Cálculo Numérico Conceitos Básicos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Cálculo Numérico Conceitos Básicos"

Transcrição

1 Cálculo Numérico Conceitos Básicos Prof. Jorge Cavalcanti MATERIAL ADAPTADO DOS SLIDES DA DISCIPLINA CÁLCULO NUMÉRICO DA UFCG - 1

2 Princípios usados em CN Fluxograma Solução Numérica MODELO PROBLEMA MATEMÁTICO modelagem SOLUÇÃO resolução PROBLEMA LEVANTAMENTO DE DADOS CONSTRUÇÃO DO MODELO MATEMÁTICO ESCOLHA DO MÉTODO NUMÉRICO IMPLEMENTAÇÃO COMPUTACIONAL ANÁLISE DOS RESULTADOS VERIFICAÇÃO 2

3 Princípios usados em CN Comuns à análise matemática, C&T 1. Iteração ou aproximação sucessiva Partindo-se de solução aproximada, inicial, repetem-se mesmas ações/processos para refinar solução inicial OBS: para evitar trabalho sem fim (e de graça), deve-se determinar se a iteração converge (nem sempre é o caso...) e condições de parada 3

4 Princípios usados em CN 2. Discretização Na resolução de problemas contínuos (aqueles definidos matematicamente com uma passagem ao limite), inverte-se a passagem ao limite, discretizando o problema Ex: e x2 dx ~ Σ... 4

5 Princípios usados em CN 3. Aproximação Substituir uma função ou modelo por outro que ofereça comportamento (de interesse) semelhante, mais simples de manipular f(x) g(x) Ex: assíntotas ilustram comportamento no limite de uma função (complexa) de interesse 5

6 Princípios usados em CN 4. Transformação Dado um problema P, desmembra-se P em dois problemas mais simples de resolver, P1 e P2 Área de um trapézio por retângulo (P1) e triângulos (P2) 6

7 Princípios usados em CN 5. Divisão e Conquista Resolver um problema P, por partes ou etapas Exemplo anterior (área do trapézio) Aulas nesta disciplina de CN 7

8 Sistemas de numeração Representação posicional Base decimal (10) 10 dígitos disponíveis [0,1,2,...,9] Posição indica potência positiva de = 5x x x x10 0 N=a n b n +a n-1 b n-1 +a n-2 b n a 0 b 0 +a -1 b a -m b -m N é um dado numero na base b e a n, a n-1 etc representam os coeficientes que multiplicam as potências de b. 8

9 Sistemas de numeração Representação de inteiros Base binária (2) 2 bits disponíveis [0,1] Posição indica potência positiva de na base 2 = 1x2 4 +1x x x x2 0 = = 27 na base decimal 9

10 Sistemas de numeração Representação de números fracionários Base decimal (10) Posição da parte inteira indica potência positiva de 10 Potência negativa de 10 para parte fracionária 54,32 = 5x x x x

11 Sistemas de numeração Representação de números fracionários Base binária (2) Posição da parte inteira indica potência positiva de 2 Potência negativa de 2 para parte fracionária 10,11 na base 2 = 1x x x x2-2 = 2+0+1/2+1/4 = 2,75 na base decimal 11

12 Outros sistemas de numeração Maior interesse em decimal (10) Nossa anatomia e cultura e binário (2) Uso nos computadores Outros sistemas Octal (8), {0,1,2,..., 7} Hexadecimal (16), {0,1,2,..., 9, A,B,C,D,E,F} Dodecimal (relógio, calendário) 12

13 Alguns sistemas numéricos Decimal Binário Octal Hexadecimal A B C D E F 13

14 Conversão de Inteiro Binário para decimal Já visto na base 2 = 1x2 4 +1x x x x2 0 = = 27 na base decimal Inteiro decimal para binário Divisão inteira (do quociente) sucessiva por 2, até que resto seja = 0 ou 1 Binário = composição do último quociente (Bit Mais Significativo MSB) com restos (primeiro resto é bit menos significativo LSB) Em inglês, Most Significant Bit MSB e least significat bit LSB, respectivamente. 14

15 Conversão de inteiro Exemplo: Converter 25 decimal para binário 25 / 2 = 12 (quociente) e resto 1= LSB 12 / 2 = 6 (quociente) e resto 0 6 / 2 = 3 (quociente) e resto 0 3 / 2 = 1 (último quociente=msb) e resto 1 Binário = MSB... LSB = = 1x x x x x2 0 = = 25 decimal 15

16 Conversão de Inteiros entre Sistemas Procedimentos básicos: - divisão - polinômio - agrupamento de bits HEXADECIMAL POLI DIV DECIMAL POLI DIV OCTAL DIV POLI BINÁRIO 16

17 Conversão (Inteiros) entre sistemas = Sentido da leitura O resto 15 é representado pela letra F Sentido = 21F 16 da leitura 17

18 Conversão (Inteiros) entre sistemas a) ( ) 2 = (? ) 16 b) (A79E) 16 = (? ) 2 18

19 Conversão (Inteiros) entre sistemas Conversão octal hexadecimal Não é realizada diretamente não há relação de potências entre as bases oito e dezesseis. Semelhante à conversão entre duas bases quaisquer base intermediária (base binária) Conversão em duas etapas: 1 - número: base octal (hexadecimal) binária. 2 - resultado intermediário: binária hexadecimal (octal). Joseana M. Fechine

20 Conversão de fração Operação inversa: multiplicar parte fracionária por 2 até que parte fracionária do resultado seja 0 (zero) Bits da parte fracionária derivados das partes inteiras das multiplicações Bit imediatamente à direita da vírgula = Parte inteira da primeira multiplicação 20

21 Conversão de fração Exemplo: converter 0,625 decimal para binário 0,625 x 2 = 1,25 logo a primeira casa fracionária é 1 ; nova fração (resto) é 0,25 (1,25-1=0,25) 0,25 x 2 = 0,5 segunda casa é 0 ; resto é 0,5 0,5 x 2 = 1,0 terceira casa é 1 ; resto é zero. Resultado: 0, = 0,

22 Conversão partes inteira,fracionária juntas Para converter um número com parte inteira e parte fracionária, fazer a conversão de cada parte, separadamente. 22 m m n 2 n 1 n 1 n n n b a... b a b a b a... b a b a a b Parte Inteira Parte Fracionária

23 Conversão partes inteira,fracionária juntas (8,375) 10 = (? ) 2 23

24 Exercícios Mostre que: 5,8 = 101, , é uma dízima. 11,6 = 1011, a vírgula foi deslocada uma casa para a direita, pois 11,6 = 2 x 5,8. 24

25 Representação em ponto (vírgula) flutuante - float Representação pode variar ( flutuar ) a posição da vírgula, ajustando potência da base. 54,32 = 54,32 x 10 0 = 5,432 x 10 1 = 0,5432 x 10 2 = 5432,0 x 10-2 Forma normalizada usa um único dígito antes da vírgula, diferente de zero Exemplo: 5,432 x

26 Representação em ponto (vírgula) flutuante - float No sistema binário: = 110,101x2 3 = 1,10101x2 5 = 0, x2 7 No caso dos números serem armazenados em um computador, os expoentes serão também gravados na base dois Como 3 10 = 11 2 e 7= ,101 x (2) 11 = 1,10101x(2) 101 = 0, x(2) 111 Na representação normalizada, há apenas um 1 antes da vírgula Exemplo: 1,10101x(2)

27 Representação em ponto (vírgula) flutuante - float Algumas definições No número 1,10101x(2) 101, tomado como referência: 1,10101 = significando (ou mantissa ) 101 = expoente OBS: a base binária não precisa ser explicitada (o computador usa sempre esta) O 1 antes da vírgula, na representação normalizada se esta for adotada, também pode ficar implícito, economizando um bit ( bit escondido ). 27

28 Representação em ponto (vírgula) flutuante - float Representação genérica Uma máquina representa um número real no sistema de aritmética de ponto flutuante, na forma: ±(.d 1 d 2...d t ) x (b) exp, t é o número de dígitos da mantissa d 1 d 2...d t = mantissa, com 0 d i (b-1), d1 0. b = base exp = expoente (inteiro com sinal) 28

29 Representação em ponto (vírgula) flutuante - float Representação genérica Considere uma máquina que opera no sistema: ±(.d 1 d 2...d t ) x (b) exp, onde: t = 3 b = 10 exp [-5, 5] 1. Como os números serão representados nesse sistema? 2. Qual o menor (m) e o maior número (M), em valor absoluto, que pode ser representado nesta máquina? 29

30 Padrão IEEE para floats O padrão IEEE 754 para ponto (vírgula) flutuante é a representação mais comum para números reais em computadores de hoje, incluindo PC's compatíveis com Intel, Macintosh, e a maioria das plataformas Unix/Linux. 30

31 Padrão IEEE para floats O padrão (ou norma) IEEE 754 define dois formatos básicos para os números em ponto flutuante: o formato ou precisão simples, com 32 bits; e, o duplo com 64 bits. 31

32 Padrão IEEE 754 para floats Sinal Expoente(+/-) Mantissa Simples (32bits) 1 [bit31] 8 [bits30-23] 23 [bits22-00] Dupla (64 bits) 1 [bit63] 11 [bits62-52] 52 [bits51-00] Sinal: 0 = + e 1 = - Combinações: Sinal + Expoente + Mantissa 32

33 Padrão IEEE 754 para floats Armazenamento do número 22,5 em precisão dupla. Número finito de bits na representação (número é apenas maior na precisão dupla), implica em truncamento (ou arredondamento) do número real a ser representado. Truncamento introduz erro na representação. 33

34 Erro na representação de floats Casos especiais: Overflow: número a representar é maior que maior número possível de ser representado. Underflow: número a representar é menor que menor número possível de ser representado. Menor Nº que pode ser expresso (DP): Maior Nº que pode ser expresso (DP): 34

35 Aritmética com floats Conhecidos os erros em dois números, é possível determinar o erro de uma operação entre eles, como adição, subtração, multiplicação e divisão. Erro depende de método / procedimentos empregados. 35

36 Aritmética com floats Padrão IEEE 754 define algoritmo para adição, subtração, multiplicação, divisão e raiz quadrada e exige que implementações produzam o(s) mesmo(s) resultado(s). Igualdade dos bits (resultados) em várias processadores. Transportabilidade de software. Vide próximo módulo. 36

Cálculo Numérico. Conceitos Básicos

Cálculo Numérico. Conceitos Básicos Cálculo Numérico Conceitos Básicos Profs.: Bruno C. N. Queiroz J. Antão B. Moura Ulrich Schiel Maria Izabel C. Cabral DSC/CCT/UFCG Princípios usados em CN Comuns à análise matemática, C&T 1. Iteração ou

Leia mais

Aula 11. A Informação e sua Representação Ponto-Flutuante. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr.

Aula 11. A Informação e sua Representação Ponto-Flutuante. Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. 11 Aula 11 A Informação e sua Representação Ponto-Flutuante Prof. Dr. Dilermando Piva Jr. Site Disciplina: http://fundti.blogspot.com.br/ Em alguns tipos de cálculo, a faixa de variação dos números envolvidos

Leia mais

Organização e Arquitetura de Computadores I

Organização e Arquitetura de Computadores I Universidade Federal de Campina Grande Departamento de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Organização e Arquitetura de Computadores I Conceitos BásicosB (Parte II) Prof

Leia mais

REPRESENTAÇÃO DE DADOS. Prof. Maicon A. Sartin

REPRESENTAÇÃO DE DADOS. Prof. Maicon A. Sartin REPRESENTAÇÃO DE DADOS Prof. Maicon A. Sartin mapsartin@gmail.com Representação de Dados Sumário Introdução a Representação de Dados Complemento a 1 Aritmética em C1 Complemento a 2 Aritmética em C2 Aritmética

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Arquitetura e Organização de Computadores Aritmética Computacional Prof. Sílvio Fernandes

Leia mais

Cálculo Numérico - Mat 215. Prof. Dirceu Melo. Prof. Dirceu Melo - MAT215

Cálculo Numérico - Mat 215. Prof. Dirceu Melo. Prof. Dirceu Melo - MAT215 Cálculo Numérico - Mat 215 Prof. Dirceu Melo Prof. Dirceu Melo - MAT215 1 1ª AULA Introdução Sistemas Decimal e Binário Conversão de Sistemas de base Sistema Aritmético de Ponto Flutuante INTRODUÇÃO 3

Leia mais

CCI-22 CCI-22. Introdução e Motivação. Matemática Computacional. Conteúdo. Finalidade

CCI-22 CCI-22. Introdução e Motivação. Matemática Computacional. Conteúdo. Finalidade Matemática Computacional Introdução e Motivação Carlos Henrique Q. Forster (a partir dos slides de Carlos Alonso) Conteúdo, Avaliação, Bibliografia Conteúdo Finalidade Em muitas universidades, este curso

Leia mais

Dessa forma pode-se transformar qualquer número em qualquer base para a base 10.

Dessa forma pode-se transformar qualquer número em qualquer base para a base 10. Sistemas de numeração e representação dos números Sistemas de Numeração e Somadores Binários I Base Numérica Um número em uma base qualquer pode ser representado da forma: N = An-1.B n-1 + An-2.B n-2 +...+

Leia mais

Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação

Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação Colegiado de Engenharia de Computação Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação Aula 07 (semestre 2011.2) Prof. Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto, M.Sc. rosalvo.oliveira@univasf.edu.br 2 Representação

Leia mais

Capítulo 04 : Sistemas Numéricos

Capítulo 04 : Sistemas Numéricos Departamento de Engenharia Elétrica FEIS - UNESP Capítulo 04 : Sistemas Numéricos 1.1 - Representação de Quantidades Numéricas Analógica Digital 1.2 - Sistemas Numéricos 1. 3 1.2 - Sistemas Numéricos 1.2

Leia mais

Sistemas de Numeração. Sistemas Decimal, Binário e Hexadecimal.

Sistemas de Numeração. Sistemas Decimal, Binário e Hexadecimal. Sistemas de Numeração Sistemas Decimal, Binário e Hexadecimal. Sistema Decimal - Origem Pré-História Como o homem pré-histórico sabia se nenhum animal se perdeu no pasto? Sistema Decimal - Origem O homem

Leia mais

étodos uméricos Erros Visão Geral Prof. Erivelton Geraldo Nepomuceno PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

étodos uméricos Erros Visão Geral Prof. Erivelton Geraldo Nepomuceno PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA étodos uméricos Erros Visão Geral Prof. Erivelton Geraldo Nepomuceno PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA UNIVERSIDADE DE JOÃO DEL-REI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

Leia mais

Arquitetura de Computadores

Arquitetura de Computadores Arquitetura de Computadores Eduardo Albuquerque Adaptado do material do Prof. Fábio M. Costa Instituto de Informática UFG 1S/2004 Representação de Dados e Aritmética Computacional Roteiro Números inteiros

Leia mais

Conceitos e Princípios Gerais

Conceitos e Princípios Gerais Conceitos e Princípios Gerais Conceitos e Princípios Gerais Fases na resolução de problemas físicos Resolução do Modelo Matemático Conceitos Básicos de Cálculo Numérico Erros em Processos Numéricos Fases

Leia mais

CCI-22 CCI-22. Introdução e Motivação. Matemática Computacional. Conteúdo. Finalidade. Carlos Henrique Q. Forster Conteúdo, Avaliação, Bibliografia

CCI-22 CCI-22. Introdução e Motivação. Matemática Computacional. Conteúdo. Finalidade. Carlos Henrique Q. Forster Conteúdo, Avaliação, Bibliografia Matemática Computacional Introdução e Motivação Carlos Henrique Q. Forster Conteúdo, Avaliação, Bibliografia Conteúdo Finalidade Em muitas universidades, este curso costuma ser chamado de Cálculo Numérico

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 9 Aritmética do computador slide 1 Unidade aritmética e lógica Faz os cálculos. Tudo o mais no computador existe para atender

Leia mais

PARTE I I: ARITMÉTICA COMPUTACIONAL ARQUITETURA DE COMPUTADORES ANTONIO RAMOS DE CARVALHO JÚNIOR

PARTE I I: ARITMÉTICA COMPUTACIONAL ARQUITETURA DE COMPUTADORES ANTONIO RAMOS DE CARVALHO JÚNIOR PARTE I I: ARITMÉTICA COMPUTACIONAL ARQUITETURA DE COMPUTADORES ANTONIO RAMOS DE CARVALHO JÚNIOR Introdução Como representar números em memória? Como representar números negativos e de ponto flutuante?

Leia mais

TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Introdução. Prof. Volmir Wilhelm Curitiba, Paraná, Brasil

TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Introdução. Prof. Volmir Wilhelm Curitiba, Paraná, Brasil TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Introdução Prof. Volmir Wilhelm Curitiba, Paraná, Brasil TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Ementa Matrizes. Sistemas lineares. Zeros

Leia mais

TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Erros-Ponto Flutuante

TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Erros-Ponto Flutuante TP062-Métodos Numéricos para Engenharia de Produção Erros-Ponto Flutuante Prof. Volmir Wilhelm Curitiba, 2015 Representação Numérica No sistema decimal X (10) = d 3 d 2 d 1 d 0 (número inteiro de 4 dígitos)

Leia mais

Base: número de símbolos empregados no sistema numérico.

Base: número de símbolos empregados no sistema numérico. Instituto Federal Catarinense IFC Campus - Sombrio Curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio Disciplina: Introdução a Informática e Sistemas Operacionais Professor: Alexssandro C. Antunes

Leia mais

Métodos Numéricos Erros Ponto Flutuante. Professor Volmir Eugênio Wilhelm Professora Mariana Kleina

Métodos Numéricos Erros Ponto Flutuante. Professor Volmir Eugênio Wilhelm Professora Mariana Kleina Métodos Numéricos Erros Ponto Flutuante Professor Volmir Eugênio Wilhelm Professora Mariana Kleina Representação Numérica O conjunto dos números representáveis em qualquer máquina é finito, e portanto

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores

Arquitetura e Organização de Computadores UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Arquitetura e Organização de Computadores Aritmética Computacional Prof. Helcio Wagner

Leia mais

CCI-22. Matemática Computacional. Carlos Alberto Alonso Sanches Juliana de Melo Bezerra

CCI-22. Matemática Computacional. Carlos Alberto Alonso Sanches Juliana de Melo Bezerra CCI-22 Matemática Computacional Carlos Alberto Alonso Sanches Juliana de Melo Bezerra CCI-22 Introdução e Motivação Conteúdo, Avaliação, Bibliografia Conteúdo Em muitas universidades, este curso costuma

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Representação e aritmética binária

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação. Representação e aritmética binária Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Representação e aritmética binária Prof. Renato Pimentel 1 Tipos de informação Representação por meio de sequências binárias: 8 bits (byte) Também

Leia mais

CCI-22. Prof. Paulo André Castro Sala 110 Prédio da Computação

CCI-22. Prof. Paulo André Castro  Sala 110 Prédio da Computação CCI-22 Matemática Computacional Prof. Paulo André Castro http://www.comp.ita.br/~pauloac pauloac@ita.br Sala 110 Prédio da Computação Objetivo Matemática Computacional Fornecer ao aluno um conjunto de

Leia mais

Eletrônica Digital Sistemas de Numeração. Prof. Wanderley

Eletrônica Digital Sistemas de Numeração. Prof. Wanderley Eletrônica Digital Sistemas de Numeração Prof. Wanderley Introdução Os sistemas de numeração são uma invenção humana Dentre os sistemas de numeração inventados, destacam-se: O decimal; O binário; O octal;

Leia mais

Cálculo Numérico. Erros em processamento Numéricos

Cálculo Numérico. Erros em processamento Numéricos Cálculo Numérico Erros em processamento Numéricos Agenda Introdução a Erros Mudança de Base Erros de representação Erro de arredondamento Erro de absoluto Erro relativo Erro de truncamento Propagação do

Leia mais

Cálculo Numérico. Conjunto de métodos utilizados para a obtenção de resultados de problemas matemáticos através de aproximações.

Cálculo Numérico. Conjunto de métodos utilizados para a obtenção de resultados de problemas matemáticos através de aproximações. CÁLCULO NUMÉRICO Cálculo Numérico Conjunto de métodos utilizados para a obtenção de resultados de problemas matemáticos através de aproximações Problema Físico Modelo Matemático Solução Cálculo Numérico

Leia mais

Métodos Numéricos - Notas de Aula

Métodos Numéricos - Notas de Aula Métodos Numéricos - Notas de Aula Prof a Olga Regina Bellon Junho 2007 1. Representação de números reais 1.1. Introdução Cálculo Numérico X Método Numérico CI202 - Métodos Numéricos 1 1. Representação

Leia mais

Números são números, letras são números e sinais de pontuação, símbolos e até mesmo as instruções do próprio computador são números.

Números são números, letras são números e sinais de pontuação, símbolos e até mesmo as instruções do próprio computador são números. Para o computador, tudo são números. Números são números, letras são números e sinais de pontuação, símbolos e até mesmo as instruções do próprio computador são números. O método ao qual estamos acostumados

Leia mais

Sistemas de Numeração. Exemplos de Sistemas de Numeração (1) Exemplos de Sistemas de Numeração (2) Sistemas de Numeração

Sistemas de Numeração. Exemplos de Sistemas de Numeração (1) Exemplos de Sistemas de Numeração (2) Sistemas de Numeração Sistemas de Numeração Sistemas de Numeração (Aula Extra) Sistemas de diferentes bases Álgebra Booleana Roberta Lima Gomes - LPRM/DI/UFES Sistemas de Programação I Eng. Elétrica 27/2 Um sistema de numeração

Leia mais

Cálculo Numérico Noções básicas sobre erros

Cálculo Numérico Noções básicas sobre erros Cálculo Numérico Noções básicas sobre erros Profa. Vanessa Rolnik 1º semestre 2015 Fases da resolução de problemas através de métodos numéricos Problema real Levantamento de Dados Construção do modelo

Leia mais

Método Analítico. Método Numérico

Método Analítico. Método Numérico UFRN/CT/DCA Nota de Aula Introdução aos Métodos Computacionais e Estudo dos Erros Prof Anderson Cavalcanti Métodos Computacionais Contextualização Muitos problemas de engenharia consistem em obter uma

Leia mais

Matemática Computacional. Edgard Jamhour

Matemática Computacional. Edgard Jamhour Matemática Computacional Edgard Jamhour Definição A matemática computacional é uma área da matemática e da computação que trata do desenvolvimento de modelos matemáticos, para o tratamento de problemas

Leia mais

Números Binários. Apêndice A V1.0

Números Binários. Apêndice A V1.0 Números Binários Apêndice A V1.0 Roteiro Histórico Números de Precisão Finita Números Raiz ou Base Conversão de Base Números Binários Negativos Questões Histórico As maquinas do século XIX eram decimais

Leia mais

SISTEMA DE NUMERAÇÃO. Introdução a Informática. Vinícius Pádua

SISTEMA DE NUMERAÇÃO. Introdução a Informática. Vinícius Pádua SISTEMA DE NUMERAÇÃO Introdução a Informática Sistema de Numeração Métodos científicos para representar os números Tipos Notação não posicional ou Posicional Difere se o algarismo tem valor fixo ou não

Leia mais

Aula 3 - Representação de Dados

Aula 3 - Representação de Dados Aula 3 - Representação de Dados Marcos A. Guerine Universidade Federal Fluminense mguerine@ic.uff.br Na aula passada... História dos sistemas de numeração Bases de numeração Conversão entre bases Conversão

Leia mais

Sistemas de Computação. Representação em Ponto Flutuante

Sistemas de Computação. Representação em Ponto Flutuante Representação em Ponto Flutuante Representação IEEE para ponto flutuante IEEE Standard 754 Estabelecido em 1985 como padrão uniforme para aritmética em ponto flutuante A maioria das CPUs suporta este padrão

Leia mais

Unidade III. Sistemas Numéricos e o Computador

Unidade III. Sistemas Numéricos e o Computador III.1 - O Sistema Decimal - Base: 10 - Dígitos: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 Unidade III Sistemas Numéricos e o Computador Raimundo G. Nóbrega Filho - UFPB - CCEN - DI Notas de aula da disciplina Introdução

Leia mais

Infraestrutura de Hardware

Infraestrutura de Hardware Infraestrutura de Hardware Aritmética Computacional Universidade Federal Rural de Pernambuco Professor: Abner Corrêa Barros abnerbarros@gmail.com Desde os primórdios da sua história os homens tem se deparado

Leia mais

Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação

Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação Colegiado de Engenharia de Computação Disciplina: Introdução à Engenharia da Computação Aula 06 (semestre 2011.2) Prof. Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto, M.Sc. rosalvo.oliveira@univasf.edu.br 2 Representação

Leia mais

Cálculo Numérico IPRJ/UERJ. Sílvia Mara da Costa Campos Victer ÍNDICE. Aula 1- Introdução. Representação de números. Conversão de números

Cálculo Numérico IPRJ/UERJ. Sílvia Mara da Costa Campos Victer ÍNDICE. Aula 1- Introdução. Representação de números. Conversão de números Cálculo Numérico IPRJ/UERJ Sílvia Mara da Costa Campos Victer ÍNDICE Aula 1- Introdução Representação de números Conversão de números Aritmética de ponto flutuante Erros em máquinas digitais Aula 1 - Introdução

Leia mais

Circuitos Lógicos. Prof. Odilson Tadeu Valle

Circuitos Lógicos. Prof. Odilson Tadeu Valle Representações Binárias Circuitos Lógicos Prof. Odilson Tadeu Valle Instituto Federal de Santa Catarina IFSC Campus São José odilson@ifsc.edu.br 1/33 Conteúdo programático 1 Sistemas de numeração 2 Conversão

Leia mais

Lógica Matemática Elementos de Lógica Digital. Sistema de numeração 09/08/2016 1

Lógica Matemática Elementos de Lógica Digital. Sistema de numeração 09/08/2016 1 Sistema de numeração 09/08/2016 1 Você já pensou sobre: Sistema de numeração a) O modo como surgiram os números? b) Como foram as primeiras formas de contagem? c) Como os números foram criados, ou, será

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Representação de Dados Professor: Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 REPRESENTAÇÃO DE DADOS: SÍMBOLO: Marca visual ou gráfica que representa um objeto que desejamos identificar

Leia mais

Métodos Numéricos. Turma CI-202-D. Josiney de Souza.

Métodos Numéricos. Turma CI-202-D. Josiney de Souza. Métodos Numéricos Turma CI-202-D Josiney de Souza josineys@inf.ufpr.br Agenda do Dia Aula 2 (06/08/15) Sistema decimal e binário Conversão de base Binário Decimal Decimal Decimal Binário Decimal

Leia mais

Introdução. Universidade Federal de Campina Grande. A Informação e sua Representação (Parte I) Centro de Engenharia Elétrica e Informática

Introdução. Universidade Federal de Campina Grande. A Informação e sua Representação (Parte I) Centro de Engenharia Elétrica e Informática Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Introdução à Computação A Informação e sua Representação (Parte I) Prof.a Joseana

Leia mais

Aritmética dos Computadores

Aritmética dos Computadores William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores Capítulo 4 Aritmética dos Computadores Unidade Lógica e Aritmética Faz os cálculos lógicos e aritméticos. Tudo, num sistema computador, está

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES

Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Centro Universitário Norte do Espírito Santo - CEUNES Departamento de Matemática Aplicada - DMA Prof. Isaac P. Santos - 2018/1 Aula: Erros e Aritmética de

Leia mais

SSC512 Elementos de Lógica Digital. Sistemas de Numeração. GE4 Bio

SSC512 Elementos de Lógica Digital. Sistemas de Numeração. GE4 Bio Universidade de São Paulo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Departamento de Sistemas de Computação Elementos de Sistemas de Numeração GE4 Bio GE4Bio Grupo de Estudos em Sinais Biológicos

Leia mais

Sistemas Digitais. Prof. Valbério Gonzaga

Sistemas Digitais. Prof. Valbério Gonzaga Sistemas Digitais Prof. Valbério Gonzaga Introdução. Hoje em dia, o termo digital tornou-se parte do nosso vocabulário diário. Isso se deve a sua ampla utilização em quase todas as áreas: Computadores,

Leia mais

Alex Maycon da Silva

Alex Maycon da Silva Sistemas de Numeração Definição Define-se como sistema de numeração o conjunto de símbolos utilizados para a representação de quantidades e as regras que definem a forma de representação. Um sistema de

Leia mais

CÁLCULO NUMÉRICO. Profa. Dra. Yara de Souza Tadano

CÁLCULO NUMÉRICO. Profa. Dra. Yara de Souza Tadano CÁLCULO NUMÉRICO Profa. Dra. Yara de Souza Tadano yaratadano@utfpr.edu.br Aula 4 03/2014 Sistemas Numéricos Algarismos Significativos Os algarismos significativos de um número são aqueles que podem ser

Leia mais

Sistemas de Numeração

Sistemas de Numeração Tecnologias de Informação e Comunicação Engenharia Mecânica 1º Ano / 1º Semestre Filipe Caldeira, 2006 Sistema Decimal No sistema decimal existem dez símbolos numéricos, algarismos : 0 1 2 3 4 5 6 7 8

Leia mais

SISTEMAS DE NUMERAÇÃO. Introdução à Ciência da Computação ICC0001

SISTEMAS DE NUMERAÇÃO. Introdução à Ciência da Computação ICC0001 SISTEMAS DE NUMERAÇÃO Introdução à Ciência da Computação ICC0001 2 Histórico Como surgiram os sistemas de numeração? Primeiro: As pessoas precisavam contar... Dias, rebanho, árvores e tudo mais... Segundo:

Leia mais

INTRODUÇÃO. O processo de modelagem matemática para resolver problemas reais pode ser visto pelas seguintes etapas: Escolha de um Método Adequado

INTRODUÇÃO. O processo de modelagem matemática para resolver problemas reais pode ser visto pelas seguintes etapas: Escolha de um Método Adequado 1 Métodos Numéricos INTRODUÇÃO O Cálculo Numérico, entendido com uma coletânea de métodos numéricos, consiste de uma poderosa ferramenta que nos auxilia na obtenção de soluções numéricas, em geral aproximadas,

Leia mais

Erros em computações numéricas

Erros em computações numéricas Erros em computações numéricas Sérgio Galdino 1 2 1 POLI-UPE Escola Politécnica Universidade de Pernambuco 2 UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Disciplinas: (1)Cálculo Numérico - (2)Cálculo Numérico

Leia mais

Home Programa Exercícios Provas Professor Links. 2.1 Representação de um número na base dois. O número binário 101,101 significa, na base dois:

Home Programa Exercícios Provas Professor Links. 2.1 Representação de um número na base dois. O número binário 101,101 significa, na base dois: Curso de Cálculo Numérico Professor Raymundo de Oliveira Home Programa Exercícios Provas Professor Links Capítulo 2 - Representação binária de números inteiros e reais 2.1 Representação de um número na

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Representação de Dados Professor: Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiro@faciplac.edu.br 1 Ao longo dos anos, muitos padrões e convenções foram estabelecidas para determinar certos aspectos da

Leia mais

SME CÁLCULO NUMÉRICO I PROFESSORES MARCOS ARENALES MARISTELA SANTOS. Agosto 2011

SME CÁLCULO NUMÉRICO I PROFESSORES MARCOS ARENALES MARISTELA SANTOS. Agosto 2011 SME0100 - CÁLCULO NUMÉRICO I PROFESSORES MARCOS ARENALES MARISTELA SANTOS Agosto 2011 SME0100 - Cálculo Numérico I Ementa: 1) Representação de números no computador. Erros em métodos numéricos. 2) Soluções

Leia mais

ELETRÔNICA DIGITAL I

ELETRÔNICA DIGITAL I ELETRÔNICA DIGITAL I Parte 2 Aritmética Digital Professor Dr. Michael Klug 1 Sistema Decimal: Sistema Binário: Adição Binária carry 1 472 246 718 A B S C 0 0 0 0 0 1 1 0 1 0 1 0 1 1 0 1 S=AB C=carry 2

Leia mais

Organização de Computadores I

Organização de Computadores I Organização de Computadores I Aula 3 Material: Diego Passos http://www.ic.uff.br/~debora/orgcomp/pdf/parte3.html Organização de Computadores I Aula 3 1/17 Tópicos Numéricas. entre bases. de conversão..

Leia mais

1. Converta para a base binária, usando o método das divisões sucessivas, os seguintes números inteiros: a) 13 b) 35.

1. Converta para a base binária, usando o método das divisões sucessivas, os seguintes números inteiros: a) 13 b) 35. Computação Científica Folha Prática Computação Numérica 1. Converta para a base binária, usando o método das divisões sucessivas, os seguintes números inteiros: a) 13 b) 35 c) 192 d) 255 e) 347 f) 513

Leia mais

Aula 2 - Sistemas de Numeração

Aula 2 - Sistemas de Numeração Aula 2 - Sistemas de Numeração Marcos Guerine Universidade Federal Fluminense mguerine@ic.uff.br História Contagem de animais, intuitiva Um, dois e muitos Contagem através de pedras Numeração escrita através

Leia mais

Baseado nos slides de Anna Tostes SISTEMA NUMÉRICO

Baseado nos slides de Anna Tostes SISTEMA NUMÉRICO Baseado nos slides de Anna Tostes SISTEMA NUMÉRICO 1 Sumário 1. Sistema Numérico 2. Notação Posicional Sistema Decimal Sistema Binário Sistema Octal Sistema Hexadecimal 3. Conversão entre Bases 4. Operações

Leia mais

CCI-22. Erros Erros de arredondamento, representação e de cálculo

CCI-22. Erros Erros de arredondamento, representação e de cálculo CCI-22 Matemática Computacional Erros Erros de arredondamento, representação e de cálculo CCI-22 Tipos de erros Sistemas de ponto flutuante Arredondamentos Erros absolutos e relativos Dígitos significativos

Leia mais

Códigos Especiais. Tiago Dezuo DEE - Engenharia Elétrica CCT. ALB0001 Álgebra de Boole JOINVILLE

Códigos Especiais. Tiago Dezuo DEE - Engenharia Elétrica CCT. ALB0001 Álgebra de Boole JOINVILLE Códigos Especiais Tiago Dezuo DEE - Engenharia Elétrica CCT ALB0001 Álgebra de Boole JOINVILLE Introdução contextualização Representação de números em diversas bases Conversão de bases Operações aritmémcas

Leia mais

ELETRÔNICA DIGITAL Aula 1- Sistemas de Numeração. Prof.ª Msc. Patricia Pedroso Estevam Ribeiro

ELETRÔNICA DIGITAL Aula 1- Sistemas de Numeração. Prof.ª Msc. Patricia Pedroso Estevam Ribeiro ELETRÔNICA DIGITAL Aula 1- Sistemas de Numeração Prof.ª Msc. Patricia Pedroso Estevam Ribeiro Email: patriciapedrosoestevam@hotmail.com 12/08/2016 1 Critérios de avaliação Duas provas e listas de exercícios

Leia mais

Representação e erros numéricos

Representação e erros numéricos Representação e erros numéricos Marina Andretta ICMC-USP 29 de fevereiro de 2012 Baseado no livro Análise Numérica, de R. L. Burden e J. D. Faires. Marina Andretta (ICMC-USP) sme0500 - cálculo numérico

Leia mais

Sistemas de Numeração

Sistemas de Numeração Sistemas de Numeração Objetivos Conhecer representações numéricas para inteiros positivos (naturais) nas bases binária, hexadecimal e octal. Generalizar representações para qualquer base. Manipular fluentemente

Leia mais

Sistemas de Computação. Sistemas de numeração

Sistemas de Computação. Sistemas de numeração Fig. 1.2 Sistemas de numeração Fevereiro, 2012 Prof. Doutor Félix Singo Eng. Jorge Munguambe Sistemas de Numeração Desde sempre o homem teve necessidade de efectuar cálculos! Os sistemas de numeração tem

Leia mais

Arquitectura de Computadores I

Arquitectura de Computadores I Representação de Números e Aritmética Binária António M. Gonçalves Pinheiro Departamento de Física Covilhã - Portugal pinheiro@ubi.pt Base Binária Aritmética Binária Base Hexadecimal Base Octal Representação

Leia mais

Aula 2 - Sistemas de Numeração

Aula 2 - Sistemas de Numeração Aula 2 - Sistemas de Numeração Marcos A. Guerine Instituto de Computação - UFF mguerine@ic.uff.br História Contagem e controle de rebanhos Noção de quantidade intuitiva; Um, dois e muitos Montes de pedras

Leia mais

CCI-22. Matemática Computacional. Carlos Alberto Alonso Sanches Juliana de Melo Bezerra

CCI-22. Matemática Computacional. Carlos Alberto Alonso Sanches Juliana de Melo Bezerra CCI-22 Matemática Computacional Carlos Alberto Alonso Sanches Juliana de Melo Bezerra CCI-22 2) Erros de arredondamento Erros de representação e de cálculo CCI-22 Tipos de erros Sistemas de ponto flutuante

Leia mais

CÁLCULO NUMÉRICO (CN)

CÁLCULO NUMÉRICO (CN) CÁLCULO NUMÉRICO (CN) OBJETIVO: O estudo dos métodos de resolução numérica de problemas de matemática. 1. INTRODUÇÃO: A resolução de problemas envolve várias fases que podem ser assim estruturadas: Problema

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução à Computação A Informação

Leia mais

Guilherme Martini Gustavo Schmid de Jesus Luís Armando Bianchin Márcio José Mello da Silva

Guilherme Martini Gustavo Schmid de Jesus Luís Armando Bianchin Márcio José Mello da Silva Guilherme Martini Gustavo Schmid de Jesus Luís Armando Bianchin Márcio José Mello da Silva Formatos Representações Especiais Arredondamentos Operações Exceções rev. 2008 2 O padrão (ANSI /IEEE Std 754-1985,

Leia mais

Folha Prática - Representação de Números e Erros. 1. Representar os seguintes números decimais em binário com ponto fixo:

Folha Prática - Representação de Números e Erros. 1. Representar os seguintes números decimais em binário com ponto fixo: Computação Científica Folha Prática - Representação de Números e Erros 1. Representar os seguintes números decimais em binário com ponto fixo: a) 24 b) 197 c) 1001 d) 7,65 e) 8,963 f) 266,66 2. Obter os

Leia mais

CCI - 22 Matemática Computacional

CCI - 22 Matemática Computacional Matemática Computacional Prof. Paulo André http://www.comp.ita.br/~pauloac pauloac@ita.br Sala 110 Prédio da Computação Estrutura do Curso Introdução ao estudo de matemática numérica Representação de dados

Leia mais

Aproximações e Erros

Aproximações e Erros Aproximações e Erros Lucia Catabriga e Andréa Maria Pedrosa Valli Laboratório de Computação de Alto Desempenho (LCAD) Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo - UFES, Vitória,

Leia mais

Um sistema de numeração posicional utiliza um conjunto de símbolos. O valor que cada

Um sistema de numeração posicional utiliza um conjunto de símbolos. O valor que cada APÊNDICE B Sistema de Numeração Posicional Um sistema de numeração posicional utiliza um conjunto de símbolos O valor que cada símbolo representa, no entanto, depende do seu valor nominal e do valor posicional,

Leia mais

Ponto Fixo e Ponto Flutuante

Ponto Fixo e Ponto Flutuante Ponto Fixo e Ponto Flutuante Arquitetura de Computadores Introdução (1/2) É trivial para um computador atual tratar e operar com números inteiros. Entretanto, em muitas aplicações do dia a dia é necessário

Leia mais

Binário Decimal

Binário Decimal Sistema Binário Existem duas maneiras de representar uma informação eletrônica: analogicamente ou digitalmente. Uma música qualquer, por exemplo, gravada em uma fita K-7 é uma forma analógica de gravação.

Leia mais

Números binários e erros

Números binários e erros Números binários e erros Alan Costa de Souza 14 de Agosto de 2017 Alan Costa de Souza Números binários e erros 14 de Agosto de 2017 1 / 1 Introdução Calcular a área de uma circunferência de 100 m de raio.

Leia mais

PCS 3115 (PCS2215) Sistemas Digitais I. Módulo 02 Sistemas de Numeração. Prof. Dr. Marcos A. Simplicio Jr. versão: 3.0 (Jan/2016) Conteúdo

PCS 3115 (PCS2215) Sistemas Digitais I. Módulo 02 Sistemas de Numeração. Prof. Dr. Marcos A. Simplicio Jr. versão: 3.0 (Jan/2016) Conteúdo PCS 3115 (PCS2215) Sistemas Digitais I Módulo 02 Sistemas de Numeração Prof. Dr. Marcos A. Simplicio Jr. versão: 3.0 (Jan/2016) Sistemas de numeração 1. Base Decimal 2. Base Binária Conteúdo 3. Base Hexadecimal

Leia mais

Sistemas Digitais Módulo 3 Codificações BCD, Gray e ASCII e Números Fracionários

Sistemas Digitais Módulo 3 Codificações BCD, Gray e ASCII e Números Fracionários Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Sistemas Digitais Módulo 3 Codificações BCD, Gray e ASCII e Números Fracionários Graduação em Sistemas de Informação Prof. Dr. Daniel A. Furtado

Leia mais

Representação e Aritmética em Ponto Flutuante. 35T12 Sala 3G4 Bruno Motta de Carvalho DIMAp Sala 15 Ramal 227

Representação e Aritmética em Ponto Flutuante. 35T12 Sala 3G4 Bruno Motta de Carvalho DIMAp Sala 15 Ramal 227 Representação e Aritmética em Ponto Flutuante 35T12 Sala 3G4 Bruno Motta de Carvalho DIMAp Sala 15 Ramal 227 Sistemas de Representação de Números no Computador Representação de números inteiros Dado um

Leia mais

Técnico em Eletrônica Módulo I Eletrônica Digital (ED) - Prof. Samuel M. B. Cavalcante

Técnico em Eletrônica Módulo I Eletrônica Digital (ED) - Prof. Samuel M. B. Cavalcante Técnico em Eletrônica Módulo I - www.samuelcavalcante.com samuelmbc@gmail.com /5/ SISTEMAS DE NUMERAÇÃO SISTEMA DECIMAL Número de algarismos: Dígitos:,,,,, 5, 6, 7,, 9 Base: n Fórmula geral: a.... a. a.

Leia mais

SISTEMAS DE NUMERAÇÃO

SISTEMAS DE NUMERAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DISCIPLINA: ELETRÔNICA

Leia mais

Arquitetura de computadores BASE NUMÉRICAS

Arquitetura de computadores BASE NUMÉRICAS Arquitetura de computadores BASE NUMÉRICAS Base Numérica A base numérica é um conjunto de símbolos (algarismos) usados para representar uma certa quantidade ou número. Notação Posicional Esta notação representa

Leia mais

Introdução. à Ciência da. Representação de Números em Ponto Flutuante. Aula 21. Números Fracionários

Introdução. à Ciência da. Representação de Números em Ponto Flutuante. Aula 21. Números Fracionários Universidade Federal de Pelotas Instituto de Física e Matemática Departamento de Informática Bacharelado em Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Aula 21 Representação de Números em

Leia mais

ALB - Álgebra de Boole Aula 2 Sistemas Numéricos. Prof. Antonio Heronaldo de Sousa (Heron)

ALB - Álgebra de Boole Aula 2 Sistemas Numéricos. Prof. Antonio Heronaldo de Sousa (Heron) ALB - Álgebra de Boole Aula 2 Sistemas Numéricos Prof. Antonio Heronaldo de Sousa (Heron) SISTEMAS DE NUMERAÇÃO Conceitos preliminares - No início dos tempos os habitantes das cavernas costumavam pintar

Leia mais