Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens"

Transcrição

1 Manual de Usuário Módulo Acerto Viagens

2 MÓDULO DOS ACERTOS DE VIAGENS DOS MOTORISTAS. Este módulo permite registrar, acompanhar e calcular os valores envolvidos nas viagens dos motoristas ou agregados da empresa. Os acertos das viagens dos motoristas tem integração com adiantamentos de viagens ou ordens de frete, conhecimentos transportados, manifestos, notas fiscais, pedágios, módulo financeiro e contabilidade. A viagem é definida por um trajeto com data inicial e final mais um veículo e um motorista. O trajeto é dividido em percursos com faturamento e despesas devidamente identificáveis. O cálculo do resultado da viagem obedece a parâmetros previamente cadastrados quando da implantação do sistema. O resultado final do acerto de viagens é um recibo analítico, com layout parametrizado, que fica como comprovante e histórico da viagem.

3 LANÇAMENTOS DOS ACERTOS DE VIAGENS. O registro inicial dos acertos de viagens começam com a tela acima mostrada. 1. Número da Viagem. O campo é calculado automaticamente para cada estabelecimento (filial) da Empresa. 2. Data do Acerto. Informa a data da realização do acerto com o motorista. 3. Estabelecimento. Código cadastrado para cada filial da Empresa. 4. Veículo. Código do veículo ativo cadastrado. Pode ser veículo próprio ou agregado. 5. Motorista. Código do motorista ou agregado ativo da empresa. 6. Saída ou início da viagem. Informar o estabelecimento, data, hora e hodômetro inicial da viagem. 7. Retorno ou fim da viagem. Informar o estabelecimento, data, hora e hodômetro final da viagem. O sistema calculará automaticamente o percurso total da viagem.

4 8. Agenciador. Informar aqui o valor total gasto nos agenciadores de cargas da viagem. As datas informadas são de importância fundamental para a obtenção de relatórios e integrações financeiras/contábeis. A viagem pode ser tabulada pela data do acerto, data de inicio ou data final. Para estes três casos existem parâmetros específicos. PERCURSOS DO ACERTO DE VIAGEM A tela acima deverá ser preenchida para cada percurso (ida e volta) do trajeto completo da viagem. 01. Número do Percurso. O sistema calculará automaticamente o numero de registros informados. 02. Percurso de... Informar se ida ou volta. 03. Tipo de Documento transportado no percurso. - Notas / Conhecimentos - Manifesto

5 - Ordem de Frete - Conhecimentos 04. Documento De acordo com o informado no campo anterior preencher com código do estabelecimento e o número do documento ou Pf5 para visualizar documentos. 05. Data do percurso de Saída ou Retorno. 06. Cliente do percurso. Campo opcional para Informar a fantasia do cliente da viagem. 07. Origem e Destino da Viagem. Informar as cidades de origem e destino do percurso. Utilizar abreviação se necessário. 08. Carga própria ou de Outros. 09. Kms do percurso. (Opcional). 10. Código da carreta (opcional). 11. Percurso com carga ou vazio. 12. Toneladas transportadas (opcional). 13. Tipo de mercadoria transportada (Opcional). 14. Valor do Frete Transportado. Este campo de acordo com o informado no item 03 poderá vir informado automaticamente. Caso contrario deverá ser informado manualmente. O somatório dos fretes dos percursos será totalizado para configurar o total do frete da viagem. 15. Valor para cálculo da comissão. Este campo tem extrema importância pois dele depende o valor da comissão dos motoristas. O valor para comissão poderá ser igual, menor ou maior que o valor da viagem. O valor da comissão depende de dois campos. O percentual de comissão informado no cadastro de funcionários e o valor para calculo informado neste campo. No caso do valor da comissão ser um valor fixo, que não depende de percentual ou do valor do frete, o campo percentual de comissão no cadastro de funcionários deverá ser preenchido com 100%. 16. Frete Recebido.

6 Caso o valor do frete do percurso seja trazido em mãos pelo motorista o campo deverá ser preenchido como sim. ADIANTAMENTOS PARA AS VIAGENS DOS MOTORISTAS. Para cada viagem informada no sistema podem existir nenhum, um ou vários adiantamentos de viagem que podem ser feitos entre as datas de inicio e fim do trajeto. Os adiantamentos incluídos no acerto de uma viagem específica devem, necessariamente, ter sido gerados antes ou entre as datas de inicio e fim do trajeto. Existem 3 origens possíveis para os adiantamentos do acerto: - Incluído diretamente no acerto sem documento prévio. - Recibo de adiantamento prévio. - Ordem de frete. No primeiro caso o operador digita as informações solicitadas diretamente na tela mostrada acima. No segundo caso o sistema mostra os adiantamentos em aberto do motorista da viagem e o operador escolhe os que serão lançados no acerto. No terceiro caso o sistema mostra as Ordens de Frete em aberto do motorista da viagem e o operador escolhe as que serão lançadas no acerto.

7 A tela acima mostra como aparecem as Ordens de Frete em aberto para o motorista da viagem. O operador deve informar estabelecimento e período de procura. As OF selecionadas serão lançadas automaticamente no acerto de viagem. A tela acima mostra como aparecem os adiantamentos de viagens em aberto para o motorista da viagem. O operador deve informar estabelecimento e período de procura. Os adiantamentos selecionados serão lançados automaticamente no acerto de viagem.

8 DESPESAS DOS ACERTOS DE VIAGENS. Na tela mostrada acima são lançadas todas as despesas ou valores envolvidos na viagem informada. As despesas mais comuns são: combustíveis, diárias, pedágios, chapas, consertos em geral, compras de pequeno valor e outros. Os lançamentos de combustíveis tem campos específicos que devem ser preenchidos de acordo com o documento portado pelo motorista. Cada despesa é identificada por um código previamente cadastrado em tabela específica. Existem valores do acerto de viagens que são lançados como créditos do motorista. Neste caso o sistema considera estes lançamentos como se fossem comissões. As notas fiscais emitidas durante o percurso da viagem devem ser lançadas no módulo de compras e posteriormente relacionadas com o acerto como será explicado mais a frente. Os pedágios integrados via arquivos.txt serão lançados no acerto da mesma forma que os adiantamentos ou notas fiscais.

9 TABELA TIPOS DE DESPESAS. As despesas dos acertos de viagem devem ser codificadas por um número mais uma descrição que não deixe lugar a dúvidas. 1. Grupo das despesas Os grupos definidos são: 1 - Para Combustíveis (Diesel, S10, Gasolina, etc ) 5 - Arla32 2. Categorias das Despesas Acertos Reembolsos para o motorista 3. Conta Financeira. As despesas dos acertos são integradas contabilmente e o parâmetro de integração é a conta financeira de cada despesa.

10 Frete Devolvido. É o valor que o motorista devolve do frete recebido. A diferença é considerada como se fosse adiantamento de viagem. RESUMO DO ACERTO DE VIAGEM.

11 Após os lançamentos dos trajetos e respectivos faturamentos, os adiantamentos, despesas gerais, notas fiscais vinculadas, pedágios, etc, o sistema apresenta a tela do saldo do acerto de viagem, condensando os débitos e créditos em varias linhas de valores a vista ou a prazo, chegando no saldo final que pode ser credor ou devedor para o motorista. O motorista pode zerar ou não o saldo do acerto. Caso o saldo não seja zerado o valor residual ficará como saldo anterior para o próximo acerto. O sistema integra este resultado com a rotina de Caixa e Bancos do sistema financeiro da empresa alem da integração com contas a pagar ou receber. RECIBO DO ACERTO DE VIAGEM. Após a conclusão do acerto o sistema emite recibo do acerto de viagem e uma ou duas vias para comprovante ou arquivo. Existem vários layouts segundo as necessidades das empresas usuárias.

12 TABELA DE PARAMETROS PARA OS ACERTOS DE VIAGENS. 1. Numeração dos acertos. O sistema controla automaticamente a numeração dos acertos mantendo a última numeração tabelada. 2. Tipo de acerto. Existem vários critérios para o calculo do resultado dos acertos. Cada empresa usuária escolhe ou define o seu. 3. Informa Centro de Custo. No lançamento de despesas pode-se obrigar a informar o código do centro de custo para cada valor digitado. 4. Agenciador nos acertos. Informar se existem gastos com agenciador nos acertos de viagem (sim/não). 5. Informa campo para comissão. Define se nos lançamentos dos percursos o operador tem acesso ao campo valor para comissão. 6. Informa número para os acertos de viagens. Informa se a numeração dos acertos é automática ou manual.

13 TABELA DE PARAMETROS PARA OS ACERTOS DE VIAGENS. 07. Mostra Arla32 nos Acertos. Informa se deve aparecer a tela de lançamentos de Arla32 na seqüência de telas das despesas da viagem. 08. Informa Posto de Abastecimento nas despesas a prazo. As despesas a prazo geralmente não se referem a postos de abastecimentos (Combustíveis). Neste caso o sistema bloqueia o campo Posto de Abastecimento. 09. Forma de Pagamento da Despesas. Crava a forma de pagamento A Vista ou A Prazo nos lançamentos de despesas. 10. Informa os campos de tonelagem e tipo de mercadoria nos roteiros da viagem (sim/não). 11. Forma de calculo da comissão dos motoristas. Pode ser calculada por acerto de viagem ou por período. No último caso a comissão é calculada em forma separada por procedimentos específicos. 12. Combustíveis VS Estoque Os combustíveis de depósitos geram integração com o estoque de combustíveis. Atualiza ou não atualiza.

14 13. Acertos sem Adiantamentos. Aceita ou não aceita acertos de viagens com adiantamentos de viagens. 14. Integrar Notas Fiscais de Compras nos acertos de viagens. Sim ou Não. 15. Mostrar tela dos Pedágios. Sim ou Não. 16. Busca saldo anterior dos motoristas. Informa se o saldo anterior dos motoristas, se for diferente de zero, será mostrado no acerto final. Pode ser Sim, Não ou um outro critério. 17. Integração com o módulo financeiro. Sim ou Não. 18. Gera Adiantamentos no Financeiro (Caixa e bancos). Aceita Caixa e Bancos, só Caixa, só bancos ou Todos. 19. Gera Recibo de adiantamento do saldo final do acerto? Sim ou Não. RECIBOS DE ADIANTAMENTOS.

15 O módulo registra os adiantamentos em valor dado aos motoristas da empresa antes ou durante as viagens de transporte ou por outros motivos quaisquer. Os adiantamentos de viagens serão informados nos acertos de viagens dos motoristas e ficaram assinalados para controle da empresa. Os adiantamentos de motoristas são integrados com o módulo financeiro (caixa e bancos, contas a receber / pagar ) e contabilidade. O sistema fornece consultas e relatórios de adiantamentos de motoristas por período, estabelecimentos, tipos, etc. Existem controles para inibir lançamentos de adiantamentos fora de períodos contábeis e financeiros. REGISTRO DE ADIANTAMENTO DE VIAGEM. A tela acima mostra as inclusões dos adiantamentos de viagens dos motoristas. 01. Empresa. Informar o estabelecimento responsável do adiantamento. 02. Data do Documento. Informar a data do adiantamento. 03. Tipo de Adiantamento.

16 Interno ou Externo. O tipo externo usa-se para identificar adiantamentos dado para agregados da empresa. 04. Motivo dos Adiantamentos. Viagem, Diárias, Pedágios, Salários e para Postos de Abastecimentos. Estes últimos geram uma entrada no contas a pagar já que são débitos com os postos onde são trocados por dinheiro ou espécies (deve-se informar o CNPJ do Posto) 05. Código do Veículo. É obrigatório nos adiantamentos para postos e tipo externo. 06. Motorista / Funcionário. Campo Obrigatório para todos os adiantamentos. O funcionário deve estar cadastrado no módulo de funcionários previamente e estar ativo. 07. Destino da Viagem. Campo livre. 08. Portador. Campo obrigatório para integração dos adiantamentos com Fluxo de Caixa, Financeiro e contábil. 09. Valor do Adiantamento. Valor que será integrado com acertos de viagens, financeiro e contábil. 10. Acertado. Indica se o adiantamento foi incluído ou não num acerto de viagem.

17 RECIBO DO ADIANTAMENTO DE VIAGEM. A tela acima mostra uma copia do recibo de adiantamento emitido pelo sistema após a inclusão do adiantamento. RELATORIO DE ADIANTAMENTOS DOS FUNCIONARIOS. A tela acima mostra o filtro de emissão de relatórios

18 VALORES FINAIS DO ACERTO DE VIAGENS. A tela acima mostra o resultado final do acerto de viagens do sistema. Todos os valores apresentados em azul tem origem em campos preenchidos anteriormente no procedimento do acerto. 01. Total do Frete. Corresponde ao somatório dos valores de frete dos percursos informados nos trajetos da viagem. Podem ter origem em conhecimentos, Manifestos, Notas Fiscais ou informados manualmente. 02. Total Frete Recebido. Total do Frete que é recebido pelo motorista da viagem. 03. Valor Devolução. Indica o total da devolução do valor do frete recebido. 04. Total Adiantamentos. Somatório de todos os adiantamentos recebidos pelo motorista entre a data inicial e final da viagem. 05. Total Adiantamentos + Saldo Valor Recebido Soma do total dos adiantamentos + o saldo do total recebido o valor devolvido 06. Total Despesas a Vista. Somatório de todas as despesas da viagem que foram pagas a vista.

19 06. Total Despesas a Prazo. Somatório de todas as despesas da viagem que foram pagas a prazo. 07. Total Créditos do Motorista. Valores que a empresa reembolsa ao motorista gerados durante a viagem. 08. Total Adicional para o Motorista da Viagem. Percentual ou valor que o motorista da viagem recebe a título de premio pelo trabalho. 09. Total valor a vista + premio Motorista. Total das despesas pagas a vista na viagem + o premio do motorista. 10. Saldo Parcial. O sistema apresenta um saldo parcial do acerto, créditos débitos. Os créditos são basicamente os valores pagos a vista, prêmios e reembolsos. Os débitos são basicamente os adiantamentos e recebimentos de fretes. 11. Saldo do Motorista. O sistema permite que os valores de debito do motorista (saldo devedor) fiquem pendentes no acerto de viagem. Estes saldos aparecem como saldo anterior para compor o saldo total. 12. Valor do Acerto. O valor do acerto poderá ser credor ou devedor para o motorista. O sinal do acerto D ou C é utilizado para esta finalidade. O acerto pode zerar ou não o saldo final do motorista.

Manual de Usuário. Módulo Pneus

Manual de Usuário. Módulo Pneus Manual de Usuário Módulo Pneus Introdução: O modulo de pneus foi desenvolvido para controlar a movimentação e analisar os dados estatísticos dos pneus comprados pelo cliente. Existem duas formas de controle

Leia mais

ROTEIRO RESUMIDO DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER / COBRANZA

ROTEIRO RESUMIDO DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER / COBRANZA ROTEIRO RESUMIDO DE INTEGRAÇÃO CONTROLLER / COBRANZA O objetivo deste material é apresentar a contabilização das principais operações existentes nos sistemas Controller e Cobranza, de forma resumida. A

Leia mais

TOTVS Integrações com o Contas a Receber

TOTVS Integrações com o Contas a Receber TOTVS Integrações com o Contas a Receber 10/10/2012 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo de Integração Contabilidade Gerencial... 3 1.3 Lançamento Padrão...

Leia mais

Exemplos de rateio Conforme percentual definido na Contabilidade

Exemplos de rateio Conforme percentual definido na Contabilidade Exemplos de rateio Conforme percentual definido na Contabilidade Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar exemplos de configurações a serem realizadas na integração entre os módulos Folha e Contabilidade

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido

Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido Guia de Implantação Bluesoft ERP Tesouraria Menu Rápido O objetivo deste guia é fornecer um roteiro para a implantação módulo Menu Rápido do sistema Bluesoft ERP. O que é Tesouraria Menu Rápido? Tesouraria

Leia mais

Título: Como configurar o rateio de centro de custos por filiais?

Título: Como configurar o rateio de centro de custos por filiais? Título: Como configurar o rateio de centro de custos por filiais? 1- PARÂMETROS 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Na guia GERAL, clique em DEFINIÇÕES; 1.3 No quadro GERAL, no campo

Leia mais

MANUAL CONFIGURAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DO CONTAS A PAGAR MÓDULO FINANCEIRO

MANUAL CONFIGURAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DO CONTAS A PAGAR MÓDULO FINANCEIRO MANUAL CONFIGURAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DO CONTAS A PAGAR MÓDULO FINANCEIRO Datahouse Automação Rua Barão do Itaqui, número 55, sala 101, Bairro Passo D areia, Porto Alegre / RS CONTABILIZAÇÃO MÓDULO FINANCEIRO

Leia mais

Título: Configuração para realizar integração Folha x Contabilidade

Título: Configuração para realizar integração Folha x Contabilidade Título: Configuração para realizar integração Folha x Contabilidade 1- PARÂMETROS: acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS; 1.1- Na guia CONTABILIDADE, subguia GERAL: 1.1.1- Selecione a opção [x]

Leia mais

Importação de Extrato Eletrônico EEFI Operadora de Cartão de Crédito REDECARD

Importação de Extrato Eletrônico EEFI Operadora de Cartão de Crédito REDECARD Importação de Extrato Eletrônico EEFI Operadora de Cartão de Crédito REDECARD Introdução Quando o pagamento é efetuado via cartão de crédito ou débito, é gerado um título financeiro em nome da operadora

Leia mais

Título: Integração de Impostos pagos pelo Escritório Folha x Honorários

Título: Integração de Impostos pagos pelo Escritório Folha x Honorários Título: Integração de Impostos pagos pelo Escritório Folha x Honorários Pode ocorrer alguma situação onde o escritório de contabilidade paga alguns impostos para seus clientes, como por exemplo: INSS,

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Centro de Custos Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões de Usuário... 3 3.2... 4 3.3 Empresas... 5 3.4 Motivos de Movimentação... 6

Leia mais

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Bancos. ERP -> Lançamento Bancário.

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Bancos. ERP -> Lançamento Bancário. Manual Financeiro Bancos Página 1 de 19 Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Bancos. Relação dos Tópicos a serem vistos neste manual - Bancos o o

Leia mais

Parametrização para Documentos Fiscais

Parametrização para Documentos Fiscais Parametrização para Documentos Fiscais O sistema da Ommega Data é interativo e permite realizar as configurações necessárias conforme a necessidade da sua empresa. É importante que as configurações sejam

Leia mais

GESTÃO DE PONTOS DE VENDA VND

GESTÃO DE PONTOS DE VENDA VND GESTÃO DE PONTOS DE VENDA VND O sistema Gestão de Pontos de Venda consiste no controle de caixa, movimentação, saldo do consumidor, vendas e estoque, podendo gerar nota fiscal dos produtos. Este sistema

Leia mais

Controle de Financiamentos. Sumário

Controle de Financiamentos. Sumário Fernanda Klein Both 02/04/2013 008.011.0035 B13 1/8 Controle de Financiamentos Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastros... 2 2.1. Instituições Financeiras... 2 2.2. Conta Corrente... 2 2.3. Linhas de Crédito...

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Estoque

Manual de Usuário. Módulo Estoque Manual de Usuário Módulo Estoque MÓDULO DE ESTOQUE OU CONTROLE DE MATERIAIS. A base do controle de estoque são os itens (peças e acessórios, lubrificantes, combustíveis, etc) que devidamente codificados

Leia mais

Como realizar configuração para integração na Folha?

Como realizar configuração para integração na Folha? Como realizar configuração para integração na Folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas para integração entre os módulos Folha e Contabilidade. 1 CONFIGURAR

Leia mais

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo?

Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? Como configurar a Contabilidade por Centro de Custo? 1- PARÂMETROS DA EMPRESA 1.1 - Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 - Na guia GERAL, clique em DEFINIÇÕES; 1.2.1 - No quadro GERAL, selecione

Leia mais

A solução para otimizar seus negócios e acelerar seu crescimento.

A solução para otimizar seus negócios e acelerar seu crescimento. A solução para otimizar seus negócios e acelerar seu crescimento. Módulo financeiro para o SAP Business One Assistente completo de pagamentos Utilizado para fazer a quitação de documentos em lote (dinheiro,

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO Abaixo constam as alterações referentes aversão do dia 03/05/2013:

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO Abaixo constam as alterações referentes aversão do dia 03/05/2013: ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 06.01.00 Abaixo constam as alterações referentes aversão 06.01.00 do dia 03/05/2013: ATENÇÃO: Versões intermediarias não são de atualização obrigatório para todos os clientes, apenas

Leia mais

Como configurar integração com separador e rateio Conforme percentual definido na Contabilidade?

Como configurar integração com separador e rateio Conforme percentual definido na Contabilidade? Como configurar integração com separador e rateio Conforme percentual definido na Contabilidade? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na integração entre

Leia mais

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente DATASUL11

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente DATASUL11 Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente DATASUL11 O processo da IN 86, é uma exigência legal solicitada pela Receita Federal. O Produto está preparado para geração dos arquivos conforme layout

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Abas Menu Caixa Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Abrir o Caixa... 3 3.2 Permissões... 3 3.3 Configurar Relatórios de Motivos de Movimentação...

Leia mais

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

DOCUMENTOS FISCAIS DE SAÍDA DFS

DOCUMENTOS FISCAIS DE SAÍDA DFS DOCUMENTOS FISCAIS DE SAÍDA DFS O Sistema Documentos Fiscais de Saída apresenta os seguintes menus: Lançamento Lançamento de Notas Fiscais Esta tela destina-se ao lançamento manual de notas fiscais de

Leia mais

FECHAMENTO DE CAIXA. Menu: PDV > FECHAMENTO DE CAIXA

FECHAMENTO DE CAIXA. Menu: PDV > FECHAMENTO DE CAIXA Página 1 de 18 FECHAMENTO DE CAIXA O fechamento de caixa consiste em conferir, em tela, toda informação de vendas (saída de produtos e serviços) e entradas (por forma de pagamentos), confrontando esta

Leia mais

RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos. RECE7000 Emissão de Recibos de Adiantamentos 1 / 12

RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos. RECE7000 Emissão de Recibos de Adiantamentos 1 / 12 RECE7000 Emissão de recibos de Adiantamentos 1 / 12 Ao fechar um negócio, o cliente pode adiantar uma parte do pagamento combinado, mesmo antes da emissão da NF correspondente. O registro do recebimento

Leia mais

Como configurar integração sem separador e rateio Conforme cálculo da folha?

Como configurar integração sem separador e rateio Conforme cálculo da folha? Como configurar integração sem separador e rateio Conforme cálculo da folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na integração entre os módulos Folha e

Leia mais

Como configurar integração com separador Centro de custo e rateio conforme cálculo da folha?

Como configurar integração com separador Centro de custo e rateio conforme cálculo da folha? Como configurar integração com separador Centro de custo e rateio conforme cálculo da folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na integração entre os

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarias 100% Web. Manual do Usuário. Módulo de Administração da Produção

ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarias 100% Web. Manual do Usuário. Módulo de Administração da Produção ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarias 100% Web Manual do Usuário Módulo de Administração da Produção O ERP Brascomm oferece as ferramentas necessárias para a Gestão do Processo de Produção 1 Processos

Leia mais

Controle de Caixa. Financeiro - Tesouraria

Controle de Caixa. Financeiro - Tesouraria Financeiro - Tesouraria Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo de Processo do Controle de Caixinha... 3 1.3 Controle de Caixinha... 3 1.4 Controle de Caixinha

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

Departamento de Tecnologia da Informação PROJETO INTEGRAÇÃO INTRANET/FINANCIERO E CONTABILIDADE

Departamento de Tecnologia da Informação PROJETO INTEGRAÇÃO INTRANET/FINANCIERO E CONTABILIDADE Departamento de Tecnologia da Informação PROJETO INTEGRAÇÃO INTRANET/FINANCIERO E CONTABILIDADE Este documento tem como objetivo detalhar tecnicamente a integração de dados da atual intranet para o sistema

Leia mais

ACS Gerente Planilha para Implantação

ACS Gerente Planilha para Implantação ACS Gerente Planilha para Implantação Cliente Implantação Execução do Treinamento Horário Data Início Razão Social Nome Fantasia CNPJ Responsável TI Responsável Versão Usa TEF [ ] Sim [ ] Não Usa NF-e

Leia mais

Manual. Sistema Venus 2.0. (Módulo Financeiro)

Manual. Sistema Venus 2.0. (Módulo Financeiro) Manual Do Sistema Venus 2.0 (Módulo Financeiro) 1 Tela Principal: Esta é a tela principal do módulo financeiro, aqui trabalhamos com: Contas a Receber, Contas a Pagar, Controle de cheques recebidos, vendas

Leia mais

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++

Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ Emissão Doc Extra de Condomínio Sami ERP ++ 1. Baixa de Parcelas Acesse o Módulo CONDOMÍNIO CÁLCULOS DA EMISSÃO BAIXA DE PARCELAS. Este programa efetua a baixa das parcelas dos eventos lançados nas unidades,

Leia mais

Manual do Visual Practice

Manual do Visual Practice Manual do Visual Practice Integração de Valores com Visual Sucessor Para integrar os valores calculados na folha com a contabilidade é necessário fazer a configuração completa como segue e escolher um

Leia mais

Locação e eventos. Lista de cadastros

Locação e eventos. Lista de cadastros Locação e eventos O principal objetivo do sistema é controlar o estoque dos equipamentos locados de acordo com as respectivas datas dos eventos. Para realizar esta tarefa de forma eficiente estão inclusos

Leia mais

MÓDULO DE CONTROLE DE COMISSÃO

MÓDULO DE CONTROLE DE COMISSÃO MANUAL DO SISTEMA Versão 6.08 Configurações Gerais...2 Configurações para Serviços...2 Configurações para Peças...5 Configurando o Módulo...7 Perfil de Comissões...7 Perfil de Comissão de Veículos...7

Leia mais

Como configurar integração com separador Centro de custo sem rateio de lançamentos?

Como configurar integração com separador Centro de custo sem rateio de lançamentos? Como configurar integração com separador Centro de custo sem rateio de lançamentos? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas para integração com separador Centro

Leia mais

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta:

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta: Comissões Avançadas O módulo Comissões Avançadas permite o cálculo de comissões diferenciadas com várias possibilidades de filtros e configurações sobre os valores das vendas ou dos recebimentos de contas

Leia mais

Importador de Notas Fiscais Eletrônicas

Importador de Notas Fiscais Eletrônicas Importador de Notas Fiscais Eletrônicas Introdução O Processo ele funciona de acordo com uma nota técnica da SEFAZ (Nota Técnica 2014/002) que tem por finalidade importar no sistema automaticamente todas

Leia mais

Fábio Figueiredo Supervisor. Suporte

Fábio Figueiredo Supervisor. Suporte Olá! Bem Vindo! Fábio Figueiredo Supervisor Suporte Fabio.figueiredo@grupopc.com.br Agenda do dia: Custos e precificação Importação do XML na entrada de mercadoria Entendendo a precificação de Produtos

Leia mais

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Mato Grosso do Sul.

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Mato Grosso do Sul. Título: MS - Como realizar o cálculo do ICMS sobre o estoque das mercadorias incluídas do regime de Substituição Tributária conforme Art. 2º do Decreto nº 14.359/2015? Esta solução é exclusiva para empresas

Leia mais

MANUAL CONTABILIZAÇÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO - COMPLETO

MANUAL CONTABILIZAÇÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO - COMPLETO PARAMETRIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO A rotina de parametrização pode ser acessada através dos módulos: MÓDULO FOLHA MÓDULO CONTÁBIL Primeiramente é preciso definir como será feito a

Leia mais

Apresentação Procedimentos iniciais Acertar Carregamento Acertar Caixa Checkout... 6

Apresentação Procedimentos iniciais Acertar Carregamento Acertar Caixa Checkout... 6 Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Acertar Carregamento... 4 3. Acertar Caixa Checkout... 6 4. Acerto de Carregamento Zero (Venda balcão)... 8 Apresentação Esta rotina tem como

Leia mais

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte Página: 1 de 34 8. Contas a Pagar: O departamento ou a Gestão de Contas a Pagar de uma determinada empresa e/ou organização é responsável por fazer toda a gestão dos compromissos que são assumidos por

Leia mais

Controle de Adiantamentos entre Filiais

Controle de Adiantamentos entre Filiais Controle de Adiantamentos entre Filiais Introdução O controle de adiantamentos no sistema TCar atende diversas possibilidades de configuração. Na utilização do processo por filiais os adiantamentos realizados

Leia mais

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas.

Para os demais formatos, o relatório será gerado mas virá com configurações incorretas. Balancete Produto : TOTVS Gestão Patrimonial - 12.1.1 Processo : Relatórios Subprocesso : Balancete Data publicação da : 29/04/2015 O Balancete é um relatório contábil oficial exigido pela Legislação.

Leia mais

Faturamento - Pedido Vendas & Orçamento

Faturamento - Pedido Vendas & Orçamento Bruna Almeida 1.0 05/12/10 1 / 11 Bruna Almeida 1.0 05/12/10 2 / 11 1. Índice 1. Índice... 2 2. Revisão... 3 3. Objetivos... 4 4. Informações importantes... 4 5. Conteúdo... 4 Bruna Almeida 1.0 05/12/10

Leia mais

Procedimento para Gerar Pedido de Devolução

Procedimento para Gerar Pedido de Devolução Procedimento para Gerar Pedido de Devolução O procedimento a seguir irá demonstrar como gerar um pedido a partir de uma devolução do cliente e assim gerar também uma nota de crédito para o cliente. 1º

Leia mais

Manual Compensação de Adiantamento de Clientes

Manual Compensação de Adiantamento de Clientes Manual Compensação de Adiantamento de Clientes 1 CONCEITO 2 REQUISITOS 3 CONFIGURAÇÕES 3.1 Plano de Contas 3.2 Motivos de Movimentação 3.2.1 Baixa de Crédito de Clientes 3.2.2 Crédito de Clientes 3.2.3

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.018 NOVID AD ES E MELHORIAS E112A9 Jessica Pinheiro 16/05/2016 2/18 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.018 1. Configuração de situação cadastral padrão para novos clientes.... 3 2.

Leia mais

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I

MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I MANUAL DE CONFIGURAÇÕES MÓDULO CONTABIL I SUMÁRIO COMO CADASTRAR UM PLANO DE CONTAS... 3 COMO CADASTRAR CENTROS DE CUSTO... 7 CADASTRO DE HISTÓRICOS PADRÕES... 9 COMO CADASTRAR LANÇAMENTOS PADRÕES... 12

Leia mais

Manual Gestor Financeiro

Manual Gestor Financeiro Manual Gestor Financeiro 1 2 Sub-módulo Consulta 2 - Digitar no campo Pesquisar texto ou número conforme a opção selecionada e dê um ENTER. EX1: Selecionado código > campo pesquisar 123. EX2:Selecionado

Leia mais

Bem-vindo ao curso sobre contabilidade dos processos de compra e venda.

Bem-vindo ao curso sobre contabilidade dos processos de compra e venda. Bem-vindo ao curso sobre contabilidade dos processos de compra e venda. 1-1 Neste tópico, trataremos de algumas convenções contábeis gerais e forneceremos exemplos dos lançamentos contábeis automáticos

Leia mais

Manual Fechamento de Caixa. Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização

Manual Fechamento de Caixa. Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização Manual Fechamento de Caixa Gestor - Versão 11.2 (PAF) atualização 07.10.11 O fechamento de caixa é uma opção em que você encerrará os lançamentos financeiros feitos durante o dia e fará a conferência do

Leia mais

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa)

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa) 1 VENDAS DIRETAS É comum varejistas no seguimento de materiais de construção realizarem vendas com participação do fornecedor. Essas vendas são realizadas pela loja, no entanto a responsabilidade de entrega

Leia mais

Volpe ERP Módulo Financeiro Versão 3.7. Sumário

Volpe ERP Módulo Financeiro Versão 3.7. Sumário Sumário 1. Introdução... 3 1.1 O que fazer primeiro?... 3 2. Lançamento de produto... 4 2.1 Gerando relatórios de lançamento por títulos... 4 3. Posição contábil... 7 3.1 Gerando relatório de reposição

Leia mais

APRESENTAÇÃO SISTEMAS BEM-VINDO A APRESENTAÇÃO DO SISTEMA PROSIS: AFFINCO

APRESENTAÇÃO SISTEMAS BEM-VINDO A APRESENTAÇÃO DO SISTEMA PROSIS: AFFINCO BEM-VINDO A APRESENTAÇÃO DO SISTEMA PROSIS: AFFINCO - - - - SPED s - Clique sobre os botões do lateral para acessar a página que desejar - Informações completas do produto e sua movimentação; - Possibilidade

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Liberação de Atualização Autônomos Efetuadas diversas alterações e novas implementações nas rotinas de Autônomos. Com estas alterações, será possível criar eventos diversos de vencimento e desconto e lançá-los

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DEVOLUÇÃO COM REFERENCIA NFE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DEVOLUÇÃO COM REFERENCIA NFE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DEVOLUÇÃO COM REFERENCIA NFE Este manual tem como finalidade instruir a utilização da tela de Devolução com Referência NFE. OBS.: AS CORES DESTACADAS CORRESPONDEM AS CORES DESTACAS

Leia mais

TUTORIAL ACERTO DE COMISSÕES

TUTORIAL ACERTO DE COMISSÕES Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Preparar acerto de comissões... 3 3. Acertar comissões... 6 4. Fechar comissões... 9 5. Acompanhar comissões fechadas... 11 Apresentação A rotina

Leia mais

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2 Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2 O processo da IN 86, é uma exigência legal solicitada pela Receita Federal. O Produto EMS5 está preparado para geração dos arquivos conforme layout

Leia mais

SPED CONTÁBIL PREENCHIMENTO

SPED CONTÁBIL PREENCHIMENTO SPED CONTÁBIL PREENCHIMENTO Registro 0000 - Abertura do Arquivo Digital e Identificação do Empresário ou da Sociedade Empresária O registro 0000 é o registro de abertura do arquivo digital onde levará

Leia mais

Informativo de Versão 19.07

Informativo de Versão 19.07 Informativo de Versão 19.07 Índice Resulth Start... 2 Movimento PDV (Chamado 28079)... 2 ERP Receber... 3 Consultas de Vencimentos (Chamado 27491)... 3 Resulth Business... 5 Importação de XML de Conhecimento

Leia mais

Ao clicar no menu Cadastro, disponibilizará os seguintes módulos:

Ao clicar no menu Cadastro, disponibilizará os seguintes módulos: MANUAL CORRETORA Ao clicar no menu Cadastro, disponibilizará os seguintes módulos: Administradoras; Clientes/ Seguradoras; Entidades; Produtores/ Vendedores; Matriz/ Filiais; Produtos; Regiões; Usuários;

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS DEPÓSITO DE TROCAS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

TUTORIAL MANTER ORDEM DE SERVIÇO

TUTORIAL MANTER ORDEM DE SERVIÇO Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Gerar Nova Ordem de Serviço... 3 3. Pesquisar e Alterar Ordem de Serviço... 9 4. Gerar OS a partir de Orçamento Aprovado... 11 Apresentação A

Leia mais

Layouts Padrões de Importação - CobW 2000

Layouts Padrões de Importação - CobW 2000 1 de 7 22/10/2009 09:59 Layouts Padrões de Importação - CobW 2000 INTRODUÇÃO: O sistema CobW 2000 permite o reaproveitamento de informações existentes em outros sistemas da empresa, como por exemplo sistemas

Leia mais

Carta Frete & Cheque Troco. Posto Moura. Definição do que é carta frete e cheque troco. Configurações e modo de funcionamento no sistema.

Carta Frete & Cheque Troco. Posto Moura. Definição do que é carta frete e cheque troco. Configurações e modo de funcionamento no sistema. Carta Frete & Cheque Troco Posto Moura Definição do que é carta frete e cheque troco. Configurações e modo de funcionamento no sistema. 02/08/2013 Objetivo O que é carta frete? A carta frete é um documento

Leia mais

INTEGRAÇÃO MÓDULO CONTÁBIL

INTEGRAÇÃO MÓDULO CONTÁBIL MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA INTEGRAÇÃO MÓDULO CONTÁBIL [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] Material Desenvolvido para a Célula Contábil Autor:

Leia mais

Emenda Constitucional 87/2015 e NT LOGIX

Emenda Constitucional 87/2015 e NT LOGIX Emenda Constitucional 87/2015 e NT 2015-003 LOGIX 15/12/2015 Sumário Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Pré-requisitos... 3 3. Conversores... 3 4. Atualização fiscal... 3 5. Parametrização e cadastros...

Leia mais

Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte?

Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte? Título: Como apropriar o ICMS do crédito imobilizado realizando a integração contábil entre curto e longo prazo Até o término do exercício seguinte? Através desta opção, você poderá realizar os lançamentos

Leia mais

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Realizar Devolução de Cliente... 3 2.1 Geração Nota Fiscal Própria.... 3 2.2 Utilizando uma Nota de Devolução Enviada pelo Cliente.... 4 2.3

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo III

Treinamento Sistema Condominium Módulo III CONDOMINIUM Módulo III Financeiro (Despesas e saldos) Nesse módulo iremos apresentar os principais recursos da área contábil do sistema. Os outros itens não mostrados agora, iremos ver em outro módulo.

Leia mais

Geração Arquivo Sped Fiscal

Geração Arquivo Sped Fiscal Luciane D. Velasques 09/11/2016 1/17 Geração Arquivo Sped Fiscal Sumário 1. Introdução:... 2 2. Importação das notas para os Livros Fiscais:... 2 3. Apuração do ICMS... 4 4. Geração do Arquivo Sped...

Leia mais

Contabilização Devoluções de Compras

Contabilização Devoluções de Compras CONT5400 Contabilização Devoluções de Compras Para a execução deste programa informar: reduzida/contábil e as datas inicial e final. Este programa gera um relatório contendo as seguintes informações: número

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada.

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada. Página2 Cadastro de Categorias O cadastro de categoria é utilizado dentro do gestor para o controle financeiro da empresa, por ela é possível saber a origem e a aplicação dos recursos, como por exemplo,

Leia mais

EASETE SISTEMAS LTDA ME. SPACE - ERP - SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Manual do Usuário. v

EASETE SISTEMAS LTDA ME. SPACE - ERP - SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Manual do Usuário. v EASETE SISTEMAS LTDA ME SPACE - ERP - SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Manual do Usuário v2016.01 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. PRIMEIRO ACESSO COMO ADMINISTRADOR... 4 3. CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 ALTERAR SENHA...

Leia mais

Processo Cálculo 13º Salário. Processo Cálculo 13º Salário

Processo Cálculo 13º Salário. Processo Cálculo 13º Salário Processo Cálculo 13º Salário 1 Conteúdo Conteúdo... 2 Adiantamento 13º Salário... 3 1 Cadastros que influenciam no processo Adiantamento 13º Salário... 3 1.1 Manutenção Parâmetro Empresa RH (FP0500)...

Leia mais

<> <> Manual de Instruções Portal Financeiro

<<Portal Toyota>> <<MANUAL DE INSTRUÇÕES>> Manual de Instruções Portal Financeiro Manual de Instruções Portal Financeiro 1 Sobre este Manual... 3 Pré - requisitos... 3 Como Acessar... 3 1. ID - Identificação... 4 2. Usuário... 4 3. Senha...

Leia mais

Financeiro Controle de Cheque

Financeiro Controle de Cheque Financeiro Controle de Cheque 1 Objetivo O controle de cheques é importante para o controle financeiro da empresa. É possível também visualizar todas as situações que envolvem os cheques (depositado, devolvido,

Leia mais

Bem-vindo ao tópico sobre o processo de suprimento.

Bem-vindo ao tópico sobre o processo de suprimento. Bem-vindo ao tópico sobre o processo de suprimento. Nesta sessão, será apresentada uma visão geral do processo de suprimento. Ao final, você será capaz de listar as etapas do processo de suprimento e comprar

Leia mais

GNRE on-line LOGIX. Sumário. 1.1 Pré-requisitos Conversores Parametrização... 3

GNRE on-line LOGIX. Sumário. 1.1 Pré-requisitos Conversores Parametrização... 3 GNRE on-line LOGIX 07/2016 Sumário 1.1 Pré-requisitos... 3 1.2 Conversores... 3 1.3 Parametrização... 3 1.3.1 Parâmetros por empresa... 3 1.3.2 Configuração GNRE on-line... 5 1.3.3 Parametrização de produto

Leia mais

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e

Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos e Nota Eletrônica Prazos Sistema Elotech já liberado para acesso. Notas e declarações serão pré-convertidas para conferência de dados até dia 26/06. Ideal é que todos estejam cadastrados (usuário e atualização

Leia mais

Ao clicar no menu Atendimento ao cliente, disponibilizará os seguintes módulos:

Ao clicar no menu Atendimento ao cliente, disponibilizará os seguintes módulos: Ao clicar no menu Atendimento ao cliente, disponibilizará os seguintes módulos: Atendimento/ Beneficiários Atendimento Avulso / Orçamento Atendentes Agenda de Atendimento Relatórios Menu ATENDIMENTO AO

Leia mais

TÍTULO: CONFIGURAÇÃO PARA EMISSÃO DE BOLETOS BANCÁRIOS.

TÍTULO: CONFIGURAÇÃO PARA EMISSÃO DE BOLETOS BANCÁRIOS. TÍTULO: CONFIGURAÇÃO PARA EMISSÃO DE BOLETOS BANCÁRIOS. 1- CADASTRO DOS BANCOS: 1.1 - Acesse o menu ARQUIVOS e clique em BANCOS; 1.2 - No campo CÓDIGO, será preenchido automaticamente pelo próprio sistema,

Leia mais

MANUAL DE DETALHAMENTO DE PROCESSOS

MANUAL DE DETALHAMENTO DE PROCESSOS MAIO/10 Rev. 01 MANUAL DE DETALHAMENTO DE PROCESSOS Manual de Detalhamento de Processos Elaboração: Marcelo Adriano dos Santos Camargo Aprovação: José Luiz F. Velho MAPA DE PROCESSOS D MAIS ENTRADAS ESTRATÉGICAS

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS

TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS Está disponível no Módulo Patrimônio do SIAGRI Agribusiness a transferência de bens imobilizados. Esta nova funcionalidade realiza a transferência de bens entre as empresas,

Leia mais

informações de um equipamento cadastrado em uma determinada O.S e o Código Interno da Empresa.

informações de um equipamento cadastrado em uma determinada O.S e o Código Interno da Empresa. Conteúdo 1Introdução 2Comentários - RELATÓRIOS FIXOS- Alterações. 3Retorno Bancário 4Pedido de compra 5Estoque por lote - GRADE 6Código Interno - O.S. 7DRE - Custo de Aquisição. Introdução Este artigo

Leia mais

Título: Como configurar uma empresa com Sociedade em Conta de Participação?

Título: Como configurar uma empresa com Sociedade em Conta de Participação? Título: Como configurar uma empresa com Sociedade em Conta de Participação? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS; 1.2 Clique no botão [Nova Vigência]; 1.3 Na guia GERAL,

Leia mais

Configuração de Vale Transporte no cadastro do empregado e estagiário

Configuração de Vale Transporte no cadastro do empregado e estagiário Configuração de Vale Transporte no cadastro do empregado e estagiário Os dados a seguir foram elaborados para a configuração sobre as informações de vale transporte no cadastro do empregado 1 CADASTRO

Leia mais

RHFP7000 Contabilização da Folha de Pagamento

RHFP7000 Contabilização da Folha de Pagamento RHFP7000 Contabilização da Folha de Pagamento O objetivo deste programa é realizar as contabilizações seguintes: Folha de pagamento dos funcionários; Alimentação (parte da empresa); Assistência Médica

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51)

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) RELATÓRIOS FINANCEIROS ARQUIVOS > FINANCEIRO > RELATÅRIOS IMPRESSÇO DOS RELATÅRIOS DE MOVIMENTAÉÇO FINANCEIRA. 1. ÑCONES PRINCIPAIS: a) SAIR DE RELATÓRIOS: Sai da tela; b) EXIBIR RELATÓRIOS: Exibe o relatório

Leia mais

Tipo de Movimento de Entrada e Saída

Tipo de Movimento de Entrada e Saída Tipo de Movimento de Entrada Procedimentos de Configuração, para Parametrizar o SISGEM com os Tipos de Movimentações. Copyright 2010 flexlife todos diretos reservados www. flexlife.com.br Versão 1.1-19/08/15

Leia mais