Meses. (siga S4) (siga S5)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Meses. (siga S4) (siga S5)"

Transcrição

1 Módulo S - Atendimento Pré-natal Agora vou lhe fazer perguntas sobree o atendimento pré-natal. [Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas àss mulheres último parto posteriores a / / ) que tiveram o S1. Na última vez que a sra esteve grávida, a sra fez pré-natal? (siga S2) (passe ao S44) ) S2. Na última vez que a sra esteve grávida a sra recebeuu o cartão de pré-natal? (siga S3) S3. Com quantos meses de gravidez a sra iniciou o pré-natal? Meses (siga S4) S4. Quantas consultas de pré-natall a sra teve? Consultas (siga S5)

2 S5. Onde foi realizada a maioria das consultas do pré-natal? 1. Unidade básica de saúde (posto ou centro de saúde ou unidade de saúde da família) 2. Centro de Especialidades, Policlínica pública ou PAM Posto de Assistência Médica 3. Ambulatório de hospital público 4. Consultório particular 5. Ambulatório ou consultório de clínica privada 6. Ambulatório ou consultório de empresa ou sindicato (siga S6) 7. Outro (Especifique: ) S6. As consultas do pré-natal foram cobertas por algum plano de saúde?, todas 2. Sim, algumas 3. Não, nenhuma (siga S7) S7. A sra pagou algum valor pelas consultas do pré-natal? (Entrevistador: Se a entrevistada responder que pagou mas teve reembolso total, marque a opção 2) (siga S8) S8. As consultas do pré-natal foram feitas através do Sistema Único de Saúde (SUS)?, todas 2. Sim, algumas 3. Não, nenhuma 4. Não sabe (siga S9) S9. Quem a atendeu na maioria das consultas? 1. Médico 2. Enfermeira 3. Técnico ou auxiliar de enfermagem 4. Parteira 5. Outro (Especifique: ) (siga S10)

3 S10. Durante as consultas de pré-natal, a sra recebeu algum dos seguintes aconselhamentos? a. Não faltar às consultas agendadas (siga S10b) b. Manter uma alimentação saudável (siga S10c) c. Não fumar (siga S10d) d. Não beber (siga S10e) e. Não fazer uso de tintura/alisamento de cabelo (siga S11) S11. Durante as consultas de pré-natal, a sra recebeu alguma destas orientações? a. Sobre sinais de trabalho de parto (siga S11b) b. Sobre sinais de risco na gravidez (siga S11c) c. Sobre aleitamento materno (siga S12)

4 S12. Durante o pré-natal a sra foi informada sobre a qual serviço de saúde a sra deveria ir no momento do parto? (siga S13) S13. Mediram a sua altura na primeira consulta de pré-natal? (siga S14) S14. Durante o pré-natal, em quantas consultas: a. Mediram sua pressão arterial? S14b) 1. Todas 2. Algumas 3. Nenhuma (siga b. Mediram o seu peso? 1. Todas 2. Algumas 3. Nenhuma (siga S14c) c. Mediram a sua barriga? (fundo de útero) 1. Todas 2. Algumas 3. Nenhuma (siga S14d) d. Ouviram o coração do bebê? 1. Todas 2. Algumas 3. Nenhuma (siga S14e) e. Examinaram suas mamas? 1. Todas 2. Algumas 3. Nenhuma (siga S15)

5 S15. Em alguma consulta do pré-natal o médico ou enfermeiro falou que sua pressão estava alta? (siga S16) (passe ao S20) S16. O médico ou enfermeiro explicou sobre os riscos da pressão alta para a sra e para o bebê? (siga S17) S17. A sra foi encaminhada para consulta com médico especialista por causa da pressão alta? (siga S18) (passe ao S20) S18. A sra foi à consulta com o médico especialista? (passe ao S20) (siga S19) S19. Qual o principal motivo da sra não ter ido à consulta com o especialista? 01. Não conseguiu marcar 0 achou necessário 03. Não sabia quem procurar ou aonde ir 04. Estava com dificuldades financeiras 05. O plano de saúde não cobria a consulta 06. O serviço de saúde era muito distante S O tempo de espera no serviço de saúde era muito grande 08. O horário de funcionamento do serviço de saúde era incompatível com as atividades de trabalho ou domésticas 09. Não havia especialista no serviço de saúde 10. Outro (Especifique: ) (siga S20) S20. Durante o pré-natal, a sra fez exame de sangue? (siga S21) (passe ao S33)

6 S21. Em alguma consulta do pré-natal o médico ou enfermeiro falou que seu exame de sangue mostrou açúcar alto (presença de diabetes)? (siga S22) (passe ao S27) S22. O médico ou enfermeiro explicou os riscos do açúcar alto no sangue para a sra e seu bebê? (siga S23) S23. Explicaram sobre a alimentação que a sra deveria ter para ajudar a controlar o açúcar no sangue? (siga S24) S24. A sra foi encaminhada para consulta com médico especialista por causa do diabetes? (siga S25) (passe ao S27) S25. A sra foi à consulta com o médico especialista? (passe ao S27) (siga S26)

7 S26. Qual o principal motivo da sra não ter ido à consulta com o médico especialista? 01. A consulta está marcada, mas ainda não foi à consulta 0 conseguiu marcar 03. Não achou necessário 04. Não sabia quem procurar ou aonde ir 05. Estava com dificuldades financeiras 06. Teve dificuldades de transporte 07. O tempo de espera no serviço de saúde era muito grande 08. O plano de saúde não cobria a consulta 09. O serviço de saúde era muito distante 10. O horário de funcionamento do serviço de saúde era incompatível com as atividades de trabalho ou domésticas 11. Outro (Especifique: ) (siga S27) S27. Durante o atendimento pré-natal a sra realizou exame de sangue para sífilis? (siga S28) 3. Não sabe (passe ao S33) S28. A sra recebeu o resultado do exame para sífilis antes do parto?, foi negativo (passe ao S33) 2. Sim, foi positivo (siga S29) 3. Não recebeu o resultado/não foi informada antes do parto (passe ao S33) S29. A sra recebeu tratamento para sífilis?, antes do parto 2. Sim, depois do parto 3. Não (siga S30) S30. A sra foi orientada a usar preservativo? (siga S31)

8 S31. Foi pedido exame de sífilis paraa o seu parceiro? (siga( S32) S32. O seu parceiro foi tratado? (siga S33) ) S33. Durante seu pré-natal, foi solicitado o teste para HIV? 3. Não sabe (siga S34) (passe ao S35) S34. A sra fez o teste de HIV?, pois já sabia que estava infectadaa pelo HIV 3. Não concordei em ser testada (siga S35) S35. Durante o atendimento pré-natal a sra realizou exame de d urina? (siga S36) S36. Durante o pré-natal, quantos exames de ultrasonografiaa foram solicitados? Exames 0. Nenhum Obs. Ao clicar em 0. Nenhum a variável S36 é preenchida com zeros. Se S36 = 00, passe ao S42. Caso contrário, siga S37.

9 S37. A sra conseguiu realizar os exames de ultrassonografia solicitados?, todos (passe ao S39) 2. Sim, alguns 3. Não, nenhum (siga S38) S38. Qual o principal motivo da sra não ter conseguido fazer todos os exames de ultras-sonografia solicitados? 01. Não conseguiu marcar 0 achou necessário 03. Não sabia quem procurar ou aonde ir 04. Estava com dificuldades financeiras 05. Teve dificuldades de transporte 06. O serviço de saúde era muito distante 07. O tempo de espera no serviço de saúde era muito grande 08. O horário de funcionamento do serviço de saúde era incompatível com as atividades de trabalho ou domésticas 09. Não havia especialista no serviço de saúde para fazer o exame 10. Não havia equipamento disponível no serviço de saúde 11. O plano de saúde não cobria todos os exames 12. Outro (Especifique: ) Se S37 = 3, passe ao S42. Caso contrário, siga S39. S39. Os exames de ultrassonografia foram cobertos por algum plano de saúde?, todos 2. Sim, alguns 3. Não, nenhum (siga S40) S40. A sra pagou algum valor pelos exames de ultrassonografia? (Entrevistador: Se a entrevistada responder que pagou mas teve reembolso total, marque a opção 2) (siga S41)

10 S41. Os exames de ultrassonografia foram feitos através do Sistema Único de Saúde (SUS)?, todos 2. Sim, alguns 3. Não, nenhum 4. Não sabe (sigaa S42) S42. Quanto tempo antes do parto foi a sua última consulta de pré-natal? 1. Menos de 7 dias 2. De 7 a 14 dias 3. De 15 a 30 dias 4. Mais de 30 dias 5. Não sabe, não lembra (siga S43) S43. Com quantos meses de gravidez a sra estava na última consulta de pré-natal? Meses (siga S44) S44. Qual o seu peso antes de engravidar? Kilograma 0. Não sabe s Obs. Ao clicar em 0. Nenhum a variável S44 é preenchida com zeros. (siga S45)

11 S45. Quantos quilos a sra engordou na gestação? Kilograma 0. Não sabe Obs. Ao clicar em 0. Nenhum a variável S45 é preenchida com zeros. (siga S46) Agora, vamos lhe fazer perguntas sobre a assistência ao último parto. S46. Quem a atendeu no último parto? 1. Médico 2. Enfermeira 3. Parteira 4. Auxiliar de enfermagem 5. Estudantes de enfermagem ou medicina 6. Outra pessoa (parente, amigo, vizinho) sem treinamento 7. Ninguém (siga S47) S47. Onde foi realizado o seu último parto? 1. Hospital ou maternidade 2. Casa de parto 3. Outro tipo de serviço de saúde 4. Em casa 5. Outro (Especifique: ) (passe ao S56) S48. O parto foi realizado no estabelecimento de saúde indicado no pré-natal? 3. Não houve indicação (siga S49) S49. O parto foi realizado no primeiro estabelecimento de saúde que procurou? (passe ao S51) (siga S50)

12 S50. Quantos estabelecimentos dee saúde a internação para o parto? sra teve que ir até conseguir a Estabelecimentos (siga S51) S51. O parto foi coberto por algum plano de saúde? (siga S52) S52. A sra pagou algum valor pelo parto? (Entrevistador: Se responder que pagou mas teve t reembolso total, marque a opção 2) a entrevistada (siga S53) S53. O parto foi feito através do Sistema Único de Saúde (SUS)? 3. Não sabe (siga S54) S54. O seu companheiro ou algumaa pessoa da família, ou amiga ficou com a sra durante o trabalho de parto? (passe ao S56) (siga S55) S55. Por que a sra não teve acompanhante durante o trabalho de parto? 1. Não sabia que podia quis 3. Não deixaram 4. Não tinha quem a acompanhasse (siga S56)

13 S56. O seu parto foi: 1. Vaginal (passe( ao S59) 2. Cesáreo (siga( S57) S57. A cesariana foi marcada com antecedência, durantee o pré-natal? (siga S58) S58. Qual o principal motivo da sraa ter tido parto cesáreo? 1. Já tinha um parto cesáreo anterior 2. Queria ligar as trompas t 3. Não queria sentir a dor do parto/por ser mais conveniente 4. Por escolha do médico durante o pré-natal 5. Indicação médica por complicações na gravidez ou o no trabalho de parto 6. Indicação médica porque não entrou em trabalho de parto (siga S59) 7. Outro (Especifique: ) S59. Quantos meses de gravidez a sra tinha no momento do parto? Meses 0. Não sabe Obs. Ao clicar em 0. Não sabe a variável S59 é preenchida com c zeros. (siga S60) S60. Qual o peso do bebê ao nascer?? Gramas 0. Nãoo sabe Obs. Ao clicar em 0. Não sabe a variável S60 é preenchida com c zeros. (siga S61)

14 S61. O bebê nasceu vivo? 2. Sim, mas morreu depois (siga S62) 3. Não, nasceu morto (passe ao S64) S62. Após o parto, para onde o bebêê foi encaminhado(a)?? 1. Alojamento conjunto 2. Berçário 3. UI (Unidade Intermediária) ) 4. UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) 5. Transferido paraa outro estabelecimento de saúde 6. Outro (Especifique: )) Se S61 = 1, passe ao S64. Caso contrário, siga 63. S63. Com que idade o bebê morreu?? Horas Dias Meses (siga S64) S64. dias A sra fez consulta de puerpério (consulta com médico ou enfermeiro até 42 após o parto)?, 3. Não, apesar de ter t recebidoo orientação para fazer pois não recebeu orientação para fazer (Encerre o módulo. Passe ao Módulo U: Saúde Bucal)

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Atendimento Pré-natal

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Atendimento Pré-natal Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Atendimento Pré-natal Sumário Origem dos dados... 4 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 5 Variáveis de conteúdo... 5 %Gestantes com pré-natal... 5

Leia mais

[Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a / / )

[Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a / / ) Módulo S. Atendimento Pré-natal Agora vou lhe fazer perguntas sobre o atendimento pré-natal. [Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a

Leia mais

N2. Na última vez que a sra esteve grávida a sra recebeu o cartão de pré-natal? 1. Sim 2. Não

N2. Na última vez que a sra esteve grávida a sra recebeu o cartão de pré-natal? 1. Sim 2. Não Módulo N - Atendimento Pré-natal Agora vou lhe fazer perguntas sobre o atendimento pré-natal [Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a

Leia mais

J. Desempenho do Sistema de Saúde Horário de Início :

J. Desempenho do Sistema de Saúde Horário de Início : J. Desempenho do Sistema de Saúde Horário de Início : Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre o uso dos serviços de saúde, dificuldades para conseguir o atendimento e sua avaliação sobre o atendimento

Leia mais

D. Morbidade Horário de Início : :

D. Morbidade Horário de Início : : D. Morbidade Horário de Início : : Agora vou perguntar sobre doenças crônicas e infecciosas. Vou fazer perguntas sobre diagnóstico de doenças, uso dos serviços de saúde e tratamento dos problemas. D1 D2

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde

Pesquisa Nacional de Saúde Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional de Saúde 21/08/15 Histórico INVESTIGAÇÃO DO TEMA SAÚDE... 1998 2003 2008 2013 PNAD Características da PNS Pesquisa Domiciliar

Leia mais

Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a saúde bucal (dentes e gengivas) e assistência odontológica.

Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a saúde bucal (dentes e gengivas) e assistência odontológica. Módulo U. Saúde Bucal Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a saúde bucal (dentes e gengivas) e assistência odontológica. U1. Com que frequência o(a) sr(a) escova os dentes? 1. Nunca escovei os dentes

Leia mais

X00301 13. Outro (Especifique: ) (siga X4)

X00301 13. Outro (Especifique: ) (siga X4) Módulo X. Atendimento médico Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre o atendimento médico, acesso ao atendimento e sua avaliação sobre o atendimento recebido no serviço de saúde. X1. Quando foi a última

Leia mais

Situação de saúde, utilização de serviços e qualidade da atenção em crianças e seus familiares nas regiões Sul e Nordeste do Brasil

Situação de saúde, utilização de serviços e qualidade da atenção em crianças e seus familiares nas regiões Sul e Nordeste do Brasil Universidade Federal de Pelotas Departamento de Medicina Social Ministério da Saúde SAS - DAB CAA Situação de saúde, utilização de serviços e qualidade da atenção em crianças e seus familiares nas regiões

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas hipertensão arterial Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas hipertensão arterial Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas hipertensão arterial Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo...

Leia mais

Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a saúde bucal (dentes e gengivas) e assistência odontológica. (siga U2)

Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a saúde bucal (dentes e gengivas) e assistência odontológica. (siga U2) Módulo U - Saúde Bucal Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a saúde bucal (dentes e gengivas) e assistência odontológica. U1. Com que frequência o(a) sr(a) escova os dentes? 1. Nunca escovei os dentes

Leia mais

Módulo K - Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais e cobertura de mamografia entre mulheres de 50 anos e mais

Módulo K - Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais e cobertura de mamografia entre mulheres de 50 anos e mais Módulo K - Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais e cobertura de mamografia entre mulheres de 50 anos e mais Para mulheres de 50 a 59 anos de idade realizar apenas as perguntas K40 a K43 e K62. Primeiramente,

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas diabetes Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas diabetes Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas diabetes Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Nunca mediram

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL

A IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL A IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL Programa BemVindo - www.bemvindo.org.br A OMS - Organização Mundial da Saúde diz que "Pré-Natal" é conjunto de cuidados médicos, nutricionais, psicológicos e sociais, destinados

Leia mais

1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim. 1. Sim 2. Não. 1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim

1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim. 1. Sim 2. Não. 1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim ..... I. Saúde dos Idosos (indivíduos com 60 anos e mais) Horário de Início :. Primeiramente, gostaria de fazer algumas perguntas sobre os primeiros 15 anos de sua vida.. I1 I2 I3 Como o(a) sr(a) descreveria

Leia mais

Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade)

Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. R1. Quando foi

Leia mais

G. Crianças com Menos de 2 Anos Horário de Início :

G. Crianças com Menos de 2 Anos Horário de Início : G. Crianças com Menos de 2 Anos Horário de Início : As perguntas deste módulo são dirigidas às crianças do domicílio que ainda não completaram 2 anos de idade. No caso de mais de uma criança, escolher

Leia mais

R2. Qual o principal motivo da sra nunca ter feito um exame preventivo? 01. Nunca teve relações sexuais 02. Não acha necessário 03.

R2. Qual o principal motivo da sra nunca ter feito um exame preventivo? 01. Nunca teve relações sexuais 02. Não acha necessário 03. Módulo R. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. R1. Quando foi a

Leia mais

Preparando a casa para receber o bebê

Preparando a casa para receber o bebê Preparando a casa Preparando a casa para receber o bebê Vamos ensinar aos pais os direitos das crianças? Está chegando a hora do bebê nascer. A família deve ajudar a gestante a preparar a casa para a chegada

Leia mais

A hipertensão nas gestantes é a causa de mais de 90% dos partos prematuros não

A hipertensão nas gestantes é a causa de mais de 90% dos partos prematuros não Hipertensão é a maior causa de partos prematuros não espontâneos. Pesquisa orientada pelo Caism da Unicamp envolveu 20 hospitais no Brasil. Mães contam experiência em partos prematuros e seus bebês em

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013

AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO 2013 1 AVALIAÇÃO DOS PLANOS DE SAÚDE PELOS USUÁRIOS ANO II SÃO PAULO Temas 2 Objetivo e metodologia Utilização dos serviços do plano de saúde e ocorrência de problemas Reclamação ou recurso contra o plano de

Leia mais

Origem dos dados... 3. Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4. Variáveis de conteúdo... 4

Origem dos dados... 3. Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4. Variáveis de conteúdo... 4 Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Doenças Crônicas artrite/reumatismo, problema crônico de coluna, distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho (DORT), depressão e outros problemas mentais Notas

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DA PUÉRPERA HIV* Recomendações do Ministério da Saúde Transcrito por Marília da Glória Martins

ACOMPANHAMENTO DA PUÉRPERA HIV* Recomendações do Ministério da Saúde Transcrito por Marília da Glória Martins ACOMPANHAMENTO DA PUÉRPERA HIV* Puerpério Imediato Acompanhamento da puérpera HIV* 1. Inibir a lactação através do enfaixamento das mamas com ataduras ou comprimindo-as com um top e evitando, com isso,

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Centro de Pesquisas Epidemiológicas Coorte de Nascimentos de 2015 VISITA DE 3 MESES QUESTIONÁRIO GEMELAR

Universidade Federal de Pelotas Centro de Pesquisas Epidemiológicas Coorte de Nascimentos de 2015 VISITA DE 3 MESES QUESTIONÁRIO GEMELAR Universidade Federal de Pelotas Centro de Pesquisas Epidemiológicas Coorte de Nascimentos de 2015 VISITA DE 3 MESES QUESTIONÁRIO GEMELAR INFORMAÇÕES DO PERINATAL A CONFIRMAR/CORRIGIR 0a. Qual o seu nome

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs

VAMOS FALAR SOBRE. AIDS + DSTs VAMOS FALAR SOBRE AIDS + DSTs AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) atinge indiscriminadamente homens e mulheres e tem assumido proporções assustadoras desde a notificação dos primeiros

Leia mais

Nome da Unidade de Atenção Básica: Tipo da Unidade: Número do CNES: Data da Visita: Emissor do Questionário: Número do Protocolo:

Nome da Unidade de Atenção Básica: Tipo da Unidade: Número do CNES: Data da Visita: Emissor do Questionário: Número do Protocolo: ASPECTO DO FORMULÁRIO: ACESSIBILIDADE NA UNIDADE DE SAÚDE 1) SOBRE ACESSIBILIDADE NAS DEPENDÊNCIAS DA UNIDADE: a) A unidade tem acessibilidade em todos os ambientes? (i) Onde não há? b) Todas as entradas

Leia mais

Diabetes Gestacional

Diabetes Gestacional Diabetes Gestacional Introdução O diabetes é uma doença que faz com que o organismo tenha dificuldade para controlar o açúcar no sangue. O diabetes que se desenvolve durante a gestação é chamado de diabetes

Leia mais

Preparando a casa para receber o bebê

Preparando a casa para receber o bebê Preparando a casa Preparando a casa para receber o bebê Vamos ensinar aos pais os direitos das crianças? Está chegando a hora do bebê nascer. A família deve ajudar a gestante a preparar a casa para a chegada

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Utilização de Serviços de Saúde Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Utilização de Serviços de Saúde Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Utilização de Serviços de Saúde Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Pessoas

Leia mais

F1. Quando foi a última vez que a sra fez um exame preventivo para câncer de colo do útero?

F1. Quando foi a última vez que a sra fez um exame preventivo para câncer de colo do útero? Módulo F - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. F1. Quando foi

Leia mais

Doenças que possui IDOSOS TEM ALGUMA DOENCA 81 NÃO TEM NENHUMA DOENÇA 19. _IDOSOS NO BRASIL > vivências, desafios e expectativas na 3ª idade.

Doenças que possui IDOSOS TEM ALGUMA DOENCA 81 NÃO TEM NENHUMA DOENÇA 19. _IDOSOS NO BRASIL > vivências, desafios e expectativas na 3ª idade. Saúde capítulo _ NO BRASIL > vivências, desafios e expectativas na ª idade. Doenças que possui [Espontânea e múltipla, em %] NÃO TEM NENHUMA DOENÇA 1 TOTAL HOMENS 0 a POPULAÇÃO IDOSA 0 ou mais 0 a TOTAL

Leia mais

COMO COMEÇAR. Medicaid

COMO COMEÇAR. Medicaid Medicaid This is an Official U.S. Government Product COMO COMEÇAR Uma visão geral do Medicaid VAMOS COMEÇAR Medicaid (também chamado de Assistência Médica) é um programa conjunto dos governos federal e

Leia mais

Entrevista 1.02 - Brenda

Entrevista 1.02 - Brenda Entrevista 1.02 - Brenda (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

Mulher, 35 anos, terceira gestação, chega em início de trabalho de parto acompanhada do marido que tossia muito e comentou com a enfermeira que

Mulher, 35 anos, terceira gestação, chega em início de trabalho de parto acompanhada do marido que tossia muito e comentou com a enfermeira que Mulher, 35 anos, terceira gestação, chega em início de trabalho de parto acompanhada do marido que tossia muito e comentou com a enfermeira que estava em tratamento para tuberculose. A mulher informa que

Leia mais

Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos

Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos Nome: Questionário de Dados Sociais Demográficos e Obstétricos I. Dados Demográficos 1 Idade: 2 Profissão: 3 - Profissão do Companheiro 4 Está empregada Desempregada 5 - O seu companheiro está empregado

Leia mais

ANEXO IV INDICADORES ESTRATÉGICOS PARA A REDE CEGONHA

ANEXO IV INDICADORES ESTRATÉGICOS PARA A REDE CEGONHA ANEXO IV INDICADORES ESTRATÉGICOS PARA A REDE CEGONHA OBJETIVO: MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO E QUALIFICAÇÃO DA REDE CEGONHA NOME DO INDICADOR DEFINIÇÃO INTERPRETAÇÃO MÉTODO DE CÁLCULO cadastradas

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - HOMEM VIH POSITIVO

QUESTIONÁRIO DE AVALIAÇÃO INICIAL - HOMEM VIH POSITIVO INSTRUÇÕES PARA A EQUIPA DO ESTUDO: Após inscrição no estudo, os participantes devem preencher este questionário de avaliação inicial. Certifique-se de que é distribuído o questionário adequado. Após o

Leia mais

PROGRAMA MÃE CORUJA DO IPOJUCA

PROGRAMA MÃE CORUJA DO IPOJUCA PROGRAMA MÃE CORUJA DO IPOJUCA Às gestantes do Ipojuca O Programa Mãe Coruja é uma grande conquista das mulheres de Pernambuco. E no Ipojuca, um avanço da administração municipal em busca de melhor assistir,

Leia mais

DIREITOS DA GESTANTE: CONHECER PARA EXIGIR

DIREITOS DA GESTANTE: CONHECER PARA EXIGIR DIREITOS DA GESTANTE: CONHECER PARA EXIGIR Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero Universidade Federal de Viçosa Viçosa - MG Produção: Núcleo Interdisciplinar de Estudos de Gênero NIEG Paula Dias

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Atendimento Médico Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Atendimento Médico Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Atendimento Médico Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Sentiram discriminação...

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde Bucal Notas Técnicas

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde Bucal Notas Técnicas Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde Bucal Notas Técnicas Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Escova dentes 2x ou + p/dia...

Leia mais

Agora vou lhe fazer perguntas sobre o estado de saúde e utilização de serviços de saúde dos moradores do domicílio. J001

Agora vou lhe fazer perguntas sobre o estado de saúde e utilização de serviços de saúde dos moradores do domicílio. J001 Módulo J - Utilização de Serviços de Saúde Agora vou lhe fazer perguntas sobre o estado de saúde e utilização de serviços de saúde dos moradores do domicílio. J1. De um modo geral, como é o estado de saúde

Leia mais

PARTO NORMAL NA SAÚDE SUPLEMENTAR

PARTO NORMAL NA SAÚDE SUPLEMENTAR PROMOÇÃO DO PARTO NORMAL NA SAÚDE SUPLEMENTAR Ações já realizadas pela ANS desde 2004 Sensibilização do setor, promoção e participação ii em eventos para discussão com especialistas nacionais e internacionais

Leia mais

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12

UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 UMA ESPOSA PARA ISAQUE Lição 12 1 1. Objetivos: Ensinar que Eliézer orou pela direção de Deus a favor de Isaque. Ensinar a importância de pedir diariamente a ajuda de Deus. 2. Lição Bíblica: Gênesis 2

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 2 Data: 18/10/2010 Hora: 16h00 Duração: 23:43 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Exame de despiste de cancro do colo do útero: Explicação dos seus resultados. Orientações atualizadas

Exame de despiste de cancro do colo do útero: Explicação dos seus resultados. Orientações atualizadas Exame de despiste de cancro do colo do útero: Explicação dos seus resultados Orientações atualizadas Page 2 Este folheto explicar-lhe-á os resultados do seu exame ao colo do útero, que visa detetar quaisquer

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

COMO PREPARAR E COMUNICAR SEU TESTEMUNHO PESSOAL

COMO PREPARAR E COMUNICAR SEU TESTEMUNHO PESSOAL COMO PREPARAR E COMUNICAR SEU TESTEMUNHO PESSOAL O objetivo desta mensagem é motivar e equipar você a preparar e usar seu testemunho ao compartilhar sua fé com outros. Esta lição ajudará você a: 1. Conhecer

Leia mais

O Cancro da Mama em Portugal. 1 em cada 11 mulheres em Portugal vai ter cancro da mama

O Cancro da Mama em Portugal. 1 em cada 11 mulheres em Portugal vai ter cancro da mama www.laco.pt O Cancro da Mama em Portugal 1 em cada 11 mulheres em Portugal vai ter cancro da mama Cancro em Portugal 2002 O Cancro da Mama em Portugal Surgem 5000 novos casos por ano Mas. Com a deteção

Leia mais

NORMAS DA USF FAMALICÃO I

NORMAS DA USF FAMALICÃO I I.- MARCAÇÃO DE CONSULTAS Como marcar uma consulta? Opte pelas consultas com hora certa; quando necessitar de consulta dê preferência às consultas pré marcadas. Terá a sua consulta previamente assegurada

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Atenção primária às gestantes de baixo risco

Mostra de Projetos 2011. Atenção primária às gestantes de baixo risco Mostra de Projetos 2011 Atenção primária às gestantes de baixo risco Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: (Campo

Leia mais

Q1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) teve sua pressão arterial medida?

Q1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) teve sua pressão arterial medida? Módulo Q. Doenças crônicas As perguntas deste módulo são sobre doenças crônicas. Vamos fazer perguntas sobre diagnóstico de doenças, uso dos serviços de saúde e tratamento dos problemas. Q1. Quando foi

Leia mais

A última relação sexual

A última relação sexual PARTE G QUESTIONÁRIO AUTO-PREENCHIDO (V1 - M) As próximas perguntas são sobre a sua vida sexual. É muito importante que responda, pois só assim poderemos ter informação sobre os hábitos sexuais da população

Leia mais

ANAIS DA 4ª MOSTRA DE TRABALHOS EM SAÚDE PÚBLICA 29 e 30 de novembro de 2010 Unioeste Campus de Cascavel ISSN 2176-4778

ANAIS DA 4ª MOSTRA DE TRABALHOS EM SAÚDE PÚBLICA 29 e 30 de novembro de 2010 Unioeste Campus de Cascavel ISSN 2176-4778 RECÉM NASCIDO PRÉ-TERMO DE MÃE ADOLESCENTE: UM RELATO DE CASO AUTORES: Giovanna Carolina Guedes 1 Cláudia Silveira Viera Jéssica Chritina Acosta Kamila Lubenow Vanessa Rosseto RESUMO: INTRODUÇÃO: Anualmente

Leia mais

Comentários. Programa saúde da família

Comentários. Programa saúde da família Comentários levantamento suplementar de saúde da Pesquisa Nacional por O Amostra de Domicílios PNAD 2008 trouxe informações detalhadas sobre a saúde da população residente em domicílios particulares no

Leia mais

EXPERIÊNCIA DE HUMANIZAÇÃO E GARANTIA DE DIREITOS NO HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PONTA GROSSA

EXPERIÊNCIA DE HUMANIZAÇÃO E GARANTIA DE DIREITOS NO HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PONTA GROSSA EXPERIÊNCIA DE HUMANIZAÇÃO E GARANTIA DE DIREITOS NO HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE PONTA GROSSA KOUT, Pamela de Oliveira (estagio I), e-mail: pam_kout@hotmail.com CAMPOS, Ligia Márcia de Araújo

Leia mais

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo.

Estudo PARTNER. Foi convidado a participar neste estudo porque tem uma relação em que é o parceiro VIH positivo. Informação ao participante e consentimento informado para o parceiro VIH positivo Estudo PARTNER O estudo PARTNER é um estudo levado a cabo com casais em que: (i) um parceiro é VIH positivo e o outro é

Leia mais

EXEMPLO. Ensaio CHIPS. (Control of Hypertension In Pregnancy Study/Estudo do Controle da Hipertensão na Gravidez)

EXEMPLO. Ensaio CHIPS. (Control of Hypertension In Pregnancy Study/Estudo do Controle da Hipertensão na Gravidez) {Colocar no Cabeçalho do Hospital} Ensaio CHIPS (Control of Hypertension In Pregnancy Study/Estudo do Controle da Hipertensão na Gravidez) Introdução (CHECK LIST) TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

Leia mais

Observações para consultas em Instituições Médicas para. Pacientes Estrangeiros

Observações para consultas em Instituições Médicas para. Pacientes Estrangeiros Observações para consultas em Instituições Médicas para Pacientes Estrangeiros (O que os estrangeiros devem observar ao fazer uma consulta médica) 1.Informações sobre os tipos de entidades médicas As entidades

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Centro de Pesquisas Epidemiológicas

Universidade Federal de Pelotas Centro de Pesquisas Epidemiológicas Universidade Federal de Pelotas Centro de Pesquisas Epidemiológicas Monitoramento e Avaliação do Programa de Expansão e Consolidação da Saúde da Família (PROESF) NÃO ESCREVER NESTA COLUNA QUESTIONÁRIO

Leia mais

Para começar, algumas perguntas se referem a seu estado de saúde.

Para começar, algumas perguntas se referem a seu estado de saúde. 0 0 0 IDENTIFICADOR Para começar, algumas perguntas se referem a seu estado de saúde. A. De um modo geral, em comparação a pessoas da sua idade, como você considera o seu próprio estado de saúde? Muito

Leia mais

Clique para editar o nome do autor Clique para editar o cargo do autor. Organização da atenção ao pré-natal, parto e nascimento

Clique para editar o nome do autor Clique para editar o cargo do autor. Organização da atenção ao pré-natal, parto e nascimento Clique para editar o nome do autor Clique para editar o cargo do autor Clique para editar local e data Organização da atenção ao pré-natal, parto e nascimento Rio de Janeiro, 06 de julho de 2015 A importância

Leia mais

01 REGIÃO METROPOLITANA 03 ENDEREÇO

01 REGIÃO METROPOLITANA 03 ENDEREÇO IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Gerência de Pesquisa Mensal PESQUISA MENSAL DE EMPREGO PME 1.0 QUESTIONÁRIO DE MÃO-DE-OBRA

Leia mais

Questionário HAT-QoL *

Questionário HAT-QoL * Questionário HAT-QoL * (HIV/AIDS Targeted Quality of Life) INSTRUMENTO DE QUALIDADE DE VIDA DIRECIONADO PARA HIV/AIDS, TRADUZIDO, ADAPTADO E VALIDADO PARA PACIENTES HIV NO BRASIL. *Adaptado de HIV/AIDS-Targeted

Leia mais

ANEXO III. PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL Coordenação-Geral de Adminsitração e Planejamento Divisão de Recursos Humanos

ANEXO III. PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL Coordenação-Geral de Adminsitração e Planejamento Divisão de Recursos Humanos Fls. 1/3 Sei Sim Não Não 01- Usa óculos por indicação médica? 02- Tem dificuldade para enxergar? 03- Teve alguma inflamação ou doença em seus olhos? 04- Teve sua audição diminuída em um dos ouvidos? 05-

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia

Mostra de Projetos 2011. Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia Mostra de Projetos 2011 Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia Mostra Local de: Umuarama Categoria do projeto: I - Projetos em implantação,

Leia mais

Apresenta: O que pensam os pacientes como clientes. 1 Edição

Apresenta: O que pensam os pacientes como clientes. 1 Edição Apresenta: O que pensam os pacientes como clientes O que pensam os pacientes como clientes 1 Edição AGENDA Metodologia Sinopse A Pesquisa METODOLOGIA TÉCNICA Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal

Leia mais

Aglomerado nº Casa nº

Aglomerado nº Casa nº Aglomerado nº Casa nº MÓDULO DE AGUA E SANEAMENTO Este módulo é para ser ministrado uma vez para cada casa visitada. Indicar somente uma resposta para cada questão. Se houver mais do que uma resposta,

Leia mais

Transplante de rim. Perguntas frequentes. Avitum

Transplante de rim. Perguntas frequentes. Avitum Transplante de rim Perguntas frequentes Avitum Por que irei precisar de um transplante de rim? Quando o rim de uma pessoa falha há três tratamentos disponíveis: Hemodiálise Diálise Peritoneal Transplante

Leia mais

PESQUISA NASCER NO BRASIL Inquérito Nacional sobre Parto e Nascimento. Coordenação Maria do Carmo Leal

PESQUISA NASCER NO BRASIL Inquérito Nacional sobre Parto e Nascimento. Coordenação Maria do Carmo Leal Inquérito Nacional sobre Parto e Nascimento Coordenação Maria do Carmo Leal Financiamento: CNPq -Chamada/Edital MCT/CNPq/CT-Saúde/MS/SCTIE/DECIT nº 57/2009 -Parto Cesáreo Processo: 557366/2009-7 MS-SCTIES

Leia mais

D1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) teve sua pressão arterial medida?

D1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) teve sua pressão arterial medida? Módulo D - Doenças Crônicas As perguntas deste módulo são sobre doenças crônicas. Vamos fazer perguntas sobre diagnóstico de doenças, uso dos serviços de saúde e tratamento dos problemas. D1. Quando foi

Leia mais