Carabina.22 à 25 metros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Carabina.22 à 25 metros"

Transcrição

1 Regulamento de Prova de Tiro Numero 3/2013 Carabina.22 à 25 metros FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Carabina.22 à 25 metros no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE Tiro Esportivo Provas Especiais Carabina.22 à 25 metros. DEFINIÇÕES Estande de Tiro Local apropriado para o manuseio e disparo de arma de fogo. Posto de Tiro Área de pequenas dimensões dentro do Estande de Tiro, que é ocupada pelo Atirador para efetuar disparos com Arma de Fogo. Atirador Pessoa que manuseia e ou dispara Arma de Fogo com o intuito de atingir um alvo e competir. Turma Grupo de pessoas, equivalente a quantidade de Postos de Tiro, que farão disparos com arma de fogo ao mesmo tempo.

2 Prova de Tiro Competição entre Atiradores, que buscam classificação, sendo premiado os 3 (três) melhores resultados; Diretor de Prova de Tiro Pessoa responsável pela organização e execução de Prova de Tiro. Arbitro de Prova de Tiro Pessoa responsável pela apuração dos resultados dos tiros no alvo. Instrutor de Armamento e Tiro Pessoa credenciada no Departamento de Policia Federal, responsável pela segurança no manuseio de arma de fogo. Equipe de Organização de Prova de Tiro Grupo de pessoas que auxiliam na organização e execução de Prova de Tiro. DESCRIÇAO DA PROVA Arma de Fogo Sera aceito: Qualquer tipo de Arma Longa, de Alma Raiada, de Calibre.22 Long Rifle; De Mira Aberta e sem nenhum tipo de aparelho ótico; De Comprimento de Cano de no máximo 610 (seiscentos e dez) milímetros ou 24 (vinte e quatro) polegadas; De peso máximo de 5,5 (cinco virgula cinco) kilos; De capacidade de carregamento de no mínimo de 1 (um) cartucho. Não sera aceito: Armas de fogo olímpicas, inclusive seus acessórios, mesmo que adaptadas; Modificações ou adaptações que alterem as características originais da arma (contrapesos de cano, freio de boca, compensador, garfo, apoio do rosto ajustável, elevador do apoio do rosto, apoio para mão sob a coronha (palm rest), tubo prolongador do cano, etc).

3 Alvo Composto de 3 (três) círculos de precisão, com pontuação de 7 (sete) a 10 (dez) pontos, com um Centro de Referencia de 12 (doze) pontos; O Centro de Referencia devera ser uma obréia, de cor branca, de 25 (vinte e cinco) milímetros de diâmetro. Distância do Alvo 25 (vinte e cinco) metros. Posição de Tiro De pé, sem nenhum tipo de apoio ou suporte; O Atirador durante os tiros devera sustentar o peso da arma de fogo. Empunhadura A sustentação da arma se dará com ambas as mãos e o ombro, podendo apoiar apenas 1 (um) cotovelo no quadril. Ensaio Não haverá ensaio. Prova de Tiro O Atirador efetuara 30 (trinta) disparos no alvo, sendo 10 (dez) tiros em cada circulo de precisão; Tempo Os tiros somente poderão serem efetuados dentro de um período de 30 (trinta) minutos. COMANDOS DE TIRO ATIRADOR POSIÇAO O Atirador se dirige ao seu box onde realizara os tiros. CARREGAR

4 O Atirador terá 1 (um) minuto para municiar, carregar e ficar em condição de PRONTO ; Após carregar não sera mais permitido apoiar ou colocar a arma de fogo em suporte, bancada ou chão, com o objetivo de descanso ; O Atirador não pode colocar o dedo no gatilho ate que a arma esteja alinhada ao alvo. ATIRADOR PRONTO O Atirador somente se manifesta se não estiver pronto para efetuar os tiros, levantando a Mão-Fraca e pronunciando em voz alta NÃO PRONTO ; Caso não ocorra nenhuma contestação de "NÃO PRONTO", o Diretor de Prova aguardara 5 (cinco) segundos para autorizar efetuar os tiros; Caso um competidor diga "NÃO PRONTO", 15 (quinze) segundos depois, o Diretor de Prova dirá novamente "ATIRADORES PRONTOS" e aguardara 5 (cinco) segundos para autorizar efetuar os tiros; Em uma mesma serie não será aceita mais de 1 (uma) contestação de "NÃO PRONTO" pelo mesmo atirador. FOGO ou SILVO DE APITO LONGO O Atirador efetua os 30 (trinta) tiros em um tempo total de 30 (trinta) minutos. CESSAR FOGO ou SILVO DE APITO LONGO O Atirador deve parar de atirar, descarregar a arma e deixa-la aberta. PISTA FRIA O Atirador deve DESCARREGAR sua arma de fogo e deixa-la ABERTA em direção ao Para-Balas; Ninguém manuseia arma de fogo ou munição. ATIRADORES AO ALVO Os atiradores da linha de tiro se dirigem ate o seu respectivo alvo, mantendo-se à distancia de 3 (tres) metros; O atirador não pode tocar no alvo, e caso ocorra sera desclassificado. PISTA QUENTE O atirador deve colocar óculos de proteção e abafador de ruídos;

5 O manuseio de arma de fogo e munição esta autorizado. CATEGORIAS Esta prova de tiro sera disputada nas seguintes Categorias: Arma Nacional Masculino Pessoa do sexo masculino que atira com Arma de Fogo de fabricação brasileira; Arma Importada Masculino Pessoa do sexo masculino que atira com Arma de Fogo de fabricação estrangeira; Arma Nacional Feminino Pessoa do sexo feminino que atira com Arma de Fogo de fabricação brasileira; Arma Importada Feminino Pessoa do sexo feminino que atira com Arma de Fogo de fabricação estrangeira; Junior Pessoa do sexo masculino ou feminino que atira com Arma de Fogo de fabricação brasileira ou estrangeira; Menos de 18 (dezoito) anos de idade; Obrigatoriamente devera ser acompanhado de pessoa responsável e habilitado a atirar. OBSERVAÇÕES

6 Somente serão permitidas armas de fogo com características originais; Não é permitido o uso de roupas e calcados específicos para o tiro; Não é permitido o uso de arma de fogo olímpica, mesmo que adaptada; Não é permitido o uso de bandoleira ou qualquer tipo de equipamento para descanso durante os tiros; Não é permitido o uso de qualquer tipo de mira eletrônica (Laser, Red-Dot, Holografica, etc.) ou equipamento que facilite o tiro (Contra-Peso, etc.); O Atirador pode utilizar Luneta de Observação durante a Prova de Tiro, para acompanhar os resultados dos tiros no seu alvo; O Diretor de Prova de Tiro poderá a qualquer momento examinar o equipamento do Atirador e impugnar os resultados caso o julgue em desacordo com as normas estabelecidas. PREMIAÇÃO Sera feita para os 3 (três) melhores resultados de cada Categoria; Para o melhor resultado da Categoria sera entregue uma medalha de 1º Lugar Ouro; Para o segundo melhor resultado da Categoria sera entregue uma medalha de 2º Lugar Prata; Para o terceiro melhor resultado da Categoria sera entregue uma medalha de 3º Lugar Bronze; DISPOSIÇÕES GERAIS Caso o Atirador desrespeite as Normas de Segurança e Conduta do Estande de Tiro sera desclassificado da Prova de Tiro; Após iniciar a Prova de Tiro não é permitido abandonar o Posto de Tiro, caso ocorra sera desclassificado; Falhas de munição ou de arma de fogo serão consideradas como zero; O Atirador é obrigado a usar de Óculos de Proteção e Abafador de Ruídos no Estande de Tiro; Não sera permitido que o Atirador acesse o Estande de Tiro sem roupas

7 adequadas a atividade; Nos casos omissos, sera adotado o Regulamento de Prova Especial 2012 Carabina Mira Aberta 25 metros da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo; O Atirador deve permanecer em silencio durante a Prova de Tiro, e quando se dirigir ao Diretor de Prova de Tiro deve fazer de forma educada e que não atrapalhe os demais competidores; Não é permitido nenhum tipo de auxilio ao Atirador quando no posto de tiro; Não é permitido o uso de óculos especiais para tiro; No âmbito do Estande de Tiro é proibido fazer uso de qualquer tipo de aparelho de comunicação (exemplo: Telefone, Tablet, etc.); No âmbito do Estande de Tiro é proibido ingerir alimento ou bebida, fazer uso de medicação, e fumar; Não é permitido atirar com o pé sobre ou após a linha de tiro. São Paulo, SP, 02/03/2013. A. C. Abdalla Contato de

Fuzil Militar de Combate

Fuzil Militar de Combate Regulamento de Prova de Tiro Numero 4/2013 Fuzil Militar de Combate FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Fuzil Militar de Combate no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito.

Leia mais

Regulamento de Prova de Tiro. Numero 2/2013. Duelo de Balão

Regulamento de Prova de Tiro. Numero 2/2013. Duelo de Balão Regulamento de Prova de Tiro Numero 2/2013 Duelo de Balão FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Duelo de Balão no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE Tiro Policial.

Leia mais

REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DOS MAGISTRADOS ABRIL/2015 REGULAMENTO 02/2015 DUELO DE BALÃO

REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DOS MAGISTRADOS ABRIL/2015 REGULAMENTO 02/2015 DUELO DE BALÃO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DOS MAGISTRADOS ABRIL/2015 REGULAMENTO 02/2015 DUELO DE BALÃO 1- DA FINALIDADE: Regulamentar a Prova de Tiro Duelo de Balão no âmbito do Estande de Tiro do

Leia mais

Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013. Duelo 20 segundos

Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013. Duelo 20 segundos Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013 Duelo 20 segundos FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Duelo 20 segundos no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE Tiro

Leia mais

Regras. Tiro Rápido de Precisão (TRP)

Regras. Tiro Rápido de Precisão (TRP) Regras Tiro Rápido de Precisão (TRP) Atualização de Abril de 2015 Regulamento de Tiro Rápido de Precisão Atualização de Abril de 2015 1 - DA ARMA a. O comprimento do cano não deverá exceder a 6" (seis

Leia mais

V - Torneio Interno de Tiro de Precisão do Clube de Tiro Barra Bonita 2017

V - Torneio Interno de Tiro de Precisão do Clube de Tiro Barra Bonita 2017 V - Torneio Interno de Tiro de Precisão do Clube de Tiro Barra Bonita 2017 Finalidade - Implementar a realização de prova de carabina Mira Aberta (fogo central e circular), de Ar comprimido (4.5 e 5.5

Leia mais

Regulamento para o Campeonato Aberto Carabina Ar Mira Aberta

Regulamento para o Campeonato Aberto Carabina Ar Mira Aberta Clube de Caça e Tiro Araújo Brusque Regulamento para o Campeonato Aberto Carabina Ar Mira Aberta I. Finalidade Regulamentar a prova de Carabina Ar Mira Aberta II. Descrição da Prova a) Distância 10 (dez)

Leia mais

VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA

VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA 19/04/2013 NORMAS DE SEGURANÇA E CONDUTA PARA UTILIZAÇÃO DO ESTANDE DE TIRO DO 2º BATALHÃO DE POLICIA DO EXERCITO 1. NÃO FAÇA BRINCADEIRA ou experiência com Arma de Fogo

Leia mais

VIII Jogos Nacionais da Magistratura Fortaleza, 25 a 29 de outubro de 2017 Regulamento do Tiro Esportivo Clube de Tiro Gun House 27 de outubro de 2017

VIII Jogos Nacionais da Magistratura Fortaleza, 25 a 29 de outubro de 2017 Regulamento do Tiro Esportivo Clube de Tiro Gun House 27 de outubro de 2017 SUMÁRIO 1) Regulamento das Competições de Tiro Esportivo...02 2) Regulamento da Prova de Carabina Mira Aberta...04 3) Regulamento da Prova de Duelo 20 Segundos...07 4) Regulamento da Prova de IPSC...09

Leia mais

Carabina de Ar 25m. Local apropriado e com segurança que permita a colocação de alvos nas distancias de 10, 15, 20 e 25 metros.

Carabina de Ar 25m. Local apropriado e com segurança que permita a colocação de alvos nas distancias de 10, 15, 20 e 25 metros. Carabina de Ar 25m 1. Objetivo Regulamentar a prova de Carabina de Ar 25m do Tiro Virtual. 2. Desenvolvimento a. Estande e Distância Local apropriado e com segurança que permita a colocação de alvos nas

Leia mais

Regras Tiro Rápido de Precisão - TRP (Valido para as Provas On-Line)

Regras Tiro Rápido de Precisão - TRP (Valido para as Provas On-Line) Regras Tiro Rápido de Precisão - TRP (Valido para as Provas On-Line) Revisão 19/02/2016 Revisado por: Demetrius Oliveira Presidente CBTP Jose Carlos Belino Diretor de Arbitragem CBTP/NROI Maria Rita Assistente

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS DE CURITIBA GESTÃO 2009/ LAZER E SOCIAL 8º TORNEIO DE TIRO DA AGMUC CARACTERÍSTICA EVENTO...

ASSOCIAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS DE CURITIBA GESTÃO 2009/ LAZER E SOCIAL 8º TORNEIO DE TIRO DA AGMUC CARACTERÍSTICA EVENTO... 8º TORNEIO DE TIRO DA CARACTERÍSTICA EVENTO...TORNEIO DE TIRO DATA...28/08/2010 - SÁBADO HORÁRIO...09:00 HS AS 15:00 HS LOCAL...CLUBE DE TIRO PONTA GROSSA - PR Nº DE PARTICIPANTES... 70 OBJETIVO O objetivo

Leia mais

FEDERAÇÃO MARANHENSE DE TIRO ESPORTIVO - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST

FEDERAÇÃO MARANHENSE DE TIRO ESPORTIVO - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST FEDERAÇÃO MARANHENSE DE TIRO ESPORTIVO - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST São Luís MA Fevereiro de 2010 Federação Maranhense de Tiro Esportivo - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST CAPÍTULO I DAS MODALIDADES DE

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO TIRO DE PISTOLA

REGULAMENTO ESPECÍFICO TIRO DE PISTOLA REGULAMENTO ESPECÍFICO TIRO DE PISTOLA I - DA FINALIDADE E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º - As regras aplicadas nodo I Jogos Nacionais de Integração dos PRF/2015, para as competição do Tiro Pistola será realizada

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE PROVAS DE PISTOLA SPORT.45 ACP 10 DE NOVEMBRO DE 2010 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE PROVAS DE PISTOLA SPORT.45 ACP Artigo 1º Âmbito do Regulamento

Leia mais

Torneio de Tiro de Precisão

Torneio de Tiro de Precisão Torneio de Tiro de Precisão REGRAS GERAIS: Armas: Qualquer tipo de arma com mira aberta, desde que não seja dióptro de qualquer tipo, ou seja com ou sem lente. Não poderá ser usado nenhum tipo de mira

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO. Regulamento de Provas de Pistola Sport 9mm

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO. Regulamento de Provas de Pistola Sport 9mm FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 14/10/1929 Instituição de Utilidade Pública Desportiva (D.R. 288 de 11/12/1993) Oficial da Ordem Militar de Cristo Medalha de

Leia mais

Campeonato. Portugal. Pistola Sport 9mm

Campeonato. Portugal. Pistola Sport 9mm Campeonato de Portugal de Pistola Sport 9mm Em vigor desde 01 de Janeiro de 2005 INTRODUÇÃO O Campeonato de Portugal com Armas de Ordenança perdeu as suas características próprias, as de um campeonato

Leia mais

Regulamento Geral do Campeonato 2015

Regulamento Geral do Campeonato 2015 1) Data, Hora e Locais de Competição Regulamento Geral do Campeonato 2015 a) Data e Locais - Conforme publicado no site. Cada coordenador poderá definir se fará a competição em 1 ou 2 dias, devendo entrar

Leia mais

Orientações ao Convidado

Orientações ao Convidado Orientações ao Convidado Nome do Evento: Instituição Responsável: VI Jogos Nacionais da Magistratura Competição de Tiro Associação dos Magistrados do Brasileiros Data: 19 de abril de 2013 Local: 2º Batalhão

Leia mais

Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS - Carabina Tipo Puma / Winchester 92/94 Calibres. 38 Spl ou 44/40

Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS - Carabina Tipo Puma / Winchester 92/94 Calibres. 38 Spl ou 44/40 Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS - Carabina Tipo Puma / Winchester 92/94 Calibres. 38 Spl ou 44/40 NORMAS DE SEGURANÇA: 1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar;

Leia mais

Regulamento de F-Class atualizado em 05 de fevereiro de 2015

Regulamento de F-Class atualizado em 05 de fevereiro de 2015 I- Finalidade Regulamentar a prova de F-Class no âmbito da. II- Descrição da Prova a) Distância 300 (trezentos) metros. b) Alvo 1. Alvos oficiais de F-Class e consistem em círculos concêntricos pretos

Leia mais

Campeonato Baiano 2016 Car / Pst

Campeonato Baiano 2016 Car / Pst Campeonato Baiano 2016 Car / Pst Regulamento Geral 1 I - Finalidade Estabelecer as normas para a realização das etapas que comporão o Campeonato Baiano de Tiro Esportivo nas modalidades de Carabina Mira

Leia mais

DESAFIO DOS ATIRADORES TIROS DE PRECISÃO CPTCTC 2017

DESAFIO DOS ATIRADORES TIROS DE PRECISÃO CPTCTC 2017 DESAFIO DOS ATIRADORES TIROS DE PRECISÃO CPTCTC 2017 REGULAMENTO O Desafio dos Atiradores CPT-CTC 2017 será composto por 10 etapas, com início em Março (I Etapa) e término em Dezembro (X Etapa). Todas

Leia mais

REGULAMENTO DE TIRO PROVA DE PISTOLA DE COMBATE

REGULAMENTO DE TIRO PROVA DE PISTOLA DE COMBATE REGULAMENTO DE TIRO PROVA DE PISTOLA DE COMBATE EsEFEx Atualizado em 2015 1 PROVA DE PISTOLA DE COMBATE Art 1º - A prova de Pistola de Combate será realizada com armamento e munição de dotação do Exército

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA 10 DE NOVEMBRO DE 2010 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA

Leia mais

REGULAMENTO FUZIL ESPORTIVO

REGULAMENTO FUZIL ESPORTIVO REGULAMENTO FUZIL ESPORTIVO I - OBJETIVO DO REGULAMENTO O objetivo deste regulamento é estabelecer as normas a serem aplicadas à modalidade FUZIL ESPORTIVO e suas duas categorias MIRA ÓPTICA e MIRA ABERTA,

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Prático

Confederação Brasileira de Tiro Prático Confederação Brasileira de Tiro Prático - Diretoria de Armas Longas Rifle e Mini Rifle Shotgun Confederação Brasileira de Tiro Prático Temas abordados: Rifle e Mini Rifle Shotgun Modelos de Pistas Compartilhadas

Leia mais

PORTARIA Nº COLOG, DE 26 DE AGOSTO DE 2009

PORTARIA Nº COLOG, DE 26 DE AGOSTO DE 2009 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO LOGÍSTICO PORTARIA Nº 012 - COLOG, DE 26 DE AGOSTO DE 2009 Regulamenta os art. 2º e 4º da Portaria Normativa nº 1.811/MD, de 18 de dezembro de 2006, sobre

Leia mais

REGRAS SAQUE RÁPIDO (Valido para as Provas On-Line)

REGRAS SAQUE RÁPIDO (Valido para as Provas On-Line) REGRAS SAQUE RÁPIDO (Valido para as Provas On-Line) Revisão 2 20/05/2016 Revisado por: Demetrius Oliveira Presidente CBTP Jose Carlos Belino Diretor de Arbitragem CBTP/NROI Maria Rita Assistente de Competição

Leia mais

Regulamento de saque-rápido Atualização de julho de 2007

Regulamento de saque-rápido Atualização de julho de 2007 Regulamento de saque-rápido Atualização de julho de 2007 Capitulo 1. Organização. A parte executiva da organização da prova é composta de Diretor de Prova (Match Director); Chefe dos Árbitros (Chief Range

Leia mais

1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar; 3. A arma NUNCA deverá ser apontada em direção que não ofereça segurança;

1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar; 3. A arma NUNCA deverá ser apontada em direção que não ofereça segurança; Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS NORMAS DE SEGURANÇA: 1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar; 2. NUNCA engatilhe a arma se não for atirar; 3. A arma NUNCA deverá

Leia mais

1.3. Na modalidade, poderão ser usadas armas longas, de repetição ou semiautomáticas, de uso civil, observado o contido no item 1.1.

1.3. Na modalidade, poderão ser usadas armas longas, de repetição ou semiautomáticas, de uso civil, observado o contido no item 1.1. REGULAMENTO DO TIRO DE RIFLE O Tiro de Rifle, a exemplo dos demais esportes, antes de mais nada, deve apresentar, como seus fundamentos, de forma íntima e indispensável, nas relações entre os participantes

Leia mais

REGULAMENTO PROVAS DE TIRO DE PRECISÃO

REGULAMENTO PROVAS DE TIRO DE PRECISÃO REGULAMENTO PROVAS DE TIRO DE PRECISÃO Introdução Este regulamento tem por objetivo padronizar e normatizar as provas de tiro de precisão, em suas diversas modalidades, no âmbito da Associação Brasileira

Leia mais

FEDERAÇÃO MINEIRA DE TIRO PRÁTICO

FEDERAÇÃO MINEIRA DE TIRO PRÁTICO REGULAMENTO DA FEDERAÇÃO MINEIRA DE TIRO PRÁTICO (FMTP) PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS ON LINE IMPORTANTE LER AS REGRAS BEM COMO TIRAR AS DÚVIDAS ANTES DA REALIZAÇÃO DAS PROVA. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: O pagamento

Leia mais

CAMPEONATO BRASILEIRO DE VETERANOS REGULAMENTO

CAMPEONATO BRASILEIRO DE VETERANOS REGULAMENTO CAMPEONATO BRASILEIRO DE VETERANOS REGULAMENTO Artigo 1 - Atendendo o disposto nas NORMAS GERAIS PARA EVENTOS NACIONAIS da Confederação Brasileira de Judô CBJ, em seu Artigo 7, Parágrafo único, através

Leia mais

REGULAMENTO Vôlei

REGULAMENTO Vôlei REGULAMENTO 2017 - Vôlei 1. MISSÃO Criar um ambiente adequado para a prática esportiva, onde a competição entre equipes escolares se desenvolva de forma positiva, propiciando vivências práticas de valores

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA 01 DE OUTUBRO DE 2014 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA

Leia mais

REGULAMENTO FUZIL SNIPER 2014

REGULAMENTO FUZIL SNIPER 2014 REGULAMENTO FUZIL SNIPER 2014 DEPARTAMENTO DE TIRO ADJLC CAMPEONATO PAULISTA INTERCLUBES DE FUZIL SNIPER -2014 I- DO CAMPEONATO PAULISTA I.I NOTAS INTRODUTÓRIAS 1-O objetivo deste regulamento é normatizar

Leia mais

- Armamento e Tiro -

- Armamento e Tiro - - Armamento e Tiro - Edital Câmara 2014 (Polícia) item 06 - Professor: Marcos Girão - marcospascho@gmail.com Marcos Girão CONCEITOS INICIAIS ARMA DE FOGO MUNIÇÃO DAS ARMAS DE FOGO MUNIÇÃO - COMPONENTES

Leia mais

II COPA UFERSA DE NATAÇÃO Troféu Paulo Roberto Gonçalves Santos

II COPA UFERSA DE NATAÇÃO Troféu Paulo Roberto Gonçalves Santos II COPA UFERSA DE NATAÇÃO Troféu Paulo Roberto Gonçalves Santos REGULAMENTO Art. 1º - A II Copa UFERSA de Natação será realizada no dia 07 de dezembro de 2013 a partir das 13h30min horas em piscina de

Leia mais

REGULAMENTO DA COPA RS DE REMO 2016

REGULAMENTO DA COPA RS DE REMO 2016 FEDERAÇÃO DE REMO DO RIO GRANDE DO SUL Decana das federações esportivas do Brasil REGULAMENTO DA COPA RS DE REMO 2016 1. Da COPA RS 1.1. A COPA RS DE REMO, doravante chamada apenas COPA RS, será disputada

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO - NATAÇÃO -

REGULAMENTO ESPECÍFICO - NATAÇÃO - REGULAMENTO ESPECÍFICO - NATAÇÃO - INTRODUÇÃO Este Regulamento aplica-se a todas as competições de Natação realizadas no âmbito dos XXIV Jogos Nacionais Salesianos, em conformidade com o estipulado no

Leia mais

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016 REGULAMENTO TÉCNICO DOMINÓ Art. 1º. O torneio de Dominó do VII JOGOS FENACEF, será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela FENACEF no Regulamento Geral do VII JOGOS FENACEF, combinado com

Leia mais

Regulamento do Campeonato de Portugal com Armas de Ordenança

Regulamento do Campeonato de Portugal com Armas de Ordenança FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 14/10/1929 Instituição de Utilidade Pública Desportiva (D.R. 288 de 11/12/1993) Oficial da Ordem Militar de Cristo Medalha de

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O Datas: 28,29 e 30 de agosto de 2014. R E G U L A M E N T O I - DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - A Olimpíada tem por finalidade promover o intercâmbio sócio-desportivo entre os alunos do Colégio Maria Imaculada,

Leia mais

Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015. Regulamento Específico Luta Olímpica

Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015. Regulamento Específico Luta Olímpica Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015 Regulamento Específico Luta Olímpica Art.1º - A Competição de Lutas dos Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015 será regida de acordo com as regras oficiais

Leia mais

Regulamento Geral de Car/Pst/RF 2015

Regulamento Geral de Car/Pst/RF 2015 Regulamento Geral de Car/Pst/RF 2015 I - Finalidade Estabelecer normas para os eventos nacionais da CBTE na modalidade de. II - Objetivo a) Incentivar a prática do Tiro Esportivo, em âmbito nacional, através

Leia mais

Instalações: Carreira de Tiro do Complexo Desportivo de Rates ( CTCDR ) Intervenientes : Ass. de Fuzileiros / Sociedade de Tiro do Porto

Instalações: Carreira de Tiro do Complexo Desportivo de Rates ( CTCDR ) Intervenientes : Ass. de Fuzileiros / Sociedade de Tiro do Porto ASSOCIAÇÃO DE FUZILEIROS Sede: R. Miguel Paes,n.º 25 2830-356 BARREIRO afuzileiros@netvisao.pt afuzileiros.desporto@gmail.com Tlf. 21 206 00 79 Fax. 210884156 Fundada em 29 de Março de 1977 Assunto: Acordo

Leia mais

Carabinas de Pressão CBC Montenegro

Carabinas de Pressão CBC Montenegro Carabinas de Pressão CBC Montenegro A Carabina de pressão foi um dos principais produtos da CBC fabricados nas décadas de 70 e 80. Com o objetivo de suprir o mercado brasileiro de carabinas, em 2005 a

Leia mais

REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO CATARINENSE DE ARMAS CURTAS EXERCICIO 2017

REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO CATARINENSE DE ARMAS CURTAS EXERCICIO 2017 REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO CATARINENSE DE ARMAS CURTAS EXERCICIO 2017 Fevereiro 2017 1 INTRODUÇÃO 1.1 - O Campeonato Catarinense de Tiro Esportivo nas modalidades de Armas Curtas será disputado pelos

Leia mais

Manual de Instruções Rossi Dione Takedown

Manual de Instruções Rossi Dione Takedown Manual de Instruções Rossi Dione Takedown IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. Prezado cliente, obrigado por adquirir a carabina de pressão Rossi

Leia mais

Regulamento de Carabina NRA Atualizado em 12/12/2015

Regulamento de Carabina NRA Atualizado em 12/12/2015 INTRODUÇÃO O presente regulamento foi traduzido e adaptado pela CBTE, da regra internacional oficial NRA High Power Sporting Rifle. Caberá à Diretoria de Rifle Internacional da CBTE, quando necessário

Leia mais

I Revezamento Gigante de Natação 18 de setembro de 2010 Colégio Elias Moreira Joinville-SC

I Revezamento Gigante de Natação 18 de setembro de 2010 Colégio Elias Moreira Joinville-SC I Revezamento Gigante de Natação 18 de setembro de 2010 Colégio Elias Moreira Joinville-SC REGULAMENTO Art. 01 - O Colégio Cenecista José Elias Moreira, realizará o I Revezamento Gigante de Natação, no

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS DEPARTAMENTO ESPORTIVO JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO DA FINALIDADE E REALIZAÇÃO Art. 1º - Os JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da

Leia mais

BOLETIM de Setembro de 2017 Ginásio Poliesportivo Parauapebas - PA

BOLETIM de Setembro de 2017 Ginásio Poliesportivo Parauapebas - PA BOLETIM 2017 30 de Setembro de 2017 Ginásio Poliesportivo Parauapebas - PA 30 de Setembro de 2017 A SECRETARÍA DE ESPORTE E LAZER DE PARAUAPEBAS e a AEPA ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA E PARADESPORTIVA DO SUL E

Leia mais

REGULAMENTO DE CARABINAS E FUZIL. FUZIL a 300 m FUZIL STANDARD a 300 m CARABINA a 50 m CARABINA de AR a 10 m

REGULAMENTO DE CARABINAS E FUZIL. FUZIL a 300 m FUZIL STANDARD a 300 m CARABINA a 50 m CARABINA de AR a 10 m REGULAMENTO DE CARABINAS E FUZIL FUZIL a 300 m FUZIL STANDARD a 300 m CARABINA a 50 m CARABINA de AR a 10 m Edição de 2009 (1ª impressão Novembro de 2008) Em vigor desde 1º de Janeiro de 2009 CAPÍTULOS

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS DEPARTAMENTO ESPORTIVO JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA REGULAMENTO DA FINALIDADE E REALIZAÇÃO Art. 1º - Os JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA, competição oficial da

Leia mais

TEAM SIX BRAZIL ADVANCED TACTICAL TRAINING

TEAM SIX BRAZIL ADVANCED TACTICAL TRAINING MIAMI - FLORIDA - USA Local: Miami, Florida, USA. Período: 26 à 29 de setembro de. Duração: 04 (quatro) dias. Carga Horária: 32 horas (incluso City Tour). Anexo: Informações Adicionais. Sobre o Tema Desenvolvido

Leia mais

REGULAMENTO III DUATLO POLICIAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA

REGULAMENTO III DUATLO POLICIAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA REGULAMENTO III DUATLO POLICIAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA Artigo 1º Objeto A Associação Desportiva Cultural e Recreativa da Polícia Judiciária (ADCRPJ) em parceria com a Escola de Polícia Judiciária (EPJ)

Leia mais

REGULAMENTO FUTSAL

REGULAMENTO FUTSAL REGULAMENTO 2017 - FUTSAL 1. MISSÃO Criar um ambiente adequado para a pratica esportiva, onde a competição entre equipes escolares se desenvolva de forma positiva, propiciando vivencias práticas de valores

Leia mais

Seu rifle de pressão possui muitos recursos, que lhe dão grande manuseabilidade, precisão e diversão.

Seu rifle de pressão possui muitos recursos, que lhe dão grande manuseabilidade, precisão e diversão. Obrigado por escolher o MOD 125 Seu rifle de pressão possui muitos recursos, que lhe dão grande manuseabilidade, precisão e diversão. Corpo com longas ranhuras para montagem de suportes de luneta Cano

Leia mais

INFORMATIVO TÉCNICO. Nº 53 Atualizado em Dezembro de 2010.

INFORMATIVO TÉCNICO. Nº 53 Atualizado em Dezembro de 2010. INFORMATIVO TÉCNICO Nº 53 Atualizado em Dezembro de 2010. Pistola de Pressão CBC Life Style A Pistola de Pressão Life Style é resultado do compromisso da CBC com a constante evolução dos seus produtos

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA AS PROVAS ON-LINE 2017

NORMAS GERAIS PARA AS PROVAS ON-LINE 2017 NORMAS GERAIS PARA AS PROVAS ON-LINE 2017 1- Finalidade Estabelecer normas para os eventos nacionais ON-LINE da CBTP na modalidade de Desafio do aço, NRA Rápido, Saque Rápido e Tiro Rápido de Precisão

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO GINÁSTICA ARTÍSTICA FRG

REGULAMENTO ESPECÍFICO GINÁSTICA ARTÍSTICA FRG 1. FINALIDADE REGULAMENTO ESPECÍFICO GINÁSTICA ARTÍSTICA FRG - 2013 1.1. O presente Regulamento tem por finalidade orientar e ordenar a modalidade de ginástica artística na FRG, juntamente com o regulamento

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPIRITOSANTENSE DE TIRO PRÁTICO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE SILHUETAS METALICAS

FEDERAÇÃO ESPIRITOSANTENSE DE TIRO PRÁTICO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE SILHUETAS METALICAS 1 REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE SILHUETAS METALICAS 1. DISPOSIÇÕES GERAIS Este regulamento foi elaborado com o intuito de abranger de forma ampla, clara e simples todos os aspectos normativos,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS E CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA EDITAL Nº 002, DE 24/01/2012.

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS E CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA EDITAL Nº 002, DE 24/01/2012. CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS E CADASTRO DE RESERVA PARA A PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA ESPERANÇA EDITAL Nº 002, DE 24/01/2012. ANEXO V CRITÉRIOS PARA O TESTE DE APTIDÃO FÍSICA RETIFICADO EM

Leia mais

REGULAMENTO 200 MILHAS DE KART RENTAL

REGULAMENTO 200 MILHAS DE KART RENTAL REGULAMENTO 200 MILHAS DE KART RENTAL Artigo 1º - Acordos O presente regulamento estipula que todos os Pilotos e Equipes que firmarem suas inscrições para as provas aceitam as condições previstas neste

Leia mais

Datas: 27, 28, 29 e 30 de junho de R E G U L A M E N T O

Datas: 27, 28, 29 e 30 de junho de R E G U L A M E N T O OLIMPÍADAS 2016 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO I DISPOSIÇÕES GERAIS Datas: 27, 28, 29 e 30 de junho de 2016. R E G U L A M E N T O Art. 1º - Os jogos têm por finalidade promover o intercâmbio sócio-desportivo

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE AR 50 22 DE JANEIRO DE 2016 Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 14/10/1929 Instituição de Utilidade Pública Desportiva (DR 288, de 11/12/93) Renovação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 05/2001-ANP/DPF, 31 DE OUTUBRO DE 2001 Regulamenta a aplicação da PROVA DE CAPACIDADE FÍSICA

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. Manual de Instruções Carabina de Pressão SAG AR2000 JET Prezado cliente, obrigado por adquirir nossa nova

Leia mais

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando VOLEIBOL Art. 1º - As partidas obedecerão às regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: Inciso I - Os jogos serão realizados em 01 (um) set de 16 (dezesseis) pontos. Inciso II - Em caso de empate

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLISMO

REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLISMO REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLISMO 1. A Competição de Ciclismo será realizada de acordo com as regras oficiais da UCI e da Confederação Brasileira de Ciclismo salvo o estabelecido neste Regulamento. 2.

Leia mais

CARABINA DE PRESSÃO DOMINATOR MANUAL DE INSTRUÇÕES LEIA ESTE MANUAL ANTES DE USAR A SUA CARABINA DE PRESSÃO

CARABINA DE PRESSÃO DOMINATOR MANUAL DE INSTRUÇÕES LEIA ESTE MANUAL ANTES DE USAR A SUA CARABINA DE PRESSÃO CARABINA DE PRESSÃO DOMINATOR OR MANUAL DE INSTRUÇÕES LEIA ESTE MANUAL ANTES DE USAR A SUA CARABINA DE PRESSÃO Obrigado por escolher a carabina de pressão HATSAN modelo DOMINATOR. Use cuidadosamente esta

Leia mais

FEDERAÇÃO RONDONIENSE DE TIRO PRÁTICO REGRAS OFICIAS PARA SILHUETAS METÁLICAS CAMPEONATO ESTADUAL 2017

FEDERAÇÃO RONDONIENSE DE TIRO PRÁTICO REGRAS OFICIAS PARA SILHUETAS METÁLICAS CAMPEONATO ESTADUAL 2017 FEDERAÇÃO RONDONIENSE DE TIRO PRÁTICO REGRAS OFICIAS PARA SILHUETAS METÁLICAS CAMPEONATO ESTADUAL 2017 Porto Velho - RO Fevereiro de 2017 FEDERAÇÃO RONDONIENSE DE TIRO PRÁTICO SUMÁRIO 1 GERAL... 4 1.1

Leia mais

IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão.

IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. Prezado cliente, obrigado por adquirir nossa nova AR1000 Magnum. Esta é uma potente carabina de pressão que

Leia mais

REGULAMENTO DE NATAÇÃO

REGULAMENTO DE NATAÇÃO CAPÍTULO I - DA ARBITRAGEM Art.1º - A responsabilidade pela arbitragem dos Jogos Escolares TV SERGIPE 2017 será da FEDERAÇÃO AQUÁTICA DE SERGIPE, bem como o balizamento das provas a serem disputadas. CAPÍTULO

Leia mais

Associação Master de Atletismo do Amazonas REGULAMENTO. 6º Torneio da Amizade

Associação Master de Atletismo do Amazonas REGULAMENTO. 6º Torneio da Amizade Associação Master de Atletismo do Amazonas REGULAMENTO 6º Torneio da Amizade 29 e 30 de Abril 2017 1 REGULAMENTO A - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E ORGANIZAÇÃO 1. Aos atletas será permitida a participação

Leia mais

REGULAMENTO DAS PROVAS DE TIRO COM CARABINA DE CANO ARTICULADO. Capitulo I Âmbito. Art.º 1º Âmbito

REGULAMENTO DAS PROVAS DE TIRO COM CARABINA DE CANO ARTICULADO. Capitulo I Âmbito. Art.º 1º Âmbito REGULAMENTO DAS PROVAS DE TIRO COM CARABINA DE CANO ARTICULADO Capitulo I Âmbito Art.º 1º Âmbito 1.O presente Regulamento estabelece as regras aplicáveis às provas de carabina de cano articulado do calendário

Leia mais

FEDERAÇÃO GAUCHA DE DESPORTOS AQUÁTICOS Fundada em 12 de Setembro de 1955 NATAÇÃO, ESSE ESPORTE SALVA VIDAS! CIRCUITO GAÚCHO DE ÁGUAS ABERTAS

FEDERAÇÃO GAUCHA DE DESPORTOS AQUÁTICOS Fundada em 12 de Setembro de 1955 NATAÇÃO, ESSE ESPORTE SALVA VIDAS! CIRCUITO GAÚCHO DE ÁGUAS ABERTAS CIRCUITO GAÚCHO DE ÁGUAS ABERTAS - 2016 REGULAMENTO Art. 1º - A Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos FGDA realizará o Circuito Gaúcho de Águas Abertas 2016 e, detém os direitos do mesmo. DAS DATAS E

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Docentes do curso de Educação Física TORNEIO INTEGRAÇÃO DOS CURSOS DA FASETE Paulo Afonso 2015 Torneio Integração dos Cursos da FASETE Regulamento

Leia mais

CAMPEONATO PAULISTA LPN DE VERÃO 2016

CAMPEONATO PAULISTA LPN DE VERÃO 2016 CAMPEONATO PAULISTA LPN DE VERÃO 2016 DATA LOCAL INSCRIÇÕES CORTES AABB - MARÍLIA 10/12/2016 Piscina de 25 metros Até 07/12/2016 Até 08/12/2016 HORÁRIO DAS ETAPAS PERIODO AQUECIMENTO INICIO DAS PROVAS

Leia mais

REGULAMENTO CAMPEONATO REGIONAL CBC TAURUS

REGULAMENTO CAMPEONATO REGIONAL CBC TAURUS 1- O é formado pela associação de Clubes Esportivos, Legalmente constituídos, autônomos e independentes que visam organizar competições em âmbito Estadual e Regional. 2- APOIO INSTITUCIONAL A Companhia

Leia mais

2º CAMPEONATO SESC/BAGÉ DE ATLETISMO

2º CAMPEONATO SESC/BAGÉ DE ATLETISMO 2º CAMPEONATO SESC/BAGÉ DE ATLETISMO Data: 03 de dezembro de 2017 Horário: 13h Local: Pista do 3º RCMec Inscrições até: 23/11-20 horas no Sesc Bagé. Informações gerais: Categorias: A - 14 a 18 anos (1999

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ REGULAMENTO GERAL REGULAMENTO DO TORNEIO DE TIRO REINAUGURAÇÃO ESTANDE APMG Art. 1 - O Torneio de Tiro da Academia

Leia mais

REGULAMENTO Tênis de Mesa

REGULAMENTO Tênis de Mesa REGULAMENTO 2017 - Tênis de Mesa 1. MISSÃO Criar um ambiente adequado para a prática esportiva, onde a competição entre equipes escolares se desenvolva de forma positiva, propiciando vivências práticas

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA EXECUTIVA MINISTÉRIO DA JUSTIÇA SECRETARIA EXECUTIVA INSTRUÇÃO NORMATIVA N o 01/2008-SE/MJ, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2008 Regulamenta a aplicação da prova de aptidão física no concurso público para ingresso nas carreiras

Leia mais

CAMPEONATO MARANHENSE DE NATAÇÃO DE VERÃO 2016 I TROFÉU ESTAÇÃO CONHECIMENTO DE NATAÇÃO

CAMPEONATO MARANHENSE DE NATAÇÃO DE VERÃO 2016 I TROFÉU ESTAÇÃO CONHECIMENTO DE NATAÇÃO CAMPEONATO MARANHENSE DE NATAÇÃO DE VERÃO 2016 I TROFÉU ESTAÇÃO CONHECIMENTO DE NATAÇÃO REGULAMENTO CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art.1º Com a participação dos clubes filiados à Federação Maranhense de Desportos

Leia mais

CIRCUITO ESTADUAL DE ATLETISMO SESI-SP/FPA INICIANTES, PRÉ MIRIM E MIRIM 2015

CIRCUITO ESTADUAL DE ATLETISMO SESI-SP/FPA INICIANTES, PRÉ MIRIM E MIRIM 2015 CIRCUITO ESTADUAL DE ATLETISMO SESI-SP/FPA INICIANTES, PRÉ MIRIM E MIRIM 2015 O CIRCUITO ESTADUAL DE ATLETISMO SESI-SP/FPA INICIANTES, PRÉ MIRIM E MIRIM é uma competição pioneira da Federação Paulista

Leia mais

REGULAMENTO DA CORRIDA CONTRA I CRACK A REALIZAR NO Dia 31 de Julho no Centro da Cidade de Senador Canedo, Local: Praça Criativa

REGULAMENTO DA CORRIDA CONTRA I CRACK A REALIZAR NO Dia 31 de Julho no Centro da Cidade de Senador Canedo, Local: Praça Criativa REGULAMENTO DA CORRIDA CONTRA I CRACK A REALIZAR NO Dia 31 de Julho no Centro da Cidade de Senador Canedo, Local: Praça Criativa INICIATIVA COM CARATER ESPORTIVO E SOCIAL O evento CORRIDA CONTRA O CRACK

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Filiada a World Field Target Federation Regulamento das Provas de Field Target Atualizado em 26 de maio 2009

Confederação Brasileira de Tiro Esportivo Filiada a World Field Target Federation Regulamento das Provas de Field Target Atualizado em 26 de maio 2009 Regulamento Técnico do Field Target ÍNDICE 2. Desenvolvimento... 2 a) Provas... 2 b) Classes... 2 c) Armas, Munições e Acessórios... 2 d) Alvos... 3 e) Distâncias... 4 f) Posições... 4 g) Tempos... 4 i)

Leia mais

FNK - FEDERAÇÃO NORTERIOGRANDENSE DE KARATE. REGULAMENTO ESPECÍFICO DE KARATÊ JEMs 2015

FNK - FEDERAÇÃO NORTERIOGRANDENSE DE KARATE. REGULAMENTO ESPECÍFICO DE KARATÊ JEMs 2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SETOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA JEMS - 2015 FNK - FEDERAÇÃO NORTERIOGRANDENSE DE KARATE REGULAMENTO ESPECÍFICO DE KARATÊ JEMs 2015 Art. 1º - As

Leia mais

ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF

ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF PROVA DE FLEXÃO DE BRAÇO NA BARRA FIXA BARRA (SOMENTE PARA O SEXO MASCULINO) Os procedimentos a serem adotados pelo

Leia mais

Regulamento de Carabina F-Class Revisado em 10/02/2016

Regulamento de Carabina F-Class Revisado em 10/02/2016 INTRODUÇÃO O presente Regulamento foi traduzido e adaptado da regra internacional oficial NRA Full Bore Rifle/F-CLASS. Caberá à CBTE, quando necessário ou indicado, revisar ou alterar este Regulamento,

Leia mais

CORRIDA DA INFANTARIA 17 MAIO h30 PERCURSOS DE 5 /10 km LARGADA / CHEGADA: FORTALEZA DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO

CORRIDA DA INFANTARIA 17 MAIO h30 PERCURSOS DE 5 /10 km LARGADA / CHEGADA: FORTALEZA DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO DA 10ª REGIÃO MILITAR REGIÃO MARTIM SOARES MORENO CORRIDA DA INFANTARIA 17 MAIO 2009-7h30 PERCURSOS DE 5 /10 km LARGADA / CHEGADA: FORTALEZA DE NOSSA SENHORA DA ASSUNÇÃO Brigadeiro

Leia mais

REGULAMENTO DE CARABINA

REGULAMENTO DE CARABINA REGULAMENTO DE CARABINA PARA CARABINA A 300 m CARABINA STANDARD A 300 m CARABINA A 50 m CARABINA DE AR A 10 m Edição de 2009 (1ª impressão Novembro de 2008) Efectivo desde 1 de Janeiro de 2009 2 CAPÍTULOS

Leia mais

CAMPEONATO DE LANÇAMENTO BALíSTICO

CAMPEONATO DE LANÇAMENTO BALíSTICO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco DAFIS Departamento Acadêmico de Física PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPEONATO DE LANÇAMENTO BALíSTICO

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU GERMANO BAYER

CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO TROFÉU GERMANO BAYER CAMPEONATO ESTADUAL DE NATAÇÃO DE VERÃO Mirim e Petiz TROFÉU GERMANO BAYER Data: 19 e 20 DE NOVEMBRO DE 2016 Inscrição: 08/11/2015 Cidade: Colombo Local: Santa Monica Clube de Campo Piscina de: 50 metros

Leia mais

REGULAMENTO DA CORRIDA DE RUA 5 KM VII Circuito de Qualidade de Vida da UFRN

REGULAMENTO DA CORRIDA DE RUA 5 KM VII Circuito de Qualidade de Vida da UFRN REGULAMENTO DA CORRIDA DE RUA 5 KM VII Circuito de Qualidade de Vida da UFRN A Corrida de Rua do Circuito de Qualidade de Vida da UFRN é evento esportivo comemorativo ao dia do Servidor Publico Federal,

Leia mais