Manual Operacional Preparação da retaguarda

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual Operacional Preparação da retaguarda"

Transcrição

1 Preparação da retaguarda

2 Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio gráfico, eletrônico, ou mecânico, incluindo fotocópias, fotos ou sistemas de armazenamento e recuperação de dados - sem a autorização prévia do Grupo Linx. Todas as precauções foram tomadas na preparação deste documento, no entanto, o Grupo Linx não assume nenhuma responsabilidade por erros ou omissões, ou problemas resultantes do uso das informações contidas neste documento ou provenientes da utilização dos programas que o acompanham. Impresso: julho 2008 em São Paulo - Brasil. Grupo Linx R. Aurélia, 628 Vila Romana São Paulo - SP Tel.:

3 3 Conteúdo Bem-vindo Configurações... no Visual Linx Módulo Fornecedores... Módulo Fornecedores... Módulo Clientes... Módulo Clientes... Módulo Filiais... Módulo Filiais... Módulo Lojas... Módulo Lojas... Módulo Produto... Acabado Módulo Produto... Acabado Módulo Clientes... Varejo Módulo Clientes... Varejo Módulo Contas... a Receber Módulo Contas... a Receber Compatibilidade Compatibilidade entre produtos Sincronização dos dados Datasync Retail Datasync Franchising Processos Configuração... de código de barras Trânsito de mercadorias Crediário Vale-produto Nota fiscal Legislação pertinente Convênio ICMS 85 Índice 75

4

5 Bem-vindo

6

7 Bem-vindo Configurações Módulo Fornecedores Processos Configuração de Cód. Barras Módulo Clientes Trânsito de Mercadorias 7 Operações Legislação Pertinente Compatibilidade versões Retaguarda x Loja Módulo Filiais Crediário Módulo Lojas Vale-produto Módulo Produtos Acabados Módulo Clientes Varejo Módulo Contas a Receber Nota Fiscal Programa de Fidelidade Sincronização dos Dados

8

9

10

11 11 para a Frente de Loja A preparação da retaguarda é o pré-requisito fundamental para a operação das lojas que utilizam os módulos LinxPOS, LinxPOS Manager, LinxPOWS e LinxPOWS Manager. Este documento tem como objetivo citar os cadastros básicos, tabelas de apoio e procedimentos necessários na retaguarda para que os módulos de Frente de Loja operem corretamente. Importante: As informações deste documento referem-se à versão da Retaguarda ou superior. Para verificar as compatibilidades entre os produtos Frente de Loja x Retaguarda, consulte o tópico Compatibilidade. Configurações necessárias Fornecedores Clientes Filiais Lojas Produto Acabado Clientes Varejo Contas a Receber Sincronização dos dados Datasync Retail Datasync Franchising Legislação pertinente Convênio ICMS 85 Processos Trânsito de mercadorias Crediário Vale-produto Nota fiscal

12 12 Configurações no Visual Linx A configuração principal para a utilização dos módulos de Frente de Loja acontece na Retaguarda, por meio do Visual Linx, em que é necessário revisar os cadastros e as tabelas de apoio relacionadas. Para facilitar o entendimento, o processo de configuração está dividido em módulos, de acordo com a seqüência de parametrização necessária, da seguinte forma: Módulo Fornecedores Módulo Clientes Módulo Filiais Módulo Lojas Módulo Produto Acabado Módulo Clientes Varejo Módulo Contas a Receber

13 13 Fornecedores Para que seja possível configurar o módulo Filiais a fim de preparar a retaguarda para receber os dados da loja, é necessário realizar a seqüência de parametrização no módulo Fornecedores. O principal objetivo desta parametrização é permitir a cópia das informações da filial de retaguarda para a criação de um fornecedor com os mesmos dados. Esta configuração terá impacto na geração de impostos das operações de transferência de mercadorias entre a retaguarda e a loja. Tabelas de apoio Todas as tabelas de apoio do módulo devem estar devidamente preenchidas. É necessário revisar os dados informados e incluir novos registros para permitir a realização de processos na loja. Confira a seguir, as tabelas de apoio que devem ser revisadas no módulo Fornecedores para possibilitar o envio das informações à loja Tipos de Fornecedores Os tipos de fornecedores são definidos com a finalidade de classificar os registros. Quando a empresa fabrica produtos, é necessário cadastrar um tipo específico que classifique a filial de retaguarda como fornecedor de mercadorias para a filial loja, tornando possível a transferência de produtos entre as duas filiais. Procedimentos para incluir um tipo de fornecedor 1. Selecione a tela Tipo de Fornecedores. 2. Inclua o tipo de fornecedor 'Vendas' para classificar a filial retaguarda como fornecedor. 3. Clique no botão Salvar (F4) Subtipos de Fornecedores Para cada tipo de fornecedor cadastrado no sistema, é necessário cadastrar também subtipos que serão utilizados para uma classificação mais específica dos registros. Procedimentos para incluir um subtipo de fornecedor 1. Selecione a tela Subtipos de Fornecedores. 2. Pesquise o tipo de fornecedor e inclua o subtipo de acordo com o exemplo a seguir: Tipo de Fornecedor Vendas Subtipos de Fornecedor 1. Atacado 2. Varejo 3. Clique no botão Salvar (F4) Condições de Pagamento para Compras e Entradas Nesta tela devem ser cadastradas todas fornecedores. as condições de pagamento oferecidas pelos

14 14 Procedimentos para incluir condições de pagamento para compras e entradas 1. Selecione a tela Condições de Pagamento para Compras e Entradas. 2. Inclua o novo registro conforme exemplo a seguir: Código 01 Descrição A vista Tipo Vista Nº dias 1 % 100 Parcela 1 3. Clique no botão Salvar (F4) Bancos O sistema traz o cadastro de bancos por padrão, mas é necessário verificar se estão contemplados todos os bancos que serão utilizados pela empresa. Esta tela também é apresentada nos módulos: Fornecedores, Clientes, Contas a Receber, Contas a Pagar. É possível vincular as agências bancárias utilizadas pela empresa aos bancos cadastrados. Procedimentos para vincular uma agência bancária ao cadastro de bancos 1. Selecione a tela Bancos. 2. Pesquise o banco Bradesco (por exemplo). 3. Altere e inclua as informações conforme exemplo a seguir: Agência 3040 Nome da agência Bradesco Lapa Endereço Rua Clélia 1700 Bairro Lapa Cidade São Paulo UF SP CEP DDD 11 Telefone Contato Gerente País Brasil DDI Clique no botão Salvar (F4) Moedas O cadastro padrão de moedas também é apresentado nos módulos Clientes, Filiais e Produtos Acabados, além de outros módulos que possuem rotinas financeiras. É necessário verificar se os cadastros contemplam todos os tipos de moedas utilizadas nas transações realizadas pela empresa.

15 15 Procedimentos para verificar o cadastro de moedas 1. Selecione a tela Moedas. 2. Pesquise o todos os registros e observe as informações apresentadas. 3. As moedas R$ e US$ já vem cadastradas por padrão do sistema, mas é possível alterar as informações. 4. Se necessário, altere o registro conforme exemplo a seguir: Nome Real Nome Plural Reais Fração Centavo Fração Plural Centavos 5. Clique no botão Salvar (F4) Transportadoras O cadastro de transportadoras deve contemplar todas as empresas e formas de transporte utilizadas para transferência de mercadorias entre a retaguarda e a loja. Procedimentos para verificar o cadastro de transportadoras 1. Selecione a tela Transportadoras. 2. Pesquise o todos os registros e observe as informações apresentadas. Parâmetros do Módulo Os parâmetros do módulo Fornecedores definirão informações padrão a serem utilizadas nos cadastros realizados, e devem ser previamente configurados conforme a política comercial da empresa. A seguir, apenas serão abordados os parâmetros que influenciarão no fluxo de configurações para o correto funcionamento do LinxPOS Parâmetros do Módulo Os parâmetros devem ser configurados no menu Tabela de Apoio do módulo Fornecedores, opção Parâmetros do Módulo. Procedimentos para configuração dos parâmetros 1. No menu Tabelas de apoio, abra a tela Parâmetros do Módulo. 2. Revise e altere, se necessário, os parâmetros de acordo com a tabela: Parâmetro Descrição Valor COND_PGTO_PADRAO Define a condição de pagamento padrão para compras e entradas. Informe uma das condições de pagamento cadastradas. PJ_PF_PADRAO Se SIM verdadeiro, traz marcado o

16 16 checkbox que indica o cadastro de pessoa jurídica. TIPO_FORNEC_PADRAO Define o tipo de fornecedor padrão na criação de um registro. VENDAS VALIDA_CGC Verifica se a informação CGC está preenchida corretamente no cadastro. SIM VALIDA_INSC_EST Verifica se a informação 'Inscrição estadual' está preenchida corretamente no cadastro NAO 3. Clique no botão Salvar (F4).

17 17 Clientes Antes de efetuar as configurações no módulo Filiais, é necessário ainda configurar os dados do módulo Clientes a fim de estabelecer padrões para a geração de registros. Esta parametrização permite a cópia das informações da filial de loja para a criação de um cliente atacado com os mesmos dados. Esta configuração também terá impacto na geração de impostos das operações de transferência de mercadorias entre a retaguarda e a loja. Tabelas de apoio As tabelas de apoio devem ser revisadas e cadastradas se necessário, para permitir o correto funcionamento do módulo, bem como a troca de informações entre a retaguarda e a loja. Todas as tabelas devem estar corretamente preenchidas. A seguir, serão abordadas apenas as tabelas de apoio que influenciam diretamente no envio das informações à loja Tipos de Clientes Os tipos de clientes, assim como os tipos de fornecedores, têm a finalidade de classificar os registros. Quando a empresa fabrica produtos, é necessário cadastrar um tipo específico que classifique a filial loja como cliente atacado, tornando possível a transferência de produtos com a filial de retaguarda. Procedimentos para incluir um tipo de cliente atacado 1. Selecione a tela Tipos de Clientes. 2. Inclua um tipo de cliente, conforme exemplo a seguir: Tipo de Cliente Lojas varejo 3. Clique no botão Salvar (F4) Tipos de Bloqueios para Clientes Os tipos de bloqueios para clientes identificam situações em que o cliente atacado é proibido de realizar suas compras, de acordo com as regras estabelecidas pela política comercial da empresa. É necessário revisar esta tabela de apoio e, se necessário, incluir um novo registro. Procedimentos para incluir um tipo de bloqueio para cliente atacado 1. Selecione a tela Tipos de Bloqueios para Clientes. 2. Inclua um tipo de bloqueio para cliente, conforme exemplo a seguir: Tipo de bloqueio para Cliente Financeiro 3. Marque o checkbox Bloqueia crédito. 4. Clique no botão Salvar (F4) Pontualidade para Clientes A pontualidade para clientes auxilia na classificação dos registros. Os dados desta tela já vêm por padrão do sistema, mas é necessário revisá-los.

18 18 Procedimentos para alterar um tipo de pontualidade para cliente atacado 1. Selecione a tela Pontualidade para Clientes. 2. Altere o tipo de pontualidade, conforme exemplo a seguir: Pontualidade Atrasa muito Peso 4 Maior atraso 20 Frequência 3 3. Clique no botão Salvar (F4) Condições de Pagamento para Vendas Nesta tela devem ser cadastradas condições de pagamento que serão utilizadas nas vendas aos clientes atacado. Procedimentos para incluir condições de pagamento para vendas 1. Selecione a tela Condições de Pagamento para Vendas. 2. Inclua uma nova condição de pagamento, conforme exemplo a seguir: Código 002 Descrição A vista Tipo Vista Condição de Pagamento Compra A vista Nº de parcelas 1 Parcela 1 Tipo documento Duplicatas Tipo pagamento Duplicatas Importante: O tipo de documento é associado automaticamente ao tipo de pagamento correspondente ao clicar no botão Salvar (F4). Para que isso aconteça, é necessário que as informações estejam devidamente cadastradas na tela Tipo de Documento, no módulo Contas a Receber. 3. Clique no botão Salvar (F4) Conceitos de Clientes Os clientes atacado podem ser classificados de acordo com conceitos definidos pelas políticas comerciais da empresa. Os dados desta tela já vêm por padrão do sistema, mas podem ser alterados caso seja necessário. Procedimentos para incluir um novo conceito de clientes 1. Selecione a tela Conceitos de Clientes.

19 19 2. Inclua o novo conceito de clientes conforme a tabela: Conceito Muito bom Peso 1 3. Clique no botão Salvar (F4). Parâmetros do Módulo Os parâmetros do módulo Clientes definirão informações padrão a serem utilizadas nos cadastros realizados. É necessário que todas as informações apresentadas nesta tela sejam revisadas e configuradas de acordo com a política comercial da empresa usuária Linx. A seguir, apenas serão abordados os parâmetros que influenciarão no fluxo de configurações para o correto funcionamento do LinxPOS Parâmetros do Módulo Os parâmetros devem ser configurados no menu Tabela de Apoio do módulo Clientes, opção Parâmetros do Módulo. Procedimentos para configuração dos parâmetros 1. No menu Tabelas de apoio, abra a tela Parâmetros do Módulo. 2. Revise e altere, se necessário, os parâmetros de acordo com a tabela: Parâmetro Descrição Valor de no Informe um dos conceitos de clientes que foi cadastrado. CONCEITO_CLI_ATAC_PADRAO Define o conceito padrão cliente que será informado cadastro. PONTUAL_CLI_ATAC_PADRAO Estabelece a pontualidade padrão de cliente que será informado no cadastro. Informe um dos cadastros de pontualidade. TIPO_CLI_ATAC_PADRAO Define o tipo padrão de cliente que será informado no cadastro. LOJAS 3. Clique no botão Salvar (F4).

20 20 Filiais Após as configurações realizadas nos módulos Fornecedores e Clientes, é possível realizar uma das parametrizações mais importantes para a preparação da retaguarda: a configuração do módulo Filiais. Esta configuração terá impacto na geração de impostos nas operações de transferência de mercadorias entre a retaguarda e a loja. Tabelas de apoio As tabelas de apoio contém informações relevantes que são utilizadas como base e apoio para a realização de cadastros no sistema. É necessário revisar os dados informados e incluir novos registros para permitir a realização de processos na loja. Todas as tabelas de apoio do módulo devem estar corretamente preenchidas. A seguir, serão abordadas apenas as tabelas de apoio que influenciam no envio de informações da retaguarda à loja. As configurações de operação da loja são iniciadas pelo Cadastro de Filiais. É importante que as informações estejam completas e que sejam devidamente revisadas Tipos de Filiais Os tipos de filiais funcionam como classificadores de registros, permitindo identificar as filiais de acordo com as suas operações. Para os processos de loja, é necessário que os tipos de filiais Matriz e Loja Varejo estejam cadastrados. Procedimentos para incluir um tipo de filial 1. Selecione a tela Tipo de Filiais. 2. Inclua um tipo de filial, conforme exemplo a seguir: Tipo de Filial Loja varejo 3. Clique no botão Salvar (F4) Tabela de Países A Tabela de países deve conter os cadastros de todos os países que a empresa mantêm relação de importação e exportação. Esta tela aparece nos módulos Filiais, Clientes, Fornecedores e Representantes. Procedimentos para incluir um registro na tabela de países 1. Selecione a tela Tabela de Países. 2. Inclua um novo registro, conforme exemplo a seguir: País Brasil Moeda R$ DDI Os campos Cód. País e Bloco Econômico não são de preenchimento obrigatório. 4. Clique no botão Salvar (F4) Regiões de Venda

21 21 É possível classificar as lojas em diversas regiões de venda para envio diferenciado de produtos. A distribuição dos produtos para as lojas será feita pelo sistema de acordo com as informações cadastradas nesta tela, portanto, os cadastros devem contemplar todas as regiões atendidas pela empresa. Procedimentos para incluir uma região de vendas 1. Selecione a tela Regiões de Venda. 2. Inclua um novo registro, conforme exemplo a seguir: Código Região 02 Região São Paulo Capital Peso 1 Macro Região São Paulo Nível Região 1 3. Clique no botão Salvar (F4) Referência Cruzada UF x ICMS Nesta tela são apresentadas as diferentes alíquotas de ICMS para entrada e saída de mercadorias em cada estado. Os dados informados já vem por padrão do sistema. É necessário verificar se as informações estão de acordo com as alíquotas vigentes para cada estado. Procedimentos pesquisar a alíquota de ICMS no sistema 1. Selecione a tela Referência Cruzada UF x ICMS. 2. Utilize o botão Procura Registros (F12) para pesquisa. 3. Navegue entre os registros pesquisados e verifique se as informações estão corretas Rede de Lojas A empresa pode atuar em diversos segmentos de mercado, possuindo lojas diferenciadas. Nesta tela, é possível cadastrar redes de lojas que identifiquem todos os ramos de atuação da empresa. Procedimentos para cadastrar uma rede de lojas 1. Selecione a tela Rede de Lojas. 2. Inclua um novo registro, conforme exemplo a seguir: Rede de Lojas 02 Griffe ABC Loja ABC 3. Ao clicar com o botão direito do mouse sobre o campo Griffe, o sistema preenche automaticamente os campos correspondentes de acordo com as informações cadastradas na tela Griffes de Produtos Acabados. 4. Clique no botão Salvar (F4). A nova rede de lojas foi cadastrada no sistema. Agora é possível informá-la para diferenciar as filiais cadastradas Estoque Ideal p/ Distribuição p/ Lojas

22 22 Nesta tela é possível definir grades mínimas de estoque de produtos para envio às lojas. Esta tela também consta nos módulos Expedição e Planejamento de Varejo. Os dados cadastrados influenciarão na distribuição dos produtos para as lojas. Procedimentos para cadastrar uma grade de estoque ideal para distribuição 1. Selecione a tela Estoque Ideal p/ Distribuição p/ Lojas. 2. Inclua um novo registro, conforme exemplo a seguir: Tipo 0001 Estoque ideal 3. Na página Filtros, clique no botão Inclusão de itens para incluir os itens do estoque na página Itens. 4. Defina as quantidades ideais em estoque e a variação mínima para cada produto na página Itens. 5. Clique no botão Salvar (F4). A nova definição de estoque atual foi cadastrada no sistema. Esta informação terá impacto na distribuição dos produtos para as lojas no módulo Planejamento de Varejo Cadastro de Empresas A empresa pode escolher trabalhar com o conceito multi-empresas e cadastrar essas informações nesta tela. É necessário ter pelo menos uma empresa cadastrada, mesmo que o conceito não se aplique à política comercial adotada. Procedimentos para efetuar o cadastro de empresas 1. Selecione a tela Cadastro de Empresas. 2. Inclua um novo registro, conforme exemplo a seguir: Empresa 01 Empresa 3. Ao clicar com o botão direito do mouse no campo Código Filial, o sistema já sugere as filiais cadastradas e preenche as informações complementares. 4. Inclua as filiais de matriz e loja cadastradas. 5. Clique no botão Salvar (F4). Cadastro de filiais - Parâmetros do módulo Assim como as tabelas de apoio, é necessário que todos os parâmetros do módulo Filiais estejam devidamente configurados conforme a política comercial de cada empresa. Nesta etapa, serão abordados apenas os parâmetros que influenciam diretamente na troca de informações entre a retaguarda e a loja. Os principais parâmetros deste módulo devem ser definidos na tela de cadastro de filiais ( Filiais) ao incluir o registro de uma filial loja no sistema. Atenção: É necessário que as lojas sejam cadastradas como filiais para garantir o controle fiscal e contábil pela retaguarda.

23 23 A seguir, observe a parametrização das filiais loja Filiais Procedimentos para configurar uma filial loja 1. Selecione a tela Filiais. 2. Pesquise o registro da filial loja. 3. Na página outras informações, observe a configuração dos seguintes dados: Não gerar entrada automática para faturamentos e transferências. Marcado Indica se a retaguarda e a loja irão trabalhar com trânsito de mercadorias, gerando ou não entrada automática dos produtos estoque da loja assim que forem expedidos pela retaguarda. Quando desmarcado, gera entrada automática dos produtos no estoque da loja. Permite que a loja realize ou não, vendas quando o estoque estiver negativo no sistema. Permite estoque negativo para esta filial. Desmarcado Quando marcado, permite que a filial loja trabalhe com estoque negativo, o que significa poder realizar vendas, mesmo quando os produtos não constam no estoque do sistema. Quando desmarcado, não permite que a filial trabalhe com estoque negativo, portanto, é obrigatória a realização de entradas de mercadoria no estoque. Venda Produto Marcado Controla as vendas efetuadas pela filial. Estoque Produto Marcado Controla o estoque de produtos da filial cadastrada. Loja Varejo Marcado Controla varejo. a filial de como produto uma loja 4. Se necessário, altere as seguintes informações: Tipo de Filial Loja varejo Rede de Lojas 01 - Linx 5. Clique no botão Salvar (F4). Transformando filiais Para integração e transferência de mercadorias entre a retaguarda e a loja, é necessário copiar os cadastros para criar um fornecedor e um cliente atacado, respectivamente. Nesta etapa, os módulos Fornecedores e Clientes já devem estar previamente configurados para permitir as novas configurações. Estas parametrizações possibilitam a correta geração de impostos nas operações de transferência de mercadorias.

24 24 Transformando a filial de retaguarda em fornecedor Para que a filial de retaguarda possa enviar os produtos produzidos às filiais loja, é necessário criar um cadastro de fornecedor com os mesmos dados cadastrais utilizados no registro de filial. As informações que foram configuradas no módulo Fornecedores permitem a cópia dos dados da filial para criar o registro da filial como um fornecedor. Como transformar a filial de retaguarda em fornecedor 1. Selecione a tela Filiais. 2. Pesquise o registro da filial de retaguarda. 3. Altere e marque o checkbox Fornecedor. 4. Clique no botão Salvar (F4). Transformando a filial loja em cliente Para que a filial loja possa receber os produtos enviados pela retaguarda, é necessário criar um cadastro de cliente atacado com os mesmos dados cadastrais utilizados no registro de filial. As informações que foram configuradas no módulo Clientes permitem a cópia dos dados da filial para criar o registro da filial como um cliente. Procedimentos para transformar a filial loja em cliente atacado 1. Selecione a tela Filiais. 2. Pesquise o registro da filial loja. 3. Altere e marque o checkbox Cliente atacado. 4. Clique no botão Salvar (F4).

25 25 Lojas O módulo Lojas concentra as configurações mais importantes para o funcionamento do LinxPOS. É neste módulo que devem ser cadastradas as lojas varejo, os vendedores e todas as informações referentes às atividades que serão realizadas na loja. Veja, a seguir, as tabelas de apoio, campos obrigatórios e outros procedimentos necessários para o cadastro de Lojas. Tabelas de Apoio a serem cadastradas Tipos de Entradas e Saídas da Loja: Esta informação será utilizada na Frente de Loja no momento das entradas e saídas de mercadorias do estoque, bem como nos processos de consignação no LinxPOWS. É necessário cadastrar tipos que identifiquem as entradas e saídas de produtos da loja, para controle gerencial Tipos de Movimentação do caixa da loja: Esta informação será utilizada na movimentação do Caixa da Loja. O sistema já traz por padrão alguns tipos de movimentação de caixa, mas é possível incluir novos tipos de acordo com as necessidades da loja Tipos de reserva: Quando o produto é reservado na loja ou retirado para uso consignado, é possível indicar o tipo da reserva que foi feita, para controle gerencial. Os tipos de reservas devem ser cadastrados de acordo com a política comercial da empresa. Esta informação será apresentada no momento da reserva ou consignação no LinxPOS Manager Faixa de classificação fiscal para ICMS - Lojas: Deve ser cadastrada toda faixa de classificação fiscal que tenha alíquota de ICMS diferenciada no momento da impressão do Cupom Fiscal. As alíquotas de ICMS são diferentes para cada estado, e é possível definir faixas de classificação fiscal diferentes para cada filial loja, variando conforme o estado Motivos de cancelamentos de Venda: Devem ser informados os motivos de cancelamento no frente de loja. Utilizado somente pelo Linx POS. Parâmetros do módulo Os parâmetros do módulo Lojas devem ser configurados de acordo com as informações cadastradas nas tabelas de apoio, a fim de estabelecer alguns dados padrão no cadastramento de uma loja. É necessário que eles sejam previamente configurados conforme a política comercial da empresa. A seguir, serão abordados apenas os parâmetros que influenciam diretamente no funcionamento do LinxPOS. Os parâmetros do módulo Lojas estão disponíveis no menu Tabelas de Apoio/Tela Parâmetros do módulo. Parâmetro Descrição Valor TABELA_PREÇO_CUSTO Estabelece a tabela de preço de custo padrão que será utilizada. 01 TIPO_ENTRADA_LOJA Estabelece o tipo padrão de entrada de produtos. 02 Cadastros Cadastro de vendedores de lojas varejo - Tela É necessário que exista pelo menos um vendedor cadastrado para que seja possível realizar as operações na loja.

26 26 Operar caixa O acesso é restrito apenas ao uso do LinxPOS. Acesso Gerencial O acesso é para o LinxPOS e LinxPOS Manager Pode ser gerente da loja Terá acesso de gerente com permissão de: desconto, cancelamento, etc. Formas de pagamento de Lojas varejo - Tela Todas as formas de pagamento utilizadas pela loja devem ser cadastradas e configuradas de acordo com a política comercial da empresa, tornando possível a realização das atividades na loja. Informe: Descrição da forma de pagamento. Código (não é automático). Permite alterar na venda: Se marcado, a loja pode alterar data e tipo de pagamento. Importante: Informe de acordo com a descrição da forma de pagamento, qual o tipo de pagamento, porcentagem e vencimento. Os tipos de pagamento a seguir devem ser observados: I Cartão Crédito PDV Deve-se criar uma forma de pagamento Cartão de Crédito, indicando este tipo de pagamento quando for utilizar o TEF. K Cartão de Débito PDV - Deve-se criar uma forma de pagamento Cartão de Débito, indicando este tipo de pagamento quando for utilizar o TEF. Cadastro de Natureza de Operações de Lojas - Tela As naturezas de operação são utilizadas para identificar operações fiscais de entrada e saída de produtos dentro do sistema. É necessário cadastrar naturezas de operação que identifiquem os procedimentos na loja, como venda, troca e devolução. Exemplo de cadastro de natureza de operação de Lojas: Código 5102 Natureza Venda de Mercadoria Descrição da Natureza Venda de Mercadoria no mercado interno Dentro do Estado Marcar checkbox Tipo de Operação Venda de Mercadoria Lançamento Padrão 1 - Vendas Lojas Natureza de Saída Venda de Loja Lançamento padrão imposto Lançamentos de impostos de lojas Observe o módulo filtro, que determina em que local está a natureza disponível. Módulo Filtro Descrição 1 Venda 2 Devolução 3 Transferências 4 Consumíveis

27 27 Operações de Venda de Lojas Varejo - Tela Para possibilitar a realização de vendas na loja, é necessário cadastrar e configurar operações que identifiquem os procedimentos a serem utilizados. Observe os principais dados a serem configurados: Operação de Venda Venda varejo O cadastro de cliente é obrigatório nesta operação. Geral Esta operação aceita parcelas criadas pelo vendedor. Os preços dos produtos podem ser modificados na venda. Marcar os checkboxs Preços Permitir a alteração do preço bruto do item durante a venda. O desconto pode ser modificado na tela de venda. Desconto O desconto pode ser modificado na tela de pagamento. Limites de desconto Comissão Para o vendedor Exemplo: 5.00% Para o gerente Exemplo: 5.00% Abatimento na comissão Exemplo: 5.00% Página Formas de Pagamentos Inclua todas as formas de pagamento que serão utilizadas na loja, conforme sugestão a seguir: Código Forma de pagamento Desconto Pode alterar 01 Dinheiro 10.00% Desmarcado Atenção: O limite de desconto informado para o gerente será o máximo permitido para qualquer operação de desconto na loja. Cadastro de Lojas Varejo - Tela Esta etapa permite cadastrar as lojas varejo e efetuar as configurações necessárias para a realização das atividades na loja, permitindo a integração correta dos dados. As informações configuradas nesta página podem ser visualizadas no LinxPOS Manager, opção Configurações. É importante ressaltar que essas informações podem ser configuradas na Retaguarda, por meio dessa tela ou na opção Configurações do POS Manager, de acordo com a opção da empresa usuária Linx. Na sincronização entre Loja e Retaguarda pelo Datasync, os dados serão unificados. Principais campos e funcionalidades da tela Página Geral Código Permite informar o código de cadastro da loja para controle do sistema. Filial Permite selecionar a filial a ser cadastrada como loja. Terminais É necessário cadastrar os terminais de caixa que serão utilizados na loja.

28 28 Cheques Quando o sistema está conectado a uma máquina de preenchimento automático de cheques, é possível configurar nesta área as informações de beneficiário e cidade que serão emitidas no cheque. Venda Marcando o checkbox Permite limpar a venda enquanto não for concluída, é possível retirar os dados informados na tela de vendas antes de sua conclusão. Limpeza de dados Permite configurar a operação de limpeza dos dados de vendas armazenados no sistema. Textos de destaque É possível configurar nesta área as informações que serão apresentadas na barra de ferramentas e nas formas de pagamento. Notas fiscais Permite definir o número máximo de itens a ser impresso na nota fiscal. Contabilidade Lançamento Padrão Permite configurar parâmetros contábeis que serão utilizados nas integrações entre a retaguarda e as lojas. Página Sistema Gerente e vendedor Permite selecionar o gerente da loja e o gerente do período de vendas. Tamanho dos produtos (grade) Permite configurar a grade de tamanhos que será apresentada ao incluir um produto na lista de itens da venda. O sistema sugere o preenchimento do campo. Verificações Quando marcado, verifica a validade dos números digitados nos campos de CPF e CNPJ. Opções regionais Possibilita configurar código do país e padrões para moeda e quantidade. Transferência eletrônica de fundos (TEF) Quando a loja utiliza os serviços de TEF, é possível configurar nesta área as informações pertinentes ao seu uso. Display Permite configurar as informações que aparecerão no display da máquina leitora de cartões que será utilizada. Página Venda Permissões e aparência Permite alterar preço na troca. Quando marcado, permite alterar o preço do item na operação de troca de produtos. Validar produto na venda. Quando marcado, permite incluir na lista de itens da venda apenas produtos cadastrados no sistema. Perguntar pelo número do ticket. O número do ticket é emitido pela máquina leitora de cartões e pode ser utilizado como um identificador da venda. É necessário marcar este checkbox para que seja apresentada a tela para digitação do número do ticket após a venda. Iniciar a venda com a lista de vendedores. Quando marcado, o sistema apresenta a lista de vendedores cadastrados ao iniciar uma nova venda. Imprimir comprovante após o cancelamento da venda. Quando marcado, imprime automaticamente o comprovante de cancelamento de venda após a operação.

29 29 Autenticar o operador na abertura da tela de venda. Quando marcado, apresenta a tela para seleção do operador de caixa e digitação de senha, na abertura da tela de vendas. Exibir o histórico do cliente na venda. Permite exibir o histórico de vendas e as informações cadastrais do cliente ao selecioná-lo na tela de vendas. Exibir o campo da lista de presentes do item. Quando marcado, apresenta, na tela de vendas, o campo correspondente à lista de presentes. Exibir o botão para inclusão do vale-produto. Quando marcado, apresenta, na tela de vendas, o botão para inclusão do vale produto. Estoque na validação do produto Permite selecionar o modo de exibição do estoque quando o produto for incluido na lista de itens da venda. Exemplo: Não exibir estoque não apresenta a quantidade do produto em estoque. Tickets Permite configurar as informações pertinentes aos tickets emitidos nas vendas. Aparência do código do produto Possibilita configurar o modo de exibição do código do produto ao incluí-lo na lista de itens da venda. Venda concomitante Quando a loja trabalha com impressão do cupom fiscal concomitante à venda, é necessário configurar nesta área, as informações relacionadas à operação. Tipo de venda e tabela de preços Permite estabelecer padrões para o tipo de venda e a tabela de preços que será utilizada na operação selecionada. Vendedores Possibilita configurar a venda para um ou mais vendedores, conforme as políticas comerciais da empresa. Código do cliente Permite configurar o modo padrão de criação do código do cliente, por CPF ou por seqüencial. Troco Possibilita configurar as informações referentes à exibição do troco na tela de vendas. Tickets suspensos Permite configurar a impressão de tickets de operações de venda suspensas. Página Pagamento Valores Quando marcado, permite ocultar na tela de vendas, as formas de pagamento configuradas com limite máximo e mínimo, de acordo com o valor apresentado na venda. Vencimento Permite configurar informações referentes ao vencimento dos pagamentos efetuados na loja. Notas fiscais Possibilita configurar a impressão de notas fiscais de venda na loja. Padrões para a nota fiscal de venda Permite estabelecer padrões para geração de notas fiscais referentes às vendas na loja. Padrões para a nota fiscal de troca Permite estabelecer padrões para geração de notas fiscais referentes às trocas na loja. Verificações e sugestões Permite configurar as informações restantes relacionadas à venda. Página Estoque

30 30 Romaneio de entrada e saída Impressão Selecione a opção Exibir confirmação. Código de Barras Máscara Permite a configuração da máscara para o código de barras. Exemplo: XXXXXXXX Esta máscara lerá códigos de barras de oito dígitos. Para obter mais detalhes sobre configuração de código de barras, verifique o tópico Código de Barras. Estoque negativo Permissão Selecione a opção Exibir confirmação. Trânsito de produtos Marcar o checkbox Permitir entradas somente com trânsito. Movimentação Marcar o checkbox Permitir movimentação direta com o fornecedor. Reservas e consignações Previsão de retorno Informe a previsão de retorno. Exemplo: 30 dias. Saídas de mercadorias Pedidos de compra Exibir a tela de emissão de nota fiscal ao salvar a saída. Marcar os checkboxs Não permitir lançamento de itens sem preço na saída. Marcar o checkbox Não permitir entradas superiores ao pedido. com quantidades Página Aparência Exibir Se marcado, exibe as fotos dos produtos digitados ou bipados na tela de venda. Rodízio de fotos na tela de venda Se marcado, realiza um rodízio de fotos na tela de venda. Ativar teclado numérico Se marcado, habilita um teclado virtual. Exibir vendedor na venda Se marcado, habilita na tela de venda a opção de escolha de vendedores. Exibir a observação do produto Se marcado, exibe a observação do produto na tela de consulta de preço. Não exibir animação Se marcado, não exibe as animações. Página Senha Exigir senha do vendedor Se marcado, exige a senha do vendedor nas operações de venda. Parâmetro utilizado quando os vendedores realizam as próprias vendas no sistema. Exigir senha do gerente para descontos, cancelamentos, etc. Se marcado, exige a senha do gerente para realizar descontos e cancelamentos. Identificar o gerente na tela de autenticação Se marcado, identifica o gerente nas telas em que é solicitado o operador. Botão Alterar Senha Permite a alteração da senha atual. Dica: Veja mais detalhes no tópico Senhas.

31 31 Página Impressão Há uma gaveta conectada a impressora fiscal Se marcado, indica que há uma gaveta conectada à impressora fiscal. Iniciar a venda somente se a gaveta estiver fechada Se marcado, indica que a venda será realizada apenas com a gaveta fechada. Agrupar itens na nota fiscal por produto Se marcado, agrupa os produtos iguais na impressão da nota fiscal. Preencher a data do cheque com o vencimento Se marcado, imprime a data de vencimento do cheque, informado no momento da venda. Imprimir ticket, vendedor, cliente e tipo de venda no final do cupom fiscal Se marcado, imprime os dados no cupom fiscal. Imprimir comprovante para trocas Se marcado, imprime um documento vinculado de troca. Imprimir nota fiscal de transporte junto com o cupom fiscal Se marcado, permite imprimir nota fiscal de transporte para acompanhamento do cupom fiscal. Opção solicitada por clientes que compraram na loja e vão viajar para fora do estado, com opção para despachar a compra. Associar automaticamente o item de troca no final da venda Se marcado, no momento da troca, identifica o cupom fiscal que originou a venda e vincula no cupom fiscal. Imprimir a segunda via do cupom fiscal se a impressora permitir Se marcado, imprime a segunda via do cupom. Página Caixa Lançar saldo inicial na abertura do caixa Se marcado, lança o saldo do caixa do dia anterior. Utilizado quando a loja trabalha com sangria e deixa fundo de caixa para o dia seguinte. Aceitar mais de um período Se marcado, permite abertura de caixa com vários períodos. Permitir abertura automática do caixa pelo terminal de venda Se marcado, permite a abertura de caixa pelo LinxPOS. Página Rede Esta opção permite as configurações de servidores e bancos de dados a serem utilizados. Página Permissões Nesta página são efetuadas as permissões para configurações. Quando o checkbox 'Altera na loja' estiver marcado, as opções apresentadas poderão ser alteradas no POS/POWS Manager. O sistema já traz marcado, por padrão, os parâmetros que poderão ser alterados. Página Operações de venda Nesta página são configuradas as operações de venda que serão utilizadas na loja. Exemplo: Código: 01 Operação de Venda: Venda varejo Cadastro de Programa de Fidelidade

32 32 Para que a loja acumule pontos para os clientes a cada venda realizada, é necessário efetuar o cadastro de um programa de fidelidade e configurá-lo de acordo com a política comercial da empresa. Importante Para que seja possível atualizar o saldo de pontos, deve-se executar no banco de dados da Retaguarda a procedure LX_LJ_FIDELIDADE_SALDO. É necessário criar um JOB de atualização que execute essa procedure no banco de dados diariamente; caso contrário, os pontos acumulados pelo cliente no cartão fidelidade serão apagados quando a loja iniciar um novo dia de vendas. Procedimentos 1. Em Lojas, selecione a tela Cadastro de Programa de Fidelidade. 2. Inclua os dados de acordo com as informações a seguir: Cód. Fidelidade Programa Informe o código do programa de pontos. Desc. Programa Informe um nome para o programa de pontos. Data Pontuação Início Informe a data em que o sistema começará a acumular os pontos para cada cliente conforme as vendas realizadas. Data Pontuação Fim Informe a data de término do programa de pontos. Caso o programa não tenha data final, não preencha este campo. Início Informe a data em que os clientes poderão resgatar os pontos. Caso o resgate possa ser feito a qualquer hora, não preencha este campo. Data Resgate Data Fim Resgate Informe a data de término do resgate dos pontos. Caso os pontos do programa possam ser resgatados por um período indeterminado, não é necessário preencher este campo. Qtde. Dias Expira Pontos Informe, em número de dias, o período em que os pontos perdem a validade. Caso a validade dos pontos seja indeterminada, não é necessário preencher este campo. 3. Configure as fórmulas de pontuação e resgate de pontos conforme as informações a seguir: Fórmula Pontuação A fórmula de pontuação indica qual a porcentagem do valor pago pelo cliente na operação de venda que será revertida em pontos de bônus. Cada real pago valerá 0,5 ponto. Desta forma, se o valor total da venda for $100, o cliente irá receber 50 pontos. Fórmula Resgate A fórmula de resgate de pontos indica a porcentagem de desconto que será concedida na venda, de acordo com os pontos adquiridos pelo cliente. Cada ponto adquirido valerá $0,50 em descontos. Desta forma, se a quantidade de pontos a ser resgatada for 10, o cliente receberá um desconto de $5 no

33 33 valor total da venda. Exemplo Considerando as seguintes regras de pontuação: O valor pago pelo cliente será integralmente revertido em pontos. Cada ponto acumulado valerá $0,50 em descontos na próxima venda. As fórmulas devem ser informadas conforme segue: Fórmula Fórmula 4. Na área inferior da tela, informe os dados referentes à operação de venda, da seguinte forma: Código Informe o código da operação de venda em que o programa de pontos será aplicado. Descrição da Operação de Venda Informe a descrição da operação de venda em que o programa de pontos será aplicado. Evento Informe se o programa de pontos apenas gera os pontos, se apenas faz o resgate dos pontos, ou se efetua ambas as operações. 5. Clique no botão Salvar (F4).

34 34 Produto acabado Após efetuar as configurações necessárias no módulo Filiais, é necessário realizar a sequência de parametrizações no módulo Produtos Acabados. As configurações realizadas neste módulo permitirão o envio dos produtos às lojas via Datasync. Tabelas de apoio Para efetuar as parametrizações neste módulo, é necessário que todas as tabelas de apoio estejam previamente preenchidas. Os dados informados terão impacto principalmente na geração de impostos sobre entrada e saída de mercadorias nas operações de transferência entre a retaguarda e a loja. A seguir, serão abordadas apenas as tabelas de apoio que influenciam no envio de dados dos produtos à loja Classificações Fiscais e IPI A tabela de classificações fiscais indica as tributações que devem ser aplicadas a cada tipo de mercadoria comercializada. Estas informações devem ser buscadas junto ao contador da empresa e cadastradas, pois serão impressas nas Notas Fiscais emitidas e registradas no histórico fiscal. Procedimentos para incluir uma classificação fiscal 1. Selecione a tela Classificações Fiscais e IPI. 2. Inclua uma classificação fiscal, conforme exemplo a seguir: Classif. Fiscal Classif. Red Descrição da Classificação Outras roupas de cama de algodão IPI 0.00% 3. Clique no botão Salvar (F4) Coleções Todas as coleções que a empresa utiliza devem ser cadastradas no sistema. Estas informações influenciarão na programação de entregas e distribuição dos produtos às lojas. Procedimentos para incluir uma coleção no sistema 1. Selecione a tela Coleções. 2. Inclua uma nova coleção, conforme exemplo a seguir: Coleção 02 Descrição Verão Linx Temporada Verão 4. Marque o checkbox Envia Loja Varejo.

35 35 Importante: 1. Caso os campos Data Início e Data Final sejam preenchidos, os produtos vinculados à coleção cadastrada serão enviados à loja apenas no período vigente da coleção. 2. Os produtos que pertencem à coleção cadastrada só serão enviados à loja via Datasync se o checkbox Envia Loja Varejo estiver marcado; caso contrário, os itens não constarão no pacote de envio de informações. 5. Clique no botão Salvar (F4) Status do Produto As informações cadastradas nesta tela classificam os produtos conforme sua situação de produção. É necessário que exista um status do tipo Liberado e que ele seja informado na tela de cadastro dos produtos que serão enviados à loja. Procedimentos para incluir um novo status no sistema 1. Selecione a tela Status do Produto. 2. Inclua um novo status, conforme instruções a seguir: Status 02 Descrição do status do produto Liberado Tipo Status Liberado 3. Clique no botão Salvar (F4) Tabelas de Preços de Produtos Acabados Devem ser cadastradas tabelas de preço para os produtos acabados, obrigatoriamente. Todos os produtos a serem enviados para as lojas deverão estar vinculados à tabela de preços de custo e de varejo. Procedimentos para incluir uma nova tabela de preços no sistema 1. Selecione a tela Tabelas de Preços de Produtos Acabados. 2. Inclua uma nova tabela de preços, conforme exemplo a seguir: Código 02 Descrição Varejo Tabela base Custo Aplicar 120% 3. Marque os seguintes checkboxs: Ativo A tabela de preços deve estar ativa para ser aplicada nos produtos. Tabela para Lojas Varejo Este checkbox deve estar marcado para que a tabela fique disponível para configuração do módulo Lojas. Envia Loja Varejo É necessário que este checkbox esteja marcado para que a tabela de preços seja enviada à loja.

36 36 4. Clique no botão Salvar (F4). Parâmetros do Módulo Os parâmetros do módulo Produtos Acabados estabelecem informações padrão que influenciam principalmente, no envio dos produtos à loja via Datasync. É necessário que todos eles sejam previamente configurados conforme a política comercial da empresa, assim como as tabelas de apoio. A seguir, confira os parâmetros que influenciarão no funcionamento do LinxPOS Parâmetros do Módulo Os parâmetros devem ser configurados no menu Tabela de Apoio do módulo Produtos Acabados, opção Parâmetros do Módulo. Procedimentos para configuração dos parâmetros 1. No menu Tabelas de apoio, abra a tela Parâmetros do Módulo. 2. Revise e altere, se necessário, os parâmetros de acordo com a tabela: Parâmetro Descrição Valor Sugerido FILIAL_PADRAO Estabelece a filial padrão que será informada no cadastro de produtos Retaguarda. STATUS_CRIACAO_PRODUTO Define o status padrão que será informado no cadastro de produtos. Informe um status cadastrados. TABELA_PREÇO_CUSTO Define a tabela de preços de custo padrão que será informada no cadastro de produtos no sistema. dos Clique no botão Salvar (F4). Cadastro de Produtos Acabados Para que os produtos acabados sejam enviados à loja via Datasync, é necessário realizar configurações nos cadastros a fim de permitir o envio de todas as informações corretamente. Confira, a seguir, todas as configurações que devem ser efetuadas no cadastro de produtos Produtos Acabados Procedimentos para configurar os dados no cadastro de produtos acabados 1. Selecione a tela Produtos Acabados. 2. Revise e altere, se necessário, os dados de acordo os exemplos a seguir: Página Produtos Coleção Verifique se a coleção informada está de acordo com a coleção vigente. Status atual Verifique se o status do produto está como Liberado. Caso contrário, altere a informação.

37 Rede de Lojas 37 Verifique se a rede de lojas está de acordo com a rede de envio dos produtos. Página Cód. Barras Código de barras Verifique se todos os produtos possuem códigos de barras. Apenas os produtos que possuirem código de barras serão enviados à loja. Página Tab. de Preços Tabela de preços Verifique se as tabelas de preço Custo e Varejo estão vinculadas ao produto, se necessário, inclua as tabelas de preço para que os produtos sejam enviados à loja. Página Compl. Cl. Fiscal Verifique se a classificação fiscal está de acordo com o produto. Origem Verifique se a origem fiscal está correta. Envia loja varejo Verifique se o checkbox está marcado, caso não esteja, altere e marque. É necessário que ele esteja marcado para que o produto seja enviado à loja. 3. Clique no botão Salvar (F4). Agora que todas as configurações no módulo Produtos Acabados já foram feitas, é possível parametrizar os outros módulos e seguir com a preparação da retaguarda.

38 38 Clientes varejo As informações configuradas no módulo Clientes Varejo permitirão o cadastramento de clientes na loja de acordo padrões definidos pela retaguarda, bem como a troca de dados entre as filiais. É necessário que este módulo esteja devidamente configurado para que seja possível cadastrar clientes por meio da loja. Tabelas de apoio As tabelas de apoio deste módulo têm a funcionalidade de definir padrões para a classificação dos clientes varejo cadastrados. O preenchimento das tabelas de apoio permite a troca de informações entre a retaguarda e a loja. Portanto, é necessário que todas elas estejam preenchidas corretamente. A seguir, serão abordadas apenas as tabelas de apoio que têm influência direta no envio das informações à loja Tipo de Cliente de Varejo Para classificar os registros de cliente varejo, é necessário cadastrar tipos de cliente, que serão informados no momento de cadastro na loja. Procedimentos para incluir um novo tipo de cliente varejo 1. Selecione a tela Tipo de Cliente de Varejo. 2. Inclua um novo tipo, conforme exemplo a seguir: Tipo Varejo VIP Indica Tipo Terceiro 8 - Não contribuinte Permite alterar na loja Marque esse checkbox caso seja permitido alterar o tipo de cliente na loja. 3. Clique no botão Salvar (F4) Tipo de Bloqueio para Cliente de Varejo Quando o cliente excede o seu limite de crédito na loja ou atrasa um pagamento, é possível bloqueá-lo para que ele não mais realize compras até que suas dívidas estejam quitadas. Procedimentos para incluir um novo tipo de bloqueio para cliente varejo 1. Selecione a tela Tipo de Cliente de Varejo. 2. Inclua um novo tipo, conforme exemplo a seguir: Tipo de Bloqueio Financeiro 3. Clique no botão Salvar (F4) Conceito de Cliente de Varejo Os conceitos para clientes varejo já vem cadastrados por padrão do sistema, mas é possível modificá-los e também incluir um novo registro, caso necessário.

39 39 Procedimentos para incluir um novo conceito de cliente varejo no sistema 1. Selecione a tela Conceito de Cliente de Varejo. 2. Inclua um novo tipo, conforme exemplo a seguir: Conceito Muito bom 3. Clique no botão Salvar (F4). Parâmetros do Módulo Os parâmetros do módulo Clientes Varejo podem ser configurados em outros módulos pois tem a função de informar dados básicos na efetuação do cadastro do cliente. Todos eles devem ser previamente configurados conforme a política comercial da empresa, assim como as tabelas de apoio. Confira a seguir, os parâmetros fundamentais deste módulo para o correto funcionamento do LinxPOS Parâmetros do Módulo Os parâmetros devem ser configurados no menu Tabela de Apoio do módulo Clientes Varejo, opção Parâmetros do Módulo. Procedimentos para configuração dos parâmetros 1. No menu Tabelas de apoio, abra a tela Parâmetros do Módulo. 2. Revise e altere, se necessário, os parâmetros de acordo com a tabela: Parâmetro Descrição Valor CODIGO_CLIENTE_VAREJO Estabelece o tipo de código que será utilizado no cadastro do cliente. C (indica que o código será o CPF do cliente) COPIA_CLIENTE_ATACADO Indica se realiza a cópia dos cadastros do módulo Clientes Atacado para o módulo Clientes Varejo, criando novos registros. Não Cadastros de Clientes Varejo O cadastramento dos clientes varejo, além de ser realizado pela loja, pode ser feito também pela retaguarda, por meio da tela Cadastros de Clientes Varejo. É possível incluir e alterar um cadastro efetuado na loja para efetuar configurações que não podem ser realizadas na loja. Veja, a seguir, como alterar pela Retaguarda os dados de clientes cadastrados pela loja. Procedimentos 1. Selecione a tela Cadastros de Clientes Varejo. 2. Pesquise um registro. 3. Revise e altere os dados conforme a tabela:

40 40 Página Dados Cadastrais Os dados encontrados nesta página são as informações que foram cadastradas pela loja. É possível fazer alterações pela retaguarda, e enviá-las à loja via DataSync. Página Características Os dados desta página também são encontrados no LinxPOS, onde podem ser apenas consultados. A alteração é feita somente através da retaguarda. Página Cheques Nesta página podem ser visualizados os dados referentes aos cheques emitidos pelo cliente varejo pesquisado. Estes dados aparecerão após integração da loja com a retaguarda. Página Dependentes É possível cadastrar dependentes para os clientes cadastrados. Página Contatos Relacionados É possível cadastrar contatos relacionados ao cliente cadastrado. 4. Clique no botão Salvar (F4).

41 41 Contas a receber As configurações executadas no módulo Contas a Receber influenciam diretamente no fluxo financeiro e fiscal das atividades realizadas na loja e nas transações com a retaguarda, gerando títulos a receber e informações contábeis. Tabelas de apoio Para efetuar as configurações referentes ao LinxPOS, é necessário que todas as tabelas de apoio do módulo estejam corretamente preenchidas, pois elas influenciarão principalmente nas operações de pagamento na loja e integração com a retaguarda. A seguir, serão abordadas apenas as tabelas de apoio que interferem diretamente no funcionamento do LinxPOS Administradora de Cartão Para efetuar vendas com pagamento por meio de cartões de débito e crédito, é necessário cadastrar as administradoras de cartão com as quais a loja trabalha. Procedimentos para cadastrar uma administradora de cartão: 1. Selecione a Tabela de Apoio Administradora de Cartão. 2. Inclua uma administradora de cartão, conforme exemplo a seguir: Código 01 - American Express Taxa Adm. 5% Dia Acerto 1 Dias entre Parcelas 30 Sugestão de Parcelamento 3 Administradora no TEF American Express 3. Na área inferior, informe os dados apresentados conforme sugestão a seguir: Descrição Parcelado Cod. Filial Filial Loja A Máximo Parcelas 5 Máximo Dias 120 Taxa Adm 5% Dia Acerto 1 Dias Entre Parcelas Clique no botão Salvar (F4) Rede de Administradora de Cartão O cadastro de rede de administradoras de cartão permite identificar os estabelecimentos que utilizam os serviços da administradora.

42 42 Procedimentos para cadastrar uma administradora de cartão 1. Selecione a Tabela de Apoio Rede de Administradora de Cartão. 2. Inclua uma nova rede de administradora de cartão, conforme exemplo a seguir: Rede 01 Nome da Rede Amex Página Administradoras da Rede Incluir a administradora cadastrada American Express. Página Estabelecimentos da Rede Informar a filial loja Loja A. 4. Clique no botão Salvar (F4). Parâmetros do Módulo Os parâmetros do módulo Contas a Receber devem ser previamente configurados de acordo com a política comercial de cada empresa e influenciam principalmente no fluxo de atividades financeiras e fiscais efetuadas pela retaguarda. Para o funcionamento do LinxPOS, não é necessário configurar nenhum parâmetro específico neste módulo.

43 Compatibilidade

44

45 Compatibilidade 45 Compatibidade entre produtos Retaguarda x Loja Neste tópico abordaremos as compatibilidades entre as versões de Retaguarda x Loja. Aconselhamos consultar esta tabela antes de atualizar as versões, aplicar builds ou enviar Datasync. Produto Versão Linx POS 5.5 Linx POS Manager 5.5 Linx POWS 5.5 Linx POWS Manager 5.5 Linx Datasync Retail 2.4 ou superior Linx Datasync Franchising 2.4 ou superior Linx Franchising 5.5

46

47 Sincronização dos dados

48

49 Sincronização dos dados 49 Datasync Retail Após todas as configurações e cadastros realizados na matriz, as atualizações devem ser enviadas para a loja, por meio do Datasync Retail, aplicativo que tem como objetivo a troca de dados entre Retaguarda e Loja. Dicas: O processo de envio e recebimento de atualização deve ser diário. O Datasync Retail deve ser instalado tanto na loja quanto na matriz. Na sincronização entre Retaguarda (Matriz) e Loja, ocorrem interligações entre os seguintes processos: Mapa Resumo: Integração com o módulo fiscal, em que é lida a memória fiscal do ECF obtendo todos os dados contidos na redução Z e armazenando-os na retaguarda para apresentação de dados fiscais e apuração de impostos. Venda de Loja - POS/POWS - Obtenção de todas as informações financeiras e de produtos vendidos nas lojas integrando-os com o Financeiro/Contábil na retaguarda (cheques a receber, cartões de crédito ou débito, duplicatas a receber, avisos de débito ou crédito, valores em moeda nacional e/ou estrangeira). Recebimento - Entrada de Notas Fiscais (compras, retornos, entrada de remessas, devolução de venda, entradas por transferência, etc). Faturamento - Saída de Notas Fiscais (vendas, saídas por retorno, remessas, devolução de compra, saídas por transferência, etc). Caixa de Lojas - Integração contábil dos movimentos de caixa (despesas) efetuados pela loja. A Matriz manda e a Loja recebe todas as informações de: Todos os cadastros básicos de loja; Todas as tabelas de apoio de Loja e clientes varejo; Todos os produtos e tabelas de preço que estão marcados como envia varejo; As atualizações de cadastro de clientes que foram cadastros na Matriz ou outras lojas. A Loja manda e a Matriz recebe: Todas as vendas, cadastros, entradas e saídas de mercadorias. Principais campos Forçar envio completo do estoque A matriz manda o estoque para a loja. Envia somente o estoque da loja própria A matriz manda apenas o estoque da loja, desta forma, a loja não terá acesso ao estoque das outras filiais. Remover da sincronização a tabela de clientes varejo Não envia o cadastro de clientes varejo. Remover da sincronização a tabela de estoque de produtos Não envia a tabela de estoque de produtos. Forçar envio completo das tabelas de preços Força o envio das tabelas de preço.

50 50 Executar em modo batch (não mostrar mensagens de erro durante o processo) Mostra na tela os erros de pacotes.

51 Sincronização dos dados 51 Datasync Franchising Após todas as configurações e cadastros realizados no franqueado, as atualizações devem ser enviadas para as franquias, por meio do Datasync Franchising, aplicativo que tem como objetivo a troca de dados entre Franqueador e Franqueado. Principais recursos Para o franqueador Enviar e receber atualizações da sua rede de franquias. Enviar e receber movimentos da loja. Para a franquia Enviar e receber atualizações do franqueador. Modelos de Franquias 1. Modelo 1: A Franquia é um cliente Neste modelo, o franqueador emite uma nota de venda para a franquia e não tem controles gerenciais da loja da franquia. Envia, por meio do Datasync Franchising, apenas os cadastros de produtos, tabelas de preços e algumas tabelas básicas para inicio dos cadastros. Controla as informações gerenciais sintéticas de vendas e estoque por meio das consultas: , e Modelo 2: A Franquia é um cliente e uma filial Este modelo é utilizado por franquias que trabalham com trânsito. Veja as operações necessárias na Retaguarda para este modelo de franquia. Cadastrar a franquia como cliente e como filial. Cadastrar a filial como loja varejo (300068). O franqueador emite uma nota de saída (venda) para a franquia e a saída gera uma entrada automática no estoque da franquia. A franquia recebe, pelo Datasync Franchising, os cadastros de produtos, tabelas de preços, tabelas básicas e a nota fiscal de entrada, evitando a digitação manual. Controla as informações gerenciais sintéticas de vendas e estoque por meio das consultas: , e Modelo 3: A Franquia é um cliente, filial e loja Neste modelo, o franqueador controla a franquia como uma loja própria. Veja as operações necessárias na Retaguarda para este modelo de franquia.

52 52 Cadastrar a franquia como cliente atacado, filial e lojas varejo. Criar os parâmetros: OPERACAO_VENDA_PADRAO CLIENTE_VAREJO_FRANQUIA FORMA_PGTO_FRANQUIA VENDEDOR_FRANQUIA CODIGO_TAB_PRECO_FRANQUIA ADMINISTRADORA_FRANQUIA TIPO_ENTRADA_FRANQUIA TIPO_SAIDA_FRANQUIA LANCAMENTO_CAIXA_FRANQUIA (LOJA_CAIXA_TIPOS) 4. Modelo 4: A Franquia trabalha como se fosse uma loja própria Veja as operações necessárias na Retaguarda para este modelo de franquia. Cadastrar a franquia como cliente atacado, filial e lojas varejo O franqueador emite uma nota de saída (venda ou transferência) para a franquia. Pode optar por trabalhar com trânsito. Todos os cadastros básicos são realizados pelo franqueador: Formas de pagamento, Operações de vendas, Vendedores, Naturezas de operações, Lojas varejo. A troca de informações é realizada pelo Datasync Retail. Cadastros que devem ser realizados e revisados para os modelos de franquia 1, 2 e Tela Tabela de preços de produtos acabados As tabelas de preços que serão enviadas para a franquia devem ter os checkboxs Ativo e Envia Representante marcados. 2. Tela Coleções As coleções dos produtos devem ter o checkbox Envia Representante marcado. 3. Tela Cadastro de Produtos Na página Produtos, o campo Status atual deve estar como Liberado. Dica: O status do produto é cadastrado pela tela Tabela de apoio do módulo de Produto Acabado. Se necessário, ajuste o campo Tipo Status configurando as colunas apresentadas. Na página Código de Barras, o produto deve estar configurado para código de barras. Na página Tabela de Preços, a tabela de preço deve estar vinculada ao produto. Na página Complemento, deve estar marcado o checkbox Envia Representante. 4. Utilize o Datasync Franchising para troca de atualizações entre franqueador e franqueado.

53 Sincronização dos dados 53 Como configurar uma franquia modelo 1 Retaguarda: Franqueador 1. Tela Tipos de Clientes Criar um tipo de cliente Franquia. 2. Tela Clientes Cadastrar a franquia como cliente atacado. Na pasta Outras Informações, informe: Tabela de preço que será utilizada, pois será o preço de custo da franquia para calcular a rentabilidade, Matriz cliente (a própria). Tipo de cliente: 06-Franquia Na pasta Ctrl. Especiais, marque o checkbox Indica Franquia. 3. Utilize o Datasync Franchising com o parâmetro Gravar os dados completos de vendas de franqueados = Não. 4. As vendas realizadas na franquia serão visualizadas pela telas , e Como configurar uma franquia modelo 2 1. Tela Tipos de Clientes Criar um tipo de cliente Franquia. 2. Tela Clientes Cadastrar a franquia como cliente atacado. Na pasta Outras Informações, informe: Tabela de preço que será utilizada, pois será o preço de custo da franquia para calcular a rentabilidade, Matriz cliente (a própria). Tipo de cliente: 06-Franquia Na pasta Ctrl. Especiais, marque o checkbox Indica Franquia. 3. Transformar o cadastro de cliente atacado como filial, na tela Tela Tipos de Filiais Criar uma filial tipo Franquia. 5. Tela Cadastro de Filiais Para gerar o trânsito, deixe desmarcado o checkbox Não gerar entrada automática para faturamentos e transferências para esta filial. Vincule o tipo de filial Franquia no campo Tipo Filial.

54 Cadastro de Lojas Varejo Crie um cadastro de loja varejo para utilização do trânsito. Como configurar uma Franquia Modelo 3 1. Tela Tipos de Clientes Criar um tipo de cliente Franquia. 2. Tela Clientes Cadastrar a franquia como cliente atacado. Na pasta Outras Informações, informe: Tabela de preço que será utilizada, pois será o preço de custo da franquia para calcular a rentabilidade. Campo Matriz cliente quando a franquia tiver mais de uma loja. Exemplo: Imagine três franquias com o mesmo proprietário. Para isto, amarre, no campo Matriz cliente das três lojas a franquia principal. Este recurso facilita o envio de Datasync, pois é possível enviar um único Datasync Franchising para a filial que está vinculada no campo Matriz Cliente. 3. Transforme o cadastro de cliente atacado em filial, na tela Tela Tipos de Filiais Criar uma filial tipo Franquia. 5. Criar na tabela TIPOS_PGTO o tipo Z-RECEBIDO DE FRANQUIA se for utilizar o parâmetro (Substituir os tipos de pagamentos das vendas por Recebido de Franquia.) como verdadeiro. 6. Criar os parâmetros a seguir (Tela ), caso queira substituir as tabelas de apoio da franquia por uma padrão, que deve estar no campo valor atual de cada parâmetro. 7. Para cada parâmetro criado, deve ser cadastrado na tela respectiva o valor atual que será utilizado no parâmetro. Vamos verificar um exemplo da tela com o parâmetro OPERAÇÃO_VENDA_FRANQUIA Cadastrada na tela a operação: VENDA FRANQUIA com o código 99. Criado na tela o parâmetro OPERACAO_VENDA_FRANQUIA. Vinculado no parâmetro OPERACAO_VENDA_FRANQUIA o código da operação VENDA FRANQUIA (99). Deste modo, todas as operações de venda que as franquias criaram em suas bases serão substituídas pela operação de venda padrão vinculadas ao parâmetro, ou seja, Venda Franquia. 8. Realizar todos os cadastros respectivos aos parâmetros: OPERACAO_VENDA_FRANQUIA - Tela Operações de Venda de Loja Varejo CLIENTE_VAREJO_FRANQUIA - Tela Cadastro de Cliente Varejo FORMA_PGTO_FRANQUIA - Tela Formas de Pagamento de Lojas Varejo VENDEDOR_FRANQUIA - Tela Cadastro de Vendedores de Loja Varejo CODIGO_TAB_PRECO_FRANQUIA - Tela Tabela de Preços de Produtos Acabados TIPO_ENTRADA_FRANQUIA - Tela Tipos de Entradas e Saídas TIPO_SAIDA_FRANQUIA - Tela Tipos de Entradas e Saídas

55 Sincronização dos dados 55 ADMINISTRADORA_FRANQUIA - Tela Administradora de Cartão LANCAMENTO_CAIXA_FRANQUIA - Tela Tipos de Movimentação do Caixa 9. Para que os parâmetros criados sejam utilizados, deve-se importar um pacote (Datasync Franchising) da franquia utilizando os parâmetros a seguir com a opção SIM. Gravar os dados completos de vendas de franqueados. Substituir os tipos de pagamentos das vendas por Recebido de Franquia. Substituir a operação, forma de pagamento, vendedor e cliente das vendas por parâmetros. 10. Após importação, as informações serão visualizadas na tela tela Resumo de Vendas por Data e Filial.

56

57 Processos

58

59 Processos 59 Configuração de código de barras Diversas operações do LinxPOS e LinxPOWS são efetuadas por meio de digitação ou leitura de código de barras. A configuração do código de barras ocorre em dois momentos: Módulo Produtos Acabados - Tela Produtos Acabados Nesta tela são configurados os parâmetros para geração automática de código de barra, bem como seu formato. Exemplo: Produto + Cor + Tamanho Produto + Tamanho + Cor Padrão EAN13 Módulo Lojas - Tela Lojas Varejo ou LinxPOS Manager - Configurações de Estoque Nesta tela é configurada a máscara do código de barras. Essas informações podem ser configuradas na Retaguarda, por meio dessa tela ou na opção Configurações de Estoque, do LinxPOS Manager, de acordo com a opção da empresa usuária Linx. Na sincronização entre Loja e Retaguarda pelo Datasync, os dados serão unificados. Dica: É possível inibir, na máscara do código de barras, a leitura de determinado código. Este procedimento pode ser realizado tanto no módulo Lojas Varejo, por meio da tela ou na opção de Configuração de Estoque do LinxPOS Manager. Utilize a máscara! (ignora no começo) e # (ignora no fim). Pode-se utilizar um ou outro, ou os dois. Exemplo: P1 com a máscara X!XXXXXXXXX#X lerá o seguinte código: P P1 com a máscara XXXXXXXXXXX#X lerá o seguinte código: P

60 60 Trânsito de mercadorias Toda vez que é realizada uma saída de mercadoria na origem, é gerada uma entrada automática desta mercadoria no destino. Esta entrada fica em trânsito, aguardando o destino confirmar o recebimento. Há dois métodos de recebimento nas lojas: Padrão: A loja visualiza todos os produtos na tela de entrada e apenas confirma as quantidades, podendo alterá-las, se necessário. Romaneio cego: A retaguarda envia o trânsito para a loja, mas não mostra a quantidade enviada, obrigando a loja a bipar ou digitar a mercadoria para conferência. Dica: Para trabalhar com este tipo de romaneio, é necessário marcar o checkbox "Não trazer produtos nas entradas em trânsito", na página Estoque da tela Cadastro de Loja Varejo, ou na opção Configurações de Estoque do POS Manager. Configurações necessárias na Retaguarda para o trânsito 1. Cadastro de Filiais Na Página Outras Informações, deixe desmarcado o checkbox Não gerar entrada automática para faturamentos e transferências para esta filial. 2. Cadastro da Loja Varejo - Tela Página Estoque - Trânsito. Quando o trânsito é gerado? Faturamento Por meio de um faturamento, ao salvar o faturamento (Ao salvar o faturamento, a trigger LXI_FATURAMENTO é disparada. Lojas Varejo - Tela Por meio da movimentação de saída de produtos nas Lojas Varejo (Tela ). A trigger LXI_LOJA_SAÍDAS é disparada. Essas triggers criam um registro na tabela LX_PROCESSO_LOG com a chamada para executar a procedure LX_GERA TRANSFERENCIA_AUTOMATICA. Desta forma, deve-se executar a procedure LX_PROCESSOS (deixar agendado). Após executada essa procedure, são gerados os seguintes registros na tabela: LOJA_SAIDAS com o status_transito = null LOJA_ENTRADAS com o status_transito = 0 Datasync Quando é gerado um pacote no Datasync, são criadas tabelas específicas para armazenar os dados referentes ao trânsito da loja e do produto. São geradas as seguintes tabelas: LOJA_TRANSITO e LOJA_TRANSITO_PRODUTO

61 Processos 61 Loja: Quando o pacote é importado na Loja, são realizadas as entradas de mercadorias, conforme orientação da Matriz. Após conferir e encerrar as entradas, o sistema grava a coluna LANCADO_LOJA = 1 na tabela LOJA_TRANSITO. Na tabela LOJA_ENTRADAS, muda a coluna status_transito para NULL. Retaguarda No retorno, alimenta a tabela LOJA_ENTRADAS_DIF com o status_transito = null e a trigger LXI_LOJA_ENTRADAS_DIF cria um registro na tabela LX_PROCESSO_LOG com a chamada para executar a procedure LX_VERIFICA_TRANSITO, em que a coluna STATUS está com valor 0 (zero - a processar). Executar a LX_PROCESSOS LX_VERIFICA_TRANSITO. Após executar a procedure LX_PROCESSOS, a coluna STATUS da tabela LX_PROCESSO_LOG é alterada para valor 1 (processado). A procedure LX_PROCESSOS também altera a coluna LOJA_ENTRADAS_DIF (conforme os valores da tabela). Tira do trânsito e marca como recebido a procedure LOJA_ENTRADAS. que, por sua vez, vai executar a STATUS_TRANSITO procedure da tabela Valores STATUS_TRANSITO (LX_VERIFICA_TRANSITO) 1 Entrada não encontrada 2 Diferença na quantidade ou no valor 3 Conferida - OK 4 Entrada conferida pelo operador/auditor 5 Entradas de fornecedores ou entradas sem trânsito Assuntos relacionados Veja como o trânsito acontece nas Lojas em LinxPOS Manager.

62 62 Crediário O conceito de crediário é utilizado nas operações de venda do LinxPOS, por meio da forma de pagamento, de acordo com a política comercial das lojas. Assim, uma loja pode, por exemplo, determinar uma forma de pagamento crediário com a possibilidade de dividir o parcelamento em seis vezes, sem acréscimo. A forma de pagamento que caracteriza o crediário deve ser cadastrada na Retaguarda como tipo de pagamento vale-cliente. No LinxPOS, ao finalizar a venda, será apresentada a forma de pagamento cadastrada na Retaguarda. Será emitido um cupom fiscal e, ao enviar o movimento da loja para a matriz, de acordo com a configuração, será gerado um aviso de débito para o cliente ou um título a receber. Os pagamentos de crediários de vales-cliente emitidos são feitos no Linx POS, opção Crediário. Pré-requisitos Lançamento padrão de loja (Tela ) prevendo a utilização do vale-cliente. Cadastrar uma Forma de pagamento (Tela ) vinculada ao tipo de pagamento vale-cliente. Exemplo: Forma de Pagamento: Crediário -> Tipo de Pagamento: Vale-cliente. Procedimentos para geração do crediário no LinxPOS e integração com a Retaguarda 1. A venda deve ser realizada e finalizada com a forma de pagamento Vale Cliente. 2. Feche o caixa e envie o movimento para a Retaguarda pelo Datasync Retail. Quem trabalha off-line deve integrar o movimento na Retaguarda, em que o vale cliente será transformado em Aviso de Débito para o cliente. 3. Receba a movimentação de venda na Retaguarda. 4. Integre o movimento de loja pela Tela Após a integração, os lançamentos de vale-cliente podem ser consultados pelas telas ou Esta integração deve ser realizada pois, quando integrado com o financeiro, o tipo de pagamento vale-cliente se transforma em aviso de débito. 6. Conclua a conferência, enviando os valores para a contabilidade. 7. Confirme a integração na contabilidade pelas Telas de consulta e Envie uma atualização da Retaguarda para a Loja. 9. Quando confirmar os lançamentos na retaguarda, a informação deve ser enviada para as lojas pelo Datasync Retail. O pacote deve conter a tabela A_RECEBER_CHEQUES; Na loja, será alimentada a tabela LOJA_A_RECEBER_CHEQUES.

63 Processos 63 Vale-produto ou Vale-presente O vale-produto ou vale-presente é utilizado nos casos em que o cliente precisa trocar uma peça mas não encontra algo que o agrade na loja. Desta forma, é disponibilizado um vale-produto com valor estipulado, que atua como um crédito para o cliente. As formas mais comuns de criação de crédito ou vale-produto acontecem nas seguintes situações: Criação de um aviso de crédito na Retaguarda. Cliente devolve a mercadoria na loja, mas não leva nenhuma peça no momento. Venda de um vale-presente. Da mesma forma que o crediário, o vale-produto é identificado pela na operação de venda do LinxPOS pela forma de pagamento, em que o tipo de pagamento cadastrado na retaguarda deve ser vale-produto. Dica Veja mais detalhes da operação de venda com vale-produto no LinxPOS. Pré-requisitos Cadastrar uma Forma de Pagamento (Tela ) vinculada ao tipo de pagamento vale-produto. Definir o lançamento padrão de loja contemplando o vale-produto. Definir o código de barra do vale-produto para realizar a baixa. Criando um aviso de crédito na Retaguarda 1. No módulo Contas a Pagar/4-Aviso de Lançamento/ Cadastro de aviso de crédito, clique no botão Incluir. 2. Em seguida, clique no botão Inserir. 3. Preencha os campos Descrição, Terceiro, Consumidor, Tp.Documento, Conta, Original. 4. Na página Itens, observe que o lançamento está com diferença. 5. Clique no botão Inserir e escolha o lançamento de contra-partida. 6. Informe a conta analítica e salve. 7. Gere um Datasync e verifque se está levando: W_CTB_VALE_PRODUTO 8. Importe o pacote na loja. Consultando o vale produto no LinxPOS Manager 1. Acesse o módulo Linx POS Manager/Gerencial/Consultas Gerenciais/Consulta de Vale Produto.

64 64 2. Se o cliente tiver mais de um vale-produto, deve ser realizada a venda e criadas as parcelas para cada vale-produto. Isto deve ocorrer se a compra ultrapassar o valor dos vales.

65 Processos 65 Nota fiscal Para que as notas fiscais sejam emitidas corretamente na Frente de Loja, é necessário adotar os procedimentos descritos a seguir. Pré-requisitos 1. Na tela Tipo de Cliente Varejo, cadastre o Tipo de Indicador 3º e vincule o tipo de cliente ao Cadastro de Cliente Varejo. 2. Cadastre as naturezas de operações para a loja na Tela Vincule os tipos de operações e as naturezas de entrada e saídas (respectivamente). 3. Envie um pacote completo da Retaguarda para a Loja e verifique se as tabelas tribut_origem e Tribut_icms estão na loja. Importante Quando não conseguir emitir uma nota fiscal na loja, verifique se as combinações estão corretas. O contador da empresa, junto ao analista contábil e fiscal Linx, devem cadastrar as naturezas de operação. O analista Linx Sistemas deve cadastrar as naturezas de operação com o conhecimento do analista contábil e fiscal da empresa. Composição do CFOP Para compor o CFOP para impressão da Nota Fiscal na Frente de Loja, nos cadastros a seguir, o campo Indica Tipo 3º deve ser informado de acordo com as características demonstradas na tabela. Cadastro de Clientes Varejo Filiais Fornecedores Representantes Clientes Atacados INDICADOR_FISCAL_TERCEIRO 1 Empresa industrial/comercial 2 Empresa comercial 3 Empresa de transporte 4 Empresa de comunicação 5 Distribuidora de energia elétrica 6 Micro empresa 7 Produtor rural 8 Não contribuinte 9 Armazém geral/depósito 10 DESCRICAO_FISCAL_TERCEIRO Empresa estrangeira

66 66 11 Ambulante 12 Filial 13 Zona Franca / Livre mrecado 14 Feira / Exposição Dica: A tabela CLIENTE_VAR_TIPOS pode conter dados na coluna INDICADOR_FISCAL_TERCEIRO. Se estiver nulo, o padrão para o cliente de varejo será 8 (Não contribuinte), conforme a tabela CTB_LX_INDICADOR_CFOP Cadastro de produto acabado Na tela , os produtos devem estar com os campos a seguir corretamente informados, conforme tabela. Caract. Contábil Contas Contábeis Venda Contas Contábeis para Devolução - Venda INDICADOR_CFOP INDICADOR_FISCAL_TERCEIRO 10 PRODUTO DE PRODUÇÃO DO ESTABELECIMENTO 11 MERCADORIA ADQUIRIDA DE TERC. P/REVENDA 12 MATERIAL P/USO NA INDUSTRIALIZAÇÃO 13 MATERIAL P/USO OU CONSUMO 14 MATERIAL P/USO NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 15 MATERIAIS DIVERSOS - NÃO ESCRITURÁVEL 16 MATERIAL/SERVIÇO DIVERSO - ESCRITURÁVEL 17 SERVIÇO DIV.INDUSTRIAL. - ESCRITURÁVEL 18 MERC. C/SUBST. TRIBUTÁRIA JÁ RETIDA 19 ATIVO / IMOBILIZADO C/SUBST. TRIBUTÁRIA 20 ATIVO FIXO / IMOBILIZADO 21 RESÍDUOS OU SUCATAS 30 SERVIÇO ENERGIA ELÉTRICA P/ O COMÉRCIO 31 SERVIÇO ENERGIA ELÉTRICA P/ A INDÚSTRIA 40 SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO P/ O COMÉRCIO 41 SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO P/ A INDÚSTRIA 50 SERVIÇO DE TRANSPORTE P/ O COMÉRCIO 51 SERVIÇO DE TRANSPORTE P/ A INDÚSTRIA 52 FRETE FORA DO ESTADO P/ O COMÉRCIO

67 Processos 53 FRETE FORA DO ESTADO P/ A INDÚSTRIA 60 RESERVADO P/CONSIG. (NAO UTILIZAR) 61 MERCADORIA TERC. EM CONSIG. MERCANTIL 62 MERCADORIA TERC. EM CONSIG. INDUSTRIAL 63 RESERVADO P/CONSIG. (NAO UTILIZAR) 64 MERCADORIA TERC. P/CONSERTO OU REPARO 65 MERCADORIA TERC. P/FINS DE EXPORTAÇÃO 66 MERCADORIA TERC. EM NOSSO PODER 67 RETORNO SIMBÓLICO 68 MERCADORIA TERC. EM DEMONSTRAÇÃO 69 MERCADORIA TERC. EM COMODATO 70 PRODUTO ESTABELECIMENTO C/S.TRIBUTÁRIA 71 MERC. ADQ. TERC.P/REVENDA C/S.TRIBUTÁRIA 72 MATERIA-PRIMA C/S.TRIBUTÁRIA 73 MATERIAL USO OU CONSUMO C/S.TRIBUTÁRIA 78 MERCADORIA C/S.TRIBUTÁRIA JÁ RETIDA 79 ATIVO FIXO / IMOBILIZADO C/S.TRIBUTÁRIA 80 COMBUST./LUBRIF.PROD.ESTABELECIMENTO 81 COMBUST./LUBRIF. ADQ. TERC. P/REVENDA 82 COMBUST./LUBRIF.P/USO INDUSTRIALIZAÇÃO 83 COMBUST./LUBRIF.P/USO OU CONSUMO 85 BEM SOB REGIME ESPECIAL ADUANEIRO 67 Dica: A página Caract. Contábeis por Filial deve ser observada, pois interfere na impressão da Nota Fiscal na loja. Tipo de Operação realizado na venda, transferência, devolução Na tela Cadastro de Naturezas de Operações de Lojas, informe todos os CFOPs a serem utilizados nas lojas. Dica: É obrigatório preencher as colunas: Tipo de Operação, Natureza de Saída e Natureza de Entrada. Esta informação deve ser avaliada junto ao analista fiscal/contábil.

68 68 Frente de loja Emissão de Notas Fiscais Se todas as etapas anteriores estiverem configuradas corretamente, não será apresentada a mensagem de alerta a seguir: Neste exemplo: Cliente varejo: O campo Indicador terceiro está preenchido com 8-NÃO CONTRIBUINTE. O produto está com a característica de CFOP = 13 A natureza de operação CTB_TIPO_OPERACAO = (remessa de mercadoria) está vinculada ao Ao realizar uma pesquisa pela tela , note que a combinação para o exemplo citado não existe.

69 Processos 69 O correto seria o indicador no cadastro do produto estar como 13. Observe: Substituição Tributária Quando o cálculo do imposto for feito na retaguarda, o indicador de CFOP deve ser 10 ou 11 e trabalhar com exceção de impostos. Caso contrário, pode ser 70 ou 71.

Manual Operacional Datasync Retail

Manual Operacional Datasync Retail Datasync Retail Datasync Retail Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio gráfico, eletrônico, ou mecânico, incluindo fotocópias, fotos

Leia mais

Manual Operacional Linx Datasync Franchising

Manual Operacional Linx Datasync Franchising Linx Datasync Franchising Linx Datasync Franchising Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio gráfico, eletrônico, ou mecânico, incluindo

Leia mais

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF)

Instruções para configuração e utilização do. fiscal (ECF) 1 Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão SEM Impressora de cupom fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa...3 2. Configurações dos Parâmetros......3 3. Cadastro de cliente...4

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

Roteiro de Cadastros - GESTOR

Roteiro de Cadastros - GESTOR Página1 INDICE 1. MODULO EMPRESA 1.1. CADASTRO DE USUARIO --------------------------------------------------------------------- 4 1.2. CADASTRO DA EMPRESA --------------------------------------------------------------------

Leia mais

Manual do Usuário. Vixen PDV

Manual do Usuário. Vixen PDV 1 Manual do Usuário Vixen PDV 2 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. ENTRANDO NO SISTEMA 4 2.1 TELA LOGIN 4 2.2 CARGA DE TABELAS LOCAIS 4 3. MENU INICIAL 5 4. BARRA DE STATUS 6 5. ABRINDO O CAIXA 6 6. VENDA 7 6.1

Leia mais

Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2

Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2 Conteúdo PARAMETRIZAÇÃO STOREMANAGER... 2 CONFIGURAÇÕES DA GUIA GERAIS DO STOREMANAGER... 2 Seção Geral... 2 BOTÕES DE CONFIRMAÇÃO... 3 Seção Código de Barras... 4 Seção Abertura / Fechamento de Caixa...

Leia mais

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software

NeXT ERP Manual do usuário. Resumo das principais funcionalidades. Dezembro/2009. NeXT Software NeXT ERP Manual do usuário Resumo das principais funcionalidades Dezembro/2009 NeXT Software Página 1 de 33 Índice Iniciando NeXT ERP...3 Tela inicial...3 Interface padrão do NeXT ERP...3 Interface - Cadastro

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

Manual de Operaça o. Pit-Caixa. Versão 1.0

Manual de Operaça o. Pit-Caixa. Versão 1.0 Manual de Operaça o Pit-Caixa Versão 1.0 Sumário Iniciando o Programa... 3 Tela do Programa... 5 Menu Operador... 6 Abrir/Fechar Sessão... 6 Relatório Sessão... 8 Abrir Gaveta... 8 Efetuar Suprimento...

Leia mais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Cadastros. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Cadastros Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Cadastro de Grupos de Usuário... 3 Cadastro de Usuários... 4 Cadastro de Clientes... 7 Cadastro de Empresas...

Leia mais

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4

APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 INDICE APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 QUEM DEVE USAR... 3 CAPÍTULO 1 - INICIANDO O SISTEMA... 4 1.1 - ENTRADA NO SISTEMA... 4 1.2 - TELA DO ORGANIZADOR DO MULTICONTAS... 4 CAPÍTULO 2 - FUNCIONALIDADES

Leia mais

1223o TUTORIAL CADASTRO DE FINALIZADORAS. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL CADASTRO DE FINALIZADORAS. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL CADASTRO DE FINALIZADORAS Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO TUTORIAL CADASTRO DE FINALIZADORAS O objetivo deste tutorial é apresentar os procedimentos necessários

Leia mais

Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New

Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New INDICE 1 1. CADASTRO DE USUÁRIOS...1 2. MODULO EMPRESA...4 2.1. Cadastro da Empresa...4 2.2. Parâmetros da Empresa...4 3. MÓDULO

Leia mais

Módulo Faturamento. Sistema Gestor New. Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento

Módulo Faturamento. Sistema Gestor New. Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento Roteiro passo a passo Módulo Faturamento Sistema Gestor New Instruções para cadastros e configurações do módulo Faturamento Recomendado para quem esta iniciando a utilização do sistema Gestor New 1 INDICE

Leia mais

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE

CADASTROS 2013 AOB SOFTWARE CADASTROS 2 CADASTROS Tabela de Conteúdo Cadastro de Clientes 4 Cadastro de Produtos 5 1 Cadastro... de Produtos Básico 5 2 Cadastro... de Produtos Básico + Grade de Produtos 7 3 Cadastro... de Produtos

Leia mais

Configuração Empresa/Filial

Configuração Empresa/Filial Configuração Empresa/Filial Para definir as configurações (Parâmetros) de cada empresa ou filial cadastrada no sistema, proceda da seguinte forma: Acesse o módulo Administrativo. Clique no menu Cadastros

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Caixa Visão Geral Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões... 4 3.2 Incluir Ponto de Venda (PDV)... 5 3.3 Vincular Conta e Empresa...

Leia mais

Manual do sistema Lojamix PDV

Manual do sistema Lojamix PDV Manual do sistema Lojamix PDV Versão 1.10 Data da última atualização 07/11/2011 SUMÁRIO LISTA DE FIGURAS...3 LISTA DE Siglas...4 Primeiros passos...5 Acessando o ambiente de configuração...5 Acessando

Leia mais

Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa

Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa Introdução 1 1 Introdução 1.1 Bem Vindo ao Sistema Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa Sistema desenvolvido nos mais altos padrões tecnológicos que tem por finalidade atender todas as exigências

Leia mais

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica

e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Página1 e-nota NFS-e Sistema de Geração e Emissão de Nota Fiscal de Serviço eletrônica Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é Nota Fiscal de Serviço eletrônica

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076

Gestor Empresarial - Financeiro. Release Versão 1.076 Gestor Empresarial - Financeiro Release Versão 1.076 Maio/2013 Produto : AeroSoft Gestor Empresarial - Financeiro Versão : v1.076 Data Liberação : 21/04/2013 A seguir são apresentadas as novas funções

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente.

A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. 1 CADASTROS 1.1 CLIENTES 1.1.1 IDENTIFICAÇÃO A primeira parte do cadastro de clientes é formado pela Identificação, com as principais informações do cliente. A identificação é composta pelos campos: Código:

Leia mais

Apostila PDV Frente de Caixa

Apostila PDV Frente de Caixa Apostila PDV Frente de Caixa Sumário Sincronização dos dados...4 Menu PDV...4 Abrir PDV...4 PDV (Ctrl+V)...4 Processos de Vendas...5 Venda em Dinheiro...5 Venda em Cartão de Débito...6 Venda em Cartão

Leia mais

Tela de Cadastro de Usuários Automação Comercial

Tela de Cadastro de Usuários Automação Comercial Tela de Cadastro de Usuários Automação Comercial Senha para Cancelamento de Itens no Check-Out: É a senha obrigatória quando o Check-Out comandar um cancelamento de item (Botão F9). Pedido Automático Balcão

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

MANUAL Módulo 12. Índice. Sobre o Módulo 12... 3 1. FINANCEIRO... 4. 1.1. Abertura de Caixa... 4 1.2. Fechamento de Caixa... 4

MANUAL Módulo 12. Índice. Sobre o Módulo 12... 3 1. FINANCEIRO... 4. 1.1. Abertura de Caixa... 4 1.2. Fechamento de Caixa... 4 Índice Sobre o... 3 1. FINANCEIRO... 4 1.1. Abertura de Caixa... 4 1.2. Fechamento de Caixa... 4 2. CLIENTE SIMPLIFICADO... 6 2.1. Inclusão pela movimentação... 6 2.2. Alteração pela movimentação... 6

Leia mais

FECHAMENTO DE CAIXA MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail]

FECHAMENTO DE CAIXA MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] FECHAMENTO DE CAIXA [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de e-mail] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Financeira Autor:

Leia mais

Mobility PDV e Lite One

Mobility PDV e Lite One Mobility PDV e Lite One Revisão : 08/06/2007 Índice Tópicos Página Composição da Solução... 3 Modelos de Utilização... 4 Login do Config... 7 Periféricos... 8 Teclas de Função...12 Finalizadoras... 15

Leia mais

2. Noções Gerais para o Uso do Sistema

2. Noções Gerais para o Uso do Sistema Índice 1. Introdução... 2. Noções Gerais para o Uso do Sistema... 2.1. Para Acessar o Sistema... 2.2. Menu Suspenso... 2.2.1. Vendas... 2.2.2. Consulta/Cadastros... 2.2.3. Menu Fiscal... 2.2.4. Caixa...

Leia mais

Guia Prático do Usuário

Guia Prático do Usuário Guia Prático do Usuário 3. O que esse Manual aborda Esse manual é um guia prático de utilização do sistema, ele aborda noções gerais sobre gerenciamento de sua empresa além de ter informações detalhando

Leia mais

Mobility Gestão Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009

Mobility Gestão Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009 Mobility Gestão Guia de Vendas 07/01/2009 O Mobility Gestão é um software de retaguarda para o segmento de Varejo, visando o controle total do estoque e movimentações de venda. Desenvolvido para trabalhar

Leia mais

ÍNDICE GERAL ÍCONES COMUNS A VÁRIAS TELAS. 03 ATALHO ORDEM DE SERVIÇO 16 GARANTIA 16 PESQUISA PRODUTO. 05 NOVO CLIENTE 05 ESTOQUE 17

ÍNDICE GERAL ÍCONES COMUNS A VÁRIAS TELAS. 03 ATALHO ORDEM DE SERVIÇO 16 GARANTIA 16 PESQUISA PRODUTO. 05 NOVO CLIENTE 05 ESTOQUE 17 1 ÍNDICE GERAL ÍCONES COMUNS A VÁRIAS TELAS. 03 ATALHO PESQUISA PRODUTO. 05 NOVO CLIENTE 05 NOVO PRODUTO 07 NOVA VENDA VENDA IDENTIFICADA 07 NOVA ORDEM DE SERVIÇO 08 NOVO ORÇAMENTO 09 BALANÇO DIÁRIO DE

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 2013 GVDASA Sistemas Caixa AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio.

Leia mais

Manual do Módulo. MerchNotas

Manual do Módulo. MerchNotas Manual do Módulo MerchNotas Bento Gonçalves (RS), Agosto de 2010 Índice 1. Introdução... 4 2. Menu Entrada de Notas... 5 2.1. Entrada de Notas (F11)... 5 2.2. Entrada de Notas NFe (F12)... 8 2.3. Apuração

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Guia de Primeiros Passos - CADASTROS

Guia de Primeiros Passos - CADASTROS Guia de Primeiros Passos - CADASTROS Este documento tem o objetivo principal de iniciar você de forma rápida e simples no sistema.aprog., configurando as funcionalidades a sua realidade. A série Primeiros

Leia mais

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro

PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro PRONIM ED - EDUCAÇÃO Financeiro SUMÁRIO 1. FINANCEIRO... 5 1.1. ED - SECRETARIA... 5 1.2. ED - ESCOLA... 5 1.3. USUÁRIOS POR ENTIDADE NO ED SECRETARIA E ESCOLA... 6 2. FINANCEIRO - SECRETARIA... 7 2.1.

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

Guia Rápido do Usuário

Guia Rápido do Usuário Guia Rápido do Usuário 1 Apresentação Auxiliar o cliente Mesa01 de forma rápida e eficaz é o objetivo deste Manual Através dele, você conseguirá esclarecer dúvidas do dia-a-dia na utilização do sistema

Leia mais

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR

NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR NOVO PROCESSO DE CENTRO DE CUSTO DO WINTHOR Todos os direitos reservados. PC Sistemas 1.0 - Data: 28/08/2012 Página 1 de 47 Sumário Apresentação... 4 1. PROCEDIMENTOS INICIAIS... 5 1.1. Realizar Atualizações...

Leia mais

SuperStore Sistema para Automação de Óticas

SuperStore Sistema para Automação de Óticas SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Administrador) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 ACESSANDO O SISTEMA PELA

Leia mais

Manual Girassol Food Cadastro

Manual Girassol Food Cadastro Cadastro INTRODUÇÃO Seja bem vindo ao Guia de Utilização do Sistema Girassol Food. Este guia trará todos os módulos detalhadamente, permitindo o esclarecimento de dúvidas sobre o funcionamento e os recursos

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br Tesouraria RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este

Leia mais

INFORMAÇÕES GERENCIAIS

INFORMAÇÕES GERENCIAIS INFORMAÇÕES GERENCIAIS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Acesso do sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra na figura abaixo.

Acesso do sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra na figura abaixo. Manual do usuário Acesso do sistema Página 1 Veja que em sua área de trabalho irá aparecer o ícone do Sistema. Para acessar o sistema, basta dar dois cliques neste ícone ou ir pelo menu Iniciar, como mostra

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis

Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Módulo Cadastro SIGLA Digital Relação de Controles de Acesso Página 1 de 22 Documentação de Controle de Acesso Descrição das opções disponíveis Agenda Telefônica Cadastro simplificado de telefones. Tem

Leia mais

PDV UNICO... 5 MANUAL PARA USUÁRIO... 5 CAMPOS DA TELA INICIAL DO PDV:... 6. Teclado Alfanumérico... 6. Status... 6. Link... 6. Pdv... 6. Op...

PDV UNICO... 5 MANUAL PARA USUÁRIO... 5 CAMPOS DA TELA INICIAL DO PDV:... 6. Teclado Alfanumérico... 6. Status... 6. Link... 6. Pdv... 6. Op... Sumário PDV UNICO... 5 MANUAL PARA USUÁRIO... 5 CAMPOS DA TELA INICIAL DO PDV:... 6 Teclado Alfanumérico... 6 Status... 6 Link... 6 Pdv... 6 Op... 7 Visor... 7 Opções... 7 OS PRINCIPAIS BOTÕES PRESENTES

Leia mais

ÍNDICE. 3 FATURAMENTO v5681 - RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. Todos Direitos Reservados.

ÍNDICE. 3 FATURAMENTO v5681 - RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. Todos Direitos Reservados. FATURAMENTO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo. Este

Leia mais

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário Shop Control 8 Pocket Guia do usuário Abril / 2007 1 Pocket O módulo Pocket permite fazer vendas dos produtos diretamente em handhelds Pocket PC, pelos vendedores externos da empresa. Os cadastros (clientes,

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1

MANUAL DE OPERAÇÃO. ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL. Manual de Operação do SIMPLES 1 Manual de Operação do SIMPLES 1 MANUAL DE OPERAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO COMERCIAL ASP Consultoria e Desenvolvimento de Softwares Ltda. Manual de Operação do SIMPLES 2 A Empresa A ASP Desenvolvimento de Softwares

Leia mais

Linx 11/09/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br. Manual da FCI

Linx 11/09/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br. Manual da FCI Linx 11/09/2013 Equipe de Documentação documentacao@linx.com.br 1 Linx Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste material pode ser reproduzida por qualquer forma ou meio - gráfico, eletrônico,

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA

MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA NOÇÕES GERAIS MANUAL DO USUÁRIO GONDOLA Para melhor compreender o ambiente de trabalho do sistema GONDOLA, é necessário que sejam apresentadas algumas noções gerais, antes de se aprofundar em cada módulo

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Menu Acesso - Lista de Operações Acessíveis Trade Solution - Versão 2.23g

Menu Acesso - Lista de Operações Acessíveis Trade Solution - Versão 2.23g Menu Acesso - Lista de Operações Acessíveis Trade Solution - Versão 2.23g Esta listagem apresenta as operações de acesso de acordo com o módulo do Trade Solution onde elas causam impacto. Se a operação

Leia mais

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17

Manual Ciaf NFC-e Gratuito. Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 Manual Ciaf NFC-e Gratuito Cadastro de Clientes 2 Cadastro de Produtos 4 Caixa Diário 9 Cadastro de formas de Pagamento NFCe 13 Emissão NFC-e 17 1 Cadastro de Clientes Nesta opção iremos armazenar no sistema

Leia mais

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica

Tutorial. O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Tutorial O Trade e a Nota Fiscal Eletrônica Este tutorial explica como configurar o Trade Solution e realizar as principais atividades relacionadas à emissão e ao gerenciamento das Notas Fiscais Eletrônicas

Leia mais

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA...

Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... Portal de Vendas Índice 1. PORTAL DE VENDAS... 3 2. INTEGRAÇÃO PORTAL DE VENDAS X FOX... 4 3. CADASTRO DE VENDEDORES/SUPERVISORES... 5 1.1. Guia Portal de Vendas... 7 4. CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA... 8 5.

Leia mais

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com

MANUAL ESCOLA FLEX. Revisado em 09/07/2008. Sistema Flex www.sistemaflex.com MANUAL ESCOLA FLEX Revisado em 09/07/2008 Sistema Flex www.sistemaflex.com Índice Manual Escola Flex Índice... 2 Tela de Abertura (Splash Screen)... 3 Login... 4 Seleção de Empresas... 5 Tela Principal...

Leia mais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Operações de Caixa Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Introdução... 3 Suprimento... 3 Sangria... 4 Abertura de Caixa... 6 Fechamento de Caixa...

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE

GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE GUIA RÁPIDO DE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência

Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS. Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Departamento de Treinamentos BIG SISTEMAS Certificação em Entradas Configurações Gerais Entrada Manual Entrada NFe Conferência Sumário Índice de Figuras... 3 Histórico de Revisões... 4 Introdução... 5

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

W3SAC Automação Comercial

W3SAC Automação Comercial Automação Comercial Elaborado pela W3 Automação e Sistemas Informação de Propriedade do Grupo Jomóveis Este documento, com todas as informações nele contidas, é confidencial e de propriedade do Grupo Jomóveis,

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Estoque...2 Controlando a Garantia - Honda Motocicletas...2 Controlando a Boutique...6 Entrada de Peças no Estoque...7 Entrada de Mercadorias...7 Importação do Faturamento

Leia mais

Cadastros Gerais Treinamento 1

Cadastros Gerais Treinamento 1 Cadastros Gerais Treinamento 1 O sistema JBI Loja possibilita controle completo da sua empresa. Abaixo segue a primeira fase dos cadastros iniciais do sistema. CADASTROS FORNECEDORES A tela de cadastro

Leia mais

MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo.

MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo. MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Venda, Troca, Transferência e Uso e consumo. MANUAL DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA. TRANSFERÊNCIAS LOJAS BH e SP Toda transferência entre lojas e escritório deve ser preenchida

Leia mais

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX

NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX NOTA FISCAL PAULISTA PHOENIX ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 INSTRUÇÕES INICIAIS... 3 CADASTROS... 4 CADASTRO DAS EMPRESAS... 4 CADASTRO DOS CLIENTES... 4 CADASTRO DE SOFTWARE HOUSE... 5 Histórico de Versão do

Leia mais

Manual do usuário. AeroSoft Emissor de Nota Fiscal

Manual do usuário. AeroSoft Emissor de Nota Fiscal Manual do usuário AeroSoft Emissor de Nota Fiscal Para manter-se atualizado visite sempre nosso web site em http://www.aerosoft.com.br A Internet tornou-se a ferramenta mais eficiente e barata, aproveite

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1

Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 Treinamento GVcollege Módulo Financeiro 1 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação

Leia mais

Síntese de fluxo de máquinas e implementos

Síntese de fluxo de máquinas e implementos Síntese de fluxo de máquinas e implementos Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Objetivo... 3 Parâmetros para utilização do processo... 3 Cadastro

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO SUPERVISOR WEB VERSÃO 1.0

MANUAL DE OPERAÇÃO SUPERVISOR WEB VERSÃO 1.0 MANUAL DE OPERAÇÃO SUPERVISOR WEB VERSÃO 1.0 [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONFIGURAÇÕES BÁSICAS

PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONFIGURAÇÕES BÁSICAS PRACTICO LIVE! FINANCEIRO CONFIGURAÇÕES BÁSICAS Acessando Global -> Configuração Básica, temos: Assistente de Configuração A funcionalidade principal do Assistente é configurar as informações básicas para

Leia mais

SCPI 8.0. Guia Rápido. Parametrizando o Módulo CONTAS. Introdução. Informações da Entidade. Nesta Edição

SCPI 8.0. Guia Rápido. Parametrizando o Módulo CONTAS. Introdução. Informações da Entidade. Nesta Edição SCPI 8.0 Guia Rápido Parametrizando o Módulo CONTAS Introdução Nesta Edição 1 Informações da Entidade 2 Cadastro das Entidades 3 Cargos e Nomes 4 Parâmetros Gerais Antes de iniciar os trabalhos diários

Leia mais

A seguir falaremos sobre os campos que deverão ser preenchidos no Shop Control 8.

A seguir falaremos sobre os campos que deverão ser preenchidos no Shop Control 8. Nota Fiscal Eletrônica Este módulo permite a integração do Shop Control 8 com o site da Secretaria da Fazenda dos Estados e Receita Federal para emitir a Nota Fiscal Eletrônica (NFe) : Este módulo é exclusivo

Leia mais

Manual Mercador WEB. Sistema Mercador. Cia Quatro de Software Ltda. Versão 1.0

Manual Mercador WEB. Sistema Mercador. Cia Quatro de Software Ltda. Versão 1.0 Manual Mercador WEB Sistema Mercador Cia Quatro de Software Ltda. Versão 1.0 Menu do Vendedor... 4 Cadastros... 4 Consultas... 4 Analises... 4 Entrando no Sistema Mercador WEB... 5 Equipamento necessário...

Leia mais

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0

SSPlus (8.0) REA Relatório Explicativo de Alterações. REA SSPlus 8.0 1 REA Relatório Explicativo de Alterações SSPlus (8.0) Autor : Renato de Cezare Criado em 10/08/2015 Impresso Arquivo REA Relatório Explicativo de Alterações Versão 8.0.106a 2 CONTEÚDO CADASTRO DE PRODUTO...4

Leia mais

TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE

TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE TESOURARIA ONLINE PADRÃO_VGTUCOPE RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

Entrada de Produtos. Supermercados

Entrada de Produtos. Supermercados Entrada de Produtos Supermercados 1 Objetivo: Cadastrar a entrada dos produtos no sistema permite o controle do estoque e o controle financeiro. O objetivo do texto é explicar como cadastrar as notas fiscais

Leia mais

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin

Módulo 14. CgaInformatica. NFe. NFe para o Sistema Retwin Módulo 14 CgaInformatica NFe NFe para o Sistema Retwin 2 Sumário O que é... 3 Benefícios... 3 Requisitos para Instalação e Implantação... 3 Obrigação Backup... 4 Configuração Geral do Sistema... 5 Cadastro

Leia mais

ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO

ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO ABA: CLIENTE BOTÃO: CADASTRO CADASTRO DE CLIENTES Cadastra clientes (física e jurídica) e veículos, inclusive frotas Cadastra representantes dos clientes Cadastro biométrico (digital do dedo) Localiza

Leia mais

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque.

Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5. ALTERAÇÃO DO ESTOQUE ATUAL Não é possível alterar o estoque de um produto na tela Cadastro de Produto. Esta alteração é feita de duas formas: Cadastro de pedido de compra e ajuste de estoque. 5.1. Cadastro

Leia mais

PEDIDO Manual OPERACIONAL

PEDIDO Manual OPERACIONAL SISTEMA DE GESTÃO HDIAS HAMILTON DIAS (31) 8829.9195 8540.8872 www.hdias.com.br hamilton-dias@ig.com.br PEDIDO Manual OPERACIONAL Pagina 2 de 34 ÍNDICE Pedido... 4 Como Acessar... 4 Como Localizar Pedido...

Leia mais

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2

AVISO. Treinamento GVcollege Módulo Contas a Pagar 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações sem aviso prévio. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida nem transmitida

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Ello Master & Ello Gerencial PRINCIPAIS RECURSOS

Ello Master & Ello Gerencial PRINCIPAIS RECURSOS Recursos Ello & Ello PRINCIPAIS RECURSOS SPED Compra Legal Sintegra Consulta preço Consignação Controle de entregas Pedido a fornecedor Ordem de produção (produtos produzidos/indústria) Entradas simplificada

Leia mais

Softmatic Sistemas Integrados de Informática

Softmatic Sistemas Integrados de Informática Softmatic Sistemas Integrados de Informática Nota Fiscal Paulista Phoenix Rua Padre Estevão Pernet 215 Tatuapé Manual de Utilização ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 INSTRUÇÕES INICIAIS...3 CADASTROS...4 CADASTRO

Leia mais

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA

AR PDV SOLUÇÕES AR CONSULTORIA EM INFORMÁTICA 1 Sumário: 1. AR PDV...02 2. Registro / Login...03 3. Configuração...03 4. Abertura de Caixa...03 5. Registro de Vendas...04 a. Passos para Emissão do Cupom Fiscal...05 b. Inserindo Produtos...06 c. Formas

Leia mais

Apostila Sistema Retaguarda

Apostila Sistema Retaguarda Apostila Sistema Retaguarda Sumário Introdução...4 Cadastros Geral...5 Grupo de Empresas...5 Empresa...5 Parceiro...9 Contador...10 Cadastros Produtos...12 Subtipo...12 Linha...13 Família...13 Marca...14

Leia mais

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2

Versão 8.2C-03. Versão da Apostila de Novidades: 2 Versão 8.2C-03 Versão da Apostila de Novidades: 2 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais