DIO A270 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO A270

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIO A270 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO A270"

Transcrição

1 DIO A270 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO A270

2 Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO A270 APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções completas de alta performance para comunicação de dados e telecomunicações e fabricante local de cabos ópticos e metálicos. Líder nacional em cabling, a Furukawa Industrial S.A., industria de origem japonesa está há mais de 35 anos no Brasil. A empresa é parte de um sólido grupo internacional, formado pela Furukawa Electric Co. Ltda, que atua intensamente no setor de Comunicação há mais de 120 anos. ÍNDICE Aplicação 3 Características 3 Configurações 3 Materiais e Componentes 4 Instalação e Estrutura 5 Montagem dos Suportes e Adaptadores 6 Instalação do Cabo 6 Acomodação das Unidades Básicas 6 Instalação das Fibras na Bandeja de Emenda 7 Montagem das Extensões Ópticas 7 Emenda das Fibras Ópticas 7 Montagem dos Cordões Ópticos 8 Instalação de Segurança 8 Cuidados e Segurança 9 Assistência Técnica 9 2 Argentina Brasil Bolivia Chile Colombia Ecuador Paraguay Perú Uruguay Venezuela

3 1. Aplicação Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/ EIA-568B.3, uso interno e instalação em racks ou brackets, para cabeamento vertical ou primário, em salas ou armários de distribuição principal, na função de administração e gerenciamento de backbones ópticos, ou para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (crossconnect), na função de distribuição de serviços em sistemas ópticos horizontais. As condições e locais de aplicação são especificados pela norma TIA-569-B Pathway and Spaces. 2. Características Produto compacto com altura de 1U (44,45 mm), largura de 440 mm e profundidade de 330 mm. Capacidade para até 48 fibras, utilizando-se conectores LC DUPLEX e extensões ópticas de diâmetro 0,9 mm. Apresenta gaveta deslizante que facilita a instalação dos cabos ópticos e das extensões ópticas. Apresenta painel frontal articulável permitindo maior facilidade nas manobras e gerenciamento dos cordões ópticos. As áreas de emenda e de adaptadores ópticos, bem como o armazenamento do excesso de fibras, ficam internos ao produto, conferindo maior proteção e segurança ao sistema. Possui versatilidade no acesso de cabos ópticos, permitindo dois acessos laterais e/ou dois acessos traseiros, todos com sistema de fixação do cabo e ancoragem do elemento de tração. 3. Configurações 3.1. MÓDULO BÁSICO DIO A270 Responsável por acomodar e proteger as emendas ópticas de transição entre o cabo óptico e as extensões ópticas, ou acomodar os cabos ópticos conectorizados. Confeccionado em aço, acabamento em pintura epóxi de alta resistência a riscos na cor preta. Permite a montagem de até 02 kits Bandeja de Emenda. Permite a montagem de até 12 suportes duplos para adaptadores ópticos, fornecidos nas extensões ópticas conectorizadas. 3 CENTRAL DE SERVIÇO AO CLIENTE CENTRAL DE SERVICIO AL CLIENTE

4 3.2. KIT BANDEJA DE EMENDA (Não incluso no Módulo Básico DIO A270) Responsável por acomodar e proteger as emendas ópticas e o excesso de fibra. Composto por uma bandeja de emenda para até 24 fibras, parafusos de fixação, protetores de emenda, anilhas para identificação de cabos e demais acessórios necessários à instalação EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA (Não incluso no Módulo Básico DIO A270) Composto pelos suportes de adaptadores ópticos para 02 fibras, 02 adaptadores ópticos e 02 extensões ópticas (pig tails). Disponível para fibras multimodo (MM) e monomodo (SM), para conectores ópticos SC, LC, ST, MT-RJ e FC. Para maiores informações consultar 4. Materiais e Componentes O produto é composto pelos itens a seguir: Item Descrição Quantidade 1 Estrutura 01 2 Bandeja Deslizante 01 3 Suporte de fixação do módulo no rack 02 4 Suporte lateral de fixação do cabo 01 5 Suporte traseiro de fixação do cabo 01 6 Grampo de ancoragem de cabos 02 7 Posição para fixar a bandeja de emenda Acomodador radial de cabos 02 9 Furos para fixar o Suporte dos adaptadores Argentina Brasil Bolivia Chile Colombia Ecuador Paraguay Perú Uruguay Venezuela

5 10 Puxador Cartão para identificação das fibras ópticas 02 - Parafuso M5x10 com arruela 04 - Porca-gaiola 04 - Abraçadeiras 08 As seguintes ferramentas e materiais auxiliares são necessários à instalação do DIO A270: Materiais consumíveis: Álcool, lenços de papel e gaze; Ferramentas gerais: Trena, alicate universal, chave de boca, chave de fenda, chave philips, estilete e tesoura; Ferramentas específicas para cabos ópticos: Cortador de cabo; Cortador de tubo loose; Clivador de fibra óptica de precisão; Máquina de emenda de fibra óptica. Nota: Estas ferramentas e materiais auxiliares não acompanham o produto Módulo Básico DIO A Instalação e Estrutura O Distribuidor Interno Óptico A270 permite montagem em estruturas de 19 ou 23 de largura, utilizando 04 parafusos Philips M5x10, conforme indicado pelas figuras. Fixação estrutura 19 Fixação estrutura 23 5 CENTRAL DE SERVIÇO AO CLIENTE CENTRAL DE SERVICIO AL CLIENTE

6 6. Montagem dos Suportes e Adaptadores O Distribuidor Interno Óptico A270 permite a montagem de até 12 suportes para fixação dos adaptadores ópticos. Com a montagem de todos os suportes e, acoplando-se em cada um deles 02 adaptadores ópticos, tem-se a capacidade máxima de 24 conexões. Para a montagem dos suportes, o manual das Extensões Ópticas Conectorizadas para DIO A270 deve ser consultado. 7. Instalação do Cabo Recomenda-se utilizar o suporte de fixação do cabo óptico, fixado á lateral do módulo básico caso o cabo chegue pela parte frontal (montagem típica em racks abertos), ou fixado á traseira do módulo básico caso o cabo chegue pela parte traseira (montagem típica em racks fechados): Entrada lateral Entrada traseira Preparar a extremidade do cabo óptico, removendo 2,5 metros de sua capa. Limpar adequadamente as unidades básicas (tubos loose) e cortar o elemento central do cabo 200 mm a partir da capa externa. Identificar as fibras / tubos ópticos, fixando as anilhas, fornecidas no kit bandeja de emenda, nas suas extremidades. Proteger as unidades básicas com corrugado flexível, fornecido no kit bandeja de emenda, a partir da capa do cabo. Fixar o elemento de tração do cabo óptico no grampo de ancoragem. 8. Acomodação das Unidades Básicas 6 Acomodar as unidades básicas, passando-as pelos acomodadores radiais de cabo, posicionando-as na entrada da(s) bandeja(s) de emenda e fixando-as na bandeja deslizante. Argentina Brasil Bolivia Chile Colombia Ecuador Paraguay Perú Uruguay Venezuela

7 NOTA: Deixar o cabo no DIO perfeitamente esticado quando a gaveta estiver aberta, respeitando o raio mínimo de curvatura do cabo. Verificar se as unidades básicas não estão sendo amassadas ou danificadas quando a gaveta é fechada. 9. Instalação das Fibras na Bandeja de Emenda Abrir a bandeja (inicie pela bandeja inferior), deslocando-se os pinos de articulação em L apenas o suficiente para a abertura da mesma. Posicionar as anilhas de identificação próximas à entrada da bandeja e prender as unidades básicas por meio de uma braçadeira plástica. Com caneta, marcar sobre as unidades ópticas um ponto a aproximadamente 2,5 cm da entrada das bandejas. Com o cortador de tubo loose (roletador), retirar o tubo de proteção gradualmente, expondo as fibras ópticas, em proporções de 30 em 30 cm, para não forçar as fibras, até a marcação definida no item anterior. Cuidadosamente, retirar o excesso de geléia das fibras ópticas, utilizando, inicialmente, papel de limpeza seco e, depois, embebido em álcool. Acomodar as fibras na bandeja de emenda para posterior fusão com as extensões ópticas. Cortar, rente à cabeça de fechamento, o excesso de todas as braçadeiras plásticas já fixadas. Guardar as fibras ópticas no interior da bandeja de emenda, acomodando-as o mais encostadas possível na parede lateral da bandeja. NOTA: Deve-se, sempre, manejar cuidadosamente as fibras ópticas. Respeitando os raios mínimos de curvatura da fibra. 10. Montagem das Extensões Ópticas Para a montagem das extensões ópticas deve-se proceder conforme procedimento descrito no manual das Extensões Ópticas Conectorizadas para DIO A Emenda das Fibras Ópticas Iniciar as fusões das fibras pela bandeja inferior. Emendar as fibras ópticas observando e atendendo aos requisitos especificados nos manuais de operação das máquinas de emenda. 7 CENTRAL DE SERVIÇO AO CLIENTE CENTRAL DE SERVICIO AL CLIENTE

8 Acomodar o excesso de fibra óptica na bandeja. Recolocar os filmes de proteção das bandejas de emenda. Fechar a bandeja e reposicionar os pinos de articulação em L na posição original. 12. Montagem dos Cordões Ópticos Conectorizar os cordões nos adaptadores ópticos previamente posicionados nos suportes dos adaptadores, encaminhando cada feixe de cordões para as saídas laterais, passando-os pelos suportes em U. Retirar o cartão de identificação do porta-cartão e identificar adequadamente cada um dos cordões ópticos conectados. Encaminhar os cordões ópticos para os equipamentos, deixando a folga/sobra necessária para a abertura e fechamento da bandeja deslizante. NOTA: Antes de efetuar a conectorização, verificar a superfície polida do conector. Poeira ou resíduos devem ser retirados através de uma correta limpeza do conector. 13. Instalação de Segurança O Distribuidor Interno Óptico A270 permite uma instalação de segurança que evita o acesso de qualquer pessoa não autorizada às emendas ópticas sem que ela rompa um lacre. Para isto, é necessário utilizar uma abraçadeira tipo lacre (não inclusa neste produto), conforme figura: 8 Argentina Brasil Bolivia Chile Colombia Ecuador Paraguay Perú Uruguay Venezuela

9 9 CENTRAL DE SERVIÇO AO CLIENTE CENTRAL DE SERVICIO AL CLIENTE

10 CENTROS DE PRODUÇÃO BRASIL MATRIZ CURITIBA - PR R. Hasdrubal Bellegard, 820 Cidade Industrial CEP: Tel.: (41) Fax: (41) ARGENTINA BUENOS AIRES Ruta Nacional 2, km 37,5 Centro Industrial Ruta 2 Berazategui Província de Buenos Aires Tel.: (54 22) VENDAS / REGIONAIS BRASIL ESCRITÓRIO NACIONAL DE VENDAS SÃO PAULO - SP Av. das Nações Unidas, º andar - Ed. Brasilinterpart CEP: Tel.: (11) Fax: (11) BELO HORIZONTE - MG Cel.: (31) BRASÍLIA - DF Cel.: (61) CURITIBA - PR Tel.: (41) PORTO ALEGRE - RS Cel.: (51) RECIFE - PE Cel.: (81) RIO DE JANEIRO - RJ Cel.: (21) SALVADOR - BA Cel.: (71) ARGENTINA ESCRITÓRIO - BUENOS AIRES Moreno, Piso 15B Cód. Postal C1091AAR Ciudad Autónoma de Buenos Aires Tel.: (54 11) CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO BRASIL RECIFE - PE Rodovia BR 101 Sul km 80,7 Anexo A, Setor K - Prazeres CEP: Jaboatão dos Guararapes - PE VITÓRIA - ES Rodovia BR 101 Norte km 10 Lote A - Parte - Carapina CEP: Serra - ES PANAMÁ Forwarding and Logistic Solution France Field - Zona Libre de Colón, Panamá

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD 2 Manual de Instalação DIO HDMOD Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO HDMOD APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada

Leia mais

GUIA VERTICAL PARA RACK DATA CENTER

GUIA VERTICAL PARA RACK DATA CENTER GUIA VERTICAL PARA RACK DATA CENTER Manual de Instalação GUIA VERTICAL PARA RACK DATA CENTER APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções completas de alta

Leia mais

CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120

CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120 CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120 Manual de Instalação CEIP 120F CAIXA DE EMENDA INTERNA DE PAREDE 120 APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções

Leia mais

PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P

PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P Manual de Instalação PONTO DE CONSOLIDAÇÃO LGX 1P/2P APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções completas de alta performance

Leia mais

CABOS TIPO: Tight-Buffer.

CABOS TIPO: Tight-Buffer. CABOS TIPO: Tight-Buffer. Manual de Instalação CABOS TIPO: Tight-Buffer APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Empresa especializada em soluções completas de alta performance para comunicação de dados e

Leia mais

A Solução Furukawa Broadband System. FTTH e FTTA

A Solução Furukawa Broadband System. FTTH e FTTA A Solução Furukawa Broadband System FTTH e FTTA A linha Furukawa Broadband System oferece diversas opções de cabos, divisores (Splitters), equipamentos e acessórios de infraestrutura óptica. Uma linha

Leia mais

ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER

ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER ITMAX SOLUÇÃO DATA CENTER DATA CENTER A Furukawa apresenta a solução ITMAX para Data Center, com produtos especialmente desenvolvidos para atender este mercado que requer componentes de alta performance.

Leia mais

DIO B144 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO B144

DIO B144 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO B144 DIO B144 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO B144 Manual de Instalação DIO B144 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO B144 APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Empresa especializada em soluções completas de alta performance

Leia mais

Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail )

Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail ) Caixa Dio Completa (carregada com Kit Dio, adaptadores e pigtail ) 24 Fibras, 48 Fibras ou 72 Fibras(SM ou MM) Esta caixa DIO completa permite ao usuário configurar o DIO de 1U de acordo com a sua necessidade.

Leia mais

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir

Aumentar Diminuir Procura Tela Cheia Imprimir ADAPTER CABLE M8v CATEGORIA 5 ENHANCED Sistemas de Cabeamento Estruturado para tráfego de voz, dados e imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, incluindo o adendo 5 (Categoria 5e), para

Leia mais

Aula 4b Elementos da Infraestrutura

Aula 4b Elementos da Infraestrutura Aula 4b Elementos da Infraestrutura Prof. José Maurício S. Pinheiro 2010 1 Elementos de Infra-estrutura São utilizados em projetos de sistemas de cabeamento para estabelecer o tráfego de voz, dados e imagens,

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2014 Política de Qualidade Atender as expectativas dos nossos clientes e requisitos regulamentares com a participação de todos os funcionários, buscando a melhoria contínua em

Leia mais

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO B48

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO B48 DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO B48 Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO B48 APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em soluções completas de alta

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DO CABO EN320

CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DO CABO EN320 a EMISSÃO INICIAL FTY MM LYT 18/12/14 REV. ALTERAÇÕES EXEC. VISTO APROV. DATA EXEC. VISTO APROV. FTY MM LYT DATA: CEMIG DISTRIBUIÇÃO S.A LD 1 ALMENARA - JEQUITINHONHA, 138kV (Op. 69 kv) 18/12/14 INSTRUÇÕES

Leia mais

DISPONIBILIDADE DE ACESSO AO USUÁRIO FINAL DOS SERVIÇOS MULTIMÍDIA DE MANEIRA RÁPIDA, PRÁTICA E FUTURE PROOF.

DISPONIBILIDADE DE ACESSO AO USUÁRIO FINAL DOS SERVIÇOS MULTIMÍDIA DE MANEIRA RÁPIDA, PRÁTICA E FUTURE PROOF. DISPONIBILIDADE DE ACESSO AO USUÁRIO FINAL DOS SERVIÇOS MULTIMÍDIA DE MANEIRA RÁPIDA, PRÁTICA E FUTURE PROOF. Furukawa Broadband System A linha Furukawa Broadband System tem produtos voltados ao segmento

Leia mais

REDE DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE FIBRA ÓPTICA REDE DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Emendas ópticas... 3 3. Interfaces ópticas... 4 4. Distribuidor geral óptico... 5 5. Cordões Ópticos... 5 6. Práticas

Leia mais

Painel Guia Cabo Painel Cego 19 Gaveta de Sobra - Cordões Gaveta de Sobra - Tubo Loose

Painel Guia Cabo Painel Cego 19 Gaveta de Sobra - Cordões Gaveta de Sobra - Tubo Loose s Painel slim Mini TOA 12 TOA 48 Compact P12 P24 Fix Flex Vision Protect Intercon 1 Intercon 2 Intercon Ultra Office Double Atlas Pentamax Fit Painel Guia Cabo Painel Cego 19 Gaveta de Sobra - dões Gaveta

Leia mais

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS

DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS DTN WEBEX NOVOS PRODUTOS Conectividade 6A Linha de Bandejas Ópticas HDX Linha de Racks ITMAX Linha de Racks Fechados Acessórios de Organização Produtos de alta densidade FTP UTP Descarregado Azul/Branco/Bege

Leia mais

Catalogo de Produtos

Catalogo de Produtos Catalogo de Produtos Triunfo Metalúrgica Triunfo Metalúrgica Ltda, empresa genuinamente brasileira, sediada em Curitiba/PR. Instalada em uma área de 10.000m²,atua no mercado desde 1998,desenvolvendo e

Leia mais

LINHA ÓPTICA. Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit

LINHA ÓPTICA. Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit Distribuidor Interno Óptico Gaveta Módulo montado. Estrutura padrão 19 com gaveta metálica deslizante, frente em acrílico. Fornecido com módulos que fazem a reserva técnica de cabos, acomodação das emendas

Leia mais

INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS LINHA DE RACKS ABERTOS LINHA DE BRACKETS LINHA DE ACESSÓRIOS

INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS LINHA DE RACKS ABERTOS LINHA DE BRACKETS LINHA DE ACESSÓRIOS INDICE LINHA DE RACKS FECHADOS Triunfo Standard Triunfo Server Triunfo Left Triunfo Left Server Triunfo Industrial 05 06 07 08 09 LINHA DE RACKS ABERTOS Triunfo Plus Triunfo HD 10 11 LINHA DE BRACKETS

Leia mais

SISTEMA ECO PIPE ALCANCE GLOBAL, SOLUÇÕES ESPECÍFICAS

SISTEMA ECO PIPE ALCANCE GLOBAL, SOLUÇÕES ESPECÍFICAS SISTEMA ECO PIPE ALCANCE GLOBAL, SOLUÇÕES ESPECÍFICAS Características técnicas: Temperatura trabalho: - C a +70 C Pressão de trabalho: -0,13 a 13 bar Material: Tubo de alumínio estrudado sem costura, passagem

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO BT VERSÃO CURTA

DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO BT VERSÃO CURTA DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO DIO BT VERSÃO CURTA Manual de Instalação DISTRIBUIDOR INTERNO ÓPTICO - DIO BT VERSÃO CURTA APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Produtos Elétricos Empresa especializada em

Leia mais

Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit

Distribuidor Interno Óptico Gaveta. Distribuidor Interno Óptico Fit Linha Óptica Família de produtos que tem como principal função proporcionar o tráfego de dados, voz e imagem através de cordões e cabos de fibra óptica com o auxílio de acessórios para garantir a infraestrutura

Leia mais

F I B R A S Ó P T I C A S E A C E S S Ó R I O S. Catálogo de Produtos. Linha Metalúrgica

F I B R A S Ó P T I C A S E A C E S S Ó R I O S. Catálogo de Produtos. Linha Metalúrgica F I B R A S Ó P T I C A S E A C E S S Ó R I O S Catálogo de Produtos Linha Metalúrgica RACK PISO 19 Os Racks de piso são ideais para utilização em qualquer ambiente, para guardar equipamentos e acessórios

Leia mais

BACK BONE DE FIBRA ÓPTICA

BACK BONE DE FIBRA ÓPTICA MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO RUA JOÃO POLITI, 1589 ITAJUBÁ MG BACK BONE DE FIBRA ÓPTICA Responsável Técnico: Airton Leandro Seidel 1 INDICE GERAL DO MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO DO PROJETO 03 2. ESCOPO

Leia mais

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC

Catálogo de. Produtos LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA PRODUTOS INJETADOS MARCAS DISTRIBUÍDAS B5NX-CNC FIBRAS ÓPTICAS E ACESSÓRIOS LABORATÓRIO ÓPTICO FERRAMENTARIA / METALURGIA B5NX-CNC PRODUTOS INJETADOS Catálogo de MARCAS DISTRIBUÍDAS Produtos R A Division of Cisco Systems, Inc. RACKS E ACESSÓRIOS Linha

Leia mais

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic

Linha Met Linha Me alúr t gic alúr a gic Linha Metalúrgica Estes gabinetes são utilizados em ambientes internos e servem para acomodar equipamentos óptico-eletrônicos que necessitam de proteção. São totalmente fechados com chaves, sendo a porta

Leia mais

Rack piso standard. Rack piso Server

Rack piso standard. Rack piso Server Rack piso standard Desenvolvido para atender diversos tamanhos e tipos de redes Monobloco: Estrutura em chapa de aço 1,2 mm Porta frontal em chapa de aço 1,2 mm, visor em acrílico fume e fechadura cilíndrica

Leia mais

DATA CEnTERS R A C K S A B E R T O S P A R A

DATA CEnTERS R A C K S A B E R T O S P A R A RACKS ABERTOS PARA Data Centers Introdução Top Solution. Um produto testado e aprovado pelo mercado brasileiro A solução em racks abertos é uma exclusividade do Grupo Policom. Com mais de 5000 unidades

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de e Permanente (Equipamentos e Suprimentos de Informática), para 001 081266-9 CABO UTP CAT5E FLEXíVEL, CAIXA COM 300MT Lote 1- Destino: Uinfor CX 30 002 113294-5

Leia mais

RACKS DE PISO Linha OutFlex Sistema de moldura extraível, fácil manutenção, economia de tempo e espaço.

RACKS DE PISO Linha OutFlex Sistema de moldura extraível, fácil manutenção, economia de tempo e espaço. RACKS DE PISO Linha OutFlex Sistema de moldura extraível, fácil manutenção, economia de tempo e espaço. Detalhe dos puxadores Detalhe das Esferas transferidoras que possibilitam a rotação. RACKS DE PISO

Leia mais

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre

Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre Newell TM - Catálogo Cablagem Estruturada Fibra Óptica e Cobre SOLUÇÃO DE CONECTIVIDADE Introdução pag 2 Acessórios de FO pag 3 FIBRA ÓPTICA LC pag 4 SC pag 5 ST pag 6 FC pag 7 DATASHEETS Cat 5E pag 8

Leia mais

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento

APRENDIZAGEM INDUSTRIAL. UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento APRENDIZAGEM INDUSTRIAL UNIDADE 3 Técnicas de cabeamento O cabeamento horizontal Compreende os segmentos de cabos que são lançados horizontalmente entre as áreas de trabalho e as salas de telecomunicações

Leia mais

Noções de Cabeamento Estruturado Óptico

Noções de Cabeamento Estruturado Óptico Noções de Cabeamento Estruturado Óptico Roteiro Fibras ópticas Cuidados com cabos ópticos Elementos do Cabeamento Estruturado Fibras Ópticas Desde seu desenvolvimento, as fibras ópticas representaram um

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

Projetados para você. Sob medida para o seu data center.

Projetados para você. Sob medida para o seu data center. Projetados para você. Sob medida para o seu data center. introdução Projetados para você. Sob medida para o seu data center. Inspirada no estrondoso sucesso da linha Top Solution, a solução GP Racks é

Leia mais

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário: 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Lançamento de Cabo Óptico... 3 3. Emendas ópticas... 3 4. Distribuidor Geral Óptico DGO... 3 5. Medições

Leia mais

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA

REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA REDE DE CABOS DE FIBRA ÓPTICA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Sumário 1. Cabos de fibras ópticas... 2 2. Lançamento de Cabo Óptico... 3 3. Emendas ópticas... 3 4. Distribuidor Geral Óptico DGO... 4 5. Medições

Leia mais

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS

FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS FIBRA ÓTICA CABOS CORDÃO ÓTICO SIMPLEX OU DUPLEX GAVETAS DE DISTRIBUIÇÃO FIBRA ÓTICA TORPEDOS E CAIXAS PARA JUNTAS ADAPTADORES CONVERSORES DE MEIOS 04 05 0 07 08 09 02 FIBRA ÓTICA TECNOLOGIA ÓTICA Com

Leia mais

INSTRUÇÃO DE TRABALHO HISTÓRICO DE VERSÕES

INSTRUÇÃO DE TRABALHO HISTÓRICO DE VERSÕES HISTÓRICO DE VERSÕES 1/25 Versão Data Elaborado por Motivo da Revisão Revisado por Aprovado por 01 03 14/10/2013 09/04/2014 28/07/2014 Lucival B. R. Rocha Marco Antonio F. da Silva Inclusão montagem conector

Leia mais

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA

CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA CABEAMENTO ESTRUTURADO NORMAS AMERICANAS EIA/TIA NORMAS AMERICANAS EIA/TIA EIA/TIA 568-B: Commercial Building Telecomunications Cabling Standard Essa norma de 2001 é a revisão da norma EIA/TIA 568-A de

Leia mais

Cabo Óptico DROP DROP F8 X YF COG. Cabo Óptico Externo UTD CFOA X UTD G YF COG. Cordão Óptico COA COA X MF Y - COG

Cabo Óptico DROP DROP F8 X YF COG. Cabo Óptico Externo UTD CFOA X UTD G YF COG. Cordão Óptico COA COA X MF Y - COG Linha Óptica Linha de produtos que tem como principal função proporcionar o tráfego de dados, voz e imagem através de cordões e cabos de fibra óptica com o auxílio de acessórios para garantir a infraestrutura

Leia mais

Caixa de emenda óptica (FOSC) DGJC-102A. Especificação Técnica

Caixa de emenda óptica (FOSC) DGJC-102A. Especificação Técnica Caixa de emenda óptica (FOSC) DGJC-102A Especificação Técnica ÍNDICE 1. Especificações Gerais 1.1 Objetivo 1.2 Aplicação 1.3 Qualidade 1.4 Confiabilidade 1.5 Referência 2. Especificações Técnicas 2.1 Características

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA

MANUAL DE MONTAGEM. Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA MANUAL DE MONTAGEM Revisão 10 MONTAGEM DO DISCO SOLAR PARA AQUECIMENTO DE ÁGUA Parabéns por adquirir um dos mais tecnológicos meios de aquecimento de água existentes no mercado. O Disco Solar é por sua

Leia mais

Prisma Plus Sistema G

Prisma Plus Sistema G Distribuição elétrica baixa tensão Prisma Plus Sistema G Quadros e armários para montagem na parede ou no piso, até 630 A Prisma Plus: uma oferta pensada para maior profissionalismo Quadros e armários

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO OBRA: ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONALIZANTE PROJETO PADRÃO PROPRIETÁRIO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

EDITAL Nº 1939 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003/2015 - OBRA PROCESSO ADM. Nº P404068/2014 FL. 251

EDITAL Nº 1939 CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003/2015 - OBRA PROCESSO ADM. Nº P404068/2014 FL. 251 FL. 251 Montados em fábrica, em condições de processo controlado, com cabos ópticos do tipo tight (Zip-Cord ou Cordão Monofibra) e com os principais tipos de conectores ópticos. Fornecido nas cores laranja

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

email: cookvendas@cookenergia.com Acesse nosso site: www.cookenergia.com Telefones: (55) 21 2609-4196 - (55) 21 9387-1021

email: cookvendas@cookenergia.com Acesse nosso site: www.cookenergia.com Telefones: (55) 21 2609-4196 - (55) 21 9387-1021 Cordões Ópticos Montados em Conectores, Especificação: SUMÁRIO: 1 Objetivo. 2 Referências Normativas. 3 Definições. 4 Condições Gerais. 5 Condições Específicas. 6 Inspeção. 7 Aceitação e Rejeição. 8 Procedimento

Leia mais

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA

EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA EXTENSÃO ÓPTICA CONECTORIZADA Tipo do Produto Extensão Óptica Família do Produto Descrição TeraLan A Extensão Óptica Conectorizada é composta, (1) normalmente, por dois itens principais : Extensão Óptica:

Leia mais

Índice. Acessórios...17 Kit fixação...17 Bandejas...18 Tetos...18 Gavetas de ventilação...18 Calha de tomada...19

Índice. Acessórios...17 Kit fixação...17 Bandejas...18 Tetos...18 Gavetas de ventilação...18 Calha de tomada...19 Índice W31 - Womer Server - em Aço...4 W32 - Womer Server - Perfil Arredondado/ em Aço...5 W35 - Max Server Aluminum/ em Alumínio...6 W39 - Max Server Aluminum Perfil Arredondado/ em Alumínio...7 W38 -

Leia mais

www.hepso.com.br Transformando metais em soluções

www.hepso.com.br Transformando metais em soluções www.hepso.com.br Transformando metais em soluções Rack Fechado Fotos: SP Imagens 19 Rack Fechado Rack fechado composto por estrutura monobloco soldada, placas laterais e traseira removíveis por fecho rápido

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Infraestrutura de Redes de Computadores Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Infraestrutura de Redes de Computadores Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Administração Euber

Leia mais

Prisma Plus Sistema P

Prisma Plus Sistema P Distribuição elétrica baixa tensão Prisma Plus Sistema P Painéis até 4000 A Prisma Plus: uma oferta pensada para maior profissionalismo Painéis Prisma Plus Sistema P: painéis evolutivos adaptados a todas

Leia mais

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8

NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Assessoria Especial para Modernização da Gestão Central de Compras e Contratações NOTA DE ESCLARECIMENTO Nº 8 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 4/2015 PROCESSO Nº 04300.003546/2014-01

Leia mais

Cabeamento Estruturado

Cabeamento Estruturado Cabeamento Estruturado Infra-estrutura de cabeamento metálico ou óptico, capaz de atender a diversas aplicações proporcionando flexibilidade de layout, facilidade de gerenciamento, administração e manutenção

Leia mais

Cabeamento Estruturado Metálico em Edifícios Comerciais

Cabeamento Estruturado Metálico em Edifícios Comerciais Cabeamento Estruturado Metálico em Edifícios Comerciais Cabeamento estruturado - definição Sistema de cabeamento capaz de prover tráfego de gêneros de informações diferenciadas dentro de um mesmo sistema

Leia mais

ECO HD. Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco 110 Categoria 6 36 Organizadores de cabos 38

ECO HD. Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco 110 Categoria 6 36 Organizadores de cabos 38 Página Patch Panel Patch Panel cat. 6 32 P. Modular 48 portas em 1UR cat.6 32 Patch Panel Modular descar. 24 portas 33 Voice Panel 1UR 50 Portas 34 Bloco 110 e Organizadores Bloco 110 Categoria 5e 35 Bloco

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO Ofício nº 138/2003/CPL/SAA/SE/MEC Brasília, 04 de dezembro de 2003. REFERÊNCIA: Tomada de Preços nº 01/2003

Leia mais

LOTE 01 VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL ITEM DESCRIÇÃO RESUMIDA UNIDADE QUANTIDADE

LOTE 01 VALOR UNITÁRIO VALOR TOTAL ITEM DESCRIÇÃO RESUMIDA UNIDADE QUANTIDADE LOTE 01 ITEM DESCRIÇÃO RESUMIDA UNIDADE QUANTIDADE 1.1 Ponto de rede CAT.5E utilizando ponto de consolidação. Os equipamentos e materiais incluem, cabo UTP 4 pares, tomada RJ45 fêmea (obedecendo padrões

Leia mais

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS

FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS FICHA TÉCNICA PATCH PANEL 24 PORTAS C5e RoHS 1- Aplicação: Este produto aplica-se a sistemas de cabeamento estruturado, para tráfego de voz, dados e imagens, do tipo 10BASE-T, 100BASE-Tx, 155M ATM, 4/16MB

Leia mais

Corrediça Invisível. Quadro

Corrediça Invisível. Quadro Corrediça Invisível Quadro e p - Bigfer + Hettich A Hettich é uma empresa alemã, líder mundial em ferragens e acessórios para móveis. No Brasil seus produtos são distribuídos pelo Grupo Bigfer, o maior

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais

Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica Divisão de Manutenção / Departamento de Manutenção de Sistemas Digitais Especificação Técnica ETD -00.063 Materiais de telecomunicação ópticos Versão:

Leia mais

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10

Documentação Técnica Empresa SA. PR049_10 AS BUILT Documentação Técnica Documentação Técnica serviço de cabeamento lógico, realizado na Empresa SA. Serviço realizado após aprovação da proposta PR049_10, sendo todo projeto acompanhado pelo Sr.

Leia mais

Catálogo de Produtos 2014. Cardinal, Produtos com Qualidade Comprovada

Catálogo de Produtos 2014. Cardinal, Produtos com Qualidade Comprovada w w w. c a r d i n a l. c o m. b r Catálogo de Produtos 2014, Produtos com Qualidade Comprovada Escritório: Rua Frederico Mayer, 477 - Flor da Serra CEP 89600-000 Joaçaba - SC Fábrica: Rod. SC 452 km 6,8

Leia mais

DATA CEnTERS R A C K S A B E R T O S P A R A

DATA CEnTERS R A C K S A B E R T O S P A R A RACKS ABERTOS PARA Data Centers Introdução Top Solution. Um produto testado e aprovado pelo mercado brasileiro A solução em racks abertos é uma exclusividade do Grupo Policom. Com mais de 5000 unidades

Leia mais

Fibra Óptica. Por que escolher a 3M? O futuro é FTTB / FTTA FTTP. Soluções inovadoras, a 3M é um fornecedor completo para

Fibra Óptica. Por que escolher a 3M? O futuro é FTTB / FTTA FTTP. Soluções inovadoras, a 3M é um fornecedor completo para Celular Fiber-tothe-Antenna FTTH FTTB / FTTA Planta Externa subterrânea FTTP Por que escolher a 3M? Soluções inovadoras, a 3M é um fornecedor completo para implementações de projetos FTTH em MDUs. A 3M

Leia mais

Meios Físicos de Comunicação

Meios Físicos de Comunicação Meios Físicos de Comunicação Aula 3 Equipamentos de Conectividade e Organização Meios Físicos de Comunicação - Equipamentos de Conectividade e Organização 1 Conteúdo Elementos de Infraestrutura Estrutura

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções 2 ATENÇÃO Leia o Manual de Operação com atenção, para que o relógio opere de forma adequada e eficiente por um longo período de tempo. O relógio de ponto deve ser instalado em um ambiente

Leia mais

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA 156/3 (150 X 60 mm) - 3 seções 0% BRASILEIRA Características das canaletas de alumínio Blindagem eletromagnética devido à liga 6060 - T5, eliminando

Leia mais

PEDESTAL ÓPTICO 128F

PEDESTAL ÓPTICO 128F PEDESTAL ÓPTICO 128F Manual de Instalação PEDESTAL ÓPTICO 128F APRESENTAÇÃO FURUKAWA INDUSTRIAL S.A. Empresa especializada em soluções completas de alta performance para comunicação de dados e telecomunicações

Leia mais

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária

Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária TERMO DE REFERÊNCIA Contratação de empresa especializada para realizar a atualização tecnológica do backbone óptico da rede lógica para o padrão 10 Gigabit Ethernet, integrante do SISTEMA ELETRÔNICO/TELEMÁTICA

Leia mais

1. Identificação do Produto e da Empresa

1. Identificação do Produto e da Empresa 1. Identificação do Produto e da Empresa Produto: Perfis de Poliestireno Tipo de produto: 96 % de Poliestireno Reciclado e 4 % de Poliestireno Virgem Empresa: Indústria e Comércio de Molduras Santa Luzia

Leia mais

Cabeamento Estruturado. Definição. Definição. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC

Cabeamento Estruturado. Definição. Definição. Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC Cabeamento Estruturado Prof. Leandro Pykosz Leandro@sulbbs.com.br Redes de Computadores - UDESC Definição Entende-se por rede interna estruturada aquela que é projetada de modo a prover uma infra-estrutura

Leia mais

Boletim de Novo Produto

Boletim de Novo Produto Boletim de Novo Produto NP 308P Conectores FiberExpress Brilliance Instaláveis em Campo Brilhantes na concepção e instalação, os conectores FiberExpress Brilliance transformam a terminação de fibras ópticas

Leia mais

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação

KIT Porta IPUMIRIM. Manual técnico e instruções de instalação Manual técnico e instruções de instalação KIT Porta IPUMIRIM Este manual de instalação do Kit Faqueadas Ipumirim vai auxiliar e orientar construtores e consumidores com as informações necessárias com relação

Leia mais

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout

Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Cabo Óptico Pré Conectorizado Fanout Tipo do Produto Cabo Óptico Pré-Conectorizado Descrição Cabo Óptico de construção tipo " tight buffer" (indoor ou indoor/outdoor) ou cordão multifibra (somente indoor)

Leia mais

Manual do Usuário. Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 dbi Downtilt Ajustável ANT040009

Manual do Usuário. Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 dbi Downtilt Ajustável ANT040009 Manual do Usuário Antena Painel Outdoor 65-806 a 960MHz - 17 i Downtilt Ajustável ANT040009 Este Manual Aplica- se Somente ao Produto que o Acompanha Índice Pag. 1 - Informações Gerais...2 1.1 - Apresentação...2

Leia mais

CO C MP M ONEN E TES E D A D TEL E A ele l ment n o t s de d f i f x i a x çã ç o voltar para o índice

CO C MP M ONEN E TES E D A D TEL E A ele l ment n o t s de d f i f x i a x çã ç o voltar para o índice FERRAMENTAS NECESSÁRIAS Instalação COMPONENTES DA TELA Montagem Instalação elementos de fixação perfil acessórios GUIA DE MONTAGEM Guia da tela correr AJUSTE DA TELA MONTAGEM DA TELA corte dos perfis usinagem

Leia mais

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin

Linha Embutida a tid u b m a E h Lin Dutos de Piso... 27 Modelos... 27 Caixas de passagem... 31 Caixas de tomada... 35 Derivações... 39 Tomadas de piso - Latão/Cromado/Nylon... 42 Espelho para pisos... 43 Caixa de alumínio... 44 Distribuição

Leia mais

Instalação do Sistema de Cabos para Distribuição de Dados

Instalação do Sistema de Cabos para Distribuição de Dados Instalação do Sistema de Cabos para Distribuição de Dados Visão geral O Sistema de Cabos de Distribuição de Dados proporciona um sistema de conexão de alta densidade entre racks para equipamentos de telecomunicação

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Line Cords e Patch Cables.

Leia mais

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE

APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE APOSTILA DE REDES DE COMPUTADORES RESUMO 1º BIMESTRE - 2º SEMESTRE 1 1. CABEAMENTO ESTRUTURADO Cabeamento estruturado é a disciplina que estuda a disposição organizada e padronizada de conectores e meios

Leia mais

Cabeamento Estruturado. Prof. Marciano dos Santos Dionizio

Cabeamento Estruturado. Prof. Marciano dos Santos Dionizio Cabeamento Estruturado Prof. Marciano dos Santos Dionizio Norma ANSI/EIA/TIA 568B Divide um sistema de cabeamento em subsistemas: 1. Facilidades de Entrada (pela NBR14565: Sala de Entrada de Telecomunicações

Leia mais

Capa TN. com Índice. Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente

Capa TN. com Índice. Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente Conheça os produtos TN Faça uma escolha inteligente Corrediça Oculta TN Slowmotion Corrediça Telescópica TN H45 Corrediça Telescópica TN H45 Slowmotion Corrediça Telescópica TN MINI H35 Capa TN Corrediça

Leia mais

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br

SOLUÇÕES PARA FACHADA. metax.com.br SOLUÇÕES PARA FACHADA metax.com.br Passarela para pedestres Estes equipamentos são utilizados em locais onde a instalação do andaime fachadeiro obstrui a passagem de via, ou seja, a fachada do prédio não

Leia mais

Top Solution G5: a mesma robustez e flexibilidade com design ainda mais elegante.

Top Solution G5: a mesma robustez e flexibilidade com design ainda mais elegante. www.grupopolicom.com.br contato@policom.com.br Rev. 26/5/2015 1 Top Solution G5: a mesma robustez e flexibilidade com design ainda mais elegante. O Top Solution G5, mais uma inovação exclusiva do Grupo

Leia mais

SOBRE A FIBRACEM TREINAMENTOS E SERVIÇOS

SOBRE A FIBRACEM TREINAMENTOS E SERVIÇOS fibracem.com SOBRE A FIBRACEM A Fibracem é uma empresa de capital 100% nacional, com sede em Pinhais PR. Atua no segmento de telecomunicações há 20 anos e possui certificações IS0 9001:2008 e Anatel. Dentre

Leia mais

NORMA ANSI/EIA/TIA 568 - B. Projeto Físico de Rede

NORMA ANSI/EIA/TIA 568 - B. Projeto Físico de Rede NORMA ANSI/EIA/TIA 568 - B O PADRÃO BASEIA-SE NOS SEIS PRINCIPAIS COMPONENTES DE UM SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO, QUE SÃO: 1 FACILIDADE DE ENTRADA (Entrance Facility) : É COMPOSTA POR HARDWARE DE

Leia mais

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC

Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Cabo Óptico Pré-Conectorizado LC/SC Tipo do Produto Descrição Cabo Óptico Pré-Conectorizado Cabo óptico de construção tipo tight buffer (indoor ou indoor/outdoor) pré-conectorizado em fábrica com conectores

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Como ofertar e projetar uma solução compacta Laserway PABLO DE CNOP GRANADO LOPES

Como ofertar e projetar uma solução compacta Laserway PABLO DE CNOP GRANADO LOPES Como ofertar e projetar uma solução compacta Laserway PABLO DE CNOP GRANADO LOPES CONCEITOS BÁSICOS A solução Laserway é baseada em uma rede multiserviços que utiliza o método de transmissão GPON, amplamente

Leia mais

InfraEstrutura de Redes

InfraEstrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul InfraEstrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Cabeamento Estruturado

Leia mais

Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013

Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013 2013 Comando Militar do Nordeste SRP nº 09/2013 B2IT Serviços de Multimídia e Telecom LTDA 18/10/2013 Aos Órgãos da Administração Pública Ref.: Ata de Registro de Preços conforme preceitua o Decreto Nº

Leia mais

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAMPUS SÃO JOSÉ SANTA CATARINA CAB Cabeamento Estruturado e Redes Telefônicas

Leia mais

Bigfer + Hettich. Por que? Por que usar InnoTech em seus projetos?

Bigfer + Hettich. Por que? Por que usar InnoTech em seus projetos? InnoTech Bigfer + Hettich A Hettich é uma empresa alemã e líder mundial em ferragens e acessórios para móveis. No Brasil seus produtos são distribuídos pelo Grupo Bigfer, o maior fabricante de acessórios

Leia mais