Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura"

Transcrição

1 Ferramentas para Gestão da Empresa Rural na Produção de Flores e Hortaliças Eng. Agrônomo. Gilberto J.B. Figueiredo Gestor Estadual do Projeto CATI Olericultura Eng. Agrônomo Antonio Bliska Júnior Feagri-Unicamp, Lab. de Controle Ambiental

2 PRODUTOR X EMPRESÁRIO RURAL QUESTÕES: - Como explicar o por que um produtor rural é considerado bem ou mal sucedido? - Como obter habilidades em produzir lucro na atividade?

3 PRODUTOR X EMPRESÁRIO RURAL O alcance de metas e objetivos delineados para uma propriedade rural, depende da capacidade do gestor em liderá-la como um empreendedor. Os resultados positivos são reflexos da transformação da forma como a propriedade rural é pensada, passando a ser vista como uma empresa rural.

4 PRODUTOR X EMPRESÁRIO RURAL O produtor que consegue transformar as atividades e a propriedade em um EMPREENDIMENTO RURAL, eleva os lucros e consequentemente, tem melhor qualidade de vida e maiores chances em formar sucessores e não apenas herdeiros.

5 Características de um empreendedor - Criatividade - Capacidade de organização e planejamento - Responsabilidade - Capacidade de liderança - Habilidade para trabalhar em equipe - Gosto pela área em que atua

6 Características de um empreendedor - Visão de futuro e coragem para assumir riscos - Interesse em buscar novas informações, soluções e inovações para o seu negócio - Persistência (não desistir nas primeiras dificuldades encontradas) - Saber ouvir as pessoas - Facilidade de comunicação e expressão

7 FUNÇÕES GERENCIAIS - PLANEJAMENTO - ORGANIZAÇÃO - DIREÇÃO - CONTROLE EM DOIS NÍVEIS: - ESTRATÉGICO - OPERACIONAL

8 FUNÇÕES GERENCIAIS E NAS QUATRO ÁREAS DE ATUAÇÃO DA EMPRESA: - PRODUÇÃO - FINANÇAS - COMERCIALIZAÇÃO - RECURSOS HUMANOS

9 AÇÕES GERENCIAIS - Adotar AÇÕES E PROTOCOLOS que permitam o controle das diversas interfaces da atividade: - FINANCEIRO - PLANEJAMENTO COMERCIAL - COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO - PLANEJAMENTO PESSOAL

10 AÇÕES GERENCIAIS AÇÕES E PROTOCOLOS: - GERENCIAMENTO PESSOAL - ORGANIZAÇÃO DA PRODUÇÃO - APROVEITAMENTO DE OPORTUNIDADES - EXPERIÊNCIA COMERCIAL

11 Algumas ferramentas são essenciais para que o produtor enfrente as situações de mercado e do campo, garantindo uma boa gestão.

12 1 MONITORAMENTO : - Anotações relacionadas à produção (entradas, saídas, insumos etc.) - Sistematização destas anotações geram índices técnicos, administrativos e financeiros - Os índices servirão de parâmetros para adotar melhorias nos processos

13 1 MONITORAMENTO : - Manter receitas e despesas registradas e sob controle - Obedecer a um orçamento - Ter fluxo de caixa - Administrar estoques Ajudam a controlar o negócio e a evitar surpresas, porque aumentam a previsibilidade.

14 2 DELEGAÇÃO : - Negócios em que funções e responsabilidades estão concentradas em uma única pessoa, tendem a apresentar mais falhas ou a crescer pouco. - Dividir, terceirizar e delegar melhora a gestão e abre caminho para uma maior competividade.

15 2 DELEGAÇÃO : - Qualificar profissionais e construir um ambiente de trabalho seguro, com processos e relacionamentos claros. - Promover o bem-estar do funcionário é investir no negócio.

16 3 CRIATIVIDADE : - Bons empreendedores são criativos - Investir em equipamentos pode ser menos oneroso quando feito em parceria com outros produtores. - A eficiência está no hábito de usar as informações para tomar as decisões.

17 4 CURIOSIDADE : - Outros setores da economia podem sugerir ações que também servem no campo. - Ter uma visão do todo e olhar a propriedade de fora. - Conhecer o comportamento de outros produtores, inclusive no exterior, é entender o negócio como parte de um universo maior.

18 5 RENOVAÇÃO : - Para administrar riscos, é preciso estar bem informado, levar em conta as tendências e saber como funcionam os mercados. - Participar de cursos, eventos, palestras e oficinas, mesmo que não estejam diretamente relacionados à atividade, pode render boas idéias ou exercitar raciocínios, que ajudarão a compreender melhor as informações de mercado.

19 6 SUSTENTABILIDADE : - Produzir sem prejudicar o ambiente, adotando iniciativas sustentáveis, que não demandam tantos recursos - Reduzir os desperdícios, fazer reciclagem - Cuidado com a comunidade e preocupação com a origem dos produtos.

20 6 SUSTENTABILIDADE : Essas ações valorizam a marca e podem ser o diferencial para vencer a concorrência.

21 7 ATITUDE : - Mudança de postura : de produtor para Empresário rural - Planejar, ter metas e objetivos de curto, médio e longo prazo. - O foco na atividade, ajuda na hora das decisões. Ele deve ir além das questões técnicas e alcançar um entendimento do mercado

22 8 LONGEVIDADE : - Projetar a propriedade para o futuro inclui pensar e planejar a substituição de quem administra. - A durabilidade do negócio passa por um processo de transição pensado com antecipação.

23 8 LONGEVIDADE : Deve-se levar em conta todas as etapas a serem cumpridas para que interesses, processos e pessoas fiquem alinhados.

24 9 TRANSIÇÃO : - Planejamento e diálogo entre o atual e o futuro gestor, com troca de experiências são importantes para uma transição bem sucedida. - A ausência destes fatores, podem resultar em uma troca de comando tumultuada e que levam a empresa / propriedade a desandar.

25 10 AUTOAVALIAÇÃO : - A ausência de indicadores qualitativos (certificações, representatividade no setor) e inconstância nos quantitativos (lucro, investimentos, acervo técnico) revelam uma gestão fragilizada.

26 10 AUTOAVALIAÇÃO : - Deve-se ficar atento ao comportamento do negócio por meio de uma avaliação interna constante e criar um sistema de gestão que leve em conta as peculiaridades da atividade e da propriedade.

27 Ferramenta de gestão Flores Hortaliças Frutas Café

28 LITERATURA CONSULTADA LEMOS, Paulo. Universidades e Ecossistemas de Empreendedorismo - A gestão orientada por ecossistemas e o Empreendedorismo da UNICAMP. Campinas: Editora da UNICAMP, Marcelo Prado, consultor em agronegócio, Maria Flávia Tavares, coordenadora do Núcleo de Estudos do Agronegócio na ESPM/Sul, Tanice Andreatta, economista e doutora em Desenvolvimento Rural e professora da Unipampa, e Tiago Ribeiro da Costa, engenheiro agrônomo e professor no Cesumar. ESPM / SUL Nucleo de Estudos no Agronegocios

29 Uma Boa Gestão à todos... OBRIGADO

Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa.

Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa. Aqui você escolhe o curso que deseja fazer de acordo com o seu momento empreendedor e as necessidades de sua empresa. Aprender a Empreender Objetivo: Desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes sobre

Leia mais

Mês da Micro e pequena empresa

Mês da Micro e pequena empresa Mês da Micro e pequena empresa O QUE VOCÊ PRECISA PRA MELHORAR o seu negócio. ACESSE LOJASEBRAEAM.COM.BR PROGRAMAÇÃO UNIDADE CENTRO OUTUBRO / 2017 (AV. LEONARDO MALCHER, 924, CENTRO) CURSO DATA HORÁRIO

Leia mais

Adquirir noções básicas sobre o processo de comercia-lização de produtos para órgãos públicos.

Adquirir noções básicas sobre o processo de comercia-lização de produtos para órgãos públicos. Projeto No Campo Vender para o governo No Campo Adquirir noções básicas sobre o processo de comercia-lização de produtos para órgãos públicos. O No Campo é o caminho para fazer sua produção melhorar e

Leia mais

Inovação. Data: 12/04/2012. Inovação é a exploração com sucesso de novas idéias. United Kingdom Department of Trade & Industry

Inovação. Data: 12/04/2012. Inovação é a exploração com sucesso de novas idéias. United Kingdom Department of Trade & Industry Cursos: Administração / Ciências Contábeis Disciplina: Inovação Tecnológica Data: 12/04/2012 Inovação Inovação é a exploração com sucesso de novas idéias. United Kingdom Department of Trade & Industry

Leia mais

Modelo SENAI de Prospecção

Modelo SENAI de Prospecção Modelo SENAI de Prospecção Prospectiva Organizacional São Paulo, 20/3/17 UNIEPRO/DIRET Modelo SENAI de Prospecção Justificativa É longo o ciclo entre captar a demanda, transformar em desenho curricular,

Leia mais

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender

Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender Gestão de Vendas Como administrar a sua empresa para transformá-la em uma máquina de vender DICAS Para a sua leitura: Os itens do índice são clicáveis, então sinta-se à vontade para ler o conteúdo que

Leia mais

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios

COMUNICADO. 1. Ambiente de Negócios 1.2 Contexto dos Pequenos Negócios no Brasil 1.3 Políticas públicas de apoio aos Pequenos Negócios COMUNICADO O SEBRAE NACIONAL Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, por meio da Universidade Corporativa SEBRAE, comunica que, na prova, serão avaliados conhecimentos conforme as áreas descritas

Leia mais

EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO

EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO 1 EMPREENDEDORISMO CORPORATIVO O que é? O quanto as empresas estimulam? O quanto os funcionários valorizam? Características de um intraempreendedor?... 2 OFERECIMENTO REALIZAÇÃO

Leia mais

CORRETOR DE SEGUROS EMPRESÁRIO DE SUCESSO

CORRETOR DE SEGUROS EMPRESÁRIO DE SUCESSO CORRETOR DE SEGUROS EMPRESÁRIO DE SUCESSO Palestrante: Apresentação Formado em Comunicação com pós-graduação em Gestão Empresarial e RH pela PUC RJ Mais de 15 anos de experiência no desenvolvimento de

Leia mais

Empreendedorismo no Mercado de Seguros. Palestrantes: Bruno Kelly e Rodrigo Maia

Empreendedorismo no Mercado de Seguros. Palestrantes: Bruno Kelly e Rodrigo Maia Empreendedorismo no Mercado de Seguros Palestrantes: Bruno Kelly e Rodrigo Maia Novos Desafios do Corretor O conceito de venda mudou! - Empoderamento do Cliente - Maior Concorrência - Mercado em Mudança

Leia mais

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato.

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato. Projeto Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS Palestra de sensibilização Na Medida Compreender a relevância do papel dos micro e pequenos empresários na economia brasileira e a necessidade da adoção das melhores

Leia mais

Desconto de 10% para pagamento à vista

Desconto de 10% para pagamento à vista PALESTRA: Quem sabe do assunto merece ser escutado, certo? Em uma PALESTRA, especialistas de áreas variadas dividem suas experiências e conhecimentos com o público ouvinte. Ou seja, palestra se trata de

Leia mais

QUER. melhorar. seus resultados. no Agronegócio? Confira 5 passos de como empresas lideres conseguem os melhores resultados.

QUER. melhorar. seus resultados. no Agronegócio? Confira 5 passos de como empresas lideres conseguem os melhores resultados. QUER melhorar seus resultados no Agronegócio? Confira 5 passos de como empresas lideres conseguem os melhores resultados. Introdução: A última década permitiu constatar ao país e ao mundo o enorme potencial

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Qualidade de Software Prof. Sam da Silva Devincenzi sam.devincenzi@gmail.com Princípios da Qualidade Total 1. Total satisfação dos clientes 2. Gerência participativa 3. Desenvolvimento dos recursos humanos

Leia mais

CENÁRIO ATUAL e PERSPECTIVAS FUTURAS da AÇÃO SOCIAL. Jôer Corrêa Batista

CENÁRIO ATUAL e PERSPECTIVAS FUTURAS da AÇÃO SOCIAL. Jôer Corrêa Batista CENÁRIO ATUAL e PERSPECTIVAS FUTURAS da AÇÃO SOCIAL Jôer Corrêa Batista Considerações Preliminares. Filantropia Assistência Ação Social Transformação Social Tendências O amadorismo no Terceiro Setor vem

Leia mais

Gestão de Performance. KT Gestão Empresarial https://ktgestao.com Rua Pio XI, 949 Alto da Lapa São Paulo, SP

Gestão de Performance. KT Gestão Empresarial https://ktgestao.com Rua Pio XI, 949 Alto da Lapa São Paulo, SP Gestão de Performance https://ktgestao.com Rua Pio XI, 949 Alto da Lapa São Paulo, SP 11 3647 8257 COMO RETOMAR A PERFORMANCE DE SUA EMPRESA É comum durante os períodos de forte atividade econômica com

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

A origem do ReHAgro. O ReHAgro nasceu de algumas convicções: - Vocação do agronegócio brasileiro; - Grande distância entre o potencial e o real;

A origem do ReHAgro. O ReHAgro nasceu de algumas convicções: - Vocação do agronegócio brasileiro; - Grande distância entre o potencial e o real; A origem do ReHAgro O ReHAgro nasceu de algumas convicções: - Vocação do agronegócio brasileiro; - Grande distância entre o potencial e o real; - Crença na capacidade de modificar a realidade com o trabalho;

Leia mais

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares

PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA. Prof. Araken Patusca Linhares PROSPECÇÃO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA Prof. Araken Patusca Linhares UNIDADE I Surgimento do Empreendedorismo Postura e comportamento do Empreendedor A importância do Empreendedor na sociedade Motivação do

Leia mais

PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS

PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS PROJETOS APOIADOS SISTEMA CACB E PARCEIROS AL INVEST 5.0 03 grandes blocos focados no empoderamento feminino: Mentoring para Mulheres AÇÃO FOCO META Desenvolvimento de negócio, mulheres na política e mulheres

Leia mais

Eficiência e Eficácia

Eficiência e Eficácia Eficiência e Eficácia Desempenho das Organizações A eficiência é determinante da eficácia: caso haja recursos disponíveis, e estes forem utilizados corretamente, a probabilidade de atingir os objetivos

Leia mais

Adriana Cybele Ferrari

Adriana Cybele Ferrari Adriana Cybele Ferrari Coordenadora da Unidade de Bibliotecas e Leitura Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo São Paulo, 12 de Março de 2013 Espaços vivos de interação das pessoas; O elemento central

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO ATENDIMENTO E VENDAS DIREITO DO CONSUMIDOR - EMPRESARIAL - SUCESSÓRIO PALESTRAS. Tempo e razão; Trilha da produtividade.

ADMINISTRAÇÃO ATENDIMENTO E VENDAS DIREITO DO CONSUMIDOR - EMPRESARIAL - SUCESSÓRIO PALESTRAS. Tempo e razão; Trilha da produtividade. ADMINISTRAÇÃO Jaime Wagner - Ex-diretor Federasul PALESTRAS Tempo e razão; Trilha da produtividade. ATENDIMENTO E VENDAS Alessandra Gonzaga - Diretora da Do Carmo Assessoria e Consultoria Francisco Lummertz

Leia mais

Esse é o nosso negócio. A INFORMAÇÃO DE QUE VOCÊ PRECISA. NEM MAIS, NEM MENOS.

Esse é o nosso negócio. A INFORMAÇÃO DE QUE VOCÊ PRECISA. NEM MAIS, NEM MENOS. Esse é o nosso negócio. A INFORMAÇÃO DE QUE VOCÊ PRECISA. NEM MAIS, NEM MENOS. Novas demandas de mercado exigem que modelos técnicos consagrados sejam incorporadas a novas tecnologias, novos conhecimentos

Leia mais

IFPB - CAMPUS MONTEIRO - ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - DISCIPLINA: EMPREENDEDORISMO. Profº. Adm. João Moraes Sobrinho CRA/PB 3600

IFPB - CAMPUS MONTEIRO - ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - DISCIPLINA: EMPREENDEDORISMO. Profº. Adm. João Moraes Sobrinho CRA/PB 3600 IFPB - CAMPUS MONTEIRO - ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - DISCIPLINA: EMPREENDEDORISMO Profº. Adm. João Moraes Sobrinho CRA/PB 3600 1 Entender o conceito e a finalidade da disciplina para sua formação

Leia mais

Cursos com os menores preços de mercado!

Cursos com os menores preços de mercado! Agenda Jul Dez 2017 Faça a DIFERENÇA nagestão suaempresa! da Cursos com os menores preços de mercado! Catalão Ipameri Orizona Três Ranchos Classificação dos pequenos negócios Microempreendedor Individual

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Prof. Jamil Moysés Filho, Msc. Código SIGA: TMBAES*06_38 1 OBJETIVO: Ao final do Curso, o aluno será capaz

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO ATENDIMENTO E VENDAS DIREITO DO CONSUMIDOR - EMPRESARIAL - SUCESSÓRIO PALESTRAS. Tempo e razão; Trilha da produtividade.

ADMINISTRAÇÃO ATENDIMENTO E VENDAS DIREITO DO CONSUMIDOR - EMPRESARIAL - SUCESSÓRIO PALESTRAS. Tempo e razão; Trilha da produtividade. ADMINISTRAÇÃO Jaime Wagner - Ex-diretor Federasul PALESTRAS Tempo e razão; Trilha da produtividade. ATENDIMENTO E VENDAS Alessandra Gonzaga - Diretora da Do Carmo Assessoria e Consultoria Francisco Lummertz

Leia mais

Cursos com os menores preços de mercado!

Cursos com os menores preços de mercado! Jan/Jun Agenda 2017 Faça a DIFERENÇA nagestão suaempresa! da Cursos com os menores preços de mercado! Aparecida de Goiânia - Bela Vista de Goiás Hidrolândia - Senador Canedo Classificação dospequenosnegócios

Leia mais

Tiago Terra Apex-Brasil. Por que exportar?

Tiago Terra Apex-Brasil. Por que exportar? Tiago Terra Apex-Brasil Por que exportar? Apex-Brasil A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, atua há anos para promover os estudos e serviços brasileiros no exterior e atrair

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Projeto Consultor

EMPREENDEDORISMO. Projeto Consultor EMPREENDEDORISMO Projeto Consultor Empreendedor Para Babson College, uma das universidades mais respeitadas no ensino de empreendedorismo, o empreendedor é aquele que tem a capacidade de ver o que está

Leia mais

O ALF. gosta de tirar ideias do papel. curioso e criativo, Empreendedor, Guilherme Alf. é um fazedor. Através de sua trajetória

O ALF. gosta de tirar ideias do papel. curioso e criativo, Empreendedor, Guilherme Alf. é um fazedor. Através de sua trajetória O ALF Através de sua trajetória é um fazedor. e experiências adquiridas Guilherme Alf curioso e criativo, Empreendedor, gosta de tirar ideias do papel em diferentes negócios, ele coloca em prática diversas

Leia mais

TIPO DE SOLUÇÃO SINOPSE VALOR PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA Duração: 12 horas de consultoria

TIPO DE SOLUÇÃO SINOPSE VALOR PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA Duração: 12 horas de consultoria TIPO DE SOLUÇÃO SINOPSE VALOR PÚBLICO-ALVO CARGA HORÁRIA Investimento: R$ 1.440,00 Duração: 12 horas de consultoria Consultoria na empresa: Estratégias para recrutamento e seleção Aprenda técnicas e conhecimentos

Leia mais

Crescimento do empreendedorismo no Brasil.

Crescimento do empreendedorismo no Brasil. Professora Cíntia Crescimento do empreendedorismo no Brasil. Professora Cíntia 1 Conceito Empreendedorismo é o estudo voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à criação

Leia mais

A importância da Gestão de Riscos. Marcelo de Sousa Monteiro

A importância da Gestão de Riscos. Marcelo de Sousa Monteiro A importância da Gestão de Riscos Marcelo de Sousa Monteiro Agenda Alguns comentários sobre Administração O que é risco? A importância da Gestão de Riscos Alguns comentários sobre Administração Administração

Leia mais

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional Excelência na Gestão Desafio dos Pequenos Negócios INSTITUCIONAL SEBRAE MISSÃO Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Administração Campus: Teresópolis Missão O curso de Graduação em Administração tem como missão formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências

Leia mais

PALESTRA: OFICINA: CURSO:

PALESTRA: OFICINA: CURSO: PALESTRA: Quem sabe do assunto merece ser escutado, certo? Em uma PALESTRA, especialistas de áreas variadas dividem suas experiências e conhecimentos com o público ouvinte. Ou seja, palestra se trata de

Leia mais

PRECISA MELHORAR O SEU NEGÓCIO?

PRECISA MELHORAR O SEU NEGÓCIO? PRECISA MELHORAR O SEU NEGÓCIO? PROGRAMAÇÃO 1º Trimestre - e Região PARA MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS, MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE Importante! As vagas para cada evento são limitadas A

Leia mais

Data: 22/02/2015 Nome: Milton Barreto

Data: 22/02/2015 Nome: Milton Barreto ÂNCORAS DE CARREIRA Perfil de Competência Profissional Data: 22/02/2015 Nome: Milton Barreto Avaliado: Milton Barreto Introdução Âncoras de Carreira é um Mapeamento dos Principais fatores de motivação

Leia mais

A EMPRESARIAS QUE ENRIQUECEM. As 10 principais características da mulher empreendedora.

A EMPRESARIAS QUE ENRIQUECEM. As 10 principais características da mulher empreendedora. A EMPRESARIAS QUE ENRIQUECEM As 10 principais características da mulher empreendedora. AS EMPRESÁRIAS QUE ENRIQUECEM Ser empreendedor não é condição exclusiva de empresários ou de quem está à frente de

Leia mais

Cursos com os menores preços de mercado!

Cursos com os menores preços de mercado! Jan/Jun Agenda 2017 Faça a DIFERENÇA nagestão suaempresa! da Cursos com os menores preços de mercado! Bom Jesus de Goiás - Cachoeira Dourada - Caldas Novas Edealina - Edeia - Goiatuba - Indiara - Itumbiara

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS

Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS Passo a Passo da Venda de MÓVEIS PLANEJADOS Instrutor/Orientador Sigmar Sabin www. sigmarsabin.com.br comercial@ sigmarsabin.com.br 41.99666.8183 Whats APOIO Gandara Representações Realização Parabéns!!!

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas

OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas OS PRINCÍPIOS DA GESTÃO DA QUALIDADE: Benefícios e Aplicações Práticas Rev. 00 de Março/2013 1/208 1/ 42 Rodrigo Sousa Atuação: Instrutor de treinamentos Consultor e Auditor em Sistemas de Gestão da Qualidade

Leia mais

Cap 19: Desafios para Gestores na Distribuição de Insumos

Cap 19: Desafios para Gestores na Distribuição de Insumos Cap 19: Desafios para Gestores na Distribuição de Insumos AGRODISTRIBUIDOR: O Futuro da Distribuição de Insumos no Brasil. São Paulo: Atlas, 2011. Org: Matheus Alberto Cônsoli, Lucas Sciencia do Prado

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU COORDENADORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1. Identificação do Curso a. Nome do Curso: Gestão de projetos b. Área: Engenharia e Tecnologia c. Linha de Pesquisa Relacionada: Ciências e Tecnologia aplicadas

Leia mais

GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA

GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA GUIA SOBRE CONTROLADORIA ESTRATÉGICA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 AFINAL, O QUE É UMA CONTROLADORIA ESTRATÉGICA? 6 COMO ELA FUNCIONA NA PRÁTICA? 10 O QUE FAZ UM CONTROLLER? 14 COMO FAZER UMA CONTROLARIA DA MELHOR

Leia mais

Alvinópolis 21/11/2016 Segunda-Feira

Alvinópolis 21/11/2016 Segunda-Feira Alvinópolis 21/11/2016 Segunda-Feira 14h00 às 18h00 21h00 ACIA Auditório da Copral A oficina tem como objetivo apresentar aos participantes aspectos que os ajudarão a analisar fatores Trabalhando o Preço

Leia mais

Regional Metropolitana de Goiânia

Regional Metropolitana de Goiânia Regional Metropolitana de CIDADE DATA SOLUÇÃO HORÁRIO LOCAL VALOR CARGA 27/09 Lançamento do Mês da MPE - Circuito de Palestras Sebrae 17h0 às 22h0 Centro de Convenções Gratuito 5 28/09 a 0/09 Curso Plano

Leia mais

MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS DA SAÚDE

MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS DA SAÚDE MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS DA SAÚDE OBJETIVOS DO CURSO O objetivo geral do Curso de Pós-graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Negócios da Saúde é a formação de gestores em negócios da área da saúde, com

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso Administração Campus: Angra dos Reis SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão Formar profissionais, éticos, criativos e empreendedores, com competências e habilidades técnicas, humanas e conceituais, visão

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO

O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica e inovadora. O que são

Leia mais

O DESAFIO DA RETOMADA DO CRESCIMENTO E O PAPEL DAS LIDERANÇAS. Prof. Luis Augusto Lobão Mendes

O DESAFIO DA RETOMADA DO CRESCIMENTO E O PAPEL DAS LIDERANÇAS. Prof. Luis Augusto Lobão Mendes O DESAFIO DA RETOMADA DO CRESCIMENTO E O PAPEL DAS LIDERANÇAS Prof. Luis Augusto Lobão Mendes CRIANDO BASES PARA COMPETIR EM UM MUNDO SEM FRONTEIRAS 1. 2. 3. 4. Desenvolva o seu modelo de Governança

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS ADMINISTRAÇÃO GERAL CONCEITOS BÁSICOS Atualizado em 27/10/2015 CONCEITOS BÁSICOS Administração, em seu conceito tradicional, é definida como um conjunto de atividades, princípios, regras, normas que têm

Leia mais

Aula III - Projetos. Prof.: Alessandra Miranda

Aula III - Projetos. Prof.: Alessandra Miranda Aula III - Projetos Prof.: Alessandra Miranda Empreendedorismo É o processo de criar algo diferente e com valor, dedicando tempo e o esforço necessários, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e

Leia mais

Rodrigo da Rocha Loures Presidente do CONIC-FIESP. São Paulo,07de Outubrode 2014

Rodrigo da Rocha Loures Presidente do CONIC-FIESP. São Paulo,07de Outubrode 2014 Estratégias para a Inovação e Empreendedorismo Ecossistemas Regionais de Inovação, por meio do Empreendedorismo de Base Tecnológica e empresas Startups de Classe Mundial Visão de Futuro (2022), Competitividade

Leia mais

Empreendedorismo. Prof. Antonio Celso Duarte FATEC-SP 2011 FATEC SP 2011

Empreendedorismo. Prof. Antonio Celso Duarte FATEC-SP 2011 FATEC SP 2011 Empreendedorismo FATEC-SP 2011 Objetivos da disciplina Empreendedorismo A disciplina é orientada para uma abordagem conceitual e prática para fins de empreendimento profissional. Reúne três conjuntos de

Leia mais

Cursos com os menores preços de mercado!

Cursos com os menores preços de mercado! Agenda Jan/Jun 2017 Faça a DIFERENÇA nagestão suaempresa! da Cursos com os menores preços de mercado! Anápolis - Campo Limpo de Goiás - Cocalzinho de Goiás Gameleira de Goiás - Jesúpolis - Leopoldo de

Leia mais

Informações sobre os Roteiros

Informações sobre os Roteiros Informações sobre os Roteiros O MakeMoney traz roteiros especialmente desenvolvidos para elaboração de Planos de Negócios, Estudos de Viabilidade e Planos de Inovação e Competitividade. Este documento

Leia mais

CAPÍTULO 13 Conclusões e recomendações

CAPÍTULO 13 Conclusões e recomendações CAPÍTULO 13 Conclusões e recomendações 13.1. Conclusão geral A gestão da informação no setor calçadista de Campina Grande segue um padrão de normalidade entre as empresas. As mesmas necessidades informacionais

Leia mais

Por que exportar? Tiago Terra Supervisor de Competitividade Apex-Brasil

Por que exportar? Tiago Terra Supervisor de Competitividade Apex-Brasil Por que exportar? Tiago Terra Supervisor de Competitividade Apex-Brasil Apex-Brasil A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, atua há anos para promover os estudos e serviços brasileiros

Leia mais

O Sistema Profissional e o Sistema Educacional: O que inovar na Educação em Engenharia?

O Sistema Profissional e o Sistema Educacional: O que inovar na Educação em Engenharia? INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA: Novas Diretrizes para os Cursos de Engenharia O Sistema Profissional e o Sistema Educacional: O que inovar na Educação em Engenharia? Nival Nunes de Almeida, DSc Engenheiro

Leia mais

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br 5,4 milhões de propriedades rurais Faturamento até R$ 3,6 milhões CNPJ, IE, DAP, Registro no Ministério da Pesca Fonte: Características

Leia mais

O desafio da transformação pela excelência em gestão

O desafio da transformação pela excelência em gestão O desafio da transformação pela excelência em gestão Conheça o novo Modelo de Excelência da Gestão - MEG 21ª Edição Gilmar Casagrande Sócio e Diretor da Casattos 23/08/2017 O PGQP, há 25 anos, mobiliza

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE EMPREENDEDORISMO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE NÚCLEO DE EMPREENDEDORISMO EDITAL Nº 01, 10 DE MARÇO DE 2017 SELEÇÃO PARA BOLSISTAS O Núcleo de Empreendedorismo da Universidade Federal de Sergipe EMPREENDER UFS, torna público a chamada para a seleção de alunos que desejam participar

Leia mais

Prêmio Nacional de Inovação

Prêmio Nacional de Inovação Prêmio Nacional de Inovação 2013 Caderno de Avaliação Categoria EMPRESA: Agentes Locais de Inovação Método: Esta dimensão visa facilitar o entendimento de como estão sendo utilizados sistemas, métodos

Leia mais

A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo.

A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo. A DMA Consultoria e Treinamento é uma empresa que preza pelo desenvolvimento humano e pessoal, focado em diversas áreas da organização e do indivíduo. A DMA acredita que um profissional capacitado e potencializado

Leia mais

Equipe. Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição. Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino

Equipe. Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição. Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino Equipe Diretoria de Comunicação e Relacionamento Diretora: Marcela Conceição Diretoria de Tecnologia da Informação Diretor: Victor Marcelino Diretoria Administrativo e Financeira Diretor: Vitor Bahia Apresentação

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental da PREVI

Política de Responsabilidade Socioambiental da PREVI 1.1. A PREVI, para o cumprimento adequado de sua missão administrar planos de benefícios, com gerenciamento eficaz dos recursos aportados, buscando melhores soluções para assegurar os benefícios previdenciários,

Leia mais

VISÃO & VALORES VALORES. Brochura_visao e valores.indd 1 09/09/ :45:07

VISÃO & VALORES VALORES. Brochura_visao e valores.indd 1 09/09/ :45:07 V I S Ã O VISÃO & VALORES VALORES Brochura_visao e valores.indd 1 09/09/2010 15:45:07 Brochura_visao e valores.indd 2 09/09/2010 15:45:07 Prefácio Caros colaboradores, Nós temos a responsabilidade e a

Leia mais

Planejamento e Controle Orçamentário

Planejamento e Controle Orçamentário Planejamento e Controle Orçamentário QUEM SOU? Rosane Patrício Ramos Contadora graduada pela Universidade do Norte do Paraná, Atuo na área de Consultoria em Gestão Financeira, Planejamento Estratégico

Leia mais

ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GERENCIAL, COM MERITOCRACIA. Aumentar a produtividade e incentivar o empreendedorismo

ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GERENCIAL, COM MERITOCRACIA. Aumentar a produtividade e incentivar o empreendedorismo ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GERENCIAL, COM MERITOCRACIA Aumentar a produtividade e incentivar o empreendedorismo MISSÃO DO SENAR: 27 Administrações Regionais 5.000 Instrutores 2.500 Técnicos Atende a 2.000.000

Leia mais

ARTIGOS TÉCNICOS. 2 - Controle de custo variável

ARTIGOS TÉCNICOS. 2 - Controle de custo variável 2 - Controle de custo variável No artigo anterior iniciamos o assunto Planejamento Operacional conceituando-o como a aplicação de uma série de rotinas administrativas para permitir ao empresário planejar

Leia mais

Avaliação nas IES O papel estratégico das CPAs

Avaliação nas IES O papel estratégico das CPAs Avaliação nas IES O papel estratégico das CPAs Prof. Marcos Eduardo Casa (mecasa@ucs.br) Comissão Própria de Avaliação Universidade de Caxias do Sul Avaliação Institucional Avaliar Verificar se objetivos

Leia mais

VIII Congresso Nacional de Excelência em Gestão

VIII Congresso Nacional de Excelência em Gestão VIII Congresso Nacional de Excelência em Gestão Integração Indústria Universidade para a Sustentabilidade: Ações do IEL/Sistema FIRJAN 8 de junho de 2012 Alberto Besser Superintendente IEL-RJ Quem Somos

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

Conceito de Plano de Negócio e seu uso como ferramenta de planeamento e gestão.

Conceito de Plano de Negócio e seu uso como ferramenta de planeamento e gestão. Conceito de Plano de Negócio e seu uso como ferramenta de planeamento e gestão. Direcção de Desenvolvimento Agrário DIRDEA Msc. Eng. Agrónoma Elielda Fernandes elieldafernandes@sodepacangola.com Como ser

Leia mais

Regional Metropolitana Aparecida de Goiânia. Cursos com os menores preços de mercado! Agenda. Jan/Jun

Regional Metropolitana Aparecida de Goiânia. Cursos com os menores preços de mercado! Agenda. Jan/Jun Regional Metropolitana Aparecida de Goiânia Faça a DIFERENÇA nagestão suaempresa! da Cursos com os menores preços de mercado! Agenda Jan/Jun 2017 Classificação dospequenosnegócios Microempreendedor Individual

Leia mais

Caroline Fioravante 6PASSOSPARA TRANSFORMARSUA VIDAFINANCEIRA. CheckList

Caroline Fioravante 6PASSOSPARA TRANSFORMARSUA VIDAFINANCEIRA. CheckList Caroline Fioravante 6PASSOSPARA TRANSFORMARSUA VIDAFINANCEIRA CheckList SOBRE CAROLINE FIORAVANTE Caroline Fioravante é Coach certificada em Wake up Coaching, Coach Professional, e Trainer pela ISPC Lisboa

Leia mais

Intra empreendedorismo Eva Vieira

Intra empreendedorismo Eva Vieira Intra empreendedorismo Eva Vieira contato@evavieira.com.br Um empreendedor é uma pessoa imaginativa,caracterizada por uma capacidade de fixar alvos e objetivos Filion (1986) O empreendedor não perde a

Leia mais

Visão Geral da Gestão de Projetos

Visão Geral da Gestão de Projetos UDESC Universidade do Estado de Santa Catarina FEJ Faculdade de Engenharia de Joinville Visão Geral da Gestão de Projetos Régis Kovacs Scalice, Prof. DEPS Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas

Leia mais

PALAVRA DO PRESIDENTE

PALAVRA DO PRESIDENTE PALAVRA DO PRESIDENTE 2 3 4 MENOS DESPESAS, MAIS PRODUTIVIDADE MEDIR PARA MELHORAR Ao implantar um sistema de gestão na empresa, é possível montar uma estrutura de segmentação de custos. Isso permite avaliar

Leia mais

Organizações públicas, privadas, mistas, e do terceiro setor ou como autônomos e consultores.

Organizações públicas, privadas, mistas, e do terceiro setor ou como autônomos e consultores. TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS (RH) Perfil Profissional O TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS é o profissional que executa rotinas administrativas de pessoal com base na Legislação Trabalhista e Previdenciária. Auxilia

Leia mais

DAFITI ABRE NOVO PROGRAMA DE ESTÁGIO

DAFITI ABRE NOVO PROGRAMA DE ESTÁGIO DAFITI ABRE NOVO PROGRAMA DE ESTÁGIO Publicado em 24.05.17 Já está aberto o programa de estágio do Dafiti Group através do site: https://www.99jobs.com/dafiti-group/jobs/10536-programa-de-estagio-dafiti-2017

Leia mais

PRINCÍPIOS DA GESTÃO PARA A EDUCAÇÃO

PRINCÍPIOS DA GESTÃO PARA A EDUCAÇÃO PRINCÍPIOS DA GESTÃO PARA A EDUCAÇÃO Prof. Dr. Bernardo Meyer Departamento de Ciências da Administração - CAD Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC EDUCAÇÃO EDUCAÇÃO - A educação vive um processo

Leia mais

AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA

AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA 1 AGENDA MARÇO E ABRIL 2016 ESCRITÓRIO REGIONAL DE PIRACICABA PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO: O PRIMEIRO PASSO PARA COMEÇAR O SEU NEGÓCIO PALESTRA QUE VISA SENSIBILIZAR OS PARTICIPANTES A IDENTIFICAR AS OPORTUNIDADES

Leia mais

Princípios de Finanças MBA Estácio 13/07/2017

Princípios de Finanças MBA Estácio 13/07/2017 Princípios de Finanças MBA Estácio 13/07/2017 Prof. Lucas S. Macoris PLANO DE AULA Princípios de Finanças Aula 1 Boas vindas e Introdução Aula 5 Contabilidade Gerencial Aula 2 Conceitos de Contabilidade

Leia mais

Plano de Aula - Gestão de Recursos e Projetos - cód Horas/Aula

Plano de Aula - Gestão de Recursos e Projetos - cód Horas/Aula Plano de Aula - Gestão de Recursos e Projetos - cód. 6379-24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Retrospecto Histórico Aula 2 Capítulo 2 - Empreendedorismo Aula 3 2 - Empreendedorismo Aula 4 Capítulo 3 - Projetos

Leia mais

Como Transformar o Corretor em um Empresário de Sucesso

Como Transformar o Corretor em um Empresário de Sucesso Como Transformar o Corretor em um Empresário de Sucesso Rodrigo Maia 2011 Apresentação Formado em Comunicação e pós graduado em Gestão e Recursos Humanos, com 12 anos de experiência em treinamento, tendo

Leia mais

Programa de Gestão da Performance

Programa de Gestão da Performance Programa de Gestão da Performance O impulso para ir mais longe está em suas mãos. Cada dia do ano é um passo à frente no seu desenvolvimento. Movimente-se! Quer ir mais longe? O primeiro passo é ler este

Leia mais

Prêmio Nacional de Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Gestão da Inovação

Prêmio Nacional de Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Gestão da Inovação Prêmio Nacional de Inovação 2013 Caderno de Avaliação Categoria Gestão da Inovação Método: Esta dimensão visa facilitar o entendimento de como podem ser utilizados sistemas, métodos e ferramentas voltados

Leia mais

O PAPEL DO RH ESTRATÉGICO NAS MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR. Daniela Diniz

O PAPEL DO RH ESTRATÉGICO NAS MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR. Daniela Diniz O PAPEL DO RH ESTRATÉGICO NAS MELHORES EMPRESAS PARA TRABALHAR Daniela Diniz MISSÃO: CONSTRUIR UMA SOCIEDADE MELHOR,TRANSFORMANDO CADA ORGANIZAÇÃO EM UM GREAT PLACE TO WORK PRESENÇA GLOBAL EMPRESAS PARTICIPANTES

Leia mais

Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais

Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais Administração de Materiais e Recursos Patrimoniais Empresa Deve: Ser organizada: padronização administrativa (planejamento e controle) Ter qualidade: atender a necessidade dos consumidores (prazo, preço,

Leia mais

Categoria: Gestão da Inovação

Categoria: Gestão da Inovação Prêmio Nacional de Inovação Edição 2014/2015 Anexo I Categoria: Gestão da Inovação Prêmio Nacional de Inovação - Ciclo 2014/2015 Questões para a Autoavaliação na categoria Gestão de Inovação Dimensão Método

Leia mais

Do mundo da fantasia ao mundo real

Do mundo da fantasia ao mundo real Do mundo da fantasia ao mundo real Olá Mulher empreendedora! Vamos falar um pouquinho sobre os nossos desafios? Nos dias de hoje precisamos ser multitarefas, conciliamos nossa a carreira com outras atividades,

Leia mais