de tecnologia P A R A EM 2016

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "de tecnologia P A R A EM 2016"

Transcrição

1 ^ TENDENCIAS de tecnologia P A R A + RH EM 2016

2 Panto O RH de hoje faz + - MAIS com menos A expansão das plataformas de avaliação nas últimas décadas transformou praticamente toda a gestão de RH das empresas. Muitas organizações já conseguiram implementar com sucesso novas ferramentas que ajudam a aperfeiçoar o desempenho e o rendimento dos principais talentos. Com o advento das novas plataformas de gestão, líderes de RH podem finalmente definir estratégias específicas para avaliar e promover profissionais. Com o impulso das novas tecnologias, o departamento de RH consegue fazer mais em menos tempo, como: Avaliar mais candidatos Providenciar análises mais detalhadas Checar novos indicadores de performance Treinar gestores com maior eficiência Aprimorar o feedback corporativo O desafio agora é monitorar a integração de todos os sistemas e ferramentas a fim de atingir resultados significativos com base nos dados acumulados.

3 P O que está MUDANDO? Muitos estudos importantes publicados no ano passado relataram a transformação no ambiente organizacional das empresas. Há duas áreas que valem a pena destacarmos: 1) O relatório da Pew Research Center revelou que a geração de millenials já representa a maior parte da força de trabalho dentro das empresas. O estudo também apontou que nunca na história tantos profissionais de diferentes faixas etárias trabalharam juntos de uma só vez. 2) Graças à tecnologia, o conhecimento está se expandindo rapidamente em índices avassaladores a cada ano. O estudo de 2015 da Deloitte Human Capital Trends descobriu que os empregadores reconhecem a importância cada vez maior em atualizar as estratégias de aprendizado e desenvolvimento a curto prazo e para o futuro. O impacto das mudanças demográficas no ambiente de trabalho é notado por executivos de todos os setores há décadas. A diferença é que agora, mais do que nunca, as empresas precisam aprender a enfrentar a imprevisibilidade das configurações organizacionais que estão por vir, com a inclusão de diferentes perfis de profissionais. Na medida em que o ambiente de trabalho passa por mudanças radicais, as empresas precisam acompanhar as melhores soluções de gestão de talentos disponíveis no mercado. A boa notícia? As tendências de tecnologia para o RH em 2016 vão ditar o rumo dos negócios, porém, não são (ou não deveriam ser) segredo para ninguém. Confira nas próximas páginas as principais tendências de tecnologia para o RH esse ano: +

4 Consolidar UM ALINHAMENTO MAIS SÓLIDO COM O NEGÓCIO Quando pensamos nas soluções de RH tradicionais, o costume de muitos gestores é pensar apenas em migrar os documentos para o ambiente online. O responsável passa todos os arquivos para um servidor e não promove mais nenhuma melhoria no processo, trabalhando com um software independente sem conectividade com o negócio. As novas tecnologias de gestão para o RH prometem apoiar os diversos departamentos de uma empresa com uma funcionalidade prática e rápida. O objetivo será ajudar líderes de RH a tomar melhores decisões nas atividades relacionadas à gestão de talentos, como recrutamento, engajamento e retenção dos melhores profissionais. Soluções: Simplificar o processo de avaliação e revisão de performance Integrar avaliação de performance e treinamento Identificar e reter as pessoas chaves em seu negócio

5 CAPACITAR GESTores A CONDUZIR PROCESSOS DE RH EM MÚLTIPLAS PLATAFORMAS Há uma tendência cada vez mais crescente de permitir que os gestores ativamente participem dos processos de recursos humanos. Essa prática está se tornando mais comum para firmar o monitoramento de gestores e funcionários no que tange ao desempenho individual de cada um. As novas tecnologias de RH do mercado permitem que gestores tenham uma visão ampla das performances e atividades de cada funcionário, acompanhando processos contínuos com regularidade. As plataformas de gestão ainda permitem que os líderes consigam revisar e avaliar com praticidade os objetivos e planejamentos corporativos, além de providenciar feedback por meio de diversos dispositivos (desktop, mobile e tablet). Soluções: Avaliar empregados por múltiplas plataformas Realizar uma gestão de sucessão eficaz Comparar o desempenho individual com o modelo ideal para a organização

6 PROVIDENCIAR FEEDBACK E APOIO CONTÍNUO A gestão de desempenho tem como principal objetivo aperfeiçoar a performance dos funcionários. A gestão deve assumir a responsabilidade de alinhar, engajar e inspirar pessoas a alcançar resultados cruciais para a organização. Os softwares de RH que surgiram nos últimos anos foram projetados para ajudar na gestão e nos processos de avaliação. As novas plataformas de gestão facilitam as discussões e o feedback entre gestores e subordinados, garantindo que as competências e qualidades necessárias para a execução do trabalho sejam identificadas rapidamente. Ao identificar essas competências, gestores podem investir em treinamentos específicos para aprimorar as atividades e habilidades dos profissionais. Soluções: Alinhar metas e objetivos individuais à estratégia corporativa Criar uma cultura de meritocracia Identificar rapidamente eventuais problemas de gestão Reduzir o turn-over e o risco operacional

7 Avaliar profissionais EM TEMPO REAL Um estudo publicado no Harvard Business Review em 2014 revelou que profissionais com alta performance valorizam feedback, treinamento e desenvolvimento regular. Se o feedback não acontece com a frequência desejada, é muito provável que esses profissionais busquem em outro lugar. Para apoiar gestores no processo de avaliação, é imperativo que a empresa tenha uma ferramenta que integre treinamentos e feedbacks alinhados aos objetivos do negócio. Com uma plataforma que acompanha atividades diariamente, o gestor consegue capturar feedbacks com apenas alguns cliques, gerando avaliações precisas e objetivas. Soluções: Integrar as metas e objetivos ao treinamento Personalizar e adaptar pesquisas de clima organizacional aos objetivos da empresa Customizar formulários, workflow, administração e relatórios

8 A principal tendencia ^ PARA 2016 Onde quer que você vá, provavelmente vai encontrar algo relacionado a Big Data e Analytics de RH. Um líder de RH abastecido com as melhores ferramentas analíticas de RH terá à sua disposição uma variedade extensa de dados e informações relevantes sobre os funcionários e empresa. Os dados baseados em avaliação de funcionários ajudarão a responder perguntas importantes sobre os desafios da força de trabalho organizacional. + As análises fornecem importantes insights para identificar oportunidades de aprendizado, desenvolvimento de liderança e gestão de profissionais com alto potencial. Quando empresas planejam o futuro, se torna inevitável procurar por plataformas inteligentes avançadas de análise para monitorar, atrair, reter e desenvolver os melhores talentos.

9 quer SABER COMO IDENTIFICAR E GERIR SEUS MELHORES TALENTOS? Acesse nosso site e conheça as ferramentas: talent.efix.net/pt Acompanhe a Efix no Facebook

Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação

Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação Fórum de Empresas Estatais Federais Plano de Cargos, Salários e Remuneração Capacitação de RH para Inovação A prática de remuneração variável e gestão por competências no setor público brasileiro Agenda

Leia mais

Capítulo 8 Avaliação e Gerenciamento do Desempenho

Capítulo 8 Avaliação e Gerenciamento do Desempenho Capítulo 8 Avaliação e Gerenciamento do Desempenho slide 1 Objetivos de aprendizagem 1. Explicar o propósito da avaliação de desempenho. 2. Responder à pergunta: Quem deve fazer a avaliação?. 3. Discutir

Leia mais

"DESENVOLVIMENTO E RETENÇÃO DE TALENTOS EM TEMPOS DE ALTA DEMANDA POR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL"

DESENVOLVIMENTO E RETENÇÃO DE TALENTOS EM TEMPOS DE ALTA DEMANDA POR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL "DESENVOLVIMENTO E RETENÇÃO DE TALENTOS EM TEMPOS DE ALTA DEMANDA POR QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL" Gestão Engajamento e Retenção nas Mãos das Lideranças Pessoas: O ativo mais importante das organizações?!?!

Leia mais

empowering talents WWW.CASLEADER.COM.BR UM PRODUTO:

empowering talents WWW.CASLEADER.COM.BR UM PRODUTO: empowering talents WWW.CASLEADER.COM.BR UM PRODUTO: "VIMOS A TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, E A NECESSIDADE DE MELHOR ESTRUTURAÇÃO DOS PROCESSOS DE APRENDIZAGEM, E ENTÃO SABÍAMOS QUE ERA PRECISO CRIAR O CASLEADER".

Leia mais

Soluções para Estruturação de Plano de Cargos

Soluções para Estruturação de Plano de Cargos Towers Watson Soluções para Estruturação de Plano de Cargos Global Grading System (GGS) e Mapas de Carreira A abordagem para estruturação de plano de cargos da Towers Watson ajuda as organizações a gerenciar

Leia mais

SAP ROADSHOW. O case Success Factors no Grupo Fallgatter. Gabriella Kellermann. Analista de Recursos Humanos Grupo Fallgatter

SAP ROADSHOW. O case Success Factors no Grupo Fallgatter. Gabriella Kellermann. Analista de Recursos Humanos Grupo Fallgatter SAP ROADSHOW O case Success Factors no Grupo Fallgatter Gabriella Kellermann Analista de Recursos Humanos Grupo Fallgatter O Grupo Fallgatter, fabricante e distribuidor de componentes e equipamentos metalmecânicos

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento - T&D. Capacitação e formação dos colaboradores do HSC

Treinamento e Desenvolvimento - T&D. Capacitação e formação dos colaboradores do HSC Treinamento e Desenvolvimento - T&D Capacitação e formação dos colaboradores do HSC Políticas de RH As práticas de Recursos Humanos do Hospital Santa Catarina estão de acordo com as diretrizes apresentadas

Leia mais

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho

Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Hérica Righi,Raoni Pereira e Flávia Carvalho Relatório CRI Minas 16/05/13 Inovação e Comportamento Humano Muitos são os desafios encontrados

Leia mais

Gestão de Pessoas MÓDULO II

Gestão de Pessoas MÓDULO II O DIFERENCIAL É O TALENTO HUMANO: Gestão de Pessoas MÓDULO II Prof. Ms. Fábio Lúcio Gomes fabiodobu@gmail.com Administração de RH Abrange o conjunto de técnicas e instrumentos que permitem às organizações

Leia mais

Recomendação de políticas Alfabetização digital

Recomendação de políticas Alfabetização digital Recomendação de políticas A oportunidade O conhecimento de informática e a alfabetização, a familiaridade com software de produtividade, a fluência no uso de uma ampla gama de dispositivos digitais, estas

Leia mais

Organização da Disciplina. Auditoria em Recursos Humanos. Aula 1. Contextualização

Organização da Disciplina. Auditoria em Recursos Humanos. Aula 1. Contextualização Auditoria em Recursos Humanos Aula 1 Prof. Me. Elizabeth Franco Organização da Disciplina Aula 01 A administração de recursos humanos área em desenvolvimento Aula 02 A origem e a evolução da auditoria

Leia mais

O site da minha empresa precisa ser atualizado?

O site da minha empresa precisa ser atualizado? O site da minha empresa precisa ser atualizado? Já sabemos a alguns anos que a presença digital é realidade e que vem crescendo cada vez mais. Neste cenário estar bem posicionado na web é obrigação das

Leia mais

Liderança e Gestão da Organização

Liderança e Gestão da Organização 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

5 hábitos que a área de RH deve abandonar em Raquel Oliveira Diretora LATAM de Produto e Estratégia de Vendas para Learning, SAP Brasil

5 hábitos que a área de RH deve abandonar em Raquel Oliveira Diretora LATAM de Produto e Estratégia de Vendas para Learning, SAP Brasil 5 hábitos que a área de RH deve abandonar em 2015 Raquel Oliveira Diretora LATAM de Produto e Estratégia de Vendas para Learning, SAP Brasil Um lugar à mesa, mas sem visibilidade Mesmo empresas que dão

Leia mais

VIX LOGÍSTICA S/A COMITÊ DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E GESTÃO DE PESSOAS

VIX LOGÍSTICA S/A COMITÊ DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E GESTÃO DE PESSOAS VIX LOGÍSTICA S/A COMITÊ DE GOVERNANÇA CORPORATIVA E GESTÃO DE PESSOAS 1. Objetivo O Comitê de Governança Corporativa e Gestão de Pessoas é um órgão acessório ao Conselho de Administração (CAD) da VIX

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Atualizado em 22/10/2015 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS As competências não são estáticas, tendo em vista a necessidade de adquirir agregar novas competências individuais

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CST EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Missão A missão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Estácio de Sá consiste em formar profissionais

Leia mais

A Grow RH. êxito, qualidade e agilidade, garantindo a

A Grow RH. êxito, qualidade e agilidade, garantindo a A Grow RH Oriunda de um dos maiores grupos de RH do Brasil, a Grow RH atua há 13 anos na área de consultoria em Recursos Humanos. Temos como clientes empresas e profissionais de diversos segmentos e portes,

Leia mais

A importância da liderança como diferencial competitivo. Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015

A importância da liderança como diferencial competitivo. Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015 A importância da liderança como diferencial competitivo Leonardo Siqueira Borges 29 de Setembro de 2015 Ellebe Treinamento em Gestão Organizacional A Ellebe atua em empresas públicas e privadas nas áreas

Leia mais

Simulado "1.Introdução"

Simulado 1.Introdução Pá gina 1 de 7 Simulado "1.Introdução" Simulado do PMI por Antônio Augusto 17 de March de 2012 Pá gina 2 de 7 Disciplinas e temas deste simulado 01 - Introdução ao gerenciamento de projetos (3 questões)

Leia mais

OBJETIVOS. Dar a conhecer a estrutura do Modelo de Excelência de Gestão MEG. Refletir sobre o ciclo PDCL. Planejamento. Verificação Aprendizagem

OBJETIVOS. Dar a conhecer a estrutura do Modelo de Excelência de Gestão MEG. Refletir sobre o ciclo PDCL. Planejamento. Verificação Aprendizagem 1 OBJETIVOS Dar a conhecer a estrutura do Modelo de Excelência de Gestão MEG. Refletir sobre o ciclo PDCL Planejamento Execução Verificação Aprendizagem 2 INTRODUÇÃO Na aula passada, conhecemos os 11 Fundamentos

Leia mais

Capital Humano. Programa de Desenvolvimento em. Um novo Mercer College para você!

Capital Humano. Programa de Desenvolvimento em. Um novo Mercer College para você! Programa de Desenvolvimento em Capital Humano Um novo College para você! O College mudou para se adequar à sua necessidade e de sua empresa. Muito mais completo e flexível, nosso programa apresenta os

Leia mais

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato.

Projeto Na Medida MICROEMPRESA. Palestra de sensibilização Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS. Competências Gerais. Modalidade. Formato. Projeto Na Medida PARA MICROEMPRESÁRIOS Palestra de sensibilização Na Medida Compreender a relevância do papel dos micro e pequenos empresários na economia brasileira e a necessidade da adoção das melhores

Leia mais

Universidade Veiga de Almeida. Estratégia Empresarial. Análise SWOT

Universidade Veiga de Almeida. Estratégia Empresarial. Análise SWOT Universidade Veiga de Almeida Estratégia Empresarial Análise SWOT Antonio Damique Teixeira Matr 021273014 1.0 - Análise SWOT Por que usamos a análise SWOT, nas organizações e empresas. Porque a análise

Leia mais

CASE. Integrity adota serviço on-line para automatizar e aperfeiçoar processo de Recrutamento e Seleção

CASE. Integrity adota serviço on-line para automatizar e aperfeiçoar processo de Recrutamento e Seleção CASE Integrity adota serviço on-line para automatizar e aperfeiçoar processo de Recrutamento e Seleção case integrity a empresa É uma empresa com mais de 05 anos de atuação em Recrutamento de Executivos,

Leia mais

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS

PPODE - ESTRATÉGICO. Slide 1 BALANCED SCORECARD CRESCIMENTO PRODUTIVIDADE MAIS RESULTADOS. Ms. RICARDO RESENDE DIAS Slide 1 BALANCED SCORECARD PRODUTIVIDADE CRESCIMENTO MAIS RESULTADOS Ms. RICARDO RESENDE DIAS BALANCED SCORECARD Slide 2 BSC CONCEITO FINALIDADE APLICAÇÃO PRÁTICA ESTRATÉGIA - BSC Slide 3 Ativos Tangíveis

Leia mais

Metodologias de PETI. Prof. Marlon Marcon

Metodologias de PETI. Prof. Marlon Marcon Metodologias de PETI Prof. Marlon Marcon PETI O PETI é composto de: Planejamento Estratégico da organização, que combina os objetivos e recursos da organização com seus mercados em processo de transformação

Leia mais

Business Case (Caso de Negócio)

Business Case (Caso de Negócio) Terceiro Módulo: Parte 5 Business Case (Caso de Negócio) AN V 3.0 [54] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com 1 Business Case: Duas

Leia mais

Business Partner em RH: Papel, Posicionamento e Postura Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Business Partner em RH: Papel, Posicionamento e Postura Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

NAGEH Pessoas. Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal 28/09/2015. Compromisso com a Qualidade Hospitalar

NAGEH Pessoas. Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal 28/09/2015. Compromisso com a Qualidade Hospitalar Eixo: Capacitação e Desenvolvimento de Pessoal 28/09/2015 Agenda: 28/09/2015 8:30 as 9:00 h Recepção dos participantes 9:00 as 11:00 h Eixo: Capacitação e Desenvolvimento 11:00 as 11:30 h Análise de Indicadores

Leia mais

Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido

Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido 1. Quais as principais causas da falta de apoio ao programa? Quando o gestor diretor é da área responsável pelo programa ele

Leia mais

Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia

Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia Por que Coaching para Escritórios de Advocacia? Os escritórios são, nos dias de hoje, uma empresa e isso não tem mais volta. Assim, não dá para o advogado

Leia mais

Recomendação de políticas Sustentabilidade ambiental

Recomendação de políticas Sustentabilidade ambiental Recomendação de políticas A oportunidade Considerando que os datacenters estarão entre os principais consumidores mundiais de energia elétrica até meados da próxima década, o desenvolvimento contínuo de

Leia mais

Human Opus ng eti mark

Human Opus ng eti mark Assessment Assessment Ferramenta Conhecer com maior eficiência e critério as pessoas, avaliar competências, buscar o autoconhecimento e o desenvolvimento. As melhores ferramentas de análise de perfil comportamental

Leia mais

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato

Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital. A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato Seja bem-vindo ao nosso Portfólio Digital 1 2 3 4 A Blueway Nossos diferenciais Clientes O que fazemos Contato 1 Blueway Nossa organização Somos a Blueway, uma consultoria que atua na transformação organizacional

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

Workshop de Gestão de Recursos Humanos Objetivos Gerais Dotar os participantes de técnicas, métodos e instrumentos que vão fazer melhorar o planeamento, o acompanhamento e a Gestão dos Recursos Humanos.

Leia mais

Visão geral da gestão de recursos humanos

Visão geral da gestão de recursos humanos Visão geral da gestão de recursos humanos 1 Referência: Cap.1 Livro-texto Por que estudar GRH? Empresas competem por meio das pessoas. Sucesso das empresas depende, cada vez mais, da capacidade de gerenciar

Leia mais

17 de novembro de Como a Controladoria pode melhorar a performance da empresa: insights da prática e das pesquisas

17 de novembro de Como a Controladoria pode melhorar a performance da empresa: insights da prática e das pesquisas 17 de novembro de 2016 Como a Controladoria pode melhorar a performance da empresa: insights da prática e das pesquisas Agenda Nossa missão Estrutura Processo Orçamentário Orçamento Matricial Despesas

Leia mais

ACSC otimiza avaliação de desempenho de colaboradores com SuccessFactors

ACSC otimiza avaliação de desempenho de colaboradores com SuccessFactors ACSC otimiza avaliação de desempenho de colaboradores com SuccessFactors A ACSC é uma instituição filantrópica que atua nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social há 400 anos. Com 17 mil colaboradores,

Leia mais

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal

Desenvolvimento de Negócios. Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Desenvolvimento de Negócios Planejamento Estratégico Legal: da concepção à operacionalização Competências necessárias para o Gestor Legal Gestão Estratégica Para quê? Por Quê? Para fazer acontecer e trazer

Leia mais

Novos modelos de negócio na era digital A transformação sem fronteiras

Novos modelos de negócio na era digital A transformação sem fronteiras Novos modelos de negócio na era digital A transformação sem fronteiras Dilemas da era da economia digital Descompasso envolvendo culturas e estruturas na maior parte das empresas Tecnologias do século

Leia mais

Planejamento Estratégico Aula 1

Planejamento Estratégico Aula 1 ORGANIZAÇÃO Estratégico Aula 1 Prof. Dr. James Luiz Venturi Administração UNIFEBE 2008/II MODERNA TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES Organização éum Sistema Aberto ORGANIZAÇÃO MEIO AMBIENTE 2 ORGANIZAÇÃO Conceito

Leia mais

Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P.TJAM 67 Planejamento Estratégico Elaborado por: Carla Winalmoller

Leia mais

Gestão de sistemas em energia:

Gestão de sistemas em energia: MESTRADO EM ENERGIA Gestão de sistemas em energia: - Planejamento da Operação - Projeto de sistemas de energia Prof. Manuel Jarufe manueljarufe@ceunes.ufes.br Disciplina: Gestão de sistemas em energia

Leia mais

Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva

Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva AMM Paraná 1 Ferramenta para suporte à tomada de decisões Ayrton Silva, PMP AMM Paraná 2 A população mundial está crescendo e a produção de alimentos

Leia mais

19/10/2016. Liderança em custo. Processo de administração estratégica. Estratégias corporativas. Duas estratégias corporativas genéricas

19/10/2016. Liderança em custo. Processo de administração estratégica. Estratégias corporativas. Duas estratégias corporativas genéricas Liderança em custo Prof. Francisco César Vendrame Processo de administração estratégica Análise externa Missão Objetivos Escolha da estratégia Implementação da estratégia Vantagem competitiva Análise interna

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências 1 2 FUTUROS Capacitar Acompanhar Avaliar Investir Valorizar Reter ÁREA CRÍTICA Remanejar Traçar metas Disponibilizar MANTENEDORES Desenvolver Manter 3 4 Quem são os talentos de

Leia mais

3. ORIENTAÇÕES IDEB E POSSÍVEIS ANÁLISES

3. ORIENTAÇÕES IDEB E POSSÍVEIS ANÁLISES 3. ORIENTAÇÕES IDEB E POSSÍVEIS ANÁLISES O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) é o indicador nacional que reflete a situação da unidade escolar a partir do resultado de dois componentes:

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO BANCO DA AMAZÔNIA A Socioambiental (PRSA) substitui a Política Corporativa pela Sustentabilidade (2011), e incorpora a contribuição das partes interessadas

Leia mais

Tendências de Recrutamento Social

Tendências de Recrutamento Social Tendências de Recrutamento Social AMCHAM Rio de Janeiro, 26 de Novembro de 2014 Milton Beck Diretor, Soluções de Talentos LinkedIn #SourceIn 2013 LinkedIn Corporation. All Rights Reserved. Missão Conectar

Leia mais

DESENVOLVIMENTO & TREINAMENTO: PASSO A PASSO PARA TORNÁ-LO EFICIENTE

DESENVOLVIMENTO & TREINAMENTO: PASSO A PASSO PARA TORNÁ-LO EFICIENTE DESENVOLVIMENTO & TREINAMENTO: PASSO A PASSO PARA TORNÁ-LO EFICIENTE 1 Introdução 03 Por que sua empresa precisa investir em treinamentos 06 Capítulo 1 Quais devem ser as etapas de um treinamento 10 Capítulo

Leia mais

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Prof. Saravalli ademir_saravalli@yahoo.com.br O comportamento organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o

Leia mais

IBM Power BI for CPG & Retail no Microsoft Surface TM. Preparado por IBM Microsoft Solution Practice - Canadá

IBM Power BI for CPG & Retail no Microsoft Surface TM. Preparado por IBM Microsoft Solution Practice - Canadá IBM Power BI for CPG & Retail no Microsoft Surface TM Preparado por IBM Microsoft Solution Practice - Canadá Introdução Os setores de atividade que utilizam recursos de forma intensiva (como os setores

Leia mais

RETENÇÃO DE TALENTO Através da gestão das competências. Ingresso Janeiro Informações: (51)

RETENÇÃO DE TALENTO Através da gestão das competências. Ingresso Janeiro Informações: (51) RETENÇÃO DE TALENTO Através da gestão das competências Ingresso Janeiro 2016 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias RETENÇÃO DE TALENTO através da gestão das competências A retenção de

Leia mais

AFINAL, O QUE ROLOU NO CONARH 2016?

AFINAL, O QUE ROLOU NO CONARH 2016? AFINAL, O QUE ROLOU NO CONARH 2016? Bloco - Futuro e tendências - trabalho e RH Constelação Organizacional e a Evolução do Modelo de RH na GE - Ana Lúcia Caltabiano Trabalhabilidade e carreira: novas tendências

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS NO SETOR PÚBLICO

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS NO SETOR PÚBLICO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS NO SETOR PÚBLICO ROGERIO LEME rogerio@lemeconsultoria.com.br PUBLICAÇÕES 1 PROJETOS NO SETOR PÚBLICO STN - Secretaria do Tesouro Nacional TCE-MT TCE-PR TRT-PA (8ª Região) TRT-SE

Leia mais

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil

Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Gestão de Desempenho: a experiência do Grupo Águas do Brasil Agenda Objetivos da G. Desempenho Conceitos estruturantes O Modelo concebido para o grupo Águas do Brasil Relato da Experiência e dos Resultados

Leia mais

Gestão de Vendas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão de Vendas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

OBJETIVOS DA AREA DE RECURSOS HUMANOS. RH É a parte fundamental das organizações atuais; Interesses das Organizações x Interesses dos Funcionários;

OBJETIVOS DA AREA DE RECURSOS HUMANOS. RH É a parte fundamental das organizações atuais; Interesses das Organizações x Interesses dos Funcionários; OBJETIVOS DA AREA DE RECURSOS HUMANOS RH É a parte fundamental das organizações atuais; Interesses das Organizações x Interesses dos Funcionários; Organizações atuais - DP trabalhando em paralelo com o

Leia mais

Tomada de Decisão Estratégica

Tomada de Decisão Estratégica EXERCÍCIO N N Tópico Tópico 1 2 Sistemas Tomada de de Informação Decisão Estratégica nos negócios DCC133 Introdução a Sistemas de Informação TÓPICO 2 Tomada de Decisão Estratégica Prof. Tarcísio de Souza

Leia mais

Relações Governamentais no Brasil Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Relações Governamentais no Brasil Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente Qualificação: Técnico em Administração Módulo :III -A

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente Qualificação: Técnico em Administração Módulo :III -A Plano de Trabalho Docente 2013 ETEC PAULINO BOTELHO Ensino Técnico Código: 091 Município: São Carlos Eixo tecnológico: Gestão Habilitação Profissional: Técnico em Administração Qualificação: Técnico em

Leia mais

Quais o grau de satisfação e os questionamentos que os colaboradores fazem sobre a gestão atual dos planos de carreira em sua empresa?

Quais o grau de satisfação e os questionamentos que os colaboradores fazem sobre a gestão atual dos planos de carreira em sua empresa? IN COMPANY Apresentação É crescente o número de profissionais e organizações que identificam que atualmente, o Plano de Carreira é uma das estratégias mais atrativas e eficazes no processo de Retenção

Leia mais

A Arte de Cortar Custos LUIS VALINI NETO. VALINI & ASSOCIADOS

A Arte de Cortar Custos LUIS VALINI NETO. VALINI & ASSOCIADOS 2016 A Arte de Cortar Custos LUIS VALINI NETO VALINI & ASSOCIADOS A Arte de Cortar Custos Em momentos de crise econômica, a grande maioria das empresas buscam de imediato uma forma de reduzir seus custos

Leia mais

Soluções para a Educação Básica

Soluções para a Educação Básica Soluções para a Educação Básica Jornadas de aprendizagem personalizadas Acreditamos que o progresso está nas mãos das pessoas. Oferecemos as ferramentas para que uma nova geração de talentos possa aproveitar

Leia mais

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei

BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei Filme BIG DATA Business Analytics Alexandre Massei almassei@gmail.com » A quantidade de informação gerada hoje pelos sistemas de informação dobra a cada 14 meses!» 90% dos dados no mundo hoje foram criados

Leia mais

P24 Criar Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação 2011/2012 Líder: Maria Cecília Badauy

P24 Criar Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação 2011/2012 Líder: Maria Cecília Badauy P24 Criar Plano Diretor de Tecnologia da Informação e Comunicação 2011/2012 Líder: Maria Cecília Badauy Brasília, 13 de Julho de 2011 Perspectiva: Aprendizado e Crescimento Planejamento Estratégico Objetivo

Leia mais

Administração e Organização II

Administração e Organização II Administração e Organização II Agregar Pessoas Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br Agregar Pessoas Recrutamento / Seleção Imagem: http://blog.acelerato.com/gestao/recrutamento-e-selecao-otimizando-o-processo-nas-organizacoes/

Leia mais

Design Thinking para Empreendedores Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Design Thinking para Empreendedores Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras

Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras KPMG Risk & Compliance Enterprise Risk Management (ERM) Gestão de Riscos Corporativos Pesquisa sobre o estágio atual em empresas brasileiras Conteúdo 1. Contexto geral 6. Estrutura e funcionamento do Conselho

Leia mais

Pesquisa de Clima Organizacional

Pesquisa de Clima Organizacional Pesquisa de Clima Organizacional As pessoas representam alto investimento para as organizações. É evidente que o sucesso de um empreendimento não depende somente da competência dos gestores em reconhecer

Leia mais

Cultura Ética. Deives Rezende Filho Superintendência de Ética e Ombudsman

Cultura Ética. Deives Rezende Filho Superintendência de Ética e Ombudsman Cultura Ética Deives Rezende Filho Superintendência de Ética e Ombudsman 1 18 maio 2011 Ética e Ombudsman Missão: Promover um ambiente institucional íntegro, orientando os colaboradores a cultivar o respeito

Leia mais

Analista de Negócio 3.0

Analista de Negócio 3.0 Estudo de Caso A industria Santos é uma empresa siderúrgica que possui duas plantas industriais em dois municípios do interior de Minas Gerais. A sede da empresa fica no estado de São Paulo, na cidade

Leia mais

5 Passos Básicos Para Organizar seu DEPARTAMENTO PESSOAL

5 Passos Básicos Para Organizar seu DEPARTAMENTO PESSOAL 5 Passos Básicos Para Organizar seu DEPARTAMENTO PESSOAL 1 DEPARTAMENTO PESSOAL Algum tempo atrás, somente empresas de grande porte sabiam a importância de manter um departamento pessoal. Mas alguns anos

Leia mais

Marli de Oliveira Macedo¹, Michele Rodrigues². Introdução

Marli de Oliveira Macedo¹, Michele Rodrigues². Introdução 99 BALANCED SCORECARD COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Marli de Oliveira Macedo¹, Michele Rodrigues² Resumo: O planejamento estratégico é o processo administrativo que estabelece a melhor direção

Leia mais

VENDER MAIS ESTÁ AO SEU ALCANCE

VENDER MAIS ESTÁ AO SEU ALCANCE AGORA DISPONÍVEL COM A NOSSA OFERTA* DE: www.vortal.biz POR UM PERÍODO EPERIMENTAL, DISPÕE AGORA DE TODAS AS VANTAGENS E FUNCIONALIDADES AVANÇADAS DO PLANO BEST, O MAIS AVANÇADO DA PLATAFORMA. * oferta

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GOVERNANÇA, SISTEMAS E INOVAÇÃO MODELO DE GESTÃO Estratégia de Governança Digital 1. OBJETIVO

Leia mais

Tecnologia de Informação: Ferramentas de Gestão. José Alexandre Loyola Business Director AGDATA LATAM

Tecnologia de Informação: Ferramentas de Gestão. José Alexandre Loyola Business Director AGDATA LATAM Tecnologia de Informação: Ferramentas de Gestão José Alexandre Loyola Business Director AGDATA LATAM Engenheiro Agrônomo com MBA em Agronegócio (FGV) e Marketing (FIA/USP) 20 anos de Mercado Corporativo

Leia mais

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS DO LABORATÓRIO AS DECISÕES SOBRE O LABORATÓRIO COMEÇAM COM A INTELIGÊNCIA

Leia mais

RECURSOS HUMANOS POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO

RECURSOS HUMANOS POLÍTICA DE TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO Jan.205. OBJETIVO Este documento tem como objetivo definir conceitos, critérios e responsabilidades para os seguintes Programas de Desenvolvimento da Ipsos: Treinamentos Técnicos, Treinamentos Comportamentais,

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 24ª REGIÃO, no uso de suas atribuições regimentais, PORTARIA TRT/GP/DGCA Nº 38/2016 Define a Política de Gerenciamento da Central de Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional

Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia nacional Excelência na Gestão Desafio dos Pequenos Negócios INSTITUCIONAL SEBRAE MISSÃO Promover a competitividade e o desenvolvimento dos pequenos negócios e fomentar o empreendedorismo para fortalecer a economia

Leia mais

Metodologias para Avaliação de Desempenho Organizacional Objetivando alcançar a excelência em seu empreendimentoas empresas utilizam indicadores para

Metodologias para Avaliação de Desempenho Organizacional Objetivando alcançar a excelência em seu empreendimentoas empresas utilizam indicadores para Metodologias para Avaliação de Desempenho Organizacional Objetivando alcançar a excelência em seu empreendimentoas empresas utilizam indicadores para a medição de seu desempenho, possibilitando um maior

Leia mais

ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias

ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias ADMINISTRAÇãO DE RECURSOS HUMANOS para farmácias SUMÁRIO 1. Introdução/ prefácio...9 2. O que faz o Gerente quando administra bem os Recursos Humanos da

Leia mais

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis

Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis Recomendação de políticas Serviços de nuvem seguros e confiáveis A oportunidade Na medida em que a computação em nuvem dá origem a novas e poderosas capacidades, ela oferece o potencial de aumentar a produtividade,

Leia mais

Accountable Marketing Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Accountable Marketing Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Ativos Intangíveis. Qualidade

Ativos Intangíveis. Qualidade Qualidade Todos os anos são crescentes os índices de qualidade e confiabilidade das usinas do sistema. Os resultados de 2005 comprovam isso: o índice de disponibilidade da unidade geradora (DUG) subiu

Leia mais

Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO

Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO Olá, aqui é o Wilton Neto tudo bem?! E... Coaching em Grupo é muito divertido! Parabéns e obrigado por baixar do Manual com os 7 Melhores Modelos de Coaching

Leia mais

P-64 A Contribuição do Coaching Para o EVP (Employment Value Proposition)

P-64 A Contribuição do Coaching Para o EVP (Employment Value Proposition) P-64 A Contribuição do Coaching Para o EVP (Employment Value Proposition) ROSANA RODRIGUES Todas as organizações tem EVP, só precisam descobri-lo Reflexão Estamos confiando demais em salários e deixando

Leia mais

SOBRE A EQUIPE. SOBRE A I9Gestão

SOBRE A EQUIPE. SOBRE A I9Gestão SOBRE A EQUIPE A equipe da I9Gestão é formada por consultores experientes, altamente qualificados e apaixonados pelo que fazem. SOBRE A I9Gestão A I9Gestão Consultoria & Treinamento é especializada na

Leia mais

PROGRAMA DE COACHING & VOCÊ

PROGRAMA DE COACHING & VOCÊ LAIS SILVA Profissional coach &Leader Coach Analista comportamental & 360 graus Coach, Consultora, Palestrante. Especialista em Recursos Humanos e Gestão Auditoria em Serviços de Saúde. Atua há mais de

Leia mais

GESTÃO DA EQUIPE DE VENDAS: Como aumentar sua performance. Ingresso Julho Informações: (51)

GESTÃO DA EQUIPE DE VENDAS: Como aumentar sua performance. Ingresso Julho Informações: (51) GESTÃO DA EQUIPE DE VENDAS: Como aumentar sua performance Ingresso Julho 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias Gestão da Equipe de Vendas: como aumentar sua performance O Desempenho

Leia mais

processo contínuo, dinâmico;

processo contínuo, dinâmico; Avaliação de Desempenho/Performance é a avaliação do desempenho atual ou passado do funcionário em relação a padrões de desempenho. O Processo envolve: a) Estabelecer padrões de desempenho; b) Avaliar

Leia mais

Gestão de Talentos Tupy RH -Projetos e Processos

Gestão de Talentos Tupy RH -Projetos e Processos Gestão de Talentos Tupy RH -Projetos e Processos Joinville, Fevereiro de 2013 Responsáveis: Equipe Gestão de Talentos 0 Guia para criação de metas Este Guia Rápido tem por objetivo ajudá-lo no alinhamento

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso n.º 206 aprovado pela portaria Cetec nº 733 de 10/09/2015 Etec PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão de

Leia mais

Governança de BPM - Estudos de casos

Governança de BPM - Estudos de casos Governança de BPM - Estudos de casos Michael Rosemann Diretor de Ciências Matemáticas, da Informação e Físicas Chefe da Disciplina de Sistemas de Informação Queensland Universidade de Tecnologia Gestor

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Resolução 3.988/2011. Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL Área Responsável: Risco de Crédito e Capital Gerência de Capital Sumário RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE CAPITAL... 3 1. INTRODUÇÃO... 3

Leia mais