REGULAMENTO. Prémio EDP University Challenge ª Edição Com o apoio de:

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO. Prémio EDP University Challenge 2014. 8.ª Edição 2014. Com o apoio de:"

Transcrição

1 REGULAMENTO Prémio EDP University Challenge ª Edição 2014 Com o apoio de: 1

2 Artigo 1º Objectivo do Concurso 1. O Prémio EDP University Challenge 2014 (Prémio) é uma iniciativa da EDP Energias de Portugal, SA (EDP), cujo propósito é o de contribuir para o desenvolvimento da excelência na formação académica complementar de estudantes ao nível da licenciatura, pós-graduação e mestrado (1º e 2º ciclo do processo de Bolonha). 2. A iniciativa traduz-se na realização de um Concurso cujo objectivo consiste em premiar as vertentes académicas e científicas dos trabalhos apresentados pelos grupos participantes, promovendo uma maior interligação entre as universidades e o mundo empresarial. Artigo 2º Regulamentação do Concurso 1. O Prémio rege-se pelo presente regulamento (Regulamento), sendo a Comissão de Acompanhamento e o Júri soberanos na sua interpretação e aplicação, bem como na integração de lacunas. 2. Os critérios de selecção e fundamentos de decisão, incluindo o de atribuição do Prémio aos distinguidos, são da exclusiva competência do Júri, não podendo as decisões da Comissão de Acompanhamento e do Júri ser objecto de reclamação ou recurso, sendo sempre e em qualquer circunstância definitivas. 3. O Júri reserva-se no direito de não atribuir qualquer Prémio, se concluir pela inexistência de projectos candidatos que preencham minimamente os requisitos de distinção por si estipulados. 2

3 Artigo 3º Natureza do Concurso 1. O Prémio consubstancia um Concurso universitário que visa atribuir três prémios aos três melhores trabalhos. 2. Se os grupos vencedores desenvolverem os seus trabalhos com o acompanhamento de um docente, este terá igualmente direito a um prémio monetário, nos termos descritos no artigo 16ª. 3. Os estudantes que façam parte da equipa vencedora têm ainda a possibilidade de realizar um estágio na EDP, nos termos que a EDP vier a definir para o efeito. Artigo 4º Tramitação do Concurso 1. O Concurso decorrerá durante o segundo semestre do ano lectivo 2013/2014. O período de desenvolvimento de trabalhos terá uma duração aproximada de três meses, a partir da data de formalização das candidaturas. 2. A participação no Concurso compreende as seguintes fases: a) Candidatura: a inscrição no Concurso deverá respeitar os procedimentos de candidatura constantes do artigo 8º, e deverá ser realizada até ao dia 13 de Março de b) Desenvolvimento dos trabalhos: o período de desenvolvimento dos trabalhos decorrerá entre 13 de Março de 2014 e 17 de Junho de Durante este período, os grupos a Concurso deverão preencher e enviar a ficha de projecto respeitante ao processo de acompanhamento até ao dia 13 de Abril de 2014, de acordo com o procedimento definido no artigo 10º. c) Data de entrega dos trabalhos: a data limite para entrega dos trabalhos é o dia 17 de Junho de

4 d) Avaliação: O processo de avaliação terá lugar após a recepção de todos os trabalhos a Concurso. e) Anúncio dos semifinalistas: Durante o mês de Julho de 2014 serão anunciados os grupos semifinalistas. f) Cerimónia de entrega de prémios: A cerimónia de entrega de prémios decorrerá durante o mês de Outubro de 2014 em data a anunciar. Durante a cerimónia, os grupos semifinalistas farão a apresentação dos seus trabalhos. Os grupos finalistas e vencedores serão anunciados no decorrer da cerimónia de entrega de prémios. Artigo 5º Âmbito 1. O Concurso tem como lema A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. 2. Os trabalhos a desenvolver versarão sobre a marca EDP. Para o desenvolvimento dos trabalhos apresentam-se quatro (4) temas, relacionados com o lema do Concurso, de entre os quais os grupos de trabalho deverão escolher apenas um (1): Estratégia de marketing e comunicação para a EDP no contexto do mercado liberalizado de energia; Estratégia de marketing e comunicação para o lançamento de novos produtos e/ou serviços da EDP no âmbito do mercado liberalizado de energia; Estratégia de marketing e comunicação para ao desenvolvimento de parcerias com entidades a operar em diferentes sectores de actividade; Estratégia de marketing e comunicação para melhorar a experiência e a fidelização de clientes EDP no âmbito do mercado liberalizado de energia. 4

5 3. No site os grupos de trabalho encontrarão um briefing detalhado sobre o lema do Concurso e sobre aquilo que se pretende relativamente a cada um dos temas acima identificados. Artigo 6º Apresentação do Concurso nos estabelecimentos de ensino Durante o mês de Fevereiro e na primeira quinzena de Março de 2014 será realizada uma apresentação presencial em diversos estabelecimentos de ensino superior em Portugal. Esta apresentação servirá para melhor esclarecer o âmbito e objectivos do Prémio. Artigo 7º Requisitos da candidatura 1. Podem candidatar-se à atribuição do Prémio todos os interessados que preencham, à data da candidatura, os seguintes requisitos: a) Frequência de cursos em Portugal ao nível da licenciatura, pós-graduação ou mestrado cujos programas contemplem conteúdos de gestão, comunicação e/ou marketing; b) Poderão ser aceites candidatos que não cumpram o previsto no número anterior em relação aos conteúdos de gestão, comunicação e/ou marketing, mas que mostrem provas de conhecimentos suficientes no âmbito do tema do Concurso mercado liberalizado de energia e do desenvolvimento dos respectivos trabalhos; c) Estarem organizados em grupos com um mínimo dois (2) elementos e um máximo de cinco (5), não necessitando estes de ser frequentadores do mesmo ano lectivo; d) Os grupos poderão ser constituídos por elementos de estabelecimentos de ensino ou níveis de graduação diferentes. Similarmente poderão integrar o grupo 5

6 elementos de diferentes áreas de conhecimento, como forma de atingir a multidisciplinariedade e a complementaridade entre si; e) Os grupos poderão ser acompanhados por um docente. A não verificação deste aspecto não constitui, no entanto, impedimento à participação no Concurso; f) Os elementos do grupo não poderão ser funcionários nem familiares directos de funcionários da EDP, bem como de empresas que se encontrem em relação de trabalho ou de domínio ou grupo com aquela. Artigo 8º Procedimentos de candidatura 1. Os candidatos que reúnam as condições exigidas no artigo anterior, deverão proceder à formalização das suas candidaturas, através do preenchimento completo do formulário de inscrição que está disponível online no site até à respectiva data limite - 13 de Março de Conjuntamente com o formulário de candidatura deverão ser remetidos os seguintes elementos: a) Fotocópia do bilhete de identidade/cartão de cidadão dos candidatos; b) Fotocópia do cartão de estudante do presente ano lectivo. 3. A organização confirmará a correta recepção da inscrição junto dos participantes. 4. A formalização da candidatura significa a aceitação pelos interessados, sem reservas nem condições, dos termos e Regulamento deste Concurso, bem como a autorização expressa para verificação da autenticidade dos respectivos documentos disponibilizados. 5. A participação no Concurso exige a cedência de informações e dados pessoais. De acordo com a Lei nº 67/98, de 26 de Outubro, e a Lei nº 41/2004, de 18 de Agosto, os dados serão tratados automaticamente pela EDP, que garante aos participantes o 6

7 acesso, rectificação e cancelamento dos dados, informando a EDP por carta para a morada Praça Marquês de Pombal, nº 12, S/L, Lisboa ou por para o endereço indicando o seu número de telefone. Artigo 9º Processo de acompanhamento 1. O processo de acompanhamento foi desenvolvido no sentido de aproximar a EDP dos grupos a Concurso, auxiliando-os no desenvolvimento dos respectivos projectos, assim como para permitir que a EDP acompanhe o trabalho que vai sendo desenvolvido. 2. Para o cumprimento do processo de acompanhamento os grupos deverão preencher e enviar a ficha de projecto que está disponível online no site Existem quatro (4) fichas de projecto, uma para cada um dos temas possíveis para elaboração dos trabalhos, de acordo com o estabelecido no artigo 5º supra. 3. Os grupos deverão preencher e enviar a ficha de projecto referente ao seu trabalho até ao dia 13 de Abril de A Comissão de Acompanhamento dará sempre uma resposta orientadora a cada grupo, até duas semanas após a recepção da ficha de projecto. 5. Caso considere necessário, a Comissão de Acompanhamento poderá solicitar aos grupos a Concurso a indicação de elementos adicionais sobre o respectivo projecto. 6. A participação no processo de acompanhamento é obrigatória. 7. Caso assim o desejem, os grupos poderão contactar a Comissão de Acompanhamento durante o período de desenvolvimento do trabalho, no sentido de obter algum apoio que lhes seja necessário (nota: a Comissão de Acompanhamento não disponibilizará qualquer tipo de informação que seja de carácter privado e/ou confidencial). 7

8 8. Os esclarecimentos e/ou informações que vierem a ser prestados e/ou fornecidas pela Comissão de Acompanhamento poderão ser remetidos a todos os participantes do Concurso, apenas na medida em que configurem esclarecimentos e/ou informações genéricos que possam aproveitar a todos os participantes. Artigo 10º Procedimentos de entrega dos trabalhos/projectos 1. Os trabalhos candidatos deverão ser entregues sob a forma de relatório escrito, em Word ou Powerpoint, na língua Portuguesa ou Inglesa. É obrigatório que os trabalhos entregues em Word não excedam 50 páginas e os entregues em Powerpoint não excedam 100 diapositivos, excluindo, em ambos os casos, eventuais anexos. Os anexos poderão conter apenas material gráfico, vídeos e/ou análises de estudos de mercado que sejam considerados relevantes. 2. As regras a observar relativamente ao relatório e a qualquer conteúdo relativo ao trabalho realizado serão as seguintes: a) O envio deverá ser efectuado através do site: b) A dimensão limite do upload dos documentos é de 25Mb. c) Os ficheiros deverão ser entregues em PDF. d) Caso o trabalho seja composto por diversos documentos, o grupo poderá optar por fazer um upload de um ficheiro ZIP que contenha todos os ficheiros. 3. Caso o grupo inclua no seu trabalho final ficheiros de multimédia (áudio ou vídeo) cuja dimensão ultrapasse o limite imposto no número acima (25Mb) aceita-se que este tipo de ficheiros possam ser colocados em plataformas online, por exemplo no youtube, podendo o link ser partilhado/incluído na documentação de candidatura. 8

9 4. Qualquer questão ou dificuldade relativa aos procedimentos de entrega dos projectos deverá ser enviada para o endereço de 5. A entrega dos trabalhos deverá ser efectuada até às 23:59 da data limite de entrega dos projectos - 17 de Junho de Artigo 11º Comissão de Acompanhamento e Júri 1. Todo o processo de lançamento, tramitação, interpretação do Regulamento, atribuição e execução do Prémio será da responsabilidade da Comissão de Acompanhamento, composta por elementos da EDP e consultores da PremiValor Consulting com ampla experiência na área da gestão, comunicação e marketing. 2. Aos elementos da Comissão de Acompanhamento competirá ainda analisar a totalidade dos trabalhos candidatos, com vista a seleccionar os cinco (5) que passam à fase de avaliação final. 3. Para a atribuição do Prémio é exclusivamente competente o Júri, que deliberará soberanamente, de acordo com os critérios que considere mais adequados aos objectivos do Concurso, e que em traços gerais se expõem no artigo seguinte. 4. O Júri será o responsável pela decisão final de escolha dos premiados. 5. O Júri é composto por membros da EDP, da Premivalor, e por entidade(s) do sector da energia e da área do marketing e comunicação. Artigo 12º Critérios de avaliação dos trabalhos 1. A avaliação dos trabalhos terá por base os seguintes aspectos: Metodologia aplicada no desenvolvimento do projecto; 9

10 Inovação e criatividade; Adequação do projecto à realidade da EDP; Plano de implementação do projecto; Apresentação do projecto (relatório formal); Apresentação oral no dia da cerimónia de entrega de prémios. Artigo 13º Cerimónia de entrega de prémios e Elevator Pitch 1. A cerimónia de entrega de prémios é o evento no qual serão conhecidos os vencedores do Prémio. 2. Todos os grupos participantes serão convidados a assistir à cerimónia de entrega de prémios. 3. Na cerimónia, os grupos semifinalistas farão um Elevator Pitch. Pretende-se que os grupos tenham a oportunidade de apresentar os seus projectos ao Júri e à audiência presente na cerimónia, tipicamente constituída por quadros da EDP e da PremiValor Consulting, docentes e alunos das diversas universidades a nível nacional, convidados oriundos de outras empresas, investidores, jornalistas, etc. 4. As apresentações de Elevator Pitch são feitas com recurso a uma apresentação. Pode ser usado Powerpoint ou outro formato projectável, como o Prezi. As apresentações de Elevator Pitch terão uma duração máxima de dois (2) minutos. 5. Após a sessão de Elevator Pitch, serão anunciados os grupos finalistas e estes serão interpelados por representantes do Júri. Este momento de interacção com o Júri é relevante para a escolha final dos vencedores. 6. Os detalhes relativos às apresentações de Elevator Pitch na cerimónia de entrega de prémios serão dados a conhecer aos grupos com a devida antecedência para que possam preparar a respectiva participação. 10

11 Artigo 14º Comunicação da decisão 1. A decisão de atribuição do Prémio será comunicada e divulgada em acto público, na cerimónia de entrega de prémios. 2. Até dez (10) dias úteis após a realização do evento referido no nº 1 deste artigo, a EDP fará uma comunicação à imprensa com os resultados do Prémio e indicação do nome dos vencedores do mesmo. 3. As equipas semifinalistas e convidadas para a sessão de Elevator Pitch comprometem-se expressamente a participar na cerimónia de entrega de prémios e as equipas finalistas e as vencedoras a permitirem que a sua imagem e dados sejam divulgados, com vista à promoção do Concurso, dos próprios beneficiários, das suas Instituições Académicas de origem e das entidades envolvidas no evento. Artigo 15º Propriedade intelectual dos trabalhos/projectos candidatos 1. A atribuição de prémios aos vencedores implica a transmissão para a EDP, com exclusão de qualquer terceiro, do conteúdo patrimonial de todos os direitos de propriedade intelectual inerentes ao trabalho distinguido, sem prejuízo do respeito devido pelos direitos de autor de natureza pessoal. 2. Os relatórios referentes aos trabalhos submetidos a Concurso não serão restituídos aos candidatos, podendo a EDP dar-lhes a divulgação que entender conveniente. Artigo 16º Prémio 1. Serão atribuídos três prémios. Ao primeiro classificado será atribuído um prémio monetário no valor de (cinco mil euros), ao segundo classificado um prémio 11

12 monetário no valor de (três mil euros) e ao terceiro classificado um prémio monetário no valor de (dois mil euros). 2. O docente do grupo classificado em primeiro lugar terá um prémio monetário no valor de (mil e quinhentos euros), o docente do grupo classificado em segundo lugar terá um prémio monetário no valor de (mil euros) e o docente do grupo classificado em terceiro lugar terá um prémio monetário no valor de 750 (setecentos e cinquenta euros). 3. O júri reserva-se no direito de não atribuir qualquer prémio, ou de atribuir apenas algum(ns) do(s) prémio(s), caso entenda não existirem condições para a atribuição do(s) mesmo(s). 4. Os estudantes que façam parte da equipa vencedora têm ainda a possibilidade de realizar um estágio na EDP nas condições e formatos que a EDP vier a definir para o efeito. 5. O direito ao prémio extingue-se automática e definitivamente, e sem necessidade de qualquer formalismo específico, caso se verifique alguma das seguintes situações: a) Concluir-se existir alguma irregularidade na candidatura do grupo premiado; b) Existirem indícios do trabalho ter sido efectuado por outros elementos que não os membros do grupo premiado; c) Se o prémio não for reclamado no prazo máximo de um (1) ano contado da data da sua atribuição; d) Se, na pendência do benefício do prémio, os premiados forem objecto de qualquer procedimento criminal ou procedimento disciplinar instaurado pela Instituição de Ensino de frequência do curso, ou assumam comportamentos perante a EDP, entidades relacionadas com o Concurso, patrocinadores ou terceiros que, pela sua gravidade, determinem lesão da imagem e honorabilidade dos participantes ou desprestígio e lesão para as entidades envolvidas ou para os próprios. 12

13 Artigo 17º Alterações aos prazos e datas constantes deste Regulamento Os prazos e datas constantes deste Regulamento poderão ser alterados por decisão da EDP, que disso dará publicamente conta. 13

1/11 REGULAMENTO. A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/11 REGULAMENTO. A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/11 REGULAMENTO A EDP no contexto do mercado liberalizado de energia Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 7.ª Edição 2013 2/11 Regulamento EDP University Challenge 2013 Artigo 1º Objetivo

Leia mais

EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade. Regulamento

EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade. Regulamento EDP - Uma empresa global, humana e dinâmica, com foco na inovação e sustentabilidade Regulamento 6ª Edição Artigo 1º Objetivo do prêmio 1. O EDP University Challenge 2015 é uma iniciativa da EDP, cujo

Leia mais

Regulamento EDP University Challenge 2010. Plano de Marketing e Comunicação da marca EDP enquanto player global. 4.ª Edição

Regulamento EDP University Challenge 2010. Plano de Marketing e Comunicação da marca EDP enquanto player global. 4.ª Edição 1/12 Regulamento EDP University Challenge 2010 Plano de Marketing e Comunicação da marca EDP enquanto player global 4.ª Edição Outubro 2009 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2010 Artigo 1º Objectivo

Leia mais

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade.

Regulamento do EDP University Challenge 2011. EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade. Regulamento do EDP University Challenge 2011 EDP como empresa global de energia, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade 2ª Edição Artigo 1º Objectivo do prémio 1. O EDP University Challenge

Leia mais

Regulamento EDP University Challenge 2009. A EDP e as energias renováveis: um futuro lado a lado. 3.ª Edição

Regulamento EDP University Challenge 2009. A EDP e as energias renováveis: um futuro lado a lado. 3.ª Edição 1/12 Regulamento EDP University Challenge 2009 A EDP e as energias renováveis: um futuro lado a lado 3.ª Edição Outubro 2008 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2009 Artigo 1º Objectivo do prémio

Leia mais

Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta

Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta Bolsas Universitárias Casa da América Latina/Santander Totta REGULAMENTO 1. Natureza das Bolsas 1.1. O Banco Santander Totta e a Casa da América Latina decidiram atribuir duas Bolsas Universitárias, cujo

Leia mais

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/12 REGULAMENTO EDP e a Eficiência Energética Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 6.ª Edição 2012 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2012 Artigo 1º Objetivo do prémio 1. O EDP University

Leia mais

Regulamento Angelini University Award 2009/2010. Novos Produtos/Serviços para doentes com Demências / Alzheimer / Envelhecimento Cerebral. 1.

Regulamento Angelini University Award 2009/2010. Novos Produtos/Serviços para doentes com Demências / Alzheimer / Envelhecimento Cerebral. 1. 1/12 Regulamento Angelini University Award 2009/2010 Novos Produtos/Serviços para doentes com Demências / Alzheimer / Envelhecimento Cerebral 1.ª Edição 2009/2010 2/12 Regulamento Angelini University Award

Leia mais

Cultiva o teu futuro. Regulamento Prémio Anual Universitário CAP Cultiva o teu futuro Inovação no Sector do Azeite

Cultiva o teu futuro. Regulamento Prémio Anual Universitário CAP Cultiva o teu futuro Inovação no Sector do Azeite Cultiva o teu futuro Regulamento Prémio Anual Universitário CAP Cultiva o teu futuro Inovação no Sector do Azeite Cultiva o teu futuro 2/10 Artigo 1º Objectivo do prémio 1. O Prémio Anual Universitário

Leia mais

PRÉMIO A SUA ENERGIA LIMPA O MELHOR TRABALHO DE FIM DE CURSO

PRÉMIO A SUA ENERGIA LIMPA O MELHOR TRABALHO DE FIM DE CURSO PRÉMIO A SUA ENERGIA LIMPA O MELHOR TRABALHO DE FIM DE CURSO A Cabeólica promove a realização de um concurso que pretende distinguir os melhores trabalhos de fim de curso nas áreas de engenharia e arquitetura

Leia mais

Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral

Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral Novos Produtos /Serviços para doentes com Demências/Alzheimer/Envelhecimento Cerebral Objectivos Objectivos Objectivos O Angelini University Award 2010/2011 tem por finalidade atribuir um prémio ao melhor

Leia mais

Regulamento do concurso Fora da Caixa

Regulamento do concurso Fora da Caixa Regulamento do concurso Fora da Caixa Artigo 1 - Enquadramento O Concurso de Ideias de Negócio denominado Fora da Caixa é uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia da República de Moçambique

Leia mais

GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO. Artº 1. Definição e âmbito

GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO. Artº 1. Definição e âmbito GSI ACCELERATORS STARTUP CHALLENGE A OBJECTIVOS E ORGANIZAÇÃO Artº 1 Definição e âmbito 1. O GSI Accelerators Startup Challenge é uma iniciativa promovida pela Leadership Business Consulting que visa seleccionar

Leia mais

REGULAMENTO TWIST 2014 2015. 4.ª Edição

REGULAMENTO TWIST 2014 2015. 4.ª Edição REGULAMENTO TWIST 2014 2015 4.ª Edição 1 Artigo 1º Objectivo do Concurso 1. O TWIST, A tua energia faz a diferença (Concurso) é uma iniciativa da EDP Serviço Universal (EDP) no âmbito do PPEC Plano para

Leia mais

Regulamento ERP Eco Sustainability Award 13 2ª Edição - Regulamento -

Regulamento ERP Eco Sustainability Award 13 2ª Edição - Regulamento - Regulamento ERP Eco Sustainability Award 13 2ª Edição - Regulamento - Página 2 de 10 Índice Artigo 1º Designação do Concurso... 3 Artigo 2º Objetivo do Concurso... 3 Artigo 3º Regulamentação do Concurso...

Leia mais

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação

1/12 REGULAMENTO. EDP e a Eficiência Energética. Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 1/12 REGULAMENTO EDP e a Eficiência Energética Prémio Anual de Estratégia, Marketing e Comunicação 6.ª Edição 2012 2/12 Regulamento EDP University Challenge 2012 Artigo 1º Objetivo do prémio 1. O EDP University

Leia mais

2 XII CONGRESSO NACIONAL DE PSICO-ONCOLOGIA 6 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 #INTRODUÇÃO

2 XII CONGRESSO NACIONAL DE PSICO-ONCOLOGIA 6 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 #INTRODUÇÃO organização SECRETARIADO 2 XII CONGRESSO NACIONAL DE PSICO-ONCOLOGIA 6 A 9 DE OUTUBRO DE 2015 #INTRODUÇÃO A apresentação de trabalhos científicos no XII Congresso Nacional de Psico-Oncologia visa propor

Leia mais

REGULAMENTO NOVA Idea Competition 2015

REGULAMENTO NOVA Idea Competition 2015 REGULAMENTO NOVA Idea Competition 2015 Preâmbulo O NOVA IDEA COMPETITION é uma iniciativa anual do Gabinete de Empreendedorismo da Reitoria da NOVA que pretende proporcionar aos alunos da Universidade

Leia mais

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio

StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio StartMeUp - Powered by U.S. Embassy Portugal Prémio Nacional de Empreendedorismo 2012 (STARTMEUP) Regulamento do Prémio Artigo 1.º Organização e objectivos 1. O Prémio STARTMEUP é uma iniciativa organizada

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo

REGULAMENTO BOLSA DE IDEIAS. Preâmbulo REGULAMENTO Preâmbulo A Bolsa de Ideias CAIE (BI) é uma iniciativa desenvolvida pelo Projecto CAIE Centro de Apoio à Inovação e ao Empreendedorismo, financiado pela Iniciativa Comunitária EQUAL. Esta iniciativa

Leia mais

Concurso de Ideias Empreende +

Concurso de Ideias Empreende + Concurso de Ideias Empreende + REGULAMENTO Preâmbulo A Universidade de Aveiro, através da sua Unidade de Transferência de Tecnologia (UATEC), a seguir denominada Organização, promove o «Concurso de Ideias

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS Artigos: 1º OBJECTIVOS São objectivos do Concurso : a) Estimular o empreendedorismo qualificado e inovador junto da comunidade empresarial e académica da região Norte, Centro

Leia mais

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento

I Prémio Jovens Talentos. Regulamento 1 I Prémio Jovens Talentos Regulamento 1. Introdução O presente concurso tem como objectivo estimular o aparecimento e divulgação de novos talentos, no domínio cultural e artístico, dos jovens Bracarenses

Leia mais

regulamento Inovação no Sector da Floresta

regulamento Inovação no Sector da Floresta regulamento Inovação no Sector da Floresta 2014-2015 Regulamento Concurso Universitário CAP Cultiva o teu futuro 4.ª Edição CAP - Confederação dos Agricultores de Portugal Mais do que imaginas 4 regulamento

Leia mais

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO

Bolsa de Inovação da Secção Regional de Lisboa DA ORDEM DOS FARMACÊUTICOS REGRAS DE ATRIBUIÇÃO A Direcção da Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos, reunida em sessão de 18 de Julho de 2012, deliberou instituir uma Bolsa, destinada a apoiar projectos de investigação e projectos profissionais

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias

Regulamento do Concurso de Ideias Regulamento do Concurso de Ideias 1. Apresentação O Concurso de Ideias e a Conferência Internacional sobre Prevenção e Controlo do Tabagismo, que vai ter lugar em Lisboa, de 14 a 15 de novembro de 2013,

Leia mais

Prémio Banco de Portugal CLAD

Prémio Banco de Portugal CLAD Prémio Banco de Portugal CLAD Regulamento Artigo 1º (Objetivo) 1. O prémio Banco de Portugal CLAD (designado genericamente como Prémio) é promovido por uma parceria entre o Banco de Portugal e a CLAD Associação

Leia mais

Regulamento PAPSummer 2015

Regulamento PAPSummer 2015 Regulamento PAPSummer 2015 Artigo 1º Objectivos do programa, montante e designação das bolsas 1. O programa PAPSummer pretende dar a oportunidade a estudantes portugueses (Estudante) de desenvolver um

Leia mais

Concurso Anual Universitário RENAULT Building the Wheels of the Future

Concurso Anual Universitário RENAULT Building the Wheels of the Future Concurso Anual Universitário RENAULT Building the Wheels of the Future 1 Introdução 2 Introdução A RENAULT Portugal (www.renault.pt) apresenta o Concurso Anual Universitário RENAULT 2010/2011 e convidam-vos

Leia mais

PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária

PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária PRÉMIO AFESP SINAIS VITAIS Boas Práticas de Sinalização em Segurança Rodoviária 2ª Edição REGULAMENTO 1. Organização: A AFESP - Associação Portuguesa de Sinalização e Segurança Rodoviária, com sede na

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO MISSÃO SORRISO DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE/CONTINENTE. Artigo 1.º. Objecto

REGULAMENTO DO CONCURSO MISSÃO SORRISO DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE/CONTINENTE. Artigo 1.º. Objecto REGULAMENTO DO CONCURSO MISSÃO SORRISO DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE/CONTINENTE Artigo 1.º Objecto A Direcção-Geral da Saúde e a Modelo Continente Hipermercados S.A (adiante Continente ), conferem anualmente,

Leia mais

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento

Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico. Regulamento Prémio Santander Totta / Universidade Nova de Lisboa, de Jornalismo Económico Regulamento Considerando que se mostra da maior relevância: a) Reconhecer e premiar a excelência de trabalhos jornalísticos

Leia mais

5ª Edição do Prémio SIC Esperança Escola Solar Regulamento

5ª Edição do Prémio SIC Esperança Escola Solar Regulamento A SIC Esperança promove anualmente a entrega de um prémio a um projeto inovador ainda não implementado, que tenha como objetivo a melhoria da qualidade de vida, em particular de pessoas socialmente desfavorecidas.

Leia mais

Regulamento do Global Management Challenge 2015

Regulamento do Global Management Challenge 2015 Regulamento do Global Management Challenge 2015 1. O Global Management Challenge é uma Competição de Estratégia e Gestão organizada em Portugal pela SDG Simuladores e Modelos de Gestão, S.A. em parceria

Leia mais

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO

CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DE EMPRESAS INOVADORAS REGULAMENTO REGULAMENTO Artigo 1.º - Enquadramento O Concurso de Ideias para a Criação de Empresas Inovadoras é uma iniciativa do BICMINHO no âmbito da execução da operação n.º NORTE-07-0364-FEDER-000006 Apoio à Criação

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'12

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'12 REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'12 Artigo 1.º (Objecto) 1. O Concurso Sardinhas Festas de Lisboa'12 é uma iniciativa da EGEAC Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação

Leia mais

Licenciatura em Biologia

Licenciatura em Biologia Licenciatura em Biologia Regulamento de Estágio Profissionalizante Para dar cumprimento ao estipulado no Despacho n.º 22 420/2001 da Reitoria da Universidade de Aveiro, publicado no Diário da República

Leia mais

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013.

CAPÍTULO I REGULAMENTO, OBJETIVOS E ORGANIZAÇÃO. O objecto do presente Regulamento é estabelecer as regras do startweb Madeira Caça Talentos 2013. Preâmbulo. O startweb é um programa de caça talentos na Madeira nas áreas da programação, design, informática, gestão, mas também destinado a todos os empreendedores que ambicionam novos desafios. CAPÍTULO

Leia mais

Normas do Concurso de Ideias de Negócio Escolas Empreendedoras

Normas do Concurso de Ideias de Negócio Escolas Empreendedoras Preâmbulo O concurso de Ideias de Negócio é uma iniciativa da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira. O presente documento visa regular o Concurso de Ideias Escolas Empreendedoras e pretende contribuir

Leia mais

REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS.

REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS. REGULAMENTO DO VI CONCURSO ESCOLAS EMPREENDEDORAS DE CASCAIS Preâmbulo O concurso de Escolas Empreendedoras de Cascais é uma iniciativa da Agência DNA Cascais. O presente documento visa regular o VI Concurso

Leia mais

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO

PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO PRÉMIOS CONSUMUS DIXIT FÓRUM DO CONSUMO ETAPAS DO PROCESSO DE CANDIDATURA 1ª Etapa Candidaturas: 1 Out 2014 28 Fev 2015. O prémio Consumus Dixit é aberto a todos trabalhos profissionais, académicos, personalidades

Leia mais

PRÉMIO DE BOAS PRÁTICAS EM SAÚDE

PRÉMIO DE BOAS PRÁTICAS EM SAÚDE PRÉMIO DE BOAS PRÁTICAS EM SAÚDE REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Edição de 2015 1 Introdução A edição do ano de 2015 do Prémio de Boas Práticas em Saúde (PBPS), pretende, como sempre, acompanhar

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção Geral de Educação (DGE), o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), a Quercus, e o Green Project Awards (GPA),

Leia mais

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução

REGULAMENTO PROJETO 80. Introdução REGULAMENTO PROJETO 80 Introdução A Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a Direção-Geral da Educação (DGE), a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGEstE), o Instituto Português do Desporto e

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS REGULAMENTO DO CONCURSO DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Objectivo 1.1 O concurso Glassberries Design Awards, instituído pela BA Vidro, pretende promover a participação de jovens designers, na área de design de produto,

Leia mais

III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL

III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL III PROGRAMA DE ESTÁGIOS DE VERÃO AEFFUL 1 Enquadramento O Gabinete de Estágios e Saídas Profissionais (GESP) tem o objectivo de estabelecer uma plataforma de comunicação entre estagiários e recém-mestres

Leia mais

Regulamento. Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2015

Regulamento. Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2015 Regulamento Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2015 Considerando que: A. A Fundação EDP é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, que tem por fins gerais a promoção, o desenvolvimento

Leia mais

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos:

Regulamento. ARTIGO 1 (Objecto) O NUTRITION AWARDS, tem os seguintes objectivos: Regulamento A Associação Portuguesa dos Nutricionistas e o Grupo GCI Gestores de Comunicação Integrada, com o apoio institucional do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação, em parceria com a Direcção-Geral

Leia mais

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC)

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa Índice 1. Introdução... 2 2. Critérios de Candidatura... 2 3. Candidatura, Processo e Critérios

Leia mais

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15

Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Programa de Parcerias e Submissão de Propostas 2014/15 O Departamento de Informática (DI) da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) procura criar e estreitar

Leia mais

Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016

Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016 Inovação no Sector do Leite e Laticínios 2015-2016 1.º ARTIGO OBJETO DO REGULAMENTO O presente Regulamento do Concurso Universitário CAP Cultiva o teu futuro, doravante designado somente por Regulamento,

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A.

REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A. REGULAMENTO DO CONCURSO DE FOTOGRAFIA E VÍDEO DA ÁGUAS DO ALGARVE, S.A. A ÁGUA PELOS MEUS OLHOS Mil Imagens, uma Região, um Futuro Cláusula 1 - Organização O Concurso de Fotografia e Vídeo A Água pelos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DA NAZARÈ Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Nazaré é uma iniciativa da Câmara Municipal da Nazaré. O presente documento visa regular o Concurso

Leia mais

Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo 1.ª Edição 2016

Prémio Melhor Tese de Inovação e Empreendedorismo 1.ª Edição 2016 REGULAMENTO ARTIGO 1.º - PROMOTOR Por iniciativa da COTEC Portugal, em parceria com a EVERIS, é instituído o Prémio "Melhor Dissertação de Mestrado nos temas da inovação e do empreendedorismo", doravante

Leia mais

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE

REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE Os Amigos do Cáster em parceria com a Câmara Municipal de Ovar criam o PRÉMIO PRESTÍGIO DE SUSTENTABILIDADE, inserido no âmbito do Programa Integrado de

Leia mais

Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Regulamento dos Regimes de Mudança de Curso, Transferências e Reingressos do Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Artigo 1.º Objecto e âmbito 1 - O presente regulamento disciplina, no cumprimento

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS 2º CONCURSO UNIVERSITÁRIO DE PLANOS DE NEGÓCIO DO UNIS 2015 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O 2º Concurso Universitário de Planos de Negócio do Unis-MG é uma iniciativa

Leia mais

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO Aprovado em reunião da Comissão Coordenadora do Conselho Científico em 22/11/2006 Aprovado em reunião de Plenário do Conselho Directivo em 13/12/2006 PREÂMBULO

Leia mais

CONCURSO IDEIAS EM CAIXA 2007. REGULAMENTO Preâmbulo

CONCURSO IDEIAS EM CAIXA 2007. REGULAMENTO Preâmbulo CONCURSO IDEIAS EM CAIXA 2007 REGULAMENTO Preâmbulo O Centro Regional para a Inovação do Algarve (CRIA) em parceria com a Associação Nacional de Jovens Empresários Núcleo do Algarve (ANJE Algarve) e a

Leia mais

Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã

Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã Regulamento do Concurso de Ideias do Concelho da Sertã Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho da Sertã é uma iniciativa da Câmara Municipal da Sertã. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO

REGULAMENTO DO CONCURSO REGULAMENTO DO CONCURSO Turistas... Onde vão? O que fazem? Quanto é que gastam? Monitorização da Mobilidade no Destino Turístico Artigo 1.º Objetivo 1. O concurso organizado pela Associação The Lisbon

Leia mais

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor;

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor; REGULAMENTO 3º Prêmio UniBH de Sustentabilidade 1 CARACTERIZAÇÃO 1.1 O Prêmio UniBH de Sustentabilidade tem o propósito de identificar, reconhecer, valorizar e premiar os esforços dos alunos e dos professores

Leia mais

Prémio Secil Universidades Engenharia Civil 2009 Regulamento Ordem dos Engenheiros Av. Sidónio Pais, 4-E / 1050-212 Lisboa Telef: 21 313 26 00 / Fax: 21 313 26 72 E-mail: colegios@ordemdosengenheiros.pt

Leia mais

REGULAMENTO CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015

REGULAMENTO CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015 REGULAMENTO CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015 1. OBJETO 1.1. O Concurso CARTAZ FESTAS DO BARREIRO 2015 é promovido pela COMISSÃO DE FESTAS DO BARREIRO e tem por objeto a seleção de 1 (uma) proposta criativa

Leia mais

REGULAMENTO DO VI CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS

REGULAMENTO DO VI CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS REGULAMENTO DO CINC CASCAIS VI CONCURSO DE IDEIAS DE NEGÓCIO DO CONCELHO DE CASCAIS Preâmbulo O CINC CASCAIS - VI Concurso de Ideias de Negócio do Concelho de Cascais é uma iniciativa de captação de ideias

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO CIENTISTAS E ARTISTAS II

REGULAMENTO DO CONCURSO CIENTISTAS E ARTISTAS II REGULAMENTO DO CONCURSO CIENTISTAS E ARTISTAS II 1. CONCURSO O Concurso Cientistas e Artistas II ( Concurso ) é uma iniciativa da TEXAS INSTRUMENTS PORTUGAL ( TI ) e tem como objectivo incentivar os alunos

Leia mais

Preâmbulo. Artigo 1º Objetivos. São objetivos do concurso SpinUM:

Preâmbulo. Artigo 1º Objetivos. São objetivos do concurso SpinUM: Regulamento Preâmbulo A TecMinho Associação Universidade-Empresa para o Desenvolvimento, em parceria com a Associação Spinpark Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, doravante designados por Organização,

Leia mais

Concurso de Ideias de Negócio

Concurso de Ideias de Negócio Concurso de Ideias de Negócio Preâmbulo O Concurso de Ideias é uma iniciativa desenvolvida através do Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) de Estarreja 7 Desafios em Rede, promovido pela DESTAC

Leia mais

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA LOGÓTIPO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU

REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA LOGÓTIPO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU REGULAMENTO CONCURSO DE IDEIAS PARA LOGÓTIPO DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU 1. Promotor O Instituto Politécnico de Viseu (IPV) leva a efeito o concurso de ideias para apresentação de propostas de renovação

Leia mais

PRÉMIO BOAS PRÁTICAS EM SAÚDE

PRÉMIO BOAS PRÁTICAS EM SAÚDE PRÉMIO BOAS PRÁTICAS EM SAÚDE REGULAMENTO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS Edição de 2013 1 Introdução: PBPS 2013 A edição do ano de 2013 do Prémio de Boas Práticas em Saúde- Qualidade e Inovação (PBPS)

Leia mais

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO PREÂMBULO No âmbito da sua atividade de promoção do empreendedorismo e da inovação social, a Fundação Porto Social em parceria com a ESLider, promove a iniciativa

Leia mais

FINISTERRA ARRÁBIDA FILM ART & TOURISM FESTIVAL

FINISTERRA ARRÁBIDA FILM ART & TOURISM FESTIVAL FINISTERRA ARRÁBIDA FILM ART & TOURISM FESTIVAL REGULAMENTO Artigo 1 Organização 1. O Finisterra Arrábida Film Art & Tourism Festival, adiante identificado por Festival, é um evento anual promovido por

Leia mais

I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores Regulamento. Regulamento. Financiamento. Apoio. Página 1 de 5

I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores Regulamento. Regulamento. Financiamento. Apoio. Página 1 de 5 I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores Página 1 de 5 Preâmbulo O I Concurso InovCluster de Produtos Alimentares Inovadores é uma iniciativa da InovCluster - Associação do Cluster Agroindustrial

Leia mais

1.1. O passatempo Desenha a Bandeira da Seleção é promovido pelos Jogos Santa Casa (JSC) em associação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF)

1.1. O passatempo Desenha a Bandeira da Seleção é promovido pelos Jogos Santa Casa (JSC) em associação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) 1. OBJETO 1.1. O passatempo Desenha a Bandeira da Seleção é promovido pelos Jogos Santa Casa (JSC) em associação com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) 1.2. A proposta criativa deverá ser original

Leia mais

REGULAMENTO SKYDRIVE STUDIO. participação na campanha SkyDrive Studio. Caso persistam dúvidas após a leitura,

REGULAMENTO SKYDRIVE STUDIO. participação na campanha SkyDrive Studio. Caso persistam dúvidas após a leitura, REGULAMENTO SKYDRIVE STUDIO A consulta e compreensão deste regulamento é de extrema importância para a participação na campanha SkyDrive Studio. Caso persistam dúvidas após a leitura, poderás submetê-las

Leia mais

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa

Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa Escola de Startups do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) Regulamento do Programa 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Critérios de Candidatura... 3 3. Candidatura, Processo e Critérios

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA

REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE PENELA REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS DO CONCELHO DE Preâmbulo O concurso de Ideias do Concelho de Penela é uma iniciativa da Câmara Municipal de Penela. O presente documento visa regular o Concurso Empreendedorismo

Leia mais

Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Estudantes dos Cursos do Primeiro Ciclo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão

Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Estudantes dos Cursos do Primeiro Ciclo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo aos Estudantes dos Cursos do Primeiro Ciclo da Escola Superior de Saúde do Alcoitão (Aprovado por Deliberação de Mesa nº466/14, de 22 de Abril, com as alterações

Leia mais

Ninho de Empresas de Mortágua

Ninho de Empresas de Mortágua mortágua ninho de empresas Ninho de Empresas de Mortágua REGULAMENTO Preâmbulo Inserindo-se numa estratégia de Desenvolvimento do Concelho de Mortágua que dá prioridade ao Crescimento Económico e ao Empreendedorismo,

Leia mais

Concurso de Fotografia Revela o teu.pt

Concurso de Fotografia Revela o teu.pt Concurso de Fotografia Revela o teu.pt Desafio O DNS.pt, entidade responsável pelo domínio de topo de Portugal, o.pt, realiza um concurso de fotografia subordinado ao tema Revela o teu.pt. O objetivo é

Leia mais

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO

REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO REGULAMENTO DA INICIATIVA PONTES PARA O FUTURO 2015 PREÂMBULO No âmbito da sua atividade de promoção do empreendedorismo e da inovação social, e na sequência da Iniciativa Pontes Para o Futuro realizada

Leia mais

Concurso de Ideias para Logótipo. ONGD Leigos para o Desenvolvimento REGULAMENTO

Concurso de Ideias para Logótipo. ONGD Leigos para o Desenvolvimento REGULAMENTO Concurso de Ideias para Logótipo ONGD Leigos para o Desenvolvimento REGULAMENTO 1. Promotor A ONGD Leigos para o Desenvolvimento (LD) leva a efeito um concurso para apresentação de propostas de logótipo.

Leia mais

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 Anos.

Regulamento das Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade para a Frequência do Ensino Superior dos Maiores de 23 Anos. Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Regulamento n.º 100/2006 (Diário da República II Série de 16 de Junho de 2006) Regulamento das Provas Especialmente Adequadas Destinadas a Avaliar a Capacidade

Leia mais

REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL

REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL REGULAMENTO PARA O CONCURSO DE IDEIAS PARA A CRIAÇÃO DO LOGÓTIPO DO BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO DE GUIMARÃES Preâmbulo A Divisão de Acção Social da Câmara Municipal de Guimarães leva a efeito o concurso

Leia mais

Prémio Anual de Estratégia e Marketing. 25 de Outubro de 2010

Prémio Anual de Estratégia e Marketing. 25 de Outubro de 2010 PREMIVALOR Prémio Anual de Estratégia e Marketing 25 de Outubro de 2010 PREMIVALOR Objectivos Objectivos Objectivos Objectivos O EDP University Challenge 2011 tem por finalidade atribuir um prémio ao melhor

Leia mais

Artigo 1.º Pitchyou Pitchyou Pitchyou Pitchyou

Artigo 1.º Pitchyou Pitchyou Pitchyou Pitchyou IF Artigo 1.º (Definição) 1. O Pitchyou define-se como um sistema de aceleração agregado ao processo de recrutamento de quadros superiores. O objetivo é colocar em contacto direto empresas e candidatos

Leia mais

REGULAMENTO GERAL ORGANIZAÇÃO: PARCEIROS:

REGULAMENTO GERAL ORGANIZAÇÃO: PARCEIROS: REGULAMENTO GERAL O Troféu Call Center 2015 é uma iniciativa da IFE e da Call Center Magazine O objetivo é galardoar anualmente os Serviços de Atendimento ao Cliente - SAC (call e contact center, help

Leia mais

Centro de Cultura e Desporto Organização Social dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Oeiras e dos Serviços Municipalizados

Centro de Cultura e Desporto Organização Social dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Oeiras e dos Serviços Municipalizados Centro de Cultura e Desporto Organização Social dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Oeiras e dos Serviços Municipalizados Concurso para criação de um novo logotipo para o CCD 447 Oeiras REGULAMENTO

Leia mais

Introdução. O Júri seleccionará cinco organizações para cada uma das seguintes categorias:

Introdução. O Júri seleccionará cinco organizações para cada uma das seguintes categorias: REGULAMENTO Introdução O Prémio Healthy Workplaces - Locais de Trabalho Saudáveis pretende reconhecer e distinguir as organizações portuguesas com contributos notáveis e inovadores para a segurança, o

Leia mais

Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013

Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013 Concurso de Ideias Jovem Empreendedor Estarreja 2013 Preâmbulo O Concurso de Ideias é uma iniciativa promovida pela DESTAC em parceria com a DOW Portugal, a Câmara Municipal de Estarreja e a Escola Secundária

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros Página1 REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros 1. Apresentação O presente concurso é uma iniciativa promovida pela, no âmbito do Ano Europeu das Actividades Voluntárias que promovam uma Cidadania Activa

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI EDITAL 03/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI A Pró-reitora de Pesquisa, por meio da Coordenadoria de Pesquisa da Universidade Anhembi Morumbi torna público o

Leia mais

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT:

REGULAMENTO. Objetivos Estratégicos do Concurso SITESTAR.PT: REGULAMENTO O Concurso SITESTAR.PT desafia os jovens portugueses, empreendedores e criativos a desenvolver websites e blogs originais com conteúdos em português e sob o domínio.pt. Os espaços digitais

Leia mais

REGULAMENTO. Concurso de Ideias para Logotipo da Biblioteca Escolar da Escola Básica do 1º Ciclo de Ferrel

REGULAMENTO. Concurso de Ideias para Logotipo da Biblioteca Escolar da Escola Básica do 1º Ciclo de Ferrel REGULAMENTO Concurso de Ideias para Logotipo da Biblioteca Escolar da Escola Básica do 1º Ciclo de Ferrel Agrupamento de Escolas de Atouguia da Baleia Artº1 Objeto 1. O Agrupamento de Escolas é a entidade

Leia mais

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA. 05-00-00-00-00 Outras despesas correntes 3,268,000.00. Total das despesas

GABINETE DO SECRETÁRIO PARA OS ASSUNTOS SOCIAIS E CULTURA. 05-00-00-00-00 Outras despesas correntes 3,268,000.00. Total das despesas 420 23 2010 6 7 Unidade: MOP Classificação funcional Classificação económica Designação Montante 02-03-07-00-00 Publicidade e propaganda 8-01-0 02-03-07-00-01 Encargos com anúncios 02-03-08-00-00 Trabalhos

Leia mais

Empresas que se mexem, são empresas que crescem!

Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Empresas que se mexem, são empresas que crescem! Apresentação do Projecto/ Abertura de inscrições Introdução A Adere-Minho - Associação para o Desenvolvimento Regional do Minho, entidade de natureza associativa

Leia mais

NYSE Euronext Lisbon Awards

NYSE Euronext Lisbon Awards NYSE Euronext Lisbon Awards Prémio Investigação Científica no Mercado de Capitais Português Regulamento Artigo 1º (O Prémio) 1. O prémio Investigação Científica no Mercado de Capitais Português (à frente

Leia mais

Concurso Todos Contam

Concurso Todos Contam PLANO NACIONAL DE FORMAÇÃO FINANCEIRA Concurso Todos Contam Regulamento do Concurso O Concurso Todos Contam é uma iniciativa promovida pelo Conselho Nacional de Supervisores Financeiros, entidade composta

Leia mais

Regulamento Prémio Primus Inter Pares 2015/2016 Versão integral

Regulamento Prémio Primus Inter Pares 2015/2016 Versão integral Regulamento Prémio Primus Inter Pares 2015/2016 Versão integral Artigo 1º Objectivo do Prémio 1. O Prémio Primus Inter Pares é uma iniciativa conjunta do Banco Santander Totta e da Sojornal Jornal Expresso,

Leia mais