Fonodialogando. Sucção Digital UM OLHAR DA FONOAUDIOLOGIA. Um hábito que poderá trazer consequências no desenvolvimento da criança

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Fonodialogando. Sucção Digital UM OLHAR DA FONOAUDIOLOGIA. Um hábito que poderá trazer consequências no desenvolvimento da criança"

Transcrição

1 Fonodialogando Sucção Digital Um hábito que poderá trazer consequências no desenvolvimento da criança UM OLHAR DA FONOAUDIOLOGIA

2 O que é Sucção? Asucção é um reflexo próprio da espécie adquirido na o n t o g ê n e s e ( v i d a i n t r a - u t e r i n a ), t e n d o s e u desenvolvimento completo na 32ª semana de gestação. Nos bebês, a sucção é observada durante a amamentação, em que há a movimentação dorsal da mandíbula, para frente e para trás, retornando à posição inicial para obtenção do leite. Os movimentos de sucção contribuem para um bom desenvolvimento craniofacial, proporcionando uma harmonia facial e bom desenvolvimento dos órgãos fonoarticulatórios (lábios, língua, bochechas, mandíbula, maxila e faringe/laringe) responsáveis pela articulação dos sons da fala. De acordo com Tanigute apud Marchesan (2005) a estimulação funcional promove o desenvolvimento anterior da mandíbula (protrusão), de tal forma que a oclusão normal ocorra na época da erupção da dentição decídua (dentes de leite), evitando as maloclusões. O que são hábitos orais? De acordo com Silva (2006), hábito é o resultado da repetição de um ato com determinado fim, tornando-se com o tempo resistente às mudanças. Os hábitos orais são considerados por diversos pesquisadores como sendo a causa frequente da instalação de maloclusões, que é quando não há encaixe perfeito das arcadas dentárias (dentes superiores e inferiores). Os hábitos são padrões de contração muscular aprendidos, de natureza complexa, que por serem tantas vezes praticados, tornam-se inconscientes e passam a ser incorporados à personalidade. (SILVA, Um 2006) habito que poderá trazer consequencias Dentre os no hábitos sesenvolvimento orais deletérios, pode-se citar: sucção do da polegar criança e outros dedos; projeção da língua; sucção e mordida do lábio, lápis, chupetas e outros objetos; bruxismo diurno e noturno (ranger dentes) e respiração oral. Alguns desses hábitos precisam ser corrigidos, já que podem resultar em maloclusões dentárias. No entanto, é importante enfatizar que, de acordo com a Silva (2006), nem sempre o hábito de sucção causa maloclusões, sendo, para isso necessário intensidade e duração prolongadas, associadas à predisposição genética do paciente. A gravidade da maloclusão depende da frequência, intensidade e duração do hábito. 02

3 Porque algumas crianças sugam o dedo? Para Hanson e Barret apud Crato et al (2004), as possíveis causas dos hábitos orais podem ser descritas em três categorias: fisiológicas, emocionais e de aprendizado condicionado. Dentre as causas fisiológicas dos hábitos orais, tem-se a respiração oral, causada frequentemente pela hipertrofia de adenóides, desvio de septo e pólipos nasais. Com exceção da respiração oral, a maioria dos hábitos orais é causada por distúrbios emocionais. Qualquer situação ou estímulo que perturbe o senso de segurança ou o senso de estima da criança pode produzir tensões que resultam em hábitos orais, dentre os quais pode-se citar a cobrança Um habito excessiva dos que pais com poderá relação a trazer consequencias limpeza, comportamento maduro e aceitação de responsabilidades, no nascimento sesenvolvimento de um irmão, da criança inibição forçada das vias normais de expressão por ansiedades e medos, separação frequente ou prolongada de um dos pais ou de ambos. Desta forma, sendo a boca uma zona de prazer desde a latência até a idade adulta, é uma fonte natural onde a criança ou adulto procura alívio para uma ansiedade (CRATO et al, 2004). O bebê começa a sugar o dedo ou a chupeta devido seu instinto normal de sucção, essencial para sua sobrevivência. Esse instinto é muito intenso nos três primeiros meses de vida e tende a diminuir gradualmente a partir do sexto mês, se exercido adequadamente até o quarto mês de vida. A sucção ocorre também para aliviar a tensão labial dos bebês, portanto se a necessidade de 03 sucção não for satisfeita d u r a n t e o a t o d a a m a m e n t a ç ã o m a t e r n a regular, o recém-nascido pode desenvolver o hábito de chupar o dedo e/ou chupeta, mesmo depois de bem alimentados (COSTA et al. apud CRATO et al 2004). Outro fator que pode determinar o hábito de s u c ç ã o é o t i p o d e amamentação da criança. Crianças que receberam amamentação materna exclusiva têm menores chances de adquirir hábitos de sucção não nutritivos, como sugar dedos ou chupeta, frequentemente observados nas crianças menores de vinte e quatro meses que não mamam no peito da mãe. Além disso, o aleitamento materno deve ser realizado de forma irrestrita e atendendo a livre demanda, de forma a saciar também o estímulo de sucção, já que este é essencial para seu desenvolvimento físico e emocional (REGO FILHO, apud VALLE et al 2010).

4 Qual a importância da amamentação na prevenção de hábitos deletérios? Oaleitamento materno, além dos b e n e f í c i o s n u t r i c i o n a i s, imunológicos, emocionais e econômico-sociais, também tem efeitos positivos na saúde fonoaudiológica, uma vez que está relacionado ao crescimento e desenvolvimento craniofacial e motor-oral do recém-nascido (NEIVA et al, 2003). A sucção, durante o aleitamento materno, promove o desenvolvimento adequado dos órgãos fonoarticulatórios (OFAs) no que diz respeito à mobilidade, força, postura, e o desenvolvimento das funções de respiração, mastigação, deglutição e articulação dos sons da fala. Desta forma, reduz a presença de maus hábitos orais e de várias patologias fonoaudiológicas. Através da sucção na mama, nos primeiros meses de vida, o recém nascido poderá desenvolver adequadamente os OFAs e as funções exercidas por eles, como a fala. Para cumprir este designo, o recém nascido deve sugar de maneira harmônica, com ritmo, força e sustentação, o que inclui adequação nos seguintes aspectos: reflexo de busca e de sucção, vedamento labial, movimentação de língua e mandíbula, coordenação sucção-deglutição-respiração e ritmo de sucção, ou seja, eclosões de sucção alternadas com pausas. Esses movimentos permitem uma variação na pressão intra-oral, fundamentais na extração e na condução do leite (NEIVA et al, 2003). Quais Um habito as consequências que poderá dos hábitos trazer orais consequencias para a criança no sesenvolvimento em sua fala e movimento da criança da musculatura facial?? Os hábitos orais podem trazer variadas implicações ao nível do desenvolvimento orofacial da criança, dentre os quais pode-se citar: 04 Alteração do desenvolvimento e posição dos dentes; Inadequações no posicionamento dos maxilares, lábios, língua e palato; Alterações nos movimentos necessários para mastigar e engolir os alimentos; Alterações ao nível da respiração (ex. respiração oral); Problemas na fala, sendo as mais comuns nos fonemas /t/, /d/, /s/, /z/; Alteração na postura corporal; Alteração no tônus muscular, como flacidez facial.

5 Como evitar? Há algum período máximo para que a criança possa fazer uso dos hábitos orais sem que possa existir algum comprometimento? De acordo com Crato (2004), por volta dos dois anos e meio faz-se necessária a eliminação de qualquer hábito oral, tendo em vista que neste período a criança já apresenta várias erupções dentárias. A sucção de dedos e/ou chupeta poderá prejudicar à acomodação da língua no espaço oral e, assim, a inserção entre as arcadas superior e inferior. Para Junqueira apud Crato (2004), nos dois primeiros anos de vida qualquer objeto que permanecer na boca da criança poderá alterar suas estruturas orais, podendo prejudicar o alinhamento dos dentes, causar flacidez da musculatura facial, impedir a correta movimentação da língua durante a fala e favorecer a presença de respiração oral, levandose em conta que quanto maior a duração, frequência e intensidade com que a criança utilize os hábitos orais (chupeta, dedo e mamadeira), maiores poderão ser essas alterações. 05

6 Como fazer para retirar o hábito (sucção Digital? Para a remoção do hábito, a princípio, deve-se diagnosticar se este é significativo ou não, ou seja, se existe um fator psicológico ou emocional associado. Uma vez diagnosticado o hábito, a criança deve ser encaminhada para uma terapia psicológica de suporte antes de qualquer tentativa de remoção e/ou correção ortodôntica (VIEIRA, apud VALLE et al 2010). Os métodos psicológicos exigem tato e bom senso na abordagem da criança, e incluem, entre outros recursos, dar pouca atenção direta ao hábito, desviar a atenção da criança para outras atividades, apelar para o orgulho e para a força de vontade e até mesmo recompensar a criança pelo esforço para deixar o hábito (TOLEDO, apud VALLE et al 2010). Alguns profissionais utilizam aparelhos intrabucais destinados a desempenhar um papel de lembrete, alertando as crianças quanto a necessidade de evitar o hábito. Estes aparelhos só devem ser aplicados com o consentimento do paciente, mediante sua disposição de cooperar, devendo ser preferencialmente removíveis, a fim de que transmita à criança a sensação de que não estão sendo impostos (VELLINI apud VALLE et al 2010). Um habito que poderá trazer consequencias Caso a criança recém nascida apresente o hábito de chupar no o sesenvolvimento dedo (sucção digital), é da criança recomendável procurar trocar o dedo pela chupeta, pois no futuro será mais fácil removê-la. É importante não fazer ameaças nem deixar a criança constrangida quando for abordar sobre o hábito, além de conversar com a ela na intenção de conhecê-la e verificar suas atitudes em relação à sucção digital. É uma alternativa mostrar a criança modelos ou fotos de bocas de outras crianças que tiveram o mesmo hábito, as alterações ocorridas e correção realizada com a ajuda do paciente. (VIEIRA, 2002; CORRÊA, apud Valle et al 2010) De acordo com Corrêa apud Valle et al (2010), dar um prazo de 2 a 3 meses para que a criança tente se esforçar para interromper o hábito, estimulando-a para que isso ocorra também é uma alternativa viável. Se após esse período o sucesso não tenha sido obtido, indica-se um aparelho para auxiliar a correção e também um consulta com psicólogo juntamente com tratamento ortodôntico. Após a troca da sucção digital pela chupeta, uma abordagem recomendada para a retirada total do hábito seria fazer pequenos furos na borracha, fazendo com que ar entre na chupeta e, assim, a criança tenha dificuldade em mantê-la na boca, desestimulando o seu uso. 06

7 E se a sucção digital desencadear uma maloclusão? Onde entra o fonoaudiólogo? Caso a sucção digital gere uma a l t e r a ç ã o o c l u s a l, é n e c e s s á r i o inicialmente procurar um ortodontista, de modo a avaliar o problema e fazer a correção ortodôntica/estrutural. Por conseguinte, é fundamental o a c o m p a n h a m e n t o f o n o a u d i o l ó g i c o, q u e, s e g u n d o Va r a n d a s, Campos e Motta (2008), irá atuar na terapia miofuncional (função dos músculos), de modo a evitar recidivas após a retirada do aparelho. REFERÊNCIAS MEDEIROS, Andréia Monteiro Coreia & MEDEIROS, Marcelo. Motricidade Orofacial: Inter-relação entre Fonoaudiologia & Ortodontia. São Paulo: Lovise, MARCHESAN, Irene Queiroz. Fundamentos em Fonoaudiologia Aspectos clínicos da Motricidade Oral. 2ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A, PINTO, Antônio Carlos Guedes. Odontopediatria. 6ª ed. São Paulo: Santos livraria editora, SILVA, Eliana Lago. Hábitos Bucais Deletérios. Revista Paraense de Medicina. Vol. 20, nº 2. Belém, jun Disponível em: <h p://scielo.iec.pa.gov.br/scielo.php?script=sci_ar ext&pid=s &nrm=iso>. Acesso: Um 17. habito Maio que poderá trazer consequencias CRATO, Aline Nascimento. et al. Hábitos Orais Deletérios e Relação com Aspectos Comportamentais e Psicológicos de Crianças no sesenvolvimento de Creches Públicas de Belo Horizonte. CBEU, da Set. criança Disponível em: <h ps:// Acesso: 17. Maio VALLE, M. A. S. et al. Aspectos Psico-emocionais Relacionados à Etiologia e Tratamento dos Hábitos de Sucção. Disponível em: <>. Acesso: 17. Maio NEIVA, F. C. B. et al. Desmame Precoce: implicações para o desenvolvimento motor-oral. Jornal de Pediatria, vol. 79, nº 1, Disponível em: <h p:// Acesso: 17. Maio Conselho Regional de Fonoaudiologia. 2ª região, São Paulo. Disponível em: < Acesso: 27. Maio VARANDAS, C.P. de M; CAMPOS, L.G. & MOTTA, A. R. Adesão ao tratamento fonoaudiológico segundo a visão de ortodontistas e odontopediatras. Rev. soc. bras. fonoaudiologia. vol.13, nº 3. São Paulo, Disponível em: < Acesso: 20. Maio

8 Fonoaudiologia 3º período - UnP Maria Isabel Noronha, Samara Xavier, Sara Freitas, Rebeca Klara Fagundes, Lidja Juliana Felisberto, Maria Deluana Cunha, Maria Eliza Moura,, Orientadora: Profª. Esp. Fga. Zilane Silva Barbosa Editora

A IMPORTÂNCIA DA ODONTOLOGIA NO ALEITAMENTO MATERNO

A IMPORTÂNCIA DA ODONTOLOGIA NO ALEITAMENTO MATERNO A IMPORTÂNCIA DA ODONTOLOGIA NO ALEITAMENTO MATERNO FLÁVIA PEDREIRA CIRURGIÃ DENTISTA DO HOSPITAL E MATERNIDADE PÚBLICA DONA REGINA 20 DE FEVEREIRO DE 2014 Se pretendermos que as crianças tenham uma qualidade

Leia mais

Aleitamento materno Alimentação dos lactentes portadores de fissuras labiopalatais (FLP) M.Sc. Profª Viviane Marques

Aleitamento materno Alimentação dos lactentes portadores de fissuras labiopalatais (FLP) M.Sc. Profª Viviane Marques Aleitamento materno Alimentação dos lactentes portadores de fissuras labiopalatais (FLP) M.Sc. Profª Viviane Marques O fonoaudiólogo deve ter o primeiro contato com o portador de FLP ainda na maternidade

Leia mais

INFLUÊNCIA DA AMAMENTAÇÃO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DE HÁBITOS DE SUCÇÃO NÃO NUTRITIVOS

INFLUÊNCIA DA AMAMENTAÇÃO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DE HÁBITOS DE SUCÇÃO NÃO NUTRITIVOS 1 INFLUÊNCIA DA AMAMENTAÇÃO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DE HÁBITOS DE SUCÇÃO NÃO NUTRITIVOS Elizabeth Lima Costa 1 José Ferreira Costa 2 Mayra Moura Franco 3 Roberta Maria Serra de Brito 4 Resumo: Foram

Leia mais

VIGILÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO MOTOR-ORAL: O ENFOQUE FONOAUDIOLÓGICO NO DESMAME PRECOCE

VIGILÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO MOTOR-ORAL: O ENFOQUE FONOAUDIOLÓGICO NO DESMAME PRECOCE VIGILÂNCIA DO DESENVOLVIMENTO MOTOR-ORAL: O ENFOQUE FONOAUDIOLÓGICO NO DESMAME PRECOCE Ana Paula Chuproski (IC-Voluntária), Priscilla Mayara Dal Molin (IC- Voluntária), Maíra da Silva (IC-Voluntária),

Leia mais

Por isso é fundamental amamentar o bebê no seio durante os primeiros 6 meses de vida, o que irá garantir uma boa mordedura, mastigação e deglutição.

Por isso é fundamental amamentar o bebê no seio durante os primeiros 6 meses de vida, o que irá garantir uma boa mordedura, mastigação e deglutição. Guia da Dentição Por Ana Paula M. Anequini Um Sorriso lindo! Um belo dia surge uma novidade! Nasceu o primeiro dentinho! O evento é logo comunicado aos familiares! Mais uma pequena festa para a família!

Leia mais

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral PALESTRA A Importância da Saúde Bucal na Saúde Geral A saúde começa pela boca Os dentes são importantes na mastigação dos alimentos, fala, e estética, influenciando diretamente na auto-estima do indivíduo

Leia mais

Reabilitação cirúrgica dos Fissurados de lábio e palato. M.Sc.Viviane Marques

Reabilitação cirúrgica dos Fissurados de lábio e palato. M.Sc.Viviane Marques Reabilitação cirúrgica dos Fissurados de lábio e palato M.Sc.Viviane Marques DIAGNÓSTICO 1º diagnóstico: Através da ultrasonografia (Entre a 12ª e 14ª semana de gestação). O diagnóstico das fissuras submucosa

Leia mais

BENEFÍCIOS DO ALEITAMENTO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO DO BEBÊ

BENEFÍCIOS DO ALEITAMENTO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO DO BEBÊ BENEFÍCIOS DO ALEITAMENTO NATURAL NO DESENVOLVIMENTO DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO DO BEBÊ Gervania Pereira Gigante Janelliza Sousa Antunes Nayara Júlia Ribeiro de Lima Priscila Kellen Malaquias de Morais

Leia mais

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal MÁ-OCLUSÃO Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal Sanitarista: Inconveniente estético ou funcional de grande magnitude que possa interferir no relacionamento do indivíduo

Leia mais

global child dental fund global child dental fund www.gcdfund.org Como usar este guia

global child dental fund global child dental fund www.gcdfund.org Como usar este guia Saúde Oral e o Bebê Aleitamento materno Mamadeira Chupeta Erupção dentária e primeira visita ao dentista Alimentação e dentes de leite Higiene oral Doenças orais mais frequentes Prevenção de traumatismos

Leia mais

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE

MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE MANTENHA SEU SORRISO FAZENDO A HIGIENE BUCAL CORRETAMENTE SAÚDE BUCAL Para ter um sorriso bonito, saudável e com hálito bom, é preciso: Escovar os dentes, utilizando uma escova de dente de tamanho adequado

Leia mais

Breastfeeding and Baby s Oral Cavity healthy development

Breastfeeding and Baby s Oral Cavity healthy development Aleitamento Materno no Desenvolvimento e Formação Saudável da Cavidade Bucal do Bebê Breastfeeding and Baby s Oral Cavity healthy development Marila Rezende Azevedo Helio Gomes da Silva RESUMO É fundamental

Leia mais

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde Coordenação da Rede de Atenção Primária em Saúde (CGRAPS) Área Técnica de Saúde

Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde Coordenação da Rede de Atenção Primária em Saúde (CGRAPS) Área Técnica de Saúde Prefeitura Municipal de Porto Alegre Secretaria Municipal de Saúde Coordenação da Rede de Atenção Primária em Saúde (CGRAPS) Área Técnica de Saúde Bucal HIGIENE BUCAL NA PRIMEIRA INFÂNCIA A finalidade

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

O Setor de Fonoaudiologia funciona sob a coordenação da Fonoaudióloga Mestra Gerissa Neiva de Moura Santos Cordeiro, conforme programa apresentado a

O Setor de Fonoaudiologia funciona sob a coordenação da Fonoaudióloga Mestra Gerissa Neiva de Moura Santos Cordeiro, conforme programa apresentado a O Setor de Fonoaudiologia funciona sob a coordenação da Fonoaudióloga Mestra Gerissa Neiva de Moura Santos Cordeiro, conforme programa apresentado a seguir. COLÉGIO NOTRE DAME FONOAUDIOLOGIA PREVENTIVA

Leia mais

"UMA BOCA SAUDÁVEL NA IDADE ADULTA DEPENDE DOS CUIDADOS QUE FOREM MANTIDOS DESDE O BERÇO".O que é a Odontopediatria?

UMA BOCA SAUDÁVEL NA IDADE ADULTA DEPENDE DOS CUIDADOS QUE FOREM MANTIDOS DESDE O BERÇO.O que é a Odontopediatria? "UMA BOCA SAUDÁVEL NA IDADE ADULTA DEPENDE DOS CUIDADOS QUE FOREM MANTIDOS DESDE O BERÇO".O que é a Odontopediatria? A Odontopediatria é uma especialidade dentro da Medicina Dentária que oferece aos bebés,

Leia mais

Chupeta. O que toda mãe/pai deveria saber antes de oferecer uma para seu bebê. Andreia Stankiewicz. Fonte: comunidadeams.wordpress.

Chupeta. O que toda mãe/pai deveria saber antes de oferecer uma para seu bebê. Andreia Stankiewicz. Fonte: comunidadeams.wordpress. Chupeta O que toda mãe/pai deveria saber antes de oferecer uma para seu bebê Andreia Stankiewicz Fonte: comunidadeams.wordpress.com A oferta da chupeta se difundiu amplamente na sociedade contemporânea.

Leia mais

GRADE OU ESPORÃO? UMA COMPARAÇÃO ENTRE OS PONTOS DE VISTA ENTRE ORTODONTISTAS DE BELO HORIZONTE

GRADE OU ESPORÃO? UMA COMPARAÇÃO ENTRE OS PONTOS DE VISTA ENTRE ORTODONTISTAS DE BELO HORIZONTE CEFAC CENTRO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA CLÍNICA MOTRICIDADE ORAL GRADE OU ESPORÃO? UMA COMPARAÇÃO ENTRE OS PONTOS DE VISTA ENTRE ORTODONTISTAS DE BELO HORIZONTE ANA MARIA PARIZZI BELO HORIZONTE

Leia mais

ORIENTAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA A GESTANTES Relato de uma experiência interdisciplinar

ORIENTAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA A GESTANTES Relato de uma experiência interdisciplinar CEFAC CENTRO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA CLÍNICA MOTRICIDADE ORAL ORIENTAÇÃO FONOAUDIOLÓGICA A GESTANTES Relato de uma experiência interdisciplinar MILENA HOFFMANN DE MAGALHÃES SÃO PAULO 2000 CEFAC

Leia mais

Fonoaudiologia PADRÃO DE RESPOSTA

Fonoaudiologia PADRÃO DE RESPOSTA Fonoaudiologia PADRÃO DE RESPOSTA Em termos de atendimento à proposta, espera-se que o estudante estabeleça relação entre a qualidade do serviço de esgotamento sanitário e de tratamento da água para o

Leia mais

AMAMENTAÇÃO NA SÍNDROME DE DOWN: O CONHECIMENTO DAS MÃES SOBRE A POSTURA MÃE/BEBÊ

AMAMENTAÇÃO NA SÍNDROME DE DOWN: O CONHECIMENTO DAS MÃES SOBRE A POSTURA MÃE/BEBÊ ISBN 978-85-61091-05-7 V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 AMAMENTAÇÃO NA SÍNDROME DE DOWN: O CONHECIMENTO DAS MÃES SOBRE A POSTURA MÃE/BEBÊ Camila de

Leia mais

AMAMENTAÇÃO NATURAL X ARTIFICIAL: ORIENTAÇÕES DADAS ÀS MÃES DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN

AMAMENTAÇÃO NATURAL X ARTIFICIAL: ORIENTAÇÕES DADAS ÀS MÃES DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN V Mostra Interna de Trabalhos de Iniciação Científica 26 a 29 de outubro de 2010 AMAMENTAÇÃO NATURAL X ARTIFICIAL: ORIENTAÇÕES DADAS ÀS MÃES DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN Caroline Maressa Alves Andrean

Leia mais

LEVANTAMENTO DO PERFIL DO COMPLEXO ESTOMATOGNÁTICO DOS ALUNOS DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INOVADOR DA EEEMIDR.

LEVANTAMENTO DO PERFIL DO COMPLEXO ESTOMATOGNÁTICO DOS ALUNOS DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INOVADOR DA EEEMIDR. LEVANTAMENTO DO PERFIL DO COMPLEXO ESTOMATOGNÁTICO DOS ALUNOS DA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO INOVADOR DA EEEMIDR. ANTONIO BATISTA SANTIAGO EM ITABAIANA-PB. Napoleão Fernando do Nascimento 1 Ana Karênina de

Leia mais

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44 Mitos e Verdades da Odontologia Mitos: Quanto maior e colorida for nossa escova dental, melhor! Mentira. A escova dental deve ser pequena ou média para permitir alcançar qualquer região da nossa boca.

Leia mais

De todas as relações humanas, esta é a principal e mais básica

De todas as relações humanas, esta é a principal e mais básica De todas as relações humanas, esta é a principal e mais básica Para as crianças, a família é a segurança, proteção, apoio, compreensão e a aceitação de que tanto necessitam. Pai e mãe são, com efeito,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA PARECER COREN/SC Nº 011/CT/2013 Assunto: Solicitação de Parecer Técnico acerca da realização pela equipe de Enfermagem da técnica de sucção não nutritiva com mão enluvada I - Do Fato Trata-se de solicitação

Leia mais

A INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE AS ORTODONTIA E ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES E A FONOAUDIOLOGIA: EXISTE ESTA RELAÇÃO NOS DIAS DE HOJE?

A INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE AS ORTODONTIA E ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES E A FONOAUDIOLOGIA: EXISTE ESTA RELAÇÃO NOS DIAS DE HOJE? CEFAC Centro de Especialização em Fonoaudiologia Clínica Motricidade Oral A INTERDISCIPLINARIDADE ENTRE AS ORTODONTIA E ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES E A FONOAUDIOLOGIA: EXISTE ESTA RELAÇÃO NOS DIAS

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE Amamentação. Educação em Saúde. Enfermagem. Traumas Mamários

PALAVRAS-CHAVE Amamentação. Educação em Saúde. Enfermagem. Traumas Mamários 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA INFLUÊNCIA DA ESCOLARIDADE NOS TRAUMAS

Leia mais

PUCPR - O.R.T.O.D.O.N.T.I.A - GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO F I C H A C L Í N I C A Nome do/a Paciente: Número: 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 1.1 Nome: 1.2 Data de Nascimento: Sexo: F M Idade: 1.3 Peso: Kg

Leia mais

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico 1 Orientação para interessados em tratamento ortodôntico Dras. Rosana Gerab Tramontina e Ana Carolina Muzete de Paula Ortodontia é a ciência que estuda o crescimento e o desenvolvimento da face e das dentições

Leia mais

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 APARELHOS ORTODÔNTICOS e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 Ortodontia & Ortopedia Facial ORTODONTIA E Ortopedia Facial CUI CURI DADOS & OSIDADES Dr. Guilherme Thiesen

Leia mais

CUIDADOS DE SAÚDE DESDE O NASCIMENTO ATÉ À ADOLESCENCIA

CUIDADOS DE SAÚDE DESDE O NASCIMENTO ATÉ À ADOLESCENCIA CUIDADOS DE SAÚDE DESDE O NASCIMENTO ATÉ À ADOLESCENCIA A MALO CLINIC cuida da saúde e bem-estar de bebés, crianças e adolescentes. Acreditamos no indivíduo como um todo e por isso mesmo desenvolvemos

Leia mais

Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam

Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam Recomendações úteis para a manutenção do aleitamento materno em mães que trabalham fora do lar ou estudam Essas recomendações foram elaboradas para orientar mães e profissionais de saúde nas situações

Leia mais

O USO DO COPO NA ALIMENTAÇÃO DE LACTENTES: EXISTE UM MODELO IDEAL?

O USO DO COPO NA ALIMENTAÇÃO DE LACTENTES: EXISTE UM MODELO IDEAL? 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 O USO DO COPO NA ALIMENTAÇÃO DE LACTENTES: EXISTE UM MODELO IDEAL? Priscila Amanda Ramos Galego 1 ; Cristiane Faccio Gomes 2 RESUMO: Este estudo teve como

Leia mais

COLÉGIO MATER CONSOLATRIX RUDAHYRA TAISA OSSWALD DE OLIVEIRA FONOAUDIOLOGA CRFA 9324/PR. Nitro PDF Trial

COLÉGIO MATER CONSOLATRIX RUDAHYRA TAISA OSSWALD DE OLIVEIRA FONOAUDIOLOGA CRFA 9324/PR. Nitro PDF Trial COLÉGIO MATER CONSOLATRIX RUDAHYRA TAISA OSSWALD DE OLIVEIRA FONOAUDIOLOGA CRFA 9324/PR PROJETO FONOAUDIOLOGIA E EDUCAÇÃO: UMA PROPOSTA VOLTADO AO DENVOLVIMENTO INFANTIL Ivaiporã/PR 2009 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

ALIMENTAÇÃO/APETITE como lidar com a situação!

ALIMENTAÇÃO/APETITE como lidar com a situação! ALIMENTAÇÃO/APETITE como lidar com a situação! ISABEL DINIS Fases da Infância e as Problemáticas Infantis. Oliveira do Hospital, 2009 Importância da alimentação saudável Estado de saúde adequado Óptimo

Leia mais

SAÚDE BUCAL EM. Edição Especial das Mães Odontologia IFG/ Câmpus Itumbiara

SAÚDE BUCAL EM. Edição Especial das Mães Odontologia IFG/ Câmpus Itumbiara SAÚDE BUCAL EM OCO Edição Especial das Mães Odontologia IFG/ Câmpus Itumbiara No mês de maio comemoramos o Dia das Mães, por isso elaboramos essa edição especial do informativo em homenagem às mães de

Leia mais

Proposta de Ensino à Distância na Prática Interdisciplinar Fonoaudiológica e Odontológica

Proposta de Ensino à Distância na Prática Interdisciplinar Fonoaudiológica e Odontológica Proposta de Ensino à Distância na Prática Interdisciplinar Fonoaudiológica e Odontológica Palavras Chaves: Interdisciplinar, Orofacial, Educação a Distância Autores: Lívia Maria do Prado 5, Eliene Silva

Leia mais

AMAMENTAÇÃO, HÁBITOS ORAIS DELETÉRIOS E ALTERAÇÕES FONOAUDIOLÓGICAS: UM ESTUDO SOBRE SUAS RELAÇÕES

AMAMENTAÇÃO, HÁBITOS ORAIS DELETÉRIOS E ALTERAÇÕES FONOAUDIOLÓGICAS: UM ESTUDO SOBRE SUAS RELAÇÕES 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 AMAMENTAÇÃO, HÁBITOS ORAIS DELETÉRIOS E ALTERAÇÕES FONOAUDIOLÓGICAS: UM ESTUDO SOBRE SUAS RELAÇÕES Francis Farias de Oliveira 1 ; Caroline Maressa Alves

Leia mais

Amamentação: sobrevivência infantil e. qualidade de. vida. 2 Nutricionista Materno Infantil Rejane Radunz

Amamentação: sobrevivência infantil e. qualidade de. vida. 2 Nutricionista Materno Infantil Rejane Radunz Amamentação: sobrevivência infantil e qualidade de vida 1 2 Nutricionista Materno Infantil Rejane Radunz PROMOVENDO O ALEITAMENTO MATERNO POR QUE A AMAMENTAÇÃO É IMPORTANTE? A Organização Mundial da Saúde

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE CAVALCANTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROJETO ALEITAMENTO MATERNO

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE CAVALCANTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROJETO ALEITAMENTO MATERNO ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE CAVALCANTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE PROJETO ALEITAMENTO MATERNO APRESENTAÇÃO O aleitamento materno exclusivo (AME) é sinônimo de sobrevivência para o recém-nascido,

Leia mais

A VISÃO DOS MÉDICOS PEDIATRAS DO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL A RESPEITO DOS HÁBITOS ORAIS

A VISÃO DOS MÉDICOS PEDIATRAS DO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL A RESPEITO DOS HÁBITOS ORAIS A VISÃO DOS MÉDICOS PEDIATRAS DO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL A RESPEITO DOS HÁBITOS ORAIS A VISÃO DOS MÉDICOS PEDIATRAS DO NORTE DO RIO GRANDE DO SUL A RESPEITO DOS HÁBITOS ORAIS The view of Pediatricians

Leia mais

CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS

CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS CIRURGIAS ORTOGNÁTICAS Informações ao paciente Contém: 1. Explicação geral sobre cirurgias ortognáticas, 2. Perguntas e respostas, A cirurgia ortognática, também chamada de ortodontia cirúrgica, é um tipo

Leia mais

MANTENEDORES DE ESPAÇO

MANTENEDORES DE ESPAÇO MANTENEDORES DE ESPAÇO Conceito São aparelhos ortodônticos usados para manter o espaço nas arcadas dentárias, por perda precoce de dentes decíduos. Classificação Quanto ao uso: fixos semifixos removíveis

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA MASTIGAÇÃO EM CRIANÇAS* The food influence in chewing in children ADRIANA MARQUES SILVA 1

A INFLUÊNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA MASTIGAÇÃO EM CRIANÇAS* The food influence in chewing in children ADRIANA MARQUES SILVA 1 A INFLUÊNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA MASTIGAÇÃO EM CRIANÇAS* The food influence in chewing in children ADRIANA MARQUES SILVA 1 Especialização em Motricidade Oral pelo Centro de Especialização em Fonoaudiologia

Leia mais

RELAÇÃO ENTRE ALEITAMENTO MATERNO, MODO RESPIRATÓRIO E POSTURA CORPORAL

RELAÇÃO ENTRE ALEITAMENTO MATERNO, MODO RESPIRATÓRIO E POSTURA CORPORAL ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 RELAÇÃO ENTRE ALEITAMENTO MATERNO, MODO RESPIRATÓRIO E POSTURA CORPORAL Patrícia Tiemi Kikuti Orita

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS MALOCLUSÕES DENTÁRIAS MAIS COMUNS PRESENTES NA DENTIÇÃO DECÍDUA: Papel dos pais e responsáveis junto à Odontopediatria

AVALIAÇÃO DAS MALOCLUSÕES DENTÁRIAS MAIS COMUNS PRESENTES NA DENTIÇÃO DECÍDUA: Papel dos pais e responsáveis junto à Odontopediatria 1º Ten Al CHRISTIANE GUIMARÃES DA SILVA MENEZES AVALIAÇÃO DAS MALOCLUSÕES DENTÁRIAS MAIS COMUNS PRESENTES NA DENTIÇÃO DECÍDUA: Papel dos pais e responsáveis junto à Odontopediatria RIO DE JANEIRO 2008

Leia mais

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA EM PORTADORES DE MÁ OCLUSÃO DE CLASSE III (DENTÁRIA E/OU ESQUELÉTICA)

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA EM PORTADORES DE MÁ OCLUSÃO DE CLASSE III (DENTÁRIA E/OU ESQUELÉTICA) CEFAC CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA CLÍNICA MOTRICIDADE ORAL INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA EM PORTADORES DE MÁ OCLUSÃO DE CLASSE III (DENTÁRIA E/OU ESQUELÉTICA) VERIDIANA PROSINI RECIFE 1998

Leia mais

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO LACTENTE COM DISFAGIA OROFARINGEA NEUROGÊNICA: ESTUDO DE CASO

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO LACTENTE COM DISFAGIA OROFARINGEA NEUROGÊNICA: ESTUDO DE CASO ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO LACTENTE COM DISFAGIA OROFARINGEA NEUROGÊNICA: ESTUDO DE CASO Aline

Leia mais

Amamentação na primeira hora, proteção sem demora.

Amamentação na primeira hora, proteção sem demora. Amamentação na primeira hora, proteção sem demora. Amamentar logo após o nascimento, na primeira hora, é muito importante para a mãe e para o bebê porque: Protege mais o bebê contra doenças. Ajuda a mulher

Leia mais

Mordidas e agressões na escola

Mordidas e agressões na escola Mordidas e agressões na escola É muito comum que nas escolas de educação infantil, mais especificamente nas turmas de maternal, de crianças com aproximadamente dois anos de idade; aconteçam as mordidas

Leia mais

Cliente: Prontobaby Hospital da Criança Data: 02/08/2012 Dia: Qui Assunto: Aleitamento Materno

Cliente: Prontobaby Hospital da Criança Data: 02/08/2012 Dia: Qui Assunto: Aleitamento Materno Veículo: Chris Flores Seção: Saúde Site: chrisflores.net RM http://www.chrisflores.net Amamentação Mulheres com próteses de silicone podem amamentar? Saiba o que é mito ou verdade http://www.chrisflores.net/saude/3/materia/2098/amamentacao.html

Leia mais

Desenvolvimento motor do deficiente auditivo. A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada a outras deficiências, como

Desenvolvimento motor do deficiente auditivo. A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada a outras deficiências, como Texto de apoio ao Curso de Especialização Atividade Física Adaptada e Saúde Prof. Dr. Luzimar Teixeira Desenvolvimento motor do deficiente auditivo A deficiência auditiva aparece, por vezes, associada

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

Figura 1 Adaptação da boca do bebé à mama da mãe (pega) Fonte: Adaptado OMS/UNICEF, 1995

Figura 1 Adaptação da boca do bebé à mama da mãe (pega) Fonte: Adaptado OMS/UNICEF, 1995 Amamentação Na Figura 1 pode observar-se como o bebé se aproxima da mama. Ele aproxima-se por debaixo do mamilo. Isto ajuda a uma boa adaptação entre a sua boca e a mama da mãe porque o mamilo está bem

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE FISSURAS

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE FISSURAS PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE FISSURAS Perguntas respondidas pelo Dr. Diógenes L. Rocha, cirurgião plástico, professor da Universidade de São Paulo e voluntário da Operação Sorriso. 1-O que é lábio leporino?

Leia mais

Análise das alterações miofuncionais na correção da mordida aberta anterior

Análise das alterações miofuncionais na correção da mordida aberta anterior Caso Clínico Análise das alterações miofuncionais na correção da mordida aberta anterior Joanna A. Binato*, Wagner S. Alviano**, Maria da Conceição A. Ferraz***, Margareth M. G. de Souza**** A mordida

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

MELHORA NO PADRÃO DE TONICIDADE MUSCULAR DE PACIENTES COM SÍNDROME DE DOWN ESTIMULADOS PRECOCEMENTE

MELHORA NO PADRÃO DE TONICIDADE MUSCULAR DE PACIENTES COM SÍNDROME DE DOWN ESTIMULADOS PRECOCEMENTE MELHORA NO PADRÃO DE TONICIDADE MUSCULAR DE PACIENTES COM SÍNDROME DE DOWN ESTIMULADOS PRECOCEMENTE Karla Larissa Vas Estero 1, Lizzie Ramos Moretti 1, Luciana Manzotti de Marchi 2, Maria Paula Jacobucci

Leia mais

ODONTOPEDIATRIA QUESTÕES MAIS FREQUENTES

ODONTOPEDIATRIA QUESTÕES MAIS FREQUENTES ODONTOPEDIATRIA QUESTÕES MAIS FREQUENTES 1- Como se define a odontopediatria? A Odontopediatria é uma especialização da Odontologia que cuida da saúde oral de crianças. A odontologia é a ciência que estuda

Leia mais

CONSULTA PUPERPERAL DE ENFERMAGEM: REDUZINDO A INCIDÊNCIA DE PROBLEMAS MAMÁRIOS

CONSULTA PUPERPERAL DE ENFERMAGEM: REDUZINDO A INCIDÊNCIA DE PROBLEMAS MAMÁRIOS ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE (x) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA CONSULTA PUPERPERAL DE ENFERMAGEM:

Leia mais

FALANDO EM AMAMENTAÇÃO : A CONTRIBUIÇÃO DA FONOAUDIOLOGIA EM GRUPOS DE GESTANTES E PUÉRPERAS

FALANDO EM AMAMENTAÇÃO : A CONTRIBUIÇÃO DA FONOAUDIOLOGIA EM GRUPOS DE GESTANTES E PUÉRPERAS FALANDO EM AMAMENTAÇÃO : A CONTRIBUIÇÃO DA FONOAUDIOLOGIA EM GRUPOS DE GESTANTES E PUÉRPERAS Área Temática: Saúde Sheila Tamanini de Almeida 1 (Coordenador da Ação de Extensão ou Ensino) Natasha Corrêa

Leia mais

TRANSTORNOS ESPECÍFICOS DO DESENVOLVIMENTO DA FALA E DA LINGUAGEM F80.0 DISLALIA (ARTICULAÇÃO; COMUNICAÇÃO FONOLÓGICA; FUNCIONAL ARTICULAÇÃO)

TRANSTORNOS ESPECÍFICOS DO DESENVOLVIMENTO DA FALA E DA LINGUAGEM F80.0 DISLALIA (ARTICULAÇÃO; COMUNICAÇÃO FONOLÓGICA; FUNCIONAL ARTICULAÇÃO) 27/12/2007 ANEXO 49 TABELA da CLASSIFICAÇÃO ESTATÍSTICA INTERNACIONAL DE DOENÇAS E PROBLEMAS RELACIONADOS À SAÚDE FONOAUDIOLÓGICA CID 10 /OMS /1997 6ª VERSÃO 2008 CÓDIGO F80 DESCRIÇÃO TRANSTORNOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Estimulação precoce e a Terapia Ocupacional, uma união que promove o desenvolvimento psicomotor de crianças com Síndrome de Down.

Estimulação precoce e a Terapia Ocupacional, uma união que promove o desenvolvimento psicomotor de crianças com Síndrome de Down. Estimulação precoce e a Terapia Ocupacional, uma união que promove o desenvolvimento psicomotor de crianças com Síndrome de Down. Conceituando a Síndrome de Down (SD) Pedromônico; Perissinoto; Ramalho

Leia mais

Práticas de alimentação, sucção não nutritiva e hábitos deletérios

Práticas de alimentação, sucção não nutritiva e hábitos deletérios REVISÃO Práticas de alimentação, sucção não nutritiva e hábitos deletérios Maria Olívia Pereira da Silva Marques Aluna do Curso de Graduação em Enfermagem. Damaris Gomes Maranhão Docente do Curso de Graduação

Leia mais

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr

Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Programa RespirAr. Asma e bronquite sem crise. RespirAr Prevenir é o melhor remédio para uma boa saúde, evitando-se as doenças e suas complicações. Problemas respiratórios, por exemplo, podem se tornar

Leia mais

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 FONOAUDIOLOGIA E PEDAGOGIA: UM ENCONTRO NECESSÁRIO RESUMO

IV EDIPE Encontro Estadual de Didática e Prática de Ensino 2011 FONOAUDIOLOGIA E PEDAGOGIA: UM ENCONTRO NECESSÁRIO RESUMO FONOAUDIOLOGIA E PEDAGOGIA: UM ENCONTRO NECESSÁRIO MÔNICA PEREIRA DE OLIVEIRA RESUMO OLIVEIRA, Mônica Pereira de. Fonoaudiologia e Pedagogia: um encontro necessário. 2011. 22 f. Faculdade Araguaia, Goiânia-GO.

Leia mais

TRATAMENTO DA MALOCLUSÃO NA DENTIÇÃO DECÍDUA COM PISTAS DIRETAS PLANAS: RELATO DE CASO

TRATAMENTO DA MALOCLUSÃO NA DENTIÇÃO DECÍDUA COM PISTAS DIRETAS PLANAS: RELATO DE CASO CLÍNICA INTEGRADA DE ODONTOLOGIA CIODONTO ANDRÉIA STANKIEWICZ TRATAMENTO DA MALOCLUSÃO NA DENTIÇÃO DECÍDUA COM PISTAS DIRETAS PLANAS: RELATO DE CASO Monografia apresentada a Ciodonto, como requisito para

Leia mais

Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno

Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno Dez Passos para o Sucesso do Aleitamento Materno 1 Ter uma política de aleitamento materno escrita, que seja rotineiramente transmitida a toda a equipe de cuidados da saúde. 2 Capacitar toda equipe de

Leia mais

Manobras utilizadas na reabilitação da deglutição

Manobras utilizadas na reabilitação da deglutição Marchesan IQ, Furkim AM. Manobras utilizadas na reabilitação da deglutição. In: Costa M, Castro LP. Tópicos em deglutição e disfagia. Rio de Janeiro: Medsi; 2003. p.375-84. Manobras utilizadas na reabilitação

Leia mais

Dicas para a Saúde Bucal do seu Bebê

Dicas para a Saúde Bucal do seu Bebê Dicas para a Saúde Bucal do seu Bebê Cirurgiã-Dentista CROSP 52214 Mamãe Você pode muito para influenciar positivamente a saúde e o bem-estar do seu filho! A gestação é um período muito importante para

Leia mais

NORMAS DE INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO BANCO DE LEITE HUMANO

NORMAS DE INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO BANCO DE LEITE HUMANO NORMAS DE INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO BANCO DE LEITE HUMANO Identificar a necessidade da mãe em receber orientação quanto ao aleitamento materno adequado; Orientar as mães, acompanhantes e/ou familiares,

Leia mais

CUIDE DOS SEUS DENTES

CUIDE DOS SEUS DENTES SENADO FEDERAL CUIDE DOS SEUS DENTES SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Cuide dos seus dentes apresentação Pesquisas científicas comprovam que dentes estragados provocam outras doenças que aparentemente não têm

Leia mais

2- Por que os dentes decíduos (de leite ou temporário) são importantes?

2- Por que os dentes decíduos (de leite ou temporário) são importantes? a) Tópicos Gerais 1- O que é Odontopediatria? É a especialidade da Odontologia que se preocupa com os cuidados bucodentários dos bebês, crianças e adolescentes. Esses cuidados não se restringem ao campo

Leia mais

SAÚDE BUCAL DO ADOLESCENTE

SAÚDE BUCAL DO ADOLESCENTE SAÚDE BUCAL DO ADOLESCENTE Texto montado a partir dos manuais: MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Saúde. Atenção à saúde do adolescente: Belo Horizonte: SAS/MG, 2006. p. 75-79. BARROS, Claudia Márcia

Leia mais

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL E DEFORMIDADES DENTOFACIAIS DO HULW/UFPB

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL E DEFORMIDADES DENTOFACIAIS DO HULW/UFPB INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO SERVIÇO DE CONTROLE DA DOR OROFACIAL E DEFORMIDADES DENTOFACIAIS DO HULW/UFPB ALVES, Giorvan Ânderson dos santos Alves LOPES SOBRINHO, Paulo Naati LUNA, Anibal Henrique Barbosa

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA EFETIVIDADE DO ALEITAMENTO MATERNO APÓS 24 HORAS DA INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA

ACOMPANHAMENTO DA EFETIVIDADE DO ALEITAMENTO MATERNO APÓS 24 HORAS DA INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA ACOMPANHAMENTO DA EFETIVIDADE DO ALEITAMENTO MATERNO APÓS 24 HORAS DA INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA Autores: ANDRÉA MONTEIRO CORREIA MEDEIROS, YASMIN VIEIRA TEIXEIRA ALVES, JESSICA CAROLINE DE JESUS SANTOS,

Leia mais

A FAMÍLIA E OS HÁBITOS ORAIS VICIOSOS NA INFÂNCIA

A FAMÍLIA E OS HÁBITOS ORAIS VICIOSOS NA INFÂNCIA 1 CEFAC CENTRO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA CLÍNICA MOTRICIDADE ORAL FONOAUDIOLOGIA HOSPITALAR A FAMÍLIA E OS HÁBITOS ORAIS VICIOSOS NA INFÂNCIA DENIZE CASANOVA São Paulo 1998 2 CEFAC CENTRO DE

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1

25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 COMO ALIMENTAR LACTENTES EM ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO NO RETORNO AO TRABALHO MATERNO? CARACTERIZAÇÃO DO USO DE COPO EM INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Leia mais

Amamentar é vida. e também seu direito!

Amamentar é vida. e também seu direito! Amamentar é vida e também seu direito! Amamentarseéu direito Esta cartilha sobre amamentação foi criada exclusivamente para você, gestante ou futura mamãe aeroviária de Guarulhos. Essa publicação fala

Leia mais

Quando os dentinhos de leite de seu filho começam a aparecer e a cair; a higiene da boquinha desde cedo e outros cuidados para evitar problemas.

Quando os dentinhos de leite de seu filho começam a aparecer e a cair; a higiene da boquinha desde cedo e outros cuidados para evitar problemas. Guia da Dentição Quando os dentinhos de leite de seu filho começam a aparecer e a cair; a higiene da boquinha desde cedo e outros cuidados para evitar problemas. Um sorriso lindo Um belo dia, naquele sorriso

Leia mais

o Ressonar e a Apneia de Sono

o Ressonar e a Apneia de Sono o Ressonar e a Apneia de Sono sintomas diagnóstico tratamento O ressonar apesar de ser comum, fonte de brincadeiras e aceite como normal na população em geral é de facto uma perturbação que não deve ser

Leia mais

CARTILHA DE SAÚDE BUCAL

CARTILHA DE SAÚDE BUCAL CARTILHA DE SAÚDE BUCAL INTRODUÇÃO Expediente Secretarias Estaduais Integrantes do Programa: Secretaria da Saúde (coordenação) Secretaria da Educação Secretaria da Cultura Secretaria da Justiça e Direitos

Leia mais

Guia de Orientação. Primeira Infância (0 3 anos de idade)

Guia de Orientação. Primeira Infância (0 3 anos de idade) Guia de Orientação Primeira Infância (0 3 anos de idade) Os primeiros dentes do bebê começam a aparecer na boca por volta dos 6 meses de idade. Eles iniciam a sua formação no período de vida intra- uterina:

Leia mais

A AMAMENTAÇÃO PODE PREVENIR A OTITE EM LACTENTES?

A AMAMENTAÇÃO PODE PREVENIR A OTITE EM LACTENTES? 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 A AMAMENTAÇÃO PODE PREVENIR A OTITE EM LACTENTES? Francis Farias de Oliveira 1 ; Raquel Colombo Tixiliski Karolkievicz 1 ; Cristiane Faccio Gomes 2 RESUMO:

Leia mais

RESPOSTAS para FREQUENTES

RESPOSTAS para FREQUENTES RESPOSTAS para PERGUNTAS FREQUENTES NA ÁREA de motricidade orofacial A Motricidade Orofacial á a área da Fonoaudiologia que estuda a musculatura dos lábios, língua, bochechas e face e as funções a elas

Leia mais

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) AUTORES Ingryd Coutinho de Oliveira Priscila Cunha Nascimento Discentes da Graduação em Odontologia e Bolsistas de Ensino

Leia mais

Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral. Direcção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Escolar

Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral. Direcção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Escolar Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral Direcção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Escolar Para apoio às acções de promoção e educação para a saúde em Saúde Oral Produzido pela: Divisão de Saúde Escolar

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Obrigações de meio e de resultado Publicado desde 8/8/2005 Érica Novas Da formação do contrato odontológico é que derivam obrigações para as partes contratantes. Todavia, apenas

Leia mais

O POSICIONAMENTO DA LÍNGUA NA MORDIDA ABERTA: Atuação ortodôntica e fonoaudiológica

O POSICIONAMENTO DA LÍNGUA NA MORDIDA ABERTA: Atuação ortodôntica e fonoaudiológica CEFAC Centro de Especialização em Fonoaudiologia clínica Motricidade Oral O POSICIONAMENTO DA LÍNGUA NA MORDIDA ABERTA: Atuação ortodôntica e fonoaudiológica Monografia de conclusão do curso de Especialização

Leia mais

Educação e Saúde Profa Vânia Vieira Costa

Educação e Saúde Profa Vânia Vieira Costa Educação e Saúde Profa Vânia Vieira Costa Aula IV 15/05/2012 AULA DE HOJE Saúde Bucal Saúde Ocular TDAH Google imagens A boca não apenas como um órgão http://www.fotosearch.com.br/ www.mesarubra.blogger.com.br/boca.jpg

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA 1. ODONTOPEDIATRIA PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

PROBLEMAS DE VOZ EM ALUNOS RESPIRADORES ORAIS: REVISÃO INICIAL DA LITERATURA NACIONAL

PROBLEMAS DE VOZ EM ALUNOS RESPIRADORES ORAIS: REVISÃO INICIAL DA LITERATURA NACIONAL 1 PROBLEMAS DE VOZ EM ALUNOS RESPIRADORES ORAIS: REVISÃO INICIAL DA LITERATURA NACIONAL NISHIMURA, Cintia Megumi KAJIHARA, Olinda Teruko INTRODUÇÃO A respiração é uma função vital que interfere no funcionamento

Leia mais

ORTODONTIA - ORTOPEDIA FACIAL E FONOAUDIOLOGIA UMA RELAÇÃO DE FORMA E FUNÇÃO

ORTODONTIA - ORTOPEDIA FACIAL E FONOAUDIOLOGIA UMA RELAÇÃO DE FORMA E FUNÇÃO CEFAC CENTRO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA CLÍNICA MOTRICIDADE ORAL ORTODONTIA - ORTOPEDIA FACIAL E FONOAUDIOLOGIA UMA RELAÇÃO DE FORMA E FUNÇÃO ANDRÉA JÚNIA CANHETTI MEIRELLES LONDRINA 2000 1 RESUMO

Leia mais

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular. Conceitos Restauradores de Oclusão: - Relação Cêntrica;

- ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular. Conceitos Restauradores de Oclusão: - Relação Cêntrica; Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Odontologia Extensão Universitária - ADITEME - Atendimento Especial de Pacientes com Disfunção da Articulação Temporomandibular Conceitos Restauradores de Oclusão:

Leia mais

Distúrbios Miofuncionais Orofaciais na Infância

Distúrbios Miofuncionais Orofaciais na Infância Marchesan IQ. Distúrbios Miofuncionais Orofaciais na Infância. In: Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia, Tratado de Otorrinolaringologia. São Paulo: Roca; 2003. V.3 cap. 54 p.520-33. Distúrbios

Leia mais