Recalculo do Custo Médio

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Recalculo do Custo Médio"

Transcrição

1 Recalculo do Custo Médio 1 - Objetivo 2 - Formas 3 - Arquivos envolvidos 4 - Estruturas 5 - Custo da entradas 6 - Custo histórico 7 - Apropriação indireta 8 - Controle de qualidade 9 - Parâmetros do programa 10 - Tipos de Movimentações 11 - Ordens de cálculo 12 - Níveis 13 - Custo on-line 14 - Custo médio em outras moedas 15 - Valorização da mão-de-obra 16 - Lançamentos contábeis 17 - Fechamento mensal 18 - Dicas para acertos de não conformidades na base de dados

2 1 - Objetivo Valorizar todas as movimentações dos estoques e notas fiscais de saídas, tendo como base os saldos iniciais, notas fiscais de entradas e ordens de produções com as devidas estruturas dos produtos, gerando com isto os lançamentos contábeis determinados. 2 - Formas O sistema permite que o custo médio seja recalculado conforme as formas de apropriação descritas abaixo: Seqüencial - Todas as movimentações dos estoques são valorizadas exatamente na ordem em que foram digitadas, para tanto, os arquivos SD1, SD2 e SD3 contem o campo D?_NUMSEQ, que guarda o número seqüencial de sua gravação, obtido a partir do campo M0_DOCSEQ, do cadastro de empresas da Microsiga (SIGAMAT.EMP). Importante: 1 - Numa produção todos os registros gerados no arquivo SD3 tem o campo D3_NUMSEQ com o mesmo número, bem como numa mesma notas fiscal de entrada ou saída, os registros do SD1 e SD2 tem o mesmo número de seqüência para o mesmo documento. 2 - A função PROXNUM() obtêm o próximo número sequencial disponível no SIGAMAT.EMP e incrementa um para disponibilizá-lo para a próxima movimentação. Esta função deve ser utilizada em todos os programas customizados que gerem movimentações dos estoques, arquivos SD1, SD2 e SD3. Ver anexo 1. Diária - Todas as entradas de notas fiscais e devoluções ao estoque do DIA são consideradas para obtenção do custo médio que fará a valorização das requisições e notas fiscais de saídas do mesmo DIA, portanto, a cada dia posso ter uma valorização diferenciada dos meus estoques, dependendo das entradas efetuadas. Ver anexo 2. Mensal - A partir do saldo inicial, notas fiscais de entrada e devoluções ao estoque, do período informado, o sistema calculará o novo custo médio que valorizará as movimentações internas e notas fiscais de saídas do mesmo período informado para o recálculo. Ver anexo 3.

3 3 - Arquivos envolvidos Os arquivos envolvidos no recalculo do custo médio, com os campos de maior importância e seus respectivos conteúdo são os descritos abaixo: SB9 - Saldo inicial. Na implantação dos módulos de materiais, o usuário deve cadastrar todos os estoques de seus produtos, a nível de quantidades e valores em todas as moedas utilizadas. Neste primeiro cadastramento, o campo B9_DATA fica em branco, ou seja, o programa não pede o seu preenchimento. Após a implantação manual destes saldos, este arquivos somente sofre manutenção automática efetuada pelo programa de virada de saldos, que veremos no tópico 17. SB2 - Saldo atual. Este arquivo contem o saldo atual ( B2_QATU ) dos estoques bem como os valores nas moedas utilizadas pelo sistema ( B2_VATU1, B2_VATU2, B2_VATU3, B2_VATU4 e B2_VATU5 ). É também utilizado pelo programa de recalculo do custo médio no processo de fechamento mensal, gravando os campos para a virada dos saldos ( B2_QFIM, B2_VFIM1, B2_VFIM2, B2_VFIM3, B2_VFIM4 e B2_VFIM5 ), conforme tópico 17. SD1 - Itens de notas fiscais de entrada. Este arquivo contem o custo das notas fiscais de entrada nas moedas utilizadas, ver tópico 5. SD2 - Itens de notas fiscais de saída. Este arquivo contem o custo da mercadoria vendida ( D2_CUSTO1, D2_CUSTO2, D2_CUSTO3, D2_CUSTO4 e D2_CUSTO5 ), estes campos são atualizados pelo programa de recalculo do custo médio, ou seja, o CMV será alterado de acordo com as movimentações, atribuindo uma nova valorização. SD3 - Movimentações internas. Este arquivo contem todas as movimentações dos estoques com exceção de notas de entrada e saída ( SD1 e SD2 ). Segue abaixo especificações do preenchimento do campo D3_CF: RE0 - Requisição manual. RE1 - Requisição automática. RE2 - Requisição automática de material de apropriação indireta. RE3 - Transferência para local de apropriação indireta. RE4 - Requisição por transferência. RE5 - Requisição informando OP na nota fiscal de entrada. RE6 - Requisição valorizada. RE7 - Requisição para transferência de um para N.

4 DE0 - Devolução manual. DE1 - Devolução automática - estorno da produção. DE2 - Devolução automática de material de apropriação indireta - estorno da produção. DE3 - Estorno de transferência para local de apropriação indireta. DE4 - Devolução de transferência entre locais. DE5 - Devolução de material apropriado em OP - exclusão de nota fiscal de entrada. DE6 - Devolução valorizada. DE7 - Devolução de transferência de um para N. PR0 - Produção manual. PR1 - Produção automática. ER0 - Estorno de produção manual. ER1 - Estorno de automática. SG1 - Estrutura dos produtos. Este arquivo contem a estrutura de todos os produtos manufaturados pelo cliente. O sistema reconhece como sendo um produto acabado, intermediário ou subconjunto, aquele que tem sua estrutura cadastrada. Portanto, o fato de ao cadastrar o produto com tipos iguais a PA ou PI, não significa que numa abertura de ordem de produção ou projeção dos estoques, seja aberta O.P s intermediárias. SC2 - Ordem de produção. Este arquivo contem campos importantes para o cálculo do custo dos produtos acabados, não podendo ser deletado quando a ordem de produção estiver parcialmente apontada. Isto se deve ao fato de que neste arquivo é guardado o saldo inicial destas O.P. s. Segue abaixo procedimento de atualizações destes campos. C2_APRATU1~5 Valor de apropriação atual nas moedas 1 a 5. C2_APRFIM1~5 Valor apropriado no fechamento do mês nas moedas 1 a 5 ( custo médio ). C2_APRINI1~5 Valor apropriado no início do mês nas moedas 1 a 5. Este campo é atualizado pelo programa de virada dos saldos. C2_QUJE Quantidade já produzida. Observação.: Quando desejamos reprocessar um mês já encerrado, devemos voltar o backup deste arquivo. 4 - Estruturas do Produto Tem como finalidade armazenar os ítens ( matéria prima, sub-conjuntos e mão-deobra ) que compõem o produto acabado e gerar ordem de produção de produtos

5 intermediários ou solicitação de compras de matérias-primas bem como o empenho das mesmas para a O.P. pai e custear o produto acabado. O sistema reconhece um produto como sendo matéria prima se este não tiver estrutura. Havendo estrutura, será um produto acabado ou sub-conjunto. Portanto não basta estar cadastrado com tipo PA para ser considerado um produto acabado. Ao abrir uma O.P., o sistema reserva os componentes contidos na estrutura gerando registro no arquivo de empenhos SD4. Cabe frizar que neste momento ainda não houve baixas no estoque. Se for emitido um relatório de posição dos estoques o saldo atual desconsiderará as requisições empenhadas porêm demonstrará o disponível ( saldo - empenhos ). O sistema somente dará baixa do estoque no momento da produção da O.P.. Segue abaixo explicação dos campos do cadastro de estrutura. PRODUTO Código do produto UNIDADE Unidade de medida ESTRUTURA SIMILAR Copia estrutura de outro produto para posteriores alterações. QTDE BÁSICA Quantidade do produto de nível 1. Quando estive com conteúdo igual a zero é assumido valor 1. QUANTIDADE Quantidade a requisitar do componente X. TIPO F = Fixo, requisitará o valor do campo quantidade. V = Variável, requisitará a quantidade X quantidade a produzir. PERDA Percentual de perda, ao abrir uma O.P., o sistema empenhará a quantidade conforme fórmula abaixo. EMPENHO = QTDE O.P. * ( QTDE ESTRUTURA / ( 1 - ( PERDA / 100 ) )) SEQUENCIA Permite a repetição um componente na estrutura. INÍCIO Data de início de validade do componente na estrutura. FIM Data de Fim de validade do componente na estrutura. 5 - Custo das Entradas

6 O sistema permite o controle do custo das notas fiscais de entrada em até 5 moedas, ficando estes armazenados nos campos D1_CUSTO, D1_CUSTO2, D1_CUSTO3, D1_CUSTO4 e D1_CUSTO5, sendo que a moeda 1 ( um ) é a corrente. Existem uma diferenciação do calculo em moeda corrente das outras conforme segue: Moeda corrente.: O custo ( D1_CUSTO ) é dado pelo valor total do item, considerando o IPI, se existir, menos os impostos ( IPI e ICMS ), caso os parâmetros do TES, CRÉDITO DE ICMS e CRÉDITO DE IPI forem iguais a S. Sendo um deles igual a N, o respectivo imposto não será subtraído. Outras moedas..: O custo ( D1_CUSTO2~5 ) é dado pela somatória das duplicatas dividido pela taxa da moeda na data do respectivo vencimento. A partir daí é verificado se os parâmetros do TES, CRÉDITO DE ICMS e CRÉDITO DE IPI são iguais a S para subtrair o valor dos impostos. Sendo um deles igual a N, o respectivo imposto não será subtraído. Os impostos são transformados em outras moedas verificando os parâmetros MV_ICMVENC e MV_IPIVENC, que indicam o prazo para recolhimento do imposto após o seu vencimento. Atualmente ( versão 2.05 ) o sistema trata o recolhimento dos impostos para efeito de custos em outras moedas de forma decendial. Portanto será

: 21/08/14 Data da revisão : 21/12/15. Banco(s) de Dados

: 21/08/14 Data da revisão : 21/12/15. Banco(s) de Dados Geração do Bloco K do SPED Fiscal (Legislação 01) Produto : Logix Gestão Fiscal 10.02\11.0 Chamado : PCREQ-4105 Data da criação : 21/08/14 Data da revisão : 21/12/15 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados

Leia mais

TOTVS Integrações com o Contas a Receber

TOTVS Integrações com o Contas a Receber TOTVS Integrações com o Contas a Receber 10/10/2012 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo de Integração Contabilidade Gerencial... 3 1.3 Lançamento Padrão...

Leia mais

Sistema AGHU. Manual do Almoxarifado/Suprimentos. Versão 5.1

Sistema AGHU. Manual do Almoxarifado/Suprimentos. Versão 5.1 Sistema AGHU Manual do Almoxarifado/Suprimentos Versão 5.1 Data da última atualização: 21/09/2017 HISTÓRICO DE MODIFICAÇÕES Data da Modificação Alterado por Aprovado por Modificação 24/07/2017 Alterado

Leia mais

ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarias 100% Web. Manual do Usuário. Módulo de Administração da Produção

ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarias 100% Web. Manual do Usuário. Módulo de Administração da Produção ERP BRASCOMM Sistema de Gestão Empresarias 100% Web Manual do Usuário Módulo de Administração da Produção O ERP Brascomm oferece as ferramentas necessárias para a Gestão do Processo de Produção 1 Processos

Leia mais

Cartilha do Cliente Financeiro / Controle de RPA. Cartilha do Cliente. Versão:

Cartilha do Cliente Financeiro / Controle de RPA. Cartilha do Cliente. Versão: Cartilha do Cliente Versão: 4.70 1 Apresentação... 3 A quem se destina... 3 Módulo Financeiro... 4 Global... 4 Tabelas Auxiliares IRRF... 4 Tabelas Auxiliares INSS... 5 Parâmetro Financeiro Agentes Especiais...

Leia mais

Título: SC - Como realizar o cálculo do crédito do ICMS sobre o estoque das mercadorias excluídas do regime de substituição tributária?

Título: SC - Como realizar o cálculo do crédito do ICMS sobre o estoque das mercadorias excluídas do regime de substituição tributária? Título: SC - Como realizar o cálculo do crédito do ICMS sobre o estoque das mercadorias excluídas do regime de substituição tributária? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de Santa

Leia mais

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de São Paulo.

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de São Paulo. Título: SP - Como realizar o cálculo do ICMS sobre estoque de mercadorias incluídas ou excluídas da Substituição Tributária conforme comunicado CAT - 26/2015? Esta solução é exclusiva para empresas situadas

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens

Manual de Usuário. Módulo Acerto Viagens Manual de Usuário Módulo Acerto Viagens MÓDULO DOS ACERTOS DE VIAGENS DOS MOTORISTAS. Este módulo permite registrar, acompanhar e calcular os valores envolvidos nas viagens dos motoristas ou agregados

Leia mais

SMARAM Manual do Almoxarifado

SMARAM Manual do Almoxarifado SMARAM Módulo RME Marcio Tomazelli Programador Sênior Versão 1.0 Página 1 de 24 ÍNDICE SMARAM 1 1 ÍNDICE DE FIGURAS 2 ÍNDICE DE TABELAS 3 1. Almoxarifado 4 1.1. Requisição Material Estoque 4 1.1.1. Solicitação

Leia mais

Como cadastrar um produto, e o que é necessário para um cadastro correto. Controle de estoque > Tabelas gerais > produtos > acesso a dados gerais

Como cadastrar um produto, e o que é necessário para um cadastro correto. Controle de estoque > Tabelas gerais > produtos > acesso a dados gerais Estoque Como cadastrar um produto, e o que é necessário para um cadastro correto. Cadastro de Produto Controle de estoque > Tabelas gerais > produtos > acesso a dados gerais Os campos destacados acima

Leia mais

Título: DF - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos?

Título: DF - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? Título: DF - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no Distrito Federal. 1 PARÂMETROS EMPRESA

Leia mais

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Mato Grosso do Sul.

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Mato Grosso do Sul. Título: MS - Como realizar o cálculo do ICMS sobre o estoque das mercadorias incluídas do regime de Substituição Tributária conforme Art. 2º do Decreto nº 14.359/2015? Esta solução é exclusiva para empresas

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS EXTRATO DE ITENS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Emenda Constitucional 87/2015 e NT LOGIX

Emenda Constitucional 87/2015 e NT LOGIX Emenda Constitucional 87/2015 e NT 2015-003 LOGIX 15/12/2015 Sumário Título do documento 1. Objetivo... 3 2. Pré-requisitos... 3 3. Conversores... 3 4. Atualização fiscal... 3 5. Parametrização e cadastros...

Leia mais

Atualização dos Indicadores de Produtos e Custos. Estoque e Custos

Atualização dos Indicadores de Produtos e Custos. Estoque e Custos Estoque e Custos Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo do Processo... 3 1.3 Parâmetros de Sistema... 4 1.4 Atualização do Custo de Entrada... 4 1.5 Atualização

Leia mais

TOTVS Pedido de Vendas. Faturamento

TOTVS Pedido de Vendas. Faturamento Faturamento Sumário 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos do Treinamento... 3 2 Pedido de Vendas... 3 2.1 Procedimentos Pedido de Vendas... 4 2.2. Pedidos de Venda Específicos... 5 3. Tipos de Pedidos

Leia mais

SAESC SISTEMA DE GESTÃO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

SAESC SISTEMA DE GESTÃO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Recebimentos SAESC SISTEMA DE GESTÃO DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR Nota Fiscal de Fornecedor Esta tela serve para armazenar as notas fiscais de Fornecedores. São três telas que compõe a nota. A primeira é chamada

Leia mais

MANUAL CONFIGURAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DO CONTAS A PAGAR MÓDULO FINANCEIRO

MANUAL CONFIGURAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DO CONTAS A PAGAR MÓDULO FINANCEIRO MANUAL CONFIGURAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DO CONTAS A PAGAR MÓDULO FINANCEIRO Datahouse Automação Rua Barão do Itaqui, número 55, sala 101, Bairro Passo D areia, Porto Alegre / RS CONTABILIZAÇÃO MÓDULO FINANCEIRO

Leia mais

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE

TUTORIAL SIMPLES REMESSA BAIXANDO ESTOQUE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Emitir Nota Fiscal Simples Remessa com Baixa no Estoque:... 2 2.1 Gerando Contas a Receber... 2 2.3 Sem Gerar Contas a Receber... 5 Apresentação

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MÓDULO DE ENTRADA DE NOTAS FISCAIS VIA B2B ONLINE Versão 2.0 01/2006 ÍNDICE 1. Objetivo...3 2. Como acessar o Sistema...3 3. Cadastro de Notas...4 3.1. A digitação da Nota Fiscal

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Geração Arquivo Sped Fiscal

Geração Arquivo Sped Fiscal Luciane D. Velasques 09/11/2016 1/17 Geração Arquivo Sped Fiscal Sumário 1. Introdução:... 2 2. Importação das notas para os Livros Fiscais:... 2 3. Apuração do ICMS... 4 4. Geração do Arquivo Sped...

Leia mais

Controle de Financiamentos. Sumário

Controle de Financiamentos. Sumário Fernanda Klein Both 02/04/2013 008.011.0035 B13 1/8 Controle de Financiamentos Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastros... 2 2.1. Instituições Financeiras... 2 2.2. Conta Corrente... 2 2.3. Linhas de Crédito...

Leia mais

CÁLCULO DO INVENTÁRIO NO ATHENAS3000

CÁLCULO DO INVENTÁRIO NO ATHENAS3000 CÁLCULO DO INVENTÁRIO NO ATHENAS3000 Revisado 12/2015 1 ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Antes de mostrar como é calculado o inventário no sistema Athenas3000, deve ser levando em conta algumas considerações. Leia

Leia mais

Manual. Sistema Vênus 2.0. (Módulo Estoques)

Manual. Sistema Vênus 2.0. (Módulo Estoques) Manual Do Sistema Vênus 2.0 (Módulo Estoques) O principal objetivo do módulo Estoque é cadastrar todos os itens de estoque, fazer operações de estoque (entrada e saída), efetuar movimentação entre unidades

Leia mais

Apresentação Col E e du t ca o çã r o e Cors po rd ati e va custos

Apresentação Col E e du t ca o çã r o e Cors po rd ati e va custos COLETORES DE CUSTO Apresentação Coletores Educação Corporativa de custos 1 ÍNDICE 2 Coletores de custos I. Cadastros II. Estruturas III. Rateios IV. Apuração do custo de produção V. Contabilização VI.

Leia mais

TUTORIAL ROTINA 1124 TRANSFERIR PRODUTOS ENTRE FILIAIS

TUTORIAL ROTINA 1124 TRANSFERIR PRODUTOS ENTRE FILIAIS Apresentação A rotina 1124 - Transferir produstos entre filiais tem o objetivo de transferir produtos e mercadorias entre filiais e gerar uma movimentação de saída do estoque dos produtos transferidos

Leia mais

Fechamento do Estoque. Estoque e Custos

Fechamento do Estoque. Estoque e Custos Estoque e Custos Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Conceito... 3 1.3 Parâmetros de Sistema... 4 1.4 Bloqueio de Saldos... 4 1.5 Saldo de Fechamento... 4

Leia mais

GESTÃO DE PONTOS DE VENDA VND

GESTÃO DE PONTOS DE VENDA VND GESTÃO DE PONTOS DE VENDA VND O sistema Gestão de Pontos de Venda consiste no controle de caixa, movimentação, saldo do consumidor, vendas e estoque, podendo gerar nota fiscal dos produtos. Este sistema

Leia mais

Manual de Usuário. Módulo Estoque

Manual de Usuário. Módulo Estoque Manual de Usuário Módulo Estoque MÓDULO DE ESTOQUE OU CONTROLE DE MATERIAIS. A base do controle de estoque são os itens (peças e acessórios, lubrificantes, combustíveis, etc) que devidamente codificados

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.018 NOVID AD ES E MELHORIAS E112A9 Jessica Pinheiro 16/05/2016 2/18 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.018 1. Configuração de situação cadastral padrão para novos clientes.... 3 2.

Leia mais

TUTORIAL MANTER ORDEM DE SERVIÇO

TUTORIAL MANTER ORDEM DE SERVIÇO Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 1 2. Gerar Nova Ordem de Serviço... 3 3. Pesquisar e Alterar Ordem de Serviço... 9 4. Gerar OS a partir de Orçamento Aprovado... 11 Apresentação A

Leia mais

DOCUMENTOS FISCAIS DE SAÍDA DFS

DOCUMENTOS FISCAIS DE SAÍDA DFS DOCUMENTOS FISCAIS DE SAÍDA DFS O Sistema Documentos Fiscais de Saída apresenta os seguintes menus: Lançamento Lançamento de Notas Fiscais Esta tela destina-se ao lançamento manual de notas fiscais de

Leia mais

Jd Soft Informática Ltda F o n e : ( )

Jd Soft Informática Ltda F o n e : ( ) INFORMATIVO EFPH [Escrita Fiscal] - N. º 002 DE 22/01/2009. EFPH - VERSÃO 8.22 DCTF CIAP e NOVA LISTA SPED FISCAL 1 CÓPIA DE SEGURANÇA: OBRIGATÓRIA 2 - ACESSAR O DOWNLOADJD E FAZER A ATUALIZAÇÃO DA VERSÃO

Leia mais

Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP. Pedido de Vendas. ML-01 Versão 4_7_3. ERP Estoque Rafael Marin 30/08/2012 ML01_04 Luis Perim

Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP. Pedido de Vendas. ML-01 Versão 4_7_3. ERP Estoque Rafael Marin 30/08/2012 ML01_04 Luis Perim Manual de Utilização Logicorp Phoenix ERP Pedido de Vendas ML-01 Versão 4_7_3 Departamento: Módulo: Coordenador de Projetos: Data: Número de Controle: Desenvolvido por: ERP Estoque Rafael Marin 30/08/2012

Leia mais

Manual Programa 832 Cadastro de entrada de mercadoria sem ordem de compra

Manual Programa 832 Cadastro de entrada de mercadoria sem ordem de compra Manual Programa 832 Cadastro de entrada de mercadoria sem ordem de compra Guia Dados da Nota Quadro Nota Fiscal Código de aviso no momento que é gravado a nota de entrada o código do aviso é gerado automaticamente

Leia mais

Ajuste de Títulos Cartões de Crédito

Ajuste de Títulos Cartões de Crédito Ajuste de Títulos Cartões de Crédito Introdução O parcelamento de títulos emitidos para operadoras de cartões segue a indicação de arredondamento e quantidade de parcelas conforme a configuração da operadora

Leia mais

RJ - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos?

RJ - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? RJ - Como informar dados do cálculo do ICMS ST sobre os estoques dentro da vigência no cadastro dos produtos? Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado do Rio de Janeiro. Através desta,

Leia mais

Procedimentos para Implementação

Procedimentos para Implementação Melhorias no processo de Transferência de Produto : Microsiga Protheus Estoque e Custos - Versão 11 Chamado : TQMKX7 Data da publicação : 26/09/14 País(es) : Brasil Banco(s) de Dados : TOTVS DbAccess Realizada

Leia mais

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualizar os preços dos produtos de meia nota

Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra. Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualizar os preços dos produtos de meia nota Como lançar uma Nota Fiscal(NF) de Compra Como lançar a Nota Fiscal de Compra Como atualizar os preços dos produtos de meia nota Abra a tela de Entrada de Produto Abra o módulo Compras, clique no Menu

Leia mais

MODERIZAÇÃO PÚBLICA S I S T E M A D E A L M O X A R I F A D O M A N U A L D E I N S T R U Ç Õ E S

MODERIZAÇÃO PÚBLICA S I S T E M A D E A L M O X A R I F A D O M A N U A L D E I N S T R U Ç Õ E S MODERIZAÇÃO PÚBLICA S I S T E M A D E A L M O X A R I F A D O M A N U A L D E I N S T R U Ç Õ E S SISTEMA DE ALMOXARIFADO Guia do usuário Obs.: Informamos que por conta de ajustes e aperfeiçoamentos realizados

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DECLARAÇÕES DFC e GI

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DECLARAÇÕES DFC e GI INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DECLARAÇÕES DFC e GI A finalidade das instruções é orientar o correto preenchimento da DFC - Declaração Fisco Contábil e da GI - Guia de Informação das Operações e Prestações

Leia mais

Informativo de Versão 19.07

Informativo de Versão 19.07 Informativo de Versão 19.07 Índice Resulth Start... 2 Movimento PDV (Chamado 28079)... 2 ERP Receber... 3 Consultas de Vencimentos (Chamado 27491)... 3 Resulth Business... 5 Importação de XML de Conhecimento

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Liberação de Atualização Cordilheira Recursos Humanos 2.149h Criado tratamento para controle de pagamento das guias de desconto sindical: sindical patronal e sindicais diversos (contribuição assistencial,

Leia mais

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Bancos. ERP -> Lançamento Bancário.

Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Bancos. ERP -> Lançamento Bancário. Manual Financeiro Bancos Página 1 de 19 Descrição Este manual tem como principal finalidade, ajudar os usuários nas movimentações do Bancos. Relação dos Tópicos a serem vistos neste manual - Bancos o o

Leia mais

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de Minas Gerais.

Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de Minas Gerais. Título: MG - Como realizar o cálculo do ICMS sobre estoques de mercadoria incluída ou excluída da substituição tributária e relativo ao aumento da carga tributária devida por ST, conforme Resolução nº

Leia mais

TUTORIAL RELATÓRIO DE SUGESTÃO DE COMPRA. Apresentação. Tabela de Alterações. Sumário. Apresentação Procedimentos Iniciais...

TUTORIAL RELATÓRIO DE SUGESTÃO DE COMPRA. Apresentação. Tabela de Alterações. Sumário. Apresentação Procedimentos Iniciais... Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos Iniciais... 2 2. Imprimir Relatório (opção Necessidade Produtiva)... 2 3. Imprimir Relatório (opção Vendas do Produto Acabado)... 6 Apresentação Os relatórios

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA GERENCIADOR DE SISTEMAS - 2.48A 1 - Alterada a rotina de Backup do Sistema, em Utilitários, para que seja possível

Leia mais

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta:

Configurações de Metas. Como cadastrar a Meta: Comissões Avançadas O módulo Comissões Avançadas permite o cálculo de comissões diferenciadas com várias possibilidades de filtros e configurações sobre os valores das vendas ou dos recebimentos de contas

Leia mais

Como Calcular o 13º Salário - Complementação

Como Calcular o 13º Salário - Complementação Como Calcular o 13º Salário - Complementação Número do Artigo: 2908 Classificação: Não classificado Última Atualização: Tue, Oct 10, 2017 3:06 PM Para proceder com o pagamento da segunda parcela do 13º

Leia mais

OPERAÇÕES COM MERCADORIAS E NOÇÕES SOBRE O SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL. Seção 7

OPERAÇÕES COM MERCADORIAS E NOÇÕES SOBRE O SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL. Seção 7 OPERAÇÕES COM MERCADORIAS E NOÇÕES SOBRE O SISTEMA TRIBUTÁRIO NACIONAL Seção 7 CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA Ramo da contabilidade aplicada cujo objetivo é adequar as demonstrações financeiras contábeis e a

Leia mais

informações de um equipamento cadastrado em uma determinada O.S e o Código Interno da Empresa.

informações de um equipamento cadastrado em uma determinada O.S e o Código Interno da Empresa. Conteúdo 1Introdução 2Comentários - RELATÓRIOS FIXOS- Alterações. 3Retorno Bancário 4Pedido de compra 5Estoque por lote - GRADE 6Código Interno - O.S. 7DRE - Custo de Aquisição. Introdução Este artigo

Leia mais

TOTVS - Microsiga Protheus PCO

TOTVS - Microsiga Protheus PCO 20/07/2011 Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Novas Funcionalidades... 3 2 Controle de Fases do Planejamento... 4 2.1 Unidade Orçamentária do Planejamento... 5 2.2 Projeto de Planejamento

Leia mais

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE

TUTORIAL DEVOLUÇÃO DE CLIENTE Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Realizar Devolução de Cliente... 3 2.1 Geração Nota Fiscal Própria.... 3 2.2 Utilizando uma Nota de Devolução Enviada pelo Cliente.... 4 2.3

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS DEPÓSITO DE TROCAS RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

FORTES FISCAL INVENTÁRIO

FORTES FISCAL INVENTÁRIO FORTES FISCAL INVENTÁRIO Esse manual tem por objetivo demonstrar as formas de inclusão do inventário no Fortes Fiscal, bem como a geração do mesmo no arquivo SPED Fiscal. Atualmente existem existem três

Leia mais

Fundação Oswaldo Cruz 1 Diretoria de Administração SGA Seção de Patrimônio

Fundação Oswaldo Cruz 1 Diretoria de Administração SGA Seção de Patrimônio Fundação Oswaldo Cruz 1 ÍCONES / FÍGURAS Abrir (Possibilita o acesso em outra tela) Confirmar ou Enviar Sair ou Voltar Imprimir Este Sinal simboliza a ajuda, possibilitando ao usuário acessar as diversas

Leia mais

Fábio Figueiredo Supervisor. Suporte

Fábio Figueiredo Supervisor. Suporte Olá! Bem Vindo! Fábio Figueiredo Supervisor Suporte Fabio.figueiredo@grupopc.com.br Agenda do dia: Custos e precificação Importação do XML na entrada de mercadoria Entendendo a precificação de Produtos

Leia mais

Atualizações da Versão Introdução... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6

Atualizações da Versão Introdução... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Versão: 27/05/2016 Atualizado em: 31/05/2016 1 Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução... 4 Conhecendo o Produto... 5 Ações dos Botões das Telas... 6 Consultas... 7 Consulta de Cotações... 8 Consultar

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA

MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA MANUAL DO SISTEMA MÓDULO FINANCEIRO PIRACICABA, 15 DE NOVEMBRO DE 2016 VERSÃO 1.1 BETA 1 Índice Pág. Características Técnicas... 3 Atalho Módulo Financeiro... 4 Contas à Pagar... 5 Contas à Receber...

Leia mais

EXPORTAÇÃO SYSPDV SPED FISCAL e SPED CONTRIBUIÇÕES

EXPORTAÇÃO SYSPDV SPED FISCAL e SPED CONTRIBUIÇÕES EXPORTAÇÃO SYSPDV SPED FISCAL e SPED CONTRIBUIÇÕES Versão 15 INSTRUTOR ÍTALO CAVALCANTE CONCEITO A Escrituração Fiscal Digital EFD é parte integrante do projeto SPED Sistema Público de Escrituração Digital

Leia mais

FCONT. Geração do Arquivo

FCONT. Geração do Arquivo 1 FCONT Geração do Arquivo 2 Sumário 1. Geração do arquivo FCONT:... 3 1.1. Blocos do arquivo de importação do FCONT:... 3 1.2. Descrição das informações referentes aos registros:... 3 1.3. Exemplo de

Leia mais

SISTEMA GERENCIAL. O Botão Primeiro busca o primeiro registro do arquivo. O Botão Anterior busca o registro anterior do arquivo.

SISTEMA GERENCIAL. O Botão Primeiro busca o primeiro registro do arquivo. O Botão Anterior busca o registro anterior do arquivo. Apresentação 1 1 Apresentação 1.1 Apresentação SISTEMA GERENCIAL Obrigado por adquirir o Sistema GERENCIAL. Aqui você encontrara informações passo a passo de como utilizar este Software. Use o índice ao

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS DEFINIÇÃO ACORDO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

S i a g r i Sistemas de Gestão Evidence Assessoria & Treinamentos Custos Siagri Agribusiness

S i a g r i Sistemas de Gestão Evidence Assessoria & Treinamentos Custos Siagri Agribusiness CUSTO REPOSIÇÃO Custo da ultima Nota de entrada. Data Quantidade Custo Unitário Valor Total 12/07/2007 50 10,00 500,00 15/07/2007 150 12,50 1.875,00 Custo Reposição = 12,50 Atualização do Custo (Reposição).

Leia mais

MANUAL DO PCP (VENECCIA)

MANUAL DO PCP (VENECCIA) MANUAL DO PCP (VENECCIA) Para cadastrar um produto devemos ter um grupo e um ou mais subgrupos cadastrados observar nas figuras 1 e 2. figura 1 Código: Campo Obrigatório a ser preenchido o número não é

Leia mais

SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos CATÁLOGO DE MATERIAIS

SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos CATÁLOGO DE MATERIAIS SIPAC Sistema Integrado de Patrimônio, Administração e Contratos CATÁLOGO DE MATERIAIS Visão Geral Catálogo de Materiais Principais funções: o Definir datas para solicitar material; o Atender, negar ou

Leia mais

Cópia de Saldos (CTBM300)

Cópia de Saldos (CTBM300) Cópia de Saldos (CTBM300) Ambiente : Contabilidade Gerencial Boletim : 00000000-07 Data da publicação : 21/11/2008 Data da revisão : 26/11/08 Versões : Protheus 10 Países : País Sistemas operacionais :

Leia mais

Título: MS - Como realizar a configuração de crédito outorgado nas operações interestaduais com milho, conforme IN/SEFAZ N. 001/2013?

Título: MS - Como realizar a configuração de crédito outorgado nas operações interestaduais com milho, conforme IN/SEFAZ N. 001/2013? Título: MS - Como realizar a configuração de crédito outorgado nas operações interestaduais com milho, conforme IN/SEFAZ N. 001/2013? 1 PARÂMETROS EMPRESA 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique em PARÂMETROS;

Leia mais

Ativo. Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap.

Ativo. Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap. Ativo Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap. 04 Tipos de bens Depreciação Cap. 05 Cálculo mensal ativo Cap. 06 Cálculo do estorno

Leia mais

Contabilização Devoluções de Compras

Contabilização Devoluções de Compras CONT5400 Contabilização Devoluções de Compras Para a execução deste programa informar: reduzida/contábil e as datas inicial e final. Este programa gera um relatório contendo as seguintes informações: número

Leia mais

Manual Ajuste Diferencial de Alíquota

Manual Ajuste Diferencial de Alíquota Manual Ajuste Diferencial de Alíquota [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula

Leia mais

Para mais informações, verifique o manual Tela para De/Para de ICMS CST nas Devoluções/Retorno.

Para mais informações, verifique o manual Tela para De/Para de ICMS CST nas Devoluções/Retorno. Release 3.133 Resumo das alterações Gerais Livros Fiscais ERP-29782 SPED Fiscal SPED Fiscal - Geração dos Registros D510 e D590 1. De acordo com o entendimento do departamento fiscal da Ti9 a geração dos

Leia mais

EMISSÃO DO BLOCO K PCEMFOBBH. 1 Explicações Gerais...2

EMISSÃO DO BLOCO K PCEMFOBBH. 1 Explicações Gerais...2 EMISSÃO DO BLOCO K PCEMFOBBH Conteúdo Explicações Gerais... Cadastros e Inclusões. Produtos...3. Locais... 4.3 Processos... 5.4 Receitas... 6.5 Importação de produtos...7-9.6 Importação de receitas...0

Leia mais

MANUAL MÓDULO PESSOA FÍSICA

MANUAL MÓDULO PESSOA FÍSICA Sistema de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PESSOA FÍSICA Revisão 03 / Outubro 2017 Índice "! #$% %&' (%! " ) " *$)$$, %+, -%& Introdução O Módulo Pessoa Física é um conjunto de páginas web que permitem

Leia mais

TEXTO INTRODUTÓRIO. Visando tornar este processo mais ágil, o CIAP LOGIX foi estruturado da seguinte forma:

TEXTO INTRODUTÓRIO. Visando tornar este processo mais ágil, o CIAP LOGIX foi estruturado da seguinte forma: TEXTO INTRODUTÓRIO O CIAP LOGIX foi desenvolvido com a finalidade de facilitar o controle de Crédito de ICMS do Ativo Permanente, uma vez que todos os estabelecimentos que em razão de sua operação ou prestação,

Leia mais

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2

Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2 Geração Arquivo IN 86 Contabilidade no ambiente EMS 2 O processo da IN 86, é uma exigência legal solicitada pela Receita Federal. O Produto EMS5 está preparado para geração dos arquivos conforme layout

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL

ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL Explicação: Empresas enquadradas no regime de tributação do Simples Nacional poderão apurar o imposto seguindo as rotinas apresentadas abaixo. 1. Cadastro de empresa 2. Parâmetros

Leia mais

OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços. OFIC Requisição de Peças para Serviços 1 / 10

OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços. OFIC Requisição de Peças para Serviços 1 / 10 OFIC1400 Requisição de Peças para Serviços 1 / 10 Este programa permite requisitar peças para uma determinada O.S. Como critério de filtro estarão disponíveis a seguintes opções Requisição, Estorno e Consulta

Leia mais

SMART CADASTRO DE EMPRESA

SMART CADASTRO DE EMPRESA SMART CADASTRO DE EMPRESA -> Cadastros/ Parâmetros/ Empresa O objetivo principal é cadastrar dados relacionados a Empresa (razão social da empresa, fantasia, alíquotas para cálculo de custos) conforme

Leia mais

Troca de Informações Através de Arquivo Pessoa Jurídica

Troca de Informações Através de Arquivo Pessoa Jurídica Troca de Informações Através de Arquivo Pessoa Jurídica OBJETIVO Permitir aos associados conveniados, atualizarem as informações de registros de Pessoas Jurídicas, através de meio magnético ou transmissão

Leia mais

TRABALHANDO COM EQUALIZAÇÃO DE COMPRAS Por Cristiane Sateles

TRABALHANDO COM EQUALIZAÇÃO DE COMPRAS Por Cristiane Sateles TRABALHANDO COM EQUALIZAÇÃO DE COMPRAS Por Cristiane Sateles Necessidade apresentada: Minha empresa realizou uma compra para a qual foi emitida a nota fiscal e foi feita a entrega da mercadoria normalmente.

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO Efetuadas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal, para que seja possível cadastrar as unidades de medida dos itens, bem como os fatores

Leia mais

Table of Contents. WinThor 7. Index Cadastrar... Tributação de PIS/COFINS

Table of Contents. WinThor 7. Index Cadastrar... Tributação de PIS/COFINS Table of Contents WinThor 7 1 40 - Tributação... 7 4001 - Cadastrar... Tributação de PIS/COFINS 7 Visão Geral... 8 Validações Importantes... 12 Ações mais... Comuns 12 Incluir Tributação... PIS/COFINS

Leia mais

1 PARÂMETROS EMPRESA. Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de Goiás.

1 PARÂMETROS EMPRESA. Esta solução é exclusiva para empresas situadas no estado de Goiás. Título: GO - Como efetuar o cálculo do crédito da IN 1.208/15 GSF, referente aos períodos de 03/2016 a 12/2017, para empresas beneficiárias do Programa Fomentar/ Produzir/ Microproduzir? Esta solução é

Leia mais

Marketing Comercial. campanhas promocionais. marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu

Marketing Comercial. campanhas promocionais.  marketing. mala direta. classificação de contatos. Menu Soluções Marketing Comercial Registro e classificação dos contatos com clientes e prospects. Possibilidade de geração de compromissos encadeados, além de acompanhamento das ações promovidas pelas equipes

Leia mais

SPED CONTABILIDADE ANTIGA

SPED CONTABILIDADE ANTIGA SPED CONTABILIDADE ANTIGA RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

Gestão Financeira (Tesouraria)

Gestão Financeira (Tesouraria) Soluções Gestão Financeira (Tesouraria) Contas a Receber - Cobrança Registro de contrato de prestação de serviços com condições de cobrança; Controle de reajuste contratuais com periodicidade, índices

Leia mais

Documentação do processo de Balanço de Estoque

Documentação do processo de Balanço de Estoque Documentação do processo de Balanço de Estoque Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Pré-requisitos para o balanço de estoque... 3 Diminuir ao

Leia mais

Controle de Caixa. Financeiro - Tesouraria

Controle de Caixa. Financeiro - Tesouraria Financeiro - Tesouraria Sumário Sumário... 2 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 Objetivos Instrucionais... 3 1.2 Fluxo de Processo do Controle de Caixinha... 3 1.3 Controle de Caixinha... 3 1.4 Controle de Caixinha

Leia mais

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa)

Por Percentual Fixo = preço de venda X (percentual de comissão para empresa) 1 VENDAS DIRETAS É comum varejistas no seguimento de materiais de construção realizarem vendas com participação do fornecedor. Essas vendas são realizadas pela loja, no entanto a responsabilidade de entrega

Leia mais

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões?

O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? Guia de Procedimento O que é o site de Contas a Pagar de Comissões? O site de Contas a Pagar de Comissões é uma ferramenta destinada às agências de viagem. Inicialmente, será utilizado para a área financeira

Leia mais

Processo de Retificação/alteração/exclusão de informações; Processo de Transferência de trabalhadores; Processo de Cancelamento do desligamento;

Processo de Retificação/alteração/exclusão de informações; Processo de Transferência de trabalhadores; Processo de Cancelamento do desligamento; Reflexos no FGTS Reflexos no FGTS: Geração e disponibilização das guias de recolhimento mensal e rescisório, e definição de um único modelo de guia - GRFGTS; Adequação da prestação da informação à nova

Leia mais

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136

Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Como Fazer Renegociação de Parcelas (Contas a Receber)? FS136 Sistema: Futura Server Caminho: Contas a Receber>Renegociação de Parcelas Referência: FS136 Versão: 2016.02.15 Como Funciona: Esta tela é utilizada

Leia mais

MPE-Manual Processo_ Requisição de Materiais

MPE-Manual Processo_ Requisição de Materiais ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS REQUISIÇÃO DE MATERIAS Página 1 de 29 ÍNDICE ADMINISTRAÇÃO DE MATERIAIS...1 REQUISIÇÃO DE MATERIAS...1 ÍNDICE...2 INTRODUÇÃO...3 1.0 PARÂMETROS E CONFIGURAÇÕES-REQUISIÇÃO DE

Leia mais

TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS

TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS TRANSFERÊNCIAS DE BENS IMOBILIZADOS Está disponível no Módulo Patrimônio do SIAGRI Agribusiness a transferência de bens imobilizados. Esta nova funcionalidade realiza a transferência de bens entre as empresas,

Leia mais