Plano de Gerenciamento de Configuração

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Plano de Gerenciamento de Configuração"

Transcrição

1 Plano de Gerenciamento de Configuração Controle de Versões Versão Data Autor Notas da Revisão /11/2016 Deborah Araujo Denis Ferreira Ezio Mendonça - Plano de gerenciamento de Configuração Página 1 de 7

2 Sumário 1 Introdução Objetivo Escopo do Projeto Evolução das mudanças Ferramentas, Ambientes e Infraestrutura Ambientes Estrutura do Repositório Controle de Configuração e Mudança Processamento e Aprovação de Solicitações de Mudança Comitê de Controle de Mudança (CCB) Estimativa do Status de Configuração Processo de Armazenamento de Mídia e Liberação do Projeto Relatórios e Auditorias Introdução O Plano de Gerenciamento de Configuração descreve todas as atividades do Gerenciamento de Controle de Configuração e Mudança que serão executadas durante o ciclo de vida do produto. Suas atividades envolvem: identificar a configuração do software, manter sua integridade durante o projeto e controlar sistematicamente as mudanças. 2 Objetivo O objetivo deste documento é criar um padrão a ser seguido por todos os membros da equipe com o intuito de garantir o maior controle do produto no decorrer do projeto. Para que isso aconteça serão detalhados os recursos necessários (equipes, ferramentas e ambiente), as responsabilidades atribuídas e o cronograma de atividades. Plano de gerenciamento de Configuração Página 2 de 7

3 3 Escopo do Projeto Este Plano de Gerenciamento de Configuração é destinados para todos os integrantes da Gyntech Soluções, empresa responsável pela criação e manutenção do software, e abrange todo o controle e gerenciamento da configuração do projeto de controle de acesso proposto no. Será feito um sistema web com visando a segurança do acesso. Nele serão mantidos 2 níveis de acesso ao sistema: um nível administrativo, com possibilidade de cadastramento de novos usuários do tipo administrator, bem como a edição desse cadastro como exclusão ou edição, cadastro de novos produtos com possibilidade de edição (exclusão e edição) e cadastramento de forma de pagamento; E outro nível do tipo cliente, que poderá comprar produtos, efetuar cadastro de cliente e visualizar grade de produtos. 4 Evolução das mudanças O Plano de Gerenciamento de Configuração deve ser mantido e atualizado para refletir o planejamento corrente. Dessa forma, as seguintes situações descrevem como serão iniciadas cada etapa do processo de manutenção das configurações de mudança, para atualização do plano e nova aprovação deste documento: Mudança nos itens de configuração, como se dará e a quem deve se reportar; Mudança na identificação dos arquivos, onde devem ser descritos e como; Mudança na identificação das Tags/Classes; Mudança no padrão de versionamento; Plano de gerenciamento do projeto 3 de 7

4 5 Ferramentas, Ambientes e Infraestrutura Ferramentas GitHub NetBeans Eclipse Postgres Descrição Ferramenta de controle de versão do software, serviço disponibilizado no endereço: https://github.com/mexiricas/loja_virtual Ferramenta de edição e execução do software, serviço disponibilizado nas maquinas disponíveis para os técnicos. Ferramenta de edição e execução do software, serviço disponibilizado nas maquinas disponíveis para os técnicos. Ferramenta de banco de dados para inserção dos dados gerados, serviço disponibilizado nas maquinas disponíveis para os técnicos. 5.1 Ambientes A execução de todas as tarefas deverão ser comitadas e colocadas imediatamente no repositório citado, independentemente de seu término. As ferramentas de desenvolvimento IDEs serão de livre escolha do desenvolvedor, desde que a mesma seja uma ferramenta de Software Livre, como: Eclipse e NetBeans. Plano de gerenciamento do projeto 4 de 7

5 6 Estrutura do Repositório O GitHub é uma plataforma de hospedagem de projetos de software que oferece, além de armazenamento de repositórios GIT, uma área do repositório específica para documentação online (Portal Wiki) e outra para controlar tarefas e mudanças no projeto (issues). Também é possível compartilhar o versionamento do software de forma gratuita, minimizando os custos do projeto. A fim de se ter melhor aproveitamento da plataforma e agilidade no ciclo de vida, todos os artefatos de software e o gerenciamento do projeto serão feito no GitHub e/ou em ferramentas integradas ao GitHub. 7 Controle de Configuração e Mudança 7.1 Processamento e Aprovação de Solicitações de Mudança O repositório é mantido e controlado em conjunto com os desenvolvedores do software, com o conhecimento da parte gestora. Todas as atividades em relação a mudanças no software, deverão ser avisadas previamente via a todos os integrantes do grupo de desenvolvimento. Os commits deverão conter textos detalhando o que foi modificado. Commits com textos não claros, sem conteúdo ou, com semântica desestruturadas serão reportadas a gerencia do projeto podendo acarretar penalidades a quem os efetuem. Toda nova solicitação de mudança, pedido de correção de bug, solicitação de nova funcionalidade, deve antes passar por uma análise de viabilidade e riscos. Se a mudança solicitada é analisada como inviável, deve-se então informar ao autor da solicitação o motivo pelo qual não serão realizados os ajustes e a solicitação deve ser fechada. Caso contrário, os desenvolvedores deverão planejar e executar as mudanças, todo o processo deve ser assistido pelo Gerente de Configuração e Gerente de Verificação e Validação. Caso seja necessário realizar mudanças que causaram grande impacto, Comitê de Mudança deve solicitar uma reunião para discutir o assunto. 7.2 Comitê de Controle de Mudança (CCB) O Comitê de Controle de Mudança (CCB) será responsável por avaliar o impacto, benefícios, riscos associados, além de aprovar e priorizar as mudanças submetidas no projeto. O Comitê é formado pelo Gerente de Configuração, pelos Desenvolvedores do Software e pelo Gerente de Projeto. O gerente de projeto ficará responsável por redigir as análises de viabilidade e riscos e o planejamento de mudanças, coordenar as reuniões, receber, organizar e comunicar informações referentes a mudanças e gerar a pauta, com antecedência de pelo menos um dia, e a ata com as decisões tomadas. Todos os documentos deverão ser disponibilizados em um único repositório para manter histórico de fácil acesso e consulta. Os documentos referentes ao projeto deverão respeitar os templates disponíveis nos e- mails dos integrantes da equipe do projeto. Plano de gerenciamento do projeto 5 de 7

6 As solicitações de mudança (SM) devem ser registradas, assim como as análises de viabilidade de riscos e o planejamento de mudanças, que estão disponíveis no repositório do projeto. Esse registro deverá ser feito via preenchendo o template correspondente e associando todos os responsáveis pela solicitação. A solicitação deve ser entregue ao CCB, antes de qualquer mudança, para que possa ser discutida em reunião. 8 Estimativa do Status de Configuração 8.1 Processo de Armazenamento de Mídia e Liberação do Projeto O repositório local deve ser sincronizado por todos os integrantes da equipe diariamente, garantindo assim, que todos tenham sempre a mesma versão do projeto. Deverão também ser mantidas copias do projeto em repositórios na nuvem, como Dropbox e Drive, para requisições futuras por um período de até 1 ano. Dessa forma existiram duas copias do projeto em locais diferentes. Plano de gerenciamento do projeto 6 de 7

7 8.2 Relatórios e Auditorias As auditorias, serão efetuadas com base nas documentações geradas na verificação e validação de software. Serão realizadas sempre antes da liberação das novas etapas para o cliente, sendo responsável por verificar se o que está sendo liberado para o cliente está completo, atendendo aos requisitos estabelecidos. A auditoria será responsável por verificar se os componentes estão presentes nas versões especificadas e confirmar a presença de todos os artefatos necessários. Caso, durante a auditoria, alguma falha seja encontrada (Item de Configuração não encontrado), os seguintes passos deverão ser executados: Identificação do problema, apresentando o que foi encontrado em desacordo com os requisitos e o que foi produzido. Identificar ação corretiva junto aos membros do CCB. Se for detectado a ausência de algum artefato, deve ser comunicado ao responsável para que ele possa ser incluído no gerenciamento de configuração. Se um artefato não foi feito, ou não está completo, deve-se colocar em pauta para reuniões futura e análise de atrasos recorrentes. Podendo este artefato ser inserido nas atividades subsequentes ou mesmo ser cancelado, caso não exista possibilidade de entrega em tempo hábil. Se uma solicitação (SM) estiver em aberto, deverá ser analisado qual o melhor encaminhamento, se deverá ser fechada, cancelada ou adiada. Obs: Um template para documento de Auditoria de Configuração (ACS) está disponível no da equipe CCB. Plano de gerenciamento do projeto 7 de 7

Versão: 1.0 Doc Manager

Versão: 1.0 Doc Manager Plano de Gerenciamento de Configuração versão 1.0 Desenvolvimento do Sistema de Gestão de Documentos Doc Manager Cliente: São José Agroindustrial Representante do cliente: Paulo José de Souza 1 Data: 10/04/2016

Leia mais

Políticas Organizacionais

Políticas Organizacionais Políticas Organizacionais Versão 1.4 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 11/10/2012 1.0 Revisão das políticas EPG 26/11/2012 1.1 Revisão do Item de customização EPG 24/10/2013 1.2 Revisão

Leia mais

Normas ISO:

Normas ISO: Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Normas ISO: 12207 15504 Prof. Luthiano Venecian 1 ISO 12207 Conceito Processos Fundamentais

Leia mais

CellBus Plano de Gerenciamento de Qualidade Versão (1.3)

CellBus Plano de Gerenciamento de Qualidade Versão (1.3) CellBus Plano de Gerenciamento de Qualidade Versão (1.3) HISTÓRICO DE ALTERAÇÕES Data Versão Descrição Autor 24/09/2016 1.0 Criação do Documento Cibellie Adrianne 27/09/2016 1.1 Modificações e Alterações

Leia mais

ISO/IEC Processo de ciclo de vida

ISO/IEC Processo de ciclo de vida ISO/IEC 12207 Processo de ciclo de vida O que é...? ISO/IEC 12207 (introdução) - O que é ISO/IEC 12207? - Qual a finalidade da ISO/IEC 12207? Diferença entre ISO/IEC 12207 e CMMI 2 Emendas ISO/IEC 12207

Leia mais

Administração de Projetos

Administração de Projetos Administração de Projetos gerenciamento do escopo Prof. Robson Almeida Gerenciamento do Escopo Sendo o primeiro passo do Planejamento do Projeto, esta fase identifica e documenta o trabalho que produzirá

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO AUTOR(ES) : João

ESPECIFICAÇÃO DE PROJETO AUTOR(ES) : João AUTOR(ES) : João AUTOR(ES) : João NÚMERO DO DOCUMENTO : VERSÃO : 1.1 ORIGEM STATUS : c:\projetos : Acesso Livre DATA DO DOCUMENTO : 22 novembro 2007 NÚMERO DE PÁGINAS : 13 ALTERADO POR : Manoel INICIAIS:

Leia mais

Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK

Plano de Gerenciamento do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK 2015 Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK Nathan Souza Leandro Cardoso Samuel Filipe Victor Hugo 01/12/2015 1 Histórico de alterações do documento Versão Alteração efetuada Responsável Data 1.0 Versão final

Leia mais

Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto. Introdução. Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco.

Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto. Introdução. Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco. Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto 1 Introdução Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco. 2 Introdução 3 Introdução 4 Introdução 5 Introdução O projeto se inicia com a definição de quais objetivos

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 26 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 26-21/07/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

Sistema de Gestão do Processo de Certificação ABNT (CERTO) Guia do Auditor

Sistema de Gestão do Processo de Certificação ABNT (CERTO) Guia do Auditor Pag. Nº 1/23 SUMÁRIO 1 Comentários Gerais 2 Login 3 Segurança do Sistema 4 Área Principal 5 Ferramentas de comunicação 6 Solicitação de serviço: identificação da auditoria 7 Solicitação de serviço: documentos

Leia mais

Termo de Abertura do Projeto

Termo de Abertura do Projeto [Inovar Recargas] 2016 Termo de Abertura do Projeto Baseado na 5ª edição do Guia PMBOK Modelo de documento de uso livre, desde que seja citada a fonte. Não se esqueça de sempre consultar o Guia PMBOK 5ª

Leia mais

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE VERSÃO EDUARDO SIEMANN ORIENTADOR: JHONY ALCEU PEREIRA ROTEIRO DE APRESENTAÇÃO Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Trabalhos Correlatos Desenvolvimento

Leia mais

PORTAL DO FORNECEDOR LOCAMERICA. Módulo Financeiro - Agosto/2015

PORTAL DO FORNECEDOR LOCAMERICA. Módulo Financeiro - Agosto/2015 PORTAL DO FORNECEDOR LOCAMERICA Módulo Financeiro - Agosto/2015 Principais Ferramentas do Portal Funcionalidades Consulta : Acompanhamento do pagamento das notas fiscais Consulta : Relatórios online de

Leia mais

CONTPATRI Plano de Garantia de Qualidade. Versão 1.1

CONTPATRI Plano de Garantia de Qualidade. Versão 1.1 CONTPATRI Plano de Garantia de Qualidade Versão 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 04/05/2013 1.0 Verificação do documento Emerson José Porfírio 21/04/2013 1.0 Elaboração do documento

Leia mais

ISO/IEC 12207: Manutenção

ISO/IEC 12207: Manutenção ISO/IEC 12207: Manutenção O desenvolvimento de um sistema termina quando o produto é liberado para o cliente e o software é instalado para uso operacional Daí em diante, deve-se garantir que esse sistema

Leia mais

Modelo de documentação Universidade de Brasília

Modelo de documentação Universidade de Brasília 1 OBJETIVO Assegurar o bom andamento de um projeto e desenvolvimento, conforme diretrizes regais de qualidade. 2 DEFINIÇÕES 2.1 WBS Work Breakdown Structure. Com base na técnica de decomposição que se

Leia mais

Desenvolvimento de Software

Desenvolvimento de Software PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações Total de Páginas:16 Versão: 1.0 Última Atualização: 26/07/2013 Índice

Leia mais

SISCOP. Documento de Requisitos SISTEMA DE CONTROLE DE PEDIDOS. Versão 1.3

SISCOP. Documento de Requisitos SISTEMA DE CONTROLE DE PEDIDOS. Versão 1.3 SISTEMA DE CONTROLE DE PEDIDOS Versão 1.3 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 29/8/21 1. Desenvolvimento do Adriano Marra 7/9/21 1.2 Correção dos problemas citados pelo Prof. Wilson Adriano

Leia mais

Gerenciamento do Escopo

Gerenciamento do Escopo Gerenciamento do Escopo Projeto - Ciclo de Vida Fases 3 EXECUÇÃO / CONTROLE 4 FECHAMENTO NÍVEL DE ATIVIDADE 1 CONCEPÇÃO / INICIAÇÃO 2 PLANEJAMENTO TEMPO Objetivos Apresentar os processos, ferramentas e

Leia mais

TERMO DE ABERTURA PROJETO PONTOCOB

TERMO DE ABERTURA PROJETO PONTOCOB TERMO DE ABERTURA PROJETO PONTOCOB Finalidade: Aplicabilidade: Controle do Documento: Esse documento contempla o Planejamento do Escopo do projeto PontoCob. Este documento é aplicável a todos os integrantes

Leia mais

PQ /04/

PQ /04/ PQ.06 03 02/04/2013 1-5 1. OBJETIVO Estabelecer sistematica para o processo de solicitação, análise crítica e preparação para a avaliação da conformidade. 2. DEFINIÇÕES Modelo de Avaliação da Conformidade:

Leia mais

O Service Desk é a plataforma de atendimento a usuários de sistemas fornecidos pela Equipo.

O Service Desk é a plataforma de atendimento a usuários de sistemas fornecidos pela Equipo. Introdução O Service Desk é a plataforma de atendimento a usuários de sistemas fornecidos pela Equipo. Por ela é possível reportar erros, solicitar informações, esclarecer dúvidas e solicitar melhorias.

Leia mais

Verificação e Validação. Ewelton Yoshio Fabrício Araújo

Verificação e Validação. Ewelton Yoshio Fabrício Araújo Verificação e Validação Ewelton Yoshio Fabrício Araújo Qual a diferença entre Verificação e Validação? Diferenças Verificação se preocupa em avaliar se o produto está sendo desenvolvido corretamente, enquanto

Leia mais

TUTORIAL GIT Victor Breder Comp-19 Março de 2017

TUTORIAL GIT Victor Breder Comp-19 Março de 2017 TUTORIAL GIT Victor Breder Comp-19 Março de 2017 1. INTRODUÇÃO Este tutorial tem como objetivo apresentar o necessário para um uso proficiente do git. Git é uma ferramenta de controle de versões VCS, ou

Leia mais

Áreas de Conhecimento, Técnicas de Análise de Negócio e Conceitos-Chave

Áreas de Conhecimento, Técnicas de Análise de Negócio e Conceitos-Chave Primeiro Módulo: Parte 3 Áreas de Conhecimento, Técnicas de Análise de Negócio e Conceitos-Chave AN V 3.0 [60] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com

Leia mais

PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO

PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO PROJETO INTEGRADO AULA 4 INTEGRAÇÃO E ESCOPO PROF.: KAIO DUTRA Gerenciamento da Integração do Projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos e as atividades necessárias para identificar,

Leia mais

Boletim Técnico. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) Desenvolvimento/Procedimento. Produto : Totvs Gestão de Pessoas Versão 12.1.

Boletim Técnico. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) Desenvolvimento/Procedimento. Produto : Totvs Gestão de Pessoas Versão 12.1. Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) Produto : Totvs Gestão de Pessoas Processo : Plano de Desenvolvimento Individual Subprocesso : Plano de Desenvolvimento Individual Data publicação da : 15/10/2014

Leia mais

Gerência da Configuração de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE

Gerência da Configuração de Software. Teresa Maciel DEINFO/UFRPE Gerência da Configuração de Software Teresa Maciel DEINFO/UFRPE 1 Propósito Garantir a integridade dos itens que compõem uma versão do produtos de software, através do controle de versões e mudanças dos

Leia mais

Sistema Mobi-Lar Engenharia de Software

Sistema Mobi-Lar Engenharia de Software INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA - CAMPUS DE PRESIDENTE EPITÁCIO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MÓDULO V Sistema Mobi-Lar Engenharia de Software

Leia mais

2. Os Serviços de Suporte Técnico e Atualização da SOLUÇÃO compreenderão: Recepção e Resolução de Chamados de Suporte.

2. Os Serviços de Suporte Técnico e Atualização da SOLUÇÃO compreenderão: Recepção e Resolução de Chamados de Suporte. Este documento descreve como deverão ser prestados os serviços de suporte técnico e atualização da solução de Gestão do Risco Operacional e Controles Internos, doravante chamada SOLUÇÃO, compreendendo

Leia mais

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP. Manual para realização de Download de Arquivos

Padrão ix. Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP. Manual para realização de Download de Arquivos Padrão ix Q-Ware Cloud File Publisher - QWCFP Manual para realização de Download de Arquivos Copyright 2000-2013 Padrão ix Sistemas Abertos Ltda. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste

Leia mais

Como criar, priorizar e manter o Product Backlog

Como criar, priorizar e manter o Product Backlog {aula # 4} Workshop Como criar, priorizar e manter o Product www.etcnologia.com.br (11) 9123-5358 (11) 9962-4260 Rildo F Santos twitter: @rildosan skype: rildo.f.santos http://rildosan.blogspot.com/ Todos

Leia mais

Material de Apoio. Portal de Atendimento Betha Sistemas

Material de Apoio. Portal de Atendimento Betha Sistemas Material de Apoio Portal de Atendimento Betha Sistemas Sumário 1. Portal de Atendimento Cliente Betha 1.1. Como realizar o acesso ao novo Portal de Atendimento 1.2. Como abrir um chamado pelo Portal de

Leia mais

Atualização de Cadastros de Funcionários

Atualização de Cadastros de Funcionários Atualização de Cadastros de Funcionários Atualização de Cadastros de Funcionários Agora os clientes dos escritórios contábeis, além de incluir novos funcionários, poderão realizar a atualização das informações

Leia mais

PROJETO INTEGRADO I OFICINA MECÂNICA

PROJETO INTEGRADO I OFICINA MECÂNICA PROJETO INTEGRADO I OFICINA MECÂNICA Carolina Pedrosa Santos 1380168 Rafaela Mendes Pereira 1380079 ESCOPO O Sistema de gerenciamento da oficina (SGO) tem por objetivo facilitar o atendimento ao cliente

Leia mais

ITIL v3 Transição de Serviço Parte 1

ITIL v3 Transição de Serviço Parte 1 ITIL v3 Transição de Serviço Parte 1 A Transição de Serviço é composto por um conjunto de processos e atividades para a transição de serviços no ambiente de produção. Aqui, deve-se encarar como um projeto

Leia mais

Bem Vindo ao Sistema ISSMAP

Bem Vindo ao Sistema ISSMAP Bem Vindo ao Sistema ISSMAP Portal de Emissão de Nota Fiscal de Serviço 1º Modulo: Cadastro no Sistema SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ACESSO... 3 1. REALIZANDO CADASTRO NO SISTEMA... 4 1.1 Pessoa Física... 5

Leia mais

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS

MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Manual de Normas e Procedimentos Capítulo PROCEDIMENTOS SETOR 1 MANUAL DE NORMAS E PROCEDIMENTOS Manual de Normas e Procedimentos Capítulo PROCEDIMENTOS SETOR 2 Índice 1.1- Coordenadores técnicos, almoxarifes,

Leia mais

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima

Gerência de Projetos e Qualidade de Software. Prof. Walter Gima Gerência de Projetos e Qualidade de Software Prof. Walter Gima 1 Plano de Ensino e Aprendizagem 2 3 Objetivos CONTEÚDO Se preparar para o inicio de um projeto Acompanhamento projeto Controles Métricas

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GO

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GO FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GO AUDITORIA E QUALIDADE DE SOFTWARE AUTORES GABRIEL DA SILVA DE MORAES MATHEUS PEREIRA DE OLIVEIRA TÁRIK ARAUJO DE SOUSA ROMERO HENRIQUE SANTOS FURTADO GOIANIA 2016 Sumário

Leia mais

e-sfinge Sistema de Fiscalização Integrada de Gestão RELATÓRIOS, DADOS, COMPETÊNCIA e CÓPIA DE SEGURANÇA

e-sfinge Sistema de Fiscalização Integrada de Gestão RELATÓRIOS, DADOS, COMPETÊNCIA e CÓPIA DE SEGURANÇA e-sfinge Sistema de Fiscalização Integrada de Gestão RELATÓRIOS, DADOS, COMPETÊNCIA e CÓPIA DE SEGURANÇA Versão 4.0 Vigência a partir de 01-01-2008 Relatórios Nesta tela do sistema Esfinge, o usuário do

Leia mais

Gerência de Configuração: Terminologia. Leonardo Gresta Paulino Murta

Gerência de Configuração: Terminologia. Leonardo Gresta Paulino Murta Gerência de Configuração: Terminologia Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Item de configuração Agregação de hardware e/ou software que será passível de gerência de configuração e tratado

Leia mais

Gerência de Configuração: Ramificação e Integração. Leonardo Gresta Paulino Murta

Gerência de Configuração: Ramificação e Integração. Leonardo Gresta Paulino Murta Gerência de Configuração: Ramificação e Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Existem diferentes estratégias de criação de ramos, que podem ser combinadas A seleção correta de estratégias possibilita

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário. Versão 1.0 SOLICITA SISTEMA DE SOLICITAÇÃO DE ACESSO Manual de Usuário Versão 1.0 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 05/08/2016 1.0 Criação do Artefato Eliene Carvalho MAPA/SE/SPOA/CGTI. Página 2 de

Leia mais

REGULAMENTO DA GERÊNCIA DE SERVIÇOS DO IMA/UFRJ

REGULAMENTO DA GERÊNCIA DE SERVIÇOS DO IMA/UFRJ REGULAMENTO DA GERÊNCIA DE SERVIÇOS DO IMA/UFRJ O presente regulamento visa estabelecer normas, procedimentos de funcionamento e atividades atribuídas à Gerência de Serviços, conforme estabelecido no Capítulo

Leia mais

Documento de Requisitos SISTEMA DE APOIO À ESCRITA (SAPES)

Documento de Requisitos SISTEMA DE APOIO À ESCRITA (SAPES) 1. Introdução 1.1 Propósito Documento de Requisitos SISTEMA DE APOIO À ESCRITA (SAPES) O propósito deste documento de especificação de requisitos é definir os requisitos do sistema SAPES - Sistema de Apoio

Leia mais

Especificação de Requisitos

Especificação de Requisitos Projeto/Versão: Versão 11.80 Conector Requisito/Módulo: 000552 - XXXXXXXX Sub-Requisito/Função: Transferência de Pneus Tarefa/Chamado: 01.07.01 País: Brasil Data Especificação: 29/04/13 Rotinas Envolvidas

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE SOFTWARE. Rosana Braga ICMC/USP

GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE SOFTWARE. Rosana Braga ICMC/USP GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE SOFTWARE Rosana Braga ICMC/USP Processo de Software DEFINIÇÃO CONSTRUÇÃO PRODUTO DE SOFTWARE MANUTENÇÃO Análise Planejamento Eng. Requisitos Projeto Codificação Teste Entendimento

Leia mais

Introdução a Teste de Software

Introdução a Teste de Software Universidade Católica de Pelotas Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina de Qualidade de Software Introdução a Teste de Software Prof. Luthiano Venecian 1 Conceitos Teste de software

Leia mais

Plataforma Sage Resumo da Escrituração

Plataforma Sage Resumo da Escrituração Plataforma Sage Resumo da Escrituração Objetivo Disponibilizado na Plataforma Sage um painel de controle e acompanhamento sobre o status das importações das notas fiscais de saída e entrada, de forma a

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS Unidade 3 Gerenciamento de Escopo. Luiz Leão

GESTÃO DE PROJETOS Unidade 3 Gerenciamento de Escopo. Luiz Leão Unidade 3 Gerenciamento de Escopo Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Conteúdo Programático Definição de escopo e gerenciamento de escopo Coleta de Requisitos Declaração de Escopo Restrições

Leia mais

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo

Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Gerabyte AFV (Automação de Força de Venda) Manual do Aplicativo Versão do Manual: 2.4 Versão do Aplicativo: 2.17.2 Conteúdo 1. Instalação do AFV...03 2. Configurações...04 3. Recebendo as tabelas...05

Leia mais

Projeto Manutenção SAP Web e Portal TRT

Projeto Manutenção SAP Web e Portal TRT Anexo VIII SOF 46/11 Projeto Manutenção SAP Web e Portal TRT Versão: 2.00 Índice 1 Introdução... 1.1 Objetivo... 1.2 Escopo... 1.3 Definições, Acrônimos e Abreviações... 1.4 Referências... 2 Gerenciamento

Leia mais

Organização para Realização de Teste de Software

Organização para Realização de Teste de Software Organização para Realização de Teste de Software Quando o teste se inicia há um conflito de interesses: Desenvolvedores: interesse em demonstrar que o programa é isento de erros. Responsáveis pelos testes:

Leia mais

PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANO DO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ 28/03/2016. PROFª MSc. HELOISA F.

PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANEJAMENTO CICLO PDCA PLANO DO PROJETO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ 28/03/2016. PROFª MSc. HELOISA F. SETOR DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL GESTÃO DE Prof.ª: MSc.: Heloisa Fuganti Campos 2 SUBMETIDA E APROVADA A PROPOSTA DO PROJETO PLANEJAMENTO PROCESSO DE PLANEJAMENTO

Leia mais

Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.)

Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) Gerenciamento do Escopo do Projeto (PMBoK 5ª ed.) De acordo com o PMBok 5ª ed., o escopo é a soma dos produtos, serviços e resultados a serem fornecidos na forma de projeto. Sendo ele referindo-se a: Escopo

Leia mais

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS

SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA PROCEDIMENTOS VTWEB CLIENT PROCEDIMENTOS Origem: ProUrbano Data de Criação: 22/03/2010 Ultima alteração: Versão: 1.3 Tipo de documento: PRO-V1. 0 Autor: Adriano

Leia mais

e-garantia Manual da Assistência Técnica

e-garantia Manual da Assistência Técnica Manual da Assistência Técnica Versão Ref.: V1.0 1. Índice 1. Índice 2. Introdução ao e-garantia 3. Glossário 4. Primeiro Acesso 4.1 Acesso ao Site 4.2 Troca de Senha 5. Inclusão do Orçamento 5.1 Incluir

Leia mais

1 Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DGTI) - Universidade Federal de Lavras

1 Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DGTI) - Universidade Federal de Lavras Descrição do processo de desenvolvimento de software com empresa contratada pela UFLA Bruno da Silva Gonçalves 1, Fernando Elias de Oliveira 1, Ramon Abílio 1 1 Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação

Leia mais

Novo Portal de Notas Fiscais

Novo Portal de Notas Fiscais Elektro Eletricidade e Serviços S.A. Rua Ary Antenor de Souza, 321, Jardim Nova América, CEP 13024-053 - Campinas/SP Novo Portal de Notas Fiscais Prezado fornecedor, Pensando na agilidade de atendimento

Leia mais

Guia do Processo de Teste Metodologia Celepar

Guia do Processo de Teste Metodologia Celepar Guia do Processo de Teste Metodologia Celepar Agosto de 2009 Sumário de Informações do Documento Documento: guiaprocessoteste.odt Número de páginas: 11 Versão Data Mudanças Autor 1.0 26/12/07 Criação.

Leia mais

Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207

Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207 Engenharia de Software 2o. Semestre

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo Declaração de Escopo Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 16/0/2011 1.00 Versão Inicial do Documento Rafael Faria Sumário 1 INTEGRANTES DO PROJETO 2 OBJETIVO DO PROJETO 3 - CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão dos funcionários admitidos a partir de 03/01/2011.

Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão dos funcionários admitidos a partir de 03/01/2011. 1/5 A PARTIR DA DATA DE EMISSÃO DESTE (05/01/2011), NÃO SERÃO ACEITAS CONTRATAÇÕES QUE NÃO ESTEJAM DE ACORDO COM O PROCEDIMENTO. 1. OBJETIVO Executar todos os passos envolvidos no processo de admissão

Leia mais

Teste de Software Projeto Real. Dinâmica entre equipes

Teste de Software Projeto Real. Dinâmica entre equipes Teste de Software Projeto Real Arilo Claudio Dias Neto - acdn@cos.ufrj.br Gladys Machado P. S. Lima - gladysmp@cos.ufrj.br Guilherme Horta Travassos - ght@cos.ufrj.br Dinâmica entre equipes Equipe de Desenvolvimento

Leia mais

Política de Auditoria Interna

Política de Auditoria Interna Política de Auditoria Interna 22 de outubro 2013 Define a missão, a independência, a objetividade, as responsabilidades e regulamenta a função da auditoria interna. ÍNDICE 1. OBJETIVO... 3 2. PÚBLICO ALVO...

Leia mais

Luiz Fernando Maurício de Souza Sidemar Fidelis Cezario. FDD Desenvolvimento dirigido a funcionalidades

Luiz Fernando Maurício de Souza Sidemar Fidelis Cezario. FDD Desenvolvimento dirigido a funcionalidades Luiz Fernando Maurício de Souza Sidemar Fidelis Cezario FDD Desenvolvimento dirigido a funcionalidades 2 Agenda FDD; Melhores práticas do FDD; Principais papéis; Processos. FDD Metodologia interativa e

Leia mais

NORMAS PARA O PROJETO DE GRADUAÇÃO

NORMAS PARA O PROJETO DE GRADUAÇÃO CENTRO TECNOLÓGICO - UFES COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL NORMAS PARA O PROJETO DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: CTE 04675 PROJETO EM ENGENHARIA CIVIL RESOLUÇÃO No. 01 / 04 - CCEC O Colegiado do Curso de

Leia mais

Manual do Usuário. Universidade Estadual de Roraima. Rua 7 de Setembro, 231, Canarinho. Boa Vista/RR. CEP:

Manual do Usuário. Universidade Estadual de Roraima. Rua 7 de Setembro, 231, Canarinho. Boa Vista/RR. CEP: Manual do Usuário Usando o Mantis para solicitar suporte Tela de Login Para ter acesso ao Mantis, você deverá digitar em seu navegador o link abaixo: http://intranet.uerr.edu.br. Basta digitar as mesmas

Leia mais

PLANO DO PROJETO. WebZine Manager. Versão 1.0

PLANO DO PROJETO. WebZine Manager. Versão 1.0 PLANO DO PROJETO Versão 1.0 Histórico de Versões Data Versão Descrição Autor Revisor Aprovado por Versão Inicial Rodrigo 18/11/2012 1.0 do documento Montes Responsáveis Rodrigo da Silva Montes João Carlos

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Visão Geral Profa.Paulo C. Masiero masiero@icmc.usp.br ICMC/USP Algumas Dúvidas... Como são desenvolvidos os softwares? Estamos sendo bem sucedidos nos softwares que construímos?

Leia mais

1 GLOSSÁRIO Área de TI Catálogo de serviços de TI Solicitante Chamado Formulário...

1 GLOSSÁRIO Área de TI Catálogo de serviços de TI Solicitante Chamado Formulário... Pág.: 1 de 21 SUMÁRIO 1 GLOSSÁRIO... 3 1.1 Área de TI... 3 1.2 Catálogo de serviços de TI... 3 1.3 Solicitante... 3 1.4 Chamado... 3 1.5 Formulário... 3 1.6 Situação do Chamado... 3 2 CATALOGO DE SERVIÇOS

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade INFOCAP TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LTDA A presente Política regula as condições gerais de coleta, uso, armazenamento, tratamento e proteção de dados nos sites, plataformas e aplicações

Leia mais

Acessar e Visualizar Treinamentos. Treinamento & Desenvolvimento

Acessar e Visualizar Treinamentos. Treinamento & Desenvolvimento Sumário 1. Acessar o Portal RH... 3 2.... 4 3. Solicitar Liberação de Treinamentos... 8 4. Navegar e Realizar um Treinamento... 14 5. A Visão do Gestor... 22 6. Gerar Relatórios... 24 6.1 Relatório de

Leia mais

SUMÁRIO 1. LOGIN DE ACESSO UNIMED E RECURSOS PRÓPRIOS SISTEMA CONSULTA DE BENEFICIÁRIOS AUTORIZAÇÃO...8

SUMÁRIO 1. LOGIN DE ACESSO UNIMED E RECURSOS PRÓPRIOS SISTEMA CONSULTA DE BENEFICIÁRIOS AUTORIZAÇÃO...8 GUIA DO USUÁRIO 2 SUMÁRIO 1. LOGIN DE ACESSO UNIMED E RECURSOS PRÓPRIOS...3 2. SISTEMA...4 3. CONSULTA DE BENEFICIÁRIOS...5 4. AUTORIZAÇÃO...8 5. ANÁLISE DA SUFICIÊNCIA DE REDE...13 6. CONSULTA DE PROCEDIMENTO

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso

Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de Conclusão de Curso Passo a passo para uso da ferramenta de orientação do TCC (Portal AVA) Guia do Aluno Todo processo de orientação do Trabalho de Conclusão de Curso TCC é feito através do

Leia mais

Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock

Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock Introdução à Gestão de Projetos; Gestão de Escopo; Gestão de Prazos; Gestão de Custos; Gestão de Pessoas; Gestão de Comunicação; Gestão

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLE DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS

POLÍTICA DE CONTROLE DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS POLÍTICA DE CONTROLE DE INFORMAÇÕES CONFIDENCIAIS Junho/2016 1 Índice 1. OBJETIVO... 3 2. ABRANGÊNCIA... 3 3. CONTROLES FÍSICOS e LÓGICOS... 3 4. SIGILO BANCÁRIO... 4 5. PADRÃO DE CONDUTA... 4 6. INFORMAÇÕES

Leia mais

MDS METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE - DATASUS

MDS METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE - DATASUS MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA EXECUTIVA SE DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA DO SUS - DATASUS COORDENAÇÃO-GERAL DE ANÁLISE E MANUTENÇÃO MDS METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE - DATASUS Todos os direitos

Leia mais

MANUAL Pedidos On-Line

MANUAL Pedidos On-Line MANUAL Pedidos On-Line ÍNDICE INTRODUÇÃO... 3 O QUE É PEDIDOS ON-LINE... 3 QUEM PODE UTILIZAR... 3 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA ACESSO... 4 ACESSANDO O PEDIDOS ON-LINE... 5 COMO REGISTRAR UM PEDIDO... 7

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PO Procedimento Operacional

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PO Procedimento Operacional E AÇÃO PREVENTIVA PO. 09 10 1 / 5 1. OBJETIVO Descrever a forma como o produto ou serviço não conforme deve ser controlado, a fim de se prevenir a sua utilização ou entrega não intencional ao cliente.

Leia mais

GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES

GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES SETOR DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL GERENCIAMENTO DE AQUISIÇÕES Gerenciamento de Aquisições 2 O gerenciamento de aquisições do projeto inclui os processos

Leia mais

Universidade Estadual Vale do Acaraú Disciplina: Análise e Projeto Orientado a Objetos Professora: Raquel Silveira DESCRIÇÃO DO TRABALHO PARA 3ª AP

Universidade Estadual Vale do Acaraú Disciplina: Análise e Projeto Orientado a Objetos Professora: Raquel Silveira DESCRIÇÃO DO TRABALHO PARA 3ª AP Universidade Estadual Vale do Acaraú Disciplina: Análise e Projeto Orientado a Objetos Professora: Raquel Silveira DESCRIÇÃO DO TRABALHO PARA 3ª AP Objetivo: O objetivo do trabalho é desenvolver uma análise

Leia mais

Guia de Uso. Certisign MobileID - Apple IOS

Guia de Uso. Certisign MobileID - Apple IOS Certisign Certificadora Digital Certisign 2016 2/67 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO... 3 3. REQUISITOS... 3 4. SOLICITAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL PARA O MOBILEID... 4 5. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

Leia mais

1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para elaboração e controle dos documentos e registros do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ).

1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para elaboração e controle dos documentos e registros do Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ). Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO PROCEDIMENTO DE CONTROLE DE DOCUMENTOS E REGISTROS Responsável: Juliana Maria Gomes de Almeida Alves Cópia Controlada

Leia mais

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos

[PÚBLICA] Manual Operacional. Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet. Produto: Veículos 1 [PÚBLICA] Manual Operacional Sistema GEUI Gestão de Usuários da Internet Produto: Veículos ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1. Objetivo do Manual... 3 1.2. Público Alvo... 3 1.3. Conteúdo do Manual... 3 2.

Leia mais

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO

A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO A marca que mais respeita você. Primeiro ACESSO Bem-vindo à VR Benefícios Entendemos a importância deste benefício aos seus funcionários e por isso queremos estar com você neste momento. Utilize este guia

Leia mais

TI. 01 BACK UP MACROPROCESSO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROCESSO BACK UP

TI. 01 BACK UP MACROPROCESSO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROCESSO BACK UP 1 de 8 BACK UP MACROPROCESSO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROCESSO BACK UP BACK UP 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 5. REGISTROS... 6 6. HISTÓRICO

Leia mais

POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS

POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS Laboratórios da Área da Informática Política de Manutenção e Aquisição de Equipamentos Laboratórios da Área de Informática Universidade Anhembi Morumbi

Leia mais

Manual Pessoa Jurídica DATAPROM DATAPROM. Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Revisão 01 / Março Manual de Pessoa Jurídica. Pág.

Manual Pessoa Jurídica DATAPROM DATAPROM. Sistema de Bilhetagem Eletrônica. Revisão 01 / Março Manual de Pessoa Jurídica. Pág. Manual de Pessoa Jurídica Sistema de Bilhetagem Eletrônica DATAPROM Manual Pessoa Jurídica DATAPROM Revisão 01 / Março 2015 www.dataprom.com Pág. 1 Índice Introdução... 3 1. Login, Senha e Cadastro...

Leia mais

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº

- REGIMENTO INTERNO. Secretaria de Comunicação. Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº /06 e Nº - REGIMENTO INTERNO Secretaria de Comunicação Leis Nº 6.529/05 e Nº 6.551/06, Decretos Nº 12.659/06 e Nº 15.052 I - Secretaria Executiva: - assessorar o Secretário Municipal no exercício de suas atribuições;

Leia mais

Processo de Gerenciamento do Catálogo de Serviços de TIC

Processo de Gerenciamento do Catálogo de Serviços de TIC de TIC Escritório de Gerenciamento de Processos de Tecnologia da Informação e Comunicação EGPr-TIC João Pessoa 2016 Versão 1.0 Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região Desembargador Presidente Ubiratan

Leia mais

Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação

Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação Conselho Acadêmico do Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação Regulamento do AVA Ambiente Virtual de Aprendizagem São Paulo Abril de 2017 1

Leia mais

Projeto MyHonda. Versão Nossa tecnologia para o seu sucesso

Projeto MyHonda. Versão Nossa tecnologia para o seu sucesso Projeto MyHonda Versão 6.14 Nossa tecnologia para o seu sucesso ÍNDICE Considerações Gerais... 3 Configurações Gerais... 4 Parâmetro de Envio... 28 Recepção MyHonda... 29 Aplicativo de Envio... 30 Controle

Leia mais

Manual do Usuário. Requisição de Veículos

Manual do Usuário. Requisição de Veículos Manual do Usuário Requisição de Veículos Índice de capítulos Parte I - Visão geral dos requisitos.................................. 01 1 - Cadastro de usuários........................ 01 2 - Definição

Leia mais

Procedimento Operacional Nome do procedimento: Calibração, Aferição, Instrumentação e Ferramentaria Data da Revisão: 24/04/2012

Procedimento Operacional Nome do procedimento: Calibração, Aferição, Instrumentação e Ferramentaria Data da Revisão: 24/04/2012 Data da 1/ 7 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Alteração dos números dos Registros e inclusão do Item 4 Diretoria de Negócio Vendas Service SGI Qualidade Suprimentos

Leia mais

Instalação e utilização do Software Pináculo SMS

Instalação e utilização do Software Pináculo SMS Instalação e utilização do Software Pináculo SMS Características do produto Pináculo SMS: Sem limite de quantidade de envios de SMS; Limite de 140 caracteres por mensagem; Histórico de mensagens enviadas

Leia mais

UNIESP PAGA UNIESP SOCIAL

UNIESP PAGA UNIESP SOCIAL UNIESP PAGA UNIESP SOCIAL ORIENTAÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO RELATÓRIO MENSAL DE CONTRAPARTIDA SOCIAL VF-01/MAIO/2014 1 Sumário 1. Aba Lista de Relatórios Aguardando Avaliação... 3 1.1. Regras para adicionar

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA Cartório 24 Horas INTRODUÇÃO A Extranet Cartório 24 Horas permite a solicitação de qualquer tipo de Certidão junto aos Cartórios e outros órgãos de todos os estados Brasileiros.

Leia mais