AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÂO FÍSICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÂO FÍSICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA."

Transcrição

1 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS VERGÍLIO FERREIRA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÂO FÍSICA CRITÉRIOS ESPECÍFICOS DE AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo A avaliação das aprendizagens dos alunos em Educação Física decorre dos objetivos de ciclo e de ano os quais explicitam os aspetos em que deve incidir a observação dos alunos nas situações apropriadas. O grau de sucesso ou desenvolvimento do aluno em Educação Física é representado pela demonstração de um conjunto de competências e corresponde à qualidade revelada na interpretação prática dessas competências. ASPECTOS OPERACIONAIS Consideram-se, como referência fundamental para o sucesso nesta área disciplinar, três domínios de avaliação específicos da Educação Física: Atividades Físicas (matérias), Aptidão Física e Conhecimentos. A operacionalização das metas de aprendizagem tem como referência para: - O domínio Atividades Físicas, com a especificação de cada matéria do programa em três níveis introdução (I), elementar (E) e avançado (A). Considera-se que um aluno cumpre um nível (I, E ou A) quando o seu desempenho, conhecimentos e atitudes representam a totalidade do nível considerado. - O domínio Aptidão Física, a zona saudável de aptidão física (ZSAF) referenciada à bateria de testes do Fitnessgram. - O domínio Conhecimentos dos objetivos do Programa do 3º Ciclo. No domínio Atividades Físicas consideram-se os seguintes subdomínios: 3º Ciclo Jogos Desportivos Coletivos (Futebol, Voleibol, Basquetebol, Andebol) Ginástica (Ginástica no Solo, Ginástica de Aparelhos, Ginástica Acrobática) Atletismo Patinagem Atividades Rítmicas Expressivas (Dança, Danças Sociais, Danças Tradicionais) Raquetas (Badminton, Ténis, Ténis de Mesa) Outras (Orientação, Escalada, Luta)

2 QUADRO 1 Domínio das Atividades Físicas de Aprendizagem e de Aplicação Ano 7º 8º 9º 5 Níveis Introdução 6 Níveis Introdução 6 Níveis: 5 Introdução e 1 Elementar 1 nível do subdomínio JDC 1 nível do subdomínio JDC 2 níveis do subdomínio JDC 1 nível do subdomínio Ginástica 3 níveis dos restantes 1 nível do subdomínio Ginástica 4 níveis dos restantes 1 nível do subdomínio Ginástica 1 nível do subdomínio Dança 2 níveis dos restantes QUADRO 2 Domínio da Aptidão Física de Aprendizagem Ano 7º 8º 9º Demonstra capacidades em testes de Resistência Aeróbia e testes de Aptidão Muscular adequadas às normas da aptidão física representativa da Saúde, para a sua idade. Aptidão Física (ZSAF Fitnessgram) num dos testes de aptidão aeróbia (vaivém, corrida da milha, marcha). Aptidão Física (ZSAF Fitnessgram) no teste de aptidão muscular da categoria: Força Abdominal e Resistência (abdominais). Aptidão Física (ZSAF Fitnessgram) num dos testes de aptidão aeróbia (vaivém, corrida da milha, marcha). Aptidão Física (ZSAF Fitnessgram) em dois testes de aptidão muscular, um da categoria Força Abdominal e Resistência (abdominais) e outro das restantes categorias (Força Superior, Força e Flexibilidade do Tronco e Flexibilidade). * Para classificação igual ou superior a 4 no domínio das Atividade Físicas é obrigatório estar na ZS da Aptidão Física.

3 QUADRO 3 Domínio dos Conhecimentos de Aprendizagem Ano 9º Relaciona Aptidão Física e Saúde e identifica os fatores associados a um estilo de vida saudável, nomeadamente o desenvolvimento das capacidades motoras, a composição corporal, a alimentação, o repouso, a higiene, afetividade e a qualidade do meio ambiente. Interpreta a dimensão sociocultural dos desportos e da atividade física na atualidade e ao longo dos tempos, identificando fenómenos associados a imitações e possibilidades de prática dos desportos e das atividades físicas, tais como: o sedentarismo e a evolução tecnológica, a poluição, o urbanismo e a industrialização, relacionando-os com a evolução das sociedades. Norma O aluno realiza trabalho de grupo e prova escrita individual sobre o conteúdo dos trabalhos de grupo. Referências para a atribuição dos diferentes níveis de sucesso Classificação Níveis 7ºano 8ºano 9ºano 3 5I 1 6I 3 5I+1E 3 4 6I 2 5I+1E 3 4I+2E 3 5 5I+1E 2 4I+2E 3 5I+2E 4 1 Para a atribuição do nível 3 no 7ºano é necessário um nível dos Jogos Desportivos Coletivos e um nível da Ginástica, sendo os restantes níveis dos subdomínios Raquetas, Atividades Rítmicas Expressivas e 2 Para atribuição dos níveis 4 e 5 no 7º ano são necessários dois níveis dos Jogos Desportivos Coletivos e um nível da Ginástica, sendo os restantes níveis dos subdomínios Raquetas, Atividades Rítmicas Expressivas e 3 Para a atribuição dos níveis 3, 4 e 5 no 8º ano e níveis 3 e 4 no 9º Ano, são necessários dois níveis dos Jogos Desportivos Coletivos e um nível da Ginástica sendo os restantes níveis dos subdomínios Raquetas, Atividades Rítmicas Expressivas e 4 Para a atribuição do nível 5 no 9º Ano são necessários dois níveis dos Jogos Desportivos Coletivos, dois níveis da Ginástica, sendo os restantes níveis dos subdomínios Raquetas, Atividades Rítmicas Expressivas e

4 Com base nos Critérios Gerais de Avaliação da Escola e de acordo com os três domínios de avaliação da disciplina, foram definidos os Critérios Específicos de Avaliação de Educação Física, que se apresentam: I - Condutas 10% Valorizam-se nesta área: - Conduta escolar, onde se contempla a realização de tarefas escolares, nomeadamente os trabalhos de casa, o material necessário, a participação e empenho na realização das tarefas da aula e a pontualidade. - Conduta Social, onde se contempla o cumprimento das regras e regulamentos escolares, o respeito e a cordialidade nas relações. II - Conhecimentos 20% Relativos à aprendizagem dos processos de desenvolvimento e manutenção da Aptidão Física e à aprendizagem dos conhecimentos relativos à interpretação e participação nas estruturas e fenómenos sociais extra escolares, no seio dos quais se realizam as Atividades Físicas e ainda os conhecimentos inerentes às matérias, lecionadas na área das Atividades Físicas. III- Atividades Físicas e Aptidão Física 70% Esta área refere-se ao agrupamento de matérias nucleares dos programas especificadas em três níveis introdução (I), elementar (E) e avançado (A). Para cada ano de escolaridade estão definidos as normas de referência para o sucesso em Educação Física, respeitando as categorias definidas no Programa Nacional de Educação Física. - A Aptidão Física, associada ao conceito de saúde e promoção de estilos de vida saudável, envolvendo a aptidão aeróbia e a aptidão muscular (força muscular, resistência e flexibilidade) e especificada em dois níveis zona saudável (ZS) e zona não saudável (ZNS) de acordo com resultados da aplicação do programa Fitnessgram. Situações / Instrumentos de Avaliação Na Área dos Conhecimentos: questionamento, testes escritos (mínimo dois por ano letivo), trabalhos individuais ou de grupo (não poderão substituir testes escritos). Os trabalhos escritos, apenas podem incidir sobre conteúdos das matérias lecionadas tendo como parâmetros de avaliação: a correção da estrutura, a qualidade do conteúdo e o cumprimento do prazo de entrega estipulado.

5 Na Área das Atividades Físicas e Aptidão Física -Demonstração/domínio revelado na interpretação prática das competências nas situações características (jogo formal ou reduzido, sequências gímnicas, percursos, circuitos, coreografias etc.). - Desempenho/resultado na aplicação dos testes de Aptidão Física da bateria de testes do programa Fitnessgram; correção na realização de situações/exercícios de treino. - Observação direta e sistemática. Avaliação dos alunos com atestado médico de caráter permanente ou de longa duração. O (a) aluno(a) terá um regime especial de avaliação relativamente aos critérios definidos para os restantes alunos. A área de conhecimentos será tratada da mesma forma que os restantes colegas, as áreas referentes à aptidão física e às atividades físicas não serão consideradas. A avaliação contínua incidirá sobre a participação nas aulas de acordo com os seguintes objectivos: - Coopera com os companheiros, ajudando a organizar o espaço de aula, na arrumação do material e executando as ajudas na ginástica sempre que seja solicitado; - Conhece as principais regras definidas pelo professor e aplica-as como árbitro ou juiz; - Identifica corretamente as principais características e objetivos dos conteúdos leccionados. A avaliação pontual irá considerar um trabalho por período, a realizar de acordo com os temas seleccionados pelo professor e propostos ao (à) aluno (a). Avaliação a aplicar aos alunos dispensados de toda a atividade física - Situação descrita em A ou B: A - O aluno apresenta atestado médico de carácter permanente; B - O aluno apresenta atestado médico durante um período letivo. C - O aluno apresenta um atestado médico, mas não abrange os períodos de tempo anteriormente referidos. Nesta situação cabe ao docente encontrar uma forma de avaliação face à situação do aluno. Avaliação a aplicar aos alunos dispensados de toda a atividade física Situação descrita em A ou B: Testes escritos ou trabalhos escritos aplicados a toda a turma...20% Trabalho individual respeitando as orientações do professor ou teste escrito 30% Arbitragens, ajudas, relatórios da aula...40% Condutas...10%

Departamento de Educação Física e Desporto

Departamento de Educação Física e Desporto ESCOLA SECUNDÁRIA VITORINO NEMÉSIO Ano Letivo 2013-2014 Departamento de Educação Física e Desporto CRITÉRIOS GERAIS DE AVALIAÇÃO Ensino Básico Disciplina de Educação Física Revisto em Departamento no dia

Leia mais

Escola E.B. 2/3 dos Olivais

Escola E.B. 2/3 dos Olivais Escola E.B. 2/3 dos Olivais Esta planificação foi concebida como um instrumento necessário. Os objectivos da Educação Física no ensino básico bem como os princípios de organização das actividades nas aulas,

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTÍSTICA EDUCAÇÃO FÍSICA _7º ANO_A

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTÍSTICA EDUCAÇÃO FÍSICA _7º ANO_A DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ARTÍSTICA EDUCAÇÃO FÍSICA _7º ANO_A Ano Letivo: 0/03. Introdução A Educação Física, enquanto área curricular estabelece um quadro de relações com as que com ela partilham

Leia mais

Critérios Específicos de Avaliação Disciplinas: Educação Física (2º ciclo, 3º ciclo e Secundário)

Critérios Específicos de Avaliação Disciplinas: Educação Física (2º ciclo, 3º ciclo e Secundário) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PORTELA E MOSCAVIDE Escola Secundária da Portela Escola EB 2,3 Gaspar Correia Escola EB1 Catela Gomes Escola EB1/JI Quinta da Alegria Escola EB1/JI Portela Critérios Específicos

Leia mais

7. AVALIAÇÃO. 5º ao 9ºano Áreas Parâmetros % Aptidão Física 10% Conhecimentos

7. AVALIAÇÃO. 5º ao 9ºano Áreas Parâmetros % Aptidão Física 10% Conhecimentos 7. AVALIAÇÃO A avaliação incide sobre as aprendizagens e competências definidas no currículo nacional para as diversas áreas e disciplinas de cada ciclo, expressas no projecto curricular de escola e no

Leia mais

DGEstE - Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares DSRAl - Direção de Serviços da Região Algarve AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ENGº DUARTE PACHECO

DGEstE - Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares DSRAl - Direção de Serviços da Região Algarve AGRUPAMENTO DE ESCOLAS ENGº DUARTE PACHECO CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação incide sobre as aprendizagens e competências definidas no currículo nacional para as diversas áreas e disciplinas de cada ciclo, expressas no projecto curricular de escola

Leia mais

Departamento de Educação Física Ano Letivo 2013/14

Departamento de Educação Física Ano Letivo 2013/14 Departamento de Educação Física Ano Letivo 2013/14 AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA No que se refere à componente de formação sócio-cultural, disciplina de Educação Física, a avaliação decorre dos objectivos

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Agrupamento de escolas de Santa Maria dos Olivais Escola Secundária António Damásio Escola Básica 2-3 dos Olivais GRUPO DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 620 EDUCAÇÃO FÍSICA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 3.º Ciclo e Ensino

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 7º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 7º ANO PLANO DE ESTUDOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA - 7º ANO Ano Letivo 2014 2015 PERFIL DO ALUNO 7º ANO METAS ATIVIDADES DESPORTIVAS O aluno cumpre o nível INTRODUÇÃO de cinco matérias diferentes distribuídas da seguinte

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DA ÁREA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. 2º Ciclo e 6º Ano PCD Ano letivo: 2015/2016

PLANIFICAÇÃO DA ÁREA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. 2º Ciclo e 6º Ano PCD Ano letivo: 2015/2016 PLANIFICAÇÃO DA ÁREA CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2º Ciclo e 6º Ano PCD Ano letivo: 2015/2016 COMPETÊNCIAS - CHAVE Competência em Línguas Competência Matemática Competência Científica e Tecnológica Competência

Leia mais

Carga Formação Total de. Carga. horária Semanal. Tempos letivos

Carga Formação Total de. Carga. horária Semanal. Tempos letivos GERAL CURSOS VOCACIONAIS DO ENSINO BÁSICO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 1. Matriz Curricular dos Cursos (Educação Física) 1º ano 2º ano Componentes de Carga Carga Formação Total

Leia mais

Realizam a prova os alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei n.º139/2012, de 5 de julho.

Realizam a prova os alunos que se encontram abrangidos pelos planos de estudo instituídos pelo Decreto-Lei n.º139/2012, de 5 de julho. Prova de equivalência à frequência INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA Educação Física maio de 15 PROVA /26 15 3º Ciclo do Ensino Básico O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida e do Programa da disciplina. INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA DE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CARNAXIDE - 171487 EDUCAÇÃO FÍSICA PROVA 311 2014 12.º ANO DE ESCOLARIDADE 1. INTRODUÇÃO O presente documento divulga informação

Leia mais

Critérios de Avaliação de Educação Física. Agrupamento de Escola de Caneças

Critérios de Avaliação de Educação Física. Agrupamento de Escola de Caneças Critérios de Avaliação de Educação Física Agrupamento de Escola de Caneças 2014/2015 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 2º CICLO DO ENSINO BÁSICO A avaliação dos alunos do 2º ciclo do ensino básico na disciplina de

Leia mais

Português 2º ciclo Ano letivo 2013/ 2014. Critérios de avaliação 1.º 2.º e 3.º Períodos

Português 2º ciclo Ano letivo 2013/ 2014. Critérios de avaliação 1.º 2.º e 3.º Períodos Domínio das atitudes e valores Domínio Cognitivo Português 2º ciclo Ano letivo 2013/ 2014 Docente: Graça Silva Turma: 6.º A Critérios de avaliação 1.º 2.º e 3.º Períodos Domínios de Avaliação Instrumentos

Leia mais

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL

AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL AGRUPAMENTO de ESCOLAS de SANTIAGO do CACÉM Ano Letivo 2015/2016 PLANIFICAÇÃO ANUAL 3º CICLO EDUCAÇÃO FÍSICA 8º ANO Documento(s) Orientador(es): Programas nacionais de Educação Física; legislação em vigor

Leia mais

Elenco modular e critérios de avaliação dos cursos vocacionais

Elenco modular e critérios de avaliação dos cursos vocacionais AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCOCHETE Elenco modular e critérios de avaliação dos cursos vocacionais 3º Ciclo e secundário Grupo disciplinar de Educação Física Ano Lectivo 2015/2016 Documento elaborado pelo

Leia mais

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida no parágrafo anterior e do programa de disciplina.

As informações apresentadas neste documento não dispensam a consulta da legislação referida no parágrafo anterior e do programa de disciplina. Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO FÍSICA 1ª e 2ª Fase Prova 26 2015 9ºAno/3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita/Prática 1. Introdução O presente documento visa

Leia mais

Plano Anual de Turma

Plano Anual de Turma Mestrado em ensino da Educação Física nos ensinos básico e secundário Agrupamento de Escolas da Portela e Moscavide Escola básica 2,3 Gaspar Correia Estágio Pedagógico Educação Física 2012-2013 Plano Anual

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA EXTERNATO JOÃO ALBERTO FARIA Casal do Cano 2630 Arruda dos Vinhos Tel. 263977390 Fax: 263977391 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ÁREA A - MOTOR ÁREA B COND. FÍSICA DA DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA ÁREA C - COGNITIVO

Leia mais

"Na perspectiva da melhoria da qualidade de vida, da saúde e do bem-estar:

Na perspectiva da melhoria da qualidade de vida, da saúde e do bem-estar: Currículo Nacional do Ensino Básico Competências Essenciais Educação Física Introdução A Educação Física, enquanto área curricular, estabelece um quadro de relações com as que com ela partilham os contributos

Leia mais

Informação Prova de Equivalência à Frequência EDUCAÇÃO FÍSICA

Informação Prova de Equivalência à Frequência EDUCAÇÃO FÍSICA Informação Prova de Equivalência à Frequência EDUCAÇÃO FÍSICA Prova 311 2015 Prova Escrita e Prática Curso científico humanístico Ensino Secundário /12º Ano Decreto Lei n.º 139/2012 de 5 de julho O presente

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: Educação Física - Eça

PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: Educação Física - Eça PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: Educação Física - Eça ATIVIDADE ORÇAMENTO Desporto Escolar: Badminton,Basquetebol, voleibol, Ténis de Mesa, Futebol, Atividades Ritmicas Expressivas (dança) Proporcionar

Leia mais

CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO. Componente de Formação Sociocultural

CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO. Componente de Formação Sociocultural CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO PROGRAMA Componente de Formação Sociocultural Disciplina de Educação Física Direcção-Geral de Formação Vocacional 2004/2005 Programa de EDUCAÇÃO FÍSICA Parte I

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA (Alunos sem atestado médico): Módulos: JDC I, II, III ; Ginástica I, II, III ; Atletismo/Raquetes I, II ; Atividades de Exploração da Natureza ; Dança I, II, III. Analisar,

Leia mais

PROJETO PÁGINA WEB GRUPO DISCIPLINAR DE EF

PROJETO PÁGINA WEB GRUPO DISCIPLINAR DE EF UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA MESTRADO EM ENSINO DA EDUCAÇÃO FÍSICA NOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE GAMA BARROS ESTÁGIO PEDAGÓGICO 20122013

Leia mais

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ALUNOS. 1 - Currículo Nacional do Ensino Básico Competências Essenciais de Educação Física

CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ALUNOS. 1 - Currículo Nacional do Ensino Básico Competências Essenciais de Educação Física CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO DOS ALUNOS Os Critérios de Avaliação de Educação Física têm como base de referência os seguintes documentos: 1. Decreto-Lei nº 139 de 5 de julho de 2012 2. Currículo Nacional

Leia mais

Escola Evaristo Nogueira

Escola Evaristo Nogueira Escola Evaristo Nogueira Grupo Disciplinar de Educação Física Ano Lectivo 2014 / 2015 Critérios de Avaliação Os critérios de avaliação constituem referenciais dos professores que lecionam as disciplinas

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES Critéris de Avaliaçã Direçã Reginal de Educaçã d Nrte Agrupament de Esclas AMADEO DE SOUZA-CARDOSO Telões - Amarante EDUCAÇÃO MUSICAL 2ºCICLO An Letiv 2014/2015 Dmíni Cgnitiv

Leia mais

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014

INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014 INFORMAÇÃO-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ANO LETIVO: 2013/2014 ENSINO BÁSICO 6º ANO DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA CÓDIGO 28 MODALIDADE PROVA ESCRITA E PROVA PRÁTICA INTRODUÇÃO: O presente documento

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO FÍSICA AVALIAÇÃO CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (TIPO 2)

DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO FÍSICA AVALIAÇÃO CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (TIPO 2) DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO FÍSICA CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO (TIPO 2) ENQUADRAMENTO Os programas de Educação Física não se estruturam segundo o fraccionamento de domínios/áreas da personalidade,

Leia mais

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul Escola Secundária de São Pedro do Sul DEPARTAMENTO CURRICULAR DE EXPRESSÕES

Agrupamento de Escolas de S. Pedro do Sul Escola Secundária de São Pedro do Sul DEPARTAMENTO CURRICULAR DE EXPRESSÕES CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DOS ALUNOS DO ENSINO BÁSICO DISCIPLINA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 7º e 8º Ano Os alunos serão avaliados, de acordo com três domínios (socioafetivo, cognitivo e motor). Atitudes e comportamentos

Leia mais

Balanço da 5ª Unidade de Ensino

Balanço da 5ª Unidade de Ensino Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Estágio Pedagógico de Educação Física e Desporto 2012/2013 Balanço da 5ª Unidade de Ensino Orientador de Estágio: Profª Ana Severo

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO MÉDIO INTRODUCÃO

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO MÉDIO INTRODUCÃO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO MÉDIO Docente: André Luiz Sponhardi ANO:2013 INTRODUCÃO Há muitos benefícios provenientes das aulas de educação física para os alunos

Leia mais

Ministério da Educação. Departamento do Ensino Secundário

Ministério da Educação. Departamento do Ensino Secundário Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 10º, 11º e 12º ANOS CURSOS CIENTÍFICO-HUMANÍSTICOS E CURSOS TECNOLÓGICOS Autores João Jacinto (Coordenador) Lídia Carvalho

Leia mais

AEC Atividade Física e Desportiva. Orientações pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC Atividade Física e Desportiva. Orientações pedagógicas. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO 2014/2015 AEC Atividade Física e Desportiva Orientações pedagógicas 1.º Ciclo do Ensino Básico A proposta de trabalho que se segue resulta de uma adaptação

Leia mais

3º Ano - Curso profissional Técnico de Apoio à Infância Nível IV Educação Física. Planificação Anual 2015/2016. N.º Total de módulos: 6

3º Ano - Curso profissional Técnico de Apoio à Infância Nível IV Educação Física. Planificação Anual 2015/2016. N.º Total de módulos: 6 Planificação Anual 2015/2016 N.º Total de módulos: 6 Período N.º/ Designação dos Módulos Essenciais M16 Aptidão Física (início 3º ano). Capacidades condicionais e coordenativas N.º de horas 4,5 M15 Desenvolvimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO Quem pode participar? Como chegar ao evento? Quem organiza? O que é necessário para participar? Em que consiste a Feira da Saúde?

APRESENTAÇÃO Quem pode participar? Como chegar ao evento? Quem organiza? O que é necessário para participar? Em que consiste a Feira da Saúde? APRESENTAÇÃO 24horas de Desporto e Saúde, mais que um evento, UMA CAUSA SOCIAL desporto para todos em prol de uma vida longa e saudável. Começa dia 18 de Maio às 20h e tem como objectivos: Fazer a ponte

Leia mais

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Escola Básica Integrada da Praia da Vitória DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Após a avaliação diagnóstica realizada para cada matéria/turma, e mediante o documento de departamento «Adaptação do Currículo

Leia mais

ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas ATIVIDADE: Atividade Físico-Desportiva ANO:1º/2º ANO LETIVO 2013/2014

ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas ATIVIDADE: Atividade Físico-Desportiva ANO:1º/2º ANO LETIVO 2013/2014 ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR Entidade Promotora: Câmara Municipal de Abrantes Entidade Parceira: Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola de Mouriscas ESCOLA: 1º CEB de Mouriscas

Leia mais

Planificação do trabalho a desenvolver com a turma do Curso Profissional de Gestão Desportiva

Planificação do trabalho a desenvolver com a turma do Curso Profissional de Gestão Desportiva Planificação do trabalho a desenvolver com a turma do Curso Profissional de Gestão Desportiva DISCIPLINA: INGLÊS Módulo 4: Os Media e a Comunicação Global: A evolução dos media; A Internet e a Comunicação

Leia mais

Quadro de Ofertas das Turmas 2012.2 Curso: Educação Física Campus Bloco Disciplina Carga Horária

Quadro de Ofertas das Turmas 2012.2 Curso: Educação Física Campus Bloco Disciplina Carga Horária UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI COORDENAÇÃO GERAL DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PARFOR LICENCIATURA PLENA EDUCAÇÃO FISICA ANEXO VX Quadro de Ofertas das Turmas

Leia mais

CONTEÚDOS CONTEÚDOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2015-2016

CONTEÚDOS CONTEÚDOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA 2015-2016 PROGRAMÁTICOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA Capacidades Condicionais e Coordenativas Gerais Resistência Geral; Força Resistente; Força Rápida; Força Rápida; Velocidade de Reação Simples e Complexa; Velocidade de

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO FÍSICA

PROGRAMA EDUCAÇÃO FÍSICA ENSINO BÁSICO 3º CICLO PROGRAMA EDUCAÇÃO FÍSICA (REAJUSTAMENTO) Novembro 2001 Revisão efectuada por: João Jacinto João Comédias Jorge Mira Lídia Carvalho Sobre os programas elaborados por: Luís Bom (Coordenador

Leia mais

III III. Quadro de Ofertas das Turmas 2013.1. Curso: EDUCAÇÃO FÍSICA

III III. Quadro de Ofertas das Turmas 2013.1. Curso: EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI COORDENAÇÃO GERAL DO PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA PARFOR LICENCIATURA PLENA EM EDUCAÇÃO FÍSICA Quadro de Ofertas das Turmas 2013.1

Leia mais

Matriz 2008... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 06

Matriz 2008... 02. Matriz 2010... 04. Matriz 2013... 06 Página 1 EMENTAS Sumário Matriz 2008... 02 Matriz 2010... 04 Matriz 2013... 06 Página 2 MATRIZ CURRICULAR 2008 1º Período Anatomia do Aparelho Locomotor 72 72 Coletivas I Bases Teórico-Metodológicas da

Leia mais

PROGRAMA DO DESPORTO ESCOLAR 2013-2017

PROGRAMA DO DESPORTO ESCOLAR 2013-2017 INTRODUÇÃO O Programa do Desporto Escolar para o quadriénio de 2013-2017 visa aprofundar as condições para a prática desportiva regular em meio escolar, como estratégia de promoção do sucesso educativo

Leia mais

Prova de Equivalência à Frequência de Educação Física (Prova Escrita) Informação Prova de Equivalência à Frequência. Prova 28 2014

Prova de Equivalência à Frequência de Educação Física (Prova Escrita) Informação Prova de Equivalência à Frequência. Prova 28 2014 Informação Prova de Equivalência à Frequência Data: 2014.04.02 Prova de Equivalência à Frequência de Educação Física (Prova Escrita) Prova 28 2014 2.º Ciclo do Ensino Básico Decreto-Lei n.º 139/2012, de

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. EDUCAÇÃO FÍSICA 2º e 3º Ciclos

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO. EDUCAÇÃO FÍSICA 2º e 3º Ciclos EDUCAÇÃO FÍSICA 2º e 3º Ciclos A avaliação dos alunos nas aulas de Educação Física terá de respeitar os seguintes 1. AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS DO DOMÍNIO PSICO-MOTOR...60% a. Comportamentos motores adquiridos

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VENDAS NOVAS

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VENDAS NOVAS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE VENDAS NOVAS 1. Critérios Gerais de Avaliação para o Ensino Básico Domínios Conhecimentos e capacidades Atitudes 80% % - Cumprimento de regras - Participação nas 2. Aulas previstas

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA 2014/2015

PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA 2014/2015 PROJETO CURRICULAR DE ESCOLA 2014/2015 E.S.F.M.P., 22 de outubro de 2014 1 Página 1 de 39 ÍNDICE 1. ORGANIZAÇÃO 1.1. Calendário Escolar 1.2. Horário de Funcionamento da Escola 1.3. Estruturas de Orientação

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 21/2015 Campus Rio Pomba FOLHA DE PROVA

CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO PROFESSOR DE ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Edital 21/2015 Campus Rio Pomba FOLHA DE PROVA Tema 01: METODOLOGIA DO ENSINO DOS ESPORTES INDIVIDUAIS E COLETIVOS O ensino de esportes coletivos na Educação Física escolar deve ser balizado em princípios pedagógicos importantes como a diversidade,

Leia mais

VOLUNTARIADO CÁRITAS JUVENTUDE

VOLUNTARIADO CÁRITAS JUVENTUDE JUV 01/2013 Animador Musical (ATL) JUV 02/2013 Animador Musical (ATL) JUV 03/2013 Animador Musical (ATL) JUV 04/2013 Apoio Escolar JUV 05/2013 Animador Sociocultural JUV 06/2013 Animador Sociocultural

Leia mais

Desporto adaptado no concelho do Seixal. Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Seixal, 26 de fevereiro de 2014

Desporto adaptado no concelho do Seixal. Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Seixal, 26 de fevereiro de 2014 Desporto adaptado no concelho do Seixal Comissão Executiva do Conselho Desportivo Municipal Seixal, 26 de fevereiro de 2014 UCAS - Goalball Demonstrações de Goalball por convite; Participação em torneios;

Leia mais

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Documento orientador

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Documento orientador CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Documento orientador 1. ENQUADRAMENTO LEGAL Compete ao conselho pedagógico, enquanto órgão de gestão pedagógica da escola, definir, anualmente, os critérios gerais de avaliação e

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO FÍSICA Apresentação e contextualização da Educação Física e da cultura universitária em geral; Discussão

Leia mais

2-DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS - LICENCIATURA ORD PERÍODO DISCIPLINA NOME CRÉDITOS CH

2-DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS - LICENCIATURA ORD PERÍODO DISCIPLINA NOME CRÉDITOS CH Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional - CGCO Sistema Integrado de Gestão Acadêmica - SIGA Módulo Ensino Disciplinas da grade do curso: 1-DISCIPLINAS

Leia mais

Informação Exame de Equivalência. à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA

Informação Exame de Equivalência. à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA Informação Exame de Equivalência à disciplina de: EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Ciclo do Ensino Básico Ano letivo de 2011/12 1. Introdução O presente documento visa divulgar as características da prova de exame de

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PORTELA E MOSCAVIDE. Critérios de Avaliação da Área Disciplinar de Informática Ano Lectivo 2014/2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE PORTELA E MOSCAVIDE. Critérios de Avaliação da Área Disciplinar de Informática Ano Lectivo 2014/2015 Escola EB1/JI Quinta da Alegria Critérios de Avaliação da Área Disciplinar de Informática Ano Lectivo 2014/2015 Programação e Multimédia Curso Vocacional 3.º Ciclo Avaliação A metodologia a adoptar na

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA LICENCIATURA MISSÃO DO CURSO O Curso de Licenciatura em Educação Física do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo busca preencher

Leia mais

2014 / 2015. Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro

2014 / 2015. Agrupamento de Escolas de Pegões, Canha e Santo Isidro 2014 / 2015 O projecto Metas de Aprendizagem insere-se na Estratégia Global de Desenvolvimento do Currículo Nacional que visa assegurar uma educação de qualidade e melhores resultados escolares nos diferentes

Leia mais

Operacionalização da Missão Educativa

Operacionalização da Missão Educativa Operacionalização da Missão Educativa Pilares Educativos Opções educativas, Projetos e atividades Tempo e Educativa O aluno centro do processo educativo Intercâmbio com escola de S. Tomé e Príncipe 6º

Leia mais

PLANIFICAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA. Secundário Andebol

PLANIFICAÇÃO EDUCAÇÃO FÍSICA. Secundário Andebol Secundário Andebol Conhecer o objectivo e campo do jogo; Conhecer as seguintes regras do jogo: duração do jogo, constituição das equipas, golo, lançamento de saída, guarda-redes, área de baliza, violação

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM EDUCAÇAO FÍSICA DA FAEFID / UFJF

GRADE CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM EDUCAÇAO FÍSICA DA FAEFID / UFJF 1 GRADE CURRICULAR DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM EDUCAÇAO FÍSICA DA FAEFID / UFJF JANEIRO DE 2007. APROVADA EM 31 DE JANEIRO DE 2007 HABILITAÇAO EM LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA (L) HABILITAÇAO EM BACHARELADO

Leia mais

2012/13 PLANO ANUAL - AEC DE ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA

2012/13 PLANO ANUAL - AEC DE ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA 2012/13 PLANO ANUAL - AEC DE ATIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA Plano Anual de Atividades da Atividade Física e Desportiva Ano Lectivo 2012/2013 Introdução A Actividade Física e Desportiva é, preferencialmente,

Leia mais

Planos de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Planos de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial Planos de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Móveis FORMA/GRAU:(X)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO FÍSICA

CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO FÍSICA CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ATUAÇÃO DO PROFESSOR no Nível de Habilidade no Nível de Desempenho DIVERSIDADE DE CONTEÚDO Inserção no Grupo na Auto-estima CONCEITOS E INFORMAÇÕES Comportamentos e Atitudes

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES. Ano letivo 2015/2016 EXPRESSÃO E EDUCAÇÃO PLÁSTICA Agrupamento de Escolas de Eugénio de Castro 1.º Ciclo PLANIFICAÇÃO ANUAL - EXPRESSÕES Ano letivo 2015/2016 3.º Ano Descoberta e organização progressiva de volumes Modelagem

Leia mais

DEPARTAMENTO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2012-2013. Critérios de avaliação

DEPARTAMENTO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2012-2013. Critérios de avaliação DEPARTAMENTO DO 1º CICLO ANO LETIVO 2012-2013 Critérios de avaliação 0 MATRIZ CURRICULAR DO 1º CICLO COMPONENTES DO CURRÍCULO Áreas curriculares disciplinares de frequência obrigatória: Língua Portuguesa;

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA 2015

EDUCAÇÃO FÍSICA 2015 1ª SÉRIE 1º SEMESTRE MANHÃ 07h30min Psicomotricidade Aplicada a Educação Física Metodologia do handebol Metodologia do Atletismo Pista 08h20min Psicomotricidade Aplicada a Educação Física História e Teoria

Leia mais

Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário

Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário Ministério da Educação Departamento do Ensino Secundário PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FÍSICA 10º Ano Profissionalizante Autores João Jacinto (Coordenador) Lídia Carvalho João Comédias Jorge Mira Agosto 2002 Programa

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Médio Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Médio Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Área de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Componente Curricular: Educação Física

Leia mais

Critérios de Avaliação

Critérios de Avaliação Critérios de Avaliação Ano letivo 2013/2014 Critérios de Avaliação 2013/2014 Introdução As principais orientações normativas relativas à avaliação na educação pré-escolar estão consagradas no Despacho

Leia mais

Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Motricidade Humana. Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensino Básico e Secundário

Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Motricidade Humana. Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensino Básico e Secundário Universidade Técnica de Lisboa Faculdade de Motricidade Humana Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensino Básico e Secundário Relatório final de Estágio realizado na Escola Secundária da Amadora,

Leia mais

Orientador da Faculdade (FMH) Mestre Acácio Gonçalves. Orientador da Escola (EBSGB) Mestre José Pedro Ribeiro. Estagiário.

Orientador da Faculdade (FMH) Mestre Acácio Gonçalves. Orientador da Escola (EBSGB) Mestre José Pedro Ribeiro. Estagiário. UNIVERSIDADE TÉCNICA DE LISBOA FACULDADE DE MOTRICIDADE HUMANA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE GAMA BARROS PLANO DA SEGUNDA UNIDADE DE ENSINO DA 3ª ETAPA Orientador da Faculdade (FMH) Mestre Acácio Gonçalves

Leia mais

Critérios Gerais de Avaliação

Critérios Gerais de Avaliação Critérios Gerais de Avaliação A elaboração do presente documento teve por referência os diferentes normativos legais que o enquadram no seu âmbito e objetivo, nomeadamente o que se encontra consignado

Leia mais

Critérios de avaliação dos alunos abrangidos pela Educação Especial

Critérios de avaliação dos alunos abrangidos pela Educação Especial Critérios de avaliação dos alunos abrangidos pela Educação Especial ANO LETIVO 2015 / 2016 Departamento de Educação Especial Proposta para o Ano Letivo 2015 / 2016 Avaliação dos alunos com NEE de carácter

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO DESPORTIVA CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Educação Física avaliação de cada módulo Ano Letivo: 2013/2014 Respeitando as orientações metodológicas relativas à avaliação

Leia mais

Planificação do trabalho a desenvolver no 9 º A Grelha de Conteúdos/Aulas Previstas

Planificação do trabalho a desenvolver no 9 º A Grelha de Conteúdos/Aulas Previstas Ano Letivo 2015/2016 Planificação do trabalho a desenvolver no 9 º A Grelha de Conteúdos/Aulas Previstas Português Período Aulas Previstas Leitura/Educação literária Sequência didática 1. Textos não literários

Leia mais

CANDIDATURA 2013-2014

CANDIDATURA 2013-2014 CANDIDATURA 2013-2014 GUIA DE PRÉ-REQUISITOS REGULAMENTO DAS PROVAS DE APTIDÃO FUNCIONAL e APTIDÃO FÍSICA COIMBRA 2013 ÍNDÍCE 1. INTRODUÇÃO... 2 2. CURSOS... 2 3. A QUEM SE DESTINAM AS PROVAS DE PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

Curso de Educação e Formação

Curso de Educação e Formação Curso de Educação e Formação Curso de Tipo 3 - - Ano letivo 2014/2015 1. Introdução A disciplina de desempenha hoje um papel fundamental no desenvolvimento da criança e do jovem, já que se mantém no currículo

Leia mais

Planos de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Planos de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Produção Industrial Planos de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Curso Técnico em Móveis FORMA/GRAU:(X)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Ementário do Curso de Educação Física com Habilitação em Licenciatura 2010.2

Ementário do Curso de Educação Física com Habilitação em Licenciatura 2010.2 ATIVIDADES ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS Fase: -x- Carga Horária: 200h Prática: -x- Créditos: -x- Desenvolvidas durante o curso, o acadêmico poderá buscá-las dentro ou fora da instituição. Os certificados

Leia mais

Avaliação da Aprendizagem

Avaliação da Aprendizagem Avaliação da Aprendizagem A avaliação constitui um processo regulador do ensino, orientador do percurso escolar e certificador dos conhecimentos adquiridos e capacidades desenvolvidas pelo aluno. A avaliação

Leia mais

Departamento de Educação Física, Esporte e Lazer

Departamento de Educação Física, Esporte e Lazer COLÉGIO GUILHERME DUMONT VILLARES Morumbi I Das Finalidades São Paulo Departamento de Educação Física, Esporte e Lazer TREINOS ESPORTIVOS ELETIVOS REGULAMENTO GERAL Este documento tem como finalidade estabelecer

Leia mais

PLANEJAMENTO DE AULA 2010 EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR MARCIO LUIZ DALMOLIN

PLANEJAMENTO DE AULA 2010 EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR MARCIO LUIZ DALMOLIN COLÉGIO ESTADUAL PEDRO ARAUJO NETO PLANEJAMENTO DE AULA 2010 EDUCAÇÃO FÍSICA PROFESSOR MARCIO LUIZ DALMOLIN GENERAL CARNEIRO 2010 OBJETIVOS GERAIS DA DISCÍPLINA Proporcionar ao aluno a cultura corporal

Leia mais

Caracterização do Agrupamento Vertical de Almancil

Caracterização do Agrupamento Vertical de Almancil PROJECTO TEMPO FIT Caracterização do Agrupamento Vertical de Almancil - 1 Escola 2.º e 3.º CEB (Escola Sede) - 6 Escolas do 1.º CEB - 2 Jardins-de-Infância Educação para a Saúde (E.P.S.) Enquadramento

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA ANO ACADÉMICO 2013 / 2014

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA ANO ACADÉMICO 2013 / 2014 FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA ANO ACADÉMICO 2013 / 2014 Concluída a participação de Portugal no Mundial de sub-20 que decorre na Turquia (a Selecção Nacional perdeu esta tarde por

Leia mais

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas. Ano letivo 2012/2013. Critérios de Avaliação do 1º CEB

Agrupamento de Escolas Martim de Freitas. Ano letivo 2012/2013. Critérios de Avaliação do 1º CEB Agrupamento de Escolas Martim de Freitas Ano letivo 2012/2013 Critérios de Avaliação do 1º CEB 1- Introdução Tal como o disposto no nº 1 do art. 23º do Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho, a avaliação

Leia mais

Experimentação Esportiva

Experimentação Esportiva Experimentação Esportiva Aula 4 Criando um Plano Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Conhecer um passo a passo para trabalhar com a categorização de esportes. 2 Identificar sugestões de planejamento para as

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA

PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 7º ANO PROFESSORA:

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA. COORDENADORA Maria Aparecida Cordeiro Sperancini speranci@ufv.br

EDUCAÇÃO FÍSICA. COORDENADORA Maria Aparecida Cordeiro Sperancini speranci@ufv.br EDUCAÇÃO FÍSICA COORDENADORA Maria Aparecida Cordeiro Sperancini speranci@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 133 Bacharelado ATUAÇÃO A formação do Bacharel em Educação Física concentra-se na área não-

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular CICLO GERAL OU CICLO BÁSICO AN203- ANATOMIA 5 OBRIGATÓRIO 1 15 30 45 2 Fórmula: AN200 AN200- ANATOMIA 5 NOÇÕES GERAIS DOS TERMOS ANATÔMICOS E ESTUDO DA MORFOLOGIA DOS ÓRGÃOS QUE CONSTITUEM OS SISTEMAS

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS NAVEGADOR RODRIGUES SOROMENHO 171062

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS NAVEGADOR RODRIGUES SOROMENHO 171062 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS NAVEGADOR RODRIGUES SOROMENHO 171062 1 Introdução PROJETO CURRICULAR DE AGRUPAMENTO Ano Letivo 2012 /2013 O ordenamento jurídico de autonomia e gestão das escolas implica a criação

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ

CÂMARA MUNICIPAL DA FIGUEIRA DA FOZ CADERNO DE ENCARGOS ACTIVIDADE FÍSICA E DESPORTIVA NO 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Ano Lectivo 2008/2009-1 - ÍNDICE Artº 1º Objecto do concurso Artº 2º Âmbito Artº 3º Concorrentes Artº 4º Professores da Actividade

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2015 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2015 1.ª SÉRIE Curso: Graduação: Regime: EDUCAÇÃO FÍSICA MATRIZ CURRICULAR LICENCIATURA SERIADO ANUAL - NOTURNO Duração: 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS - MÁXIMO

Leia mais

Índice. Regulamento de Faltas Alunos - 2

Índice. Regulamento de Faltas Alunos - 2 Em aprovação julho de 2015 Índice INTRODUÇÃO... 3 Assiduidade... 3 Faltas... 3 Faltas Justificadas... 4 Faltas Injustificadas... 5 Dispensa da atividade física... 5 Comunicação da falta ao Encarregado

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Educação Física

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC Curso de Educação Física EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS Disciplina: BIOLOGIA Características gerais dos seres vivos. Química da célula. Citologia. Microscopia. Divisão celular. Formas de reprodução. Histologia. Disciplina: ANATOMIA

Leia mais

FP 108501 FUNDAMENTOS DA GINÁSTICA

FP 108501 FUNDAMENTOS DA GINÁSTICA Ementas das Disciplinas de Educação Física Estão relacionadas abaixo, as ementas e a bibliografia dos diferentes eixos curriculares do Curso, identificadas conforme os ciclos de formação: Ciclo de Formação

Leia mais

Promoção para a Saúde

Promoção para a Saúde COLÉGIO RAINHA SANTA ISABEL ANO LETIVO 2013/2014 PROJETO Promoção para a Saúde - Estilos de Vida Saudável Organização: Departamento de Educação Física INTRODUÇÃO As Orientações da União Europeia para a

Leia mais