CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings"

Transcrição

1 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Call sobre Processos de Liquidação 10/05/2013 DD/MM/AAAA A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos reguladores 1

2 A Sra. Mediadora Boa-tarde, e bem-vindos à audioconferência da BM&FBOVESPA sobre o processo de liquidação no contexto do projeto de integração das clearings. Neste momento, todos os participantes estão conectados apenas como ouvintes. Mais tarde, iniciaremos a sessão de perguntas e respostas, quando as instruções para os senhores participarem serão fornecidas. Caso necessitem de alguma assistência durante a audioconferência, queiram, por favor, solicitar a ajuda de um operador, digitando *0. (asterisco zero). Cabe lembrar que esta audioconferência está sendo gravada. Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Airton Murakami. Por favor, Sr. Airton, pode prosseguir. O Sr. Airton Murakami Boa-tarde a todos. Muito obrigado pela participação no call de hoje. O call de hoje será dedicado essencialmente às questões dos processos de liquidação. Aqui na Mesa temos todos os representantes das áreas de liquidação. E agora eu abro para perguntas e respostas. Obrigado. A Sra. Mediadora Com licença, senhoras e senhores, iniciaremos agora a sessão de perguntas e respostas. Para fazer uma pergunta, por favor, digitem *1 (asterisco um). E para retirar a pergunta da lista, digitem *2 (asterisco dois). (Pausa.) Com licença, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). (Pausa.) Com licença, por favor, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um), estrela um. (Pausa.) Com licença novamente, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). O Sr. Airton Murakami Boa-tarde. É Airton, de novo, falando. Eu gostaria só de reforçar que quando eu mencionei processos de liquidação, a gente está falando dos processos de captura, alocação, repasse, controle de posições, liquidação, tarifação e tributação. Então, se os senhores tiverem alguma dúvida desses processos, fiquem à vontade para iniciar a sessão de perguntas e respostas. Obrigado. A Sra. Mediadora Com licença, por favor, para fazer perguntas digitem *1 (asterisco um). Nossa primeira pergunta vem da Sra. Marcela Fernandes, BNY Mellon. A Sra. Marcela Fernandes Oi, Airton, boa-tarde. Nossa dúvida é com relação ao direcionamento do BTC. No workshop anterior, vocês comunicaram sobre a possibilidade do MAIO/2013 2

3 direcionamento, dada a transferência da posição do BTC da corretora para o custodiante ou por qualquer outro participante. Nós ficamos com uma dúvida, se essa transferência pode ser total ou se posso fazê-la parcial. Por exemplo, tenho um contrato de BTC de mil quantidades e quero direcionar 500 quantidades para um participante e 500 para outro. O Sr. Airton Murakami Boa-tarde, Marcela, tudo bem? É Airton falando. Só para a gente saber se estamos falando a mesma coisa. Quando você fala em direcionamento do BTC, você está querendo dizer o repasse do BTC, correto? A Sra. Marcela Fernandes Correto. O Sr. Airton Murakami A gente explorou um pouquinho no workshop que abordou as questões de equities, a gente falou do BTC, que vai ter o repasse para os contratos de BTC. Respondendo à sua pergunta, sim, será possível fazer um repasse parcial dos contratos de BTC. Os detalhes de como vai ser o repasse do produto inteiro do BTC, a gente aborda em um momento posterior. O nosso foco, por enquanto, é o mercado de derivativos. A Sra. Marcela Fernandes Ok, obrigada. A Sra. Mediadora A próxima pergunta vem do Sr. Tiago de Lima, Itaú Corretora. O Sr. Tiago de Lima Boa-tarde, senhores. A respeito da liquidação de ouro, a gente pode falar nesse call? O Sr. Airton Murakami Sim, podemos. O Sr. Tiago de Lima Legal! O ouro em si continua sendo liquidado onde? Ele vai ser liquidado na janela do BM&F ou na janela de Bolsa. Como vai ser isso? O Sr. Airton Murakami Boa-tarde, Tiago. O ciclo de liquidação do ouro permanece D+1. Só que a gente está migrando o ouro ativo financeiro para os mesmos moldes de uma ação, ou seja, depositado na nossa depositária. No entanto, a janela de liquidação do ouro, ao invés de ser às 10 horas, junto com as ações, será ao meio-dia e meia, 12h30min. O processo de liquidação, resumidamente, vai ser assim: 12h30min de D+1, a gente sobe os ativos, ou seja, os devedores em ativos são debitados. A MAIO/2013 3

4 partir daí, a perna financeira da liquidação compõe o neting de todos os demais contratos. Não sei ficou claro. O Sr. Tiago de Lima Hoje ele vai passar. Está custodiado, tudo embaixo da CBLC, e sai da BM&F. É isso, não é? O Sr. Airton Murakami Perfeito. O Sr. Tiago de Lima Lá na frente, quando tudo estiver integrado dentro de uma mesma câmara, entendo que tanto faz ser BM&F ou ser CBLC, porque a janela vai estar unificada também. No momento, zera. Então, tem o IPE. O ouro vai ser negociado e liquidado. Ele vai ser negociado por onde? Por BM&F ainda? O Sr. Airton Murakami Isso, perfeito. A negociação permanece nos mesmos moldes que é hoje. O Sr. Tiago de Lima Eu negocio em BM&F, as mensagens de confirmação de pós-trade sobem pela estrutura de BM&F. Tudo igual à BM&F, como é hoje. Claro, com todas as outras considerações que serão feitas do produto. Mas, assim, ele vai ser liquidado em BM&F também, na grade que liquida tudo o que é BM&F e mais a custódia dele pela CBLC. O Sr. Airton Murakami Tiago, vamos ver se fica mais claro para você. A negociação permanece do jeito que é hoje. Para fins de negociação a gente não muda nada, continua sendo negociado no PUMA. A partir da pós-negociação, o instrumento ouro compõe os processos de liquidação, de captura, de alocação, como se fosse outro instrumento do segmento BM&F. O que eu frisei lá no D+1 é liquidação do ativo, que deixa de ser no batch D+0 para D+1 e passa a compor uma janela específica em D+1, entre a clearing e a depositária. Oi, Tiago, não sei se ficou mais claro para você. O Sr. Tiago de Lima Não, entendi. (gravação interrompida) O Sr. Airton Murakami Alô, Tiago. O Sr. Tiago de Lima...hoje eu tenho de ter tudo embaixo da BM&F. Os relatórios gerenciais de ouro saem todos da extranet ou então das consultas que têm na rede de serviços. Eu queria saber um pouco mais como é que ia ficar isso também. MAIO/2013 4

5 O Sr. Airton Murakami Tudo o que você tem hoje de relatórios para o ouro, de alocação, de posição para o instrumento de ouro, todos esses relatórios serão descontinuados e passarão a ser novos relatórios e novos arquivos. O Sr. Tiago de Lima Tá, mas isso vai ficar disponível onde? O Sr. Airton Murakami Desculpe-me, só para terminar. Eu falei que todos serão descontinuados e passarão a ser novas mensagens, arquivos e relatórios justamente porque na primeira fase de implantação é todo o segmento de derivativos, inclusive o ouro. A única diferença é que a liquidação do ativo passará a ser junto à depositária da BM&FBOVESPA. O Sr. Tiago de Lima Tá, mas vocês vão continuar disponibilizando relatórios gerenciais para esse produto ouro, não é? O Sr. Airton Murakami Sim. O Sr. Tiago de Lima Eu não sei se posso falar de arquivos aqui. Posso ou vocês preferem que eu fale em outro call, no geral? O que vocês preferem? O Sr. Airton Murakami Não, acho que a gente pode abordar aqui também. O Sr. Tiago de Lima Beleza! Legal! Tem o PSPO que traz as posições de futuros, mas ele não traz hoje nada aproveitando o gancho referente a ouro. Eu sei que ele vai virar uma mensagem, que agora estou tentando achar aqui no catálogo; é BV-027, se não me engano. Essa mensagem traz diferentes arquivos dentro dela. Um deles é o arquivo de futuros e ele traz também arquivos de ativos. O Sr. Alex Oi, Tiago, é o Alex falando. Referente a esse arquivo, o PSPO, realmente você tem razão. Ele só traz posição de derivativos que vai estar dentro desse novo arquivo, que é o BVBG-017. Dentro desse arquivo, o que você tem referente ao ouro são as posições que estão ainda em liquidação. Aí você não tem posição de custódia. Aí você não tem saldo de custódia, você só tem aquilo que está em liquidação. Posição de custódia você vai ter nos relatórios e arquivos da custódia. O Sr. Tiago de Lima A custódia é que vai ter o relatório de posição de ouro. Quando o cara finalmente liquidá-lo, vai estar só com a custódia. MAIO/2013 5

6 O Sr. Alex Vai estar no saldo de custódia. Aí você vai ter lá as informações através do sistema de custódia da nossa depositária. O Sr. Tiago de Lima Entendi. Informações essas que vão estar compondo também junto com as ações que o cara vai ter ou vai subir apartado? O Sr. Alex Então, vai estar dentro do mesmo layout de informações. O Sr. Tiago de Lima Tá legal. Beleza! Vou deixar para as outras pessoas. Mais tarde eu volto com outras perguntas. É só alinhar algumas mensagens que eu preciso passar para vocês e já volto. Obrigado. O Sr. Alex De nada. A Sra. Mediadora A próxima pergunta vem da Sra. Cíntia Abreu, BTG Pactual. A Sra. Cíntia Abreu Olá, boa-tarde. Com relação ao arquivo BVBG-20, que é o cash enterprise modification. A gente recebeu um exemplo na Bolsa, com alguns domínios, mas a gente não recebeu todos. Existe possibilidade de vocês nos mandarem todos esses domínios, para a gente saber se mudou alguma coisa com relação aos domínios atuais e os novos domínios? O Sr. Airton Murakami Oi, Cíntia, só um minuto, por favor. (Pausa.) Oi, Cíntia, hoje a gente não tem esse arquivo com domínio fechado. A gente pretende, até junho, divulgar o que a gente tem até junho, obviamente, de domínio desse arquivo. Cabe reforçar que esse arquivo é um domínio que pode ser alterado conforme a necessidade. O que eu quero dizer? Hoje a gente pode ter uma lista de domínio, e amanhã a gente pode acrescentar um domínio a esse arquivo. A Sra. Cíntia Abreu Quer dizer que isso até está sendo disponibilizado via arquivo. É que hoje eu tenho regra de negócio de empresas desse domínio. Eu digo de forma fixa que em determinados domínios representam determinada coisa, internamente. A gente teria de rever isso, né? O Sr. Airton Murakami Você está correta. Acho que até junho a gente fornece a lista definitiva que a gente tem em visão até junho para vocês. A gente disponibiliza no nosso site. MAIO/2013 6

7 A Sra. Cíntia Abreu Ok. Outra pergunta com relação a negócio. Quando eu tenho um negócio especificado, a Bolsa vai enviar duas mensagens, a 12 e a 14, com relação a esse negócio? O Sr. Airton Murakami Só um minuto. Oi, Cíntia. A mensagem 12 você recebe quando você realiza o negócio. A gente chama de negócios capturados. A 14 é o retorno de qualquer mensagem de inclusão que você faça, ou de exclusão. A 14 é praticamente o status, um retorno da ação que você fizer. Se o cenário é esse: você fez o negócio e você quer saber se vai receber a 12 e a 14, não, você vai receber só a 12. A Sra. Cíntia Abreu O negócio especificado já. O Sr. Airton Murakami Isso, capturado. A Sra. Cíntia Abreu É capturado, mas e se o negócio já estiver especificado? O Sr. Airton Murakami Se o negócio já estiver especificado e você mandar uma alocação? É isso que você está querendo dizer? Uma 13, por exemplo? A Sra. Cíntia Abreu Isso. O Sr. Airton Murakami Aí você recebe só a 14; você não recebe mais a 12. A Sra. Cíntia Abreu Ah, só recebo a 14 então? O Sr. Airton Murakami Como retorno da 13. A Sra. Cíntia Abreu Como retorno da 13. O Sr. Airton Murakami É o nosso exemplo aqui. A Sra. Cíntia Abreu Ok. Outra coisa: nessa mensagem da 12, de negócios capturados, a gente não encontra qual o código da contraparte do participante. Hoje, no XML negócio a negócio, vem essa informação para a contraparte quando da operação de compra e venda. A gente vai ter essa informação na 12 ou ela saiu da 12? O Sr. Airton Murakami Você tem razão. Na 12 não tem mais essa informação da contraparte do negócio. A partir do momento que o negócio é capturado pela pós-negociação, a contraparte passa a ser a própria clearing, não mais o negociador que fez o negócio lá no ambiente de negociação. MAIO/2013 7

8 A Sra. Cíntia Abreu Ok, obrigada. A Sra. Mediadora A próxima pergunta vem do Sr. Luiz Ferreira, Itaú Corretora. O Sr. Altair Murakami É Altair, da Itaú Corretora. Eu gostaria de saber referente à transferência entre corretoras, de ouro. Hoje em dia, a gente manda protocolo para a Bolsa; ambas as partes. Como vai mudar para o ambiente da CBLC, como fica essa transferência? O Sr. Ronaldo Boa-tarde. É Ronaldo falando. A transferência é uma transferência de saldo, de posição. O Sr. Altair Murakami Isso, de posição. O Sr. Ronaldo O saldo, na depositária, vai ser transferido por meio das mesmas telas que você utiliza hoje para fazer a transferência de ação. Você vai ter uma tela específica dentro do sistema da depositária para você transferir os saldos de ouro. Você não vai mais precisar mandar cartinhas para a gente. O Sr. Altair Murakami Tá, e a retirada para o escritural de ouro no mesmo molde? O Sr. Ronaldo A ideia é que sim. O Sr. Altair Murakami Tá. Então, beleza! Ficando na tela lá, fica bem mais fácil. Ok, obrigado. O Sr. Ronaldo De nada. A Sra. Mediadora A próxima pergunta vem da Sra. Aline Freitas, Icap Corretora. (Pausa.) Com licença, Sra. Aline, a sua linha está aberta. A Sra. Aline Freitas Boa-tarde. Com relação aos arquivos eu estou fazendo um trabalho de de/para identifiquei que em alguns arquivos a gente não tem o de/para. Na última teleconferência, o Airton comentou que eles não existindo através lá do site era para a gente considerar que eles iriam se manter. A minha dúvida é: com a descontinuidade da extranet, arquivos como operações de swap, relatórios de IOF sintético, onde a gente vai pegar essas informações agora? O Sr. Airton Murakami Só um minuto, Aline, por favor. Oi, Aline, é o Airton. A sua primeira consideração, só para confirmar, você está correta. Os arquivos de mensagens que não estão MAIO/2013 8

9 listados naquele nosso documento podem considerar que eles permanecerão. Entre eles, os que permanecerão, você mencionou dois: os arquivos de swap e de IOF, correto? A Sra. Aline Freitas Isso. O Sr. Airton Murakami Esses permanecerão via TR, através do mesmo meio que você extrai hoje esses relatórios. A Sra. Aline Freitas Airton, a extranet não vai acabar? Não vai ter outro sistema para a gente poder pegar essas informações? Eu não entendi bem como é que vai funcionar isso. O Sr. Airton Murakami Só um minuto, Aline. O Kanion pode nos ajudar melhor. O Sr. Kanion Aline, boa-tarde. Hoje, a extranet é só porta de entrada para acessar vários sistemas da clearing de derivativos. A Sra. Aline Freitas Perfeito. O Sr. Kanion O que a gente está mudando são os arquivos que hoje fazem parte do IPN. Todos os que estão nesse projeto passarão a ser disponibilizados através do MTA, que é uma solução que, se você usa CBLC, você já tem. A gente vai consolidar arquivos alterados ou arquivos que fazem parte da solução IPN como um todo vão para esse caminho. Os que permanecem, porque parte deles vai ser substituída por arquivos e mensagens, os que permanecem continuarão a ser gerados no TR. Novos relatórios que venham a ser gerados dentro do IPN também vão ser gerados no TR, que é o que você acessa via extranet. Não vai acabar a extranet. Acho que talvez possa gerar alguma confusão é quando há uma questão: Vai acabar o BM&F Serviços, que é a parte que acessa o mainframe. O mainframe continua existindo por conta de outros processos do póstrade, mas você não vai usar mais o BM&F Serviços para todos esses processos que o Airton citou, de liquidação, e para todos os demais que estão sendo migrados para essa plataforma nova que a gente está construindo. A Sra. Aline Freitas Entendi. Tá. Eu tenho só mais uma dúvida. Por exemplo, o PSPO e o ST- 01, que a gente usa hoje para fazer reconciliação financeira e física das posições dentro do SINACOR faturamento, a gente vai ter de/para disso, que vai servir a mensagem agora. MAIO/2013 9

10 Já está prevista a versão atualizada do SINACOR+, para que a gente possa já testar as novas mensagens, por exemplo? Está previsto lá para o final de novembro? Não sei! O Sr. Kanion Só um minutinho. O SINACOR está se aproximando. O Sr. Nemir Jofre de Oliveira Boa-tarde. É o Nemir, tudo bem? Eu estava um pouquinho distante. Poderia repetir a pergunta para eu entender? Eu estava do outro lado da sala. A Sra. Aline Freitas Eu estou fazendo alguns testes no SINACOR+, no módulo de faturamento. Alguns arquivos que a gente usa hoje para fazer o batimento financeiro e físico das posições serão substituídos por mensagens, que a gente tem até o de/para. Por exemplo, é o PSPO e o ST-01. Eu queria saber se já tem uma data do SINACOR, para atualizar a versão do SINACOR+, para que a gente já possa fazer os testes com as novas mensagens, com os novos arquivos que serão substituídos pelos atuais. O Sr. Nemir Jofre de Oliveira A gente vai disponibilizar o SINACOR na data, conforme foi divulgada lá atrás, quer dizer, em meados de junho. A disponibilidade dos arquivos virá posteriormente, seguindo o cronograma de certificação da BVMF. A Sra. Aline Freitas Entendi. O Sr. Nemir Jofre de Oliveira Mais alguma pergunta? A Sra. Aline Freitas Não, é só isso. Obrigada. O Sr. Nemir Jofre de Oliveira De nada. A Sra. Mediadora Com licença, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). Próxima pergunta vem da Sra. Cíntia Abreu, BTG Pactual. (Pausa.) Com licença, Sra. Cíntia Abreu, a sua linha está aberta. A Sra. Cíntia Abreu Olá, pessoal. Boa-tarde de novo. Só para complementar a pergunta que eu fiz da última vez, com relação a 12 e a 14, nos negócios capturáveis. Na verdade, o que a gente gostaria de saber é: uma vez que o negócio já nasce especificado, se ainda assim vai chegar uma 12 para a gente ou se chegaria somente uma 13 referente a 14. MAIO/

11 O Sr. Airton Murakami Não, se o negócio já nasce capturado e alocado só vai para você uma mensagem 12. A Sra. Cíntia Abreu De qualquer forma, vem a mensagem 12 e depois vem a 14 também. Ou só vem a 12? O Sr. Airton Murakami Cíntia, vamos passo a passo. Vamos considerar o primeiro cenário, que não tenha link de repasse. É uma conta aí, debaixo de vocês mesmos. Ao capturar esse negócio, a clearing vai mandar só a mensagem 12 para você. Vamos supor, ainda nesse cenário, que você queira tirar a alocação dessa conta que já veio na captura. Você vai mandar a 13 e a gente manda a 14 como resposta da 13. Perfeito? A Sra. Cíntia Abreu Tá, entendi. Beleza então. O Sr. Airton Murakami O segundo cenário, que é quando a conta que você negociar tiver vínculo de repasse, você recebe, ao capturar o negócio, a clearing vai mandar a mensagem 12 para você e manda a 14 com status do repasse. A Sra. Cíntia Abreu Manda a 12 e a 14 com o status. O Sr. Airton Murakami Do repasse. Perfeito. A Sra. Cíntia Abreu Entendi. Era essa mesmo a dúvida. Perfeito! Obrigada, pessoal. O Sr. Airton Murakami Tá joia, obrigado. A Sra. Mediadora Com licença. Para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). (Pausa.) Com licença novamente, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). A próxima pergunta vem do Sr. Jéferson Macedo, Gradual. O Sr. Duarte Boa-tarde. É Duarte, da Gradual. Estou com uma dúvida. Por exemplo, se o cliente tiver ouro na garantia, na Bovespa ou na BM&F, e ele quiser vender isso, como é o tratamento? Eu tenho de liberar esse ouro ou não? O sistema busca automático? O Sr. Airton Murakami Só um minuto, Duarte, por favor. O Sr. Kirkis Oi, Duarte, é o Kirkis, tudo bem? O ouro depositado em garantia, se você quiser movimentar tem de fazer uma retirada, tá? Os processos de garantia não são mais misturados MAIO/

12 com processo de custódia. O que está em garantia você vai poder utilizar para liquidar uma entrega física. O Sr. Duarte Não, é que falaram anteriormente aí, que o ouro vai ficar na CBLC, certo? Se o cliente vender, vai ser através da transferência via sistema do CAC. Se ele estiver como garantia na BM&F, eu tenho de deixá-lo na carteira livre para vender isso? O Sr. Kirkis Isso. O Sr. Duarte Vai impactar também o financeiro. Por exemplo, se ele está usando o ouro lá e está chamando margem, como é o procedimento? Vocês atendem a venda? O Sr. Kirkis Vamos por partes. O que hoje está se falando do CAC é o seguinte: o que você tem hoje no mainframe vai para o CAC. Vai ficar depositado como se fosse uma ação. O que muda de fluxo, o que está em garantia e o que está custodiado, são caixas segregadas, tá? Se você depositou em garantia, simplesmente você vai bloquear o ouro em uma carteira similar a uma ação. Se você negociar e tiver de entregar esse ouro e esse ouro estiver depositado em garantia, a gente vai ter um processo de entrega do ouro para liquidação. Isso é uma coisa. Agora, se você quiser transferir esse ouro para outra posição, quiser movimentar e colocar em outra carteira, por exemplo, se tiver, aí você tem de desbloquear de garantia. O Sr. Duarte Mais uma pergunta: esse ouro está lá na BM&F, sendo utilizado. Aí, o cliente vendeu. Eu vou ter de colocar a grana para liberar esse ouro, para poder atender a venda ou não? Ou vocês vão liberar? O Sr. Kirkis Para uma venda eu vou liberar. Só que se você estiver precisando dele para cobrir margem, eu vou te chamar a margem de dinheiro, se você não substituir. O Sr. Duarte É através do monitor mesmo? O Sr. Kirkis É o que é hoje. É da mesma forma. Se você tem uma entrega física, a Custódia comunica a Garantia até o meio-dia. Eu desbloqueio o ouro, utilizo o ouro para honrar a liquidação e, se faltar garantia, eu te debito. Vai ser do mesmo jeito, só que vai ser no CAC, isso. O Sr. Duarte Ah, tá joia então. Obrigado. MAIO/

13 O Sr. Kirkis De nada. A Sra. Mediadora A próxima pergunta vem do Sr. Rafael Garcia, Itaú BBA. O Sr. Rafael Garcia Boa-tarde. A respeito do arquivo, da substituição do PSPO pelo BVBG- 017, que vai compor os outros seis arquivos que ele vai trazer nessa mensagem, eu gostaria de confirmar só se o PSPO vai se tornar para a BM&F, ele vai virar esse BVMF ? É isso mesmo? O Sr. É isso mesmo. O BVBG-017 traz esse arquivo específico, que é de fungible derivatives, que é derivativos fungíveis. A intenção dele é justamente substituir o PSPO. O Sr. Rafael Garcia Tá, beleza! Os outros arquivos os de swap, eu falei com o pessoal do swap e eles falaram que não vai mudar você tem data já pós-implantação do derivativo swap, quanto tempo depois que isso aí vai mudar ou vai obedecer a uma regra, junto com o equities? Como é que vai ser? O Sr. Na parte do swap, você tem outro sistema, que é o sistema de balcão, que faz toda a parte de controle de posição e registro de swap. A mudança desses arquivos de balcão vai obedecer não simplesmente à mudança do IPN, mas sim à mudança desse sistema de balcão, desse sistema de registro. O Sr. Rafael Garcia E tem uma data? O Sr. Esse é outro projeto da casa que a gente ainda não tem a data que você vai substituir as operações com CCP dentro desse sistema. O Sr. Rafael Garcia Entendi. Outra coisa: é referente à XML, que hoje a Bolsa disponibiliza. A cada evento que a boleta muda de status, ou seja, ela está pendente, ela foi aprovada, vocês enviam um status novo dessa operação. Isso vai ser mantido quando for para FIX ou não? O envio do up-date do status da mensagem. O Sr. Só um minuto. (Pausa.) Rafael, a resposta é: o XML negócio a negócio vai deixar de existir. Todos os status que você tinha no XML negócio a negócio foram substituídos por mensagens, que estão naquela tabela de de/para. MAIO/

14 O Sr. Rafael Garcia Não, ok. É aquela situação simples: está pendente ou foi aprovado. Era enviado novo status, isso no XML. Na mensageria nova isso vai acontecer ou vai ser só sobre requisição? O Sr. Você receberá, sim quando você tiver uma alteração no status de negócio, uma mensagem informando que teve essa alteração. O Sr. Rafael Garcia Então vocês vão enviar a mensagem? Estava, tipo, na 14 e foi para 20. Agora eu não vou ter totalmente os de/para, mas ele vai trazer um status de quando isso mudar. O Sr. Isso, exatamente. O Sr. Rafael Garcia Tá bom, obrigado. A Sra. Mediadora A próxima pergunta vem do Sr. Osvaldo Santos,Itaú. O Sr. Osvaldo Santos Oi, boa-tarde, pessoal. Com relação ainda a uma pergunta do ouro, o que eu ouvi é que o ouro vai começar um processo de alteração em novembro. Mas eu tenho uma pergunta que é com relação à liquidação financeira dele. Com essa alteração, vai se dar no D-1 ou no D-3? O Sr. Airton Murakami Oi, Osvaldo, é o Airton. A liquidação do ouro, a parte financeira, permanece em D+1, e compõe o neting do D+1. O Sr. Osvaldo Santos Ok, muito obrigado. O Sr. Airton Murakami De nada. A Sra. Mediadora Com licença, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). (Pausa.) Com licença, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). (Pausa.) Com licença novamente, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). (Pausa.) Com licença, para fazer perguntas, por favor, digitem *1 (asterisco um). Com licença, encerramos neste momento a sessão de perguntas e respostas. Eu gostaria de passar a palavra para o Sr. Airton Murakami, para as considerações finais. Por favor, Sr. Airton, pode prosseguir. MAIO/

15 O Sr. Airton Murakami Boa-tarde a todos. Agradeço novamente a participação de vocês neste call. Eu gostaria de reforçar o próximo call, no dia 15, referente aos assuntos Core, Risco Intradiária e Garantias, no mesmo horário, às 14 horas. Obrigado a todos. A Sra. Mediadora A audioconferência do projeto IPN da BM&FBOVESPA está encerrada. Agradecemos a participação de todos e tenham uma boa tarde. Obrigada. MAIO/

16 MAIO/

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processo de Certificação 07/06/2013

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processo de Certificação 07/06/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processo de Certificação 07/06/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Call sobre diversos temas do IPN 19/04/2013 19/04/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos

Leia mais

Local Conference Call Bovespa Comunicado ao Mercado 28 de março de 2012

Local Conference Call Bovespa Comunicado ao Mercado 28 de março de 2012 Local Conference Call Bovespa Comunicado ao Mercado 28 de março de 2012. Operadora: Boa tarde e bem-vindos a áudio conferência de Comunicado ao Mercado da BM&FBovespa. Neste momento todos os participantes

Leia mais

Workshop 4 SINACOR Visão Geral

Workshop 4 SINACOR Visão Geral Workshop 4 SINACOR Visão Geral Dezembro de 2012 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos

Leia mais

Projeto de Integração das Clearings

Projeto de Integração das Clearings Projeto de Integração das Clearings Início da Fase 2 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da 2ª Fase do Projeto de Integração das Clearings depende da aprovação dos órgãos reguladores

Leia mais

Telas de controle de posições e de liquidação

Telas de controle de posições e de liquidação Workshop Certificação Fase 5 Telas de controle de posições e de liquidação Agosto de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

CALL com Mercado. Projeto Integração. das Clearings. Sistema de Cadastro icad-x 15/03/2013

CALL com Mercado. Projeto Integração. das Clearings. Sistema de Cadastro icad-x 15/03/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Sistema de Cadastro icad-x 15/03/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

Programa IPN Certificação com o Mercado

Programa IPN Certificação com o Mercado Programa IPN Certificação com o Mercado A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos reguladores

Leia mais

Projeto de Integração das Clearings

Projeto de Integração das Clearings Projeto de Integração das Clearings Workshop Técnico Fase 2 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da Fase 2 do Projeto de Integração das Clearings depende da aprovação dos órgãos

Leia mais

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Projeto IPN Integração do Pós- Negociação 8ª Reunião do GT-Testes 9 de Maio de 2013 Posição sobre as providências acordadas na realizada em 11-abr-2013 Posição sobre as providências acordadas na realizada

Leia mais

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim da 14ª Reunião do GT-Testes 26 de setembro de 2013

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim da 14ª Reunião do GT-Testes 26 de setembro de 2013 Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim da 14ª Reunião do GT-Testes 26 de setembro de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk

Leia mais

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim 5ª Reunião do GT-Testes 7 de Fevereiro de 2013 A implantação do IPN depende de prévia autorização dos órgãos reguladores A implantação da integração das

Leia mais

PROJETO DE INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS FASE 2

PROJETO DE INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS FASE 2 PROJETO DE INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS FASE 2 Workshop Empréstimo de Ativos 31/08/2015 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da Fase 2 do Projeto de Integração das Clearings depende

Leia mais

IPN - Integração da Pós Negociação

IPN - Integração da Pós Negociação IPN - Integração da Pós Negociação IPN Integração da Pós Negociação Manual Operacional da (Fase 1 Derivativos financeiros e de commodities e ouro disponível) Fevereiro / 2014 Índice IPN Integração da Pós

Leia mais

Workshop Certificação Fase 7 Mensagens de alocação, repasse, controle de posições e de liquidação

Workshop Certificação Fase 7 Mensagens de alocação, repasse, controle de posições e de liquidação Workshop Certificação Fase 7 Mensagens de alocação, repasse, controle de posições e de liquidação Outubro de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE

Leia mais

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008

Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 Rio de Janeiro, 5 de junho de 2008 IDENTIFICAÇÃO Meu nome é Alexandre da Silva França. Eu nasci em 17 do sete de 1958, no Rio de Janeiro. FORMAÇÃO Eu sou tecnólogo em processamento de dados. PRIMEIRO DIA

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Core, Risco Intradiário e Garantias 05/07/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk

Leia mais

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br

Realização e Organização. www.vamaislonge.com.br Realização e Organização www.vamaislonge.com.br Quem somos... Leonardo Alvarenga, tenho 23 anos, sou criador do Não Tenho Ideia e do #VáMaisLonge. Sou formado em Educação Física mas larguei tudo logo após

Leia mais

Integração da Infraestrutura de Pós Negociação AVALIAÇÃO DE IMPACTOS Fevereiro de 2013 versão 2.1

Integração da Infraestrutura de Pós Negociação AVALIAÇÃO DE IMPACTOS Fevereiro de 2013 versão 2.1 Integração da Infraestrutura de Pós Negociação Fevereiro de 2013 versão 2.1 A IMPLANTAÇÃO DA INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS DA BM&FBOVESPA E DO NOVO SISTEMA DE RISCO CORE (CLOSEOUT RISK EVALUATION) DEPENDE DE

Leia mais

Roteiro Específico OC 046/2010 07/10/2010

Roteiro Específico OC 046/2010 07/10/2010 OC 046/2010 07/10/2010 Índice 1. CAPTAR E MANTER CLIENTES... 4 2. GERENCIAR NEGÓCIO... 5 3. EECUTAR ORDENS... 6 4. COMPENSAR E LIQUIDAR... 6 5. FUNÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO... 7 GLOSSÁRIO... 8 2 Definições

Leia mais

Workshop 2 Cadastros. Novembro de 2012

Workshop 2 Cadastros. Novembro de 2012 Workshop 2 Cadastros Novembro de 2012 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos reguladores.

Leia mais

INTEGRAÇÃO DAS CÂMARAS DA BM&FBOVESPA Apresentação para mercado

INTEGRAÇÃO DAS CÂMARAS DA BM&FBOVESPA Apresentação para mercado INTEGRAÇÃO DAS CÂMARAS DA BM&FBOVESPA Apresentação para mercado CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO (MARQUE COM UM X ): CONFIDENCIAL RESTRITA CONFIDENCIAL USO INTERNO X PÚBLICO AGENDA AMBIENTE DE PÓS-NEGOCIAÇÃO

Leia mais

Projeto de Integração das Clearings

Projeto de Integração das Clearings Projeto de Integração das Clearings Workshop Técnico SINACOR Fase 2 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da Fase 2 do Projeto de Integração das Clearings depende da aprovação dos

Leia mais

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento.

P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. museudapessoa.net P/1 Seu Ivo, eu queria que o senhor começasse falando seu nome completo, onde o senhor nasceu e a data do seu nascimento. R Eu nasci em Piúma, em primeiro lugar meu nome é Ivo, nasci

Leia mais

O replay desse evento estará disponível logo após seu encerramento por um período de sete dias.

O replay desse evento estará disponível logo após seu encerramento por um período de sete dias. Operadora: Transcrição da Teleconferência Bom dia e obrigada por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da Tegma Gestão Logística S.A., para discussão dos resultados referentes ao 3T10. Estão presentes

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1

Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 1 Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos Quer Dinheiro Online? 2 ISSO ESTÁ ME GERANDO R$7.278,05 - R$10.588,38 POR SEMANA E VOCÊ PODE FAZER

Leia mais

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira?

Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? Como fazer contato com pessoas importantes para sua carreira? - Tem alguém com quem você gostaria de fazer contato? - Porque você não o fez até agora? - Por que é importante aprender a fazer esses contatos?

Leia mais

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis

3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis 3 Dicas MATADORAS Para Escrever Emails Que VENDEM Imóveis O que é um e- mail bem sucedido? É aquele e- mail que você recebe o contato, envia o e- mail para o cliente e ele te responde. Nós não estamos

Leia mais

PACIÊNCIA ZERO. Do atendimento ao cliente chato. De Wellington Rianc Della Sylva

PACIÊNCIA ZERO. Do atendimento ao cliente chato. De Wellington Rianc Della Sylva PACIÊNCIA ZERO Do atendimento ao cliente chato De Wellington Rianc Della Sylva 2013 SINOPSE Você que trabalha ou já trabalhou com atendimento ao usuário por telefone vai dizer que é verdade. Tem usuário

Leia mais

Implantação da Conta Máster no Segmento Bovespa. Diretoria Executiva das Clearings, Depositária e de Risco

Implantação da Conta Máster no Segmento Bovespa. Diretoria Executiva das Clearings, Depositária e de Risco Implantação da Conta Máster no Segmento Bovespa Diretoria Executiva das Clearings, Depositária e de Risco Setembro/2010 1 AGENDA O que é a conta máster Titulares de conta máster Contas a serem vinculadas

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA

Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Transcrição da Teleconferência de Resultados do 2T14 Q&A SULAMÉRICA Vamos agora iniciar a sessão de perguntas e repostas. Nossa primeira pergunta vem do Senhor do Bradesco. Por favor, você pode ir em frente.,

Leia mais

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010)

Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 1 of 6 02/12/2011 16:14 Bate-papo: Uso do Scratch, uma nova linguagem de programação, no ensino fundamental - Web Currículo (25/05/2010) 13:58:20 Bem-vindos ao Bate-papo Educarede! 14:00:54 II Seminário

Leia mais

A CBLC atua como Contraparte Central garantidora das Operações perante os Agentes de Compensação, conforme disposto no Título I do Regulamento.

A CBLC atua como Contraparte Central garantidora das Operações perante os Agentes de Compensação, conforme disposto no Título I do Regulamento. C A P Í T U L O I I I - C O M P E N S A Ç Ã O E L I Q U I D A Ç Ã O 1. A SPECTOS G ERAIS A CBLC é responsável pela Compensação e Liquidação das Operações com Ativos realizadas nos Sistemas de Negociação

Leia mais

JBOLETO GENERATOR A maneira mais fácil para trabalhar com boletos bancários. Agradecimentos

JBOLETO GENERATOR A maneira mais fácil para trabalhar com boletos bancários. Agradecimentos Agradecimentos Ao concluir a confecção deste manual, gostaria de agradecer a equipe de desenvolvimento da empresa onde trabalho por ter ajudado e acreditado neste projeto: Márcio Morais (Analista de Sistemas),

Leia mais

Mundial MNDL4/MNDL3, para muitos fenômeno mas para nós a maior manipulação com Insider trading da história do Brasil

Mundial MNDL4/MNDL3, para muitos fenômeno mas para nós a maior manipulação com Insider trading da história do Brasil 11 de julho de 2011 Mundial MNDL4/MNDL3, para muitos fenômeno mas para nós a maior manipulação com Insider trading da história do Brasil A CVM Bom dia Srs. Maria Helena Santana Venho através desta, tentar

Leia mais

análise da sequência de

análise da sequência de Laila Vanetti - Setembro de 2014 Laila Vanetti - Setembro de 2014 último encontro análise da sequência de vendas de Conrado adolpho 1º E-mail Conrado adolpho Assunto: O que fizemos aqui na Webliv... Oi,

Leia mais

Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes

Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes Ausência de padronização e automação na troca de informações entre os diversos participantes do mercado Corretoras de valores e de mercadorias

Leia mais

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online

Por Tiago Bastos 1. 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Por Tiago Bastos 1 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar Dinheiro Online Se não pode subir a montanha, torne-se uma. Por Tiago Bastos 2 3 Dicas Infalíveis Para Ganhar

Leia mais

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital

PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL. Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital PASSOS INICIAIS PARA CRIAR O SEU NEGÓCIO DIGITAL Aprenda os primeiros passos para criar seu negócio digital Conteúdo PRIMEIROS PASSOS COM BLOG:... 3 Primeiro:... 3 Segundo:... 4 Terceiro:... 5 Quarto:...

Leia mais

CAPÍTULO I - CADASTRO DE PARTICIPANTES E INVESTIDORES 1. Aspectos gerais 1.1 Apresentação de documentos

CAPÍTULO I - CADASTRO DE PARTICIPANTES E INVESTIDORES 1. Aspectos gerais 1.1 Apresentação de documentos PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA DE ATIVOS (CBLC) CAPÍTULO I - CADASTRO DE PARTICIPANTES

Leia mais

Então, é difícil para a gente afirmar um número ainda, mas vai estar nesse intervalo entre estabilidade e alguma coisa perto de 2% ou 3%.

Então, é difícil para a gente afirmar um número ainda, mas vai estar nesse intervalo entre estabilidade e alguma coisa perto de 2% ou 3%. Q&A de Teleconferência Resultado 3T08 ALL América Latina Logística 13 de novembro de 2008 Na redução de guidance de vocês, essa expressão interessante, um crescimento marginal de yield. Em um crescimento

Leia mais

Sistema de Cadastro Selic

Sistema de Cadastro Selic BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros Sistema de Cadastro Selic Diretoria Executiva de Clearings, Depositária e de Risco Versão 2.0 SUMÁRIO 1 ACESSO AO SISTEMA... 3 2 SOLICITAÇÃO DE

Leia mais

São considerados Sistemas de Negociação os seguintes sistemas eletrônicos da BOVESPA:

São considerados Sistemas de Negociação os seguintes sistemas eletrônicos da BOVESPA: C A P Í T U L O I I - R E G I S T R O E A C E I T A Ç Ã O D E O P E R A Ç Õ E S 1. R EGISTRO DE O PERAÇÕES A CBLC registra Operações realizadas nos Sistemas de Negociação para os quais presta serviço.

Leia mais

Agora gostaria de passar a palavra ao Sr. Heráclito Brito Gomes, que fará a abertura da teleconferência. Por favor, Sr. Gomes, pode prosseguir.

Agora gostaria de passar a palavra ao Sr. Heráclito Brito Gomes, que fará a abertura da teleconferência. Por favor, Sr. Gomes, pode prosseguir. Boa tarde, senhoras e senhores, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da Qualicorp para discussão da aquisição da Aliança Administradora de Benefícios de Saúde Ltda. Estão presentes

Leia mais

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo

Freelapro. Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Palestrante: Pedro Quintanilha Freelapro Título: Como o Freelancer pode transformar a sua especialidade em um produto digital ganhando assim escala e ganhando mais tempo Quem sou eu? Eu me tornei um freelancer

Leia mais

PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de. vendas de eben pagan

PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de. vendas de eben pagan PRIMEIRO ENCONTRO análise da sequência de vendas de eben pagan Laila Vanetti - Agosto de 2014 Sequência de e-mails tem poder Vamos pensar em uma Carta de Vendas? E-mails Carta de Vendas Estrutura da carta

Leia mais

Como fazer seu blog se destacar dos outros

Como fazer seu blog se destacar dos outros Como fazer seu blog se destacar dos outros Fama. Tráfego. Reconhecimento. Muito dinheiro no bolso. Esses itens certamente estão presentes na lista de desejos de quase todos os blogueiros. Afinal, ninguém

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de lançamento

Leia mais

Transcriça o da Entrevista

Transcriça o da Entrevista Transcriça o da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Ex praticante Clarice Local: Núcleo de Arte Grécia Data: 08.10.2013 Horário: 14h Duração da entrevista: 1h COR PRETA

Leia mais

10 segredos para falar inglês

10 segredos para falar inglês 10 segredos para falar inglês ÍNDICE PREFÁCIO 1. APENAS COMECE 2. ESQUEÇA O TEMPO 3. UM POUCO TODO DIA 4. NÃO PRECISA AMAR 5. NÃO EXISTE MÁGICA 6. TODO MUNDO COMEÇA DO ZERO 7. VIVA A LÍNGUA 8. NÃO TRADUZA

Leia mais

Superando Seus Limites

Superando Seus Limites Superando Seus Limites Como Explorar seu Potencial para ter mais Resultados Minicurso Parte VI A fonte do sucesso ou fracasso: Valores e Crenças (continuação) Página 2 de 16 PARTE 5.2 Crenças e regras!

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015

Teleconferência Novo Diretor-Presidente 15 de Junho de 2015 Operadora: Bom dia. Sejam bem-vindos à teleconferência da TOTVS. Estão presentes os senhores Laércio Cosentino, CEO e Membro do Conselho da Administração, Rodrigo Kede, Diretor-presidente, e Gilsomar Maia,

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T08 BRMALLS (BRML3 BZ) 17 de novembro de 2008

Transcrição da Teleconferência Resultados do 3T08 BRMALLS (BRML3 BZ) 17 de novembro de 2008 Operadora: Senhoras e senhores, boa tarde, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da BRMALLS sobre os resultados do 3T08. Estão presentes hoje conosco os senhores Carlos Medeiros,

Leia mais

Atividade - Sequência Conrado Adolpho

Atividade - Sequência Conrado Adolpho Atividade - Sequência Conrado Adolpho Agora, eu quero lhe apresentar os 6 e-mails do conrado adolpho para vender o 8ps. Quero que você leia está sequência com muita atenção e, depois, responda às provocações

Leia mais

Como Ganhar 10 Mil Reais por Mês com o Método Formula Negócio Online 2016. w w w. t o t a l m e n t e l i v r e. c o m Página 1

Como Ganhar 10 Mil Reais por Mês com o Método Formula Negócio Online 2016. w w w. t o t a l m e n t e l i v r e. c o m Página 1 w w w. t o t a l m e n t e l i v r e. c o m Página 1 INTRODUÇÃO Olá amigos tudo bem? Deixa eu me apresentar meu nome é Rodrigo Alves, sou empreendedor digital com foco em marketing de afiliados e também

Leia mais

COMO CRIAR UM SITE DE NEGÓCIOS

COMO CRIAR UM SITE DE NEGÓCIOS 0 COMO CRIAR UM SITE DE NEGÓCIOS Em 5 Passos Simples Aprenda aqui a criar um site de negócios de maneira simples, com algumas dicas fundamentais para o começo do seu projeto no Mercado Digital COMO CRIAR

Leia mais

Gravando uma Áudio Conferência

Gravando uma Áudio Conferência Gravando uma Áudio Conferência Para iniciar a gravação da áudio conferência, digite *2. Você ouvirá a seguinte mensagem: Para iniciar a gravação da conferência pressione 1, para cancelar pressione * Ao

Leia mais

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS

UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS UNIDADE VI ESCREVENDO E-MAILS QUE GERAM RESULTADOS Nessa unidade vou mostrar para você como escrever e-mails que geram resultados. Mas que resultados são esses? Quando você escreve um e-mail tem que saber

Leia mais

(3) Depois de logar como CONSULTOR com uma conta já criada

(3) Depois de logar como CONSULTOR com uma conta já criada Melhorias/Ajustes a serem feitos no website. (1) Landpage Sobre as duas caixas do banner. Preciso conseguir alterar a fonte/tamanho de seus títulos, Consultor Local e Consultoria Online. Deixe as caixas

Leia mais

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias

4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias 4 Passos Para Criar Um Ebook Lucrativo Em Menos de 30 Dias Copyright 2014 por Mindbank Publicado por: Mindbank Autor: Matheus Beirão Primeira edição: Maio de 2014 Todos os direitos reservados. Nenhuma

Leia mais

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça

Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Serviço de Rádio Escuta da Prefeitura de Porto Alegre Emissora: Rádio Guaíba Assunto: Entrevista com a primeira dama de Porto Alegre Isabela Fogaça Data: 07/03/2007 14:50 Programa: Guaíba Revista Apresentação:

Leia mais

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA CÂMARA DE COMPENSAÇÃO, LIQUIDAÇÃO E GERENCIAMENTO DE RISCOS DE OPERAÇÕES NO SEGMENTO BOVESPA, E DA CENTRAL DEPOSITÁRIA DE ATIVOS (CBLC) Março 2011 GLOSSÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Resultados do 4T09 Trisul (TRIS3 BZ) 16 de março de 2010

Transcrição da Teleconferência Resultados do 4T09 Trisul (TRIS3 BZ) 16 de março de 2010 Operadora: Bom dia, senhoras e senhores. Sejam bem-vindos à teleconferência dos resultados do 4T09 da Trisul. Hoje nós temos a presença do Sr. Jorge Cury Neto, Diretor Presidente, e Sr. Marco Antônio Mattar,

Leia mais

Como Instalar Wordpress Manualmente

Como Instalar Wordpress Manualmente Antes de começar quero te fazer uma pergunta: Você gostaria de ganhar R$1714.48 reais de renda extra trabalhando apenas 1 hora por dia? Como Instalar Wordpress Manualmente Pense bem e reflita na pergunta

Leia mais

Antes de tudo... Obrigado!

Antes de tudo... Obrigado! Antes de tudo... Obrigado! Eu, Luiz Felipe S. Cristofari, agradeço por ter baixado esse PDF. Criei esse material para ajudar você a ter mais sucesso com suas ideias na internet e fico muito feliz quando

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

www.marketingdigitalexpress.com.br - Versão 1.0 Página 1

www.marketingdigitalexpress.com.br - Versão 1.0 Página 1 www.marketingdigitalexpress.com.br - Versão 1.0 Página 1 Remarketing é um recurso utilizado para direcionar anúncios personalizados para as pessoas que visitaram uma determinada página do seu site ou clicaram

Leia mais

Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito

Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito Perguntas realizadas na apresentação do Fundo Garantidor de Crédito - O que significa DPEG? - O que é DPGE 1 e 2? Quais suas finalidades? Qual a diferença para o FGC? DPGEs são títulos de renda fixa representativos

Leia mais

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade

Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade Manual do Sistema TBZ OnLine - Entidade DM003.0 Página 1 / 42 Índice 1 APRESENTAÇÃO... 4 DETALHAMENTO DOS LINKS DO TECBIZ ONLINE... 5 2 INICIAL... 5 3 ASSOCIADO... 5 3.1 SELECIONA ASSOCIADO... 5 3.2 ALTERAR

Leia mais

GPD Gestão de Posições em Derivativos

GPD Gestão de Posições em Derivativos 2010 GPD Gestão de Posições em Derivativos BMF&Bovespa Versão 1.00 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. O NOVO SISTEMA... 3 3. Lista de Referência... 5 3.1 Definições... 5 3.1.1 CAB Central de Atendimento BM&FBOVESPA...

Leia mais

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira?

HISTÓRIA DE LINS. - Nossa que cara é essa? Parece que ficou acordada a noite toda? Confessa, ficou no face a noite inteira? HISTÓRIA DE LINS EE PROF.PE. EDUARDO R. de CARVALHO Alunos: Maria Luana Lino da Silva Rafaela Alves de Almeida Estefanny Mayra S. Pereira Agnes K. Bernardes História 1 Unidas Venceremos É a história de

Leia mais

Sempre estou tranquilo nesta Casa, mas aqui temos posição política. Eu fico admirado de ver

Sempre estou tranquilo nesta Casa, mas aqui temos posição política. Eu fico admirado de ver SESSÃO: 255-S0 DATA: 27/08/15 FL: 1 DE 5 O SR. TONINHO VESPOLI (PSOL) - Boa tarde novamente a todos e a todas. Sempre estou tranquilo nesta Casa, mas aqui temos posição política. Eu fico admirado de ver

Leia mais

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses

Estudo de Caso. Cliente: Rafael Marques. Coach: Rodrigo Santiago. Duração do processo: 12 meses Estudo de Caso Cliente: Rafael Marques Duração do processo: 12 meses Coach: Rodrigo Santiago Minha idéia inicial de coaching era a de uma pessoa que me ajudaria a me organizar e me trazer idéias novas,

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Amigos, amigos, negócios à parte!

Amigos, amigos, negócios à parte! Reforço escolar M ate mática Amigos, amigos, negócios à parte! Dinâmica 4 2º Série 2º Bimestre Aluno DISCIPLINA Ano CAMPO CONCEITO Matemática Ensino Médio 2ª Numérico Aritmético Matemática Financeira Primeira

Leia mais

Treinamento Sistema Condominium Módulo II

Treinamento Sistema Condominium Módulo II CONDOMINIUM - Módulo II GERAÇÃO DE EMISSÕES RATEIO Neste módulo o aprendizado será a emissão dos boletos bancários. O sistema disponibiliza algumas maneiras para facilitar o seu dia-a-dia: Sequencia para

Leia mais

Operadora: Gustavo Poppe:

Operadora: Gustavo Poppe: Operadora: Boa tarde senhoras e senhores e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da SUZANO PAPEL E CELULOSE para a discussão dos resultados referentes ao segundo trimestre de 2005.

Leia mais

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

12/02/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República , Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da Escola Municipal Jornalista Jaime Câmara e alusiva à visita às unidades habitacionais do PAC - Pró-Moradia no Jardim do Cerrado e Jardim Mundo

Leia mais

COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING

COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING COMO CRIAR UMA ESTRATÉGIA DE E-MAIL MARKETING A palavra estratégia, segundo o dicionário Informal 1, é a ação ou caminho mais adequado a ser executado para alcançar um objetivo ou meta. Para se traçar

Leia mais

Mas do ponto de vista do grosso, o grande percentual de discussões acumuladas e passadas que tínhamos, já está absolutamente eliminado.

Mas do ponto de vista do grosso, o grande percentual de discussões acumuladas e passadas que tínhamos, já está absolutamente eliminado. Carlos Macedo, Goldman Sachs: Bom dia. Obrigado pela oportunidade. Duas perguntas, a primeira se refere à sinistralidade em seguro de saúde. Na página sete do release, vocês falam de uma despesa extraordinária

Leia mais

GANHAR DINHEIRO COM SEU SITE OU BLOG

GANHAR DINHEIRO COM SEU SITE OU BLOG GANHAR DINHEIRO COM SEU SITE OU BLOG Ganhe dinheiro com seu blog.... Aposto que você já viu isso escrito em centenas de sites ou blogs e nunca conseguir atingir esse objetivo, aqui nesse ebook iremos abordar

Leia mais

Downloads no EU VOU PASSAR 2.0

Downloads no EU VOU PASSAR 2.0 Downloads no EU VOU PASSAR 2.0 Conteúdo Instalando o Orbit Downloader... 1 Configurando o Orbit Downloader para o EU VOU PASAR 2.0... 8 Realizando os Downloads no Eu Vou Passar 2.0... 12 Fazendo o Download

Leia mais

Pré-Requisitos Certificação IPN- SINACOR. Projeto: SINACOR - IPN

Pré-Requisitos Certificação IPN- SINACOR. Projeto: SINACOR - IPN Pré-Requisitos Certificação IPN- SINACOR Projeto: SINACOR - IPN A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização

Leia mais

Como Ganhar R$ 625,00 por Mês com Hotmart

Como Ganhar R$ 625,00 por Mês com Hotmart Como Ganhar R$ 625,00 por Mês com Hotmart Ah algum tempo venho estudando e me dedicando a atividade de blogueiros famosos no cenário internacional como Darren Rowse, Silvio Fortunato, Pat Flynn, entre

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Sinacor 24/07/2013

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Sinacor 24/07/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Sinacor 24/07/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia

Leia mais

Daruma NFCe Conheça todos os passos para testar a NFCe Daruma

Daruma NFCe Conheça todos os passos para testar a NFCe Daruma Pré-requisitos Mini Impressora Daruma versão 02.50.02 ou superior. Cadastro no servidor de Testes Daruma NFCe Conheça todos os passos para testar a NFCe Daruma Adquirir Mini Impressora a preço subsidiado

Leia mais

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação Relatório de Definições de Arquivos Este documento descreve um conjunto de definições de arquivos desenvolvidos pela BM&FBOVESPA, a serem utilizados no processo

Leia mais

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA

GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA GANHE DINHEIRO FACIL GASTANDO APENAS ALGUMAS HORAS POR DIA Você deve ter em mente que este tutorial não vai te gerar dinheiro apenas por você estar lendo, o que você deve fazer e seguir todos os passos

Leia mais

INICIAL. Guia de Criação da Base Produção Paralela IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS

INICIAL. Guia de Criação da Base Produção Paralela IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS Guia de Criação da Base Produção Paralela INICIAL SEQUENCES, tabelas de BMF e CADASTRO. Atualização de Bancos de Dados. Validações necessárias. IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS OS PROCEDIMENTOS DA

Leia mais

PASSOS PARA INVESTIR ATRAVÉS DE ROBÔS COM APENAS R$ 1.000 ALEXANDRE WANDERER

PASSOS PARA INVESTIR ATRAVÉS DE ROBÔS COM APENAS R$ 1.000 ALEXANDRE WANDERER PASSOS PARA INVESTIR ATRAVÉS DE ROBÔS COM APENAS R$ 1.000 ALEXANDRE WANDERER A máquina pode substituir 100 pessoas comuns. Mas, nenhuma máquina pode substituir uma pessoa criativa. Elbert Hubbard Sobre

Leia mais

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1

GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 GUIA PARA NOVOS NO ELO7: MEIOS DE PAGAMENTO 1 ÍNDICE 1. Meios de Pagamento disponíveis 1.1 Notificação de Pagamento 03 03 2. Moip 2.1 Benefícios 2.2 Como criar uma conta no Moip 2.2.1. Verificação da conta

Leia mais

Apresentação. Nossa sugestão é que você experimente e não tenha medo de clicar!!!

Apresentação. Nossa sugestão é que você experimente e não tenha medo de clicar!!! Apresentação Este manual é uma orientação para os participantes de cursos no ambiente Moodle do INSTITUTO PRISMA. Tem como objetivo orientar sobre as ações básicas de acesso e utilização do ambiente virtual

Leia mais

Perguntas e Respostas NOVO SITE PEDIDOSONLINE HERBALIFE NO MYHERBALIFE.COM.BR BRASIL, 2013.

Perguntas e Respostas NOVO SITE PEDIDOSONLINE HERBALIFE NO MYHERBALIFE.COM.BR BRASIL, 2013. Geral Como posso pedir produtos em outros países? Como eu coloco Pedidos através do myherbalife.com.br? Como eu pago a Taxa de Processamento Anual? Esse mês tem fechamento duplo. Eu terei a possibilidade

Leia mais

Desculpe, Sérgio, eu não sei se eu falei saúde, a minha pergunta é sobre automóveis.

Desculpe, Sérgio, eu não sei se eu falei saúde, a minha pergunta é sobre automóveis. Iago Whately, Banco Fator: Eu tenho duas perguntas. A primeira é a respeito da sinistralidade no seguro de saúde. A sinistralidade da SulAmérica no 1T ficou bem abaixo da média do mercado segurador. Eu

Leia mais