LEITURA NA EJA: ENFOQUE NOS GÊNEROS TEXTUAIS RESUMO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEITURA NA EJA: ENFOQUE NOS GÊNEROS TEXTUAIS RESUMO"

Transcrição

1 LEITURA NA EJA: ENFOQUE NOS GÊNEROS TEXTUAIS T K Dí Mz 1 (UFAL) V C B 2 (UFAL) M Lm Qz F 3 (UFAL) RESUMO N g pm p á bvçõ z m m m pó-fbzçã jv, m m púb. O f vgçã - fmçã p zçã gê x. E fz p pq PIBIC- UFAL-CNPq A çã jv fmçã. P g gçõ: Q g gê x? Cm () pf() EJA bh gê m, fçõ p mv? Uzm mé pq qv-pv, b m. N fmçã ó zm: Bj (1994), Kh (2007), Kh E (2006), Mh (2008), S (2003) Sv (1999). O vgçã p q pf bv, p m vã m b pá, m vz q pz m vz, bm m, p f m bh p gí q gê x zm, z- bm, m px p zçã v gm. Pv-hv: L Gê x Eçã Jv A. 1 G 8º pí Pgg Uv F Ag. B PIBIC f pq. Mmb Gp Pq Mp m EJA (MULTIEJA). 2 G 7º pí Pgg Uv F Ag. B-b PIBIC f pq. Mmb Gp Pq Mp m EJA (MULTIEJA). 3 Pf Gçã Pó-Gçã C Eçã (CEDU-UFAL) Lí Gp

2 2 1. Cçõ E g z- p vgçã m: A L Eçã Jv A Fmçã L, m fm PIBIC/UFAL/FAPEAL. É z qv, vv f bg móg m: bbgáf, á m PPP vg, á ú, x p é m : v,, õ, bvçõ, gp f, v m- qá. Objv vg pá, pm g pbmzçã: Q m Eçã jv A, m púb Mó? E pbmzçã b- g qõ: gê h p m x, f x ; á p m g pvg p m jv p ; pf g pá m gfv q xm m- xp; gê x ã bh fçõ p mv m- z m p p zçã v. P, m m g á:, gê x, v pá m. Em p gê x fm vm áv, pív, p f, m m pçõ á (MARCUSCHI, 2008), ã p f- m p x, q é m pé çã ó m p z gí mpçã q, m g, bgm: çã, gmçã, xpçã, çã jçã. Kh (2007, p. 119), q gê ã fm p qê f, p, çã gê ã f m çã p. N v, gê x é f, q p x é f. Q fm v m, m m v m q, íg é p g z çõ Pq Mp m Eçã Jv A (MULTIEJA).

3 3 pp. Eq pá m ã çõ j m çõ q vvm zçã. E pá ã mpg v,, m çõ. Dfm bh m p v çã, çã, m ví x (KOCH E ELIAS, 2006). D f, q vm bv m EJA é q ã á g fbz fm g p ppçã q h hg. P, m í ã v p q é gm v fm m, m q ã pz z m pv gfv hm. E ví ã m Afb F 4. É q çõ z p p pz p, ã m xpí fçã b q p p fm. Nã f b p f v pá m q ã. Ap hm q pb m fm ã v bí p à çõ pf. N, m, p f fmí, ó êm vív m pg m p gê x. D mm fm, ã fz mpâ pf hm b pm, v q m m, ã vm qq çõ m fmçã. D p pq fm bv 10 m m m 1º Sgm EJA, m púb, q fm pm, - p. É mp f q á pôm E Em p m g j çã vgçã. Efm zçã bj, pf j m m v bv. 2. Czçã 4 Uzm q fb f m j q ã pm mpê á p zçã m f, p, ã gm gf q m, ã gm pz í q zm, j, ã q m p mg pf p m xp m.

4 4 2.1 D púb 'Em' A f E á b G L, z b z p Mó, q m m ppçã m m 900 m hb. A é p óg, q bm g m, v fm p ág hv. A m m G b, m: O P, S, Cã, bm m b. 2.2 D j E/ q á íg O j q fqm m vg EJA Em, ã p, m m, q pm hm q m g v, p m vf xpê fmí, m, m bh m mh. E jv pm h (gm) m ê, m vz q, ã vm p p. C, pm z m vã F (2001), m p q pm m m q à pv. Em g, j vm à h q pz ç m, m fm fm, ã h g pê ã j m. E p, êm mpã q p m m ã m v à pb m v g 5 (SIC). S mbém á fç v p ã mh (SIC). 5 F mjá zçã gp f p m bv, m pã v mpâ pç v j, bm m b q gê x q m êm m fm q vâ pç p fmçã.

5 Pf A pf vg p q pm pf E Ag, há 6 pó-fbzçã EJA, m fmçã C Mé Nm mbém p p m Bg. É mbém fá há m m bó, m P Sú E. Exp v, q m m g j m fmgm. Rv q p já vá vz, ã b. Apó bh m m 3º E Fm, mg há p EJA p vê há, pív çã E Em, bm póxm ê. E m pçã mpã x. C- fâ, m m ê m v çã, m TV Cçã Nv, mv p q m q v fz m çã. 3. Aá bvçã m v pá m Cm já m í g, bvm 10, g p pf m. É mp f q pá, f, fm, ppm p f q pm fm xpí : ) O p m jv, m vz q m, h p pf m, zvm- gê x p bh m gmá, p, p, f m bh p gí, g q gê x pm. b) Hv mbém g ê bh m b m vz, m pf Bj (2007), b mã v. E mõ v m z p pf p gm/ / h/. N, ppçã pp fz m q m bm m x, j, p pçã, â p gm, f q v x m px. A v g pm bv p f pf.

6 6 N pf bh gê x P, q f. Vjm ê: 19:20 - (A pf hg à z g á. C- b bô b g v p çã L p, b m mp p q, pó í, hm p q. A pf p q j z m vz q xpm q q hvm b má x h). 19:41 P: Q vê êm? Qm á m v Cv? O q é m v? A1: É m m v. P: Cm é m? A2: Gb P. P q q á pv m bí? (f- bí v Cv [bm] ). É pq B f b, vê bm? Eã, v ã v hj ô f q pí v ê b m v. Q mbív q mv v? A2: O bç g. 19:55 P: Q fç pv á? A2: O! P : I mm g. P : Cm é m ô? S! A1: E-- E--z-b- -b-h- (E Ezb Bh). 20:15 - P: Oh pm, q vê m? (p p q m vz ) A3 Mh XXVIII P z ã à pfz P: E í q vê m? A1: Cí z má. P: O q vê bvm m vê? Cm é? É m pm? Tm? Um pm m m? Cm g hm gph v? P: Eã q g v m pm vm bv pm p. Pm é m p x fm bm f x. E v é h pm, p xmp, m pm m q v é hm q qh. P: Qm z v é p q é v p á, m m gm g, m á m. 21:24 P: E pm vê vã já m vê m pm

7 7 b q qm, m p b z, m mb... p vê m p m q pá q qé vê. 20:39 (A pf xp vm q á f b m fbé m m) P: Ag vê, p q vê h! A5 É... P g í q é pág p qm m mm v pê mphá. A5 é pág 59 v j ( mç ): p fg f p fg pv A3 - p fg f? P - p fg f, í q gf? T fz m mpçã. Q g f fg ã é?! M q z q pv êm fg, m p. L A5 - p ç pv p p g h q çã p fg f p pv íg p fgh m çã m m fh q v mbã P g vê ó! Q g f pm vm m í pm z q é v, é? Obv- q pf v m m vz, ã fz hm fê à v, q mm. Tv p q vm m mã 6 v f p, b m q q m h hm çã f. E v fzm p v. N g, m, pb- q pf v çã, mm q fm pf, xp, fçã gê x P. P, pf fm q há m fç : Pm P. D xpv, q bqm á gf m, ã v m fxã q f 6 A bv mbém vm v z m, m,, ppm.

8 8. Nã gm v pbm fç. Ifm q ã pfm q é, m- mçõ pá. I é hm ó, m gê x. P, ã mp q fm m mp é fm gém pz mp q ê, pb q p b vá m x, bm m, b çõ m, m hm m. Pm v, q mm bm, pf m q há mçõ m pá, b, p ê hm gí, ã fmçã, E Mé Nm, m fmçã êm m Bg. A fmçã ã á z, f q p - m m p f b póp pá. M vz pf ã í, mz v. E mzçã, m gm çõ m v [...] póp p v pá m (SOARES, 2003, p. 107). E fm m, q ã p pz p, z mp m px pá v m q m f. Am, fmçõ m- vg âm z ã m gm m x. E é m pá mm EJA. N, Km (1989, p. 30), fm q: [... ] x

9 9 ã f v ç ã b j v p í f m

10 10 ç ã v. N v é

11 11 f f, m v z p m m

12 12 p x p ó p, m, á á,

13 13 f í g. Mm m f m z, gm q gê z p pf. Am q, p f p m m mí v () p à m EJA, b m bv. É q f m j ã êm bb, (x b) q pbm m m f gê, ú g m. N x, v mh xp p, ã ó m m fmçã, pfm p gm, m ppm, m pçã. N, v bv, x p m m p óbv pm (KOCH, 2007), p çã pçã mbém, m hm xpê, ppv pz x m pp pv. É mp q m x xg bm m q hm óg gí, m vz q x ã é mp p fçã m m f p m p pv.

14 14 4. Cçõ F A p á bv m q pf Em ã z m g v gê x; p p q fçã fmv q fm pmm h, mm hv E m v záv v á 7 á m má. O mp é q gê x xp vm q mp à mmv. Epf bh m gê, m q m pá ã há fê q à pf gê, p, p, m m f m bh p gí. Am, m q gê x q m m EJA, b p pm á, gm q mp m : m vz, mã v pf p pf, pçã x p pf, zçã xí q mphm x çã v. D fm, pf, bh m gê x m ã á v m fçõ p mv, m- p q vm p zçã v. Pq, pf m h p q çã, p ppv, é m m q m fçã: é, p, v m çã hm xpê pév j. É mp fmçã p pf q m çã, m p, EJA, p m q m bçã q p fmçã p, é q m pf m páx q p vvm mpê x, - m, p g m, p m x, m v gê, m v çõ çã, j, q vmb pçã ê á. 7 Cçã L mh.

15 15 Rfê bbgáf BAJAR, É. D x à. Sã P: Cz, FREIRE, P. A Impâ A L: m ê g q mpm. 22. Sã P: Cz, KLEIMAN, Âg (g.). L, pq. Cmp: P, KOCH, Ig Vç. O x çã. Sã P: Cx, KOCH, Ig Vç; ELIAS, V M. L mp: x. 2.., - Sã P: Cx, MARCUSCHI, Lz Aô. Pçã x, á gê mpã. Sã P: Páb E, SOARES, Mg. Lm zçã. I: RIBEIRO, V Mgã (g.). Lm B: fxõ p INAF Sã P: E Gb, 2003.

Cleber Giorgetti Assessoria e Consultoria. Business & Strategy Marketing & Sales Products & Services Technology & Innovation

Cleber Giorgetti Assessoria e Consultoria. Business & Strategy Marketing & Sales Products & Services Technology & Innovation Cb Gg A C B & Sgy Mkg & S P & Sv Thgy & v Qm Sm N m 2002, mp v x mp çm bjv gó, m m f óg, pb-h m mpv. Apçã hm é gó q vé xpê 20 f, q xm pçõ gã m pçõ m: G Tg, Avy, L Thg, B Lb, AT&T, SD T,. R m p m gó g,

Leia mais

O EMPREITEIRO. Copatrocínio

O EMPREITEIRO. Copatrocínio KH T M W TÃ G A N F NAL UC Lp D CA -A 1200 ÁT X A JT - / A ã 5 1 0 2 D m 26 A A ç p 27 MW c áb fz h C J F g c h Lb 290/ -116 6 1 0 y 2 w h çã f pc G pc m D x f L ª 4 G c M A Jg q A b é C gh H V V g ã M

Leia mais

"Oswego": Um Surto Epidêmico de Gastroenterite

Oswego: Um Surto Epidêmico de Gastroenterite "Owg": Um Eêmc Excíc E Tçã: A: F: E Av Wm Ogzçã P-Amc ú Uv ã P (Pó-R çã Pó-çã) C D C Pv OWEO : UM URTO EPIDÊMICO DE ATROETERITE * OJETIVO Aó ém xcíc á cz : m m; b m cv êmc; cc cm x q c ív víc mã; m vgçã

Leia mais

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE - QFD UM MODELO CONCEITUAL APLICADO EM TREINAMENTO

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE - QFD UM MODELO CONCEITUAL APLICADO EM TREINAMENTO G 996 DDBM D FUÇÃ QUDD QFD UM MD U D M M h v, M M h h, hd Jã B, M F gh jbá F / D çã D v. B,.0 hh jbá MG 700000 b: h h f g h f y, w, h k f g, whh h h. h Qy F Dy ( QFD ) hq g b f g h h w. Fy, QFD y hw g

Leia mais

A ESTRADA E A PAISAGEM: COMO A ANTROPIZAÇÃO ATUA SOBRE O RELEVO (UM ENSAIO DE GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL)

A ESTRADA E A PAISAGEM: COMO A ANTROPIZAÇÃO ATUA SOBRE O RELEVO (UM ENSAIO DE GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL) A ESTRADA E A PAISAGEM: COMO A ANTROPIZAÇÃO ATUA SOBRE O RELEVO (UM ENSAIO DE GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL) Aô C Rb Aúj Jú Pgm Eã T Gg UFPA AGB-Bém j_bz@hm.m Eêvã Jé Sv Bb Pq vbb@yh.m.b 1 - INTRODUÇÃO O ém

Leia mais

AÇÕES AFIRMATIVAS E INSERÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO.

AÇÕES AFIRMATIVAS E INSERÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO. AÇÕES AFIRMATIVAS E INSERÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO. AFFIRMATIVE ACTIONS AND INSERTION OF HANDICAPPED PEOPLE IN THE LABOUR MARKET. E jh 2005 JORGE CAVALCANTI BOUCINHAS

Leia mais

um outro mundo é possível e é pra já sociedade civil rumo à rio+20 GRAP GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO AO PROCESSO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL www.grap.org.

um outro mundo é possível e é pra já sociedade civil rumo à rio+20 GRAP GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO AO PROCESSO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL www.grap.org. é pív é p já GRAP GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO AO PROCESSO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL c cv à +20 wwwgpgb bçã Pj gáfc gçã: Vcê v cé g, f pcfc p cc Mó Ofc I ã-cc Içõ: Vcê ã p z b c f cc P S A f p f ã A íg f, c fçõ

Leia mais

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA M RJETHRTAEMCAA CM LANTAR E CLHER ALIMENT EM CAA 201 A Rzçã Ch Dvv Hb Ub CDHU I GEA é b REFEITUR A DE Ã AUL VERDE E MEI AMBIENTE FhTé Ebçã Tx Agô Jé Lz Ch T Nh Rh Rvã A M Dg Lz Egá j Nh Rh Rq L R Rf Tv

Leia mais

Sazonais da Floresta ENQUADRAMENTO GERAL. Sazonais da Floresta

Sazonais da Floresta ENQUADRAMENTO GERAL. Sazonais da Floresta ub ub ENQUADRAMENTO GERAL A f é um m u cm múp pu, qu ó é pív pv m m épc fc p um vgm qu pb m u p u u mm m p- pv m qu um cu f fm m cv g. Ex um g v u qu ó xm m m épc. T- pv m v pu f, qu mu v ã já u m m vu

Leia mais

ba l h e m. sab e r se h a. foy, ti m Soa. s re. e m. h oss. e a. a d. tra

ba l h e m. sab e r se h a. foy, ti m Soa. s re. e m. h oss. e a. a d. tra 96 R: VS A ( ) () b C O M b q fy q S y q P v C ç z q ff q q 24 V C ç B z q q q q q í q ã f O q M ã b ::; q z R q ã q y b q fz q P R v f F N S P z (P b M 30 q G Sz çõ Pá v v Ab qq ff ã v Cô q f z z A B

Leia mais

Maio 2013. Look at me

Maio 2013. Look at me M 2013 º15 M Dbçã g Nã p v M p Q F, q á çõ é é! Há bf p ívg, p à fé é çõ p hb... Ní A p q x MUSE b b Lk Nã j N, h vá p pçã E f O SOS E á- b g Pb Pb ÍNDICE pp Fh Té Ppá/E: Yg D M, L A M Sp Epy ê p f 5 vjg

Leia mais

Look at me PLAYLIST. julho agosto Esquece-te de tudo, menos dos teus óculos de sol. Os OqueStrada querem ver-te pular

Look at me PLAYLIST. julho agosto Esquece-te de tudo, menos dos teus óculos de sol. Os OqueStrada querem ver-te pular jh g 2013 º17 M Dbçã g Nã p v Lk Eq-, ó PLAYLIST O OqS q v- p Pbé, já é! Ag, b-v à pb, vg pçõ p 18 pv. PUB PUB Iv f Ap íg g j p. C p 2 >T ív >Eh 7 Líg 40 >EF Ppçã p Ex >EF Ppçã p Uv Eg >EF Pg Eág OFERTA

Leia mais

Nota10 ESCOLAS DA DIVERSIDADE

Nota10 ESCOLAS DA DIVERSIDADE A fl Clg, Al Glbg: l g q PÁGINA 8 N10 A 13 ú 48 bl//jh 2013 Pblçã l Fçã AlMl Bl ESCOLAS DA DIVERSIDADE Pj Fçã AlMl Bl úbl b blh lã ç fê l l l PÁGINAS 4 E 5 ARUIVO FUNDAÇÃO ARCELORMITTAL BRASIL O l Jé f

Leia mais

Visão Geral Métodos construtivos Métodos construtivos O Mercado Visão de Negócios Alguns números Principais diferenciais

Visão Geral Métodos construtivos Métodos construtivos O Mercado Visão de Negócios Alguns números Principais diferenciais Shw C TÓPICOS Vã Gl Mé cv Mé cv O Mc Vã Ngóc Alg ú Pcp fc Rl N vç Pc Q fz Vã Gl A ESTRUTURA ECOLÓGICA CONSTRUTORA, g c l é c cçã à v pcpçã q lz écc clógc. Sb p v é pf pívl v, p g cl c fã. N çã ppc c, c

Leia mais

GABINETE DO SECRETÁRIO

GABINETE DO SECRETÁRIO GABINT DO SRTÁRIO DITAL Nº 006/20 SLÇÃO INTRNA D DONTS ARA ATUAR NOS ROGRAAS STRUTURANTS DA SRTARIA D DUAÇÃO DO STADO DA BAHIA: NSINO ÉDIO AÇÃO IÊNIA NA SOLA, NA ONDIÇÃO D SURVISORS ONITORS/TUTORS ONLIN.

Leia mais

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2011, DE 07 DE ABRIL DE 2011.

EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N.º 001/2011, DE 07 DE ABRIL DE 2011. EDITAL DE CONCUSO ÚBLICO N.º, DE 7 DE ABIL DE. ULISSES CECCHIN, EFEITO MUNICIAL DE IBIAÇÁ, E G S, bõ g, TONA ÚBLICO b õ v phm vg x q vm x p g x q g, gm Eá. O g, úm vg, g há m, v á m, pã f m z g ã g: C

Leia mais

(A Themistocles Machado)

(A Themistocles Machado) (A Th Mh) BRAZL á 58 Hh Dg Bh fô gv g Bz v F Hh Pg ê h F f 598 A 585 gv L B A< Pb F Bb v v ãó f z v Phyb vz vzg f fz N v x h P Ch S; Aç h b fv T ffê fz á J? 4 REVSTA bb hb g j çõ fz v h b z ç gv g Dg Bh

Leia mais

15 SENTIDOS BUFFET DE GALA 30.12.2013. FOUR VIEWS BAÍA 20h 02h VER MENU

15 SENTIDOS BUFFET DE GALA 30.12.2013. FOUR VIEWS BAÍA 20h 02h VER MENU 15 BFF G 30.12.2013 F VW BÍ 20h 02h V ua das aravilhas, 74 lha da adeira, ortugal el: (+351) 291 700 200 15 BFF G 30.12.2013 F VW BÍ 20h 02h Í 1 2 ÁV HF Õ BÇ 3 ÇÃ G 5 7 F 4 6 B À H 9 Z 8 VV FH V V B FÂ

Leia mais

Bem-vindo! Depois de percorrer

Bem-vindo! Depois de percorrer B-! D çã O ê B, ê ê á! A, í ó, á,,,, ç. P é, á ê á. N ó á, ê á çã. D-! Tâ T ê. V ó ê. Há? - >>> >>> >>> >>> - >>> ìì - >>> >>> >>> 2 3 + TRÂNSTO DE PALAVRAS Há á õ ê. V. FRASES CÉLEBRES A ã í? Fç ê. O

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - Ax A p N Vé N Vé - 30/06/204 04//203 2 - N Tí g Ag N 20/05/987 PF 7265577-40 M p 788725 - @fb g A Açã Lçã Ap p

Leia mais

A RESPONSABILIDADE CIVIL AMBIENTAL DECORRENTE DA OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA ENVIRONMENTAL CIVIL LIABILITY ARISING FROM PROGRAMMED OBSOLESCENCE

A RESPONSABILIDADE CIVIL AMBIENTAL DECORRENTE DA OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA ENVIRONMENTAL CIVIL LIABILITY ARISING FROM PROGRAMMED OBSOLESCENCE A RESPONSABILIDADE CIVIL AMBIENTAL DECORRENTE DA OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA ENVIRONMENTAL CIVIL LIABILITY ARISING FROM PROGRAMMED OBSOLESCENCE Gbll C V* El N Rz** P Fh pó: 12 2017 Fh pó: 6 fb 2017 RESUMEN

Leia mais

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: TRADUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: TRADUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA Kll Kll Sá A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO

Leia mais

Off. almanaque 21 ANOS. Sina. Off. almanaque. [circo teatro de rua] 21 ANOS. Sina. [circo teatro de rua]

Off. almanaque 21 ANOS. Sina. Off. almanaque. [circo teatro de rua] 21 ANOS. Sina. [circo teatro de rua] q q Off S Off S 21 ANOS 21 ANOS [ ] [ ] ÍNDICE Içã 3 P 4 Ráv Púb 5 Açã 6 1. A A Cçã 9 2. T R E C-T 17 3. Dg Phç 33 4. C-T R 41 Lh T 51 C Az - R B T R 52 Cçã E Ab Lí Tx Ab Lí L M Rh Rg Ch E A Vv C Eí Sv

Leia mais

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL EM EAD: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍDIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOCENTE

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL EM EAD: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍDIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOCENTE PROUÇÃO AUIOVISUAL EM EA: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO OCENTE 2 PROUÇÃO AUIOVISUAL EM EA: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍIO gpara A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO OCENTE Slv BA Abl 2013 g -NTE/IAT/SEC/BA-7@gl.

Leia mais

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO GLOSSÁRIO PREV PEPSICO A T A A ABRAPP Aã Aã I Aí I R ANAPAR A A M A A A Lí Aá S C é ç í ê çõ 13ª í ã. Açã B E F Pê P. Cí ê, ã ê. V Cê Aã P ( á). N í, - I R P Fí (IRPF), S R F, à í á, ( 11.053 2004), çã.

Leia mais

GUIA DE EMPREENDEDORISMO NA FLORESTA

GUIA DE EMPREENDEDORISMO NA FLORESTA h Té Ifçã: UIA MPRNORIMO NA LORTA Cçã: b : A v f P vv Pj ub âb Iv Cuá QUAL. Pj -f : Mb P vv: u: & x, L. (Chv) AIACT - Açã vv Ig A Cg Tâg (V R) gu - çã Açõ Ag T (V R) - Açã Pug (V R) ICNB -Pqu N P-ê (PNP)

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC MNT A AÇÃ NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - p p N Vé N Vé - 30/06/204 29/0/204 2 - p N Vâ Mq N 02/05/988 PF 23983487-09 AP 9362 q@fb g A Açã Lçã

Leia mais

KV-29FS150. Manual de instruções. Conexión de equipo adicional 3-210-910-51(2) 2007 Sony Corporation Impresso no Brasil

KV-29FS150. Manual de instruções. Conexión de equipo adicional 3-210-910-51(2) 2007 Sony Corporation Impresso no Brasil xó q 3-2-9-5(2 õ K-29F5 L h 27 y B Ê ÇÕ v í hq é, xh v à hv z hq é, z x q j ÇÃ HQ LÉ Ã B ÇÃ v hq é: Ã B v, é q y í ó á õ,, q hq é í ó á q à õ (v õ q h h v ( v óx í ê ÇÃ Ç h v -22 5/6 Hz HQ LÉ, X L L LÉ

Leia mais

7 * ": ) : : I* 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O* P " 7 "! M * : : # M

7 * : ) : : I* 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O* P  7 ! M * : : # M 7 ": ) : : I 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O P " 7 "! M : : # M # Q 7 97 8 ! # # I ) H3"K # : R : : 9 M ) # 9# Q ; : 9 : IM Q ; 9M O H8 7B3B K : 9 ) 4 4; 9 < : ) 9 # : M :!# ; : N : " 3 S T! S U # I T S # H3"K

Leia mais

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re De quem e a vez? José Ricardo Moreira

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re De quem e a vez? José Ricardo Moreira S 1- Litt, Lit Rflxã 3- t D q vz? Jé Rid Mi Cpítl 1 P gt Td é di pfit p l: U liv lgl, d lid. E t d di fz d! P Hê: U di vô lá íti, vid hitói d tp q l id gt. P Hit: Ah, di d ihd, it l, it ág, it hi! P L:

Leia mais

PLANEAMENTO E PROGRAMAÇÃO DO TREINO DE ATLETAS DE ½ FUNDO E FUNDO

PLANEAMENTO E PROGRAMAÇÃO DO TREINO DE ATLETAS DE ½ FUNDO E FUNDO PLM PGMÇÃ LS ½ F F SPÊS BLÓGS S SÂS ½ F F 800M 1500M 3000M SÂS 5000M 10000M ½ M. M. L L FQÊ.Í L Z ÍVL B B LÁ SV B XSV 22 LÁ SV 14 B XSV FQ.. MX. 8 MS SV 6 B XSV FQ.. MX. -15 4 3 B B ÓB GLL. B B LPLÍ 2

Leia mais

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: TRADUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL

A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO CIENTÍFICA: TRADUÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO NÃO FORMAL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS E MATEMÁTICA Kll Kll Sá A OLIMPÍADA BRASILEIRA DE FÍSICA EM GOIÁS ENQUANTO FERRAMENTA PARA A ALFABETIZAÇÃO

Leia mais

Secretaria de Educação

Secretaria de Educação º 6/4 Á Ç H, õ 9,,, à v 9 4 F º 9.94/96, z 996, : - q vê 8 º.9, z 7, q ê - F; - h º /, q x z ív ; - í, jv h: h, vv; - z í, v 4, ív, q;. º F q à v ív, q, v 4, j v v ô Ú, v x. º ô Ú á z 4 v 4, à h, í x -,,

Leia mais

Mackenzie Voluntario. Caro apoiador, Redes sociais: 8668 de 30/11/1981), que atua em solo brasileiro há 141 anos.

Mackenzie Voluntario. Caro apoiador, Redes sociais: 8668 de 30/11/1981), que atua em solo brasileiro há 141 anos. C, O Mkz Vlá é m j sl Mkz, sm fs lvs (D º 8668 3/11/1981), q m sl bsl há 141 s. Iml m 24, m m l fl ssblz, mblz g s s ss gs, gss, lbs, fsss, ls, gs ls, fs, s, mgs fmls m mvm xmçã s ms q bgm s ss m, lém

Leia mais

LUDMILA SANTOS DE ANDRADE

LUDMILA SANTOS DE ANDRADE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO PROGRAMA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM ARQUITETURA E URBANISMO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: TECNOLOGIA A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS BIM PARA

Leia mais

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos Tipo de entidade Rótulos de Linha 3101 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Aldreu 96-46-HD 37-36-XP 66-NX-49 75-IS-24 78-32-MM 3102 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Amares 25-98-LI 03-88-QU

Leia mais

ATIVIDADE DE SALA (02)

ATIVIDADE DE SALA (02) COLÉGIO PLÍNIO LEITE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS 2º Píd/2014 6º ANO ESCOLAR - ENSINO FUNDAMENTAL Nm: Pfss (): ATIVIDADE DE SALA (02) Tum: º: D: / / VALOR:... Mds ppss p suu d T Mus ds gs dés d suu d T bsvm-s m

Leia mais

DOS ANÉIS DE J.R.R. TOLKIEN. Thiago Destro R. Ferreira

DOS ANÉIS DE J.R.R. TOLKIEN. Thiago Destro R. Ferreira AVISO AO USUÁRIO A gzçã ubmã bh mgáf DUCERE Rpó Iu Uv F Ubâ f z âmb Pj Hgf pqu mgf gu m Hó UFU f EDITAL Nº 001/2016 PROGRAD/DIREN/UFU (hp//mgfhufuwpm) O pj v à gzçã gçã pbzçã mgf Cu Hó UFU qu fzm p v C

Leia mais

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos Tipo de entidade Rótulos de Linha 3 Ambulâncias 111 Serviço de Transporte de Doentes e Sinistrados, S.A. 03-CG-22 03-CG-23 03-CG-24 13-72-XQ 17-EM-31 19-IX-83 19-IX-86 24-EC-12 35-79-QP 35-CD-95 45-GQ-20

Leia mais

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO Segue abaixo dados das DDMs que mudaram para o PCASP, tanto as que mudaram de nome como as que mantiveram o mesmo nome. Para estas, os campos que serão excluídos (em 2015) estão em vermelho e os campos

Leia mais

(""!)*+,-+.)!"!%*+/+.+)+0*!%,-/)+/!*)! (1%2(+"/+/2+,-3".!2(+(/+/!/!/2+,-!!"!%44(!%*.!+%(4!)"(/+/! 4+/!("0+5+2/+/!/!(1%2(+"!!2% 6(+

(!)*+,-+.)!!%*+/+.+)+0*!%,-/)+/!*)! (1%2(+/+/2+,-3.!2(+(/+/!/!/2+,-!!!%44(!%*.!+%(4!)(/+/! 4+/!(0+5+2/+/!/!(1%2(+!!2% 6(+ !"# $!&"' (""!)*,-.)!"!*/.)0*!,-/)/!*)! (12("//2,-3".!2((//!/!/2,-!!"!44(!*.!(4!)"(//! 4/!("052//!/!(12("!!2 6( )(!*/)7)8!"")*)9(!:" ;;< ! /(2!6!)=! " # $$ &'()*, $-./0 $10 0- #2334 * &'()2, $-./0 $10

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

! "#" $ %&& ' ( )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36 " #89 : /&*&

! # $ %&& ' ( )%*)&&&& +,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36  #89 : /&*& ! "#" %&& ' )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) 3 4 5 6 7 36 " #89 : /&*& #" + " ;9" 9 E" " """

Leia mais

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR Níc PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR A Pó-R Pq Pó-Gçã PROPESP, públc p chc, REABERTURA cb pc Rchc Dpl c b x c b P N.º 0746/2016-GR/UFAM. PROPESP vlg çõ p c

Leia mais

A discricionariedade do poder de polícia administrativa e os limites impostos pelo critério da proporcionalidade a partir dos direitos fundamentais

A discricionariedade do poder de polícia administrativa e os limites impostos pelo critério da proporcionalidade a partir dos direitos fundamentais A p pl v l p pl é ppl p f Th y f v pl pw h l p by pply f h fl gh Ml Pl Whlk* P Fh pó: 2 fb 2015 Fh pó: 30 bl 2015 RESUMO 1 O g l p á çã públ x p pl vé é ppl f f. O bjv gl é bl âb plçã p á çã públ l lgl

Leia mais

CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619

CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619 CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 CRIADOR TELEFONE GAIOLA ANEL SEXO NOMENCLATURA VALOR OBS ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619 1 IB-105-40-13 FM CN OP AM MF IN 100,00 BANCO: 2 BB-3992-44-11

Leia mais

-789P $%#$#; 68QQ-789PLM $"0368QQ 9G $=(" #$ % $":+ L84889QM+ $/K % &# $$ " P+ % #")$ $#$

-789P $%#$#; 68QQ-789PLM $0368QQ 9G $=( #$ % $:+ L84889QM+ $/K % &# $$  P+ % #)$ $#$ 036O-789P -789P $#@2#$H"#@ $%#$#; $"0368QQ 68QQ-789PLM -789PLM 7P-8Q-789P! -789P! 9PA88R A88R 9G $=(" #@" #$ % $":+ L84889QM+ $/K % $#@#$ %# @"% &# $$ "3 954-789P+ % #")$ $#$ #$%#$#$%$=("#@"#$%$":G-+$"&

Leia mais

Messinki PUSERRUSLIITIN EM 10 MM PUSERRUSLIITIN EM 12 MM PUSERRUSLIITIN EM 15 MM PUSERRUSLIITIN EM 18 MM PUSERRUSLIITIN EM 22 MM

Messinki PUSERRUSLIITIN EM 10 MM PUSERRUSLIITIN EM 12 MM PUSERRUSLIITIN EM 15 MM PUSERRUSLIITIN EM 18 MM PUSERRUSLIITIN EM 22 MM Messinki Tuote LVI-numero Pikakoodi PUSERRUSLIITIN EM 1551002 XV87 PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM 35 MM 10X

Leia mais

PLR Por quê? d L i i q u e z b l d d R t i i e n a a e b d E i t a d d d P t i i ro u v a e é l l d B F t i R t u s c a e r n c a e p o e su a o

PLR Por quê? d L i i q u e z b l d d R t i i e n a a e b d E i t a d d d P t i i ro u v a e é l l d B F t i R t u s c a e r n c a e p o e su a o .. u p v g c C C O ) F h C I ( É, - p c c ç u u g w w p g c u F C I ã ) A U E ( C D h W k N f N h C F. z c v p ç p g u ) k M U ( E ã A M ) P S ( M P S E k M G p v h F C O ã b S Apc gc Agc Ag c R z O v

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Universidade. Você na

Universidade. Você na Jl Gâ zb 2015 N. 1 Vcê Uv Alé fl M 50% públc v E Mé c f v cl. Fl cçõ fc p fl é p chg à v. Pc l b q lé f pf v l cíc ccí pp p v. 2 Vcê Uv EXPEDIENTE Jl Vcê Uv Rçã Gclly D Eçã Gclly D Fgf Gclly D T f Gclly

Leia mais

SUMÁRIO TEMPERADO - 10MM BOX FRISADO...16

SUMÁRIO TEMPERADO - 10MM BOX FRISADO...16 SUMÁRIO TEMPERADO - 08MM... 8 TEMPERADO - 10MM... 11 STANDART - 08MM... 13 STANDART - 10MM... 14 BOX LISO...15 BOX FRISADO...16 GRADIL... 18 FACHADA CORTINA... 22 FACHADA OMEGA... 23 FACHADA PELE DE VIDRO

Leia mais

! " #! $! %! " & ' ( )!! " * + " *, %

!  #! $! %!  & ' ( )!!  * +  *, % ! " #! $! % "! &' ( )!! " * + " *, % ! " # $ %!"#$%#&'()%#*&+ *', #%!-").%",')/&%001 #2% '.32"!'.)%#%2'%%4"'&)'#.)* *.'*#' 2)%#&"'&)' *'!&%5'/65*#'& &*#78% 2*5#%#2)'29:* #;!')*

Leia mais

APROVADO EM INFARMED

APROVADO EM INFARMED L flh - C flh. P l. - C h ú, l é fê. - E f. Nã á-l : -lh jl q. COMPOSIÇÃO: C é: Czl - 200 Ex q.b.. - 1. Ebl 10, 20, 30 60 KETOMICOL - C Czl FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Kl - C 200 zl, çã l bl 20

Leia mais

do o de do Dn pr es i lha n har ac ord ad o... E co 1 0 uma

do o de do Dn pr es i lha n har ac ord ad o... E co 1 0 uma P R O P " E ) A D E DO C L U D L I T T E H A R I O S U MMARIO f ; õ E J ; õ E ; I \ ;; z Df < j ç f:t \ :f P ü Bz }? E CLOTIJ DE J x "? ú J f Lf P DI!; V: z z " I O PA F L ARÉNE S Pz: E:\H P HA RRC : A

Leia mais

ES. 61 ES. 62 ES. 63 ES. 64 ES. 65 ES. 70 ES. 71 ES. 72 ES. 73 ES. 80 ES. 81 ES. 82 ES. 83 ES. 84 ES. 106 ES. 105 PS. 55 PS. 54

ES. 61 ES. 62 ES. 63 ES. 64 ES. 65 ES. 70 ES. 71 ES. 72 ES. 73 ES. 80 ES. 81 ES. 82 ES. 83 ES. 84 ES. 106 ES. 105 PS. 55 PS. 54 2013 ES. 61 ES. 62 ES. 63 ES. 64 ES. 65 ES. 70 ES. 71 ES. 72 ES. 73 ES. 80 ES. 81 ES. 82 ES. 83 ES. 84 ES. 106 ES. 105 PS. 55 PS. 54 PS. 75 PS. 74 PS. 76 ES. 78 ES. 79 ES. 40 ES. 41 ES. 44 ES. 42 ES. 43

Leia mais

REGULAMENTO DE INSTALAÇÃO E FUNCIONAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS DE HOSPEDAGEM No u s o d a c o mp e t ê n c i a p r e v i s t a al í n e a v ) d o n. º 1 d o ar t i g o 64º d o De c r e t o -Le i n. º 1

Leia mais

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus da fuvest 009 ª fase - Matemática 08.0.009 MATEMÁTIA Q.0 Na figura ao lado, a reta r tem equação y x no plano cartesiano Oxy. Além dis so, os pontos 0,,, estão na reta r, sendo 0 = (0,). Os pontos A 0,

Leia mais

Diversão e cultura para a gurizada - Nº de outubro de é dia de comemorar

Diversão e cultura para a gurizada - Nº de outubro de é dia de comemorar Dvã l z - Nº 79-13 2013 AL I C E P S E EDIÇÃO á v ç é Pí, 13 2013.l.. 2 O f F çã jl O h çã E G Pv 15 Ró T C Cç f h ô çã ê lç l. Jé Alx Slv Jú, 8, E.M.E.F. Jã XXIII, Al Nv f v 7 8. Gl L, 10, GEO Tú, Jã

Leia mais

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197.

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197. Ferramentas Elétricas Ferramentas Ferragem EPI Agronegócio Hidráulica Elétrica Químicos e Impermeabilzantes Pintura ÍNDICE Por departamento / Seção EPI Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção

Leia mais

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&'

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&' ! " #$$# ! " #$$# %! ' () #' (( * + ), (# -. / 0# () -. 1 234 3 5 3 0' (0 -. 1 1 6$ (7-. 1 - - 6,!" # 8( #( - 1 80 ## -!+ 8, #) -. ') #0 -. 1 ', #0( -. '' #0# - ($$ #0) - ($# $!"% ($, )(-! 9 (#$ )#- %

Leia mais

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente:

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente: Gz b - 7 º b : J L : :h://bb/b/b-gh-6/h; :h://hh/06/87 : 6-J-07 8:4:05 çã Bb b õ çã çõ Bb h:///-/ f x f çõ q ç zçã z ) ) ç çã ç z q ) ) ) f zçã b q b ó x çã ó q fz- h b! Jã b b b b L _ L! L h fh b- ç q

Leia mais

Como Perder Barriga em Casa Abdômen Trincando

Como Perder Barriga em Casa Abdômen Trincando Cm P Bg m C Abôm Tc Cm P Bg m C m ávl? Exm 3 xcíc fíc p vcê qm á m bc Cm P Bg m C. Sã mpl fz z b l. Dfcl p p bg?( A clp ã é! ) Th l m 8 m m, m mé m cg, f m c! Cm P Bg m C, cm fz xcíc Agchm Af p, pc bç

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

UNIBR - FACULDADE SÃO SEBASTIÃO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2013 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA, LICENCIATURA BIOQUÍMICOS APLICADOS A EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIBR - FACULDADE SÃO SEBASTIÃO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2013 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA, LICENCIATURA BIOQUÍMICOS APLICADOS A EDUCAÇÃO FÍSICA B F B HÁ 203 : Ç FÍ, (*) s tividades omplementares realizarseão aos sábados de acordo com o alendário etivo 3/03/204 F Í B H B F B HÁ /204 Ç FÍ, /BH Ç FÍ HÁ ias da emana 2ª F 3ª F 4ª F 5ª F 6ª F ducação

Leia mais

01("%&2("&3",1("#$%&'()*"4(*,%)2"5)*6".*",1("7.*)*8.)2"4%)91"" )*:",1("4%.9.9"&3",1("#$%&;<&*("

01(%&2(&3,1(#$%&'()*4(*,%)25)*6.*,1(7.*)*8.)24%)91 )*:,1(4%.9.9&3,1(#$%&;<&*( #$%&'()*#+'(%,-((,.*/ 01(%&2(&3,1(#$%&'()*4(*,%)25)*6.*,1(7.*)*8.)24%)91 )*:,1(4%.9.9&3,1(#$%&;'%.2!?,1?@!!!#$%&'()*+,$-&./0,$-+/&+$)&$*'1$/'$)2($3*0($&3$)2($0+/4/4$ -)%.8)7%)*/)6.9 A.8&9B&$2)*,C)9D*9,.,$,(

Leia mais

Questionário sobre o Ensino de Leitura

Questionário sobre o Ensino de Leitura ANEXO 1 Questionário sobre o Ensino de Leitura 1. Sexo Masculino Feminino 2. Idade 3. Profissão 4. Ao trabalhar a leitura é melhor primeiro ensinar os fonemas (vogais, consoantes e ditongos), depois as

Leia mais

Minha vida está mudando.

Minha vida está mudando. U jt v vv. Mh v tá. Q á, z, t Q. 11 h t M é Alc b h l t g, c FLR DA IDAD. t ql. c l, ã, q é pcólg c z. l íc f tã é ã cêc Sb, t l t c é É, t, t b. h c M. g c p lh! t q h c Pq t, tbé c t j, q é, bc, á c.

Leia mais

n o m urd ne Hel e n o mis

n o m urd ne Hel e n o mis Em nosso cotidiano existem infinitas tarefas que uma criança autista não é capaz de realizar sozinha, mas irá torna-se capaz de realizar qualquer atividade, se alguém lhe der instruções, fizer uma demonstração

Leia mais

mhtml:file://c:\documents and Settings\cbeirao\Ambiente de trabalho\nova pasta\oprim...

mhtml:file://c:\documents and Settings\cbeirao\Ambiente de trabalho\nova pasta\oprim... Page 1 of 21 9:! " #$"%&'&"$( &)$) '$)& '&)&*&"("" ' $(($)+"&)) "$)$* $*,( )*-)' "&'./.-&)) $ ")#$0$' 1 2$$$".,&)$)'"3 #)) &"$' )$*, )+"/&)!*&45-'"3&.' " $*/'&$ 5&("&" './ ")&)&)'$' )+" ;

Leia mais

! "#$! % % " &' ()(* "#$! + ++! %,-. %/00%1! 2 2! 0,!

! #$! % %  &' ()(* #$! + ++! %,-. %/00%1! 2 2! 0,! ! "#$! % % " &' ()(* "#$! + ++! ++! %,-. %/00%! 2 2! 0,! %3 45 & "!! " # $% & '! "( #) * +, -.! / ( 0! 2 "3" 4"5 6&78" *467 *8900/06: $%6;% 68.6CA$

Leia mais

A CANTONEIRA ABAS IGUAIS PESO ( Kg ) Milimetro Polegada Barra 6 m A C A C CT-001 0,600 12,70 1,20 1/2" CT-005 0,740 15,87 1,20 5/8" CT-007 0,890 19,05 1,20 3/4" CT-015 0,790 25,40 0,90 1" CT-016 0,980

Leia mais

AVES DESCLASSIFICADAS CANÁRIOS DE COR

AVES DESCLASSIFICADAS CANÁRIOS DE COR CC001 852 Q FOB BB 0044 2107 06 0029 MANCHA(S) AMARELAS NA COR DE FUNDO VERMELHA CC001 6821 Q FOB FK 0289 0018 06 0030 CC001 11673 I FOB KA 0040 0078 06 0900 CC002 2286 Q FOB CE 0004 0230 06 0800 HARMONIA

Leia mais

Classificação Periódica dos Elementos

Classificação Periódica dos Elementos Classificação Periódica dos Elementos 1 2 3 1 Massa atômica relativa. A incerteza no último dígito é 1, exceto quando indicado entre parênteses. Os valores com * referemse Número Atômico 18 ao isótopo

Leia mais

! "!!"#$$ %#&'$"!&()#*+*,&*()%#-!*$%&%./&"*$%#$/&'*%*$*$*,0'$#!1#$$!#$%#'$&' 23%&%*!#%# 4-,&"*5 5-6#/! $! " % &'

! !!#$$ %#&'$!&()#*+*,&*()%#-!*$%&%./&*$%#$/&'*%*$*$*,0'$#!1#$$!#$%#'$&' 23%&%*!#%# 4-,&*5 5-6#/! $!  % &' ! "!!"#$$ %#&'$"!&()#+,&()%#-!$%&%./&"$%#$/&'%$$,0'$#!1#$$!#$%#'$&' 23%&%!#%# 4-,&"5 5-6#/ 55!#! $! " % &' (() 5$!7$ 55+, -%! %./ 555%$/!2#'/%##%&/!#$#!38&'$"!&()%$-!$%&%./&"$ 01-21-021314501-26-0213 555'$"!&()#'/!#9%$,&+!$&2!#$$$#%"02#'/()

Leia mais

B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 )

B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 ) B e n j a m i n C o n s t a n t B o t e l h o d e M a g a l h ã e s ( 1 8 3 6 / 1 8 9 1 ) B e n ja m i n C o n s t a n t, c o m o c o s t u m a s e r r e f e r i d o, é c o n s i d e r a d o c o m o o

Leia mais

ADICIONAL DE TITULARIDADE (AT)* ATIVO PLANO/CARREIRA NÍVEL ESCOLARIDADE CLASSE NÍVEL/

ADICIONAL DE TITULARIDADE (AT)* ATIVO PLANO/CARREIRA NÍVEL ESCOLARIDADE CLASSE NÍVEL/ TEL 1 - PODERES LEGISL E JUDICIÁRIO - DPU - MPU - EMPRESS ESTTIS DEPENDENTES D UNIÃO PESQUISDOR (PESQUIS E SUPERIOR Nível 1 P01 4.544,97 409,05 P01 4.691,26 422,21 P01C 4.842,31 435,81 P01D 4.998,26 449,84

Leia mais

MATEMÁTICA CADERNO 6 CURSO E FRENTE 1 ÁLGEBRA. n Módulo 24 Números Complexos. n Módulo 25 Potências Naturais de i e Forma Algébrica

MATEMÁTICA CADERNO 6 CURSO E FRENTE 1 ÁLGEBRA. n Módulo 24 Números Complexos. n Módulo 25 Potências Naturais de i e Forma Algébrica MATEMÁTICA CADERNO 6 CURSO E FRENTE ÁLGEBRA n Módulo 4 Números Complexos ) (5 + 7i) ( i) = 5 0i + i 4i = 5 + i + 4 = 9 + i ) f(z) = z z + f( i) = ( i) ( i) + = = i + i + i + = i ) x + (y )i = y 4 + xi,

Leia mais

QUADROS E ACESSORIOS

QUADROS E ACESSORIOS QUADROS E ACESSORIOS QUADROS BRANCO 50x70 cm ref. QN57 ref. QN68 70x125 cm ref. QN725 85x125 cm ref. QN825 90x150 cm ref. QN915 125x180 cm ref. QN1280 ref. QN1225 ref. QN1230 Moldura Aluminio Magnético

Leia mais

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re O dia do benquerer José Ricardo Moreira

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re O dia do benquerer José Ricardo Moreira S 1- Litt, Lit Rflxã 2- t O i bq Jé Ri Mi 1 Cpítl D pi q gt t, l té q é b lgl. Algé h q ã? Etã p: ã f l, é q vê ii h tt iç vz? E ã vl fl ft ivái, pi iç lá pi q bl b. Até vê, q tbé t q vlt p. T p big, é

Leia mais

Artigo Inicial: 4 Artigo I ("A Semente é a Palavra de Deus"): 9 Artigo II ("Alvo de Contradição"): 20 Artigo III ("Novo Adão e Nova Eva"): 26 Artigo

Artigo Inicial: 4 Artigo I (A Semente é a Palavra de Deus): 9 Artigo II (Alvo de Contradição): 20 Artigo III (Novo Adão e Nova Eva): 26 Artigo 1 !" #!#!$" %&''() 2 Artigo Inicial: 4 Artigo I ("A Semente é a Palavra de Deus"): 9 Artigo II ("Alvo de Contradição"): 20 Artigo III ("Novo Adão e Nova Eva"): 26 Artigo IV ("São José"): 37 Artigo V ("Corpo

Leia mais

dno 72.'-Número &sz-sabado 14 de lulho de ^ ?Wah da Emma Campeão das vaíacías, NP_ Publica-se aos 'sabadbs 'F3P "sab d?de

dno 72.'-Número &sz-sabado 14 de lulho de ^ ?Wah da Emma Campeão das vaíacías, NP_ Publica-se aos 'sabadbs 'F3P sab d?de 7Nú &zsb 93 GDTR Lããâ R 5 ^ z Pb bb 8Ê ü%% à 93? É?ê / 333 S bõ ) b F3P b? N59 J bã àlê @ z S5 Nã 5 ] ããããà b y3338% 359 7 b? Cã NP > â â ã & â ê Nú 8 5 BZZF G 85) B! bz 5 ó b ã > z z ó R à! P? z J Sb!

Leia mais

Gazeta de Coimbra , 2º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente:

Gazeta de Coimbra , 2º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente: Gz Cb - 95 º Pb J R URL URh//bgb/b/UCB-GHC-69/h URh//hh/036/9 7--07 44500 vgçã g í Bb Dg UC Dg UC Pb UC õ çã v Cçõ U Bb Dg ív h//g/-/ Cf x f Cçõ U g í q ç vá zçã v z () () ç P çã ç z é g q g () í() g()

Leia mais

M/44000/M. Cilindro sem Haste LINTRA Êmbolo Magnético Dupla Ação Ø 25 a 40 mm

M/44000/M. Cilindro sem Haste LINTRA Êmbolo Magnético Dupla Ação Ø 25 a 40 mm N_en 6_007_M_44000_M(BR):N_en 6_007_M44000M 2/3/0 2:34 PM Page M/44000/M Cilindro sem Haste LINTRA Êmbolo Magnético Dupla Ação Ø 25 a 40 mm Novo desenho, economiza espaço Sistema de vedação confiável Montagem

Leia mais

* +,,- 5%67. 5%5%8 # ! " #$ %& ' %( ) .

* +,,- 5%67.  5%5%8 # !  #$ %& ' %( ) . http://indicadores.ethos.org.br/relatorioexternodiagnostico.aspx?id=1,2,,4,&ano=2007&questionari... Página 1 de 2 " # & ' "# * +,,-. * ' * //0 /1 2 &* '4/*5 / * / 1& &'56 ' &* 4/ &'*5 * 4 /*1 4' '4' &

Leia mais

INDICE EDITORIAL... 2

INDICE EDITORIAL... 2 INDICE EDITORIAL... 2 MATÉRIA DE CAPA... 3 Nietzsche - Vida e obra... 3 Investidas contra o Deus moral obsessivo... 4 Entrevista com Paul Valadier... 4 Buscando o critério de avaliação das avaliações...

Leia mais

A CANTONEIRA ABAS IGUAIS PESO ( Kg ) Milimetro Polegada Barra 6 m A C A C CT-001 0,600 12,70 1,20 1/2" CT-005 0,740 15,87 1,20 5/8" CT-007 0,890 19,05 1,20 3/4" CT-015 0,790 25,40 0,90 1" CT-016 0,980

Leia mais

Quero um Novo Lar پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 0 پ0 0 پ0 3پ0 0 پ0 3 پ0 0

Quero um Novo Lar پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 3 پ0 0 پ0 0 پ0 3پ0 0 پ0 3 پ0 0 1 3 پ0 7 _ پ0 7 _ پ0 7 _ & 4 7 A. ز E 7 1 j j پ0گ7? 4 n #_ n _ L? Mi - nha ca -sa e -ra ve - ha nپ0ٹ0o po - di - a su - por - tar پ0ˆ7. _ eu me 4 پ0 7 پ0 8 & E 7 G 6 /A A _.. nnn_ n پ0ˆ7_ j j j j G j پ0گ7

Leia mais

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10

Resolução de Matemática da Prova Objetiva FGV Administração - 06-06-10 QUESTÃO 1 VESTIBULAR FGV 010 JUNHO/010 RESOLUÇÃO DAS 15 QUESTÕES DE MATEMÁTICA DA PROVA DA MANHÃ MÓDULO OBJETIVO PROVA TIPO A O mon i tor de um note book tem formato retangular com a di ag o nal medindo

Leia mais

!"# $% & '(!)% $# $*)%+,& #-.%#(# #(# #. %/$#0 *. #"(*$& #12 &-%(3-!& $# 2-&4#(&" %2-&5%$&" 2# &!!"(6-!& $% %/$#!& $# %#!-& #7#.

!# $% & '(!)% $# $*)%+,& #-.%#(# #(# #. %/$#0 *. #(*$& #12 &-%(3-!& $# 2-&4#(& %2-&5%$& 2# &!!(6-!& $% %/$#!& $# %#!-& #7#. RELATÓRIO FINAL !"# $% & '(!)% $# $*)%+,& #-.%#(# #(# #. %/$#0 *. #"(*$& #12 &-%(3-!& $# 2-&4#(&" %2-&5%$&" 2# &!!"(6-!& $% %/$#!& $# %#!-& #7#.8-&9 :;;< 5 -=%!7%+,&0 "(%+,& $# -%8% >& 8"#-5%(3-!& $&"

Leia mais

Pacote Brasil - 15/15 A3 Sportback 1.4 TFSI (8VAABG + PX4)

Pacote Brasil - 15/15 A3 Sportback 1.4 TFSI (8VAABG + PX4) A3 Sportback 1.4 TFSI (8VAABG + PX4) 2PG Volante em design 4 raios 6FA Capa do espelho retrovisor externo na cor do veículo 8RM Alto falantes 6XC Espelhos retrovisores ext. eletricamente ajustáveis I8D

Leia mais

Processos de Usinagem. Aula Forças, pressão específica e potência de corte -

Processos de Usinagem. Aula Forças, pressão específica e potência de corte - Aula 10 - Forças, pressão específica e potência de corte - Conseqüências dos Esforços na Ferramenta Cavaco,f Peça,n Ferramenta Atrito Forca Movimento relativo Calor Desgaste Material peça / material ferramenta

Leia mais

MARÍTIMA SUPER EMPRESARIAL CONDIÇÕES GERAIS

MARÍTIMA SUPER EMPRESARIAL CONDIÇÕES GERAIS MRÍTIM SPER EMPRESRIL CONDIÇÕES GERIS " $ " % & " ( $,( $ (.,(. " " " " / " % 0,,,, / 0 2 " " % & / & 0 " 5 6 7 5 8 9 2 : ; 2 8 ; % ( % % 2 " 2 2? 5 ".: @ //5 (.,(.

Leia mais

Geometria Plana II - Respostas

Geometria Plana II - Respostas Geometri Pln II - Resosts Ensino de qulidde, qunto ntes, melor 01 Sej M o onto médio de DE, então BM é medin reltiv à iotenus do triângulo BDE Logo B DM ME BM Como BM é isóseles, temos que MB ˆ lém disso,

Leia mais

Operação Urbana Consorciada Água Espraiada. Diretoria de Desenvolvimento e Intervenções Urbanas Agosto 2007

Operação Urbana Consorciada Água Espraiada. Diretoria de Desenvolvimento e Intervenções Urbanas Agosto 2007 peração rbana onsorciada Água spraiada iretoria de esenvolvimento e ntervenções rbanas gosto 2007 peração rbana onsorciada Água spraiada istórico peração rbana onsorciada Água spraiada foi registrada na

Leia mais

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30 Reles de Monitoramento de Corrente SIRIUS Os reles de monitoramento de corrente supervisionam não apenas os motores ou outras cargas, mas adicionam facilidades para o monitoramento da corrente ideal do

Leia mais

Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto

Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto Cu A f ê glblz fçã pu u f hv u p. v ég p pl, vé pç fl pu, qul pp vçã uz. O Hj Tp P v é á v v pê âb gh lg pu u fz ppçã qu. P v u f é á lz p u l up à ê, u p p. Só é pívl l lv u v vlv pê ful à gh pu. Qul

Leia mais

Pessoas que nunca mais acabam

Pessoas que nunca mais acabam V A VOA Pmv 2016 N.º 6 An qm q vn v 1 bp.p A v C b P P q nn m bm Gn mn,, áb, mn Içã Bn p. Cv C P! - já v In mçõ M n n n J p mn Mqn n mí mn À Bn p. v núm 8 1 Oá En p q 4 Um nm NOVE p Um p p p 2 Mqn n mí

Leia mais

Resenhas. VIII Inverno HARDCORE. August BURNS Red Leveler (2011) SURVIVE TRINO. Evora (2009) Destroy And Revolutionize (2011)

Resenhas. VIII Inverno HARDCORE. August BURNS Red Leveler (2011) SURVIVE TRINO. Evora (2009) Destroy And Revolutionize (2011) l E f fl. v g. g g vg l á bé çõ v gg l x. à O v. f à l h çõ ç B E g j f q q é fz D N v D v ç l. D h. G lg v z C g í lv fé f l f P à l R l. g j l fl Já - g. S gé g ç v -l fz fé ví g gg. L. v D. A bl g z

Leia mais