Dicas e Propostas de Redação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Dicas e Propostas de Redação"

Transcrição

1 Dicas e Propostas de Redação Linguagem, Códigos e suas Tecnologias 1 1ª Temática Abordada O Trânsito no Brasil Nas grandes cidades, transitar em alguns horários é uma atividade extremamente complicada. Em São Paulo, por exemplo, congestionamentos diários em certos pontos da cidade podem durar 2, 3 ou até 5 horas. De fato, o trânsito é um dos principais vilões à boa saúde, podendo elevar os níveis de estresse às alturas, sem contar a grande exposição à poluição atmosférica e sonora em que as pessoas são expostas. Ficar várias horas sentado com as pernas encolhidas pode causar vários problemas circulatórios: as pernas incham, ficam doloridas e os efeitos das varizes são agravados, podendo até levar à trombose venosa profunda em algumas pessoas. Além disso, os movimentos repetitivos podem causar fadiga muscular e desgaste das articulações, provocando frequentes dores nos ombros, costas e coluna. Se não bastasse o tédio de um congestionamento quilométrico, a poluição sonora causada pelas buzinas e ruídos dos motores aumenta o estresse das pessoas mais ainda. Como a legislação de trânsito não permite que o motorista use protetores auriculares, a melhor solução para esse problema é simplesmente fechar o vidro do carro. Já a poluição atmosférica, além de causar a irritação dos olhos e das mucosas, provoca uma série de problemas respiratórios, no entanto, esse tipo de poluição atinge mais os pedestres. Para algumas pessoas, vítimas dos congestionamentos das grandes cidades, o melhor a fazer é procurar oportunidades em outra cidade, mais tranquila e com trânsito menos intenso. Já outras tentam remediar a situação, optando pelos transportes em massa, como trens e ônibus, entretanto, nesse caso, a pessoa não irá dirigir, mas terá que ter a mesma paciência do motorista. É aconselhável sair de casa com um bom tempo de antecedência, levando em consideração o tempo perdido em um eventual congestionamento. Além disso, é recomendável optar por caminhos alternativos, fazer exercícios de alongamento, contar até dez antes de gritar ou falar alguma palavra agressiva, ouvir músicas relaxantes, e ter, claro, muita paciência e bom humor. Violência no trânsito Disponível em: É inegável que os acidentes de trânsito constituem um grave problema nos diversos países do mundo. Apesar de que muitos tratam a violência no trânsito como problema de saúde pública, não podemos relegar tão grave situação e assistir, diuturnamente, ao número crescente de mortes com tanta naturalidade. Sob este prisma que englobo os órgãos de segurança pública como corresponsáveis para prevenir o genocídio causado pela violência no trânsito. O fenômeno da violência no trânsito tem que ser visto na sua complexidade, não avançaremos em nosso propósito de preveni-lo, se não incluirmos, como objeto de atenção, todos envolvidos na situação. Não há como indicar receitas, mas precisamos colocar o tema em foco, realizar debates nos diversos espaços sociais, visando gerar sensibilização sobre a questão. No momento em que a sociedade civil se organizar para cobrar, sem sombra de dúvida, exercerá um importante papel de fomentar o correto funcionamento da rede de justiça do policial ao juiz, incluindo o legislador. Acidente de trânsito: manifestação contemporânea da violência social A violência e o acidente de trânsito são fatos sociais que apresentam muitas características comuns. Ambos são problemas 1

2 da teoria e da prática social e política da sociedade. A violência é um fenômeno muito mais antigo que o acidente de trânsito. Enquanto a violência originou-se simultaneamente com o surgimento da humanidade, o acidente de trânsito é contemporâneo da sociedade moderna e surgiu com a revolução do automóvel. Violência por definição é um comportamento humano que vise ou possa causar dano a outra pessoa, ser vivo ou objeto. É o ato atentatório contra a autonomia, integridade física ou psicológica e mesmo contra a vida de outro. É um fenômeno que permeia todo o tecido social e assume diferentes formas. É geral. Ocorre do nosso lado e nas mais longínquas regiões terrestres. Pode ser percebida nos bairros nobres das cidades e nas periferias. Está nas ruas e, até mesmo, dentro de nossas casas. É exterior à vontade das pessoas. Alcança todas elas indistintamente variando, porém, em intensidade. É uma realidade no cotidiano das pessoas com a qual elas têm de conviver. O viver em sociedade foi sempre um viver violento. Em todas as horas e lugares ela aparece das mais variadas formas. Tal qual a violência, o acidente de trânsito é democrático. Acontecem em todos os lugares. Atingem a todas as pessoas, independentemente de suas posições sociais. Não é um evento deliberado, mas fruto de displicência e de falta de atenção e, até mesmo, pelo gosto do risco e da aventura. Se a violência é um fenômeno social, toda violência é social. Entretanto, a violência é seletiva em relação a certos segmentos da população ou apresenta um alcance mais geral justificado por condições sociais e históricas. Nesse sentido, pode-se denominar o acidente de trânsito de violência social, pois reflete um conjunto de fatores estruturais da realidade social que vai além da simples presença de veículos nas vias públicas. A violência no trânsito é um fenômeno cujas causas são determinadas socialmente, atinge toda a população e suas consequências são dramáticas na vida das pessoas. O acidente de trânsito, como manifestação contemporânea da sociedade moderna está inserido na lógica do sistema capitalista. É, também, uma forma de violência. A violência no trânsito representa um grave problema de nossa sociedade. Ocorre a cada instante e, indubitavelmente, a sociedade dispõe de condições necessárias e suficientes para apresentar soluções e reduzir os seus efeitos. Porém, nossos governantes pouco se preocupam com o problema. Não o faz em nome de outras prioridades. Para se ter uma noção do tamanho da tragédia que é o trânsito, o Brasil registra anualmente 1,5 milhão de acidentes. A quantidade de pessoas feridas por ano é de 400 mil pessoas.essa quantidade de acidentes resulta na morte de 35 mil pessoas/ano. Aproximadamente 7.5 milhão de pessoas se envolvem de alguma forma em acidentes de trânsito no período de um ano. A tabela a seguir mostra uma distribuição dos acidentes de trânsito numa perspectiva de tempo. Pessoas Envolvidas Acidentes Feridos Mortos Ano Dia Hora Minuto min A cada minuto 14 pessoas sofrem acidentes de trânsito, 3 acidentes acontecem e uma pessoa é ferida. A cada 15 minutos, uma pessoa morre. Imaginemos um cenário, ainda mais amplo. Se hipoteticamente tivermos outras 3 pessoas que mantêm algum tipo de relação com qualquer das pessoas envolvidas em acidentes, teremos uma população de mais de 22 milhões de pessoas que de algum modo participa desse cenário catastrófico que encerra os acidentes de trânsito. É incomensurável a quantidade de dramas pessoais dele decorrentes. Para além do sofrimento ao qual estão submetidas as pessoas que se acidentam no trânsito, duas pesquisas realizadas pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) revelaram que os acidentes de trânsito no Brasil custam ao Estado e à sociedade aproximadamente 30 bilhões de reais por ano, ou seja, 1,2% do PIB brasileiro. Desse modo, os acidentes de trânsito custam caro ao povo e a sociedade brasileira, onerando sobremaneira os sistemas de saúde e de segurança pública. Entretanto, não observamos políticas públicas consistentes no sentido de reduzi-los. Não resta dúvida que o acidente de trânsito é uma manifestação contemporânea da violência social. Violência que não compreende apenas crimes, mas todo o efeito destruidor que provocam sobre as pessoas e sobre as regras de convívio na cidade. O trânsito violento interfere no tecido social, prejudica a qualidade das relações sociais, e contribui para o quadro da perda da qualidade de vida. O principal fator da violência no trânsito no Brasil é humano. É certo que existem deficiências técnicas, de infraestrututa e de engenharia. Entretanto, condutores, motociclistas, ciclistas e, até mesmo, pedestres são incapazes de cumprir as mais elementares regras de circulação. Não obedecem à sinalização, os limites de velocidade, avançam sinal vermelho e falam ao celular enquanto dirigem. Não raramente dirigem embriagados ou sem habilitação. É esse tipo de comportamento perigoso que gera o risco e provoca os acidentes de trânsito. No trânsito parece que vivemos um estado de anomia (ausência de lei ou de regra) conforme a concepção de alguns estudiosos. A falta de regras e o seu descumprimento invariavelmente leva a um cenário de violência sem precedentes. A lei de trânsito no Brasil parece ser menos importante que as outras leis. Infrações de trânsito são consideradas pequenos deslizes. Por vezes, o infrator é até tratado como herói e corajoso. Expõe-se ao risco e impõe risco a outras pessoas sem considerar que o palco em que se comete estripulias motorizadas mata 40 mil pessoas por ano. A finalidade da lei de trânsito nada mais é do que limitar a liberdade de locomoção e de circulação de cada pessoa, individualmente, para garantir a liberdade de locomoção de interesse coletivo dentro de níveis seguros para toda a população. A lei de trânsito, nesse sentido, é a garantia do direito de locomoção universal no espaço público. Complementar a essa situação, a polícia e o judiciário são complacentes com esse estado de coisas que observamos no cotidiano do trânsito. Culturalmente, no Brasil, o acidente de trânsito é tido como uma fatalidade. É um acontecimento fortuito e não 2

3 previsto. Em tese, as pessoas não saem às ruas para, deliberadamente, matar ou ferir pessoas com seus veículos. Embora não pratiquem a violência de forma deliberada, incorrem em ato violento por imprudência, imperícia ou negligência. Essas formas de violência recebem um tratamento de crime culposo e não doloso tornando menor a indignação das pessoas e elevando o fator de risco no trânsito. Dessa forma, pode-se concluir que a violência no trânsito é uma conjugação de fatores que se interagem e resultam em uma fórmula tão ou mais explosiva que uma bomba atômica: risco, aventura, displicência, desconhecimento, desobediência, impunidade. Os resultados observamos estampados nas páginas de jornais não raramente em matérias intituladas de tragédias. Ressalte-se que os acidentes de trânsito são tão ligados ao conceito de violência que seus registros são tratados e elaborados, na maioria das vezes, pelos órgãos policiais. Como proceder perante os perigos do trânsito A violência alarmante das grandes cidades obriga a ficar alerta aos perigos do trânsito. Hoje em dia, já não basta saber dirigir e respeitar as leis de trânsito. É necessário aprender como agir em situações de perigo. Diante de uma abordagem violenta, o recomendável é buscar alternativas e ser rápido. Acompanhe algumas dicas de como se esquivar dos perigos que se corre ao volante. Não entrar em pânico é o primeiro passo. A pessoa que não consegue manter a calma em uma situação em que corre perigo torna-se uma vítima em potencial. É necessário ficar atento ao que acontece ao seu redor, isso evita tanto a aproximação de um assaltante quanto uma colisão ou atropelamento. Várias empresas promovem cursos de Direção Defensiva que ensinam a lidar com situações de emergência. Esse é o caso da UZIL, comandada pelo consultor de segurança Eli Rahamin. O israelense de 30 anos mora em São Paulo e acredita que as pessoas precisam saber mais sobre segurança para conseguir viver normalmente, já que a criminalidade não será extinta tão cedo. É importante que as pessoas saibam evitar a condição de vítima potencial, diz ele. Para o consultor, no trânsito os bandidos têm ótimas oportunidades de agir: Eles não precisam enfrentar câmeras, nem equipes de segurança; não precisam invadir um prédio. Só precisam conhecer bem o tráfego de um local e planejar suas ações analisa. Treinar saídas por cima da guia, cavalos de pau, fugas em ré e freadas bruscas são alguns macetes ensinados no curso da UZIL. Além de ter essas habilidades no volante, Rahamim acredita que conhecer a linguagem corporal do bandido é fundamental, pois quando o meliante percebe que foi descoberto antes de atacar, a tendência é desistir pois, já perdeu sua principal vantagem: a surpresa. Diante de criminosos cada vez mais atuantes e ousados, não é só a procura por cursos que aumenta. A maioria dos motoristas tem uma preocupação enorme não só com a sua segurança pessoal, mas também com a segurança do próprio carro. Por essa razão, a procura por dispositivos de segurança para automóveis é cada vez maior. A Ituran, uma multinacional de segurança veicular instalada há dois anos em São Paulo oferece um sistema de rastreamento e localização de veículos feitos por antenas instaladas em diversos pontos da cidade. O sistema protege objetos que se locomovem utilizando uma Equipe de Pronta Resposta e auxilia também na segurança pessoal do motorista. Segundo a empresa, que já tem uma clientela de 30 mil pessoas na região metropolitana de São Paulo, os carros mais visados pelos ladrões são os utilitários com 33% das ocorrências. Em seguida, os mais roubados ou furtados foram as picapes (25%), os utilitários de cargas (vans) com 15% e os caminhões com 14%. Os veículos de passeio foram responsáveis por 12% das ocorrências. Cerca de 83% dos casos registrados referentes a roubos de carros, 10% de furtos e 7% de sequestros de clientes, ou de uso do botão de emergência por outros motivos. A região recordista de ocorrências foi a Zona Leste da Capital, com 33% de incidência. O segundo lugar ficou com a Zona Sul com 25%, seguida pela Zona Oeste com 10%, o ABC com 11%, Guarulhos com 7%, Zona Norte com 4% e Centro com 2% de incidência. De acordo com o levantamento da empresa, os ladrões agem principalmente às terças, quartas e quintas-feiras. A maior parcela das ocorrências, 40,4%, aconteceu durante a noite. Assaltantes

4 A figura acima simula a seguinte situação: Os carros de números 1 a 14 estão parados aguardando o sinal abrir. Enquanto isso são observados pelos assaltantes, representados pelos pontos à esquerda. Os carros de números 1 a 6 estão parados nas posições consideradas de maior risco. São os carros mais expostos aos assaltantes. Isso acontece porque na maioria dos casos de assalto no farol, o assaltante aborda o motorista (principalmente) dos carros da frente, pelo lado esquerdo. Os carros de números 7 a 12 também correm riscos, mas a probabilidade de serem assaltados é menor, já que não estão na posição mais perigosa. As posições mais seguras são as dos carros de números 13 e 14. Além de estarem do lado direito da pista, mantém uma distância segura dos carros da frente, o que possibilita fazer uma manobra de fuga em caso de emergência. 1 Sempre que possível faça um seguro e equipe seu carro com travas de pedais e volante, interruptores de combustível, alarme, entre outros dispositivos. Eles dificultam a ação de ladrões; 2 Se você vir de longe que o sinal está vermelho, mantenha a direita e reduza a velocidade para tentar chegar ao cruzamento quando abrir o sinal. Quando parar, fique sempre com a primeira marcha engatada; 3 Quando estiver no trânsito, acione a trava interna de todas as portas e fique atento à aproximação de estranhos, mesmo que não lhe pareçam pessoas suspeitas; 4 Dirija com os vidros fechados e use o cinto de segurança. Assim você estará preparado para uma freada inesperada provocada por um obstáculo para fazê-lo parar; 5 Ao estacionar, nunca deixe as chaves no contato. Feche os vidros, tranque as portas e o porta-malas. Se for obrigado a estacionar na rua, procure locais movimentados e bem iluminados; 6 Não deixe exposto qualquer objeto no interior do carro. Procure manter o porta-malas trancado. Ao descer do carro, certifique-se de que todas as portas estão trancadas e os vidros, fechados; 7 Jamais confie as chaves de seu carro aos chamados flanelinhas, ou a lavadores de automóveis. Há quadrilheiros que se valem dessas pessoas para duplicar chaves; 8 Nunca fique dentro de um carro estacionado na via pública. Se for necessário, pare em local onde você tenha visão de todos os lados. Fique alerta à aproximação de estranhos; 9 Ao chegar a casa, caso perceba a presença de suspeitos nas imediações, não pare e chame a polícia. Combine com seus familiares anunciar a sua chegada com leves toques de buzina; 10 Nos estacionamentos com manobristas, ao entregar o veículo exija comprovante com as características de seu carro. Procure deixá-lo em um lugar de sua confiança; 11 Ao parar no semáforo evite a ação dos marginais. Nunca ostente joias, relógios e outros objetos de valor. Não abra os vidros para vendedores ambulantes, que podem ser assaltantes disfarçados; 12 Não pare para discutir batidinhas a noite; os ladrões fazem isso para assaltá-lo. Quando for vítima de um choque proposital, não pare. Procure o policial mais próximo e relate o ocorrido; 13 O rádio é o acessório mais visado pelos ladrões. Instale o seu com bandeja removível e leve-o consigo quando deixar seu carro na rua ou oculte-o sob um dos bancos ou tranque-o no porta-malas; 14 Não dê carona a estranhos e não pare para auxiliar outros motoristas em locais escuros. Se possível, procure não parar na rua (principalmente se for pouco movimentada) para trocar um pneu furado; 15 Quando um veículo é furtado ou roubado, sua placa é imediatamente removida/substituída. Procure dotar seu carro de adereços ocultos ou ostensivos, que permitam sua identificação; 16 Evite transportar valores quando estiver sozinho. Se perceber que está sendo seguido por outro veículo, aja naturalmente, dirija-se para ruas de grande movimento e procure um policial; 17 Procure se controlar nas piores situações. Os assaltantes valem-se do fator surpresa para atacar. Não grite nem discuta. Seu nervosismo pode aumentar a tensão e provocar uma atitude contra você. Responsabilidade A programação da campanha visa reverter dados estatísticos que mostram que Goiânia ocupa o terceiro lugar em acidentes de trânsito envolvendo crianças. De acordo com a pesquisa Viva Vigilância de Violência em Acidentes do Ministério da Saúde, a capital possui um alto índice de acidentes de trânsito envolvendo crianças, com registro de 67 mortes em 2007 no Estado de Goiás. A maior parte desses acidentes ocorreu perto da casa das vítimas e no percurso da escola. O Estatuto da Criança e do Adolescente afirma que os pais são os principais responsáveis pela segurança das crianças no trânsito. Segundo Ministério da Saúde, os acidentes de trânsito representam a primeira causa de morte de crianças de 5 a 14 anos no Brasil e a segunda causa de mortes de crianças de 1 a 4 anos. Outra revelação do levantamento é de que enquanto uma criança perde a vida, três ficam com sequelas permanentes. Recursos para segurança no trânsito Uso de cadeirinha e cinto de segurança As crianças com até um ano de idade deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção conhecido como bebê conforto ou conversível. As crianças com idade superior a um ano e inferior ou igual a quatro anos deverão utilizar, obrigatoriamente, a cadeirinha. Se a criança tiver idade superior a quatro anos e inferior ou igual a sete anos e meio, deverá utilizar o assento de elevação. Para as crianças com idade superior a sete anos e meio e inferior a dez anos, é recomendado o uso do cinto de segurança do veículo e andar somente no banco traseiro. Faixa de pedestre Somente atravessar quando o sinal estiver verde para os pedestres. Observar se os veículos estão realmente parados antes de atravessar, segurar a criança pelo pulso para maior segurança e nunca correr. Enquanto as crianças não tiverem aprendido essas regras, é dever dos pais vigiá-las e acompanhá-las. 4

5 Motocicletas No caso de motocicletas, motonetas e ciclomotores, o Código de Trânsito Brasileiro estabelece, no artigo 244, inciso V, que somente poderão ser transportadas nestes veículos crianças a partir de sete anos de idade, com capacete. Cuidados para a gestante A gestante deverá usar sempre o cinto de segurança tipo três pontos, mantendo a faixa sub-abdominal tão baixa e ajustada quanto possível. A faixa diagonal deve cruzar o meio do ombro, passando entre as mamas, nunca sobre o útero. Transporte escolar Todas as crianças transportadas devem estar com cintos de segurança. O veículo deve ter o registrador de velocidade (chamado tacógrafo), além de apresentação diferenciada, com pintura de faixa horizontal na cor amarela nas laterais e traseira, contendo a palavra ESCOLAR na cor preta. Todo veículo que transporta alunos deve ter uma autorização especial, expedida pela Divisão de Fiscalização. Pré-requisitos do condutor Possuir curso de Formação de Condutor de Transporte Escolar. Possuir matrícula específica no Detran. O condutor do veículo deve ter: Idade superior a 21 anos; Habilitação para dirigir veículos na categoria D ; Ter sido submetido a exame psicotécnico com aprovação especial para transporte de alunos. Dicas e informações Crianças menores de 10 anos devem atravessar a rua acompanhadas de um adulto. Ao atravessar a rua, procure olhar para o motorista e ter a certeza de que ele também está vendo você. Só desembarque quando o ônibus estiver totalmente parado. NUNCA atravessar pela frente do ônibus. Caminhe sempre na calçada e o mais distante possível da rua. Quando as crianças são transportadas em cadeiras de segurança instaladas e usadas corretamente, o risco de morte, em caso de acidente, cai 71%. Barulho no trânsito aumenta risco de derrame em idosos Exposição ao barulho de vias movimentadas pode aumentar risco de AVC (Digital Vison/ Thinkstock) Pessoas mais velhas tendem a ter padrões de sono mais fragmentados e são mais suscetíveis aos distúrbios do sono. Isto poderia explicar a associação entre o ruído do tráfego e o risco de AVC Mette Sorensen, pesquisador. Morar perto de uma via movimentada pode trazer mais problemas à saúde do que se imaginava. A exposição ao barulho do tráfego aumenta o risco de acidente vascular cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame. De acordo com pesquisa publicada nesta quarta-feira na edição online do European Heart Journal, o perigo é maior nas pessoas com mais de 65 anos. O estudo mostrou que as chances das pessoas abaixo dessa faixa etária sofrerem um AVC eram estatisticamente desprezíveis. Contudo, acima dessa idade, o risco aumenta 27% a cada 10 decibéis a mais de barulho e cresce ainda mais se o barulho ultrapassar os 60 decibéis. A pesquisa é um recorte do estudo dinamarquês Dieta, Câncer e Saúde, que recrutou pessoas com idades entre 50 e 64 anos. Deste total, participantes forneceram os locais em que moravam há pelo menos dez anos e os resultados mostraram que sofreram derrame. Para o estudo, os pesquisadores consideraram o nível de poluição do ar, a exposição a vias movimentadas e a rota de aviões, além de outros fatores como estilo de vida, fumo, dieta e consumo de álcool e cafeína. Estudo pioneiro Estudos anteriores já relacionaram o barulho das ruas ao aumento da pressão sanguínea, aos ataques cardíacos e a outras doenças cardiovasculares. Este é o primeiro estudo a investigar a associação entre a exposição ao ruído do tráfego e o risco de AVC, diz Mette Sorensen, autor da pesquisa. Pessoas mais velhas tendem a ter padrões de sono mais fragmentados e são mais suscetíveis aos distúrbios do sono. Isto poderia explicar porque o risco de acidente vascular cerebral foi observado principalmente nos voluntários idosos, afirma Sorensen. Como o estudo é epidemiológico, não é possível afirmar que o barulho do tráfego seja a causa do aumento do risco de AVC, apenas que existe uma relação. O mecanismo pelo qual o barulho poderia aumentar o risco de AVC ainda é desconhecido. Estudos anteriores já haviam demonstrado que a exposição prolongada aos barulhos do tráfego rodoviário e aéreo na faixa entre 65 e 70 decibéis (o barulho de um automóvel em trânsito) era associada com o risco de doenças cardiovasculares. Segundo relatório da Organização Mundial da Saúde, apesar de pequeno, o aumento do risco é importante, pois atinge um grande número de pessoas. Na Mídia A Polícia Civil já ouviu 16 testemunhas do acidente envolvendo o condutor de um Golf, que teria jogado o carro sobre um grupo de cerca de 150 ciclistas, atingindo mais de 20, na noite de sexta-feira (25), no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. De acordo com o delegado Márcio Moreno, o proprietário do carro 5

6 já foi identificado, mas a polícia ainda não pode confirmar se ele estava conduzindo o veículo. O policial adiantou que o caso está sendo tratado como lesão corporal culposa (sem intenção). Questionado sobre a possibilidade de o atropelamento coletivo ser interpretado como tentativa de homicídio, o delegado disse que esse entendimento pode ocorrer com o andamento das investigações. De acordo com a versão de testemunhas à polícia, o condutor estava em alta velocidade. Moreno afirmou que a apuração do caso é prioritária para a Polícia Civil. Pelo menos oito feridos foram levados para o Hospital de Pronto Socorro, mas já receberam alta. O acidente ocorreu na esquina das ruas José do Patrocínio e Luiz Afonso. Um dos integrantes do grupo, Aislan Polla, disse que cerca de 150 ciclistas seguiam para a inauguração de um espaço cultural Cidade das Bicicletas, quando foram surpreendidos pelo carro, que insistia em passar entre as bicicletas. Segundo o ciclista, o homem se irritou depois de receber uma salva de palmas e acelerou o veículo. O gerente de Fiscalização da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Carlos Pires, ressaltou que a órgão sabia da realização do evento, mas não recebeu pedido para acompanhar e dar segurança aos ciclistas. A presidente da Câmara de Vereadores da Capital, Sofia Cavedon (PT), prometeu cobrar da prefeitura um plano de ciclovias, já aprovado pelo Legislativo municipal. O passeio de bicicleta na capital se repete uma vez por mês, sempre na última sexta-feira, organizada pelo movimento internacional Massa Crítica, criado em Portugal para conscientizar a população dos benefícios do uso da bicicleta como meio de transporte. Os ativistas já definiram que o próximo passeio, marcado para o fim de março, vai culminar com um protesto em frente à casa do dono do veículo envolvido no incidente. Correio do Povo. Proposta Os seminários são ministrados por funcionários do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) do Paraná e contam com o apoio da Polícia Militar e do Batalhão da Polícia Rodoviária. Nas aulas, os garotos vão aprender o que fazer em situações cotidianas do trânsito e a necessidade da harmonia entre pedestres e motoristas. Os professores das crianças e adolescentes passarão os conhecimentos teóricos que serão vistos na prática com os funcionários do DER. Para a coordenadora geral da Escola de Trânsito de Curitiba, Maria Lúcia Kutianski, a responsabilidade das escolas é orientar e investir em novas alternativas educacionais. Esta é a Década Mundial de Ações de Segurança no Trânsito (2011 a 2020), criada pela Organização Mundial da Saúde. As escolas podem aproveitar as aulas para criar projetos de redução de mortes nas vias públicas. Não é muito difícil imaginar o que desencadeou o atropelamento em massa do movimento Massa Crítica de Porto Alegre. Difícil é ver os encaminhamentos dados por muitos, da polícia à imprensa. Um movimento difundido em inúmeras cidades, não por acaso pregando a possibilidade de uma melhor relação das pessoas com suas cidades, marca reuniões para mostrar a bicicleta como alternativa e impor as bicicletas no trânsito como protesto (sim, há outros meios de se locomover numa cidade). No Brasil, quem não se expõe diariamente no trânsito às maiores barbaridades? Quem não percebe que nunca há fiscalização, e quando há, ela é localizada e não coíbe efetivamente as infrações? Aqui começam os problemas. Um delegado chegou a comentar que a manifestação não era legítima. Curiosamente, para ele o movimento deveria pedir autorização da fiscalização para protestar. Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma culta escrita da Língua Portuguesa sobre o tema: Caos no trânsito brasileiro: uma realidade que mata, apresentando experiência ou proposta de ação social, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos em defesa de seu ponto de vista. Estudantes vão aprender como agir no trânsito para reduzir acidentes. Instruções: Seu texto tem de ser escrito a tinta, na folha própria. Desenvolva seu texto em prosa: não redija narração, nem poema. O texto com até 7 (sete) linhas escritas será considerado texto em branco. O texto deve ter, no máximo, 30 linhas. O Rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. Crianças e adolescentes das escolas de Londrina, Curitiba, Cascavel, Francisco Beltrão, Maringá e Ponta Grossa vão participar, a partir do dia 21, da Escola de Trânsito. As aulas vivenciais têm como objetivo conscientizar os alunos para reduzir a mortalidade nas vias paranaenses. 6

Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos.

Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos. NO CARRO Como se prevenir Procure usar um carro que não chame a atenção. Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos. Evite transportar objetos de valor quando

Leia mais

Copyright RHVIDA S/C Ltda. www.rhvida.com.br

Copyright RHVIDA S/C Ltda. www.rhvida.com.br SEGURANÇA PESSOAL NO TRÂNSITO Estatísticas vêm demonstrando que o risco de perder a vida dentro do seu carro, num sinal de trânsito, é maior do que em qualquer outra situação. A RHVIDA fez um resumo das

Leia mais

Como se prevenir Procure usar um carro que não chame a atenção. Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. parar, alin seu retrov

Como se prevenir Procure usar um carro que não chame a atenção. Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. parar, alin seu retrov Como se prevenir Procure usar um carro que não chame a atenção. Mantenha os vidros fechados e as portas travadas por dentro. Não dê carona a desconhecidos. Evite transportar objetos de valor quando estiver

Leia mais

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio

Dicas para segurança. no trânsito. realização. apoio Dicas para segurança no trânsito realização apoio 1 Dicas de viagem segura. Viajar sozinho ou com toda a família requer certas responsabilidades. Aqui você encontrará várias recomendações para uma viagem

Leia mais

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO.

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. CUIDADO NO TRANSITO MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. AS CRIANÇAS DEVEM RESPEITAR PARA OS LADOS DEVEM OLHAR. SE NÃO VIER NENHUM AUTOMÓVEL

Leia mais

Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos. Separe pequenas quantias de dinheiro para pagar passagem, café, cigarros etc.

Não abra a carteira ou a bolsa na frente de estranhos. Separe pequenas quantias de dinheiro para pagar passagem, café, cigarros etc. Dicas de Segurança I Cuidados no dia-a-dia Nas Ruas Previna-se contra a ação dos marginais não ostentando objetos de valor como relógios, pulseiras, colares e outras jóias de valor. Evite passar em ruas

Leia mais

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES 1 FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES Londrina (PR) 2009 Caro cidadão londrinense: 2 Londrina quer um trânsito mais seguro. E convida você para entrar nesta campanha. Esta cartilha traz informações sobre como

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br. Manual de Segurança

Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br. Manual de Segurança Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Segurança no dia-a-dia Vol. X Manual de Segurança Apresentação N ão há estratégias ou sistemas de segurança intransponíveis. Isso é o que dizem todos os especialistas

Leia mais

Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca. Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com.

Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca. Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com. Número 1 Violência no trânsito: o goianiense e a Lei Seca Rua 1.145, 56 Setor Marista Goiânia GO Fone: 62 3541.6556 www.institutoverus.com.br 0 Estudos de Opinião Número 1 Violência no trânsito: o goianiense

Leia mais

DICAS DE SEGURANCA, SAIBA COMO AGIR DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA

DICAS DE SEGURANCA, SAIBA COMO AGIR DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA FACULDADE ADVENTISTA DA BAHIA DICAS DE SEGURANCA, COMO SE PREVINIR COMO IDENTIFICAR SITUAÇÕES DE RISCO O QUE FAZER SAIBA COMO AGIR RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA QUERIDOS ALUNOS E

Leia mais

www.detran.pr.gov.br

www.detran.pr.gov.br www.detran.pr.gov.br INFELIZMENTE, A MAIOR PARTE DOS ACIDENTES COM MORTES NO TRÂNSITO BRASILEIRO ENVOLVEM MOTOCICLISTAS. POR ISSO, O DETRAN PREPAROU ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA VOCÊ RODAR SEGURO POR

Leia mais

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL É hora de promover a segurança e a harmonia no trânsito. E os pais podem dar o exemplo. No Brasil, o índice

Leia mais

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem!

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem! Olá, Mamãe! Esta cartilha é um presente pra você. Uma forma de ajudá-la a desempenhar uma das funções mais importantes da sua vida: justamente a tarefa de ser mãe. Cada vez mais, além de cuidar da saúde

Leia mais

MANUAL DE SEGURANÇA PESSOAL

MANUAL DE SEGURANÇA PESSOAL MANUAL DE SEGURANÇA PESSOAL O Grupo Haganá elaborou este manual de dicas de segurança pessoal com algumas informações importantes para o dia a dia. As informações contidas aqui são de caráter prático e

Leia mais

10 dicas para perder o medo de dirigir

10 dicas para perder o medo de dirigir 10 dicas para perder o medo de dirigir 1. Pratique mais O medo da direção muitas vezes se dá pela inexperiência da pessoa com um automóvel, portanto é de praxe que ocorram mais tentativas de treino em

Leia mais

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA

REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA (Adaptação) BANCO DO BRASIL DILOG/ PRINCIPAIS AMEAÇAS Seqüestro relâmpago Com duração de 1 a 24 horas,

Leia mais

BANCO DO BRASIL GEREL Belo Horizonte (MG) NUSEG - Núcleo de Segurança SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO

BANCO DO BRASIL GEREL Belo Horizonte (MG) NUSEG - Núcleo de Segurança SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA (Adaptação) DILOG/ PRINCIPAIS AMEAÇAS Seqüestro relâmpago Com duração de 1 a 24 horas, geralmente para

Leia mais

CARTILHA DE TRÂNSITO. Dicas para você viver mais e melhor!

CARTILHA DE TRÂNSITO. Dicas para você viver mais e melhor! CARTILHA DE TRÂNSITO Dicas para você viver mais e melhor! Este material foi concebido pela SBOT Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia com o intuito de ser um agente expressivo na prevenção

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas 4 Regras de Trânsito 4-1 Regras de trânsito no Japão No Japão, as regras de trânsito são estabelecidas respectivamente para, automóveis e motos, bicicletas. Recomenda-se a assimilação rápida e correta

Leia mais

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo

Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Nota Técnica 232 2014 Evolução do número de mortes no trânsito em São Paulo Max Ernani Borges De Paula Banco de dados de vítimas dos acidentes de trânsito fatais A Companhia de Engenharia de Tráfego realiza

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio:

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta BH tem espaço para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: Índice Quando você estiver pedalando. 04 Quando você estiver dirigindo. 10 Algumas

Leia mais

Ande Seguro Quem se prepara, não para. 1

Ande Seguro Quem se prepara, não para. 1 Ande Seguro 1 A Newton divulga dicas de segurança para todos os alunos, professores e funcionários da Instituição. Esta cartilha trará informações importantes que poderão ajudar a comunidade acadêmica.

Leia mais

Código de Trânsito Brasileiro

Código de Trânsito Brasileiro Código de Trânsito Brasileiro O Código de Trânsito Brasileiro estipula competência a setores federais, estaduais e municipais, para aplicar as penalidades de acordo com as infrações que o cidadão cometeu.

Leia mais

13. Desatenção e cansaço

13. Desatenção e cansaço 13. Desatenção e cansaço Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Ilustração do manual de Direção Defensiva do DENATRAN O ato de dirigir um veículo requer atenção permanente.

Leia mais

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias.

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias. Normas gerais de circulação ABETRAN Detalhadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em mais de 40 artigos, as Normas Gerais de Circulação e Conduta merecem atenção especial de todos os usuários da

Leia mais

Campanha de direção defensiva

Campanha de direção defensiva Riscos, perigos e acidentes Em tudo o que fazemos há uma dose de risco: seja no trabalho,quando consertamos alguma coisa em casa, brincando, dançando,praticando um esporte ou mesmo transitando pelas ruas

Leia mais

SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA

SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO REGRAS PARA NÃO SE TORNAR UMA VÍTIMA DA VIOLÊNCIA URBANA PREVENÇÃO Nada é 100% garantido quando o assunto é Segurança. PREVENÇÃO REAÇÃO SORTE A prevenção representa

Leia mais

Manual do Ciclista. Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável.

Manual do Ciclista. Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável. Manual do Ciclista Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável. Pedala BH. O programa que vai mudar a cara da cidade. Pedala BH é o programa criado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio

Leia mais

14. Comportamento no trânsito

14. Comportamento no trânsito 14. Comportamento no trânsito Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Os usuários não devem somente observar as regras do Código de Trânsito, mas devem também ser solidários.

Leia mais

Ver e ser visto no trânsito

Ver e ser visto no trânsito matéria de capa Ver e ser visto no trânsito CESVI realizou estudo para apontar as condições em que pedestres, motos e carros são mais bem visualizados à noite Por José Antonio Oka Segurança Viária Ver

Leia mais

SEGURANÇA NA USP. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP

SEGURANÇA NA USP. Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP SEGURANÇA NA USP GUARDA Faculdade de Ciências Farmacêuticas - USP MAPAS DE RISCO GUARDA GUARDA MAPA DE RISCO - USP 2011 Esporte para Todos ÁREA F ÁREA B Praça do Relógio ÁREA B1 ÁREA A Portão Fepasa ÁREA

Leia mais

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 1 INDICE: METODOLOGIA:... 3 PERFIL DOS RESPONDENTES:... 4 CIDADANIA EM TRÂNSITO... 5 A Gidion é uma empresa que:...5 Você sabe se tem

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq Infrações, Penalidades e Medidas Administrativas wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui

Leia mais

Dicas de Segurança II

Dicas de Segurança II Dicas de Segurança II Ao Viajar Casa ou apartamento Não comente sua viagem com pessoas estranhas por perto. Avise a um vizinho de confiança sobre a sua viagem. Se possível, deixe um número de telefone

Leia mais

SAIA DA MIRA SAIA DA MIRA DICAS DE PREVENÇÃO

SAIA DA MIRA SAIA DA MIRA DICAS DE PREVENÇÃO SAIA DICAS DE PREVENÇÃO Todos os dias, em vários lugares, estamos expostos a riscos. Seja no trabalho, em casa, na escola, ou quando estamos passeando. Por isso, a Prefeitura de São José dos Campos elaborou

Leia mais

SEGURANÇA PESSOAL ÁREAS DE ALTO RISCO. Dicas para não se tornar uma vítima da VIOLÊNCIA URBANA

SEGURANÇA PESSOAL ÁREAS DE ALTO RISCO. Dicas para não se tornar uma vítima da VIOLÊNCIA URBANA SEGURANÇA PESSOAL EM ÁREAS DE ALTO RISCO Dicas para não se tornar uma vítima da VIOLÊNCIA URBANA A segurança e o bem-estar de todos por um Guaporé melhor a cada dia. MUNICÍPIO DE GUAPORÉ Av. Silvio Sanson,

Leia mais

Segurança pessoal. Cuidados indispensáveis para evitar situações de risco dentro e fora do Campus.

Segurança pessoal. Cuidados indispensáveis para evitar situações de risco dentro e fora do Campus. Segurança pessoal Cuidados indispensáveis para evitar situações de risco dentro e fora do Campus. Você sabe como iden.ficar situações de risco? Ao decorrer de uma roena diária de aevidades, métodos prevenevos

Leia mais

PROJETO SEGURANÇA PÚBLICA - MUTIRÃO PELA VIDA NO TRÂNSITO EM RORAIMA

PROJETO SEGURANÇA PÚBLICA - MUTIRÃO PELA VIDA NO TRÂNSITO EM RORAIMA PROJETO SEGURANÇA PÚBLICA - MUTIRÃO PELA VIDA NO TRÂNSITO EM RORAIMA Conjunto de ações que oferece aos cidadãos roraimenses informações sobre segurança pública no trânsito com vista à prevenção da violência,

Leia mais

Você no Trânsito Criança

Você no Trânsito Criança Você no Trânsito Criança Elas são habituais companheiras de viagem no veículo pelo menos duas vezes por dia. São transportadas da casa para a escola, da escola para a casa, para o dentista, médico, natação,

Leia mais

GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS

GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS Começar a pedalar é uma ó ma opção para quem se preocupa com o meio ambiente e com a sua própria saúde. Mas, antes das primeiras pedaladas, é preciso seguir alguns passos

Leia mais

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO A educação rodoviária deve começar o mais cedo possível. Ensine, com antecedência, as normas básicas de segurança rodoviária ao seu filho. Para ele, os pais constituem referências e modelos que procura

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE INFRAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE INFRAÇÃO O veículo estacionado, afastado da guia da calçada (meio fio) a mais de um metro, faz do seu condutor um infrator cuja punição será: 1 retenção do veículo e multa, infração média. 2 apreensão do veículo

Leia mais

INTRODUÇÃO Seja bem vindo a SKYSAT Rastreadores, sua tranquilidade, este é o nosso negócio Como cliente da SKYSAT Rastreadores você irá se beneficiar

INTRODUÇÃO Seja bem vindo a SKYSAT Rastreadores, sua tranquilidade, este é o nosso negócio Como cliente da SKYSAT Rastreadores você irá se beneficiar INTRODUÇÃO Seja bem vindo a SKYSAT Rastreadores, sua tranquilidade, este é o nosso negócio Como cliente da SKYSAT Rastreadores você irá se beneficiar de nossa vasta experiência em tecnologia de rastreio

Leia mais

Í N D I C E PRÓLOGO 5

Í N D I C E PRÓLOGO 5 Í N D I C E PRÓLOGO 5 CAPÍTULO I - EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO Trânsito e transporte II) EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO Objetivos da educação e segurança para o trânsito A educação para o trânsito

Leia mais

Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. a) Certo. b) Errado. c) d)

Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. a) Certo. b) Errado. c) d) 39 BA 82.60.9 Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. 38 BA 82.60.10 Nesta situação, sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao velocípede. 40 BA 82.60.11_a Ao saír do

Leia mais

Dirigir na Nova Zelândia

Dirigir na Nova Zelândia Dirigir na Nova Zelândia PORTUGUÉS Para dirigir na Nova Zelândia é preciso saber que: dirigimos no lado esquerdo da estrada o uso do telefone celular ao dirigir é ilegal. Para fazer uma viagem segura e

Leia mais

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61 Tabela das Multas 7 pontos na CNH Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades Dirigir com a carteira já vencida há mais de 30 dias Recolhimento da carteira e retenção do veículo Não reduzir a

Leia mais

Lubritec Distribuidora de Lubrificantes Ltda

Lubritec Distribuidora de Lubrificantes Ltda Ver. 4.0 Data Out/2010 Vigência: Out/2011 1 Prezado colaborador, Este manual foi elaborado visando transmitir algumas noções de segurança no trânsito. Desejamos que os nossos colaboradores e pessoas ligadas

Leia mais

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado.

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado. www.prp.pt A Educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica e é uma estrutura de apoio de uma educação que se vai desenvolvendo ao longo da vida. Assim, é fundamental que a Educação Rodoviária

Leia mais

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO NICOLAU BELLO 1 * ATUALMENTE EXISTEM NO TRÂNSITO NO BRASIL MAIS DE CINCO MILHÕES DE MOTOS NO TRÂNSITO. * 10 MILHÕES DE CARROS, ONIBUS, TAXIS E CAMINHÕES. * MOTOS PASSAM CÉLERES ENTRE OS CARROS, ESTES DÃO

Leia mais

11. Use sempre o cinto de segurança

11. Use sempre o cinto de segurança 11. Use sempre o cinto de segurança Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental O funcionamento do cinto foi descrito em detalhe na aula 10. A finalidade desta aula é insistir sobre

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para motoristas) ~ Para dirigir com segurança ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu CARTEIRA DE

Leia mais

COOPERATIVA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA LTDA.

COOPERATIVA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE AGRONOMIA LTDA. Manual de Uso de Veículo Respeito a Vida! TERMO DE RECEBIMENTO R ecebi da Cooperativa de Trabalho dos P r o f i s s i o n a i s d e A g r o n o m i a L t d a. UNICAMPO, o MANUAL DE USO DO VEÍCULO e após

Leia mais

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos

SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO. Uma responsabilidade de todos SEGURANÇA VIÁRIA NO TRABALHO Uma responsabilidade de todos QUEM SOMOS A FUNDACIÓN MAPFRE, instituição criada em 1975 pela MAPFRE, desenvolve atividades de interesse geral na Espanha e em outros países

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 01. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no que diz respeito às infrações, analise as assertivas a seguir. I. Confiar ou entregar a direção de veículo à pessoa

Leia mais

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04

SUMÁRIO. Localidades da pesquisa, amostra e entrevistas realizadas por Área de Planejamento AP s 2. Caracterização do entrevistado sem carteira 04 Pesquisa de Opinião Pública sobre as Campanhas Educativas para o Trânsito & da I m a g e m I n s t i t u c i o n a l da CET- RIO Relatório de Pesquisa 2008 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 PRINCIPAIS RESULTADOS

Leia mais

Equipamentos de segurança

Equipamentos de segurança Equipamentos de segurança Airbag Cinto de segurança Cadeirinha para criança 1 cartilha.indd 1 6/8/2010 19:29:28 Para que correr riscos? O hábito do uso do cinto de segurança no banco da frente já é um

Leia mais

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEMA SELECCIONADO A CAMINHO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DAS COMPONENTES DA RUA / ESTRADA A Educação Rodoviária é um processo ao longo da vida do cidadão como

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE LEGISLAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE LEGISLAÇÃO Um dos equipamentos obrigatórios a ser vistoriado na inspeção de segurança veicular é o(a): 1 rádio toca-fitas. 2 farol de milha. 3 pneu para chuva. 4 buzina. Entre vários aspectos a serem observados,

Leia mais

Professor BÓRIS em EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

Professor BÓRIS em EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO Professor BÓRIS em EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO AUTORAS Luciana de Almeida Cássia Isabel Costa Mendes ADAPTAÇÃO Tânia Rios DIREÇÃO Luís Norberto Pascoal COORDENAÇÃO EDITORIAL Tânia Rios/Sílnia Nunes Martins PROJETO

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE OBJETIVO DO PROGRAMA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE O objetivo do Programa de Proteção ao Pedestre, da Secretaria Municipal de Transportes SMT é criar a cultura de respeito ao pedestre, resgatando os

Leia mais

Segurança e Saúde Ocupacional. Comunicação e Prevenção de Acidentes de Trabalho

Segurança e Saúde Ocupacional. Comunicação e Prevenção de Acidentes de Trabalho Segurança e Saúde Ocupacional Comunicação e Prevenção de Acidentes de Trabalho 1ª Edição 2015 Principais orientações relacionadas ao acidente de trabalho Você sabe o que é um acidente de trabalho? É o

Leia mais

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS

MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS CONHECIMENTOS GERAIS de 01 a 20 Leia atentamente o texto a seguir para responder às questões de 01 a 15. TEXTO: MORADORES DO ASFALTO TÊM VISÃO PRECONCEITUOSA EM RELAÇÃO A FAVELAS 5 10 15 20 25 30 Pesquisa

Leia mais

Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões)

Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões) PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONSTITUIÇÃO DE RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO, TENDO EM VISTA O PREENCHIMENTO DE UM POSTO DE TRABALHO NA CARREIRA/CATEGORIA DE ASSISTENTE

Leia mais

Educação para o trânsito

Educação para o trânsito Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Ensino Fundamental Publicado em 2011 Projetos temáticos 5 o ANO Data: / / Nível: Escola: Nome: Educação para o trânsito JUSTIFICATIVA O estudo do tema: Educação

Leia mais

A GEOGRAFIA DAS MOTOCICLETAS NO PARANÁ: APONTAMENTOS PRELIMINARES 1

A GEOGRAFIA DAS MOTOCICLETAS NO PARANÁ: APONTAMENTOS PRELIMINARES 1 A GEOGRAFIA DAS MOTOCICLETAS NO PARANÁ: APONTAMENTOS PRELIMINARES 1 Priscila Aparecida Olivette Licencianda do Curso de Geografia pela Unicentro e Bolsista Fundação Araucária (PR) pri_xd93@hotmail.com

Leia mais

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro?

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 1 Quais são os 5 elementos da direção defensiva? 2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 3 O que significa DIREÇÃO DEFENSIVA? 4 Cite um exemplo de condição adversa

Leia mais

BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS

BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS BLOCO DO BAFÔMETRO NAS RODOVIAS Brasília, 07 de fevereiro - A Polícia Rodoviária Federal vai intensificar ainda mais a fiscalização de embriaguez ao volante durante a operação Carnaval, que começa à zero

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 2756/2014

PROJETO DE LEI Nº 2756/2014 PROJETO DE LEI Nº 2756/2014 EMENTA: DISPÕE SOBRE A OBRIGATORIEDADE DE DISPOSITIVO DE ALARME PARA CAMINHÃO COM CAÇAMBA BASCULANTE NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Autor(es): Deputado

Leia mais

APOSTILA. Transporte de Produtos Perigosos

APOSTILA. Transporte de Produtos Perigosos 11 APOSTILA Transporte de Produtos Perigosos Caros Colegas, A nova apostila do Programa Olimpíadas da Segurança trata de assuntos do nosso cotidiano. Já falamos de movimentação de cargas, postura, análise

Leia mais

Família e Passageiros

Família e Passageiros Visão Geral Família e Passageiros: Como escolher um veículo para a família? Em primeiro lugar, você tem que decidir o que você realmente quer. Você quer um utilitário (SUV), uma minivan ou um veículo de

Leia mais

Manual do usuário Rastreador GPS/GPRS/GSM

Manual do usuário Rastreador GPS/GPRS/GSM Manual do usuário Rastreador GPS/GPRS/GSM Seja bem vindo a SKYSAT Rastreadores, sua tranquilidade, este é o nosso negócio Como cliente da SKYSAT Rastreadores você irá se beneficiar de nossa vasta experiência

Leia mais

A Integração como Meio de Prevenção e Proteção nos Condomínios. Palestrante: Cap PM José Elias de Godoy

A Integração como Meio de Prevenção e Proteção nos Condomínios. Palestrante: Cap PM José Elias de Godoy A Integração como Meio de Prevenção e Proteção nos Condomínios Palestrante: Cap PM José Elias de Godoy São Paulo, 29 de Maio de 2010 Objetivo Conscientizar os participantes sobre a real necessidade de

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL MANUAL DE AUTO PROTEÇAO DO CIDADÃO.

POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL MANUAL DE AUTO PROTEÇAO DO CIDADÃO. POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SETOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL MANUAL DE AUTO PROTEÇAO DO CIDADÃO. (A Parte, que se segue, foi extraída do Manual acima. O Manual completo pode ser baixado via Internet

Leia mais

Direção Defensiva 1. Plano de Aula Teórica do Curso de Formação de Condutores

Direção Defensiva 1. Plano de Aula Teórica do Curso de Formação de Condutores Direção Defensiva 1 Compreender as principais causas de acidentes de trânsito. Identificar os principais envolvidos em acidentes de trânsito. Introdução Introdução. Estatísticas. Responsabilidade. sobre

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Conduzir em Segurança) Condução consciente A condução consciente e tranquila depende em grande parte de quem está ao volante. Cada um tem a responsabilidade de melhorar a sua segurança e a dos outros. Basta estar atento e guiar

Leia mais

Concurso de Motorista - 2014

Concurso de Motorista - 2014 PORTUGUÊS MATEMÁTICA 01 QUESTÃO Analise as alternativas abaixo e assinale a alternativa correta na divisão silábica. A ( ) par aná; sá-ba-do. B ( ) ó cu-los; sa-la-da. C ( ) ci-garro; ca-na. D ( ) Todas

Leia mais

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar. Ceder a passagem apenas ao meu veículo. Ceder a passagem apenas ao veículo

Leia mais

PROVA TEÓRICA DE TRÂNSITO

PROVA TEÓRICA DE TRÂNSITO PROVA TEÓRICA DE TRÂNSITO Prova nº 01 1. Qual a idade que uma pessoa deve ter para se habilitar nas categorias (D) e (E)? (a) vinte e um anos (b) dezessete anos (c) dezoito anos (d) dezenove anos 2. Qual

Leia mais

PROGRAMA TÉMATICO: 6215 TRÂNSITO SEGURO

PROGRAMA TÉMATICO: 6215 TRÂNSITO SEGURO PROGRAMA TÉMATICO: 6215 TRÂNSITO SEGURO OBJETIVO GERAL: Reduzir os índices de acidentes com vítimas fatais em todo o Distrito Federal, aperfeiçoando a educação para o trânsito, a fiscalização, a engenharia

Leia mais

5 km/h a mais, uma vida a menos

5 km/h a mais, uma vida a menos 5 a mais, uma vida a menos Respeite os limites de velocidade www.fundacionmapfre.com.br O excesso de velocidade não acontece por acidente, é uma escolha. Na correria do dia-a-dia, vivemos apressados e,

Leia mais

Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano 20 Julho 2012 Posted in Amazonas

Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano 20 Julho 2012 Posted in Amazonas www.amazonasnoticias.com.br Coluna: Acidente de moto com morte cresceu 123% no primeiro semestre do ano ( ) Press-release da assessoria de imprensa (X) Iniciativa do próprio veículo de comunicação Acidente

Leia mais

COMUNICADO COMUNICADO REFERENTE ÀS PLATAFORMAS DE EMBARQUE, DESEMBARQUE E LOCAIS DE ACESSO AO METRÔ-DF

COMUNICADO COMUNICADO REFERENTE ÀS PLATAFORMAS DE EMBARQUE, DESEMBARQUE E LOCAIS DE ACESSO AO METRÔ-DF COMUNICADO COMUNICADO REFERENTE ÀS PLATAFORMAS DE EMBARQUE, DESEMBARQUE E LOCAIS DE ACESSO AO METRÔ-DF O Colégio Militar Dom Pedro II informa aos pais, responsáveis, servidores, monitores, professores

Leia mais

Vol. II. Condomínios Residenciais. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br

Vol. II. Condomínios Residenciais. Manual de Segurança. Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br Vol. II Condomínios Residenciais Manual de Segurança Tel. (11) 5592-5592 / www.fortknox.com.br F Apresentação inal de um dia de trabalho. O provável morador acaba de chegar em frente ao seu prédio, esperando

Leia mais

Mobilidade Urbana. Regras de trânsito também se aprendem na escola

Mobilidade Urbana. Regras de trânsito também se aprendem na escola Mobilidade Urbana Regras de trânsito também se aprendem na escola Apresentação da Instituição Educacional O Marista Sant Ana pertence aos Colégios da Rede Marista, que possuem atuação no Rio Grande do

Leia mais

Como dicas de segurança, sugerimos:

Como dicas de segurança, sugerimos: POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO QÜINQUAGÉSIMO PRIMEIRO BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR DO INTERIOR SETOR DE ASSUNTOS CIVIS Como dicas de segurança, sugerimos: Edifícios: - As normas de segurança a serem

Leia mais

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura.

Meio Ambiente: Piloto Automático O Piloto Automático é uma ótima opção e pode economizar gasolina, mas você tem que usá-lo de forma segura. Visão Geral Família e Passageiros: Roupas Reflexivas Quanto mais claro e brilhante, melhor! É isso mesmo, quanto mais brilhante e clara for sua roupa, melhor são suas chances de ser visto. Segurança Pessoal:

Leia mais

Job 150904 Setembro / 2015

Job 150904 Setembro / 2015 Job 50904 Setembro / Metodologia TÉCNICA DE LEVANTAMENTO DE DADOS: Entrevistas pessoais com questionário estruturado. LOCAL DA PESQUISA: Município de São Paulo. UNIVERSO: Moradores de 6 anos ou mais de

Leia mais

Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta

Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta versão beta (0.2) uma iniciativa Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta Março 2011 BIKE BUDDY O Bike Buddy (BB) é um projecto de mentorado de utilização de bicicleta da MUBi - Associação pela Mobilidade

Leia mais

Edifício Itower Manual do Credenciado

Edifício Itower Manual do Credenciado Edifício Itower Manual do Credenciado A BrasilPark quer prestar sempre o melhor serviço para seus clientes. Para que isso aconteça, é essencial que você fique atento aos nossos procedimentos de atendimento.

Leia mais

Guia de Boas Práticas para o Ciclista

Guia de Boas Práticas para o Ciclista Guia de Boas Práticas para o Ciclista Sumário Guia de Boas Práticas para o Ciclista Fortaleza - CE Dezembro de 2014 Sindicato da Indústria da Construção Civil do Ceará Sinduscon-CE www.sindusconce.com.br

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 14/98. CONSIDERANDO o art. 105, do Código de Trânsito Brasileiro;

RESOLUÇÃO Nº 14/98. CONSIDERANDO o art. 105, do Código de Trânsito Brasileiro; RESOLUÇÃO Nº 14/98 Estabelece os equipamentos obrigatórios para a frota de veículos em circulação e dá outras providências. O Conselho Nacional de Trânsito CONTRAN, usando da competência que lhe confere

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a 07. QUESTÃO 06

LÍNGUA PORTUGUESA. Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a 07. QUESTÃO 06 UFG/CS CMTC - 2010 LÍNGUA PORTUGUESA Leia o texto a seguir para responder às questões de 01 a 07. País cumpre só 1/3 das metas para a educação Relatório feito sob encomenda para o Ministério da Educação

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA Resumo das principais regras rodoviárias alteradas pela Proposta de Lei n.º 131/XII

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA Resumo das principais regras rodoviárias alteradas pela Proposta de Lei n.º 131/XII 1. Foi criado o conceito de «Utilizadores vulneráveis»: Peões e velocípedes, em particular, crianças, idosos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida ou pessoas com deficiência. (artigo 1.º) Tendo em

Leia mais

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual ANO de Sinistralidade Rodoviária Observatório de Segurança Rodoviária -- ÍNDICE DEFINIÇÕES... EVOLUÇÃO GLOBAL.... Acidentes com : /... ACIDENTES E VÍTIMAS........... Acidentes Acidentes Acidentes Acidentes

Leia mais

- Física e Segurança no Trânsito -

- Física e Segurança no Trânsito - - Informações gerais: - Física e Segurança no Trânsito - -No mundo todo, mais de 1 milhão de mortes por ano em acidentes de trânsito. - No Brasil, são mais de 40 mil mortes por ano, incluídas aí mais de

Leia mais