(31)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "(31) 3292 6299 www.fredericoporto.com.br"

Transcrição

1 (31)

2 COACHING E PSICOPATOLOGIA UMA DIÁLOGO NECESSÁRIO Frederico Porto

3 JANEIRO NO DIA 1 º DE JANEIRO ÀS 00:00 ACONTECE O BIG BANG..

4 SETEMBRO NO INÍCIO DE SETEMBRO SURGE O SOL E NOSSO SISTEMA SOLAR.

5 DEZEMBRO NO INÍCIO DE DEZEMBRO SURGEM OS PRIMEIROS ORGANISMOS MULTICELULARES.

6 DEZEMBRO OS DINOSSAUROS DOMINAM A TERRA DURANTE QUASE TODA A ÚLTIMA SEMANA.

7 31 DEZEMBRO 12:00 hs 23:00 hs 23:58:30 23:59:30 Os ancestrais do homem surgem por volta da metade do último dia. Às 23 horas andam eretos. A linguagem surge um minuto e meio antes da meia noite. No último meio minuto surge a agricultura

8 31 DEZEMBRO 23:59:54 Buda alcança a iluminação cinco segundos e meio antes do final do ano e Cristo aparece um segundo depois. 23:59:59 A revolução industrial acontece no último meio segundo. 23:59:59 A segunda guerra eclode menos de um décimo de segundo antes da meia noite.

9 CURVA DE EXPANSÃO DE INFORMAÇÃO

10 POPULAÇÃO DO PLANETA ANOS 126 ANOS 33 ANOS 13 ANOS 13 ANOS 12 ANOS 13 ANOS 16 ANOS 22 ANOS 20 ANOS 7000 EM MILHÕES

11

12 INFORMAÇÃO NÍVEL DE EMPREGO0 INDÚSTRIA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS ERA INDUSTRIAL ERA DA INFORMAÇÃO

13 NÍVEL DE EMPREGO0 INDÚSTRIA CONSCIÊNCIA INFORMAÇÃO ERA INDUSTRIAL ERA DA INFORMAÇÃO ERA DA CONCIÊNCIA

14 Saúde é o estado de completo bem estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença. OMS, 1948

15 A DINÂMICA DA SAÚDE DOENÇA PONTO NEUTRO BEM ESTAR TRATAMENTO DA DOENÇA PROMOÇÃO DA SAÚDE

16

17

18 DADOS DA OMS NosEUA, as taxasde depressãosão 10 vezesmaisaltasdo queeramna décadade 60. A idademédiaparaa manifestação da depressão passou de 29,5 anospara14,5 anosem quase meio século. Inglaterra 1957: 52% felizes. Inglaterra 2005: 36% felizes. Neste período a riqueza do país triplicou.

19 DADOS DA OMS -A depressãoé hojea principal causade incapacidade. Em2000, foia quartacontribuinteno índicequemedeos anos potenciais de vida perdidos em função de morte prematura/anode vidaprodutivaperdidosemfunçãode incapacidade( DALYS.) -A depressãojáé considerada a segunda causa no DALYS nafaixaetária entre 15 e 44 anos. -A depressãoatinge 350 milhõesde pessoasemtodoo mundo, e somente25% tem acesso a tratamento. -Estima-se que em 2020 a depressão alcanceo segundolugarno DALYS, em todasas faixasetáriasemambos ossexos.

20 INTERESSADOS NÃO É PSICÓLOGO-TEM EXPERIÊNCIA CORPORATIVA; É PSICÓLOGO-SEM EXPERIÊNCIA CORPORATIVA; PSICÓLOGO SEM FORMAÇÃO COGNITIVO/COMPORTAMENTAL.

21 Sugerirei aos meus Clientes que procurem os serviços de outros profissionais quando o considere apropriado ou necessário. Código de Ética I.C.F.

22 INTERIOR EXTERIOR INDIVIDUAL SUBJETIVO OBJETIVO COLETIVO INTERSUBJETIVO INTEROBJETIVO

23 INTERIOR EXTERIOR INDIVIDUAL INTENCIONAL COMPORTAMENTAL COLETIVO CULTURAL SOCIAL

24 PERSONALIDADE EU ESSENCIAL

25 Somos forçados a concluir que a natureza humana é quase inacreditavelmente maleável, respondendo de modo acurado e contrastante a condições culturais contrastantes. Margaret Mead(1935)

26 A cada vez que um fenômeno social é diretamente explicado por um fenômeno psicológico, podemos ter certeza de que a explicação é falsa... A causa determinante de um fato social deve ser procurada entre os fatos sociais que o precedem e não entre os estados de consciência individual. Emile Durkheim

27 Nenhuma mulher deveria ser autorizada a ficar em casa para cuidar dos filhos. A sociedade deveria ser totalmente diferente. As mulheres não deveriam ter esta escolha, precisamente parece se existir esta escolha um nº excessivo de mulheres a fará. Simone de Beauvoir

28 Dê-me uma dúzia de bebês saudáveis, bemformados, e o mundo que eu especificar para criálos e eu lhes garanto pegar qualquer um deles aleatoriamente e treiná-los para se tornar qualquer tipo de especialista-médico, advogado, artista, comerciante e, sim, até mendigo e ladrão, independente de seus talentos, propensões, tendências, capacidades, vocações e linhagem de seus ancestrais. John Watson

29 PERCEPÇÕES DO PÚBLICO SOBRE DOENÇA MENTAL 71% - Devido a fraqueza mental; 65% - Causada por más influências dos pais; 45% -Culpa da vítima; 35% - Consequência de comportamento pecaminoso; 10% -Apresenta base biológica, envolve o cérebro.

30

31

32 OBSERVAR FÍSICO; AFETIVIDADE; ATIVIDADE; PENSAMENTO; INTERPESSOAL.

33 SINTOMAS DURAÇÃO INTENSIDADE FREQUÊNCIA

34 PATOLOGIAS MAIS COMUNS TRANSTORNO DE ANSIEDADE GENERALIZADA; FOBIA SOCIAL; TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO; DEPRESSÃO MAIOR; TRANSTORNO BIPOLAR; TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO.

35 TRANSTORNO DE ANSIEDADE GENERALIZADA Preocupação excessiva com coisas do dia a dia; Tem dificuldade em controlar suas preocupações; Sabem que preocupam mais do que devem; Não conseguem relaxar; Têm dificuldade em concentrar; Dificuldade de iniciar o sono ou de se manter dormindo; Sentem-se cansado o tempo todo; Dores de cabeça, musculares, de estômago, etc; Irritabilidade.

36 FOBIA SOCIAL Ficam muito ansiosos quando têm de estar com outras pessoas e dificuldade em conversar, mesmo desejando fazêlo; Ser muito autoconsciente em frente a outras pessoas e se sentir embaraçado; Medo do julgamento dos outros; Preocupar com dias de antecedência antes de um evento social; Evitar locais onde ajam pessoas; Dificuldade em fazer e manter amigos.

37 TRANSTORNO OBSESSIVO COMPULSIVO Ter pensamento ou imagens repetidas sobre várias coisas diferentes, como medo de germes, sujeira, atos de violência, atos sexuais; Repetir rituais muitas vezes, como lavar as mãos, conferir portas, repetir passos; Não conseguem controlar pensamentos intrusivos; Não têm prazer nos comportamentos, mas reduzem a ansiedade causada pelos pensamentos; Gastam pelo menos 1 hora do dia nestes rituais.

38

39

40 DEPRESSÃO MAIOR Sentimentos persistentes de tristeza, ansiedade, e vazio; Sentimentos de falta de esperança ou pessimismo; Sentimentos de culpa, menos valia ou desamparo Irritabilidade; Perda de interesse em atividades antes prazerosas; Fadiga e baixa de energia; Dificuldade de concentração, de lembrar detalhes e de tomar decisões; Insônia, despertar precoce, ou excesso de sono; Alteração do apetite; Dores de cabeça, cólicas, problemas digestivos.

41 TRANSTORNO BIPOLAR HUMOR Sentir muito para cima,excessivamente feliz por longo período; Humor irritável, agitado; Disforia. COMPORTAMENTO Falando depressa, pulando de uma ideia para outra, pensamento muito rápidos; Distraindo-se com facilidade; Aumento de metas, assumindo novos projetos; Incansável; Dorme pouco; Crença não realista na próprias habilidades; Impulsivo, comportamento arriscado.

42 TRANSTORNO DÉFICIT DE Se distrai com facilidade; Dificuldade de focar; ATENÇÃO Cansam de um atividade em minutos, a não ser que seja algo prazeroso; Dificuldade em foca a atenção na organização e finalização de uma tarefa, ou em aprender algo novo; Dificuldade em completar atividades para casa, com frequência perdendo coisas necessárias completar a tarefa; Sonhador, se confunde com facilidade, se movimenta lentamente; Parece não estar ouvindo quando falam com ele; Dificuldade em processar informação de forma rápida e acurada; Tem de esforçar para seguir instruções.

43 DE TUDO FICARAM 3 COISAS: A CERTEZA DE QUE ESTAMOS COMEÇANDO, A CERTEZA DE QUE É PRECISO CONTINUAR E A CERTEZA DE QUE PODEMOS SER INTERROMPIDOS ANTES DE TERMINAR. FAÇAMOS DA INTERRUPÇÃO UM CAMINHO NOVO, DA QUEDA UM PASSO DE DANÇA, DO MEDO UMA ESCADA,,DO SONHO UMA PONTE,, DA PROCURA UM ENCONTRO. Fernando Sabino

44 (31)

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH

O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH O que é Distúrbio Bipolar Bipolar Disorder Source - NIMH Distúrbio Bipolar, também conhecido como mania e depressão, é uma desordem do cérebro que causa mudanças não previstas no estado mental da pessoa,

Leia mais

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição

Fonte: Jornal Carreira & Sucesso - 151ª Edição IDENTIFICANDO A DEPRESSÃO Querida Internauta, Lendo o que você nos escreveu, mesmo não sendo uma profissional da área de saúde, é possível identificar alguns sintomas de uma doença silenciosa - a Depressão.

Leia mais

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH:

A seguir enumeramos algumas caracteristicas do TBH: OQUEÉOTRANSTORNOBIPOLARDO HUMOR(TBH)? O transtorno bipolar do humor (também conhecido como psicose ou doença maníaco-depressiva) é uma doença psiquiátrica caracterizada por oscilações ou mudanças de humor

Leia mais

Transtorno Bipolar. Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor

Transtorno Bipolar. Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor Transtorno Bipolar Entendendo e ajudando aqueles com mudanças as extremas de humor Introdução * O transtorno bipolar (TBP) é uma condição psiquiátrica relativamente freqüente, ente, com prevalência na

Leia mais

Prevenção em saúde mental

Prevenção em saúde mental Prevenção em saúde mental Treinar lideranças comunitárias e equipes de saúde para prevenir, identificar e encaminhar problemas relacionados à saúde mental. Essa é a característica principal do projeto

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre TOC Transtorno Obsessivo Compulsivo Fênix Associação Pró-Saúde Mental 1. O que é TOC? O Transtorno Obsessivo Compulsivo é uma doença mental crônica (transtorno psiquiátrico),

Leia mais

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR

SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS. Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR SÍNDROMES ANSIOSAS E NEURÓTICAS Profª Melissa Rodrigues de Almeida Psicopatologia II DEPSI-UFPR Referências Psicopatologia e Semiologia dos Transtornos Mentais (Capítulos 26 e 29) Paulo Dalgalarrondo Manual

Leia mais

Transtorno Bipolar UHN. Bipolar Disorder - Portuguese. Informação para pacientes e seus familiares

Transtorno Bipolar UHN. Bipolar Disorder - Portuguese. Informação para pacientes e seus familiares Transtorno Bipolar Bipolar Disorder - Portuguese UHN Informação para pacientes e seus familiares Leia esta brochura para saber: o que é o transtorno bipolar quais são as suas causas os sinais ou sintomas

Leia mais

TOC E A INTERFERÊNCIA NA VIDA SOCIAL DO PACIENTE

TOC E A INTERFERÊNCIA NA VIDA SOCIAL DO PACIENTE TOC E A INTERFERÊNCIA NA VIDA SOCIAL DO PACIENTE Laís Rosiak 1 Rebeca Bueno dos Santos ¹ Mara Regina Nieckel da Costa 2 RESUMO O presente artigo apresenta o estudo realizado sobre o Transtorno Obsessivo

Leia mais

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira

A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira A Psiquiatria e seu olhar Marcus André Vieira Material preparado com auxílio de Cristiana Maranhão e Luisa Ferreira Transtornos Neuróticos Aspectos históricos A distinção neuroses e psicoses foi, durante

Leia mais

DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão

DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão DEPRESSÃO - Segundo a Classificação Internacional das Doenças (CID) 10ª revisão - F32 Episódios depressivos Nos episódios típicos de cada um dos três graus de depressão: leve, moderado ou grave, o paciente

Leia mais

PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil

PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil PONTA DELGADA AÇORES 08 a 10 de MAIO de 2013 Emmanuel Fortes S. Cavalcanti 3º Vice Presidente CFM - Brasil Trabalho de educação continuada desenvolvido pelo CRM-AL em 2002. Atendimento de profissionais

Leia mais

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.

22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO. MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail. 22ª JORNADA DA AMINT NOVEMBRO/2008 DEPRESSÃO E TRABALHO MARIA CRISTINA PALHARES MACHADO PSIQUIATRA MÉDICA DO TRABALHO mcris1989@hotmail.com DEPRESSÃO 1. Afeta pelo menos 12% das mulheres e 8% dos homens

Leia mais

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental

TRANSTORNOS ANSIOSOS. Prof. Humberto Müller Saúde Mental TRANSTORNOS ANSIOSOS Prof. Humberto Müller Saúde Mental Porque nos tornamos ansiosos? Seleção natural da espécie Ansiedade e medo... na medida certa, ajuda! Transtornos de Ansiedade SINTOMAS: Reação exagerada

Leia mais

DEPRESSÃO NO ÂMBITO DA. Felicialle Pereira da Silva Nov. 2015

DEPRESSÃO NO ÂMBITO DA. Felicialle Pereira da Silva Nov. 2015 DEPRESSÃO NO ÂMBITO DA SEGURANÇA PÚBLICA Felicialle Pereira da Silva Nov. 2015 Ser humano x Humor VARIAÇÕES : SIM( X) NÃO( ) EXTREMOS: SIM( ) NÃO( X) CONTROLE Sensações normais Saúde mental x doença mental

Leia mais

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro

Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Aperfeiçoamento em Técnicas para Fiscalização do uso de Álcool e outras Drogas no Trânsito Brasileiro Doenças, Sono e Trânsito ObjeBvos Relacionar sintomas de doenças e efeitos de medicamentos com o perigo

Leia mais

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho

Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios. mentais relacionados ao trabalho Procedimentos médicoadministrativos em distúrbios mentais relacionados ao trabalho Dra Ana Paula Schmidt Waldrich Médica do Trabalho CRM-SC 13.384 Doença Ocupacional Quais as formas de caracterização de

Leia mais

Afinal de contas, o que é ansiedade? Mas ser ansioso não é normal? Ansiedade é uma doença?

Afinal de contas, o que é ansiedade? Mas ser ansioso não é normal? Ansiedade é uma doença? Afinal de contas, o que é ansiedade? Mas ser ansioso não é normal? Ansiedade é uma doença? Ansiedade = falta de confiança na vida No senso comum, ansiedade é igual a aflição, angústia, nervosismo, perturbação

Leia mais

Professor: Tiago Luiz Pereira

Professor: Tiago Luiz Pereira Professor: Tiago Luiz Pereira Ansiedade: inquietação, agonia, aflição, préocupação, expectativa de um acontecimento inesperado e perigoso diante do qual a pessoa sente-se indefesa ou impotente. Dividem-se

Leia mais

Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho-

Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- Bipolaridade Curso Profissional de Técnico de Apoio Psicossocial- 2º ano Módulo nº5- Semiologia Psíquica Portefólio de Psicopatologia Ana Carrilho- 11ºB Enquadramento Filme Mr.Jones Mr.Jones é um homem

Leia mais

INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AVALIADO POR CLÍNICOS) (IDS-C)

INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AVALIADO POR CLÍNICOS) (IDS-C) INVENTÁRIO DE SINTOMATOLOGIA DEPRESSIVA (AVALIADO POR CLÍNICOS) (IDS-C) NOME: DATA: Faça um círculo na resposta de cada item que melhor descreva seu paciente nos últimos 7 dias. 1. Insônia Inicial: 0 Nunca

Leia mais

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak

CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak CADDAN EMPRESARIAL Daniela Leluddak Caddan Empresarial tem como foco o desenvolvimento de pessoas dentro dos sistemas organizacionais. Atuação da Caddan Campos da Consultoria: Programas de Sucessão; Auxílio

Leia mais

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva.

Objetivo. Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Objetivo Aumentar sua Qualidade de Vida, utilizando a Ansiedade de forma Saudável e Produtiva. Definição da palavra Ansiedade Comoção aflitiva de quem receia que uma coisa suceda ou não. Sofrimento de

Leia mais

CONHECENDO A PSICOTERAPIA

CONHECENDO A PSICOTERAPIA CONHECENDO A PSICOTERAPIA Psicólogo Emilson Lúcio da Silva CRP 12/11028 2015 INTRODUÇÃO Em algum momento da vida você já se sentiu incapaz de lidar com seus problemas? Se a resposta é sim, então você não

Leia mais

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL

PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL PONTOS FUNDAMENTAIS QUE O MÉDICO DO TRABALHO PRECISA SABER SOBRE O TRABALHADOR COM TRANSTORNO MENTAL Das Informações Éticas na Participação de Médicos em Seminários, Fóruns, Conferências, Congressos e

Leia mais

Identificar o PHDA. Os sintomas do PHDA integram-se em três subtipos básicos:

Identificar o PHDA. Os sintomas do PHDA integram-se em três subtipos básicos: A primeira coisa que deve saber sobre o PHDA é que esta é uma condição real e tratável que afecta milhões de crianças, adolescentes e adultos. Mais importante, com diagnóstico apropriado e tratamento eficaz,

Leia mais

GUARDA NACIONAL REPUBLICANA COMANDO DA ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS INTERNOS DIRECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO DE PSICOLOGIA E INTERVENÇÃO SOCIAL

GUARDA NACIONAL REPUBLICANA COMANDO DA ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS INTERNOS DIRECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO DE PSICOLOGIA E INTERVENÇÃO SOCIAL GUARDA NACIONAL REPUBLICANA COMANDO DA ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS INTERNOS DIRECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS CENTRO DE PSICOLOGIA E INTERVENÇÃO SOCIAL JUNHO 2013 ÍNDICE ÂMBITO... 3 INTRODUÇÃO... 4 COMO SE MANIFESTA

Leia mais

Fundação Cardeal Cerejeira Depressão na Pessoa Idosa

Fundação Cardeal Cerejeira Depressão na Pessoa Idosa Fundação Cardeal Cerejeira Depressão na Pessoa Idosa Rui Grilo Tristeza VS Depressão A tristeza é a reacção que temos perante as perdas afectivas na nossa vida; A perda de alguém por morte é tristeza e

Leia mais

Aspectos da Consciência

Aspectos da Consciência Consciência Aspectos da Consciência Consciência Muitos livros definem a consciência como a percepção atual do indivíduo em relação a estímulos externos e internos isto é, de eventos do ambiente e de sensações

Leia mais

1 IDENTIFICAÇÃO 2 E CAUSA O QUE É O ESTRESSE? EDITORIAL INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO EDITORIAL ÍNDICE COMBATA O ESTRESSE COMO IDENTIFICAR O ESTRESSE?

1 IDENTIFICAÇÃO 2 E CAUSA O QUE É O ESTRESSE? EDITORIAL INTRODUÇÃO DEFINIÇÃO EDITORIAL ÍNDICE COMBATA O ESTRESSE COMO IDENTIFICAR O ESTRESSE? EDITORIAL EDITORIAL INTRODUÇÃO COMBATA O ESTRESSE Sérgio Butka Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba O estresse é uma das grandes pragas do mundo moderno. Este problema sintetiza

Leia mais

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara

100 FRASES para um dia mais feliz. de Ana Flávia Miziara 100 FRASES para um dia mais feliz de Ana Flávia Miziara Você está alegre? A vida está sorrindo para você? Você se lembrou de sorrir hoje? Lembre-se que a alegria é a fartura da vida e da mente. A vida

Leia mais

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde

A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde A Saúde Mental dos Trabalhadores da Saúde Tatiana Thiago Mendes Psicóloga Clínica e do Trabalho Pós-Graduação em Saúde e Trabalho pelo HC FM USP Perita Judicial em Saúde Mental Panorama da Saúde dos Trabalhadores

Leia mais

SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA

SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA SAUDE MENTAL DA MULHER NOS CICLOS DE VIDA ENCONTRO MULHER DE ATITUDE Campanha de Prevenção do Câncer Cérvico C Uterino Março o 2013 Maristela C Sousa - Médica Psiquiatra DVSAM/DACC/SAS/SESA Dados Epidemiológicos

Leia mais

VALÊNCIAS FÍSICAS. 2. VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO: Tempo que é requerido para ir de um ponto a outro o mais rapidamente possível.

VALÊNCIAS FÍSICAS. 2. VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO: Tempo que é requerido para ir de um ponto a outro o mais rapidamente possível. VALÊNCIAS FÍSICAS RESISTÊNCIA AERÓBICA: Qualidade física que permite ao organismo executar uma atividade de baixa para média intensidade por um longo período de tempo. Depende basicamente do estado geral

Leia mais

Como lidar com transtornos internalizantes na sala de aula?

Como lidar com transtornos internalizantes na sala de aula? Como lidar com transtornos internalizantes na sala de aula? Rogéria Recondo Psiquiatra da Infância e Adolescência Preceptora em Psiquiatria Infantil no Hospital São Lucas da PUC Professores:cursos de capacitação

Leia mais

A Importância da Comunicação Verbal para os Profissionais da Indústria.

A Importância da Comunicação Verbal para os Profissionais da Indústria. A Importância da Comunicação Verbal para os Profissionais da Indústria. Por: Reinaldo Passadori Histórico Histórico Mais de 50.000 participantes em cursos abertos, in company e individuais. Mais de 400

Leia mais

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO

DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO DEPRESSÃO CONHECENDO SEU INIMIGO E- BOOK GRATUITO Olá amigo (a), A depressão é um tema bem complexo, mas que vêm sendo melhor esclarecido à cada dia sobre seu tratamento e alívio. Quase todos os dias novas

Leia mais

EDITORIAL EDITORIAL ÍNDICE

EDITORIAL EDITORIAL ÍNDICE EDITORIAL EDITORIAL 1 Sérgio Butka Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba Desde a primeira cartilha lançada pelo Departamento de Saúde do SMC vários problemas que fazem parte do cotidiano

Leia mais

Dr. Gustavo Teixeira Psiquiatria da infância e adolescência

Dr. Gustavo Teixeira Psiquiatria da infância e adolescência Dr. Gustavo Teixeira Psiquiatria da infância e adolescência www.comportamentoinfantil.com EPIDEMILOGIA 10-20% da população infanto-juvenil (AACAP 2002) Blumenau 61.600 matrículas (IBGE 2008) 6.160 estudantes???

Leia mais

Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência.

Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência. ANSIEDADE E TRANSTORNOS DE ANSIEDADE MEDO E ANSIEDADE MEDO Legado evolutivo vital que leva um organismo a evitar ameaças, tendo um valor óbvio na sobrevivência. É uma emoção produzida pela percepção de

Leia mais

IBH Transtorno de personalidade dependente. Dra. Lislie Schoenstatt

IBH Transtorno de personalidade dependente. Dra. Lislie Schoenstatt IBH Transtorno de personalidade dependente Dra. Lislie Schoenstatt Transtorno de Personalidade Dependente - TPD É uma necessidade invasiva e excessiva de ser cuidado, que leva a um comportamento submisso

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA UMA QUESTÃO DE ESCOLHA

QUALIDADE DE VIDA UMA QUESTÃO DE ESCOLHA www.pnl.med.br QUALIDADE DE VIDA UMA QUESTÃO DE ESCOLHA Jairo Mancilha M.D. Ph.D., Cardiologista, Trainer Internacional em Neurolingüística e Coaching, Diretor do INAp-Instituto de Neurolingüística Aplicada

Leia mais

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?»

DEPRESSÃO. Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» «Depressão?! O que é?» DEPRESSÃO Tristeza vs Depressão «Será que estou deprimido?» Em determinados momentos da nossa vida é normal experienciar sentimentos de «grande tristeza». Para a maioria das pessoas, tais sentimentos surgem

Leia mais

Capítulo 13 Reconhecer quando as crianças precisam de ajuda

Capítulo 13 Reconhecer quando as crianças precisam de ajuda SECÇÃO V: QUANDO E COMO PROCURAR AJUDA Capítulo 13 Reconhecer quando as crianças precisam de ajuda Uma das tarefas mais difíceis para os pais, cujos filhos estiveram expostos a situações traumáticas, desastres

Leia mais

ACONSELHAMENTO EM AMAMENTAÇÃO

ACONSELHAMENTO EM AMAMENTAÇÃO ACONSELHAMENTO EM AMAMENTAÇÃO Dra. Samantha Caesar de Andrade Nutricionista do CRNutri Centro de Referência para a Prevenção e Controle de Doenças Associadas à Nutrição ACONSELHAR x ACONSELHAMENTO Aconselhar

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Proatividade Uma questão de escolha

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Proatividade Uma questão de escolha - GUIA DO EMPRESÁRIO - Proatividade Uma questão de escolha Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/7 Proatividade Uma questão de escolha Você chega sempre atrasado

Leia mais

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental

DEPRESSÃO. O que você precisa saber. Fênix Associação Pró-Saúde Mental DEPRESSÃO O que você precisa saber Fênix Associação Pró-Saúde Mental Eu admito que preciso de ajuda, pois sozinho não consigo... (Grupo Fênix: Os 6 Passos para a Recuperação) a 1 Edição São Paulo 2010

Leia mais

Como Ultrapassar as Barreiras para Implantação de Testagem

Como Ultrapassar as Barreiras para Implantação de Testagem ELETROBRAS TERMONUCLEAR S.A. Diretoria de Administração e Finanças DA Superintendência de Recursos Humanos SH.A Gerência de Desenvolvimento e Capacitação- GDC.A Como Ultrapassar as Barreiras para Implantação

Leia mais

COMPETÊNCIAS E SABERES EM ENFERMAGEM

COMPETÊNCIAS E SABERES EM ENFERMAGEM COMPETÊNCIAS E SABERES EM ENFERMAGEM Faz aquilo em que acreditas e acredita naquilo que fazes. Tudo o resto é perda de energia e de tempo. Nisargadatta Atualmente um dos desafios mais importantes que se

Leia mais

A adolescência e o fenômeno da drogadição. Prof. Marco Aurélio de Patrício Ribeiro marcoaurélio@7setembro.com.br Cel. 9998.6560

A adolescência e o fenômeno da drogadição. Prof. Marco Aurélio de Patrício Ribeiro marcoaurélio@7setembro.com.br Cel. 9998.6560 A adolescência e o fenômeno da drogadição. Prof. Marco Aurélio de Patrício Ribeiro marcoaurélio@7setembro.com.br Cel. 9998.6560 A Sociedade muda (acentuando o problema das drogas nos últimos 30 anos) Ao

Leia mais

TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA

TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA II curso Transtornos Afetivos ao Longo da Vida GETA TRANSTORNOS DE ANSIEDADE NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA Após os transtornos de déficit de atenção/hiperatividade

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO

PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO Abordagem e Tratamento do Tabagismo PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE DO TABAGISMO Abordagem e Tratamento do Tabagismo I- Identificação do Paciente Nome: Nº do prontuário:

Leia mais

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE

AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE WHOQOL-120 HIV AVALIAÇÃO DE QUALIDADE DE VIDA ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DA SAÚDE Genebra Versão em Português 1 Departamento de Saúde Mental e Dependência Química Organização Mundial da Saúde CH-1211 Genebra

Leia mais

Região. Mais um exemplo de determinação

Região. Mais um exemplo de determinação O site Psicologia Nova publica a entrevista com Úrsula Gomes, aprovada em primeiro lugar no concurso do TRT 8 0 Região. Mais um exemplo de determinação nos estudos e muita disciplina. Esse é apenas o começo

Leia mais

A importância do tratamento contra a aids

A importância do tratamento contra a aids dicas POSITHIVAS A importância do tratamento contra a aids Por que tomar os medicamentos (o coquetel) contra o HIV? A aids é uma doença que ainda não tem cura, mas tem tratamento. Tomando os remédios corretamente,

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

NEUROSSEMÂNTICA. www.pnl.med.br

NEUROSSEMÂNTICA. www.pnl.med.br NEUROSSEMÂNTICA Jairo Mancilha M.D. Ph.D. Trainer Internacional em Neurolingüística, Coaching e Neurossemântica; Diretor do INAp-Instituto de Neurolingüística Aplicada e do InCoaching-Instituto Internacional

Leia mais

Coaching e Inovação. Melhores práticas de coaching originadas das ciências da. Psicologia, Administração, Neurociência, Pedagogia.

Coaching e Inovação. Melhores práticas de coaching originadas das ciências da. Psicologia, Administração, Neurociência, Pedagogia. Coaching e Inovação Melhores práticas de coaching originadas das ciências da Psicologia, Administração, Neurociência, Pedagogia. Metodologias de gestão com foco em inovação Horário: Sábados, das 8h às

Leia mais

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/inboundsales1.htm

https://www.bigby.com/systems/selectport/samplereports/inboundsales1.htm Página 1 de 9 CCin v2 r i cpb cpb_att n SELECT para Centrais de Atendimento a Clientes - Recebimento de Vendas (v2) Copyright 1995-2005, 2006 Bigby, Havis & Associates, Inc. Todos os direitos reservados.

Leia mais

0 ponto - Não há perda de memória óbvia. Esquecimentos irregulares que não interferem com as atividades diárias

0 ponto - Não há perda de memória óbvia. Esquecimentos irregulares que não interferem com as atividades diárias Para fazer o teste é preciso focar nas mudanças que eventualmente tenham ocorrido na capacidade cognitivas e funcionais do paciente. Em cada categoria, deve ser escolhida a frase que melhor descrever o

Leia mais

Equipe de Alta Performance

Equipe de Alta Performance Equipe de Alta Performance Como chegar a ser uma EAP? Intelectual Razão Cognição Meta Estratégia EQUIPE EAP (Time) BANDO GRUPO Emocional Motivação Relação Ajuda O que é uma Equipe? Éumgrupodepessoas: com

Leia mais

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET-TRAUMA)

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET-TRAUMA) TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET-TRAUMA) SERVIÇO DE PSIQUIATRIA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE (HCPA) DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA UNIVERSIDADE

Leia mais

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7

7 7 E8BOOK7CURSO7DE7 ORATÓRIA7 HTTP://WWW.SUPEREDESAFIOS.COM.BR/SEGREDO/FORMULANEGOCIOONLINE E8BOOKCURSODE ORATÓRIA Prof.DaniloMota Prof.&Danilo&Mota& &Blog&Supere&Desafios& 1 Introdução:Tempodeouvir,tempodefalar. Não saber ouvir bem,

Leia mais

Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching MAIO DE 2014. Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES?

Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching MAIO DE 2014. Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES? Você está preparado PARA DISPUTAR COM OS MELHORES? Um Guia para Usar Ferramentas de Assessment em Treinamento e Coaching PREPARADO PELA TTI SUCCESS INSIGHTS PARA PROFISSIONAIS DE TREINAMENTO E COACHING

Leia mais

Items para as sub-escalas do IPQ-R (versão Portuguesa)

Items para as sub-escalas do IPQ-R (versão Portuguesa) Items para as sub-escalas do IPQ-R (versão Portuguesa) 1. Identidade (soma dos sintomas marcados com sim na coluna 2) 2. Duração (aguda/cronica) (items IP1 - IP5 + IP18) 3. Consequências (items IP6 - IP11)

Leia mais

Qualidade de vida no Trabalho

Qualidade de vida no Trabalho Qualidade de Vida no Trabalho Introdução É quase consenso que as empresas estejam cada vez mais apostando em modelos de gestão voltados para as pessoas, tentando tornar-se as empresas mais humanizadas,

Leia mais

Depressão UHN. Depression - Portuguese

Depressão UHN. Depression - Portuguese Depressão Depression - Portuguese UHN Informação para pacientes e seus familiares Leia esta brochura para aprender: o que é a depressão? quais são as suas causas? os sinais ou sintomas da depressão que

Leia mais

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal

Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Faculdade de Medicina UFRGS Departamento de Psiquiatria e Medicina Legal Disciplina: Med 8834 - Psiquiatria Roteiro de Estudo de Caso Prof. Aristides Volpato Cordioli 1. DADOS DA IDENTIDADE DO PACIENTE

Leia mais

Lidando com uma experiência difícil de parto e onde obter ajuda

Lidando com uma experiência difícil de parto e onde obter ajuda Lidando com uma experiência difícil de parto e onde obter ajuda Eu tive flashbacks dos momentos finais do parto por semanas e não pude parar de pensar nisto Eu culpo a mim mesma por não ter tido um bom

Leia mais

Depressão pós-parto um guia para mães, familiares e amigos

Depressão pós-parto um guia para mães, familiares e amigos Depressão pós-parto um guia para mães, familiares e amigos Depressão pós-parto O que é? Há três tipos principais de alteração de humor pós-parto: Baby blues, Psicose puerperal e Depressão pós-parto. Baby

Leia mais

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO

FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO FALANDO ABERTAMENTE SOBRE SUICÍDIO MOMENTO DE DERRUBAR TABUS As razões podem ser bem diferentes, porém muito mais gente do que se imagina já teve uma intenção em comum. Segundo estudo realizado pela Unicamp,

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO

CONVERSA DE PSICÓLOGO CONVERSA DE PSICÓLOGO Página 1 CONVERSA DE PSICÓLOGO Volume 03 - Edição 01 Agosto - 2013 Entrevistada: Renata Trovarelli Entrevistadora: Cintia C. B. M. da Rocha TEMA: RELACIOMENTO AMOROSO Psicóloga Comportamental, atualmente

Leia mais

Minha lista de sonhos

Minha lista de sonhos Licença No: # 122314/LS Fone: +55-11 5539-4719 E mail: vagner@programavirandoojogo.com.br Web: www.programavirandoojogo.com.br 2015 Minha lista de sonhos Com visão 2025 PREPARADO POR VAGNER MOLINA Rua

Leia mais

Metodologia Simplificada de. Melhoria Contínua. Portal Fox

Metodologia Simplificada de. Melhoria Contínua. Portal Fox Metodologia Simplificada de Melhoria Contínua 2012 Portal Fox Metodologia de Melhoria Contínua Apresentaremos a seguir um método simplificado de melhoria contínua, onde o objetivo principal é tornar os

Leia mais

Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes

Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes Uso de substâncias psicoativas em crianças e adolescentes Alessandro Alves A pré-adolescência e a adolescência são fases de experimentação de diversos comportamentos. É nessa fase que acontece a construção

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17

Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 Sumário 1 Diagnóstico Diferencial Passo a Passo...1 2 Diagnóstico Diferencial por Meio de Algoritmos...17 2.1 Algoritmo de Decisão para Baixo Desempenho Escolar... 22 2.2 Algoritmo de Decisão para Problemas

Leia mais

FIBROMIALGIA EXERCÍCIO FÍSICO: ESSENCIAL AO TRATAMENTO. Maj. Carlos Eugenio Parolini médico do NAIS do 37 BPM

FIBROMIALGIA EXERCÍCIO FÍSICO: ESSENCIAL AO TRATAMENTO. Maj. Carlos Eugenio Parolini médico do NAIS do 37 BPM FIBROMIALGIA EXERCÍCIO FÍSICO: ESSENCIAL AO TRATAMENTO Maj. Carlos Eugenio Parolini médico do NAIS do 37 BPM A FIBROMIALGIA consiste numa síndrome - conjunto de sinais e sintomas - com manifestações de

Leia mais

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA)

TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) TRAUMA PSÍQUICO ORIENTAÇÕES GERAIS AOS MÉDICOS NÚCLEO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DO TRAUMA (NET TRAUMA) SERVIÇO DE PSIQUIATRIA HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE (HCPA) DEPARTAMENTO DE PSIQUIATRIA UNIVERSIDADE

Leia mais

Coaching e Mentoring

Coaching e Mentoring Coaching e Mentoring Prof. MBA de Gestão Estratégica de Pessoas Mentoring/ Coaching / Counseling Mentoring Coaching Counseling Aconselhamento de Carreira. Realizado em médio e longo prazos. Planejamento

Leia mais

ISBN 978-85-64468-27-6. 1. Psicologia Crianças. I. Título. CDU 159.9-053.2. Catalogação na publicação: Mônica Ballejo Canto CRB 10/1023

ISBN 978-85-64468-27-6. 1. Psicologia Crianças. I. Título. CDU 159.9-053.2. Catalogação na publicação: Mônica Ballejo Canto CRB 10/1023 Pausa no cotidiano L692 Lhullier, Raquel Barboza Pausa no cotidiano: reflexões para pais, educadores e terapeutas / Raquel Barboza Lhullier. Novo Hamburgo : Sinopsys, 2014. 88p. ISBN 978-85-64468-27-6

Leia mais

Psiquiatria para o clínico Dr. André I. Petroucic Filho 07 maio 2014 Introdução Psiquiatria do dia a dia do clínico Pontos importantes sobre as principais doenças psiquiátricas Depressão, Ansiedade, Doença

Leia mais

A leitura, um bem essencial

A leitura, um bem essencial A leitura, um bem essencial A leitura, um bem essencial A leitura é uma competência básica que todas as pessoas devem adquirir para conseguirem lidar de forma natural com a palavra escrita. Mas aprender

Leia mais

QUESTIONÁRIO: VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS NOME: CLASSIFIQUE EM VERDADEIRO (V) OU FALSO (F) AS SENTENÇAS ABAIXO:

QUESTIONÁRIO: VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS NOME: CLASSIFIQUE EM VERDADEIRO (V) OU FALSO (F) AS SENTENÇAS ABAIXO: QUESTIONÁRIO: VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS NOME: 1. Um tapinha no bumbum não é considerado violência devido ao baixo grau de agressão. 2. A prática sexual com indivíduos menores de 14 anos, com o consentimento

Leia mais

Data: Tradução e adaptação brasileira, 2001, Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda. BHS é um logotipo da Psychological Corporation.

Data: Tradução e adaptação brasileira, 2001, Casa do Psicólogo Livraria e Editora Ltda. BHS é um logotipo da Psychological Corporation. Nome: stado ivil: Idade: Sexo: Ocupação: _ scolaridade: ste questionário consiste em 20 afirmações. Por favor, leia as afirmações cuidadosamente, uma por uma. Se a afirmação descreve a sua atitude na última

Leia mais

Transtorno do Humor Bipolar

Transtorno do Humor Bipolar Transtorno do Humor Bipolar Neri Maurício Piccoloto EXIGÊNCIAS do AMBIENTE Sono Fome Energia Prazer Esperança Criatividade Velocidade Tenacidade Desejos Humor 1 70% 30% Concordância Não Concordância Aspectos

Leia mais

Recupere. sono. o ritmo. Conselhos para pessoas que sofrem de insónia

Recupere. sono. o ritmo. Conselhos para pessoas que sofrem de insónia Recupere do sono o ritmo Conselhos para pessoas que sofrem de insónia Prefácio O sono é fundamental na vida de todos nós. Dormir não é um luxo, mas sim uma necessidade fisiológica que devemos respeitar.

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

Rubricas e guias de pontuação

Rubricas e guias de pontuação Avaliação de Projetos O ensino a partir de projetos exibe meios mais avançados de avaliação, nos quais os alunos podem ver a aprendizagem como um processo e usam estratégias de resolução de problemas para

Leia mais

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE ( personalidades psicopáticas )

TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE ( personalidades psicopáticas ) 1 TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE ( personalidades psicopáticas ) I) DEFINIÇÃO A personalidade é a totalidade relativamente estável e previsível dos traços emocionais e comportamentais que caracterizam a

Leia mais

CERTIFICAÇÃO NÍVEL I

CERTIFICAÇÃO NÍVEL I CERTIFICAÇÃO NÍVEL I Coaching O que os seus clientes mais valorizam? Peter Drucker PERGUNTAS CONSTROEM INSIGHTS... Se eu pudesse pensar em algo que faria toda a diferença para mim, o que seria? Meta de

Leia mais

Grupo de estudos Anthony Robbins

Grupo de estudos Anthony Robbins Grupo de estudos Anthony Robbins Coaching e PNL caps 5-26/11/2013 Queria saber qualquer coisa e tudo sobre como podemos aumentar a qualidade de nossas vidas, e tentei aplicar a mim mesmo, além de partilhar

Leia mais

Assuntos abordados. A CONCENTRAÇÃO como desenvolvê-la. A tagarelice interior e a canção psicológica. O despertar da consciência.

Assuntos abordados. A CONCENTRAÇÃO como desenvolvê-la. A tagarelice interior e a canção psicológica. O despertar da consciência. Assuntos abordados A CONCENTRAÇÃO como desenvolvê-la A tagarelice interior e a canção psicológica O despertar da consciência Meus Sites http://www.universoholisticodoser.com http://www.bemestareconhecimento.com

Leia mais

O DOM DA DISLEXIA. Ronald D. Davis Rio de Janeiro, Rocco, 2004

O DOM DA DISLEXIA. Ronald D. Davis Rio de Janeiro, Rocco, 2004 O DOM DA DISLEXIA Ronald D. Davis Rio de Janeiro, Rocco, 2004 O QUE É REALMENTE A DISLEXIA Um talento latente Transtorno de aprendizagem Efeitos de desorientação Problemas com a leitura Problemas com a

Leia mais

Neurociência e Saúde Mental

Neurociência e Saúde Mental 1 DICAS PARA MELHORAR O SONO Dormir bem pode fazer toda a diferença para ir bem em uma prova, ser mais criativo no trabalho e manter uma boa memória. O sono é essencial para manter uma rotina saudável,

Leia mais

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE

Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Projeto de Acessibilidade Virtual RENAPI/NAPNE Julho de 2010 Doença mental: conceito (MENDONÇA, 2010, p.01) http://1.bp.blogspot.com/_mzpoqgwvece/srfniy_qxoi/aaaaaaaaa ba/kzmw4ym5-qq/s400/mente-humana%5b1%5d.gif

Leia mais

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008

Pacto Europeu. para a Saúde. Conferência de alto nível da ue. Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Pacto Europeu para a Saúde Mental e o Bem-Estar Conferência de alto nível da ue JUNTOS PELA SAÚDE MENTAL E PELO BEM-ESTAR Bruxelas, 12-13 de junho de 2008 Slovensko predsedstvo EU 2008 Slovenian Presidency

Leia mais