MARATONA CULTURAL 2009 CARTILHA DO CANDIDATO 2ª FASE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MARATONA CULTURAL 2009 CARTILHA DO CANDIDATO 2ª FASE"

Transcrição

1

2

3 MARATONA CULTURAL 2009 CARTILHA DO CANDIDATO 2ª FASE Você está recebendo a cartilha com as orientações para a construção dos trabalhos da 2ª fase da Maratona Cultural Fique atento aos procedimentos e às datas para entrega dos trabalhos. Os trabalhos de conclusão da 2ª fase deverão ser entregues no período de 20 a 23 de outubro, nas Unidades de Benefícios ou áreas responsáveis nas empresas fora da fábrica. Além dos critérios estabelecidos no anexo da 2ª fase, não serão aceitos trabalhos que não forem entregues nos formulários personalizados. Qualquer dúvida consulte a Cartilha do Candidato, distribuída na 1ª fase ou entre em contato com a Central de Atendimento pelo telefone ou pelo Comissão organizadora da Maratona Cultural 3

4 Anexo da segunda fase Orientações passo a passo para o desenvolvimento do trabalho da 2ª fase 4

5 Oriientações Dando sequência ao trabalho iniciado na primeira fase, o candidato realizará a 2ª fase com base no tema "O Brasil que a gente quer" e no subtema escolhido de acordo com a série do ensino fundamental que está cursando. - 1ª a 4ª série (2º ao 5º ano): Saúde ou natureza ou água ou família - 5ª a 8ª série (6º ao 9º ano): Meio ambiente ou família ou drogas ou educação Como fazer Com o tema já selecionado na 1ª fase, o aluno deverá produzir os seguintes textos, de acordo com a série: - 1ª a 4ª série (2º ao 5º ano) Desenho Colagem - 5ª a 8ª série (6º ao 9º ano) Entrevista Propaganda Como enttregar o ttrabal lho da segunda ffase O candidato receberá um formulário personalizado, onde irá produzir o seu trabalho nos espaços apropriados, conforme modelos nas páginas de 11 a 14. Quem estiver cursando entre a 1ª e 4ª série (2º ao 5º ano), deverá produzir um desenho e fazer um trabalho de colagem de acordo com o subtema escolhido e de acordo com a pesquisa que foi feita. O aluno que estiver cursando da 5ª a 8ª série (6º ao 9º ano) deverá produzir uma entrevista e uma propaganda de acordo com o subtema escolhido e de acordo com a pesquisa que foi feita. 5

6 Para produzir a colagem, é preciso observar o seguinte: A) Uma colagem é uma imagem elaborada a base de recortes de papel e outros materiais, como por exemplo, tecidos. É uma técnica muito utilizada pelos cubistas, onde são utilizados diversos materiais, entre eles papéis de jornais e outros objetos gráficos, para criar imagens. A escolha dos materiais era muitas vezes simbólica e produzia belos efeitos visuais. B) Reproduzimos abaixo um exemplo de colagem: Anêmonas Longas br.geocities.com/maritp31/colagem.html Para produzir a entrevista, considere o seguinte: A) Você já experimentou ser repórter por um dia? Agora sua missão é criar uma entrevista, um gênero textual cuja finalidade é a de obter assuntos de interesse jornalístico por meio de perguntas e respostas. B) A entrevista é um dos instrumentos de pesquisa do repórter. Com os dados nela obtidos ele pode montar uma reportagem de texto corrido em que as declarações são citadas entre aspas ou pode montar um texto no estilo de perguntas e respostas, também chamado "pingue-pongue". Queremos que você produza uma entrevista sobre o subtema escolhido na 1ª fase, utilizando como técnica o "pingue-pongue". Construa entre 7 (sete) e 10 (dez) perguntas. 6

7 Como fazer a entrevista: O manual da Folha de São Paulo diz que o segredo de uma boa entrevista está na elaboração de um bom roteiro. Assim, levante sempre o máximo de informações sobre o entrevistado e o tema que ele vai tratar. Em seguida, reflita sobre o objetivo a que pretende chegar. O melhor caminho é redigir perguntas tão objetivas quanto possível. Para elaborar as perguntas, você já tem mãos um ótimo material de consulta: a reportagem e o relatório produzidos na 1ª fase. Veja abaixo algumas dicas importantes e mãos à obra. Escolha a pessoa que será entrevistada de acordo com o tema escolhido por você na 1ª fase. Pode ser um professor, um profissional ligado à área do tema escolhido, um líder comunitário, uma autoridade da sua região, uma personalidade, entre várias outras fontes. Marque a entrevista com antecedência; Informe o entrevistado sobre o tema e a duração do encontro; Anote ou grave as respostas para poder reproduzir com absoluta fidelidade as declarações do entrevistado; Faça perguntas breves, diretas; Evite perguntas fechadas, isto é, que só admitem monossílabos como resposta (exemplos: sim e não ); Seja bem-humorado no diálogo, porém sem exageros que destoem do assunto; Procure com segurança e naturalidade, mostrar que você sabe o que quer; Não use exclamações para comentar as respostas ("puxa!"..."quem diria!"..."não me diga!".) Faça uma pergunta de cada vez; não misture várias perguntas ao mesmo tempo ( qual seu nome, idade, profissão, trabalho atual ); Não corte as respostas; espere que cada uma delas termine para formular a próxima pergunta; O entrevistado deve ser alertado para o fim da entrevista ("agora uma última pergunta... "para terminar"... "o Sr. gostaria de acrescentar mais alguma coisa?") Ao final, transcreva para o papel as perguntas e respostas. 7

8 Ao produzir a propaganda, é preciso ficar atento(a) para alguns aspectos importantes: A) Os meios de comunicação são importantes veículos de informação e de formação de opinião. Para atingir o seu público, a propaganda utiliza: Imagens Argumentos Palavras B) Palavras certas, no lugar certo e do jeito certo podem convencer o leitor sobre "O Brasil que a gente quer", criando uma imagem positiva acerca do nosso país. Com isso, garante a simpatia do interlocutor. Lembre-se: interlocutor é a pessoa com quem se fala. Por isso, o seu texto precisa ser convincente. C) A propaganda tem o objetivo de persuadir o público a que se dirige a adotar certo comportamento ou atitude, disseminando uma boa imagem, sempre por meio de uma linguagem que procura ressaltar aspectos positivos em relação à ideia defendida. Coloque-se no lugar de um publicitário a quem alguém encomendou uma propaganda sobre o tema "O Brasil que a gente quer". Você deverá produzir uma propaganda para um veículo de comunicação impresso, ou seja, um anúncio para jornal ou revista. Para isso, redija um texto com o intuito de persuadir supostos leitores. Se a sua escolha foi "meio ambiente", observe o exemplo: Fonte: blog.ftc.br/ftcverde/wp-content/uploads/2009 8

9 Veja no quadro abaixo os exemplos de elementos de construção do anúncio: Slogan ou título Texto Apelo final Uma frase de efeito. Faz um retrato do ambiente, enfatizando suas características Frase final que propõe uma síntese do que foi dito Ex.: O meio ambiente também é mais do que você imagina. Dê um passeio pelo AVA, aprenda tudo sobre aproveitamento integral dos alimentos, conheça o sabão feito com óleo de cozinha, assista os filmes ambientais (...) Ex.: Seja um multiplicador dessas idéias. D) Para produzir o seu texto publicitário, considere as características abaixo: Evite questionamentos, não dê margem a dúvidas (Seja um multiplicador dessas ideias) Use o modo imperativo (Dê um passeio (...) conheça o sabão (...) assista os filmes (...)) Empregue expressões comuns e palavras de fácil entendimento (mais do que você imagina, filmes ambientais) Torne o produto atraente, atribuindo-lhe status (O meio ambiente também é mais do que você imagina). 9

10 Modelos de formulário 10

11 Modelo de formulário 2º ao 5º ano Desenho (neste espaço o candidato deverá fazer um desenho que expresse o tema e o subtema escolhido de acordo com a pesquisa feita na 1ª fase) 11

12 Modelo de formulário 2º ao 5º ano Colagem (neste espaço o candidato deverá fazer uma colagem que expresse o tema e o subtema escolhido de acordo com a pesquisa feita na 1ª fase) 12

13 Modelo de formulário 6º ao 9º ano Entrevista (neste espaço o candidato deverá fazer uma entrevista que expresse o tema e o subtema escolhido e de acordo com a pesquisa feita na 1ª fase) 13

14 Modelo de formulário 6º ao 9º ano Propaganda (neste espaço o candidato deverá produzir uma propaganda com base no tema e no subtema escolhido e de acordo com a pesquisa feita na 1ª fase) 14

15 15

16

Período Gênero textual Expectativa

Período Gênero textual Expectativa DISCIPLINA: Produção de texto ANO DE REFERÊNCIA: 2016 PROFESSORAS RESPONSÁVEIS: 6ºano Período Gênero textual Expectativa P35 Compreender o papel do conflito gerador no desencadeamento dos episódios narrados.

Leia mais

Redação Publicitária reflexões sobre teoria e prática 1

Redação Publicitária reflexões sobre teoria e prática 1 Redação Publicitária reflexões sobre teoria e prática 1 AUTOR: MAGOGA, Bernardo CURSO: Comunicação Social Publicidade e Propaganda/Unifra, Santa Maria, RS OBRA: MARTINS, Jorge S. Redação publicitária Teoria

Leia mais

Pegada nas Escolas - LIXO - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO

Pegada nas Escolas - LIXO - PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO Pegada nas Escolas - LIXO - 1 PROPOSTAS PARA A ESCOLA: LIXO Nessa fase vamos colocar a mão na massa para criar um conjunto de soluções que permitam reduzir a Pegada Ecológica e de Carbono* na Escola. Para

Leia mais

CONQUISTE UM BOM EMPREGO

CONQUISTE UM BOM EMPREGO CONQUISTE UM BOM EMPREGO ÍNDICE CAPÍTULO 1 CURRÍCULO... 9 FUNÇÕES DO CURRÍCULO... 10 CAPÍTULO 2 ETAPAS DO CURRÍCULO... 23 DADOS DE IDENTIFICAÇÃO... 27 OBJETIVOS... 32 FORMAÇÃO ACADÊMICA... 33 IDIOMAS...

Leia mais

DICAS PARA FACILITAR SEU ESTUDO

DICAS PARA FACILITAR SEU ESTUDO Nome Nº Série Ensino Turma 1ª Medio Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Trimestre / Ano Data Educação Artística Cátia Roteiro 2 o / 2016 05/08/2016 Tema VALOR: Roteiro de estudos 5,0 NOTA DICAS

Leia mais

Plano de Aula - Integração

Plano de Aula - Integração Plano de Aula - Integração Gestor, Neste material você encontrará o auxílio necessário para aplicação da Integração aos novos colaboradores. Seja Bem Vindo ao Universo Dudalina (Slide 1 e 2) Neste momento,

Leia mais

SOLICITANDO VAGA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CATALÃO

SOLICITANDO VAGA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CATALÃO SOLICITANDO VAGA NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DE CATALÃO Esse manual demonstra os passos para realizar o cadastro da SOLICITAÇÃO DE VAGA na Rede Municipal de Ensino. O cadastro é realizado no site da matrícula,

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO?

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Título do artigo, centralizado. Maria da Silva Pereira* Maria Alves de Arruda** Nome(s) do(s) autor(es). RESUMO

Leia mais

Comunicação no Banco Central

Comunicação no Banco Central Comunicação no Banco Central Nossa pauta Por que se comunicar Comunicação corporativa como campo de trabalho Produtos e veículos de comunicação no Banco Central Bons produtos e bons resultados Dificuldades

Leia mais

2- ORIENTE-se com o seu professor(a) sobre a ordem das questões que serão realizadas;

2- ORIENTE-se com o seu professor(a) sobre a ordem das questões que serão realizadas; ATIVIDADE 1 Ensino Fundamental 8º e 9º anos Língua Portuguesa Conteúdo: Atividade do livro Que rock é esse? Caros alunos, Esta é uma atividade sobre o livro Que rock é esse?. Os procedimentos necessários

Leia mais

Orientação Vocacional e Coaching Carlos Gomes

Orientação Vocacional e Coaching Carlos Gomes Índice Introdução... 2 Método Orienta... 3 Técnica das frases para completar... 6 Realização do Teste Vocacional... 8 Autoavaliação do Teste Vocacional... 9 Exploração de Valores... 10 Autoconhecimento...

Leia mais

FUNÇÕES DA LINGUAGEM

FUNÇÕES DA LINGUAGEM FUNÇÕES DA LINGUAGEM ELEMENTOS DA COMUNICAÇÃO Emissor emite, codifica a mensagem Receptor recebe, decodifica a mensagem Mensagem- conteúdo transmitido pelo emissor Código conjunto de signos usado na transmissão

Leia mais

Pré-produção. O Roteiro: Escaleta: Argumento: Roteiro Literário:

Pré-produção. O Roteiro: Escaleta: Argumento: Roteiro Literário: Pré-produção A pré-produção compreende a elaboração do roteiro (Escaleta, Argumento, Roteiro Literário e Roteiro Técnico), a análise técnica e a elaboração do cronograma. O Roteiro: Como o próprio nome

Leia mais

Regulamento VEM COM A GENTE PRÊMIO DE MEIO AMBIENTE /2013

Regulamento VEM COM A GENTE PRÊMIO DE MEIO AMBIENTE /2013 Regulamento VEM COM A GENTE PRÊMIO DE MEIO AMBIENTE - 2012/2013 1. Objetivos O Prêmio VEM COM A GENTE de Meio Ambiente será realizado, anualmente, e tem como objetivos: 1.1. Promover a divulgação e discussão

Leia mais

REGULAMENTO II CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO IFF CAMPUS MACAÉ BIOLOGIA PRA MIM É... CAPÍTULO I DAS FINALIDADES

REGULAMENTO II CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO IFF CAMPUS MACAÉ BIOLOGIA PRA MIM É... CAPÍTULO I DAS FINALIDADES REGULAMENTO II CONCURSO DE FOTOGRAFIA DO IFF CAMPUS MACAÉ BIOLOGIA PRA MIM É... CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º. O presente concurso tem a finalidade de incentivar o interesse pela Biologia através

Leia mais

MATERIAIS PARA PROFESSORES, PAIS E FILHOS

MATERIAIS PARA PROFESSORES, PAIS E FILHOS Nível de competência B2 Oficina de escrita (Adaptada de Materiais para o Novo Programa de Português do Ensino Básico SD3_Ano7_FT03) Vai propor a aquisição de novas obras para a biblioteca escolar. Comece

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DO CARTAZ DO II CONGRESSO DE ANDEBOL DE ESPINHO

REGULAMENTO DO CONCURSO DO CARTAZ DO II CONGRESSO DE ANDEBOL DE ESPINHO 1 REGULAMENTO DO CONCURSO DO CARTAZ DO II CONGRESSO DE ANDEBOL DE ESPINHO No âmbito do II Congresso de Andebol de Espinho, a organização decidiu criar um espaço para elaboração e apresentação de um cartaz

Leia mais

ESCREVA BEM E INSPIRE PESSOAS. 5 dicas de redação para mudar a imagem do seu clube + dica de ouro

ESCREVA BEM E INSPIRE PESSOAS. 5 dicas de redação para mudar a imagem do seu clube + dica de ouro ESCREVA BEM E INSPIRE PESSOAS 5 dicas de redação para mudar a imagem do seu clube + dica de ouro Você conhece o poder de uma boa redação? No Brasil, cerca de 57% da população não entende bem como funciona,

Leia mais

Protocolo de Atendimento de Clientes de Retorno de Teste e Fechamento Assistentes

Protocolo de Atendimento de Clientes de Retorno de Teste e Fechamento Assistentes Protocolo de Atendimento de Clientes de Retorno de Teste e Fechamento Assistentes Apresentado em 12 de dezembro de 2011. CLIENTES PARA RETORNO DE TESTE E FECHAMENTO Duração 45 minutos 1) CLIENTE ENTRA

Leia mais

Sequência Didática e o Ensino do Gênero Artigo de Opinião. Ana Luiza M. Garcia

Sequência Didática e o Ensino do Gênero Artigo de Opinião. Ana Luiza M. Garcia Sequência Didática e o Ensino do Gênero Artigo de Opinião Ana Luiza M. Garcia Organização do Encontro O TRABALHO COM SD A SD DO GÊNERO ARTIGO DE OPINIÃO JOGOS (VIRTUAIS e QP BRASIL ) Questões-chave O que

Leia mais

Unidade IV. Ciência - O homem na construção do conhecimento. APRENDER A APRENDER LÍNGUA PORTUGUESA APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Unidade IV. Ciência - O homem na construção do conhecimento. APRENDER A APRENDER LÍNGUA PORTUGUESA APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA A A Unidade IV Ciência - O homem na construção do conhecimento. 2 A A Aula 32.2 Conteúdo: Resenha: A construção de uma resenha. 3 A A Habilidades: Localizar informações explícitas em textos verbais. (D01)

Leia mais

COMO ELABORAR RESPOSTAS DE QUESTÕES DISSERTATIVAS

COMO ELABORAR RESPOSTAS DE QUESTÕES DISSERTATIVAS COMO ELABORAR RESPOSTAS DE QUESTÕES DISSERTATIVAS By Prof. Ms. Deborah Costa - 2014 INTRODUÇÃO 1 Este e-book discutirá sobre as questões dissertativas propostas em diferentes avaliações : universidade,

Leia mais

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO

EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO 12.º Ano de Escolaridade (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) PROVA 706/7 Págs. Duração da prova: 150 minutos 2007 1.ª FASE PROVA PRÁTICA DE DESENHO A V.S.F.F.

Leia mais

FACULDADE DO VALE DO JAGUARIBE FVJ COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE LETRAS E DE PEDAGOGIA

FACULDADE DO VALE DO JAGUARIBE FVJ COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE LETRAS E DE PEDAGOGIA FACULDADE DO VALE DO JAGUARIBE FVJ COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE LETRAS E DE PEDAGOGIA PROJETO DE EXTENSÃO ACADÊMICA ENSINANDO PARA APRENDER: CAMINHOS DA PROFISSÃO Edital 006/2015 FVJ Seleção de alunos dos

Leia mais

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor

DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor DICAS DE ESTUDO Orientações para ler, escrever e aprender cada vez melhor A seguir são propostos alguns procedimentos que, caso sejam exercitados cotidianamente, podem ser muito eficientes para o desenvolvimento

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA ESPECIAL DOS DIREITOS HUMANOS TERMO DE REFERÊNCIA OEI/BR08-006/SEDH/PR ATUALIZAÇÃO DE PROCESSOS POLÍTICOS E INSTITUCIONAIS PARA A IMPLANTAÇÃO DO PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

Leia mais

ABC das Festas Infantis Planejamento de A a Z

ABC das Festas Infantis Planejamento de A a Z Você vai descobrir... Problemas que a maioria dos profissionais de festa enfrentam. Porque muitas pessoas que começam a trabalhar nesse mercado falham com cerca de 2 anos de atuação. A solução! Como implementar

Leia mais

NOÇÃO DE TEXTO E ELEMENTOS TEXTUAIS. Professor Marlos Pires Gonçalves

NOÇÃO DE TEXTO E ELEMENTOS TEXTUAIS. Professor Marlos Pires Gonçalves NOÇÃO DE TEXTO E ELEMENTOS TEXTUAIS Professor Marlos Pires Gonçalves 1 TEORIA DA COMUNICAÇÃO Toda mensagem tem uma finalidade: ela pode servir para transmitir um conteúdo intelectual, exprimir (ou ocultar)

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Revisão: Dezembro Data de Aprovação: 10 de Novembro de 2005

DESCRITIVO TÉCNICO. Data de Revisão: Dezembro Data de Aprovação: 10 de Novembro de 2005 DESCRITIVO TÉCNICO OCUPAÇÃO 29 Data de Aprovação: 10 de Novembro de 2005 Data de Revisão: Dezembro 2005 A comissão de Diretores do SENAI, Coordenadora das Olimpíadas do Conhecimento, determina, de acordo

Leia mais

19 elementos essenciais para transformar seu texto em um artigo memorável (e mais 2 dicas bônus) VIVER DE BLOG Página 1

19 elementos essenciais para transformar seu texto em um artigo memorável (e mais 2 dicas bônus) VIVER DE BLOG Página 1 19 elementos essenciais para transformar seu texto em um artigo memorável (e mais 2 dicas bônus) VIVER DE BLOG Página 1 INTRODUÇÃO Quer atrair mais tráfego para o seu site ou blog? Então produza um conteúdo

Leia mais

Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base.

Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base. Esquema Textual Para Rauen ( 2002) esquema é um tipo de produção textual que explicita a linha diretriz do autor de um documento de base. Assim esquema é a apresentação do texto, colocando em destaque

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Plano Curricular Expressão Plástica Expressão Dramática - 1º Ciclo -

Plano Curricular Expressão Plástica Expressão Dramática - 1º Ciclo - Plano Curricular Expressão Plástica Expressão Dramática - 1º Ciclo - EXPRESSÃO PLÁSTICA BLOCO 1 DESCOBERTA E ORGANIZAÇÃO PROGRESSIVA DE VOLUMES MODELAGEM E ESCULTURA Explorar e tirar partido da resistência

Leia mais

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize º Semestre

Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão. Maria Cecilia Bonato Brandalize º Semestre Engenharia Cartográfica Comunicação e Expressão Maria Cecilia Bonato Brandalize 2015 1º Semestre Tópicos 1. Apresentação Oral 1.1. Importância 1.2. Suporte 1.3. Preparação 1.4. Dicas Importantes 2. Trabalho

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos do 8º Ano 3º/4º Bimestre 2014 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Márcio Data: / /2014 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Língua Portuguesa Resultado

Leia mais

MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE. Competências a serem Desenvolvidas:

MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE. Competências a serem Desenvolvidas: MÓDULO 3 - CONTAR HISTÓRIAS COMO RECURSO PEDAGÓGICO E SENSIBILIZAÇÃO DE EDUCADORES: INCLUSÃO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIAS Competências a serem Desenvolvidas: O participante desenvolve o recurso de contar

Leia mais

Produção de Videoaulas

Produção de Videoaulas Produção de Videoaulas Etapas da Produção Prof. Eduardo Barrére Nossas videoaulas são no estilo bricolagem. Por isso, não temos condições de elaborá-las com todas as etapas de produção de um material profissional

Leia mais

PONTOS BÁSICOS PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS. Klecius Ellera Gomes

PONTOS BÁSICOS PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS. Klecius Ellera Gomes PONTOS BÁSICOS PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS Klecius Ellera Gomes Por que elaborar um projeto? Qual a necessidade de elaborar um projeto? Principais aspectos de um projeto Foco definido/problema Objetivo

Leia mais

PRÉ-REQUISITOS Haver concluído a disciplina Introdução aos Estudos Linguísticos ou disciplina equivalente..

PRÉ-REQUISITOS Haver concluído a disciplina Introdução aos Estudos Linguísticos ou disciplina equivalente.. GÊNEROS TEXTUAIS PROJETO DIDÁTICO Aula 10 META Apresentar a criação de um produto fi nal, a partir de atividades de leitura e escrita, como possibilidade de ressignifi cação da aprendizagem dos gêneros

Leia mais

TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO

TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO TRABALHOS AVALIATIVOS DO 5º ANO 1 Trabalho de História: Título do trabalho: Impeachment Data da entrega: 20/05/2016 Material a ser realizado o trabalho: Papel almaço Sabemos que estamos passando por uma

Leia mais

REDAÇÃO LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ISABEL LIMA

REDAÇÃO LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ISABEL LIMA REDAÇÃO LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL FUNÇÕES DA LINGUAGEM PROFª ISABEL LIMA LINGUAGEM VERBAL E NÃO VERBAL Linguagem verbal faz uso das palavras, escritas ou faladas. Linguagem não verbal inclue algumas

Leia mais

Editora Dedo de Prosa Foco

Editora Dedo de Prosa Foco Editora Dedo de Prosa Foco O principal objetivo da editora Dedo de Prosa é oferecer material de suporte para professores, ajudando a canalizar a curiosidade dos alunos através de leitura, a princípio de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTANHAL FUNDAÇÃO CULTURAL DO MUNICÍPIO DE CASTANHAL VI FESTIVAL DE CURTAS- METRAGENS CURTA CASTANHAL 2014 EDITAL REGULAMENTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTANHAL FUNDAÇÃO CULTURAL DO MUNICÍPIO DE CASTANHAL VI FESTIVAL DE CURTAS- METRAGENS CURTA CASTANHAL 2014 EDITAL REGULAMENTO PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTANHAL FUNDAÇÃO CULTURAL DO MUNICÍPIO DE CASTANHAL VI FESTIVAL DE CURTAS- METRAGENS CURTA CASTANHAL 2014 EDITAL REGULAMENTO LICITAÇÃO PÚBLICA MODALIDADE CONCURSO ARTÍSTICO (ÁUDIOVISUAL)

Leia mais

3.2 O estagiário receberá, a título de bolsa, a importância mensal de R$ 902,14 (novecentos e dois reais e quatorze centavos) e auxílio transporte no

3.2 O estagiário receberá, a título de bolsa, a importância mensal de R$ 902,14 (novecentos e dois reais e quatorze centavos) e auxílio transporte no EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (RÁDIO, TV E MULTIMÍDIA, JORNALISMO, MIDIALOGIA, OU PUBLICIDADE E PROPAGANDA) RÁDIO E TELEVISÃO DA UNICAMP (PÓS-PRODUÇÃO) Processo

Leia mais

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO. 2 o Ano

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO. 2 o Ano EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO 2 o Ano Aluno(a): Ano: Turma: Turno: Senhores pais e alunos, Estaremos realizando as Verificações Bimestrais do 3 o bimestre no período de 26/09 a 30/09/2016. As provas

Leia mais

I - Projeto Gráfico Revista

I - Projeto Gráfico Revista I - Projeto Gráfico Revista Capa Primeiras Páginas Capa Como a capa de uma revista deve ser elaborada para despertar a atenção e o interesse do leitor? Capa Embalagem do produto; Destaca a manchete principal;

Leia mais

FUNÇÕES DA LINGUAGEM

FUNÇÕES DA LINGUAGEM FUNÇÕES DA LINGUAGEM FUNÇÕES DA LINGUAGEM Funções da Linguagem: são o conjunto das finalidades comunicativas realizadas por meio dos enunciados da língua. Enunciado: é tudo aquilo que é dito ou escrito

Leia mais

DATA: 30 / 11 / 2011 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 7.º ANO/EF ALUNO(A): Nº: TURMA:

DATA: 30 / 11 / 2011 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 7.º ANO/EF ALUNO(A): Nº: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 7.º ANO/EF ALUNO(A): Nº: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:,

Leia mais

FACULDADE LEÃO SAMPAIO 2º CONGRESSO CARIRIENSE DE BIOMEDICINA

FACULDADE LEÃO SAMPAIO 2º CONGRESSO CARIRIENSE DE BIOMEDICINA FACULDADE LEÃO SAMPAIO 2º CONGRESSO CARIRIENSE DE BIOMEDICINA Dispõe sobre normas para inscrição de trabalhos científicos no 2º Congresso Caririense de Biomedicina CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º

Leia mais

REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS PROJETOS DE BIOLOGIA I E II DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CPAQ/UFMS

REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS PROJETOS DE BIOLOGIA I E II DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CPAQ/UFMS REGULAMENTO DAS DISCIPLINAS PROJETOS DE BIOLOGIA I E II DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS CPAQ/UFMS I - DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS Art. 1º O presente Regulamento tem por objetivo definir as normas das disciplinas

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO DE RELATÓRIOS A redação de um relatório científico tem como um de seus principais objetivos registrar com exatidão e clareza como o experimento foi realizado e compreendido.

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 2ª Unidade º ANO A

CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 2ª Unidade º ANO A CENTRO EDUCACIONAL MARIA JOSÉ Roteiro de Estudos da 2ª Unidade 2016 8º ANO A 1 Empreendedores são aqueles que entendem que há uma pequena diferença entre obstáculos e oportunidades e são capazes de transformar

Leia mais

Gabinete Estadual de Goiás

Gabinete Estadual de Goiás Edital GE nº 09 Goiânia, 03 de agosto de 2013 PROJETO CONCURSO DE ORATÓRIA O Mestre Conselheiro Estadual, Igor de Oliveira Alvarenga, visando incentivar a boa oratória dos DeMolays, faz saber a quantos

Leia mais

1. Apresentação Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 2. Do objeto Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 3.

1. Apresentação Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 2. Do objeto Prêmio Foto em Pauta para Livro de Fotografia 3. 1. Apresentação Por meio do presente edital, o Festival de Fotografia de Tiradentes/Foto em Pauta, a Editora Tempo d Imagem e a Ipsis Gráfica e Editora realizam, no corrente ano de 2016, a segunda edição

Leia mais

PROPOSTA DIDÁTICA. 2. Objetivo da proposta didática - Promover o entendimento dos alunos sobre leitura e interpretação de tabelas e gráficos.

PROPOSTA DIDÁTICA. 2. Objetivo da proposta didática - Promover o entendimento dos alunos sobre leitura e interpretação de tabelas e gráficos. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROPOSTA DIDÁTICA 1. Dados de Identificação 1.1 Nome do bolsista: Tanara da Silva Dicetti 1.2 Público alvo: 6º e 7º ano 1.3 Duração: 2 horas 1.4 Conteúdo desenvolvido: Leitura e

Leia mais

Manual de Orientação para Multiplicadores

Manual de Orientação para Multiplicadores Manual de Orientação para Multiplicadores Campanha Educativa de Prevenção ao Uso de Drogas da Grande Loja Maçônica de Minas Gerais - GLMMG - 2013 Manual de Orientação para Multiplicadores Fase 1: Crianças

Leia mais

Revisão da literatura / Fundamentação teórica

Revisão da literatura / Fundamentação teórica Revisão da literatura / Fundamentação teórica Reunir obras relevantes Descrever o objeto analisado Expôr o que se pensa sobre o objeto Criticar o que se pensa sobre o objeto Página 1 PARTES PRINCIPAIS

Leia mais

CONCURSO ANUAL CBAR DE MONOGRAFIA JURÍDICA SOBRE ARBITRAGEM

CONCURSO ANUAL CBAR DE MONOGRAFIA JURÍDICA SOBRE ARBITRAGEM CONCURSO ANUAL CBAR DE MONOGRAFIA JURÍDICA SOBRE ARBITRAGEM ÍNDICE I - Objetivos II Organização dos Concursos III Inscrições IV Requisitos de Apresentação dos Trabalhos V Comissão Julgadora VI Julgamento

Leia mais

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO

EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO EQUIPE PEDAGÓGICA DE 9 o AO 2 o ANO 9 o Ano (TAB) Aluno(a): Ano: Turma: Turno: Senhores pais e alunos, Estaremos realizando as Verificações Bimestrais do 3 o bimestre no período de 22/09 a 26/09/2014.

Leia mais

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS ECONÔMICAS

Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 CIÊNCIAS ECONÔMICAS assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO. 1 Confira atentamente se

Leia mais

Slogan. Profa Marilene Garcia Baseada em Martins (1997)

Slogan. Profa Marilene Garcia Baseada em Martins (1997) Slogan Profa Marilene Garcia Baseada em Martins (1997) SLOGAN - DEFINIÇÕES Sant Anna (1982) define slogan como uma sentença ou máxima que expressa uma qualidade, uma vantagem do produto, ou uma norma de

Leia mais

CARTAZES DE RUA E DE INTERIORES

CARTAZES DE RUA E DE INTERIORES RESUMO HISTÓRICO Os primeiros cartazes datam do século XV.(Divulgar decisões tomadas pelo governo) No século XVIII a sua utilização já é mais frequente. (Anunciar produtos comerciais e industriais) Com

Leia mais

REGULAMENTO. III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO. Geral

REGULAMENTO. III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO. Geral REGULAMENTO III Concurso de Redação do Jogue Limpo DO OBJETIVO Geral Estimular a reflexão sobre o exercício da cidadania em crianças e jovens, alunos de escolas públicas dos lugares discriminados no item

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014 JULHO DE 2013 JOB1036 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é levantar um conjunto de informações sobre

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLARES - 2016 - A T E N Ç Ã O Os trabalhos escolares do IMA são sempre ESCRITOS A MÃO e as regras para sua montagem são baseadas na ABNT. No entanto, neste documento,

Leia mais

Pensamento Radiante. E isso é possível, pois os mapas mentais ativam os dois hemisférios cerebrais que temos:

Pensamento Radiante. E isso é possível, pois os mapas mentais ativam os dois hemisférios cerebrais que temos: www.mapamental.org 1 De forma bem clara e objetiva, o Mapa Mental é um método criado para auxiliar na geração e memorização de informações que irá te ajudar a ser mais produtivo, aumentar o seu foco e

Leia mais

GUIÃO DE REDACÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

GUIÃO DE REDACÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CICLO ALEXANDRE HERCULANO GUIÃO DE REDACÇÃO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS Realizar trabalhos escritos é uma das tarefas mais comuns que ais ser conidado a realizar ao longo do teu

Leia mais

Fatec Garça INSTRUÇÕES PARA O TCC

Fatec Garça INSTRUÇÕES PARA O TCC INSTRUÇÕES PARA O TCC Instruções para TCC 2º e 3º Termo Recomenda-se que o aluno, ainda que esteja no 2º ou 3º termo, dê início ao projeto de graduação. Para isso deve verificar no site da Fatec (no link

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS - COMAD REGULAMENTO

CONSELHO MUNICIPAL DE POLITICAS SOBRE DROGAS - COMAD REGULAMENTO EDITAL Nº 01 / 2014 - DISPÕE SOBRE A REGULAMENTAÇÃO DO CONCURSO PARA ESCOLHA DA LOGOMARCA DO. REGULAMENTO O Conselho Municipal de Políticas sobre Drogas do município de Santos convida os universitários

Leia mais

4. A submissão de trabalhos prevê as seguintes categorias: É um trabalho único, que pode ser organizado por um ou mais autores.

4. A submissão de trabalhos prevê as seguintes categorias: É um trabalho único, que pode ser organizado por um ou mais autores. NORMAS PARA PARTICIPAÇÃO 1. Inscrições no site: http://unisal.br/seminariointernacional 2. A inscrição confirmada dará direito à participaç ão nas atividades do evento e à submissão e apresentação de 04

Leia mais

Lista Exercícios O Poder da Gratidão

Lista Exercícios O Poder da Gratidão Lista Exercícios O Poder da Gratidão Segunda Feira Exercício: Traçe suas metas/sonhos, liste elas. Metas para: Saúde e corpo Carreira e trabalho Finanças Relacionamento Desejos pessoais Materiais Espirituais

Leia mais

Design da Informação. Repetição e Contraste. Aula 07. Prof. Dalton Martins

Design da Informação. Repetição e Contraste. Aula 07. Prof. Dalton Martins Design da Informação Repetição e Contraste Aula 07 Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Faculdade de Informação e Comunicação Universidade Federal de Goiás Repetição Repita alguns

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS Manual para a elaboração do TCC em formato Monografia Curso de Publicidade e Propaganda 1º/2015. Monografia: disposições gerais Monografia é uma das alternativas oferecidas pela UPM como Trabalho de Conclusão

Leia mais

II CONGRESSO 2015 FAMINAS-BH COMPARTILHANDO IDEAIS NA BUSCA POR DIAS MELHORES: DISCUTINDO A SUSTENTABILIDADE

II CONGRESSO 2015 FAMINAS-BH COMPARTILHANDO IDEAIS NA BUSCA POR DIAS MELHORES: DISCUTINDO A SUSTENTABILIDADE CHAMADA DE TRABALHOS: A comissão técnico-científica do II CONGRESSO FAMINAS-BH 2015 convida para a submissão de trabalhos técnicos para apresentação e discussão no evento. TEMA: SUSTENTABILIDADE: SOCIAL,

Leia mais

E D I T A L. Itatiba, 10 de setembro de 2013.

E D I T A L. Itatiba, 10 de setembro de 2013. EDITAL DO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO 2013 ABRE PERÍODO DE INSCRIÇÕES E ESTABELECE CRITÉRIOS PARA O CONCURSO DE FOTOGRAFIAS CIDADES E ARQUITETURA. A Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

Objetivo Com o objetivo melhorar a comunicação com o os clientes e dinamizar o atendimento aos usuários, criou-se o Help Desk.

Objetivo Com o objetivo melhorar a comunicação com o os clientes e dinamizar o atendimento aos usuários, criou-se o Help Desk. Objetivo Com o objetivo melhorar a comunicação com o os clientes e dinamizar o atendimento aos usuários, criou-se o Help Desk. O Help Desk é o sistema responsável por gerenciar chamados, com ele, é possível

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DOS ADOLESCENTES NA 9 CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES

PARTICIPAÇÃO DOS ADOLESCENTES NA 9 CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES PARTICIPAÇÃO DOS ADOLESCENTES NA a 9 CONFERÊNCIA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES Mobilizando, implementando e monitorando a política e o plano decenal de direitos humanos de crianças e adolescentes

Leia mais

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta.

1) Devemos proceder a primeira leitura de reconhecimento ininterrupta. TRABALHOS CIENTÍFICOS ACADÊMICOS Muitas vezes, o estudante ou pesquisador, ao ser abordado para fazer um trabalho científico acadêmico, tem muitas dificuldades de diferenciar as características quanto

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales Nota: (valor 1,0) 3 o.bimestre a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 4ª Série Produção Gráfica CST Produção Multimídia A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio

Leia mais

6º ANO ENSINO FUNDAMENTAL INFORMÁTICA

6º ANO ENSINO FUNDAMENTAL INFORMÁTICA Habilidade Habilidades afins Interdisciplinaridade Conteúdo Conhecer a barra de menus, de formatação, de ícones e de título de um editor de texto; Saber guardar um documento de texto na pasta meus documentos;

Leia mais

CONCURSO CRIE O LOGOTIPO DA BIBLIOTECA ITINERANTE DE FRAIBURGO REGULAMENTO

CONCURSO CRIE O LOGOTIPO DA BIBLIOTECA ITINERANTE DE FRAIBURGO REGULAMENTO CONCURSO CRIE O LOGOTIPO DA BIBLIOTECA ITINERANTE DE FRAIBURGO REGULAMENTO 1 OBJETIVO 1.1 O presente regulamento criado pela Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, a ser realizado de 15 a 23 de março

Leia mais

7 Passos para um Conteúdo Incrível

7 Passos para um Conteúdo Incrível 7 Passos para um Conteúdo Incrível 7 Passos para um Conteúdo Incrível Olá, Meu nome é Tamiris Cristina, sou criadora do Nova Vida Digital, Fico muito feliz por você esta nos companhado. Estou aqui com

Leia mais

Normas para formatação de Artigo Científico

Normas para formatação de Artigo Científico Normas para formatação de Artigo Científico Cursos Cinema de Animação e Cinema e Audiovisual Profa. Dra. Ivonete Pinto 1 As normas a seguir foram aprovadas pelo colegiado dos cursos de Cinema de Animação

Leia mais

8-11 anos de idade. Energia e os Metas Globais para o Desenvolvimento Sustentável. Assunto. Preparação

8-11 anos de idade. Energia e os Metas Globais para o Desenvolvimento Sustentável. Assunto. Preparação Energia e os Metas Globais para o Desenvolvimento Sustentável P1 Energia e os Metas Globais para o Desenvolvimento Sustentável Assunto Geografia, Ciência Resultado do aprendizado Entender que a energia

Leia mais

O telefone como instrumento da imagem. Camila Jardim

O telefone como instrumento da imagem. Camila Jardim O telefone como instrumento da imagem O telefone como instrumento da imagem Objectivos específicos: Identificar a importância do sorriso no atendimento telefónico O telefone como instrumento da imagem

Leia mais

OS 7 SEGREDOS DA SESSÃO DE CUIDADOS COM A PELE PERFEITA DO AGENDAMENTO AO FECHAMENTO COMO VENDER, AGENDAR E INICIAR

OS 7 SEGREDOS DA SESSÃO DE CUIDADOS COM A PELE PERFEITA DO AGENDAMENTO AO FECHAMENTO COMO VENDER, AGENDAR E INICIAR OS 7 SEGREDOS DA SESSÃO DE CUIDADOS COM A PELE PERFEITA DO AGENDAMENTO AO FECHAMENTO COMO VENDER, AGENDAR E INICIAR ROSANGELA M.R.PAGANINI DIRETORA DE VENDAS INDEPENDENTE UNIDADE ROSASMAGNÍFIKAS COMO EU

Leia mais

REGULAMENTO PARA AS ESCOLAS DA VI CONVOCATÓRIA ENCAIXANDO A ARTE

REGULAMENTO PARA AS ESCOLAS DA VI CONVOCATÓRIA ENCAIXANDO A ARTE REGULAMENTO PARA AS ESCOLAS DA VI CONVOCATÓRIA ENCAIXANDO A ARTE 1. A convocatória contempla modalidades de arte sobre suporte definido: caixa de fósforos; 2. Cada escola, instituição regular de ensino,

Leia mais

PROPOSTA DE REDAÇÃO PARA A CATEGORIA 5.ª E 6.ª SÉRIES/ 6.º E 7.º ANOS. Videogame: permitir ou proibir?

PROPOSTA DE REDAÇÃO PARA A CATEGORIA 5.ª E 6.ª SÉRIES/ 6.º E 7.º ANOS. Videogame: permitir ou proibir? PROPOSTA DE REDAÇÃO PARA A CATEGORIA 5.ª E 6.ª SÉRIES/ 6.º E 7.º ANOS TEXTO MOTIVADOR Videogame: permitir ou proibir? Por mais que os pais procurem proibir ou limitar o uso de videogames, esses eletrônicos

Leia mais

O processo seletivo (até o dia 16/08/2016) 1ª Etapa- Prova: 2ª Etapa- Entrevistas: 3ª Etapa - Prática:

O processo seletivo (até o dia 16/08/2016) 1ª Etapa- Prova: 2ª Etapa- Entrevistas: 3ª Etapa - Prática: O processo seletivo Após a entrega da ficha de inscrição dentro do prazo determinado (até o dia 16/08/2016), todos os candidatos passarão por um processo de seleção que será realizado em 3 etapas: 1ª Etapa-

Leia mais

NOME DO AUTOR TÍTULO ILUSTRAÇÕES DE... COLEÇÃO...

NOME DO AUTOR TÍTULO ILUSTRAÇÕES DE... COLEÇÃO... NOME DO AUTOR TÍTULO ILUSTRAÇÕES DE... COLEÇÃO... MONTES CLAROS 2014 COORDENAÇÃO EDITORIAL: Daniela Barreto ASSISTENTE DE COORDENAÇÃO: Alexandra Vieira Beatriz Guimarães Cristiane Souza Elen Neves Maria

Leia mais

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: JORNALISMO EMENTAS º PERÍODO CURSO: JORNALISMO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: TEORIAS DA COMUNICAÇÃO Estudo do objeto da Comunicação Social e suas contribuições interdisciplinares para constituição de uma teoria da comunicação.

Leia mais

Natal na Usina Boas Festas. Boas Energias. Concurso Energisa de Redação 2014 EDITAL

Natal na Usina Boas Festas. Boas Energias. Concurso Energisa de Redação 2014 EDITAL Natal na Usina Boas Festas. Boas Energias. EDITAL OBJETO: Seleção de trabalhos para o CAPÍTULO I DO OBJETIVO 1.1 O tem por objetivo promover, dinamizar e exercitar a produção textual (redação de âmbito

Leia mais

PARA O DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS E ADULTOS ALÉRGICOS A ALIMENTOS

PARA O DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS E ADULTOS ALÉRGICOS A ALIMENTOS 11 PARA O DIA-A-DIA DAS CRIANÇAS E ADULTOS ALÉRGICOS A ALIMENTOS CONSCIENTIZAR alérgicos e todos que lidam com eles. Isso deve ser feito constantemente, no que se refere aos riscos e cuidados. Um dia a

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO

INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO INSTITUTO BRASILEIRO DE AUDIOVISUAL ESCOLA DE CINEMA DARCY RIBEIRO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO CURSO CINEASTAS DO FUTURO A Escola de Cinema Darcy Ribeiro (ECDR) torna pública a abertura

Leia mais

I Mostra Escolar de Arte e Artesanato. Yvy Pytã

I Mostra Escolar de Arte e Artesanato. Yvy Pytã I Mostra Escolar de Arte e Artesanato Yvy Pytã 1 Objetivo da Mostra: - Oportunizar o aprendizado e o gosto pela cultura gaúcha e missioneira através da realização de obras de arte e artesanato; - Proporcionar

Leia mais

10 Melhores Técnicas Em Vendas Para Melhorar Sua Taxa De Conversão

10 Melhores Técnicas Em Vendas Para Melhorar Sua Taxa De Conversão 10 Melhores Técnicas Em Vendas Para Melhorar Sua Taxa De Conversão Com o país passando por uma crise financeira era esperado que as vendas em geral sofressem uma queda brusca. O que pouca gente sabe é

Leia mais

1) A quem devo me reportar para solicitar esclarecimentos sobre o conteúdo dos documentos da Chamada Pública.

1) A quem devo me reportar para solicitar esclarecimentos sobre o conteúdo dos documentos da Chamada Pública. Objetivo: Divulgar respostas a questionamentos específicos apresentados pelas partes interessadas na Chamada Pública, de forma a garantir a ampla divulgação de todas as informações relevantes e pertinentes

Leia mais

Fiscalização de Segurança de Barragens no Setor Elétrico

Fiscalização de Segurança de Barragens no Setor Elétrico Fiscalização de Segurança de Barragens no Setor Elétrico Superintendência de Fiscalização dos Serviços de Geração SFG Lincoln Braga e Souza Foz do Iguaçu-PR 30 de agosto de 2016 2010 2012 2013 2014 2015

Leia mais

O que é planejamento estratégico?

O que é planejamento estratégico? O que é planejamento estratégico? Um dos fatores de sucesso das empresas é possuir um bom planejamento. Mas o que é planejamento? Nós planejamos diariamente, planejamos nossas atividades, nossas finanças,

Leia mais