QUESTÃO 1 Ortografia e parônimos. QUESTÃO 2 Semântica e interpretação de texto.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUESTÃO 1 Ortografia e parônimos. QUESTÃO 2 Semântica e interpretação de texto."

Transcrição

1 Comentários e respostas às questões da prova de Língua Portuguesa do concurso da Polícia Civil para Escrivão e Inspetor de Polícia pela FDRH Concurso ocorrido no dia 18 de agosto de 2013 QUESTÃO 1 Ortografia e parônimos. As lacunas das linhas 36, 37 e 38 devem ser preenchidas, correta e respectivamente, pelas palavras parcimônia, frustrações e prescreveu. No caso da última palavra, a ideia é de recomendar, aconselhar. RESPOSTA A. QUESTÃO 2 Semântica e interpretação de texto. Errada a afirmação I, pois, no texto, só há uma referência de quando a autora, ainda sem saber o que significava tsunami e sem ter conhecimento da palavra, afirma que, se a viu escrita em algum lugar, deva tê-la confundido com uma sobremesa. Não procede, portanto, que o conhecimento da palavra pela autora tenha vindo de experiência culinária. Certa a afirmação II, pois, a partir do conhecimento da palavra tsunami, em decorrência da notícia da tragédia na Tailândia (linhas 01-02) a autora generalizou o uso da palavra para abranger abalos emocionais e infortúnios em geral (linhas 05 a 14). Certa a afirmação III, pois, a partir do momento em que assistiu ao filme O impossível, a autora resolve restringir o uso metafórico da palavra tsunami (linhas 35-38), como fazia antes. RESPOSTA D. QUESTÃO 3 Emprego de pronomes e termos referentes. No trecho Antes disso, se eu a vi escrita em algum lugar, devo tê-la confundido... (linha 02), o pronome la retoma tsunami (linha 01), portanto está errada a assertiva A. As demais referências estão corretas. RESPOSTA A. QUESTÃO 4 Semântica e interpretação de texto. No segmento Até que fui assistir ao filme O impossível, que reproduz o que aconteceu a uma família em férias, naquele fatídico 26 de dezembro de 2004 (linhas 17-18), o termo fatídico está relacionado a destino. Já no trecho Sofrer é péssimo, ninguém deseja nem merece, mas há que se reconhecer algum valor terapêutico nisso, o adjetivo terapêutico significa tratamento. RESPOSTA E. QUESTÃO 5 Crase. A substituição de filme O impossível, no trecho Até que fui assistir ao filme O impossível (linha17), por peça O impossível criaria as condições para o emprego do sinal indicativo de crase, resultando na redação Até que fui assistir à peça O impossível, haja vista que assistir, no sentido de ver, exige preposição a e a palavra peça é feminina. As demais sugestões de alteração não provocariam o emprego de crase. RESPOSTA B.

2 QUESTÃO 6 Equivalência de reestruturas. A substituição de ao mesmo tempo, no trecho Quando ambas acontecem ao mesmo tempo, a catástrofe é completa (linhas 32-33), por simultaneamente manteria o significado original da frase, resultando na seguinte redação: Quando ambas acontecem simultaneamente, a catástrofe é completa. A troca de posição entre os segmentos pessoas adoecem e perde-se o emprego, no trecho Amores terminam, pessoas adoecem, perde-se o emprego, e tudo isso modifica destinos... (linha 20), manteria o sentido original da frase, resultando na seguinte redação: Amores terminam, perde-se o emprego, pessoas adoecem, e tudo isso modifica destinos.... A alteração da posição da expressão de verdade, no trecho Já um tsunami de verdade faz sofrer de uma forma bem menos didática (linha 25), para imediatamente depois de sofrer altera significativamente o sentido original da mensagem. Na frase do texto, o adjunto adverbial de modo de verdade está modificando o sentido de tsunami ; na sugestão de alteração, passaria a modificar o sentido de sofrer. RESPOSTA B. QUESTÃO 7 Vozes Verbais. Recomendo que se recordem os verbos que não podem ir para a passiva: intransitivos, transitivos indiretos e de ligação. Resta como apassivável o verbo transitivo direto. Nas alternativas A e C, as formas verbais entrou e padece estão empregadas com preposição, portanto são verbos transitivos indiretos, não podendo, portanto, ser apassivadas as frases. Na alternativa D, o verbo é de ligação, não podendo, portanto, ser apassivada a frase. Quanto à opção E, o verbo é intransitivo, não sendo apassivável a frase. Na alternativa B, a forma verbal coleciona exige objeto direto ( cicatrizes e traumas ), e a frase, portanto, pode ser apassivada. A transformação gerará a seguinte redação: Cicatrizes e traumas são colecionados por quem sobrevive. RESPOSTA B. QUESTÃO 8 Pontuação. No trecho Eu, que sempre fui fascinada por água, que sonho..., a função das vírgulas é de separar oração subordinada adjetiva explicativa. Observe-se que não pode ser oração subordinada adverbial, porque inicia com pronome relativo ( que ). As orações subordinadas adverbiais iniciam, via de regra, por conjunções subordinativas. Não se trata de aposto, porque apresenta pronome relativo e verbo ( fui ). Não se trata de vocativo, pois não é chamamento, não havendo ali diálogo. Não é oração coordenada por não iniciar por conjunção coordenada. RESPOSTA C. QUESTÃO 9 Classes de palavras (classes gramaticais). Na assertiva A, razoavelmente, como toda palavra terminada em -mente, é advérbio e modifica o sentido do adjetivo previsíveis (linha 21). Na opção B, muito funciona como advérbio, modificando o sentido do adjetivo improvável (linhas 21-22). Na alternativa C, bem é advérbio e modifica o sentido tanto de menos (que é outro advérbio) e do adjetivo didática (linha 25). Na opção D, muito é advérbio e modifica o sentido do adjetivo impressionada (linha 33). Na assertiva E, a palavra ambas funciona como pronome relativo, pois representa os substantivos dor (física) e dor (emocional). RESPOSTA E.

3 QUESTÃO 10 Nexos oracionais (conjunções). No segmento... e de repente é arrastado para as profundezas com tal violência que... (linhas 06-07), o nexo que está associado à expressão tal, com quem traduz ideia de consequência, por se tratar de conjunção subordinativa adverbial consecutiva. No segmento... se conseguir escapar, não voltará o mesmo... (linha 07), o nexo se indica ideia de condição, ou hipótese, por se tratar, no caso, de conjunção subordinativa adverbial condicional. Já o nexo porque, no segmento Fiquei muito impressionada com o que assisti, porque não era apenas um filme... (linhas 33-34), estabelece relação de causa entre as orações. RESPOSTA E. QUESTÃO 11 Estrutura e formação de palavras. O prefixo presente na palavra congênitas estabelece relação de igualdade, da mesma forma que em cooperar, compadre, coautor e correligionário. No substantivo cotidiano, porém, não há prefixo, porque a raiz vem de cota (parcela). RESPOSTA C. QUESTÃO 12 Referentes (processos de coesão). No trecho Antes disso, se eu a vi escrita... (linha 02), a expressão Antes disso remete o leitor ao tempo anterior à tragédia acontecida na Tailândia, portanto se trata de recurso de coesão. As expressões cicatrizes e traumas, no trecho Quem sobrevive coleciona cicatrizes e traumas (linhas 07-08), não retomam antecedentes, até porque são novidades no texto. O segmento tudo isso, presente no trecho Amores terminam, pessoas adoecem, perde-se o emprego, e tudo isso modifica destinos... (linha 20), retoma o fim dos amores, a doença das pessoas e a perda do emprego, sendo, portanto, termo de coesão textual. Na sequência Do meio para o fim, ele apela um pouco para o melodrama a trilha sonora avisa a plateia: hora de chorar, pessoal! (linhas 26-28), a expressão trilha sonora não retoma antecedente, até porque é novidade no texto. RESPOSTA B. QUESTÃO 13 Regência (emprego de preposições). No segmento... por uma força interior capaz de deixar... (linha 09), a preposição de é exigida pelo adjetivo capaz. Na linha 16, no trecho... passei a abusar do termo tsunami..., a contração da preposição de com o artigo o, resultando do, é exigida pelo verbo abusar. RESPOSTA E. QUESTÃO 14 Concordância verbal e nominal. Na opção A, o verbo possuir, em possuía, tem como referente sujeito tsunami, não coisa. Observe-se: Pois tsunami, descobri, era outra coisa, possuía um significado trágico (linha 04). Na assertiva B, o adjetivo ideal concorda com o substantivo metáfora (ambos na linha 08). Na opção C, o sujeito do verbo ser, no trecho Sofrer é péssimo, é Sofrer, portanto se efetuou a concordância entre os termos. Na alternativa D, o substantivo forma está qualificado pelo adjetivo didática (linha 25), portanto se efetuou a concordância entre os termos. Na opção E, o pronome demonstrativo essa está relacionado ao substantivo agressão, no trecho... essa brutal agressão... (linha 30), portanto se efetuou a concordância entre os termos. RESPOSTA A.

4 QUESTÃO 15 Fonética (relação entre letra e fonema. Na palavra escrita, a letra s produz, na leitura, fonema /X/, como em exportar. Nas palavras conseguir, absoluto e segundo, o fonema produzido pela leitura da letra s é de /C/ ou /Ç/. Já na forma verbal usarei, o s produz, na leitura, som de /Z/. RESPOSTA E. QUESTÃO 16 Relação de significado no emprego de tempos verbais. No trecho Toda as vezes em que você disse para si mesmo... (linhas 12-13), a forma verbal disse está no pretérito perfeito do indicativo (eu disse, tu disseste, ele(a) disse...), portanto não retrata hipótese ou aspiração, mas ação realizada no passado. Já no segmento Eu... sonho frequentemente com o mar... (linha 15), o verbo sonhar está conjugado no presente do indicativo, portanto não retrata hipótese ou aspiração, mas ação que está sendo realizada. O verbo padecer, no trecho improvável que... você não padeça... (linha 22), está conjugado no presente do subjuntivo, ou seja, expressando uma hipótese ou desejo. No segmento... a trilha sonora avisa a plateia... (linha 27), o verbo avisar está conjugado no presente do indicativo, portanto não retrata hipótese ou aspiração, mas ação que está sendo realizada. RESPOSTA B. QUESTÃO 17 Emprego do verbo haver e crase. A lacuna da linha 02 deve ser preenchida pelo verbo haver, na sua forma do presente do indicativo há, uma vez que retrata tempo passado, decorrido:... há mais de 50 anos... (= faz mais de 50 anos). A lacuna da linha 06 deve ser preenchida apenas pela preposição a, já que cada é pronome indefinido, e antes de pronome indefinido não há artigo, portanto não pode haver crase. Com relação à lacuna da linha 10, deve aparecer à, com sinal de crase, por se tratar de locução adverbial feminina. RESPOSTA B. QUESTÃO 18 Interpretação de texto e processo de coesão. No trecho Assim como cuidamos da higiene do corpo, cuidamos da limpeza da casa (linhas 08-09), a autora faz simultaneamente referência ao corpo e à casa. No segmento indicado na alternativa B, só há referência ao corpo. Nos trechos referidos nas assertivas C, D e E, a autora faz referência apenas à casa. RESPOSTA A. QUESTÃO 19 Interpretação de texto e processo de coesão. Na assertiva A, os segmentos mais de 50 anos (linha 02) e tardiamente (linha 11) fazem referência a tempo cronológico; mas presente (linha 21) é adjetivo e significa estar no lugar. A opção B traz os segmentos geral (linha 02), que não faz referência a tempo, de vez em quando (linha 07) e dia (linha 28), que fazem referência a tempo cronológico. Os três segmentos apresentados na opção C fazem referência a tempo cronológico no texto, a saber: mais de 50 anos (linha 02), nunca (linha 20) e quando (linha 31). Na alternativa D, de vez em quando (linha 07) e dia (linha 28) fazem referência a tempo cronológico, mas onde (linha 31) faz referência a lugar. Quanto à opção E, tardiamente (linha 11) e nunca (linha 20) fazem referência a tempo cronológico, mas onde (linha 31) faz referência a lugar. RESPOSTA C.

5 QUESTÃO 20 Estrutura e formação de palavras. As palavras binóculo (linha 03), desconhecido (linha 13), irreversível (linha 19) e rememore (linha 27) apresentam prefixos: bi-, des-, i(r)- e re-, respectivamente. Mas a palavra familiaridade apresenta diretamente seu radical em família. RESPOSTA E. QUESTÃO 21 Emprego de onde (pronome relativo). Nos segmentos Se os instrumentos são extensões do corpo, a casa onde moramos também é (linhas03-04), Não adianta título de propriedade se não sei onde é a caixa de luz (linha 24) e É bom quando a gente sabe onde está o lenço, o analgésico e a toalha (linha 31), a palavra onde só é substituível por em que na primeira frase, não nas demais. Observe-se: Se os instrumentos são extensões do corpo, a casa em que moramos também é (linhas03-04). Nas demais frases, não é possível a substituição por em que, uma vez que se deveria inserir a palavra lugar. RESPOSTA C. QUESTÃO 22 Regência (emprego de preposição). Quanto à opção A, no trecho parede que me separa do exterior (linha 05), a contração da preposição de com o artigo o, em do, é exigida pelo verbo separar. Na B, no segmento temos acesso ao funcionamento da casa (linha 08), a preposição a, combinação com o artigo o, em ao, é exigida pelo termo acesso. Na assertiva C, a contração do, no trecho cuidamos da higiene do corpo (linha 09) é exigida pela palavra higiene, não pelo verbo cuidar, cuja preposição por ele regida já aparece anteriormente em cuidamos da higiene. No caso da opção D, no trecho contato com o corpo (linha 11), a preposição com é exigida pelo substantivo contato. Na assertiva E, no trecho transmitem aos filhos, a preposição a da combinação aos é exigida pelo verbo transmitir. RESPOSTA C. QUESTÃO 23 Concordância. Se, no trecho Quem mora numa casa cujo interior lhe é desconhecido não passa de um estranho no ninho ou alguém que vive num ninho estranho (linhas 13-14), for substituída a palavra interior por dependências, haverá alterações, a saber: Quem mora numa casa CUJAS dependências lhe SÃO DESCONEHCIDAS não passa de um estranho no ninho ou alguém que vive num ninho estranho. São, portanto, três alterações. RESPOSTA D. QUESTÃO 24 Equivalências de reestruturas. Quanto à sugestão presente na opção A, a isnerção de o entre também e é, no trecho... a casa onde moramos também é, ficando com a redação... a casa onde moramos também o é, mantém o sentido original da frase. Com relação à opção B, a inserção de Assim imediatamente antes de Como (linha 05), determinaria a seguinte redação: Assim como a casa, o corpo tem.... Tal inserção mantém o sentido original da mensagem. Já em atenção à sugestão feita na opção C, a inserção de de entre ou e alguém, no trecho... não passa de um estranho no ninho ou alguém que vive num ninho estranho (linhas 13-14), resultando na construção... não passa de um estranho no ninho ou de alguém que vive num ninho estranho, mantém o sentido original da mensagem, deixando-a, inclusive, com completude.

6 Na opção D, a inserção de Isso antes de Vale, no trecho Vale para a minha vida orgânica e para o ninho que a contém (linhas 16-17), resultando na redação Isso vale para a minha vida orgânica e para o ninho que a contém, mantém a mensagem em seu sentido original. Com referência à sugestão presente na assertiva E, a inserção de minha antes de mãe, no trecho Aquelas famílias que fazem coisas mãe que borda, pai que conserta... (linha 25), alteraria o sentido da mensagem original, porque a autora se refere a famílias indeterminadas, não á sua própria. RESPOSTA E. QUESTÃO 25 Fonética (dígrafos). Quanto à opção A, nas palavras conhecimento e disse, há dígrafos: NH e EM na primeira palavra; SS na segunda. Mas em exterior não há dígrafos. Na B, em disse, como já se viu, punho e quem, há dígrafos: respectivamente SS, NH e QU. Com relação à alternativa C, em exterior, como já se viu, não há dígrafo, mas em acesso e quem há dígrafos, respectivamente SS e QU. Na opção D, em acesso, como já se viu, e chance, há dígrafos, respectivamente SS na primeira e CH e AN na segunda, mas em orgânica não há dígrafo. Quanto à assertiva E, em orgânica, como já se viu, não há dígrafo, mas há dpígrafos em irreversível (RR) e infância (IN e AN). RESPOSTA B. QUESTÃO 26 Acentuação gráfica. Na alternativa A, as formas verbais auscultá-lo (linha 07) e está (linha 31) são ambas acentuadas por serem oxítonas terminadas em a. Na opção B, orgânica (linha 16) é acentuada por ser proparoxítona, e irreversível (linha 19) por ser paroxítona terminada em l. Na assertiva C, irreversível (linha 19), como foi visto, é acentuada por ser paroxítona terminada em l, e incluída (linha 30) leva acento por apresentar i tônico, precedido de vogal e formando sílaba sozinho. Na opção D, incluída (linha 30), como foi ensinado, leva acento por apresentar i tônico, precedido de vogal e formando sílaba sozinho, e analgésico (linha 31) leva acento por ser proparoxítona. Na alternativa E, analgésico (linha 31), como já foi visto, leva acento por ser proparoxítona, e É, por ser monossílaba em e. RESPOSTA A. QUESTÃO 27 Tempos e modos verbais. As formas verbais Rodeaste, Rodeiam, Rodeie e Rodeássemos pertencem ao verbo rodear, e rodeia (linha 19). E estão corretas. Observem-se as conjugações em que se encontram: a) Eu rodeei, tu rodeaste, ele(a) rodeou, nós redamos, vós rodeastes, eles(as) rodearam. Presente do Indicativo. b) Eu rodeio, tu rodeias, ele(a) rodeia, nós rodeamos, vós rodeais, eles(as) rodeiam Presente do Indicativo. d) Que eu rodeie, que tu rodeies, que ele(a) rodeie, que nós rodeemos, que vós rodeeis, que eles(as) rodeiem Presente do subjuntivo. e) Se eu rodeasse, se tu rodeasses, se ele(a) rodeasse, se nós rodeássemos, se vós rodeásseis, se eles(as) rodeassem Pretérito Imperfeito do Indicativo.

7 A forma verbal Rodeavão não existe. Deve ser rodeavam. RESPOSTA C. QUESTÃO 28 Classes gramaticais. O vocábulo a, na passagem o ninho que a contém (linhas 16-17), é pronome oblíquo átono. Quanto à opção A, na passagem a casa onde moramos (linha 04), o a destacado é artigo definido feminino singular. Na alternativa B, no trecho até auscultá-lo de vez em quando (linhas 06-07), o termo destacado é pronome oblíquo átono. Na C, em temos o acesso ao funcionamento da casa (linha 08), o termo destacado é combinação da preposição a com o artigo o. Quanto à assertiva D, em a chance de percebermos tardiamente uma disfunção aumenta (linha 11), o termo sublinhado é artigo indefinido feminino singular. Quanto á opção E, no trecho Aqui se faz (linha 33), o termo sublinhado é advérbio. RESPOSTA B. QUESTÃO 29 Estrutura e formação de palavras. No vocábulo analgésico (linha 31), o radical grego alg, algia, que significa dor, sofrimento. Igual radical também aparece na palavra nevralgia RESPOSTA D. QUESTÃO 30 Pontuação. No trecho Como a casa, o corpo tem dentro e fora: pele, carne e entranhas (linhas 05-06), a função dos dois-pontos é anunciar uma enumeração explicativa, formada pelas palavras pele, carne e entranhas, cujo objetivo é explicar as semelhanças entre corpo e casa. RESPOSTA B. GABARITO OFICIAL DIVULGADO PELA FDRH EM 20 DE AGOSTO DE A; 02 D; 03 A; 04 E; 05 B; 06 B; 07 B; 08 C; 09 E; 10 E; 11 C; 12 B; 13 E; 14 A; 15 E; 16 B; 17 B; 18 A; 19 C; 20 E; 21 C; 22 C; 23 D; 24 E; 25 B; 26 A; 27 C; 28 B; 29 D; 30 B. NÃO HÁ QUESTÃO COM RESPOSTA RECORRÍVEL. Este material está disponível no saite do CPC e na loja Copystar (Xerox do CPC). Proibida a reprodução parcial ou total sem a anuência do autor.

Questão 01 Interpretação de texto. Questão 02 Acentuação gráfica

Questão 01 Interpretação de texto. Questão 02 Acentuação gráfica COMENTÁRIOS E RESPOSTAS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DE NÍVEL MÉDIO PARA AGENTE ADMINSITRATIVO AUXILIAR PORTO ALEGRE DO CONCURSO DA FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO E PESQUISA EM SAÚDE FEPS PROVA REALIZADA

Leia mais

PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA...

PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA... Sumário PARTE 1 FONÉTICA CAPÍTULO 1 FONÉTICA... 3 1.1. Fonema...3 1.2. Classificação dos fonemas...4 1.3. Encontros vocálicos...5 1.4. Encontros consonantais...5 1.5. Dígrafos...6 1.6. Dífono...7 1.7.

Leia mais

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS PORTUGUÊS PARA CONCURSOS Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética Fonema Letra Sílaba Número de sílabas Tonicidade Posição da sílaba tônica Dígrafos Encontros consonantais Encontros vocálicos Capítulo 2

Leia mais

Comentários e respostas às questões da prova de Língua Portuguesa do concurso do DETRAN RS pela FUNDATEC Concurso ocorrido no dia 25 de agosto de 2013

Comentários e respostas às questões da prova de Língua Portuguesa do concurso do DETRAN RS pela FUNDATEC Concurso ocorrido no dia 25 de agosto de 2013 Comentários e respostas às questões da prova de Língua Portuguesa do concurso do DETRAN RS pela FUNDATEC Concurso ocorrido no dia 25 de agosto de 2013 QUESTÃO 1 Crase. No trecho... não existem referências

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROF. ALBERTO MENEGOTTO

LÍNGUA PORTUGUESA PROF. ALBERTO MENEGOTTO COMENTÁRIOS À PROVA DO TJRS OFICIAL DE JUSTIÇA Questão 01 Crase As três lacunas devem ser preenchidas exclusivamente com artigos definidos femininos. Observe-se cada caso: na primeira lacuna, o verbo contemplar

Leia mais

FACCAT FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA Nomes: Ana Carvalho, Tairini, Ellen, Tâmiris, Cássia, Cátia Weber. Professor: Zenar Schein Data:

FACCAT FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA Nomes: Ana Carvalho, Tairini, Ellen, Tâmiris, Cássia, Cátia Weber. Professor: Zenar Schein Data: FACCAT FACULDADES INTEGRADAS DE TAQUARA Nomes: Ana Carvalho, Tairini, Ellen, Tâmiris, Cássia, Cátia Weber. Professor: Zenar Schein Data: Listagem Conteúdos: 6º ano ensino fundamental Morfologia Fonética

Leia mais

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa 01. Alternativa (E) Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa Alternativa que contém palavras grafadas de acordo com o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa - VOLP 02. Alternativa

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está recebendo o programa das provas. BOLSÃO 6º ANO Fonética Fonema distinção entre FONEMA e LETRA Sílaba

Leia mais

Português- Prof. Verônica Ferreira

Português- Prof. Verônica Ferreira Português- Prof. Verônica Ferreira 1 Com relação a aspectos linguísticos e aos sentidos do texto acima, julgue os itens a seguir. No trecho que podemos chamar de silenciosa (l.15-16), o termo de silenciosa

Leia mais

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO 1 Q236899 Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Português Assuntos: 6. Interpretação

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. para o Exame de Suficiência do CFC. Bacharel em Ciências Contábeis

LÍNGUA PORTUGUESA. para o Exame de Suficiência do CFC. Bacharel em Ciências Contábeis LÍNGUA PORTUGUESA para o Exame de Suficiência do CFC Bacharel em Ciências Contábeis O livro é a porta que se abre para a realização do homem. Jair Lot Vieira con cursos con cursos LÍNGUA PORTUGUESA para

Leia mais

CONTEÚDOS DO TESTE DE SELEÇÃO - 2013 (Ingresso 2014)

CONTEÚDOS DO TESTE DE SELEÇÃO - 2013 (Ingresso 2014) POLÍCIA MILITAR DE ALAGOAS DIRETORIA DE ENSINO Colégio Tiradentes - CPM CONTEÚDOS DO TESTE DE SELEÇÃO - 2013 (Ingresso 2014) 4º ano Texto e interpretação; As quatro operações: Adição, subtração, Substantivo:

Leia mais

As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso.

As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso. COMENTÁRIO QUESTÕES DE PORTUGUÊS PROFESSORA: FABYANA MUNIZ As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso. 1. (FCC)...estima-se que sejam 20 línguas. (2º parágrafo) O verbo flexionado nos mesmos

Leia mais

Conteúdos Programáticos Bolsão 2016. Centro Educacional Apogeu ENSINO FUNDAMENTAL I. Conteúdo para ingresso no 2 o ano

Conteúdos Programáticos Bolsão 2016. Centro Educacional Apogeu ENSINO FUNDAMENTAL I. Conteúdo para ingresso no 2 o ano Conteúdos Programáticos Bolsão 2016 Centro Educacional Apogeu ENSINO FUNDAMENTAL I Conteúdo para ingresso no 2 o ano LÍNGUA PORTUGUESA: Alfabeto (maiúsculo e minúsculo); vogal e consoante; separação silábica;

Leia mais

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo.

Aula 05. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. RESUMÃO 2º SIMULADO DE PORTUGUÊS Aula 05 Adjetivo e suas flexões Adjetivo = palavra que qualifica o substantivo. Locução Adjetiva = expressão que tem a mesma função: qualificar o substantivo. Os adjetivos

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL

EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL EDITAL N. º 001/CTPM/2015 CONCURSO DE ADMISSÃO 2016 ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME INTELECTUAL 1) PARA O ENSINO MÉDIO REDAÇÃO Do 1º ano ao 3º ano do ensino médio, a prova discursiva será composta

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação Produção textual COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA Disciplina: Língua Portuguesa Trimestre: 1º Tipologia textual Narração Estruturação de um texto narrativo: margens e parágrafos; Estruturação de parágrafos: início,

Leia mais

JUNHO. Avaliação de História: 9º Ano C, 101, 201, 202, 301, 3012 VESPERTINO

JUNHO. Avaliação de História: 9º Ano C, 101, 201, 202, 301, 3012 VESPERTINO JUNHO Dia 01 02 MATUTINO Estudo dirigido de Espanhol: 301 03 04 05 06 07 08 MATUTINO Avaliação de História: 9º Ano C, 101, 201, 202, 301, 3012 Avaliação de CFB: 9º Anos Cap.19. Trabalho de Geografia: 3º

Leia mais

ESCOLA BÁSICA FERNANDO CALDEIRA Currículo de Português. Departamento de Línguas. Currículo de Português - 7º ano

ESCOLA BÁSICA FERNANDO CALDEIRA Currículo de Português. Departamento de Línguas. Currículo de Português - 7º ano Departamento de Línguas Currículo de Português - Domínio: Oralidade Interpretar discursos orais com diferentes graus de formalidade e complexidade. Registar, tratar e reter a informação. Participar oportuna

Leia mais

Prazer em Conhecê-lo. APRENDA Cumprimentos Dias da Semana Meses do Ano O Alfabeto

Prazer em Conhecê-lo. APRENDA Cumprimentos Dias da Semana Meses do Ano O Alfabeto EU E VOCÊ Unidade 1 01 Prazer em Conhecê-lo Cumprimentos Dias da Semana Meses do Ano O Alfabeto 02 Frases: Afirmativa, Negativa, Interrogativa Artigos: Definidos e Indefinidos Substantivos e Adjetivos

Leia mais

Língua Portuguesa. Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Língua Portuguesa

Língua Portuguesa. Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Língua Portuguesa Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar - Língua Portuguesa A proposta O ensino da língua materna no Material Didático Positivo é entendido como uma interação viva com as forças

Leia mais

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é que o aluno NÃO DECORE NADA em Língua Portuguesa. Se

Leia mais

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Língua Portuguesa

Vestibular UFRGS 2015. Resolução da Prova de Língua Portuguesa Vestibular UFRGS 2015 Resolução da Prova de Língua Portuguesa COMENTÁRIO GERAL: a prova compôs-se de três textos dois breves ensaios (artigo cuja temática é universal) e uma crônica. O conhecimento solicitado

Leia mais

Sumário. Apresentação - 1. a edição /13 Apresentação - 2 edição /14

Sumário. Apresentação - 1. a edição /13 Apresentação - 2 edição /14 Sumário Apresentação - 1. a edição /13 Apresentação - 2 edição /14 1 Variação lingüística / 15 1.1 Os níveis de linguagem / 17 1.1.1 O nível informal /17 1.1.2 O nível semiformal /1 7 1.1.3 O nível formal/18

Leia mais

Classes Gramaticais: Pronome

Classes Gramaticais: Pronome Classes Gramaticais: Pronome Conceito É a palavra que representa uma pessoa do discurso. Pode se referir a um substantivo ou simplesmente substituí-lo. Ex.: Maria, vi os teus lábios, mas não os beijei.

Leia mais

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE

2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE Escolas João de Araújo Correia EB 2.3PESO DA RÉGUA Disciplina de Português 6º Ano Ano Letivo 2013/2014 CONTEÚDOS TEMÁTICOS CONTEÚDOS GRAMATICAIS CALENDARIZAÇÃO UNIDADE 0 Ponto de partida Reportagem televisiva

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul NÚMERO DA VAGA: 22 venho por meio deste pedir a anulação

Leia mais

PED LÍNGUA PORTUGUESA ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS

PED LÍNGUA PORTUGUESA ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS PED LÍNGUA PORTUGUESA ORIENTAÇÕES ACADÊMICAS Prezado aluno, O maior diferencial deste projeto pedagógico é o desenvolvimento da autonomia do estudante durante sua formação. O currículo acadêmico do seu

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2016 para Ensino Fundamental e Ensino Médio

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS PROVAS / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS Processo Seletivo 2016 para Ensino Fundamental e Ensino Médio / ATIVIDADES PEDAGÓGICAS 1º Ano do Ensino Fundamental (Alunos concluintes do 2º Período da Educação Infantil) Escrita do nome completo; Identificar e reconhecer as letras do alfabeto; Identificar e diferenciar

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME DE SELEÇÃO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME DE SELEÇÃO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONGREGAÇÃO DE SANTA DOROTÉIA DO BRASIL COLÉGIO SANTA DOROTÉIA - PESQUEIRA-PE CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO EXAME DE SELEÇÃO 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL Leitura e compreensão de sílabas, palavras, frases e

Leia mais

ANEXO I FUNÇÕES, VAGAS, PRÉ-REQUISITOS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO E LOTAÇÃO.

ANEXO I FUNÇÕES, VAGAS, PRÉ-REQUISITOS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO E LOTAÇÃO. ANEXO I FUNÇÕES, VAGAS, PRÉ-REQUISITOS, VENCIMENTOS, JORNADA DE TRABALHO E LOTAÇÃO. Cargos/ Área de Atuação Hs/ Sem Nº de Vagas Nº de Vagas LOTAÇÃO Pré-Requisitos/ Escolaridade Vencimento Básico R$ Comuns

Leia mais

Sumário. Apresentação... 33. Editais e plano de estudos. Parte ii

Sumário. Apresentação... 33. Editais e plano de estudos. Parte ii Sumário Apresentação... 33 Parte i Editais e plano de estudos Capítulo 1 Editais... 39 1. Introdução... 39 2. Plano de estudos... 39 3. Editais... 40 3.1. TRT 15 Campinas/SP FCC (outubro 2013)... 40 3.2.

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA UNIDADE PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE LÍNGUA PORTUGUESA 1. ano - 1. volume UNIDADE 1 Símbolos Letras do alfabeto UNIDADE 2 Alfabeto (vogais e consoantes) Crachá Letras do próprio nome, do nome do professor e dos colegas

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE EMBU CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS Nº. 02/2006 Processo 12.293-2006 EDITAL DE RE-RATIFICAÇÃO

PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE EMBU CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS Nº. 02/2006 Processo 12.293-2006 EDITAL DE RE-RATIFICAÇÃO PREFEITURA DA ESTÂNCIA TURÍSTICA DE EMBU CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS Nº. 02/2006 Processo 12.293-2006 EDITAL DE RE-RATIFICAÇÃO Os membros da Comissão Especial do Concurso Público nº 002/2006,

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão : 08 19 25 A questão 08 do código 07, que corresponde à questão 19 do código 08 e à questão 25 do código 09 Assinale a alternativa incorreta em relação à regência nominal. a) São poucos os cargos

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul NÚMERO DA VAGA: 22 MOTIVO ALEGADO PELO CANDIDATO: alternativa

Leia mais

CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS

CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS Professora Renata Tosetto COMPREENSÃO TEXTUAL Atente-se sempre ao enunciado segundo o texto, conforme o texto, segundo o autor, de acordo com o autor (texto) nestes

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa 7 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa Escola: Nome: Turma: n o : Sotaque mineiro: é ilegal, imoral ou engorda? Gente, simplificar é um pecado. Se a vida não fosse tão corrida, se não tivesse

Leia mais

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br AMOSTRA DA OBRA www.editoraferreira.com.br O sumário aqui apresentado é reprodução fiel do livro 2ª edição. Eliane Vieira Análise Sintática Português é simples 2ª edição Nota sobre a autora Sumário III

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Colégio I.L. Peretz Sistema Anglo de Ensino ORAÇÃO SUBORDINADA E ORAÇÃO PRINCIPAL No período: Todos desejavam sua recuperação. verbo complemento do verbo (objeto direto) observamos que: * o verbo, por

Leia mais

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER

CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER CAPÍTULO 9: CONCORDÂNCIA DO VERBO SER Vejamos os exemplos de concordância do verbo ser: 1. A cama eram (ou era) umas palhas. Isto são cavalos do ofício. A pátria não é ninguém: são todos. (Rui Barbosa).

Leia mais

O verbo O verbo. www.scipione.com.br/radix. Prof. Erik Anderson. Gramática

O verbo O verbo. www.scipione.com.br/radix. Prof. Erik Anderson. Gramática O verbo O verbo O que é? Palavra variável em pessoa, número, tempo, modo e voz que exprime um processo, isto é, aquilo que se passa no tempo. Pode exprimir: Ação Estado Mudança de estado Fenômeno natural

Leia mais

Professora Verônica Ferreira

Professora Verônica Ferreira Professora Verônica Ferreira 1- Prova: ESAF - 2013 - DNIT - Técnico Administrativo (questão nº 1) Disciplina: Português Assuntos: Crase; Assinale a opção que completa corretamente a sequência de lacunas

Leia mais

Conhecer o conteúdo programático do componente Língua Portuguesa e desenvolver habilidades de compreensão, interpretação e produção de textos orais e

Conhecer o conteúdo programático do componente Língua Portuguesa e desenvolver habilidades de compreensão, interpretação e produção de textos orais e Conhecer o conteúdo programático do componente Língua Portuguesa e desenvolver habilidades de compreensão, interpretação e produção de textos orais e escritos à maneira adequada do padrão da língua materna;

Leia mais

DISCIPLINA: LINGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA: LINGUA PORTUGUESA DISCIPLINA: LINGUA PORTUGUESA EMENTA: A Língua Portuguesa priorizará os conteúdos estruturantes (ouvir, falar, ler e escrever) tendo como fundamentação teórica o sociointeracionismo. APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

Leia mais

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 4º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 4º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DO 4º PERÍODO/2015 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL LÍNGUA PORTUGUESA (Unidades 1, 2, 3 e 4) Gêneros Poema Crônica História em quadrinhos Conto de fadas Conto maravilhoso História de

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS As orações subordinadas substantivas são as palavras

Leia mais

Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES

Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES 1. Indique o período em que o sinal de dois-pontos está sendo usado com a mesma finalidade da que ocorre em: Ademilton praticou uma atividade

Leia mais

Língua Portuguesa 9º ano

Língua Portuguesa 9º ano Língua Portuguesa 9º ano Conteúdos por unidade didática 1º Período A - Comunicação Oral.. Intencionalidade comunicativa. Adequação comunicativa: Ideia geral. Ideias principais. Ideias secundárias. Informação

Leia mais

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano

Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Síntese da Planificação da Disciplina de Português - 5 º Ano Dias de aulas previstos Período 2.ª 3.ª 4.ª 5.ª 6.ª 1.º período 13 13 13 12 13 2.º período 9 9 9 11 11 3.º período 9 11 10 10 11 (As Aulas previstas

Leia mais

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos PORTUGUÊS 7º ano Ano letivo 2015 2016 ORALIDADE LEITURA / EDUCAÇÃO LITERÁRIA 1º PERÍODO CONTEÚDOS

Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos PORTUGUÊS 7º ano Ano letivo 2015 2016 ORALIDADE LEITURA / EDUCAÇÃO LITERÁRIA 1º PERÍODO CONTEÚDOS Escola Básica da Madalena Grelha de Conteúdos PORTUGUÊS 7º ano Ano letivo 2015 2016 1º PERÍODO CONTEÚDOS ORALIDADE Elementos constitutivos do texto publicitário. Ouvinte. Informação. Princípios reguladores

Leia mais

4.6 Argumento ab exemplo... 4.7 Argumento sistemático... 4.8 Argumentação naturalista...

4.6 Argumento ab exemplo... 4.7 Argumento sistemático... 4.8 Argumentação naturalista... SUMÁRIO Capítulo I Teoria da comunicação jurídica 1. Introdução 2. Aspectos gerais sobre a comunicação 3. Elementos da comunicação jurídica 4. A linguagem forense 5. A língua e a fala 6. As funções da

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. Sondagem 2014 6º ANO. Língua Portuguesa

ENSINO FUNDAMENTAL. Sondagem 2014 6º ANO. Língua Portuguesa ENSINO FUNDAMENTAL O processo de sondagem Colégio Sion busca detectar, no aluno, pré-requisitos que possibilitem inseri-lo adequadamente no ano pretendido. As disciplinas de Língua Portuguesa e são os

Leia mais

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos Pessoais Do caso reto Oblíquo Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos Os pronomes is indicam diretamente as s do discurso. Quem fala ou escreve, assume os pronomes eu ou nós, emprega

Leia mais

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA

GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA MODERNA DA LÍNGUA PORTUGUESA Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética 1.1. Fonema e letra 1.2. Divisão dos fonemas 1.3. Classificação dos fonemas 1.4. Encontro vocálico 1.5.

Leia mais

03. Resposta: E. Página 552 02.

03. Resposta: E. Página 552 02. Orações coordenadas Página 550 a) O aquecimento excessivo do planeta é um fato incontestável [1], por isso muitos países já implantaram programas de redução de poluentes [2], mas / porém / no entanto o

Leia mais

Disciplina: Português Período: 1º. Equipe - 3 ano - turmas: 31, 32 e 33.

Disciplina: Português Período: 1º. Equipe - 3 ano - turmas: 31, 32 e 33. Disciplina: Português Período: 1º Unidade 1 Eu me comunico Linguagem : formal e informal Variação regional de vocabulário Usando diferentes linguagens Ortografia: L e U,A/AI; E/I; O/OU; Usando diferentes

Leia mais

Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal.

Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal. 1. A legenda mais apropriada para a charge é: A poluição é uma arma que pode matar. Uma chaminé esfumaçante em forma de arma apontada contra a cabeça só pode colocar a poluição como uma arma letal. 02.

Leia mais

O ESTUDO DAS PALAVRAS

O ESTUDO DAS PALAVRAS Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro vocálico... 6 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 PARTE I ENTENDA AS BANCAS... 19 PARTE II ACENTUAÇÃO... 25 ORTOGRAFIA E SEMÂNTICA... 43. Sumário 5

Sumário APRESENTAÇÃO... 15 PARTE I ENTENDA AS BANCAS... 19 PARTE II ACENTUAÇÃO... 25 ORTOGRAFIA E SEMÂNTICA... 43. Sumário 5 Sumário 5 Sumário APRESENTAÇÃO... 15 PARTE I ENTENDA AS BANCAS... 19 1. Introdução... 19 2. Entenda as bancas... 19 3. Editais... 19 3.1. TRT 2 São Paulo FCC (prova aplicada em 2014)... 19 3.2. TRF 1 FCC

Leia mais

Orações reduzidas. Bom Estudo!

Orações reduzidas. Bom Estudo! Orações reduzidas Bom Estudo! Orações reduzidas São orações construídas com as formas nominais do verbo infinitivo (terminação em -r), gerúndio (terminação em -ndo) e particípio (terminação em -ado/ -ido),

Leia mais

Deve-se analisar a frase e sublinhar todas as formas verbais nelas existentes. Assim sendo, a frase fica:

Deve-se analisar a frase e sublinhar todas as formas verbais nelas existentes. Assim sendo, a frase fica: Revisão sobre: - Orações complexas: coordenação e subordinação. - Análise morfológica e análise sintáctica. - Conjugação verbal: pronominal, reflexa, recíproca, perifrástica. - Relação entre palavras.

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ALUNOS NOVOS. 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental 2016 Unidade Recreio

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ALUNOS NOVOS. 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental 2016 Unidade Recreio PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ALUNOS NOVOS 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental 2016 Unidade Recreio I ORIENTAÇÕES GERAIS a) As famílias que desejarem conhecer a Escola e inscrever seus filhos para o processo

Leia mais

MATERIAL DE APOIO LÍNGUA PORTUGUESA

MATERIAL DE APOIO LÍNGUA PORTUGUESA Escrivão da Polícia Federal Reta Final LÍNGUA PORTUGUESA Professor João Bolognesi Aula 4 MATERIAL DE APOIO LÍNGUA PORTUGUESA Introdução: Assuntos importantes para a prova Oração Sujeito Verbo Complemento

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA Módulo Geral

LÍNGUA PORTUGUESA Módulo Geral Módulo Geral CONCURSO: Ministério do Trabalho e Emprego CARGO: Auditor-Fiscal do Trabalho PROFESSOR: Pablo Jamilk Este curso é protegido por direitos autorais (copyright), nos termos da Lei n.º 9.610/1998,

Leia mais

Animais em extinção - Formação de palavras (jogo de sílabas) - Letra O - Letra P - Formação de palavras (jogo de sílabas e jogo de letras)

Animais em extinção - Formação de palavras (jogo de sílabas) - Letra O - Letra P - Formação de palavras (jogo de sílabas e jogo de letras) ABEU COLÉGIOS Disciplina: Língua Portuguesa Série: 1 ano / Fundamental I 1 Caderno 1 Seleção de módulos do Sistema de Ensino Ser 2014 Símbolos e Mensagens - Diferenciação de letra, palavra e número - Placas

Leia mais

Conteúdo: Aula: 40.1. Período composto por subordinação: Oração subordinada adverbial Oração subordinada adverbial temporal LÍNGUA PORTUGUESA

Conteúdo: Aula: 40.1. Período composto por subordinação: Oração subordinada adverbial Oração subordinada adverbial temporal LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula: 40.1 Conteúdo: Período composto por subordinação: Oração subordinada adverbial Oração subordinada adverbial temporal

Leia mais

Entrega dia 13/07. Avaliação dia 16/07 3º horário. Entrega dia 13/07. Entrega dia 13/07. Avaliação dia 15/07 3º horário.

Entrega dia 13/07. Avaliação dia 16/07 3º horário. Entrega dia 13/07. Entrega dia 13/07. Avaliação dia 15/07 3º horário. LÍNGUA PORTUGUESA: Substantivo; Artigo; Adjetivo; Interpretação de texto. Avaliação dia 16/07 3º horário. Números primos e compostos. Problemas (adição, subtração, multiplicação e divisão). Frações (definição

Leia mais

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS 6.º ANO

PLANO DE ESTUDOS DE PORTUGUÊS 6.º ANO DE PORTUGUÊS 6.º ANO Ano Letivo 2015 2016 PERFIL DO ALUNO No final do 6.º ano de escolaridade, o aluno deve ser capaz de: interpretar e produzir textos orais com diferentes finalidades e coerência, apresentando

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas.

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. Língua Portuguesa O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. O rápido e grande avanço observado no ambiente da produção, por meio do surgimento

Leia mais

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO

O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Sumário Capítulo 1 O ESTUDO DO VOCABULÁRIO Lição 1 Fonética...3 1.1. Fonema e Letra... 3 1.2. Divisão dos Fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 5 1.4. Encontro Vocálico... 7 1.5. Encontro Consonantal...

Leia mais

COMENTÁRIOS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DO AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL CONCURSO REALIZADO NOS DIAS 9 E 10 DE AGOSTO DE 2014 BANCA FUNDATEC

COMENTÁRIOS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DO AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL CONCURSO REALIZADO NOS DIAS 9 E 10 DE AGOSTO DE 2014 BANCA FUNDATEC COMENTÁRIOS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DO AUDITOR FISCAL DA RECEITA ESTADUAL CONCURSO REALIZADO NOS DIAS 9 E 10 DE AGOSTO DE 2014 BANCA FUNDATEC Questão 1 Interpretação de texto No trecho Manter essas

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta.

1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta. LÍNGUA PORTUGUESA SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES E DO PERÍODO COMPOSTO PROF. AGNALDO MARTINO 1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta. a) Sedosos eram seus cabelos. b)

Leia mais

CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS

CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS Índice CAPÍTULO 1 O ESTUDO DAS PALAVRAS LIÇÃO 1 FONÉTICA...3 1.1. Fonema e letra... 3 1.2. Divisão dos fonemas... 3 1.3. Classificação dos fonemas... 4 1.4. Encontro vocálico... 5 1.5. Encontro consonantal...

Leia mais

CALENDÁRIO PARA A III UNIDADE 2012 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO

CALENDÁRIO PARA A III UNIDADE 2012 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO CALENDÁRIO PARA A III UNIDADE 2012 ENSINO FUNDAMENTAL II E ENSINO MÉDIO 03 a 07/12 - Semana de Revisão para a II VA da III Unidade; 03, 05 e 07/12 (Seg, Qua, Sex) Simulado CPC para o Ensino Médio; 07/12

Leia mais

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial

TÍTULO: Plano de Aula SÍLABAS. Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano. Língua Portuguesa. Gramática. 2 aulas (50 min cada ) Educação Presencial Org.: Claudio André - 1 TÍTULO: SÍLABAS Nível de Ensino: Ano/Semestre de Estudo Componente Curricular: Tema: Duração da Aula: Ensino Fundamental I / Anos Iniciais 3 ano Língua Portuguesa Gramática 2 aulas

Leia mais

CURSO EXTENSIVO MÓDULO 5 REGÊNCIA

CURSO EXTENSIVO MÓDULO 5 REGÊNCIA A) 1. A 2. O, LHE 3. O 4. O 5. LA, LHE 6. LHE, O 7. OS 8. O 9. LHE 10. O 11. O 12.O 13. LHE 14. LO, -LO, -LO 15. O, O B) Complete os espaços, se necessário, com a preposição adequada: 16.A 17. - 18.DE

Leia mais

QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA

QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA QUESTÕES DE LÍNGUA PORTUGUESA TEXTO I - O Problema Ecológico (para as questões de 1 a 5) Se uma nave extraterrestre invadisse o espaço aéreo da Terra, com certeza seus tripulantes diriam que neste planeta

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa 9 o ano 1 o bimestre PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa Escola: Nome: Turma: n o : Responda às questões 1, 2 e 3, após a leitura de um fragmento do texto Homem no mar, de Rubem Braga. De minha varanda vejo,

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Conteúdo Programático Conhecimentos Básicos Português Básico Gramática Sobre o curso: Ele é direcionado a todo aluno que pretende construir uma base sólida de conhecimentos fundamentais para resolver as

Leia mais

Letras. Objetivo. Aspectos das Conexões Sintáticas. Prof a. Dr a. Leda Szabo

Letras. Objetivo. Aspectos das Conexões Sintáticas. Prof a. Dr a. Leda Szabo Letras Prof a. Dr a. Leda Szabo Aspectos das Conexões Sintáticas Objetivo Diferenciar o objeto de estudo da análise de base sintática do objeto de estudo da análise do discurso. Compreender a diferença

Leia mais

Observação directa: ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: PLNM (A1) ANO: 11º ANO LECTIVO 2010/2011

Observação directa: ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: PLNM (A1) ANO: 11º ANO LECTIVO 2010/2011 ESCOLA SECUNDÁRIA DR. SOLANO DE ABREU ABRANTES PLANIFICAÇÃO ANUAL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: PLNM (A1) ANO: 11º ANO LECTIVO 2010/2011 COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS ACTIVIDADES ESTRATÉGIAS AULAS PREVISTAS

Leia mais

Regência nominal. Regência Verbal. Verbos Transitivos Diretos

Regência nominal. Regência Verbal. Verbos Transitivos Diretos Regência nominal A regência nominal estuda os casos em que um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) exige um outro termo que lhe complete o sentido. Normalmente, o complemento de um nome vem iniciando

Leia mais

CRASE TEORIA. REGRA GERAL A crase ocorrerá sempre que o termo anterior exigir a preposição a e o termo posterior admitir o artigo a ou as.

CRASE TEORIA. REGRA GERAL A crase ocorrerá sempre que o termo anterior exigir a preposição a e o termo posterior admitir o artigo a ou as. CRASE TEORIA (Aluna do Curso de Secretariado Executivo Trilíngüe da Universidade Estácio de Sá) Crase é a fusão da preposição a com o artigo a ou com o a inicial dos pronomes demonstrativos aquele, aquela,

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

COLÉGIO AFAM SÃO MIGUEL Conteúdo Processo Seletivo 2014

COLÉGIO AFAM SÃO MIGUEL Conteúdo Processo Seletivo 2014 ENSINO FUNDAMENTAL I 2º ANO PORTUGUÊS: Famílias silábicas simples e formação de palavras; Auto-ditado; Reconhecer e aplicar vogais e consoantes; Completar palavras com vogais e consoantes; letra cursiva

Leia mais

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em "Saiu a francesa", "a francesa" é o sujeito da oração.

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em Saiu a francesa, a francesa é o sujeito da oração. OBS.: A locução prepositiva "à moda de" tem uma peculiaridade: nela se costuma observar a elisão do substantivo feminino "moda", mas, mesmo nos casos em que isso ocorre, mantém-se o acento de crase. Ex.:

Leia mais

VISÃO GERAL DOS CONTEÚDOS 3ª CLASSE 4ª CLASSE 5ª CLASSE

VISÃO GERAL DOS CONTEÚDOS 3ª CLASSE 4ª CLASSE 5ª CLASSE VISÃO GERAL DOS CONTEÚDOS 19 Família : - a minha história A família: - tipos de família - membros da família e suas funções - regras de convivência na família - a minha infância A família do meu amigo,

Leia mais

Sumário. Sumário 7 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13

Sumário. Sumário 7 APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 Rogerio Pizza Sumário 7 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO REVISAÇO... 13 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 QUESTÕES... 15 1. Das disposições gerais... 15 2. Dos poderes administrativos... 16 3. Da administração

Leia mais

Será de acordo com a vaga que concorre e será divulgado na próxima quinta-feira.

Será de acordo com a vaga que concorre e será divulgado na próxima quinta-feira. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA O CONCURSO PÚBLICO DA SUSER Nível Superior CONTADOR LÍNGUA PORTUGUESA O conteúdo a ser utilizado na prova do Concurso será disponibilizado na Próxima 5ª feira CONHECIMENTO ESPECÍFICO

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López

Academia Diplomática y Consular Carlos Antonio López FUNDAMENTACIÓN: IDIOMA: PORTUGUÊS CONTENIDO TEMÁTICO Llevando en consideración las directrices del Marco Europeo Común de Referencia, el examen será encuadrado en un nivel Intermedio Superior. En este

Leia mais

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO

ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO ANEXO II CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ENSINO MÉDIO I PORTUGUÊS: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia: divisão silábica, pontuação, hífen, sinônimo, acentuação gráfica, crase. Morfologia: classes de

Leia mais

TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Predicação Verbal e Complementos Verbais 1. Definição de Predicado. 2. Tipos de verbo no predicado: a) verbos transitivos; b) verbo intransitivo;

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO

CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO CONCURSO PÚBLICO 01/2011 RESPOSTA AOS RECURSOS DA PROVA DE REDAÇÃO Inscrição: 15602625057-3 (Liminar) - MANTIDA de dissertação, cujos critérios de análise estavam descritos no edital de abertura que rege

Leia mais