1. IDENTIFICAÇÃO Nome dos proponentes: Octavio Teles, Rodrigo Bonatto Dall Asta

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1. IDENTIFICAÇÃO Nome dos proponentes: Octavio Teles, Rodrigo Bonatto Dall Asta"

Transcrição

1 1 PIBID HISTÓRIA 1 UFPR COORDENADORA: PROFA. DRA. KARINAKOSICKI BELLOTTI SUPERVISOR: PROF. DANIEL JACOB NODARI COLÉGIO ESTADUAL D. PEDRO II AS MULHERES NO PERÍODO IMPERIAL 18/03/ IDENTIFICAÇÃO Nome dos proponentes: Octavio Teles, Rodrigo Bonatto Dall Asta 1. TEMA: As mulheres como sujeitos históricos dentro da escrita histórica sobre o Brasil imperial 1.1. CONTEÚDO: 1.2. Os temas: História das mulheres; uso de fontes na construção do saber histórico; Brasil imperial. 2. ETAPA DO ENSINO ANO/SÉRIE Ensino Fundamental ( ) 6 ano ( ) 7 ano ( x ) 8 ano ( ) 9 ano Ensino Médio ( x ) 1º ano ( ) 2º ano ( ) 3º ano 3. DURAÇÃO: 4 horas-aulas. 4. OBJETIVOS/JUSTIFICATIVA Ao considerar o trabalho das/os historiadoras/es e o uso das fontes históricas na construção do conhecimento, visamos apontar aos alunos questionamentos provenientes de novas historiografias que consideram as diferenças de gênero dentro da produção do saber histórico a partir do conceito de sujeito histórico e sua definição mais tradicional que exclui a agência de muitos grupos históricos (a população que não fazia parte de chamada elite e, principalmente no caso das teorias de gênero atuais, as mulheres) do que é chamado de História oficial. Para isso, foi escolhido um contexto específico, o Brasil imperial, e como fonte o periódico O Jornal das Senhoras publicado no Rio de Janeiro entre 1852 e Fonte que, mesmo restrita a uma parcela da população dessa época, possibilita a presença do estudo sobre as mulheres na ciência histórica. Outras fontes mais recentes serão utilizadas de forma a auxiliar o entendimento sobre a continuidade e as diferenças entre as épocas, como por exemplo a revista Cláudia, na década de 1960, e a revistas voltadas ao público adolescente atual, como a revista Capricho.

2 2 5. METODOLOGIA 5.1. Procedimentos metodológicos (passo-a-passo) Aula 1: Inicialmente, será discutido em sala de aula a produção do conhecimento histórico, o ensino da história dita como oficial dentro da sala de aula, seu sujeito histórico e quem foi excluído dentro dessa história, na forma de perguntas que permitam a exposição de ideias por parte das/os alunas/os. Utilizando-se do livro didático para um pequeno exercício relacionado às mulheres como sujeitos históricos. Posteriormente, ao anotar algumas ideias dos alunos no quadro, os bolsistas apresentarão questionamentos atuais dentro da produção dessa área do conhecimento tendo por base o Dia Internacional da Mulher focando-se nas mulheres como sujeitos históricos. De forma a sustentar essa discussão, será apresentado uma cena do filme Narradores de Javé. Esse trecho apresenta na trama - necessidade de escrever uma história para que a pequena cidade de Javé não seja destruída pelas águas de uma represa - o testemunho da fundação da cidade por uma mulher. Aula 2: Fazer uma apresentação do trabalho das/os historiadoras/es e focar-se no uso de fontes dentro da construção desse trabalho. De forma a aproximar com o cotidiano das/os estudantes, discutir sobre o que são fontes históricas, partindo de itens do dia-a-dia. Nessa ideia, propor um pequeno exercício sobre quais seriam as fontes que possibilitariam a alguém uma escrita histórica da vida das/os alunas/os de forma que possa ser entendido como nenhuma fonte compreende o todo, seja da vida de alguém, seja sobre uma categoria de sujeito histórico. O exercício consistirá em solicitar aos alunos, na primeira aula, que trouxessem itens ou objetos que possibilitariam contar suas histórias. Partindo dos exercícios das primeiras aulas propor a discussão sobre a construção histórica e a representação das mulheres. Aula 3: Nessa aula, a fonte o Jornal das Senhoras será trabalhada com o intuito de auxiliar o aluno na compreensão da fonte e possibilitar uma melhor dinâmica no desenvolvimento da atividade na outra aula. O periódico será contextualizado (temporalmente, geograficamente, a classe social das mulheres que participavam dessa produção) para que o aluno compreenda a fonte e o que permitiu o seu empreendimento, além de entender que uma conceitualização homogênea de mulher pode ser excludente quando se consideram outros fatores que influenciam, como a classe social, a etnia e outras. Aula 4: Nesta aula, será proposta a atividade. Para isso, serão apresentadas fontes de outros contextos (os primeiros anos da Revista Cláudia, que permanece em circulação até hoje, e uma reportagem online da Revista Capricho atual, periódico que surgiu também em períodos próximos ao da Cláudia. Será contextualizado o primeiro periódico rapidamente por se tratar de mais ou menos um século de diferença com a primeira fonte. Considerando a reportagem online atual, apenas uma pequena apresentação para manter o foco na atividade que se utilizará das três fontes para as respostas Recursos didáticos: Quadro negro, giz, trecho do filme Narradores de Javé, trechos do periódico Jornal das Senhoras, Revista Cláudia e Revista Capricho. 6. AVALIAÇÃO

3 Critério(s) o que o aluno deve saber ao final do período (em termos de conteúdos e/ou habilidades e competências) Serão divididos grupos com 4 ou 5 alunos. Cada grupo deverá responder o questionário a respeito do periódico Jornal das Senhoras. 1. No texto do periódico são citadas duas visões sobre o que é a mulher - a dos homens do período e das próprias mulheres que produziram o jornal. Qual a visão delas e quais características que a autora do texto aponta como visão dos homens? 2. As outras fontes apresentam questões semelhantes em épocas diferentes, escolham uma das outras trabalhadas (Revista Cláudia e Revista Capricho) e comparem com o periódico Jornal das Senhoras exibindo o que consideram que continuou igual ou mudou. 3. Como vocês acham que as mulheres, após conquistarem direitos e inclusive estarem presentes como chefes de Estado nos dias atuais, seriam estudadas no futuro com as produções atuais de mídia que tem o papel de fontes históricas? 7. ANEXO Exemplo de fonte 1:

4 4 Disponível em: <http://objdigital.bn.br/acervo_digital/div_periodicos/per700096/1852/per700096_1852.htm> Acesso em: 16/03/2015 Exemplo de fonte 2:

5 5 Exemplo de fonte 3: Reportagem online da Revista Capricho, em 08/09/2014: Mas, afinal, o que é feminismo? Disponível em: < > Acesso em: 20/03/2015

6 6 8. REFERÊNCIAS: CUNHA, M. de F. da, XAVIER, E. da S. Ensino e história: o uso das fontes históricas como ferramentas na produção do conhecimento histórico. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA EM CIÊNCIAS HUMANAS, 8., 2010, Londrina. Disponível em: <http://www.uel.br/eventos/sepech/anais.htm>. Acesso em: 17/03/2015. SEIS formas de discutir gênero na sala de aula. Disponível em: <http://porvir.org/porfazer/6- formas-de-discutir-genero-na-sala-de-aula/ >. Acesso em: 17/03/2015. SILVA, T. M. G. Trajetória da historiografia das mulheres no Brasil. Politéia (UESB), v. 8, p , Disponível em: <http://periodicos.uesb.br/index.php/politeia/article/viewfile/276/311>. Acesso em: 17/03/2015. LIMA, J. V. Olhares femininos sobre a urbanização na corte. Trabalho apresentado no 9. Encontro Regional de História da Seção São Paulo da ANPUH, São Paulo, Disponível em: <http://www.anpuhsp.org.br/sp/downloads/cd%20xix/pdf/autores%20e%20artigos/joelm a%20varao%20lima.pdf>. Acesso em: 17/03/2015. LIMA, J. V. O Jornal das Senhoras, um projeto pedagógico: mulher, educação, maternidade e corpo (Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX). São Paulo: PUC-SP, 2012.

PIBID HISTÓRIA 1 COORDENAÇÃO: PROFA. DRA. KARINA KOSICKI BELLOTTI SUPERVISÃO: PROF. DANIEL JACOB NODARI COLÉGIO D. PEDRO II 28 de novembro de 2014

PIBID HISTÓRIA 1 COORDENAÇÃO: PROFA. DRA. KARINA KOSICKI BELLOTTI SUPERVISÃO: PROF. DANIEL JACOB NODARI COLÉGIO D. PEDRO II 28 de novembro de 2014 PIBID HISTÓRIA 1 COORDENAÇÃO: PROFA. DRA. KARINA KOSICKI BELLOTTI SUPERVISÃO: PROF. DANIEL JACOB NODARI COLÉGIO D. PEDRO II 28 de novembro de 2014 RELATÓRIO FINAL ATIVIDADE SOBRE DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000082 - SERVICO SOCIAL Nivel: Superior Area Profissional: 0035 - SOCIAL Area de Atuacao: 0044 - RECURSOS HUMANOS/SOCIAL Atuar na area de

Leia mais

Situação-problema com enfoque CTS: planejamento e desenvolvimento nas escolas

Situação-problema com enfoque CTS: planejamento e desenvolvimento nas escolas Situação-problema com enfoque CTS: planejamento e desenvolvimento nas escolas A LEI SECA DISCUTIDA POR MEIO DE UMA SITUAÇÃO- PROBLEMA COM ENFOQUE CTS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES Durante alguns encontros

Leia mais

Nome: Nº: Ano/Série: 9º A e B. Trabalho Bimestral Bimestre: 2º Data:

Nome: Nº: Ano/Série: 9º A e B. Trabalho Bimestral Bimestre: 2º Data: Nome: Nº: Ano/Série: 9º A e B Disciplina: História Professora: Thiago Trabalho Bimestral Bimestre: 2º Data: A História é uma ciência que estuda a vida do homem através do tempo. Ela investiga o que os

Leia mais

Palavras-chave: Docência; cultura; Cultura afro-brasileira e indígena.

Palavras-chave: Docência; cultura; Cultura afro-brasileira e indígena. RELATO DA MINHA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA NA DOCÊNCIA: 1º SEMINÁRIO DE CULTURA AFRO-BRASILEIRA E INDÍGENA: DESCONSTRUINDO CONCEITOS, ROMPENDO PRECONCEITOS. Raquel Chaiane Amaro de Jesus 1 RESUMO Este trabalho

Leia mais

Um breve passeio sobre a história socioeconômica do Sertão da Ressaca

Um breve passeio sobre a história socioeconômica do Sertão da Ressaca FONTES PARA A HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO: Vitória da Conquista e região A economia regional nas fontes da Justiça do Trabalho (1963-1965) SILVA, Danilo Pinto da 1 Email: danilohist@gmail.com Orientadora:

Leia mais

MAUS TRATOS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

MAUS TRATOS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA MAUS TRATOS NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA Gabriela Azevedo Marques da Cunha ¹ Selma Dantas Teixeira Sabra ² É uma problemática complexa que envolve na sua etiologia vários fatores individuais, sociais, culturais

Leia mais

AFASTAMENTOS EM 2013 NOME SIAPE TIPO DE AFASTAMENTO LOCALIZAÇÃO QUANT. DIAS

AFASTAMENTOS EM 2013 NOME SIAPE TIPO DE AFASTAMENTO LOCALIZAÇÃO QUANT. DIAS AFASTAMENTOS EM 2013 NOME SIAPE TIPO DE AFASTAMENTO LOCALIZAÇÃO QUANT. DIAS ATESTADO MEDICO SERVIÇO DE ENFERMAGEM EM AMBULATÓRIO/CEEA/DE/HU 1 ATESTADO MEDICO SERVIÇO DE ENFERMAGEM EM AMBULATÓRIO/CEEA/DE/HU

Leia mais

IMAGENS/PENSAMENTOS SOBRE A ÁFRICA E OS AFRODESCENDENTES: RELATO DE EXPERIÊNCIA REALIZADA PELO PIBID/GEOGRAFIA/UFGD

IMAGENS/PENSAMENTOS SOBRE A ÁFRICA E OS AFRODESCENDENTES: RELATO DE EXPERIÊNCIA REALIZADA PELO PIBID/GEOGRAFIA/UFGD IMAGENS/PENSAMENTOS SOBRE A ÁFRICA E OS AFRODESCENDENTES: RELATO DE EXPERIÊNCIA REALIZADA PELO PIBID/GEOGRAFIA/UFGD Lea Regina Nogueira 1 ; Cleiton Aguiar dos Santos Rodrigues 2 ; Fernanda Ramos da Silva

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS COLEGIADO DE CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS COLEGIADO DE CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS COLEGIADO DE CURSO DE CIÊNCIAS SOCIAIS Anexo 6 Projeto de Acompanhamento e Avaliação do Curso de Ciências Sociais - Bacharelado

Leia mais

I FÓRUM DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA UFMT

I FÓRUM DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA UFMT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL I FÓRUM DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL NA UFMT 4 a 6 de março de 2013 O I Fórum de Assistência Estudantil

Leia mais

A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E SUA INFLUÊNCIA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO

A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E SUA INFLUÊNCIA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO A RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E SUA INFLUÊNCIA NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO Leticia Caroline de Oliveira 1 Rosecler Vendruscolo 2 Vanessa Schivinski Mamoré 3 Lauro Rafael Cruz 4 Resumo Eixo Temático:

Leia mais

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação

2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação 2.2.4. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes de Pós Graduação Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

SANTOS, Emille Ribeiros 1 Email: emilleribeiro87@gmail.com Orientadora: Profa. Dra. Avanete Pereira Sousa 2

SANTOS, Emille Ribeiros 1 Email: emilleribeiro87@gmail.com Orientadora: Profa. Dra. Avanete Pereira Sousa 2 ACERVO, PATRIMÔNIO E MEMÓRIA: A DOCUMENTAÇÃO DA JUSTIÇA DO TRABALHO DE VITÓRIA DA CONQUISTA EXISTENTE NO LABORATÓRIO DE HISTÓRIA SOCIAL DO TRABALHO (LHIST/UESB) SANTOS, Emille Ribeiros 1 Email: emilleribeiro87@gmail.com

Leia mais

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Relatório das Atividades do Grupo PIBID para o Primeiro Ano de Projeto

Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Relatório das Atividades do Grupo PIBID para o Primeiro Ano de Projeto Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência Relatório das Atividades do Grupo PIBID para o Primeiro Ano de Projeto Frederico Nogueira Vilaça Bolsista Angela Maria Braga Professora Supervisora

Leia mais

Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros. (textos e fotos Maurício Pestana)

Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros. (textos e fotos Maurício Pestana) Os brasileiros precisam conhecer a história dos negros (textos e fotos Maurício Pestana) Responsável pelo parecer do Conselho Nacional de Educação que instituiu, há alguns anos, a obrigatoridade do ensino

Leia mais

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD.

2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. 2.2.5. Questionário a ser Respondido Pelos Estudantes em EaD. Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer a opinião

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO. O ESPORTE SEM CORES. Uma Perspectiva para a desconstrução do racismo

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO. O ESPORTE SEM CORES. Uma Perspectiva para a desconstrução do racismo UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO O ESPORTE SEM CORES. Uma Perspectiva para a desconstrução do racismo Uberaba 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO O ESPORTE SEM CORES. Uma Perspectiva

Leia mais

Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades

Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades ATIVIDADES DE ENSINO ATIVIDADES DE PESQUISA ATIVIDADES DE

Leia mais

Foto 2: Confecção dos planos de aula pelos alunos bolsistas.

Foto 2: Confecção dos planos de aula pelos alunos bolsistas. ANEXO PLANOS DE AULA: Elaboração de PLANOS DE AULA pelos alunos bolsistas, orientados pelo professor supervisor e pela coordenadora de área, para cada eixo temático, desenvolvido na disciplina de Ciências,

Leia mais

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult JUSTIFICATIVA O estatuto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no Capítulo 1, artigo 3º. define como finalidade

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Edital 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PIBID Matemática, Câmpus Curitiba A coordenação da área Matemática do projeto PIBID-UTFPR, do Curso de Licenciatura em Matemática da, Câmpus Curitiba,

Leia mais

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE NOVEMBRO DE 2012 EREM ANÍBAL FERNANDES

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE NOVEMBRO DE 2012 EREM ANÍBAL FERNANDES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA FRANCISCO DE ASSIS DO NASCIMENTO RITA DE CÁSSIA GUEDES LIMA RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE NOVEMBRO DE 2012

Leia mais

A EDUCAÇÃO DO CAMPO E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NAS ESCOLAS DO ASSENTAMENTO SÃO FRANCISCO III.SOLÂNEA/PB.

A EDUCAÇÃO DO CAMPO E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NAS ESCOLAS DO ASSENTAMENTO SÃO FRANCISCO III.SOLÂNEA/PB. A EDUCAÇÃO DO CAMPO E AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NAS ESCOLAS DO ASSENTAMENTO SÃO FRANCISCO III.SOLÂNEA/PB. Otaciana da Silva Romão (Aluna do curso de especialização em Fundamentos da Educação UEPB), Leandro

Leia mais

A PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR INFANTIL

A PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR INFANTIL A PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO NA FORMAÇÃO DO EDUCADOR INFANTIL Rita Melissa Lepre RESUMO: Neste breve artigo relataremos um extrato de uma pesquisa realizada com educadoras infantis que teve como tema as contribuições

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Ana Sanches de Angelo Henrique de Sena Kozlowski

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ. Ana Sanches de Angelo Henrique de Sena Kozlowski UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Ana Sanches de Angelo Henrique de Sena Kozlowski RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DO PIBID - COLÉGIO ESTADUAL HIDELBRANDO DE ARAÚJO CURITIBA NOVEMBRO 2013 1. Introdução O PIBID tem

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: TRANSIÇÕES METODOLÓGICAS AO LONGO DA HISTÓRIA

EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: TRANSIÇÕES METODOLÓGICAS AO LONGO DA HISTÓRIA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: TRANSIÇÕES METODOLÓGICAS AO LONGO DA HISTÓRIA SOUZA, Paloma Silva; ARAÚJO, Pablo Camilo de; SOUTO, Carlos Alberto Marinho de; ROCHA, Jéssica Sonaly da Costa; DUARTE, Lenilda Pessoa

Leia mais

REALIZAÇÕES DO PIBID NA UNIDADE EDUCACIONAL JOSÉ LUSTOSA ELVAS FILHO, BOM JESUS-PI

REALIZAÇÕES DO PIBID NA UNIDADE EDUCACIONAL JOSÉ LUSTOSA ELVAS FILHO, BOM JESUS-PI REALIZAÇÕES DO PIBID NA UNIDADE EDUCACIONAL JOSÉ LUSTOSA ELVAS FILHO, BOM JESUS-PI Francisco Cleiton da Rocha 1 Marcos Vinícius de Sousa 2 Stella Indira Rocha Lobato 3 1 Professor Assistente da Universidade

Leia mais

Morar no exterior relato de uma imigrante

Morar no exterior relato de uma imigrante Morar no exterior relato de uma imigrante Ms. Josiane Vill - UFSC josivill@hotmail.com A opção de morar no exterior... Morar no exterior nunca esteve presente nos meus objetivos de vida, nem mesmo em meus

Leia mais

TECNOLOGIAS ASSISTIVAS COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO À EDUCAÇÃO INCLUSIVA: UMA DISCUSSÃO INICIAL

TECNOLOGIAS ASSISTIVAS COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO À EDUCAÇÃO INCLUSIVA: UMA DISCUSSÃO INICIAL TECNOLOGIAS ASSISTIVAS COMO INSTRUMENTO DE AUXÍLIO À EDUCAÇÃO INCLUSIVA: UMA DISCUSSÃO INICIAL Introdução Jeferson José Baqueta 1 Clodis Boscarioli 2 Jorge Bidarra 3 Um dos maiores problemas educacionais

Leia mais

AUGUSTO-SILVA, Alexandre 1 - PUCPR. LIMA, Paola Borges 2 - PUCPR. LOPES, Eduardo R 3 - PUCPR. SILVA, Karla M 4 - PUCPR

AUGUSTO-SILVA, Alexandre 1 - PUCPR. LIMA, Paola Borges 2 - PUCPR. LOPES, Eduardo R 3 - PUCPR. SILVA, Karla M 4 - PUCPR CONSTRUÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO PROJETO DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO PIBID/PUCPR: A IMPORTÂNCIA DA PRÁTICA DOCENTE NO PROCESSO DA FORMAÇÃO ACADÊMICA DA LICENCIATURA Resumo AUGUSTO-SILVA, Alexandre 1 - PUCPR LIMA,

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ENGENHARIA DE PRODUÇÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Atividades Complementares aprovadas pelo colegiado do curso de Engenharia de Produção. São João del-rei, agosto de 2013 A seguir é apresentado as normas

Leia mais

O Livro Didático de História: Algumas reflexões sobre seus usos, finalidades, indicações e sua relação com a Consciência Histórica.

O Livro Didático de História: Algumas reflexões sobre seus usos, finalidades, indicações e sua relação com a Consciência Histórica. O Livro Didático de História: Algumas reflexões sobre seus usos, finalidades, indicações e sua relação com a Consciência Histórica. Leda Virgínia B. C. Potier. Mestranda PPGH/UFRN. RESUMO Qual o papel

Leia mais

A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO

A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO RESUMO Autor 1 : Cristiane da Cunha Alves E-mail: crisalves1917@hotmail.com Co-autor 1 : Bianca Maria de Lima E-mail: biancalima17@live.com

Leia mais

O PROGRAMA EDUCACIONAL DO MUSEU DA BARONESA

O PROGRAMA EDUCACIONAL DO MUSEU DA BARONESA A ESCOLA VAI AO MUSEU O MUSEU VAI À ESCOLA, O PROGRAMA EDUCACIONAL DO MUSEU DA BARONESA Carla Gastaud UFRGS - PPGEdu Resumo: Este é o relato de uma experiência de educação patrimonial realizada com alunos

Leia mais

O ensino de História Antiga e as inovações metodológicas

O ensino de História Antiga e as inovações metodológicas A transposição didática nas salas de aula: O ensino de História Antiga e as inovações metodológicas DANIEL FRANCISCO DA SILVA 1 DEIZE CAMILA DIAS SALUSTIANO 2 Resumo: Um dos maiores desafios enfrentados

Leia mais

Edital 029/2012 PROGRAD. Seleção de professores supervisores para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID)

Edital 029/2012 PROGRAD. Seleção de professores supervisores para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Edital 029/2012 PROGRAD Seleção de professores supervisores para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) O Pró-Reitor de Graduação e Educação Profissional da Universidade Tecnológica

Leia mais

Escola em que trabalha e na qual será desenvolvido o Plano de Ação: Escola Estadual Santos Dumont E. F.

Escola em que trabalha e na qual será desenvolvido o Plano de Ação: Escola Estadual Santos Dumont E. F. CURSO GÊNERO E DIVERSIDADE NA ESCOLA PROJETO GDE APLICADO NA ESCOLA SANTOS DUMONT- PARANACITY- PR NÚCLEO PARANAVAI PROFESSORA: MARIA HILDA LIMA / DISCIPLINA: MATEMÁTICA Diagnóstico da Realidade: * Sabemos

Leia mais

SUPERANDO TRAUMAS EM MATEMÁTICA

SUPERANDO TRAUMAS EM MATEMÁTICA SUPERANDO TRAUMAS EM MATEMÁTICA Luciene da Costa Santos Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) luciene283@hotmail.com Joelma Patez de Almeida Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)

Leia mais

Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa

Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa 2º Seminário Nacional de REDES SOCIAIS e E-GOV para Administração Pública Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa Daniel Medeiros daniel.medeiros@embrapa.br @dnmedeiros fb.com/dnmedeiros

Leia mais

Por Talamira Taita Rodrigues Brito

Por Talamira Taita Rodrigues Brito Programas acadêmicos e o ensino de graduação: estratégias para o fortalecimento da formação - Panorama da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia UESB Por Talamira Taita Rodrigues Brito Localização

Leia mais

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população negra brasileira são fundamentadas historicamente na luta

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS NO ENSINO MÉDIO UMA EXPERIÊNCIA NO PIBID/CAPES/IFCE

JOGOS MATEMÁTICOS NO ENSINO MÉDIO UMA EXPERIÊNCIA NO PIBID/CAPES/IFCE JOGOS MATEMÁTICOS NO ENSINO MÉDIO UMA EXPERIÊNCIA NO PIBID/CAPES/IFCE Myrlene Oliveira Nascimento myrlene.oliveira@yahoo.com.br Janaína Marques e Melo janaina_gauss@yahoo.com.br Luiza Santos Pontello lpontello@yahoo.com.br

Leia mais

ESCOLA, LEITURA E A INTERPRETAÇÃO TEXTUAL- PIBID: LETRAS - PORTUGUÊS

ESCOLA, LEITURA E A INTERPRETAÇÃO TEXTUAL- PIBID: LETRAS - PORTUGUÊS ESCOLA, LEITURA E A INTERPRETAÇÃO TEXTUAL- PIBID: LETRAS - PORTUGUÊS RESUMO Juliana Candido QUEROZ (Bolsista) 1 ; Natália SILVA (Bolsista) 2, Leila BRUNO (Supervisora) 3 ; Sinval Martins S. FILHO (Coordenador)

Leia mais

CEDOPE - CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA DE HIS- TÓRIA DOS DOMÍNIOS PORTUGUESES

CEDOPE - CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA DE HIS- TÓRIA DOS DOMÍNIOS PORTUGUESES CEDOPE - CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E PESQUISA DE HIS- TÓRIA DOS DOMÍNIOS PORTUGUESES SÉCULOS XV A XIX O CEDOPE tem como objetivo central constituir-se em centro de pesquisas relativas à história do universo

Leia mais

II Fórum de Qualidade de Vida do Senado Federal

II Fórum de Qualidade de Vida do Senado Federal II Fórum de Qualidade de Vida do Senado Federal "O dependente químico e a responsabilidade social" Patrícia Oliveira Barbosa Assistente Social PADQ/SEE Responsabilidade Social É a forma de gestão que se

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ UNIOESTE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL 65/2012 PROGRAD/PIBID ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO

Leia mais

Produção de Videoaulas de Física para a Internet Leonardo Senna Zelinski da Silva Silvia Leticia Ludke

Produção de Videoaulas de Física para a Internet Leonardo Senna Zelinski da Silva Silvia Leticia Ludke Instituto Federal do Paraná Licenciatura em Física Produção de Videoaulas de Física para a Internet Leonardo Senna Zelinski da Silva Silvia Leticia Ludke SUMÁRIO 1 Introdução... 2 2 Justificativa... 4

Leia mais

A CRISE DA LEITURA NA FORMAÇÃO DOCENTE: UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS LEITORAS DOS FUTUROS PROFESSORES

A CRISE DA LEITURA NA FORMAÇÃO DOCENTE: UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS LEITORAS DOS FUTUROS PROFESSORES A CRISE DA LEITURA NA FORMAÇÃO DOCENTE: UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS LEITORAS DOS FUTUROS PROFESSORES Antonio Fernando de Araújo dos Santos PUCPR Maria Sílvia Bacila Winkeler PUCPR Resumo: Este trabalho discute

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. IDENTIFICAÇÃO (máximo 01 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax:

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. IDENTIFICAÇÃO (máximo 01 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax: Usar papel timbrado da instituição! TERMO DE REFERÊNCIA. IDENTIFICAÇÃO (máximo 0 folha) Título da Proposta: Instituição Proponente: CNPJ: Endereço: CEP: Telefone: Fax: Responsável pela Instituição Proponente:

Leia mais

Curso de Relações Internacionais

Curso de Relações Internacionais UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CÂMPUS DE MARÍLIA Faculdade de Filosofia e Ciências Curso de Relações Internacionais 1 º. ano Disciplina: Introdução à História Profª Lidia M. V. Possas Lidia. M. V. Possas

Leia mais

PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa

PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa Resumo Este trabalho consiste no relato de experiência de coordenadores de área do Programa

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO P O R T A R I A N. º 5 0 8 D E 1 5 D E J U L H O D E 2 0 1 1. O Reitor do Instituto Federal do Paraná, no uso da competência que lhe confere o Decreto de 13 de junho de 2011, da Presidência da República,

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA E INCLUSÃO: NOS BASTIDORES DA ESCOLA

EDUCAÇÃO FÍSICA E INCLUSÃO: NOS BASTIDORES DA ESCOLA EDUCAÇÃO FÍSICA E INCLUSÃO: NOS BASTIDORES DA ESCOLA Fabiana Gomes do Nascimento Prof.ª Dr.ª Lívia Tenório Brasileiro Universidade Estadual da Paraíba UEPB Resumo: O presente estudo teve como objetivo

Leia mais

Audiência Pública 2014. Pró-Reitoria de Graduação Universidade Federal de Pelotas

Audiência Pública 2014. Pró-Reitoria de Graduação Universidade Federal de Pelotas Audiência Pública 2014 Pró-Reitoria de Graduação Universidade Federal de Pelotas Pró-Reitoria de Graduação Núcleo de Acessibilidade e Inclusão Coordenadoria de Ensino e Currículo Coordenadoria de Programas

Leia mais

Questionário para Cotação de Seguro de Responsabilidade Civil Profissional para Engenheiros e Arquitetos

Questionário para Cotação de Seguro de Responsabilidade Civil Profissional para Engenheiros e Arquitetos Questionário para Cotação de Seguro de Responsabilidade Civil Profissional para Engenheiros e Arquitetos Por favor, responda todas as perguntas, quando cabíveis a atividade/empresa. Seção 1 Dados do Proponente

Leia mais

PROPOSTAS DE FORMAÇÃO OFERECIDAS ÀS PROFISSIONAIS DOCENTES DAS CRECHES DA UNICAMP

PROPOSTAS DE FORMAÇÃO OFERECIDAS ÀS PROFISSIONAIS DOCENTES DAS CRECHES DA UNICAMP PROPOSTAS DE FORMAÇÃO OFERECIDAS ÀS PROFISSIONAIS DOCENTES DAS CRECHES DA UNICAMP. Luciane Siqueira das Chagas Pina, Creche Área de Saúde (CAS-UNICAMP), Campinas, SP. lucianec@unicamp.br Este texto foi

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PARANÁ GOVERNO DO ESTADO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SEED DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS EDUCACIONAIS - DPPE PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL PDE Anexo I Professor PDE FORMULÁRIO DE ACOMPANHAMENTO

Leia mais

A INCORPORAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NUMA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL DE MACEIÓ. Maria Izabel Almeida de Melo Araújo *

A INCORPORAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NUMA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL DE MACEIÓ. Maria Izabel Almeida de Melo Araújo * A INCORPORAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NUMA ESCOLA PÚBLICA MUNICIPAL DE MACEIÓ Maria Izabel Almeida de Melo Araújo * Luis Paulo Leopoldo Mercado Resumo O presente trabalho consiste

Leia mais

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE NOVEMBRO DE 2012 EREM ANIBAL FERNANDES

RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE NOVEMBRO DE 2012 EREM ANIBAL FERNANDES UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA HENRIQUE BEZERRA IGOR FERNANDES PAULO HENRIQUE WILMA DE ANDRADE WILLIAM FREIRE RELATÓRIO DE TRABALHO DOCENTE

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR PORTARIA Nº 117/2012 ESTABELECE ORIENTAÇÕES À REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO, INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID E SERVIÇO VOLUNTÁRIO NO ÂMBITO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E UNIDADES EDUCATIVAS

Leia mais

PROPOSTA DE CALENDÁRIO ACADÊMICO PARA A GRADUAÇÃO - 2015

PROPOSTA DE CALENDÁRIO ACADÊMICO PARA A GRADUAÇÃO - 2015 PERÍODO LETIVO 2014/2 05/01/15 JUBILAMENTO 2014/2: Publicação na pagina eletrônica da PROEG, a Portaria de Notificaçao sobre os possiveis jubilados. 05/01/15 21/01/15 MATRÍCULA 2015/1 TRAMITAÇÃO/ATRIBUIÇÃO

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011 Ministério da Educação Secretaria de Educação Média e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 002/2014 - PROGRAD/UEAP

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 002/2014 - PROGRAD/UEAP GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIVISÃO DE PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº 002/2014 - PROGRAD/UEAP RETIFICAÇÃO Nº 01 A Reitora da Universidade do Estado

Leia mais

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008

Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Veículo: Site Estilo Gestão RH Data: 03/09/2008 Seção: Entrevista Pág.: www.catho.com.br SABIN: A MELHOR EMPRESA DO BRASIL PARA MULHERES Viviane Macedo Uma empresa feita sob medida para mulheres. Assim

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho CONVÊNIO COM ENTIDADES DE CLASSE IT. 23 05 1/5 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para a celebração de convênios com Entidades de Classe para a concessão de recursos, pelo Sistema Confea/Crea, para medidas

Leia mais

TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO: UMA INVESTIGAÇÃO COM LICENCIANDOS E PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA A PARTIR DO PIBID

TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO: UMA INVESTIGAÇÃO COM LICENCIANDOS E PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA A PARTIR DO PIBID TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO: UMA INVESTIGAÇÃO COM LICENCIANDOS E PROFESSORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA A PARTIR DO PIBID Nataélia Alves da Silva (1) * ; Creuza Souza Silva (1); Lecy das Neves Gonzaga (1); Michelle

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA CRECHE DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

REGIMENTO INTERNO DA CRECHE DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Conforme texto publicado no Boletim de Serviço nº 047 de 18/04/2005 páginas 05 a 11 REGIMENTO INTERNO DA CRECHE DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Seção I Da criação

Leia mais

II ENCONTRO DE DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO PIBID UENP: DESAFIOS E PERSPECTIVAS

II ENCONTRO DE DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES DE PESQUISA, ENSINO E EXTENSÃO PIBID UENP: DESAFIOS E PERSPECTIVAS CONTRIBUIÇÕES DA EXPERIMENTAÇÃO NO ENSINO DE QUÍMICA PELA EQUIPE PIBID DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MASSAN, C. A.¹; SILVA, J. M.¹; MARINHO, B. P.¹; BRIGANTI, S.¹; FONSECA, C. A.¹; MORETTI, A. R.¹; MARINHO, F.

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

MATERIAL CONCRETO NAS AULAS DO PIBID NO COLÉGIO ESTADUAL ARNALDO BUSATO - EFMNP

MATERIAL CONCRETO NAS AULAS DO PIBID NO COLÉGIO ESTADUAL ARNALDO BUSATO - EFMNP MATERIAL CONCRETO NAS AULAS DO PIBID NO COLÉGIO ESTADUAL ARNALDO BUSATO - EFMNP Deidson Vitório Kurpel 1 Jessica Bóschi 2 Santos Richard Wieller Sanguino Bejarano 3 Resumo Este artigo tem por finalidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG CENTRO DE DESEMVOLVIMENTO SUSTETÁVEL DO SEMIÁRIDO - CDSA UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO UAEDUC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG CENTRO DE DESEMVOLVIMENTO SUSTETÁVEL DO SEMIÁRIDO - CDSA UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO UAEDUC UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG CENTRO DE DESEMVOLVIMENTO SUSTETÁVEL DO SEMIÁRIDO - CDSA UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO DO CAMPO UAEDUC RESOLUÇÃO CCCS Nº 05/2012 Regulamenta o Sistema de Avaliação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO Edital UNIPAMPA de Adesão à Jornada UNIPAMPA em Tecnologia de Informação e Comunicação

Leia mais

O COLÉGIO ESTADUAL PRESIDENTE VARGAS DE DOURADOS E O SEU LABORATÓRIO

O COLÉGIO ESTADUAL PRESIDENTE VARGAS DE DOURADOS E O SEU LABORATÓRIO O COLÉGIO ESTADUAL PRESIDENTE VARGAS DE DOURADOS E O SEU LABORATÓRIO (1958-1971) Inês Velter Marques Mestranda em Educação /Linha História, Memória e Sociedade/Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)/Programa

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊCIA SOBRE O PROCESSO DE ENSINO DE ESPANHOL- LÍNGUA ESTRANGEIRA (E-LE) COM O USO DAS TICs, EM PARCERIA COM O PROJETO PIBID/UEPB

RELATO DE EXPERIÊCIA SOBRE O PROCESSO DE ENSINO DE ESPANHOL- LÍNGUA ESTRANGEIRA (E-LE) COM O USO DAS TICs, EM PARCERIA COM O PROJETO PIBID/UEPB RELATO DE EXPERIÊCIA SOBRE O PROCESSO DE ENSINO DE ESPANHOL- LÍNGUA ESTRANGEIRA (E-LE) COM O USO DAS TICs, EM PARCERIA COM O PROJETO PIBID/UEPB Sirleide Marinheiro da Silva (PIBID/UEPB) 1 Sirleide_22@hotmail.com

Leia mais

A PRESENÇA NEGRA NO PARÁ: RESENHA DE UM

A PRESENÇA NEGRA NO PARÁ: RESENHA DE UM R E S E N H A A PRESENÇA NEGRA NO PARÁ: RESENHA DE UM TRABALHO PIONEIRO SALLES, VICENTE. O NEGRO NO PARÁ. SOB O REGIME DA ESCRAVIDÃO. 3ª EDIÇÃO. BELÉM: INSTITUTO DE ARTES DO PARÁ, 2005. JOSÉ MAIA BEZERRA

Leia mais

Aula 8 e 9 O jovem nos meios de comunicação de massa Data: 13/06/2006

Aula 8 e 9 O jovem nos meios de comunicação de massa Data: 13/06/2006 Aula 8 e 9 O jovem nos meios de comunicação de massa Data: 13/06/2006 Objetivos Refletir sobre como a imagem de jovem é construída pelos meios de comunicação de massa; Refletir sobre a idéia de que os

Leia mais

QUESTIONÁRIO DESENVOLVIDO PELO PIBID ESPANHOL UFSM: UM MEIO PARA REALIZAÇÃO DE ANÁLISE DE NECESSIDADES

QUESTIONÁRIO DESENVOLVIDO PELO PIBID ESPANHOL UFSM: UM MEIO PARA REALIZAÇÃO DE ANÁLISE DE NECESSIDADES QUESTIONÁRIO DESENVOLVIDO PELO PIBID ESPANHOL UFSM: UM MEIO PARA REALIZAÇÃO DE ANÁLISE DE NECESSIDADES LEMES, Debora; OLIVEIRA, Carine; AZEVEDO, Cinara Leal; MOREIRA, Luisiana Petry Rigão; DALENOGARE,

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. 004/15 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

Leia mais

REGULAMENTO DO N. E. A. C.

REGULAMENTO DO N. E. A. C. REGULAMENTO DO N. E. A. C. NÚCLEO DE EXTENSÃO E ATIVIDADES COMPLEMENTARES VITÓRIA/ES 2008 FACULDADE ESTÁCIO DE SÁ DE VITÓRIA - FESV COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

MEMÓRIAS DE UMA MULHER DE ELITE: A CORRESPONDÊNCIA DE

MEMÓRIAS DE UMA MULHER DE ELITE: A CORRESPONDÊNCIA DE MEMÓRIAS DE UMA MULHER DE ELITE: A CORRESPONDÊNCIA DE CELSINA TEIXEIRA 1926-1950 Adriana Moreira Pimentel Justificativa/formulação do problema Segundo Isnara Ivo 1, os trabalhos pautados na memória têm

Leia mais

DIMENSÕES DO TRABAHO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE: O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÕES DE TRABALHO PRECOCE

DIMENSÕES DO TRABAHO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE: O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÕES DE TRABALHO PRECOCE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 337 DIMENSÕES DO TRABAHO INFANTIL NO MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE: O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM

Leia mais

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância

Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Questionário para Estudantes de Pós- Graduação na modalidade a distância Este questionário é um instrumento de coleta de informações para a realização da auto-avaliação da UFG que tem como objetivo conhecer

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO / MANTENEDORA UNIÃO NORTE DO PARANÁ DE ENSINO-UNOPAR UF PR ASSUNTO., ALTERAÇÃO DO REGIMENTO UNIFICADO DAS FACULDADES INTEGRADAS

Leia mais

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL O ensino da língua espanhola no contexto da escola pública INTRODUÇÃO Este plano procura articular-se de forma integrada com o plano de trabalho institucional, que

Leia mais

FUTSAL FEMININO: A PRÁTICA E SUAS LIMITAÇÕES

FUTSAL FEMININO: A PRÁTICA E SUAS LIMITAÇÕES 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS

REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE Campus SANTA INÊS REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DIDÁTICOS DO IF CAMPUS SANTA INÊS Aprovado pelo

Leia mais

A importância de videoaulas na educação

A importância de videoaulas na educação A importância de videoaulas na educação Leonardo Senna Zelinski Silvia Leticia Ludke Resumo: Este artigo apresentará análise da necessidade da produção de videoaulas para divulgação online, visando principalmente

Leia mais

2 - Embasamento teórico Revista Tecnologias na Educação Ano 6 - número 11 Dezembro 2014 -http://tecnologiasnaeducacao.pro.br/

2 - Embasamento teórico Revista Tecnologias na Educação Ano 6 - número 11 Dezembro 2014 -http://tecnologiasnaeducacao.pro.br/ As tecnologias digitais e a necessidade da formação continuada de professores de Ciências e Biologia para tecnologia: um estudo realizado em uma escola de Belo Horizonte Karine Santos Sanches 1 Amanda

Leia mais

Artigo: Um olhar feminino na Internet

Artigo: Um olhar feminino na Internet Artigo: Um olhar feminino na Internet Por Tatiane Pocai Dellapiazza - aluna do primeiro ano do Curso de Comunicação Social - Centro UNISAL - Americana. Introdução: O Brasil chega perto de comemorar seu

Leia mais

Pesquisa de Clima Organizacional

Pesquisa de Clima Organizacional Pesquisa de Clima Organizacional Que CLIMA é esse? Clima Organizacional: Atmosfera psicológica característica que existe em cada organização, podendo referirse ao ambiente humano dentro de um departamento,

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL DONA ISABEL - PIBID. Bolsistas: Darlã Nogara Oliveira, Leidi Simonin, Maiara Ghiggi e Pitias Beckestein Paz

COLÉGIO ESTADUAL DONA ISABEL - PIBID. Bolsistas: Darlã Nogara Oliveira, Leidi Simonin, Maiara Ghiggi e Pitias Beckestein Paz COLÉGIO ESTADUAL DONA ISABEL - PIBID Bolsistas: Darlã Nogara Oliveira, Leidi Simonin, Maiara Ghiggi e Pitias Beckestein Paz Supervisora: Daiane Passari Disciplina: Matemática Série: 1º Ensino Médio Turmas:

Leia mais

Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia.

Objetivos. Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia. População Objetivos Essa pesquisa buscou identificar o grau de conhecimento dos paulistas a respeito da FAPESP e sobre Ciência e Tecnologia. 3 POPULAÇÃO Principais resultados Principais resultados 4 *

Leia mais

PÚBLICO-ALVO Assistentes sociais que trabalham na área da educação e estudantes do curso de Serviço Social.

PÚBLICO-ALVO Assistentes sociais que trabalham na área da educação e estudantes do curso de Serviço Social. OBJETIVOS: Promover o debate sobre o Serviço Social na Educação; Subsidiar as discussões para o Seminário Nacional de Serviço Social na Educação, a ser realizado em junho de 2012 em Maceió-Alagoas; Contribuir

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 11 1. DA INFÂNCIA EM DESTERRO À VOLTA PELO BRASIL 17. João da Cruz e Sousa 17 O Brasil aos olhos do viajante Cruz e Sousa 22

Sumário INTRODUÇÃO 11 1. DA INFÂNCIA EM DESTERRO À VOLTA PELO BRASIL 17. João da Cruz e Sousa 17 O Brasil aos olhos do viajante Cruz e Sousa 22 Sumário INTRODUÇÃO 11 1. DA INFÂNCIA EM DESTERRO À VOLTA PELO BRASIL 17 João da Cruz e Sousa 17 O Brasil aos olhos do viajante Cruz e Sousa 22 2. UM POETA NO JORNALISMO 25 O (quase) pai de família 35 3.

Leia mais

PIBID: A EXPERIÊNCIA DA SALA DE AULA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

PIBID: A EXPERIÊNCIA DA SALA DE AULA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES PIBID: A EXPERIÊNCIA DA SALA DE AULA NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES Juliete Guedes da Silva 1 ju89guedes@yahoo.com.br Leandro Marcelo Cassimiro das Chagas 2 lemarcelo.ufrn@hotmail.com Professora orientadora:

Leia mais

A Religião na sala de aula um debate sobre o Ensino Religioso para a proposição de uma área de conhecimento

A Religião na sala de aula um debate sobre o Ensino Religioso para a proposição de uma área de conhecimento 95-100-Apresent-Dossier2-Simposio.qxp 17-02-2008 0:14 Page 95 PARTE II A Religião na sala de aula um debate sobre o Ensino Religioso para a proposição de uma área de conhecimento coordenação de EULÁLIO

Leia mais

Coautores: Ellen Karoline Vierheller, Silvana Rodrigues, Wagner Ferreira dos Santos, Rita de Cassia Camisolão, João Vicente Silva Souza.

Coautores: Ellen Karoline Vierheller, Silvana Rodrigues, Wagner Ferreira dos Santos, Rita de Cassia Camisolão, João Vicente Silva Souza. Universidade pública é para todos? Eixo: Extensión, docencia e investigación. Autor: Priscila Nunes Pereira Coautores: Ellen Karoline Vierheller, Silvana Rodrigues, Wagner Ferreira dos Santos, Rita de

Leia mais

A imagem idealizada de uma infância saudável e feliz hoje se

A imagem idealizada de uma infância saudável e feliz hoje se VOZ DO LEITOR ANO 4 EDIÇÃO 30 On/off-line: entreolhares sobre as infâncias X, Y e Z Amanda M. P. Leite A imagem idealizada de uma infância saudável e feliz hoje se prende a uma espécie de saudosismo da

Leia mais

A FORMAÇÃO CONTRADITÓRIA DAS CLASSES DOMINANTES

A FORMAÇÃO CONTRADITÓRIA DAS CLASSES DOMINANTES A FORMAÇÃO CONTRADITÓRIA DAS CLASSES DOMINANTES Luiz Carlos Bresser-Pereira Senhor, nº 24, março de 1980 Estou passando pelos corredores e ouço: Quando as empresas brasileiras forem dirigidas por administradores

Leia mais