Professor Felipe Oberg

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Professor Felipe Oberg"

Transcrição

1 SINTAXE DO PERÍODO PERÍODO COMPOSTO Período composto é aquele formado por mais de uma oração. O período pode ser composto por coordenação, subordinação e ainda por coordenação e subordinação. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO É aquele formado por orações independentes quanto às funções sintáticas. Arthur não teve medo e venceu os adversários. PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO É aquele formado por orações que denotam entre si relação de dependência. Ela disse que me amava. ELA DISSE VERBO TRANSITIVO DIRETO QUE ME AMAVA OBJETO DIRETO Observe que a oração que me amava (subordinada) funciona como termo da oração Ela disse (principal), visto que complementa o sentido da ação verbal disse. ORAÇÕES COORDENADAS As orações coordenadas dividem-se em dois grupos: 01. Sindéticas: são aquelas que apresentam conjunção coordenativa. 02. Assindéticas: são aquelas que não apresentam conjunção coordenativa. Veja: A campainha batia, MAS o velhinho não ouvia. Nosso amigo não veio nem telefonou. sindética aditiva ADVERSATIVAS (exprimem oposição, contraste) Exemplos de conjunções adversativas: mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto. Nosso time jogou bem, mas não conseguiu vencer. sindética adversativa ALTERNATIVAS (exprimem exclusão, alternância) Exemplos de conjunções alternativas: ou...ou, ora...ora Fique em casa ou vá para a escola logo. sindética alternativa EXPLICATIVAS (indicam uma explicação ao que foi enunciado na outra oração) Exemplos de conjunções explicativas: porque, que, pois (antes do verbo) Não façam barulho, que estou estudando. sindética explicativa CONCLUSIVAS (estabelecem uma idéia de conclusão em relação à outra oração) Exemplos de conjunções conclusivas: portanto, por isso, logo, pois (depois do verbo) 1ª ORAÇÃO: A CAMPAINHA BATIA : oração coordenada. 2ª ORAÇÃO: MAS O VELHINHO NÃO OUVIA : oração coordenada sindética. As orações coordenadas sindéticas recebem o nome da conjunção coordenativa que as inicia. Classificam-se, portanto, em: O carro é teu, logo deves cuidar bem dele. sindética conclusão ADITIVAS (expressam adição, seqüência de pensamentos) Exemplos de conjunções aditivas: e, nem, mas também. ORAÇÕES SUBORDINADAS O período composto por subordinação é formado por uma e uma ou mais subordinadas. Atualizada 18/11/2009 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

2 Oração principal é aquela a que se subordina outra oração. Oração subordinada é aquela que se relaciona a outra (principal), desempenhando, no período, função sintática. CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As orações subordinadas classificam-se de acordo com sua função em: s, adjetivas e adverbiais. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS As orações subordinadas s vêm normalmente introduzidas pelas conjunções integrantes que e se. Segundo seu valor sintático, elas podem ser: SUBJETIVAS Oração subordinada subjetiva é aquela que tem função de sujeito da. Exemplos: Seria conveniente Comentava-se (verbo na voz passiva) que todos nos ajudassem. subjetiva que ele era o juiz. subjetiva OBSERVAÇÀO Quando a é subjetiva, o verbo da está sempre na 3ª pessoa do singular. OBJETIVAS DIRETAS Oração subordinada objetiva direta é aquela que exerce função de objeto direto do verbo da. O guarda garantiu-lhe que não havia perigo. objetiva direta OBJETIVAS INDIRETAS Oração subordinada objetiva indireta é aquela que exerce função de objeto indireto do verbo da. Ninguém o convencerá de que não havia perigo. objetiva indireta COMPLETIVAS NOMINAIS Oração subordinada completiva nominal é aquela que exerce função de complemento nominal de um nome da. Nós estávamos desconfiados PREDICATIVAS de que você não viria. completiva nominal Oração subordinada predicativa é aquela que exerce função de predicativo do sujeito da. Nosso medo era que a casa caísse. predicativa APOSITIVAS Oração subordinada apositiva é aquela que exerce função de aposto da. Todos tinham um sonho: que o time vencesse. apositiva COM FUNÇÃO DE AGENTE DA PASSIVA Oração subordinada com função de agente da passiva é aquela que funciona como agente da passiva do verbo da. A garota foi beijada por quem apagou a luz. agente da passiva ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS As orações subordinadas adverbiais exercem a função de adjunto da. Existem nove tipos de orações subordinadas adverbiais. 2 Atualizada 18/11/2009 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

3 CAUSAIS Oração subordinada causal é aquela que exprime o motivo, a causa do fato expresso na oração principal. Exemplos: Nossos problemas são mais graves que os seus. comparativa Como tinha melhores jogadores nosso time venceu. causal CONDICIONAIS Oração subordinada condicional é aquela que exprime condição à ocorrência do fato expresso na. Tudo vale a pena se a alma não é pequena. condicional CONFORMATIVAS Oração subordinada conformativa é aquela que indica conformidade com a declaração contida na. Exemplos: O torneio será realizado como exige a federação. conformativa CONCESSIVAS Oração subordinada concessiva é aquela que, apesar de indicar uma circunstância adversa à declaração da, não a modifica. Ainda que sejamos torturados, concessiva CONSECUTIVAS não confessaremos. Oração subordinada consecutiva é aquela que indica a conseqüência do fato expresso na. Exemplos: A prova foi tão difícil que ninguém foi aprovado. consecutiva COMPARATIVAS Oração subordinada comparativa é aquela que representa o segundo termo de uma comparação. Exemplos: OBSERVAÇÃO: nesse exemplo, o verbo da oração subordinada, por ser o mesmo da, ficou subentendido. TEMPORAIS Oração subordinada temporal é aquela que indica o tempo da realização do fato declarado na. Exemplos: Mal você saiu, temporal começou a briga. FINAIS Oração subordinada final é aquela que indica a finalidade do fato expresso na. Exemplos: Para que tudo ocorra bem, temporal PROPORCIONAIS precisamos estar atentos. Oração subordinada proporcional é aquela que indica uma relação de proporcionalidade com o fato expresso na. À medida que envelhecia, proporcional aumentava seu remorso. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS As orações subordinadas adjetivas exercem função de adjunto adnominal de um substantivo ou pronome da. São introduzidas por pronome relativo: que (o qual, a qual, os quais, as quais), quem, cujo, onde etc. Observe: PERÍODO SIMPLES A preguiça gasta a vida como a ferrugem consome o ferro. comparativa O deputado revelou coisas substantivo impressionantes. adjetivo (adjunto adnominal) Atualizada 18/11/2009 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 3

4 PERÍODO COMPOSTO pronome relativo O deputado revelou coisas que impressionam. substantivo adjetiva As orações subordinadas adjetivas podem ser explicativas e restritivas. EXPLICATIVAS Encerram uma afirmação adicional de um ser que já se acha suficientemente definido. As explicativas são emolduradas por vírgulas. Exemplos: Os balões, que subiam lentamente, eram muito admirados. adjetiva explicativa RESTRITIVAS As orações adjetivas restritivas restringem, limitam a significação de um termo antecedente (substantivo ou pronome). Não se separam por vírgula. Eu já li o livro Observe: que você me trouxe. adjetiva restritiva Os vizinhos, que não gostam de música, reclamam muito. adjetiva explicativa Nesse caso, nenhum dos vizinhos gosta de música e, portanto, todos eles reclamam. Os vizinhos que não gostam de música reclamam muito. adjetiva restritiva Nesse caso, alguns dos vizinhos gostam de música e outros não. Os que não gostam reclama muito. EMPREGO DE PRONOMES RELATIVOS & PONTUAÇÃO 01. Os brasileiros, que acreditam na possibilidade de um governo sério, exigem medidas imediatas contra os políticos corruptos. c) Alguns brasileiros exigem medidas imediatas contra os políticos corruptos. d) Os brasileiros acreditam na possibilidade de um governo sério e exigem medidas imediatas contra os políticos corruptos. e) Aqueles brasileiros que acreditam na possibilidade de um governo sério exigem medidas imediatas contra os políticos corruptos. 02. Os petroleiros que resistem às pressões do governo fizeram um apelo aos sindicatos, que os apóiam, para que se convoque uma reunião, na qual se buscariam alternativas para o impasse. Concomitantemente, o governo busca adesões no Congresso para as medidas que está tomando em relação à greve. Em relação a esse trecho, é correto afirmar: a) Os petroleiros fizeram um apelo aos sindicatos, que os apóiam. b) Todos os petroleiros resistem às pressões do governo. c) Apenas alguns sindicatos apóiam a greve dos petroleiros. d) Antes que os petroleiros falassem em fazer reunião, o Governo já buscava a aprovação do Congresso para as suas medidas em relação à greve. e) Os sindicatos apóiam os petroleiros que resistem às pressões do governo. 03. Assinale a alternativa em que a oração entre colchetes deve ser necessariamente separada por vírgulas. a) Os integrantes da comissão [que se mostrarem contrários ao que foi decidido] devem ser substituídos. b) O candidato [que não concordar com a divulgação das pesquisas de opinião] poderá entrar com processo na justiça. c) O funcionário público [que for contratado depois da alteração da lei da aposentadoria] não terá mais salário integral quando se aposentar. d) O eleitor [que se sentir ultrajado pelas campanhas eleitorais] poderá dar uma resposta a esses abusos nas urnas. e) O presidente da República [que parte para mais uma viagem ao exterior na próxima semana] reuniu os ministros para definir estratégias a fim de combater a fome no Brasil. ORAÇÕES SUBORDINADAS REDUZIDAS As orações reduzidas não são introduzidas por conjunção e apresentam o verbo numa das formas nominais: infinitivo (terminação ar, er, ir), gerúndio (terminação ndo) ou particípio (terminação ado, ido). Geralmente as orações reduzidas podem ser desdobradas numa equivalente, com conectivo. Veja: Sobre a frase acima, marque a correta: a) Medidas imediatas contra os políticos corruptos são exigidas somente pelos brasileiros que acreditam na possibilidade de um governo sério. b) Alguns brasileiros acreditam na possibilidade de um governo sério. 4 Atualizada 18/11/2009 Seria bom eu estudar mais. verbo no infinitivo Seria bom que eu estudasse mais. conjunção (conectivo) Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

5 Exemplos de orações reduzidas: Todos afirmam Já recebemos os livros ser ele o ladrão. objetiva direta reduzida de infinitivo chegados de Paris. adjetiva restritiva reduzida de particípio REGÊNCIA VERBAL PRONOMES RELATIVOS & PRONOMES PESSOAIS PREPOSIÇÕES: a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás. PRINCIPAIS PRONOMES PESSOAIS: PRONOMES RETOS eu tu ele nós vós eles PRONOMES OBLÍQUOS me, mim, comigo te, ti, contigo se, si, consigo, o, a, lhe nos, conosco vos, convosco se, si, consigo, os, as, lhes I) Preencha adequadamente, se necessário: 1. Devemos obedecer regulamentos do colégio. 2. Informei-os notas. 3. Informei-lhes notas. 4. Esqueci livro. 5. Esqueci-me livro. 6. O caçador visou olho esquerdo do mosquito. 7. Avisei-lhe que havia muita complicação. 8. este filme eu ainda não assisti. 09. Já pagou empregados? 10. Sim, já paguei. 11. Já pagou conta? 12. Sim, já paguei. 13. Procederemos o debate. 14. Cheguei muito tarde local arrombado. 15. Não antipatizei ninguém. 16. Quero muito bem estas pessoas. 17. Não simpatizo muito aquele professor. II) Empregue lhe(s), o(s), a(s) nas frases abaixo: 1. Prometo obedecer de agora em diante. 2. O pai cumprimentou pela vitória. 3. Nós queremos muito bem. 4. Nós sempre ajudamos. 5. Eu abracei pelo êxito conseguido nos exames. 6. Informei de que a festa seria hoje. 7. Informei que a festa seria hoje. III) Preencha as lacunas com o pronome relativo que, precedido ou não de preposição: 1. O caso te referes me assusta muito. 2. A peça assistimos foi muito longa. 3. O aperfeiçoamento humano é o fim visam todas as religiões. 4. Esta é a conclusão chegamos. 5. Qual é o cargo aspiras na firma? 6. Este foi o livro mais gostei até hoje. 7. Este foi um detalhe todos esqueceram. 8. Este foi um detalhe todos se esqueceram. 9. Esta é uma situação não me lembro mais com muita clareza. IV) Analise e corrija, se necessário: 1. Prefiro muito mais vender banana ali na esquina do que sair com uma carreta por este país afora. 2. O roteiro do filme oferece uma versão de como conseguimos um dia preferir a estrada à casa, a paixão e o sonho à regra, a aventura à repetição. 3. João da Silva, que reside à Rua das Papoulas, é viciado em guaraná e chicletes. 4. Eu custei a ler o livro. 5. Você custa muito a entender. 6. A secretária agradou o chefe. V) O Brasil só vai conseguir sair da grave crise em que está quando cuidar, investir e priorizar a educação. O texto acima não está redigido em consonância com a norma culta da língua portuguesa. Assinale a alternativa em que os problemas de regência verbal foram todos corrigidos. a) O Brasil só vai conseguir sair da grave crise em que está quando cuidar da educação, investir e priorizá-la. b) O Brasil só vai conseguir sair da grave crise em que está quando cuidar, investir na educação e priorizá-la. c) O Brasil só vai conseguir sair da grave crise em que está quando priorizar a educação, cuidar e nela investir. d) O Brasil só vai conseguir sair da grave crise em que está quando priorizar a educação, dela cuidar e nela investir. e) O Brasil só vai conseguir sair da grave crise em que está quando investir na educação, cuidar e priorizar. Atualizada 18/11/2009 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 5

6 CRASE (ASPECTOS GERAIS) Complete com a, à, as ou às. 01. Ao meio-dia, o desfile chegou praça. 02. Brevemente todos iremos Bahia. 03. Ninguém mais obedece ordens do chefe. 04. Ele pediu crianças que o ajudassem. 05. Pouca gente chegou tempo de ver o jogo. 06. Os estudantes foram obrigados assistir peça. 07. O jovem entregou encomenda funcionária. 08. Ninguém se referiu dificuldades que havia. 09. O diretor fez críticas muitas pessoas. 10. O povo dirigiu-se furioso praça da cidade. 11. Refiro-me esta pessoa, não que veio ontem. 12. Recorri quele senhor. 13. Isso é prejudicial quelas que querem vencer. 14. A fazenda, qual nós iremos, possui todas as belezas, quais já me referi. 15. Meu amigo foi quela loja e comprou quela linda moto. Coloque o acento indicativo de crase, se necessário. 01. Voltei a casa para buscar minha carteira. 02. Chegarei a Piracicaba amanhã. 03. Dirigi-me a Curitiba. 04. Sairei a uma hora da madrugada. 05. Ele escreve a Machado de Assis. 06. Dirijo-me a Vossa Excelência. 07. Não vou a festas de carnaval. 08. Os americanos retornaram a Terra. 09. Estamos a espera de todos. 10. Estudei a apostila de ponta a ponta. 11. Gosto de andar a pé. 12. O trabalho só estará pronto as 11 horas. 13. O trabalho só estará pronto lá para as 11 horas. 14. A medida que o tempo passava, a torcida comemorava o título. 15. Entreguei a encomenda a uma funcionária. 16. Ele fez a viagem a cavalo. 17. Vou até a praia. 18. Não fui a sua sala ontem. 19. As vezes, ele vai a Curitiba de sua infância. 20. As alunas, as quais fizemos referência, estudam na Escola Técnica. 21. Ficamos bem a vontade. 6 Atualizada 18/11/2009 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles:

PERÍODO SIMPLES. Observe alguns exemplos de períodos simples e compostos e veja a diferença entre eles: PERÍODO SIMPLES Período simples é um enunciado de sentido completo construído com uma oração absoluta, ou seja, apenas um verbo. O período é um enunciado de sentido completo formado por duas ou mais orações.

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1º ANO E. M. FRASE NOMINAL: enunciado sem verbo. Pois não, senhor... ; senhoras e senhores,... FRASE VERBAL/ORAÇÃO: enunciado COM verbo. Ivo viu a uva.... O

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1

PERÍODO COMPOSTO PRO R FES E SORA: A :F ER E NA N N A D N A D A SA S N A T N O T S 1 PERÍODO COMPOSTO PROFESSORA: FERNANDA SANTOS 1 CONJUNÇÃO É a palavra ou locução invariável que liga orações ou termos semelhantes da mesma oração. Exemplos: ANÁLISE DO QUE Todos os alunos disseram que

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

MTE / AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO / MATERIAL COMPLEMENTAR N. 1 / AULAS 1 A 13 Professor Felipe Oberg SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES I

MTE / AUDITOR-FISCAL DO TRABALHO / MATERIAL COMPLEMENTAR N. 1 / AULAS 1 A 13 Professor Felipe Oberg SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES I SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES I CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno de um

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 11 Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso Frase, período e oração Frase é todo enunciado suficiente por si mesmo para estabelecer comunicação. Expressa juízo,

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

Língua Portuguesa. Mara Rúbia

Língua Portuguesa. Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Atenção! Pare! Um vulto cresce na escuridão. Clarissa se encolhe. É Vasco. Convém que te apresses. Período Composto por Coordenação - Orações sintaticamente independentes.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M.

LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 2º ANO E. M. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Cheguei atrasado, PORQUE o trânsito estava caótico. Oração assindética Conjunção coordenativa Oração coordenada

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

Período Composto por Subordinação

Período Composto por Subordinação Período Composto por Subordinação Todo período composto por subordinação contém uma oração principal, acompanhada de uma ou mais orações subordinadas. A oração principal é a que encerra o sentido fundamental

Leia mais

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas.

Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. Análise sintática do período composto por subordinação: uma viagem pelas relações sintático-semânticas. As orações subordinadas podem ser: 1. Substantivas exercem na principal uma função própria do substantivo.

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma

As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma CONJUNÇÕES As conjunções são palavras invariáveis que servem para conectar orações ou dois termos de mesmo valor gramatical, estabelecendo entre eles uma relação de dependência ou de simples coordenação.

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I Bárbara da Silva Português Aula 39 Conjunções I Conjunção Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção. Por exemplo: A menina segurou a bola e mostrou

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte I Conceitos

Leia mais

Orações subordinadas substantivas e adjetivas

Orações subordinadas substantivas e adjetivas Orações subordinadas substantivas e adjetivas Sintaxe do período simples Os termos podem ser compostos por: Substantivos (Sujeito, objeto direto, objeto indireto, predicativo do sujeito, complemento nominal

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

Período Composto por Coordenação

Período Composto por Coordenação Período Composto por Coordenação O período composto por coordenação é constituído de orações coordenadas. Na coordenação não há relação de dependência entre as orações. Uma oração independe da(s) outra(s).

Leia mais

Adjetivo (Adjunto Adnominal)

Adjetivo (Adjunto Adnominal) PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Uma oração subordinada adjetiva é aquela que possui valor e função de adjetivo, ou seja, que a

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Termos Integrantes Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Termos Integrantes Sintaxe Termos Integrantes Termos integrantes Objeto Direto Objeto Indireto Complemento Nominal Agente da Passiva Predicativo do Sujeito

Leia mais

Complexo de Ensino Renato Saraiva (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS

Complexo de Ensino Renato Saraiva  (081) Profª Junia Andrade MPU 2010 Isolada Português PORTUGUÊS MPU técnicos e analistas JÚNIA ANDRADE Exemplos Cespe - Abin Mudado seu modo de pensar, o pesquisador já não concebe aquele tema da mesma forma e, assim, já não é capaz de estabelecer um relação exatamente

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

TRE RS TESTES PARA FIXAÇÃO

TRE RS TESTES PARA FIXAÇÃO TESTES PARA FIXAÇÃO SINTAXE PERÍODO SIMPLES 01. (CESGRANRIO-2008) O termo da oração em destaque está identificado de acordo com a sintaxe em a) Cantavam tristes, adjunto adverbial de modo b) De manhã,

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO O período composto por coordenação é constituído por orações coordenadas. Chamamos oração coordenada por não exercer nenhuma função sintática em outra oração, daí ser chamada

Leia mais

Revisão para a P2 9º ANO

Revisão para a P2 9º ANO Revisão para a P2 9º ANO Gênero textual: CRÔNICA A crônica é uma gênero textual que tem por base fatos que acontecem em nosso cotidiano. Como se estivesse em uma conversa informal, o cronista tende a dialogar

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO.

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO. 3º ANO FORMAS NOMINAIS Para falarmos sobre as formas nominais do verbo, é importante sabermos o porquê desta denominação, ou seja, em certas circunstâncias, este verbo pode assumir o papel de um nome :

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

Sintaxe do Período Composto

Sintaxe do Período Composto Sintaxe do Período Composto Gramática Material Complementar Saudações, guerreiro (a) do concurso, tudo bem? Aqui é o professor Pablo Jamilk. Nós teremos alguns momentos juntos doravante. Por isso, segure

Leia mais

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento.

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. COERÊNCIA Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. Subi a porta e fechei a escada. Tirei minhas orações e recitei meus sapatos.

Leia mais

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66

ÍNDICE TEXTO E DISCURSO 4 CLASSES DE PALAVRAS 20 FUNÇÕES SINTÁTICAS 66 ÍNDICE 1 TEXTO E DISCURSO 4 1.1. Coesão e coerência textual organização de parágrafos 4 1.2. Pontuação 7 1.3. Discurso direto / discurso indireto 10 1.4. Frase ativa / frase passiva 13 CONSOLIDAÇÃO: EXERCÍCIOS

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

É possível transformar a expressão "a profundidade das palavras dele", objeto direto, em oração. Observe:

É possível transformar a expressão a profundidade das palavras dele, objeto direto, em oração. Observe: PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Classificação das Orações Subordinadas As orações subordinadas dividem-se em três grupos, de acordo com a função sintática que desempenham e a classe de palavras a que

Leia mais

Preposição e conjunção

Preposição e conjunção PORTUGUÊS aula Preposição e conjunção Preposição É a palavra invariável que une dois termos ou orações, estabelecendo uma relação de sentido e de dependência. Não desempenha função sintática, é um conectivo:

Leia mais

Comentário: Comentário:

Comentário: Comentário: 4 Por iminente, (L.79), entende-se (A) importante. (B) próximo. (C) insigne. (D) conspícuo. (E) impelente. A questão aborda a significação da palavra dentro do contexto, o que tem sido muito frequente

Leia mais

Português. Prof.Felipe Oberg Data de impressão: 01/11/2009

Português. Prof.Felipe Oberg Data de impressão: 01/11/2009 Português Prof.Felipe Oberg Data de impressão: 01/11/2009 UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR/CURITIBA Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL

Leia mais

Patrícia Rocha Lopes

Patrícia Rocha Lopes Patrícia Rocha Lopes Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto adverbial do verbo da oração principal. Dessa forma, pode exprimir circunstância de tempo, finalidade, causa,

Leia mais

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação

Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM Aula 7: Período composto por coordenação e período composto por subordinação Tutora: Ariana de Carvalho Orações coordenadas As luzes apagam-se, abrem-se as cortinas e começa

Leia mais

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação Língua portuguesa Professora Iara Martins Exercícios Período composto por coordenação e subordinação 1. O amor não só traz alegria como também alimenta. Neste período, a conjunção é: a. Subordinativa causal

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza

Língua Portuguesa. Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza Língua Portuguesa Professoras: Natália Oliveira e Natália Souza Analise as orações: 1. Triste estou: o amigo comigo não está. 2. Ele começou a rir todos gargalharam. 3. Acordei: cinco estações tinham ficado

Leia mais

PORTUGUÊS Professor Nei Xavier

PORTUGUÊS Professor Nei Xavier PORTUGUÊS Professor Nei Xavier USO DOS PRONOMES PRONOME É o termo que acompanha ou substitui o nome dentro do discurso. São apresentados em dois tipos: Pronome Adjetivo - Aparece sempre como adjunto adnominal

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

Drummond escreveu poemas e entrou para a história.

Drummond escreveu poemas e entrou para a história. Conjunção Pode-se definir a conjunção como um termo invariável, de natureza conectiva que pode criar relações de sentido (nexos) entre palavras ou orações. Usualmente, as provas costumam cobrar as relações

Leia mais

FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG

FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG FACULDADE GUANAMBI - FG EDITAL Nº. 09, DE 17 DE SETEMBRO DE 2014 OFICINAS DE APERFEIÇOAMENTO FG O DIRETOR ACADÊMICO ADMINISTRATIVO DA FACULDADE GUANAMBI, no uso de suas atribuições legais, e entendendo

Leia mais

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA

INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA INTRODUÇÃO À SINTAXE DA LÍNGUA PORTUGUESA FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO FRASE: todo enunciado de sentido completo capaz de estabelecer comunicação. Pode ser nominal ou verbal. Nominal: não possui verbo Exemplos:

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto.

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Conjunção As conjunções são vocábulos de função estritamente gramatical

Leia mais

Pra começo de conversa... ORAÇÃO PERÍODO

Pra começo de conversa... ORAÇÃO PERÍODO Orações Coordenadas Pra começo de conversa... FRASE ORAÇÃO PERÍODO FRASE Enunciado com sentido completo... Socorro! Socorro! Silêncio! A aula da professora Marisa é maravilhosa. Nós adoramos Gramática.

Leia mais

Preposição e Conjunção. Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar

Preposição e Conjunção. Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar Preposição e Conjunção Língua Portuguesa 2ª Série Profª Marianna Aguiar Preposição Conectam os termos dos sintagmas Locuções prepositivas são duas ou mais palavras que funcionam como preposição. Em uma

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 9º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português 1- Classifique as orações subordinadas substantivas destacadas em subjetivas ou objetivas diretas. a) Acredita-se

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 15 Palavras QUE e SE LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 15 Palavras QUE e SE AS PALAVRAS QUE E SE É acentuado e substituível por alguma coisa, qualquer coisa etc.; vem precedido de artigo ou numeral. Este professor

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LINGUAGENS GRAMÁTTICA: PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PROF.º PAULO SCARDUA APOSTILA 3: CAPÍTULO 11 DEFINIÇÃO Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

Resoluções de Atividades

Resoluções de Atividades Resoluções de Atividades Sumário Aula 24 Período composto por subordinação I...1 Aula 25 Período composto por subordinação II Período composto misto e reduzido...2 Aula 26 Regência verbal e nominal...

Leia mais

Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe:

Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe: CRASE Conceito: é a fusão de duas vogais da mesma natureza. No português assinalamos a crase com o acento grave (`). Observe: Obedecemos ao regulamento ( a + o ) Não há crase, pois o encontro ocorreu entre

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais A oração subordinada adverbial desempenha a função de adjunto adverbial: indica uma circunstância em que ocorre a ação do verbo da oração à qual se liga. Observe: Normalmente

Leia mais

Prof. Eduardo Pereira Machado

Prof. Eduardo Pereira Machado Prof. Eduardo Pereira Machado Período Simples Todos esperam sua volta. Período Composto Todos esperam que você volte. A comparação entre ambas permite concluir que: 1. No período simples, a função de objeto

Leia mais

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS

NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS NÃO SEPARAMOS POR VÍRGULA: SEPARAMOS OU MARCAMOS POR VÍRGULA: SUJEITO DO VERBO; APOSTO; VERBO DE SEUS COMPLEMENTOS; VOCATIVO; NOME DE SEUS COMPLEMENTOS ORAÇÕES DESLOCADAS OU OU ADJUNTOS. INTERCALADAS;

Leia mais

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Objetivos Compreender a relação sintática na construção do texto: orações subordinadas substantivas Conteúdos Oração

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel

Leia mais

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) PERÍODO COMPOSTO 1. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Oração principal (incompleta) Oração subordinada substantiva (aquilo que falta na or. Principal)

Leia mais

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui.

4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. 4) Entre o verbo e o predicativo. Ex.: Eu já fui professor. Professor eu já fui. Obs.: Na inversão, aparecerá a vírgula se houver predicativo pleonástico. Ex.: Professor, eu já o fui. predicativo: professor.

Leia mais

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 7 ọ ano (Regime 9 anos) 6 ạ série (Regime 8 anos) 1 ọ 2 ọ 1. Amarrando as idéias COESÃO Introdução ao conceito de coesão Introdução aos mecanismos básicos de coesão Ordem das palavras

Leia mais

Programa de Educação Continuada (PEC)

Programa de Educação Continuada (PEC) Programa de Educação Continuada (PEC) Curso de Morfossintaxe Odette G.L.Altmann de Souza Campos* Construções que se alternam Ontem vimos Você sair Que você saiu Sua saída Você saindo É preciso Que você

Leia mais

Artigo, Preposição, Conjunção

Artigo, Preposição, Conjunção Língua Portuguesa Artigo, Preposição, Conjunção Artigo Certa vez, ao passar por uma rua, encontrei uma menina chorando. A rua estava muito movimentada e a menina, sozinha, pediu-me auxílio. Definidos:

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: argumentação; tese; conectivos; coesão. Texto Gerador

PALAVRAS-CHAVE: argumentação; tese; conectivos; coesão. Texto Gerador APERFEIÇOAMENTO EM LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA - 3 EM Aluno: ALEXANDRA DA SILVA CALDAS Grupo:02 SÉRIE: 3º Ano BIMESTRE: 3º CICLO: 2º TUTOR(A): TATIANA FREIRE DE MOURA Tarefa: Roteiro de Atividades Original

Leia mais

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes 2012 São Subordinadas Substantivas as orações equivalentes a substantivos dos períodos simples. Exemplos: Período simples: Substantivo (núcleo do OD) Quero a sua presença

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS FRASE SIMPLES E FRASE COMPLEXA A frase pode ser constituída por uma ou mais orações. Uma oração é a unidade gramatical organizada à volta de um verbo. FRASE SIMPLES E

Leia mais

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS

QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS QUESTÕES DE PORTUGUÊS BANCA : EPL - CONCURSOS 1. Leia o texto abaixo para responder a questão - Em "Estima-se que os jogos das 32 seleções serão vistos por três milhões de torcedores nos 12 estádios que

Leia mais

USO DA CRASE. Bruna Camargo

USO DA CRASE. Bruna Camargo USO DA CRASE Bruna Camargo Conceito Fusão entre duas vogais idênticas. A + A = À Justificativa Sua correta utilização é, sobretudo, sinal de competência linguística em regência nominal e verbal, em se

Leia mais

PORTUGUÊS. aula. Crase II

PORTUGUÊS. aula. Crase II PORTUGUÊS aula Crase II Casos facultativos a) Antes de pronome possessivo feminino (singular): Ela pagou o curso a minha secretária. Ela pagou o curso à minha secretária. Casos facultativos b) Nomes de

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Período Composto Período Composto Coordenação Subordinação Orações subordinadas São orações sintaticamente dependentes uma das outras. As orações subordinadas

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia CLASSES GRAMATICAIS Parte 2 Professora Idilvânia 1 Existem 10 Classes Gramaticais Artigo Substantivo Adjetivo Advérbio Preposição Pronomes Verbo Conjunção Numeral Interjeição 2 PRONOME São estruturas que

Leia mais

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO

PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO PARTE V UNIDADE 01: OS TERMOS DA ORAÇÃO SUJEITO 01 1. comemorações 2. imagem 3. rio 4. soldados 5. major/coronel 6. quem 7. ninguém 8. alto-falantes 9. trocos 10. Tio 02 1. (3) 2. (2) 3. (1) 4. (2) 5.

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano Atividade: Orações Coordenadas Data: 8 de abril de 2008

Língua Portuguesa 9º ano Atividade: Orações Coordenadas Data: 8 de abril de 2008 Orações Coordenadas e Oração Intercalada. 1- Para conceituar a oração coordenada, vamos confrontá-la com a subordinada. Observe os enunciados que seguem: 1. Pedro falou-nos que ia embora. A B 2. Pedro

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais Finitas Consoante a natureza da relação existente entre a oração subordinada e a subordinante, aquela pode ser: 1. Temporal situa um acontecimento anterior ou posterior

Leia mais

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1

Sumário. Edital sistematizado Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português PARTE 1 Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

São orações subordinadas substantivas que funcionam como se fossem sujeitos da oração principal. Vejamos:

São orações subordinadas substantivas que funcionam como se fossem sujeitos da oração principal. Vejamos: Orações Subordinadas Substantivas Quando o modo como as orações se relacionam cria uma idéia de subordinação, em que uma das orações claramente depende estruturalmente da outra, temos os períodos compostos

Leia mais

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari.

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari. Português Conjunções Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONJUNÇÕES PARTE 1 1. (CESPE SDS-PE 2016) É importante, pois, que o médico estabeleça o momento de ocorrência do

Leia mais

SUMÁRIO ORTOGRAFIA... 29

SUMÁRIO ORTOGRAFIA... 29 SUMÁRIO CAPÍTULO I ORTOGRAFIA... 29 1. Ditongo... 31 2. Formas variantes... 35 3. Homônimos e parônimos... 36 4. Porque, por que, por quê, porquê... 44 5. Hífen... 45 6. Questões desafio... 50 CAPÍTULO

Leia mais

Lições de Português pela análise sintática

Lições de Português pela análise sintática Evanildo Bechara Professor Titular e Emérito da Universidade do Estado do Riy'deJãneÍro;(tJERj) e da Universidade Federal Fluminense (UFF) Membro da A caciemia 'Brasileira de Letras e da Academia Brasileira

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FUNÇÃO SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS

LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FUNÇÃO SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA FUNÇÃO SINTÁTICA DOS PRONOMES RELATIVOS Profª. Raquel Freitas Sampaio PARA QUE SABER Os pronomes relativos exercem um papel fundamental nas relações de vínculo e coesão entre

Leia mais

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Funções do substantivo Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Orações desenvolvidas São introduzidas por uma conjunção integrante (que,se); ou introduzidas por pronome

Leia mais