ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO... 13

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO... 13"

Transcrição

1 ÍNDICE GERAL INTRODUÇÃO SEÇÃO I CONSIDERAÇÕES BÁSICAS SOBRE A MUTUALIDADE Índice pormenorizado da Seção I Caracterizando a Comunhão A Mutualidade e a Comunhão A Mutualidade é o Coração do Ministério Geral da Igreja Descrição da Igreja em Termos do seu Alvo e dos Ministérios que Contribuem para esse Alvo A Mutualidade e os Dons Espirituais A Mutualidade e o Discipulado Pessoal Como Garantir o Aproveitamento deste Estudo Revisão da Seção I SEÇÃO II OS MANDAMENTOS RECÍPROCOS: Uns aos Outros Índice pormenorizado da Seção II Módulo 1 Os Discípulos Valorizam Relacionamentos Segredo 1: Amem-se uns aos outros...49 Segredo 2: Aceitem-se uns aos outros...55 Segredo 3: Saúdem-se uns aos outros...61 Segredo 4: Tenham igual cuidado uns pelos outros...67 Segredo 5: Sujeitem-se uns aos outros...73 Segredo 6: Suportem-se uns aos outros...77 Módulo 2 Os Discípulos Protegem o Corpo contra a Poluição e a Infecção Segredo 7: Não tenham inveja uns dos outros

2 25 SEGREDOS PARA DERROTAR A CRISE DA COMUNHÃO Segredo 8: Deixem de julgar uns aos outros...95 Segredo 9: Não se queixem uns dos outros Segredo 10: Não falem mal uns dos outros Segredo 11: Não mordam e devorem uns aos outros Segredo 12: Não provoquem uns aos outros Segredo 13: Não mintam uns aos outros Segredo 14: Confessem os seus pecados uns aos outros Segredo 15: Perdoem-se mutuamente Módulo 3 Os Discípulos Contribuem para o Crescimento Uns dos Outros Segredo 16: Edifiquem-se uns aos outros Segredo 17: Ensinem uns aos outros Segredo 18: Encorajem-se uns aos outros Segredo 19: Aconselhem-se uns aos outros Segredo 20: Falem entre vocês com salmos, hinos e cânticos espirituais Módulo 4 Os Discípulos Servem Uns aos Outros Segredo 21: Sirvam uns aos outros Segredo 22: Levem os fardos pesados uns dos outros Segredo 23: Sejam mutuamente hospitaleiros Segredo 24: Sejam bondosos uns para com os outros Segredo 25: Orem uns pelos outros Revisão da Seção II SEÇÃO III COMO DESENVOLVER, NO PEQUENO GRUPO E NA IGREJA, A VIDA DE MUTUALIDADE Índice pormenorizado da Seção III Como Avaliar a Mutualidade do seu Pequeno Grupo ou Igreja Local Um Modelo de Instrumento para Avaliação Como Formar uma Estratégia para Melhorar a Mutualidade da sua Igreja Sugestões Práticas Revisão da Seção III BIBLIOGRAFIA APÊNDICE: Estudo das Palavras Gregas Básicas Relacionadas com a Mutualidade

3 SEÇÃO I CONSIDERAÇÕES BÁSICAS SOBRE A MUTUALIDADE PREVISÃO Introdução A Seção I apresenta a idéia da mutualidade e serve de base a todo o resto do livro. Para começar, vamos pensar na relação entre a mutualidade e a comunhão. Depois, veremos como a mutualidade se encaixa nos ministérios da igreja. Salientaremos o ministério interpessoal, no qual cada um, de acordo com o dom que recebeu, serve aos membros do Corpo. ÍNDICE DA SEÇÃO I Caracterizando a comunhão A mutualidade e a comunhão A mutualidade é o coração do ministério geral da Igreja Descrição da Igreja em termos do seu alvo e dos ministérios que contribuem para esse alvo A mutualidade e os dons espirituais A mutualidade e o discipulado pessoal Como garantir o aproveitamento deste estudo Revisão da Seção I Alvos da Seção I Ao completar o estudo da Seção I, você deverá ser capaz de: 1. Usar as definições de comunhão e de mutualidade para responder às seguintes perguntas: Qual é a base da comunhão cristã? Quais os dois principais distintivos de um grupo que está gozando a comunhão cristã? Qual a relação entre a comunhão e a mutualidade? 19

4 25 SEGREDOS PARA DERROTAR A CRISE DA COMUNHÃO 2. Explicar o que significa crise de comunhão e mencionar, no mínimo, três características de um grupo que esteja experimentando esse tipo de problema. 3. Identificar os aspectos do ministério geral da igreja, podendo mostrar onde se encaixa a mutualidade. 4. Explicar porque a mutualidade é essencial para a realização do propósito de Deus para com a sua Igreja. 5. Mencionar dois princípios que mostrem a relação entre a mutualidade e o uso dos dons espirituais. 6. Mencionar pelo menos dois princípios que tenham a ver com a relação entre a mutualidade e o discipulado pessoal, explicando porque estes princípios são importantes para você. 20

5 Seção I - Considerações Básicas sobre a Mutualidade CARACTERIZANDO A COMUNHÃO Introdução Por algumas páginas temos usado o termo, sem defini-lo. Que é mesmo a comunhão? Para alguns, é uma agradável conversa entre amigos, acompanhada, quem sabe, de cafezinho e biscoitos. Para outros, um churrasco ou piquenique de famílias da igreja. Ainda outros diriam que a comunhão consiste em nos reunirmos para cantar, compartilhar os acontecimentos dos últimos dias e orar. Outros se lembram de que comunhão é um dos nomes da Ceia do Senhor... É claro que existem várias acepções da palavra. Mas se realmente quisermos descobrir se existe em nosso grupo ou igreja uma crise de comunhão, teremos de chegar a um consenso quanto ao significado bíblico do termo. Bases para uma definição Comunhão é a tradução portuguesa mais usual da palavra grega koinonia. Vamos examinar as maneiras em que essa palavra é usada no N.T. Assim, formaremos um conceito bíblico desse termo. (Obs. No início do Apêndice deste livro, você encontrará outras palavras gregas relacionadas com koinonia. Juntando-as ao que está aqui, você poderá fazer um estudo mais completo). Palavra grega Significado literal Idéias básicas koinonia Qualidade de existir em comum; participação mútua Relação ou associação íntima entre cristãos e Deus, e de cristãos uns para com os outros Compartilhar bens materiais para suprir necessidades de outros; um donativo Participação mútua na obra do Evangelho, ou no sofrimento. Participação em diversas atividades, inclusive na Ceia do Senhor. Verificação Contextual Gl 2.9 1Co 1.9 2Co Fp 2.1 1Jo 1.3, 6-7 2Co 8.4 2Co 9.13 Rm Hb At Co Co 6.14 Fp 1.5 Fp 3.10 Fm 1.6 Definição de comunhão De acordo com o N.T., a comunhão tem a ver com aquela relação pessoal que os cristãos gozam com Deus e uns com os outros, em virtude de serem unidos a Jesus Cristo. Quem estabeleceu essa relação foi o Espírito Santo, que habita em todo cristão, unindo-o a Cristo e a todos os que são de Cristo. Essa relação se expressa de diversas maneiras, entre as quais: compartilhar bens materiais, cooperar na obra do Evangelho, e manter a unidade e o amor entre os cristãos. 21

3 Atitudes essenciais nos relacionamentos

3 Atitudes essenciais nos relacionamentos 1 Dicas para a leitura desse ebook Olá, este ebook é especialmente para você LÍDER e APREN- DIZ, mas também vai trazer algumas ideias para o seu GRUPO DE RELACIONAMENTO (dinâmicas e música). Nosso principal

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 02 A COMUNHÃO E MUTUALIDADE Vimos que a comunhão se baseia numa relação entre pessoas, e tem diversas maneiras de se manifestar. Já que as relações são mais experimentadas do que vistas, não é fácil

Leia mais

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS O DOM ESPIRITUAL E A EDIFICAÇÃO DA IGREJA Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Romanos 12,6 A cada um, porém, é dada a

Leia mais

Tudo se resolve com uma boa conversa? Protesto!

Tudo se resolve com uma boa conversa? Protesto! Tudo se resolve com uma boa conversa? Protesto! A Difícil Arte de Comunicar-se... Palavras Fundo de Experiência Fundo de Experiência A Difícil Arte de Comunicar-se... Palavras Fundo de Experiência Fundo

Leia mais

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4).

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). Leitura: Romanos 12.1-8 Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). O plano é perfeito e inclui a salvação em Cristo (2 Ts 2.13) e a capacitação para lhe servirmos (2

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Tema missiológico comum: Reino de Deus Mais de 70 vezes é referido por Jesus nos Evangelhos O tema destaca-se do começo ao

Leia mais

Valores de uma Igreja RELACIONAL

Valores de uma Igreja RELACIONAL Valores de uma Igreja RELACIONAL O que já aprendemos... A Igreja deve valorizar e incentivar os relacionamentos Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum... Da multidão dos que creram, uma

Leia mais

domingo, 3 de maio de 2009 A n é s i o R o d r i g u e s

domingo, 3 de maio de 2009 A n é s i o R o d r i g u e s A n é s i o R o d r i g u e s Atos 1:1-6 Atos 2:1-47 Atos 4:32-37 O Espírito Santo e o espírito da Igreja Atos 1:1-6 Atos 2:1-47 Atos 4:32-37 Ele vai reproduzir em mim, em nós, o mesmo espírito de Jesus

Leia mais

Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes

Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes Os Anciãos na Igreja. As Escrituras designam o serviço dos anciãos. Desde o início da igreja do Novo Testamento, a liderança na comunidade de crentes foi concedida aos apóstolos e anciãos (Atos 15:22),

Leia mais

ACOLHIMENTO Pessoas cuidando de pessoas

ACOLHIMENTO Pessoas cuidando de pessoas Nossa Visão Uma cidade transformada por Cristo através de uma igreja acolhedora que desenvolve cura social e renovação cultural, formando autênticos discípulos de Cristo transformados por meio do Evangelho.

Leia mais

Buscando o Modelo de Igreja que Deus quer PARTE 1

Buscando o Modelo de Igreja que Deus quer PARTE 1 2 Buscando o Modelo de Igreja que Deus quer PARTE 1 Precisamos ver a igreja dentro do modelo de Deus 1 Co 14:26-32 Hc 3:1-2 Jl 2:28-29 Hc 1:5 Que fazer pois quando vos reunis? A pergunta é feita a todos

Leia mais

Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9. Lição 25 A identidade da Igreja Lição 28 As celebrações da Igreja Batismo nas Águas...

Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9. Lição 25 A identidade da Igreja Lição 28 As celebrações da Igreja Batismo nas Águas... SUMÁRIO Prefácio aos alunos...7 APRESENTAÇÃO À IGREJA...9 Lição 25 A identidade da Igreja... 10 Lição 26 As marcas da Igreja... 15 Lição 27 Os ministérios da Igreja...19 Lição 28 As celebrações da Igreja

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula

Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula Amizades, dentro e fora da igreja... E aí? Salmos 1:1-3 Bem-aventurado o homem que

Leia mais

Formas de fazer discípulos. E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo.

Formas de fazer discípulos. E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo. Formas de fazer discípulos E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e de anunciar a Jesus Cristo. (At 5:42) OBJETIVO Instruir o estudante da Bíblia a adotar estas duas formas de

Leia mais

1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação.

1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação. Introdução 1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação. 4º A Regra Espiritual da Interpretação 5º O que disse Jesus

Leia mais

Dinâmica e estrutura do discipulado. Ademir Ifanger

Dinâmica e estrutura do discipulado. Ademir Ifanger Dinâmica e estrutura do discipulado Ide, pregai o evangelho e fazei discípulos, constitui a essência do mandato de Jesus Cristo. Existem duas razões fundamentais no discipulado cristão: 1. Levar o discípulo

Leia mais

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO A Bíblia retrata a igreja como

Leia mais

Uma comunidade daqueles que foram Perdoados para Amar. Pr. Alex Mello

Uma comunidade daqueles que foram Perdoados para Amar. Pr. Alex Mello Uma comunidade daqueles que foram Perdoados para Amar Pr. Alex Mello COMUNHÃO CULTO PERDÃO PREGAÇÃO ADORAÇÃO AMOR ORAÇÃO MINISTÉRIO A comunidade daqueles que foram Perdoados para Amar Pr. Alex Mello Leitura

Leia mais

DOMINGO VI DA PÁSCOA

DOMINGO VI DA PÁSCOA 237 DOMINGO VI DA PÁSCOA LEITURA I Actos 10, 25-26.34-35.44-48 «O Espírito Santo difundia-se também sobre os pagãos» Leitura dos Actos dos Apóstolos Naqueles dias, Pedro chegou a casa de Cornélio. Este

Leia mais

A Oração. Egmon Pereira. 23 de Agosto de Igreja Presbiteriana do Brasil. A Oração. Egmon Pereira. Texto Bíblico. Introdução.

A Oração. Egmon Pereira. 23 de Agosto de Igreja Presbiteriana do Brasil. A Oração. Egmon Pereira. Texto Bíblico. Introdução. Igreja Presbiteriana do Brasil 23 de Agosto de 2016 Mateus 6.5-15 5 E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos

Leia mais

Formando líderes de excelência.

Formando líderes de excelência. Formando líderes de excelência. Espirito Santo VIII Série Crescimento Espiritual Espírito Santo Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o, não muito depois destes dias.

Leia mais

...batizando em nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo...

...batizando em nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo... ESTUDO DO BATISMO : O objetivo deste estudo é levar ao irmão(a), o conhecimento da verdade bíblica sobre o batismo ensinado por Jesus Cristo, que nestes dias possamos abrir nossa mente e coração para absorvermos

Leia mais

O FRUTO DO ESPÍRITO I. INTRODUÇÃO: QUE É UM CRISTÃO?

O FRUTO DO ESPÍRITO I. INTRODUÇÃO: QUE É UM CRISTÃO? O FRUTO DO ESPÍRITO I. INTRODUÇÃO: QUE É UM CRISTÃO? Em Antioquia, os discípulos foram pela primeira vez chamados cristãos (At 11.26). A gente se pergunta: Por que os descrentes, que se opunham a Jesus

Leia mais

40 Dias de Propósitos. Detalhes de Funcionamento da Campanha Escola Bíblica 04/03/2007 Vlademir Hernandes

40 Dias de Propósitos. Detalhes de Funcionamento da Campanha Escola Bíblica 04/03/2007 Vlademir Hernandes 40 Dias de Propósitos Detalhes de Funcionamento da Campanha Escola Bíblica 04/03/2007 Vlademir Hernandes Histórico Igreja Saddleback Igreja Batista Lake Forest CA - EUA Fundada em 1980 por Rick Warren

Leia mais

Bases Para Terapia Bíblica

Bases Para Terapia Bíblica Bases Para Terapia Bíblica Aula 3 A Igreja e o Aconselhamento Bíblico INTRODUÇÃO - Desenhe a igreja : Defina igreja : IGREJA ( EKKLESIA ) : Chamado para fora...com um propósito. A quem ela pertence? Mateus

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 5: ANTROPOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Apostila: Uns aos Outros

Apostila: Uns aos Outros Rua Carlos de Campos, 447 Jacareí - SP. CEP: 12.307-430 tel:12 3953 6998 Apostila: Uns aos Outros Nome: Tel: Koinonia: Líder da Koinonia: ESTUDO 01 CARACTERIZANDO COMUNHÃO O que é mesmo comunhão? Para

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

O que temos visto na série:

O que temos visto na série: O que temos visto na série: Tiago, o irmão de Jesus, escreveu a carta no 1º Sec. Como líder da igreja, sua carta era como um sermão para ser lido em voz alta nas comunidades cristãs perseguidas e dispersas

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 07 TENHAM IGUAL CUIDADO UNS PELOS OUTROS Sinônimos: Cooperem, com igual cuidado, em favor uns dos outros. Sejam solícitos uns para com os outros. Todas as partes tenham o mesmo interesse umas pelas

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

Deus se manifestando ao homem (1º Jo 1:1 5)

Deus se manifestando ao homem (1º Jo 1:1 5) Escola Bíblica Dominical Lição 02 Deus se manifestando ao homem (1º Jo 1:1 5) Rodrigo da Silva Gomes e Diác. Vítor Hugo 12/04/2015 Roteiro da Aula Introdução; A Sua preexistência A Sua humanidade A Sua

Leia mais

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 7: Jesus, o Filho de Deus - 2ª parte.

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 7: Jesus, o Filho de Deus - 2ª parte. ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 7: Jesus, o Filho de Deus - 2ª parte. Frei Hipólito Martendal, OFM. São Paulo-SP, 31 de maio de 2012. revisão, comentários e dúvidas sobre as aulas anteriores.

Leia mais

sobre tudo o INFORMA de Canoas Igreja Batista Nº a 16 de Julho de 2016 dias de amor

sobre tudo o INFORMA de Canoas Igreja Batista Nº a 16 de Julho de 2016 dias de amor INFORMA sobre tudo o Amor Igreja Batista de Canoas Nº 891 10 a 16 de Julho de 2016 dias de amor dias de amor sobre tudo o Amor 1 Coríntios 14:1, Marcos 12:30,31, 1 Cor. 16:14 (NTLH) OS FUNDAMENTOS DO AMOR

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

Introdução Traduções e Referências Bíblicas Lição Conceitos Básicos. Lição Criação. Lição 3...

Introdução Traduções e Referências Bíblicas Lição Conceitos Básicos. Lição Criação. Lição 3... SUMÁRIO Introdução... 7 Traduções e Referências Bíblicas... 8 Lição 1... 10 Conceitos Básicos Lição 2... 12 Criação Lição 3... 14 Queda Lição 4... 16 A Promessa do Senhor Lição 5... 18 A Chegada do Salvador

Leia mais

Cuida de ti mesmo A n é s i o R o d r i g u e s

Cuida de ti mesmo A n é s i o R o d r i g u e s Cuida de ti mesmo A n é s i o R o d r i g u e s 1 Timóteo 4:16 Atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, agindo assim, você salvará tanto a si mesmo quanto

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO]

ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO] OS DONS ESPIRITUAIS ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO] Êx 18.13-27; At 27.11; 1Co 12.28, Entender os objetivos a curto e a longo prazo de uma determinada parte do trabalho da igreja e elaborar planos eficientes

Leia mais

Wagner Fonseca

Wagner Fonseca 16.06.13 Wagner Fonseca Elementos da Maturidade Introdução Medidor de Maturidade!?! Roupas Linguajar Face Tempo de Igreja Tempo na Igreja 9 E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais

Leia mais

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO I - A ORIGEM DO PECADO 1. Em relação a Deus. Em Seu plano permitiu que suas criaturas (anjos e homens) tivessem a liberdade (livre arbítrio) de viver em amor e obediência

Leia mais

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

A Igreja. Ellen White

A Igreja. Ellen White A igreja é um instrumento apontado por Deus para a salvação de homens. Foi organizada para servir e sua missão é levar o evangelho ao mundo... Maravilhosa é a obra que o Senhor se propõe a realizar por

Leia mais

INTEGRIDADE O CARÁTER TESTADO NA TENTAÇÃO PART II

INTEGRIDADE O CARÁTER TESTADO NA TENTAÇÃO PART II INTEGRIDADE O CARÁTER TESTADO NA TENTAÇÃO PART II Parte 2 - O Caráter testado na tentação Ninguém ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém

Leia mais

Saber é conhecer, ser ou estar informado, tendo conhecimentos gerais ou específicos sobre algum tema ou sobre a própria vida.

Saber é conhecer, ser ou estar informado, tendo conhecimentos gerais ou específicos sobre algum tema ou sobre a própria vida. Três verdades essenciais que você precisa saber Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 23/08/2009 Culto do Amigo Saber é conhecer, ser ou estar informado, tendo conhecimentos gerais ou específicos sobre

Leia mais

4 O que é uma igreja baseada em princípios?

4 O que é uma igreja baseada em princípios? 4 O que é uma igreja baseada em princípios? Essa igreja é uma comunidade local onde todos os membros, vivenciando os princípios apresentados na Palavra de Deus, têm por objetivo glorificar a Deus e cumprir

Leia mais

LIÇÃO 10 A DIMENSÃO PRESENTE E FUTURA DO REINO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 10 A DIMENSÃO PRESENTE E FUTURA DO REINO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 10 A DIMENSÃO PRESENTE E FUTURA DO REINO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A DIMENSÃO DO REINO DE DEUS O Reino de Deus é adimensional existindo por si só no plano espiritual e material.

Leia mais

Escolha o assunto e os limites do estudo

Escolha o assunto e os limites do estudo Método Tópico Escolha o assunto e os limites do estudo Tema: unção (unção, ungir, ungido) descobrir o significado da unção no AT e NT. Quem era ungido por Deus (ou Jesus ou o Espírito Santo)? O que é a

Leia mais

CATECISMO do Século XXI

CATECISMO do Século XXI CATECISMO do Século XXI IGREJA ANGLICANA REFORMADA DO BRASIL IGREJA ANGLICANA REFORMADA DO BRASIL Sumário Introdução 1 Prefácio 3 A Chamada de Deus 7 A Fé Cristã 11 A Obediência Cristã 17 O Crescimento

Leia mais

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 6º ENCONTRO

Buscando a excelência no casamento. Adalberto Vargas da Rosa 6º ENCONTRO 6º ENCONTRO SUBMISSÃO: A ALEGRIA DA ESPOSA SUBMISSÃO: A ALEGRIA DA ESPOSA O mundo ordenado por Deus, através das suas instituições, para que as pessoas vivam em harmonia e protegidas. SUBMISSÃO: A ALEGRIA

Leia mais

O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13

O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13 O Pai Nosso Explorando Mateus 6:9 13 Mestre, por favor, nos ensine a orar. Quando os discípulos de Jesus Lhe perguntaram como deveriam orar, Jesus lhes ensinou esta oração. Todas as citações bíblicas usadas

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA IGREJA LOCAL

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA IGREJA LOCAL PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NA IGREJA LOCAL Questões Estratégicas Que tipo de igreja queremos ser nos próximos 10 anos? Como chegar lá? Quais os rumos, os caminhos que devemos seguir? Que planos devemos traçar?

Leia mais

EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO:

EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO: EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO: Entender que a tarefa de evangelizar exige tanto esforços pessoais como de grupos organizados, no sentido de ganhar convertidos para Cristo; Desenvolver uma cooperação mais de

Leia mais

VI Domingo do Tempo Pascal

VI Domingo do Tempo Pascal VI Domingo do Tempo Pascal Caríssimos Irmãos e Irmãs: A Liturgia da Palavra deste VI Domingo de Páscoa sublinha, sobremaneira, o tema do amor; definindo-o como realidade divina: Deus é amor. (1Jo 4,8).

Leia mais

SÉRIE ESTUDOS: As emoções podem interferir no crescimento espiritual? Pastor Roberto Cruvinel

SÉRIE ESTUDOS: As emoções podem interferir no crescimento espiritual? Pastor Roberto Cruvinel SÉRIE ESTUDOS: As emoções podem interferir no crescimento espiritual? Pastor Roberto Cruvinel Considerações Quantos crentes em nossos dias aprenderam que ser cristão é ser uma pessoa inatingível. E que,

Leia mais

PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA

PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA PLANO DE LEITURA DA BÍBLIA Como Ler a Bíblia Reserve tempo para ler a Bíblia cada dia. É bom guardar sempre a mesma hora. Dedique tanto tempo quanto seja possível, cuidando para que outras coisas não interrompam

Leia mais

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA

A 2 3:18 PNEUMATOLOGIA VASOS DE OURO Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. 2 Pe. 3:18 PNEUMATOLOGIA OS DONS DO

Leia mais

A comunhão é o grande desafio da cristandade e dos evangélicos desde o primeiro século da história da Igreja.

A comunhão é o grande desafio da cristandade e dos evangélicos desde o primeiro século da história da Igreja. Comunhão: Resultado de experiências radicais com Jesus. (Estudo 1) Marcos 14.17-24 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 01/08/2010 Mês da Comunhão 2 A comunhão é o grande desafio da cristandade e dos

Leia mais

III. Tem que acertar o passo!

III. Tem que acertar o passo! ClASSE DE CASAIS CURSO: CONSTRUINDO UM CASAMENTO COM AMOR III. Tem que acertar o passo! Bíblia na Linguagem de Hoje: Deixem que o Espírito de Deus dirija a vida de vocês e não obedeçam aos desejos da natureza

Leia mais

A VONTADE DE DEUS e os VENENOS que atacam nosso coração

A VONTADE DE DEUS e os VENENOS que atacam nosso coração A VONTADE DE DEUS e os VENENOS que atacam nosso coração Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos. - JOÃO 15:8 A vontade de Deus é que você dê muitos frutos!

Leia mais

O Espírito Santo. Ontem e Hoje

O Espírito Santo. Ontem e Hoje O Espírito Santo Ontem e Hoje E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem

Leia mais

O ensino que transforma

O ensino que transforma O ensino que transforma Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente

Leia mais

Slide 2

Slide 2 ( ) 8. Na Igreja, que é o corpo de Cristo, coluna e firmeza da verdade, uma, santa e universal assembleia dos fiéis remidos de todas as eras e todos os lugares, chamados do mundo pelo Espírito Santo para

Leia mais

O FRUTO DO ESPÍRITO O PODER DE UMA VIDA ORIENTADA PELO ESPÍRITO SANTO

O FRUTO DO ESPÍRITO O PODER DE UMA VIDA ORIENTADA PELO ESPÍRITO SANTO O FRUTO DO ESPÍRITO O PODER DE UMA VIDA ORIENTADA PELO ESPÍRITO SANTO O Fruto do Espírito é a metáfora utilizada pelo apóstolo Paulo para descrever os efeitos da vinda do Espírito Santo de Deus a nós,

Leia mais

CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE

CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE CAPÍTULO 03 PERNAS QUE DÃO SUPORTE Nossas pernas dão suporte ao nosso corpo inteiro e nos permitem andar, correr e pular. A facilitação na célula da suporte aos membros do grupo, capacitando-os a e x e

Leia mais

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global EVANGELISMO Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais Pré-Tarefas Antes

Leia mais

ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus

ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus LEMA E VISÃO 2012.2015 ADORAÇÃO IRRESISTÍVEL Adoradores quebrantados movendo o coração de Deus Por Pr. Amadilson de Paula Diretor

Leia mais

A Igreja Hoje: Propósito e Valor

A Igreja Hoje: Propósito e Valor A Igreja Hoje: Propósito e Valor Aula IV: Deus ama Sua Igreja e deseja mantê-la saudável através da disciplina bíblica. Definição de Disciplina: Todos os meios e medidas pelas quais a igreja busca a sua

Leia mais

O LIVRO DE. Maldito dia! LIÇÃO IV TRI-2016

O LIVRO DE. Maldito dia! LIÇÃO IV TRI-2016 IV TRI-2016 Maldito dia! O LIVRO DE JÓ VERSO PARA MEMORIZAR Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas Tu criaste, sim, por causa da Tua vontade vieram

Leia mais

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15

O papel central da Igreja: A Glória de Deus. Um breve estudo em João 15 O papel central da Igreja: A Glória de Deus Um breve estudo em João 15 Entendendo o texto Jesus estava em seus últimos momentos como homem, na terra. Jesus estava advertindo seus discípulos a não imitarem

Leia mais

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra.

Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. Pr. Cantoca Carta 1 Pedro Cap 2.1-10 Sermão manhã IBFé 29Nov2015 Introdução: Nessa mensagem vamos tratar da Igreja única. É uma instituição decretada por Deus, a fim de representá-lo na terra. O Senhor

Leia mais

1º Trimestre de 2017: Vida Cristã

1º Trimestre de 2017: Vida Cristã LIÇÃO 01 Salvação, a nova vida com Cristo Forme um quarteto. Pesquise sobre as fases da metamorfose da lagarta/ borboleta em comparação a conversão do cristão. + 10 pontos bônus (pela criatividade na apresentação:

Leia mais

O culto coletivo é importante para Deus? Deus valoriza o culto que prestamos a Ele? Deus se importa com o louvor que oferecemos a Ele?

O culto coletivo é importante para Deus? Deus valoriza o culto que prestamos a Ele? Deus se importa com o louvor que oferecemos a Ele? Hebreus 10:24-25. O culto coletivo é importante para Deus? Deus valoriza o culto que prestamos a Ele? Deus se importa com o louvor que oferecemos a Ele? Deus leva em consideração as coisas que falamos

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS A LITERATURA DE PROTESTO A controvérsia a respeito da circuncisão obrigatória

Leia mais

Sexta-feira 1. Definições: 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: 4. Perseverança:

Sexta-feira 1. Definições: 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: 4. Perseverança: Sexta-feira 1. Definições: Casamento regido pela graça 2. Salvação: Casamento é uma maquete de uma realidade maior 3. Santificação: Casamento é um palco onde a transformação acontece 4. Perseverança: Casamento

Leia mais

Voltado a Deus I. O Imperativo Divino

Voltado a Deus I. O Imperativo Divino Deus trabalha movido por oração. Quando Deus quer fazer certa coisa, Ele inspira oração para que Ele possa agir. Ele somente trabalha desta forma. Em Gênesis 20 lemos a primeira estória sobre cura narrada

Leia mais

O CASAMENTO QUE DEUS DESEJA

O CASAMENTO QUE DEUS DESEJA O CASAMENTO QUE DEUS DESEJA Escola Bíblica IBCU A Esposa e o Marido segundo a Bíblia A Esposa na Bíblia CASAMENTO É UMA É Submissa ao Marido (Ef 5.21,22) O que não significa ser submissa ao marido. Colocar

Leia mais

Vivendo a Vida Santa

Vivendo a Vida Santa Livrinho 2 Pàgina 35 Lição Cinco Vivendo a Vida Santa Pode você descrever numa só palavra a qualidade de vida que procura levar? Muitas e variadas respostas são dadas a essa pergunta. Mas, da perspectiva

Leia mais

DIFERENÇA ENTRE LOUVOR E ADORAÇÃO Ensinos Bíblicos Que Todo Cristão Deveria Saber

DIFERENÇA ENTRE LOUVOR E ADORAÇÃO Ensinos Bíblicos Que Todo Cristão Deveria Saber Autor DIFERENÇA ENTRE LOUVOR E ADORAÇÃO Ensinos Bíblicos Que Todo Cristão Deveria Saber O Prof. Robert Amorim é fundador da Escola do Chamado e também professor e um dos diretores do Sistema de Ensino

Leia mais

A leitura da Bíblia. questões centrais

A leitura da Bíblia. questões centrais questões centrais O que é a Bíblia? Quem é o autor e como escreveu? O que é o tema central? Por quê devo lê-la? Quando devo lê-la? Como? Requisitos? Como? Ajuda? Um novo propósito! o que é a Bíblia (1)

Leia mais

Nosso Ministério Sacerdotal

Nosso Ministério Sacerdotal As 3 pedras fundamentais para o ministério do povo de Deus são: O SACERDÓCIO de todos os discípulos de Jesus Os DONS DO ESPÍRITO SANTO manifestos em cada discípulo O EXEMPLO E MODELO de Jesus como servo

Leia mais

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL Pr. Adriano Diniz 18 jan 2015 TEXTO ÁUREO O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar

Leia mais

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20

RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 MÓDULO 1 RECAPITULANDO... MATEUS 28:18-20 18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os

Leia mais

Bem Vindo, Espírito Santo!

Bem Vindo, Espírito Santo! RESGATE EDITORA APRESENTA Bem Vindo, Espírito Santo! COMO TER UMA VIDA CHEIA DO ESPÍRITO Por João Cruz RESGATE EDITORA APRESENTA Bem Vindo, Espírito Santo! COMO TER UMA VIDA CHEIA DO ESPÍRITO Bem Vindo,

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 8: ECLESIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

MINISTÉRIO DA ORAÇÃO Prioridade da oração.

MINISTÉRIO DA ORAÇÃO Prioridade da oração. MINISTÉRIO DA ORAÇÃO Jesus instruiu os discípulos a aguardarem pelo batismo do Espírito Santo antes de realizarem qualquer atividade em oração. Ela é a nossa ferramenta mais poderosa no Grande Conflito.

Leia mais

O Espírito Santo é o nosso Ajudador, Consolador e Conselheiro, que nos guia e faz lembrar da Palavra de Deus.

O Espírito Santo é o nosso Ajudador, Consolador e Conselheiro, que nos guia e faz lembrar da Palavra de Deus. Ser cheia do Espírito é o melhor que posso desejar do novo nascimento em Cristo. Nós necessitamos totalmente do Espírito Santo para nossa vida cristã diária. Jamais conseguiremos viver os ensinos de Jesus

Leia mais

01 Fevereiro de 2015 Fidelidade - Lição 5 A crise de fidelidade na Igreja

01 Fevereiro de 2015 Fidelidade - Lição 5 A crise de fidelidade na Igreja 01 Fevereiro de 2015 Fidelidade - Lição 5 A crise de fidelidade na Igreja Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Texto Áureo Assim como nos escolheu, nele, antes

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO

ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO CONTEÚDOS ENSINO RELIGIOSO - 9º ANO Coleção Interativa UNIDADE 1 Preparo para o céu 1 - Rota errada A seriedade do pecado Características do pecado Solução 2- Giro de 180 graus Sentimento de culpa Verdadeiro

Leia mais

Manual de Discipulado 8 Passos para a Vida Cristã

Manual de Discipulado 8 Passos para a Vida Cristã Manual de Discipulado 8 Passos para a Vida Cristã Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro, excetuando-se o conteúdo de domínio público, poderá ser reproduzida ou transmitida, sejam quais

Leia mais

Qual é o Evangelho Completo?

Qual é o Evangelho Completo? Qual é o Evangelho Completo? "Evangelho" significa boa notícia! Cristo é a Boa Nova de Deus para o homem. Assim, Cristo é o Evangelho. O anúncio de Cristo plenamente com todas as Suas bênçãos é mensagem

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã

Assessoria de Educação. Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Assessoria de Educação Pastor Joel Nascimento Congresso Renovação Ministerial Fev/2016 Avivamento Bíblico - Jaçanã Agenda O que é a EBD? Considerações sobre o Ensino Algumas recomendações para os professores

Leia mais

TI GO. LIÇÃO - 09 Legislador IV TRIMESTRE. e Juiz

TI GO. LIÇÃO - 09 Legislador IV TRIMESTRE. e Juiz cartas de TI GO 2014 LIÇÃO - 0 Legislador IV TRIMESTRE e Juiz RELEMBRANDO A sabedoria na prática Sabedoria X sabedoria Causa de guerras e contendas Problema x Solução A exaltação na prática RELEMBRANDO

Leia mais

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas Cantos do Evangelho Pe. José Weber, SVD Cantos do Evangelho Anos A, B e C & Solenidades e Festas Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Autor de todas as melodias Pe. José Weber, SVD Organização

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

Escrito por Presb. Taciano Cassimiro Seg, 02 de Fevereiro de :25 - Última atualização Ter, 03 de Fevereiro de :07

Escrito por Presb. Taciano Cassimiro Seg, 02 de Fevereiro de :25 - Última atualização Ter, 03 de Fevereiro de :07 Falar sobre oração é fácil, difícil é pratica-la, é torna-la real em nosso dia a dia. Contudo somos ensinados nas Escrituras a orar sem cessar, 1 Ts 5.17. Cristo Jesus é nosso exemplo maior, é nosso modelo

Leia mais

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS

UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS Frutos-3 Impact0 LIÇÃO 13 VIVENDO A VIDA COM DEUS UNIDADE 2: APRENDENDO A BRILHAR REVISÃO E CELEBRAÇÃO PARA PEQUENOS GRUPOS 9-11 Anos HISTÓRIA BÍBLICA João 15:12 A Bíblia nos ensina que Deus quer que sejamos

Leia mais

Jesus ensinou seus discípulos a servir

Jesus ensinou seus discípulos a servir Jesus ensinou seus discípulos a servir Mateus 20:25-28 Jesus os chamou e disse: Vocês sabem que os governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas. Não será assim entre

Leia mais

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS

IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS IGREJA PRESBITERIANA DO JARDIM BRASIL ESTUDO BÍBLICO QUARTA-FEIRA REV. HELIO SALES RIOS INTRODUÇÃO Culto é um serviço Espiritual oferecido a Deus. Expressão mais profunda do nossos sentimentos de adoração

Leia mais