The Image Foresting Transform (IFT)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "The Image Foresting Transform (IFT)"

Transcrição

1 The Image Foresting Transform (IFT) Paulo A. V. de Miranda Laboratório de Informática Visual (LIV), Instituto de Computação (IC), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) P.A.V. Miranda, aula 3 p.

2 Motivação Unificação: Vários operadores de imagem são derivados de um algoritmo geral. Isto favorece implementações baseadas em hardware [], compreender a relação entre alguns operadores de imagem [, 3, 4, ], e possíveis extensões [6, 7,,,, ]. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

3 Motivação Eficiência: A maioria dos operadores de imagem podem ser implementados em tempo linear e otimizações adicionais são possíveis com cálculo diferencial [] e paralelo [3], e para algumas aplicações específicas [4,, 6, 7]. P.A.V. Miranda, aula 3 p. 3

4 Motivação Eficiência: A maioria dos operadores de imagem podem ser implementados em tempo linear e otimizações adicionais são possíveis com cálculo diferencial [] e paralelo [3], e para algumas aplicações específicas [4,, 6, 7]. Simplicidade: Os operadores de imagem são reduzidos a escolha de poucos parâmetros no algoritmo da IFT e um processamento local de sua saída. P.A.V. Miranda, aula 3 p. 3

5 Quais problemas podem ser resolvidos? Problemas que estão direta ou indiretamente relacionados a um problema de partição ótima da imagem. Transformadas de distância e operadores relacionados: Euclidean distance transform [], multiscale skeletonization [], fractal dimensions [6], shape filtering [4, ], shape saliences [6,, ], shape description [, ], tensor scale computation [], geodesic paths, etc. P.A.V. Miranda, aula 3 p. 4

6 Quais problemas podem ser resolvidos? Filtragem e segmentação de imagens: Morphological reconstructions [] and image segmentation based on watershed transforms [3,,,, 3, 4], live wire [, ], tree pruning [7, 6, 7], graph-cut measures [], and fuzzy-connected components [, 6]. Reconhecimento de padrões: Data clustering [, 4, ] and supervised pattern classification [, ]. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

7 Imagem como um grafo A imagem é interpretada como um grafo cujos nós são os pixels e os arcos são definidos por uma relação de adjacência A : (s,t) A se t s d i. Adjacências euclidianas. (a) D de raio d i = (vizinhos-4), (b) raio d i = (vizinhos-), (c) raio d i =. P.A.V. Miranda, aula 3 p. 6

8 Imagem como um grafo Ao Ao Asource As At As At Ab Asink Ab (a) Grafo vizinhos-4 de uma imagem D. (b) Um grafo estendido por dois nós terminais (fonte e destino). P.A.V. Miranda, aula 3 p. 7

9 Caminhos no grafo r s t P(t) t R(t) πt r π s (a) (b) (c) Um caminho π t = t,t,...,t é uma seqüência de nós adjacentes, com término em algum nó t. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

10 Caminhos no grafo r s t P(t) t R(t) πt r π s (a) (b) (c) Um caminho π t = t,t,...,t é uma seqüência de nós adjacentes, com término em algum nó t. O predecessor P(s) de cada nó s π t leva a um nó raiz R(t) e P(R(t)) = nil. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

11 Caminhos no grafo r s t P(t) t R(t) πt r π s (a) (b) (c) Um caminho π t = t,t,...,t é uma seqüência de nós adjacentes, com término em algum nó t. O predecessor P(s) de cada nó s π t leva a um nó raiz R(t) e P(R(t)) = nil. Um caminho π t é trivial quando π t = t (i.e., P(t) = nil). P.A.V. Miranda, aula 3 p.

12 Caminhos no grafo r s t P(t) t R(t) πt r π s (a) (b) (c) Um caminho π t = t,t,...,t é uma seqüência de nós adjacentes, com término em algum nó t. O predecessor P(s) de cada nó s π t leva a um nó raiz R(t) e P(R(t)) = nil. Um caminho π t é trivial quando π t = t (i.e., P(t) = nil). Usamos π s s,t para indicar a extensão de um caminho π s por um arco (s,t) A. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

13 Caminho Ótimo Uma função de caminho f(π t ) atribui um valor para qualquer caminho π t. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

14 Caminho Ótimo Uma função de caminho f(π t ) atribui um valor para qualquer caminho π t. Um caminho π t é ótimo se f(π t ) f(τ t ) para qualquer outro τ t, independentemente de sua raiz. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

15 Caminho Ótimo Uma função de caminho f(π t ) atribui um valor para qualquer caminho π t. Um caminho π t é ótimo se f(π t ) f(τ t ) para qualquer outro τ t, independentemente de sua raiz. A definição dual f(π t ) f(τ t ) também é válida. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

16 Caminho Ótimo Uma função de caminho f(π t ) atribui um valor para qualquer caminho π t. Um caminho π t é ótimo se f(π t ) f(τ t ) para qualquer outro τ t, independentemente de sua raiz. A definição dual f(π t ) f(τ t ) também é válida. Uma floresta de caminhos ótimos é uma floresta de espalhamento onde todos os caminhos são ótimos. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

17 Funções de conectividade As funções de conectividade são especificadas por uma regra de inicialização e uma regra de extensão de caminho. f max ( t ) = H(t) f max (π s s,t ) = max{f max (π s ),w(s,t)} () f min ( t ) = H(t) f min (π s s,t ) = min{f min (π s ),w(s,t)} () f sum ( t ) = H(t) f sum (π s s,t ) = f sum (π s ) + w(s,t) (3) { if t S f euc ( t ) = + otherwise f euc (π s s,t ) = t R(s) (4) P.A.V. Miranda, aula 3 p.

18 Algoritmo da IFT Algorithm GENERAL IFT ALGORITHM INPUT: Image Î = (I, I), adjacency A, and path-value function f. OUTPUT: Optimum-path forest P and the minimum path-value map V. AUXILIARY: Priority queue Q and variable tmp.. For each t I, do P(t) nil and V (t) f( t ). If V (t) +, then insert t in Q.. While Q, do 3. Remove s from Q such that V (s) is minimum. 4. For each t A(s), such that V (t) > V (s), do. Compute tmp f(π s s, t ). 6. If tmp < V (t), then 7. If V (t) +, then remove t from Q.. Set P(t) s, V (t) tmp and insert t in Q. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

19 P.A.V. Miranda, aula 3 p.

20 após iteração. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

21 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

22 após 3 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

23 após 4 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

24 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

25 após 6 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

26 após 7 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

27 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

28 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

29 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

30 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

31 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

32 após 3 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

33 após 4 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

34 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

35 após 6 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

36 após 7 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

37 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

38 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

39 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

40 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

41 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

42 após 3 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

43 após 4 iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

44 após iterações. P.A.V. Miranda, aula 3 p.

45 Resolvendo empates O que fazer quando um pixel é alcançado por dois ou mais caminhos de mesmo custo? Exemplos de tie-breaking. (a) Política FIFO. (b) Política LIFO. (c) Política FIFO com adjacência vizinhos-. P.A.V. Miranda, aula 3 p. 3

46 Estrutura da fila de prioridade t K K t 4 t 4 t t 6 K K t t t 3 t t 6 t t 3 (a) Estrutura de Dial para a fila Q. (b) Estrutura proposta em []. P.A.V. Miranda, aula 3 p. 4

47 References [] F. Cappabianco, G. Araújo, and A.X. Falcão, The image foresting transform architecture, in IEEE Intl. Conf. on Field Programmable Technology (ICFPT), Kokurakita, Kitakyushu, Japan, Dec 7, pp [] A.X. Falcão, B. S. da Cunha, and R. A. Lotufo, Design of connected operators using the image foresting transform, in SPIE on Medical Imaging, Feb, vol. 43, pp [3] R.A. Lotufo, A.X. Falcão, and F. Zampirolli, IFT-Watershed from gray-scale marker, in XV Brazilian Symp. on Computer Graphics and Image Processing (SIBGRAPI). Oct, pp. 46, IEEE. [4] R. Audigier and R.A. Lotufo, Seed-relative segmentation robustness of watershed and fuzzy connectedness approaches, in XX Brazilian Symposium on Computer Graphics and Image Processing (SIBGRAPI), Belo Horizonte, MG, Oct 7, pp. 6 6, IEEE. [] R. Audigier and R.A. Lotufo, Watershed by image foresting transform, tie-zone, and theoretical relationship with other watershed definitions, in Mathematical Morphology and its Applications to Signal and Image Processing (ISMM), Rio de Janeiro, RJ, Oct 7, pp. 77, MCT/INPE. [6] R.S. Torres, A.X. Falcão, and L.F. Costa, A graph-based approach for multiscale shape analysis, Pattern Recognition, vol. 37, no. 6, pp , 4. 4-

48 [7] F.P.G. Bergo, A.X. Falcão, P.A.V. Miranda, and L.M. Rocha, Automatic image segmentation by tree pruning, Journal of Mathematical Imaging and Vision, vol., no. 3, pp. 4 6, Nov 7. [] A.X. Falcão, P.A.V. Miranda, and A. Rocha, A linear-time approach for image segmentation using graph-cut measures, in th Intl. Conf. on Advanced Concepts for Intelligent Vision Systems (ACIVS), Antwerp, Belgium, 6, vol. LNCS 47, pp. 3 4, Springer. [] A.X. Falcão, P.A.V. Miranda, A. Rocha, and F.P.G. Bergo, Object detection by κ-connected seed competition, in XVIII Brazilian Symp. on Computer Graphics and Image Processing (SIB- GRAPI), Natal, RN, Oct, pp. 7 4, IEEE. [] L.M. Rocha, A.X. Falcão, and L.G.P. Meloni, A robust extension of the mean shift algorithm using optimum path forest, in Proc. of the th Intl. Workshop on Combinatorial Image Analysis, Buffalo, NY, USA, Apr 7th-th, pp. 3, RPS. [] J.P. Papa, A.X. Falcão, C.T.N. Suzuki, and N.D.A. Mascarenhas, A discrete approach for supervised pattern recognition, in Proc. of the th Intl. Workshop on Combinatorial Image Analysis, Buffalo, NY, USA, Apr 7th-th, vol. LNCS 4, pp , Springer. [] A. X. Falcão and F. P. G. Bergo, Interactive volume segmentation with differential image foresting transforms, IEEE Trans. on Medical Imaging, vol. 3, no., pp., 4. 4-

49 [3] F.P.G. Bergo and A.X. Falcão, A partitioned algorithm for the image foresting transform, in Mathematical Morphology and its Applications to Signal and Image Processing (ISMM), Rio de Janeiro, RJ, Oct 7, pp , MCT/INPE. [4] I. Ragnemalm, Fast erosion and dilation by contour processing and thresholding of distance maps, Pattern Recognition Letters, vol. 3, pp. 6 66, Mar. [] A.X. Falcão, J.K. Udupa, and F.K. Miyazawa, An ultra-fast user-steered image segmentation paradigm: Live-wire-on-thefly, IEEE Trans. on Medical Imaging, vol., no., pp. 6, Jan. [6] L.G. Nyúl, A.X. Falcão, and J.K. Udupa, Fuzzy-connected 3D image segmentation at interactive speeds, Graphical Models, vol. 64, no., pp., 3. [7] R. Audigier, R.A. Lotufo, and A.X. Falcão, 3D visualization to assist iterative object definition from medical images, Computerized Medical Imaging and Graphics, vol. 3, no. 4, pp. 7 3, Jun 6. [] A.X. Falcão, L.F. Costa, and B.S. da Cunha, Multiscale skeletons by image foresting transform and its applications to neuromorphometry, Pattern Recognition, vol. 3, no. 7, pp. 7, Apr. [] R.S. Torres and A.X. Falcão, Contour salience descriptors for effective image retrieval and analysis, Image and Vision Computing, vol., no., pp. 3 3, Jan

50 [] F.A. Andaló, P.A.V. Miranda, R.S. Torres, and A.X. Falcão, Detecting contour saliences using tensor scale, in 4th IEEE Intl. Conf. on Image Processing, San Antonio, Texas, Sep 7, vol. VI, pp [] F.A. Andaló, P.A.V. Miranda, R.S. Torres, and A.X. Falcão, A new shape descriptor based on tensor scale, in Mathematical Morphology and its Applications to Signal and Image Processing (ISMM), Rio de Janeiro, RJ, Oct 7, pp. 4, MCT/INPE. [] R.A. Lotufo and A.X. Falcão, The ordered queue and the optimality of the watershed approaches, in Mathematical Morphology and its Applications to Image and Signal Processing (ISMM), vol., pp Kluwer, Jun. [3] P.A.V. Miranda, A.X. Falcão, and J.K. Udupa, CLOUDS: A model for synergistic image segmentation, in The Fifth IEEE Intl. Symp. on Biomedical Imaging (ISBI), Paris, France, May 4th 7th, accepted. [4] F. Cappabianco, A.X. Falcão, and L.M. Rocha, Clustering by optimum path forest and its application to automatic GM/WM classification in MR-T images of the brain, in The Fifth IEEE Intl. Symp. on Biomedical Imaging (ISBI), Paris, France, May 4th 7th, accepted. [] A.X. Falcão and J.K. Udupa, A 3D generalization of user-steered live wire segmentation, Medical Imaging Analysis, vol. 4, no. 4, pp. 3 4, Dec. [6] P. A. V. Miranda, F. P. G. Bergo, L. M. Rocha, and A. X. Falcão, Tree-pruning: A new algorithm and its comparative analysis with 4-4

51 the watershed transform for automatic image segmentation, in XIX Brazilian Symp. on Computer Graphics and Image Processing (SIBGRAPI). Oct 6, pp , IEEE. [7] A. X. Falcão, F. P. G. Bergo, and P. A. V. Miranda, Image segmentation by tree pruning, in XVII Brazilian Symp. on Computer Graphics and Image Processing (SIBGRAPI). Oct 4, pp. 6 7, IEEE. [] L.M. Rocha, A.X. Falcão, and L. Meloni, Data clustering based on optimum-path forest and probability density function, Tech. Rep. IC-7-3, State University of Campinas, Institute of Computing, 7. [] J.A. Montoya-Zegarra, J.P. Papa, N.J. Leite, R.S. Torres, and A.X. Falcão, Learning how to extract rotation-invariant and scaleinvariant features from texture images, EURASIP Journal on Advances in Signal,, to appear. 4-

Descritores de Imagem

Descritores de Imagem Descritores de Imagem André Tavares da Silva 25 de março de 2014 1 Descritores de imagem Excelentes pesquisas sobre descritores podem ser encontradas nos trabalhos de Tuytelaars e Mikolajczyk (2008), Rui

Leia mais

Watershed? divisor de águas? limites das bacias hidrográficas? what is it?

Watershed? divisor de águas? limites das bacias hidrográficas? what is it? Watershed? divisor de águas? limites das bacias hidrográficas? what is it? O termo watershed / divisor de águas Considera a área de terreno para em que toda a água de chuva é drenada na mesma direção.

Leia mais

Recuperação de imagens por conteúdo baseada em realimentação de relevância e classicador por oresta de caminhos ótimos

Recuperação de imagens por conteúdo baseada em realimentação de relevância e classicador por oresta de caminhos ótimos Recuperação de imagens por conteúdo baseada em realimentação de relevância e classicador por oresta de caminhos ótimos André Tavares da Silva Orientador: Léo Pini Magalhães Co-orientador: Alexandre Xavier

Leia mais

ANÁLISE DE FORMAS PLANAS EM IMAGENS DIGITAIS

ANÁLISE DE FORMAS PLANAS EM IMAGENS DIGITAIS ANÁLISE DE FORMAS PLANAS EM IMAGENS DIGITAIS SOUZA, Gustavo Botelho de Universidade Estadual Paulista (UNESP) gustavo.botelho@gmail.com MARANA, Aparecido Nilceu Universidade Estadual Paulista (UNESP) nilceu@fc.unesp.br

Leia mais

EXTRACÇÃO DE SOMBRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO

EXTRACÇÃO DE SOMBRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO EXTRACÇÃO DE SOMBRA A PARTIR DE IMAGENS DE SATÉLITE DE ALTA RESOLUÇÃO Classificação Não Supervisionada, Reclassificação de Imagem e Classificação Orientada a Segmento Morna Nandaia Ricardo Silva SUMÁRIO

Leia mais

de Bordas em Imagens Digitais

de Bordas em Imagens Digitais Anais do CNMAC v.2 ISSN 1984-820X Avaliação Quantitativa de um Método Automático de Extração de Bordas em Imagens Digitais Inês A. Gasparotto Boaventura Departamento de Ciências de Computação e Estatística,

Leia mais

Ambiente de Gerenciamento de Imagens e Dados Espaciais para Desenvolvimento de Aplicações em Biodiversidade

Ambiente de Gerenciamento de Imagens e Dados Espaciais para Desenvolvimento de Aplicações em Biodiversidade Ambiente de Gerenciamento de Imagens e Dados Espaciais para Desenvolvimento de Aplicações em Biodiversidade Ricardo da S. Torres 1, Claudia B. Medeiros 1, Alexandre X. Falcão 1 1 Instituto de Computação

Leia mais

Floresta de Caminhos Ótimos na Classificação de Pólen

Floresta de Caminhos Ótimos na Classificação de Pólen Floresta de Caminhos Ótimos na Classificação de Pólen Lia Nara Balta Quinta 1, Willian Paraguassu Amorim 2, Marcelo Henriques de Carvalho 3, Marney Pascoli Cereda 1 e Hemerson Pistori 1 1 - Universidade

Leia mais

Extração de Minúcias em Imagens de Impressões Digitais

Extração de Minúcias em Imagens de Impressões Digitais Extração de Minúcias em Imagens de Impressões Digitais CASADO, Ricardo S.; PAIVA, Maria S. V. de Escola de Engenharia de São Carlos Universidade de São Paulo rcasado@sel.eesc.usp.br Resumo O trabalho apresenta

Leia mais

Método de Avaliação de Detector de Bordas em Imagens Digitais

Método de Avaliação de Detector de Bordas em Imagens Digitais Método de Avaliação de Detector de Bordas em Imagens Digitais Inês A. G. Boaventura DCCE, IBILCE, UNESP Rua Cristovão Colombo, 2265 15054-000, São José do Rio Preto, SP, Brasil ines@ibilce.unesp.br Adilson

Leia mais

Estudo comparativo de métodos de segmentação de imagens digitais de aves

Estudo comparativo de métodos de segmentação de imagens digitais de aves Estudo comparativo de métodos de segmentação de imagens digitais de aves Felipe de Sousa NOBRE; Paulo César Miranda MACHADO Escola de Engenharia Elétrica e de Computação - UFG felipesnobre@gmail.com, pcesar@eee.ufg.br

Leia mais

Avaliação de técnicas de seleção de quadros-chave na recuperação de informação por conteúdo visual

Avaliação de técnicas de seleção de quadros-chave na recuperação de informação por conteúdo visual Avaliação de técnicas de seleção de quadros-chave na recuperação de informação por conteúdo visual Shênia Salvador de Pinho, Kleber J. F. Souza Instituto de Ciências Exatas e Informática PUC Minas Guanhães,

Leia mais

Comunicação Científica II

Comunicação Científica II Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto Programa Doutoral em Engenharia Biomédica 2008/2009 Disciplina: Comunicação Científica II Relatório sobre as actividades de investigação, trabalhos e comunicações

Leia mais

Uma Versão Intervalar do Método de Segmentação de Imagens Utilizando o K-means

Uma Versão Intervalar do Método de Segmentação de Imagens Utilizando o K-means TEMA Tend. Mat. Apl. Comput., 6, No. 2 (2005), 315-324. c Uma Publicação da Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional. Uma Versão Intervalar do Método de Segmentação de Imagens Utilizando

Leia mais

UNIVESIDADE ESTADUAL PAULISTA. Júlio de Mesquita Filho

UNIVESIDADE ESTADUAL PAULISTA. Júlio de Mesquita Filho UNIVESIDADE ESTADUAL PAULISTA Júlio de Mesquita Filho Pós-Graduação em Ciência da Computação Daniel Osaku Caracterização de impressões faciais termais utilizando a Transformada Imagem Floresta UNESP 2011

Leia mais

Aula 02: Conceitos Fundamentais

Aula 02: Conceitos Fundamentais Aula 02: Conceitos Fundamentais Profa. Ms. Rosângela da Silva Nunes 1 de 26 Roteiro 1. Por que mineração de dados 2. O que é Mineração de dados 3. Processo 4. Que tipo de dados podem ser minerados 5. Que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA Departamento de Computação Aprendizado não supervisionado em domínios fuzzy algoritmo fuzzy c-means Frank Sussumu Yonamine Lucia

Leia mais

IN0997 - Redes Neurais

IN0997 - Redes Neurais IN0997 - Redes Neurais Aluizio Fausto Ribeiro Araújo Universidade Federal de Pernambuco Centro de Informática - CIn Departamento de Sistemas da Computação aluizioa@cin.ufpe.br Conteúdo Objetivos Ementa

Leia mais

TRIANGULAÇÃO DE DELAUNAY COM RESTRIÇÃO EM IMAGENS BIDIMENSIONAIS

TRIANGULAÇÃO DE DELAUNAY COM RESTRIÇÃO EM IMAGENS BIDIMENSIONAIS TRIANGULAÇÃO DE DELAUNAY COM RESTRIÇÃO EM IMAGENS BIDIMENSIONAIS Leide Daiane Caires 1, Edson A. Capello Sousa 2 1 Depto Eng. Mecânica Universidade Estadual Paulista, Bauru, Brasil, ladycaires@gmail.com

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA APLICAÇÃO DO ALGORITMO WATERSHED PARA A SEGMENTAÇÃO DE GALÁXIAS BASEADO EM DADOS ESPECTROGRÁFICOS.

PROGRAMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA APLICAÇÃO DO ALGORITMO WATERSHED PARA A SEGMENTAÇÃO DE GALÁXIAS BASEADO EM DADOS ESPECTROGRÁFICOS. PROGRAMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA APLICAÇÃO DO ALGORITMO WATERSHED PARA A SEGMENTAÇÃO DE GALÁXIAS BASEADO EM DADOS ESPECTROGRÁFICOS. Murilo Moritz Parize 1 - Marcelo Massocco Cendron 2 INTRODUÇÃO A necessidade

Leia mais

[Fingerprint Recognition]

[Fingerprint Recognition] Mestrado em Engenharia de Segurança Informática Tecnologias Biométricas Pedro Santos santos.pmcm@gmail.com 12065 Filipe Vieira fil.vieira@gmail.com 12049 Rui Pereira ruipereira.eng@gmail.com 12061 Docente

Leia mais

Um Método Projetivo para Cálculo de Dimensões de Caixas em Tempo Real

Um Método Projetivo para Cálculo de Dimensões de Caixas em Tempo Real Um Método Projetivo para Cálculo de Dimensões de Caixas em Tempo Real Leandro A. F. Fernandes 1, Manuel M. Oliveira (Orientador) 1 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Leia mais

Campo Grande - MS. Endereço: Sala C110 Bloco C - UCDB Fone: 0xx67 312-3502 Web Sit e: www.gp ec.ucdb.b r

Campo Grande - MS. Endereço: Sala C110 Bloco C - UCDB Fone: 0xx67 312-3502 Web Sit e: www.gp ec.ucdb.b r GPEC - Grupo de Pesquisa em Engenharia e Computação Prof. Dr. Hemerson Pistori Junho/2004 Campo Grande - MS SUMÁRIO Introdução Equipe Linhas de Pesquisa Projetos Parcerias Estrutura Publicações Conclusões

Leia mais

Uma Metodologia para Detectar e Reconhecer Placas de Sinalização de Trânsito

Uma Metodologia para Detectar e Reconhecer Placas de Sinalização de Trânsito Uma Metodologia para Detectar e Reconhecer Placas de Sinalização de Trânsito Francisco Assis da Silva 1,2, Almir Olivette Artero 3, Maria Stela Veludo de Paiva 2, Ricardo Luís Barbosa 4 1 Faculdade de

Leia mais

Uma Metodologia de Identificação de Imagens de Impressões Digitais pelo Filtro de Gabor

Uma Metodologia de Identificação de Imagens de Impressões Digitais pelo Filtro de Gabor IEEE LATIN AMERICA TRANSACTIONS, VOL. 4, NO. 1, MARCH 2006 1 Uma Metodologia de Identificação de Imagens de Impressões Digitais pelo Filtro de Gabor Sanderson L. Gonzaga de Oliveira e Joaquim Teixeira

Leia mais

Análise e Processamento de Sinal e Imagem. IV - Processamento e Análise de Imagem II

Análise e Processamento de Sinal e Imagem. IV - Processamento e Análise de Imagem II IV - Processamento e Análise de Imagem II António M. Gonçalves Pinheiro Departamento de Física Covilhã - Portugal pinheiro@ubi.pt Processamento e Análise de Imagem Análise de Imagem 1. Técnicas básicas

Leia mais

AGRUPAMENTO DE DADOS SEMI-SUPERVISIONADO NO CONTEXTO DE APRENDIZADO DE MÁQUINA

AGRUPAMENTO DE DADOS SEMI-SUPERVISIONADO NO CONTEXTO DE APRENDIZADO DE MÁQUINA AGRUPAMENTO DE DADOS SEMI-SUPERVISIONADO NO CONTEXTO DE APRENDIZADO DE MÁQUINA Jornada Científica UFSCar - 2009 Priscilla de Abreu Lopes priscilla_lopes@dc.ufscar.br AGRUPAMENTO DE DADOS - INTRODUÇÃO 1.

Leia mais

Descritores de textura na análise de imagens de microtomografia computadorizada

Descritores de textura na análise de imagens de microtomografia computadorizada Trabalho apresentado no XXXV CNMAC, Natal-RN, 2014. Descritores de textura na análise de imagens de microtomografia computadorizada Sandro R. Fernandes Departamento de Educação e Tecnologia, Núcleo de

Leia mais

Comparação de Clusters para Detecção da Pele

Comparação de Clusters para Detecção da Pele Comparação de Clusters para Detecção da Pele Andréia V. Nascimento, Michelle M. Mendonça, Juliana G. Denipote, Maria Stela V. Paiva Escola de Engenharia de São Carlos EESC. Universidade de São Paulo USP

Leia mais

Orientação de Documentos Digitalizados

Orientação de Documentos Digitalizados Orientação de Documentos Digitalizados Proposta do Trabalho de Graduação em Computação Visual Junho de 2004 Universidade Federal de Pernambuco Ciências da Computação Orientador: Rafael Dueire Lins Aluno:

Leia mais

Avaliação de métodos de casamento de imagens para mosaico de imagens orbitais

Avaliação de métodos de casamento de imagens para mosaico de imagens orbitais Avaliação de métodos de casamento de imagens para mosaico de imagens orbitais Emiliano Ferreira Castejon 1 Carlos Henrique Quartucci Forster Leila Maria Garcia Fonseca 1 Etore Marcari Junior 1 1 Instituto

Leia mais

UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT

UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT UM COMPOSITOR MUSICAL TANGÍVEL USANDO O ARTOOLKIT Marcelo Fernandes França (Bolsista PIBIC/CNPq) Felipe Afonso de Almeida (Orientador) Davi D Andréa Baccan (Co-orientador) Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Leia mais

Transformada de Distância por Morfologia Matemática

Transformada de Distância por Morfologia Matemática Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação i Transformada de Distância por Morfologia Matemática Autor: Orientador: Francisco de Assis Zampirolli Prof.

Leia mais

W. R. Silva Classificação de Mamografias pela densidade do tecido mamário

W. R. Silva Classificação de Mamografias pela densidade do tecido mamário Classificação de Mamografias pela densidade do tecido mamário Welber Ribeiro da Silva Universidade Federal de Ouro Preto Campus Universitário, Ouro Preto MG Brazil 19 de Abril de 2012 Definição Câncer

Leia mais

Cálculo do conjunto paralelo

Cálculo do conjunto paralelo Cálculo do conjunto paralelo Vamos usar letras maiúsculas A; B, etc para representar conjuntos e letras minusculas x, y, etc para descrever seus pontos. Vamos usar a notação x para descrever a norma de

Leia mais

Comparação entre as Técnicas de Agrupamento K-Means e Fuzzy C-Means para Segmentação de Imagens Coloridas

Comparação entre as Técnicas de Agrupamento K-Means e Fuzzy C-Means para Segmentação de Imagens Coloridas Comparação entre as Técnicas de Agrupamento K-Means e Fuzzy C-Means para Segmentação de Imagens Coloridas Vinicius Ruela Pereira Borges 1 1 Faculdade de Computação - Universidade Federal de Uberlândia

Leia mais

Uma abordagem Fuzzy para Detecção de Bordas em Imagens Digitais

Uma abordagem Fuzzy para Detecção de Bordas em Imagens Digitais Uma abordagem Fuzzy para Detecção de Bordas em Imagens Digitais Inês Aparecida Gasparotto Boaventura Depto de Ciências de Computação e Estatística, IBILCE, UNESP, 15054-000, São José do Rio Preto, SP E-mail:

Leia mais

SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS UTILIZANDO JSEG E PERCEPTRON MULTICAMADAS

SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS UTILIZANDO JSEG E PERCEPTRON MULTICAMADAS SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS... 189 SEGMENTAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS DE LARANJEIRAS UTILIZANDO JSEG E PERCEPTRON MULTICAMADAS Felipe Alves Cavani Rafael Vieira de Sousa Arthur

Leia mais

Interpolação de Curvas de Nível por Difusão de Calor

Interpolação de Curvas de Nível por Difusão de Calor Interpolação de Curvas de Nível por Difusão de Calor ROBERTO DE BEAUCLAIR SEIXAS LUIZ HENRIQUE DE FIGUEIREDO CLAUDIO ANTONIO DA SILVA IMPA Instituto de Matemática Pura e Aplicada VISGRAF Laboratório de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENADOR1A DE PÓS-GRADUAÇÃO STHCTOSBJSU DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENADOR1A DE PÓS-GRADUAÇÃO STHCTOSBJSU DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO COORDENADOR1A DE PÓS-GRADUAÇÃO STHCTOSBJSU DISCIPLINA Código Denominação Crédito(s) n Carga Horária Teórica Prática Total PCC-XXX 5Q3 Processamento

Leia mais

Método Dialético de Otimização usando o Princípio da Máxima Entropia

Método Dialético de Otimização usando o Princípio da Máxima Entropia Learning and Nonlinear Models Revista da Sociedade Brasileira de Redes Neurais (SBRN) Vol 7 No. 2 pp. 54-64 2009 Método Dialético de Otimização usando o Princípio da Máxima Entropia Wellington Pinheiro

Leia mais

Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos

Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos Especificação, Modelação e Projecto de Sistemas Embutidos Petri Nets Paulo Pedreiras pbrp@ua.pt Departamento de Electrónica, Telecomunicações e Informática Universidade de Aveiro Parcialmente baseado no

Leia mais

Vetor Quantização e Aglomeramento (Clustering)

Vetor Quantização e Aglomeramento (Clustering) (Clustering) Introdução Aglomeramento de K-partes Desafios do Aglomeramento Aglomeramento Hierárquico Aglomeramento divisivo (top-down) Aglomeramento inclusivo (bottom-up) Aplicações para o reconhecimento

Leia mais

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1

Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 Fatores de Impacto para alguns Periódicos Base JCR-2003 /ISI 1 O Journal Citation Reports (JCR) publica anualmente o índice conhecido por fator de impacto de um periódico para medir a freqüência com que

Leia mais

Mosaico de Imagens baseado na Análise em Múltiplas Resoluções

Mosaico de Imagens baseado na Análise em Múltiplas Resoluções Mosaico de Imagens baseado na Análise em Múltiplas Resoluções Vantier Veronezi Bagli, Leila M. G. Fonseca Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) São José dos Campos SP Brasil {vantier,leila}@dpi.inpe.br

Leia mais

Gerenciamento de Workflows Científicos em Bioinformática

Gerenciamento de Workflows Científicos em Bioinformática Gerenciamento de Workflows Científicos em Bioinformática Agosto de 2007 Estudante: Orientador: Co-orientadora: Luciano Antonio Digiampietri João Carlos Setubal Claudia Bauzer Medeiros Roteiro Introdução

Leia mais

UNIVERSIDADE F EDERAL DE P ERNAMBUCO ANÁLISE DE UM MÉTODO PARA DETECÇÃO DE PEDESTRES EM IMAGENS PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE F EDERAL DE P ERNAMBUCO ANÁLISE DE UM MÉTODO PARA DETECÇÃO DE PEDESTRES EM IMAGENS PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE F EDERAL DE P ERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA 2010.2 ANÁLISE DE UM MÉTODO PARA DETECÇÃO DE PEDESTRES EM IMAGENS PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO Aluno!

Leia mais

Segmentação Automática de Candidatos a Nódulos Pulmonares em Imagens de Tomografia Computadorizada

Segmentação Automática de Candidatos a Nódulos Pulmonares em Imagens de Tomografia Computadorizada Segmentação Automática de Candidatos a Nódulos Pulmonares em Imagens de Tomografia Computadorizada Maria J. C. de Moura 1, Alcilene D. de Sousa 1, Ivo A. de Oliveira 1, Laércio N. Mesquita 1, Patrícia

Leia mais

Processamento de imagens para resolução de problemas de reflexos e sombras

Processamento de imagens para resolução de problemas de reflexos e sombras Processamento de imagens para resolução de problemas de reflexos e sombras Ricardo Petri Silva 1, Alan Salvany Felinto 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL) Caixa Postal

Leia mais

Uma Proposta de Melhoria Automática em Imagens Faciais

Uma Proposta de Melhoria Automática em Imagens Faciais Uma Proposta de Melhoria Automática em Imagens Faciais André Sobiecki 1, Carlos Eduardo Thomaz 2 e Luiz Antonio Pereira Neves 3 Universidade do Estado de Santa Catarina UDESC 1 Centro Universitário da

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE PLANTAS POR ANÁLISE DE TEXTURA FOLIAR

IDENTIFICAÇÃO DE PLANTAS POR ANÁLISE DE TEXTURA FOLIAR IDENTIFICAÇÃO DE PLANTAS POR ANÁLISE DE TEXTURA FOLIAR André R. Backes 1, Dalcimar Casanova 2, Odemir M. Bruno 2 1 Faculdade de Computação (FACOM), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Uberlândia,

Leia mais

SVM Support Vector Machine

SVM Support Vector Machine SVM Support Vector Machine Ø Introduction Ø Application to Indoor Localization (MLP x LVQ x SVM) Laboratório de Automação e Robótica - A. Bauchspiess Soft Computing - Neural Networks and Fuzzy Logic SVM

Leia mais

Uma Proposta de Recuperação de Imagens Mamográficas Baseada em Conteúdo

Uma Proposta de Recuperação de Imagens Mamográficas Baseada em Conteúdo Uma Proposta de Recuperação de Imagens Mamográficas Baseada em Conteúdo H. E. R. Gato 1,3, F. L. S. Nunes 2 e H. Schiabel 1 1 USP- Depto. de Engenharia Elétrica, São Carlos, Brasil 2 Centro Universitário

Leia mais

Utilização de imagens de sensoriamento remoto de alta resolução para realizar a contagem de copas em povoamento de Eucalyptus spp.

Utilização de imagens de sensoriamento remoto de alta resolução para realizar a contagem de copas em povoamento de Eucalyptus spp. Utilização de imagens de sensoriamento remoto de alta resolução para realizar a contagem de copas em povoamento de Eucalyptus spp. Frederico Pereira Reis 1, Luciano T. de Oliveira 2, Luis Marcelo T. de

Leia mais

Manual de Docência para a Disciplina de Análise Matemática II

Manual de Docência para a Disciplina de Análise Matemática II Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciência e Tecnologia Manual de Docência para a Disciplina de Análise Matemática II Número de horas do programa: 90 horas Número de horas semanal: 6 horas Número

Leia mais

Identificação de objetos móveis com uso de imagens aéreas obtidas por VANT. Rodrigo Augusto Rebouças 1 Matheus Habermann 1 Elcio Hideiti Shiguemori 1

Identificação de objetos móveis com uso de imagens aéreas obtidas por VANT. Rodrigo Augusto Rebouças 1 Matheus Habermann 1 Elcio Hideiti Shiguemori 1 Identificação de objetos móveis com uso de imagens aéreas obtidas por VANT Rodrigo Augusto Rebouças 1 Matheus Habermann 1 Elcio Hideiti Shiguemori 1 1 Instituto de Estudos Avançados IEAv/DCTA São José

Leia mais

Juiz Virtual Um Sistema para Análise de Lances de Futebol

Juiz Virtual Um Sistema para Análise de Lances de Futebol Juiz Virtual Um Sistema para Análise de Lances de Futebol Flávio Szenberg 1, Paulo Cezar Pinto Carvalho 2, Marcelo Gattass 1 1 TeCGraf Departamento de Informática, PUC-Rio Rua Marquês de São Vicente, 255,

Leia mais

Sistema de Reconhecimento de Impressões Digitais. Resumo

Sistema de Reconhecimento de Impressões Digitais. Resumo Sistema de Reconhecimento de Impressões Digitais Álvaro N. Prestes Relatório Técnico, Introdução ao Processamento de Imagens Programa de Engenharia de Sistemas e Computação - PESC/COPPE Universidade Federal

Leia mais

Aprendizagem de Máquina

Aprendizagem de Máquina Aprendizagem de Máquina Alessandro L. Koerich Algoritmo k Means Mestrado/Doutorado em Informática (PPGIa) Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) 2 Problema do Agrupamento Seja x = (x 1, x 2,,

Leia mais

Comparação entre a Máscara de Nitidez Cúbica e o Laplaciano para Realce de Imagens Digitais

Comparação entre a Máscara de Nitidez Cúbica e o Laplaciano para Realce de Imagens Digitais Comparação entre a Máscara de Nitidez Cúbica e o Laplaciano para Realce de Imagens Digitais Wesley B. Dourado, Renata N. Imada, Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional, FCT, UNESP,

Leia mais

Aprendizagem de Máquina

Aprendizagem de Máquina Aprendizagem de Máquina Alessandro L. Koerich Programa de Pós-Graduação em Informática Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) Horários Aulas Sala [quinta-feira, 7:30 12:00] Atendimento Segunda

Leia mais

Sistemas Automáticos de Identificação de Impressões Digitais Fingerprint Automatic Identification Systems

Sistemas Automáticos de Identificação de Impressões Digitais Fingerprint Automatic Identification Systems Sistemas Automáticos de Identificação de Impressões Digitais Fingerprint Automatic Identification Systems Raimundo Cláudio da Silva Vasconcelos 1, FATEC Resumo Este trabalho trata do uso das impressões

Leia mais

O Problema do k-servidor

O Problema do k-servidor Autor: Mário César San Felice Orientador: Orlando Lee 22 de março de 2010, IC-Unicamp Estrutura A seguir temos a estrutura geral da dissertação. Otimização combinatória Computação online Análise competitiva

Leia mais

RECONHECIMENTO DE OBJETOS CONTIDOS EM IMAGENS ATRAVÉS DE REDES NEURAIS

RECONHECIMENTO DE OBJETOS CONTIDOS EM IMAGENS ATRAVÉS DE REDES NEURAIS RECONHECIMENTO DE OBJETOS CONTIDOS EM IMAGENS ATRAVÉS DE REDES NEURAIS LUIZ EDUARDO NICOLINI DO PATROCÍNIO NUNES Departamento de Engenharia Mecânica Universidade de Taubaté PEDRO PAULO LEITE DO PRADO Departamento

Leia mais

ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA ILUMINAÇÃO NA CLASSIFICAÇÃO DE FACES EM IMAGENS DIGITAIS

ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA ILUMINAÇÃO NA CLASSIFICAÇÃO DE FACES EM IMAGENS DIGITAIS ANÁLISE DA INFLUÊNCIA DA ILUMINAÇÃO NA CLASSIFICAÇÃO DE FACES EM IMAGENS DIGITAIS Dielly de Oliveira VIANA¹; Eanes Torres PEREIRA². ¹Aluno do curso de Computação; ²Professor do curso de Computação; Departamento

Leia mais

EFEITO DA COMPRESSÃO FRACTAL DE IMAGENS NA ETAPA DE SEGMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE RECONHECIMENTO DE ÍRIS

EFEITO DA COMPRESSÃO FRACTAL DE IMAGENS NA ETAPA DE SEGMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE RECONHECIMENTO DE ÍRIS EFEITO DA COMPRESSÃO FRACTAL DE IMAGENS NA ETAPA DE SEGMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE RECONHECIMENTO DE ÍRIS Milena B. P. Carneiro *, Sandreane P. Silva #, Antônio C. P. Veiga, Edna L. Flores, Gilberto A. Carrijo

Leia mais

Programa de Formação Complementar em Sistemas de Processamento Digital de Imagens em Colaboração com a Indústria para Alunos de Graduação

Programa de Formação Complementar em Sistemas de Processamento Digital de Imagens em Colaboração com a Indústria para Alunos de Graduação Programa de Formação Complementar em Sistemas de Processamento Digital de Imagens em Colaboração com a Indústria para Alunos de Graduação Waldir S. S. Júnior 1, Celso B. Carvalho 1, Kenny V. dos Santos

Leia mais

Recuperação parcial de imagens: Abordagem baseada em topologia hierárquica e similaridade de cor

Recuperação parcial de imagens: Abordagem baseada em topologia hierárquica e similaridade de cor Recuperação parcial de imagens: Abordagem baseada em topologia hierárquica e similaridade de cor Autor: Dalí Freire Dias dos Santos Orientadora: Denise Guliato Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Leia mais

DETECÇÃO DE VEÍCULOS EM ESTRADAS UTILIZANDO PROCESSAMENTO DE IMAGENS: UMA REVISÃO

DETECÇÃO DE VEÍCULOS EM ESTRADAS UTILIZANDO PROCESSAMENTO DE IMAGENS: UMA REVISÃO DETECÇÃO DE VEÍCULOS EM ESTRADAS UTILIZANDO PROCESSAMENTO DE IMAGENS: UMA REVISÃO FRANCISCO HEIDER WILLY DOS SANTOS 1, JÚNIO MOREIRA 2,VICTOR B. F. GONTIJO 3 GIOVANNI FRANCISCO RABELO 4, ANDRÉ VITAL SAÚDE

Leia mais

3DODYUDVFKDYH Visão Computacional, Inteligência Artificial, Redes Neurais Artificiais.

3DODYUDVFKDYH Visão Computacional, Inteligência Artificial, Redes Neurais Artificiais. 80,7(0$'(9, 23$5$5(&21+(&,0(172'(3(d$(080 7$%8/(,52'(;$'5(= Sérgio Faustino Ribeiro Juracy Emanuel M. da França Marcelo Alves de Barros José Homero Feitosa Cavalcanti Universidade Federal da Paraíba CCT/COPIN/NEUROLAB-CT/DTM

Leia mais

PROCESSO DE DETECÇÃO FACIAL, UTILIZANDO VIOLA;JONES

PROCESSO DE DETECÇÃO FACIAL, UTILIZANDO VIOLA;JONES EXATAS E TECNOLÓGICAS ISSN IMPRESSO - 2359-4934 ISSN ELETRÔNICO - 2359-4942 PROCESSO DE DETECÇÃO FACIAL, UTILIZANDO VIOLA;JONES Luciana Maiara Queiroz de Santanas 1 Fábio Rocha Gomes 2 Thiago S. Reis Santos

Leia mais

ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1314/18282 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Autor: Patrícia Aparecida Proença 1 Orientador: Prof. Dr. Ilmério Reis da Silva 1 Co-Orientadora: Profª. Drª Celia A.

Autor: Patrícia Aparecida Proença 1 Orientador: Prof. Dr. Ilmério Reis da Silva 1 Co-Orientadora: Profª. Drª Celia A. UMA PROPOSTA DE MELHORIA NO PROCESSO DE RECUPERAÇÃO DE IMAGENS DIGITAIS COM BASE NA DISTRIBUIÇÃO DE CARACTERÍSTICAS DE BAIXO NÍVEL EM SEUS SEGMENTOS UTILIZANDO ÍNDICE INVERTIDO Autor: Patrícia Aparecida

Leia mais

Cifras de Chaves Simétricas por. Blocos (2010/10/7) P. Quaresma. Cifras Fieiras. Cifras por Blocos. Cifras de Chaves. Cifra Produto & Rede de FEAL

Cifras de Chaves Simétricas por. Blocos (2010/10/7) P. Quaresma. Cifras Fieiras. Cifras por Blocos. Cifras de Chaves. Cifra Produto & Rede de FEAL Cifras por Cifras por Definição (Cifra de ) Considere uma cifra constituída por um conjunto de funções de encriptação e desencriptação, respectivamente {E e : e K} e {D d : d K}, onde K é o espaço das

Leia mais

Sistema de Controle de Acesso Baseado no Reconhecimento de Faces

Sistema de Controle de Acesso Baseado no Reconhecimento de Faces Sistema de Controle de Acesso Baseado no Reconhecimento de Faces Access Control System Based on Face Recognition Tiago A. Neves, Welton S. De Oliveira e Jean-Jacques De Groote Faculdades COC de Ribeirão

Leia mais

QoSTVApp: Uma Aplicação Semântica para o SBTVD. Autores: Mailson S. Couto (IF Sertão) Vandeclécio L. Da Silva (UERN) Cláudia Ribeiro (UERN)

QoSTVApp: Uma Aplicação Semântica para o SBTVD. Autores: Mailson S. Couto (IF Sertão) Vandeclécio L. Da Silva (UERN) Cláudia Ribeiro (UERN) QoSTVApp: Uma Aplicação Semântica para o SBTVD Autores: Mailson S. Couto (IF Sertão) Vandeclécio L. Da Silva (UERN) Cláudia Ribeiro (UERN) Novembro, 2012 Roteiro 1) Introdução TV Digital 2) Qualidade de

Leia mais

2006/2007 Análise e Síntese de Algoritmos 2

2006/2007 Análise e Síntese de Algoritmos 2 Análise e Síntese de Algoritmos Árvores Abrangentes de Menor Custo CLRS, Cap. 23 Resumo Árvores Abrangentes de Menor Custo Minimum-Spanning Trees (MSTs) Algoritmo (greedy) genérico Prova de optimalidade

Leia mais

Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio

Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio Representando Características Autonômicas nos Processos de Negócio Karolyne Oliveira, Tarcísio Pereira, Emanuel Santos, Jaelson Castro Universidade Federal de Pernambuco UFPE, Recife, PE 50 740-560, Brazil

Leia mais

1 PRINCIPAIS TRABALHOS PUBLICADOS

1 PRINCIPAIS TRABALHOS PUBLICADOS 1 PRINCIPAIS TRABALHOS PUBLICADOS 1.1 Trabalhos com avaliadores, publicados em anais ou revistas técnicas internacionais Observamos que: a) [1] é citado em vários artigos internacionais e no livro The

Leia mais

Reconhecimento de ações humanas utilizando histogramas de gradiente e vetores de tensores localmente agregados

Reconhecimento de ações humanas utilizando histogramas de gradiente e vetores de tensores localmente agregados Reconhecimento de ações humanas utilizando histogramas de gradiente e vetores de tensores localmente agregados Luiz Maurílio da Silva Maciel 1, Marcelo Bernardes Vieira 1 1 Departamento de Ciência da Computação

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UMA PLATAFORMA COMPUTACIONAL PARA OBTENÇÃO DA FORMA 3D DE OBJECTOS USANDO TÉCNICAS DE VISÃO ACTIVA

DESENVOLVIMENTO DE UMA PLATAFORMA COMPUTACIONAL PARA OBTENÇÃO DA FORMA 3D DE OBJECTOS USANDO TÉCNICAS DE VISÃO ACTIVA DESENVOLVIMENTO DE UMA PLATAFORMA COMPUTACIONAL PARA OBTENÇÃO DA FORMA 3D DE OBJECTOS USANDO TÉCNICAS DE VISÃO ACTIVA Teresa Azevedo 1, João Manuel R. S. Tavares 1,2, Mário A. Vaz 1,2 1 Instituto de Engenharia

Leia mais

Estudo da aplicabilidade das técnicas de morfologia matemática e redes neurais aplicadas ao problema de segmentação de placas de carros

Estudo da aplicabilidade das técnicas de morfologia matemática e redes neurais aplicadas ao problema de segmentação de placas de carros Alessandra Bussador e Miguel D. Matrakas 63 Estudo da aplicabilidade das técnicas de morfologia matemática e redes neurais aplicadas ao problema de segmentação de placas de carros Alessandra Bussador (Mestre)

Leia mais

[1] ALCAIM, A.. Processamento de Voz e Imagem. PUC Rio, 1999.

[1] ALCAIM, A.. Processamento de Voz e Imagem. PUC Rio, 1999. Referências Bibliográficas [1] ALCAIM, A.. Processamento de Voz e Imagem. PUC Rio, 1999. [2] ATAL, B.. Automatic Recognition of speakers from Their Voices. Proceeding of the IEEE, Vol. 64, No. 4, pp. 460-475,

Leia mais

Anais do IX Congresso Brasileiro de Redes Neurais / Inteligência Computacional (IX CBRN) Ouro Preto 25-28 de Outubro de 2009

Anais do IX Congresso Brasileiro de Redes Neurais / Inteligência Computacional (IX CBRN) Ouro Preto 25-28 de Outubro de 2009 SISTEMA NEURAL DE DETECÇÃO DE PLACAS DE VEÍCULOS AUTOMOTORES EM IMAGENS DIGITALIZADAS Luís Victor Cascão, José M. de Seixas Laboratório de Proces de Sinais COPPE/Poli - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Leia mais

A implantação do CMM em um

A implantação do CMM em um A implantação do CMM em um ambiente de P&D EPQS - Campinas, 16/Setembro2004 Ana Pavan Lúcia Gastal 2004 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Tópicos a serem abordados Parte I : A organização HP P&D

Leia mais

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO DOS PARTICIPANTES EXTERNOS

RELATÓRIO DE PRODUÇÃO DOS PARTICIPANTES EXTERNOS PLATAFORMA SUCUPIRA Emitido em 08/10/2014 às 11:18 Portal do Coordenador RELATÓRIO DE PRODUÇÃO DOS PARTICIPANTES EXTERNOS Instituição de Ensino: UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG) Programa: CIÊNCIA DA

Leia mais

Identificação de Nódulos Pulmonares Utilizando a Construção de Mapas de Conexidade Fuzzy Partindo da Escolha de uma Semente Ideal

Identificação de Nódulos Pulmonares Utilizando a Construção de Mapas de Conexidade Fuzzy Partindo da Escolha de uma Semente Ideal Identificação de Nódulos Pulmonares Utilizando a Construção de Mapas de Conexidade Fuzzy Partindo da Escolha de uma Semente Ideal Tiago Emmanuel Praxedes Silva 1, Marcelo Costa Oliveira 1 1 Curso de Ciência

Leia mais

IBP476_03. Abstract. Resumo

IBP476_03. Abstract. Resumo SISTEMA DE AVALIAÇÃO AMBIENTAL DE ALTERNATIVAS DE PERCURSOS UMA ABORDAGEM TECNOLÓGICA PARA ESTUDOS DE VIABILIDADE AMBIENTAL DE PROJETOS Wilson José de Oliveira 1, Patrícia Pereira Porciano 1 Beatriz Silva

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES DE PAVIMENTAÇÃO NA ORIENTAÇÃO DE CEGOS

IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES DE PAVIMENTAÇÃO NA ORIENTAÇÃO DE CEGOS IDENTIFICAÇÃO DE MARCADORES DE PAVIMENTAÇÃO NA ORIENTAÇÃO DE CEGOS André Zuconelli¹, Manassés Ribeiro² Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense - Campus Videira Rodovia SC, Km 5

Leia mais

VISÃO COMPUTACIONAL APLICADA A SISTEMAS PRODUTIVOS: FUNDAMENTOS E ESTUDO DE CASO

VISÃO COMPUTACIONAL APLICADA A SISTEMAS PRODUTIVOS: FUNDAMENTOS E ESTUDO DE CASO VISÃO COMPUTACIONAL APLICADA A SISTEMAS PRODUTIVOS: FUNDAMENTOS E ESTUDO DE CASO Marcelo Rudek, Leandro dos Santos Coelho, Osiris Canciglieri Junior Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUCPR/LAS/CCET,

Leia mais

Identificação de Padrões em Imagens de Sistemas de Segurança Utilizando Wavelets

Identificação de Padrões em Imagens de Sistemas de Segurança Utilizando Wavelets Identificação de Padrões em Imagens de Sistemas de Segurança Utilizando Wavelets. Introdução O propósito deste trabalho é avaliar as técnicas de visão computacional e mostrar que é possível identificar

Leia mais

UMA HEURÍSTICA GRASP PARA O PROBLEMA ESTENDIDO DE SEQUENCIAMENTO DE CARROS

UMA HEURÍSTICA GRASP PARA O PROBLEMA ESTENDIDO DE SEQUENCIAMENTO DE CARROS UMA HEURÍSTICA GRASP PARA O PROBLEMA ESTENDIDO DE SEQUENCIAMENTO DE CARROS Lucas Middeldorf Rizzo Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - Belo Horizonte - MG CEP 31270-901

Leia mais

Uso do algoritmo divisão K-médias adaptado para definição de background em imagens do Landsat 8

Uso do algoritmo divisão K-médias adaptado para definição de background em imagens do Landsat 8 Uso do algoritmo divisão K-médias adaptado para definição de background em imagens do Landsat 8 Rodrigo Augusto Rebouças 1 Rafael Duarte Coelho dos Santos 2 Mateus Habermann 1 Elcio Hideiti Shiguemori

Leia mais

Segmentação de Imagens Médicas Baseada no Uso das Bibliotecas ITK e VTK

Segmentação de Imagens Médicas Baseada no Uso das Bibliotecas ITK e VTK Segmentação de Imagens Médicas Baseada no Uso das Bibliotecas ITK e VTK Diego R. Medaglia (FAPERGS), Isabel Harb Manssour (Orientadora) Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Faculdade

Leia mais

8 Bibliografia. ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534.

8 Bibliografia. ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534. Bibliografia 88 8 Bibliografia ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534. AMBRIOLA, V.; TORTORA, G. Advances in Software

Leia mais

Pré processamento de dados II. Mineração de Dados 2012

Pré processamento de dados II. Mineração de Dados 2012 Pré processamento de dados II Mineração de Dados 2012 Luís Rato Universidade de Évora, 2012 Mineração de dados / Data Mining 1 Redução de dimensionalidade Objetivo: Evitar excesso de dimensionalidade Reduzir

Leia mais

Método para reconhecimento de íris baseado na sua região interna

Método para reconhecimento de íris baseado na sua região interna Método para reconhecimento de íris baseado na sua região interna Jonathan G. Rogéri 1 Aledir S. Pereira 2 Norian Marranghello 3 Alex F. Araujo 4 João Manuel R. S. Tavares 5 RESUMO: O reconhecimento de

Leia mais

Análise do uso de diferentes bandas de cores na detecção do disco óptico em imagens de retina

Análise do uso de diferentes bandas de cores na detecção do disco óptico em imagens de retina Análise do uso de diferentes bandas de cores na detecção do disco óptico em imagens de retina Fernando A. Sousa, Luckas M. R. dos Santos e Rodrigo de M. S. Veras 1 Departamento de Computação Universidade

Leia mais

RECONHECIMENTO DE AVES DE NOMES ONOMATOPÉICOS

RECONHECIMENTO DE AVES DE NOMES ONOMATOPÉICOS RECONHECIMENTO DE AVES DE NOMES ONOMATOPÉICOS Célio Seixo de BRITO Junior, Paulo César Miranda MACHADO Escola de Engenharia Elétrica e de Computação, UFG, 74001-970, Goiânia, GO Celiojunior01@gmail.com,

Leia mais

Algoritmos de Subtração Básica de Fundo

Algoritmos de Subtração Básica de Fundo Algoritmos de Subtração Básica de Fundo Leonardo Ronald Perin Rauta leonardorauta@univali.br UNIVALI Anita Maria da Rocha Fernandes anita.fernandes@univali.br UNIVALI Resumo:Algoritmos de subtração de

Leia mais