221 Estatística - Noturno

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "221 Estatística - Noturno"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 09/2016 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 16/10/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO ASSINO DECLARANDO QUE LI E COMPREENDI AS INSTRUÇÕES ABAIXO: ORDEM 221 Estatística - Noturno INSTRUÇÕES 1. Confira, acima, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar a resolução das questões, confira a numeração de todas as páginas. 3. A prova é composta de 20 questões objetivas. 4. Nesta prova, as questões objetivas são de múltipla escolha, com 5 alternativas cada uma, sempre na sequência a, b, c, d, e, das quais somente uma deve ser assinalada. 5. A interpretação das questões é parte do processo de avaliação, não sendo permitidas perguntas aos aplicadores de prova. 6. Ao receber o cartão-resposta, examine-o e verifique se o nome impresso nele corresponde ao seu. Caso haja qualquer irregularidade, comunique-a imediatamente ao aplicador de prova. 7. O cartão-resposta deverá ser preenchido com caneta esferográfica preta, tendo-se o cuidado de não ultrapassar o limite do espaço para cada marcação. 8. Não serão permitidos empréstimos, consultas e comunicação entre os candidatos, tampouco o uso de livros, apontamentos e equipamentos eletrônicos ou não, inclusive relógio. O não cumprimento dessas exigências implicará a eliminação do candidato. 9. A duração da prova é de 4 horas. Esse tempo inclui a resolução das questões e a transcrição das respostas para o cartão-resposta. 10. São vedados o porte e/ou o uso de aparelhos sonoros, fonográficos, de comunicação ou de registro, eletrônicos ou não, tais como: agendas, relógios com calculadoras, relógios digitais, telefones celulares, tablets, microcomputadores portáteis ou similares, devendo ser desligados e colocados OBRIGATORIAMENTE no saco plástico. São vedados também o porte e /ou uso de armas, óculos ou de quaisquer acessórios de chapelaria, tais como boné, chapéu, gorro ou protetores auriculares. Caso alguma dessas exigências seja descumprida, o candidato será excluído do concurso. 11. Ao concluir a prova, permaneça em seu lugar e comunique ao aplicador de prova. Aguarde autorização para entregar o caderno de prova e o cartão-resposta. 12. Se desejar, anote as respostas no quadro abaixo, recorte na linha indicada e leve-o consigo. Conhecimentos Específicos DURAÇÃO DESTA PROVA: 4 horas... RESPOSTAS

2 2

3 Para encontrar o total das vendas de 200 representantes, deve-se multiplicar 200 por qual medida resumo das vendas? a) Moda. b) Mediana. c) Média. d) Amplitude. e) Desvio padrão Se A e B são dois eventos mutuamente exclusivos associados ao espaço amostral, Ω, então, necessariamente: a) P(A B) = P(A) b) P(A B) = 0 c) P(A B) = P(A) P(B) d) P(AUB) = Ω e) P(B A) = P(B) 03 - Em cada uma das afirmações a seguir um teorema de probabilidade foi violado. A respeito desse assunto, numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a coluna da esquerda. 1. A probabilidade de alguém obter nota máxima na prova sem estudar é menor que zero. 2. A probabilidade de um novo restaurante ser lucrativo é igual a 0,35, mas a probabilidade de dar prejuízo é o triplo. 3. As probabilidades para cada um dos 3 candidatos a prefeito de um certo município, de serem eleitos são, respectivamente: 0,4, 0,5 e 0,3. 4. Não é nula a probabilidade da soma dos lados de dois dados lançados ser menor que 2. ( ) P(Ø) = 0. n ( ) i=1 P(A i ) = 1 ; A 1, A 2,,A n partições do espaço amostral. ( ) P(A) 0 ; A um evento aleatório associado ao espaço amostral. ( ) P(A) 1 ; A um evento aleatório associado ao espaço amostral. Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo. a) b) c) d) e) A reta de mínimos quadrados para o conjunto de dados sobre X: anos de educação e Y: renda anual (em dólares) é: y = x. Em relação ao que foi exposto, considere as seguintes afirmativas: 1. Se fosse calculado o coeficiente de correlação amostral entre X e Y, rxy, o sinal do valor encontrado para rxy seria positivo. 2. Se a renda anual fosse dada em reais, o valor de rxy e a reta de mínimos quadrados mudariam. 3. Se a variável Y fosse tratada como variável independente e X como variável dependente, o valor de rxy e a reta de mínimos quadrados não mudariam. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. e) As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras Considere o enunciado da questão 04 e mais uma nova variável, Z: anos de trabalho. Para as variáveis Y e Z, foi obtida a seguinte reta de mínimos quadrados: y = z. Como informação adicional, tem-se os seguintes coeficientes de correlação amostral: ryz = 0,78; rxz = 0,40 e rxz < rxy < ryz. Utilizando as informações apresentadas, identifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as seguintes afirmativas: ( ) A relação mais forte está entre Y e Z. ( ) A relação mais fraca está entre X e Y. ( ) A reta de mínimos quadrados de X versus Z deveria ter inclinação negativa. ( ) A soma de um ano de trabalho contribui mais para uma renda maior que a soma de um ano de estudo. Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta, de cima para baixo. a) F V V F. b) V F V F. c) F F V V. d) V F F V. e) V V F F.

4 Com relação aos conceitos de Análise de Variância, assinale a alternativa correta. a) Em uma análise de variância, há evidência contra a hipótese nula quando a soma de quadrados de tratamentos for pequena em relação à soma de quadrados dos erros. b) Quando a hipótese nula é rejeitada na análise da variância, conclui-se que todas as médias são diferentes. c) Após rejeitar a hipótese nula da análise de variância, para determinar exatamente como as médias diferem, aplica-se o teste de comparações múltiplas. d) A análise de variância supõe que as variâncias dos tratamentos sejam diferentes. e) O teste t é uma alternativa para a análise de variância, na comparação de mais de duas médias A respeito dos conceitos sobre teste de hipóteses, assinale a alternativa correta. a) Cometemos o erro do tipo I quando não rejeitamos uma hipótese nula falsa. b) A probabilidade de cometer o erro tipo II é denominada de função poder do teste. c) Dizemos que um teste é poderoso quando a probabilidade de rejeitar uma hipótese nula falsa é baixa. d) O nível de significância de um teste é a probabilidade de cometer o erro do tipo I. e) Quanto maior o tamanho da amostra, menor o poder do teste Sobre os diferentes tipos de variáveis, numere a coluna da direita de acordo com sua correspondência com a coluna da esquerda 1. Variável Qualitativa Nominal. 2. Variável Quantitativa Contínua. 3. Variável Qualitativa Ordinal. 4. Variável Quantitativa Discreta. ( ) Escolaridade do adulto (em anos completos de estudo). ( ) Formação vegetal da região (floresta, cerrado, mangue, caatinga, outra). ( ) Ganho de peso do animal (kg). ( ) Escolaridade do adulto (ensino fundamental, médio, superior). Assinale a alternativa que apresenta a numeração correta na coluna da direita, de cima para baixo. a) b) c) d) e) Com base no seguinte conjunto de valores: 3, 7, 1, 4, 5 e 4, assinale a alternativa correta. a) média = 4 moda = 7 mediana = 2,5. b) média = 4 moda = 4 mediana = 2,5. c) média = 6 moda = 4 mediana = 4. d) média = 4 moda = 4 mediana = 4. e) média = 24 moda = 7 mediana = Suponha que o tempo de coagulação segue uma distribuição normal com média de 7 minutos e desvio padrão de 3 minutos. Qual a probabilidade de que o tempo de coagulação seja inferior a 10 minutos? Para responder, pode consultar as informações da Tabela 1. a) 0, b) 0, c) 1,00. d) 0,50. e) 0,00.

5 Pacientes diagnosticados com uma determinada síndrome têm 0,8 de probabilidade de serem curados. Para um grupo de 3 pacientes nessas condições, qual a probabilidade de nenhum paciente ficar curado? a) 0,8. b) 0,008. c) 1,0. d) 0,16. e) 0, Sobre as medidas resumo, considere as seguintes afirmativas: 1. O coeficiente de variação é indicado para comparar a variabilidade de duas variáveis com unidades de medidas diferentes. 2. A média é uma medida de tendência central para a variável tipo sanguíneo (A, B, AB, O). 3. O primeiro quartil é o valor que deixa 75% das observações ordenadas à sua esquerda. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. e) As afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras Considere a Tabela 2: Tabela 2 Distribuição de frequências da variável X Valores observados de X Frequência A moda e a mediana da tabela acima é: a) moda = 2 mediana = 10. b) moda = 5 mediana = 5. c) moda = 4 mediana = 8. d) moda = 2 mediana = 2. e) moda = 4 mediana = Um fornecedor de jogos educativos afirma que mais de 40% das escolas infantis preferem seus produtos. Em uma amostra aleatória de 100 escolas infantis, 46 utilizam os produtos. Um teste de hipótese é aplicado aos dados da amostra, ao nível de significância de 5%, para verificar a afirmação do fornecedor. A respeito do assunto, considere as seguintes afirmativas: 1. Para o cálculo da estatística de teste usamos a seguinte fórmula: p^ p 0 p 0.(1 p 0 ) n ; sendo p^ a proporção amostral e po a proporção estabelecida na hipótese nula. 2. A estatística de teste segue uma distribuição F de Snedecor, sob a hipótese nula. 3. A proporção amostral é igual a 0, A região de rejeição do teste fica à esquerda da curva normal. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa 1 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras. c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras Um pesquisador avaliou a eficácia de uma dieta. Os pesos antes e depois da dieta dos pacientes foram verificados. Que tipo de teste pode ser aplicado? a) Teste para diferença entre duas médias, com amostras independentes. b) Teste para comparação de duas variâncias. c) Teste para comparação de duas médias, com amostras dependentes. d) Teste para uma média. e) Teste para uma proporção.

6 O artigo de um jornal, dizia:... os funcionários da Petrobras vivem com uma média salarial de 3 mil dólares por mês, o que é um luxo para o Brasil. Sabe-se que os funcionários de uma empresa de grande porte como a Petrobras exercem as mais variadas funções, desde a diretoria com os mais altos salários até os cargos com diversos salários baixos. Supondo que as informações sobre os salários foram obtidas da folha de pagamentos da Petrobras, assinale a alternativa correta. a) O conjunto de dados a que se refere o artigo é a uma amostra de funcionários da empresa. b) Mais da metade dos funcionários da Petrobras ganha menos do que 3 mil dólares. c) O valor da média é igual ao da moda. d) A distância entre a mediana e o 1 o quartil é maior que a distância entre a mediana e o 2 o quartil. e) Os salários apresentam uma simetria acentuada em relação à média Com o objetivo de verificar se existe diferença entre os tempos médios para executar uma tarefa rotineira após treinamento, foram selecionados aleatoriamente 20 empregados, os quais foram divididos em quatro grupos de 5 empregados cada um. Foi realizado um teste para comparar os grupos de empregados com relação ao tipo de treinamento (de longa duração, normal, de curta duração e sem treinamento) e os resultados são apresentados na Tabela 3, parcialmente completa. Fonte de Variação Tabela 3 Resultados parciais do teste Graus de Soma de Quadrado liberdade Quadrados Médio Tratamentos 27 Erro Total 91 Estatística de Teste Levando em consideração as informações apresentadas e a Tabela 3 completa, assinale a alternativa correta. a) A estatística de teste é 4,5. b) A estatística de teste segue uma distribuição t de Student com 3 graus de liberdade, sob a hipótese nula. c) O teste é aplicado quando as amostras são independentes. d) A estatística de teste é 2,5. e) O teste é adequado para comparação de três ou mais proporções Os resultados de uma pesquisa são apresentados na Tabela 4. Qual é a probabilidade de uma pessoa escolhida aleatoriamente ocupar o cargo A, dado que é do sexo masculino? a) 20/50. b) 50/85. c) 45/50. d) 30/40. e) 45/85. Tabela 4 Distribuição de cargos administrativos por sexo Sexo A Cargo Masculino Feminino B 19 - Sejam X e Y duas variáveis aleatórias, então: a) E(X+Y) = E(X)+E(Y), se e somente se X e Y são independentes. b) Se E(XY) = E(X) E(Y) então X e Y são independentes. c) ρx,y, o coeficiente de correlação entre X e Y, por definição, é o quociente entre a Cov(X,Y) e o produto Var(X) Var(Y). d) Var(X+Y) = Var(X) + Var(Y) 2 Cov(X,Y). e) Se X e Y são independentes, então Cov(X,Y) = Se o número de sucessos segue uma distribuição de Poisson então: a) A variância do número de sucessos é 2 vezes o número médio de sucessos. b) Sua variância é 3 vezes o valor da média. c) A variância é igual ao número médio de sucessos elevado ao quadrado. d) Sua variância é o número de tentativas multiplicado pela probabilidade de ocorrer um sucesso. e) A variância e a média do número de sucessos são iguais.

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2016 07/12/2015 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

217 Engenharia de Produção

217 Engenharia de Produção UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 09/2016 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 16/10/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2015

PROCESSO SELETIVO 2015 PROCESSO SELETIVO 2015 Anos 01/12/2014 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

255 Terapia Ocupacional

255 Terapia Ocupacional UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 06/2015 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 18/10/2015 255 Terapia Ocupacional INSTRUÇÕES

Leia mais

220 Ciências Econômicas

220 Ciências Econômicas UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 06/2015 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 18/10/2015 220 Ciências Econômicas INSTRUÇÕES

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2017 Edital 24/2016 - NC Prova: 28/11/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO ASSINO DECLARANDO QUE LI E COMPREENDI AS INSTRUÇÕES ABAIXO: CÓDIGO ORDEM INSTRUÇÕES Conhecimentos Específicos

Leia mais

206 Ciências Contábeis - Noturno

206 Ciências Contábeis - Noturno UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 09/2016 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 16/10/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO

Leia mais

Matemática e Redação. Setor de Educação Profissional Tecnológica Teste de Seleção Curso Técnico em Petróleo e Gás Integrado ao Ensino Médio

Matemática e Redação. Setor de Educação Profissional Tecnológica Teste de Seleção Curso Técnico em Petróleo e Gás Integrado ao Ensino Médio Setor de Educação Profissional Tecnológica Teste de Seleção 2012 Edital N 13/2011 NC Prova: 11/12/2011 Anos Curso Técnico em Petróleo e Gás Integrado ao Ensino Médio INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2013 10/12/2012 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011

PROCESSO SELETIVO 2011 PROCESSO SELETIVO 2011 Anos 06/12/2010 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

Habilidade Específica

Habilidade Específica 1 PROCESSO SELETIVO 2014 13/10/2013 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2010 13/12/2009 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. Conhecimentos Específicos 2. Aguarde autorização para abrir o caderno

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2016 07/12/2015 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2012 Anos 12/12/2011 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

204 Artes Visuais Bacharelado/Licenciatura

204 Artes Visuais Bacharelado/Licenciatura UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 09/2016 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 16/10/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2015 Anos 01/12/2014 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2010 13/12/2009 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaio, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. Conhecimentos Específicos 2. Aguarde autorização para abrir o caderno

Leia mais

Prova de Estatística

Prova de Estatística UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CURSO DE MESTRADO EM ECONOMIA PROCESSO SELETIVO 2010 Prova de Estatística INSTRUÇÕES PARA A PROVA Leia atentamente as questões. A interpretação das questões faz parte da prova;

Leia mais

105 Ciências Contábeis

105 Ciências Contábeis UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO MESTRADO - TURMA 2012 PROVA

Leia mais

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 24 de Agosto de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Local: Sala dos professores

Leia mais

208 Ciências Econômicas Matutino/Noturno

208 Ciências Econômicas Matutino/Noturno UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 09/2016 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 16/10/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO

Leia mais

Exercícios para Revisão de Teste de Hipótese. Gabarito: 1)B 2)D 3)A 4)D 5)E 6)C 7)A 8)E 9)B 10)C 11)A 12)A 13)B 14)E

Exercícios para Revisão de Teste de Hipótese. Gabarito: 1)B 2)D 3)A 4)D 5)E 6)C 7)A 8)E 9)B 10)C 11)A 12)A 13)B 14)E Exercícios para Revisão de Teste de Hipótese Material retirado do site http://adm.online.unip.br/ Gabarito: 1)B 2)D 3)A 4)D 5)E 6)C 7)A 8)E 9)B 10)C 11)A 12)A 13)B 14)E 1) Um revendedor de lâmpadas recebeu

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2011

PROCESSO SELETIVO 2011 PROCESSO SELETIVO 2011 Anos 06/12/2010 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

Introdução à Probabilidade e Estatística I

Introdução à Probabilidade e Estatística I Introdução à Probabilidade e Estatística I População e Amostra Medidas resumo Prof. Alexandre G Patriota Sala: 298A Email: patriota@ime.usp.br Site: www.ime.usp.br/ patriota Passos iniciais O primeiro

Leia mais

INSTRUÇÕES. O tempo disponível para a realização das duas provas e o preenchimento da Folha de Respostas é de 5 (cinco) horas no total.

INSTRUÇÕES. O tempo disponível para a realização das duas provas e o preenchimento da Folha de Respostas é de 5 (cinco) horas no total. INSTRUÇÕES Para a realização desta prova, você recebeu este Caderno de Questões. 1. Caderno de Questões Verifique se este Caderno de Questões contém a prova de Conhecimentos Específicos referente ao cargo

Leia mais

Prova Final de Estatística I

Prova Final de Estatística I Curso: ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS DE SÃO PAULO FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Graduação Data: Junho / 2011 Professores: Prova Final de Estatística I Felipe Zambaldi, Francisco Aranha, Nelson Barth Nome

Leia mais

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 27 de Março de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Sumário 1 Introdução

Leia mais

VERSÃO 1 RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS

VERSÃO 1 RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO MESTRADO-EDITAL FEA-RP-PPGAO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA. Concurso Público Edital n 03/2015. Prova Dissertativa 2ª Etapa - Tarde 23/08/2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA. Concurso Público Edital n 03/2015. Prova Dissertativa 2ª Etapa - Tarde 23/08/2015. PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA Concurso Público Edital n 03/2015 Prova Dissertativa 2ª Etapa - Tarde 23/08/2015 301 Procurador INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome.

Leia mais

DE ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICA APLICADA)

DE ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICA APLICADA) 1. Sabe-se que o nível de significância é a probabilidade de cometermos um determinado tipo de erro quando da realização de um teste de hipóteses. Então: a) A escolha ideal seria um nível de significância

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2010 13/12/2009 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. Conhecimentos Específicos 2. Aguarde autorização para abrir o caderno

Leia mais

MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO. * é muito influenciada por valor atípico

MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO. * é muito influenciada por valor atípico MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO Medidas de Tendência Central (1) média (aritmética) * só para variáveis quantitativas exceção: variável qualitativa nominal dicotômica, com categorias codificadas em 0 e 1; neste

Leia mais

123 Ciências Exatas - Palotina

123 Ciências Exatas - Palotina UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

121 Ciências Econômicas

121 Ciências Econômicas UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS

VERSÃO RESPOSTAS PROVA DE MÉTODOS QUANTITATIVOS UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE RIBEIRÃO PRETO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES PROCESSO SELETIVO DOUTORADO - TURMA 20 VERSÃO

Leia mais

Estatística

Estatística Estatística 1 2016.2 Sumário Capítulo 1 Conceitos Básicos... 3 MEDIDAS DE POSIÇÃO... 3 MEDIDAS DE DISPERSÃO... 5 EXERCÍCIOS CAPÍTULO 1... 8 Capítulo 2 Outliers e Padronização... 12 VALOR PADRONIZADO (Z)...

Leia mais

Estimação parâmetros e teste de hipóteses. Prof. Dr. Alberto Franke (48)

Estimação parâmetros e teste de hipóteses. Prof. Dr. Alberto Franke (48) Estimação parâmetros e teste de hipóteses Prof. Dr. Alberto Franke (48) 91471041 Intervalo de confiança para média É um intervalo em que haja probabilidade do verdadeiro valor desconhecido do parâmetro

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2015 Anos 01/12/2014 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

Intervalos de Confiança

Intervalos de Confiança Intervalos de Confiança INTERVALOS DE CONFIANÇA.1 Conceitos básicos.1.1 Parâmetro e estatística Parâmetro é a descrição numérica de uma característica da população. Estatística é a descrição numérica de

Leia mais

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA

QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA QUESTÕES DE CONCURSOS PÚBLICOS ESTATÍSTICA DESCRITIVA 1) Um pesquisador que ordena uma lista de cidades segundo o ritmo de vida, do mais lento para o mais acelerado, está operando no nível de medida: (A)

Leia mais

Nome: N o : Espaço reservado a classificações

Nome: N o : Espaço reservado a classificações ESTATÍSTICA I 2 o Ano/Gestão 1 o Semestre Época Normal Duração: 2 horas 1 a Parte Teórica N o de Exame: abcde 03.Jan.11 Este exame é composto por duas partes. Esta é a 1 a Parte Teórica (Cotação: 8 valores).

Leia mais

238 Pedagogia Matutino/Noturno

238 Pedagogia Matutino/Noturno UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 09/2016 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 16/10/2016 INSCRIÇÃO TURMA NOME DO CANDIDATO

Leia mais

XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

XXII EXAME DE ORDEM UNIFICADO Tipo 1 - BRANCA SUA PROVA INFORMAÇÕES GERAIS Além deste caderno de prova do tipo 1, contendo oitenta questões e um questionário de percepção sobre a prova com fez questões objetivas, você receberá do fiscal

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste

Universidade Estadual do Centro-Oeste Universidade Estadual do Centro-Oeste º Vestibular de 007 INSTRUÇÕES 04/09/06. Confira seu nome, Nº de inscrição e assine no local indicado abaixo.. Aguarde autorização para abrir o caderno de provas..

Leia mais

112 Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia

112 Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja:

Nessa situação, a média dessa distribuição Normal (X ) é igual à média populacional, ou seja: Pessoal, trago a vocês a resolução da prova de Estatística do concurso para Auditor Fiscal aplicada pela FCC. Foram 10 questões de estatística! Não identifiquei possibilidade para recursos. Considero a

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 20/10/2013 INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVAS 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, o curso e a série correspondentes à sua inscrição.

Leia mais

Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF Assinatura: CARTÃO RESPOSTA

Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF Assinatura: CARTÃO RESPOSTA ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 4º PERÍODO 7º MÓDULO AVALIAÇÃO A2 DATA 08/10/2009 ESTATÍSTICA 2009/2 Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF Assinatura: CARTÃO

Leia mais

Medidas de Dispersão ou variabilidade

Medidas de Dispersão ou variabilidade Medidas de Dispersão ou variabilidade A média - ainda que considerada como um número que tem a faculdade de representar uma série de valores - não pode, por si mesma, destacar o grau de homogeneidade ou

Leia mais

229 Engenharia Civil

229 Engenharia Civil UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 06/2015 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 18/10/2015 229 Engenharia Civil INSTRUÇÕES 1.

Leia mais

Processo Seletivo Simplificado Edital n 01/2017 Prova de Conhecimentos 03/09/2017

Processo Seletivo Simplificado Edital n 01/2017 Prova de Conhecimentos 03/09/2017 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO GUANHÃES MG Processo Seletivo Simplificado Edital n 01/2017 Prova de Conhecimentos 03/09/2017 AJUDANTE DE SERVIÇOS INSTRUÇÕES 1. Aguarde autorização para abrir o caderno

Leia mais

EXAME Discursivo. Matemática. 2 A fase 01/12/2013. Boa prova!

EXAME Discursivo. Matemática. 2 A fase 01/12/2013. Boa prova! 2 A fase EXAME Discursivo 01/12/2013 Matemática Caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Matemática. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Estatística Descritiva Lista 1 de exercícios (nivelamento)

Estatística Descritiva Lista 1 de exercícios (nivelamento) 1. População é um conjunto de: a) Pessoas. b) Elementos quaisquer. c) Pessoas com uma característica comum. d) Elementos com pelo menos uma característica em comum. e) Indivíduos de um mesmo município,

Leia mais

3.1 - Medidas de Posição Medidas de Dispersão Quantis Empiricos Box-plots Graficos de simetria 3.

3.1 - Medidas de Posição Medidas de Dispersão Quantis Empiricos Box-plots Graficos de simetria 3. 3 - MEDIDAS RESUMO 3.1 - Medidas de Posição 3.2 - Medidas de Dispersão 3.3 - Quantis Empiricos 3.4 - Box-plots 3.5 - Graficos de simetria 3.6 - Transformações 1/17 3.1 - Medidas de Posição Muitas vezes

Leia mais

Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas de Variabilidade

Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas de Variabilidade Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Estatística Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas

Leia mais

Estatística 1. Resumo Teórico

Estatística 1. Resumo Teórico Estatística 1 Resumo Teórico Conceitos do Curso 1. Tipos de Variáveis e Representações Gráficas a. Tipos de Variáveis b. Distribuição de Frequências c. Histograma 2. Estatística Descritiva Medidas Estatísticas

Leia mais

115 Ciências Contábeis

115 Ciências Contábeis UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

MAE Introdução à Probabilidade e Estatística II Resolução Lista 5

MAE Introdução à Probabilidade e Estatística II Resolução Lista 5 MAE 229 - Introdução à Probabilidade e Estatística II Resolução Lista 5 Professor: Pedro Morettin e Profa. Chang Chian Exercício 1 (a) De uma forma geral, o desvio padrão é usado para medir a dispersão

Leia mais

Inferência Estatística Básica. Teste de Hipóteses para uma média populacional Cálculo do Valor p

Inferência Estatística Básica. Teste de Hipóteses para uma média populacional Cálculo do Valor p Inferência Estatística Básica Teste de Hipóteses para uma média populacional Cálculo do Valor p Exemplo 1 Um restaurante compra frangos abatidos inteiros com peso médio de 3 Kg há vários anos de um mesmo

Leia mais

Esta folha deverá ser levada pelo candidato para casa.

Esta folha deverá ser levada pelo candidato para casa. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Matemática Especialização em Ensino de Matemática Seleção 2017 UFRJ - Instituto de Matemática Instruções leia com atenção: É obrigatória a apresentação de documento

Leia mais

Teste de hipóteses. Testes de Hipóteses. Valor de p ou P-valor. Lógica dos testes de hipótese. Valor de p 31/08/2016 VPS126

Teste de hipóteses. Testes de Hipóteses. Valor de p ou P-valor. Lógica dos testes de hipótese. Valor de p 31/08/2016 VPS126 3/8/26 Teste de hipóteses Testes de Hipóteses VPS26 Ferramenta estatística para auxiliar no acúmulo de evidências sobre uma questão Média de glicemia de um grupo de animais é diferente do esperado? Qual

Leia mais

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a):

Serviço Público Federal CONCURSO PÚBLICO 2014 INSTRUÇÕES GERAIS. Nº do doc. de identificação (RG, CNH etc.): Assinatura do(a) candidato(a): Serviço Público Federal UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CONCURSO PÚBLICO 204 PROVA TIPO Cargo de Nível Médio: Código: 4 Técnico de Laboratório PARASITOLOGIA 204 Universidade Federal de Alagoas (Edital

Leia mais

Estimação e Testes de Hipóteses

Estimação e Testes de Hipóteses Estimação e Testes de Hipóteses 1 Estatísticas sticas e parâmetros Valores calculados por expressões matemáticas que resumem dados relativos a uma característica mensurável: Parâmetros: medidas numéricas

Leia mais

Cálculo das Probabilidades e Estatística I

Cálculo das Probabilidades e Estatística I Cálculo das Probabilidades e Estatística I Prof a. Juliana Freitas Pires Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba - UFPB juliana@de.ufpb.br Variáveis Aleatórias Ao descrever um espaço

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 X 39,0 39,5 39,5 39,0 39,5 41,5 42,0 42,0 Y 46,5 65,5 86,0 100,0 121,0 150,5 174,0 203,0 A tabela acima mostra as quantidades, em milhões

Leia mais

Prova de Estatística

Prova de Estatística Prova de Estatística 1. Para um número-índice ser considerado um índice ideal, ele precisa atender duas propriedades: reversão no tempo e o critério da decomposição das causas. Desta forma, é correto afirmar

Leia mais

EXAME NACIONAL DE SELEÇÃO 2012 PROVA DE ESTATÍSTICA

EXAME NACIONAL DE SELEÇÃO 2012 PROVA DE ESTATÍSTICA EXAME NACIONAL DE SELEÇÃO 2012 PROVA DE ESTATÍSTICA 1 o Dia: 28/09/2011 - QUARTA FEIRA HORÁRIO: 10h30m às 12h45m (horário de Brasília) Exame Nacional ANPEC 2012: 1º Dia 1 EXAME NACIONAL DE SELEÇÃO 2012

Leia mais

Conhecimentos Específicos

Conhecimentos Específicos PROCESSO SELETIVO 2016 07/12/2015 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova. Antes de iniciar

Leia mais

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese

ESTATÍSTICA Medidas de Síntese 2.3 - Medidas de Síntese Além das tabelas e gráficos um conjunto de dados referente a uma variável QUANTITATIVA pode ser resumido (apresentado) através de Medidas de Síntese, também chamadas de Medidas

Leia mais

ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim. ICMS PE 2014: Resolução da prova de Estatística Prof.

ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim. ICMS PE 2014: Resolução da prova de Estatística Prof. ICMS/PE 2014 Resolução da Prova de Estatística Professor Fábio Amorim 1 de 6 Pessoal, segue a resolução das questões de Estatística da prova realizada pela SEFAZ-PE, para o cargo de Auditor Fiscal do Tesouro

Leia mais

Conceitos Básicos Teste t Teste F. Teste de Hipóteses. Joel M. Corrêa da Rosa

Conceitos Básicos Teste t Teste F. Teste de Hipóteses. Joel M. Corrêa da Rosa 2011 O 1. Formular duas hipóteses sobre um valor que é desconhecido na população. 2. Fixar um nível de significância 3. Escolher a Estatística do Teste 4. Calcular o p-valor 5. Tomar a decisão mediante

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVA

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVA PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 20/11/2016 INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVA 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, o curso e a série correspondentes à sua inscrição.

Leia mais

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos

Prof. Sérgio Carvalho Estatística. I Jornada de Especialização em Concursos DISTRIBUIÇÃO DE FREQÜÊNCIAS & INTERPOLAÇÃO LINEAR DA OGIVA 0. (AFRF-000) Utilize a tabela que se segue. Freqüências Acumuladas de Salários Anuais, em Milhares de Reais, da Cia. Alfa Classes de Salário

Leia mais

Parte 8 Testes de hipóteses Comparação de dois grupos

Parte 8 Testes de hipóteses Comparação de dois grupos Parte 8 Testes de hipóteses Comparação de dois grupos Um objetivo frequente em estudos de diferentes áreas é a comparação de dois ou mais grupos (ou populações). Alguns exemplos: o Comparação dos salários

Leia mais

Universidade Federal do Paraná Seminário de Bioestatistica. Teste de Wilcoxon. Danielle Pierin Olivia Cleto

Universidade Federal do Paraná Seminário de Bioestatistica. Teste de Wilcoxon. Danielle Pierin Olivia Cleto Universidade Federal do Paraná Seminário de Bioestatistica Teste de Wilcoxon Danielle Pierin Olivia Cleto Teste de Postos com Sinais de Wilcoxon para Pares Combinados Esse teste é usado com dados amostrais

Leia mais

Probabilidade e Estatística (Aula Prática - 23/05/16 e 24/05/16)

Probabilidade e Estatística (Aula Prática - 23/05/16 e 24/05/16) Probabilidade e Estatística (Aula Prática - 23/05/16 e 24/05/16) Resumo: Veremos nesta aula tabelas, cálculos de porcentagem e gráficos; amostras e tipo de amostragem; Medidas de tendência central e medidas

Leia mais

Medidas de Dispersão para uma Amostra. Conteúdo: AMPLITUDE VARIÂNCIA DESVIO PADRÃO COEFICIENTE DE VARIAÇÃO

Medidas de Dispersão para uma Amostra. Conteúdo: AMPLITUDE VARIÂNCIA DESVIO PADRÃO COEFICIENTE DE VARIAÇÃO Medidas de Dispersão para uma Amostra Conteúdo: AMPLITUDE VARIÂNCIA DESVIO PADRÃO COEFICIENTE DE VARIAÇÃO Medidas de Dispersão para uma Amostra Para entender o que é dispersão, imagine que quatro alunos

Leia mais

Habilidade Específica

Habilidade Específica PROCESSO SELETIVO 2012 Anos Edital 08/2012-16/10/2011 INSTRUÇÕES 1. Confira, abaixo, o seu número de inscrição, turma e nome. Assine no local indicado. 2. Aguarde autorização para abrir o caderno de prova.

Leia mais

Curso de Metodologia da Pesquisa em Ciências da Vida. Tópicos em bioestatística fundamentais para o pesquisador em Ciências da Vida

Curso de Metodologia da Pesquisa em Ciências da Vida. Tópicos em bioestatística fundamentais para o pesquisador em Ciências da Vida Tópicos em bioestatística fundamentais para o pesquisador em Ciências da Vida Conceito de bioestatística A bioestatística é um recurso matemático aplicado às ciências biológicas Tem por finalidade de coletar,

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) O que é Estatística Para muitos, a Estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os estatísticos são as pessoas que coletam esses dados. A Estatística originou-se

Leia mais

Teoria das Probabilidades

Teoria das Probabilidades Capítulo 2 Teoria das Probabilidades 2.1 Introdução No capítulo anterior, foram mostrados alguns conceitos relacionados à estatística descritiva. Neste capítulo apresentamos a base teórica para o desenvolvimento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 20/10/2013 INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVAS 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, o curso e a série correspondentes à sua inscrição.

Leia mais

Conceito de Estatística

Conceito de Estatística Conceito de Estatística Estatística Técnicas destinadas ao estudo quantitativo de fenômenos coletivos, observáveis. Unidade Estatística um fenômeno individual é uma unidade no conjunto que irá constituir

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVAS PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 20/10/2013 INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVAS 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, o curso e a série correspondentes à sua inscrição.

Leia mais

2 Conceitos Básicos de Probabilidade

2 Conceitos Básicos de Probabilidade CE003 1 1 Introdução No capítulo anterior, foram mostrados alguns conceitos relacionados à estatística descritiva. Neste capítulo apresentamos a base teórica para o desenvolvimento de técnicas estatísticas

Leia mais

TESTES NÃO PARAMÉTRICOS (para mediana/média)

TESTES NÃO PARAMÉTRICOS (para mediana/média) MAE212: Introdução à Probabilidade e à Estatística II - Profas. Beti e Chang (2012) 1 TESTES NÃO PARAMÉTRICOS (para mediana/média) Os métodos de estimação e testes de hipóteses estudados até agora nessa

Leia mais

Intervalos de Confiança - Amostras Pequenas

Intervalos de Confiança - Amostras Pequenas Intervalos de Confiança - Amostras Pequenas Teste de Hipóteses para uma Média Jorge M. V. Capela, Marisa V. Capela, Instituto de Química - UNESP Araraquara, SP capela@iq.unesp.br Araraquara, SP - 2016

Leia mais

115 Artes Visuais Licenciatura

115 Artes Visuais Licenciatura UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

Probabilidade e Estatística

Probabilidade e Estatística Probabilidade e Estatística Teste Qui-quadrado Prof. Dr. Narciso Gonçalves da Silva http://paginapessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Teste Qui-quadrado É um teste não paramétrico, pois independe dos parâmetros

Leia mais

1 a Lista de PE. Universidade de Brasília Departamento de Estatística

1 a Lista de PE. Universidade de Brasília Departamento de Estatística Universidade de Brasília Departamento de Estatística 1 a Lista de PE 1. Dadas as populações abaixo, classifique as suas respectivas variáveis como qualitativas (ordinal ou nominal) ou quantitativas (contínuas

Leia mais

Fernando de Pol Mayer

Fernando de Pol Mayer Fernando de Pol Mayer Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Este conteúdo está disponível por meio da Licença Creative

Leia mais

234 Engenharia Mecânica

234 Engenharia Mecânica UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS REMANESCENTES NÚCLEO DE CONCURSOS Edital n 06/05 UOVR/COPAP/NC/PROGRAD / UFPR Prova Objetiva 8/0/05 34 Engenharia Mecânica INSTRUÇÕES. Confira,

Leia mais

Modelos Lineares Distribuições de Probabilidades Distribuição Normal Teorema Central do Limite. Professora Ariane Ferreira

Modelos Lineares Distribuições de Probabilidades Distribuição Normal Teorema Central do Limite. Professora Ariane Ferreira Distribuições de Probabilidades Distribuição Normal Teorema Central do Limite Professora Ariane Ferreira Modelos Probabilísticos de v.a. continuas Distribuição de Probabilidades 2 IPRJ UERJ Ariane Ferreira

Leia mais

EDITAL Nº 10, DE 10 DE OUTUBRO DE 2017 I SIMULADO ABERTO DO INSTITUTO DOM BARRETO

EDITAL Nº 10, DE 10 DE OUTUBRO DE 2017 I SIMULADO ABERTO DO INSTITUTO DOM BARRETO EDITAL Nº 10, DE 10 DE OUTUBRO DE 2017 I SIMULADO ABERTO DO INSTITUTO DOM BARRETO O INSTITUTO DOM BARRETO torna pública a realização do seu I Simulado Aberto como mais um recurso na sua preparação para

Leia mais

Resolução da Prova de Matemática Financeira e Estatística do ISS Teresina, aplicada em 28/08/2016.

Resolução da Prova de Matemática Financeira e Estatística do ISS Teresina, aplicada em 28/08/2016. de Matemática Financeira e Estatística do ISS Teresina, aplicada em 8/08/016. 11 - (ISS Teresina 016 / FCC) Joana aplicou todo seu capital, durante 6 meses, em bancos ( e Y). No Banco, ela aplicou 37,5%

Leia mais

143 Física Bacharelado/Licenciatura

143 Física Bacharelado/Licenciatura UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Coordenação de Políticas de Acesso e Permanência Unidade de Ocupação de Vagas Remanescentes PROCESSO DE OCUPAÇÃO DE VAGAS

Leia mais

CE001 - BIOESTATÍSTICA TESTE DO QUI-QUADRADO

CE001 - BIOESTATÍSTICA TESTE DO QUI-QUADRADO CE001 - BIOESTATÍSTICA TESTE DO QUI-QUADRADO Ana Paula Araujo Correa Eder Queiroz Newton Trevisan DEFINIÇÃO É um teste de hipóteses que se destina a encontrar um valor da dispersão para duas variáveis

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVA

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA CADERNO DE PROVA PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 19/10/2014 INSTRUÇÕES CADERNO DE PROVA 1. Confira, abaixo, seu nome e número de inscrição. Confira, também, o curso e a série correspondentes à sua inscrição.

Leia mais