GABARITO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE ITABORAÍ/RJ.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GABARITO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE ITABORAÍ/RJ."

Transcrição

1 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO PROFESSORA EVELIN POYARES GABARITO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE ITABORAÍ/RJ. JOANA DA SILVA, brasileira, solteira, auxiliar de serviços gerais, portadora da CTPS nº 001, IFP Nº 002, CPF nº 003, PIS nº 004, nascida em 23 de abril de 1950, filha de Angélica da Silva, residente e domiciliada na Rua Silva Andrade nº 15, CEP: 006, Bonsucesso, Rio de Janeiro, vem, perante V.EXª por intermédio de seu advogado infra-assinado e devidamente constituído, com instrumento procuratório em anexo, indicando para os efeitos do art. 106, I, CPC o endereço profissional na Rua..., n...., Bairro..., Cidade..., Estado..., CEP..., onde recebem intimações e notificações com fulcro no artigo 840 1º da CLT, propor: RECLAMATÓRIA TRABALHISTA, pelo rito ordinário Em face de TOMA LÁ DA CÁ LTDA pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº..., estabelecida na Rua das Andradas nº 15, Cep: 0014, Itaboraí, pelas razões de fato e de direito a seguir expostas: I - PRELIMINARMENTE 01 - DA GRATUIDADE DE JUSTIÇA Declara a Reclamante, sob as penas da lei, não ter condições de custear as despesas processuais sem prejuízo do próprio sustento e de sua família, razão pela qual requer o deferimento da justiça gratuita nos termos do art. 790, 3º da CLT e art. 98, I do CPC DA PRIORIDADE NA TRAMITAÇÃO A reclamante nasceu em 23/04/1950 possui idade superior a 60 anos. Assim, enquadrada sua condição como idoso, nos termos do art. 1048, I do CPC e a Lei /03, art. 71. Requer que seja concedida prioridade na tramitação deste processo, tendo em vista, que a reclamante tem 66 anos de idade e, portanto, se enquadra na hipótese de tramitação preferencial do feito contida no artigo 71 da Lei 10741/03 e art. 1048, I do CPC para o direito à obtenção dessa garantia. Requer, preliminarmente, a prioridade na tramitação da presente demanda. II DOS FATOS E FUNDAMENTOS: 01 DO CONTRATO DE TRABALHO A reclamante foi admitida pelo reclamado no dia 08/06/2014, para exercer a função de auxiliar de serviços gerais, recebendo por última remuneração a importância de R$ 900,00, sendo dispensada sem justa causa em 18/10/ DO PERÍODO SEM ANOTAÇÃO NA CTPS A reclamante iniciou seu contrato de trabalho em 08/06/2014, entretanto sua CTPS somente foi assinada em 10/09/2014. Nos termos do art. 29, caput, da CLT a RECLAMADA tem o prazo de 48 horas para efetivar a anotação na CTPS da reclamante, sob pena de sofrer as sanções previstas no art. 29, 3º c/c art. 47 ambos da CLT. Diante do exposto, requer o reconhecimento do vínculo empregatício do período sem a respectiva anotação na CTPS com as respectivas anotações na Carteira de Trabalho e a condenação da reclamada ao pagamento das verbas salariais e rescisórias, a saber: aviso prévio, as férias, com acréscimo de 1/3, décimo terceiro salário e FGTS (depósito e multa) de todo o período contratual com observância da OJ. 82 do TST. 03 DO SALÁRIO EXTRA FOLHA (POR FORA)

2 Além do salário mensal de R$ 900,00, a Reclamante recebia R$ 100,00 extra-folha a título de gratificação. Portanto, nos termos do art. 457, 1º da CLT, requer a incorporação do salário extra-folha, a retificação na CTPS, bem como os seus devidos reflexos em aviso prévio, 13º salário, férias acrescidas do terço constitucional e FGTS (depósitos e multa). 04 DA JORNADA DE TRABALHO Durante o período que trabalhou para a reclamada foi acertada a seguinte jornada de trabalho: segundafeira a sábado de 9h as 18h com 1h para intervalo de alimentação. Diante do exposto, requer a condenação da reclamada ao pagamento da hora extra excedentes da 8ª hora diária ou 44ª hora semanal acrescidas de 50%, nos termos do art. 7º, XVI, da CF e art. 59, 1º, da CLT, relativos às horas laboradas em regime de sobrejornada, bem como, reflexos em descanso semanal remunerado e com este em aviso prévio, décimo terceiro salário integral e proporcional, férias integrais e proporcionais acrescidas de 1/3 e FGTS (depósito e multa de 40%). 05 DA INTEGRAÇÃO DA HORA EXTRA LABORADA Devido a sobrecarga de serviço na empresa ficou ajustado que as terça-feira e quinta-feira a jornada seria estendida até as 20h e com o pagamento do adicional de 50% sem a inclusão no contracheque. O art. 7º, inciso XVI, da CF/88 e o art. 59, caput e 1º da CLT, estabelecem que o trabalho extraordinário dá direito ao reclamante ao pagamento destas horas com o respectivo adicional de 50%, de modo que por sua habitualidade deverão integrar salário do reclamante para todos os efeitos legais (súmula 376, inciso II, do TST), com reflexos no RSR em com este, no aviso prévio, nas férias integrais e proporcionais de todo o período, décimos terceiros, salário integral e proporcional, FGTS (depósito e multa). 06. DAS HORAS EXTRAS DO ART. 384 DA CLT A reclamante realizava horas extras diariamente, como narrado. Assim, não respeitado pela reclamada o art. 384 da CLT, ou seja, em caso de prorrogação do horário normal, será obrigatório um descanso de 15 minutos antes do início do período extraordinário do trabalho. Requer a condenação da reclamada ao o pagamento do intervalo de 15 minutos diários, como hora extraordinária com o adicional de 50% conforme o art. 7º, XVI da CF, base de cálculo salário acrescido da gratificação, bem como os reflexos em RSR, aviso prévio, 13º salário, férias acrescidas de 1/3, FGTS com multa de 40%. 07 DA REDUÇÃO DO INTERVALO INTRAJORNADA A RECLAMADA fornece alimentação aos empregados e com isso reduziu o intervalo para alimentação para 45 minutos. A redução do intervalo é ato que depende da aprovação do Ministério do Trabalho, como sustenta o 3º do art. 71, CLT. Assim, requer a condenação da Reclamada ao pagamento destas horas de forma integral com acréscimo de 50%, nos moldes da S.437, II do TST e do 4 do art. 71 da CLT. Ademais, requer os devidos reflexos em descanso semanal remunerado, aviso prévio, décimo terceiro salário, férias acrescidas do terço constitucional e FGTS (depósitos e multa de 40%). Requer seja utilizada como base de cálculo maior e real remuneração do Reclamante, considerando a incorporação do salário extra-folha. (Fato, fundamento e pedido) DAS FÉRIAS DE TODO O PERÍODO Durante o período em que trabalhou para a empresa a reclamante gozou suas férias corretamente e o seu pagamento sempre foi realizado conjuntamente com seu salário. De acordo com os art. 145, caput e S. 450 TST o pagamento das férias deve ocorrer dois dias antes do seu início, sob pena de pagamento em dobro caso ocorra o descumprimento do referido dispositivo legal. Diante do exposto requer a V.Exª a condenação da reclamada ao pagamento em dobro das férias de todo período contratual inclusive do seu terço constitucional. 09 DO DESCONTO INDEVIDO ATESTADO MÉDICO No mês de setembro de 2015 a reclamante precisou levar seu filho de 6 anos ao pediatra apresentando atestado médico comprovando sua ausência o que não foi aceito pela reclamada que descontou o referido dia. Nos termos do art. 473, XI da CLT, esta ausência é hipótese de ausência legal, configurando a interrupção do contrato de trabalho, isto é, o empregado não trabalho, mas recebe salário e conta tempo de serviço. Diante do exposto requer a V.EXª a condenação da reclamada na devolução de 1 dia de serviço por ser tratar de desconto ilícito. 10 DO DESCONTO INDEVIDO - DESCONTO DO PRODUTO A RECLAMANTE foi descontada do seu salário a quantia de R$ 100,00 devido ao desaparecimento de um produto da empresa o que não foi apurado pela reclamada que apenas descontou de todos a referida

3 quantia. Nos termos do art. 462, caput da CLT é vedado ao empregador realizar qualquer desconto no salário do empregado, salvo os resultantes de adiantamento, dispositivos de lei ou contrato coletivo. E ainda conforme art. 462, 1º da CLT se houver dano ao empregador o desconto apenas será lícito se houver culpa e neste caso é necessária a anuência do empregado ou por dolo. A reclamada apenas descontou o prejuízo de R$ 100,00 e não averiguou o responsável. Não pode reclamada repassar os riscos da atividade ai reclamante. Diante do exposto requer a V.EXª a condenação da reclamada na devolução da quantia de R$ 100,00 por ser tratar de desconto ilícito. 11 DO SALÁRIO IN NATURA A reclamada concedia mensalmente em favor da reclamante, durante o período de junho de 2014 a novembro de 2015 cesta básica por mera liberalidade sem realizar qualquer desconto. Nos termos do artigo 458,caput, da CLT, as utilidades fornecidas ao empregado pelo empregador,pelos serviços prestados, de forma habitual, gratuita, que não tenham caráter nocivo e que alei não lhes retira a natureza salarial possuem natureza salarial, devendo, portanto, integrar o seu salário para fins de projeções legais. Diante do exposto, requer a integração ao salário da reclamante dos valores correspondente a cesta básica fornecido pela reclamada para fins de reflexos em aviso prévio, décimo terceiro salário, férias integrais e proporcionais acrescidas de 1/3 e FGTS (depósitos e multa de 40%), bem como, que a utilidade seja anotada na CTPS da reclamante, nos termos do art. 29, caput e 1ºda CLT. 12 DA ALTERAÇÃO LESIVA Durante o período de junho de 2014 a novembro de 2015 a empresa fornecia aos empregados cesta básica por mera liberalidade sem realizar qualquer desconto. Entretanto alegando motivos financeiros decidiu suspender o benefício para cortar gastos e evitar prejuízos financeiros para a empresa. Nos termos do art. 468, caput da CLT qualquer alteração unilateral lesiva será considerada nula de pleno direito. E conforme S. 51, I do TST, as alterações no regulamento de empresa que alterem ou revoguem condições anteriores somente atingirão aos trabalhadores admitidos após a alteração ou revogação do regulamento. Diante do exposto requer a condenação da reclamada ao pagamento do valor correspondente a cesta básica, bem como, reflexos em aviso prévio, décimo terceiro salário, férias acrescidas do terço constitucional e FGTS(depósitos e multa de 40%). 13. MULTA DO ART. 467, CLT Requer que o pagamento das verbas rescisórias incontroversas seja realizado em primeira audiência, sob pena de multa de 50%, nos termos do art. 467 da CLT 14. MULTA DO ART. 477, 8º, DA CLT A reclamada dispensou a reclamante por sem justa causa no dia 18 de outubro de 2016 determinando o cumprimento do aviso prévio em casa e pagou as verbas rescisórias no dia 21 de novembro de Nos termos do art. 477, 6º, b, CLT quando o aviso prévio não for cumprido as verbas rescisórias devem ser pagas no prazo de 10 dias corridos, sob pena de multa de 1 salário da reclamante, prevista no art. 477, 8º, da CLT. Em razão do atraso, portanto, a reclamante faz jus a tal multa. Diante do exposto, requer a V.EXª condenação da reclamante ao pagamento da multa do art. 477, 8º,da CLT. 15. HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS Ressalte-se que consoante o art. 133 da Constituição Federal de 1988, o advogado é indispensável à justiça e sendo esta sua fonte de recursos para a subsistência, faz jus ao pagamento de honorários advocatícios, em razão da mera sucumbência, estes não inferiores à 20% (vinte por cento)nos termos do art. 85, 1º do CPC. III DOS PEDIDOS Diante do exposto, Requer a V.EXª a condenação da empresa reclamada nas seguintes parcelas e obrigações: a) sejam concedidos os benefícios da gratuidade de Justiça; b) sejam concedidos os benefícios da tramitação preferencial do feito; C) requer o reconhecimento do vínculo empregatício do período sem a respectiva anotação na CTPS com as respectivas anotações na Carteira de Trabalho e a condenação da reclamada ao pagamento das verbas salariais e rescisórias, a saber: aviso prévio, as férias, com acréscimo de 1/3, décimo terceiro salário e FGTS (depósito e multa) de todo o período contratual. D) requer a incorporação do salário extra-folha, a retificação na CTPS, bem como os seus devidos reflexos em aviso prévio, 13º salário, férias acrescidas do terço constitucional e FGTS (depósitos e multa); E) o pagamento das horas extras e os seus devidos reflexos; F) integração da hora extra laborada e reflexos;

4 g) a condenação ao pagamento de horas extras referentes ao intervalo intrajornada e os seus reflexos; h) hora extra do art. 384 da CLT e reflexos; i) pagamento em dobro das férias de todo período contratual inclusive do seu terço constitucional; J) condenação da reclamada na devolução de 1 dia de serviço por ser tratar de desconto ilícito; k) a condenação da reclamada na devolução da quantia de R$ 100,00 por ser tratar de desconto ilícito; l) a integração ao salário da reclamante dos valores correspondente a cesta básica fornecido pela reclamada para fins de reflexos em aviso prévio, décimo terceiro salário, férias integrais e proporcionais acrescidas de 1/3 e FGTS (depósitos e multa de 40%), bem como, que a utilidade seja anotada na CTPS da reclamante, nos termos do art. 29, caput e 1ºda CLT; m) a condenação da reclamada ao pagamento do valor correspondente a cesta básica, bem como, reflexos em aviso prévio, décimo terceiro salário, férias acrescidas do terço constitucional e FGTS(depósitos e multa de 40%); n) o pagamento da multa do art. 477, 8º da CLT; o) o pagamento das verbas rescisórias incontroversas seja realizado em primeira audiência, sob pena de multa de 50%, nos termos do art. 467 da CLT; p) a condenação da Reclamada em honorários advocatícios, em face do art. 133 da CF, art. 85, 1º do CPC e art. 22 da Lei 8.906/1994, no percentual de 20% incidente sobre o valor da condenação; IV REQUERIMENTOS FINAIS a) notificação da Reclamada para oferecer resposta à Reclamatória Trabalhista, sob pena de revelia e confissão quanto à matéria fática. b) Protesta por todas as provas em direito admitidas, em especial o depoimento pessoal do representante legal das reclamadas, além das provas documentais e testemunhais. c) Espera ao final seja julgada TOTALMENTE PROCEDENTE a presente ação, nos termos do pedido, acrescido de custas, juros, de mora e atualização monetária, tudo conforme restar apurado em liquidação de sentença. Atribui-se a causa valor acima de 40 salários mínimos Nestes Termos, Pede deferimento. Local e data. Advogado OAB n.º

5 GABARITO 1ª QUESTÃO: A) O vínculo empregatício deverá ser reconhecido uma vez que na relação jurídica existe a presença dos requisitos caracterizadores da relação de emprego, quais sejam, subordinação, habitualidade, onerosidade e pessoalidade, pessoa física, conforme contido no art. 3º da CLT. A remuneração deverá ser equiparada ao seu grau de escolaridade conforme (art. 460, CLT): em caso de ausência ou falta de prova do valor ajustado para o trabalho do empregado, fará jus ao pagamento de salário igual ao do empregado da mesma empresa que desempenhe serviço semelhante. B) Poderá pleitear o adicional de horas extras correspondente a 50% pela não concessão do intervalo de 15 min atribuídos a mulher em face da hora extra realizada conforme art. 384 da CLT e hora extra de 50% p or não ter concedido integralmente o intervalo interjornada de 11horas entre o término de uma jornada e o começo da outra, conforme art. 66 da CLT. GABARITO - 2ª QUESTÃO A) O ADICONAL DE INSALUBRIDADE SERÁ DEVIDO A EMPREGADA UMA VEZ QUE A EXPOSIÇÃO DE FORMA INTERMITENTE NÃO AFASTA O DIREITO AO ADICIONAL. CONFORME PREVISTO NA SÚMULA 47 DO TST b) O fornecimento do EPI pelo empregador com a eliminação do risco a saúde da empregada exclui o direito ao pagamento do adicional de insalubridade, conforme sumula 80 do TST. Não há que se falar em direito adquirido, A reclassificação ou a descaracterização da insalubridade, por ato da autoridade competente, repercute na satisfação do respectivo adicional, sem ofensa a direito adquirido ou ao princípio da irredutibilidade salarial, conforme s. 248 TST. GABARITO 3ª QUESTÃO: A) Sandra não faz jus a estabilidade uma vez que o seu afastamento foi de apenas 15 dias e não recebeu do INSS benefício previdenciário, requisito necessário para comprovar a estabilidade acidentária conforme determina a súmula 378 do TST e a Lei 8.213/01, art.118. B) O pedido de reintegração ao emprego somente será possível se o ajuizamento da reclamação trabalhista com pedido de reintegração for proposta no período estabilitário, isto é, 12 meses a contar de sua alta previdenciária, se a reclamação for proposta após o referido prazo a empregada terá direito apenas aos salários compreendidos entre a data de sua demissão e o término da estabilidade, conforme estabelecido na súmula 396 do TST c/c OJ. 399 do TST. GABARITO: 4ª QUESTÃO: A) A reclamação trabalhista na modalidade rescisão indireta somente permite ao empregado optar em continuar trabalhando até a decisão final do processo nas hipóteses contidas no art. 483, 3º da CLT, isto é, não cumprir o empregador as obrigações do contrato de trabalho ou quando reduzir o seu trabalho por peça ou tarefa, de forma a afetar sensivelmente seu salário. B) O Estado de Goiás utilizou a forma de terceirização, contida na S. 331, V do TST, desta forma n a situação narrada quando há terceirização e a administração pública a regra é a ausência de responsabilidade, salvo quando demonstrada a culpa in eligendo e/ou in vigilando, isto é, conduta culposa, e nestes casos, a administração pública responderá subsidiariamente pelas obrigações oriundas do contrato de trabalho.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE PARANAGUÁ PR JOÃO DA SILVA, brasileiro, casado, auxiliar de produção, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF sob nº, portador da

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CAMBORIÚ SC

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CAMBORIÚ SC EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CAMBORIÚ SC ALDAIR, nacionalidade, estado civil, frentista, portador da Cédula de Identidade RG nº, inscrito no CPF nº, portador da CTPS nº, inscrito

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO SP KID PAPÃO,

Leia mais

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob

O reclamante iniciou a prestação de serviços em favor da primeira reclamada em 02/01/2012. No entanto, mesmo trabalhando sob Excelentíssimo Juiz do Trabalho da Vara de Jose da Silva, nacionalidade, residente na, estado civil, CTPS no., RG, CPF, filho de, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, com procuração em anexo

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA BARRANCOS, brasileira, casada, profissão..., residente e domiciliada na Rua do Aeroporto, nº 250, Afonso Pena, São José dos

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Obs: os espaços deste exercício tem a função de facilitar a visualização do aluno. Não é aconselhável pular linhas na prova. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR CACILDA

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO PARA EXAME DE ORDEM Aldair procurou assistência de profissional da advocacia, relatando que fora contratado, em 1º/10/2010, para trabalhar como frentista no Posto Régis e Irmãos, em Camboriú SC, e imotivadamente demitido,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM... ª VARA DO TRABALHO DE...

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM... ª VARA DO TRABALHO DE... EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO TRABALHO DA MM.... ª VARA DO TRABALHO DE...... (nome completo),... (nacionalidade),... (estado civil),... (profissão), nascido em... (dia, mês, ano), portador

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 20ª. VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ RT n 0001948-10.2011.5.03.0020 PEDRO DE OLIVEIRA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa física, brasileiro, estado

Leia mais

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO

MÉRITO DO CONTRATO DE TRABALHO PEÇA TREINO JOÃO CIDADÃO distribuiu, em 07/03/2014, Reclamação Trabalhista em face de seu empregador EMPRESA VIGILÂNCIA TOTAL LTDA e do tomador de serviços, BANCO FATURANDO S/A. Alegou, em síntese, que

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA... VARA DO TRABALHO DE SÃO PAULO Hermes Cramacon @hermescramacon OAB - 2ª fase - Prática Trabalhista PEÇA 01 Mauro, residente e domiciliado na cidade de Barueri, foi contratado na função de auxiliar de serviços gerais pela empresa ABC

Leia mais

M S ADVOGADOS. Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP

M S ADVOGADOS. Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP 1 de 7 18/07/2014 11:03 M S ADVOGADOS Av. Visconde de Jequi nhonha, 2466 Sala 101 Boa Viagem - Recife/PE, CEP 51030-020. Fones/Fax: (81) 3204.4039 (81) 9431.9566 (81) 9543.4554 (81) 9267.4370 EXCELENTÍSSIMO(A)

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 85ª VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 85ª VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA 85ª VARA DO TRABALHO DO RIO DE JANEIRO RJ Reclamante: Anderson Silva Reclamados: Comércio Atacadista de Alimentos Ltda Autos nº 0055.2010.5.01.0085 COMÉRCIO ATACADISTA

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE

EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE EXCELENTÍSSIMO DR. JUIZ DO TRABALHO DA VARA DE José, brasileiro, estado civil, portador do RG, CPF, CTPS, residente e domiciliado na, vem, respeitosamente, por meio de seu advogado, conforme procuração

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PRÁTICA E MODELO. Art A petição inicial indicará: I o juízo a que é dirigida;

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PRÁTICA E MODELO. Art A petição inicial indicará: I o juízo a que é dirigida; 1 PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA PRÁTICA E MODELO 1. Aspectos Legais Artigos Importantes: Forma da Reclamação (art. 840 CLT e 282 CPC) Algumas modificações foram feitas pelo novo CPC em relação

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA

PETIÇÃO INICIAL RECLAMATÓRIA TRABALHISTA Faculdades Integradas do Brasil - UNIBRASIL Faculdade de Direito Direito do Trabalho Professor: Fabrício Gonçalves Zipperer Prática Trabalhista Petição Inicial Ano: 2012 MATERIAL DE APOIO PARA O ALUNO

Leia mais

Peça 1 Faixa de Nota Quesitos Avaliados Valore 2 Fundamentação e Consistência

Peça 1 Faixa de Nota Quesitos Avaliados Valore 2 Fundamentação e Consistência Peça 1 Alberto foi contratado por uma empresa de prestação de serviços de informática, na função de técnico, para trabalhar em favor de um grande banco privado. Depois de dois anos, ao verificar que seu

Leia mais

RECLAMATÓRIA TRABALHISTA pelo rito ordinário

RECLAMATÓRIA TRABALHISTA pelo rito ordinário Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz da Vara do Trabalho de Barueri ANA BOLENA, brasileira, casada, repositora, RG 2357965/PR, inscrita no CPF sob o n.º 568.457-963-29, no PIS sob o n.º 1.545.324.678-11,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DA 35ª. VARA DO TRABALHO DO PORTO ALEGRE RS RT n 0001524-15.2011.5.04.0035 PARQUE DOS BRINQUEDOS LTDA (completo, sem abreviaturas e em caixa alta), pessoa jurídica de direito

Leia mais

SUMÁRIO PARTE 1 PARTE 2 DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA...17 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO...23

SUMÁRIO PARTE 1 PARTE 2 DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA...17 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO...23 SUMÁRIO PARTE 1 DICAS PARA A REALIZAÇÃO DE UMA BOA PROVA...17 PARTE 2 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO...23 2.1. Gratuidade de justiça...23 2.2. Honorários advocatícios...24 2.3. Homologação

Leia mais

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região - 1º Grau Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região - 1º Grau

Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região - 1º Grau Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região - 1º Grau Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região - 1º Grau Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região - 1º Grau O documento a seguir foi juntado ao autos do processo de número 0001517-27.2014.5.06.0141 em 14/10/2014

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal do Trabalho, da Vara Trabalhista de Fortaleza Estado do Ceará.

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal do Trabalho, da Vara Trabalhista de Fortaleza Estado do Ceará. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal do Trabalho, da Vara Trabalhista de Fortaleza Estado do Ceará. Reclamante: F A O L Reclamada: I C E T XXXXXXXXXXXXX, brasileiro, casado, administrador, portador

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba PODER JUDICIÁRIO FEDERAL Justiça do Trabalho - 15ª Região 2ª Vara do Trabalho de Sorocaba

Leia mais

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Sumário PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO 1.1. Gratuidade de Justiça... 17 1.2. Honorários Advocatícios... 18 1.3. Homologação de Verbas Rescisórias e Multa do art. 477, 8o, da

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DA VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA/DF (em caixa alta e negrito, tamanho 13)

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DA VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA/DF (em caixa alta e negrito, tamanho 13) EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) JUIZ(A) DA VARA DO TRABALHO DE BRASÍLIA/DF (em caixa alta e negrito, tamanho 13) QUALIFICAÇÃO DO RECLAMANTE (nome em caixa alta e negrito) (informar a data de nascimento, nome

Leia mais

SENTENÇA. 4ª Vara do Trabalho de Campinas Autos nº I - Relatório

SENTENÇA. 4ª Vara do Trabalho de Campinas Autos nº I - Relatório 4ª Vara do Trabalho de Campinas Autos nº 790-2006-0 SENTENÇA I - Relatório ARMELINO DONIZETE QUAGLIATO, devidamente qualificado a fls. 02, ajuizou ação trabalhista em face de GUARANI FUTEBOL CLUBE, também

Leia mais

Principais Alterações da Reforma Trabalhista

Principais Alterações da Reforma Trabalhista Principais Alterações da Reforma Trabalhista Tema Trabalhista Banco de Horas Contribuição Sindical Convenções e Acordos Coletivos de Trabalho Danos Morais CLT Vigente NOVAS REGRAS - Mudanças com a Lei

Leia mais

LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA

LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA Rescisão com justa causa, sem justa causa e indireta Profa. Silvia Bertani CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO término do vínculo do emprego com a extinção das obrigações para

Leia mais

Sentença publicada em secretaria aos vinte e dois dias do mês de março de 2013, sexta-feira, às 17 horas. VISTOS, ETC.

Sentença publicada em secretaria aos vinte e dois dias do mês de março de 2013, sexta-feira, às 17 horas. VISTOS, ETC. Fl. 1 Processo n. 839/11 Rito: Ordinário Origem: Reclamante: Bruna Martins Pereira Reclamado: Consórcio Público da Associação dos Municípios do Litoral Norte Sentença publicada em secretaria aos vinte

Leia mais

DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário

DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário DIREITOS BÁSICOS DOS MÉDICOS VETERINÁRIOS REGIDOS PELA CLT Por Rafael Carneiro de Araújo, OAB nº 28.206 Advogado SINDIMEV - BA O médico veterinário pode atuar profissionalmente com naturezas de prestação

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO PI

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO PI FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO 10º PERÍODO NIVELAMENTO PI ESTUDO PROVA OAB FGV QUESTIONAMENTOS E REFLEXÕES PARA A PROVA Professor:

Leia mais

Sumário. Introdução, 1

Sumário. Introdução, 1 S Sumário Introdução, 1 1 Folha de Pagamento, 7 1 Salário, 8 1.1 Salário-hora para 40 horas semanais: divisor 200 (duzentos), 9 1.2 Depósito de salários em conta bancária, 9 2 Horas extras, 10 2.1 Integração

Leia mais

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade).

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz Federal da Vara Cível do Juizado Especial Federal da Subseção Judiciária de (nome da cidade). (Nome do autor), brasileiro, casado, engenheiro de minas, carteira de identidade

Leia mais

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal.

Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Bom dia, hoje trago um modelo de petição de auxílio reclusão previdenciário com pedido de tutela antecipada em face do INSS perante a Justiça Federal. Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da Vara

Leia mais

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL

PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL *ATENÇÃO: ANTES DE INICIAR A PROVA, VERIFIQUE SE TODOS OS SEUS APARELHOS ELETRÔNICOS FORAM ACONDICIONADOS E LACRADOS DENTRO DA EMBALAGEM PRÓPRIA. CASO A QUALQUER MOMENTO DURANTE A REALIZAÇÃO DO EXAME VOCÊ

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE CURITIBA PR Tomi Lee Gando, brasileiro, casado, técnico eletricista, portador de CTPS n. 01010, série 010, inscrito no PIS sob o n. 010.010.010-10

Leia mais

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Sumário PARTE 1 PRINCIPAIS TEMAS DISCUTIDOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO 1.1. Gratuidade da Justiça... 19 1.1.1. Beneficiários da gratuidade da justiça... 19 1.1.2. Abrangência do benefício da gratuidade da

Leia mais

PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO SUMÁR

PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO SUMÁR AULA DE PROCESSO DO TRABALHO Prof. Maria Cláudia Felten PROCEDIMENTO COMUM - O procedimento comum no direito processual do trabalho subdivide-se se em sumário, sumaríssimo e ordinário. A) PROCEDIMENTO

Leia mais

SUMÁRIO. Capítulo 5 RESPONSABILIDADE DO SÓCIO RETIRANTE Capítulo 6 PRESCRIÇÃO... 41

SUMÁRIO. Capítulo 5 RESPONSABILIDADE DO SÓCIO RETIRANTE Capítulo 6 PRESCRIÇÃO... 41 SUMÁRIO Capítulo 1 INTRODUÇÃO... 17 Capítulo 2 GRUPO ECONÔMICO... 21 Capítulo 3 TEMPO À DISPOSIÇÃO DO EMPREGADOR... 29 Capítulo 4 DIREITO COMUM E JURISPRUDÊNCIA... 31 4.1 Direito Comum como fonte subsidiária...

Leia mais

lipping Jurídico Extraordinário

lipping Jurídico Extraordinário C lipping Jurídico Extraordinário 14 de julho de 2017. Reforma Trabalhista 52 tópicos das principais mudanças: 1- fim da necessidade de homologação da rescisão e demissão de empregado com mais de 1 ano;

Leia mais

REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS

REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS REMUNERAÇÃO E ADICIONAIS LEGAIS 1 Conceito Salário complessivo corresponde aos pagamentos efetuados diretamente pelo empregador em favor do empregado, em virtude da vigência do contrato de trabalho, bem

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA E. FAMÍLIA E DAS SUCESSÕES DO FORO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA E. FAMÍLIA E DAS SUCESSÕES DO FORO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA E. FAMÍLIA E DAS SUCESSÕES DO FORO ª VARA DA (EXECUÇÃO DE ALIMENTOS) Exqte.: Excdo.:, brasileira, solteira, comerciante, residente e domiciliada N. Capital,

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE SÃO JOÃO DE PADUA Recorrente: Rildo Jaime Recorrido: Soluções Empresariais Ltda. e Metalúrgica Cristina Ltda. Processo n. 644-44.2001.5.03.0015

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA Panorama Atual. Luiz Fernando Alouche julho/2017

REFORMA TRABALHISTA Panorama Atual. Luiz Fernando Alouche julho/2017 REFORMA TRABALHISTA Panorama Atual Luiz Fernando Alouche julho/2017 SUMÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO ALGUNSNÚMEROS COMPARATIVO ANTES E DEPOIS DA REFORMA ALTERAÇÕES NA QUESTÃO PROCESSUAL POSSÍVEIS MODIFICAÇÕES

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE CUIABÁ (MT)

EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE CUIABÁ (MT) JB ADVOGADO Advocacia & Consultoria EXCELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DO TRABALHO DA VARA DO TRABALHO DE CUIABÁ (MT) WILLIAN APARECIDO DE JESUS SOUZA, brasileiro, solteiro, Auxiliar de

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL

PADRÃO DE RESPOSTA PEÇA PROFISSIONAL PEÇA PROFISSIONAL Trata-se de reclamação trabalhista sob o rito ordinário visto que a empresa foi fechada e seus representantes se encontram em local incerto e não sabido, à medida que o art. 825-B, II,

Leia mais

FICHA DE ATENDIMENTO PARA RECLAMAÇÃO TRABALHISTA

FICHA DE ATENDIMENTO PARA RECLAMAÇÃO TRABALHISTA FICHA DE ATENDIMENTO PARA RECLAMAÇÃO TRABALHISTA Atendimento feito por: Data: / / Reclamante: Nacionalidade: ( ) brasileiro ( ) outros Estado Civil: ( ) casado ( ) solteiro ( ) viúvo ( ) divorciado ( )

Leia mais

Jornada de trabalho.

Jornada de trabalho. Jornada de trabalho. 1. Conceito: é uma medida de tempo no qual se inclui o labor diário. a) 1ª concepção: teoria do tempo efetivamente trabalhado, sendo o período do dia em que o empregado efetivamente

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA IMPACTOS NAS STARTUPS 22 DE AGOSTO DE 2017

REFORMA TRABALHISTA IMPACTOS NAS STARTUPS 22 DE AGOSTO DE 2017 IMPACTOS NAS STARTUPS 22 DE AGOSTO DE 2017 LEI 13.467/2017 - PRINCIPAIS ASPECTOS A Reforma Trabalhista altera mais de 100 artigos da CLT. Esta lei traz importantes mudanças que objetivam aprimorar as relações

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 2a Turma RECURSO ORDINÁRIO. VÍNCULO DE EMPREGO. CONFIGURAÇÃO. O art. 3º, da CLT considera empregado...toda pessoa física que prestar serviços de natureza não eventual a empregador, sob a dependência

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO MÓDULO II Matutino Prof. André Luiz Paes de Almeida Aula: 3

DIREITO DO TRABALHO MÓDULO II Matutino Prof. André Luiz Paes de Almeida Aula: 3 TEMA DE AULA DIREITO DO TRABALHO 1. 13º SALÁRIO - Lei 4.090/62 e art. 7 VIII, CF. - O 13º sala rio deve ser pago em até 2 parcelas: 1ª de fevereiro à novembro. 2ª até 20 de dezembro. - O 13º salário deve

Leia mais

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos

Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Direitos Trabalhistas Justiça do Trabalho e Recursos Humanos Palestrante: Estabilidade gestante Estabilidade Acidentária Jornada 12 x 36 Períodos de Intervalo Insalubridade Prof. Cristiano Magalhães 1

Leia mais

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho

SUMÁRIO. Direito do Trabalho Direito Processual Civil Direito Processual do Trabalho SUMÁRIO Direito do Trabalho... 05 Direito Processual Civil... 139 Direito Processual do Trabalho... 195 DIREITO DO TRABALHO ÍNDICE CAPÍTULO 01... 7 Fontes e Princípios de Direito do Trabalho... 7 Surgimento

Leia mais

PETIÇÃO INICIAL. ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!!

PETIÇÃO INICIAL. ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! PETIÇÃO INICIAL ENDEREÇAMENTO QUALIFICAÇÃO PRELIMINAR MÉRITO PEDIDOS REQUERIMENTOS FINAIS Valor da causa!!!!! ENDEREÇAMENTO EXCELENTISSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE... art. 651 do CPC QUALIFICAÇÃO

Leia mais

OAB 2ª fase 2º LABORATÓRIO DE PEÇAS PRÁTICA TRABALHISTA Professora Renata Orsi

OAB 2ª fase 2º LABORATÓRIO DE PEÇAS PRÁTICA TRABALHISTA Professora Renata Orsi 2º LABORATÓRIO DE PEÇAS PRÁTICA TRABALHISTA Professora Renata Orsi Twitter: @ProfRenataOrsi Peça Prático-Profissional Fernando Lopes foi contratado pela empresa Distribuidora FAST de Alimentos LTDA., para

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Fontes e princípios do Direito do Trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Fontes e princípios do Direito do Trabalho Prof. Hermes Cramacon 1. Fontes materiais - norma ainda não positivada. Momento pré-jurídico. Correntes de pensamento econômico, jurídico,

Leia mais

SENTENÇA. Pede assistência judiciária gratuita e honorários advocatícios. Dá à causa o valor de R$ ,00.

SENTENÇA. Pede assistência judiciária gratuita e honorários advocatícios. Dá à causa o valor de R$ ,00. 1 de 5 01/02/2017 15:44 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO 7ª VARA DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE RTOrd 0021044-62.2016.5.04.0007 AUTOR: SINDICATO DOS TRABALHADORES

Leia mais

INSS/FGTS/IRRF -Tabela de Incidências

INSS/FGTS/IRRF -Tabela de Incidências INSS/FGTS/IRRF -Tabela de Incidências RUBRICAS de qualquer natureza, salvo o de férias INCIDÊNCIAS INSS FGTS IR 28, I, e 1º, art. 457 da CLT Não. Abono pecuniário de férias Não. Arts. 28, 9º, e, 6 Art.

Leia mais

VI Exame de Ordem Unificado PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL

VI Exame de Ordem Unificado PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL VI Exame de Ordem Unificado PEÇA PRÁTICO-PROFISSIONAL Ednalva Macedo, assistida por advogado particular, ajuizou reclamação trabalhista, pelo rito ordinário, em face de Pedro de Oliveira (RT nº 0001948-10.2011.5.03.0020),

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE COMUNICADO IMPORTANTE Ribeirão Preto, 10 de Março de 2017. SINDICATO DOS TRABALHADORES INSTRUTORES DIREITORES EM AUTO ESCOLA CENTRO DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES A E B DESPACHANTES E ANEXOS DE RIBEIRÃO PRETO

Leia mais

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado

Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Curso Êxito e Prof. Bruno Creado Questões Comentadas (Aula 3) Segue às questões da Vunesp do concurso de procurador municipal, devidamente comentada. Alteração do contrato 1. Complete a frase: A mudança

Leia mais

A REFORMA TRABALHISTA

A REFORMA TRABALHISTA A REFORMA TRABALHISTA Fernando Baumgarten OAB/SC 30.627-B fernandob.adv@gmail.com (47) 99131-6611 NECESSIDADE DE REFORMA DAS REGRAS TRABALHISTAS A CLT não acompanha a evolução e os novos métodos de trabalho;

Leia mais

FORMULÁRIO PARA ATENDIMENTO

FORMULÁRIO PARA ATENDIMENTO FORMULÁRIO PARA ATENDIMENTO Dados do Reclamado Empresa: CNPJ: Dados do Reclamante Nome: Admissão: Demissão: Dados da Audiência Data: Horário: Vara: Endereço: Em razão da audiência trabalhista ajuizada

Leia mais

principais pontos da CLT que mudarão com a nova lei trabalhista

principais pontos da CLT que mudarão com a nova lei trabalhista principais pontos da CLT que mudarão com a nova lei trabalhista Acordo coletivo Convenções e acordos coletivos prevalecerão sobre a legislação em pontos como jornada de trabalho, intervalo, plano de carreira,

Leia mais

CÁLCULOS TRABALHISTAS CONFORME DECISÕES DOS MAGISTRADOS

CÁLCULOS TRABALHISTAS CONFORME DECISÕES DOS MAGISTRADOS CÁLCULOS TRABALHISTAS CONFORME DECISÕES DOS MAGISTRADOS PROCESSO Nº 00xxxx5-i6.2000.5.03._x_x VARA/COMARCA @@ª VARA DO TRABALHO DE BELO HORIZONTE / MG RECLAMANTE ---------------------------------------------------

Leia mais

TEXTO DOS PONTOS ACORDADOS DA REFORMA TRABALHISTA QUE CONSTARÃO EM MEDIDA PROVISÓRIA... (NR)... Art. 223-G...

TEXTO DOS PONTOS ACORDADOS DA REFORMA TRABALHISTA QUE CONSTARÃO EM MEDIDA PROVISÓRIA... (NR)... Art. 223-G... TEXTO DOS PONTOS ACORDADOS DA REFORMA TRABALHISTA QUE CONSTARÃO EM MEDIDA PROVISÓRIA Jornada 12 x 36: Art. 59-A. Em exceção ao disposto no art. 59 desta Consolidação e em legislação específica, é facultado

Leia mais

Jornada de trabalho LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA

Jornada de trabalho LEGISLAÇÃO SOCIAL E TRABALHISTA Jornada de trabalho 1 A jornada de trabalho normal será o espaço de tempo durante o qual o empregado deverá prestar serviço ou permanecer à disposição do empregador, com habitualidade, executadas as horas

Leia mais

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO

AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO AÇÃO DE CONSIGNAÇÃO EM PAGAMENTO 1 PEÇA 2 Luís Mata prestou serviços como motorista na empresa Vai Já Ltda no período de 02 de agosto de 2013 a 03 de novembro de 2015, com salário mensal de R$ 2.200,00,

Leia mais

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE

ÍNDICE CURSO DE DEPARTAMENTO PESSOAL. DEPARTAMENTO PESSOAL ONLINE ÍNDICE INTRODUÇÃO... 008 DISPOSIÇÕES GERAIS... 009 Conceito de empregador... 009 Conceito de empregado... 009 Direitos do empregado... 010 ASSÉDIO MORAL E SEXUAL NO TRABALHO... 014 Assédio moral no trabalho...

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO DOMÉSTICO (Via Empregador) Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, as partes: 2 [nome],

CONTRATO DE TRABALHO DOMÉSTICO (Via Empregador) Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, as partes: 2 [nome], CONTRATO DE TRABALHO DOMÉSTICO (Via Empregador) Pelo presente instrumento e na melhor forma de direito, as partes: 1 [nome], [nacionalidade], [estado civil], [profissão], portador(a) da cédula de identidade

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES POR EDITAL

CADERNO DE QUESTÕES POR EDITAL CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER CADERNO DE QUESTÕES POR EDITAL DPU Direito do Trabalho Questão 1: CESPE - Def PF/DPU/2015 Assunto: Alteração (contrato de trabalho) Julgue o item a seguir, referente a alteração,

Leia mais

A ação foi ajuizada em 06 de março de A audiência inaugural foi designada para 28 de março de 2017.

A ação foi ajuizada em 06 de março de A audiência inaugural foi designada para 28 de março de 2017. Peça 5 O Sr(a) foi contratado(a) pela empresa Super Mega Metalurgia S.A., que recebeu notificação quanto ao processo trabalhista RT 0111-2017-005-009-01, que tramita na 05ª Vara do Trabalho de Curitiba.

Leia mais

Direito do Trabalho. Direito do Trabalho

Direito do Trabalho. Direito do Trabalho DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Aldair procurou assistência de profissional da advocacia, relatando que fora contratado, em 1.º/10/2008, para trabalhar como frentista no Posto Régis e Irmãos, em

Leia mais

TESTE CONHECIMENTO ESPECÍFICOS

TESTE CONHECIMENTO ESPECÍFICOS NOME: TESTE CONHECIMENTO ESPECÍFICOS LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO 1 - Verifique se este teste de conhecimento específico contém 10 (dez) questões objetivas. 2 - Para o presente teste de conhecimento

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA CIVEL DA COMARCA DE FORTALEZA-CE

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA CIVEL DA COMARCA DE FORTALEZA-CE fls. 1 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA CIVEL DA COMARCA DE FORTALEZA-CE VARA FRANCISCO AUGUSTINHO FILHO, brasileiro, solteiro, agricultor, portador da Carteira de Identidade n 062941 (ctps),

Leia mais

Confira os principais pontos da proposta de reforma trabalhista

Confira os principais pontos da proposta de reforma trabalhista Confira os principais pontos da proposta de reforma trabalhista Comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (25) o Projeto de Lei 6787/16 na versão apresentada pelo relator, deputado

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM ENDEREÇAMENTO E QUALIFICAÇÃO EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA... VARA DO TRABALHO DE... A, estado civil..., profissão..., portador do RG nº..., inscrito no CPF nº..., portador da CTPS..., série...,

Leia mais

CURSO SOBRE A REFORMA TRABALHISTA PARA OPERADORES DO DIREITO CRICIÚMA/SC

CURSO SOBRE A REFORMA TRABALHISTA PARA OPERADORES DO DIREITO CRICIÚMA/SC CURSO SOBRE A REFORMA TRABALHISTA PARA OPERADORES DO DIREITO CRICIÚMA/SC A Diretora da Escola Superior da Magistratura do Trabalho em Santa Catarina EMATRA/SC, mantida pela Associação dos Magistrados do

Leia mais

SÚMULAS DO TST EM SEGURANÇA DO TRABALHO

SÚMULAS DO TST EM SEGURANÇA DO TRABALHO SÚMULAS DO TST EM SEGURANÇA DO TRABALHO SÚMULAS DO TST EM SEGURANÇA DO TRABALHO Súmula nº 39 do TST PERICULOSIDADE (mantida) - Res. Os empregados que operam em bomba de gasolina têm direito ao adicional

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL - C007044 Suzana trabalhou na residência da família Moraes de 15/06/2015 a 15/09/2015, data na qual teve baixa em sua CTPS. A família do ex-empregador vive em Natal/RN.

Leia mais

Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção... 17

Coleção Sinopses para Concursos Guia de leitura da Coleção... 17 Coleção Sinopses para Concursos... 15 Guia de leitura da Coleção... 17 Capítulo 1 FONTES DO DIREITO DO TRABALHO... 19 1. Conceito... 19 2. Classificação... 19 2.1. Fontes materiais... 19 2.2. Fontes formais...

Leia mais

A REFORMA TRABALHISTA NA PRÁTICA

A REFORMA TRABALHISTA NA PRÁTICA A REFORMA TRABALHISTA NA PRÁTICA A REFORMA TRABALHISTA... Sancionada em 13/07/2017 Lei 13.467 Vigência: 11 de Novembro de 2017 A REFORMA TRABALHISTA... CLT - DOS 922 ARTIGOS (Decreto-Lei nº 5.452/1943):

Leia mais

1) teve uma filha na data de , de nome Cássia Maria de Paula Barros, sem contudo ter registrado o nome do pai;

1) teve uma filha na data de , de nome Cássia Maria de Paula Barros, sem contudo ter registrado o nome do pai; Peça Prático-Profissional Você, como advogado, foi procurado em seu escritório pela Sra. Cássia de Paula Barros, empregada doméstica, com residência em Recife/PE, que lhe narra os seguintes fatos: 1) teve

Leia mais

Súmula 354 do TST: GORJETAS. NATUREZA JURÍDICA. REPERCUSSÕES As gorjetas, cobradas pelo empregador na nota de serviço ou oferecidas espontaneamente

Súmula 354 do TST: GORJETAS. NATUREZA JURÍDICA. REPERCUSSÕES As gorjetas, cobradas pelo empregador na nota de serviço ou oferecidas espontaneamente REMUNERAÇÃO E SALÁRIO Prof. Maria Cláudia Felten E-mail: maria.claudia.felten@terra.com.br REMUNERAÇÃO REMUNERAÇÃO compreende-se na remuneração do empregado, para todos os efeitos legais, além do salário

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA SUMÁRIO

REFORMA TRABALHISTA SUMÁRIO REFORMA TRABALHISTA REFORMA TRABALHISTA SUMÁRIO 1. CONTEXTO POLÍTICO LEGISLATIVO 2. ARGUMENTOS 3. EIXOS DE BASE DA REFORMA 3. DETALHES DA LEI 13467/2017 (REFORMA TRABALHISTA) 4. REFLEXÃO IMPEACHMENT CONTEXTO

Leia mais

CÁLCULOS TRABALHISTAS

CÁLCULOS TRABALHISTAS CÁLCULOS TRABALHISTAS PARA 1 Vínculo Empregatício Contrato 01/10/2012 a 30/09/2013 Salário R$ 1.780,00 Periculosidade R$ 534,00 Remuneração R$ 2.314,00 2 De 2ª a 6ª das 07h30min as 18h45min c/ 15min intervalo

Leia mais

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM

NÚCLEO PREPARATÓRIO DE EXAME DE ORDEM RO OAB/PR 2005.1 João Protetor, brasileiro, casado, vigilante, portador da CTPS n. 3333, série 033, residente e domiciliado na rua Rui Barbosa, 33, Curitiba, Paraná, CEP 80100-000, ingressou com reclamatória

Leia mais

Curso de Cálculo Trabalhista Parte Teórica Módulo 01

Curso de Cálculo Trabalhista Parte Teórica Módulo 01 Curso de Cálculo Trabalhista Parte Teórica Módulo 01 MÓDULO I Conhecimentos necessários para elaboração de cálculos trabalhistas Para a realização dos cálculos trabalhistas são necessários conhecimentos

Leia mais

REFORMA TRABALHISTA LEI Nº , DE 13 DE JULHO DE 2017

REFORMA TRABALHISTA LEI Nº , DE 13 DE JULHO DE 2017 REFORMA TRABALHISTA LEI Nº 13.467, DE 13 DE JULHO DE 2017 André Luís Saraiva Vice-Presidente de Relações do Trabalho e Sindical 1 As Relações do trabalho são reconhecidamente diferenciais para o crescimento,

Leia mais

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 04/11)

NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO. - Direito Individual do Trabalho - (aula 04/11) NIVELAMENTO PARA PÓS GRADUAÇÃO - Direito Individual do Trabalho - (aula 04/11) CUSTÓDIO NOGUEIRA Advogado militante especializado em Direito Civil e Processo Civil; Sócio da Tardem e Nogueira Assessoria

Leia mais

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon

DIREITO DO TRABALHO. Término do contrato de trabalho. Prof. Hermes Cramacon DIREITO DO TRABALHO Término do contrato de trabalho Prof. Hermes Cramacon Resilição do contrato de trabalho Uma ou ambas as partes resolvem, sem justo motivo, romper o pacto laboral. Dispensa sem justa

Leia mais

executivo e sua remuneração era de R$ 3.000,00 acrescida de gratificação de um terço de seu salário.

executivo e sua remuneração era de R$ 3.000,00 acrescida de gratificação de um terço de seu salário. EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA VARA DO TRABALHO DE FLORIANÓPOLIS/SC ANA KARENINA, estado civil..., profissão..., residente e domiciliada na Rua..., nº..., cidade... estado..., CEP..., representada

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO (CLT)

CONTRATO DE TRABALHO (CLT) REFORMA TRABALHISTA CONTRATO DE TRABALHO (CLT) NOVAS MODALIDADES DE CONTRATAÇÃO 1 - Tempo Parcial (part time): até 30 horas semanais (sem horas extras); até 26 horas semanais (com até seis horas extras);

Leia mais

SIMULADO PEÇA PROFISSIONAL. 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO Coordenação Pedagógica OAB

SIMULADO PEÇA PROFISSIONAL. 2ª FASE DIREITO DO TRABALHO Coordenação Pedagógica OAB SIMULADO 2ª FASE 2011.1 DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL A iniciou a prestação de serviços na empresa B aos 10.08.2005, eleito aos 02. 05.2010 como 7º suplente para administração do sindicato e consequente

Leia mais

reforma trabalhista. lei nº /2017* lei nº /2017**

reforma trabalhista. lei nº /2017* lei nº /2017** reforma trabalhista. lei nº 13.429/2017* lei nº 13.467/2017** principais mudanças. trabalho temporário...3 terceirização...4 relações de trabalho...5 trabalho intermitente, teletrabalho (home office) férias...6

Leia mais

HOMOLOGAÇÃO DA RESCISÃO CONTRATUAL DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Homologação da terminação do. Maria Inês Gerardo

HOMOLOGAÇÃO DA RESCISÃO CONTRATUAL DIREITO DO TRABALHO II. Aula 9 Homologação da terminação do. Maria Inês Gerardo Aula 9 Homologação da terminação do contrato de trabalho Maria Inês Gerardo www.mariainesgerardo.com.br Facebook: Maria Inês Gerardo Conteúdo Programático desta aula Homologação da terminação do contrato

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 5 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000211/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR069411/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46290.000413/2013-08 DATA

Leia mais

1) O que caracteriza a utilidade com natureza salarial e a utilidade com natureza indenizatória?

1) O que caracteriza a utilidade com natureza salarial e a utilidade com natureza indenizatória? CADERNO DE EXERCÍCIOS 1) O que caracteriza a utilidade com natureza salarial e a utilidade com natureza indenizatória? 2) Vale transporte pago em dinheiro, vale refeição pago em dinheiro, concessão de

Leia mais

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd

RECURSO ORDINÁRIO TRT/RO RTOrd DIVISOR DO SALÁRIO-HORA. JORNADA DE TRABALHO DE 30 HORAS. DIVISOR 150. Para as jornadas de 30 horas semanais de trabalho aplica-se o divisor 150 sobre o valor do salário-hora do empregado. Entendimento

Leia mais