Circulação e Excreção

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Circulação e Excreção"

Transcrição

1 Princípios gerais de fisiologia cardiovascular e hemodinâmica1 Hamilton Haddad Junior, Maria Aparecida Visconti Circulação e Excreção 1.1 Introdução 1.2 Anatomia do sistema cardiovascular humano 1.3 Hemodinâmica 1.4 Conclusão Referências Licenciatura em Ciências USP/ Univesp

2 O material desta disciplina foi produzido pelo Centro de Ensino e Pesquisa Aplicada (CEPA) do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP) para o projeto Licenciatura em Ciências (USP/Univesp). Créditos Coordenação de Produção: Beatriz Borges Casaro. Revisão de Texto: Marina Keiko Tokumaru. Design Instrucional: Juliana Moraes Marques Giordano, Maria Angélica S. Barrios (estagiária), Melissa Gabarrone, Michelle Carvalho e Vani Kenski. Projeto Gráfico e Diagramação: Daniella de Romero Pecora, Leandro de Oliveira, Priscila Pesce Lopes de Oliveira e Rafael de Queiroz Oliveira. Ilustração: Alexandre Rocha, Aline Antunes, Benson Chin, Camila Torrano, Celso Roberto Lourenço, João Costa, Lidia Yoshino, Mauricio Rheinlander Klein e Thiago A. M. S.

3 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo Introdução O coração dos animais é o fundamento de suas vidas, o soberano de todos os seus órgãos, o sol do microcosmo, fonte a partir da qual a b todo crescimento depende, todo poder e força emanam. (...) Assim começa o prefácio da obra Exercitatio Anatomica de Motu Cordis et Sanguinis in Animalibus (Estudo Anatômico sobre o Movimento do Figura 1.1: a. Willian Harvey. b. frontispício do De Motu Cordis. Coração e do Sangue nos Animais), publicada em O autor dessa obra foi o inglês William Harvey ( ), que propunha a revolucionária ideia de que o sangue circula pelo organismo (Figura 1.1). Até aquela época, prevalecia a concepção fisiológica de Galeno ( ), segundo a qual o lado direito do coração transportaria sangue venoso, que seria continuamente produzido no fígado a partir dos alimentos vindos dos intestinos. O lado esquerdo do coração, juntamente com as artérias, seria responsável pela condução do ar absorvido nos pulmões para todo o organismo. Assim, a partir dos trabalhos de Harvey sobre a circulação sanguínea, a concepção do funcionamento do corpo animal foi radicalmente alterada: a fisiologia começou a tomar a forma como a conhecemos hoje. Ao longo do processo evolutivo, a necessidade de um sistema eficiente de transporte de substâncias aumentou na medida em que os organismos se tornaram gradativamente maiores. Seres unicelulares ou de pequenas dimensões são capazes de transportar satisfatoriamente substâncias por meio da difusão simples célula a célula. Entretanto, como vimos, a difusão é um processo ineficiente ou seja, muito lento quando a distância a ser percorrida é maior do que alguns milímetros (Figura 1.2). Esse fato impôs uma pressão seletiva para o surgimento de sistemas de transporte, como é o caso do sistema circulatório. Nesse tipo de sistema, gradientes (diferenças) de pressão são gerados por trabalho muscular, que criam fluxos de fluidos através do organismo. Nos seres humanos, como nos demais vertebrados, esse fluido é o sangue, que circula dentro de um sistema fechado, isto é, sempre no interior de vasos (Figura 1.3). Circulação e Excreção

4 4 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 Figura 1.2: Tempo necessário para a difusão de oxigênio em função da distância em diversos organismos. Lembre-se de que tempo α distância 2. / Fonte: modificado de Cain et al., O sistema circulatório transporta: substâncias absorvidas a partir do meio externo para as células, como oxigênio, água e nutrientes; substâncias produzidas pelas células para o meio externo, como gás carbônico e resíduos do metabolismo; substâncias de célula para célula no interior do organismo, como hormônios, citocinas, anticorpos, nutrientes, entre outras. 1 Princípios gerais de fisiologia cardiovascular e hemodinâmica

5 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 5 Figura 1.3: O sistema circulatório humano é um sistema fechado. Em vermelho está representado o sangue rico em oxigênio e em azul, o sangue rico em gás carbônico. / Fonte: modificado de Tortora; Grabowski, Circulação e Excreção

6 6 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo Anatomia do sistema cardiovascular humano O fluxo de sangue no sistema circulatório humano é gerado graças ao coração, que age como uma bomba hidráulica, criando gradientes de pressão por meio do trabalho ininterrupto das fibras musculares que o compõem. O coração humano possui quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. Estudaremos seu funcionamento em detalhe futuramente. Os vasos que deixam o coração são denominados artérias. Ao percorrer o organismo, as grandes artérias que partem do coração vão se dividindo em artérias menores até formarem diminutas arteríolas. Por sua vez, as arteríolas se ramificam em capilares microscópicos, os menores vasos do sistema, onde ocorrem as trocas de substâncias nos tecidos. Os capilares então se unem em pequenas vênulas, que vão formando veias cada vez maiores, que desembocam finalmente de volta no coração (Figura 1.3). O fluxo unidirecional do sangue é garantido pela presença de válvulas no coração, em algumas artérias e nas veias. Os seres humanos possuem duas circulações: a pequena e a grande circulação (Figura 1.4). A pequena circulação também chamada de circulação pulmonar ocorre entre o coração e os pulmões. É por meio dela que o sangue é oxigenado nos pulmões. Ela começa na artéria pulmonar, que deixa o ventrículo direito em direção aos pulmões, carregando sangue pobre em oxigênio e rico em gás carbônico. Após as trocas gasosas ocorridas nos capilares alveolares (no interior dos pulmões), o sangue retorna oxigenado ao átrio esquerdo por meio das veias pulmonares. A grande circulação também chamada de circulação sistêmica é responsável pelo transporte de substâncias para os demais tecidos do corpo. Ela começa na artéria aorta, que deixa o ventrículo esquerdo levando sangue oxigenado para o organismo. Após as trocas ocorridas nos capilares teciduais, o sangue retorna ao coração, pobre em oxigênio, por meio das veias cavas, que atingem o átrio direito (Figuras 1.3 e 1.4). Podemos, portanto, resumir simplificadamente o circuito do sangue no sistema circulatório da seguinte maneira (começando pela circulação sistêmica): ventrículo esquerdo artéria aorta tecidos corporais veias cavas átrio direito ventrículo direito artéria pulmonar pulmões veias pulmonares átrio esquerdo ventrículo esquerdo. Conforme comentamos, a direção do fluxo sanguíneo é mantida pela presença de válvulas entre os átrios e os ventrículos (chamadas de bicúspide do lado esquerdo e tricúspide do lado direito), válvulas nas artérias aorta e pulmonar denominadas seminulares e válvulas nas veias. 1 Princípios gerais de fisiologia cardiovascular e hemodinâmica

7 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 7 Figura 1.4: Pequena e grande circulação. / Fonte: Globo Multimídia. 1.3 Hemodinâmica A hemodinâmica estuda como o sangue (hemo) se movimenta (dinâmica) ao longo do sistema cardiovascular e, portanto as relações entre fluxo, velocidade, resistência e pressão. Podemos definir fluxo sanguíneo como o volume de sangue que passa por um determinado ponto do sistema em um determinado intervalo de tempo. Ele é expresso em volume/tempo: litros/minuto, ou mililitros/minuto. Um homem de tamanho mediano tem um fluxo médio de, aproximadamente, 5 l/min quando em repouso. Considerando que o volume total de sangue gira em torno de 5 litros, verificamos que, em 1 minuto, praticamente todo o volume de sangue dessa pessoa terá passado, por exemplo, por sua aorta. Caso essa pessoa comece a desempenhar alguma atividade física, o fluxo irá aumentar, podendo ultrapassar os 20 l/min por motivos que investigaremos no futuro. Isso significa que um maior volume de sangue irá circular pelo sistema por unidade de tempo (obviamente, o volume total de sangue não muda nesse caso). Circulação e Excreção

8 8 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 Embora estejam relacionados, fluxo não é a mesma coisa que velocidade. A velocidade com que o sangue flui refere-se à distância que uma partícula (ou uma quantidade de partículas) de sangue se desloca em um determinado intervalo de tempo. Ela é expressa, portanto, em distância/tempo: centímetros/segundos, por exemplo. A velocidade de deslocamento de um fluido varia inversamente com a área da secção transversal do tubo. Desse modo, dado um fluxo constante, vasos com secção transversal menor terão velocidade maior do que vasos com secção transversal maior (Figura 1.5). Podemos facilmente demonstrar esse fato ao observar a velocidade de deslocamento da água em um rio em que o fluxo ou vazão permaneça constante ao longo de sua trajetória. Nesse caso, observaremos o deslocamento lento das águas em regiões em que o rio é mais largo (ou seja, com maior área de secção transversal) e um deslocamento mais rápido em regiões mais estreitas (com menor área de secção transversal). Uma vez que o sistema cardiovascular humano é um sistema fechado, o fluxo sanguíneo é constante ao longo de todo o sistema. Todavia, a área da secção transversal varia muito. Na aorta, por exemplo, ela é aproximadamente de 3 cm 2. Conforme a aorta vai se ramificando em artérias cada vez menores, a área da secção transversal vai aumentando gradativamente e isso porque, cada vez que uma artéria se divide, a soma total das áreas das secções transversais das artérias resultantes será maior do que a área da artéria original. Nos capilares ramificação máxima, a área total da secção transversal supera cm 2! Dessa forma, a velocidade do sangue é muito grande na aorta, e vai diminuindo em função do aumento da área da secção transversal total à medida que o sistema vai se ramificando até atingir a menor velocidade nos capilares (Figura 1.6). Conforme os capilares se unem em pequenas veias, e estas em veias cada vez maiores, a área total de secção transversal volta a diminuir e a velocidade consequentemente aumenta. Figura 1.5: A velocidade (V) de deslocamento de um fluido é inversamente proporcional à área da secção transversal (A). O fluxo (F) será, portanto, o produto da velocidade pela área da secção transversal. / Fonte: Berne, Princípios gerais de fisiologia cardiovascular e hemodinâmica

9 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 9 a b Figura 1.6: Variação da velocidade do sangue (b) em função do aumento da área total de secção transversal (a). / Fonte: modificado de Silverthorn, Como dissemos, o fluxo sanguíneo no sistema circulatório é gerado por gradientes de pressão (ΔP). De fato, quando o sangue deixa o ventrículo esquerdo pela artéria aorta em direção ao restante do corpo, sua pressão arterial média é de aproximadamente 93 mmhg. Conforme já estudamos, essa pressão corresponde à pressão média exercida pelas moléculas de sangue na parede dos vasos sanguíneos. À medida que o sangue se movimenta ao longo do sistema arterial, capilar e venoso, ele vai perdendo energia devido ao atrito com a parede desses vasos e entre suas próprias moléculas. Isso contribui para a diminuição da pressão. Desse modo, quando retorna ao átrio direito do coração através da veia cava, a pressão sanguínea está próxima de zero (Gráfico 1.1). Graças à contração do músculo cardíaco, o sangue é propelido novamente para a aorta com alta pressão (93 mmhg), e o ciclo continua. Podemos perceber, portanto, que o fluxo é causado pelo gradiente de pressão: quanto maior o gradiente, maior o fluxo ambos são diretamente proporcionais, como podemos observar na Equação 1.2. Gráfico 1.1: Variação da pressão sanguínea ao longo do sistema circulatório, evidenciando a diferença de pressão entre o sangue que chega ao coração pelas veias cavas e o sangue que deixa o coração pela aorta. / Fonte: modificado de Silverthorn, Circulação e Excreção

10 10 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 P F = R Equação 1.1: O fluxo (F) é diretamente proporcional ao gradiente de pressão ( P) e inversamente proporcional à resistência (R). 1.1 As forças como as de atrito que se opõem à passagem do sangue ao longo do sistema constituem a resistência ao fluxo. Podemos perceber que fluxo e resistência são inversamente proporcionais, pois, quanto maior for a resistência, menor será o fluxo (Equação 1.1). A resistência depende de fatores como o raio e o comprimento dos vasos, bem como da viscosidade do sangue. Quanto menor for o raio de um tubo, maior será a resistência (pois mais difícil será a passagem do sangue). Quanto maior o comprimento de um tubo, maior será a resistência (mais atrito será gerado em suas paredes). Finalmente, quanto maior a viscosidade do fluido nesse caso, o sangue maior será a resistência. Todos esses fatores são relacionados na Equação 1.2: 8Lη R = π 4 r Equação 1.2: A resistência (R) é diretamente proporcional ao comprimento do tubo (L) e à viscosidade do fluido (ƞ), e inversamente proporcional ao raio (r). Uma vez que 8 e π são constantes, e que o comprimento e a viscosidade dos vasos pouco variam, podemos simplificar a Equação 1.2: 1 R = r Isso evidencia a relação entre a resistência e, consequentemente, o fluxo e o raio dos vasos sanguíneos. A relação entre ambos não é linear, mas exponencial (elevada à quarta potência). Portanto, pequenas variações no raio de um vaso irão causar grandes variações na resistência. Se o raio dobra de tamanho (de 1 para 2, por exemplo), sua resistência aumentará 16 vezes (2 4 ); por conseguinte, o fluxo também diminuirá 16 vezes! Como veremos futuramente, essas variações no calibre dos vasos (vasodilatações e vasoconstrições) têm uma importância central na fisiologia cardiovascular. Finalmente, podemos unir as Equações 1.1 e 1.2, chegando à chamada Lei de Poiseuille, em homenagem ao médico e físico francês que a concluiu experimentalmente: 1 Princípios gerais de fisiologia cardiovascular e hemodinâmica

11 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo πr P F = 8Lη 1.3 Equação 1.3: Lei de Poiseuille. Esta equação relaciona fluxo, raio, gradiente de pressão, comprimento do tubo e viscosidade. Embora pareça complexa a equação, devemos lembrar que, em situações fisiológicas, o comprimento e a viscosidade não mudam. Assim, aplicada ao sistema circulatório, a Lei de Poiseuille nos diz simplesmente que o fluxo dependerá de maneira diretamente proporcional do raio do vaso e do gradiente de pressão. Agora é a sua vez... Continue explorando os recursos de aprendizagem disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem e realize a Atividade Online: Fluxo e Velocidade. 1.4 Conclusão Nesta aula, apresentamos os princípios gerais da fisiologia cardiovascular e de hemodinâmica. Após um breve interlúdio histórico, descrevemos as pressões evolutivas para o surgimento do sistema circulatório nos animais. Em seguida, foram brevemente descritas as principais estruturas do sistema cardiovascular humano, bem como sua participação no transporte de substâncias. Finalmente, estudamos as leis físicas que regem o movimento de sangue no sistema, relacionando fluxo, velocidade, pressão e resistência. Circulação e Excreção

12 12 Licenciatura em Ciências USP/Univesp Módulo 4 Referências Aires, M.M. (org.). Fisiologia. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, Berne, R. M. et al. Fisiologia. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, Guyton, A.C.; Hall, J.E. Tratado de Fisiologia Médica. 12. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, Michael, L. C.; Hans, D.; Robert, A. L. Discover Biology. 2. ed. Sinauer Associates, O corpo Humano 2.0. Globo Multimídia. Silverthorn, D.U. Fisiologia Humana: Uma Abordagem Integrada. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, Tortora, G.J; Grabowski, S.R. Princípios de Anatomia e Fisiologia. 10. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, Princípios gerais de fisiologia cardiovascular e hemodinâmica

Fisiologia do Sistema Cardiovascular. Profa. Deise Maria Furtado de Mendonça

Fisiologia do Sistema Cardiovascular. Profa. Deise Maria Furtado de Mendonça Fisiologia do Sistema Cardiovascular Profa. Deise Maria Furtado de Mendonça Introdução ao Sistema Cardiovascular Coração e sistema fechado de vasos. Sangue move-se continuamente por gradiente de pressão.

Leia mais

Sistema Circulatório. Profª Talita Silva Pereira

Sistema Circulatório. Profª Talita Silva Pereira Sistema Circulatório Profª Talita Silva Pereira Nosso sistema circulatório, como o dos outros vertebrados, é fechado, isto é, o sangue circula sempre dentro dos vasos sanguíneos, bombeado por contrações

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Jair

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Jair SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. Jair FUNÇÕES Transporte de gases dos pulmões aos tecidos e dos tecidos aos pulmões Transporte dos nutrientes das vias digestivas aos tecidos Transporte de toxinas Distribuição

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof a Cristiane Oliveira

SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof a Cristiane Oliveira SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof a Cristiane Oliveira SISTEMA CIRCULATÓRIO QUAIS SUAS PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS? Rede de tubos pelos quais circulam o sangue e a linfa (vasos sanguíneos e linfáticos, respectivamente).

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I

SISTEMA CARDIOVASCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I SISTEMA CARDIOVASCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Sistema Cardiovascular Função da circulação: 1. Transportar nutrientes 2. Transportar produtos de excreção 3. Transportar

Leia mais

Fisiologia V. Fisiologia Cardiovascular Aula 2: CIRCULAÇÃO GERAL

Fisiologia V. Fisiologia Cardiovascular Aula 2: CIRCULAÇÃO GERAL Fisiologia V Fisiologia Cardiovascular Aula 2: CIRCULAÇÃO GERAL Departamento de Fisiologia e Farmacologia ppsoares@vm.uff.br ROTEIRO 1. Estrutura dos vasos sanguíneos 2. Débito cardíaco e seus determinantes

Leia mais

Prof. Dr. Jair Junior 1

Prof. Dr. Jair Junior 1 Prof. Dr. Jair Junior 1 O sistema circulatório Sistema circulatório = Bomba + tubos Bomba = coração Tubos = vasos sanguíneos (artérias, capilares e veias) A pressão no corpo deve-se basicamente à: pressão

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana. Natália Guimarães Barbosa

Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana. Natália Guimarães Barbosa Faculdade Maurício de Nassau Disciplina: Anatomia Humana Natália Guimarães Barbosa Natal - RN 2016 Levar material nutritivo e oxigênio às células; Transportar produtos residuais do metabolismo celular;

Leia mais

Aula 5: Sistema circulatório

Aula 5: Sistema circulatório Aula 5: Sistema circulatório Sistema circulatório Sistema responsável pela circulação de sangue através de todo o organismo; Transporta oxigênio e todos os nutrientes necessários para a manutenção das

Leia mais

AULA-10 FISIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

AULA-10 FISIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR AULA-10 FISIOLOGIA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Profª Tatiani UNISALESIANO Fornecer e manter suficiente, contínuo e variável o fluxo sanguíneo aos diversos tecidos do organismo, segundo suas necessidades

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Texto de apoio ao professor T2 Sistema circulatório Constituintes Características Funções Introdução: O sistema circulatório é um circuito fechado e é responsável pelo transporte de substâncias no nosso

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Sistema circulatório O sangue Líquido vermelho e viscoso que circula no nosso organismo, sem parar, e que tem várias funções no organismo: Transporte de gases e nutrientes Regulação da temperatura Defesa

Leia mais

Funções: Constituição: Distribuição nutrientes e oxigénio; Eliminação dióxido de carbono; Transporte hormonas; Manutenção temperatura corporal e ph;

Funções: Constituição: Distribuição nutrientes e oxigénio; Eliminação dióxido de carbono; Transporte hormonas; Manutenção temperatura corporal e ph; Funções: Distribuição nutrientes e oxigénio; Eliminação dióxido de carbono; Transporte hormonas; Manutenção temperatura corporal e ph; Prevenção desidratação e infeções; Constituição: Coração + vasos sanguíneos

Leia mais

- CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CIRCULATÓRIO

- CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CIRCULATÓRIO - CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CIRCULATÓRIO 01. Quais são as três estruturas básicas que compõem nosso sistema circulatório ou cardiovascular? 02. Que funções o sistema circulatório desempenha em nosso organismo?

Leia mais

Biofísica da circulação. Hemodinâmica cardíaca. Forças e mecanismos físicos relacionados à circulação sanguínea

Biofísica da circulação. Hemodinâmica cardíaca. Forças e mecanismos físicos relacionados à circulação sanguínea Biofísica da circulação Hemodinâmica cardíaca Forças e mecanismos físicos relacionados à circulação sanguínea Sistema circulatório 1) Sistema cardiovascular coração, vasos sanguíneos, sangue, sistema de

Leia mais

Exercícios de Circulação Comparada

Exercícios de Circulação Comparada Exercícios de Circulação Comparada 1. (PUC) Relacione as descrições dos Sistemas Circulatórios com seus respectivos Filos animais: I - Ausente. O alimento é distribuído diretamente da cavidade gastrovascular.

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Elab.: Prof. Gilmar

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Elab.: Prof. Gilmar 1 SISTEMA CARDIOVASCULAR 2 Funções Gerais: Transporte de gases respiratórios:o sangue carrega oxigênio dos pulmões para as células do corpo e dióxido de carbono das células para aos pulmões. Transporte

Leia mais

Sistema Cardiovascular. Prof. Dr. Leonardo Crema

Sistema Cardiovascular. Prof. Dr. Leonardo Crema Sistema Cardiovascular Prof. Dr. Leonardo Crema Visão Geral do Sistema Circulatório: A função da circulação é atender as necessidades dos tecidos. Sistema Circulartório= Sistema Cardiovascular É uma série

Leia mais

Respostas cardiovasculares ao esforço físico

Respostas cardiovasculares ao esforço físico Respostas cardiovasculares ao esforço físico Prof. Gabriel Dias Rodrigues Doutorando em Fisiologia UFF Laboratório de Fisiologia do Exercício Experimental e Aplicada Objetivos da aula 1. Fornecer uma visão

Leia mais

inadequada ou muito lenta.

inadequada ou muito lenta. Fisiologia Comparativa da Circulação Circulação: proporciona transporte rápido de grande volume para distâncias onde a difusão é inadequada ou muito lenta. PRINCIPAIS FUNÇÕES DO SISTEMA CIRCULATÓRIO Transporte

Leia mais

Sistema Cardiovascular. Prof. Dr. Leonardo Crema

Sistema Cardiovascular. Prof. Dr. Leonardo Crema Sistema Cardiovascular Prof. Dr. Leonardo Crema Visão Geral do Sistema Circulatório: A função da circulação é atender as necessidades dos tecidos. Sistema Circulartório= Sistema Cardiovascular É uma série

Leia mais

Coração Vasos sanguíneos: artérias veias capilares Sangue: plasma elementos figurados: Hemácias Leucócitos plaquetas

Coração Vasos sanguíneos: artérias veias capilares Sangue: plasma elementos figurados: Hemácias Leucócitos plaquetas Coração Vasos sanguíneos: artérias veias capilares Sangue: plasma elementos figurados: Hemácias Leucócitos plaquetas Localização Localizado no tórax na região do mediastino limitado pelos pulmões nas laterais

Leia mais

Sistema circulatório. Grupo 4 : Caio Rodriguez nº 05. Gabriel Carmona nº11. Giulia Giannotti nº 14. Arthur Telles nº 04. Fabiana Siqueira nº 10

Sistema circulatório. Grupo 4 : Caio Rodriguez nº 05. Gabriel Carmona nº11. Giulia Giannotti nº 14. Arthur Telles nº 04. Fabiana Siqueira nº 10 Sistema circulatório Grupo 4 : Arthur Telles nº 04 Caio Rodriguez nº 05 Fabiana Siqueira nº 10 Gabriel Carmona nº11 Gabriele de Andrade nº13 Giulia Giannotti nº 14 Gustavo Esteves nº 17 Gustavo Gomes nº

Leia mais

Metodologia do Ensino de Ciências Aula 16

Metodologia do Ensino de Ciências Aula 16 Metodologia do Ensino de Ciências Aula 16 IMES Fafica Curso de Pedagogia 3º Ano Circulação do Sangue 16/10/2017 Ana Claudia P. da Silva 201505007 Ana Julia Schincaglia 201505501 Lívia Papaiani Soares 201505048

Leia mais

Sistema cardiovascular

Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular Sistema cardiovascular SISTEMA CARDIOVASCULAR ÓRGÃO PROPULSOR CORAÇÃO SISTEMA DE VASOS ARTÉRIAS, ARTERÍOLAS, CAPILARES, VÉNULAS E VEIAS onde circula SANGUE Coração Órgão situado

Leia mais

Ciclo cardíaco e anatomia dos vasos sanguíneos

Ciclo cardíaco e anatomia dos vasos sanguíneos Ciclo cardíaco e anatomia dos vasos sanguíneos CIÊNCIAS MORFOFUNCIONAIS DOS SISTEMAS NERVOSO E CARDIORRESPIRATÓ RIO Profa. MSc. Ângela C. Ito CICLO CARDÍACO Ciclo cardíaco: definido como o início de um

Leia mais

Anatomia e Fisiologia Humana

Anatomia e Fisiologia Humana Componentes A) Coração B) Vasos Sanguíneos Coração É um órgão muscular tetracavitário (4 cavidades); Situado no centro do tórax, entre os pulmões; Tamanho de um mão fechada e pesa cerca de 300 gramas;

Leia mais

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório Apresentação: Luciana Ramalho 2017

Sistema Circulatório. Sistema Circulatório Apresentação: Luciana Ramalho 2017 Sistema Circulatório Sistema Circulatório Apresentação: Luciana Ramalho 2017 Funções do sangue Transporte de gases respiratórios; Transporte de nutrientes; Remoção de produtos metabólicos (excretas); Distribuição

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Ms. Carolina Vicentini

FISIOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Ms. Carolina Vicentini FISIOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof. Ms. Carolina Vicentini SISTEMA CARDIOVASCULAR CORAÇÃO: LOCALIZAÇÃO: MEDIASTINO MÉDIO 5 º ESPAÇO INTERCOSTAL ENVOLTÓRIOS DO CORAÇÃO PERICÁRDIO: SACO FIBRO SEROSO

Leia mais

SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO. O Organismo Humano em Equilíbrio

SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO. O Organismo Humano em Equilíbrio SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO O Organismo Humano em Equilíbrio SISTEMA CARDIO-RESPIRATÓRIO As nossas células necessitam de: Oxigénio; Nutrientes; Eliminar Dióxido de Carbono; Entre outros. O nosso organismo

Leia mais

Transporte de nutrientes e oxigénio até às células

Transporte de nutrientes e oxigénio até às células Transporte de nutrientes e oxigénio até às células Sistema Circulatório Apresentação feita por Prof. Mónica Moreira Conceito e função do sistema circulatório O sistema circulatório é responsável pela circulação

Leia mais

Válido somente com assinatura e carimbo do IFCE

Válido somente com assinatura e carimbo do IFCE DISCIPLINA: Fisiologia Cardiorespiratória PROGRAMA DE UNIDADE DIDÁTICA PUD Código: Carga Horária: Número de Créditos: Código pré-requisito: Semestre: Nível: Professor responsável EMENTA COEF.013 80 horas

Leia mais

Prof: Clayton de Souza da Silva

Prof: Clayton de Souza da Silva Prof: Clayton de Souza da Silva Sangue O sangue é a massa líquida contida num compartimento fechado, o aparelho circulatório, que a mantém em movimento regular e unidirecional, devido essencialmente às

Leia mais

Ergonomia Fisiologia do Trabalho. Fisiologia do Trabalho. Coração. Módulo: Fisiologia do trabalho. Sistema circulatório > 03 componentes

Ergonomia Fisiologia do Trabalho. Fisiologia do Trabalho. Coração. Módulo: Fisiologia do trabalho. Sistema circulatório > 03 componentes Bioenergética Ergonomia 2007 Módulo: Fisiologia do trabalho Aspectos cardiovasculares Medidas do custo energético do trabalho pelo consumo de O2 Correlação VO2 x FC Estimativa da carga de trabalho com

Leia mais

DISCIPLINA: SÉRIE: 2º. ALUNO(a):

DISCIPLINA: SÉRIE: 2º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 2º ALUNO(a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem 1) (UFSCar/2009) O sistema circulatório dos vertebrados mostra uma evolução ocorrida entre os grandes grupos.

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015

PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015 PROVA DE BIOLOGIA 3 o TRIMESTRE DE 2015 PROFa. FLÁVIA CARLETE NOME Nº 8º ANO A prova deve ser feita com caneta azul ou preta. É terminantemente proibido o uso de corretor. Respostas com corretor serão

Leia mais

Transportando substancias

Transportando substancias Transportando substancias Nosso corpo possui inúmeras células que sendo aglomeradas são formados tecidos que realizam funções que são indispensáveis para a sobrevivência. Para realizar o transporte as

Leia mais

Gabarito da lista de revisão sobre Sistema Circulatório Prof: Marcus Ferrassoli

Gabarito da lista de revisão sobre Sistema Circulatório Prof: Marcus Ferrassoli Gabarito da lista de revisão sobre Sistema Circulatório Prof: Marcus Ferrassoli Resposta da questão 1: No coração humano a saída do sangue rico em oxigênio (arterial) se dá pela artéria aorta. Resposta

Leia mais

TESTE. Verifica a tua aprendizagem. Selecciona apenas uma resposta em cada questão.

TESTE. Verifica a tua aprendizagem. Selecciona apenas uma resposta em cada questão. TESTE Verifica a tua aprendizagem. Selecciona apenas uma resposta em cada questão. 1 O ar entra nos pulmões através de A. Fossas nasais, laringe, faringe, traqueia e brônquios. B. Fossas nasais, faringe,

Leia mais

Unidade 6. Sistema circulatório. Planeta Terra 9.º ano. Adaptado por Ana Mafalda Torres

Unidade 6. Sistema circulatório. Planeta Terra 9.º ano. Adaptado por Ana Mafalda Torres Unidade 6 Sistema circulatório Adaptado por Ana Mafalda Torres O que é o sistema cardiorrespiratório? + Sistema circulatório Sistema respiratório O que é o sistema circulatório? O sistema circulatório

Leia mais

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral

Sistema Circulatório. Prof. Dr.Thiago Cabral Circulação Pulmonar e Sistêmica Passagem do sangue através do coração e dos vasos. Ocorre através de duas correntes sanguíneas que partem ao mesmo tempo do coração: 1 Sai do ventrículo direito através

Leia mais

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO

FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO 1 Ventilação e metabolismo energético Equivalente ventilatório de oxigênio: Relação entre volume de ar ventilado (VaV) e a quantidade de oxigênio consumida pelos tecidos (VO2) indica

Leia mais

Funções: distribuição de substâncias (nutrientes, gases respiratórios, produtos do metabolismo, hormônios, etc) e calor.

Funções: distribuição de substâncias (nutrientes, gases respiratórios, produtos do metabolismo, hormônios, etc) e calor. Funções: distribuição de substâncias (nutrientes, gases respiratórios, produtos do metabolismo, hormônios, etc) e calor Componentes: Vasos sanguíneos, Coração, Sangue http://www.afh.bio.br/cardio/cardio3.asp

Leia mais

ORGANIZAÇÃO MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

ORGANIZAÇÃO MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA CARDIOVASCULAR ORGANIZAÇÃO MORFOFUNCIONAL DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Introdução Cada seguimento do sistema circulatório tem uma estrutura histológica própria, e seu papel no processo geral da circulação é diferente. Termos

Leia mais

PROPRIEDADES FUNCIONAIS DO CORAÇÃO

PROPRIEDADES FUNCIONAIS DO CORAÇÃO Universidade Federal do Rio Grande Instituto de Ciências Biológicas Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas Fisiologia Animal Comparada PROPRIEDADES FUNCIONAIS DO CORAÇÃO O sistema circulatório-sanguíneo

Leia mais

CIRCULAÇÃO Animal Comparada Parte II

CIRCULAÇÃO Animal Comparada Parte II UNIVERSIDADE CATÓLICA DO SALVADOR Departamento: Zoologia DISCIPLINA: BIO335 FISIOLOGIA ANIMAL E COMPARADA I PROF. Jorge Rabelo de Sousa, M.Sc. CIRCULAÇÃO Animal Comparada Parte II SISTEMA LINFÁTICO A corte

Leia mais

Sistemas Humanos. Prof. Leonardo F. Stahnke 13/07/2017

Sistemas Humanos. Prof. Leonardo F. Stahnke 13/07/2017 Sistemas Humanos Prof. Leonardo F. Stahnke É responsável pelo transporte (circulação) de gases respiratórios, nutrientes (subst. orgânicas e inorgânicas), excretas metabólicas, água e hormônios. Tipos

Leia mais

LEIS GERAIS DA CIRCULAÇÃO E PROPRIEDADES DO CORAÇÃO

LEIS GERAIS DA CIRCULAÇÃO E PROPRIEDADES DO CORAÇÃO LEIS GERAIS DA CIRCULAÇÃO E PROPRIEDADES DO CORAÇÃO Mário Gomes Marques Instituto de Fisiologia da F.M.L. Director: Prof. Luis Silva-Carvalho CIRCULAÇÃO - Funções Transporte de oxigénio, nutrientes, hormonas

Leia mais

Sistema cardiovascular. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS

Sistema cardiovascular. Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Sistema cardiovascular Profº Fernando Belan - BIOLOGIA MAIS Sistema sanguíneo Tem como função transportar nutrientes até às células e retirar as excretas. Constituído por coração, artérias, veias e capilares.

Leia mais

7/26/2011 PARTE HEMODINÂMICA

7/26/2011 PARTE HEMODINÂMICA PARTE 2 HEMODINÂMICA A hemodinâmica estuda as leis físicas que governam o fluxo dos líquidos (sangue). Os dois principais fatores hemodinâmicos que devem ser levados em conta são: - Pressão Arterial (força

Leia mais

RESUMO APARELHO CARDIOVASCULAR

RESUMO APARELHO CARDIOVASCULAR Veia (vaso que volta ao coração) Artéria (vaso que sai do coração) No lado direito do coração só circula sangue venoso, e no lado esquerdo só circula sangue artrial. Refira funções do aparelho cardiovascular

Leia mais

Cardiologia. Prof. Claudia Witzel

Cardiologia. Prof. Claudia Witzel Cardiologia Introdução Disfunções circulatórias levam as pessoas a adoecerem. Origem congênita ( já nasce com a doença, como a deficiência na formação de válvulas cardíacas) Origem infecciosa ( bactérias

Leia mais

INTRODUÇÃO À FISIOLOGIA RENAL4

INTRODUÇÃO À FISIOLOGIA RENAL4 INTRODUÇÃO À FISIOLOGIA RENAL4 Hamilton Haddad Junior Maria Aparecida Visconti 4.1 Introdução: os desafios da vida terrestre 4.2 Anatomia do sistema renal 4.3 Os três processos básicos renais 4.4 Conclusão

Leia mais

FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR

FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Programa de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas Lab. Regulação Central do Sistema Cardiovascular Prof. Hélder Mauad FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR Aula 6 DÉBITO CARDÍACO

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE BIOFÍSICA PARA O CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROFESSOR ASSISTENTE DA DISCIPLINA DE BIOFÍSICA

PROGRAMA DA DISCIPLINA DE BIOFÍSICA PARA O CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROFESSOR ASSISTENTE DA DISCIPLINA DE BIOFÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE INSTITUTO BIOMÉDICO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS FISIOLÓGICAS PROGRAMA DA DISCIPLINA DE BIOFÍSICA PARA O CONCURSO

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Victor Uchôa

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Prof. Victor Uchôa SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. Victor Uchôa Introdução O sistema cardiovascular ou circulatório é formado por uma vasta rede de vasos de vários tipos e calibres, que põe em comunicação todas as partes do

Leia mais

5 Observe a figura abaixo e responda.

5 Observe a figura abaixo e responda. 5 Nome: Data: UniDaDE 7 1 As artérias e veias apresentam morfologias e funções distintas. As artérias transportam o sangue do coração para os tecidos. Já as veias transportam o sangue dos tecidos até o

Leia mais

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5.

02- Analise a imagem abaixo: Nomeie os órgãos numerados de 1 a 5. PROFESSOR: EQUIPE DE CIÊNCIAS BANCO DE QUESTÕES - CIÊNCIAS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================= 01- Associe as colunas.

Leia mais

Capítulo 3 página 254 a ª série Professora Priscila Binatto

Capítulo 3 página 254 a ª série Professora Priscila Binatto Capítulo 3 página 254 a 270 2ª série Professora Priscila Binatto Elementos Figurados Glóbulos Vermelhos Hemácias ou eritrócitos formato bicôncavo Presente em todos vertebrados mamíferos anucleadas Gerada

Leia mais

FISIOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Ms. Carolina Vicentini

FISIOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO. Prof. Ms. Carolina Vicentini FISIOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof. Ms. Carolina Vicentini Macro e Microcirculação Sistema Circulatório Macrocirculação Vasos de maior calibre Vasos de condução Microcirculação Vasos de menor calibre

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 11/06/2011 Nota: Professora: Karina Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

Anatomia(e(Fisiologia(para(a(Massagem(

Anatomia(e(Fisiologia(para(a(Massagem( Anatomia(e(Fisiologia(para(a(Massagem( A(PELE( A pele é o maior órgão do nosso corpo, correspondendo a 16% do peso corporal, extensãoaproximadade2m²emumadulto,e5mmdeespessuramédia. É constituída por duas

Leia mais

FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO MUSCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I

FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO MUSCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO MUSCULAR DISCIPLINA: FISIOLOGIA I PROFESSOR RESPONSÁVEL: FLÁVIA SANTOS Musculatura corporal Músculo Cardíaco Músculo atrial Contração = esquelética Músculo ventricular Maior duração

Leia mais

Atividades de Sistema Circulatório

Atividades de Sistema Circulatório DISCIPLINA: Biologia II DATA: 11/10/2017 Atividades de Sistema Circulatório 01 - (Enem 2013) A imagem representa uma ilustração retirada do livro De Motu Cordis, de autoria do médico inglês Willian Harvey,

Leia mais

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO

FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO FISIOLOGIA HUMANA UNIDADE V: SISTEMA RESPIRATÓRIO Funções Troca de gases com o ar atmosférico; Manutenção da concentração de oxigênio; Eliminação da concentração de dióxido de carbônico; Regulação da ventilação.

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia Trocas Gasosas

Exercícios de Aprofundamento Biologia Trocas Gasosas 1. (Unesp 2014) Os gráficos representam a concentração de três gases no sangue assim que passam pelos alvéolos pulmonares. É correto afirmar que os gráficos que representam as concentrações dos gases O

Leia mais

Cardiologia do Esporte Aula 1 Sistema circulatório. Prof a. Dr a Bruna Oneda

Cardiologia do Esporte Aula 1 Sistema circulatório. Prof a. Dr a Bruna Oneda Cardiologia do Esporte Aula 1 Sistema circulatório Prof a. Dr a Bruna Oneda Sistema Circulatório Composto pelo coração, vasos sanguíneos (artérias, veias e capilares) e sangue Responsável, pela condução,

Leia mais

Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelas trocas gasosas e pelo controle do transporte de gases Roteiro:

Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelas trocas gasosas e pelo controle do transporte de gases Roteiro: TROCAS GASOSAS E CONTROLE DO TRANSPORTE DE GASES Objetivo: Estudar os mecanismos fisiológicos responsáveis pelas trocas gasosas e pelo controle do transporte de gases Roteiro: 1. Trocas gasosas 1.1. Locais

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO 02 CMF Sistemas Nervoso e Cardiorrespiratório

ESTUDO DIRIGIDO 02 CMF Sistemas Nervoso e Cardiorrespiratório ESTUDO DIRIGIDO 02 CMF Sistemas Nervoso e Cardiorrespiratório 1. Sabemos que o coração humano apresenta quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. O fluxo sanguíneo dos átrios para os ventrículos

Leia mais

Cardiologia do Esporte Aula 1 Sistema. Prof a. Dr a Bruna Oneda 2013

Cardiologia do Esporte Aula 1 Sistema. Prof a. Dr a Bruna Oneda 2013 Cardiologia do Esporte Aula 1 Sistema circulatório Prof a. Dr a Bruna Oneda 2013 Sistema Circulatório Composto pelo coração, vasos sanguíneos (artérias, veias e capilares) e sangue Responsável, através

Leia mais

BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA FUNÇÃO CARDIO-VASCULAR E EXERCÍCIO

BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA FUNÇÃO CARDIO-VASCULAR E EXERCÍCIO BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA FUNÇÃO CARDIO-VASCULAR E EXERCÍCIO Prof. Sergio Gregorio da Silva, PhD 1 Qual é o objetivo funcional do sistema CV? Que indicador fisiológico pode ser utilizado para demonstrar

Leia mais

Hemodinâmica. Cardiovascular. Fisiologia. Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg

Hemodinâmica. Cardiovascular. Fisiologia. Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg Fonte: http://images.sciencedaily.com/2008/02/080226104403-large.jpg Fisiologia Cardiovascular Hemodinâmica Introdução O sistema circulatório apresenta várias funções integrativas e de coordenação: Função

Leia mais

Sistema Circulatório

Sistema Circulatório Sistema Circulatório Luís Eugênio Vieira Oliveira Neste breve capítulo, discorreremos sobre as principais características histológicas do Sistema Circulatório, descrevendo, pois, algumas estruturas gerais

Leia mais

EDUCAÇÃO É ESSENCIAL!

EDUCAÇÃO É ESSENCIAL! 1. O termo hipóxia refere-se à condição na qual a disponibilidade ou a utilização de oxigênio está reduzida. Os indivíduos B, C, D e E, relacionados na tabela a seguir, estão submetidos a diferentes formas

Leia mais

Trabalho: Sistemas do corpo humano

Trabalho: Sistemas do corpo humano Trabalho: Sistemas do corpo humano Grupos de 5 alunos Sistemas: Cardiovascular Imunitário Linfático Respiratório Urinário Data de entrega: 20/06/2016 UNIDADE 3 SISTEMAS CARDIOVASCULAR, IMUNITÁRIO E LINFÁTICO

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR

SISTEMA CARDIOVASCULAR SISTEMA CARDIOVASCULAR O coração consiste em duas bombas em série Circulação Pulmonar Circulação Sistêmica Pequena Circulação ou Circulação Pulmonar Circulação coração-pulmão-coração. Conduz o sangue venoso

Leia mais

O sistema circulatório. Autores: Inês Salvador e Tiago Cardoso Adaptação: Profa. Conceição Leal Fonte: Slide Share

O sistema circulatório. Autores: Inês Salvador e Tiago Cardoso Adaptação: Profa. Conceição Leal Fonte: Slide Share O sistema circulatório Autores: Inês Salvador e Tiago Cardoso Adaptação: Profa. Conceição Leal Fonte: Slide Share Evolução do sistema circulatório Reinos Monera, Protista e Fungi: ausência de um sistema

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR

SISTEMA CARDIOVASCULAR SISTEMA CARDIOVASCULAR Sistema Cardiovascular Objetivos da aula os estudantes deverão ser capazes de... Descrever as funções gerais do sistema cardiovascular Relacionar os componentes vascular sanguíneo

Leia mais

LÍQUIDOS REAIS. Objectivos

LÍQUIDOS REAIS. Objectivos LÍQUIDOS EAIS M Filomena Botelho Objectivos Saber definir viscosidade de um líquido real elacionar viscosidade com tensão de corte Diferenciar líquidos newtonianos e não newtonianos Caracterizar o regime

Leia mais

Sistema Circulatório. Ms. Roberpaulo Anacleto

Sistema Circulatório. Ms. Roberpaulo Anacleto Sistema Circulatório Ms. Roberpaulo Anacleto Sistema Circulatório É o sistema pelo qual são transportados nutrientes: Gases; Hormônios; Hemácias. Para as células do organismo e também a partir delas, a

Leia mais

Fisiologia Comparativa da. Circulação de Invertebrados

Fisiologia Comparativa da. Circulação de Invertebrados Fisiologia Comparativa da Circulação de Invertebrados Circulação em Invertebrados Muitos invertebrados têm CIRCULAÇÃO ABERTA = o sangue é bombeado pelo esvaziamento do coração até um espaço (ou seio) a

Leia mais

1ª AULA PRÁTICA DE FÍSICA MÉDICA

1ª AULA PRÁTICA DE FÍSICA MÉDICA ª AULA PRÁTICA DE FÍSICA MÉDICA Aplicação do formalismo de fluidos à circulação sanguínea. Considere o sangue como um fluido não viscoso para responder às seguintes questões: a) Qual será a velocidade

Leia mais

CONSTRUINDO IDEIAS SOBRE O TRABALHO CIENTÍFICO

CONSTRUINDO IDEIAS SOBRE O TRABALHO CIENTÍFICO 1 CONSTRUINDO IDEIAS SOBRE O TRABALHO CIENTÍFICO Lúcia Helena Sasseron Fundamentos Teórico-Metodológico para o Ensino de Ciências: a Sala de Aula 1.1 Introdução 1.2 O que é a ciência? 1.3 Um pouco sobre

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 8º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÒRIO

SISTEMA CIRCULATÒRIO Universidade Federal de Viçosa campus Florestal SISTEMA CIRCULATÒRIO ANATOMIA HUMANA Laboratório de Morfofisiologia Funções: Transporte de gases respiratórios, nutrientes, hormônios e excretas; Distribuição

Leia mais

Fisiologia. Iniciando a conversa. O sistema circulatório

Fisiologia. Iniciando a conversa. O sistema circulatório Fisiologia 6 O sistema circulatório Iniciando a conversa O sistema circulatório é um sistema de distribuição e vigilância. O oxigênio e os nutrientes obtidos nos pulmões e no intestino são levados para

Leia mais

BIOFÍSICA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR

BIOFÍSICA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL FACULDADES INTEGRADAS DA UNIÃO EDUCACIONAL DO PLANALTO CENTRAL Curso de Medicina Veterinária Disciplina de Biofísica BIOFÍSICA DO SISTEMA CARDIOVASCULAR Prof. MSc.

Leia mais

Disfunções valvares. Prof. Dra. Bruna Oneda 2013

Disfunções valvares. Prof. Dra. Bruna Oneda 2013 Disfunções valvares Prof. Dra. Bruna Oneda 2013 Valva O funcionamento normal do sistema circulatório humano depende da unidirecionalidade do fluxo sanguineo. Esse fluxo unidirecional é normalmente assegurado

Leia mais

EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero

EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero EXERCÍCIO DE CIÊNCIAS COM GABARITO 8º ANO 1. (PUC-SP) O esquema abaixo é referente ao coração de um mamífero a) Que números indicam artérias e veias? b) Que números indicam vasos por onde circulam sangue

Leia mais

SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO

SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO 1 SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO Hamilton Haddad Junior Maria Aparecida Vinconti Locomoção, Alimentação e Nutrição 1.1 Introdução: tipos musculares 1.2 Caracterização macroanatômica e funcional do músculo

Leia mais

PLANO DE CURSO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Fisiologia e Biofísica

PLANO DE CURSO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Fisiologia e Biofísica PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Enfermagem Disciplina: Fisiologia e Biofísica Professor: Rafaell Batista Pereira E-mail: rafaell.pereira@fasete.edu.br Código: Carga Horária:

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Fisiologia Humana I

SISTEMA CARDIOVASCULAR. Fisiologia Humana I SISTEMA CARDIOVASCULAR Fisiologia Humana I Fornecer e manter suficiente, contínuo e variável o fluxo sanguíneo aos diversos tecidos do organismo, segundo suas necessidades metabólicas para desempenho das

Leia mais

MEDICINA - U.AVEIRO - ICBAS - U.PORTO

MEDICINA - U.AVEIRO - ICBAS - U.PORTO Sistema Circulatório - Vasos http://plastynarium.pl/en/galeria/uklad-krwionosny/ Sistema Circulatório - Vasos Endotélio, do Grego, endon= dentro + thélé= mamilo 1 Sistema Circulatório - Vasos enzimas e

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃOPAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA

UNIVERSIDADE DE SÃOPAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA UNIVERSIDADE DE SÃOPAULO FACULDADE DE MEDICINA DE RIBEIRÃO PRETO DEPARTAMENTO DE FISIOLOGIA RFI-5776 Controle das Funções Neurovegetativas e Endócrinas PRÁTICA CIRCULAÇÃO E HEMODINÂMICA I. Pressões Cardíacas

Leia mais