Palavras-chave: Geografia, Ensino; Fotografia Aérea com Pipa; Cidade; Urbano.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Palavras-chave: Geografia, Ensino; Fotografia Aérea com Pipa; Cidade; Urbano."

Transcrição

1 A FOTOGRAFIA AÉREA NO AUXÍLIO AO APRENDIZADO DOS ALUNOS DA ESCOLA ESTADUAL DOUTOR NAPOLEÃO SALLES: UMA APROXIMAÇÃO TEÓRICA À PRÁTICA DO ENSINO DE GEOGRAFIA MICHELE FERNANDA MARCELINO RENZO Aluna e Bolsista do projeto de extensão Fotografia Aérea com Pipa: Uma prática lúdica e interdisciplinar na construção do conhecimento do curso de Geografia Licenciatura - UNIFAL/MG EVÂNIO DOS SANTOS BRANQUINHO Professor Adjunto II ICN-UNIFAL/MG Palavras-chave: Geografia, Ensino; Fotografia Aérea com Pipa; Cidade; Urbano. Introdução Este trabalho tem como referência a experiência da aplicação do projeto de extensão intitulado: Fotografia Aérea com Pipa: uma prática lúdica e interdisciplinar na construção do conhecimento, coordenado pelo professor Evânio S. Branquinho. Projeto que foi aplicado no ano passado e está sendo reaplicado no primeiro e segundo semestres de 2012, na Escola Estadual Doutor Napoleão Salles, localizada na periferia da cidade de Alfenas, sul de Minas Gerais, com alunos do segundo ano do ensino médio. Outro aspecto deste trabalho envolve a análise do livro didático de geografia adotado pela escola, especificamente ao conteúdo da produção do espaço urbano. O ato de ensino-aprendizagem sem dúvida é desafiante, principalmente o papel do professor que tem por objetivo ensinar a aprender e para isso deve dispor de criatividade, de forma a estimular o interesse do aluno. Uma grande preocupação no ensino da Geografia, principalmente no caso da experiência vivida neste projeto com alunos do ensino médio é como a compreensão 1

2 do conteúdo possa ir além do teórico, ou seja, torná-los capazes de reconhecer processos geográficos no seu cotidiano, nas suas experiências vividas. Isso nos faz refletir como podemos promover um aprendizado, se muitos encontram a dificuldade de correlacionar o teórico com o prático, daí vem outras questões: estamos promovendo ensino ou apenas a memorização? O que estamos fazendo de errado? Esse projeto procura mostrar como podemos ensinar e aprender Geografia, principalmente como professores e futuros professores, devemos pensar que o ato de ensinar-aprender não é feito apenas com teorias, é preciso ter as bases, mas devemos colocá-las em prática e o ensino lúdico como uma forma de espacializar o conhecimento é um caminho possível. A Fotografia Aérea com Pipa (FAP) é uma técnica que possibilita o registro de imagens aéreas em baixa altitude, variando em altura entre alguns metros a algumas centenas de metros, presa à linha uma câmera, que é erguida pela pipa. A FAP entra no contexto escolar com um instrumento lúdico de aprendizado. Objetivos Estudar como se dá interação entre os conteúdos propostos pelo livro didático e pelos os do projeto de extensão. Procurar promover a integração do projeto de extensão com o conteúdo programado do livro didático de geografia, especificadamente sobre o fenômeno das cidades e da urbanização. Construir um conhecimento de forma lúdica deste conteúdo geográfico através do uso da FAP e possibilitar aos alunos uma prática vivenciada. Como também abrir os horizontes dos professores de geografia de como trabalhar a geografia de forma teórica e prática. Fundamentação teórica A princípio este trabalho buscou sua fundamentação teórica nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), para os quais a Geografia não deve ser vista como uma disciplina meramente descritiva e empírica, onde os dados sobre a natureza, a economia e a população são apresentados de forma linear. Cavalcanti (2008) coloca bem o papel da Geografia, dizendo que ela vai adquirindo cada vez mais uma postura multidimensional. 2

3 A aprendizagem da ciência é um processo de desenvolvimento progressivo do senso comum. Só podemos ensinar e aprender partindo do senso comum e que o aprendiz dispõe. (ALVES, 2002, p. 12). Silva (2010), em sua tese O ensino da geografia na educação básica: os desafios do fazer geográfico no mundo contemporâneo, faz uma análise do ensino da Geografia no nível médio usando como método investigativo a fenomenologia, através de um conhecimento pautado no ser e na sua realidade vivida, sobre o contexto do cotidiano escolar. Ainda em Silva (2010, p.13): A relevância da pesquisa consiste em somar esforços nas discussões sobre ensino de Geografia na educação, especificamente no ensino médio, reconhecendo que a crise nele experimentada é um reflexo dos problemas de ensino e aprendizagens na educação brasileira, crise essa impulsionada pelas mudanças do mundo do trabalho. Percebemos que a partir da década 1990, as críticas enfáticas feitas tanto por pesquisadores, quanto pelos professores da educação básica, forçaram a criação e a implementação de políticas públicas educacionais, no sentido de contornar os problemas de ensinoaprendizagem na educação básica brasileira. [...] os problemas ainda persistem, o que implica em entender como o professor pode trabalhar o conteúdo de Geografia e a aprendizagem discente, no sentido de tornar eficaz o conhecimento geográfico para o aluno. Branquinho (2012, p. 3), relata através da experiência adquirida na aplicação do projeto de extensão que é aplicado na mesma escola atualmente, como a FAP contribui para o aprendizado não só da geografia, como de outras ciências através da compreensão do real. Metodologia Vemos a FAP com um grande potencial em sua prática de resgatar o lúdico no ensino-aprendizagem, para transformar um cotidiano esvaziado de significados e trazer uma qualidade e uma percepção diferente para um processo muitas vezes burocratizado e desestimulante. O método de abordagem é apoiado no projeto de extensão referido. As etapas e os procedimentos metodológicos em que procuramos desenvolver a presente pesquisa são respectivamente: - Levantamento bibliográfico referente aos diversos temas envolvidos: a) fundamentos teóricos sobre a construção do conhecimento científico; b) pedagógico, sobre os processos ensino-aprendizagem; c) a história das pipas, da 3

4 fotografia, do sensoriamento remoto e da FAP; d) geografia, sobre o estudo da paisagem e do meio, cartografia e climatologia. A referência bibliográfica base é o livro didático Geografia espaço e vivência, Lenon Boligian e Andressa Alves. - Trabalho didático e prático apresentar aos alunos da rede a história da fotografia, das pipas e da FAP; os materiais e equipamentos necessários para a FAP, como é a confecção das pipas e equipamentos, assim como as soluções e adaptações de materiais para sua prática. Confeccionar junto com os alunos as pipas, permitindo trabalhar com eles elementos de matemática: cálculo e geometria; assim como a educação artística na decoração das pipas. Trabalhar os conceitos de cartografia (especialmente, localização e escalas), a noção de paisagem, com aplicação de exercícios práticos sobre esses temas. Se as pipas forem confeccionadas com papel, podem ser feitas pelos alunos e professores, se forem confeccionadas com nylon, devem ser costuradas, abrindo a possibilidade dos pais participarem ou outras pessoas que têm essa habilidade. - Trabalho de campo praticando a FAP, verificação prática dos princípios científicos envolvidos: atmosféricos: direção e intensidade dos ventos, para verificar qual o tipo e tamanho de pipa mais indicados; orientação e localização, obtenção das fotografias aéreas. - Análise das fotografias aéreas obtidas análise das paisagens com os alunos: interpretação e comparação dos diferentes ambientes: sociais, naturais, impactos ambientais, estudo das formas, texturas, etc.; trabalho cartográfico; construção de mapas e croquis. Como complemento ao ensino será utilizado o livro didático da rede pública de Geografia do ensino médio, especificamente do segundo período, como ferramenta teórica de grande importância para a introdução de um conteúdo geográfico, para o qual será escolhido um tema dentro do universo geográfico para trabalhá-lo em classe e, posteriormente, com o auxílio da FAP, promover um conhecimento lúdico através da prática vivenciada. Resultados esperados Esperamos que os alunos tenham a oportunidade de construir um conhecimento, especificamente do tema: As cidades e o fenômeno da urbanização enfocado neste trabalho, partindo de seu próprio cotidiano, onde os conteúdos 4

5 ganham mais significados. Em relação aos professores, que eles adquiram novos conhecimentos e instrumentos didático-pedagógicos para ensino da geografia no cotidiano escolar. Ressalto aqui que este estudo não tem a pretensão de solucionar ou dar fórmulas milagrosas de ensino lúdicas, mas apresentar uma proposta com base na experiência do projeto citado. Referências bibliográficas ALVES, Rubem. Filosofia da ciência introdução ao jogo e suas regras. São Paulo: Loyola, BOLIGIAN, Levon; ALVES, Andressa. Geografia Espaço e Vivência. São Paulo: Saraiva, vol. 2, 1ª Ed., BRANQUINHO, Evânio S. Fotografia Aérea com Pipa: Uma prática lúdica e interdisciplinar na construção do conhecimento. Projeto de extensão, Unifal, Uma proposta de introdução da fotografia aérea com pipa no ensino da geografia. XVII Encontro Nacional de Geógrafos, Belo Horizonte, BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. Parâmetros curriculares nacionais (ensino médio). Brasília, DF, Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf>. Acesso em 05 de jun. de CAVALCANTI, Lana de Souza. A geografia escolar e a cidade: ensaios sobre o ensino de geografia para a vida urbana cotidiana. São Paulo: Papirus, CAVALCANTI, Lana de Souza. Geografia, escola e construção do conhecimento. São Paulo: Papirus, SILVA, Gilcileide Rodrigues da. O ensino de geografia na educação básica: os desafios do fazer geográfico no mundo contemporâneo. São Paulo, Disponível em:<http://www.tese.usp.br/teses/disponiveis/8/8136/tde /p. php>. Acesso em: 07 de junho de

CARTOGRAFIA ESCOLAR: UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID DE GEOGRAFIA

CARTOGRAFIA ESCOLAR: UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID DE GEOGRAFIA CARTOGRAFIA ESCOLAR: UMA EXPERIÊNCIA DO PIBID DE GEOGRAFIA SANTOS, Érika Cruz dos 1, akireb9zurc@hotmail.com SILVA, Laydiane Cristina da 1 ; laydianecristina2008@gmail.com JÚNIOR, Reinaldo Ferreira Maia

Leia mais

LINGUAGEM CARTOGRÁFICA NO ENSINO FUNDAMENTAL 1

LINGUAGEM CARTOGRÁFICA NO ENSINO FUNDAMENTAL 1 1 LINGUAGEM CARTOGRÁFICA NO ENSINO FUNDAMENTAL 1 INTRODUÇÃO Vera Luci Lisboa 2 O presente artigo relata as experiências vivenciadas no projeto de ensino cujo objetivo foi intervir por meio da aplicação

Leia mais

CARTOGRAFIA ESCOLAR: A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS PEDAGÓGICAS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO GEOGRÁFICO

CARTOGRAFIA ESCOLAR: A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS PEDAGÓGICAS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO GEOGRÁFICO CARTOGRAFIA ESCOLAR: A IMPORTÂNCIA DAS OFICINAS PEDAGÓGICAS NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO GEOGRÁFICO Melo¹, Annely Ferreira nanely_@hotmail.com Reis², Christiane Maria Moura cmm_reis@yahoo.com.br RESUMO

Leia mais

REFLEXÃO SOBRE O ENSINO DE GEOGRAFIA: A IMPORTÂNCIA E AS DIFICULDADES DE ENSINAR GEOGRAFIA

REFLEXÃO SOBRE O ENSINO DE GEOGRAFIA: A IMPORTÂNCIA E AS DIFICULDADES DE ENSINAR GEOGRAFIA REFLEXÃO SOBRE O ENSINO DE GEOGRAFIA: A IMPORTÂNCIA E AS DIFICULDADES DE ENSINAR GEOGRAFIA OLIVEIRA, Divino José Lemes de 1 ; CHAGAS, Frank Luiz Rosa 2 ; ALVES, Washington Silva 3 Universidade Estadual

Leia mais

Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade Estadual da Paraíba UEPB / leonidas.duarte@hotmail.com 1. INTRODUÇÃO

Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade Estadual da Paraíba UEPB / leonidas.duarte@hotmail.com 1. INTRODUÇÃO REFLEXÕES SOBRE ASPECTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS DO ENSINO DE GEOGRAFIA PRATICADO POR PROFESSORES CURSISTAS DA ESPECIALIZAÇÃO EM FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO UEPB 2013/2014 Leônidas Siqueira Duarte 1 Universidade

Leia mais

O DESPERTAR DA SUSTENTABILIDADE NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

O DESPERTAR DA SUSTENTABILIDADE NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Categoria Exposição de Painel O DESPERTAR DA SUSTENTABILIDADE NAS SÉRIES FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL Amanda Vieira Leão (UEG); Taynara Martins dos Santos (UEG); Wania Chagas Faria da Cunha (UEG) Introdução

Leia mais

O PAPEL DA MONITORIA EM CARTOGRAFIA NA FORMAÇÃO DISCENTE

O PAPEL DA MONITORIA EM CARTOGRAFIA NA FORMAÇÃO DISCENTE O PAPEL DA MONITORIA EM CARTOGRAFIA NA FORMAÇÃO DISCENTE Emanuel Henrique Rulim Pereira 1, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), ehenricky@gmail.com Orientadora: Profa. Dra. Alexsandra Bezerra

Leia mais

A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: RECONHECENDO E TRABALHANDO COM SITUAÇÕES QUE ENVOLVEM FUNÇÕES

A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: RECONHECENDO E TRABALHANDO COM SITUAÇÕES QUE ENVOLVEM FUNÇÕES A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: RECONHECENDO E TRABALHANDO COM SITUAÇÕES QUE ENVOLVEM FUNÇÕES Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio GT 10 José Jorge Casimiro Dos SANTOS jorge.cassimiro14@gmail.com

Leia mais

AVALIAÇÃO: CONCEPÇÕES

AVALIAÇÃO: CONCEPÇÕES AVALIAÇÃO: CONCEPÇÕES Paulo Ricardo Soares Pereira (UFCG) pauloricardo_sp_@hotmail.com Monaliza Mikaela Carneiro Silva (UFCG) mikaelamona@hotmail.com Orientadora: Profª. Drª. Márcia Candeia Rodrigues (UFCG)

Leia mais

ATLAS ESCOLAR HISTÓRICO, GEOGRÁFICO, AMBIENTAL DE ITABUNA BAHIA: Sistema Pedológico

ATLAS ESCOLAR HISTÓRICO, GEOGRÁFICO, AMBIENTAL DE ITABUNA BAHIA: Sistema Pedológico ATLAS ESCOLAR HISTÓRICO, GEOGRÁFICO, AMBIENTAL DE ITABUNA BAHIA: Sistema Pedológico Ailto Rodrigues Damaceno Filho Discente do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Ensino de Geografia (UESC/BA) Graduação

Leia mais

A OFERTA DA LIBRAS NA UFMG ENQUANTO DISCIPLINA NA MODALIDADE EAD E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O ENSINO DE SURDOS

A OFERTA DA LIBRAS NA UFMG ENQUANTO DISCIPLINA NA MODALIDADE EAD E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O ENSINO DE SURDOS A OFERTA DA LIBRAS NA UFMG ENQUANTO DISCIPLINA NA MODALIDADE EAD E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O ENSINO DE SURDOS Maria Aparecida Pacheco 1, Breno Heleno Ferreira 2 1 UFMG / FaE / Programa

Leia mais

ATIVIDADE LÚDICA "CRUZADA DOS PROTOZOÁRIOS": UMA ALTERNATIVA DIDÁTICA NO ENSINO DE BIOLOGIA.

ATIVIDADE LÚDICA CRUZADA DOS PROTOZOÁRIOS: UMA ALTERNATIVA DIDÁTICA NO ENSINO DE BIOLOGIA. ATIVIDADE LÚDICA "CRUZADA DOS PROTOZOÁRIOS": UMA ALTERNATIVA DIDÁTICA NO ENSINO DE BIOLOGIA. Maykon Rodrigues de Barros Moura¹; Ana Valéria Costa da Cruz²; Patrícia da Silva Sousa³; Renata Silva Santos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS SÃO GABRIEL PROJETO Teatro com enfoque biológico abordando os temas transversais Escola Municipal de Ensino Fundamental Presidente João Goulart Coordenadores Analía

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE GEOGRAFIA NO ENSINO BÁSICO: OFICINA PEDAGÓGICA

FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE GEOGRAFIA NO ENSINO BÁSICO: OFICINA PEDAGÓGICA FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE GEOGRAFIA NO ENSINO BÁSICO: OFICINA PEDAGÓGICA Autor (1) Taís dos Santos Silva; Co-autor (1) Josilaine Santina da Silva; Co-autor (2) ReglaToujaguez; Universidade

Leia mais

ATLAS GEOGRÁFICO MUNICIPAL: UMA ABORDAGEM DIDÁTICA À LAGOA FORMOSA/MG

ATLAS GEOGRÁFICO MUNICIPAL: UMA ABORDAGEM DIDÁTICA À LAGOA FORMOSA/MG 1 ATLAS GEOGRÁFICO MUNICIPAL: UMA ABORDAGEM DIDÁTICA À LAGOA FORMOSA/MG Fander de Oliveira Silva Universidade Federal de Uberlândia fanderoliveira@hotmail.com Antonio Carlos Freire Sampaio Universidade

Leia mais

USO DE ATIVIDADES INVESTIGATIVAS NAS AULAS DE FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA PARA O ESTUDO DA GRAVITAÇÃO

USO DE ATIVIDADES INVESTIGATIVAS NAS AULAS DE FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA PARA O ESTUDO DA GRAVITAÇÃO USO DE ATIVIDADES INVESTIGATIVAS NAS AULAS DE FÍSICA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA PARA O ESTUDO DA GRAVITAÇÃO Maria Betania Guedes Cândido 1 ; Alessandro Frederico da Silveira 2 1 Escola Estadual de Ensino

Leia mais

ENSINO DE INGLÊS PARA TÉCNICOS EM QUÍMICA: A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL DIDÁTICO ESPECÍFICO - PESQUISA E PRODUÇÃO

ENSINO DE INGLÊS PARA TÉCNICOS EM QUÍMICA: A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL DIDÁTICO ESPECÍFICO - PESQUISA E PRODUÇÃO ENSINO DE INGLÊS PARA TÉCNICOS EM QUÍMICA: A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL DIDÁTICO ESPECÍFICO - PESQUISA E PRODUÇÃO FARIA, Hiorrana Cássia 1, CROSARA, Franciele Magalhães Crosara 2 Resumo. Uma vez da inexistência

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO CÓDIGO: EDU260 DISCIPLINA: ENSINO DA GEOGRAFIA CARGA HORÁRIA: 90h EMENTA: Geografia: conceitos

Leia mais

APRENDIZAGEM DE GEOGRAFIA FÍSICA ATRAVÉS DO USO DE MAQUETES

APRENDIZAGEM DE GEOGRAFIA FÍSICA ATRAVÉS DO USO DE MAQUETES APRENDIZAGEM DE GEOGRAFIA FÍSICA ATRAVÉS DO USO DE MAQUETES Daniela Pedraschi Universidade Luterana do Brasil (dani_geopedraschi@gmail.com) Stefani Caroline Bueno Rosa Universidade Luterana do Brasil (tefibueno@gmail.com)

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: IV CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA GEOGRAFIA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Geografia:

Leia mais

Professor ou Professor Pesquisador

Professor ou Professor Pesquisador Professor ou Professor Pesquisador Cláudio Luis Alves do Rego Cúneo 1 Resumo O perfil de professor pesquisador tem sido associado à oportunidade de prática reflexiva daquele professor que busca a pesquisa

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 4CCENDGEOCPLIC02 DA PAISAGEM CULTURAL A GEOGRAFIA REGIONAL DA PARAÍBA: PRODUÇÃO E DIVULGAÇÃO DO SABER GEOGRÁFICO ATRAVÉS DE UM PORTAL E DE TUTORIAIS Jefferson José Gonçalves Sales ( 1 ), José Yure Gomes

Leia mais

PROJETO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA NO CAMPUS CSEH: 10 anos após as Diretrizes Curriculares Nacionais

PROJETO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA NO CAMPUS CSEH: 10 anos após as Diretrizes Curriculares Nacionais PROJETO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA NO CAMPUS CSEH: 10 anos após as Diretrizes Curriculares Nacionais Isabela Cristina Neias Coronha* (IC) 1 ; Loçandra Borges de Moraes (PQ) 2 1 Acadêmica do

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA PAISAGEM NO ENSINO DA GEOGRAFIA

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA PAISAGEM NO ENSINO DA GEOGRAFIA A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DA PAISAGEM NO ENSINO DA GEOGRAFIA Autora: Alcione Pereira da Silva Universidade Federal do Maranhão Alcione.1980@hotmail.com.br Co-autora: Aldaene Ferreira Silva Universidade Federal

Leia mais

CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2)

CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2) CURSOS / OFICINAS DE ENSINO 1º SEMESTRE 2017 (2016.2) MUNICIPIOS CURSO / OFICINA / CH OBJETIVO PÚBLICO ALVO DATAS Água Branca Amarante Anísio de Abreu Estatística Básica aplicada a Educação 30h Computação

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Fundamentos e Metodologia nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental II Código da Disciplina: EDU 325 Curso: Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 5º Faculdade responsável:

Leia mais

6GEO052 CARTOGRAFIA Noção de Astronomia de Posição; Sistema de Referência Terrestre; Cartografia Sistemática; Cartometria.

6GEO052 CARTOGRAFIA Noção de Astronomia de Posição; Sistema de Referência Terrestre; Cartografia Sistemática; Cartometria. HABILITAÇÃO: BACHARELADO 1ª Série 6GEO052 CARTOGRAFIA Noção de Astronomia de Posição; Sistema de Referência Terrestre; Cartografia Sistemática; Cartometria. 6GEO054 CLIMATOLOGIA Bases teóricas da climatologia:

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 13 DE JUNHO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 13 DE JUNHO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.295, DE 13 DE JUNHO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em,

Leia mais

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS

EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS EXPLORANDO OS POLINÔMIOS E OS GRÁFICOS DAS FUNÇÕES POLINOMIAIS Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (Emaiefem) GT 10 Marcelino Jose de CARVALHO Universidade Federal

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Curso: Pedagogia. Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Língua Portuguesa. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º

PLANO DE ENSINO. Curso: Pedagogia. Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Língua Portuguesa. Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º PLANO DE ENSINO 2016 Curso: Pedagogia Disciplina: Conteúdos e Metodologia de Língua Portuguesa Carga Horária Semestral: 80 Semestre do Curso: 6º 1 - Ementa (sumário, resumo) Fundamentos teórico-metodológicos

Leia mais

ETNOMATEMÁTICA NO GARIMPO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

ETNOMATEMÁTICA NO GARIMPO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA ETNOMATEMÁTICA NO GARIMPO: UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO BÁSICA Freudson Dantas de Lima 1 ; Francisco de Assis Bandeira 2 Mestrando em Ensino de Matemática pelo Programa de Pós-Graduação

Leia mais

PROJETO APRENDENDO E BRINCANDO COM CANTIGAS DE INFANTIS. Escola Municipal Alfabeto. Série: 2ª. Professor: Edilza Ferreira de Lima Correia

PROJETO APRENDENDO E BRINCANDO COM CANTIGAS DE INFANTIS. Escola Municipal Alfabeto. Série: 2ª. Professor: Edilza Ferreira de Lima Correia PROJETO APRENDENDO E BRINCANDO COM CANTIGAS DE INFANTIS Escola Municipal Alfabeto Série: 2ª Professor: Edilza Ferreira de Lima Correia Arcoverde PE Quando uma criança brinca, joga e finge, está criando

Leia mais

ETNOMATEMÁTICA E LETRAMENTO: UM OLHAR SOBRE O CONHECIMENTO MATEMÁTICO EM UMA FEIRA LIVRE

ETNOMATEMÁTICA E LETRAMENTO: UM OLHAR SOBRE O CONHECIMENTO MATEMÁTICO EM UMA FEIRA LIVRE ETNOMATEMÁTICA E LETRAMENTO: UM OLHAR SOBRE O CONHECIMENTO MATEMÁTICO EM UMA FEIRA LIVRE Sandra Regina RICCI Mestranda em Educação em Ciências e Matemática, Universidade Federal de Goiás sandraricci@brturbo.com.br

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA LICENCIATURA EM PEDAGOGIA EDC 284 DIDÁTICA DOCENTE: Amaleide Lima DISCENTES: Kleriston Fellipe Pinto da Conceição Marili Ribeiro Brito Rachel Nascimento da Rocha O planejamento

Leia mais

ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA: OS CONTEÚDOS COM BASES MATEMÁTICAS NO ENSINO FUNDAMEANTAL 1

ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA: OS CONTEÚDOS COM BASES MATEMÁTICAS NO ENSINO FUNDAMEANTAL 1 ENSINO-APRENDIZAGEM DA CARTOGRAFIA: OS CONTEÚDOS COM BASES MATEMÁTICAS NO ENSINO FUNDAMEANTAL 1 Priscilla Régia de Castro PEREIRA 2 Ivanilton José de OLIVEIRA 3 Introdução Dentre as pesquisas existentes

Leia mais

APRENDENDO GEOMETRIA ATRAVÉS DE ATIVIDADES LÚDICAS

APRENDENDO GEOMETRIA ATRAVÉS DE ATIVIDADES LÚDICAS 27 a 30 de agosto de 2014. APRENDENDO GEOMETRIA ATRAVÉS DE ATIVIDADES LÚDICAS CALABREZ, Mayara Caetano Instituto Federal do Espírito Santo - Cachoeiro mayaracalabrez@hotmail.com MOREIRA, Michelli Rodrigues

Leia mais

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS

SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS SEDUC SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO ESCOLA ESTADUAL DOMINGOS BRIANTE ELIANE CALHEIROS OLIVIA EVANGELISTA BENEVIDES THIANE ARAUJO COSTA TRABALHANDO A MATEMÁTICA DE FORMA DIFERENCIADA A

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES DOS ALUNOS COM A MATEMÁTICA

CONTRIBUIÇÕES DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES DOS ALUNOS COM A MATEMÁTICA CONTRIBUIÇÕES DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS NA SUPERAÇÃO DAS DIFICULDADES DOS ALUNOS COM A MATEMÁTICA Daniele André da Silva Universidade Estadual da Paraíba daniandre2011@gmail.com RESUMO: O objetivo deste

Leia mais

Palavras-chave: Competências; habilidades; resolução de problemas.

Palavras-chave: Competências; habilidades; resolução de problemas. AVALIAÇÃO POR COMPETÊNCIA: TEORIA E PRÁTICA NO CONTEXTO DA RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS Camilla da Rosa Leandro (Bolsista PUIC) 1 Diva Marília Flemming (Profa. Orientadora) 2 INTRODUÇÃO Na Educação é frequente,

Leia mais

TABELA PERIÓDICA: UM CONHECIMENTO NECESSÁRIO AO ENSINO DE QUÍMICA

TABELA PERIÓDICA: UM CONHECIMENTO NECESSÁRIO AO ENSINO DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA: UM CONHECIMENTO NECESSÁRIO AO ENSINO DE QUÍMICA NUNES, Maria da Penha Agra 1 -UEPB Subprojeto: Química Resumo O trabalho desenvolvido teve o objetivo de promover uma aprendizagem significativa

Leia mais

RESUMO EXPANDIDO ABORDANDO A GEOMORFOLOGIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: A APLICAÇÃO DO CONHECIMENTO TEÓRICO NO COTIDIANO

RESUMO EXPANDIDO ABORDANDO A GEOMORFOLOGIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: A APLICAÇÃO DO CONHECIMENTO TEÓRICO NO COTIDIANO RESUMO EXPANDIDO ABORDANDO A GEOMORFOLOGIA NO ENSINO FUNDAMENTAL: A APLICAÇÃO DO CONHECIMENTO TEÓRICO NO COTIDIANO Daniel Queconi Mariano¹ Ivani Fonseca da Cruz² Roberto Ortiz Paixão³ INTRODUÇÃO Após analisar

Leia mais

Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de

Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de Universidade dos Açores Campus de angra do Heroísmo Ano Letivo: 2013/2014 Disciplina: Aplicações da Matemática Docente: Ricardo Teixeira 3º Ano de Licenciatura em Educação Básica - 1º Semestre O jogo é

Leia mais

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA UNIVERSIDADE CASTELO BRANCO METODOLOGIA DA PESQUISA EM MATEMÁTICA PARA TCC CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO (TIC) NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA Bruno

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA CARTOGRAFIA ESCOLAR PARA ALUNOS COM DEFICIENCIA VISUAL: o papel da Cartografia Tátil

A IMPORTÂNCIA DA CARTOGRAFIA ESCOLAR PARA ALUNOS COM DEFICIENCIA VISUAL: o papel da Cartografia Tátil A IMPORTÂNCIA DA CARTOGRAFIA ESCOLAR PARA ALUNOS COM DEFICIENCIA VISUAL: o papel da Cartografia Tátil Fernanda Taynara de Oliveira Graduando em Geografia Universidade Estadual de Goiás Campus Minaçu Kelytha

Leia mais

A APRENDIZAGEM MATEMÁTICA INTERMEDIADA POR JOGOS MATEMÁTICOS

A APRENDIZAGEM MATEMÁTICA INTERMEDIADA POR JOGOS MATEMÁTICOS A APRENDIZAGEM MATEMÁTICA INTERMEDIADA POR JOGOS MATEMÁTICOS Autor (Italo Pereira Da Silva Medeiros); Coautor (Antônio Carlos Belarmino Segundo)¹; Coautor (Rodolfo Moreira Cabral)²; Coautor (Yan Ynácio

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES

ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA-MS SETEMBRO/2016 ESCOLA ESTADUAL LUIZ VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS E NOITE CULTURAL/2016 Projeto elaborado para se desenvolvido na E.E.

Leia mais

A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO AGENTE FACILITADOR NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA

A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO AGENTE FACILITADOR NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA 27 a 30 de Agosto de 2014 A CONTEXTUALIZAÇÃO COMO AGENTE FACILITADOR NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM DA MATEMÁTICA BARROSO, Poliana Polinabarroso@saocamilo-es.br BICALHO, Alessandro Erick alessandrobicalho@saocamilo-es.br

Leia mais

paulinhaven@hotmail.com Introdução

paulinhaven@hotmail.com Introdução DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NO ENSINO DE BIOLOGIA: REFLEXÃO A PARTIR DE SUBSTRATOS TEÓRICOS E PESQUISAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE PARNAÍBA/PI 1 Ana Paula Costa do Nascimento 1 Nailton de Souza

Leia mais

ANEXO II. Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. DETALHAMENTO DO SUBPROJETO (Licenciatura)

ANEXO II. Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID. DETALHAMENTO DO SUBPROJETO (Licenciatura) AEXO II Edital Pibid n /2012 CAPES PROGRAMA ISTITUCIOAL DE BOLSA DE IICIAÇÃO À DOCÊCIA - PIBID DETALHAMETO DO SUBPROJETO (Licenciatura) 1. ome da Instituição UF Universidade Federal de Roraima 2. Subprojeto

Leia mais

CUBO MÁGICO: uma estratégia pedagógica utilizada nas aulas de matemática 1

CUBO MÁGICO: uma estratégia pedagógica utilizada nas aulas de matemática 1 CUBO MÁGICO: uma estratégia pedagógica utilizada nas aulas de matemática 1 Renata Cleiton Piacesi Corrêa 2 ; Vitoria Cardoso Batista 3 INTRODUÇÃO O ensinar e aprender a matemática nas salas de aula da

Leia mais

Disciplina FLG 141: Introdução à Cartografia Prof a Fernanda Padovesi Fonseca

Disciplina FLG 141: Introdução à Cartografia Prof a Fernanda Padovesi Fonseca Disciplina FLG 141: Introdução à Cartografia Prof a Fernanda Padovesi Fonseca Além de recomendações já feitas, sobre o uso de imagens e mapas, é preciso evitar: o uso de escala inadequada de representação;

Leia mais

Zaqueu Vieira Oliveira Sala 128 do bloco A

Zaqueu Vieira Oliveira Sala 128 do bloco A Zaqueu Vieira Oliveira z.zaqueu@usp.br Sala 128 do bloco A Disciplinas Pedagógicas Teoria (Educação e Matemática) Metodologia do Ensino de Matemática I Disciplinas Específicas Prática (Sala de aula) Concepções

Leia mais

ELABORAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO INCLUSIVO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL.

ELABORAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO INCLUSIVO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL. ELABORAÇÃO DE RECURSO DIDÁTICO INCLUSIVO PARA ALUNOS COM DEFICIÊNCIA VISUAL. Luiz Alfredo de Paula (1); Sibele Schimidtt de Paula (2). (1) Secretaria Municipal de Educação de Caraguatatuba/SP - (1) prof.luizdepaula@gmail.com;

Leia mais

ATLAS ESCOLAR FÍSICO DO LITORAL SUL DA BAHIA

ATLAS ESCOLAR FÍSICO DO LITORAL SUL DA BAHIA ATLAS ESCOLAR FÍSICO DO LITORAL SUL DA BAHIA Heibe Santana Da Silva Discente do Curso de Licenciatura em Geografia e bolsista - FAPESB E-mail: heibe.geouesc@hotmail.com Ednice de Oliveira Fontes Profa.

Leia mais

O ENSINO DE GEOGRAFIA MEDIADO PELAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS

O ENSINO DE GEOGRAFIA MEDIADO PELAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS O ENSINO DE GEOGRAFIA MEDIADO PELAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS Vanessa da Silva Freitas (Graduanda em Geografia / UEPB) Wanessas2mm@gmail.com Lívia Maria Serafim Duarte Oliveira (PPFP/UEPB) Serafim_livia@hotmail.com

Leia mais

PIBID Relações entre a Escola Básica e a Universidade a Partir da Perspectiva de um Professor Supervisor

PIBID Relações entre a Escola Básica e a Universidade a Partir da Perspectiva de um Professor Supervisor PIBID Relações entre a Escola Básica e a Universidade a Partir da Perspectiva de um Professor Supervisor Giancarlo Caporale UFRGS-PPGEDU Flávia Maria Teixeira dos Santos UFRGS-PPGEDU Resumo Este trabalho

Leia mais

Katiane Kaline da Silva. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Suely Maria Alves de Souza

Katiane Kaline da Silva. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Suely Maria Alves de Souza INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA NA ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA UFPB - OFICINAS DE APOIO A PARTIR DO LÚDICO NAS PRÁTICAS EDUCATIVAS PARA A LEITURA E ESCRITA Katiane Kaline da Silva UNIVERSIDADE FEDERAL DA

Leia mais

GINCAMÁTICA. Marília Zabel 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC CCT

GINCAMÁTICA. Marília Zabel 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC CCT GINCAMÁTICA Marília Zabel 1 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC CCT mari_lia_zabel@hotmail.com Airton Camilo Côrrea Júnior 2 E.E.B. Professor Rudolfo Meyer airtonjr80@gmail.com Regina Helena

Leia mais

UTILIZANDO MÉTODOS DIFERENCIADOS A FAVOR DO ENSINO DA MATEMÁTICA. GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior

UTILIZANDO MÉTODOS DIFERENCIADOS A FAVOR DO ENSINO DA MATEMÁTICA. GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior UTILIZANDO MÉTODOS DIFERENCIADOS A FAVOR DO ENSINO DA MATEMÁTICA GT 02 Educação Matemática no Ensino Médio e Ensino Superior Andressa Miranda Esteves Martinez, Unipampa, amirandaesteves@bol.com.br Andréa

Leia mais

O USO DAS TECNOLOGIAS NO ENSINO DE GEOGRAFIA: UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

O USO DAS TECNOLOGIAS NO ENSINO DE GEOGRAFIA: UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA O USO DAS TECNOLOGIAS NO ENSINO DE GEOGRAFIA: UMA INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA Autor (1) Francisca Adriana da Silva Bezerra Mestranda do PPGE/CAMEAM/UERN, adriana-uepb@hotmail.com Co-autor (1) Marcos Aurélio

Leia mais

Projeto: Sala ambiente e Grafite. Cajado Temático

Projeto: Sala ambiente e Grafite. Cajado Temático Projeto: Sala ambiente e Grafite Cajado Temático Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção.( Paulo Freire) JUSTIFICATIVA: A ideia das salas ambiente

Leia mais

A escala como ferramenta que aproxima a geografia das práticas e saberes espaciais dos estudantes

A escala como ferramenta que aproxima a geografia das práticas e saberes espaciais dos estudantes Estágio da pesquisa: Em andamento aguardando o término das atividades que estão sendo aplicadas para a análise dos resultados. A escala como ferramenta que aproxima a geografia das práticas e saberes espaciais

Leia mais

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André

Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André Objetivos Gerais: Planejamento Anual 2015 Disciplina: Língua Portuguesa: Ação Série: 3º ano Ensino: Médio Professor: André # Promover as competências necessárias para as práticas de leitura e escrita autônomas

Leia mais

Janaildo Soares de Sousa Universidade Federal do Ceará UFC

Janaildo Soares de Sousa Universidade Federal do Ceará UFC CONTRIBUIÇÕES DA DIDÁTICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA PARA O ÊXITO DOS ALUNOS NAS OLIMPÍADAS BRASILEIRAS DE MATEMÁTICA - OBMEP: O CASO DO MUNICÍPIO DE PAULISTA PB Introdução Janaildo Soares de Sousa Universidade

Leia mais

PROJETO. Gincana Matemática

PROJETO. Gincana Matemática PROJETO Gincana Matemática APRESENTAÇÃO DO PROJETO: QUE D+ I IDENTIFICAÇÃO Projeto: Gincana Matemática ESCOLA JOÃO MARIANO DA SILVA Diretor: Coordenadora de ensino: Coordenadora Pedagógica: Professores

Leia mais

ATIVIDADES LÚDICAS. Figura 1: Bolsistas e Alunos jogando Super-Trunfo de Química

ATIVIDADES LÚDICAS. Figura 1: Bolsistas e Alunos jogando Super-Trunfo de Química ATIVIDADES LÚDICAS Nas primeiras semanas em contatos com os alunos foi notado que algo precisaria ser feito para aproximar os alunos dos bolsistas, algo que não tivesse o caráter tão formal, mais sim que

Leia mais

MATEMÁTICA ATRAENTE: A APLICAÇÃO DE JOGOS COMO INSTRUMENTO DO PIBID NA APRENDIZAGEM MATEMÁTICA

MATEMÁTICA ATRAENTE: A APLICAÇÃO DE JOGOS COMO INSTRUMENTO DO PIBID NA APRENDIZAGEM MATEMÁTICA MATEMÁTICA ATRAENTE: A APLICAÇÃO DE JOGOS COMO INSTRUMENTO DO PIBID NA APRENDIZAGEM MATEMÁTICA Camila Sampaio Nogueira camila.snog@hotmail.com Maria Aparecida Galdino de Souza cindysouza@hotmail.com Luiza

Leia mais

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS.

A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. A ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA PARA CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL CONGÊNITA E ADQUIRIDA ATRAVÉS DE JOGOS PEDAGÓGICOS. Luciana Barros Farias Lima Instituto Benjamin Constant Práticas Pedagógicas Inclusivas

Leia mais

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE

PROJETO BRINCANDO SE APRENDE PROJETO BRINCANDO SE APRENDE COLÉGIO ESTADUAL PROFESSOR EDGARD SANTOS APRESENTAÇÃO A Matemática e a Língua Portuguesa são vistas como disciplinas de difícil aprendizagem, muitas vezes até rejeitada pelos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Matemática Componente Curricular: Matemática Série: 1ª Eixo Tecnológico:

Leia mais

DIFICULDADES RELATADAS POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO NO PROCESSO DE ENSINO DE QUÍMICA: ESTUDO DE CASO DE ESCOLAS ESTADUAIS EM GRAJAÚ, MARANHÃO 1

DIFICULDADES RELATADAS POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO NO PROCESSO DE ENSINO DE QUÍMICA: ESTUDO DE CASO DE ESCOLAS ESTADUAIS EM GRAJAÚ, MARANHÃO 1 DIFICULDADES RELATADAS POR ALUNOS DO ENSINO MÉDIO NO PROCESSO DE ENSINO DE QUÍMICA: ESTUDO DE CASO DE ESCOLAS ESTADUAIS EM GRAJAÚ, MARANHÃO 1 Camila Jorge Pires Graduanda em Licenciatura em Ciências Naturais/Química

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR 1 As características na aprendizagem

MATERIAL COMPLEMENTAR 1 As características na aprendizagem TICs NA PRÁTICA DOCENTE: Produção e uso de materiais didáticos MATERIAL COMPLEMENTAR 1 As características na aprendizagem! Cada pessoa tem uma forma muito particular de perceber a realidade, que reúne

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES. Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS. Ipezal/Angélica MS

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES. Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS. Ipezal/Angélica MS ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES Ipezal/Angélica - MS DIADOS PAIS Ipezal/Angélica MS Maio/2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES Ipezal/Angélica - MS GISLAYNE DE ARAUJO TEIXEIRA PROFESSORAS RESPONSÁVEIS:

Leia mais

Anais da Semana de Integração Acadêmica 02 a 06 de setembro de 2013

Anais da Semana de Integração Acadêmica 02 a 06 de setembro de 2013 EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM DEBATE NO 7º ANO DO COLÉGIO ESTADUAL PRINCESA IZABEL DE TAQUARAL DE GOIÁS INTRODUÇÃO SILVA, Nabio Vanutt da Universidade Estadual de Goiás/UnU Goiás Acadêmico do I ano de História

Leia mais

GEOGRAFIA E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: A PRÁTICA DOCENTE E O ENSINO DE GEOGRAFIA NA ESCOLA ESTATUAL SÃO JOSÉ OPERÁRIO NO MUNICÍPIO DE PARINTINS-AM

GEOGRAFIA E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: A PRÁTICA DOCENTE E O ENSINO DE GEOGRAFIA NA ESCOLA ESTATUAL SÃO JOSÉ OPERÁRIO NO MUNICÍPIO DE PARINTINS-AM GEOGRAFIA E A EDUCAÇÃO NO BRASIL: A PRÁTICA DOCENTE E O ENSINO DE GEOGRAFIA NA ESCOLA ESTATUAL SÃO JOSÉ OPERÁRIO NO MUNICÍPIO DE PARINTINS-AM Joemi Lima de Oliveira Universidade do Estado do Amazonas e-mail:

Leia mais

A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: UMA ABORDAGEM PRÁTICA NO ESTUDO DOS NÚMEROS INTEIROS

A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: UMA ABORDAGEM PRÁTICA NO ESTUDO DOS NÚMEROS INTEIROS A MATEMÁTICA NO COTIDIANO: UMA ABORDAGEM PRÁTICA NO ESTUDO DOS NÚMEROS INTEIROS 1 Arthur Gilzeph Farias Almeida; 2 Samara Araújo Melo. 1 Universidade Federal de Campina Grande, agilzeph@gmail.com; 2 E.E.E.F.M

Leia mais

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO

EMENTA OBJETIVOS DE ENSINO Sociologia I PLANO DE DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Sociologia I CURSO: Técnico em Segurança do Trabalho (Integrado) SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 67 h (80 aulas) DOCENTE: EMENTA A introdução ao pensamento

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓGICO 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Gestão Escolar IV Carga Horária Semestral: 40 Semestre do Curso: 7º 1 - Ementa (sumário, resumo) Dimensões da participação: política,

Leia mais

LER NÃO É PECADO... Escola: COC Atibaia Cidade: Atibaia (SP) Categoria: Linguagens e Matemática Professor Responsável: José Fernando Teles da Rocha

LER NÃO É PECADO... Escola: COC Atibaia Cidade: Atibaia (SP) Categoria: Linguagens e Matemática Professor Responsável: José Fernando Teles da Rocha LER NÃO É PECADO... Escola: COC Atibaia Cidade: Atibaia (SP) Categoria: Linguagens e Matemática Professor Responsável: José Fernando Teles da Rocha O projeto LER NÃO É PECADO... partiu da tentativa de

Leia mais

O DESINTERESSE DOS ALUNOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA

O DESINTERESSE DOS ALUNOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA O DESINTERESSE DOS ALUNOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA Marcos Jonatas Damasceno da Silva Andreia Santos de Lima INTRODUÇÃO Universidade Federal do Pará-UFPA; jonatas.marcos@hotmail.com Universidade Federal da

Leia mais

LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA: UMA FERRAMENTA IMPRESCINDÍVEL PARA A APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA

LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA: UMA FERRAMENTA IMPRESCINDÍVEL PARA A APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA LABORATÓRIO DE MATEMÁTICA: UMA FERRAMENTA IMPRESCINDÍVEL PARA A APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA Rodolfo Moreira Cabral, Antonio Carlos Belarmino Segundo Universidade Estadual da Paraíba, rodolfomoreira.16@hotmail.com;

Leia mais

DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS A PARTIR DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS. Palavras-chave: Investigação; teorema de Pitágoras; Materiais manipuláveis.

DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS A PARTIR DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS. Palavras-chave: Investigação; teorema de Pitágoras; Materiais manipuláveis. DEMONSTRAÇÃO DO TEOREMA DE PITÁGORAS A PARTIR DE MATERIAIS MANIPULÁVEIS Anelize de Angelis Huss ne_huss@hotmail.com André Luiz Steigenberger andre_alst@hotmail.com Victor Hugo dos Santos Gois victor.gois28@hotmail.com

Leia mais

ROBÓTICA PEDAGÓGICA LIVRE E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA

ROBÓTICA PEDAGÓGICA LIVRE E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA ROBÓTICA PEDAGÓGICA LIVRE E EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UMA EXPERIÊNCIA FORMATIVA Lorena Bárbara da R. Ribeiro [UNEB] Mary Valda Souza Sales [UNEB] Tarsis de Carvalho Santos [UNEB] O processo educativo cada

Leia mais

Zaqueu Vieira Oliveira Sala 128 do bloco A

Zaqueu Vieira Oliveira Sala 128 do bloco A Zaqueu Vieira Oliveira z.zaqueu@usp.br Sala 128 do bloco A Disciplinas Pedagógicas Teoria (Educação e Matemática) Metodologia do Ensino de Matemática I Disciplinas Específicas Prática (Sala de aula) Concepções

Leia mais

Aluno(a): / / Cidade Polo: CPF: Curso: 1ª AVALIAÇÃO ONLINE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO

Aluno(a): / / Cidade Polo:   CPF: Curso: 1ª AVALIAÇÃO ONLINE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Aluno(a): / / Cidade Polo: E-mail: CPF: Curso: 1ª AVALIAÇÃO ONLINE METODOLOGIA DO TRABALHO CIENTÍFICO Preencha o GABARITO: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 Observação: Nesta atividade há 10 (dez) questões

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA. A Geografia Levada a Sério

INTRODUÇÃO AO ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA.  A Geografia Levada a Sério INTRODUÇÃO AO ENSINO DA HISTÓRIA E DA GEOGRAFIA 1 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou sua construção. Paulo Freire 2 O Último Pau de arara

Leia mais

OFICINAS PEDAGOGICAS: COMO FORMA DE AUXILIO NO APRENDIZADO DOS EDUCANDOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA

OFICINAS PEDAGOGICAS: COMO FORMA DE AUXILIO NO APRENDIZADO DOS EDUCANDOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA OFICINAS PEDAGOGICAS: COMO FORMA DE AUXILIO NO APRENDIZADO DOS EDUCANDOS NAS AULAS DE GEOGRAFIA Angeline Batista da Cruz Universidade Estadual da Paraíba pibidcruz@bol.com.br Clara Mayara de Almeida Vasconcelos

Leia mais

GEOTECNOLOGIAS APLICADAS AO ENSINO DE GEOGRAFIA, COM ÊNFASE NA APRENDIZAGEM CARTOGRÁFICA DO ENSINO FUNDAMENTAL II

GEOTECNOLOGIAS APLICADAS AO ENSINO DE GEOGRAFIA, COM ÊNFASE NA APRENDIZAGEM CARTOGRÁFICA DO ENSINO FUNDAMENTAL II GEOTECNOLOGIAS APLICADAS AO ENSINO DE GEOGRAFIA, COM ÊNFASE NA APRENDIZAGEM CARTOGRÁFICA DO ENSINO FUNDAMENTAL II Adson dos Santos Universidade Estadual de Feira de Santana- arh@uefs.br INTRODUÇÃO Como

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO

PÓS-GRADUAÇÃO ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO PÓS-GRADUAÇÃO ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos:

Leia mais

A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA

A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA Centro Universitário Leonardo Da Vinci NEAD Núcleo de Ensino a Distância Everton Leite A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA BLUMENAU 2009 EVERTON LEITE A TECNOLOGIA NA ÁREA DE GEOGRAFIA Projeto apresentado

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS COMO MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO DIDÁTICO EM GEOGRAFIA RELATO DE EXPERIENCIA¹

UTILIZAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS COMO MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO DIDÁTICO EM GEOGRAFIA RELATO DE EXPERIENCIA¹ UTILIZAÇÃO DE JOGOS EDUCATIVOS COMO MATERIAL PEDAGÓGICO DE APOIO DIDÁTICO EM GEOGRAFIA RELATO DE EXPERIENCIA¹ Heitor Petinari Ferrari César Costa Sanches Claudivan Sanches Lopes Universidade Estadual de

Leia mais

MÉTODOS INTERDISCIPLINARES APROXIMANDO SABERES MATEMÁTICOS E GEOGRÁFICOS

MÉTODOS INTERDISCIPLINARES APROXIMANDO SABERES MATEMÁTICOS E GEOGRÁFICOS MÉTODOS INTERDISCIPLINARES APROXIMANDO SABERES MATEMÁTICOS E GEOGRÁFICOS Celso Gomes Ferreira Neto, Universidade Estadual da Paraíba - UEPB Profª. Drª. Filomena Maria G. S. Cordeiro Moita, Universidade

Leia mais

A avaliação no ensino religioso escolar: perspectiva processual

A avaliação no ensino religioso escolar: perspectiva processual A avaliação no ensino religioso escolar: perspectiva processual Suzana dos Santos Gomes * * Mestre em Educação FAE-UFMG, professora de Cultura Religiosa PUC Minas. A AVALIAÇÃO ESTÁ presente na vida humana

Leia mais

20/05/2014.

20/05/2014. www.juliofurtado.com.br 1 1ª Fase: Pré-industrial Empreendimentos familiares Crianças aprendiam em casa Trabalhava-se em casa (oficinas e agropecuária) Crianças seguiam as profissões dos pais Crianças

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense - Campus Sombrio

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal Catarinense - Campus Sombrio PLANO DE ENSINO Curso Disciplina/Carga horária Professor Responsável Licenciatura em Matemática ESTG 04- Estágio Supervisionado IV (150h.a) Nome: Marleide Coan Cardoso email:marleide@ifc-sombrio.edu.br

Leia mais

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL

PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL PROJETO ROBÓTICA EDUCACIONAL A vida tem mais imaginação do que carregamos dentro dos nossos sonhos. Cristóvão Colombo APRESENTAÇÃO O crescimento atual da robótica tanto educacional como competitiva, nos

Leia mais

PROEJETO ARBORIZAÇÃO, JARDINAGEM E HORTA COMUNIDADE BETEL: Contribuições Para a Formação Acadêmica

PROEJETO ARBORIZAÇÃO, JARDINAGEM E HORTA COMUNIDADE BETEL: Contribuições Para a Formação Acadêmica PROEJETO ARBORIZAÇÃO, JARDINAGEM E HORTA COMUNIDADE BETEL: Contribuições Para a Formação Acadêmica Fernanda S. Seger 1 Érika Lucatelli 2 RESUMO Este artigo propõe apresentar os resultados e discussões

Leia mais

UM EXAME TEÓRICO METODOLÓGICO DA UTILIZAÇÃO DO ESPORTE DE ORIENTAÇÃO COMO ATIVIDADE DIDÁTICA NO ENSINO DE CARTOGRAFIA NO CURSO DE GEOGRAFIA

UM EXAME TEÓRICO METODOLÓGICO DA UTILIZAÇÃO DO ESPORTE DE ORIENTAÇÃO COMO ATIVIDADE DIDÁTICA NO ENSINO DE CARTOGRAFIA NO CURSO DE GEOGRAFIA UM EXAME TEÓRICO METODOLÓGICO DA UTILIZAÇÃO DO ESPORTE DE ORIENTAÇÃO COMO ATIVIDADE DIDÁTICA NO ENSINO DE CARTOGRAFIA NO CURSO DE GEOGRAFIA Guilherme de Oliveira Bueno Graduando em Geografia, Universidade

Leia mais

COMUNICAÇÕES ORAIS - ARTE E ENSINO DE MATEMÁTICA O MISTÉRIO DOS NÚMEROS

COMUNICAÇÕES ORAIS - ARTE E ENSINO DE MATEMÁTICA O MISTÉRIO DOS NÚMEROS COMUNICAÇÕES ORAIS - ARTE E ENSINO DE MATEMÁTICA O MISTÉRIO DOS NÚMEROS FLAVÍO BRITO DA SILVA, VALFRIDO COSTA DA SILVA. A amostra O mistério dos números (conjuntos numéricos), é um evento de cunho apresentativo

Leia mais

EXPERIÊNCIAS DE PRÁTICA ENQUANTO COMPONENTE CURRICULAR NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

EXPERIÊNCIAS DE PRÁTICA ENQUANTO COMPONENTE CURRICULAR NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA EXPERIÊNCIAS DE PRÁTICA ENQUANTO COMPONENTE CURRICULAR NO CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA Letícia Lima de Almeida 1 Magda Neves da Silva 2 Siomara Cristina Broch 3 Resumo: O propósito deste trabalho

Leia mais