Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitando o para a construção de seus postulados ou axiomas.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitando o para a construção de seus postulados ou axiomas."

Transcrição

1 Detalhes da Disciplina Código JUR1022 Nome da Disciplina DIREITO EMPRESARIAL II Carga Horária 60 Créditos 4 Teoria Geral do Direito Societário. Espécies de sociedades: sociedades Ementa menores, cooperativa, limitada e anônima. Empresa individual. Objetivos Gerais Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitando o para a construção de seus postulados ou axiomas. Objetivos Específicos O acadêmico, após a conclusão do semestre, estará apto a desenvolver trabalhos na área específica de Direito Empresarial, tendo como conteúdo as várias espécies de sociedades, simples e empresárias, com aplicação perfeita das normas em vigor, destacando se, para tanto, as seguintes atitudes: 1. Domínio da teoria geral do Direito Empresarial e a prática profissional neste ramo, no exercício da Advocacia e atividades afins; 2. Identificação do Direito Empresarial atual e a razão do seu estudo; 3. Descrição e explicação do conteúdo da disciplina, com enfoque para sua aplicabilidade; 4. Relacionamento do conteúdo disciplinar com os demais ramos do direito; 5. Análise dos julgados atuais sobre o assunto ministrado; 6. Ênfase da atualidade do assunto em face da doutrina e da jurisprudência; Apreensão das bases jurídicas que sustentam a atuação societária contemporânea no Brasil. Conteúdo Programático AULA INAUGURAL Apresentação do curso Distribuição do plano de ensino Explicações gerais sobre o semestre e avaliação 2 h/a AULA REVISIONAL Revisão do conteúdo da disciplina anterior 2 h/a 1. TEORIA GERAL DO DIREITO SOCIETÁRIO 1.1. Definição de sociedade 1.2. Distinção com associações e fundações ensino/professor/show/ /16

2 1.3. Sociedades empresárias e não empresárias 1.4. A personalidade jurídica 1.5. Rompimento dos limites da personalidade jurídica 1.6. Requisitos essenciais às sociedades a) nome empresarial b) nacionalidade c) capital social d) patrimônio e) domicílio f) a existência no mínimo de 2 pessoas como regra geral g) objeto lícito h) contrato social 1.7. O sócio a) Direitos e deveres b) Sócio menor c) Sociedade entre marido e mulher d) Sócio pessoa jurídica e) Sociedade unipessoal 1.8. Das diversas classificações de sociedades. 2. ESPÉCIES DE SOCIEDADES 2.1. Espécies de sociedades Sociedades simples Sociedades empresárias 2.2. Sociedades não personificadas Sociedade em Comum Sociedade em Conta de Participação 2.3. Sociedades personificadas Sociedade Simples Sociedade em Nome Coletivo ensino/professor/show/ /16

3 Sociedade em Comandita Simples Sociedade Limitada Sociedade Anônima Sociedade em Comandita por Ações Sociedade Cooperativa 2.4. Sociedades de propósito específico 2.5. Sociedades de capital autorizado 2.6. As normas aplicáveis à matéria societária no Código Civil e leis extravagantes 3. SOCIEDADE EM COMUM 3.1. Introdução 3.2. Conceitos 3.3. Características da Sociedade em Comum Falta de personalidade jurídica Prova de existência Patrimônio e os credores A responsabilidade dos sócios e o benefício de ordem 3.4. Artigos sobre Sociedade em Comum 3.5. Atividade 4. SOCIEDADE EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO 4.1. Conceitos 4.2. Características Ausência de personificação Aplicação subsidiária das normas da Sociedade Simples Independe de formalidade Efeitos do contrato escrito Realização do objeto da conta Administração, escrituração e responsabilidade pela conta A falência do sócio ostensivo e a liquidação da conta ensino/professor/show/ /16

4 A falência do sócio de participação Regras para ingresso e retirada de sócio integrante da conta Liquidação da conta de participação Tributação dos negócios constitutivos do objeto da conta 4.3. Jurisprudências sobre a Sociedade em Conta de Participação 4.4. Artigos sobre a Sociedade em Conta de Participação 4.5. Atividade 5. SOCIEDADE SIMPLES 5.1. Conceitos 5.2. Evolução e importância 5.3. Ato constitutivo societário 5.4. Requisitos do contrato social Nome e qualificação dos sócios Denominação, objeto, sede e prazo Capital social: valor e composição A quota de cada sócio e o modo de realizá la O sócio de serviço e suas obrigações As pessoas naturais incumbidas da administração, seus poderes e atribuições A participação de cada sócio nos lucros e nas perdas A responsabilidade subsidiária ou não do sócio pelas obrigações sociais 5.5. Direitos e obrigações dos sócios Início e encerramento da vinculação obrigacional do sócio perante a sociedade e terceiros Cessão inter vivos e causa mortis das parcelas de capital: regras e consequências Penhora de quotas por dívida particular do sócio: regulação e liquidação forçada 6 h/a Regras de responsabilidade dos sócios: subsidiária; subsidiária e solidária; ou limitada ensino/professor/show/ /16

5 Sócio remisso Responsabilidade pela evicção Restrições ao sócio prestador de serviços Participação do sócio de serviço nos lucros e nas perdas Exclusão total de sócio na participação dos lucros e perdas Distribuição de lucros fictícios Resolução da sociedade em relação a um sócio: exclusão judicial 5.6. Administração da sociedade Administrador: nomeação; destituição; remuneração; responsabilidades Deliberações sociais: regra da votação majoritária em reunião de sócios Alteração do contrato social: regra da votação unânime para matérias elementares (art. 997) 5.7. Dissolução da sociedade 5.8. Liquidação da sociedade 5.9. Artigos sobre Sociedade Simples Atividade 6. SOCIEDADE EM NOME COLETIVO 6.1. Conceitos 6.2. Sócios 6.3. Regulação: aplicação subsidiária das normas da Sociedade Simples 6.4. Nome empresarial: firma social 6.5. Administração e uso da firma social 2 h/a 6.6. Cessão inter vivos e causa mortis das quotas sociais 6.7. Penhora de quotas por dívida particular de sócio: regra proibitiva 6.8. Dissolução 6.9. Artigos sobre Sociedade em Nome Coletivo Atividade ensino/professor/show/ /16

6 7. SOCIEDADE EM COMANDITA SIMPLES 7.1 Conceitos 7.2 Sócios Sócio comanditado Sócio comanditário 7.3 Regulação: aplicação subsidiária das normas da Sociedade Simples 7.4. Nome empresarial: firma social 7.5. Administração e uso da firma social 2 h/a 7.6. Cessão inter vivos e causa mortis das quotas sociais 7.7. Penhora de quotas por dívida particular de sócio 7.8. Dissolução 7.9. Artigos sobre Sociedade em Comandita Simples Atividade 8. SOCIEDADE LIMITADA (1ª parte) 8.1. Conceitos 8.2. Histórico 8.3. Regulação: aplicação subsidiária das normas da Sociedade Simples ou da Sociedade Anônima 8.4. Contrato social 8.5. Sócios 8.6. Responsabilidade dos sócios: regra e exceções 8.7. Nome empresarial: firma ou denominação 8.8. Capital social: divisão em quotas e participação obrigatória de todos os sócios na sua formação 8.9. Sócio remisso Cessão inter vivos e causa mortis das quotas sociais Penhora de quotas por dívida particular de sócio Artigos sobre Sociedade Limitada Atividade ensino/professor/show/ /16

7 8. SOCIEDADE LIMITADA (2ª parte) Administração: nomeação; destituição; remuneração; responsabilidade Conselho Fiscal: composição e atribuições Deliberações sociais Reunião ou assembléia Matérias dependentes de deliberação dos sócios e o respectivo quorum Sócio dissidente: direito de recesso Regras para aumento e redução do capital social Resolução da sociedade em relação a um sócio: exclusão judicial e extrajudicial de sócio Dissolução e liquidação da Sociedade Limitada Artigos sobre Sociedade Limitada Atividade 9. EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 9.1. Conceito 9.2. Resumo histórico 9.3. Responsabilidade do sócio 9.4. Ato constitutivo 9.5. Capital 9.6. Regulação: aplicação subsidiária das normas da Sociedade Limitada 2 h/a 9.7. Nome empresarial: firma ou denominação 9.8. Administração 9.9. Dissolução Artigos sobre EIRELI Atividade 10. SOCIEDADE ANÔNIMA (1ª parte) Conceitos ensino/professor/show/ /16

8 10.2. Resumo histórico Normas sobre Sociedade Anônima Objeto Denominação Espécies Companhia aberta Companhia fechada Negociação pública e privada dos valores mobiliários de emissão das companhias Atividade 10. SOCIEDADE ANÔNIMA (2ª parte) Constituição da companhia ou Sociedade Anônima Subscrição pública a. Pré constituição b. Registro na CVM c. Subscrição do capital d. Assembleia Geral de Constituição e. Personificação da companhia 2 h/a Subscrição privada ou particular a. Assembleia Geral de Constituição b. Escritura pública Capital social: regras para aumento e redução Atividade 10. SOCIEDADE ANÔNIMA (3ª parte) Valores mobiliários Ações ordinárias Ações preferenciais Ações de gozo ou fruição Partes beneficiárias Debêntures 2 h/a Órgãos sociais ensino/professor/show/ /16

9 Assembleia Geral a. Assembleia Geral Ordinária b. Assembleia Geral Extraordinária c. Conselho de Administração d. Diretoria e. Conselho Fiscal Atividade 10. SOCIEDADE ANÔNIMA (4ª parte) Exercício social e demonstrações financeiras Dissolução Liquidação Transformação Fusão Cisão Incorporação Atividade 11. SOCIEDADE EM COMANDITA POR AÇÕES Conceitos Constituição e desenvolvimento Principais distinções quanto à Sociedade Anônima Atuação sob firma ou denominação Administração exercida unicamente por Diretoria (não há Conselho de Administração) Somente acionista tem qualidade para ser Diretor Responsabilidade ilimitada do acionista enquanto for Diretor Atividade 12. SOCIEDADE COOPERATIVA Conceito Regramento aplicável Características ensino/professor/show/ /16

10 12.4. Denominação Classificação (das diversas modalidades de cooperativas: consumo, produção, crédito, mistas, de trabalho, habitacionais, agropecuárias, educacionais e médicas) Forma jurídica e autorização de funcionamento Ato constitutivo e registro Funcionamento: regras gerais e regime jurídico tributário Livros sociais Dissolução e liquidação. Atividades Externas da Disciplina (AED) Objetivo da atividade Trazer o aluno à pesquisa, desenvolvendo uma visão de direito como um todo, em suas mais variadas formas e relacionamentos com as demais áreas, sejam elas, específicas ou afins. Objetivo da atividade Trazer o aluno à pesquisa, desenvolvendo uma visão de direito como um todo, em suas mais variadas formas e relacionamentos com as demais áreas, sejam elas, específicas ou afins. Descrição da atividade Para atividade AED o aluno deverá fazer uma resenha crítica (individual ou em grupo, a critério do professor), sobre o tema HOLDING FAMILIAR E SUCESSÃO EMPRESARIAL. Cronograma O tema, estudado previamente, será utilizado como referência ao laboratório que compõe a avaliação N2/1 (valor 2,0 pontos), elaborando em sala de aula, um exercício que facilite a pesquisa, orientando o aluno e pontuando essa atividade que poderá ser individual ou em grupo, a critério do professor. Dessa atividade, será retirado um teste que entrará na avaliação N2/2, compondo a nota da prova, com pontuação máxima de 1,0 (um ponto inteiro) para a referida atividade, somando se mais 08 (quatro) presenças em AED. Forma de registro Conforme disposto acima, a pontuação será registrada na avaliação N2/1, com o teste relacionado, compondo a nota da prova (N2/2), que valerá o máximo de 8,0 (sete pontos inteiros). A seguir, após a correção da avaliação N2/2, serão atribuídos ao aluno ou grupo, desde que inteiramente correto e sem plágio, total de 08 (oito) presenças, totalizando a nota máxima para N2 de 9,0 (nove pontos inteiros). Critérios de avaliação As notas referidas nos parágrafos acima somente serão atribuídas com a participação do aluno e a ensino/professor/show/ /16

11 verificação dos critérios estabelecidos em sala de aula e, por tratar se de forma de avaliação, o mesmo ocorrerá com as presenças, sendo obrigatória a participação do aluno em sala, especialmente no caso da elaboração do teste e pesquisa a ser feita em sala. Bibliografia MAMEDE, Gladston; MAMEDE, Eduarda Cotta. HOLDING FAMILIAR E SUAS VANTAGENS. São Paulo: Atlas, Complementar Por ser trabalho de pesquisa, que busca desenvolver no aluno uma ideia critica e mais aprofundada, é obrigatória a pesquisa em periódicos, artigos e resenhas científicas atualizadas, a critério do mesmo e obedecendo as normas ABNT. Cronograma das atividades 1. Atividade em sala na semana que respalda o laboratório (N2/1 2,0 pontos) 2. Elaboração da questão e entrega do trabalho de laboratório, para N2/2 (08 presenças). Metodologia A práxis pedagógica requer um entendimento da relação professor/aluno como balizadora da construção do conhecimento enquanto mediação para a compreensão e transformação da realidade. Nessa perspectiva, são parâmetros para a produção acadêmica, os aportes teóricos e metodológicos, a criticidade, a construção e a criatividade. Para a concretização dessa intenção serão utilizadas estratégias variadas, assim descritas: Metodologia Justificativa Aulas expositivas Dialógicas Leitura e pesquisa Aprofundar conhecimento sobre o assunto Seminários Oficinas Tarefas em equipe Estudo interdisciplinar Tarefas em equipe caso prático conforme diretrizes institucionais. Recursos Objetivo ensino/professor/show/ /16

12 Livros, revistas e textos Idem Data Show Idem Internet PLATAFORMA MOODLE Idem Avaliação O ato de avaliar está presente em todos os momentos de nosso cotidiano, quando o indivíduo assume juízos e opiniões, que julga ser corretos, para a tomada de decisões. Ao tomar essas decisões, formando então juízos de valores, o indivíduo utiliza os aspectos pessoais somados às relações pessoais. Entendendo que a avaliação é feita pela tomada de juízos, vemos que são esses juízos que irão orientar as decisões e as relações, é que todo o conteúdo será considerado, compreendendo que nenhuma parte do conteúdo poderá ser desprezada em qualquer avaliação, mesmo que já tenha sido anteriormente arguido. É nossa intenção que nas três diferentes formas de avaliação: diagnóstica, formativa e somativa, sejam elas permanentemente inter relacionadas, acreditando não ser possível que cada uma se realize isoladamente, mas, sim, perpassem durante todo o processo ensino aprendizagem. Com efeito, objetivando analisar o desempenho dos alunos em relação às propostas de ensino aprendizagem, cada item constante do conteúdo programático poderá ser avaliado ao seu final. A avaliação efetiva se dará no curso do processo, com a cumulatividade do conteúdo ministrado no curso, nas relações de sala de aula, na compreensão e produção de conhecimento do aluno, através do seu desempenho no grupo e individual, resolução de questões dissertativas e objetivas, pesquisas (bibliográfica livros, revistas, internet, jurisprudencial e casuística), arguições, trabalhos escritos, desafios, problemas, casos concretos e peças processuais, questionamentos orais e escritos, assiduidade, pontualidade e respeito nas relações de sala de aula. As atividades externas da disciplina serão avaliadas, tanto para fins de presenças quanto para composição de notas N1 e N2. Da mesma forma ocorrerá com a avaliação institucional. Ainda, serão aplicadas atividades avaliativas para composição das notas N1 e N2, as quais, de acordo com o conteúdo programático, abrangerão os itens já desenvolvidos. Exemplo de composição de notas (pode ser alterado o valor da nota de cada item abaixo e comunicado previamente aos discentes): TIPO DE AVALIAÇÃO NOTA 1 NOTA 2 Qd. Nota Peso Qd. Nota Peso Laboratório/Atividade 1 2,0 O,4 1 2,0 0,6 Estudo interdisciplinar 1 1,0 0,6 Provas 1 8,0 0,4 1 7,0 0,6 NOTA: As avaliações para verificação do rendimento escolar serão aplicadas em datas ensino/professor/show/ /16

13 preestabelecidas, dentro do cronograma da Universidade. 2ª CHAMADA: nos termos regimentais, só será feita segunda chamada após o aluno ter entrado com processo para abono de falta, e, sendo este deferido, será agendada com o professor a 2ª prova, em horário adequado. Cronograma 1ª SEM 16/02 19/02 Aulas iniciadas somente para calouros Aula inaugural Apresentação do curso, do plano de ensino 2ª SEM 23/2 26/2 Aula revisional revisão do conteúdo da disciplina anterior Unid. 1 Teoria geral do Direito Societário: histórico 3ª SEM 01/3 04/3 Unid. 1 Empresário Classificação dos empresários 4ª SEM 08/3 11/3 Unid. 2 Espécies de Sociedades Continuação 5ª SEM 15/3 18/3 Sociedades despersonificadas Avaliação: N1/ 1ª LABORATÓRIO TEMA: A RESPONSABILIDADE DOS SÓCIOS NAS SOCIEDADES EMPRESÁRIAS EM SALA E EM GRUPO. VALOR: ATE 02 PONTOS 6ª SEM 22/3 Unid. 3 Sociedade em Comum ensino/professor/show/ /16

14 25/3 FERIADO 7ª SEM 29/3 Unid. 4 Sociedade em Conta de Participação 01/4 Unid. 5 Sociedade Simples 8ª SEM Unid. 5 Sociedade Simples(continuação) 05/4 08/4 Unid. 6 Sociedade em Nome Coletivo e Unid. 7 Sociedade em Comandita Simples 9ª SEM 12/4 15/4 Questionário para revisão de avaliação escrita discussão das questões em sala. N1/2 AVALIAÇÃO ESCRITA COM QUESTÕES OBJETIVAS E DISSERTATIVAS. VALOR: até 08 pontos 10ª SEM FERIADO 22/4 CORREÇÃO DA AVALIAÇÃO EM SALA e segunda chamada de N1 26/4 11ª SEM 29/4 Entrega de resultados de N1 03/5 Unid. 8 Sociedade Limitada (1ª parte) 12ª SEM Unid. 8 Sociedade Limitada (1ª parte continuação) ensino/professor/show/ /16

15 06/5 18/4 Unidade 8 Sociedade Limitada (2ª parte) 13ª SEM 10/5 Unid. 9 Empresa Individual de Responsabilidade Limitada 13/5 N2/1 LABORATÓRIO PESQUISA DIRIGIDA SOBRE GOVERNANÇA CORPORATIVA 14ª SEM 17/5 20/5 Unid. 10 Sociedade Anônima (1ª parte) Unid. 10 Sociedade Anônima (2ª parte) 15ª SEM 24/5 SEMANA DA CIDADANIA 27/5 FERIADO 16ª SEM Unid. 10 Sociedade Anônima (3ª parte) 31/5 03/6 Unid. 10 Sociedade Anônima (4ª parte) 17ª SEM 07/6 Unid. 11 Sociedade em Comandita por Ações 10/6 Unid. 12 Sociedade Cooperativa 18ª SEM 14/6 QUESTIONÁRIO PARA REVISÃO EM N2/2 DISCUSSÃO EM SALA ensino/professor/show/ /16

16 17/6 AVALIAÇÃO N2/2 19ª SEM 2ª CHAMADA E CORREÇÃO DAS QUESTÕES DA AVALIAÇÃO N2/2 21/6 24/6 Avaliação: N2/ 2 20ª SEM 28/6 Entrega dos resultados finais, com divulgação das notas e frequências. Encerramento do semestre letivo Bibliografia Básica MAMEDE, Gladston. Direito empresarial brasileiro: empresa e atuação empresarial. 6. ed.são 1. Paulo: Atlas, 2012.v REQUIÃO, Rubens. Curso de direito comercial. 30 ed. São Paulo: Saraiva, 2013.v TOMAZETTE, Marlon.Curso de Direito empresarial. 4. ed. São Paulo: Atlas, v.2. Bibliografia Complementar ALMEIDA, Amador Paes de. Curso de falência e recuperação de empresa. 27. ed. São Paulo: 1. Saraiva, COELHO, Fábio Ulhôa. Curso de direito comercial: direito de empresa. 15. ed. São Paulo: 2. Saraiva, v FAZZIO JUNIOR, Waldo. Manual de direito comercial. 15. ed. São Paulo: Atlas, NEGRÃO, Ricardo. Manual de direito comercial e de empresa. 10. ed. São Paulo: Saraiva, v VENOSA, Sílvio. Direito civil: direito empresarial. 3. ed. São Paulo: Atlas, v. 8 Material de Apoio Será utilizada a Plataforma Moodle para a disponibilização de textos, vídeos e jurisprudências visando a realização de atividades, previamente agendadas, por meio da Plataforma e discutidas em sala de aula, com a finalidade de ampliar as tecnologias ativas e integrativas entre alunos e professora. Copyright 2012 CPD Internet PUC Goiás Todos Direitos Reservados ensino/professor/show/ /16

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2017/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Dar ao acadêmico uma visão abrangente dos direitos e normas da proteção ao consumidor, bem como, dos mecanismos e órgãos de defesa desses direitos.

Dar ao acadêmico uma visão abrangente dos direitos e normas da proteção ao consumidor, bem como, dos mecanismos e órgãos de defesa desses direitos. Detalhes da Disciplina Código JUR3470 Nome da Disciplina DIREITO DO CONSUMIDOR Carga Horária 60 Créditos 4 Consumidor: proteção, defesa e direitos básicos. Política Nacional das Relações de Consumo. Responsabilidades

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR321 Direito Empresarial - Direto Societário

Programa Analítico de Disciplina DIR321 Direito Empresarial - Direto Societário 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 3 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 5 Carga horária semanal 3 Períodos

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL II - CCJ0027 DIREITO EMPRESARIAL II (22/07/2014) Contextualização

DIREITO EMPRESARIAL II - CCJ0027 DIREITO EMPRESARIAL II (22/07/2014) Contextualização DIREITO EMPRESARIAL II - CCJ0027 DIREITO EMPRESARIAL II (22/07/2014) Contextualização O Direito Societário, dentro do sistema jurídico brasileiro, está distribuído em duas etapas: a Teoria Geral do Direito

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2017/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Direito Empresarial e Trabalhista

Direito Empresarial e Trabalhista Profa. Dra. Silvia Bertani Direito Empresarial e Trabalhista As sociedades organização formada por duas ou mais pessoas, por meio de um contrato com ou sem o registro, para o exercício de uma atividade

Leia mais

PLANO DE CURSO : DIREITO SOCIETÁRIO (CÓD. ENEX 60131) ETAPA: 6ª TOTAL DE ENCONTROS:

PLANO DE CURSO : DIREITO SOCIETÁRIO (CÓD. ENEX 60131) ETAPA: 6ª TOTAL DE ENCONTROS: PLANO DE CURSO DISCIPLINA: DIREITO SOCIETÁRIO (CÓD. ENEX 60131) ETAPA: 6ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências Textos, filmes

Leia mais

Associação Jataiense de Educação Faculdade de Administração PLANO DE ENSINO

Associação Jataiense de Educação Faculdade de Administração PLANO DE ENSINO EMENTA Direito Comercial; Definição de Direito Comercial; Atos de comércio e a teoria da empresa; Direito de Empresa; Nome Empresarial; Estabelecimento Empresarial; Sociedades Empresariais Dos Vários tipos

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE

PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE PARTE GERAL CONTRATO DE SOCIEDADE 1 CONTRATO DE SOCIEDADE 1 Elementos contratuais 2 Sociedades simples e empresárias 3 Sociedades não personificadas 4 Sociedade em comum 4.1 Patrimônio social e responsabilidade

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira As sociedades empresárias no Código Civil José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br 1. ESPÉCIES DE EMPRESÁRIO 2. SOCIEDADES EMPRESÁRIAS TIPOS SOCIETÁRIOS Sociedade em Comum Sociedade em Conta

Leia mais

Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitandoo para a construção de seus postulados ou axiomas.

Apresentar ao acadêmico do curso uma visão completa sobre o Direito Empresarial, capacitandoo para a construção de seus postulados ou axiomas. Detalhes da Disciplina Código JUR1021 Nome da Disciplina DIREITO EMPRESARIAL I Carga Horária 60 Créditos 4 Direito Empresarial: histórico, fontes, relações, objeto e princípios. Empresa: atividade empresarial,

Leia mais

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02

CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no de 05/12/02 DOU de 06/12/02 CURSO DE DIREITO Autorizado pela Portaria no 3.355 de 05/12/02 DOU de 06/12/02 Componente Curricular: Direito Empresarial I Código: DIR-461 Pré-requisito: - CH Total: 60 h Período Letivo: 2016.1 Turma:

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL PREPARATÓRIO XXII EXAME DE ORDEM

DIREITO EMPRESARIAL PREPARATÓRIO XXII EXAME DE ORDEM Prof. Ma Marina Zava de Faria FACE: Marina Zava INSTA: Marina Zava Periscope:@marinazava E-mail: profmarinazava@hotmail.com DIREITO EMPRESARIAL PREPARATÓRIO XXII EXAME DE ORDEM 1. CONCEITO: Modalidade

Leia mais

Teoria da Contabilidade - 8º período

Teoria da Contabilidade - 8º período PLANO DE ENSINO UNIDADE CONTABILIDADE DISCIPLINA Teoria da Contabilidade - 8º período PROFESSOR Prof. Mestranda. Glória Castro gloriacastro7@gmail.com DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS CIÊNCIAS CONTÁBEIS CSA-1225

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE DIREITO PLANO DE ENSINO UNIDADE JUR 3107 DISCIPLINA Direito Civil VII TURMA: C02 PROFESSORA SIRLENE FERNANDES

Leia mais

A SOCIEDADE SIMPLES E AS SOCIEDADES MENORES

A SOCIEDADE SIMPLES E AS SOCIEDADES MENORES A SOCIEDADE SIMPLES E AS SOCIEDADES MENORES 1 TIPOS DE SOCIEDADES NO DIREITO BRASILEIRO SOCIEDADE EM COMUM não tem personalidade jurídica os sócios são ilimitadamente responsáveis SOCIEDADE SIMPLES atividades

Leia mais

IUS RESUMOS. Empresário. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Empresário. Organizado por: Samille Lima Alves Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. EMPRESÁRIO... 3 1. Caracterizando o empresário... 3 1.1 Conceito... 3 1.2 Elementos essenciais de caracterização do empresário... 4 1.3 Classificação do empresário...

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2017 DISCIPLINA DIREITO EMPRESARIAL I

PLANO DE ENSINO 2017 DISCIPLINA DIREITO EMPRESARIAL I PLANO DE ENSINO 2017 DISCIPLINA DIREITO EMPRESARIAL I 1. INFORMAÇÕES GERAIS Professora: Maria Rafaela Junqueira Bruno Rodrigues Departamento: Direito Privado Disciplina: Direito Empresarial I Série: 2º

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Sumário COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO... 15

Sumário COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO... 15 COLEÇÃO SINOPSES PARA CONCURSOS... 13 GUIA DE LEITURA DA COLEÇÃO... 15 Capítulo 1 INTRODUÇÃO DO DIREITO EMPRESARIAL... 19 1. Breve histórico do Direito Empresarial... 19 2. A Empresa... 23 3. O Empresário...

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR139 Direito de Empresa

Programa Analítico de Disciplina DIR139 Direito de Empresa 0 Programa Analítico de Disciplina DIR139 Direito de Empresa Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga

Leia mais

1 Classificação das sociedades

1 Classificação das sociedades 1 Classificação das sociedades Qto à forma de exploração do objeto Qto à personificação Qto ao regime de constituição Qto à forma de constituição Qto à nacionalidade Qto ao capital Qto à responsabilidade

Leia mais

Sumário. Proposta da Coleção Leis Especiais para Concursos Apresentação Introdução Aplicabilidade... 21

Sumário. Proposta da Coleção Leis Especiais para Concursos Apresentação Introdução Aplicabilidade... 21 Sumário Proposta da Coleção Leis Especiais para Concursos... 15 Apresentação... 17 Introdução... 19 Aplicabilidade... 21 CAPÍTULO I Características e Natureza da Companhia ou Sociedade Anônima Características...

Leia mais

MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL

MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL Benigno Cavalcante MANUAL DE DIREITO EMPRESARIAL Sumário Apresentação... 17 Abreviatura... 21 CAPÍTULO I HISTÓRIA DO DIREITO COMERCIAL 1. O Surgimento do Direito Comercial... 25 1.2. Evolução do Direito

Leia mais

FATEB Faculdade de Telêmaco Borba

FATEB Faculdade de Telêmaco Borba PROGRAMA DE DISCIPLINA Curso: DIREITO Ano: 2016 Período: 4º Disciplina: Direito Empresarial I- Sociedades Empresárias Aulas Teóricas: 36 Aulas Práticas: 0h Carga Horária: 36h Docente: EMENTA DA DISCIPLINA

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-46 PERÍODO: 8 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 2.

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-46 PERÍODO: 8 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 2. 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D-46 PERÍODO: 8 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 RECUPERAÇÃO

Leia mais

FACULDADE ESCOLA PAULISTA DE DIREITO. Curso de Direito - Bacharelado

FACULDADE ESCOLA PAULISTA DE DIREITO. Curso de Direito - Bacharelado 1 Faculdade Escola Paulista de Direito Curso de Direito - Bacharelado Professor: Ementa: José Moisés Ribeiro C/H: 40 h/a Disciplina: Direito Empresarial II ANO: 2014 PLANO DE ENSINO Período: 2 Semestre

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2017/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Centro Universitário Serra dos Órgãos Recredenciamento Portaria nº de 7 de outubro de 2011 PROGRAMA DIDÁTICO CURSO: GRADUAÇÃO EM DIREITO

Centro Universitário Serra dos Órgãos Recredenciamento Portaria nº de 7 de outubro de 2011 PROGRAMA DIDÁTICO CURSO: GRADUAÇÃO EM DIREITO PROGRAMA DIDÁTICO CURSO: GRADUAÇÃO EM DIREITO COMPONENTE CURRICULAR: Direito Empresarial e Societário (Quinta-feira - 18:50 às 22:20) CÓDIGO: CARGA HORÁRIA: 80 horas PROFESSOR (ES): CAROLINE DA ROSA PINHEIRO

Leia mais

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE DIREITO COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Departamento / Setor ADMINISTRAÇÃO Nome da Disciplina FSJ06

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Estagio de Prática Contábil II. Prof. Sérgio de Lima Rodrigues da Costa DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS CIÊNCIAS CONTÁBEIS CSA

PLANO DE ENSINO. Estagio de Prática Contábil II. Prof. Sérgio de Lima Rodrigues da Costa DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS CIÊNCIAS CONTÁBEIS CSA CURSO DISCIPLINA PROFESSOR PLANO DE ENSINO Ciências Contábeis Estagio de Prática Contábil II Prof. Sérgio de Lima Rodrigues da Costa DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS CIÊNCIAS CONTÁBEIS CSA- 1216 04 2. EMENTA

Leia mais

PLANO DE ENSINO DE GRADUACÃO Curso Semestral Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS. Período 5º Período

PLANO DE ENSINO DE GRADUACÃO Curso Semestral Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS. Período 5º Período Página 1 de 5 DE GRADUACÃO Curso Semestral Disciplina FALÊNCIA E RECUPERAÇÃO DE EMPRESAS Código 92 Curso Graduação Período 5º Período Eixo de Formação Eixo de formação profissional Docente: Prof. Dr. Elias

Leia mais

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 8º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 8º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D. 40 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 8º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO COMERCIAL III NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA RECUPERAÇÃO

Leia mais

Setor de Tributário. Direito Tributário I

Setor de Tributário. Direito Tributário I Setor de Tributário Direito Tributário I conceito de tributo e suas espécies; hipóteses de incidência dos tributos; competência tributária; fontes do direito tributário; princípios constitucionais do direito

Leia mais

STJ Ol!dl!G dp IBnUBW. {'BpBSdldw3. 010Vd oys. S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3

STJ Ol!dl!G dp IBnUBW. {'BpBSdldw3. 010Vd oys. S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3 S10Z - 'V'S SVllV VCIOlIG3 010Vd oys {'BpBSdldw3 Ol!dl!G dp IBnUBW " I STJ00101622 2005 by Editora Atlas S.A. 1. ed. 2005; 2. ed. 2006; 3. ed. 2008;4. ed. 2009; 5. ed. 2010; 6. ed. 2012; 7. ed. 2013; 8.

Leia mais

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares Aulas de

Plano de Ensino. Meses Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Aulas Regulares Aulas de Identificação Plano de Ensino Curso:Direito Disciplina: Direito Comercial I Ano/semestre: 2012.1 Carga horária: Total: 80 ha Semanal: 04 Professor: Carlyson Santos Carvalho Período 7º turno Matutino/ Noturno

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA. Ciências Contábeis CURSO. Estagio de Prática Contábil I DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA. Ciências Contábeis CURSO. Estagio de Prática Contábil I DISCIPLINA PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA CURSO DISCIPLINA PROFESSOR Ciências Contábeis Estagio de Prática Contábil I Prof. Sérgio de Lima Rodrigues da Costa DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS

Leia mais

Direito Societário IV. Prof. Henrique Subi

Direito Societário IV. Prof. Henrique Subi Direito Societário IV Prof. Henrique Subi 1 8. Sociedades institucionais 8.1. Sociedade em comandita por ações - Tem o capital dividido em ações - Os diretores possuem responsabilidade ilimitada pelas

Leia mais

1. Capacitar o aluno a perseguir uma constante atualização nos diversos aspectos do Direito Processual Penal;

1. Capacitar o aluno a perseguir uma constante atualização nos diversos aspectos do Direito Processual Penal; Detalhes da Disciplina Código JUR3321 Nome da Disciplina DIREITO PROCESSUAL PENAL I Carga Horária 60 Créditos 4 Direito Processual Penal: evolução histórica. Lei e Norma Processual Penal: interpretação,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Carga Horária: 72 h/a EMENTA Teoria geral do direito falimentar. Evolução histórica. Processo falimentar: Requisitos. Fases do processo

Leia mais

Período Turma (s) Eixo de Formação EIXO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Docente: Prof. Me. ANGELO JUNQUEIRA GUERSONI

Período Turma (s) Eixo de Formação EIXO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Docente: Prof. Me. ANGELO JUNQUEIRA GUERSONI Página 1 de 6 Disciplina Curso Graduação DE GRADUACÃO Curso Semestral Código DIREITO DE EMPRESA 076 Período Turma (s) 3º período A, B, D Eixo de Formação EIXO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Carga Horária 48

Leia mais

PLANO DE CURSO. CH Total: 60 h.

PLANO DE CURSO. CH Total: 60 h. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial III Código: DIR-560 Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.2 Professor: Luciana de Oliveira Figueira Titulação: Mestre PLANO

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR322 Direito Empresarial: Direito Cambiário e Concursal

Programa Analítico de Disciplina DIR322 Direito Empresarial: Direito Cambiário e Concursal Catálogo de Graduação 06 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina DIR3 Direito Empresarial: Direito Cambiário e Concursal Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.2 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.1 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

Sociedade Anônima DIREITO SOCIETÁRIO V. Características: Características: Responsabilidade dos sócios... Nome empresarial 13/11/2012

Sociedade Anônima DIREITO SOCIETÁRIO V. Características: Características: Responsabilidade dos sócios... Nome empresarial 13/11/2012 Sociedade Anônima Destinada aos grandes empreendimentos. Regida pela Lei de S/A, Lei 6.404/76 (LSA). Pessoa jurídica com objeto empresarial, de natureza capitalista, cuja responsabilidade dos sócios se

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA:

PLANO DE ENSINO EMENTA: PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS - PUC Goiás PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS PROFESSOR: ESP. GEOVANE CAMILO DOS SANTOS DISCIPLINA: CSA1209 - CONTABILIDADE

Leia mais

Focado na área de reorganização

Focado na área de reorganização DIREITO SOCIETÁRIO Introdução Focado na área de reorganização societária, planejamento sucessório, operações de cisão, fusão e incorporação e constituição de sociedades empresariais, Lima Junior, Domene

Leia mais

PLANO DE ENSINO LUIZ FERNANDO RODRIGUES TAVARES DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS CIÊNCIAS JURÍDICAS JUR 1021 04 EMENTA

PLANO DE ENSINO LUIZ FERNANDO RODRIGUES TAVARES DEPARTAMENTO CÓDIGO CRÉDITOS CIÊNCIAS JURÍDICAS JUR 1021 04 EMENTA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA PLANO DE ENSINO UNIDADE JUR DISCIPLINA DIREITO EMPRESARIAL I TURMA A08 PROFESSOR

Leia mais

Curso Direito Empresarial Ciências Contábeis

Curso Direito Empresarial Ciências Contábeis AULA 5 Sociedades. Empresárias ou simples. Personificadas e não personificadas. Sociedades empresárias, espécies. 5.1. Desconsideração da personalidade jurídica da empresa Em algumas situações, o patrimônio

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

GUIA PRÁTICO DO CONTABILISTA O DIA A DIA NA CONTABILIDADE

GUIA PRÁTICO DO CONTABILISTA O DIA A DIA NA CONTABILIDADE GUIA PRÁTICO DO CONTABILISTA O DIA A DIA NA CONTABILIDADE Mário Sebastião de Azevedo Pereira Consultor empresarial que atua há mais de 20 anos nas áreas Contábil e Administrativa. É autor dos livros Excel

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2017/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Sociedades 26/10/2010

Sociedades 26/10/2010 Prof. Thiago Gomes Empresariais Feedback aula anterior: Quem é o empresário? Quem é o empresário individual? O que é necessário para ser empresário individual? Impedidos de exercer a atividade empresarial.

Leia mais

Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição]

Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição] Conteúdo Programático Contabilidade Geral Básica - CGB [2ª Edição] CAPÍTULO I. Introdução ao Curso de Contabilidade Introdução ao Curso de Contabilidade 1. Contabilidade. 2. Contabiliza.se o quê. 3. O

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DIR323 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência

Programa Analítico de Disciplina DIR323 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina DIR33 Direito Empresarial IV - Recuperações e Falência Departamento de Direito - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL

DIREITO EMPRESARIAL DIREITO EMPRESARIAL A SOCIEDADE NO CÓDIGO CIVIL DE 2002 Art. 981. Celebram contrato de sociedade as pessoas que reciprocamente se obrigam a contribuir, com bens ou serviços, para o exercício de atividade econômica e a partilha,

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO CURSO: DIREITO DISCIPLINA: PROCESSO CIVIL IV / TURMA B02

Leia mais

Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (ii)

Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (ii) Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (ii) CAMILA VILLARD DURAN Aula anterior: conceitos trabalhados! Pessoa Jurídica! Associações! Sociedade em conta de participação! Eireli vs. Empresário individual

Leia mais

Tipos de Sociedades. Código Civil (Lei 10406/2002) prevê vários tipos. Os tipos mais relevantes. Sociedade Limitada (Ltda.) Sociedade Anônima (S.A.

Tipos de Sociedades. Código Civil (Lei 10406/2002) prevê vários tipos. Os tipos mais relevantes. Sociedade Limitada (Ltda.) Sociedade Anônima (S.A. INVESTIR NO BRASIL Os Modelos Societários no Sistema Jurídico Brasileiro e a sua Regulamentação 12 de Abril de 2012 Marco Ferreira Orlandi Sócio BOCCUZZI Advogados Tipos de Sociedades Código Civil (Lei

Leia mais

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 9º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL IV NOME DO CURSO: DIREITO

CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 9º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL IV NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D. 40 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 PERÍODO: 9º NOME DA DISCIPLINA: DIREITO EMPRESARIAL IV NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA RECUPERAÇÃO

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ESCOLA DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO CURSO: DIREITO DISCIPLINA: PROCESSO CIVIL IV / TURMA B04

Leia mais

Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Tipo de aula. Semana

Conteúdos/ Matéria. Categorias/ Questões. Habilidades e Competências. Textos, filmes e outros materiais. Tipo de aula. Semana PLANO DE CURSO DISCIPLINA: TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL (CÓD. ENEX 60122) ETAPA: 4ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

Curso Direito Empresarial Administração

Curso Direito Empresarial Administração AULA 4 Sociedades. Empresárias ou simples. Personificadas e não personificadas. Sociedades empresárias, espécies. 4.1. As sociedades empresárias A pessoa jurídica Sociedade empresária é um agrupamento

Leia mais

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira As sociedades empresárias no Código Civil José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br 1. A LEGISLAÇÃO EMPRESARIAL: ANÁLISE GERAL 2. CARACTERIZAÇÃO DO EMPRESÁRIO Conceito de empresário A questão

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. OBJETIVOS GERAIS: Caracterizar o Direito Civil em seus elementos básicos, modalidades, atos, inter-relações e implicações.

PROGRAMA DE DISCIPLINA. OBJETIVOS GERAIS: Caracterizar o Direito Civil em seus elementos básicos, modalidades, atos, inter-relações e implicações. PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DIREITO CIVIL I Código da Disciplina: JUR 326 Curso: DIREITO Semestre de Oferta da Disciplina: 2º Faculdade Responsável: DIREITO Programa em vigência a partir de: 2015

Leia mais

Detalhes da Disciplina. Objetivos Gerais. Objetivos Específicos. Conteúdo Programático. Atividades Externas da Disciplina (AED)

Detalhes da Disciplina. Objetivos Gerais. Objetivos Específicos. Conteúdo Programático. Atividades Externas da Disciplina (AED) Detalhes da Disciplina Código JUR3223 Nome da Disciplina DIREITO PENAL III Carga Horária 60 Créditos 4 Normas incriminadoras em espécie: dos crimes contra a pessoa. Crimes contra a vida. Da lesão corporal.

Leia mais

SOCIEDADE EMPRESÁRIA. PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO Art. 44 do CC. As sociedades podem ser: 1- Sociedade empresária

SOCIEDADE EMPRESÁRIA. PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO Art. 44 do CC. As sociedades podem ser: 1- Sociedade empresária SOCIEDADE EMPRESÁRIA 1 PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO Art. 44 do CC Associações caracteriza pela inexistência do fim lucrativo em seu objeto (pessoas ligadas a uma mesma causa: social, recreativa,

Leia mais

UNIDADE 8 EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA

UNIDADE 8 EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA UNIDADE 8 EMPRESA INDIVIDUAL DE RESPONSABILIDADE LIMITADA 1 Profª Roberta Siqueira Direito Empresarial II ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia

Leia mais

SOCIEDADE LIMITADA HISTÓRICO

SOCIEDADE LIMITADA HISTÓRICO SOCIEDADE LIMITADA HISTÓRICO Decreto-lei nº 3.078/19: em princípio, era regulada por este decreto, mas foi revogada. Código Civil, arts. 1.052 e 1087: atual regulamentação Antes possuía o nome de sociedade

Leia mais

Prof. Ms. Guilherme Martins Teixeira Borges FACE: Guilherme Martins INSTA: Professor Guilherme Martins

Prof. Ms. Guilherme Martins Teixeira Borges FACE: Guilherme Martins INSTA: Professor Guilherme Martins Prof. Ms. Guilherme Martins Teixeira Borges FACE: Guilherme Martins Periscope: @ProfGuilherm INSTA: Professor Guilherme Martins E-mail: g.martins.borges@hotmail.com 1. CONCEITO: PJ PLURALIDADE DE SÓCIOS

Leia mais

SUMÁRIO PARTE I TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL

SUMÁRIO PARTE I TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL SUMÁRIO PARTE I TEORIA GERAL DO DIREITO EMPRESARIAL CAPÍTULO 1 Do Direito Comercial ao Direito Empresarial 3 1. Origem do Direito Comercial... 3 2. Teoria dos atos de comércio (sistema francês)... 4 3.

Leia mais

1. Dentre as sociedades empresariais abaixo elencadas, aponte aquela que não possui personalidade jurídica:

1. Dentre as sociedades empresariais abaixo elencadas, aponte aquela que não possui personalidade jurídica: 1. Dentre as sociedades empresariais abaixo elencadas, aponte aquela que não possui personalidade jurídica: a) sociedade em nome coletivo b) sociedade em comandita simples c) sociedade de capital e indústria

Leia mais

D º 04 DIREITO PROCESSUAL CIVIL II

D º 04 DIREITO PROCESSUAL CIVIL II D - 31 5º 04 Semanal Semestral 04 60 DIREITO PROCESSUAL CIVIL II D.34- DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (MATRIZ 2008/01) D.24- DIREITO PROCESSUAL CIVIL I (MATRIZ 2008/02) Da Sentença. Requisitos da Sentença.

Leia mais

Direito Empresarial Econômico

Direito Empresarial Econômico Direito Empresarial Econômico Os sistemas econômicos e o Direito empresarial A ordem econômica valorização do trabalho humano e na livre iniciativa assegurar a todos existência digna soberania nacional

Leia mais

UNIDADE 4 SOCIEDADE EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO

UNIDADE 4 SOCIEDADE EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO UNIDADE 4 SOCIEDADE EM CONTA DE PARTICIPAÇÃO 1 Profª Roberta Siqueira/ Direito Empresarial II ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso

Leia mais

A SOCIEDADE LIMITADA 1

A SOCIEDADE LIMITADA 1 A SOCIEDADE LIMITADA 1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA 1856 - Inglaterra = reforma das private company limited by shares limited by guarantee TENTATIVAS FRACASSADAS 1863 - França - Société à responsabilité limitée

Leia mais

Direito Empresarial. Prof. Dr. Érico Hack

Direito Empresarial. Prof. Dr. Érico Hack Direito Empresarial Aula 6 Personalidade e direitos pessoa física e jurídica Prof. Dr. Érico Hack PUCPR Personalidade pessoas naturais Código Civil pessoa física sujeito de direitos e deveres Pessoas naturais

Leia mais

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho

Unidade 1 - Princípios dos Direitos Humanos aplicados ao direito processual do trabalho 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 37 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA

Leia mais

Índice Sistemático NOTA EXPLICATIVA

Índice Sistemático NOTA EXPLICATIVA Índice Sistemático NOTA EXPLICATIVA CAPÍTULO I FORMAÇÃO DO DIREITO DE EMPRESA 1. Origens da sociedade 2. A formação da sociedade com finalidades econômicas 3. O início das relações comerciais 4. As primeiras

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

I INTRODUÇÃO CAPÍTULO I A EVOLUÇÃO HISTÓRICA DAS SOCIEDADES

I INTRODUÇÃO CAPÍTULO I A EVOLUÇÃO HISTÓRICA DAS SOCIEDADES FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA DIREITO COMERCIAL II (SOCIEDADES COMERCIAIS) ANO LETIVO 2015/2016, TURMA A Regência: Prof. Doutor António Menezes Cordeiro Colaboradores: Profs. Doutores

Leia mais

UNIDADE 6 SOCIEDADE EM NOME COLETIVO

UNIDADE 6 SOCIEDADE EM NOME COLETIVO UNIDADE 6 SOCIEDADE EM NOME COLETIVO 1 Profª Roberta Siqueira Direito Empresarial II ATENÇÃO: Este material é meramente informativo e não exaure a matéria. Foi retirado da bibliografia do curso constante

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2016/2 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

PLANO DE ENSINO.

PLANO DE ENSINO. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ALTO VALE DO ITAJAÍ CEAVI DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: CONTABILIDADE AVANÇADA PROFESSOR: KAMILLE

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Ensino Técnico ETEC: PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ-SP Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio em

Leia mais

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira

As sociedades empresárias no Código Civil. José Rodrigo Dorneles Vieira As sociedades empresárias no Código Civil José Rodrigo Dorneles Vieira jrodrigo@portoweb.com.br 1. A LEGISLAÇÃO EMPRESARIAL: ANÁLISE GERAL 2. CARACTERIZAÇÃO DO EMPRESÁRIO Conceito de empresário A questão

Leia mais

Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa

Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa SUMÁRIO Capítulo 1 Teoria Geral do Direito de Empresa... 17 1. Origens do Direito Empresarial.... 17 2. Autonomia do Direito Empresarial... 20 3. Fontes do Direito Empresarial... 21 4. Do Direito de Empresa...

Leia mais

3º PERÍODO A, B e D. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Docente (s) Professor Me. Ricardo Alves de Lima

3º PERÍODO A, B e D. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Docente (s) Professor Me. Ricardo Alves de Lima Página 1 de 7 Disciplina Curso Graduação DE GRADUACÃO Curso Semestral Código DIREITO DAS OBRIGAÇÕES 073 Período Turma (s) 3º PERÍODO A, B e D Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Carga Horária

Leia mais

CSA º C PLANO DE ENSINO

CSA º C PLANO DE ENSINO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS ESCOLA DE GESTÃO E NEGÓCIOS CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, ADMINISTRAÇÃO E ECONOMIA DISCIPLINA: ESTRUTURA E ANÁLISE DE CUSTO CÓDIGO CRÉDITOS PERÍODO PRÉ-REQUISITO

Leia mais

Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (i)

Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (i) Instituições de Direito Pessoas Jurídicas (i) CAMILA VILLARD DURAN! Pessoa jurídica! Personalidade! Capacidade para adquirir direitos e contrair obrigações! Registro dos atos constitutivos 1 ! Pessoas

Leia mais