona Lua No céu de focos esventrado se apagou... Murcha, caiu à rua A pálida camélia; E a vasa das valetas a levou. Que fantasma de Ofélia No lago escoado de água se afogou? José

Leia mais

REMANDO A FAVOR DA MARÉ

REMANDO A FAVOR DA MARÉ REMANDO A FAVOR DA MARÉ Anna Claudia Ramos REMANDO A FAVOR DA MARÉ Coleção Olímpia Coordenação: Cristiane Amorim Revisão: Raquel Menezes Projeto gráfico e editoração: Estúdio Garamond Capa: Thiago Antônio

Leia mais

'' A historia esta narrada sobre um menino solitário '' esse menino vivia sozinho,o pai morto a,mãe largo ele guando tinha 03 anos de idade

'' A historia esta narrada sobre um menino solitário '' esse menino vivia sozinho,o pai morto a,mãe largo ele guando tinha 03 anos de idade amor proprio '' A historia esta narrada sobre um menino solitário '' esse menino vivia sozinho,o pai morto a,mãe largo ele guando tinha 03 anos de idade ele fica sozinho no meio da rua com fome e com sede,um

Leia mais

MÊNON A REMINISCÊNCIA 1

MÊNON A REMINISCÊNCIA 1 MÊNON A REMINISCÊNCIA 1 [...] Sócrates: Disse há pouco, Mênon, que você é um brincalhão. E aí está você me perguntando se posso instruí-lo, quando digo que não há aprendizado mas apenas lembrança. Quer

Leia mais

3º ANO PROF.ª DINANCI SILVA

3º ANO PROF.ª DINANCI SILVA 3º ANO PROF.ª DINANCI SILVA AULA 08 Conteúdo: Interpretação de texto e elementos coesivos. Habilidade: D06 - Inferir o assunto principal de um texto. D15 - Estabelecer relações entre partes de um texto,

Leia mais

A MULHER VESTIDA DE PRETO

A MULHER VESTIDA DE PRETO A MULHER VESTIDA DE PRETO Uma Mulher abre as portas do seu coração em busca de uma nova vida que possa lhe dar todas as oportunidades, inclusive de ajudar a família. Ela encontra nesse caminho a realização

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Vinicius Seiti Morisita RA

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Vinicius Seiti Morisita RA Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Vinicius Seiti Morisita RA00195052 Curso: Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 1º Semestre Disciplinas: Linguagem Audiovisual e Games Desenho Conceitual

Leia mais

TESTE ESCRITO DE LÍNGUA PORTUGUESA. Nome Nº Turma

TESTE ESCRITO DE LÍNGUA PORTUGUESA. Nome Nº Turma Escola E.B.2,3 de Leça da Palmeira TESTE ESCRITO DE LÍNGUA PORTUGUESA Nome Nº Turma FADA NEGRA, FADA BRANCA Uma fada, Josefina de seu nome, nasceu negra no país das fadas brancas. Negra e bela como a mais

Leia mais