COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures"

Transcrição

1 COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011

2 COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 CARACTERÍSTICAS DA EMISSÃO DATA DE EMISSÃO: 20/04/2011 DATA DE VENCIMENTO: 20/04/2017 AGENTE FIDUCIÁRIO: Oliveira Trust DTVM S/A COORDENADOR: Banco Citibank S/A BANCO MANDATÁRIO: Itaú Unibanco S/A BANCO ESCRITURADOR: Itaú Corretora de Valores S/A VOLUME (*): R$ ,00 QUANTIDADE DE DEBÊNTURES: NÚMERO DE SÉRIES: Única PUBLICAÇÃO: Diário Oficial do Estado de Pernambuco e jornal Valor Econômico. DESTINAÇÃO DOS RECURSOS: Os recursos captados através da presente Emissão foram destinados ao ajuste do perfil de dívidas da Emissora. (*) Na Data de Emissão CARACTERÍSTICAS DA 1ª SÉRIE DATA DE EMISSÃO: 20/04/2011 DATA DE VENCIMENTO: 20/04/2017 VOLUME (*): R$ ,00 VALOR NOMINAL UNITÁRIO (*): R$ ,00 PREÇO UNITÁRIO EM 30/12/2011: R$ ,58 QUANTIDADE DE DEBÊNTURES: REGISTRO CVM: Dispensa de Registro pela Instrução CVM 476 CÓDIGO DO ATIVO: CEPE14 CÓDIGO ISIN: BRCEPEDBS047 NEGOCIAÇÃO: SND - CETIP FORMA: Nominativas e Escriturais GARANTIA: Quirografária, contando adicionalmente com garantia fidejussória prestada pela Interveniente Garantidora Neoenergia S.A. CLASSE: Simples, não conversíveis em ações. (*) Na Data de Emissão ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA: Não há Atualização Monetária.

3 JUROS: 1º período Início 20/04/2011 Término 20/04/2017 Rendimento 111,3% do CDI Base de cálculo 252 P.U. na Data de Emissão R$ ,00 Pagamento Documento Os juros remuneratórios serão pagos semestralmente, a partir da Data de Emissão, no dia 20 de outubro e 20 de abril de cada ano até a Data de Vencimento, sendo o 1º pagamento em 20/10/2011. Escritura de Emissão e 1º Aditamento. PRÊMIO: Não há Prêmio. AMORTIZAÇÃO DO VALOR NOMINAL: Data Percentual 20/04/ % 20/10/ % 20/04/ % 20/10/ % 20/04/ % REPACTUAÇÃO: Não Repactuação programada das debêntures. RATING: Não há Rating. PAGAMENTOS EFETUADOS POR DEBÊNTURE EM 2011: JUROS Data de Pagamento Valor Unitário (R$) 20/10/ ,20 POSIÇÃO DO ATIVO EM 30/12/2011: Circulação Tesouraria 0 Total EVENTOS LEGAIS E SOCIETÁRIOS: Fato Relevante - 31/03/ A COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE ( Companhia ), em observância aos termos da Instrução da Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em 31 de março de 2011, seu Conselho de Administração aprovou a realização da 4ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, com garantia fidejussória (fiança), para distribuição pública com esforços restritos de colocação, de até (trinta e seis mil) debêntures, com valor nominal unitário de R$10.000,00 (dez mil reais) ( Valor Nominal Unitário ), totalizando, na data de emissão, o valor de até R$ ,00 (trezentos e sessenta milhões de reais) ( Debêntures e 4ª Emissão de Debêntures, respectivamente), em consonância com a Instrução da CVM nº 476, de 16 de

4 janeiro de 2009, conforme alterada ( Instrução CVM 476 ) e nos termos da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada ( Lei das Sociedades por Ações ), com prazo de vencimento de 6 (seis) anos contados de 20 de abril de 2011 ( Data de Emissão ), vencendo, portanto, em 20 de abril de 2017 ( Data de Vencimento ), ressalvadas as hipóteses de vencimento antecipado constantes do Instrumento Particular de Escritura da 4ª Emissão de Debêntures Simples, não Conversíveis em Ações, em Série Única, da Espécie Quirografária, com Garantia Fidejussória, para Distribuição Pública com Esforços Restritos de Colocação, da Companhia Energética de Pernambuco - CELPE ( Escritura ). A 4ª Emissão de Debêntures é destinada exclusivamente a investidores qualificados, conforme definidos na Instrução da CVM nº 409, de 18 de agosto de 2004, conforme alterada, e observado o disposto no artigo 4º da Instrução CVM 476, ressalvado o disposto no parágrafo 1º do artigo 15 da Instrução CVM 476. Não haverá atualização do Valor Nominal das Debêntures. As Debêntures farão jus ao pagamento de juros remuneratórios incidentes sobre o Valor Nominal Unitário de cada Debênture, desde a Data de Emissão até a data efetiva de pagamento de juros remuneratórios, a serem definidos em procedimento de bookbuilding a ser conduzido pelos coordenadores da 4ª Emissão de Debêntures, observada a variação acumulada máxima de 112,50% (cento e doze inteiros e cinquenta centésimos por cento) das taxas médias diárias das Taxas DI Depósitos Interfinanceiros de um dia, Over Extra-Grupo, expressas na forma percentual ao ano, base 252 (duzentos e cinquenta e dois) dias úteis, calculada e divulgada diariamente pela CETIP S.A. Balcão Organizado de Ativos e Derivativos ( CETIP ) no informativo diário, disponível em sua página na Internet ( calculados de forma exponencial e cumulativa, pro rata temporis por dias úteis decorridos. Como garantia do fiel e pontual cumprimento das obrigações decorrentes das Debêntures e da 4ª Emissão de Debêntures, a sociedade controladora da Companhia, qual seja a Neoenergia S.A., prestará fiança em favor dos Debenturistas, obrigando-se como fiadora e principal pagadora dos valores devidos oriundos das Debêntures e da 4ª Emissão de Debêntures, conforme estabelecido na Escritura. As Debêntures serão registradas (i) para distribuição no mercado primário através do SDT Módulo de Distribuição de Títulos, e (ii) para negociação em mercado secundário através do SND Módulo Nacional de Debêntures, ambos administrados e operacionalizados pela CETIP, sendo a custódia eletrônica das Debêntures e a liquidação financeira realizadas através da CETIP. Os recursos captados através da 4ª Emissão de Debêntures serão destinados ao ajuste do perfil de dívidas da Companhia. O presente material tem caráter exclusivamente informativo, nos termos da legislação em vigor, e não deve ser interpretado como um material de venda das Debêntures. AGO - 26/04/ Deliberações: Abstendo-se de votar os legalmente impedidos, tendo sido aprovados pelos acionistas presentes, por unanimidade: a) O Relatório Anual da Administração, relativo aos negócios sociais da Companhia, e as Demonstrações Financeiras relativas ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2010, acompanhadas dos Pareceres dos Auditores Independentes e do Conselho Fiscal, documentos esses que foram colocados à disposição dos acionistas e do público em geral, tendo as Demonstrações Financeiras sido publicadas no dia 21 de fevereiro de 2011 nos jornais "Valor Economico", "Diário de Pernambuco", "Jornal do Comércio" e "Jornal Folha de Pernambuco" e no dia 22 de fevereiro de 2011 no "Diário Oficial de Pernambuco - DOPE"; b) a proposta do Conselho de Administração, com parecer favorável do Conselho Fiscal, da destinação do lucro líquido do exercício de 2010, no valor de R$ ,30, da seguinte forma: b.1) ratificação do pagamento de juros sobre capital próprio (bruto) de R$ ,00, já pagos aos acionistas, sem atualização monetária, da seguinte forma: b.1.1) em 10 de maio de 2010, conforme aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia na reunião de 1º de abril de 2010, o valor de R$ ,00 referente ao 1º trimestre de 2010, correspondente a R$ 0, por ação ordinária, R$ 0, por ação preferencial classe A e R$ 0, por ação preferencial classe B, na forma da legislação vigente; b.1.2) em 15 de setembro de 2010, conforme aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia na reunião de 30 de junho de 2010, o valor de R$ ,00, referente ao 2º trimestre de 2010, correspondente a R$ 0, por ação ordinária, R$ 0, por ação preferencial classe A e R$ 0, por ação preferencial classe B, na forma da legislação vigente; b.1.3) em 15 de dezembro de 2010, conforme aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia na reunião de 30 de setembro de 2010, o valor de R$ ,00 referente ao 3º trimestre de 2010, correspondente a R$ 0, por ação ordinária, R$ 0, por ação preferencial classe A e R$ 0, por ação preferencial classe B, na forma da legislação vigente; b.1.4) em 02 de março de 2011, conformer aprovado pelo Conselho de Administração da Companhia na reunião de 30 de dezembro de 2010, o valor de R$ ,00 referente ao 4º trimestre de 2010, correspondente a R$ 0, por ação ordinária, R$ 0, por ação preferencial classe A e R$ 0, por ação preferencial classe B; b.2) ratificação do pagamento de dividendos intermediários referentes ao 1º semestre de 2010, realizado em 15 de novembro de 2010, sem atualização monetária, considerando para fins de cálculo do dividendo mínimo obrigatório referente ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2010, para todos os efetios legais, na forma da Lei e do Estatuto Social, aprovados

5 pelo Conselho de Administração da Companhia na reunião de 30 de setembro de 2010, no montante de R$ ,92, correspondente a R$ 1, por ação ordinária, R$ 1, por ação preferencial classe A e R$ 1, por ação preferencial B, nos termos do disposto no artigo 39 do Estatuto Social; b.3) distribuição de dividendos complementares no montante de R$ ,88, correspondente a R$ 0, por ação ordinária, R$ 0, por ação preferencial classe A e R$ 0, por ação preferencial classe B. As ações serão negociadas ex-direito a partir de 27 de abril de O pagamento de dividendos complementares será realizado a partir de 11 de maio de 2011, conforme Aviso aos Acionistas a ser divulgado pela Companhia; b.4) do lucro líqudio apurado no exercício de 2010, ,46 referem-se a constituição de reserva legal e R$ ,26, referem-se ao incentivo fiscal da SUDENE que, de acordo com a legislação aplicável, são destinados à conta de reserva de lucros, não podendo ser declarados como remuneração para os acionistas; c) ratificação da eleição do membro do titular do Conselho de Administração da Companhia, eleito pelo Conselho de Administração na reunião de 28 de janeiro de 2011, para completar o prazo de gestão do conselheiro substituído, ou seja, com mandato até a AGO que deliberar pela aprovação das Demonstrações Financeiras da Companhia referente ao exercício social com término em 31 de dezembro de 2011; d) ratificação da eleição do Presidente do Conselho de Administração da Companhia, eleito pelo Conselho de Administração na reunião de 28 de janeiro de 2011, para completar o prazo de gestão do conselheiro substituído, ou seja, com mandato até a AGO que deliberar pela aprovação das Demonstrações Financeiras da Companhia referente ao exercício social com término em 31 de dezembro de 2011; e) Foram eleitos os membros do Conselho de Administração da Companhia, com mandato até a AGO que deliberar pela aprovação das Demonstrações Financeiras da companhia referente ao exercício social com término em 31/12/2011; f) Foram eleitos os membros do Conselho Fiscal da Companhia, com mandato até a AGO que deliberar pela aprovação das Demonstrações Financeiras da companhia referente ao exercício social com término em 31/12/2011. As cópias das atas descritas acima se encontram à disposição no Agente Fiduciário. A emissora realizou outras Assembleias de Acionistas, cujas atas estão disponíveis no site e em nossos arquivos. Entretanto, as matérias ali dispostas não se relacionam com a Emissão em referência, nem tampouco às alterações estatutárias. ATUALIZAÇÃO DAS INFORMAÇÕES: A Emissora enviou declaração assinada pelo Diretor Financeiro e de Relações com Investidores atestando que foram cumpridas todas as obrigações dispostas na Escritura da 4ª Emissão de Debêntures relativas ao exercício social findo em 31 de dezembro de GARANTIA FIDEJUSSÓRIA A presente Emissão conta com garantia fidejussória prestada pela Interveniente Garantidora, Neoenergia S.A. Com base nas Demonstrações Financeiras em 31 de dezembro de 2011 da Interveniente Garantidora, divulgada no site da CVM, verificamos que o patrimônio líquido da Interveniente Garantidora encontra-se suficiente para arcar arcar com eventual inadimplemento da Emissora, conforme abaixo: Interveniente Garantidora Neoenergia S.A. Patrimônio Líquido em 31/12/2011 R$ ,00 Informamos que, em virtude da garantia fidejussória prestada, a Escritura de Emissão foi registrada nos cartórios de Registro de Títulos e Documentos das cidades de Recife e do Rio de Janeiro, nos termos da cláusula da Escritura de Emissão.

6 ÍNDICES FINANCEIROS Durante o exercício de 2011, a Emissora manteve-se enquadrada nos limites e índices financeiros dispostos na Escritura de Emissão. Segue abaixo os índices financeiros apurados por este Agente Fiduciário em 2011: Índice 30/06/ /09/ /12/2011 Dívida Líquida / Ebitda 3,0 2,17 2,12 2,24 Ebitda / Resultado Financeiro > 2,0 8,96 5,68 5,48 DILIGÊNCIAS ADICIONAIS Adicionalmente aos procedimentos legais e da escritura de emissão, este Agente Fiduciário solicitou o envio da Certidão Conjunta Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos Relativos aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União da Emissora, sendo certo que: 1. Constam débitos relativos a tributos administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) com a exigibilidade suspensa, nos termos do art. 151 da Lei nº 5.172, de 25 de outubro de 1966 Código Tributário Nacional (CTN); e 2. Constam nos sistemas da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) débitos inscritos em Dívida Ativa da União com exigibilidade suspensa, nos termos do art. 151 do CTN, ou garantidos por penhora em processo de execução fiscal. Conforme disposto nos arts. 205 e 206 do CTN, este documento tem os mesmos efeitos da certidão negativa. INFORMAÇÕES OBRIGATÓRIAS FACE AO DISPOSTO NA INSTRUÇÃO CVM Nº 28/83, BEM COMO POR ANALOGIA AOS TERMOS DA ALÍNEA "B" DO 1º DO ARTIGO 68 DA LEI Nº 6.404/76: Alínea a do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Eventual omissão ou inverdade, de que tenha conhecimento, contida nas informações divulgadas pela companhia ou, ainda, o inadimplemento ou atraso na obrigatória prestação de informações pela companhia. Alínea b do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Alterações estatutárias ocorridas no período. Alínea c do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Comentários sobre as demonstrações financeiras da companhia, enfocando os indicadores econômicos, financeiros e de estrutura de capital da empresa. Alínea d do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Posição da distribuição ou colocação das debêntures no mercado. Alínea e do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Resgate, amortização, conversão, repactuação e pagamento de juros das debêntures realizados no período, bem como aquisições e vendas de debêntures efetuadas pela companhia emissora. Não temos ciência de qualquer omissão ou inverdade nas informações divulgadas pela Companhia ou eventual inadimplemento ou atraso na prestação de informações da Companhia. Não ocorreram alterações no Estatuto Social da Emissora, durante o exercício social de Informações dispostas nos Comentários sobre as Demonstrações Contábeis. Informações dispostas acima, no quadro de debêntures em circulação. Não houve qualquer resgate, total ou parcial na presente emissão. As debêntures serão amortizadas conforme disposto no relatório. Não repactuam e são simples, portanto, não conversíveis em ações. Ressaltamos que a totalidade das debêntures emitidas permanece em circulação. Houve pagamento de juros, conforme disposto acima.

7 Alínea f do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Constituição e aplicações do fundo de amortização de debêntures, quando for o caso. Alínea g do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Acompanhamento da destinação dos recursos captados através da emissão de debêntures, de acordo com os dados obtidos junto aos administradores da companhia Emissora. Alínea h do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 - Relação dos bens e valores entregues à sua administração: Alínea i do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Cumprimento de outras obrigações assumidas pela companhia na escritura de emissão. Alínea j do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Declaração acerca da suficiência e exeqüibilidade das garantias das debêntures. Alínea l do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 Declaração sobre sua aptidão para continuar exercendo a função de agente fiduciário". Alínea "k" do inciso XVII do art. 12 da Instrução CVM 28/83 - "Declaração acerca da existência de outras emissões de debêntures, públicas ou privadas,feitas por sociedade coligada, controlada, controladora ou integrante do mesmogrupo da emissora em que tenha atuado como agente fiduciário no período". Não foi constituído Fundo de amortização de debêntures. Informação contida acima, no item destinação dos recursos. Não foram entregues bens e valores à administração do Agente Fiduciário. Informações dispostas no presente relatório. A presente Emissão é da espécie quirografária, contando adicionalmente com garantia fidejussória prestada pela Neoenergia S.A. E, conforme disposto acima, a referida garantia foi devidamente constituída à época da emissão e permanece suficiente e exeqüível. Declaração disposta abaixo. Declaramos que prestamos serviços de Agente Fiduciário na 3ª Emissão de Debêntures da Itapebi Geração de Energia S.A., com volume de R$ ,00 (duzentos milhões de reais). Foram emitidas debêntures da espécie quirografária, contando adicionalmente com garantia fidejussória prestada pela Neoenergia S.A. A referida Emissão tem o prazo de vigência de 6 (seis) anos, vencendose em 20 de abril de Não ocorreram eventos de resgate, amortização, conversão, repactuação e inadimplemento no período. COMENTÁRIOS SOBRE AS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DA CIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE A EMPRESA SITUAÇÃO DA EMPRESA: Operacional NATUREZA DO CONTROLE ACIONÁRIO: Privado SITUAÇÃO FINANCEIRA A Liquidez Geral permaneceu em 0,98 em A Liquidez Corrente aumentou de 1,04 em 2010 para 1,33 em A Liquidez Seca aumentou de 1,03 em 2010 para 1,33 em O Giro do Ativo apresentou queda de 0,78 em 2010 para 0,72 em 2011.

8 ESTRUTURA DE CAPITAIS A companhia apresentou uma variação do índice de Empréstimos sobre o Patrimônio Líquido de 0,75 em 2010 para 0,89 em O Índice de Recursos de Terceiros sobre o Patrimônio Líquido variou de 1,37 em 2010 para 1,52 em A empresa apresentou no seu Exigível de Longo Prazo um aumento de 24,8% de 2010 para 2011 e um aumento de 1,9% de 2010 para 2011 no Passivo Circulante. RESULTADOS O Resultado em 2011 foi positivo em R$ Mil enquanto que o de 2010 foi positivo em R$ Mil. A Receita Líquida em 2011 foi superior em 1,89% à de A Margem Bruta foi de 25,01% em 2011 contra 29,55% no ano anterior e a Margem Líquida foi de 9,73% contra 15,67% em As Despesas Operacionais aumentaram 18,03% de 2010 para O Resultado Líquido foi 36,78% inferior a O Resultado Líquido do Exercício sobre o Patrimônio Líquido ficou em 17,63% (Lucro) em 2011 contra 28,90%(Lucro) em Recomendamos a leitura completa das Demonstrações Contábeis, Relatório da Administração e Parecer dos Auditores Independentes para melhor análise da situação econômica e financeira da companhia. DECLARAÇÃO DO AGENTE FIDUCIÁRIO A Oliveira Trust declara que se encontra plenamente apta a continuar no exercício da função de Agente Fiduciário desta emissão de debêntures da CIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE.

9 BALANÇO PATRIMONIAL (Reais Mil) ATIVO 31/12/ /12/ Ativo Total Ativo Circulante Caixa e Equivalentes de Caixa Aplicações Financeiras Contas a Receber Estoques Tributos a Recuperar Despesas Antecipadas Outros Ativos Circulantes Ativo Não Circulante Ativo Realizável a Longo Prazo Investimentos Intangível PASSIVO 31/12/ /12/ Passivo Total Passivo Circulante Obrigações Sociais e Trabalhistas Fornecedores Obrigações Fiscais Empréstimos e Financiamentos Outras Obrigações Provisões Passivo Não Circulante Empréstimos e Financiamentos Outras Obrigações Tributos Diferidos Provisões Patrimônio Líquido Capital Social Realizado Reservas de Capital Reservas de Lucros Outros Resultados Abrangentes

10 Demonstração do Resultado do Exercício (Reais Mil) 31/12/ /12/ Receita de Venda de Bens e/ou Serviços Receita bruta (-) Deduções da Receita Bruta Custo dos Bens e/ou Serviços Vendidos Resultado Bruto Despesas/Receitas Operacionais Despesas com Vendas Despesas Gerais e Administrativas Perdas pela Não Recuperabilidade de Ativ Outras Receitas Operacionais Outras Despesas Operacionais Resultado de Equivalência Patrimonial Resultado Antes do Resultado Financeiro Resultado Financeiro Receitas Financeiras Despesas Financeiras Resultado Antes dos Tributos sobre o Luc Imposto de Renda e Contribuição Social s Corrente Diferido Resultado Líquido das Operações Continua Resultado Líquido de Operações Descontin Lucro/Prejuízo Líquido das Operações Des Ganhos/Perdas Líquidas sobre Ativos de O Lucro/Prejuízo do Período Lucro por Ação - (Reais / Ação) Lucro Básico por Ação Lucro Diluído por Ação 0 0 Indicadores Financeiros 31/12/ /12/2010 Alavancagem Recursos de Terceiros / P.L. Empréstimos / P.L. 1,52 0,89 1,37 0,75 Índice de Atividade Giro do Ativo 0,72 0,78 Imobilizações Grau de Imobilização N/A N/A Liquidez Liquidez Corrente 1,33 1,04 Liquidez Seca 1,33 1,03 Liquidez Geral 0,98 0,98 Rentabilidade Margem Líquida 9,73% 15,67% Retorno sobre Capitais Próprios 17,63% 28,90% Margem Bruta 25,01% 29,55% N/A - Não Aplicado Fonte: Demonstração Financeira Padronizada do exercício de 2011.

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Companhia Energética de Pernambuco - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE. 4ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Alesat Combustíveis S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

LOJAS RENNER S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures LOJAS RENNER S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Lojas Renner S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

OI S.A. (ATUAL DENOMINAÇÃO DE BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures

OI S.A. (ATUAL DENOMINAÇÃO DE BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures OI S.A. (ATUAL DENOMINAÇÃO DE BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Oi S.A. (atual denominação de BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão

Leia mais

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 6ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S.A., sucessora por incorporação de CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRINOX METALÚRGICA S.A., sucessora por incorporação de CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures BRINOX METALÚRGICA S.A., sucessora por incorporação de CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Brinox Metalúrgica S.A., sucessora

Leia mais

EMPRESA DE ÔNIBUS PÁSSARO MARRON S.A. (sucessora legal da CMP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures

EMPRESA DE ÔNIBUS PÁSSARO MARRON S.A. (sucessora legal da CMP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures EMPRESA DE ÔNIBUS PÁSSARO MARRON S.A. (sucessora legal da CMP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Empresa de Ônibus Pássaro Marron

Leia mais

LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A 9ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries

LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A 9ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A 9ª Emissão de Debêntures 1ª e 2ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 3ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures CONCESSIONÁRIA ECOVIAS DOS IMIGRANTES S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Concessionária Ecovias dos Imigrantes S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 205ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE

Leia mais

BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO S.A. (ANTIGA COMPANY) 3ª Emissão Pública de Debêntures

BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO S.A. (ANTIGA COMPANY) 3ª Emissão Pública de Debêntures BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO S.A. (ANTIGA COMPANY) 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 BROOKFIELD SÃO PAULO EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIO

Leia mais

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série

ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários. 65ª Série ÁPICE SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários 65ª Série Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA INSTITUIÇÃO

Leia mais

BRC SECURITIZADORA S.A.

BRC SECURITIZADORA S.A. BRC SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 15ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 CARACTERÍSTICAS DA EMISSÃO BRC SECURITIZADORA S.A. 1ª Emissão

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Séries: 217ª e 218ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 MENDES JUNIOR ENGENHARIA S/A 8ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE MENDES JUNIOR

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

TOTVS S/A 1ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

TOTVS S/A 1ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 TOTVS S/A 1ª Emissão de Debêntures 1ª e 2ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE TOTVS S/A Banco

Leia mais

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2005 SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório

Leia mais

PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS

PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA DE CRÉDITOS IMOBILIÁRIOS 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Série: 1ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 PÁTRIA COMPANHIA SECURITIZADORA

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO. 20ª Emissão de Debêntures. Série Única

COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO. 20ª Emissão de Debêntures. Série Única COMPANHIA DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO 20ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES)

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE BEBIDAS E ALIMENTOS S.A.

EMPRESA BRASILEIRA DE BEBIDAS E ALIMENTOS S.A. EMPRESA BRASILEIRA DE BEBIDAS E ALIMENTOS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Empresa Brasileira de bebidas e Alimentos S.A. 1ª Emissão Pública

Leia mais

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

MAKRO ATACADISTA S/A. 1ª Emissão Pública de Debêntures MAKRO ATACADISTA S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Makro Atacadista S/A 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO

BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO BRAZILIAN SECURITIES COMPANHIA DE SECURITIZAÇÃO 1ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários Séries: 286ª e 287ª e 288ª Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 BRAZILIAN SECURITIES

Leia mais

BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures BRASOIL MANATI EXPLORAÇÃO PETROLÍFERA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Brasoil Manati Exploração Petrolífera S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ALESAT COMBUSTÍVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 Alesat Combustíveis S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário

Leia mais

ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 Companhia Energética do Ceará - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S.A. (SUCESSORA POR INCORPORAÇÃO DE CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures

BRINOX METALÚRGICA S.A. (SUCESSORA POR INCORPORAÇÃO DE CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures BRINOX METALÚRGICA S.A. (SUCESSORA POR INCORPORAÇÃO DE CELLE SP PARTICIPAÇÕES S.A.) 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Brinox Metalúrgica S.A., sucessora

Leia mais

GMR ENERGIA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

GMR ENERGIA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures GMR ENERGIA S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2011 GMR Energia S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 ANDORINHA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2008 Companhia de Gás de - Comgás 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 MARISA LOJAS S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE. 3ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA ENERGÉTICA DO CEARÁ - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 Companhia Energética do Ceará - COELCE 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

BRINOX METALÚRGICA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

BRINOX METALÚRGICA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 BRINOX METALÚRGICA S/A 1ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE BRINOX

Leia mais

ENERGISA S/A. 4ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010

ENERGISA S/A. 4ª Emissão Pública de Debêntures. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 ENERGISA S/A 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 ENERGISA S/A 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010

Leia mais

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão de Debêntures

Leia mais

ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. (antiga ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A.) 1ª Emissão de Debêntures. Série Única

ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. (antiga ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A.) 1ª Emissão de Debêntures. Série Única ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. (antiga ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A.) 1ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES

Leia mais

CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures

CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures CONSTRUTORA ATERPA M. MARTINS S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2014 Construtora Aterpa M. Martins S.A. 4ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 ANDRADE GUTIERREZ CONCESSÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2007 SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures

Leia mais

IRON HOUSE DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

IRON HOUSE DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 IRON HOUSE DESENVOLVIMENTO IMOBILIÁRIO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A

CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2007 CONCESSIONÁRIA DA RODOVIA OSÓRIO PORTO ALEGRE S/A 3ª Emissão Pública

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 LOCALIZA RENT A CAR S.A. 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

COMIL ÔNIBUS S.A. EXERCÍCIO DE 2014

COMIL ÔNIBUS S.A. EXERCÍCIO DE 2014 COMIL ÔNIBUS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures. 1ª, 2ª e 3ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015

AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures. 1ª, 2ª e 3ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 AES TIETÊ ENERGIA S.A. 4ª Emissão de Debêntures 1ª, 2ª e 3ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV

Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

RBS PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2015

RBS PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2015 RBS PARTICIPAÇÕES S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A.

SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2006 SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª Emissão de Debêntures Relatório

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S/A 1ª Emissão de Debêntures. Série Única VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S/A 1ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2015 Data Base 31/12/2015 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR

Leia mais

ENERGISA TOCANTINS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO (PÚBLICA) DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

ENERGISA TOCANTINS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. 1ª. EMISSÃO (PÚBLICA) DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 ENERGISA TOCANTINS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A. (atual denominação social da COMPANHIA DE ENERGIA ELÉTRICA DO ESTADO DO TOCANTINS CELTINS) 1ª. EMISSÃO (PÚBLICA) DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE

Leia mais

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2015

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2015 COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2012

TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2012 TPI TRIUNFO PARTICIPAÇÕES E INVESTIMENTOS S.A. 3ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2012 Rio de Janeiro, 30 de Abril, 2013. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

STN - SISTEMA DE TRANSMISSÃO NORDESTE S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

STN - SISTEMA DE TRANSMISSÃO NORDESTE S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 STN - SISTEMA DE TRANSMISSÃO NORDESTE S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011.

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011. VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. (atual denominação da INPAR S.A.) 2ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2011. Rio de Janeiro, 30 de Abril, 2012. Prezados

Leia mais

9ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. 1ª e 2ª SÉRIES

9ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. 1ª e 2ª SÉRIES 9ª EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. 1ª e 2ª SÉRIES 1 1. CARACTERÍSTICAS DA EMISSÃO: Nº da Emissão 9 ª Nº de Séries Duas Agente Fiduciário BRL TRUST DISTRIBUIDORA

Leia mais

BRADESCO LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

BRADESCO LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 BRADESCO LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE EXERCÍCIO DE 2016

COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE EXERCÍCIO DE 2016 COMPANHIA ENERGÉTICA DE PERNAMBUCO - CELPE 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

CAVAN ROCBRA INDÚSTRIA E COMERCIO DE PRE MOLDADOS DE CONCRETO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

CAVAN ROCBRA INDÚSTRIA E COMERCIO DE PRE MOLDADOS DE CONCRETO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 CAVAN ROCBRA INDÚSTRIA E COMERCIO DE PRE MOLDADOS DE CONCRETO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores

Leia mais

ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures

ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A. 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 ECTE - EMPRESA CATARINENSE DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA S.A.

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 10ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 10ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 LOCALIZA RENT A CAR S.A. 10ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de

Leia mais

AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 8ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2016

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2016 COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

BV LEASING - ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

BV LEASING - ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 BV LEASING - ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

SMA EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A.

SMA EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. SMA EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2005 S.M.A. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª Emissão de Debêntures Relatório Anual

Leia mais

AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. 6ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

NCF PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2013

NCF PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2013 NCF PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2014

COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. EXERCÍCIO DE 2014 COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

SANTA HELENA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014

SANTA HELENA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 SANTA HELENA ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2014 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2015. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

ALIANSCE SHOPPING CENTERS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

ALIANSCE SHOPPING CENTERS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 ALIANSCE SHOPPING CENTERS S.A. 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS - AMBEV

COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS - AMBEV COMPANHIA DE BEBIDAS DAS AMÉRICAS - AMBEV 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2008 Companhia de Bebidas das Américas - AMBEV 1ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. 4ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

ALUPAR INVESTIMENTO S.A. 4ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 ALUPAR INVESTIMENTO S.A. 4ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

JCPM PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS S.A. EXERCÍCIO DE 2016

JCPM PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS S.A. EXERCÍCIO DE 2016 JCPM PARTICIPAÇÕES E EMPREENDIMENTOS S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

COMPANHIA DE PROJETOS AMBIENTAIS 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

COMPANHIA DE PROJETOS AMBIENTAIS 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 COMPANHIA DE PROJETOS AMBIENTAIS 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 CELESC DISTRIBUIÇÃO S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente Fiduciário

Leia mais

RENOVA EÓLICA PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

RENOVA EÓLICA PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 RENOVA EÓLICA PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

COMPANHIA DO METRO BAHIA 2ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

COMPANHIA DO METRO BAHIA 2ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 COMPANHIA DO METRO BAHIA 2ª Emissão de Debêntures Série Única Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

SUPERVIA CONCESSIONÁRIA DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

SUPERVIA CONCESSIONÁRIA DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 SUPERVIA CONCESSIONÁRIA DE TRANSPORTE FERROVIÁRIO S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

CIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

CIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 CIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA BAHIA - COELBA 6ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas,

Leia mais

CONCESSÃO METROVIÁRIA DO RIO DE JANEIRO S.A. 4ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

CONCESSÃO METROVIÁRIA DO RIO DE JANEIRO S.A. 4ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 CONCESSÃO METROVIÁRIA DO RIO DE JANEIRO S.A. 4ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 3ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 3ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE VOTORANTIM CIMENTOS

Leia mais

SANTANDER LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

SANTANDER LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 SANTANDER LEASING S.A. ARRENDAMENTO MERCANTIL 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE VIDROS PLANOS - CBVP 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015

COMPANHIA BRASILEIRA DE VIDROS PLANOS - CBVP 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 COMPANHIA BRASILEIRA DE VIDROS PLANOS - CBVP 1ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2015 Rio de Janeiro, 29 de Abril de 2016. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade

Leia mais

CEMIG DISTRIBUIÇAO S.A.

CEMIG DISTRIBUIÇAO S.A. RELATÓRIO DESTINADO AOS INVESTIDORES FACE AO DISPOSTO NA INSTRUÇÃO CVM Nº 28/83, BEM COMO POR ANALOGIA AOS TERMOS DA ALÍNEA "B" DO 1º DO ARTIGO 68 DA LEI Nº 6.404/76 CEMIG DISTRIBUIÇAO S.A. 2ª Emissão

Leia mais

AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S/A 7ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S/A 7ª Emissão de Debêntures. 1ª e 2ª Séries. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S/A 7ª Emissão de Debêntures 1ª e 2ª Séries Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE

Leia mais

PHILCO ELETRÔNICOS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013

PHILCO ELETRÔNICOS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 PHILCO ELETRÔNICOS S.A. 1ª. EMISSÃO PÚBLICA DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2013 Rio de Janeiro, 30 de Abril de 2014. Prezados Senhores Debenturistas, Na qualidade de Agente

Leia mais

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2016

ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. EXERCÍCIO DE 2016 ESTÁCIO PARTICIPAÇÕES S.A. 1ª EMISSÃO DE NOTAS PROMISSÓRIAS RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores titulares das Notas Promissórias,

Leia mais

GERU SECURITIZADORA DE CRÉDITOS FINANCEIROS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016

GERU SECURITIZADORA DE CRÉDITOS FINANCEIROS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 GERU SECURITIZADORA DE CRÉDITOS FINANCEIROS S.A. 3ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES RELATÓRIO ANUAL DO AGENTE FIDUCIÁRIO EXERCÍCIO DE 2016 Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2017. Prezados Senhores Debenturistas, Na

Leia mais

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 6ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016

VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 6ª Emissão de Debêntures. Série Única. Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 VOTORANTIM CIMENTOS S.A. 6ª Emissão de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2016 Data Base 31/12/2016 PARTICIPANTES EMISSORA COORDENADOR(ES) ESCRITURADOR LIQUIDANTE VOTORANTIM CIMENTOS

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR 3ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2010 Companhia Energética do Maranhão - CEMAR 3ª Emissão Pública de Debêntures

Leia mais