ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1"

Transcrição

1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 DC /10/07 Rev Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho Estadual de Educação de 18 de setembro de Perfil Profissional O Curso Técnico de Informática desenvolverá no educando as seguintes habilidades e competências profissionais: Desenvolver programas com orientação a objeto; conceber a lógica; definir algoritmos; estabelecer natureza, origem e estrutura de dados; Utilizar ambientes de programação com edição, compilação, testes e geração de códigos integrados, inclusive aqueles que acompanham programas aplicativos, a partir de especificações; Atender a necessidade do usuário em sua estação de trabalho; Planejar e desenvolver projetos de instalações de redes de comunicação entre os computadores; pesquisar os requisitos e os recursos necessários; Avaliar o desempenho do sistema, em atividades individuais e em grupo; empregar técnicas e procedimentos de trabalho, instrumentos, ferramentas convencionais e informatizadas, de acordo com especificações, instruções e normas técnicas; Atender usuários administrando os serviços de rede, dentro dos princípios de qualidade, produtividade e de preservação ambiental, podendo, quando for o caso, prestar assistência técnica; Conceber e estruturar projetos, a partir de decisões em grupo de trabalho baseadas em levantamentos técnicos; fazer desenhos e especificações da distribuição física dos computadores; estabelecer o sistema de cabeamento e os equipamentos de controle da comunicação, prevendo tempo e custos de implantação, considerando as necessidades dos clientes, utilizando catálogos, manuais de instalação do fabricante e normas técnicas. Desenvolver programas através de técnicas de programação, incluindo origem, composição, polimorfismo e classes abstratas; conceber a lógica; definir algoritmos e utilizar ambientes de programação com edição, compilação, testes e geração de código integrado, inclusive aqueles que acompanham programas aplicativos, a partir de especificações; atender a necessidade do usuário em sua estação de trabalho. Desenvolver programas utilizando classes, objetos, templates e ponteiros; definir algoritmos; utilizar ambientes de programação com edição, compilação, testes e geração de código integrado, inclusive aqueles que acompanham programas aplicativos, a partir de especificações; atender a necessidade do usuário em sua estação de trabalho. Modelar e implementar programas que utilizem árvores binárias, algoritmos associados representações de ponteiros e variáveis. Estruturar e codificar programas utilizando linguagem de programação de baixo nível, em ambientes com sistema operacional monousuário e multitarefa, a partir de especificações, de acordo com os manuais técnicos dos fabricantes. Elaborar interfaces de proteção para sistemas de informações compartilhadas. Fazer o controle dos serviços de rede; administrar os recursos dos sistemas operacionais dos servidores, local e remotamente, de acordo com os manuais técnicos dos fabricantes e orientações específicas da empresa, garantindo a disponibilidade dos mesmos e a segurança de dados e informações. Detectar falhas que possam intervir nas condições ótimas, funcionais e estruturais do sistema; inspecionar e testar computadores, periféricos, servidores de rede e demais equipamentos de comunicação, de acordo com os padrões estabelecidos em projeto; elaborar relatórios técnicos dos levantamentos; e determinar, quando for o caso, as medidas corretivas necessárias. Participar de grupos de trabalho, em atividades de desenvolvimento de programas, interfaces ou aplicações voltadas a conexão a redes comunicação de dados de acordo com as especificações estabelecidas em projeto; zelar pela higiene e segurança do trabalho. Produzir documentação profissional de qualidade, dos programas, interfaces e aplicações desenvolvidos; utilizar ferramentas de software. Orientar os usuários no uso dos recursos da rede de comunicação e programas aplicativos, individualmente e em grupo, a partir do levantamento de necessidades tornando-os aptos na seleção e utilização dos mesmos, de acordo com as orientações da empresa. 3. Validade Válido para todas as turmas iniciantes a partir do primeiro semestre de Elaboração: Elaine Hort Aprovação: José Luiz Schmitt Cópia Não Controlada Página 1 de 6

2 4. Matriz Curricular O currículo está estruturado por 04 módulos, sendo o módulo Básico pré-requisito para os demais módulos para garantir o desenvolvimento de competências fixadas pela Resolução CNE/CEB 04/99, além daquelas que foram identificadas pela ETT, com a participação da comunidade escolar e empresarial. ÁREA PROFISSIONAL: INFORMÁTICA HABILITAÇÃO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA MÓDULOS/ CERTIFICAÇÃO Básico Análise de Suporte a Informátic a Programaç ão de Sistemas Programaç ão para Internet Sem Analista de Suporte a Informática Programador de Sistemas Programador para Internet DICIPLINAS FUNDAMENTOS DE PROGRAMAÇÃO Conhecer e identificar as estruturas básicas de programação; Cópia Não Controlada Página 2 de 6 C. H. (h) Técnicas de Comunicação 60 Fundamentos de Programação 60 Internet 60 Fundamentos de Banco de Dados 60 Sistemas Operacionais 60 Redes de Computadores 120 Hardware 60 Suporte ao Cliente 60 Empreendedorismo 60 Sistemas de Banco de Dados 60 Programação de Sistemas 120 Lógica de Programação 60 Análise de Sistemas 60 Programação para Internet 120 Computação Gráfica 60 Multimídia 60 Trabalho Experimental 60 C. H. Total (h) TOTAL DE HORAS 1200 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 100 TOTAL GERAL , e MÓDULO BÁSICO TÉCNICAS DE COMUNICAÇÃO Conhecer as técnicas de elaboração de trabalhos escritos com o uso da metodologia científica; Conhecer as técnicas de apresentação de trabalhos em público. Elaborar trabalhos escritos com o uso da metodologia científica; Utilizar as técnicas de apresentação de trabalhos em público. Redação Técnica; Técnicas de Comunicação.

3 Conhecer as regras e procedimentos na criação de programas estruturados e orientados a objetos. Elaborar programas utilizando-se das estruturas básicas de programação; Aplicar as regras e procedimentos necessários para a criação de programas estruturados e orientados a objeto. Programação estruturada; Programação orientada a objeto. INTERNET Identificar os recursos mais adequados no desenvolvimento de web sites; Compreender os procedimentos necessários para o desenvolvimento de páginas simples para a Internet. Projetar e desenvolver páginas simples para a Internet; Aplicar os recursos que otimizem o desenvolvimento de web sites. Criação de web sites; Gerenciamento de web sites. FUNDAMENTOS DE BANCO DE DADOS Compreender os conceitos básicos de banco de dados e sua terminologia; Compreender o processo de modelagem de sistemas através da metodologia relacional de banco de dados. Aplicar os conceitos de banco de dados na criação de pequenos sistemas de controle de dados; Elaborar a modelagem de sistemas através da metodologia relacional de banco de dados. Modelagem de dados; Gerenciamento de banco de dados. SISTEMAS OPERACIONAIS Conhecer os tipos de sistemas operacionais e suas aplicações; Conhecer os algoritmos e funções definidas pelos sistemas operacionais. Utilizar de forma adequada os tipos de sistemas operacionais e suas aplicações; Desenvolver algoritmos e funções definidas pelos sistemas operacionais. Sistemas operacionais; Algoritmos e funções dos sistemas operacionais. MÓDULO ANÁLISE DE SUPORTE A INFORMÁTICA Pré-Requisito: Módulo Básico : Analista de Suporte a Informática REDES DE COMPUTADORES Carga Horária: 120 horas Conhecer o funcionamento dos dispositivos que compõem uma rede de computadores científica; Identificar o funcionamento de um microcomputador como servidor e cliente em uma rede; Conhecer os tipos de comunicação existentes e suas linguagens; Conhecer as instruções dos sistemas operacionais necessários para a administração de uma rede de computadores. Atuar na administração dos dispositivos de uma rede de computadores; Monitorar o desempenho e funcionamento dos computadores de uma rede; Aplicar os recursos de comunicação de dados para o funcionamento adequado de uma rede; Aplicar as instruções dos sistemas operacionais no controle de uma rede. Administração de dispositivos de redes; Performance de redes; Comunicação de dados; Sistemas Operacionais para redes. Cópia Não Controlada Página 3 de 6

4 HARDWARE Conhecer os dispositivos que compõem um microcomputador; Conhecer o funcionamento integrado dos sistemas operacionais com os dispositivos de hardware. Montar um microcomputador; Integrar os dispositivos de hardware através de recursos do sistema operacional. Estrutura dos microcomputadores; Dispositivos de hardware. SUPORTE AO CLIENTE Conhecer as tecnologias dos dispositivos de cada geração dos microcomputadores; Indicar o software e o hardware necessário para montagem de uma rede de computadores. Descrever as tecnologias envolvidas em cada uma das gerações dos microcomputadores; Descrever os softwares e hardwares que se integram com mais facilidade. Tecnologia dos microcomputadores; Integração de software e hardware. EMPREENDEDORISMO Desenvolver atitudes comportamentais fundadas no espírito empreendedor e na responsabilidade social; Analisar a viabilidade econômico-financeira de novos negócios. Planejar e dirigir com dinamismo equipes de trabalho e exercer uma liderança eficaz na organização; Identificar eventuais falhas nos processos administrativo-gerenciais, propondo contínuas melhorias organizacionais e elaborar um plano de negócio conforme modelo proposto. Características empreendedoras; Plano de Negócios. MÓDULO PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS Pré-Requisito: Módulo Básico : Programador de Sistemas SISTEMAS DE BANCO DE DADOS Conhecer a metodologia de desenvolvimento de sistemas baseado em banco de dados de quarta geração; Identificar as ferramentas que permitam projetar sistemas de banco de dados comerciais. Utilizar SGBD de quarta geração no desenvolvimento de sistemas; Desenvolver sistemas de banco de dados comerciais. Banco de dados de quarta geração; Sistemas comerciais. PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS Carga Horária: 120 horas Conhecer os recursos de pesquisa a banco de dados; Conhecer os recursos das tecnologias de banco de dados para o desenvolvimento de sistemas; Estabelecer os procedimentos de geração de relatórios estatísticos e de apoio a decisão; Identificar e projetar sistemas de acordo com a necessidade do cliente. Aplicar os recursos de pesquisa a banco de dados; Cópia Não Controlada Página 4 de 6

5 Manter sistemas de banco de dados de alta tecnologia; Elaborar relatórios estatísticos e de apoio a decisão; Desenvolver sistemas sob demanda. Programação voltada a banco de dados; Gerenciamento de banco de dados; Geração de relatórios estatísticos; Análise de sistemas. LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Aplicar o raciocínio lógico matemático no desenvolvimento de estruturas de programação; Conhecer as técnicas de programação orientado a objeto. Aplicar o raciocínio lógico na solução de problemas computacionais; Desenvolver sistemas utilizando-se da orientação a objeto. Linguagem de programação estruturada; Orientação a objeto. ANÁLISE DE SISTEMAS Identificar os diversos modelos de ciclo de vida existentes, mostrando as vantagens e desvantagens de cada um deles; Conhecer as metodologias de Engenharia de Software. Apresentar o ciclo de vida de um sistema; Aplicar as metodologias de engenharia de software. Ciclo de vida dos sistemas; Engenharia de software. MÓDULO PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET Pré-Requisito: Módulo Básico : Programador para Internet PROGRAMAÇÃO PARA INTERNET Carga Horária: 120 horas Planejar o desenvolvimento de web sites com acesso a banco de dados; Planejar a construção de web sites dinâmicos baseados em novas tecnologias; Compreender os métodos e técnicas de desenvolvimento de aplicações avançadas para Internet; Identificar soluções na otimização e melhoria da performance de web sites. Projetar e desenvolver web sites com acesso a banco de dados; Construir web sites dinâmicos; Desenvolver aplicações avançadas para Internet; Implementar melhorias na performance de web sites. Banco de dados para Internet; Web sites dinâmicos; Aplicações avançadas para Internet; Performance de web sites. COMPUTAÇÃO GRÁFICA Conhecer as ferramentas de apoio na criação de objetos utilizáveis em web sites; Conhecer a teoria referente à abrangência visual e aplicação em softwares gráficos. Utilizar ferramentas de desenvolvimento de objetos e imagens utilizáveis em web sites; Desenvolver aplicações gráficas para utilização em web sites. Ferramentas de multimídia; Computação gráfica. Cópia Não Controlada Página 5 de 6

6 MULTIMÍDIA Conhecer as técnicas de desenvolvimento de aplicações multimídia, através de software específico; Planejar a melhoria de web sites com alta performance visual, podendo interagir com som, imagem e movimento. Utilizar novas tecnologias na integração de multimídia com web sites; Integrar aplicações de multimídia com web sites dinâmicos. Novas tecnologias no desenvolvimento de web sites; Integração de multimídia e web sites. TRABALHO EXPERIMENTAL Propor planos de negócios voltados para internet, a partir de posturas e ações empreendedoras, com visão de empregabilidade; Identificar técnicas na liderança de equipes de trabalho, aplicando métodos de gestão administrativa. Desenvolver planos de negócios voltados novas aplicações em internet; Aplicar métodos de gestão administrativa na liderança de equipes. Novos negócios para Internet; Gestão administrativa. 5. Fluxograma Módulo Básico horas Módulo Análise de Suporte Módulo Programação de Módulo Programação para a Informática Sistemas Internet horas horas horas Analista de Suporte a Informática Programador de Sistemas Programador para Internet Trabalho de Conclusão de Curso horas Cópia Não Controlada Página 6 de 6

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE TELECOMUNICAÇÕES: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE TELECOMUNICAÇÕES: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE TELECOMUNICAÇÕES: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM TELECOMUNICAÇÕES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4014 08/10/13 Rev. 02 1.Dados Legais Autorizado pelo Parecer 324 de 21/11/2006,

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM QUALIDADE NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM QUALIDADE NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM QUALIDADE NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4020 04/10/2013 Rev. 01 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 277 de 18/09/2007, Decreto 748 Publicado D.O 18.236 de 26/10/07.

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM VENDAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM VENDAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM VENDAS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4023 08/10/13 Rev. 01 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 40 de 26/02/2008, Decreto 1.297 Publicado D.O 18.346 de 22/04/2008. Parecer

Leia mais

TOTAL GERAL 1.000 ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO (OPTATIVA)

TOTAL GERAL 1.000 ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO (OPTATIVA) ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM RECURSOS HUMANOS NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4021 19/12/2013 Rev. 01 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 469 de 24/11/2009. DECRETO No 2.929, de 21 de dezembro de

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM ELETRÔNICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM ELETRÔNICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM ELETRÔNICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4018 09/10/13 Rev. 01 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 324 de 21/11/2006, Decreto 4.945 Publicado D.O 18.018 de 04/12/2006.

Leia mais

DESENHO DE CARGOS E TAREFAS

DESENHO DE CARGOS E TAREFAS Faculdade de Tecnologia SENAC GO Gestão de Pessoas Professor: Itair Pereira da Silva Grupo: Luís Miguel Nogueira de Resende, Valdivino de Carvalho, Rodrigo Neres Magalhães e Venicyus Venceslencio da Paz.

Leia mais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:25. Centro de Ciências Exatas e Naturais

DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS Registros Acadêmicos da Graduação. Ementas por Currículo 07/02/2012 19:25. Centro de Ciências Exatas e Naturais 7// 9:5 Centro de Ciências Exatas e Naturais Curso: 6 Sistemas de Informação (Noturno) Currículo: / ADM.96.-7 Funções Empresariais I Ementa: Introdução à administração. Conceitos de Organização e Administração.

Leia mais

Apresentação da Disciplina. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Apresentação do Professor. Apresentação da Disciplina (Continuação)

Apresentação da Disciplina. Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR. Apresentação do Professor. Apresentação da Disciplina (Continuação) Apresentação da Disciplina Componente Curricular: Planejamento e Controle de Projetos Carga horária: 80 horas Competências: Planejamento e Controle de Projetos 5 TADS FSR Prof. Esp. André Luís Belini Identificar

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4024 04/10/2013 Rev. 01 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 279 do Conselho Estadual de Educação de 18/09/2007. Decreto

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO

TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA ITINERÁRIO FORMATIVO TECNÓLOGO EM AGROINDÚSTRIA Módulo Básico I 3 Módulo Específico II 365 h Beneficiamento e Industrialização de Grãos Toxicologia dos Alimentos Sistemas Agroindustriais Alimentares Sistemas de Armazenamento

Leia mais

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Mecatrônica

Matriz de Especificação de Prova da Habilitação Técnica de Nível Médio. Habilitação Técnica de Nível Médio: Técnico em Mecatrônica : Técnico em Mecatrônica Descrição do Perfil Profissional: Auxiliam os engenheiros em projetos, programas de controle, instalação e manutenção de sistemas de Analisam especificações para aquisição de componentes

Leia mais

Informática, ética e sociedade

Informática, ética e sociedade Informática, ética e sociedade Professor: Alex Sandro Forghieri alex.forghieri@ifsc.edu.br Agenda Profissional de Informática 2 Agenda Profissional de Informática 3 Profissional de Informática 1. Profissionais

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE CONSTRUÇÃO CIVIL: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA DC 4025 07/10/2013 Rev. 02 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 359 de 21/11/2006,

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO

FACULDADE DE CIÊNCIA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE PRIMEIRO PERÍODO SEGUNDO PERÍODO FACULDADE DE CIÊNCIA DE ENGENHARIA DE SOFTWARE MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE PRIMEIRO PERÍODO ESW200 Introdução à Engenharia de Software 2 36 30 - ESW201 Prática de Programação I

Leia mais

Auditoria de controles organizacionais. Prof. Dr. Joshua Onome Imoniana

Auditoria de controles organizacionais. Prof. Dr. Joshua Onome Imoniana Auditoria de controles organizacionais Prof. Dr. Joshua Onome Imoniana Definição de controles organizacionais Os controles organizacionais e operacionais são os controles administrativos instalados nos

Leia mais

EDITAL Nº 124, DE 30 DE AGOSTO DE 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TITULOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO RETIFICAÇÃO Nº 05

EDITAL Nº 124, DE 30 DE AGOSTO DE 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TITULOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO RETIFICAÇÃO Nº 05 EDITAL Nº 124, DE 30 DE AGOSTO DE 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TITULOS TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO RETIFICAÇÃO Nº 05 O EDITAL nº 124/2016 de 30 de Agosto de 2016 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Comunicação e Informação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ 13 específica, de segunda-feira a sexta-feira e aos sábados, caso seja necessário para complementação do período letivo e/ou carga horária curricular. Cada aula tem durafao de 50min (cinquenta minutos),

Leia mais

1351/MONTADOR E REPARADOR DE COMPUTADORES Informática/Manutenção e Montagem de Equipamentos

1351/MONTADOR E REPARADOR DE COMPUTADORES Informática/Manutenção e Montagem de Equipamentos ESTRUTURA CURRICULAR DO PLANO Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial 1351/MONTADOR E REPARADOR DE COMPUTADORES Informática/Manutenção e Montagem de Equipamentos Módulo: MÓDULO II - MONTADOR E REPARADOR

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec: ETEC PROF MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: Habilitação Profissional

Leia mais

CARGO E REQUISITO DESCRIÇÃO DOS CARGOS DE CARREIRA

CARGO E REQUISITO DESCRIÇÃO DOS CARGOS DE CARREIRA CARGO E REQUISITO Advogado Completo em Direito com inscrição na OAB DESCRIÇÃO DOS CARGOS DE CARREIRA Representar e defender judicialmente e extra judicialmente a Fundação. Analisar e elaborar pareceres

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

Cursos para turbinar a sua carreira profissional

Cursos para turbinar a sua carreira profissional Cursos para turbinar a sua carreira profissional CONTATOS: FONE: (92) 3216-3080 FUNDACAOREDEAM.COM.BR CERTIFICAÇÃO OFICIAL FURUKAWA FCP Data Cabling System (28 horas) Introduzir e direcionar profissionais

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Currículo 6 Aprovado pelo CDI em 30/05/16 - Carga Horária - Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Unidade de Ensino Médio e Técnico Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

FUNDAMENTOS DA ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS. Projeto de Programas PPR0001

FUNDAMENTOS DA ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS. Projeto de Programas PPR0001 FUNDAMENTOS DA ANÁLISE E PROJETO DE SISTEMAS Projeto de Programas PPR0001 2 Introdução Antes de desenvolver ou construir qualquer produto ou sistema em engenharia é necessário um... o PROJETO O que é um

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04 /10 /2012 Etec ERMELINDA GIANNINI TEIXEIRA Código: 0187 Município: SANTANA DE PARNAÍBA Eixo

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Segurança do Trabalho

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Segurança do Trabalho Habilitação: Segurança do Trabalho Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Segurança do Trabalho

Leia mais

GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE. Fase 1 Carga horária total: 360h

GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE. Fase 1 Carga horária total: 360h Ciência da Computação CÂMPUS LAGES Instrumentos Regulatórios (Resolução CEPE e CONSUP ou Portaria de reconhecimento do curso pelo MEC) RESOLUÇÃO CEPE/IFSC Nº 39, DE 13 DE AGOSTO DE 2014. RESOLUÇÃO CONSUP/IFSC

Leia mais

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO

CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS º PERÍODO CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO AO CÁLCULO DISCIPLINA: FUNDAMENTOS DE FÍSICA DISCIPLINA: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DISCIPLINA: INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DISCIPLINA:

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. 1º Período

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. 1º Período MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO 1º Período Código Disciplina CHT 1 CHP 2 CH Total Pré-requisitos Dados I 40 40 80 - Cálculo I 80-80 - Fundamentos da Computação 40-40 - Fundamentos

Leia mais

Análise e projeto de sistemas

Análise e projeto de sistemas Análise e projeto de sistemas Conteúdo: UML O processo de desenvolvimento de software Prof. Patrícia Lucas A linguagem de modelagem unificada (UML) A UML teve origem em uma tentativa de se unificar os

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04/10/2012 Etec Sylvio de Mattos Carvalho Código:103 Município: Matão Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Auxiliar em Programação de Computadores

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Qualificação: Auxiliar em Programação de Computadores Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos - SP Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/201 7 CRESCER CONSULTORIAS

PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 01/201 7 CRESCER CONSULTORIAS ANEXO VI DAS ATRIBUIÇÕES GERAIS DOS CARGOS PERFIL DE COMPETÊNCIAS E DESEMPENHO CARGO ANALISTA / FUNÇÃO ANALISTA DE COOPERATIVISMO E MONITORAMENTO Missão do Cargo: Desenvolver atividades técnicas e prestar

Leia mais

EDITAL SENAI DE MATRÍCULA PARA ACESSO A VAGAS EM CURSOS TÉCNICOS

EDITAL SENAI DE MATRÍCULA PARA ACESSO A VAGAS EM CURSOS TÉCNICOS EDITAL SENAI DE MATRÍCULA PARA ACESSO A VAGAS EM CURSOS TÉCNICOS 2017.1 O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Departamento Regional de Roraima SENAI-RR, torna público o encerramento do Edital

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04/10/2012 Etec Sylvio de Mattos Carvalho Código: 103 Município: Matão Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

Processos de software

Processos de software Processos de software 1 Processos de software Conjunto coerente de atividades para especificação, projeto, implementação e teste de sistemas de software. 2 Objetivos Introduzir modelos de processos de

Leia mais

CONTEÚDOS CURRICULARES

CONTEÚDOS CURRICULARES CONTEÚDOS CURRICULARES UNIDADES CURRICULARES PROCESSOS DE FABRICAÇÃO RESUMO DE CONTEÚDOS Processos de Usinagem em Máquinas Operatrizes, Usinagem a CNC, Ferramentas e Técnicas para Usinagem com Precisão,

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE. Princípios de Engenharia de Software

QUALIDADE DE SOFTWARE. Princípios de Engenharia de Software QUALIDADE DE SOFTWARE Princípios de Engenharia de Software Afinal o que é Software? Segundo o dicionário de Informática: Suporte lógico, suporte de programação. Conjunto de programas, métodos e procedimentos,

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Elétrica Campus: Campos dos Goytacazes SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros capazes de atender

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Prérequisitos 01 Introdução à informática 04 60 02 Matemática instrumental

Leia mais

Aula 0 15/10/2008. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Redes de Computadores

Aula 0 15/10/2008. Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Redes de Computadores Faculdade INED Curso Superior de Tecnologia: Banco de Dados Sistemas para Internet Redes de Computadores Disciplina: Banco de Dados Prof.: Fernando Hadad Zaidan 1 Aula 0 2 Apresentações Da equipe; Do professor.

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Civil Cabo Frio SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos tecnológicos

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Introdução à Computação Jordana Sarmenghi Salamon jssalamon@inf.ufes.br jordanasalamon@gmail.com Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda O Curso de Ciência da Computação

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO NOME DO ALUNO Jaguariúna 2010 REGISTRO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PROFESSORA NAIR LUCCAS RIBEIRO Código: 156 Município: Teodoro Sampaio Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Segurança do Trabalho

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Segurança do Trabalho Habilitação: Segurança do Trabalho Aviso: Este catálogo pode ter sofrido alterações. A versão oficial encontra-se para consulta na Unidade Escolar. Gerado em 24/06/2016 Pág. 2/6 Segurança do Trabalho Análise

Leia mais

Aula 12. Aquisição de Hardware

Aula 12. Aquisição de Hardware Aula 12 Tecnologias de informação para construção de sistemas de informação. Sistemas de Informação TADS 4. Semestre Prof. André Luís 1 2 Implantação de Sistemas Assim que o sistema de informação tiver

Leia mais

Catalogo de requisitos - Processo Seletivo

Catalogo de requisitos - Processo Seletivo Catalogo de requisitos - Processo Seletivo 006-01-2016 HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO Informática Redes de Comunicação de Dados Administração de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de

Leia mais

DIREÇÃO GERAL DE REFORMAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

DIREÇÃO GERAL DE REFORMAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DIREÇÃO GERAL DE REFORMAS E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ESTRUTURA Direção de Serviço de Reformas Cargo Função Técnico Diretor de Serviço Dirigir e enquadrar os projetos de modernização e reforma no âmbito do

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR Lei Federal n o 9394/96 Decreto Federal n o 5154/04 Resolução CNE n o 3/2002. LEGISLAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI SUÍÇO-BRASILEIRA PAULO ERNESTO TOLLE ESTRUTURA CURRICULAR A estrutura do Curso Superior

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR

ESTRUTURA CURRICULAR Lei Federal n o 9394/96 Decreto Federal n o 5154/04 Resolução CNE n o 3/2002. LEGISLAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI SUÍÇO-BRASILEIRA PAULO ERNESTO TOLLE ESTRUTURA CURRICULAR A estrutura do Curso Superior

Leia mais

Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Há um século, riqueza e sucesso vinham para aqueles que produziam e distribuíam mercadorias manufaturadas. Hoje, riqueza e sucesso vêm para aqueles que utilizam

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Arquitetura de Computadores Prof Kleber Akio Tanaka Igor Hondo João Jakybalis Sabrina Tavera Crise do Software Quando surgiu e o que foi? - A crise do software surgiu em 1970, quando

Leia mais

PORTFOLIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARA O SEGMENTO INFORMÁTICA

PORTFOLIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARA O SEGMENTO INFORMÁTICA PORTFOLIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARA O SEGMENTO INFORMÁTICA Senac Rondônia APRESENTAÇÃO A concepção educacional do Senac visa atender à missão de "Educar para o trabalho em atividades do Comércio de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico Etec Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça / SP EIXO Tecnológico: Ambiente, Saúde e Segurança Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio

Leia mais

CURSO TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ATO AUTORIZATIVO DO CURSO TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES

CURSO TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ATO AUTORIZATIVO DO CURSO TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES CURSO TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES ATO AUTORIZATIVO DO CURSO TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Redes de Computadores, reconhecido pela Portaria MEC n 303, de 27 de dezembro de 2012, publicada

Leia mais

DISCIPLINA/ATIVIDADE. Total disciplinas Atividades Complementares DISCIPLINA/ATIVIDADE

DISCIPLINA/ATIVIDADE. Total disciplinas Atividades Complementares DISCIPLINA/ATIVIDADE Fundação Educacional de Ituverava Faculdade Dr. Francisco Maeda O Diretor da Faculdade Dr. Francisco Maeda de Ituverava-SP, mantida pela Fundação Educacional de Ituverava, tendo em vista o disposto nas

Leia mais

Objetivo do curso: Público Alvo: Critérios de admissão para o curso:

Objetivo do curso: Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo

Modelagem de Dados MODELAGEM DE DADOS. Sistemas de Banco de Dados. Profa. Rosemary Melo MODELAGEM DE DADOS Sistemas de Banco de Dados Profa. Rosemary Melo SISTEMAS DE BANCO DE DADOS OBJETIVOS Apresentar os conceitos fundamentais de Sistemas de Banco de Dados. Principais componentes dos SGBDs

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Rio de Janeiro IFRJ Pró-Reitoria de Ensino Médio e Técnico PROET Direção de Ensino Campus Nilo Peçanha/Pinheiral

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA QUÍMICA Campus: MACAÉ SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Química da Universidade Estácio de Sá, campus Macaé, tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - Cetec. Ensino Técnico. Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA PARA INTERNET

Leia mais

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015 Manutenção de Software Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2015 Processos de Ciclo de Vida de Software Processos Fundamentais Aquisição Processos de Apoio Documentação

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CAMPUS: NITERÓI Missão A missão do curso de Engenharia de Produção da UNESA é formar Engenheiros de Produção de alto nível técnico e metodológico

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 246 aprovado pela portaria Cetec nº 181 de 26/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios

Leia mais

Manutenção de Software

Manutenção de Software Manutenção de Software Engenharia de Software Rosana Braga (material produzidos por docentes do Labes-ICMC/USP) Manutenção do software O propósito do processo manutenção do sistema e software é modificar

Leia mais

CURSO: CST EM SEGURANÇA DO TRABALHO

CURSO: CST EM SEGURANÇA DO TRABALHO CURSO: CST EM SEGURANÇA DO TRABALHO OBJETIVOS DO CURSO Objetivos Gerais Formar profissionais com conhecimentos teóricos e práticos, críticos e reflexivos capazes de desenvolver e implementar projetos de

Leia mais

Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de Prezada Superintendente

Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de Prezada Superintendente Ofício nº 003/2003 DGP Cáceres-MT., 31 de janeiro de 2003. Prezada Superintendente Em atenção ao ofício circ. N 003/ESP/SAD, datado de 24 de janeiro do presente ano, estamos enviando em anexo, as necessidades

Leia mais

1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação Administração) (Administração); Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em

1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação Administração) (Administração); Administração Administração (EII) Administração - Ênfase em 1 - Aplicativos Informatizados (para a Habilitação ) (); (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em de Empresas - Habilitação em de Negócios - Habilitação em Hoteleira - Habilitação em Análise

Leia mais

O que é um banco de dados? Banco de Dados. Banco de dados

O que é um banco de dados? Banco de Dados. Banco de dados COLÉGIO EST. JOÃO MANOEL MONDRONE - ENS. FUNDAMENTAL, MÉDIO, PROFISSIONAL E NORMAL Rua Mato Grosso n.2233 - Fone/Fax (045) 3264-1749-3264-1507 Banco de Dados O que é um banco de dados? Um conjunto de informações

Leia mais

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA

PROJETO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO INTEGRADO EM INFORMÁTICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO. CAMPUS CERES DEPARTAMENTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PROJETO DO

Leia mais

Fundamentos de Fundamentos de Sistemas de Geometria Analítica. Comunicação e Expressão I

Fundamentos de Fundamentos de Sistemas de Geometria Analítica. Comunicação e Expressão I 4.7.2 Representação Gráfica do Perfil de Formação Quadro I dos núcleos de formação do Curso de Sistemas de Informação para ingressantes a partir do 2º semestre de 2014 Período 1º 2º 3º Algoritmos e Programação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Habilitação Profissional: TÉCNICO EM MECÂNICA

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2017 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 04/10/2012 Etec Sylvio de Mattos Carvalho Código: 103 Município: Matão Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO

GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO S U M Á R I O O CURSO...3 COORDENAÇÃO...3 OBJETIVO DO CURSO...3 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Plano de Trabalho Docente 2012 Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC Monsenhor Antônio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2016 Plano de Curso nº 116 aprovado pela portaria Cetec nº de 07 /10 / 2010 Etec : TIQUATIRA Código: 208 Município: Eixo

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda

Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda CÂMPUS ARARANGUÁ MATRIZ CURRICULAR Módulo/Semestre 1 Carga horária total: 0h PROCESSOS CRIATIVOS DESENHO DA FIGURA HUMANA MODELAGEM TRIDIMENSIONAL SISTEMA

Leia mais

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATRIBUIÇÕES RELATIVAS AO CARGO

ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATRIBUIÇÕES RELATIVAS AO CARGO ANEXO I DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATRIBUIÇÕES RELATIVAS AO CARGO CARGO: TÉCNICO EM ELETRICIDADE Executar com supervisão superior tarefas de caráter técnico de produção, aperfeiçoamento e instalações de máquinas,

Leia mais

Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD

Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD Aula 01 Conceito de Banco de Dados e SGBD Dado: conjunto de símbolos arranjados a fim de representar a informação fora da mente humana. Elemento de Dado: subconjunto de símbolos que compõem um dado com

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº aprovado pela portaria Cetec nº de / / Etec Professora Maria Cristina Medeiros Código: 141 Município: Ribeirão Pires Eixo Tecnológico: GESTÃO

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.114, DE 27 DE ABRIL DE 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA

DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DIVISÃO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS Secretaria Geral de Cursos PROGRAMA DE DISCIPLINA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS CÓDIGO: EXA808 DISCIPLINA: EI5 ENGENHARIA DE SOFTWARE CARGA HORÁRIA: 180h EMENTA: Estudo

Leia mais

EMENTA Psicologia aplicada à Administração, A compreensão pessoal e do outro; Comunicação interpessoal; Liderança; Ética Profissional.

EMENTA Psicologia aplicada à Administração, A compreensão pessoal e do outro; Comunicação interpessoal; Liderança; Ética Profissional. DISCIPLINA: RELAÇÕES HUMANAS NO TRABALHO CARGA HORÁRIA: 67 HORAS PERÍODO: 6º SEMESTRE LETIVO: 2014.2 CRÉDITOS: 04 Reconhecer a importância de se estudar Relações Humanas no Trabalho, sensibilizando para

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Data: 05/07/2017 Currículo de Cursos Hora: 17:30:22 Curso: Nível: Grau Conferido: Turno: Tipo: Modalidade: Funcionamento: Documento de Autorização: Engenharia da

Leia mais

Aula 01 - Introdução

Aula 01 - Introdução Disciplina: Projeto de Redes I Professor: Jéferson Mendonça de Limas 4º Semestre Aula 01 - Introdução 2014/2 18/08/14 1 2 de O que é Projeto de Redes? Ementa da Disciplina Fundamentos de Projetos de Redes

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2012 2013 APRESENTAÇÃO O Planejamento Estratégico tem como objetivo descrever a situação desejada de uma organização e indicar os caminhos para

Leia mais

OPORTUNIDADES HBSIS:

OPORTUNIDADES HBSIS: OPORTUNIDADES HBSIS: SUPORTE: Assistente de Suporte 1 vaga O cargo compreende atender chamados dos clientes, relativo a erros de operação, dúvidas ou irregularidades que envolvam operações, executando

Leia mais

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2016

Manutenção de Software. Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2016 Manutenção de Software Engenharia de Software Profa. Dra. Elisa Yumi Nakagawa 1º semestre de 2016 Processos de Ciclo de Vida de Software Processos Fundamentais Aquisição Processos de Apoio Documentação

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES PARA A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

A IMPORTÂNCIA DA PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES PARA A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO A IMPORTÂNCIA DA PARA A ENGENHARIA DE PRODUÇÃO 1 INTRODUÇÃO A Programação de Computadores é uma das disciplinas obrigatórias do ciclo básico do curso de graduação em Engenharia de Produção na UFMG. Os

Leia mais

1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); Administração - Habilitação em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Gestão da

1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); Administração - Habilitação em Análise de Sistemas Administração - Habilitação em Gestão da 1 - Aplicativos Informatizados (Biblioteconomia); - Habilitação em Análise de Sistemas - Habilitação em Gestão da Informação de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de Sistemas Administrativos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EXTERNO

PROCESSO SELETIVO EXTERNO ANEXO I EDITAL N /26, DE 19 DE MAIO DE 26 UNIDADE TERESINA CÓDIGO CARGO (PROFISSIONAL) A- Assessor Técnico III Coordenador/Supervisor Pedagógico Saúde A-02 Assessor Técnico III Planejamento PRÉ-REQUISITOS

Leia mais