CONTACTOS. Cerâmica Vale da Gândara Apartado 22, Gândara Mortágua Viseu Portugal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTACTOS. Cerâmica Vale da Gândara Apartado 22, Gândara Mortágua Viseu Portugal"

Transcrição

1

2 CERÂMICA VALE DA GÂNDARA A Cerâmica do Vale da Gândara foi criada em Localizada na zona centro de Portugal, entre as serras do Buçaco e do Caramulo transformou-se em 1994 na primeira e única empresa nacional desenhada de raiz para a produção de Tijolo Face à Vista e de Paver Cerâmico. Desde 2007, a Cerâmica Vale da Gândara está incorporada no Grupo Cerâmico Espanhol La Paloma, líder de mercado ibérico. Com a recente incorporação e fruto das alterações efectuadas no processo de fabrico, a CVG posicionou-se na gama alta do mercado produzindo Klinker. Produtos cozidos a temperaturas na ordem dos 1200ºC com reduzida absorção de água, elevada resistência, grande estabilidade dimensional e de cor. Os produtos da CVG cumprem com as mais exigentes normas de qualidade, internacionais, estando em conformidade com os requisitos das normas de marcação CE. CONTACTOS Cerâmica Vale da Gândara Apartado 22, Gândara Mortágua Viseu Portugal tel: fax:

3 03 04 APRESENTAÇÃO Definição: Sistema de isolamento térmico pelo exterior de alta resistência mecânica, montado em obra. Vantagens: : O sistema TermoFace tem como principais vantagens, a melhoria do desempenho energético e consequente poupança, aumento do isolamento acústico, montagem rápida e simples, durabilidade, elevada resistência mecânica e baixo custo de manutenção comparativamente a outros sistemas de isolamento pelo exterior. 05 Montagem: Na parte inferior do sistema deve ser fixada, com parafusos e buchas, na parede de suporte um perfil de arranque (TermoFace.Start). Na alvenaria de suporte tradicional, em tijolo ou betão, é colada com a argamassa de colagem (TermoFace.Flex) uma placa de isolamento (TermoFace.Neo) Para uma segurança adicional são utilizadas 5 fixações mecânicas com cavilha em aço (TermoFace.Fix) por placa de isolamento (aproximadamente 0,6 m2). 06 As plaquetas cerâmicas (TermoFace.Slip) são coladas às placas de isolamento TermoFace.Neo com argamassa de colagem TermoFace.Flex. TermoFace.Slip 01 Plaqueta Cerâmica TermoFace.Color 02 Argamassa de juntas TermoFace.Flex 03 Argamassa de colagem 04 TermoFace.Fix Fixação mecânica com cavilha de aço 05 TermoFace.Neo Placa de isolamento 06 TermoFace.Start Perfil de Arranque As placas de isolamento TermoFace.Neo possuem saliências para guiar na colocação das plaquetas cerâmicas (TermoFace.Slip). No final, são executadas as juntas com argamassa de juntas (TermoFace.Color).

4 GAMA DE CORES Negro Calabar Branco Alcácer Cinza Douro Cinza Minho Castanho Mondego Branco Algarve Branco Algarve Flashing Salmão Ribatejo Bege Mourisca Bege Mourisca Flashing Vermelho Vulcânico Vermelho Vulcânico Flashing Raspado (mais cores disponíveis) Lavrado (mais cores disponíveis) Lavrado Picado (mais cores disponíveis)

5 PROCESSO DE MONTAGEM Explicação passo a passo do processo de montagem do sistema de isolamento térmico pelo exterior Termoface. PASSO 1 Barrar a argamassa de colagem na parte lisa da placa de isolamento. PASSO 2 Pressionar a placa de isolamento contra o suporte de forma a colá-la firmemente. PASSO 3 Com uma broca para poliestireno fazer um rebaixo de 3-4mm. PASSO 4 Com um berbequim fazer um orifício na placa de isolamento e no suporte.

6 PROCESSO DE MONTAGEM PASSO 5 Colocar a fixação mecânica no orifício, de forma a que não fique saliente da placa de isolamento. PASSO 6 Com um martelo golpear a cavilha de aço. PASSO 7 Barrar a plaqueta com argamassa de colagem. PASSO 8 Colocar a plaqueta no intervalo das guias da placa de isolamento e pressionar.

7 PROCESSO DE MONTAGEM PASSO 9 Proceder ao enchimento das juntas. ESQUEMA DE MONTAGEM Constituição do sistema TermoFace. ASPECTO FINAL

8 ANTES COM

Manual de Aplicação de tijolos de face à vista e de pavers cerâmicos. de tijolos de face à vista e de pavers cerâmicos

Manual de Aplicação de tijolos de face à vista e de pavers cerâmicos. de tijolos de face à vista e de pavers cerâmicos Manual de Aplicação de tijolos de face à vista e de pavers cerâmicos de tijolos de face à vista e de pavers cerâmicos Apresentação da CVG A Cerâmica Vale da Gândara foi criada em 1957, e encontra-se localizada

Leia mais

Marcação CE em colas para construção. Saint-Gobain Weber Cimenfix César Correia

Marcação CE em colas para construção. Saint-Gobain Weber Cimenfix César Correia Marcação CE em colas para construção Saint-Gobain Weber Cimenfix César Correia Conforme Requisitos Essenciais Resistência mecânica e estabilidade Segurança em caso de incêndio Higiene, saúde e ambiente

Leia mais

Isolamento Sustentável. Soluções Ideais para Reabilitação

Isolamento Sustentável. Soluções Ideais para Reabilitação Isolamento Sustentável A Gyptec Ibérica de capital nacional e inserida no Grupo Preceram, dedica-se à produção de placas de gesso laminado, através de métodos não poluentes e ambientalmente sustentáveis

Leia mais

SUPORTES HALFEN PARA ALVENARIA MA 06 P FACHADA

SUPORTES HALFEN PARA ALVENARIA MA 06 P FACHADA SUPORTES HALFEN PARA ALVENARIA MA 06 P FACHADA SUPORTES HALFEN PARA FACHADAS Sistema de suportes para alvenaria O princípio do sistema HK4 O sistema HK4 Estes suportes são sinónimo de uma perfeita afinação

Leia mais

Isolamento Térmico com Grés Cerâmico Manual de Instalação

Isolamento Térmico com Grés Cerâmico Manual de Instalação Isolamento Térmico com Grés Cerâmico Manual de Instalação www.candigres.com :: candigres@candigres.com Índice Pág. 1.0 Cálculo do Material necessário 4 2.0 Preparação do suporte 4 2.1 Condições Gerais

Leia mais

PAREDES EM ALVENARIA DE TIJOLO FACE À VISTA: PROJETO, CONCEÇÃO E REABILITAÇÃO

PAREDES EM ALVENARIA DE TIJOLO FACE À VISTA: PROJETO, CONCEÇÃO E REABILITAÇÃO Seminário Reabilitação de Fachadas, Vasconcelos&Lourenço (eds.), 2016 35 PAREDES EM ALVENARIA DE TIJOLO FACE À VISTA: PROJETO, CONCEÇÃO E REABILITAÇÃO Eduardo L.C.F. COSTA Arquiteto (Departamento Comercial)

Leia mais

Reabilitação de edifícios com sistema ETICS: um caso de aplicação prática

Reabilitação de edifícios com sistema ETICS: um caso de aplicação prática Reabilitação de edifícios com sistema ETICS: um caso de aplicação prática Reabilitação da Escola Secundária de Rio Tinto, Gondomar Vasco Pereira, Saint-Gobain Weber Portugal 1. Introdução 2. Reabilitação

Leia mais

PISOS e PAREDES RADIANTES

PISOS e PAREDES RADIANTES PISOS e PAREDES RADIANTES *Seguro *Estético *Saudável *Económico *Confortável PORTUGAL BOCKEMUEHL, LDA Apartado 32, Zona Industrial da Cooperativa 3240-217 Ansião Telefone : +351 236 670 110 Telefax :

Leia mais

SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR

SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR Características Sistema de isolamento térmico pelo exterior é um sistema de isolamento de paredes pelo exterior de edifícios existentes e construção nova, composto

Leia mais

Argamassas Térmicas, uma solução

Argamassas Térmicas, uma solução Argamassas Térmicas, uma solução na melhoria do Desempenho Térmico dos Edifícios André Correia Associação Portuguesa de Fabricantes de Argamassas e ETICS Fachadas Energeticamente Eficientes TEKtónica,

Leia mais

Tecnologia: Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Sistema Teproterm

Tecnologia: Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Sistema Teproterm Tecnologia: Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior Sistema Teproterm Índice ficha Técnica... 3 I - Introdução... 4 II Vantagens do sistema... 5 III O Sistema... 6 3.1 Argamassa TEPROTERM... 6 3.2

Leia mais

CERTIFICAÇÃO PEDRAS NATURAIS

CERTIFICAÇÃO PEDRAS NATURAIS Indústria Extractiva e Transformadora de Rocha CERTIFICAÇÃO PEDRAS NATURAIS Empresas - Agregados Rocha Ornamental 1 Certificação de Empresas Referenciais (exemplos): NP EN ISO 9001 (Sistemas de Gestão

Leia mais

(72) Inventor(es): (54) Epígrafe: SISTEMA DE FIXAÇÃO RÁPIDA DE PLACAS DE REVESTIMENTO EM FACHADAS VENTILADAS

(72) Inventor(es): (54) Epígrafe: SISTEMA DE FIXAÇÃO RÁPIDA DE PLACAS DE REVESTIMENTO EM FACHADAS VENTILADAS () Número de Publicação: PT 04686 A (5) Classificação Internacional: E04F /08 (006.0) () FASCÍCULO DE PATENTE DE INVENÇÃO () Data de pedido: 009.07. (0) Prioridade(s): (4) Data de publicação do pedido:

Leia mais

A obrigatoriedade da marcação CE

A obrigatoriedade da marcação CE Adesivos cimentícios e a EN 12004: A obrigatoriedade da marcação CE Rogério Tomás, Cimentos Cola, Lda. Concreta 2004 1 Adesivos cimentícios, o que são? Argamassas para a colagem de peças cerâmicas, pedra

Leia mais

ARGILA EXPANDIDA. Agregado leve de argila de forma arredondada

ARGILA EXPANDIDA. Agregado leve de argila de forma arredondada 2-4 Densidade aparente seca (Baridade) 358 4,0-8,0 mm NP EN 933-1:2000 Superfícies esmagadas e partidas N.A. (% massa) NP EN 933-5:2002 Resistência ao esmagamento (± 10%) 4,8 (MPa) EN 13055-1 (Anexo A)

Leia mais

O que é o ICF? Vantagens

O que é o ICF? Vantagens O que é o ICF? É um sistema de construção constituído por blocos isolantes em EPS, poliestireno expandido (conhecido em Portugal como esferovite), que após montagem, são preenchidos com betão armado, formando

Leia mais

Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco

Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco Contribuição das argamassas em camada fina para a redução da transmissão térmica da alvenaria Projecto cbloco A. Baio Dias 12 de Novembro 2008 UMinho, Portugal 1 Projecto cbloco 1. Objectivos do Projecto

Leia mais

CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE. Roca Lisboa Gallery LISBOA

CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE. Roca Lisboa Gallery LISBOA CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE Roca Lisboa Gallery LISBOA 01.04.2016 ÍNDICE Sobre a Secil Argamassas Perspectiva de melhoramento do conforto O contributo das Argamassas Térmicas na Sustentabilidade

Leia mais

ISO... Sistema ETICS. therm

ISO... Sistema ETICS. therm ISO... Sistema ETICS therm By O Isolamento térmico de qualidade O sistema ETICS ISOtherm tem na sua composição diferentes soluções de acordo com as distintas necessidades das habitações/edifícios. Propomos

Leia mais

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO EPS POLIESTIRENO EXPANDIDO NO ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR ETICS NICOLAU TIRONE SEMINÁRIO APFAC FACHADAS ENERGETICAMENTE EFICIENTES LNEC, LISBOA

Leia mais

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO

ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO ACEPE ASSOCIAÇÃO INDUSTRIAL DO POLIESTIRENO EXPANDIDO EPS POLIESTIRENO EXPANDIDO NO ETICS A ESCOLHA PARA UM ISOLAMENTO EFICIENTE, ECONÓMICO E SUSTENTÁVEL NICOLAU TIRONE SEMINÁRIO APFAC/ ITeCons FACHADAS

Leia mais

Placa Cimento-Madeira

Placa Cimento-Madeira Placa Cimento-Madeira INFORMAÇÃO GERAL: Painel de superfície lisa ou rugosa para diferentes aplicações. COMPOSIÇÃO: 75% Cimento 25% Madeira APRESENTADA COMO: B1 / A2 Bruto / Lixado Lisa / Bordo Maquinado

Leia mais

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de

GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES. FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de GUIÃO TÉCNICO CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS PAREDES SIMPLES FICHA TÉCNICA DOW Nº 14 Nº de pág.: 5 16 de Setembro de 2005 www.construlink.com CORRECÇÃO DE PONTES TÉRMICAS - PAREDES SIMPLES A necessidade

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL II ENG 2333 (2016/1)

CONSTRUÇÃO CIVIL II ENG 2333 (2016/1) ENG 2333 (2016/1) Aula 12 Forros FORROS Definição: Revestimento da face inferior da laje ou de telhados de modo a constituir a superfície superior de um ambiente fechado FORROS FORROS Critérios de escolha:

Leia mais

CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS

CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS LISBOA, JULHO 2016 SISTEMA CONSTRUTIVO CLT - CONCEITO CARACTERÍSTICAS GERAIS ESTRATOS ORTOGONAIS ESPÉCIES RESINOSAS COLA EM POLIURETANO

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt topcola therm t1 Pág. 2 ideal para

Leia mais

ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS

ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS ANTÓNIO & JOÃO, LDA. MATERIAISDECONSTRUÇÃOEEQUIPAMENTOS Este Manual proporciona as instruções necessárias para uma montagem e operação segura do andaime de fachada MK48. Cabe ao utilizador do andaime manter

Leia mais

Alvenaria de Vedação. Tecnologia das Construções Profª Bárbara Silvéria

Alvenaria de Vedação. Tecnologia das Construções Profª Bárbara Silvéria Alvenaria de Vedação Tecnologia das Construções Profª Bárbara Silvéria Considerações Gerais Alvenaria, pelo dicionário da língua portuguesa, é a arte ou ofício de pedreiro ou alvanel, ou ainda, obra composta

Leia mais

Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS

Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior. Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS Sistema de Isolamento Térmico pelo Exterior Reboco Delgado Armado sobre Poliestireno Expandido - ETICS Sistema TEPROTERM 2 / 19 1. INTRODUÇÃO I Cerca de 1/3 do consumo mundial de energia destina-se a habitações

Leia mais

Instruções de Utilização. Regulador de temperatura ambiente 24/5 (2) A~ com contacto inversor

Instruções de Utilização. Regulador de temperatura ambiente 24/5 (2) A~ com contacto inversor Instruções de Utilização Regulador de temperatura ambiente 24/5 (2) A~ com contacto inversor 0397.. Índice Instruções de Utilização Regulador de temperatura ambiente 24/5 (2) A~ com contacto inversor 2

Leia mais

ISOLAMENTOS TÉRMICOS / ACÚSTICOS

ISOLAMENTOS TÉRMICOS / ACÚSTICOS ISOLAMENTOS TÉRMICOS / ACÚSTICOS Lã DE ROCHA A Lã de Rocha é um produto de excelência para o isolamento ao nível térmico e acústico. O silêncio é um bem precioso que convém manter no interior das nossas

Leia mais

José Luís Miranda Dias. Investigador Auxiliar do LNEC-DED/NTC. 1º Congresso Nacional de Argamassas de Construção 24/25 Nov. 2005

José Luís Miranda Dias. Investigador Auxiliar do LNEC-DED/NTC. 1º Congresso Nacional de Argamassas de Construção 24/25 Nov. 2005 1º Congresso Nacional de Argamassas de Construção 24/25 Nov. 2005 Avaliação das deformações da zona em redor de juntas de argamassa de paredes de alvenaria sujeitas a fendilhação devida a acções de compressão

Leia mais

ArtMill Acessórios Ltda EPP Rua Antonio Amorim, 100 Distrito Industrial Cerquilho/SP Fone/Fax: (15)

ArtMill Acessórios Ltda EPP Rua Antonio Amorim, 100 Distrito Industrial Cerquilho/SP Fone/Fax: (15) ArtMill Acessórios Ltda EPP Rua Antonio Amorim, 100 Distrito Industrial Cerquilho/SP Fone/Fax: (15) 3288 4888 1 - A marcação da base é fundamental para determinar o tamanho a ser usado na construção, fator

Leia mais

A argamassa seca de confiança

A argamassa seca de confiança A argamassa seca de confiança PREFASEC é a família de produtos da Morteros Tudela Veguín que engloba as argamassas utilizadas nas obras de alvenaria (muros, rebocos, estuques, rejuntes, ), bem como outros

Leia mais

www.solucoesparaconstrucao.com Grupo Preceram - grupo familiar de capital nacional Águeda Oliveira do Bairro Figueira da Foz Pombal www.solucoesparaconstrucao.com Fábricas em Pombal e Águeda. Tijolo PRECERAM

Leia mais

FICHAS DE PATOLOGIAS DOS SISTEMAS ETICS

FICHAS DE PATOLOGIAS DOS SISTEMAS ETICS FICHAS DE PATOLOGIAS DOS SISTEMAS ETICS Vasco Peixoto de Freitas Andreia Mota Miranda Laboratório de Física das Construções FACULDADE DE ENGENHARIA UNIVERSIDADE DO PORTO Vasco Peixoto de Freitas e Andreia

Leia mais

Calha DLP de climatização

Calha DLP de climatização Calha DLP de climatização AR CONDICIONADO AQUECIMENTO CANALIZAÇÕES A GAMA ADAPTADA A QUALQUER TIPO DE APLICAÇÃO [ DLP CLIMATIZAÇÃO ] Produtos e sistemas Calha DLP de climatização Um sistema especialmente

Leia mais

Refietem e absorvem o ruído! Barreiras acústicas de isolamento sonoro em recintos exteriores

Refietem e absorvem o ruído! Barreiras acústicas de isolamento sonoro em recintos exteriores Refietem e absorvem o ruído! Barreiras acústicas de isolamento sonoro em recintos exteriores Instalação fácil Sem recurso a mecanismos elevatórios Grande isolamento acústico Resistência às intempéries

Leia mais

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS

PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS PATOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ESTUDO DE CASOS Vasco Peixoto de Freitas Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-1 www.patorreb.com Estrutura do Site Vasco Peixoto de Freitas FC_FEUP Novembro de 2007-2

Leia mais

Elementos de fixação

Elementos de fixação Sistema de fixação com 25 matéria-prima cor 25 Taco de pressão 25 Tacos de pressão para a fixação de cabos e tubos em instalações Utilização conjunta com Braçadeiras 22, em instalações interiores e exteriores.

Leia mais

MONTAGE MONTAGE MONTAGE AGARRE IMEDIATO TRANSPARENTE PROFISSIONAL

MONTAGE MONTAGE MONTAGE AGARRE IMEDIATO TRANSPARENTE PROFISSIONAL MONTAGE MONTAGE MONTAGE AGARRE IMEDIATO TRANSPARENTE PROFISSIONAL MONTAGE AGARRE IMEDIATO FIXE CARGAS PESADAS NO INTERIOR OU EXTERIOR INTERIOR E EXTERIOR REFORÇADO COM FIBRAS MATERIAIS POROSOS EXTERIOR

Leia mais

Montagem fácil para instalações difíceis Abraçadeiras com bucha OBO

Montagem fácil para instalações difíceis Abraçadeiras com bucha OBO Montagem fácil para instalações difíceis Abraçadeiras com bucha OBO Perfurar, introduzir e já está! A montagem mais rápida para um profissional VBS Sistemas de Ligação e Fixação Um sistema para todo o

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua do Mosqueiro 2490 115 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt Pág. 2 juntas em cor para mosaico,

Leia mais

BZi. PRODUTO Características. Tipo de produto: Sistema de Batente BZi. Objectivo / Finalidade do Produto. Vantagens competitivas do produto

BZi. PRODUTO Características. Tipo de produto: Sistema de Batente BZi. Objectivo / Finalidade do Produto. Vantagens competitivas do produto PRODUTO Características 01-01 BZi Tipo de produto: Sistema de Batente BZi O Sistema BZi foi desenvolvido para o segmento da construção de qualidade tendo presentes as normativas europeias. É um sistema

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA ÁREA DEPARTAMENTAL DE ENGENHARIA CIVIL LABORATÓRIO

UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA ÁREA DEPARTAMENTAL DE ENGENHARIA CIVIL LABORATÓRIO UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA ÁREA DEPARTAMENTAL DE ENGENHARIA CIVIL LABORATÓRIO ENSAIOS DO BETÃO NAS ESTRUTURAS DETERMINAÇÃO DO ÍNDICE ESCLEROMÉTRICO (Ensaio não destrutivo) DOCENTE:

Leia mais

01 FERRAMENTAS ELÉTRICAS 02 AGRO-JARDIM 03 FERRAMENTAS MANUAIS 04 CONSTRUÇÃO 05 MEDIÇÃO 06 CORTE 07 AUTO 08 PROTEÇÃO 09 PINTURA

01 FERRAMENTAS ELÉTRICAS 02 AGRO-JARDIM 03 FERRAMENTAS MANUAIS 04 CONSTRUÇÃO 05 MEDIÇÃO 06 CORTE 07 AUTO 08 PROTEÇÃO 09 PINTURA 01 FERRAMENTAS ELÉTRICAS 02 AGRO-JARDIM 03 FERRAMENTAS MANUAIS 04 CONSTRUÇÃO 05 MEDIÇÃO 06 CORTE 10 07 AUTO 08 PROTEÇÃO 09 PINTURA 10 11 MATERIAL ELÉTRICO E ILUMINAÇÃO 12 CASA 13 TELAS E ARAMES Visite-nos

Leia mais

Colagem de Cerâmicos em Fachadas'

Colagem de Cerâmicos em Fachadas' Colagem de Cerâmicos em Fachadas' Coimbra 13. Novembro. 2013 Agenda Causas das patologias mas antigamente...? Como resolver... Exemplos Reabilitação Conclusões Reboco SUPORTE: Alvenaria de tijolo cerâmico

Leia mais

Potência e velocidade ao seu serviço!

Potência e velocidade ao seu serviço! PERFURAÇÃO Potência e velocidade ao seu serviço! Uma gama a água e a seco única de Ø 25 a 350 mm. Virax com água e a seco! > Brocas Virax uma gama única para todos os materiais até Ø 350 mm. Segmentos

Leia mais

FACHADA VENTILADA CERÂMICA

FACHADA VENTILADA CERÂMICA FACHADA VENTILADA CERÂMICA COVER SOLADRILHO Cover é a solução completa de fachada ventilada em cerâmica extrudida com peças alveolares de 18 mm de espessura. O Cover destaca-se pela sua leveza e facilidade

Leia mais

Newsletter Nº2 (15 junho junho 2017)

Newsletter Nº2 (15 junho junho 2017) Nº2 (15 junho 2017 30 junho 2017) A põe mãos à obra e vem até ao cliente para apresentar a sua newsletter quinzenal com o intuito de informá-lo sobre a atividade e/ou serviços da empresa, enviado por correio

Leia mais

Fichas de Verificação

Fichas de Verificação Anexo 2 Fichas de Verificação 143 144 Sistemas de Isolamento Térmico pelo Exterior FICHA 1 ELEMENTOS DE PROJETO E CONTRATO 1. IDENTIFICAÇÃO Obra: REF. ª Local: PC 2. TÍTULO ELEMENTOS DE PROJETO E CONTRATO

Leia mais

Alvenaria, aspecto final face à vista e correntes, rebocadas.

Alvenaria, aspecto final face à vista e correntes, rebocadas. Terminologia relativa a alvenarias Hipólito de Sousa ALVENARIAS Alvenaria associação de elementos naturais ou artificiais, constituindo uma construção. Correntemente a ligação é assegurada por uma argamassa.

Leia mais

Soluções SecilArgamassas. Barreiro

Soluções SecilArgamassas. Barreiro Soluções SecilArgamassas Barreiro 15.12.2014 Agenda A SECIL Argamassas Cal Hidráulica - NHL Argamassas Secas _ sustentáveis Argamassa Térmicas Gama ecocork; Soluções de ETICS: Secil Vit Cork; Conclusões

Leia mais

53 % MAIS CORTES NOVIDADES NOVO E PROMOÇÕES FEVEREIRO-ABRIL DE 2017 RESISTÊNCIA GARANTIDA. DISCOS ABRASIVOS XR EXTREME RUNTIME ACESSÓRIOS POR CARGA

53 % MAIS CORTES NOVIDADES NOVO E PROMOÇÕES FEVEREIRO-ABRIL DE 2017 RESISTÊNCIA GARANTIDA. DISCOS ABRASIVOS XR EXTREME RUNTIME ACESSÓRIOS POR CARGA NOVIDADES E PROMOÇÕES FEVEREIRO-ABRIL DE 2017 NOVO ACESSÓRIOS Referência Descrição Tabela 53 % MAIS CORTES DT99582 DT99581 Discos de corte XR EXTREME RUNTIME com grão cerâmico para aço inoxidável 125mm

Leia mais

7 Technological Constraints. est of tructural dhesives. connections. resistance. high

7 Technological Constraints. est of tructural dhesives. connections. resistance. high Oct. >> Dec. Jan. >> Apr. Apr. >> Sep. 7 Technological Constraints est of tructural dhesives high connections resistance 1 INTRODUÇÃO E OBJECTIVOS... 82 1.1 COLAGEM COM ADESIVOS ESTRUTURAIS... 82 2 ESTUDO

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis.

FICHA TÉCNICA. Meias canas para isolamento de tubagens, com diâmetros variáveis. FICHA TÉCNICA 1. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO Aglomex Acoustic é um produto resultante da aglomeração de espuma flexível de poliuretano de diferentes densidades que evidencia uma composição homogénea e estável.

Leia mais

COMPOSITES SANEAMENTO

COMPOSITES SANEAMENTO PORTFÓLIO CALHA PARSHALL CALHA DE TRANSPORTE CESTOS E GRADES COMPORTAS DIVISOR DE FLUXO GRADE GUINDASTE PLACA PLACA DEFLETORA TAMPAS TANQUES VERTEDOR ESCADA GUARDA CORPO GRADE PISO RESERVATORIO STOP LOG

Leia mais

SILICONES E ISOLAMENTOS

SILICONES E ISOLAMENTOS S I L I C O N ES E I S O L A M EN TO S 110 01 ESPUMA POLIURETANO MANUAL PREGO LÍQUIDO FEPM750PT 750 ml 12 FLUX FIX EPRO100 é monocomponente, de longa duração para preenchimento, isolamento e colagem, com

Leia mais

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito

Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito Os Painéis Cimentício são compostos de Cimento Portland, partículas de madeira, água, aditivos e pigmentos. Muito utilizados em fechamentos de edifícios comerciais e residências, estes painéis são uma

Leia mais

PLACAS DE GESSO E MASSAS PERFIS E ACESSÓRIOS

PLACAS DE GESSO E MASSAS PERFIS E ACESSÓRIOS PLACAS DE GESSO E MASSAS PERFIS E ACESSÓRIOS PLACAS PLACAS A STANDARD PLACAS H HIDRÓFUGA PLACAS F ANTI-FOGO PLACAS D ALTA-DUREZA PLACAS PROTECT PLACAS COMPOSTAS Isolamento EPS Isolamento XPS Isolamento

Leia mais

1. INTRODUÇÃO 1 2. NORMALIZAÇÃO 5 3 DESCRIÇÃO DOS DIFERENTES TIPOS DE PLACAS Placas de madeira maciça (SWP) Contraplacado (PW) 11

1. INTRODUÇÃO 1 2. NORMALIZAÇÃO 5 3 DESCRIÇÃO DOS DIFERENTES TIPOS DE PLACAS Placas de madeira maciça (SWP) Contraplacado (PW) 11 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 1 2. NORMALIZAÇÃO 5 3 DESCRIÇÃO DOS DIFERENTES TIPOS DE PLACAS 7 3.1 Placas de madeira maciça (SWP) 7 3.2 Contraplacado (PW) 11 3.3 Placa microlamelada colada (LVL) 17 3.4 Placas de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ÁREA DE CONSTRUÇÃO 1. Para determinar a porosidade aberta de uma pedra calcária, utilizou-se um provete com as dimensões de 7.1 7.1 7.1 cm 3. Determinou-se a massa no estado

Leia mais

Sistemas de Paredes. Parede Segurança

Sistemas de Paredes. Parede Segurança Parede Segurança CATÁLOGO TÉCNICO 2014 Parede composta por duas linhas de perfis guias e montantes em aço galvanizado intercaladas por tela metálica, com duas camadas de chapa de gesso sobrepostas em cada

Leia mais

DETALHES EM SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR

DETALHES EM SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR DETALHES EM SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR LOCAIS A - Rodapé, arranque B - Janela - peitoril C - Porta, janela D - Portas, janelas - vergas E - Varanda, terraço F - teto G - Pla banda H -

Leia mais

QUEM SOMOS PRODUÇÃO ARMAZENAGEM LOGÍSTICA AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE CERTIFICAÇÃO E LABORATÓRIO PLACAS MASSAS, COLAS E PLACAS ESPECIAIS

QUEM SOMOS PRODUÇÃO ARMAZENAGEM LOGÍSTICA AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE CERTIFICAÇÃO E LABORATÓRIO PLACAS MASSAS, COLAS E PLACAS ESPECIAIS 04 06 08 09 10 11 12 14 15 QUEM SOMOS PRODUÇÃO ARMAZENAGEM LOGÍSTICA AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE CERTIFICAÇÃO E LABORATÓRIO PLACAS MASSAS, COLAS E PLACAS ESPECIAIS SISTEMAS DRYWALL QUEM SOMOS QUAL O NOSSO

Leia mais

ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO

ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO ISOLANTE NATURAL EDIFÍCIO CONSTRUÇÃO Produtos naturais para edifícios energicamente eficientes Para a CELENIT, um ótimo isolamento é dos critérios essenciais numa construção. Devido às inúmeras vantagens

Leia mais

Técnicas das Construções I ALVENARIA. Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana (14) AULA 6

Técnicas das Construções I ALVENARIA. Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana (14) AULA 6 200888 Técnicas das Construções I ALVENARIA Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 6 Objetivos: 1. DISCUTIR A IMPORTÂNCIA DA ALVENARIA DE VEDAÇÃO. 2. DISCUTIR

Leia mais

Parafuso autoperfurante TA 3,5x25mm. Massa para tratamento de juntas com fita de papel microperfurado. Fita de isolamento Montante

Parafuso autoperfurante TA 3,5x25mm. Massa para tratamento de juntas com fita de papel microperfurado. Fita de isolamento Montante Parede Knauf W111 - Detalhes Técnicos Corte Vertical Detalhe - Junta de chapas estrutura simples TA 3,5x25mm TA 3,5x25mm com fita de com fita de Detalhe - Encontro com parede TA 3,5x25mm Parafuso com bucha

Leia mais

Corte a 90 Corte a 45

Corte a 90 Corte a 45 Corte a 90 Corte a 45 FERRAMENTAS NECESSÁRIAS Montagem Instalação MONTAGEM DA TELA montagem do quadro fixação do tecido mosquiteiro retirada do excesso de tecido COMPONENTES DA TELA DIMENSIONAL elementos

Leia mais

Emissão : Dez/2006 Nº.: INFO- 002/06

Emissão : Dez/2006 Nº.: INFO- 002/06 Página 1 de 7 Prezado Concessionário Estamos informando com o presente boletim, os procedimentos para substituição da tela frontal do capuz dos tratores 1155 pela grade perfurada que pode ser aplicada

Leia mais

PRÉMIO DE ARQUITECTURA EM TIJOLO DE FACE À VISTA CVG 2010 / ª EDIÇÃO CERÂMICA DO VALE DA GÂNDARA (CVG)

PRÉMIO DE ARQUITECTURA EM TIJOLO DE FACE À VISTA CVG 2010 / ª EDIÇÃO CERÂMICA DO VALE DA GÂNDARA (CVG) PRÉMIO DE ARQUITECTURA EM TIJOLO DE FACE À VISTA CVG 2010 / 2011 5ª EDIÇÃO CERÂMICA DO VALE DA GÂNDARA (CVG) Preâmbulo Em 2002 a Cerâmica do Vale da Gândara, SA (CVG) lançou o Prémio de Arquitectura em

Leia mais

Caixa de ligação para redes Rutenbeck, Cat. 5 blindada

Caixa de ligação para redes Rutenbeck, Cat. 5 blindada Caixa de ligação para redes Rutenbeck, Cat. 5 blindada simples 1 x 8 pólos N.º de encomenda: 0180 00 dupla 2 x 8 pólos N.º de encomenda: 0178 00 simples, (especial para montagem em calhas) N.º de encomenda:

Leia mais

Forros. Classificação e tipos. Segundo a forma de fixação: 12/11/2013

Forros. Classificação e tipos. Segundo a forma de fixação: 12/11/2013 Definição Forros Prof. MSc. Eng. Poliana Tatiana da Silva Gratão Engenharia Civil Construção Civil II 8º Período Turma B01 Revestimento da face inferior da laje ou de telhados de modo a constituir a superfície

Leia mais

Yep. Balcão Inferior Lava-Louças 60-53cm Balcão Inferior Lava-Louças 60-57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Balcão Inferior Lava-Louças 60-53cm Balcão Inferior Lava-Louças 60-57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Balcão Inferior Lava-Louças 60-53cm Balcão Inferior Lava-Louças 60-57cm Tampo Vendido Separadamente - Lateral Direita/Esquerda (x) - Base (x) 3- Travessa (x) 4- Traseiro (x) 5- Fechamento

Leia mais

Márcio Manuel Ferreira da Cunha Licenciado em Engenharia Civil - UM Mestre em Construções de Edifícios - FEUP

Márcio Manuel Ferreira da Cunha Licenciado em Engenharia Civil - UM Mestre em Construções de Edifícios - FEUP Márcio Manuel Ferreira da Cunha Licenciado em Engenharia Civil - UM Mestre em Construções de Edifícios - FEUP Porto, 08 de Abril de 2011 FACHADA A fachada é um elemento fulcral para a valorização de um

Leia mais

Caixa para Medidor Monofásico Eletrônico

Caixa para Medidor Monofásico Eletrônico Código 6783261 N O Data Revisões Aprov. Vanderlei Robadey Página 1 de 7 N O Data Revisões Aprov. Vanderlei Robadey Página 2 de 7 N O Data Revisões Aprov. Vanderlei Robadey Página 3 de 7 1 Material 1.1

Leia mais

Ligações seguras contra incêndios OBO FireBox, série T NEW THINK CONNECTED.

Ligações seguras contra incêndios OBO FireBox, série T NEW THINK CONNECTED. Ligações seguras contra incêndios OBO FireBox, série T NEW THINK CONNECTED. A família FireBox Descubra as novas variantes da série T com bucins cónicos, com fixação exterior, com suporte de fusível e para

Leia mais

HUD-1 Fixação universal

HUD-1 Fixação universal HUD-1 Fixação universal Versão da ancoragem HUD-1 Vantagens - instalação rápida - flexibilidade de comprimento do parafuso - uma fixação para todos os materiais base Betão Tijolo maciço Tijolo vazado Tabiques

Leia mais

BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça

BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça BloCork Desenvolvimento de blocos de betão com cortiça N. Simões, I. Castro, J. Nascimento, A. Nascimento SEMINÁRIO TECNOLOGIAS E SISTEMAS DE CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL - INVESTIGAÇÃO EM ACÇÃO - Viabilizar

Leia mais

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS COBERTURAS Imitação Telha (1/2/4 águas) -Aço galvanizado na qualidade S250GD+Z, segundo EN 10346:2009 + EN 10169, revestida com poliéster regular modificado, e tolerâncias de espessura

Leia mais

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE

SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE SÉRIE INVICTA S 1ª Edição Porseg - Sistemas de Segurança S.A. 2014 SÉRIE INVICTA S 1 FOLHA BATENTE P O R S E G, S I S T E M A S D E S E G U R A N Ç A, S. A. P R O D U T O S A N T I - I N T R U S Ã O

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA BREVES NOÇÕES PRINCIPAIS VANTAGENS ÂMBITO DE APLICAÇÃO INSTRUÇÕES SIMPLIFICADAS DE APLICAÇÃO...

ÍNDICE 1. EMPRESA BREVES NOÇÕES PRINCIPAIS VANTAGENS ÂMBITO DE APLICAÇÃO INSTRUÇÕES SIMPLIFICADAS DE APLICAÇÃO... DOSSIER INFORMATIVO ÍNDICE 1. EMPRESA... 3 2. BREVES NOÇÕES... 4 3. PRINCIPAIS VANTAGENS... 5 4. ÂMBITO DE APLICAÇÃO... 7 5. INSTRUÇÕES SIMPLIFICADAS DE APLICAÇÃO... 8 2 1. EMPRESA A FLEX2000 é uma empresa

Leia mais

PLACA DE GESSO + ICB SOLUÇÃO GYPCORK ICB ICB , /2500 9,2 550/210 0,55 52, / ,3 550/210 1,05

PLACA DE GESSO + ICB SOLUÇÃO GYPCORK ICB ICB , /2500 9,2 550/210 0,55 52, / ,3 550/210 1,05 Solução Sustentável CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL Placa Gypcork A placa GYPCORK reúne dois produtos portugueses de excelência: as placas de gesso Gyptec produzidas na Figueira da Foz, utilizando matérias primas

Leia mais

Yep. Console 60/80/100 com 1 Gaveta Aramada - 57cm. Partes do Produto. Componentes

Yep. Console 60/80/100 com 1 Gaveta Aramada - 57cm. Partes do Produto. Componentes Yep Partes do Produto Console 60/80/00 com Gaveta Aramada - 57cm Tampo Vendido Separadamente Frentes de Gaveta Vendida Separadamente - Lateral Direita/Esquerda (x) 3- Corrediça Telescópica (x) - Base (x)

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua D. Nuno Alvares Pereira, 53 2490 114 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt juntaemcor natural

Leia mais

DICAS 1º PASSO 2º PASSO 3º PASSO. Balcão Multiuso de 4 Portas ref Colocar Portas e Puxadores. Etapas para montagem do produto

DICAS 1º PASSO 2º PASSO 3º PASSO. Balcão Multiuso de 4 Portas ref Colocar Portas e Puxadores. Etapas para montagem do produto Balcão Multiuso de 4 Portas ref. 1360 Ferramentas: Para limpeza do móvel utilize um pano macio umedecido apenas com água. Etapas para montagem do produto 1º PASSO 2º PASSO 3º PASSO Preparar Laterais Montar

Leia mais

Ficha Técnica Perfis em Poliestireno. Acabamento PU Linhas Black e Inova Uber

Ficha Técnica Perfis em Poliestireno. Acabamento PU Linhas Black e Inova Uber Ficha Técnica Perfis em Poliestireno Acabamento PU Linhas Black e Inova Uber 1. Identificação do Produto e da Empresa Produto: Tipo de produto: Acabamento: Empresa: Endereço: Perfis de Poliestireno 96

Leia mais

Isolamento. Saiba mais sobre

Isolamento. Saiba mais sobre Isolamento Saiba mais sobre 1 ENQUADRAMENTO A MAIORIA DOS EDIFÍCIOS CONSTRUÍDOS EM PORTUGAL NÃO POSSUI ISOLAMENTO TÉRMICO. SE A SUA CASA É ANTERIOR A 1990 E NUNCA FOI REABILITADA, ENTÃO É POSSÍVEL QUE

Leia mais

Parafuso para madeira de construção ESCR - ESCRC

Parafuso para madeira de construção ESCR - ESCRC Parafuso para madeira de construção ESCR - ESCRC ATE 13-0796 Declaração de Desempenho -e13/0796 Especialista das conexões para madeira, a Simpson Strong-Tie inova e apresenta agora um parafuso para madeira

Leia mais

Comunicado de Imprensa Ganhar em luminosidade com tetos OPTIMA Baffles da Armstrong

Comunicado de Imprensa Ganhar em luminosidade com tetos OPTIMA Baffles da Armstrong Ganhar em luminosidade com tetos OPTIMA Baffles da Armstrong A gama OPTIMA Baffles da Armstrong é composta por peças retangulares completamente revestidas com um velo e um acabamento de fábrica com pintura

Leia mais

Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina.

Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina. FACHADA Composite Placas compostas em zinco para fachadas ventiladas ou paredes cortina. Vantagens Estética dos acabamentos em VMZINC Planimetria e robustez excepcionais Grande dimensão dos painéis e estabilidade

Leia mais

PATOLOGIAS DOS SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO DE FACHADAS PELO EXTERIOR DO TIPO ETICS

PATOLOGIAS DOS SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO DE FACHADAS PELO EXTERIOR DO TIPO ETICS PATOLOGIAS DOS SISTEMAS DE ISOLAMENTO TÉRMICO DE FACHADAS PELO EXTERIOR DO TIPO ETICS Vasco Peixoto de Freitas (Prof Catedrático FEUP) Laboratório de Física das Construções FACULDADE DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Apresentação da NP EN 12004: A1:2012

Apresentação da NP EN 12004: A1:2012 Joaquim Valente de Almeida LEP/ccMCS materials.habitat Seminário Colagem de Produtos Cerâmicos segundo a NP EN 12004:2008 (Colas para ladrilhos) CTCV/Coimbra 13/11/2013 1 Objectivo e campo de aplicação

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO

FICHA TÉCNICA DO PRODUTO FICHA TÉCNICA DO PRODUTO TOPECA, Lda Rua D. Nuno Alvares Pereira, 53 2490 114 Cercal Ourém PORTUGAL Tel.: 00 351 249 580 070 Fax.: 00 351 249 580 079 geral@ topeca. pt www.topeca.pt topcola therm t2 argamassa

Leia mais

As membranas, são constituídas por Policloreto de Vinilo Flexível (PVC-P) e integram armaduras de poliéster.

As membranas, são constituídas por Policloreto de Vinilo Flexível (PVC-P) e integram armaduras de poliéster. DOCUMENTO TÉCNICO DE APLICAÇÃO 1 SISTEMA SOTECNISOL ECOPVC PY 1,5 COBERTURAS DE ACESSIBILIDADE LIMITADA DTA 21.2 Impermeabilização de coberturas AGOSTO DE 2012 1. DESCRIÇÃO. As membranas ECOPVC PY 1,5

Leia mais

Tectos Gab-on. Gama de Painéis Basculantes e Deslizantes. O especialista em Tectos perto de si

Tectos Gab-on. Gama de Painéis Basculantes e Deslizantes. O especialista em Tectos perto de si Tectos Gab-on Gama de Painéis Basculantes e Deslizantes Gab-on 2 L Gab-on 1 L Gab-on deslizante O especialista em Tectos perto de si Painéis de fácil manuseamento Painéis basculantes em ambos os lados

Leia mais

GAMA XPS. PRODUTOS E APLICAÇÕES Isolamento térmico de edifícios Poliestireno extrudido (XPS)

GAMA XPS. PRODUTOS E APLICAÇÕES Isolamento térmico de edifícios Poliestireno extrudido (XPS) PRODUTOS E APLICAÇÕES Isolamento térmico de edifícios Poliestireno extrudido (XPS) GAMA XPS Maio 2017 GAMA XPS O poliestireno extrudido EFYOS proporciona um isolamento térmico ótimo contra o frio e o calor,

Leia mais

Guia Prático de Instalação Completo Forros Nexacustic. Revisão: 2

Guia Prático de Instalação Completo Forros Nexacustic. Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Completo Forros Nexacustic Revisão: 2 Guia Prático de Instalação Nexacustic Cuidados Iniciais Cuidados iniciais: Os produtos Nexacustic foram desenvolvidos para aplicação em

Leia mais

RESÍDUOS CERÂMICOS DE BARRO VERMELHO PRODUÇÃO DE RESÍDUOS DE BARRO VERMELHO

RESÍDUOS CERÂMICOS DE BARRO VERMELHO PRODUÇÃO DE RESÍDUOS DE BARRO VERMELHO RESÍDUOS CERÂMICOS DE BARRO VERMELHO João Silva, Eng.º Civil, Mestre em Construção, IST Jorge de Brito, Professor Associado c/ Agregação, IST Mª Rosário Veiga, Investigadora Principal, LNEC Os sectores

Leia mais