PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS. Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS. Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF"

Transcrição

1 PUBLICAÇÃO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE EXATAS Paulo R. S. Gomes Instituto de Física da UFF

2 A Importância de publicar Prestação de contas à sociedade, divulgando o que aprendeu e descobriu, com o dinheiro da sociedade. É a forma mais usual de avaliar a produção de pesquisadores.

3 Diferença entre escrever tese e artigo Na tese escrevemos uma revisão do que já havia no campo e detalhamos tudo o que fizemos. Um artigo é focado para um determinado objetivo, tem que ser conciso e, essencialmente, publicar o que é novo e original. Uma boa tese pode resultar em vários artigos (ou, no mínimo 1).

4 Quantidade e qualidade de artigos Evolução nos critérios de avaliação: número de artigos, fator de impacto das revistas, número de citações, fator h.

5 O que é um bom número de publicações por ano? Isto não existe. Depende da área, da sub-área, se é teórico ou experimental etc etc. Este número seria (se houvesse) muito dependente do tempo (assim como citações e h). Critérios do CA-CNPq da Física (e Química?)

6 Qual o número ideal de co-autores? Isto não existe. Depende da área, da sub-área, se é teórico ou experimental etc etc. Pode variar de 1 a É importante que todos os co-autores tenham contribuído de alguma forma. Evitar colocar como autor alguém que é do grupo mas não fez nada neste artigo. Evitar as cordas de caranguejo.

7 Existe um critério ideal para se fazer avaliações de pesquisadores? Os homens, em sua maioria, são maus juizes quando seus próprios interesses estão envolvidos Aristóteles

8 O que colocar em apenas um artigo ou dividir os resultados em vários artigos. Atualmente, como se avalia muito o número de artigos (do pesquisador e da instituição), é cada vez mais comum se colocar em um artigo o mínimo necessário para ser publicável, e assim publicar mais de um artigo, ao invés de apenas um. O risco que se corre é sobre a qualidade e repercussão dos artigos, e suas citações. Além disto, há o risco de ser reconhecido na comunidade científica como multiplicador de artigos. O conceito na comunidade científica é algo muito subjetivo, mas importantíssimo para o pesquisador, grupo ou instituição.

9 A pressão por publicação pode levar a plágios? Não. São duas coisas distintas. Uma não justifica a outra.

10 Tipos de artigos Artigo regular Letter Artigo de revisão Artigos de proceedings (anais de conferencias) Resumos em anais de conferências

11 Em que língua devemos escrever um artigo? O objetivo básico ao escrever um artigo é que este tenha a maior divulgação possível. Ciências exatas são, de forma geral, de abrangência internacional. Então, o ideal é publicar em inglês. Casos particulares, de interesse nacional ou regional, podem nos levar a escrever em português, em revistas de circulação nacional.

12 Então, saber inglês é importante? É fundamental, se quiserem ser cientistas com impacto internacional. Para impacto nacional também! Muito cuidado com traduções de dicionários ou pedir para alguém que saiba inglês, mas não o conteúdo do artigo, para traduzi-lo de português para inglês. Exemplos. Se nenhum co-autor souber bem o inglês (ou redigir um artigo mesmo em português), pedir ajuda a colegas mais experientes ou à instituição.

13 Importância do artigo ser bem escrito Muitas vezes o artigo traz resultados muito interessantes, mas não é bem escrito e claro, e com isto não vende o peixe, nem com o árbitro nem com os leitores. Para os primeiros artigos é sempre importante contar com a ajuda de pesquisadores experientes na redação de artigos e na área de pesquisa. Eles não precisam ser co-autores por causa disto.

14 O que deve constar de um artigo Título Abstract Palavras chave e PACS Introdução Resumo da teoria e métodos empregados Descrição do aparato experimental e/ou teoria desenvolvida. Resultados Resumo e Conclusões Referências Agradecimentos

15 Título Tem que dizer, em uma frase, o que o artigo investigou e o tipo de resultado. Tem que fazer com que alguém que trabalha próximo ao assunto se interesse em ler o artigo.

16 Abstract Em um parágrafo tem que conter tudo de principal que tem no artigo. Editores escolhem árbitros pelo abstract, palavras chave e PACS. Grande percentual de leitores não lê mais do que o abstract (ou só o título). Portanto, se queremos que o artigo seja lido, o abstract tem que ser muito bem escrito.

17 Introdução Parte muito importante do artigo. Não é sobre o que o artigo contém, mas dá um panorama da área no qual o artigo está inserido. Fala-se muito de artigos de outros autores. Importância de citar os artigos importantes da área. Muito cuidado com plágios nesta parte do artigo. No final da introdução, dizer o que o artigo pretende que seja sua contribuição para o assunto. Dizer o que tem em cada sessão que vem a seguir.

18 Resumo da teoria, método, aparato experimental Fica muito difícil para mim especificar esta parte, pois varia muito de um artigo para outro. Aqui é onde o artigo efetivamente começa. Descreve tudo o que foi usado, antes da sessão de mostrar os resultados. Isto é, a teoria usada e/ou o método usado e/ou os equipamentos e arranjo experimental usado. É a base do que vem a seguir (resultados)

19 Resultados Este é o coração (núcleo) do artigo. É isto que vai decidir se o artigo é aceito ou não, se vai ter repercussão ou não, se é bom ou não. Pode aparecer de forma concisa (se for letter, por exemplo), ou com vários gráficos e tabelas.

20 Resumo (summary) e conclusões Parte também importante do artigo. No summary, resume-se em um parágrafo o que foi feito no artigo (parte do que está no abstract, mas usando o verbo no passado). Nas conclusões, também em um parágrafo ou dois, dizer de forma telegráfica a contribuição do artigo para a área, o que de importante se concluiu com este trabalho. Valorizar o artigo aqui. Eventualmente, cabe propor alguma continuidade ou sugerir trabalho para outros.

21 Referências É fundamental citar todos os trabalhos que foram usados para este artigo, inclusive quando se usam dados ou métodos destes trabalhos. É muito conveniente mostrar que está atualizado com a área, citando os principais artigos desta (em geral, na introdução). Não exagerar nas auto-citações.

22 Agradecimentos Agradecer as fonte financiadoras. Agradecer a pessoas ou instituições que ajudaram a viabilizar o projeto/artigo. Nunca agradecer a co-autores.

23 Conclusões sobre este assunto Publicar bons artigos é fundamental para um pesquisador. O número de artigos, de páginas, de coautores, varia muito de uma área para outra e do tipo de trabalho. Ninguém nasce sabendo escrever artigos. Isto vem com a experiência. Há excelentes pesquisadores experientes que não sabem escrever bons artigos.

4. Escrevendo a Monografia. TCC Profº C. J. M. Olguín

4. Escrevendo a Monografia. TCC Profº C. J. M. Olguín 4. Escrevendo a Monografia TCC 2013. Profº C. J. M. Olguín prof.olguin@gmail.com carlos.olguin@unioeste.br Sumário Ordem Física dos Capítulos; Ordem de Escrita Sugestão; Partes da Monografia. Ordem Física

Leia mais

COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS

COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS ÉTICA NA ESCRITA CITAÇÕES I. FORMAL, DIRETA OU TRANSCRIÇÃO II. INDIRETA OU PARÁFRASE III.CITAÇÃO DE CITAÇÃO CITAÇÃO FORMAL, DIRETA OU TRANSCRITA É a citação onde você

Leia mais

Elementos que Antecedem o Texto

Elementos que Antecedem o Texto Elementos que Antecedem o Texto Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos de acordo com ABNT. Os elementos pré-textuais são os elementos que antecedem o trabalho científico. São constituídos pela

Leia mais

Publicações Científicas

Publicações Científicas Publicações Científicas CEA458 Metodologia de Pesquisa Aplicada à Computação Universidade Prof. MSc. Federal George de H. G. Ouro Fonseca Preto DECEA / João Monlevade Universidade Federal

Leia mais

Volpato GL CIÊNCIA: da filosofia à publicação. 6ª ed. 377p. [www.bestwriting.com.br] SUMÁRIO

Volpato GL CIÊNCIA: da filosofia à publicação. 6ª ed. 377p. [www.bestwriting.com.br] SUMÁRIO SUMÁRIO AGRADECIMENTOS SOBRE O AUTOR PREFÁCIO À SEXTA EDIÇÃO PRIMEIRAS PALAVRAS PARTE 1 - DA FILOSOFIA À CIÊNCIA NOÇÕES DA HISTÓRIA DA CIÊNCIA EMPÍRICA O início O início de uma nova era Filosofia medieval

Leia mais

Agma Juci M. Traina. 22 de outubro de 2006

Agma Juci M. Traina. 22 de outubro de 2006 Como escrever artigos 22 de outubro de 2006 Grupo de Bases de Dados e Imagens Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação Universidade de São Paulo - São Carlos http://gbdi.icmc.usp.br WTDBD SBBD

Leia mais

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ESTRUTURA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica)

Leia mais

ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: DO TRADICIONAL AO FUNCIONAL RESUMO. Palavras-chave: Palavra. Palavra. Palavra. (Devem constar do texto do resumo)

ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: DO TRADICIONAL AO FUNCIONAL RESUMO. Palavras-chave: Palavra. Palavra. Palavra. (Devem constar do texto do resumo) ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: DO TRADICIONAL AO FUNCIONAL Nome completo do acadêmico Professor Orientador RESUMO Conforme NBR 6028, o resumo informa suficientemente ao leitor, para que este possa decidir

Leia mais

Formatação de trabalhos acadêmicos. Segundo as normas da ABNT

Formatação de trabalhos acadêmicos. Segundo as normas da ABNT Formatação de trabalhos acadêmicos Segundo as normas da ABNT ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT/CB-001 - Comitê Brasileiro de Mineração e Metalurgia ABNT/CB-005 - Comitê Brasileiro Automotivo

Leia mais

SUMÁRIO TIPOS DE LEITURA

SUMÁRIO TIPOS DE LEITURA 1 SUMÁRIO 1 TIPOS DE LEITURA... 3 1.1 Leitura Prévia/Seletiva... 3 1.2 Leitura Analítica... 3 1.3 Leitura Sintópica... 3 1.4 Técnicas de Leitura - Fichamento... 4 1.5 Resenha... 5 1.6 Pesquisa na Internet...

Leia mais

ARTIGO ACADÊMICO: FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

ARTIGO ACADÊMICO: FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ARTIGO ACADÊMICO: FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA MOTTA-ROTH, D.; HENDGES, G. R.. Produção textual na universidade. São Paulo: Parábola, 2010. 1 1. Geral Depois da introdução Cuidado com as referências Citações

Leia mais

Metodologia de pesquisa para Ciência da Computação

Metodologia de pesquisa para Ciência da Computação Metodologia de pesquisa para Ciência da Computação Prof. Raul Sidnei Wazlawick 1 Escrita da Monografia A escrita de uma monografia depende fundamentalmente da existência de algum conteúdo para ser apresentado.

Leia mais

ESTRUTURA E FORMATAÇÃO PARA PAPERS E ARTIGOS

ESTRUTURA E FORMATAÇÃO PARA PAPERS E ARTIGOS ESTRUTURA E FORMATAÇÃO PARA PAPERS E ARTIGOS 1 FORMA DE APRESENTAÇÃO Para a formatação do artigo há a necessidade de um conhecimento básico de Word, pois são vários os detalhes que você deve observar:

Leia mais

1 Mutirão Regional de Comunicação

1 Mutirão Regional de Comunicação 1 Mutirão Regional de Comunicação Regional Leste 2 da CNBB OFICINA DE PRODUÇÃO DE TEXTOS Oficina prática de produção de textos para sites, redes sociais e informativos Assessora: Aline Ferreira Texto jornalístico

Leia mais

ANEXO II. PROJETO DE PESQUISA inserir titulo. COORDENADOR Inserir nome do coordenador EQUIPE

ANEXO II. PROJETO DE PESQUISA inserir titulo. COORDENADOR Inserir nome do coordenador EQUIPE ANEXO II PROJETO DE PESQUISA inserir titulo COORDENADOR Inserir nome do coordenador EQUIPE Campus xx - BA de de TÍTULO DO PROJETO: ÁREA DO CONHECIMENTO (UTILIZAR TABELA DO CNPQ) RESUMO DO PROJETO Resumo

Leia mais

Redação do Trabalho de Conclusão

Redação do Trabalho de Conclusão Redação do Trabalho de Conclusão Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo 2010/1 1 Agenda Estrutura de Tese e Dissertação Elementos

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA - PPGEM OBSERVAÇÕES RELEVANTES PARA A EXECUÇÃO / APRESENTAÇÃO DE DISSERTAÇÕES DE MESTRADO NO PPGEM-PUC

Leia mais

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO NA MOSTRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2017

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO NA MOSTRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2017 REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO NA MOSTRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA 2017 1. INSCRIÇÕES 1.1. Poderão inscrever-se no evento: estudantes (com anuência do professor orientador do trabalho), professores,

Leia mais

Curso de Extensão. Educação Integral e em Tempo Integral Proposta de Trabalho com Blogs. Profª Drª Roberta Pasqualli - IFSC

Curso de Extensão. Educação Integral e em Tempo Integral Proposta de Trabalho com Blogs. Profª Drª Roberta Pasqualli - IFSC Curso de Extensão Educação Integral e em Tempo Integral Proposta de Trabalho com Blogs Profª Drª Roberta Pasqualli - IFSC CONCEITOS Blog é uma abreviação do termo inglês: Web (página da internet) + log

Leia mais

TÍTULO DA MONOGRAFIA

TÍTULO DA MONOGRAFIA Ministério da Educação Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Escola de Minas Departamento de Engenharia de Produção TÍTULO DA MONOGRAFIA MONOGRAFIA DE CONCLUSÃO DO CURSO EM ENGRNHARIA DE PRODUÇÃO NOME

Leia mais

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano).

CAPA (elemento obrigatório) Deve conter dados que identifiquem a obra (nome da instituição, autor, título, local, ano). ESTRUTURA DO PROJETO DE TCC O trabalho científico deverá ser organizado de acordo com a estrutura abaixo, NBR 14724/2006: capa; folha de rosto; verso da folha de rosto (ficha catalográfica) folha de aprovação

Leia mais

ROTEIRO DE REDAÇÃO. Professor da Disciplina: Mª Cristina Peixoto Data: / /2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota:

ROTEIRO DE REDAÇÃO. Professor da Disciplina: Mª Cristina Peixoto Data: / /2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota: ROTEIRO DE REDAÇÃO Professor da Disciplina: Mª Cristina Peixoto Data: / /2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota: 9º ano [A ] [B] Ensino Médio Período: Matutino Conteúdo: Artigo de opinião O que é o artigo

Leia mais

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA

MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA Aluno: Matrícula: Curso: Unidade de Estudo: Data Prova: / / MÉTODOS E TÉCNICAS DE PESQUISA AVP MÉDIA 1 A B C D 2 A B C D 3 A B C D 4 A B C D 5 A B C D 6 A B C D 7 A B C D

Leia mais

O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Simples ou Trabalho Completo. Prazo para a submissão: até dia 01 de março de 2017 as 23:59h.

O formato de trabalhos aceitos será o Resumo Simples ou Trabalho Completo. Prazo para a submissão: até dia 01 de março de 2017 as 23:59h. NORMAS PARA ELABORAÇÃO E SUBMISSÃO DO RESUMO SIMPLES E TRABALHO COMPLETO DO 4º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE: INOVAÇÃO EM SAÚDE PERSPECTIVAS, TENDÊNCIAS E DESAFIOS O formato de trabalhos aceitos será

Leia mais

O Projeto deve conter no máximo 10 laudas a partir da Introdução até Contribuição, Produtos e Benefícios.

O Projeto deve conter no máximo 10 laudas a partir da Introdução até Contribuição, Produtos e Benefícios. CTIC COMISSÃO TÉCNICA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROCESSO SELETIVO 2016/2017 INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO PROJETO INICIAÇÃO CIENTÍFICA PROTOCOLO PROAC No /2016 O Projeto deve conter no máximo 10 laudas a partir

Leia mais

EDITAL Nº. 01/2017- IV LEÃO JURIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

EDITAL Nº. 01/2017- IV LEÃO JURIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EDITAL Nº. 01/2017- IV LEÃO JURIS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO INSTRUÇÕES AOS AUTORES APRESENTAÇÃO O IV LEÃO JURIS com o tema: Reformas Trabalhista e Previdenciária,

Leia mais

COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS

COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS COMO ESCREVER ARTIGOS CIENTÍFICOS Profa. Tereza Neuma de Castro Dantas (SLIDES) Referência AQUINO, Italo de Souza. Como escrever artigos científicos, Editora Universitária-UFPB, 2ªEd., João Pessoa, 2007.

Leia mais

COMO ESCREVER UM ARTIGO E

COMO ESCREVER UM ARTIGO E 1 COMO ESCREVER UM ARTIGO E PONTOS CORRELATOS Ou Dicas e sugestões de quem tem mais cabelo branco, mas não é especialista no assunto Mario A. Lira Junior O QUE É UM ARTIGO? Principal forma de comunicação

Leia mais

Departamento de Engenharia Electrotécnica. Espaço reservado a gráficos. Máquina de Lavar Orientada para Objectos. Nuno Simão João Valente

Departamento de Engenharia Electrotécnica. Espaço reservado a gráficos. Máquina de Lavar Orientada para Objectos. Nuno Simão João Valente Departamento de Engenharia Electrotécnica Espaço reservado a gráficos Máquina de Lavar Orientada para Objectos Nuno Simão João Valente Trabalho Final de Curso do 2º Ciclo Em Engenharia Electrónica e Computadores

Leia mais

INTRUÇÕES PARA CONFECÇÃO DE DISSERTAÇÃO/TESE (NORMATIVAS ABNT NBRs)

INTRUÇÕES PARA CONFECÇÃO DE DISSERTAÇÃO/TESE (NORMATIVAS ABNT NBRs) INTRUÇÕES PARA CONFECÇÃO DE DISSERTAÇÃO/TESE (NORMATIVAS ABNT NBRs) MARGENS E FONTE Todo o trabalho deve ser escrito em fonte Arial tamanho 12, com espaçamento de 1,5 entre linhas, exceto onde haja instrução

Leia mais

EDITAL Nº. 02/2017- GRUPOS DE ESTUDOS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

EDITAL Nº. 02/2017- GRUPOS DE ESTUDOS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS UNILEÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DOUTOR LEÃO SAMPAIO CURSO DE DIREITO EDITAL Nº. 02/2017- GRUPOS DE ESTUDOS APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO EXPANDIDO INSTRUÇÕES AOS AUTORES APRESENTAÇÃO

Leia mais

AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA

AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA Centro Universitário Franciscano Pró-Reitoria de Graduação Oficinas de Apoio Técnico AUTORIA E ÉTICA EM PESQUISA Profª Vanessa Ramos Kirsten vanessark@unifra.br PESQUISA ÉTICA DIVULGAÇÃO Autoria Dados

Leia mais

NORMAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS

NORMAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS NORMAS DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES EM ENSINO DE CIÊNCIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO INTERUNIDADES DE ENSINO DE CIÊNCIAS ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO FÍSICA, QUÍMICA E BIOLOGIA Instituto de Física,

Leia mais

Currículo científico. Lattes

Currículo científico. Lattes Currículo científico Lattes http://lattes.cnpq.br/ Currículo científico Alguns dados pessoais (endereço profissional coordenação da BIO), formação acadêmica, eventos que participou, trabalhos técnicos

Leia mais

Denise Santos CAPA (VARIA COM O VOLUME) (estao todas na library)

Denise Santos CAPA (VARIA COM O VOLUME) (estao todas na library) CAPA (VARIA COM O VOLUME) (estao todas na library) Denise Santos Ampla experiência na área do ensino de língua estrangeira, tendo atuado como professora e coordenadora de inglês em escolas e cursos de

Leia mais

REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS IV JORNADA INTEGRADA DA PEDAGOGIA, PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS IV JORNADA INTEGRADA DA PEDAGOGIA, PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO PARA INSCRIÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS IV JORNADA INTEGRADA DA PEDAGOGIA, PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. A Comissão Científica da IV Jornada Integrada

Leia mais

COMO CRIAR UM CURRÍCULO. Juliana Berg

COMO CRIAR UM CURRÍCULO. Juliana Berg COMO CRIAR UM CURRÍCULO Juliana Berg CURRÍCULO O currículo é a porta de entrada para qualquer processo seletivo. Veja como reunir as informações de forma mais assertiva possível para fazer um bom currículo

Leia mais

Projeto 1000 no Enem. Conclusão. Bruna Camargo (67) (Aulas particulares)

Projeto 1000 no Enem. Conclusão. Bruna Camargo (67) (Aulas particulares) Projeto 1000 no Enem Conclusão OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: Nas dissertações, a conclusão é a parte final que condensa os pontos centrais da discussão, inclusive o posicionamento apresentado na tese. A conclusão

Leia mais

Comunicação dos resultados de um trabalho científico: 2. Comunicação de resultados em documentos escritos 2.1. Relatório 2.2.

Comunicação dos resultados de um trabalho científico: 2. Comunicação de resultados em documentos escritos 2.1. Relatório 2.2. Comunicação dos resultados de um trabalho científico: 2. Comunicação de resultados em documentos escritos 2.1. Relatório 2. Comunicação de resultados em documentos escritos 2.1. Relatório 2 2.1. Relatório

Leia mais

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO NA VII MOSTRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DEVRY BRASIL 2016

REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO NA VII MOSTRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DEVRY BRASIL 2016 REGRAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHO NA VII MOSTRA DE PESQUISA EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DEVRY BRASIL 2016 1. INSCRIÇÕES 1.1. Poderão inscrever-se no evento: estudantes (com anuência do professor orientador

Leia mais

Critérios para Alocação de Bolsas de Produtividade

Critérios para Alocação de Bolsas de Produtividade COCEX FA - Física e Astronomia Ciências Exatas e da Terra e Engenharias Critérios de Julgamento (CA- FA) Vigência: 2016 a 2018 Critérios para Alocação de Bolsas de Produtividade Em consonância com os critérios

Leia mais

NORMAS EDITORIAIS FORMATAÇÃO E-BOOKS PPGCTA/UNIVALI

NORMAS EDITORIAIS FORMATAÇÃO E-BOOKS PPGCTA/UNIVALI NORMAS EDITORIAIS FORMATAÇÃO E-BOOKS PPGCTA/UNIVALI Os E-books - Free Access é um novo ambiente científico do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência e Tecnologia Ambiental da UNIVALI/PPGCTA-UNIVALI

Leia mais

Normas para submissão e apresentação dos trabalhos na VI Semana de Ciência e Tecnologia (2015)

Normas para submissão e apresentação dos trabalhos na VI Semana de Ciência e Tecnologia (2015) Normas para submissão e apresentação dos trabalhos na (2015) NORMAS DE SUBMISSÃO E APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO... 3 Tutorial para elaboração de Resumos:... 4 Modalidade: Resumo de Pesquisa... 4 Modalidade:

Leia mais

Oratória. Prof. Raul Franzolin Neto FZEA/USP Campus de Pirassununga

Oratória. Prof. Raul Franzolin Neto FZEA/USP Campus de Pirassununga Oratória Prof. Raul Franzolin Neto FZEA/USP Campus de Pirassununga rfranzol@usp.br A arte de falar em público H C C o n h e c i m e n t o s H a b i l i d a d e s A t i t u d e s A Planejamento da Apresentação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE NORMAS PARA MODALIDADE PET PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL A apresentação

Leia mais

Como elaborar um artigo cientíico

Como elaborar um artigo cientíico Como elaborar um artigo cientíico O que é um artigo cientiico? Comunicação de idéias e informações de maneira clara e concisa. Característica: publicação em periódicos científicos. Artigo científico é

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO

COMO ELABORAR UM ARTIGO COMO ELABORAR UM ARTIGO Jaqueline C. Bueno 1 Resumo Nosso objetivo é detalhar os passos na elaboração de um artigo acadêmico. Utilizaremos a NBR 6022 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Leia mais

V Simpósio Internacional Pe. Cícero: RECONCILIAÇÃO E... AGORA? 20 a 24 de março de 2017 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PARTICIPANTES DO V SIMPÓSIO

V Simpósio Internacional Pe. Cícero: RECONCILIAÇÃO E... AGORA? 20 a 24 de março de 2017 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PARTICIPANTES DO V SIMPÓSIO EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA PARTICIPANTES DO V SIMPÓSIO 1. DISPOSIÇÕES GERAIS Este edital estabelece as normas e procedimentos para seleção de propostas de trabalhos a serem apresentadas para compor a programação

Leia mais

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito

CURSO DE... Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito. NOME DO AUTOR Letra maiúscula, fonte Times ou Arial, tamanho 12, negrito CURSO DE... NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO MARINGÁ ANO NOME DO AUTOR TÍTULO: SUBTÍTULO Recuo de 7 cm, fonte 12, espaço simples Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à Faculdade Metropolitana de Maringá

Leia mais

Apresentação. Ementa. Ementa. Ementa. Referências 14/03/2017

Apresentação. Ementa. Ementa. Ementa. Referências 14/03/2017 Professora: Janaide Nogueira E-mail: nogueirajanaide@gmail.com Materiais: https://janaide.wordpress.com Apresentação Técnica: Informática(IFCE) Secretária Escolar(FDR) Graduação: Bacharelado em Sistemas

Leia mais

Alternativas políticas e respostas jurídicas diante da crise das instituições

Alternativas políticas e respostas jurídicas diante da crise das instituições UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Campus de Franca SP Brasil V SEMINÁRIO DE DIREITO DO ESTADO Alternativas políticas e respostas jurídicas diante da crise das instituições Data: 15

Leia mais

Nome da disciplina Título do trabalho

Nome da disciplina Título do trabalho Nome da disciplina Título do trabalho Nome(s) do(s) aluno(s) e Número(s) do(s) aluno(s) Local e data AGRADECIMENTOS O autor agradece aqui aos orientadores e colegas que o ajudaram em qualquer ponto do

Leia mais

Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535 Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535 Slides criados com base no livro Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE NORMAS PARA MODALIDADE PIBID - PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535 Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535 Slides criados com base no livro Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação

Leia mais

OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS OS TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Peculiaridades e formas de conduzir seus estudos Thaisa Bueno Uma breve diferenciação antes de começarmos Divulgação científica Jornalismo científico Disseminação científica

Leia mais

REVISTA CEUMA PERSPECTIVAS. Chamada para submissão de trabalhos científicos (28ª edição)

REVISTA CEUMA PERSPECTIVAS. Chamada para submissão de trabalhos científicos (28ª edição) REVISTA CEUMA PERSPECTIVAS Chamada para submissão de trabalhos científicos (28ª edição) A Revista Ceuma Perspectivas é uma publicação científica voltada à divulgação da produção acadêmica discente e docente

Leia mais

Ensino Superior: Exigências e Competências de. Novembro de Magda Pinheiro

Ensino Superior: Exigências e Competências de. Novembro de Magda Pinheiro Ensino Superior: Exigências e Competências de Aprendizagem Novembro de 2010 Magda Pinheiro Competências de Escrita Académica Objectivos da sessão: Perceber a importância da escrita no contexto académico;

Leia mais

Prof. Dr. Ronilson de Souza Luiz blog:

Prof. Dr. Ronilson de Souza Luiz blog: Prof. Dr. Ronilson de Souza Luiz blog: capronilson@wordpress.com metodologiaeciencia@gmail.com profronilson@gmail.com 1 De acordo com a ABNT, três definições são apresentadas para o artigo: o Artigo Científico

Leia mais

Modelo de formatação ENPEX 2017 (Resumo Expandido e Artigo Completo)

Modelo de formatação ENPEX 2017 (Resumo Expandido e Artigo Completo) Modelo de formatação ENPEX 2017 (Resumo Expandido e Artigo Completo) 1. Introdução O objetivo deste documento, fundamentado na norma de referência: ABNT NBR 14724:2011, é auxiliar os autores sobre o formato

Leia mais

Os artigos doutrinários devem ter no mínimo 10 e no máximo 40 páginas.

Os artigos doutrinários devem ter no mínimo 10 e no máximo 40 páginas. NORMAS DE FORMATAÇÃO DA REVISTA BRASILEIRA DE ARBITRAGEM (RBA) 1. INFORMAÇÃO GERAL A. A RBA é uma publicação conjunta de Kluwer Law International e do Comitê Brasileiro de Arbitragem B. Os artigos submetidos

Leia mais

Investigação Aplicada I

Investigação Aplicada I Investigação Aplicada I Aula 3 1º Semestre 2016/17 Licenciatura em Ciências Biomédicas Laboratoriais igrodrigues@ualg.pt; ESSUAlg: gabinete 2.06 Prof. Inês Rodrigues Publicação Científica Publicação dos

Leia mais

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA REVISTA TECNOLOGIA EDUCACIONAL

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA REVISTA TECNOLOGIA EDUCACIONAL NORMAS PARA PUBLICAÇÃO NA REVISTA TECNOLOGIA EDUCACIONAL Os trabalhos submetidos para publicação na RTE/ABT serão analisados pelos membros do Conselho Editorial e pareceristas ad-hoc (especialistas nas

Leia mais

n Informação insuficiente sobre o estudo n Amostra inadequada ou insuficiente n Amostra viciada n Desfechos pouco claros n Hipóteses nebulosas

n Informação insuficiente sobre o estudo n Amostra inadequada ou insuficiente n Amostra viciada n Desfechos pouco claros n Hipóteses nebulosas Como redigir artigos científicos Antônio Augusto Moura da Silva PRIMEIRA AULA A publicação científica Razões para rejeição Estudos mal feitos Manuscrito não é apropriado para o jornal escolhido Estudo

Leia mais

COMO REDIGIR UM TRABALHO CIENTÍFICO NA ÁREA DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE. Prof. Anderson Cezar Prof. Vagner Sá

COMO REDIGIR UM TRABALHO CIENTÍFICO NA ÁREA DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE. Prof. Anderson Cezar Prof. Vagner Sá COMO REDIGIR UM TRABALHO CIENTÍFICO NA ÁREA DAS CIÊNCIAS DA SAÚDE Prof. Anderson Cezar Prof. Vagner Sá CONHECIMENTO NÃO VEM DE ENCICLOPÉDIAS E BIBLIOTECAS NEM O LEITE VEM DA PADARIA. LEITE VEM DE VACAS

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DESPORTIVA E DE LAZER ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO TEXTUAL DO TRABALHO FINAL Porf.a Paulina Gomes 1 INTRODUÇÃO Este roteiro apresenta, de forma resumida, os passos a

Leia mais

A estrutura básica para a elaboração de um Artigo Científico corresponde aos:

A estrutura básica para a elaboração de um Artigo Científico corresponde aos: O ARTIGO CIENTÍFICO Um artigo científico corresponde ao relato sobre as análises realizadas a respeito de um determinado tema e deve trazer dados e informações atuais. Apresenta-se como resultado de pesquisa,

Leia mais

REDAÇÃO. Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade

REDAÇÃO. Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade REDAÇÃO Nota 10! Dicas rápidas para perder o medo de escrever. Aprenda a redigir com criatividade e qualidade A folha em branco é um campo aberto para suas ideias! Questões e mais questões objetivas, testes

Leia mais

REDAÇÃO CIENTÍFICA: resultados, discussão e conclusão

REDAÇÃO CIENTÍFICA: resultados, discussão e conclusão Faculdade de Medicina Veterinária REDAÇÃO CIENTÍFICA: resultados, discussão e conclusão Prof.Adjunto Paulo César Ciarlini Ciarlini@fmva.unesp.br Escrever é uma prática social que consiste, em boa medida,

Leia mais

1. Introdução O que é um relatório Organização de um relatório Identificação As 4 questões...

1. Introdução O que é um relatório Organização de um relatório Identificação As 4 questões... Cabeçalho da secção 1 Índice 1. Introdução...1 1.1. O que é um relatório...1 2. Organização de um relatório...2 2.1. Identificação...2 2.2. As 4 questões...2 2.3. Informação adicional...2 2.4. Estrutura...2

Leia mais

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO CAPA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO - Instituição de Ensino Universidade federal de São João del-rei

Leia mais

Corpo da Dissertação ou Tese

Corpo da Dissertação ou Tese PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DOS MATERIAIS PGCEM DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA SEMINÁRIOS Corpo da Dissertação ou Tese 2015/02 Corpo

Leia mais

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Faculdade de Odontologia Biblioteca Malvina Vianna Rosa MATERIAL DE APOIO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO (TCC) PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Este documento

Leia mais

Modelo de formatação de artigo

Modelo de formatação de artigo Modelo de formatação de artigo Autor 1 (INSTITUIÇÃO) E-mail Autor 2 (INSTITUIÇÃO) E-mail Autor 3 (INSTITUIÇÃO) E-mail Autor 4 (INSTITUIÇÃO) E-mail Autor 5 (INSTITUIÇÃO) E-mail Resumo Inserir aqui resumo

Leia mais

RESUMO EXPANDIDO FATEC Araçatuba - SP

RESUMO EXPANDIDO FATEC Araçatuba - SP RESUMO EXPANDIDO FATEC Araçatuba - SP Introdução O objetivo deste documento é auxiliar os autores sobre o formato a ser atendido nos resumos expandidos que forem submetidos à Fatec Araçatuba SP em seu

Leia mais

REVISTA LÍNGUAS E INSTRUMENTOS LINGUÍSTICOS

REVISTA LÍNGUAS E INSTRUMENTOS LINGUÍSTICOS REVISTA LÍNGUAS E INSTRUMENTOS LINGUÍSTICOS Normas Gerais para Submissão Fonte: Times New Roman. Página: 14cm (largura) x 21cm (altura). Margens: superior 2cm; inferior 2cm; à esquerda 1,5cm; à direita

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TESES E DISSERTAÇÕES Porto Alegre 2012 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 INTRODUÇÃO... 4 3 ESTRUTURA... 5 3.1 Elementos Pré-Textuais... 6 3.2 Elementos Textuais... 13 3.3 Elementos

Leia mais

Manual de cessação do TABAGISMO Como o cigarro afeta minha Saúde

Manual de cessação do TABAGISMO Como o cigarro afeta minha Saúde Manual de cessação do TABAGISMO Como o cigarro afeta minha Saúde sessão 1 Parabéns! Você esta aqui e isso mostra que esta pronto para um grande passo. A maioria das pessoas hoje em dia tem uma idéia do

Leia mais

REVISTA ELETRÔNICA PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - ISSN:

REVISTA ELETRÔNICA PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - ISSN: REVISTA ELETRÔNICA PERSPECTIVAS DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA - ISSN: 1984-5693 A Revista eletrônica "Perspectivas da Ciência e Tecnologia" é um periódico técnico-científico do Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Resumo: Realizar aqui o resumo do seu artigo

Resumo: Realizar aqui o resumo do seu artigo TÍTULO DO ARTIGO. USE ESTE MODELO, SALVANDO-O COMO DOCUMENTO DO WORD. DEPOIS SOBRESCREVA ESTE TÍTULO E FAÇA O MESMO NAS OUTRAS SEÇÕES, LENDO ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES. AQUI A FONTE É TIMES NEW ROMAM 12,

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPG N.º 02/2002

RESOLUÇÃO CEPG N.º 02/2002 RESOLUÇÃO CEPG N.º 02/2002 Dispõe sobre a formatação e demais procedimentos para a preparação de dissertações de Mestrado e teses de Doutorado na UFRJ. Considerando a necessidade de um trabalho de dissertação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS REGIONAL JATAÍ COORDENAÇÃO DE EXTENSÃO E CULTURA I CONGRESSO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONEPE NORMAS PARA A MODALIDADE PÓS-GRADUAÇÃO A apresentação dos alunos dos Programas

Leia mais

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje.

20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. 20 Dicas Eficazes Para Dirigir Sem Medo Que Você Pode Aplicar Ainda Hoje. Agradecimento Quero agradecer pelo seu interesse no meu ebook. Vamos juntos te levar até o seu objetivo. Uma Excelente Leitura!

Leia mais

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS?

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? Você sente que está patinando em seu conhecimento de inglês? Essa sensação é bastante comum. Na verdade, no começo do curso sentimos que estamos tendo

Leia mais

TÍTULO DA MONOGRAFIA - FONTE 14 NEGRITO (Centralizado)

TÍTULO DA MONOGRAFIA - FONTE 14 NEGRITO (Centralizado) CAPA 3 cm NOME DO ALUNO - FONTE 14 TÍTULO DA MONOGRAFIA - FONTE 14 NEGRITO (Centralizado) UNIFEV-CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOTUPORANGA (fonte 14) NOVEMBRO/2006 (fonte 12) 2cm 3cm FOLHA DE ROSTO NOME DO ALUNO

Leia mais

b) Revisão: os artigos de revisão analisam e discutem trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc.

b) Revisão: os artigos de revisão analisam e discutem trabalhos já publicados, revisões bibliográficas etc. 1 O Artigo Científico e sua estrutura Artigo científico é parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Centro Paula Souza Faculdade de Tecnologia da Zona Leste GUIA PARA ELABORAÇÃO DE ARTIGO CIENTÍFICO Estatística Aplicada Profa Dra. Rosângela Maura Correia Bonici Sumário 1 Introdução... 3 2 Estrutura do

Leia mais

A EXPOSIÇÃO sobre um tema (género textual)

A EXPOSIÇÃO sobre um tema (género textual) A EXPOSIÇÃO sobre um tema (género textual) Português 10º ano Janeiro de 2016 Helena Borges Rosa Amaral ESM Marcas de género específicas: caráter demonstrativo, elucidação evidente do tema (fundamentação*

Leia mais

Uso do recurso Multilíngua em pesquisas no Sphinx

Uso do recurso Multilíngua em pesquisas no Sphinx Uso do recurso Multilíngua em pesquisas no Sphinx Pré requisitos: Elaboração de questionário Formulário multimídia Publicação na internet Visualização condicionada ao perfil A noção de Multilíngua em pesquisas

Leia mais

Introdução Investigação em CS. Introdução a Investigação/ Comunicação Técnica e Científica

Introdução Investigação em CS. Introdução a Investigação/ Comunicação Técnica e Científica Introdução Investigação em CS Introdução a Investigação/ Comunicação Técnica e Científica O que é um Doutoramento? Todo conhecimento humano. O que é um Doutoramento? Aprendes algumas coisas na escola primária.

Leia mais

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DISPENSA CEP

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DISPENSA CEP CEP FACULDADE SÃO LEOPOLDO MANDIC MODELO DE PROJETO DE PESQUISA ENVOLVENDO SERES HUMANOS MODELO DE PROJETO DE PESQUISA DISPENSA CEP 2015 NOME Projeto de Pesquisa para Trabalho de Conclusão de Curso/ Dissertação

Leia mais

BIBLIOTECA ORIENTAÇÕES PARA LEITURA E PESQUISA

BIBLIOTECA ORIENTAÇÕES PARA LEITURA E PESQUISA BIBLIOTECA ORIENTAÇÕES PARA LEITURA E PESQUISA Votuporanga 2012 BIBLIOTECA ORIENTAÇÕES PARA LEITURA E PESQUISA Manual com dicas para pesquisa e leitura na confecção de trabalhos acadêmicos. Votuporanga

Leia mais

PROF. FÁBIO CAMPOS ARTIGO CIENTÍFICO

PROF. FÁBIO CAMPOS ARTIGO CIENTÍFICO PROF. FÁBIO CAMPOS ARTIGO CIENTÍFICO ARTIGO CIENTÍFICO DE ACORDO COM ABNT Pode ser definido como a publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados

Leia mais

Língua e Literacia(s) no Século XXI Maputo, 4 e 5 de maio de 2017

Língua e Literacia(s) no Século XXI Maputo, 4 e 5 de maio de 2017 Língua e Literacia(s) no Século XXI Maputo, 4 e 5 de maio de 2017 1. Introdução Adquirir e desenvolver as competências de literacia exigidas atualmente pela sociedade, em geral, e pelas universidades,

Leia mais

Edital de Chamamento de Artigos

Edital de Chamamento de Artigos Edital de Chamamento de Artigos A Editora Dinâmica Jurídica informa que está aberta ao recebimento de artigos científicos para o segundo projeto denominado Estudos interdisciplinares: O contrato em suas

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO DE TRABALHOS

INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO DE TRABALHOS INSTRUÇÕES PARA A PREPARAÇÃO DE TRABALHOS SOBRENOME, Nome do Primeiro Autor (1); SOBRENOME, Nome do Segundo autor (2) (12 pts Negrito) (1) Instituição de Origem, Titulação mais elevada e-mail:primeiroautor@xxx.yyyy.br

Leia mais

IV EDIÇÃO DO PRÊMIO MELHORES TRABALHOS EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA GOIÁS

IV EDIÇÃO DO PRÊMIO MELHORES TRABALHOS EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA GOIÁS EDITAL N. 07/2017 PROPE Goiânia, 19 de junho de 2017. IV EDIÇÃO DO PRÊMIO MELHORES TRABALHOS EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA GOIÁS 1. OBJETIVO DO PRÊMIO 1.1. Valorizar e divulgar

Leia mais

Normas de publicação. editorial guidelines

Normas de publicação. editorial guidelines Normas de publicação editorial guidelines 1) As colaborações poderão ser feitas sob as seguintes formas: 1.1. Artigo inédito e original (entre 28.000 e 54.000 caracteres com espaço, incluindo as notas

Leia mais

Título do artigo Subtítulo (opcional)

Título do artigo Subtítulo (opcional) 1 Título do artigo Subtítulo (opcional) Nome Completo dos autores em Ordem Alfabética 1 Professor Orientador (Nome Completo) 2 RESUMO O resumo só poderá ser elaborado depois de concluído o trabalho. Normalmente,

Leia mais