Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro"

Transcrição

1 Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro I Semana de Liturgia 21 a 25 de setembro de Sacrosanctum Concilium 50 anos depois. Por uma participação ativa, consciente e plena.

2 Abertura Solo: Abrirei meus lábios num canto de amor. Todos: Abrirei meus lábios num canto de amor. Solo: Ao Deus da plena vida o meu louvor! Todos: Ao Deus da plena vida o meu louvor! Solo: Abrirei meu braços e o meu coração. Todos: Ao Deus da plena vida o meu louvor! Solo: Pra te acolher ó minha irmã! ó meu irmão! Todos: Pra te acolher ó minha irmã! ó meu irmão! Solo: Glória seja ao Pai e ao filho, nosso bem! Todos: Glória seja ao Pai e ao filho, nosso bem! Solo: Glória ao Divino Espírito, amém! Todos: Glória ao Divino Espírito, amém!

3 Recordação da Vida Os cristãos creem em Jesus Cristo vivo e ressuscitado, vivido como mística que transforma a vida. Por isso, na liturgia, o mistério se realiza pela celebração do rito. Toda a sua estrutura está no encontro entre a ação divina (graça) e a ação humana (vida).

4 Ação divina e ação humana se integram no ritual litúrgico numa harmoniosa conjunção de orações, saudações, silêncios, cantos e reflexões (DUARTE, 2002, p. 35).

5 Para celebrar a sua fé, as comunidades cristãs foram, ao longo dos séculos, elaborando rituais. O repertório litúrgico vem da cultura, do ambiente cultural e linguístico em que o cristianismo se implantou como opção religiosa do povo que acolheu a mensagem do evangelho e aceitou Jesus Cristo como seu Senhor.

6 Todo esse repertório litúrgico símbolos, gestos, movimentos e expressões linguísticas foram incorporandose nas comunidades cristãs em todo o mundo, compondo os rituais, que se organizaram dentro de famílias litúrgicas.

7 Consideramos, com grande otimismo, que o processo histórico de renovação da vida litúrgica no Brasil teve avanços marcantes, o que é um privilégio de poucos lugares do mundo.

8 Isso é notado quando participamos de encontros intercontinentais e os ritos são animados pelos vários grupos ali presentes: espera-se sempre que as celebrações presididas e animadas pelos grupos do Brasil sejam mais dinâmicas, inculturadas e envolventes. Os tempos dos rituais litúrgicos anêmicos ficaram para trás.

9 Dentro das características e da espiritualidade de cada grupo eclesial, esperam-se sempre celebrações mais dinâmicas e eficazes, capazes de tocar o espírito de toda a assembleia.

10 Todas as comunidades e seus presidentes de celebração têm consciência de que o fator preceitual, que obrigava os fiéis a participar dos sacramentos, praticamente desapareceu.

11 Entendemos então que é preciso criar comunidades que respeitem os próprios valores, cultura, realidade concreta e dinamismo, possibilitando que os fiéis as integrem como membros de uma comunidade caminhante, sintam necessidade de irem ao culto e o façam com alegria e entusiasmo.

12 Salmo 150 Louvai ao Senhor. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder. Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza. Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos. Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes. Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor.

13 Leitura Bíblica At 2, 42-47

14 Oração da Liturgia Divino Espírito Santo iluminai as nossas mentes, transformai os nossos corações! Que este encontro e estudo nos ajude a mergulhar no mistério da fé e da vida celebrada em comunidade. Dai-nos força e coragem, sabedoria e criatividade. Queremos organizar uma Pastoral Litúrgica dinâmica, a fim de que todo o vosso povo participe da liturgia de maneira mais plena, ativa e consciente. Amém. Vinde Espírito Santo...

15 Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro I Semana de Liturgia 21 a 25 de setembro de Sacrosanctum Concilium 50 anos depois. Por uma participação ativa, consciente e plena.

16 Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 2º Dia Liturgia e Catequese. Celebrando a Palavra e a Vida

17 Abertura Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis) Vem, não demores mais, vem nos libertar! (bis) Desta caminhada ele é força e luz, (bis) É quem nos reanima, ele nos conduz! (bis) Com teu povo unido venho agradecer, (bis) Por graças recebidas, vamos bendizer. (bis) A tua passagem nos dá vida e paz, (bis) Tua presença amiga só prazer nos traz. (bis) Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis) Glória a Trindade Santa, glória ao Deus bendito. (bis) Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! (bis) Do povo em caminhada a Deus louvação. (bis) Vem, ó Santo Espírito, iluminar! (bis) Este nosso encontro vem abençoar. (bis)

18 Recordação da Vida A Catequese seja feita em continuidade com a Liturgia. (SC n. 35) A Liturgia é uma fonte inesgotável de Catequese: é lugar onde se manifesta de modo sublime a Palavra de Deus e, portanto, a fonte privilegiada de Catequese é a Sagrada Liturgia (DNC n.115).

19 O mistério de Cristo é o centro da Catequese, por isso, a Igreja não cessa de repetir que é portadora da mensagem da Salvação, destinada a todos os seres humanos. A sua missão é anunciar e realizar na terra a salvação de Jesus Cristo. É missão de evangelização, que é um aspecto da Catequese: o seu centro é o Mistério de Cristo, núcleo central sempre anunciado na Liturgia: Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, e a sua obra salvadora, realizada na Encarnação.

20 O Catecismo da Igreja Católica, no que diz respeito à relação Catequese e Liturgia, diz o seguinte: A liturgia é o ápice para o qual tende a ação da Igreja, e ao mesmo tempo é a fonte donde emana toda a sua força (SC 13). Ela é, portanto, o lugar privilegiado da catequese do povo de Deus. A catequese está intrinsecamente ligada a toda ação litúrgica e sacramental, pois é nos sacramentos, e sobretudo na Eucaristia, que Cristo Jesus age em plenitude para a transformação dos homens. (Catechesi Tradendae 23).

21 A catequese tem missão de aprofundar e reintroduzir a linguagem simbólica na liturgia. E ela mesma, a catequese, deve ser lugar, espaço, momento celebrativo. Deve acolher o mistério da vida no mistério divino, que é o Plano de Deus, e expressá-lo na celebração. E a liturgia acolhe o conteúdo catequético e o celebra como louvor, alegria, vida em Deus e vida na comunidade.

22 Hino A nós descei, divina luz. (2x) Em nossas almas acendei, o amor, o amor de Jesus. (2x) Vós sois a alma da Igreja. Vós sois a vida, sois o amor. Vós sois a graça benfazeja. Vós sois a graça benfazeja. Que nos irmana no Senhor! Que nos irmana no Senhor!

23 Leitura Bíblica Lc 4, 17ss

24 Pai nosso

25 Oração da Liturgia Divino Espírito Santo iluminai as nossas mentes, transformai os nossos corações! Que este encontro e estudo nos ajude a mergulhar no mistério da fé e da vida celebrada em comunidade. Dai-nos força e coragem, sabedoria e criatividade. Queremos organizar uma Pastoral Litúrgica dinâmica, a fim de que todo o vosso povo participe da liturgia de maneira mais plena, ativa e consciente. Amém. Vinde Espírito Santo...

26 Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro I Semana de Liturgia 21 a 25 de setembro de Sacrosanctum Concilium 50 anos depois. Por uma participação ativa, consciente e plena.

27 Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro 3º Dia Ano Litúrgico: Vivência e Espiritualidade.

28 Abertura Estes lábios meus, vem abrir Senhor. (bis) Cante esta minha boca sempre o teu louvor (bis) Venham adoremos a nosso Senhor (bis) Com toda a Igreja, louvemos ao Salvador (bis) Dia após dia o Senhor nos chama. (bis) A celebrar a vida no tempo e na história (bis) Glória ao Pai ao Filho, e ao Santo Espírito (bis) Glória a Trindade Santa, glória ao Deus bendito (bis) Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! (bis) Cristo é nosso caminho, nossa celebração (bis)

29 Recordação da Vida A Sacrosanctum Concilium (SC) situou a liturgia, assim como a Igreja, no conjunto da longa história da salvação que tem seu ponto central em Jesus Cristo, síntese e cume desta história (cf. SC 2,5, 6, 7, 8). Concentrando toda a história da salvação no mistério de Cristo, a Igreja lê, celebra, atualiza as maravilhas de Deus ao longo do ano litúrgico, através das diversas celebrações: dos Sacramentos e Sacramentais, da Palavra, e do ofício divino.

30 Recordação da Vida Você recorda de algum fato ou acontecimento que o marcou em algum tempo do Ano Litúrgico? Partilha

31 Hino Há um tempo para tudo: de nascer e de morrer; tempo de chorar a vida, de sorrir e agradecer. Para quem sente que a vida é um presente do Senhor, sempre é tempo de alegria, sempre é tempo de amor. Neste mundo tudo passa, nós também vamos passar... Ilusões e vaidades vão, um dia, terminar. Só o amor e a verdade vão pra sempre perdurar. Meus irmãos, enquanto é tempo, vamos aprender a amar!

32 Leitura Bíblica Ecle 3, 1-15.

33 Pai nosso

34 Oração da Liturgia Divino Espírito Santo iluminai as nossas mentes, transformai os nossos corações! Que este encontro e estudo nos ajude a mergulhar no mistério da fé e da vida celebrada em comunidade. Dai-nos força e coragem, sabedoria e criatividade. Queremos organizar uma Pastoral Litúrgica dinâmica, a fim de que todo o vosso povo participe da liturgia de maneira mais plena, ativa e consciente. Amém. Vinde Espírito Santo...

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral

42ª Assembleia. Diocesana de Pastoral ORAÇÃO Refrão meditativo: Vem, vem, vem! Vem Espírito Santo de amor! Vem a nós, traz à Igreja um novo vigor! 1. ABERTURA - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar, (bis) - Vem, não demores mais, vem nos libertar.

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio

1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio 1- ASSUNTO: Curso de liturgia na Paróquia Santo Antônio 2- TEMA: Liturgia 3- OBJETIVO GERAL Assessorar as 12 comunidades pertencentes à Paróquia Santo Antônio, motivando-as a celebrar com fé o Mistério

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA 1 2 ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS DOCUMENTO DA CNBB - 52 3 SENTIDO LITÚRGICO DA CELEBRAÇÃO

Leia mais

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas Cantos do Evangelho Pe. José Weber, SVD Cantos do Evangelho Anos A, B e C & Solenidades e Festas Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Autor de todas as melodias Pe. José Weber, SVD Organização

Leia mais

CELEBRAÇÃO DE NATAL COMUNIDADE EDUCATIVA

CELEBRAÇÃO DE NATAL COMUNIDADE EDUCATIVA CELEBRAÇÃO DE NATAL COMUNIDADE EDUCATIVA 11 de dezembro de 2014 Abertura: Irmã Regina. Animador: Deus se faz presente na vida de todo ser humano e de todas as formas deixa-nos sentir seu amor e desejo

Leia mais

Entrada: Por sua Morte.. Por sua morte, a morte viu o fim. do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu

Entrada: Por sua Morte.. Por sua morte, a morte viu o fim. do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu Entrada: Por sua Morte.. Por sua morte, a morte viu o fim do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu e neste homem, o homem enfim se descobriu. Meu coração me diz: "o amor me

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTO DE ENTRADA: E B7 Dentro de mim existe uma luz/ Que me mostra por onde deverei andar F#m B7 E Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina buscar

Leia mais

9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C

9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C 29 DE MAIO DE 2016 05 DE JUNHO DE 2016 12 DE JUNHO DE 2016

Leia mais

Celebração do Dia do Catequista 27 de agosto de 2017

Celebração do Dia do Catequista 27 de agosto de 2017 Celebração do Dia do Catequista 27 de agosto de 2017 Buscando integrar catequese e liturgia, propomos para a celebração do dia do catequista deste ano, um roteiro baseado no Oficio Divino (Liturgia das

Leia mais

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Temos, com muita frequência, insistido sobre a realidade do espaço eclesial que cada batizado ocupa na Igreja. Porém, não obstante

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus:

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: CRISTELO 24 de Maio de 2009 Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: Pedro e João impuseram-lhes as mãos e

Leia mais

Por uma liturgia mais animada. Giovanni Marques Santos

Por uma liturgia mais animada. Giovanni Marques Santos Por uma liturgia mais animada Giovanni Marques Santos liturgia animada liturgia des-animada liturgia animada COM ALMA (anima), ação sim-bólica em que nos colocamos por inteiro, para que a graça divina

Leia mais

Teologia Sistemática

Teologia Sistemática Teologia Sistemática Patriarcado de Lisboa Instituto Diocesano de Formação Cristã Escola de Leigos 1º Semestre 2014/2015 Docente: Juan Ambrosio Fernando Catarino Tema da sessão A Igreja 1. Identidade e

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO DIA NACIONAL DOS CRISTÃOS LEIGOS E LEIGAS E DE ABERTURA DO ANO NACIONAL DO LAICATO 26/ 11/ 2017 Material necessário: [Banner

Leia mais

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação.

Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós. Coração Imaculado de Maria, sede a nossa salvação. 5 Introdução A devoção ao Imaculado Coração de Maria é uma das mais belas manifestações

Leia mais

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico?

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico? O ANO LITÚRGICO Chama-se Ano Litúrgico o tempo em que a Igreja celebra todos os feitos salvíficos operados por Deus em Jesus Cristo. "Através do ciclo anual, a Igreja comemora o mistério de Cristo, desde

Leia mais

Salmo - Sl 65. Ah, ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor!! Meu espírito exulta em Deus, meu salvador!! Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora

Salmo - Sl 65. Ah, ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor!! Meu espírito exulta em Deus, meu salvador!! Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora Quem é esta que avança como aurora Temível como exército em ordem de batalha Brilhante como o sol e como a lua Mostrando o caminho aos filhos seus Ah, ah, ah,

Leia mais

Formação para Coroinhas 1

Formação para Coroinhas 1 Formação para Coroinhas 1 Formação para Coroinhas 1 - Nova Edição.indd 1 27/06/17 10:49 Coleção L, Como participar da eucaristia? Catequese sobre a missa, José Antônio M. Busch Formação para coroinhas

Leia mais

Ano B. Livro de Partituras. Missas da Quaresma Missas de Páscoa Missa de Pentecostes Missa da Santíssima Trindade. Diocese de Oliveira

Ano B. Livro de Partituras. Missas da Quaresma Missas de Páscoa Missa de Pentecostes Missa da Santíssima Trindade. Diocese de Oliveira Ano B Livro de Partituras Missas da Quaresma Missas de Páscoa Missa de Pentecostes Missa da Santíssima Trindade Diocese de Oliveira SUMÁRIO MISSAS DA QUARESMA ENTRADA - Hino Da Campanha Da Fraternidade

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

O Rito de Iniciação Cristã de Adultos (= RICA) Características fundamentais e Perguntas mais frequentes...

O Rito de Iniciação Cristã de Adultos (= RICA) Características fundamentais e Perguntas mais frequentes... O Rito de Iniciação Cristã de Adultos (= RICA) Características fundamentais e Perguntas mais frequentes... O que é RICA? O Rito de Iniciação Cristã é destinado a adultos que ouviram o anúncio do mistério

Leia mais

Celebração para o dia do/a Catequista 2013

Celebração para o dia do/a Catequista 2013 Celebração para o dia do/a Catequista 2013 Comissão Episcopal Pastoral para Animação Bíblico-Catequética 30 ANOS DE CATEQUESE RENOVADA Celebração para o dia do/a Catequista 25 de agosto /2013 A Catequese

Leia mais

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus

A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia como comunicação do Amor de Deus A Liturgia - O Que é a Liturgia - Quem se comunica pela Liturgia. Como comunicação do amor de Deus - Como se deu essa comunicação de Amor. - Como ela se realiza.

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Princípios para uma Catequese Renovada Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Por que Renovada? Podemos renovar o que ainda não existe? Como renovar? Introdução A renovação atual da catequese nasceu para

Leia mais

Quando para-se para refletir sobre o significado da palavra MARIA na vida dos cristãos, por diversas formas pode-se entendê-la: seja como a Mãe do

Quando para-se para refletir sobre o significado da palavra MARIA na vida dos cristãos, por diversas formas pode-se entendê-la: seja como a Mãe do Quando para-se para refletir sobre o significado da palavra MARIA na vida dos cristãos, por diversas formas pode-se entendê-la: seja como a Mãe do Deus feito Homem Jesus Cristo, Mãe da Igreja ou ainda

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento 14 1 INTRODUÇÃO CÂNTICO DE COMUNHÃO É o Meu Corpo Possivelmente estamos habituados a procurar Deus nas grandes coisas da vida, boas ou menos boas, e esquecemo-nos

Leia mais

DINÂMICA PARA O ADVENTO E NATAL

DINÂMICA PARA O ADVENTO E NATAL DINÂMICA PARA O ADVENTO E NATAL 2009 2010 Às portas do Ano da Missão, queremos propor uma dinâmica que envolva, nesse espírito, toda a catequese, com os seus catequizandos, catequistas e pais, bem como

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

Onde Situar a Catequese hoje?

Onde Situar a Catequese hoje? Onde Situar a Catequese hoje? Qual é o nosso conceito de catequese? Conceito amplo Itinerário amplo Conceito estrito Limitado ao momento do encontro A CATEQUESE É UMA AÇÃO ESSENCIALMENTE EDUCATIVA AÇÃO

Leia mais

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que?

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? -Ota fu miga Metodologia de uma Escola Bíblico-Catequética Método. [do gr.

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros

4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros 4.1 IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM DOS SACRAMENTOS Autoria de Luiz Tadeu Dias de Medeiros Ser CRISTÃO -> significa acreditar no Deus de Jesus Cristo; mas não é só acreditar -> é esforçar-se para vivenciar: a)

Leia mais

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010 FESTA DO ESPIRITO "É este o fruto do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e auto-domínio." Gl, 5,22 Espírito Santo ajuda-nos a ter estes Teus frutos!

Leia mais

HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD

HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD o interessante. Você pode posicionar a caixa tas de Desenho para alterar a formatação HINOS DA HARPA CRISTÃ VIOLINO 1 OSAD NOME louvai-o com instrumentos de cordas... AGRADECIMENTOS Agradecemos ao Deus

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida (Jo 14,6)

Eu sou o caminho, a verdade e a vida (Jo 14,6) 5º DOMINGO DA PÁSCOA 14 de maio de 2017 Eu sou o caminho, a verdade e a vida (Jo 14,6) Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19 (R/.22); Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; e João 14, 1-12. COR

Leia mais

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Imersão progressiva na onda do Espírito, acompanhada por testemunhas feita de escuta, encontros e experiências no coração do REINO/COMUNIDADE

Leia mais

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão SECRETARIADO DIOCESANO DE CATEQUESE DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA SANTARÉM Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão Tema: A EUCARISTIA (Também se pode recorrer ao power point sobre a Eucaristia)

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

Metas/Objetivos Descritores de Desempenho/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação

Metas/Objetivos Descritores de Desempenho/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação Domínio Religião e experiência religiosa Cultura cristã e visão cristã da vida Ética e moral cristã DEPARTAMENTO DE PASTORAL DISCIPLINA: EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA PLANIFICAÇÃO DE 5º ANO Calendarização:

Leia mais

Escutar a Palavra do Senhor

Escutar a Palavra do Senhor EMBARGO ATÉ ÀS 18H30M DO DIA 20 DE MARÇO DE 2011 Escutar a Palavra do Senhor Catequese do 2º Domingo da Quaresma Sé Patriarcal, 20 de Março de 2011 Introdução 1. Na primeira Catequese vimos que Deus, ao

Leia mais

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses:

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses: O Conselho Nacional da RCCBRASIL, que está reunido em Brasília desde a última quarta-feira, dia 21, discerniu a temática que deverá acompanhar as missões, encontros e ser trabalhada nas reuniões de oração

Leia mais

"Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne."

Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne. Marlene e Almir "Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne." Recebo-te por minha esposa e por meu esposo e prometo ser-te fiel, amar-te e respeitar-te,

Leia mais

SUMÁRIO MISSAS DE NOSSA SENHORA - ANO C

SUMÁRIO MISSAS DE NOSSA SENHORA - ANO C Ano C Livro de Partituras Missas de Nossa Senhora São Sebastião E São josé Diocese de Oliveira SUMÁRIO MISSAS DE NOSSA SENHORA - ANO C IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA PROCISSÃO DE ENTRADA - Imaculada, Maria

Leia mais

TRÍDUO PASCAL DA PAIXÃO E MORTE, SEPULTURA E RESSURREIÇÃO DE JESUS. Quinta-Feira Santa, 21h30 Missa da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés

TRÍDUO PASCAL DA PAIXÃO E MORTE, SEPULTURA E RESSURREIÇÃO DE JESUS. Quinta-Feira Santa, 21h30 Missa da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés Como Paulo e com Cristo, subamos a Jerusalém!...Gal.1,18; Mc.10,33 Semana Santa 2009 na Paróquia de Nossa Senhora da Hora DOMINGO DE RAMOS 09h45 (Bênção dos Ramos) e Missa (10h00) na Igreja Paroquial 11h00

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

SINAL DA CRUZ. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

SINAL DA CRUZ. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. [Ano] SINAL DA CRUZ 1 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém. A liturgia usa muito a linguagem dos sinais, dos gestos e das posições. O primeiro sinal o mais importante e o mais conhecido

Leia mais

PARTE I O MISTÉRIO, O ESPAÇO E OS MINISTROS I.

PARTE I O MISTÉRIO, O ESPAÇO E OS MINISTROS I. ÍNDICE GERAL Uma palavra do autor... p. 3 Lista de abreviatura... p. 7 PARTE I O MISTÉRIO, O ESPAÇO E OS MINISTROS I. Por amor a Liturgia A importância de se amar a Liturgia... n. 1 Necessidade de deixar

Leia mais

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES MARCO SITUACIONAL - DIOCESE DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES V Conferência Geral do Episcopado da América Latina e Caribe Aparecida, 13 a 31 de

Leia mais

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo)

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo) I - OS SACRAMENTOS DE INICIAÇÃO CRISTÃ O que se realiza nos sacramentos da iniciação com o ser humano se dá pela graça de Deus Diante destas constatações podemos dizer que a teologia dos sacramentos de

Leia mais

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade.

Paróquia missionária. O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Paróquia missionária O novo povo de Deus em forma de missão que participa da caminhada junto à humanidade. Renovação das paróquias As paróquias são células vivas da Igreja e o lugar privilegiado no qual

Leia mais

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017

Roteiro Celebrativo Mês Diocesano do Dízimo 2017 02 de julho de 2017 13º Domingo do Tempo Comum Sejam bem-vindos à celebração eucarística. Convocados pelo Pai, incorporados a Cristo e movidos pelo Espírito Santo, tornamo-nos assembleia celebrativa para

Leia mais

Vogal de Liturgia Cadernos de Serviços

Vogal de Liturgia Cadernos de Serviços Vogal de Liturgia Cadernos de Serviços Nome: Conselho Local / Regional / Nacional Centro Local: A Liturgia é um dos três Ministérios da vida da Igreja, para além do ministério profético e da caridade.

Leia mais

ENCONTRAMOS O SENHOR! VEM E VÊ!

ENCONTRAMOS O SENHOR! VEM E VÊ! ENCONTRAMOS O SENHOR! VEM E VÊ! CATEQUESE: PERSPECTIVA CRISTOLÓGICO-BÍBLICA 1 Viram o Senhor e conheceram coisas maravilhosas: que coisas são estas? A catequese visa ajudar outros a encontrarem o Senhor

Leia mais

CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS

CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS 1- ACOLHENDO Animador 1: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Sejam todos bem vindos à esta nossa celebração. Diante aos desafios para a família na atualidade,

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS

ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS 1 ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Orientações para a Celebração da Palavra de Deus. 16ªed. São Paulo: Paulinas, 2004 (Documentos da CNBB,

Leia mais

Mestra do Anúncio, Profecia do Amor

Mestra do Anúncio, Profecia do Amor Mestra do Anúncio, Profecia do Amor 1. Ouvindo o arauto da Mensagem, Ó terra eleita que o Espírito lavra, Também dizemos: oh! cheia de graça, Sois serva e mensageira da Palavra. Saudada por todas as gerações:

Leia mais

Em nome do Pai. Em nome do Filho. / Em nome do Espírito Santo, estamos aqui.

Em nome do Pai. Em nome do Filho. / Em nome do Espírito Santo, estamos aqui. 01 Deus trino INTRO: D, E/D, C#m, F#m, B4, D/A, E, A A/G D/F# D A E A E Em nome do Pai. Em nome do Filho. / Em nome do Espírito Santo, estamos aqui. A A(5#) D D#º A E A A7 Em nome do Pai. Em nome do Filho.

Leia mais

Cânticos para Missa Advento/2016

Cânticos para Missa Advento/2016 Santuário das Almas/Icaraí Cânticos para Missa Advento/2016 Data 17/12 www.oficinademusica.org Procissão de Entrada: Vamos Celebrar Todos reunidos na casa de Deus Com cantos de alegria e grande louvor

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

REZAR COM O PAPA. Os Idosos Dário Pedroso, s.j. Introdução

REZAR COM O PAPA. Os Idosos Dário Pedroso, s.j. Introdução REZAR COM O PAPA Os Idosos Dário Pedroso, s.j. Introdução Continuamos empenhados, nesta rede mundial de oração com o Papa e pelas suas intenções, a rezar, a fazer subir ao Coração do Pai das Misericórdias

Leia mais

MISSA COM A CATEQUESE - SANTÍSSIMA TRINDADE C 2010 Guião com monições mistagógicas

MISSA COM A CATEQUESE - SANTÍSSIMA TRINDADE C 2010 Guião com monições mistagógicas MISSA COM A CATEQUESE - SANTÍSSIMA TRINDADE C 2010 Guião com monições mistagógicas Monição antes do Cântico de Entrada: Monitor: Queridos irmãos e irmãs: Concluiu-se já o tempo da Páscoa e eisnos agora,

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UM MINISTRO DA MÚSICA: Que ajude a assembleia a entrar no mistério de Deus pela música;

O QUE SE ESPERA DE UM MINISTRO DA MÚSICA: Que ajude a assembleia a entrar no mistério de Deus pela música; O QUE SE ESPERA DE UM MINISTRO DA MÚSICA: Que ajude a assembleia a entrar no mistério de Deus pela música; Que esteja a serviço da igreja e da liturgia e não de si mesmo e de seus gostos pessoais; Que

Leia mais

15º Domingo do Tempo Comum 16º Domingo do Tempo Comum 17º Domingo do Tempo Comum 18º Domingo do Tempo Comum

15º Domingo do Tempo Comum 16º Domingo do Tempo Comum 17º Domingo do Tempo Comum 18º Domingo do Tempo Comum CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 15º Domingo do Tempo Comum 16º Domingo do Tempo Comum 17º Domingo do Tempo Comum 18º Domingo do Tempo Comum 10 DE JULHO DE 2016 17 DE JULHO DE 2016

Leia mais

LEIGOS e LEIGAS SACRAMENTINOS

LEIGOS e LEIGAS SACRAMENTINOS LEIGOS e LEIGAS SACRAMENTINOS Roteiro de Formação Continuada Ano II - nº 20/2009 - leigossacramentinos@yahoogrupos.com.br PROJETO DE VIDA Admissão e Formação Permanente Mês de novembro Projeto de Vida

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE

ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE Proposta Comissão Diocesana ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE - MATERIAL DIDÁTICO - INSCRIÇÕES (crianças, adolescentes, adultos) - FORMAÇÃO DOS CATEQUISTAS- ORGANIZAÇÃO DA CATEQUESE OBJETIVO: Que a catequese na

Leia mais

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO

IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IMPELIDOS PELO ESPÍRITO PARA A MISSÃO IGREJA EM SAÍDA CULTURA DO ENCONTRO comunidade eclesial a V O C A Ç Ã O NASCE, CRESCE na IGREJA; é SUSTENTADA pela IGREJA. Todos os cristãos são constituídos missionários

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

* Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO. DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski

* Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO. DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski Introdução Neste primeiro volume da Apostila da Pastoral do dizimo, desejamos aprofundar o

Leia mais

Páscoa do Senhor de 2016 Missa do Dia.

Páscoa do Senhor de 2016 Missa do Dia. Páscoa do Senhor de 2016 Missa do Dia. Caríssimos Irmãos e Irmãs: Ainda temos diante de nossos olhos e ressoando em nossos ouvidos a celebração desta Noite Santa da Páscoa da Ressurreição do Senhor, cuja

Leia mais

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações.

de Jesus, nos é dada a oportunidade de iluminar as nossas ações. Novena de Natal O tempo do Advento é constituído das quatro semanas que antecedem o Natal do Senhor. É, portanto, tempo de piedosa espera. Ora, esperar uma pessoa querida requer alegre e cuidadosa preparação.

Leia mais

Nos Atos dos Apóstolos, além do primeiro Pentecostes, há vários outros pentecostes e pentecostinhos. Por exemplo:-

Nos Atos dos Apóstolos, além do primeiro Pentecostes, há vários outros pentecostes e pentecostinhos. Por exemplo:- Nos Atos dos Apóstolos, além do primeiro Pentecostes, há vários outros pentecostes e pentecostinhos. Por exemplo:- - quando a comunidade está em oração durante a perseguição (At 4,31); - quando Pedro acolhe

Leia mais

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar Entrada: Deixa a Luz do céu entrar TU ANSEIAS EU BEM SEI POR SALVAÇÃO, TENS DESEJO DE BANIR A ESCURIDÃO ABRE POIS DE PAR EM PAR TEU CORAÇÃO, E DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR. (DEIXA

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

Igreja é lugar de recolhimento, de oração. Jesus ia ao Templo com seus pais e apóstolos.

Igreja é lugar de recolhimento, de oração. Jesus ia ao Templo com seus pais e apóstolos. POR QUE IR À IGREJA? Certo dia, Jesus contou a seguinte parábola a alguns que se consideravam justos e desprezavam os outros."dois homens foram ao Templo para orar. Um era fariseu e o outro, publicano.

Leia mais

Vinde, Espírito Santo Seg, 05 de Junho de :52

Vinde, Espírito Santo Seg, 05 de Junho de :52 No alto da Cruz, quando Jesus morreu, entregou o Espírito. Não é apenas uma citação de um salmo, mas a realidade da entrega do Espírito à Igreja nascente do lado de Cristo, fonte de graça e vida para todos.

Leia mais

Roteiros Mensais para Grupos

Roteiros Mensais para Grupos Roteiros Mensais para Grupos JUNHO 2017 INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA Ajudar a aprofundar e rezar com a INTENÇÃO DE ORAÇÃO DO PAPA de cada mês, para mobilizar os grupos e a vida pessoal diante dos grandes

Leia mais

Solenidade da Imaculada Conceição

Solenidade da Imaculada Conceição 1.A Igreja celebra hoje a solenidade litúrgica da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Padroeira de Portugal. Este é, por isso, um dia solene, um dia de graça e um dia de bênção para a Igreja e para

Leia mais

AS CELEBRAÇÕES EXPLICADAS AOS COROINHAS E ACÓLITOS Pequeno manual de liturgia prática

AS CELEBRAÇÕES EXPLICADAS AOS COROINHAS E ACÓLITOS Pequeno manual de liturgia prática AS CELEBRAÇÕES EXPLICADAS AOS COROINHAS E ACÓLITOS Pequeno manual de liturgia prática Coleção Celebração da fé Celebrações explicadas aos coroinhas e acólitos (As), Edson Adolfo Deretti Curso de preparação

Leia mais

É neste contexto que o Santuário acolhe a III Peregrinação Nacional a Fátima das Escolas Católicas (EC) que terá lugar em 21 de outubro de 2016.

É neste contexto que o Santuário acolhe a III Peregrinação Nacional a Fátima das Escolas Católicas (EC) que terá lugar em 21 de outubro de 2016. Regulamento Pela arte até Maria Sessão Cultural das Escolas Católicas www.fatima.pt/documentacao 2015/2016 1. CONTEXTUALIZAÇÃO Em 2017 celebra-se o Centenário das Aparições de Fátima. É neste contexto

Leia mais

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Celebrar a festa de São Bento é para todos nós uma oportunidade a mais para refletir se, de fato, vivemos com seriedade

Leia mais

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português 1º Ano Paroquial e CNE Escutismo Católico Português JESUS GOSTA DE MIM Proporcionar às crianças um bom acolhimento eclesial, pelos catequistas e por toda a comunidade cristã (cf CT 16 e 24). Ajudá-las

Leia mais

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar Entrada: Deixa a Luz do céu entrar TU ANSEIAS EU BEM SEI POR SALVAÇÃO, TENS DESEJO DE BANIR A ESCURIDÃO ABRE POIS DE PAR EM PAR TEU CORAÇÃO, E DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR. (DEIXA

Leia mais

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO

SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO SACRAMENTO DO MATRIMÔNIO Objetivo geral do encontro: Ao final deste encontro, o grupo deverá ser capaz de compreender o Matrimônio como uma instituição elevada à categoria de Sacramento por Jesus Cristo,

Leia mais

REFRÃO ORANTE TU ÉS FONTE DE VIDA

REFRÃO ORANTE TU ÉS FONTE DE VIDA REFRÃO ORANTE TU ÉS FONTE DE VIDA CANTO DE ENTRADA SENHOR EIS AQUI O TEU POVO CANTO DE ENTRADA SENHOR EIS AQUI O TEU POVO Em D Em G C B 7 Senhor, eis aqui o teu povo/ Que vem implorar teu perdão/ Am B

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Quarta-feira, 22 de maio de 2013 Pais e Padrinhos das Crianças da Catequese Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso Senhor

Leia mais

Planificação Anual 10º ano da catequese

Planificação Anual 10º ano da catequese Finalidade: Descobrir-se Cristão : Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Planificação Anual 10º ano da 1º Creio em Conhecer Confrontar com valores de caridade, amor,

Leia mais

Culto de Ordenação. Liturgia. Ordenandos

Culto de Ordenação. Liturgia. Ordenandos 1 Culto de Ordenação Liturgia Ordenandos Alex Valmor Stahlhöfer Bianca Ferreira Weiss Gizele Zimmermann Grégori Rogê Santos Jaime Jung Joice Aline Klein Ligiane Taiza Müller Fernandes 2 Porto Alegre/RS,

Leia mais

FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano. 14 de junho de Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas

FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano. 14 de junho de Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas FESTA DO PAI-NOSSO 2º Ano 14 de junho de 2014 Catequese Paroquial de Santa Maria da Feira Núcleo: Missionários Passionistas MONIÇÃO ANTES DO CÂNTICO DE ENTRADA (Criança) Olá, nós as crianças do 2º ano

Leia mais