Contrato de Trabalho A Termo Certo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Contrato de Trabalho A Termo Certo"

Transcrição

1 Número 48 Contrato de Trabalho a Termo Certo 31 de Agosto de 2012 Revista em 17/10/2013 A APHORT adverte que a adaptação e preenchimento da presente minuta é da inteira responsabilidade do seu utilizador, podendo o deficiente ou incompleto preenchimento das mesmas dar origem a responsabilidade contra-ordenacional ou fazê-lo incorrer em crime de falsas declarações Contrato de Trabalho A Termo Certo Entre: (Identificação do Empregador), matriculada na Conservatória do Registo Comercial de (identificação) sob o nº, inscrita nos serviços da Segurança Social sob o n.º, pessoa colectiva/número de identificação fiscal, no presente contrato representada por, com sede em, adiante designada 1ª Outorgante, e, (Identificação do Trabalhador), (estado civil), residente em portador do B.I. nº, emitido pelo Arquivo de Identificação de em / /, contribuinte fiscal nº, beneficiário da segurança social nº, adiante designado 2º Outorgante, CELEBRAM, por esta forma escrita, um contrato de trabalho a Termo Certo, subordinado às normas seguintes e que se regerá pelo Contrato Colectivo de Trabalho celebrado entre a APHORT e a (Fesaht ou Fetese proceder à indicação do sindicato outorgante) e nas suas lacunas pelo Código do Trabalho aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro: Cláusula 1ª (Produção de Efeitos) O presente contrato tem início no dia (indicação da data) e terminará no dia (indicação da data).

2 Cláusula 2ª (Duração e Renovação) A duração inicial deste contrato será de meses (indicar o n.º de meses de duração inicial), renovando-se automaticamente, no silêncio das partes, por igual período por mais três vezes (Esta será a regra geral. Podem as partes convencionar que não haja renovação) Cláusula 3ª (Motivo Justificativo) A contratação da 2ª outorgante destina-se a satisfazer uma necessidade temporária da 1ª Outorgante, conforme o previsto na cláusula 29ª n.º 2 (Indicar a alínea. Ver nota explicativa) do CCT aplicável ao Sector originada por (Proceder à indicação do motivo justificativo e descrevê-lo com exactidão. Ver Nota Explicativa). Cláusula 4ª (Categoria Profissional) O 2º Outorgante é admitido ao serviço da 1ª Outorgante para o exercício da função de (Indicação da categoria profissional), conforme o CCT aplicável às relações laborais, para o desempenho de funções nela integradas e/ou outras que lhe sejam afins ou funcionalmente ligadas, podendo, quando o interesse da empresa o exija, encarregar temporariamente o trabalhador de funções não compreendidas na actividade contratada. Cláusula 5ª (Local de Trabalho) O 2º Outorgante desempenhará a actividade profissional para que é contratado nas instalações da 1ª Outorgante sitas em, (indicação do local de trabalho), ficando desde já reconhecida à 1ª Outorgante a faculdade de transferir o 2º Outorgante para instalações que possua, ou venha a possuir, localizadas em zona diferente das actuais, sem prejuízo das deslocações a instalações de clientes que tiver de realizar para cumprimento das suas funções.

3 Cláusula 6ª (Remuneração Mensal) O 2º outorgante receberá, pelas funções desempenhadas, o vencimento mensal de (indicação do valor da remuneração mensal que nunca poderá ser inferior ao fixado pela Tabela Salarial inserida no CCT) sujeito aos respectivos descontos e impostos legais. Cláusula 7ª (Horário de Trabalho) O horário de trabalho a cumprir pelo 2º Outorgante será o de (indicação do número de horas semanais) com direito a (indicação do número de folgas), tudo conforme mapa de horário de trabalho afixado no estabelecimento. Cláusula 8ª (Período experimental) Durante os primeiros (15 ou 30 dependendo da duração inicial do contrato. Ver nota explicativa) dias de contrato o 1º ou o 2º outorgante poderão fazer cessar o mesmo sem necessidade de proceder ao pagamento de qualquer indemnização. Cláusula 9ª (Direito a Férias) O direito a férias do 2º Outorgante rege-se pelo disposto nas cláusulas 85ª a 97ª do CCT aplicável às relações laborais e nas suas lacunas pelos artigos 237º e seguintes do Código do Trabalho, aprovado pela Lei nº 7/2009, de 12 de Fevereiro. Cláusula 10ª (Caducidade do contrato de trabalho) O presente contrato caduca no termo do prazo estipulado desde que a 1ª primeira ou a 2ª outorgantes comuniquem, respectivamente, com 15 ou 8 dias de antecedência, em relação ao termo do prazo, por forma escrita, a vontade de o não renovar.

4 Cláusula 11ª (Apólice de Seguro de Acidente de Trabalho) No decurso da execução do presente contrato de trabalho, o 2º Outorgante encontra-se a coberto pela Apólice de Seguros de Acidentes de Trabalho n.º da companhia de seguros. (identificação do número de apólice do seguro de acidentes de trabalho e da companhia responsável pelo mesmo). Cláusula 12ª (Fundo de Compensação do Trabalho e Fundo de Garantia de Compensação do Trabalho ) 1. Nos termos do disposto na alínea m) do nº 3 do artigo 106º da Lei nº 7/2009, de 12 de Fevereiro, a 1ª Outorgante declara que se encontra vinculada ao Fundo de Compensação do Trabalho ou Mecanismo Equivalente (identificação da escolha FCT ou ME) assumindo a obrigação de pagamento das entregas ao FCT e ao FGCT nos termos da Lei nº 70/2013, de 30 de agosto, e da respectiva regulamentação. 2. A 1ª Outorgante é assim responsável pelo pagamento da totalidade da compensação, sem prejuízo do direito ao reembolso, por aquele, junto do Fundo de Compensação do Trabalho ou de Mecanismo Equivalente, e do direito do 2º Outorgante a accionar o Fundo de Garantia de Compensação do Trabalho, nos termos das disposições conjugadas da Lei nº 70/2013, de 30 de agosto, e da Portaria nº 294-A/2013, de 30 de Setembro. Localidade, data A 1ª OUTORGANTE A 2ª OUTORGANTE

5 Nota Explicativa 1. O presente contrato de trabalho deve ser feito em duplicado, destinando-se uma cópia ao trabalhador e uma outra ao empregador; 2. As partes em itálico deverão ser retiradas do contrato e os espaços correctamente preenchidos com as informações respectivas; 3. O período experimental será de 15 dias nos casos em que a celebração inicial do contrato individual de trabalho seja inferior a 6 meses e de 30 dias nos casos em que a celebração inicial do contrato individual de trabalho seja de 6 ou mais meses. 4. O contrato de trabalho a termo só pode ser celebrado para a satisfação de necessidades temporárias da empresa e pelo período estritamente necessário à satisfação dessas necessidades, considerando-se nos termos da lei motivos justificativos para a celebração do contrato os seguintes: o Substituição temporária de trabalhador que, por qualquer razão, se encontre impedido de prestar serviço ou em relação ao qual esteja pendente em juízo acção de apreciação da licitude do despedimento; o Acréscimo temporário ou excepcional da actividade da empresa; o Época de maior actividade turística: Época sazonal balnear, de 21 de Junho a 22 de Setembro; Época de festas do natal e ano novo, de 15 de Dezembro a 6 de Janeiro; da Páscoa, durante 10 dias; demais festividades com relevância local, durante cinco dias; Época de prática de desportos de Inverno, nos meses de Janeiro, Fevereiro e Março, na Serra da Estrela; Realização de eventos, por um período não superior a cinco dias. o Execução de uma tarefa ocasional ou serviço determinado precisamente definido e não duradouro; o Lançamento de uma nova actividade de duração incerta, bem como o início de laboração de uma empresa ou estabelecimento;

6 o Contratação de trabalhadores à procura de primeiro emprego ou de desempregados de longa duração ou noutras situações previstas em legislação especial de política de emprego. o Contratação de trabalhadores para a realização de serviços extra, sendo considerado serviço extra o serviço acidental ou extraordinário não superior a dois dias, executado dentro ou fora do estabelecimento que, excedendo as possibilidades de rendimento de trabalho dos profissionais efectivos, é desempenhado por pessoal recrutado especialmente para esse fim. 5. A celebração de contratos a termo fora dos casos indicados importa a nulidade da estipulação do termo, adquirindo o trabalhador o direito à qualidade de trabalhador permanente da empresa, a estipulação do termo será igualmente nula, sempre que tiver por fim iludir as disposições que regulam os contratos sem termo. Cabe ao empregador o ónus da prova dos factos e circunstâncias que fundamentam a celebração de um contrato a termo, sem prejuízo do disposto nos números seguintes. 6. A indicação do motivo justificativo da celebração de contrato de trabalho a termo só é atendível se mencionar concretamente os factos e circunstâncias que objectivamente integram esse motivo, devendo a sua redacção permitir estabelecer com clareza a relação entre a justificação invocada e o termo estipulado. 7. O contrato de trabalho pode ser renovado até 3 vezes não podendo a sua duração total exceder: o 18 meses, quando se tratar de pessoa à procura de primeiro emprego; o Dois anos, nos casos previstos nos casos de lançamento de nova actividade e contratação de pessoa à procura de novo emprego; o Três anos, nos restantes casos.

DECRETO N.º 126/VIII

DECRETO N.º 126/VIII DECRETO N.º 126/VIII QUARTA ALTERAÇÃO AO DECRETO-LEI N.º 64-A/89, DE 27 DE FEVEREIRO, ALTERADO PELO DECRETO-LEI N.º 403/91, DE l6 DE OUTUBRO E PELAS LEIS N.ºs 32/99, DE l8 DE MAIO E N.º 118/99, DE ll DE

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO ENTRE: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Ida e Volta Portugal, Lda., com sede em Rua do Forte, pessoa colectiva número XXX, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o mesmo número,

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO

CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO ENTRE: CONTRATO DE TRABALHO A TERMO CERTO Ida e Volta Portugal, Lda., com sede em Rua do Forte, pessoa colectiva número XXX, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o mesmo número,

Leia mais

Projecto de Lei n.º215 /X

Projecto de Lei n.º215 /X Grupo Parlamentar Projecto de Lei n.º215 /X COMBATER A PRECARIEDADE, MELHORANDO A ESTABILIDADE NO EMPREGO, ALTERANDO O CÓDIGO DE TRABALHO QUANTO AO CONTRATO DE TRABALHO A TERMO Exposição de motivos Em

Leia mais

[novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO

[novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO [novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO Aos [1] dias do mês de [2] de, em [3], entre: PRIMEIRO: [4], pessoa colectiva n.º [5], com sede em [6], capital

Leia mais

[novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO A TEMPO PARCIAL

[novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO A TEMPO PARCIAL [novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO CERTO A TEMPO PARCIAL Aos [1] dias do mês de [2] de, em [3], entre: PRIMEIRO: [4], pessoa colectiva n.º [5], com

Leia mais

[novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO INCERTO A TEMPO PARCIAL

[novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO INCERTO A TEMPO PARCIAL [novas contratações] CONTRATO DE TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CONTRATO A TERMO RESOLUTIVO INCERTO A TEMPO PARCIAL Aos [1] dias do mês de [2] de, em [3], entre: PRIMEIRO: [4], pessoa colectiva n.º [5],

Leia mais

VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR

VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR VÍNCULOS Lei n.º 12-A/2008, de 27/02 -LVCR (Com subordinação trabalho dependente) Modalidades art.º 9º Nomeação âmbito (Inexistente nas autarquias locais) Contrato: - Âmbito (art.º 20º) e modalidades (art.º

Leia mais

CONTRATO POR TEMPO INDETERMINADO

CONTRATO POR TEMPO INDETERMINADO CONTRATO POR TEMPO INDETERMINADO Ao décimo sétimo dia do mês de Maio do ano de dois mil e dez, entre: A ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO NORTE, I. P., pessoa colectiva n.º 503 135 593, com sede na Rua

Leia mais

CONTRATO DE TRABALHO (SEM TERMO) MODELO

CONTRATO DE TRABALHO (SEM TERMO) MODELO CONTRATO DE TRABALHO (SEM TERMO) MODELO Observações: 1. O presente modelo de contrato de trabalho destina-se apenas aos contratos de trabalho sem termo, sendo permitido o acréscimo e a eliminação de cláusulas

Leia mais

SOMOS TODOS TRABALHADORES!

SOMOS TODOS TRABALHADORES! NEM TEMPORÁRIOS, NEM PRECÁRIOS, Olha ali a ~ renovacao do teu contrato... SOMOS TODOS TRABALHADORES! SOMOS TODOS NECESSÁRIOS! 1 A questão da precariedade é muito maior do que apenas os vínculos dos trabalhadores

Leia mais

CONTRATO EMPREGO-INSERÇÃO

CONTRATO EMPREGO-INSERÇÃO CONTRATO EMPREGO-INSERÇÃO Celebrado no âmbito da Medida Contrato Emprego-Inserção Desempregados Beneficiários das Prestações de Desemprego Entre (Denominação, forma jurídica e actividade da entidade),

Leia mais

NOVAS REGRAS DO TRABALHO. Funchal, 27 de Setembro de 2012

NOVAS REGRAS DO TRABALHO. Funchal, 27 de Setembro de 2012 NOVAS REGRAS DO TRABALHO Funchal, 27 de Setembro de 2012 Lei 23/2012, de 15 de Junho (altera Código do Trabalho) (início vigência 1 de Agosto de 2012) OBRIGAÇÕES ADMINISTRATIVAS Cátia Henriques Fernandes

Leia mais

SUMÁRIO: Estabelece o regime jurídico do trabalho no domicílio TEXTO INTEGRAL

SUMÁRIO: Estabelece o regime jurídico do trabalho no domicílio TEXTO INTEGRAL DATA: Terça-feira, 8 de Setembro de 2009 NÚMERO: 174 SÉRIE I EMISSOR: Assembleia da República DIPLOMA / ACTO: Lei n.º 101/2009 SUMÁRIO: Estabelece o regime jurídico do trabalho no domicílio TEXTO INTEGRAL

Leia mais

O Contrato de Trabalho e Contrato de Prestação de Serviços

O Contrato de Trabalho e Contrato de Prestação de Serviços QA#003 / Abril.2014 Mónica Veloso * Área Jurídica da Unidade Empreendedorismo ANJE O Contrato de Trabalho e Contrato de Prestação de Serviços Na terceira edição da QuickAid Notas Informativas Jurídicas

Leia mais

Projecto de Lei n.º 550/XIII/2.ª. Exposição de motivos

Projecto de Lei n.º 550/XIII/2.ª. Exposição de motivos Projecto de Lei n.º 550/XIII/2.ª Altera o Código do Trabalho e o Código de Processo do Trabalho, introduzindo alterações no regime da presunção de contrato de trabalho e do contrato a termo certo resolutivo

Leia mais

informação nº 95.v2 Data 1 de Setembro de 2010 actualizada a 5 de Julho de 2013 Assunto: Direito a férias Laboral Tema:

informação nº 95.v2 Data 1 de Setembro de 2010 actualizada a 5 de Julho de 2013 Assunto: Direito a férias Laboral Tema: Data 1 de Setembro de 2010 actualizada a 5 de Julho de 2013 Assunto: Direito a férias Tema: Laboral O tema «Férias» suscita sempre muitas dúvidas e questões aos nossos associados. Por isso procuramos reunir

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 337/XII/2.ª RESTRINGE O RECURSO A TRABALHO TEMPORÁRIO E COMBATE O FALSO TRABALHO TEMPORÁRIO

PROJETO DE LEI N.º 337/XII/2.ª RESTRINGE O RECURSO A TRABALHO TEMPORÁRIO E COMBATE O FALSO TRABALHO TEMPORÁRIO Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 337/XII/2.ª RESTRINGE O RECURSO A TRABALHO TEMPORÁRIO E COMBATE O FALSO TRABALHO TEMPORÁRIO (QUINTA ALTERAÇÃO À LEI N.º 7/2009, DE 12 DE FEVEREIRO) Exposição de motivos

Leia mais

José Magalhães. Fevereiro de 2013

José Magalhães. Fevereiro de 2013 SESSÃO DE ESCLARECIMENTO OBRIGAÇÕES LEGAIS NO QUADRO DA LEGISLAÇÃO LABORAL José Magalhães Fevereiro de 2013 OBRIGAÇÕES DO EMPREGADOR EM MATÉRIA DE SHST O empregador deve assegurar aos trabalhadores condições

Leia mais

COMPENSAÇÃO DEVIDA PELA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO LEI N.º 69/2013, DE 30 DE AGOSTO

COMPENSAÇÃO DEVIDA PELA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO LEI N.º 69/2013, DE 30 DE AGOSTO PÓS-TROIKA O QUE MUDOU NOS DESPEDIMENTOS? Autora: Sofia Pamplona, Associada na TELLES. COMPENSAÇÃO DEVIDA PELA CESSAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO LEI N.º 69/2013, DE 30 DE AGOSTO 1 CONTRATO DE TRABALHO CELEBRADO

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO-PROGRAMA

MINUTA DE CONTRATO-PROGRAMA MINUTA DE CONTRATO-PROGRAMA (n.º 4 do art.º 23.º do D.L. n.º 57/2016, de 29 de agosto) Entre: 1) A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA, I.P., NIPC 503904040, pessoa coletiva de direito público, com

Leia mais

Circular nº 25/ de Setembro de Assunto: LEGISLAÇÃO LABORAL. Caros Associados,

Circular nº 25/ de Setembro de Assunto: LEGISLAÇÃO LABORAL. Caros Associados, Circular nº 25/2013 25 de Setembro de 2013 Assunto: LEGISLAÇÃO LABORAL Caros Associados, Recentemente foram publicados vários diplomas legais na área da legislação laboral, que levamos ao conhecimento

Leia mais

MINUTA DE CONTRATO DE GESTÃO ACESSO E PERMANÊNCIA DA ACTIVIDADE DE INSPECÇÃO TÉCNICA A VEÍCULOS

MINUTA DE CONTRATO DE GESTÃO ACESSO E PERMANÊNCIA DA ACTIVIDADE DE INSPECÇÃO TÉCNICA A VEÍCULOS MINUTA DE CONTRATO DE GESTÃO ACESSO E PERMANÊNCIA DA ACTIVIDADE DE INSPECÇÃO TÉCNICA A VEÍCULOS O primeiro outorgante, o Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P., doravante designado

Leia mais

Impacto das alterações ao Código do Trabalho na vida das Organizações

Impacto das alterações ao Código do Trabalho na vida das Organizações Impacto das alterações ao Código do Trabalho na vida das Organizações ÍNDICE 01 Acórdão n.º 602/2013, de 20 de Setembro, do Tribunal Constitucional Consequências 02 Lei n.º 69/2013, de 30 de Agosto Compensações

Leia mais

A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas. A extinção do vínculo de emprego público

A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas. A extinção do vínculo de emprego público A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas A extinção do vínculo de emprego público Lisboa e Porto, Outubro e Novembro de 2015 Extinção do vínculo 2 A cessação na TFP LTFP Caducidade Art.º 291.º Caducidade

Leia mais

ENQUADRAMENTO LEGAL DO FCT E FGCT IMPLICAÇÕES DE NATUREZA LABORAL. Catarina Santos Ferreira. 7 de outubro de 2013

ENQUADRAMENTO LEGAL DO FCT E FGCT IMPLICAÇÕES DE NATUREZA LABORAL. Catarina Santos Ferreira. 7 de outubro de 2013 ENQUADRAMENTO LEGAL DO FCT E FGCT IMPLICAÇÕES DE NATUREZA LABORAL Catarina Santos Ferreira cs.ferreira@abbc.pt 7 de outubro de 2013 Largo de São Carlos, nº 3, 1200-410 Lisboa Portugal. - Tel: +351 21 358

Leia mais

O Cálculo da Compensação. Artigo 366.º, número 1 do Código do Trabalho

O Cálculo da Compensação. Artigo 366.º, número 1 do Código do Trabalho ALTERAÇÃO DA FÓRMULA DE CÁLCULO DAS COMPENSAÇÕES DEVIDAS POR CESSAÇÃO DE CONTRATO POR CAUSAS OBJECTIVAS, POR INADAPTAÇÃO E AINDA POR CADUCIDADE DE CONTRATOS A TERMO. Súmula prática da Lei 69/2013, de 30

Leia mais

Área, âmbito e vigência. Carreira profissional. Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 21, 8/6/2016

Área, âmbito e vigência. Carreira profissional. Boletim do Trabalho e Emprego, n.º 21, 8/6/2016 5- Para cumprimento do disposto no artigo 42.º, alínea g), do Código do Trabalho, conjugado com o artigo 46.º, números 1 e 2, do mesmo código, as partes estimam ficar abrangidos pela presente convenção

Leia mais

CONVENÇÕES COLECTIVAS DE TRABALHO

CONVENÇÕES COLECTIVAS DE TRABALHO empresas não filiadas em qualquer das associações de empregadores do sector se aplicou o CCT celebrado pela APCOR Associação Portuguesa de Cortiça, dada a sua maior representatividade e a necessidade de

Leia mais

Obrigação de Informação

Obrigação de Informação Obrigação de Informação Nos termos do disposto no artigo 97º do Código do trabalho a entidade empregadora tem o dever de informar o trabalhador sobre aspectos relevantes do contrato de trabalho. Por outro

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 137/XIII/1ª. Combate a precariedade laboral e reforça os direitos dos trabalhadores

PROJETO DE LEI N.º 137/XIII/1ª. Combate a precariedade laboral e reforça os direitos dos trabalhadores PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar PROJETO DE LEI N.º 137/XIII/1ª Combate a precariedade laboral e reforça os direitos dos trabalhadores A precariedade laboral constitui um dos traços mais marcantes

Leia mais

MINUTA DO CONTRATO-PROGRAMA ENTRE A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA E. (designação da entidade) No âmbito do Programa Investigador FCT

MINUTA DO CONTRATO-PROGRAMA ENTRE A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA E. (designação da entidade) No âmbito do Programa Investigador FCT MINUTA DO CONTRATO-PROGRAMA ENTRE A FUNDAÇÃO PARA A CIÊNCIA E A TECNOLOGIA E (designação da entidade) No âmbito do Programa Investigador FCT Considerando que o investimento sustentável em investigação

Leia mais

Nota: Todos os preceitos desacompanhados de referência ao respectivo diploma pertencem ao Código do Trabalho.

Nota: Todos os preceitos desacompanhados de referência ao respectivo diploma pertencem ao Código do Trabalho. Lei n.º 53/2011 de 14 de Outubro, que procede à segunda alteração ao Código do Trabalho, aprovado em anexo à Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, estabelecendo um novo sistema de compensação em diversas

Leia mais

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO REDUÇÃO DE TAXA CONTRIBUTIVA APOIO À REDUÇÃO DA PRECARIEDADE NO EMPREGO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO

Leia mais

Minuta de Contrato de Adesão ao Serviço de. Interruptibilidade. (ao abrigo da Portaria n.º 1309/2010)

Minuta de Contrato de Adesão ao Serviço de. Interruptibilidade. (ao abrigo da Portaria n.º 1309/2010) Minuta de Contrato de Adesão ao Serviço de Interruptibilidade (ao abrigo da Portaria n.º 1309/2010) Página 1 de 9 Condições Específicas do Contrato Entre A entidade identificada no Anexo e REN - Rede Eléctrica

Leia mais

Regime Jurídico do Trabalho Temporário

Regime Jurídico do Trabalho Temporário CÓDIGOS ELECTRÓNICOS DATAJURIS DATAJURIS é uma marca registada no INPI sob o nº 350529 Regime Jurídico do Trabalho Temporário ( REVOGADO ) Todos os direitos reservados à DATAJURIS, Direito e Informática,

Leia mais

AS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO

AS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO AS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO 2012, Outubro, 29 LEI Nº 23/2012, 25 DE JUNHO 2 ORGANIZAÇÃO DOS TEMPOS DE TRABALHO 3 1 BANCO DE HORAS 4 Lei nº 23/2012, 25 Junho Artigo 208º-A A partir de 1 de Agosto

Leia mais

NOVO CONTRATO COLECTIVO DE TRABALHO ENTRE A ANF E O SNF - MEMORANDO 1 - O novo CCT entra em vigor no dia 13 de Setembro de 2010.

NOVO CONTRATO COLECTIVO DE TRABALHO ENTRE A ANF E O SNF - MEMORANDO 1 - O novo CCT entra em vigor no dia 13 de Setembro de 2010. NOVO CONTRATO COLECTIVO DE TRABALHO ENTRE A ANF E O SNF - MEMORANDO 1 - I Observações gerais 1. Entrada em vigor (cl. 2.ª e Anexo I e II CCT) O novo CCT entra em vigor no dia 13 de Setembro de 2010. Os

Leia mais

O IMPACTO DAS MEDIDAS DA TROIKA E PROGRAMA DO GOVERNO SOBRE O MERCADO LABORAL

O IMPACTO DAS MEDIDAS DA TROIKA E PROGRAMA DO GOVERNO SOBRE O MERCADO LABORAL O IMPACTO DAS MEDIDAS DA TROIKA E PROGRAMA DO GOVERNO SOBRE O MERCADO LABORAL 1 - Legislação de protecção do emprego 1.1 Redução da indemnização por despedimento (despedimento colectivo, extinção do posto

Leia mais

Justificação do contrato a termo

Justificação do contrato a termo Justificação do contrato a termo 19-12-2011 O Tribunal da Relação do Porto analisou o motivo justificativo apresentado para a celebração de um contrato a termo certo por seis meses e pronunciou-se relativamente

Leia mais

Informação aos Associados nº 13.V3

Informação aos Associados nº 13.V3 Data 15 de setembro de 2006 atualizada em 22 de outubro de 2012 Assunto: Horário de Trabalho Tema: Laboral 1. Definição de Horário de Trabalho O horário de trabalho é o período de tempo durante o qual

Leia mais

Revogações: Orientação Normativa N.º 1/2001 de 01/02/2001

Revogações: Orientação Normativa N.º 1/2001 de 01/02/2001 Nº. Pauta 202.16 RECURSOS HUMANOS Assunto: ESCALAS DE SERVIÇO Referência: Distribuição: todas as unidades de estrutura Revogações: Orientação Normativa N.º 1/2001 de 01/02/2001 Entrada em vigor: 15/06/2005

Leia mais

GUIA PRÁTICO REDUÇÃO DA TAXA CONTRIBUTIVA MEDIDA EXCEPCIONAL DE APOIO AO EMPREGO PARA O ANO 2010 INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.

GUIA PRÁTICO REDUÇÃO DA TAXA CONTRIBUTIVA MEDIDA EXCEPCIONAL DE APOIO AO EMPREGO PARA O ANO 2010 INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I. GUIA PRÁTICO REDUÇÃO DA TAXA CONTRIBUTIVA MEDIDA EXCEPCIONAL DE APOIO AO EMPREGO PARA O ANO 2010 INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Redução da taxa contributiva Medida

Leia mais

LEI GERAL DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CÓDIGO DE TRABALHO

LEI GERAL DO TRABALHO EM FUNÇÕES PÚBLICAS CÓDIGO DE TRABALHO DE TRABALHO I. Enquadramento Geral A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas entrou em vigor no dia 1 de agosto de 2014. A Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (adiante designada por LTFP) aprovada

Leia mais

Revisão da Carreira docente dos Estabelecimentos do Ensino Particular e Cooperativo DA CARREIRA DOCENTE

Revisão da Carreira docente dos Estabelecimentos do Ensino Particular e Cooperativo DA CARREIRA DOCENTE Revisão da Carreira docente dos Estabelecimentos do Ensino Particular e Cooperativo DA CARREIRA DOCENTE A REESTRUTURAÇÃO DA CARREIRA DOCENTE As partes acordam na reestruturação da carreira docente (categorias

Leia mais

Acordo de Colaboração

Acordo de Colaboração Acordo de Colaboração Extensão de horário das actividades de animação e de apoio à família na educação Pré-escolar nos Jardins do Agrupamento de Escolas de Samora Correia Considerando que: A Educação Pré-escolar,

Leia mais

Ao abrigo do disposto no n.º 2 do artigo 36.º do Decreto-Lei n.º 211/2004, de 20 de Agosto:

Ao abrigo do disposto no n.º 2 do artigo 36.º do Decreto-Lei n.º 211/2004, de 20 de Agosto: Legislação Portaria n.º 1327/2004, de 19 de Outubro Publicada no D.R. n.º 246, I Série-B, de 19 de Outubro de 2004 SUMÁRIO: Regulamenta os procedimentos administrativos previstos no Decreto-Lei n.º 211/2004,

Leia mais

CIRCULAR. Assunto: Regime Jurídico dos Fundos de Compensação do Trabalho, Mecanismo Equivalente e Fundo de Garantia de Compensação do Trabalho

CIRCULAR. Assunto: Regime Jurídico dos Fundos de Compensação do Trabalho, Mecanismo Equivalente e Fundo de Garantia de Compensação do Trabalho CIRCULAR N/ REFª: 64/15 DATA: 22/07/2015 Assunto: Regime Jurídico dos Fundos de Compensação do Trabalho, Mecanismo Equivalente e Fundo de Garantia de Compensação do Trabalho Exmos. Senhores Pelo eventual

Leia mais

I- COMUNICAÇÕES, AUTORIZAÇÕES

I- COMUNICAÇÕES, AUTORIZAÇÕES OBRIGAÇÕES DA ENTIDADE EMPREGADORA NA ÁREA LABORAL I- COMUNICAÇÕES, AUTORIZAÇÕES COMISSÃO REGIONAL PARA IGUALDADE NO TRABALHO E EMPREGO (CRITE-AÇORES) PROTEÇÃO EM CASO DE DESPEDIMENTO O despedimento de

Leia mais

A DIRETIVA 1999/70/CE, A DURAÇÃO DOS CONTRATOS A TERMO E A VINCULAÇÃO DEFINITIVA

A DIRETIVA 1999/70/CE, A DURAÇÃO DOS CONTRATOS A TERMO E A VINCULAÇÃO DEFINITIVA VINCULAÇÃO- 1 A DIRETIVA 1999/70/CE, A DURAÇÃO DOS CONTRATOS A TERMO E A VINCULAÇÃO DEFINITIVA (Revisão à luz da Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, que aprovou a Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas)

Leia mais

REGULAMENTO DE CANDIDATURAS A FORMAÇÃO AVANÇADA DE PESSOAL DOCENTE DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR AO ABRIGO DO PROGRAMA PROTEC DA FCT

REGULAMENTO DE CANDIDATURAS A FORMAÇÃO AVANÇADA DE PESSOAL DOCENTE DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR AO ABRIGO DO PROGRAMA PROTEC DA FCT REGULAMENTO DE CANDIDATURAS A FORMAÇÃO AVANÇADA DE PESSOAL DOCENTE DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR AO ABRIGO DO PROGRAMA PROTEC DA FCT Artigo 1.º Objecto O presente regulamento tem por objecto regular

Leia mais

REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS

REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS REGULAMENTO DE OCUPAÇÃO MUNICIPAL TEMPORÁRIA DE JOVENS Preâmbulo A criação de um programa de ocupação temporária de jovens contribui, substancialmente, para a sua formação, afastando-os dos perigos que

Leia mais

Informação aos Associados nº131.v2

Informação aos Associados nº131.v2 Data Assunto: Tema: 31 de Julho de 2012 - actualizada em 23 de Agosto de 2012 Pagamento de feriados novas regras Assuntos Laborais - Alteração ao Código de Trabalho A Lei n.º 23/2012, de 25 de junho que

Leia mais

Lei n.º 53/2011. de 14 de Outubro

Lei n.º 53/2011. de 14 de Outubro Lei n.º 53/2011 de 14 de Outubro Procede à segunda alteração ao Código do Trabalho, aprovado em anexo à Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro, estabelecendo um novo sistema de compensação em diversas modalidades

Leia mais

Nota prévia A presente Orientação Normativa revoga na sua totalidade e substitui a Orientação Normativa 1/2000 de 29/12/2000.

Nota prévia A presente Orientação Normativa revoga na sua totalidade e substitui a Orientação Normativa 1/2000 de 29/12/2000. ORIENTAÇÃO NORMATIVA nº 01/2004 de 20/02/2004 Assunto: Férias Distribuição: Todas as Unidades de Estrutura Revogações: Orientação Normativa 1/2000 Enquadramento Convencional e Legal: Capítulo X do AE/REFER,

Leia mais

CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO

CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO CONTRATO CESSÃO DE EXPLORAÇÃO Primeiro Outorgante,.. com sede em.., N.º.., xxxx-xxx, com o NIF/NIPC xxx xxx xxx. Segundo Outorgante, JRG - Hotelaria, Lda, contribuinte n.º 506560821, com sede no Edifício

Leia mais

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A.

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A. REGULAMENTO TARIFÁRIO E DE EXPLORAÇÃO DA CONCESSÃO DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APL -ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DE LISBOA, S.A. ANEXO II MODELO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Proposta de Lei n.º 36/XII. Exposição de Motivos

PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. Proposta de Lei n.º 36/XII. Exposição de Motivos Proposta de Lei n.º 36/XII Exposição de Motivos O Estado Português, através da assinatura do Memorando de Políticas Económicas e Financeiras, assumiu perante a União Europeia, o Fundo Monetário Internacional

Leia mais

INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DISPENSA PARCIAL OU ISENÇÃO TOTAL DO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO, DESEMPREGADO DE LONGA DURAÇÃO E DESEMPREGADO DE MUITO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA

Leia mais

NOTAS SOBRE A LEI N.º 59/2008, DE 11 DE SETEMBRO

NOTAS SOBRE A LEI N.º 59/2008, DE 11 DE SETEMBRO NOTAS SOBRE A LEI N.º 59/2008, DE 11 DE SETEMBRO O corpo da Lei n.º 59/2008, de 11 de Setembro, que aprovou o Regime do Contrato de Trabalho em Funções Públicas, aplicável também ao pessoal docente da

Leia mais

Alterações ao Código do Trabalho Segunda, 23 Setembro :54 - Actualizado em Segunda, 23 Setembro :04

Alterações ao Código do Trabalho Segunda, 23 Setembro :54 - Actualizado em Segunda, 23 Setembro :04 No passado dia 30 de Agosto foram publicados dois diplomas com efeitos significativos nas relações de trabalho a Lei n.º 69/2013, que altera o valor das compensações devidas pela cessação do contrato de

Leia mais

INTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

INTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO APOIO À CONTRATAÇÃO DE JOVENS, DE DESEMPREGADOS DE LONGA DURAÇÃO E DE DETERMINADOS PÚBLICOS INTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL,

Leia mais

MEDIDA ESTIMULO 2012 Regulamento do Instituto do Emprego e Formação Profissional

MEDIDA ESTIMULO 2012 Regulamento do Instituto do Emprego e Formação Profissional MEDIDA ESTIMULO 2012 Regulamento do Instituto do Emprego e Formação Profissional No âmbito da medida de incentivos ao emprego "Estímulo 2012", estabelecida pela Portaria n 45/2012, de 13.2, o Instituto

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE PARA A GESTÃO DOS PROLONGAMENTOS DE HORÁRIO -MINUTA

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE PARA A GESTÃO DOS PROLONGAMENTOS DE HORÁRIO -MINUTA PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE SANTO TIRSO E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS DE PARA A GESTÃO DOS PROLONGAMENTOS DE HORÁRIO -MINUTA Outorgantes: Primeiro Dr. Joaquim Barbosa Ferreira Couto, casado,

Leia mais

ACORDO COLETIVO PARA INSTITUIÇÃO DE BANCO DE HORAS

ACORDO COLETIVO PARA INSTITUIÇÃO DE BANCO DE HORAS ACORDO COLETIVO PARA INSTITUIÇÃO DE BANCO DE HORAS Pelo presente instrumento particular de Acordo Coletivo de Trabalho, de um lado..., doravante designada EMPRESA, com sede, na Rua..., Estado/SP, CEP...,

Leia mais

REGULAMENTO PARA USO DE AVENÇA PARQUE DE ESTACIONAMENTO CENTRO COMERCIAL A CÉU ABERTO

REGULAMENTO PARA USO DE AVENÇA PARQUE DE ESTACIONAMENTO CENTRO COMERCIAL A CÉU ABERTO REGULAMENTO PARA USO DE AVENÇA PARQUE DE ESTACIONAMENTO CENTRO COMERCIAL A CÉU ABERTO Aprovado por despacho do Administrador Delegado a 29 de maio de 2014. No sentido de acautelar os interesses do público

Leia mais

PES/Contrato de contrato. Nulidade. Caducidade.

PES/Contrato de contrato. Nulidade. Caducidade. Informação n.º ID 1545915 Proc. n.º 2014.01.22.4237 Data 2014.02.03 Assunto PES/Contrato de contrato. Nulidade. Caducidade. Exº Senhor Presidente da Junta de Freguesia Em relação ao solicitado cumpre-nos

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE PROPOSTAS DE MEDIDAS DE APERFEIÇOAMENTO DA PROTECÇÃO SOCIAL OBRIGATÓRIA

SEMINÁRIO SOBRE PROPOSTAS DE MEDIDAS DE APERFEIÇOAMENTO DA PROTECÇÃO SOCIAL OBRIGATÓRIA SEMINÁRIO SOBRE PROPOSTAS DE MEDIDAS DE APERFEIÇOAMENTO DA PROTECÇÃO SOCIAL OBRIGATÓRIA Projecto de Decreto Presidencial que Estabelece o Regime Jurídico de Vinculação e de Contribuição da Protecção Social

Leia mais

AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO. (introduzidas pela Lei nº 23/2012, de 25 de Junho)

AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO. (introduzidas pela Lei nº 23/2012, de 25 de Junho) AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO (introduzidas pela Lei nº 23/2012, de 25 de Junho) INTRODUÇÃO Face à relevância prática das alterações introduzidas ao Direito do Trabalho pela Lei nº 23/2012,

Leia mais

3182 Diário da República, 1.ª série N.º de Junho de 2011

3182 Diário da República, 1.ª série N.º de Junho de 2011 3182 Diário da República, 1.ª série N.º 115 16 de Junho de 2011 Lei n.º 28/2011 de 16 de Junho Procede à segunda alteração à Lei n.º 4/2008, de 7 de Fevereiro, que aprova o regime dos contratos de trabalho

Leia mais

De destacar, a obrigatoriedade de igualdade de tratamento, pelo Empregador, entre o Trabalhador Nacional e o Trabalhador Estrangeiro.

De destacar, a obrigatoriedade de igualdade de tratamento, pelo Empregador, entre o Trabalhador Nacional e o Trabalhador Estrangeiro. O Decreto n.º 6/01, de 19 de Janeiro aprova o Regulamento Sobre o Exercício da Actividade Profissional do Trabalhador Estrangeiro Não Residente, quer no sector público, quer no sector privado, tendo entrado

Leia mais

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE

SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE Entre: Santa Casa da Misericórdia de Ponte de Lima, entidade com regime de Instituição Particular

Leia mais

PRINCIPAIS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO

PRINCIPAIS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO PRINCIPAIS ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DO TRABALHO Luís Castro Janeiro de 2013 Lei n.º 3/2012, 10 de Janeiro CONTRATO DE TRABALHO A TERMO Regime previsto no Código do Trabalho Número máximo de renovações: 3 Duração

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre PRIMEIRO OUTORGANTE:.., portador/a do C/C nº 13423892, contribuinte nº, residente em.., na qualidade de Encarregado de / Educação representante de.. SEGUNDO OUTORGANTE:

Leia mais

Anexo 1 PROTOCOLO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇO MUNICIPAL SITO NA RUA JOÃO AMARAL, LOTE LOJA A

Anexo 1 PROTOCOLO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇO MUNICIPAL SITO NA RUA JOÃO AMARAL, LOTE LOJA A Anexo 1 PROTOCOLO DE CEDÊNCIA DE ESPAÇO MUNICIPAL SITO NA RUA JOÃO AMARAL, LOTE 22.2.16 LOJA A Entre O MUNICÍPIO DE LISBOA, Pessoa Colectiva n.º 500051070, com sede na Praça do Município, através do seu

Leia mais

Decreto n.º 6/01 de 19 de Janeiro - Regulamento sobre o Exercício da Actividade Profissional do Trabalhador Estrangeiro Não Residente

Decreto n.º 6/01 de 19 de Janeiro - Regulamento sobre o Exercício da Actividade Profissional do Trabalhador Estrangeiro Não Residente Decreto n.º 6/01 de 19 de Janeiro - Regulamento sobre o Exercício da Actividade Profissional do Trabalhador Estrangeiro Não Residente e-mail: geral@info-angola.com portal: www.info-angola.com Página 1

Leia mais

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE:

CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE: CONTRATO PROMESSA DE COMPRA E VENDA ENTRE: ------------------------------------------------------------------------------------------------------- PRIMEIRA CONTRATANTE: ------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Código do Trabalho, 10.ª Edição Col. Legislação

Código do Trabalho, 10.ª Edição Col. Legislação COLEÇÃO LEGISLAÇÃO Atualizações Online orquê as atualizações aos livros da COLEÇÃO LEGISLAÇÃO? No panorama legislativo nacional é frequente a publicação de novos diplomas legais que, regularmente, alteram

Leia mais

Instruções para os trabalhadores a recibo verde da. Câmara Municipal de Lisboa

Instruções para os trabalhadores a recibo verde da. Câmara Municipal de Lisboa Instruções para os trabalhadores a recibo verde da Câmara Municipal de Lisboa Os trabalhadores a recibo verde que configuram verdadeiros contratos de trabalho deverão proceder da seguinte forma: 1- Elaborar

Leia mais

Celebram entre si, livremente e de boa-fé, o presente contrato de alojamento e prestação de serviços, que se rege pelas cláusulas seguintes:

Celebram entre si, livremente e de boa-fé, o presente contrato de alojamento e prestação de serviços, que se rege pelas cláusulas seguintes: SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE PONTE DE LIMA CENTRO COMUNITÁRIO DE ARCOZELO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DA RESPOSTA SOCIAL SERVIÇO DE APOIO DOMICILIÁRIO Entre: Santa Casa da Misericórdia de Ponte

Leia mais

CLÁUSULA I Objecto do contrato. Cláusula II Direitos e deveres

CLÁUSULA I Objecto do contrato. Cláusula II Direitos e deveres CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE APOIO DOMICILIÁRIO Entre: Associação de Solidariedade Social As Costureirinhas de Cavernães, com sede em R. das Eiras, Nº 4, 3505-111 Cavernães, com o NIPC 503176605,

Leia mais

INCENTIVOS À CONTRATAÇÃO DE JOVENS À PROCURA DO PRIMEIRO EMPREGO E DE DESEMPREGADOS DE LONGA DURAÇÃO E DE MUITO LONGA DURAÇÃO Decreto-Lei n.

INCENTIVOS À CONTRATAÇÃO DE JOVENS À PROCURA DO PRIMEIRO EMPREGO E DE DESEMPREGADOS DE LONGA DURAÇÃO E DE MUITO LONGA DURAÇÃO Decreto-Lei n. INCENTIVOS À CONTRATAÇÃO DE JOVENS À PROCURA DO PRIMEIRO EMPREGO E DE DESEMPREGADOS DE LONGA DURAÇÃO E DE MUITO LONGA DURAÇÃO Decreto-Lei n.º 72/2017 O Decreto-Lei n.º 72/2017, de 21 de junho veio estabelecer

Leia mais

CONTRATO-PROGRAMA INTERNACIONAL

CONTRATO-PROGRAMA INTERNACIONAL CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DESPORTIVO - EVENTO DESPORTIVO INTERNACIONAL Outorgantes: 1. Federação Portuguesa de Bilhar 2. Futebol Clube do Porto CONTRATO-PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DESPORTIVO

Leia mais

CÓDIGO DO TRABALHO Lei 99/2003, de 27 de Agosto

CÓDIGO DO TRABALHO Lei 99/2003, de 27 de Agosto CÓDIGO DO TRABALHO Lei 99/2003, de 27 de Agosto APLICAÇÃO DA LEI NO TEMPO Regra Ficam sujeitos ao regime do Código do Trabalho os contratos de trabalho e os instrumentos de regulamentação colectiva de

Leia mais

Novos Prazos: Declaração de Remunerações à Segurança Social Pagamento das Contribuições e Quotizações à Segurança Social

Novos Prazos: Declaração de Remunerações à Segurança Social Pagamento das Contribuições e Quotizações à Segurança Social Data 13 de janeiro de 2011 Assunto: Tema: Novos Prazos: Declaração de Remunerações à Segurança Social Pagamento das Contribuições e Quotizações à Segurança Social Laboral No dia 1 de Janeiro de 2011 entrou

Leia mais

SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DO TRABALHO

SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DO TRABALHO Nota explicativa sobre SISTEMA DE COMPENSAÇÃO DO TRABALHO I. FINALIDADE Assegurar o direito dos trabalhadores ao recebimento efetivo de metade do valor da compensação devida por cessação do contrato de

Leia mais

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Dispensa de Pagamento de Contribuições 1º

Leia mais

para a gestão de um sistema integrado de resíduos de embalagens, válida até 31

para a gestão de um sistema integrado de resíduos de embalagens, válida até 31 CONTRATO DE UTILIZAÇÃO DA MARCA NOVO VERDE Entre: NOVO VERDE - SOCIEDADE GESTORA DE RESÍDUOS DE EMBALAGENS, S.A., sociedade comercial anónima, com sede no Centro Empresarial Ribeira da Penha Longa, Rua

Leia mais

SERVIÇOS DE VALOR ACRESCENTADO BASEADOS NO ENVIO DE MENSAGEM

SERVIÇOS DE VALOR ACRESCENTADO BASEADOS NO ENVIO DE MENSAGEM SERVIÇOS DE VALOR ACRESCENTADO BASEADOS NO ENVIO DE MENSAGEM REGISTO PARA O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE Pessoa Singular matriculada como Comerciante em Nome Individual (Decreto-Lei n.º 177/99, de 21 de maio,

Leia mais

CÓDIGO DO TRABALHO. CAPÍTULO I - Fontes do direito do trabalho CAPÍTULO II - Aplicação do direito do trabalho. CAPÍTULO I - Disposições gerais

CÓDIGO DO TRABALHO. CAPÍTULO I - Fontes do direito do trabalho CAPÍTULO II - Aplicação do direito do trabalho. CAPÍTULO I - Disposições gerais CÓDIGO DO TRABALHO Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro LIVRO I - Parte geral TÍTULO I - Fontes e aplicação do direito do trabalho CAPÍTULO I - Fontes do direito do trabalho CAPÍTULO II - Aplicação do direito

Leia mais

CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE VINHA DA RAINHA. Pressupostos

CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE VINHA DA RAINHA. Pressupostos CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE VINHA DA RAINHA Pressupostos Com a entrada em vigor da Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro, estabelece-se o novo Regime Jurídico

Leia mais

Alterações ao Código do Trabalho

Alterações ao Código do Trabalho 1 Alterações ao Código do Trabalho Medidas Impostas pela Troika Consultoria Financeira Consultor Sénior: José António Adrego j.adrego@amrconsult.com Data: 23 de Novembro de 2011 2 Alterações ao Código

Leia mais

Associação de Empresas de Segurança

Associação de Empresas de Segurança Associação de Empresas de Segurança Janeiro de 2011 Introdução A Associação de Empresas de Segurança (AES) é uma associação de empresas que actuam na área da segurança privada e que representa mais de

Leia mais

Descarregue gratuitamente atualizações online em Código do Trabalho Col. Legislação (06720.

Descarregue gratuitamente atualizações online em  Código do Trabalho Col. Legislação (06720. orquê as atualizações aos livros da COL. LEGISLAÇÃO? O panorama legislativo nacional é bastante mutável, sendo constante a publicação de novos diplomas. Ao disponibilizar novas atualizações, a ORTO EDITORA

Leia mais

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO

GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO GUIA PRÁTICO MEDIDAS ESPECÍFICAS E TRANSITÓRIAS DE APOIO E ESTÍMULO AO EMPREGO ISENÇÃO DO PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES APOIO À REDUÇÃO DA PRECARIEDADE NO EMPREGO DOS JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL,

Leia mais

Regulamento Acção Social Escolar - 1.º Ciclo do Ensino Básico

Regulamento Acção Social Escolar - 1.º Ciclo do Ensino Básico Regulamento Acção Social Escolar - 1.º Ciclo do Ensino Básico Preambulo A Educação constitui uma das atribuições fundamentais dos Municípios desde 1984, a sua implementação obedece a um conjunto de preceitos

Leia mais

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO DISPENSA DE PAGAMENTO DE CONTRIBUIÇÕES 1º EMPREGO E DESEMPREGADO LONGA DURAÇÃO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Dispensa de Pagamento de Contribuições 1º

Leia mais

CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual da Escola

CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual da Escola CONTRATO a TERMO RESOLUTIVO Manual da Escola Lisboa, 22 de Fevereiro de 2007 Índice I Introdução... 3 II Aplicação... 5 1. Como aceder à aplicação... 5 2. Necessidade a indicar... 7 3. Campos a preencher.....

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE TÉCNICOS DE CONTABILIDADE MAPA DE OBRIGAÇÕES FISCAIS E PARAFISCAIS DE ABRIL DE 2016 Dia 11: IVA: Envio da declaração mensal referente ao mês de fevereiro 2016 e anexos. IRS/IRC/SEGURANÇA SOCIAL: Declaração de rendimentos pagos

Leia mais

MEDIDA CONTRATO-EMPREGO PORTARIA N.º 34/2017, de 18 de janeiro

MEDIDA CONTRATO-EMPREGO PORTARIA N.º 34/2017, de 18 de janeiro MEDIDA CONTRATO-EMPREGO PORTARIA N.º 34/2017, de 18 de janeiro A Portaria n.º 34/2017, de 18 de janeiro criou a medida Contrato-Emprego, a qual consiste na concessão, à entidade empregadora, de um apoio

Leia mais