RESULTADOS DA HIDROTERAPIA EM QUATRO PACIENTES COM DIAGNÓSTICO DE FIBROMIALGIA AVALIADOS PELO QUESTIONÁRIO "FIBROMYALGIA IMPACT QUESTIONNAIRE" (FIQ)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESULTADOS DA HIDROTERAPIA EM QUATRO PACIENTES COM DIAGNÓSTICO DE FIBROMIALGIA AVALIADOS PELO QUESTIONÁRIO "FIBROMYALGIA IMPACT QUESTIONNAIRE" (FIQ)"

Transcrição

1 Anuário da Produção Acadêmica Docente Vol. II, Nº. 3, Ano 2008 RESULTADOS DA HIDROTERAPIA EM QUATRO PACIENTES COM DIAGNÓSTICO DE FIBROMIALGIA AVALIADOS PELO QUESTIONÁRIO "FIBROMYALGIA IMPACT QUESTIONNAIRE" (FIQ) Cintia Guedes Bellini Barros Faculdade Anhanguera de Taubaté Ronald Nascimento Gonçalves Faculdade Anhanguera de Taubaté Nataly Vasconcellos S. Andrade Faculdade Anhanguera de Taubaté RESUMO A fibromialgia é uma síndrome dolorosa de etiopatogenia desconhecida, que acomete preferencialmente mulheres, causando limitações à capacidade funcional pelo quadro álgico crônico, podendo interferir diretamente na qualidade de vida. Este estudo teve como objetivo documentar o resultado do tratamento com a hidroterapia na redução dos sintomas da fibromialgia. Foram submetidas ao tratamento quatro mulheres com diagnóstico de fibromialgia, as quais foram avaliadas no início e no final do tratamento pelo questionário Fibromyalgia Impact Questionnaire (2006). O tratamento teve duração média de cinco meses, duas vezes por semana, em sessões de 50 minutos. Todas as pacientes relataram melhora significativa na qualidade de vida e diminuição da dor. Notou-se que a hidroterapia foi eficaz no tratamento da fibromialgia na população estudada. Palavras-Chave: Fibromialgia; hidroterapia; dor; questionário. ABSTRACT Anhanguera Educacional S.A. Correspondência/Contato Alameda Maria Tereza, 2000 Valinhos, São Paulo CEP The Fibromyalgia is a painful syndrome of unknown that affects primarily women, causing limitations to the functional capacity by the pain chronic and can interfering directly in the life quality. This study was designed to demonstrate the results of the treatment with hydrotherapy in reducing the symptoms of Fibromyalgia and to provide quality of life. They were subjected to treatment four women diagnosed with Fibromyalgia. This women were evaluated in began and the end of the treatment by the Fibromyalgia Impact Questionnaire (2006). The treatment was during five months, twice a week, during fifty minutes. All the patients related add in life quality and a reduced amount of pain. We perceived that the hydro-therapy we efficient in the Fibromyalgia treatment in the studied population. Keywords: Fibromyalgia; hydrotherapy; pain; questionnaire. Coordenação Instituto de Pesquisas Aplicadas e Desenvolvimento Educacional - IPADE Artigo Original Recebido em: 7/10/2008 Avaliado em: 5/2/2009 Publicação: 13 de março de

2 100 Resultados da hidroterapia em quatro pacientes com diagnóstico de fibromialgia avaliados pelo questionário "Fibromyalgia Impact Questionnaire" (FIQ) 1. INTRODUÇÃO A fibromialgia é uma síndrome dolorosa de etiopatogenia desconhecida que acomete preferencialmente mulheres. É caracterizada por dores musculares difusas, sítios dolorosos específicos, freqüentemente associados a distúrbios do sono, fadiga, cefaléia crônica, distúrbios psíquicos, intestinais, funcionais, rigidez matutina, fenômeno de Raynaud, além de queixas de tumefação das articulações na ausência de tumefação real. Pode apresentar isoladamente ou associada a outras síndromes ou doenças clínicas, distúrbios psíquicos ou mesmo reumatológicas, como lúpus eritematoso sistêmico, hipertiroidismo, artrite reumatóide e outras (BIANCHINI, 2003; DAVID; LLOYD, 2001; MARTINEZ et al., 2006). A prevalência da fibromialgia não sofre influência de raça, nível socioeconômico ou cultural. Afeta principalmente mulheres em idade produtiva de trabalho, interferindo em sua qualidade de vida (BARBOSA et al., 2007; RUSSEL, 2007; CHIRINÉA et al., 2001; SMITH et al., 1998, CAVALVANTI, 2006). As primeiras referências sobre a fibromialgia foram descritas em 1824, como um processo inflamatório no tecido conjuntivo responsável pela dor que era chamada de reumatismo muscular. Em 1841, foram descritos pacientes com pontos musculares hipersensíveis à palpação e passiveis de desencadear dor irradiada. Somente em 1981 foi proposto o termo fibromialgia, que inclui os seguintes critérios obrigatórios: dor generalizada acompanhada de rigidez importante, envolvendo três ou mais áreas anatômicas, durante pelo menos três meses, e ausência de causas secundárias (traumáticas, doenças reumáticas, infecções ou neoplasias) (MARTINEZ et al., 2006). A causa da fibromialgia é desconhecida, mas as teorias apontam supostas causas como: anormalidades musculares, alterações no sistema imunológico, no sistema neuroendócrino, distúrbios no padrão do sono e fatores psicológicos (DAVID; LLOYD, 2001). Os sintomas incluem dores músculo - esqueléticas difusas, distúrbios do sono, fadiga, rigidez matinal de curta duração, sensação de edema, parestesia. Podem estar associadas a outras síndromes como depressão, ansiedade e síndrome do colo irritável (BIANCHINI, 2003). A presença dos pontos dolorosos é o achado primordial do exame físico, mostrado na Figura 1 (WOLFE et al., 1990).

3 Cintia Guedes Bellini Barros, Ronald Nascimento Gonçalves, Nataly Vasconcellos Santos Andrade 101 Fonte: Wolfe et al. (1990). Figura 1. Critério de classificação da FIBROMIALGIA estabelecido em 1990 pelo colégio americano de reumatologia. O tratamento para o paciente com fibromialgia deve proporcionar maior tolerância ao desconforto, diminuição da dor e melhora da capacidade funcional (MASSI et al., 1995). Atualmente o tratamento visa a redução dos sintomas. A Fisioterapia tem um importante papel na melhora do controle da dor e no aumento ou manutenção das A- tividades de Vida Diária (AVDs) e das Atividades de Vida Profissional (AVPs), assim como na redução de outros sintomas que lhe causam sofrimento (MARQUES, 2002). Diversos métodos de tratamento fisioterapêutico têm sido utilizados, tais como eletroterapia, cinesioterapia, e terapias manuais. Neste estudo, será apresentado o estudo de quatro casos de fibromialgia, tratados com hidroterapia objetivando documentar o resultado do tratamento com a hidroterapia na redução dos sintomas da fibromialgia e na melhora da qualidade de vida destes pacientes. 2. MATERIAS E MÉTODOS Para a avaliação destes pacientes foi aplicado o questionário validado para a língua portuguesa por Marques et al., (2006), denominado Fibromyalgia Impact Questionnaire. O questionário FIQ é composto por dez questões. A primeira refere-se à capacidade de realizar as atividades de vida diária. A pontuação dessa questão é descrita como: sempre, quase sempre, de vez em quando ou nunca. A pontuação máxima é de trinta pontos e quanto maior a pontuação pior a qualidade de vida do paciente. Na segunda e terceira questão respectivamente são avaliados quantos dias o paciente sentiu bem e quantos dias faltou no trabalho por causa da fibromialgia durante uma semana. Estas duas questões são pontuadas de zero a sete. Da quarta questão

4 102 Resultados da hidroterapia em quatro pacientes com diagnóstico de fibromialgia avaliados pelo questionário "Fibromyalgia Impact Questionnaire" (FIQ) em diante o questionário indaga respectivamente quanto à fibromialgia interferiu na capacidade do paciente realizar seus serviços, quanta dor o paciente sentiu, o cansaço, como o paciente se sentiu ao se levantar de manhã, rigidez ou corpo travado, nervosismo ou ansiedade, e por último a depressão e desânimo. Os quatro pacientes estudados foram tratados em piscina aquecida a 32ºC, numa seqüência de cinco meses, com duas sessões semanais, com duração de cinqüenta minutos cada. Todos os pacientes eram do sexo feminino, com média de idade de 48 anos e diagnóstico médico de fibromialgia. Não foram realizados tratamentos anteriores. Os dados obtidos por meio do questionário já citado foram comparados com os encontrados na literatura científica mundial. Foram considerados critérios de inclusão: ter diagnóstico médico de fibromialgia e não realizar outro tipo de tratamento (fisioterapia convencional) durante a coleta dos dados. Os critérios de exclusão foram: presença de patologia degenerativa das articulações já instalada, fobia ao meio líquido e realização de outro tipo de tratamento concomitantemente a hidroterapia. 3. RESULTADOS E DISCUSSÃO Para a avaliação do questionário foram entrevistadas quatro pacientes do sexo feminino com uma média de idade 48 anos. Os dados foram obtidos por meio da comparação realizada entre o antes e o depois do tratamento de hidroterapia, tendo como referência o questionário FIQ (MARQUES et al., 2006). Salvador et al., (2005), avaliaram quatro pacientes tratados com hidroterapia e aplicado o FIQ antes e após o tratamento. A média foi de 15 pontos antes do tratamento e de 7,25 após o tratamento hidroterapêutico. Os pacientes avaliados em nosso estudo apresentaram uma média de 16 pontos antes do tratamento e 8 após o tratamento, o que torna nossos resultados equivalentes aos encontrados no trabalho de Salvador et al., (2005). No estudo de Gashu et al. (2001), participaram do estudo 15 pacientes submetidos ao tratamento de estimulação elétrica nervosa transcutânea (TENS), exercícios de alongamento e aplicação do questionário FIQ. A pontuação média de dias na semana que o paciente sente-se bem atingida antes do tratamento foi de 1,25 dias e após o tra-

5 Cintia Guedes Bellini Barros, Ronald Nascimento Gonçalves, Nataly Vasconcellos Santos Andrade 103 tamento foi de 3 dias. Os dados assemelham-se com o do presente estudo, o que demonstra que a hidroterapia pode ser tão eficaz quanto o TENS. Isto fica claro, ao observar o gráfico 2, que descreve a segunda questão do FIQ, que avalia quantos dias na semana o paciente se sentiu bem, a média dos pacientes avaliados foi de 1,25 dias antes do tratamento, e após a reavaliação esta média foi de 4, 25 dias. No trabalho de Salvador et al. (2005), na avaliação da dor não foi utilizado o FIQ e sim escala visual analógica (EVA) de dor. A porcentagem média de dor foi de 36% antes do tratamento e após o tratamento a média foi de 15%. Os pacientes avaliados no presente estudo alcançaram uma média de 83,75% antes do tratamento e na reavaliação apresentaram uma média de 50%. Todavia, foram atingidos resultados na evolução dos pacientes superiores ao do presente estudo, demonstrando que a escala visual analógica da dor pode ter um resultado mais fidedigno, do que o FIQ para a avaliação da dor. No estudo de Sette et al. (2002), participaram 3 pacientes submetidos ao tratamento de fisioterapia como exercícios cardiovasculares, alongamentos, exercícios de percepção corporal e a aplicação do FIQ. A média da queixa de mal estar ao levantarse pela manhã foi de 100% antes do tratamento e após o tratamento esta média foi de 83%. Já os pacientes avaliados em nosso estudo, apresentaram uma média de 95% de queixa de mal estar ao levantar-se pela manhã antes do tratamento, e na reavaliação esta média baixou para 57,5%. Os dados de Sette et al., foram abaixo dos valores obtidos em nosso estudo. Portanto, nosso estudo sugere que o tratamento hidroterapêutico poderia ser mais eficaz do que exercícios cardiovasculares, de percepção corporal e aos alongamentos quando comparado ao estudo de Sette et al., (2002). Todas as demais questões (falta no trabalho, interferência da doença na realização do serviço, cansaço semanal, rigidez semanal, nervosismo e ansiedade e depressão e desânimo) também obtiveram melhora, segundo avaliação do questionário. 4. CONCLUSÃO Este estudo demonstrou que a hidroterapia foi eficaz no tratamento dos pacientes que participaram desta pesquisa. Alguns dados obtidos estão semelhantes a outros estudos e em outros os resultados são até superiores aos da literatura mundial. Isto torna a hidroterapia um recurso a mais a ser utilizado na solução das queixas da grande população mundial afetada pela fibromialgia.

6 104 Resultados da hidroterapia em quatro pacientes com diagnóstico de fibromialgia avaliados pelo questionário "Fibromyalgia Impact Questionnaire" (FIQ) REFERÊNCIAS BARBOSA, J. S.; DACH, F.; SPECIALI, J. G. Relação entre cefaléia primária e fibromialgia: revisão de literatura. Revista Brasileira de Reumatologia. v.47, n.2, mar./abr. 2007, p CAVALCANTE, A. B.; SAUER, J. F.; CHALOT, S. D.; ASSUMPÇÃO, A.; LAGE, L.V.; MATSUTANI, L. A.; MARQUES, A. P. A prevalência da fibromialgia: uma revisão de literatura. Revista Brasileira de Reumatologia. v. 46, n.1, jan./fev. 2006, p CHIRINÉA, J.; MENDONÇA, M. Fibromialgia quando tudo dói. Revista Fisioterapia. v.5, n.27, jun./jul. 2001, p.12. DAVID, C.; LLOYD, R. Reumatologia para fisioterapeutas. São Paulo: Premier, GASHU, B. M.; MARQUES, A. P.; FERREIRA, E. A. G.; MATSUTANI, L. A. Eficácia da estimulação elétrica nervosatranscutânea (TENS) e dos exercícios de alongamento no alívio da dor e na melhora da qualidade de vida de pacientes com fibromialgia. Revista de Fisioterapia da USP. São Paulo, v.8, n. 2, 2001, p GÓES, L. H. N. Influência do exercício físico na Fibromialgia. Fisioterapia em Movimento, v. 1, n. 4, out./dez. 2003, p MARQUES, P. A fisioterapia no tratamento de pacientes com fibromialgia: uma revisão da literatura. Revista Brasileira de Reumatologia. v. 42, n.1, 2002, p MARQUES, A. P.; SANTOS, A. M.; BARSANTE, A. A.; MATSUTANI, L. A.; LAGE, L. V.; PEREIRA, C. A. B. Validação da versão brasileira do Fibromyalgia Impact Questionnaire (FIQ). Revista Brasileira de Reumatologia. v.46, n.1, 2006, p MARTINEZ, J. E. (Org.). Fibromialgia: uma introdução. 1. ed. São Paulo: Educ, v p. MARTINEZ, J. E. M.; PANOSSIAN, C.; GAVIOLI, F. Estudo comparativo das características clínicas e abordagem de pacientes com fibromialgia atendidos em serviço público de reumatologia e em consultório particular. Revista Brasileira de Reumatologia, v.46, n.1, jan./fev. 2006, p MASI, A. Fibromyalgia syndrome (FMS). Current concepts and approaches to management. Revista Brasileira Reumatologia. v.35, n.2, mar./abr. 1995, p PEREA, D. C. B. N. M. Fibromialgia: epidemiologia, diagnóstico, fisiopatologia e tratamento fisioterápico. Revista Fisioterapia Brasil, São Paulo, v.4, n.4, jul./ago. 2003, p RUSSELL, I. N. Fibromyalgia syndromes. Physical Medicine Rehabilitation Clinic, v.8, 1997, p SALVADOR, J. P.; SILVA, Q.; ZIRBES, M. C. G. Hidrocinesioterapia no tratamento de mulheres com fibromialgia: estudo de caso. Revista Fisioterapia e Pesquisa. v.2, n.11, jan./abr. 2005, p SMITH, W. Fibromyalgia Syndrome. The Nursing Clinics of North-America. v.33, n.4, 1998, p WOLFE, F.; SMITH, H. A.; YUNUS, M. B.; BENNETT R. M.; BOMBARDIER, C.; GOLDENBERG, D. L. The American College of Rheumatology 1990 Criteria for the classification of fibromialgia: report of the multicenter criteria committee. Arthrtis Rheumatology, v.33, 1990, p Cintia Guedes Bellini Barros Docente do Curso de Fisioterapia da Faculdade Anhanguera de Taubaté. Especialista em Fisioterapia Traumato - Ortopédica pela UNIFESP.

7 Cintia Guedes Bellini Barros, Ronald Nascimento Gonçalves, Nataly Vasconcellos Santos Andrade 105 Ronald Nascimento Gonçalves Coordenador e Docente do Curso de Fisioterapia da Faculdade Anhanguera de Taubaté. Mestre em Fisioterapia pela UNIMEP. Especialista em Traumatologia e Ortopedia pela UNICID. Nataly Vasconcellos Santos Andrade Docente do Curso de Fisioterapia da Faculdade Anhanguera de Taubaté. Mestre em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP. Especialista em Traumatologia e Ortopedia pela UNIFESP. Especialista em Fisiologia do Exercício pela UNIFESP. Especialista em Aparelho Locomotor no Esporte pela UNIFESP.

3. Sensação subjetiva de inflamação articular e rigidez matinal;

3. Sensação subjetiva de inflamação articular e rigidez matinal; FIBROMIALGIA E A OZONOTERAPIA O QUE É A FIBROMIALGIA? É uma doença de causa desconhecida cujo sintoma principal é dor músculo esquelética crónica generalizada acompanhada de sintomas que alteram as atividades

Leia mais

TÍTULO: OS BENEFICIOS DA HIDROTERAPIA EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA

TÍTULO: OS BENEFICIOS DA HIDROTERAPIA EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA 16 TÍTULO: OS BENEFICIOS DA HIDROTERAPIA EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA. CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: UNIÃO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS

Leia mais

' Professora da IINIVALE Fisioterapeuta Professor da L:L\IED. ' Enfermeiro ARTIGO

' Professora da IINIVALE Fisioterapeuta Professor da L:L\IED. ' Enfermeiro ARTIGO ARTIGO AVALIAÇÃO DE PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA PRE E PÓS-INTERVENÇÃO DO ESTLIDO MULTIDISCIPLINAR COM ÊNFASE FISIOTERAPÊUTICA Horjana Aparecida Navarro Fernandes Vieira' Emília Pio da Silva2 Welligthon

Leia mais

Análise crítica de parâmetros de qualidade de vida de pacientes com fibromialgia

Análise crítica de parâmetros de qualidade de vida de pacientes com fibromialgia ARTIGO ORIGINAL Análise crítica de parâmetros de qualidade de vida de pacientes com fibromialgia José Eduardo Martinez * Iulo S. Barauna Filho ** Karen Kubokawa ** Isabela S. Pedreira ** Luciana A. Machado

Leia mais

PROGRAMA DE CURSO. GERAL: Compreender o mecanismo das doenças reumáticas, desenvolver a avaliação ESPECÍFICOS: Introdução à Reumatologia

PROGRAMA DE CURSO. GERAL: Compreender o mecanismo das doenças reumáticas, desenvolver a avaliação ESPECÍFICOS: Introdução à Reumatologia Curso: Fisioterapia Professor: Hosana Meireles Disciplina: Reumatologia Carga Horária: 72h. Ano: 2009 Semestre: 6º PROGRAMA DE CURSO EMENTA: Semiologia, propedêutica, terapêutica fisioterápica das doenças

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA

ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES NOTAS DE UMA PARCERIA ASSOCIAÇÃO NACIONAL CONTRA A FIBROMIALGIA E SÍNDROME DEFADIGACRÓNICA (MYOS) APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES V 4 APIFARMA / ASSOCIAÇÕES DE DOENTES b) Âmbito da Associação A Myos Associação Nacional

Leia mais

Qualidade de vida de pacientes idosos com artrite reumatóide: revisão de literatura

Qualidade de vida de pacientes idosos com artrite reumatóide: revisão de literatura Qualidade de vida de pacientes idosos com artrite reumatóide: revisão de literatura André Ricardo Bezerra Bonzi (1); Renata Soares Ferreira (2) Edécio Bona Neto (3); Daniel Sarmento Bezerra (4); Tânia

Leia mais

Semiologia do aparelho osteoarticular. Professor Ivan da Costa Barros

Semiologia do aparelho osteoarticular. Professor Ivan da Costa Barros Semiologia do aparelho osteoarticular Professor Ivan da Costa Barros IMPORTÂNCIA CLÍNICA 10% das consultas médicas Mais de 100 doenças Complicações não articulares Geralmente auto limitado 1 em 5 americanos

Leia mais

Profº André Montillo

Profº André Montillo Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É a causa mais comum de dor musculoesquelética generalizada. É a enfermidade reumática mais frequente Os primeiros relatos datam de 1850, onde os pacientes

Leia mais

FISIO. Abordagem da hidroterapia no tratamento da fibromialgia. Karollini Birelo Ferreira Pesquisadora. Luciana Akemi Matsutani Orientadora

FISIO. Abordagem da hidroterapia no tratamento da fibromialgia. Karollini Birelo Ferreira Pesquisadora. Luciana Akemi Matsutani Orientadora FISIO ISIOTERAPIA Abordagem da hidroterapia no tratamento da Karollini Birelo Ferreira Pesquisadora Luciana Akemi Matsutani Orientadora Resumo As propriedades físicas da água podem atuar no corpo em imersão

Leia mais

Estudo sobre a forma de avaliação dos pacientes atendidos com indicação clínica de Fibromialgia no serviço de fisioterapia do ISECENSA

Estudo sobre a forma de avaliação dos pacientes atendidos com indicação clínica de Fibromialgia no serviço de fisioterapia do ISECENSA INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA INSTITUTO SUPERIOR DE CINECIAS SOCIAIS APLICADAS E DA SAÚDE CURSO DE FISIOTERAPIA Artigo de Conclusão de Estágio I Estudo sobre a forma de avaliação dos pacientes

Leia mais

Flávia Martins Gervásio¹; Caroline Soares Gonçalves²

Flávia Martins Gervásio¹; Caroline Soares Gonçalves² ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DO TRATAMENTO FISIOTERAPÊUTICO NA QUALIDADE DE VIDA DO PACIENTE FIBROMIÁLGICO ANALYSIS OF THE INFLUENCE OF PHYSIOTERAPY IN QUALITY OF LIFE OF FIBROMYALGIA PATIENTS Flávia Martins

Leia mais

Referenciação à Consulta de Reumatologia

Referenciação à Consulta de Reumatologia Referenciação à Consulta de Reumatologia O Serviço de Reumatologia do HSM é responsável pela assistência em ambulatório de doentes com patologia da sua especialidade. Contudo dada a enorme prevalência

Leia mais

26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais

26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais 26ª Reunião, Extraordinária Comissão de Assuntos Sociais Dr. Sandro José Martins Coordenador Geral de Atenção às Pessoas com Doenças Crônicas Diretoria de Atenção Especializada e Temática Secretaria de

Leia mais

ABORDAGEM FISIOTERAPICA EM PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA: EFEITO SOBRE MOBILIDADE, DOR E SONO

ABORDAGEM FISIOTERAPICA EM PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA: EFEITO SOBRE MOBILIDADE, DOR E SONO ABORDAGEM FISIOTERAPICA EM PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA: EFEITO SOBRE MOBILIDADE, DOR E SONO Clarice Tanaka* TANAKA, C. Abordagem fisioterápica em pacientes portadores de fibromialgia: efeito sobre

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DA FIBROMIALGIA

ASPECTOS GERAIS DA FIBROMIALGIA HISTÓRICO 1904 Gowers Fibrosite 1981 Yunus Fibromialgia ASPECTOS GERAIS DA FIBROMIALGIA FIBRO fibras de tecido conjuntivo MIA músculo ALGIA dor ou condição dolorosa EPIDEMIOLOGIA CONCEITO 5% da população

Leia mais

Fisioterapia Aplicada à Reumatologia e Imunologia - RCG-3011

Fisioterapia Aplicada à Reumatologia e Imunologia - RCG-3011 Fisioterapia Aplicada à Reumatologia e Imunologia - RCG-3011 Profa. Dra. Daniela Cristina Carvalho de Abreu DIA HORÁRIO SUB TURMA 22/03 14:00 às 28/03 16:15 às 29/03 14:00 às 04/04 8h ás 12h ou 13h às

Leia mais

Perfil de participantes do projeto Hidroterapia, exercícios aeróbios e alongamento no tratamento de portadores de fibromialgia.

Perfil de participantes do projeto Hidroterapia, exercícios aeróbios e alongamento no tratamento de portadores de fibromialgia. Perfil de participantes do projeto Hidroterapia, exercícios aeróbios e alongamento no tratamento de portadores de fibromialgia. Thamyres Rangel Mendes Barros 1, Débora Mayumi de Oliveira Kawakami 1, Jéssica

Leia mais

HIDROCINESIOTERAPIA NA FIBROMIALGIA: SÉRIE DE CASOS. PALAVRAS CHAVE: Fibromialgia; Hidroterapia; Exercícios.

HIDROCINESIOTERAPIA NA FIBROMIALGIA: SÉRIE DE CASOS. PALAVRAS CHAVE: Fibromialgia; Hidroterapia; Exercícios. Relato de Casos HIDROCINESIOTERAPIA NA FIBROMIALGIA: SÉRIE DE CASOS Samara Tanaka dos Santos Fisioterapeuta graduada no Centro Universitário de Maringá CESUMAR. E-mail: samarats@hotmail. com Ligia Maria

Leia mais

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Dores na mandíbula e na face.

ODONTOLOGIA PREVENTIVA. Saúde Bucal. Dores na mandíbula e na face. ODONTOLOGIA PREVENTIVA Saúde Bucal Dores na mandíbula e na face. O que é ATM? ATM significa articulação temporomandibular, que é a articulação entre a mandíbula e o crânio. Portanto, temos duas ATM, cada

Leia mais

Conheça algumas doenças tipicamente femininas

Conheça algumas doenças tipicamente femininas Uol - SP 03/12/2014-11:51 Conheça algumas doenças tipicamente femininas Da Redação ANSIEDADE: este transtorno mental é caracterizado por preocupações, tensões ou medos exagerados, sensação contínua de

Leia mais

Doença inflamatória da coluna vertebral podendo ou não causar artrite em articulações periféricas e inflamação em outros órgãos como o olho.

Doença inflamatória da coluna vertebral podendo ou não causar artrite em articulações periféricas e inflamação em outros órgãos como o olho. O termo reumatismo, embora consagrado, não é um termo adequado para denominar um grande número de diferentes doenças que tem em comum o comprometimento do sistema músculo-esquelético, ou seja, ossos, cartilagem,

Leia mais

Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro ISSN Faculdade Presidente Antônio Carlos de Teófilo Otoni - Novembro de 2016

Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro ISSN Faculdade Presidente Antônio Carlos de Teófilo Otoni - Novembro de 2016 Revista Multidisciplinar do Nordeste Mineiro ISSN 2178-6925 Faculdade Presidente Antônio Carlos de Teófilo Otoni - Novembro de 2016 BENEFÍCIOS DA HIDROTERAPIA NO TRATAMENTO DE PACIENTES COM FIBROMIALGIA

Leia mais

José Eduardo Martinez (1), Claudia Panossian (2), Fernanda Gavioli (2) Artigo Original

José Eduardo Martinez (1), Claudia Panossian (2), Fernanda Gavioli (2) Artigo Original Artigo Original Original Article Estudo Comparativo das Características Clínicas e Abordagem de Pacientes com Fibromialgia Atendidos em Serviço Público de Reumatologia e em Consultório Particular Comparative

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Reumatologia

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Reumatologia CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Reumatologia Código: Fisio 221 Pré-Requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36)

Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36) Rozana M. Ciconelli, Marcos B. Ferraz, Wilton Santos, Ivone Meinão, Marina R. Quaresma. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil

Leia mais

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Fisioterapia - Campus Mossoró) 3ª série

ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN Fisioterapia - Campus Mossoró) 3ª série - Semiologia Geral ANEXO 01 (Conteúdo do EXIN 2016.1 Fisioterapia - Campus Mossoró) 3ª série - Generalidades sobre diagnóstico e avaliação AVALIAÇÃO DIAGNOSTICA EM II - Avaliação da coluna (postura) -

Leia mais

Promover a qualidade de vida dos doentes e familiares com Fibromialgia e Doenças Crónicas, através do desenvolvimento de projectos que implementem a

Promover a qualidade de vida dos doentes e familiares com Fibromialgia e Doenças Crónicas, através do desenvolvimento de projectos que implementem a Promover a qualidade de vida dos doentes e familiares com Fibromialgia e Doenças Crónicas, através do desenvolvimento de projectos que implementem a criação de práticas, para a formação e desenvolvimento

Leia mais

Doenças Reumáticas dos Tecidos Moles

Doenças Reumáticas dos Tecidos Moles Doenças Reumáticas dos Tecidos Moles Doenças Reumáticas dos Tecidos Moles DEFINIÇÃO Grupo de afecções reumáticas em que o distúrbio musculoesquelético se restringe aos tecidos moles ou periarticulares,

Leia mais

parte 1 estratégia básica e introdução à patologia... 27

parte 1 estratégia básica e introdução à patologia... 27 Sumário parte 1 estratégia básica e introdução à patologia... 27 1 Terapêutica: estratégia geral... 29 terminologia de doenças... 29 História do caso... 34 Disposição do fármaco... 39 Seleção do fármaco...

Leia mais

Disciplina. 1 ano - 2 Semestre. Disciplina

Disciplina. 1 ano - 2 Semestre. Disciplina 1 ano - 1 Semestre Anatomia Humana I 60 4 Estudo da Genética e da Evolução 60 4 Necessidades Educacionais Especiais 60 4 História e Fundamentos da Fisioterapia 45 3 Antropologia 30 2 Fisiologia 60 4 Saúde

Leia mais

TÍTULO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AURICULOTERAPIA E CINESIOTERAPIA EM PACIENTES COM CEFELEIA TENSIONAL

TÍTULO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AURICULOTERAPIA E CINESIOTERAPIA EM PACIENTES COM CEFELEIA TENSIONAL Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AURICULOTERAPIA E CINESIOTERAPIA EM PACIENTES COM CEFELEIA TENSIONAL

Leia mais

Fisioterapia Brasil 2016;17(3):

Fisioterapia Brasil 2016;17(3): 256 Fisioter Bras 2016;17(3):256-60 RELATO DE CASO Efeitos do Método Pilates na fibromialgia Effects of the Pilates Method in fibromyalgia Alethéa Cury, Ft.*, Wouber Hérickson de Brito Vieira, Ft.** *Pós-graduada

Leia mais

TÍTULO: EFEITOS DA MASSOTERAPIA NAS CONCENTRAÇÕES DE SEROTONINA, NA QUALIDADE DE VIDA E NO ESTRESSE PERCEBIDO EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA

TÍTULO: EFEITOS DA MASSOTERAPIA NAS CONCENTRAÇÕES DE SEROTONINA, NA QUALIDADE DE VIDA E NO ESTRESSE PERCEBIDO EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EFEITOS DA MASSOTERAPIA NAS CONCENTRAÇÕES DE SEROTONINA, NA QUALIDADE DE VIDA E NO ESTRESSE

Leia mais

CURSOS INICIAIS. Abordagem Fisioterapêutica Avaliação e Tratamento do Equilíbrio Corporal. Abordagem Fisioterapêutica na Cicatrização de Feridas

CURSOS INICIAIS. Abordagem Fisioterapêutica Avaliação e Tratamento do Equilíbrio Corporal. Abordagem Fisioterapêutica na Cicatrização de Feridas CURSOS INICIAIS Abordagem Fisioterapêutica Avaliação e Tratamento do Equilíbrio Corporal Abordagem Fisioterapêutica na Cicatrização de Feridas Eletrotermofototerapia Baseado em Evidências Hidroterapia

Leia mais

Fisi enectus. Benefícios da hidrocinesioterapia na fibromialgia: estudo de caso. Benefits of hydrotherapy in fibromyalgia: a case study

Fisi enectus. Benefícios da hidrocinesioterapia na fibromialgia: estudo de caso. Benefits of hydrotherapy in fibromyalgia: a case study Benefícios da hidrocinesioterapia na fibromialgia: estudo de caso Benefits of hydrotherapy in fibromyalgia: a case study FisiSenectus. Unochapecó p. 96-103 Joyce Wilhelm Acadêmica do 9º semestre do curso

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR PER. COD. DISCIPLINAS TEÓRICA PRÁTICA TOTAL Biofísica Biologia Humana

MATRIZ CURRICULAR PER. COD. DISCIPLINAS TEÓRICA PRÁTICA TOTAL Biofísica Biologia Humana MATRIZ CURRICULAR O Curso de Bacharelado em Fisioterapia - Campus Nova Iguaçu é oferecido com carga horária total de 4.200 horas a serem integralizadas em, no mínimo, 5 (cinco) anos, em conformidade com

Leia mais

EFEITOS DA TERAPIA MANUAL SHIATSU NA FIBROMIALGIA: ESTUDOS DE CASOS

EFEITOS DA TERAPIA MANUAL SHIATSU NA FIBROMIALGIA: ESTUDOS DE CASOS EFEITOS DA TERAPIA MANUAL SHIATSU NA FIBROMIALGIA: ESTUDOS DE CASOS André Kimura 1 ; Ligia Maria Facci²; Valéria Ferreira Garcez³ RESUMO: A fibromialgia é uma doença reumática de causa desconhecida, cujo

Leia mais

TÍTULO: AUTORES: e-mail: INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA Objetivo Geral Objetivos Específicos Metodologia: tratamento individualizado

TÍTULO: AUTORES: e-mail: INSTITUIÇÃO: ÁREA TEMÁTICA Objetivo Geral Objetivos Específicos Metodologia: tratamento individualizado TÍTULO: PROGRAMA DE FISIOTERAPIA DO TRABALHO PROFIT LER/DORT AUTORES: Karina Duarte Souza; Ana Edite Gonçalves; Maria Aparecida Alves; Bethânia Medeiros Lopes; Gaspar de Brito Cavalcante; Adriana Araújo

Leia mais

II Fórum Deliberativo de Políticas Públicas de Saúde aos Pacientes Reumáticos "Vida em Movimento"

II Fórum Deliberativo de Políticas Públicas de Saúde aos Pacientes Reumáticos Vida em Movimento II Fórum Deliberativo de Políticas Públicas de Saúde aos Pacientes Reumáticos "Vida em Movimento" II Fórum Deliberativo de Políticas Públicas para Doentes Reumáticos Nos dias 13 e 14 de Agosto de 2010,

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº. 17 DE 24 DE AGOSTO DE 2017

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº. 17 DE 24 DE AGOSTO DE 2017 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO EDITAL Nº. 17 DE 24 DE AGOSTO DE 2017 ÁREA DE CONHECIMENTO: CIRURGIA GERAL 4. Cuidados Pré, trans e pós operatório. 5. Resposta endócrina e metabólica ao trauma. 6. Infecção

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DO APARELHO LOCOMOTOR DISCIPLINA OPTATIVA REUMATOLOGIA PROGRAMA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DO APARELHO LOCOMOTOR DISCIPLINA OPTATIVA REUMATOLOGIA PROGRAMA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE MEDICINA DEPARTAMENTO DO APARELHO LOCOMOTOR DISCIPLINA OPTATIVA REUMATOLOGIA PROGRAMA 1º e 2º SEMESTRE CARGA HORÁRIA: 60 (SESSENTA) HORAS CRÉDITO: 04 (QUATRO)

Leia mais

~ 5 ~ A EFETIVIDADE DAS TÉCNICAS DE ISOSTRETCHING E ALOGAMENTO ESTÁTICO NA LOMBALGIA

~ 5 ~ A EFETIVIDADE DAS TÉCNICAS DE ISOSTRETCHING E ALOGAMENTO ESTÁTICO NA LOMBALGIA ~ 5 ~ A EFETIVIDADE DAS TÉCNICAS DE ISOSTRETCHING E ALOGAMENTO ESTÁTICO NA LOMBALGIA Isadora Carneiro Kovalhuk 1 Daniela dos Santos 2 Recebido em: 20.10.2013 Aceito em: 20.11.2013 Resumo: Lombalgia é o

Leia mais

LINHA DE CUIDADO MÚSCULO ESQUELÉTICA

LINHA DE CUIDADO MÚSCULO ESQUELÉTICA LINHA DE CUIDADO MÚSCULO ESQUELÉTICA Nome da atividade: Estágio Supervisionado em Fisioterapia em Reumatologia Tipo de atividade: Disciplina de graduação Responsáveis: Profa Jane D arc Brito Lessa Profa

Leia mais

EXERCÍCIO TERAPÊUTICO: NA BUSCA DA FUNÇÃO

EXERCÍCIO TERAPÊUTICO: NA BUSCA DA FUNÇÃO Anuário da Produção Acadêmica Docente Vol. II, Nº. 3, Ano 2008 EXERCÍCIO TERAPÊUTICO: NA BUSCA DA FUNÇÃO Gelson Araújo de Souza Faculdade Anhanguera de Taubaté anatomia.anhanguera@yahoo.com.br RESUMO A

Leia mais

Título do Trabalho: Qualidade de vida de crianças com paralisia cerebral submetidas à reabilitação virtual e fisioterapia tradicional Autores:

Título do Trabalho: Qualidade de vida de crianças com paralisia cerebral submetidas à reabilitação virtual e fisioterapia tradicional Autores: Introdução A paralisia cerebral descreve um grupo de distúrbios permanentes do desenvolvimento, da postura e do movimento, ocasionando limitações nas atividades funcionais 1, podendo limitar a participação

Leia mais

REVISÃO DE LITERATURA

REVISÃO DE LITERATURA REVISÃO DE LITERATURA 10.18606/2318-1419/amazonia.sci.health.v4n1p30-34 portadores de fibromialgia: revisão bibliográfica The benefits of resistance exercises in fibromyalgia patients: literature review

Leia mais

A FIBROMIALGIA E A MASSOTERAPIA CAMINHANDO JUNTAS

A FIBROMIALGIA E A MASSOTERAPIA CAMINHANDO JUNTAS 1º SEMESTRE DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E COSMÉTICA OLIVEIRA, G.C.; SILVA, G.R.P.; ALVES, P.F.; NAGI, S.G Alunas 1º semestre FMU FIGUEIREDO, M.R; ANDRADE, N.S; AGUILERA,S Orientadoras A

Leia mais

TERMO ADITIVO DO NÚMERO DE VAGAS REFERENTE AO EDITAL

TERMO ADITIVO DO NÚMERO DE VAGAS REFERENTE AO EDITAL TERMO ADITIVO DO NÚMERO DE VAGAS REFERENTE AO EDITAL 2017.2 Curso Administração e Contábeis Disciplina: Matemática Financeira. Turno: Manhã/Tarde/Noite Vagas: 2 para cada turno Juros simples Juros compostos

Leia mais

DESCRIÇÃO DETALHADA DAS VARIÁVEIS

DESCRIÇÃO DETALHADA DAS VARIÁVEIS EpiReumaPt Estudo Epidemiológico das Doenças Reumáticas em Portugal DESCRIÇÃO DETALHADA DAS VARIÁVEIS DADOS GERAIS 1ª fase questionário CESOP (auto-reporte) Sócio-demográficos Data de nascimento / Idade

Leia mais

ConScientiae Saúde ISSN: Universidade Nove de Julho Brasil

ConScientiae Saúde ISSN: Universidade Nove de Julho Brasil ConScientiae Saúde ISSN: 1677-1028 conscientiaesaude@uninove.br Universidade Nove de Julho Brasil Foschini Miranda, Eduardo; Rogério Freixo, Marcos Aplicação dos critérios de classificação para pacientes

Leia mais

XII ENCONTRO DE EXTENSÃO, DOCÊNCIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA (EEDIC)

XII ENCONTRO DE EXTENSÃO, DOCÊNCIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA (EEDIC) XII ENCONTRO DE EXTENSÃO, DOCÊNCIA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA (EEDIC) ESTABILIZAÇÃO SEGMENTAR NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE HÉRNIA DE DISCO: UMA REVISÃO INTEGRATIVA RESUMO Ayrlene Maria Carlos de

Leia mais

Praticar caminhada melhora a qualidade do sono e os estados de humor em mulheres com síndrome da fibromialgia*

Praticar caminhada melhora a qualidade do sono e os estados de humor em mulheres com síndrome da fibromialgia* ARTIGO ORIGINAL Praticar caminhada melhora a qualidade do sono e os estados de humor em mulheres com síndrome da fibromialgia* Walking improves sleep quality and mood status of women with fibromyalgia

Leia mais

ANÁLISE DA ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM FIBROMIALGIA: ESTUDO DE CASO

ANÁLISE DA ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM FIBROMIALGIA: ESTUDO DE CASO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE FISIOTERAPIA ANALICE DE SOUZA LEAL ANÁLISE DA ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DE PACIENTES COM FIBROMIALGIA:

Leia mais

REVISTAINSPIRAR movimento & saúde

REVISTAINSPIRAR movimento & saúde REVISTAINSPIRAR movimento & saúde Os Efeitos da Fisioterapia Aquática no Tratamento da Fibromialgia: Uma Revisão de Literatura The Effects of Aquatic Physical Therapy in the Treatment of Fibromyalgia:

Leia mais

Parecer n. 05-3/2015. Processo de consulta: Ofício nº 60/2015/GAPRE COFFITO Assunto: Reeducação Postural Global - RPG

Parecer n. 05-3/2015. Processo de consulta: Ofício nº 60/2015/GAPRE COFFITO Assunto: Reeducação Postural Global - RPG Parecer n. 05-3/2015. Processo de consulta: Ofício nº 60/2015/GAPRE COFFITO Assunto: Reeducação Postural Global - RPG Da Consulta Trate-se do questionamento abaixo, acerca do RPG: - Conceituar Método/Técnica

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 6CCSDFTMT11 PROPOSTA DE ATIVIDADES DE UM PROGRAMA DE PREVENÇÃO DA DOR PARA OS ACADÊMICOS DE FISIOTERAPIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Liliane Abrantes de Sena (1), Mariana Domingues de Miranda Pontes

Leia mais

ANSIEDADE FRENTE AO TRATAMENTO ODONTOLÓGICO EM PSFS DO MUNICÍPIO DE PONTE NOVA 1

ANSIEDADE FRENTE AO TRATAMENTO ODONTOLÓGICO EM PSFS DO MUNICÍPIO DE PONTE NOVA 1 177 ANSIEDADE FRENTE AO TRATAMENTO ODONTOLÓGICO EM PSFS DO MUNICÍPIO DE PONTE NOVA 1 Guilherme Saporetti Filho 2, Bernardo Sollar Godoi 2, Daniel Silvério da Silva 2, Augusto Provensani de Almeida da Cunha

Leia mais

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PLANALTO DE ARAXÁ

CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PLANALTO DE ARAXÁ TÍTULO: REPERCUSSÕES DA HIDROTERAPIA E DA BANDAGEM ELÁSTICA FUNCIONAL NA QUALIDADE DE VIDA E FUNCIONALIDADE DE INDIVÍDUOS COM QUADRO CLÍNICO DE LOMBALGIA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Leia mais

EXIN FISIOTERAPIA

EXIN FISIOTERAPIA EXIN FISIOTERAPIA 2016.2 SÉRIE 4MA e 4MB Assuntos Avaliação do Tônus e Força Muscular. Avaliação da Marcha. Noções de Avaliação em Fisioterapia Neurológica. ADF 3 Avaliação da Coordenação e Equilíbrio.

Leia mais

Envelhecimento e Doenças Reumáticas

Envelhecimento e Doenças Reumáticas Envelhecimento e Doenças Reumáticas Armando Malcata CHUC XVII Forum de Apoio ao Doente Reumático Envelhecimento e Doenças Reumáticas Variações demográficas e sociais. Impacto crescente; multidimensional.

Leia mais

Data: 20/08/2014. Resposta Técnica 01/2014. Medicamento Material Procedimento X Cobertura

Data: 20/08/2014. Resposta Técnica 01/2014. Medicamento Material Procedimento X Cobertura Resposta Técnica 01/2014 Solicitante: Dr. Renato Dresch Juiz de direito Nº Processo: 9010665.22.2014.813.0024 Ré: Unimed de Belo Horizonte Data: 20/08/2014 Medicamento Material Procedimento X Cobertura

Leia mais

FISIOTERAPIA ORTOPÉDICA COM ÊNFASE EM TERAPIA MANUAL

FISIOTERAPIA ORTOPÉDICA COM ÊNFASE EM TERAPIA MANUAL EMENTA FISIOTERAPIA ORTOPÉDICA COM ÊNFASE EM TERAPIA MANUAL DISCIPLINA: Bases Anatômicas e Biomecânicas I ( Membros Superiores) EMENTA: Estudo da anatomobiomecânica das articulações dos membros superiores

Leia mais

CORRELAÇÃO DOS DISTÚRBIOS DO SONO E PARÂMETROS SUBJETIVOS EM INDIVÍDUOS COM FIBROMIALGIA

CORRELAÇÃO DOS DISTÚRBIOS DO SONO E PARÂMETROS SUBJETIVOS EM INDIVÍDUOS COM FIBROMIALGIA CORRELAÇÃO DOS DISTÚRBIOS DO SONO E PARÂMETROS SUBJETIVOS EM INDIVÍDUOS COM FIBROMIALGIA Correlation between sleep disorders and subjective parameters in subjects with fibromyalgia Claudia Valéria Ferro

Leia mais

FACULDADE DE JAGUARIÚNA

FACULDADE DE JAGUARIÚNA Noturno 01 1 1150027 Anatomia Humana 80 1 1150029 Bases e História da Fisioterapia 20 20 1 1150038 Ciências Sociais em Saúde 30 10 1 1150219 Citologia e Genética 20 1 1150009 Fundamentos de Ética Profissional

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. PROGRAMA DE DISCIPLINA/ ESTÁGIO Ano: 2008 IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO SERIAÇÃO IDEAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. PROGRAMA DE DISCIPLINA/ ESTÁGIO Ano: 2008 IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO SERIAÇÃO IDEAL unesp UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE MARÍLIA Faculdade de Filosofia e Ciências PROGRAMA DE DISCIPLINA/ ESTÁGIO Ano: 2008 UNIDADE UNIVERSITÁRIA: Faculdade de Filosofia e Ciências CURSO: Fisioterapia

Leia mais

Disciplinarum Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 17, n. 1, p , Recebido em: Aprovado em:

Disciplinarum Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 17, n. 1, p , Recebido em: Aprovado em: Disciplinarum Scientia. Série: Ciências da Saúde, Santa Maria, v. 17, n. 1, p. 33-40, 2016. Recebido em: 11.02.2016. Aprovado em: 08.06.2016. ISSN 2177-3335 RESUMO EFEITO DA TERAPIA AQUÁTICA NA PRESSÃO

Leia mais

FISIOTERAPIA NEUROMUSCULOESQUELÉTICA Código Interno: 100

FISIOTERAPIA NEUROMUSCULOESQUELÉTICA Código Interno: 100 RESIDÊNCIA SAÚDE 0 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FISIOTERAPIA NEUROMUSCULOESQUELÉTICA Código Interno: 00 Você recebeu o seguinte material: - Um CADERNO DE QUESTÕES constituído de cinco questões

Leia mais

Revisão. Fisioterapia Brasil - Volume 15 - Número 1 - janeiro/fevereiro de 2014

Revisão. Fisioterapia Brasil - Volume 15 - Número 1 - janeiro/fevereiro de 2014 56 Revisão A hidrocinesioterapia e sua influência na qualidade de vida de pacientes com fibromialgia Hydro kinesiotherapy and its influence on quality of life of patients with fibromyalgia Suellen Aparecida

Leia mais

LOMBALGIA CRÔNICA MECÂNICA:

LOMBALGIA CRÔNICA MECÂNICA: LOMBALGIA CRÔNICA MECÂNICA: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE ACUPUNTURA SISTÊMICA E STIPER Por: Dr. Frederico Burigo Agosto/ RESUMO DA PESQUISA: A lombalgia é a mais frequente das dores em região de coluna vertebral

Leia mais

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: ANATOMIA DO SISTEMA LOCOMOTOR Terminologia Anatômica. Sistema Esquelético. Sistema Articular. Sistema Muscular. DISCIPLINA: SISTEMAS BIOLÓGICOS

Leia mais

SOCIEDADE RELATÓRIO PARA MICOFENOLATO DE MOFETILA E MICOFENOLATO DE SÓDIO PARA TRATAMENTO DA NEFRITE LÚPICA

SOCIEDADE RELATÓRIO PARA MICOFENOLATO DE MOFETILA E MICOFENOLATO DE SÓDIO PARA TRATAMENTO DA NEFRITE LÚPICA n. 67 publicado em setembro/2017 RELATÓRIO PARA SOCIEDADE informações sobre recomendações de incorporação de medicamentos e outras tecnologias no SUS MICOFENOLATO DE MOFETILA E MICOFENOLATO DE SÓDIO PARA

Leia mais

ULTRACAVITAÇÃO NO TRATAMENTO DO FIBRO EDEMA GELÓIDE AVALIADO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

ULTRACAVITAÇÃO NO TRATAMENTO DO FIBRO EDEMA GELÓIDE AVALIADO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA ULTRACAVITAÇÃO NO TRATAMENTO DO FIBRO EDEMA GELÓIDE AVALIADO POR RESSONÂNCIA MAGNÉTICA Autora(s) MEYER, Patrícia Froes; SILVA, Mona Lisa Rodrigues INTRODUÇÃO Há varias propostas fisioterapêuticas no mercado

Leia mais

FICHA DE INCLUSÃO DO PACIENTE

FICHA DE INCLUSÃO DO PACIENTE FICHA DE INCLUSÃO DO PACIENTE Deverá ser preenchida pelo médico assistente O paciente não pode ter sido incluído na primeira fase do Epifibro Data: / / Nome: DN: / / RG: UF: Sexo: ( ) Feminino ( ) Masculino

Leia mais

Interbio v.1 n.1 2007 13 EXERCÍCIOS RESISTIDOS NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA

Interbio v.1 n.1 2007 13 EXERCÍCIOS RESISTIDOS NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA Interbio v.1 n.1 2007 13 EXERCÍCIOS RESISTIDOS NO TRATAMENTO DE PACIENTES PORTADORES DE FIBROMIALGIA STRENGTHENNING IN TREATMENT OF PATIENTS WITH FIBROMYALGIA GRIZZA, Everton Mario 1 ; LIMA, Angela Cristina

Leia mais

USO DO PICTOGRAMA DE FADIGA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA SUBMETIDAS À TELETERAPIA

USO DO PICTOGRAMA DE FADIGA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA SUBMETIDAS À TELETERAPIA USO DO PICTOGRAMA DE FADIGA EM MULHERES COM CÂNCER DE MAMA SUBMETIDAS À TELETERAPIA Enfº Msc. Bruno César Teodoro Martins Doutorando em Ciência da Saúde pela UFG Introdução Fadiga é definida como uma sensação

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 273/2014

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 273/2014 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 273/2014 Altera a Deliberação CONSEP Nº 274/2013, que Dispõe sobre o currículo do Curso de Fisioterapia, regime seriado semestral. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade

Leia mais

Esta patologia ocorre quando existe um stress na epífise de crescimento próximo a área da tuberosidade tibial.

Esta patologia ocorre quando existe um stress na epífise de crescimento próximo a área da tuberosidade tibial. INTRODUÇÃO Osgood-Schlatter (OS) constitui uma doença osteo-muscular, extra articular, comum em adolescentes (esqueleto em desenvolvimento). Surge na adolescência na fase denominada estirão do crescimento.

Leia mais

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: FISIOTERAPIA EMENTAS 2017.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: ANATOMIA DO SISTEMA LOCOMOTOR Introdução ao estudo anatômico. Posição Anatômica. Termos de Posição Anatômica. Anatomofisiologia dos Sistemas Esquelético

Leia mais

ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO

ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO 1 ANÁLISE DA EFICACIA DO USO DA CINESIOTERAPIA NO TRATAMENTO PÓS OPERATÓRIO DE LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR ESTUDO DE CASO MARTINS, L.C.: ANDOLFATO, K.R. Resumo: A lesão do ligamento cruzado anterior

Leia mais

Síndromes Psíquicas. Prof: Enfermeiro Diogo Jacintho

Síndromes Psíquicas. Prof: Enfermeiro Diogo Jacintho Síndromes Psíquicas Prof: Enfermeiro Diogo Jacintho Síndromes Psíquicas Transtornos de Ansiedade Síndrome Depressiva Ansiedade: normal x patológica ADAPTATIVA - permite o desenvolvimento pessoal, profissional,

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 4 de março de Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 4 de março de Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc-BP 4/2005 ALTERA AS EMENTAS DO CURSO DE FISIOTERAPIA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Bragança

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Neonatologia Código: Fisio 223 Pré-requisito: Desenvolvimento Humano

Leia mais

DIAGNÓSTICO DA SÍNDROME FIBROMIÁLGICA

DIAGNÓSTICO DA SÍNDROME FIBROMIÁLGICA DIAGNÓSTICO DA SÍNDROME FIBROMIÁLGICA PROF DR MARCOS LEAL BRIOSCHI Membro da Comissão de Termografia Pericial da ABML Pres Associação Brasileira de Termologia Pres da Sociedade Paranaense para Estudo da

Leia mais

SOBRECARGA E QUALIDADE DE VIDA DE CUIDADORES DE PACIENTES NEUROLÓGICOS

SOBRECARGA E QUALIDADE DE VIDA DE CUIDADORES DE PACIENTES NEUROLÓGICOS SOBRECARGA E QUALIDADE DE VIDA DE CUIDADORES DE PACIENTES NEUROLÓGICOS Larissa Daiana Rodrigues¹, Raíssa Serconek Olivo Gomes², Siméia Gaspar Palácio³ ¹,2 Acadêmicas do Curso de Fisioterapia, Centro Universitário

Leia mais

Lesão por esforço Repetitivo

Lesão por esforço Repetitivo Lesão por esforço Repetitivo Lesão por esforço repetitivo Inrodução A lesão por esforço repetitivo ( LER),são lesões nos sistemas músculo esquelético e nervoso por tarefas repetitivas, esforços vigorosos,

Leia mais

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO

CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia em Angiologia Código: Fisio 228 Pré-Requisito: ------- Período Letivo:

Leia mais

SandraPais XVII FÓRUM DE APOIO AO DOENTE REUMÁTICO 10 E 11 OUTUBRO DE 2014

SandraPais XVII FÓRUM DE APOIO AO DOENTE REUMÁTICO 10 E 11 OUTUBRO DE 2014 SandraPais XVII FÓRUM DE APOIO AO DOENTE REUMÁTICO 10 E 11 OUTUBRO DE 2014 Uma degeneração focal das cartilagens articulares, com espessamento ósseo subcondral e proliferações osteocondrais marginais Dá

Leia mais

TÍTULO: EFEITOS DA ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA (TENS) NA DISMENORRÉIA PRIMÁRIA EM JOVENS

TÍTULO: EFEITOS DA ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA (TENS) NA DISMENORRÉIA PRIMÁRIA EM JOVENS TÍTULO: EFEITOS DA ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA (TENS) NA DISMENORRÉIA PRIMÁRIA EM JOVENS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE

Leia mais

Ventosaterapia em São José (SC) - Terapia com Ventosas em São José (SC)

Ventosaterapia em São José (SC) - Terapia com Ventosas em São José (SC) Ventosaterapia em São José (SC) - Terapia com Ventosas em São José (SC) Técnica com ventosas alivia dor e é adotada por atletas olímpicos - Tratamento da medicina chinesa, ventosaterapia também pode ser

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Espondilite anquilosante. Espondiloartropatia soronegativa. Resposta Imunológica. Introdução

PALAVRAS-CHAVE: Espondilite anquilosante. Espondiloartropatia soronegativa. Resposta Imunológica. Introdução 14. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido - ISSN 2238-9113 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE

Leia mais

INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UM INDIVÍDUO PORTADOR DE DOENÇAS REUMÁTICAS AUTOIMUNES: RELATO DE CASO 1

INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UM INDIVÍDUO PORTADOR DE DOENÇAS REUMÁTICAS AUTOIMUNES: RELATO DE CASO 1 INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UM INDIVÍDUO PORTADOR DE DOENÇAS REUMÁTICAS AUTOIMUNES: RELATO DE CASO 1 Julia Dal Pozzo Comin 2, Matheus Santos Gomes Jorge 3. 1 Projeto de pesquisa realizado no curso

Leia mais

ELETROESTIMULAÇÃO TORÁCICA NO TRATAMENTO DA DOR EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA

ELETROESTIMULAÇÃO TORÁCICA NO TRATAMENTO DA DOR EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA 1 ELETROESTIMULAÇÃO TORÁCICA NO TRATAMENTO DA DOR EM PACIENTES COM FIBROMIALGIA Electrical treatment of chest pain in patients with fibromyalgia Gislaine de Aguiar Domingos 1 Ralph Fernando Roas 2 1 Acadêmica

Leia mais

AS RELAÇÕES CLÍNICAS E A PREVALÊNCIA DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR EM PACIENTES FIBROMIÁLGICOS

AS RELAÇÕES CLÍNICAS E A PREVALÊNCIA DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR EM PACIENTES FIBROMIÁLGICOS AS RELAÇÕES CLÍNICAS E A PREVALÊNCIA DE DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR EM PACIENTES FIBROMIÁLGICOS RELATIONS CLINICAL AND PREVALENCE OF DYSFUNCTION IN PATIENTS TEMPOROMANDIBULAR FIBROMYALGIA Letícia Kappes

Leia mais

Deformidades no crescimento

Deformidades no crescimento A felicidade de uma infância vê-se pelos joelhos, cada marca é uma história A articulação do joelho situa-se na região de grande crescimento. Para se ter uma idéia, cerca de 70% do crescimento do membro

Leia mais

Izabela Maria Souza Melo

Izabela Maria Souza Melo Izabela Maria Souza Melo COMPARAÇÃO DOS EXERCÍCIOS NA ÁGUA A OUTRAS INTERVENÇÕES PARA ALÍVIO DE SINTOMAS DECORRENTES DA FIBROMIALGIA: UMA REVISÃO NARRATIVA Belo Horizonte Escola de Educação Física, Fisioterapia

Leia mais

Artigo. Avaliação dos efeitos do exercício terapêutico aquático na qualidade de vida de uma paciente com fibromialgia

Artigo. Avaliação dos efeitos do exercício terapêutico aquático na qualidade de vida de uma paciente com fibromialgia Avaliação dos efeitos do exercício terapêutico aquático na qualidade de vida de uma paciente Assessment of the aquatic effects of therapeutic exercise on quality of life of a patient with fibromyalgia

Leia mais

O que é a SÍNDROME do DESFILADEIRO TORÁCICO

O que é a SÍNDROME do DESFILADEIRO TORÁCICO O que é a SÍNDROME do DESFILADEIRO TORÁCICO Consiste em um complexo sintomático resultante da compressão do fluxo neurovascular na saída torácica (artéria, veia ou nervos do plexo braquial) no seu percurso

Leia mais

Rua do Platão nº. 147 Zambujal São Domingos de Rana Tel Fax

Rua do Platão nº. 147 Zambujal São Domingos de Rana Tel Fax Rua do Platão nº. 147 Zambujal 2785 698 São Domingos de Rana Tel. 214 549 200 Fax. 214 549 208 E-mail: anea@anea.org.pt PONTO DE VISTA DE UMA ASSOCIAÇÃO DE DOENTES A ESPONDILITE ANQUILOSANTE, O QUE É?

Leia mais

Estudo comparativo entre Fibromialgia Primária e Secundária Comparison Study of Primary and Secondary fibromyalgia.

Estudo comparativo entre Fibromialgia Primária e Secundária Comparison Study of Primary and Secondary fibromyalgia. Estudo comparativo entre Fibromialgia Primária e Secundária Comparison Study of Primary and Secondary fibromyalgia. Carla Tamy Fukuda¹ Gustavo Henrique Takarada¹ Thelma L. Skare² Trabalho realizado no

Leia mais