SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COMPACTA 36,2 KV 02

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COMPACTA 36,2 KV 02"

Transcrição

1 SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES LIMA ENGENHARIA E CADASTRO-SP

2 SUMÁRIO 1. OBJETIVO HISTÓRICO DAS REVISÕES APLICAÇÃO REFERÊNCIAS EXTERNAS DEFINIÇÕES DESCRIÇÃO E RESPONSABILIDADES Condições gerais Apresentação Critérios para utilização Restrições de utilização Aspectos construtivos Sequência de fases Manutenção e operação Diretrizes técnicas Instalação dos separadores de rede compacta Afastamentos mínimos Distâncias mínimas entre fase-fase e fase-terra Distância mínima entre condutores de circuitos diferentes REGISTROS DA QUALIDADE ANEXOS... 8 PÁGINA 2 DE 59

3 1. OBJETIVO Estabelecer critérios e padrões básicos para construção e/ou instalação da rede de distribuição aérea compacta, sistema trifásico na tensão nominal de 36,2 kv. 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES Versão Início da Vigência Responsáveis Seções atingidas / Descrição 01 22/07/2014 Elaboração: Edson Yakabi, Guilherme Sales, Luana M. Gomes Aprovação: Rodney Pereira Menderico Jr 02 18/11/2014 Elaboração: Edson Yakabi, Guilherme Sales, Luana M. Gomes 3. APLICAÇÃO Aprovação: Paulo J. Tavares Lima Este padrão técnico aplica-se a EDP Bandeirante. 4. REFERÊNCIAS EXTERNAS Emissão inicial. Esse documento cancela e substitui o PT.PN Revisão e atualização de padrões e listas técnicas das estruturas. Para a aplicação deste padrão, deverão ser consultadas também as seguintes normas e resoluções em sua última revisão: NBR Cabos cobertos com material polimérico para redes de distribuição aérea de energia elétrica fixados em espaçadores, em tensões de 13,8 kv a 34,5 kv; NBR Redes de distribuição aérea de energia elétrica com condutores nus. 5. DEFINIÇÕES Para os efeitos deste padrão, adotar as definições abaixo: Alça pré-formada para cabo mensageiro Anel de amarração Braço anti-balanço Braço tipo C Braço tipo L Cabo coberto Cabo mensageiro Acessório utilizado para ancoragem do cabo mensageiro em fim de linha, derivações, ângulos e estruturas com ligação de equipamentos. Acessório de material polimérico utilizado para a fixação do condutor da fase no isolador tipo pino, espaçador losangular e separador de fase. Acessório de material polimérico cuja função é a redução da vibração mecânica dos condutores da rede compacta. Ferragem, em formato C, fixada ao poste, com a finalidade de sustentação das fases em condições de ângulo e de fim de linha, derivações e conexão de equipamentos à rede compacta. Ferragem, em formato L, fixada ao poste, com a função de sustentação do cabo mensageiro da rede compacta, em condição de tangência ou com ângulos de deflexão de até 6º. Cabo dotado de cobertura protetora extrudada (XLPE), visando à redução da corrente de fuga em caso de contato acidental do cabo com objetos aterrados e diminuição do espaçamento entre condutores. Cabo bimetálico (aço revestido por camada de alumínio) utilizado para sustentação dos espaçadores e separadores e para proteção elétrica e mecânica na rede compacta. PÁGINA 3 DE 59

4 Cantoneira auxiliar para braço tipo C Ferragem utilizada para encabeçamento das fases na extremidade superior do braço tipo C ou para instalação de chaves fusíveis ou de pára-raios. Conector terminal tipo estrangulamento Conector terminal bimetálico tipo estrangulamento, composto por duas peças, sendo uma fêmea em formato "C" e um macho, acoplados um ao outro, fabricados em liga de alumínio. Espaçador losangular Acessório de material polimérico e formato losangular, cuja função é manter a sustentação e o espaçamento mínimo dos cabos cobertos ao longo da rede compacta. Estribo para braço tipo L Grampo de ancoragem Isolador tipo bastão Isolador tipo pino Laço pré-formado para cabo mensageiro Pino para isolador Separador de fases Suporte afastador horizontal Suporte horizontal Suporte Z Ferragem complementar ao braço tipo L cuja função é a sustentação do espaçador losangular junto ao braço tipo L. Acessório de material polimérico utilizado para a ancoragem do cabo coberto em estruturas de fim de linha, encabeçamento de rede, derivação e/ou ângulos. Isolador constituído de, pelo menos, dois materiais isolantes, equipado com engates metálicos para sustentação e fixação dos cabos em estruturas de fim de linha, encabeçamento da rede, derivação e/ou ângulos. Isolador dotado de orifício roscado ou provido de pino, constituído por um único corpo isolante polimérico. Acessório utilizado para fixação do mensageiro no espaçador losangular ou separador de fases. Ferragem utilizada para fixação do isolador tipo pino nas estruturas metálicas da rede compacta. Acessório de material polimérico e formato retilíneo, cuja função é manter a sustentação e os espaçamentos mínimos dos cabos cobertos, tanto ao longo da rede como nas ligações dos Fly Tap. Ferragem em perfil L, fixada ao poste, com a finalidade de sustentar os cabos cobertos em isoladores de pino permitindo um maior afastamento entre a rede compacta e edificações, também utilizado para instalação de chaves fusíveis e páraraios. Ferragem, em perfil L, fixada ao poste, com a finalidade de sustentar os cabos cobertos em isoladores de pino. Ferragem, em formato Z, com a função de fixar a chave fusível e/ou pára-raios ao braço tipo C e ao suporte afastador horizontal. 6. DESCRIÇÃO E RESPONSABILIDADES 6.1. Condições gerais Apresentação A utilização deste padrão técnico proporcionará: Minimizar a poluição visual em relação à rede aérea de distribuição convencional em função dos tipos de estruturas para sustentação dos cabos e equipamentos de proteção; Ocupação de um espaço de passagem mais reduzido que as redes convencionais; Preservação da arborização e redução do impacto ambiental com a redução drástica da necessidade de podas constantes da vegetação e a substituição das cruzetas de madeira por material polimérico ou metálico; PÁGINA 4 DE 59

5 Aumento da confiabilidade no sistema de fornecimento de energia elétrica em função da redução das interrupções acidentais e/ou programadas resultando na melhora dos indicadores técnicos de qualidade; Reduzir os custos e a periodicidade das intervenções nas redes de distribuição para manutenções preventivas, corretivas e podas de árvores; Critérios para utilização Construtivamente, a fixação do cabo mensageiro/neutro para a sustentação da rede aérea é feita através de braços metálicos fixados nos postes. Os espaçadores losangulares e separadores de fase, instalados ao longo da rede entre os pontos de fixação, permitem a compactação da estrutura garantindo o afastamento mínimo entre os condutores fase e neutro. As estruturas apresentadas nesta padronização são estruturas básicas podendo ser criadas e/ou adotadas outras combinações de estruturas, obedecendo aos princípios básicos aqui estabelecidos. Este padrão poderá ser aplicado em conjunto com o padrão de rede de distribuição aérea compacta na tensão de 15 kv Restrições de utilização Para regiões densamente poluídas e nas áreas próximas à orla marítima, não deverão ser projetadas redes aéreas com cabos cobertos, pois a deposição de agentes agressivos e/ou da maresia na superfície protetora dos cabos permite a passagem de correntes elétricas superficiais, ocasionando um fenômeno conhecido como tracking (trilhamento elétrico). A restrição de uso dos cabos cobertos nos municípios litorâneos está limitada a uma distância de trezentos (300) metros da orla marítima Aspectos construtivos Em longos trechos da rede alinhada, é recomendável intercalar estruturas de ancoragem, visando assegurar maior confiabilidade ao dimensional mecânico da rede e facilitar a construção e eventual necessidade de substituição de condutores. O alimentador deve ser mantido sempre do mesmo lado da via pública em relação a sua origem (fontecarga), para se evitar possíveis inversões no faseamento da rede Sequência de fases Para manter a sequência das fases e sua identificação visual, foi convencionado que a fase "C" sempre será a fase imediatamente mais próxima do poste. Caso seja necessária a mudança de traçado da rede (devido a interferências, mudança do poste para outro lado da rua, etc.), deverão ser feitas as transposições, tantas vezes quantas forem necessárias, a fim de manter a fase "C" sempre imediatamente mais próxima do poste, utilizando para tanto estruturas conjugadas ou separadores de fase, conforme figura abaixo. Mensageiro Mensageiro Fase C Fase A Fase A Lado do poste Fase B Fase C Fase B PÁGINA 5 DE 59

6 Para manter a compatibilidade da sequência de fases da rede de distribuição aérea compacta com a subestação (ETD) deverá ser mantida a seguinte sequência: Seqüência de Fases na distribuição Fase A Fase B Fase C Correspondente na Subestação (ETD) Azul Branca Vermelha Manutenção e operação Visando evitar contatos acidentais de animais ou objetos estranhos que possam provocar desligamentos indesejáveis, toda parte desprotegida da rede compacta, como emendas e derivações de cabos deverão possuir cobertura protetora, com exceção das chaves faca. Quando da realização de manutenção com a rede desenergizada, deverá ser verificado ao longo do circuito pontos de acesso à parte desprotegida, como coberturas móveis dos conectores cunha, buchas de equipamentos, chave faca e estribos para a instalação do conjunto de aterramento temporário. Em todos os aspectos relativos à segurança na construção, manutenção e operação, a rede compacta deve ser tratada como rede convencional nua Diretrizes técnicas Instalação dos separadores de rede compacta Afastamento dos primeiros espaçadores losangulares utilizados na rede compacta, em relação à estrutura fixa no poste (de sustentação): Estrutura no poste Afastamento (m) CE1Q 1 CE1AQ 7 a 10 Demais estruturas 12 Quantidade máxima de espaçadores losangulares instalados entre estruturas de sustentação: Entre CE1Q e CE1Q Entre CE1Q e CE1AQ Vãos (m) Espaçadores Vãos (m) Espaçadores Até 21 2 Até a a a a a a 53 5 PÁGINA 6 DE 59

7 Entre CE1Q e (CE2Q, CE3Q, CE4Q e Equipamentos) Entre CE1AQ e (CE2Q, CE3Q, CE4Q, Equipamentos) Entre duas estruturas quaisquer (CE2Q/CE2Q, CE2Q/CE3Q, outros.) Vãos (m) Espaçadores Vãos (m) Espaçadores Vãos (m) Espaçadores Até 22 1 Até 23 2 Até a a a a a a a a a 54 4 Obs.: A estrutura CE1AQ deverá ser utilizada entre estruturas CE1Q (a cada 250 metros ou 7 vãos aproximadamente), visando à estabilização física da rede Afastamentos mínimos Os condutores cobertos devem ser considerados como condutores nus, no que se refere a todos os afastamentos mínimos já padronizados para redes convencionais. A distância mínima entre condutores do mesmo circuito ou de circuitos diferentes, inclusive condutores aterrados, deve atender os itens a seguir Distâncias mínimas entre fase-fase e fase-terra As distâncias apresentadas na tabela abaixo tem como base a tensão suportável sob impulso atmosférico. Distâncias mínimas (mm) Tensão suportável sob impulso atmosférico Fase-Fase Fase-Terra kv Distância mínima entre condutores de circuitos diferentes Tensão nominal Circuito U (V) Circuito inferior superior Distância mínima (mm) < U Comunicação U < U < U Nota: Para instalação/cruzamento sobre ferrovias ou rodovias, deverão ser atendidas as exigências dos Órgãos Públicos competentes. PÁGINA 7 DE 59

8 7. REGISTROS DA QUALIDADE Não aplicável. 8. ANEXOS A. DESENHOS 001. Afastamentos mínimos entre condutores e edificações 002. Afastamento mínimo entre condutores e solo 003. Afastamento mínimo entre circuitos 004. Esquema de estruturas básicas 005. Estrutura básica CE1-Q (reta) 006. Estrutura básica CE1A-Q (intermediária-reta) 007. Estrutura básica CE2-Q (pequenos ângulos) 008. Estrutura básica CE3-Q (final de linha) 009. Estrutura básica CE4-Q (ponto mecânico) 010. Estrutura CEAF-Q (afastador) 011. Estrutura CEAF-S-Q (afastador) 012. Estrutura CEAF-C1-Q (afastador) 013. Estrutura CEAF-C4-Q (afastador) 014. Estrutura 2CE3-Q (2x final de linha) 015. Estrutura CE2-3LF-Q (derivação lado frente) 016. Estrutura CE2-3LO-Q (derivação lado oposto) 017. Estrutura CE4CF-Q (chave faca) 018. Estrutura CE-RE-Q (religadora eletrônica com chave by-pass) 019. Estrutura CE-SU-Q (entrada subterrânea - lado da posteação) 020. Estrutura CE-SU3-Q (entrada subterrânea - lado oposto/fim de linha) 021. Estrutura CE-FT-Fly-Tap-Q (fly tap) 022. CE-Losangulo-Q (espaçador losangular) 023. Alça pré-formada para condutores cobertos 024. Amarrações para cabo mensageiro 025. Amarrações para espaçador losangular 026. Amarrações para separador de Fases 027. Amarrações para isolador pino 028. Emenda para 36,2 kv 029. Aterramento ao longo da rede PÁGINA 8 DE 59

9 ANEXO A DESENHOS PÁGINA 9 DE 59

10 Desenho Desenho 2 Desenho Desenho 4 Desenho 5 Notas: 1. Afastamentos em milímetros Afastamentos mínimos entre condutores e edificações 01 / 01 PÁGINA 10 DE 59

11 15 kv e 36,2 kv 1 kv Comunicação e cabos aterrados Vias exclusivas de pedestres em áreas rurais Vias exclusivas de pedestres em áreas urbanas Locais acessíveis ao trânsito de veículos em áreas rurais Locais acessíveis ao trânsito de máquinas e equipamentos agrícolas em áreas rurais Ruas e Avenidas Entrada de prédios e demais locais de uso restrito a veículos Rodovias federais Ferrovias não eletrificadas ou não eletrificáveis Notas: 1. Os valores indicados são para o circuito mais próximo do solo, na condição de flecha máxima. 2. Afastamentos em milímetros Afastamentos mínimos entre condutores e o solo 01 / 01 PÁGINA 11 DE 59

12 Dois níveis e dois circuitos Estruturas com braço L Dois níveis e quatro circuitos Estruturas com braço L 200 Rede 34,5kV Dois níveis e dois circuitos Estruturas com braço C 450 Rede 15kV Rede 34,5kV Dois níveis e quatro circuitos Estruturas com braço C Rede 15kV Notas: 1. Dimensões em milímetros Afastamentos mínimos entre circuitos 01 / 01 PÁGINA 12 DE 59

13 Representação esquemática CE1-Q Aplicação Instalação em vãos retos CE1A-Q CE2-Q CE3-Q Instalação a cada 250 m (aproximadamente 7 vãos) em vãos retos ou com ângulo (a) máximo de 6º Instalação em vãos com ângulo (a) máximo de 30º Instalação em finais de linha CE4-Q Instalação para redução de tensão mecânica ou mudança de bitola com ângulo (a) máximo de 60º 004. Esquema de estruturas básicas 01 / 01 PÁGINA 13 DE 59

14 M20 M F110 M21 F200 F110 F110 P1 D42 D42 M M21 D42 D42 M Estrutura básica CE1-Q (reta) 01 / 02 PÁGINA 14 DE 59

15 Estrutura básica CE1-Q - Cjt Item Descrição Unid. Qtd. Código de Material Referência M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN F110 Braço tipo L - 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 2 variável ES.DT.PDN D42 Espaçador losangular polimérico - 34,5 kv pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura básica CE1-Q (reta) 02 / 02 PÁGINA 15 DE 59

16 F64/M21 M21 F200 P F200 F110 D42 F200 D44/F201 M21 F64/M21 F110 D Estrutura básica CE1A-Q (intermediária-reta) 01 / 02 PÁGINA 16 DE 59

17 Estrutura básica CE1A-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN D44 Braço anti-balanço - 34,5 kv pç DT.PN F110 Braço tipo L - 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN D42 Espaçador losangular polimérico - 34,5 kv pç DT.PN F64 Estribo para braço tipo L pç DT.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura básica CE1A-Q (intermediária-reta) 02 / 02 PÁGINA 17 DE 59

18 F85/F200 M1 200 F300 F32/I13/M F62 F200/F85 P1 F300 M F201/F84 P1 F62 F32/I13/M21 Detalhe F84 M Estrutura básica CE2-Q (pequenos ângulos) 01 / 02 PÁGINA 18 DE 59

19 Estrutura básica CE2-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura básica CE2-Q (pequenos ângulos) 02 / 02 PÁGINA 19 DE 59

20 F200 E24 O9 F201 F O9 C3 F62 F85 F300 M1 C3 F200/F85 D40/O9 F111 F201/F84 F62 D40/O9 F201/F84 C3 F201 P1 O9/O3/C021/F276 F85 F200 O9 F O9 F111 C3 I12 F83 M23 D40/O Estrutura básica CE3-Q (final de linha) 01 / 02 PÁGINA 20 DE 59

21 Estrutura básica CE3-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN C3 Cabo coberto Cu WPP 35 mm² m ES.PN F63 Cantoneira auxiliar para braço tipo C pç DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN O9 Conector cunha alumínio pç 8 variável DT.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN F83 Manilha sapatilha pç MP D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN E24 Para-raios - classe 30 kv pç ES.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F111 Suporte tipo Z pç DT.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura básica CE3-Q (final de linha) 02 / 02 PÁGINA 21 DE 59

22 F85 M1 F32/I13/M21 F83 F200 M23 F200/F85 F300 M1 M21/I13/F32 F300 M23 F62 I12 F P1 F62 F32/I13/M21 F201/F84 F62 I12 F83 M23 F200/F Estrutura básica CE4-Q (ponto mecânico) 01 / 02 PÁGINA 22 DE 59

23 Estrutura básica CE4-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F83 Manilha sapatilha pç MP F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Notas: 1. Caso haja necessidade de emendas, inserir no conjunto: 4 conectores cunha; 1 manta para reparo de cabos Estrutura básica CE4-Q (ponto mecânico) 02 / 02 PÁGINA 23 DE 59

24 F200/F85 F300 M1 F84 F200/F85/F300 M1 M F200 F85 F32/I13/F84 F300/M1 F203/F P1 M21 F Estrutura CEAF-Q (afastador) 01 / 02 PÁGINA 24 DE 59

25 Estrutura CE-AF-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F203 Parafuso de cabeça abaulada - M16x100 mm pç ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv - 240mm pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F66 Suporte afastador horizontal - 34,5 kv pç MP P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura CEAF-Q (afastador) 02 / 02 PÁGINA 25 DE 59

26 F200 F85 M1 M20 D42 F300 Vista inferior M1 F201 F M20 M21 F201 F M21 F84 D Estrutura CEAF-S-Q (afastador) 01 / 02 PÁGINA 26 DE 59

27 Estrutura CE-AF-S-Q Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç #N/D F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN Cinta tipo B pç 2 variável ES.DT.PDN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x100 mm ES.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F66 Suporte afastador horizontal - 34,5 kv pç MP Itens não inseridos no conjunto Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN D42 Espaçador losangular polimérico - 34,5 kv pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN Notas: 1. Nota 1 Exemplo 011. Estrutura CEAF-S-Q (afastador) 02 / 02 PÁGINA 27 DE 59

28 F232 F201 M1 M20 F85 D42 M21 F300 Vista inferior M1 F2 F200 F201 R F200 F2 F201 F75 F201 P1 M20 R16 F F201 F232 M21 D Estrutura CEAF-C1-Q (afastador) 01 / 02 PÁGINA 28 DE 59

29 Estrutura CE-AF-C1-Q Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç #N/D F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN Cinta tipo B pç 2 variável ES.DT.PDN R16 Cruzeta de aço 2000 mm pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F2 Mão francesa tipo 2 pç DT.PN F232 Parafuso de cabeça quadrada - M16x125 mm pç DT.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F75 Sela para cruzeta de aço pç DT.PN Itens não inseridos no conjunto Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN D42 Espaçador losangular polimérico - 34,5 kv pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN Notas: 1. Nota 1 Exemplo 012. Estrutura CEAF-C1-Q (afastador) 02 / 02 PÁGINA 29 DE 59

30 M24 I12 F217 F2 F200 F201 R16 F217 F85/F300 I F200 F84 M1 F75 F201 P I13/M21/F32 R16 F2 M a (mín.) I13/M21 M24 F85 F217 F83/F Estrutura CEAF-C4-Q (afastador) 01 / 02 PÁGINA 30 DE 59

31 Estrutura CE-AF-C4-Q Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç #N/D Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 M24 kv pç DT.PN M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN Cinta tipo B pç 2 variável ES.DT.PDN R16 Cruzeta de aço 2000 mm pç DT.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F83 Manilha sapatilha pç MP F2 Mão francesa tipo 2 pç DT.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F217 Parafuso espaçador tipo 4 - M16x500 mm pç ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F75 Sela para cruzeta de aço pç DT.PN Itens não inseridos no conjunto Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN D42 Espaçador losangular polimérico - 34,5 kv pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN Notas: 2. Nota 1 Exemplo 013. Estrutura CEAF-C4-Q (afastador) 02 / 02 PÁGINA 31 DE 59

32 F F63 F85 I13 O10 M1 F85/F200/F300 M21 I13/F32 F201/F84 F62 F63 O10 F201 F83 M23 F200/F85 I12 F83 O9/D40 M Estrutura 2CE3-Q (2x Final de linha) 01 / 02 PÁGINA 32 DE 59

33 Estrutura 2CE3-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN F63 Cantoneira auxiliar para braço tipo C pç DT.PN Cinta tipo B pç 6 variável ES.DT.PDN O9 Conector cunha CN16 pç DT.PN O9 Conector cunha CN7 pç DT.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F83 Manilha sapatilha pç MP D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura 2CE3-Q (2x Final de linha) 02 / 02 PÁGINA 33 DE 59

34 M1 M1 O F200 F85 F300 M1 F84 F F32/I13/M21 Detalhe F63 D40/O9 F200/F85/F300/M1 F62 P1 M1 O10 D40/O9 F F62 P1 F201/F84 F201 F32/I13/M21 Detalhe F83 D40/O9 F200/F85 I12 F83 M Estrutura CE2-3LF-Q (derivação lado frente) 01 / 02 PÁGINA 34 DE 59

35 Estrutura CE2-3LF-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN F63 Cantoneira auxiliar para braço tipo C pç DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN O10 Conector cunha CN7 pç DT.PN O9 Conector cunha CN16 pç DT.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F83 Manilha sapatilha pç MP D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura CE2-3LF-Q (derivação lado frente) 02 / 02 PÁGINA 35 DE 59

36 F85/M1 /F200 O10 F200 F85 F F300 M23 M1 F32/I13/M P1 F63 O9/D40 F83 F201 F83 I12 I12 F201/F84 F62 P1 F32 F63 F201/F84 F62 F201 F32/I13/M21 Detalhe F Estrutura CE2-3LO-Q (derivação lado oposto) 01 / 02 PÁGINA 36 DE 59

37 Estrutura CE2-3LO-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN F63 Cantoneira auxiliar para braço tipo C pç DT.PN Cinta tipo B pç 3 variável ES.DT.PDN O9 Conector cunha CN16 pç DT.PN O10 Conector cunha CN7 pç DT.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN F83 Manilha sapatilha pç MP D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafusa de cabeça abaulada - M16x100 mm ES.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura CE2-3LO-Q (derivação lado oposto) 02 / 02 PÁGINA 37 DE 59

38 O10 F200/F85/F F2 F234 F54 R17 F17/F201/F P1 M1 F85 F75 M1 550 F83 E8 550 I12 F217 R17 F54 F200/F85 F300 F85 E8 O41/D40 P1 F17 F87 I12 M1 F83 M23 F87 M Estrutura CE4-CF-Q (chave faca) 01 / 02 PÁGINA 38 DE 59

39 Estrutura CE4-CF-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç #N/D M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN E8 Chave faca 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 2 variável ES.DT.PDN F17 Cinta tipo H pç 1 variável ES.DT.PDN O41 Conector terminal por estrangulamento - Tipo 8 pç ES.DT.PDN O10 Conector cunha CN7 pç DT.PN R17 Cruzeta de aço 2800 mm pç DT.PN D024 Fecho para fita de aço pç ES.PN D025 Fita de aço para suporte de adesivo pç ES.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN F83 Manilha sapatilha pç MP D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F2 Mão francesa tipo 2 pç DT.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F234 Parafuso de cabeça quadrada - M16x250 mm pç DT.PN F217 Parafuso espaçador tipo 4 - M16x500 mm pç ES.PN D026 Película alfanumérica para identificação pç 6 variável DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F75 Sela para cruzeta de aço pç DT.PN F87 Suporte de escada pç DT.PN F54 Suporte para fixação de chave faca na horizontal pç DT.PN D023 Suporte para números refletivos pç MP-18-24A P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN Estrutura CE4-CF-Q (chave faca) 02 / 02 PÁGINA 39 DE 59

40 E29 M1 F85 O9 F300 C11 O9/D40 M24 C10 O2 O6 F85 F83 R16 I12 C10 F87 F201 F17 C3 Caixa de controle C3 E9 E29 C3 F52 F201 F87 M1 F85 F75 M1 D3 F83 I12 M23 R17 F87 F17 Caixa de controle C3 D3 F Estrutura CE-RE-Q (religadora eletrônica com I12 chave by-pass) M1 F85 01 / 04 PÁGINA 40 DE 59 F75

41 200 F201 F74 F217 R16 E024 F2 C E43 F201 C3 F200 F75 E2 C3 Cabo de alimentação C3 (*) sempre que possível, instalar a rede compacta de 15 kv do lado oposto a rede compacta de 34,5 kv. X X X X X X X F201 F40 O41 F217 R.A. VARIÁVEL DE ACORDO COM MODELO 300 (mín.) 300 (mín.) ABB F6 F217 C10 E29 Obs.: O espaçamento de 300 mm exigido entre as chaves by-pass deve ser respeitado. WHIPE & BOURNE C10 O41/D40 E105 NU-LEC COOPER R17 O41/D Estrutura CE-RE-Q (religadora eletrônica com chave by-pass) 02 / 04 PÁGINA 41 DE 59

42 CE-RE-Q Referência Descrição Unid. Quant. Código Documento F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN M24 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç C10 Cabo coberto Al XLPE 300 mm² m ES.DT.PDN E105 Chave by-pass - Direita/Esquerda pç E105 Chave by-pass - Esquerda/Direita pç F016 Cinta tipo B pç 4 variável ES.DT.PDN F017 Cinta tipo H pç 1 variável ES.DT.PDN O009 Conector cunha pç 20 variável DT.PN O041 Conector terminal estrangulamento tipo 6 pç ES.DT.PDN R017 Cruzeta de aço 2800 m pç DT.PN R016 Cruzeta polimérica 2400 m pç DT.PN D024 Fecho para fita de aço pç ES.PN D025 Fita de aço para suporte de adesivo pç ES.PN I012 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN F083 Manilha Sapatilha pç MP F002 Mão francesa cantoneira - tipo 2 pç DT.PN F006 Mão francesa plana - tipo 3 pç DT.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16 x 45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16 x 70 mm pç ES.PN F262 Parafuso de cabeça sextavada - 1/2 " X1.3/4 " pç ES.PN F217 Parafuso espaçador tipo 4 - M16x500 mm pç ES.PN F217 Parafuso espaçador tipo 6 - M16x600 mm ES.PN E024 Para-raios - classe 30 kv pç ES.PN D026 Película alfanumérica para identificação pç 6 variável ES.DT.PDN F085 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F075 Sela para cruzeta de aço pç DT.PN F074 Sela para cruzeta de madeira pç DT.PN F087 Suporte de escada pç DT.PN F278 Suporte p/ fix.de base fusível e para-raio em cruzeta pç DT.PN D023 Suporte para números refletivos pç MP-18-24A P001 Poste de concreto de seção circular pç 1 variável ES.DT.PDN Estrutura CE-RE-Q (religadora eletrônica com chave by-pass) 03 / 04 PÁGINA 42 DE 59

43 Aterramento neutro para poste com equipamento - Cjt Referência Descrição Unid. Quant. Código Documento O009 Conector cunha pç 1 variável ES.DT.PDN O003 Conector tipo parafuso fendido - 2 AWG x 8-2 AWG pç ES.PN C021 Fio nu de cobre meio dura - 1x16 mm² m 2, NTB F276 Haste de aterramento cilíndrica pç DT.PN Estação Transformadora monofásica 1,5 kva para equipamentos Referência Descrição Unid. Quant. Código Documento E002 Chave fusível - 34,5 kv pç F016 Cinta tipo B pç 2 variável ES.DT.PDN O009 Conector cunha pç 3 variável ES.DT.PDN O006 Conector tipo grampo de linha-viva pç MP E010 Elo fusível tipo H - 1A pç ES.DT.PDN O002 Estribo pç MP C021 Fio nu de cobre meio dura - 1x16 mm² m 2, NTB F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16 x 45 mm pç ES.PN F230 Parafuso de cabeça quadrada - M16 x 50 mm pç DT.PN E022 Para-raios - classe 30 kv pç ES.PN F278 Suporte p/ fix.de base fusível e para-raio em cruzeta pç DT.PN F040 Suporte para fixação de equipamento tipo 1-285mm pç ES.PN E043 Transformador monofásico pç ES.PN Notas: 3. Nota 1 Exemplo 018. Estrutura CE-RE-Q (religadora eletrônica com chave by-pass) 04 / 04 PÁGINA 43 DE 59

44 O10 C10 O41/D40 E8 F87 M1 O9/D40 F86 E24 F53 F202/F84 F O9 F200 F200 F84 F75 O9 F F66 O41 F201 F F2 F201 F84 F200/F85/F300 F203/F F32/I13/M21 R F201 F84 O41/D40 R16 P1 D3 D Estrutura CE-SU-Q (entrada subterrânea lado da posteação) 01 / 03 PÁGINA 44 DE 59

45 Estrutura CE-SU-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç #N/D M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN C10 Cabo coberto Al XLPE 300 mm² m 3, ES.DT.PDN C3 Cabo coberto Cu WPP 35 mm² m ES.PN F86 Calço para chave de faca pç DT.PN E8 Chave faca 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 7 variável ES.DT.PDN F17 Cinta tipo H pç 1 variável ES.DT.PDN O10 Conector cunha CN7 pç DT.PN O9 Conector cunha CN16 pç DT.PN O41 Conector terminal por estrangulamento - Tipo 8 pç ES.DT.PDN R16 Cruzeta de aço 2000 mm pç DT.PN R17 Cruzeta de aço 2400 mm pç DT.PN D024 Fecho para fita de aço pç ES.PN D025 Fita de aço para suporte de adesivo pç ES.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5 kv pç ES.DT.PDN D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F2 Mão francesa tipo 2 pç DT.PN F203 Parafuso de cabeça abaulada - M16x100mm pç ES.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F202 Parafuso espaçador tipo 4 - M16x500 mm pç ES.PN E24 Para-raios - classe 30 kv pç ES.PN D026 Película alfanumérica para identificação pç 6 variável DT.PN F32 Pino curto de isolador - 34,5 kv pç DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F75 Sela para cruzeta de aço pç DT.PN F66 Suporte afastador horizontal - 34,5 kv pç MP F87 Suporte de escada pç DT.PN F53 Suporte para fixação de BF ou para-raios em cruzeta pç DT.PN D023 Suporte para números refletivos pç MP-18-24A 019. Estrutura CE-SU-Q (entrada subterrânea lado da posteação) 02 / 03 PÁGINA 45 DE 59

46 Itens não inseridos no conjunto Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN D3 Aterramento para poste com equipamento cjt Estrutura CE-SU-Q (entrada subterrânea lado da posteação) 03 / 03 PÁGINA 46 DE 59

47 F200 F85 F300 M1 C11 O41/D40 E8 F87 F63 F86 E24 F53 F202/F84 F F75 O9 F75 O9 F O41 F201 F84 F2 F201 F84 F201 F F62 P1 I F200/F85 R F201 F84 M24 R16 C10 O9/D40 O41/D40 Detalhe D3 D Estrutura CE-SU3-Q (entrada subterrânea lado oposto/fim de linha) 01 / 03 PÁGINA 47 DE 59

48 Estrutura CE-SU3-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M1 Alça pré-formada de distribuição (1/0 AWG - 70mm²) pç M23 Alça pré-formada para cabo coberto 300 mm² - 34,5 kv pç DT.PN F84 Arruela quadrada kg 0, DT.PN F62 Braço tipo C - 34,5 kv pç DT.PN C10 Cabo coberto Al XLPE 300 mm² m ES.DT.PDN C3 Cabo coberto Cu WPP 35 mm² m ES.PN F86 Calço para chave de faca pç DT.PN F63 Cantoneira auxiliar para braço tipo C pç DT.PN E8 Chave faca 34,5 kv pç DT.PN Cinta tipo B pç 7 variável ES.DT.PDN F17 Cinta tipo H pç 1 variável ES.DT.PDN O10 Conector cunha CN7 pç DT.PN O9 Conector cunha CN16 pç DT.PN O11 Conector cunha CN4 pç DT.PN O41 Conector terminal por estrangulamento - Tipo 8 pç ES.DT.PDN R16 Cruzeta de aço 2000 mm pç DT.PN R17 Cruzeta de aço 2400 mm pç DT.PN D024 Fecho para fita de aço pç ES.PN D025 Fita de aço para suporte de adesivo pç ES.PN I12 Isolador bastão polimérico - 34,5 kv pç DT.PN F83 Manilha Sapatilha pç MP D40 Manta para reparo de cabos - 34,5 kv pç ES.PN F2 Mão francesa tipo 2 pç DT.PN F203 Parafuso de cabeça abaulada - M16x100mm pç ES.PN F200 Parafuso de cabeça abaulada - M16x45 mm pç ES.PN F201 Parafuso de cabeça abaulada - M16x70 mm pç ES.PN F202 Parafuso espaçador tipo 6 - M16x600 mm pç ES.PN E24 Para-raios - classe 30 kv pç ES.PN D026 Película alfanumérica para identificação pç 6 variável DT.PN F85 Porca olhal pç DT.PN F300 Sapatilha de aço pç DT.PN F75 Sela para cruzeta de aço pç DT.PN F87 Suporte de escada pç DT.PN D023 Suporte para números refletivos pç MP-18-24A F111 Suporte tipo Z pç DT.PN Estrutura CE-SU3-Q (entrada subterrânea lado oposto/fim de linha) 02 / 03 PÁGINA 48 DE 59

49 Itens não inseridos no conjunto Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência P1 Poste circular de concreto pç 1 variável DT.PN D3 Aterramento para poste com equipamento cjt Estrutura CE-SU3-Q (entrada subterrânea lado oposto/fim de linha) 03 / 03 PÁGINA 49 DE 59

50 C M A C B M20 M21 Estrutura CE-FT-Fly-Tap-Q - Cjt Item Descrição Unid. Qtd. Código de Material Referência M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN C11 Cabo de aço aluminizado 3x5 AWG m 0, D48 O9/D40 C10 Cabo coberto Al XLPE 300 mm² m 2, ES.DT.PDN O9 Conector cunha CN16 pç DT.PN O10 Conector cunha CN7 pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN D40 Manta para reparo de cabos - 34,5kV pç ES.PN D48 Separador de fases polimérico - 34,5kV pç DT.PN O10 C Estrutura CE-FT-Fly-Tap-Q (fly tap) 01 / 01 PÁGINA 50 DE 59

51 M20 D42 D42 M21 Estrutura CE-Losangulo-Q - Cjt Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN D42 Espaçador losangular polimérico - 34,5kV pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN CE-Losangulo-Q (espaçador losangular) 01 / 01 PÁGINA 51 DE 59

52 Isolador de ancoragem polimérico Porca Olhal Manilha Sapatilha Anel de amarração Manilha sapatilha Alça preformada para condutores cobertos Alça preformada para condutores cobertos Porca Olhal Conector tipo cunha com uso da manta Isolador de ancoragem polimérico 023. Alça pré-formada para condutores cobertos 01 / 01 PÁGINA 52 DE 59

53 Sapatilha Rabicho = 150 mm aprox. Porca Olhal Alça pré-formada Porca olhal Alça pré-formada Conector tipo cunha Sapatilha Alça pré-formada Porca olhal Sapatilha 024. Amarrações para cabo mensageiro 01 / 01 PÁGINA 53 DE 59

54 Laço preformado para cabo mensageiro Anel de Amarração Fixação no estribo do braço tipo L 025. Amarrações para espaçador losangular 01 / 01 PÁGINA 54 DE 59

55 Mensageiro/Neutro M20 D48 Amarração para separador Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M21 Anel de amarração para espaçadores pç DT.PN M20 Laço pré-formado para mensageiro pç DT.PN D48 Separador de fases polimérico - 34,5kV pç DT.PN M21 D F E Posição das fases 026. Amarrações para separador de fases 01 / 01 PÁGINA 55 DE 59

56 M21 F32 I13 Amarração Lateral M21 Amarração para isolador Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência M21 Anel de amarração para isoladores pç DT.PN I13 Isolador de pino polimérico - 34,5kV pç ES.DT.PDN F32 Pino curto de isolador - 34,5kV pç DT.PN Amarrações para isolador de pino 01 / 01 PÁGINA 56 DE 59

57 Manta para reparo de cabos Luva de emenda Condutor de alumínio Camada de mastic Camada semicondutora do condutor Condutor de alumínio Camada de XLPE Camada semicondutora Detalhe do cabo Camada semicondutora aplicada Notas: 1. As compressões devem sempre ser executadas do centro da luva para as extremidades, girando-se a ferramenta de 90 a cada compressão. 2. O restabelecimento da cobertura deve ser feito conforme instruções do fabricante contidas no kit do material. 3. Código de material: Kit para reparo: ; Luva de emenda Emenda para 36,2 kv 01 / 01 PÁGINA 57 DE 59

58 O C3 O9 C30 O3 F Aterramento ao longo da rede 01 / 02 PÁGINA 58 DE 59

59 Aterramento ao longo da Rede Item Descrição Unid Qtd. Código de Material Referência C3 Cabo coberto CU WPP 35mm² PVC PR 0,8mm 2A m var ES.PN C30 Cabo de aço cobreado 3x5AWG m var O9 Conector cunha alumínio pç 1 variável ES.DT.PDN O3 Conector tipo parafuso fendido (35 com 50) pç 4 variável ES.DT.PDN F303 Haste de aterramento cilíndrico de aço-cobreado pç DT.PN Notas: 1. A posição das hastes pode ser do mesmo lado do poste ou distribuídas igualmente uma para cada lado, respeitando a distância entre hastes de, no mínimo, 2500 mm. 2. Dimensões em milímetros Aterramento ao longo da rede 02 / 02 PÁGINA 59 DE 59

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO T Í T U L O REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COMPACTA (SPACER CABLE) 34,5 KV CÓDIGO PT.PN.03.13.0005 VERSÃO Nº ATA Nº APROVAÇÃO DATAA DATA DA VIGÊNCIA 01-12/08/2011

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA PT.DT.PDN COM CABOS BAIXA TENSÃO PRÉ-REUNIDOS

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA PT.DT.PDN COM CABOS BAIXA TENSÃO PRÉ-REUNIDOS SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.05.009 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA E CADASTRO-SP SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

REDE COMPACTA PARA-RAIOS. Sumário

REDE COMPACTA PARA-RAIOS. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estruturas de Transição Rede Compacta Rede Nua com Para-Raios 6.1. Estrutura CE3.N3

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL ENTRADA CLIENTE

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL ENTRADA CLIENTE Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Ramal de Entrada Subterrâneo de Cliente 6.1. Ramal Simples em Estrutura M1 6.2. Ramal

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE COMPACTA ENTRADA CLIENTE. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE COMPACTA ENTRADA CLIENTE. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Ramal de Entrada Subterrâneo 6.1. CE2H ES Poste de Concreto de Seção Circular 6.2.

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL EQUIPAMENTOS. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL EQUIPAMENTOS. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Banco Regulador de Tensão 6.1. Em Plataforma 6.1.1. Vista Lateral 6.1.2. Vista Frontal

Leia mais

Estruturas de Rede de Distribuição em Áreas com Riscos de Desmoronamento e de Queda de Árvores e Galhos

Estruturas de Rede de Distribuição em Áreas com Riscos de Desmoronamento e de Queda de Árvores e Galhos Estruturas de Rede de Distribuição em Áreas com Riscos de Desmoronamento e de Queda de Árvores e Galhos Estruturas de Rede de Distribuição em Áreas com Riscos de Desmoronamento e de Queda de Galhos e Árvores

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE COMPACTA AMARRAÇÕES, DERIVAÇÕES E ATERRAMENTO

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE COMPACTA AMARRAÇÕES, DERIVAÇÕES E ATERRAMENTO Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Amarrações e Ancoragens 6.1. Amarrações para Isoladores 6.2. Amarrações para Espaçadores

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO T Í T U L O REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL POSTE DUPLO T CÓDIGO PT.PN.03.13.0012 VERSÃO Nº ATA Nº APROVAÇÃO DATAA DATA DA VIGÊNCIA 00-27/05/2011 27/05/2011

Leia mais

1 INTRODUÇÃO TERMINOLOGIA CONDIÇÕES GERAIS Nomenclatura das estruturas... 4

1 INTRODUÇÃO TERMINOLOGIA CONDIÇÕES GERAIS Nomenclatura das estruturas... 4 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 TERMINOLOGIA... 3 3 CONDIÇÕES GERAIS... 4 3.1 Nomenclatura das estruturas... 4 3.1.1 Estruturas básicas e suas variações... 4 3.1.2 Equipamentos:... 4 3.1.3 Configurações:...

Leia mais

REDES DE DISTRIBUIÇÃO ADENDO 1 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO

REDES DE DISTRIBUIÇÃO ADENDO 1 MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO MPN-DP-/MN-002 MANUAL DE Página 1 de 26 08/03/26 RES nº. 053/26, 08/03/26 MANUAL DE ADENDO 1 MPN-DP-/MN-002 Página 2 de 26 08/03/26 RES nº. 053/26, 08/03/26 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. APLICAÇÃO... 3 3.

Leia mais

AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS

AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS 1000 (máximo) 1750 450 500 600 VISTA LATERAL 1800 12000 100 1000 150 7300 VISTA FRONTAL VISTA SUPERIOR (1) Sem escala. (2) Medidas em milímetros. (3) Deverá atender os

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO 44/81 3. Deverão ser afixadas, com parafusos, placas identificando as chaves-facas com os dizeres FONTE, CARGA e BY PASS ; 4. Todos os reguladores de tensão deverão ser solidamente conectados ao neutro

Leia mais

REMANEJAMENTO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA

REMANEJAMENTO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA REMANEJAMENTO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA Redes de Distribuição de Baixa e Média Tensão CANOAS- RS MEMORIAL TÉCNICO DESCRITIVO PROJETO EXECUTIVO 1. OBJETIVO: Fornecer informações necessárias sobre os

Leia mais

PD Redes de Distribuição Aérea Urbana 24,2kV. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Planejamento e Engenharia

PD Redes de Distribuição Aérea Urbana 24,2kV. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Planejamento e Engenharia PD-4.002 Redes de Distribuição Aérea Urbana 24,2kV Padrão Técnico da Distribuição Diretoria de Planejamento e Engenharia Gerência de Engenharia Da Distribuição PD-4.002 Redes de Distribuição Aérea Urbana

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO 2ª EDIÇÃO ABRIL 2015 DIRETORIA DE DISTRIBUIÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E PROJETOS FICHA TÉCNICA Coordenação: José Cezar Nonato Participantes: Eleomar da Silva, José

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE MULTIPLEXADA BT ESTRUTURAS BÁSICAS

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE MULTIPLEXADA BT ESTRUTURAS BÁSICAS Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Condições Gerais 5. Requisitos Ambientais 6. Estruturas Básicas 6.1. Estrutura Tangente com Isolador Roldana SI-1 6.2. Estrutura

Leia mais

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0085 ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

Banco de Reguladores de Tensão para Rede de Distribuição

Banco de Reguladores de Tensão para Rede de Distribuição INSTALAÇÃO FASE A: N O Data Revisões Visto Vanderlei Robadey Página 1 de 6 INSTALAÇÃO FASE B: N O Data Revisões Visto Vanderlei Robadey Página 2 de 6 INSTALAÇÃO FASE C: N O Data Revisões Visto Vanderlei

Leia mais

ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREAS PRIMÁRIAS COMPACTAS PROTEGIDAS INS-CON-14. DEC.DT-003/97 Vigência: ÍNDICE

ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREAS PRIMÁRIAS COMPACTAS PROTEGIDAS INS-CON-14. DEC.DT-003/97 Vigência: ÍNDICE ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREAS PRIMÁRIAS COMPACTAS PROTEGIDAS INS-CON-14 DEC.DT-003/97 Vigência: 07.03.97 ÍNDICE CAPÍTULO ASSUNTO Pág. APRESENTAÇÃO 1 FINALIDADE 1 2 ÂMBITO DE APLICAÇÃO 1

Leia mais

NORMA TÉCNICA MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA URBANA COM CONDUTORES NUS DE SISTEMAS TRIFÁSICOS DE MÉDIA TENSÃO.

NORMA TÉCNICA MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA URBANA COM CONDUTORES NUS DE SISTEMAS TRIFÁSICOS DE MÉDIA TENSÃO. NORMA TÉCNICA NTE 026 MONTAGEM DE S DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA URBANA COM CONDUTORES NUS DE SISTEMAS TRIFÁSICOS DE MÉDIA TENSÃO - 1,8 E 4,5 kv- Cuiabá Mato Grosso - Brasil NTE 026 11ª Edição GPS/NT 1/12/2012

Leia mais

PD Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Planejamento, Engenharia e Obras da Distribuição

PD Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Planejamento, Engenharia e Obras da Distribuição PD-4.009 Redes de Distribuição Aérea Compacta 15kV Padrão Técnico da Distribuição Diretoria de Planejamento, Engenharia e Obras da Distribuição Gerência de Tecnologia da Distribuição Folha de Controle

Leia mais

Chave Fusível Religadora

Chave Fusível Religadora INSTALAÇÃO MONOFÁSICA: N O Data Revisões Visto Vanderlei Robadey Aprov. Antônio C.Alves Página 1 de 5 ITEM QUANTIDADE C M MATERIAIS M4 02 02 ALÇA PREFORMADA OLHAL DE DISTRIBUIÇÃO A2 03 05 ARRUELA E14 01

Leia mais

ESTRUTURAS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO - MULTIPLEXADA NTD SUMÁRIO

ESTRUTURAS DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO - MULTIPLEXADA NTD SUMÁRIO Página: 1 de 15 SUMÁRIO.001 - REDE SECUNDARIA MULTIPLEXADA INSTALAÇÕES E AMARRAÇÕES... 1.002 - REDE SECUNDARIA MULTIPLEXADA INSTALAÇÕES BÁSICA... 2.003 - REDE SECUNDARIA MULTIPLEXADA INSTALAÇÕES BÁSICA...

Leia mais

ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA

ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. INTRODUÇÃO 1 2. OBJETIVO 2 3. CAMPO DE APLICAÇÃO. 3 4. TERMINOLOGIA E DEFINIÇÕES 4 5. CONDIÇÕES GERAIS 6 6. AFASTAMENTOS MÍNIMOS 7 Afastamentos Mínimos entre Condutores e

Leia mais

PD Redes de Distribuição Aérea Compacta - 34,5 kv. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Engenharia. Gerência de Serviços Técnicos

PD Redes de Distribuição Aérea Compacta - 34,5 kv. Padrão Técnico da Distribuição. Diretoria de Engenharia. Gerência de Serviços Técnicos PD-4.014 Redes de Distribuição Aérea Compacta - 34,5 kv Padrão Técnico da Distribuição Diretoria de Engenharia Gerência de Serviços Técnicos Padrão de Distribuição - PD-4.014 REVISADO POR: Alexandre Amaral

Leia mais

ESTRUTURA ALTERNATIVA B4 PR-SF6 AFASTAMENTOS

ESTRUTURA ALTERNATIVA B4 PR-SF6 AFASTAMENTOS ESTRUTURA ALTERNATIVA B4 PR-SF6 AFASTAMENTOS 600 600 250 500 850 7300 1900 1800 9200 850 150 12000 (1) Medidas em milímetros. EMISSÃO: CT/PRJ-FEVEREIRO/04 REVISÃO: CNT -JUNHO/10 FOLHA : 1 / 7 ESTRUTURA

Leia mais

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº DELIBERAÇÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DE PUBLICAÇÃO 01-29/05/2014 09/06/2014 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI DTES-ES SUMÁRIO 1. OBJETIVO...

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL - ESTRUTURAS BÁSICAS

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL - ESTRUTURAS BÁSICAS Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Termos e definições 6. Condições Gerais 7. Engastamento 7.1. Engastamento Simples 7.2. Engastamento F1

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 007

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 007 NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 007 INSTALAÇÃO DE RELIGADOR AUTOMÁTICO NOJA - POWER DIRETORIA DE ENGENHARIA CORPORATIVA DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA - DPE 1- OBJETIVO Padronizar a estrutura

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO SECUNDÁRIAS AÉREAS ISOLADAS

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO ESTRUTURAS PARA REDES DE DISTRIBUIÇÃO SECUNDÁRIAS AÉREAS ISOLADAS SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.05.007 SECUNDÁRIAS AÉREAS ISOLADAS 01 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO-ES SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2.

Leia mais

NORMA TÉCNICA DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA - DPE

NORMA TÉCNICA DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA - DPE NORMA TÉCNICA DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA - DPE 1- OBJETIVO Padronizar a estrutura de montagem da chave tripolar sob carga SF6 15 kv do fabricante Arteche. 2- APLICAÇÃO DO TIPOS DE MONTAGEM

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 003

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 003 NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 00 MONTAGEM DE BANCO DE CAPACITORES SEM CONTROLE AUTOMÁTICO DIRETORIA DE ENGENHARIA CORPORATIVA 1. OBJETIVO Estabelecer a padronização da montagem de bancos de capacitores

Leia mais

Norma Técnica de Distribuição NTD-10 Padrão de Construção Estruturas de Distribuição de Média e Baixa Tensão NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-10

Norma Técnica de Distribuição NTD-10 Padrão de Construção Estruturas de Distribuição de Média e Baixa Tensão NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-10 Norma Técnica de Distribuição NTD-10 Padrão de Construção Estruturas de Distribuição de Média e Baixa Tensão NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-10 PADRÃO DE CONSTRUÇÃO ESTRUTURAS DE DISTRIBUIÇÃO DE MÉDIA

Leia mais

Sumário. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 10/07/2012 TÍTULO: Estrutura do SEMTS na Rede de MT VERSÃO NORMA: 1.1

Sumário. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 10/07/2012 TÍTULO: Estrutura do SEMTS na Rede de MT VERSÃO NORMA: 1.1 Sumário 1 Objetivo... 2 2 Âmbito de aplicação... 2 3 Norma complementar... 2 4 Diretrizes para elaboração do projeto... 2 4.1 Local da aplicação... 2 4.2 Escolha do poste de concreto... 2 4.3 Estrutura

Leia mais

ÍNDICE NTD-15 MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL TRIFÁSICA E MONOFÁSICA 13,8 E 34,5 KV

ÍNDICE NTD-15 MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA RURAL TRIFÁSICA E MONOFÁSICA 13,8 E 34,5 KV ÍNDICE APRESENTAÇÃO....2 1-OBJETIVO...3 2-AMPLITUDE... 3 3-RESPONSABILIDADE QUANTO AO CUMPRIMENTO...3 4-INSTRUÇÕES GERAIS...3 5-CONDUTORES...4 6-PROCEDIMENTOS...5 6.1- Afastamentos padronizados...5 6.2-Engastamento

Leia mais

Instalações Básicas de Redes de Distribuição Compactas

Instalações Básicas de Redes de Distribuição Compactas ND-2.9 Diretoria de Distribuição e Comercialização Norma de Distribuição Instalações Básicas de Redes de Belo Horizonte Minas Gerais Brasil ND-2.9 Diretoria de Distribuição e Comercialização Norma de

Leia mais

SUMÁRIO. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 02/05/2016 TÍTULO: Estruturas de Banco de Reguladores de Tensão VERSÃO NORMA: 1.

SUMÁRIO. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 02/05/2016 TÍTULO: Estruturas de Banco de Reguladores de Tensão VERSÃO NORMA: 1. SUMÁRIO REGULADOR DE TENSÃO ESTRELA ATERRADO 23 kv...2 REGULADOR DE TENSÃO DELTA ABERTO 13,8 kv...7 REGULADOR DE TENSÃO DELTA FECHADO 13,8 kv... 11 ALTERAÇÕES... 15 Estruturas Instalações de Equipamentos

Leia mais

MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA URBANA TRIFÁSICA 13,8 E 34,5 KV NTD-016

MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA URBANA TRIFÁSICA 13,8 E 34,5 KV NTD-016 ÍNDICE APRESENTAÇÃO... 2 1-OBJETIVO...3 2-AMPLITUDE...3 3-RESPONSABILIDADE QUANTO AO CUMPRIMENTO...3 4-INSTRUÇÕES GERAIS...3 5-PROCEDIMENTOS...5 5.1-Afastamentos padronizados na estrutura...5 5.2-Afastamentos

Leia mais

Instalações Básicas de Linhas e Redes de Distribuição Compactas de 24,2 e 36,2 kv

Instalações Básicas de Linhas e Redes de Distribuição Compactas de 24,2 e 36,2 kv ND 2.10 Companhia Energética de Minas Gerais Manual de Distribuição Instalações Básicas de Linhas e Redes de Distribuição Compactas de 24,2 e 36,2 kv Belo Horizonte Minas Gerais Brasil ND-2.10 Classificação:

Leia mais

Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão em condutores nus para áreas com Poluição Salina PARTE 3 SEÇÃO 3-B

Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão em condutores nus para áreas com Poluição Salina PARTE 3 SEÇÃO 3-B Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão em condutores nus para áreas com Poluição Salina PARTE 3 SEÇÃO 3-B Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão em condutores nus para áreas com Poluição Salina

Leia mais

Título do Documento: Rede de Distribuição de Energia Elétrica Aérea com Condutores Nus - Estruturas (Convencional) Tipo: NTC-D-01 Norma Técnica e

Título do Documento: Rede de Distribuição de Energia Elétrica Aérea com Condutores Nus - Estruturas (Convencional) Tipo: NTC-D-01 Norma Técnica e Título do Documento: Rede de Distribuição de Energia Elétrica Aérea com Condutores Nus - Estruturas (Convencional) Tipo: Norma Técnica e Padronização NORMA TÉCNICA E PADRONIZAÇÃO: REDE DE DISTRIBUIÇÃO

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PT.DT.PDN REDES DE DISTRIBUIÇÃO SUBTERRÂNEA MONTAGEM ELÉTRICA 01

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PT.DT.PDN REDES DE DISTRIBUIÇÃO SUBTERRÂNEA MONTAGEM ELÉTRICA 01 SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.05.022 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA SP MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA - ES SUMÁRIO 1. OBJETIVO...

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PT.DT.PDN REDES DE DISTRIBUIÇÃO SUBTERRÂNEA MONTAGEM ELÉTRICA 01

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PT.DT.PDN REDES DE DISTRIBUIÇÃO SUBTERRÂNEA MONTAGEM ELÉTRICA 01 SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.05.022 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA SP MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA - ES SUMÁRIO 1. OBJETIVO...

Leia mais

Conferência do Projeto

Conferência do Projeto 214-DPDORC4B 22/4/214 1 de 5 12/2/214 1:9.23 CARACTERIZAÇÃO Data Projeto Nº Pedido Finalidade 16/7/213 Título Implantação de SE Descrição da Obra: Tipo da Obra: IMPLANTAÇÃO EXPANSÃO DA REDE ELÉTRICA (ALTA

Leia mais

Projeto de Rede de Distribuição Aérea Multiplexada de Baixa Tensão

Projeto de Rede de Distribuição Aérea Multiplexada de Baixa Tensão 1 OBJETIVO NOR.DISTRIBU-ENGE-40 1/44 Estabelecer os critérios para elaboração de projetos de redes de distribuição aéreas multiplexadas de baixa tensão utilizando condutores multiplexados isolados para

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estruturas Trifásicas com Transformadores 6.1. Estrutura M1 com Transformador 6.2.

Leia mais

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº DELIBERAÇÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DE PUBLICAÇÃO 01-06/08/2014 06/08/2014 APROVADO POR RODNEY PEREIRA MENDERICO JÚNIOR DTES-BD SUMÁRIO

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO - NTE 034 INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO MONOFÁSICOS EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO. Cuiabá Mato Grosso - Brasil

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO - NTE 034 INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO MONOFÁSICOS EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO. Cuiabá Mato Grosso - Brasil NORMA TÉNIA DE DISTRIBUIÇÃO - NTE 034 INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO MONOÁSIOS EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO uiabá Mato Grosso - Brasil SUMÁRIO 1. OBJETIVOS...3 2. AMPO DE APLIAÇÃO...3 3. RESPONSABILIDADE

Leia mais

NORMA TÉCNICA NTE INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO MONOFÁSICOS EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DPE

NORMA TÉCNICA NTE INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO MONOFÁSICOS EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DPE NORMA TÉNIA NTE - 034 INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE TENSÃO MONOÁSIOS DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA DPE SISTEMA DE DOUMENTOS NORMATIVOS SUBSISTEMA DE NORMAS TÉNIAS INSTALAÇÃO DE REGULADORES DE

Leia mais

SUBSISTEMAS NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA

SUBSISTEMAS NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIUIÇÃO SUBSISTEMAS NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0002 ESTRUTURAS PARA REDES AÉREAS

Leia mais

Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão 15 kv em Condutores Nus (Convencional)

Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão 15 kv em Condutores Nus (Convencional) Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão 15 kv em Condutores Nus (Convencional) Rede de Distribuição Aérea de Média Tensão 15 kv em Condutores Nus (Convencional) DESENHO REVISÃO EMISSÃO Aldair Reis CREA-RJ

Leia mais

Estruturas para Redes de Distribuição Aéreas com Condutores Nus até 36,2 kv

Estruturas para Redes de Distribuição Aéreas com Condutores Nus até 36,2 kv 1/63 15/12/26 1 OBJETIVO Esta norma padroniza as estruturas básicas, de redes aéreas com condutor nu, monofásicas, bifásica e trifásicas, utilizadas pelas distribuidoras nas tensões nominais de até 36,2

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO COMPACTA (REDE COMPACTA SPACER CABLE) VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 00-13/07/2009 13/07/2009 APROVADO POR José Rubens Macedo Junior SUMÁRIO 1. RESUMO...3

Leia mais

Título do Documento: Redes de Distribuição de Energia Elétrica Aérea Secundária com Condutores Isolados Estruturas (Multiplexada) Tipo: NTC-D-06

Título do Documento: Redes de Distribuição de Energia Elétrica Aérea Secundária com Condutores Isolados Estruturas (Multiplexada) Tipo: NTC-D-06 Título do Documento: Redes de Distribuição de Energia Elétrica Aérea Secundária com Condutores Isolados Estruturas Tipo: Norma Técnica e Padronização REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA AÉREA SECUNDÁRIA

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 001

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 001 NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 001 MONTAGEM DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO COMPACTA PROTEGIDA CLASSE 15 kv DIRETORIA DE ENGENHARIA CORPORATIVA página APRESENTAÇÃO...3 1. OBJETIVO...4 2. CAMPO DE APLICAÇÃO...4

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior

Edição Data Alterações em relação à edição anterior Projeto de Rede de Distribuição Aérea Multiplexada de Baixa Tensão Processo Planejamento, Ampliação e Melhoria da Rede Elétrica Atividade Obras de Distribuição Código Edição Data VR01.03-00.008 12ª Folha

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº 05 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL

COMUNICADO TÉCNICO Nº 05 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL Página 1 de 2 COMUNICADO TÉCNICO Nº 05 ALTERAÇÕES NAS TABELAS PARA DIMENSIONAMENTO DOS PADRÕES DE ENTRADA DE BAIXA TENSÃO DE USO INDIVIDUAL 1. OBJETIVO Visando a redução de custos de expansão do sistema

Leia mais

Padronização de Estruturas e Critérios para Utilização de Postes de Concreto Duplo T em Redes Urbanas. Norma. Revisão 04 03/2014 NORMA ND.

Padronização de Estruturas e Critérios para Utilização de Postes de Concreto Duplo T em Redes Urbanas. Norma. Revisão 04 03/2014 NORMA ND. Padronização de Estruturas e Critérios para Utilização de Postes de Concreto Duplo T em Redes Urbanas Norma 03/2014 NORMA ELEKTRO Eletricidade e Serviços S.A. Diretoria de Operações Rua Ary Antenor de

Leia mais

DEMEI Departamento Municipal de Energia de Ijuí

DEMEI Departamento Municipal de Energia de Ijuí DEMEI Departamento Municipal de Energia de Ijuí Quantidade de Unidade de Serviço por Atividade de Manutenção em Rede Primária Aérea Energizada VERSÃO SÉRIE PADRONIZAÇÃO Diretoria Técnica QUANTIDADE DE

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO ATERRAMENTO EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO ATERRAMENTO EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO 1/8 1. Objetivo Estabelecer critérios básicos para a instalação de sistemas de aterramento das instalações e equipamentos utilizados em redes aéreas de distribuição. 2. Aplicação Distribuição. 3. Documentos

Leia mais

Sistema Normativo Corporativo

Sistema Normativo Corporativo Sistema Normativo Corporativo PADRÃO TÉCNICO TÍTULO VERSÃO Nº ATA Nº DATA DATA DA VIGÊNCIA 00-06//2009 06//2009 APROVADO POR José Rubens Macedo Junior TÍTULO SUMÁRIO. RESUMO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

Comunicado MS/PM - 053/2016. Assunto: Instalação de religadores dos fornecedores ABB e Schneider em Redes de Distribuição Aéreas Urbanas 15 kv.

Comunicado MS/PM - 053/2016. Assunto: Instalação de religadores dos fornecedores ABB e Schneider em Redes de Distribuição Aéreas Urbanas 15 kv. Comunicado MS/PM - 053/2016 Assunto: Instalação de religadores dos fornecedores ABB e Schneider em Redes de Distribuição Aéreas Urbanas 15 kv. Prezados Senhores, A CEMIG D através da Gerência de Engenharia

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ASPECTOS GERAIS... 1 3. EXCEÇÕES... 1 4. TENSÕES DE FORNECIMENTO...

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 26 / 04 / 2013 1 de 6 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para grampo de linha viva utilizado nas Redes de Distribuição Aéreas da Companhia

Leia mais

Título do Documento: Tipo: NTC-D-08. Rede de Distribuição de Energia Elétrica: Especificação de Materiais. Norma Técnica e Padronização

Título do Documento: Tipo: NTC-D-08. Rede de Distribuição de Energia Elétrica: Especificação de Materiais. Norma Técnica e Padronização Título do Documento: Rede de Distribuição de Energia Elétrica: Tipo: Norma Técnica e Padronização REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA: ESPECIFICAÇÃO DE MATERIAIS 2 de 170 LISTA DE FIGURAS Figura 1

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL AMARRAÇÕES, ATERRAMENTO, CONEXÕES E CRUZAMENTOS

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE CONVENCIONAL AMARRAÇÕES, ATERRAMENTO, CONEXÕES E CRUZAMENTOS Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Amarrações em MT 7. Amarrações em BT 8. Cruzamento Aéreo em MT 9. Cruzamento Aéreo

Leia mais

AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS

AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS AFASTAMENTOS MÍNIMOS PADRONIZADOS 11 metros = 150 12 metros = 150 450 1000 máximo 11 metros = 850 12 metros = 1450 800 450 450 11 metros = 1700 12 metros = 1800 11 ou 12 metros 100 11 metros = 1300 12

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA

CNPJ: / INSC. EST.: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA Notas: CRITÉTRIOS CONSTRUTIVOS DO PADRÃO DE ENTRADA A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada; O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

Nas exigências de um determinado material deve prevalecer, respectivamente, o exigido:

Nas exigências de um determinado material deve prevalecer, respectivamente, o exigido: MANUAL ESPECIAL SISTEMA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO SUBSISTEMA NORMAS E ESTUDOS DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS DE DISTRIBUIÇÃO CÓDIGO TÍTULO FOLHA E-313.0048 EQUIPAMENTOS 1/16 1. FINALIDADE

Leia mais

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS CRITÉRIOS GERAIS... 6

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS CRITÉRIOS GERAIS... 6 NORMA TÉCNICA 1 de : SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 2 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 4 5 REFERÊNCIAS... 5 6 CRITÉRIOS GERAIS... 6 6.1 Generalidades... 6 6.2 Afastamentos Mínimos...

Leia mais

Padrões de Entradas de Serviço para Atendimento à Resolução ANEEL 384/2009 e Programa Luz Legal

Padrões de Entradas de Serviço para Atendimento à Resolução ANEEL 384/2009 e Programa Luz Legal Padrões de Entradas de Serviço para Atendimento à Resolução ANEEL 384/2009 e Programa Luz Legal DDI/SCD/SED Maio/2010 Notas sobre esta revisão (maio/2010) Este manual, originalmente desenvolvido para Entrada

Leia mais

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA CONDOMÍNIOS E LOTEAMENTOS FECHADOS

CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO CONDIÇÕES ESPECÍFICAS PARA CONDOMÍNIOS E LOTEAMENTOS FECHADOS SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO PT.DT.PDN.03.05.021 PARA CONDOMÍNIOS E LOTEAMENTOS FECHADOS 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA ENGENHARIA - SP SUMÁRIO 1. OBJETIVO...

Leia mais

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES...

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES... 05/11/2013 1 de 1 SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 2 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 3 RESPONSABILIDADES... 2 4 DEFINIÇÕES... 3 4.1 Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT... 3 4.2 Aterramento... 3 4.3 Distribuidora...

Leia mais

A N E X O VI M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E M E D I Ç Ã O D E E N E R G I A

A N E X O VI M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E M E D I Ç Ã O D E E N E R G I A A N E X O VI M Ó D U L O S C O N S T R U T I V O S D E M E D I Ç Ã O D E E N E R G I A C A T Á L O G O R E F E R E N C I A L DE M Ó D U L O S P A D R Õ E S D E C O N S T R U Ç Ã O D E S U B E S T A Ç Õ

Leia mais

SUMÁRIO. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017 TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto na Rede de Distribuição VERSÃO NORMA: 9.

SUMÁRIO. CÓDIGO: NTD DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017 TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto na Rede de Distribuição VERSÃO NORMA: 9. SUMÁRIO 1 Escolha do Poste de Concreto em Alinhamento...2 1.1 Redes Urbanas...2 1.2 Redes Rurais...3 2 Escolha do Poste de Concreto em Deflexões e Ancoragens...5 2.1 Redes Urbanas...5 2.2 Redes Rurais...6

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior

Edição Data Alterações em relação à edição anterior Projeto de Rede de Distribuição Aérea Compacta - 13,8 kv Processo Planejar, Ampliar e Melhorar a Rede Elétrica Atividade Elaborar Projetos e Orçamentos / Obras de Distribuição Código Edição Data VR01.03-00.05

Leia mais

1390 SULMINAS FIOS E CABOS LTDA /06/ ,00 150,00 1,80 0,00 0,00 273,23

1390 SULMINAS FIOS E CABOS LTDA /06/ ,00 150,00 1,80 0,00 0,00 273,23 Página 1 de 6 3 CONECTOR TIPO PERFURACAO TR 16-70 DER 6-35 (MÉDIO) 756 SANTA CLARA DISTRIBUIDORA DE 5375 12339 05/06/2015 3 3 3,90 117,00 756 SANTA CLARA DISTRIBUIDORA DE 5374 12337 05/06/2015 7 7 3,90

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título MATERIAIS PARA REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO APRESENTAÇÃO

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título MATERIAIS PARA REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO APRESENTAÇÃO 1-1 SUMÁRIO SEÇÃO 1 Apresentação SEÇÃO 2 Condutores SEÇÃO 3 Isoladores SEÇÃO 4 Conexões SEÇÃO 5 Amarrações SEÇÃO 6 Ferragens SEÇÃO 7 Postes SEÇÃO 8 Cruzetas SEÇÃO 9 Escoras SEÇÃO 10 Equipamentos e Proteções

Leia mais

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS CRITÉRIOS GERAIS... 6

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS CRITÉRIOS GERAIS... 6 05/11/2014 1 de 214 SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 2 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 4 4.1 Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT... 4 4.2 Aterramento... 4 4.3 Distribuidora...

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. ASPECTOS GERAIS... 2 3. EXCEÇÕES... 2 4. TENSÕES DE FORNECIMENTO...

Leia mais

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 POSTE DE CONCRETO DE SEÇÃO DUPLO T

PADRÃO TÉCNICO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 POSTE DE CONCRETO DE SEÇÃO DUPLO T SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO PADRÃO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO REDES DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA COM CONDUTORES NUS PT.DT.PDN.03.05.012 01 APROVADO POR PAULO JORGE TAVARES DE LIMA DSEE 11/12/2014 DATA SUMÁRIO

Leia mais

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS CRITÉRIOS GERAIS... 6

1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES REFERÊNCIAS CRITÉRIOS GERAIS... 6 18/10/2016 1 de 243 NT.31.2 SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 2 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 4 5 REFERÊNCIAS... 5 6 CRITÉRIOS GERAIS... 6 6.1 Generalidades... 6 6.2 Afastamentos

Leia mais

CONHEÇA AQUI O PADRÃO PARA NOVA LIGAÇÃO

CONHEÇA AQUI O PADRÃO PARA NOVA LIGAÇÃO CONHEÇA AQUI O PADRÃO PARA NOVA LIGAÇÃO Para que a Celpa ligue a sua luz pela primeira vez, você precisa estar com o padrão de entrada de energia instalado corretamente. Chamamos de Padrão de Entrada Celpa

Leia mais

PADRÃO DE ESTRUTURAS AMPLA PEA-032/2014 R-00

PADRÃO DE ESTRUTURAS AMPLA PEA-032/2014 R-00 DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E ENGENHARIA PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DE REDE PEA-032/2014 PADRÃO DE ESTRUTURAS AMPLA PEA-032/2014 R-00 REDE AÉREA COMPACTA FOLHA DE CONTROLE PADRÃO DE ESTRUTURAS AMPLA

Leia mais

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 30/11/2007 Revisão e atualização do texto, e adequação ao modelo atual de normativo.

Edição Data Alterações em relação à edição anterior. 2ª 30/11/2007 Revisão e atualização do texto, e adequação ao modelo atual de normativo. Projeto de Rede de Distribuição Aérea Multiplexada em Baixa Tensão Processo `Planejar, Ampliar e Melhorar a Rede Elétrica Atividade Elabora Projetos e Orçamentos Código Edição Data VR01.02-01.07 2ª Folha

Leia mais

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE MULTIPLEXADA BT - CONEXÕES. Sumário

ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD REDE MULTIPLEXADA BT - CONEXÕES. Sumário Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Condições Gerais 5. Conexão em Estrutura 5.1. Transição Rede Nua com Rede Multiplexada 5.2. Derivação de Rede Tangente 5.3. Derivação

Leia mais

Rua: Tenente Antônio João, Bom Retiro Joinville - Santa Catarina Fone/Fax: (47)

Rua: Tenente Antônio João, Bom Retiro Joinville - Santa Catarina Fone/Fax: (47) www.joarp.com.br Rua: Tenente Antônio João, 2405 - Bom Retiro 89223-100 - Joinville - Santa Catarina Fone/Fax: (47) 3473-0281 2 CONECTORES TIPO CUNHA PARA DERIVAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO FERRAGENS ELÉTRICA CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Instalações Básicas de Redes de Distribuição Aéreas Rurais

Instalações Básicas de Redes de Distribuição Aéreas Rurais Classificação: Público ND - 2.2 Diretoria de Distribuição e Comercialização Norma de Distribuição Instalações Básicas de Redes de Distribuição Aéreas Rurais Belo Horizonte Minas Gerais Brasil Classificação:

Leia mais

Comunicado MS/PG - 10/2013

Comunicado MS/PG - 10/2013 Comunicado MS/PG - 10/2013 Assunto: Alteração do aterramento de ferragens de IP Prezados Senhores, A Gerência de Desenvolvimento e Engenharia de Ativos da Distribuição - TD/AT comunica a emissão do documento:

Leia mais

Acessórios Desconectáveis 600A

Acessórios Desconectáveis 600A 600A APLICAÇÃO Os Acessórios da Prysmian possuem uma concepção de projeto baseada no sistema plugue - tomada, porém para tensões, permitindo fácil conexão e desconexão de um cabo de potência, de um equipamento,

Leia mais

NORMA TÉCNICA SUMÁRIO 1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES Anteparos naturais...

NORMA TÉCNICA SUMÁRIO 1 FINALIDADE CAMPO DE APLICAÇÃO RESPONSABILIDADES DEFINIÇÕES Anteparos naturais... 12/01/2011 1 de 14 SUMÁRIO 1 FINALIDADE... 3 2 CAMPO DE APLICAÇÃO... 3 3 RESPONSABILIDADES... 3 4 DEFINIÇÕES... 4 4.1 Anteparos naturais... 4 4.2 Anteparos artificiais... 4 4.3 Corrosividade da Atmosfera...

Leia mais

Estruturas para Instalação de Equipamentos Especiais nas Redes de Distribuição de Energia Elétrica. Padronização. Revisão 01 08/2014 NORMA ND.

Estruturas para Instalação de Equipamentos Especiais nas Redes de Distribuição de Energia Elétrica. Padronização. Revisão 01 08/2014 NORMA ND. Estruturas para Instalação de Equipamentos Especiais nas Redes de Distribuição de Energia Elétrica Padronização 08/24 NORMA ELEKTRO Eletricidade e Serviços S.A. Diretoria de Operações Rua Ary Antenor de

Leia mais

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo

S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo S i s t e m a N o r m a t i vo Corporativo PADRÃO TÉCNICO VERSÃO Nº DELIBERAÇÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DE PUBLICAÇÃO 01-22/07/2014 05/08/2014 APROVADO POR RODNEY PEREIRA MENDERICO JÚNIOR DTES-BD SUMÁRIO

Leia mais

Estruturas para Redes Aéreas Rurais de Distribuição de Energia Elétrica em 34,5 kv. Padronização. Revisão 04 04/2014 NORMA ND.04

Estruturas para Redes Aéreas Rurais de Distribuição de Energia Elétrica em 34,5 kv. Padronização. Revisão 04 04/2014 NORMA ND.04 Estruturas para Redes Aéreas Rurais de Distribuição de Energia Elétrica em 34,5 kv Padronização /2014 NORMA ELEKTRO Eletricidade e Serviços S.A. Diretoria de Operações Rua Ary Antenor de Souza, 321 Jd.

Leia mais

Ramal de ligação Rede secundária

Ramal de ligação Rede secundária Rede primária Chave fusível Para-raios Transformador Ramal de ligação Rede secundária Postes - Simbologia Exemplos Todo símbolo deve ter a descrição de suas características ao lado. 4.1 Poste A(B)-C-D-E

Leia mais

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 002

NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 002 NORMA TÉCNICA DE DISTRIBUIÇÃO NTD-RE- 002 INSTALAÇÃO DE RELIGADOR AUTOMÁTICO NOVA COOPER POWER SYSTEMS DIRETORIA DE ENGENHARIA CORPORATIVA 1. OBJETIVO Padronizar a estrutura de montagem do religador automático

Leia mais

Instalação de Sistema Encapsulado de Medição a Transformador a Seco - SEMTS

Instalação de Sistema Encapsulado de Medição a Transformador a Seco - SEMTS 1- Ramal de Ligação Aéreo em Rede Convencional Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 1 de 13 2- Ramal de Ligação Aéreo em Rede Compacta Nº Data Revisões Aprov.: Vanderlei Robadey Página 2 de

Leia mais