Regulamento de Prova de Tiro. Numero 2/2013. Duelo de Balão

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Regulamento de Prova de Tiro. Numero 2/2013. Duelo de Balão"

Transcrição

1 Regulamento de Prova de Tiro Numero 2/2013 Duelo de Balão FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Duelo de Balão no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE Tiro Policial. DEFINIÇÕES Estande de Tiro Local apropriado para o manuseio e disparo de arma de fogo. Posição de Tiro Área de pequenas dimensões dentro do Estande de Tiro, que é ocupada pelo Atirador para efetuar disparos com Arma de Fogo. Atirador Pessoa que manuseia e ou dispara arma de fogo com o intuito de atingir um alvo e competir.

2 Linha de Tiro 2 (dois) atiradores, que se desafiam, equivalente a quantidade de Posições de Tiro, que farão disparos com arma de fogo ao mesmo tempo. Prova de Tiro Competição entre Atiradores, que buscam classificação, sendo premiado os 3 (três) melhores resultados. Diretor de Prova de Tiro Pessoa responsável pela organização e execução de Prova de Tiro. Arbitro de Prova de Tiro Pessoa responsável pela apuração dos resultados dos tiros no alvo. Instrutor de Armamento e Tiro Pessoa credenciada no Departamento de Policia Federal, responsável pela segurança no manuseio de arma de fogo. Equipe de Organização de Prova de Tiro Grupo de pessoas que auxiliam na organização e execução de Prova de Tiro. DESCRIÇAO DA PROVA DE TIRO Arma de Fogo Revolver ou Pistola, de Calibre Permitido ou Restrito, com Comprimento de Cano de no máximo 150 (cento e cinquenta) milímetros ou 6 (seis) polegadas, e com capacidade de carregamento de no mínimo de 6 (seis) cartuchos. Alvo Balão de Látex, tamanho numero 12 (doze), equivalente a 27 (vinte e sete) centímetros de diâmetro ou 95 (noventa e cinco) centímetros de circunferência quando cheio; De cor vermelha, azul, amarela, verde, branca e preta, e sem qualquer tipo de estampa, desenho ou centro de referencia. 6 (seis) Balões para cada atirador, sendo respectivamente de fora para dentro as cores amarelo, vermelho, azul, branco, verde e preto.

3 Posição dos Balões À 10 (dez) metros de distancia do atirador; No mínimo 1 (um) metro e no máximo 2 (dois) metros de altura em relação ao solo; Espaçamento de 50 (cinquenta) centímetros entre os Balões; Distancia de 1 (um) metro entre os Balões da direita e os da esquerda. Posição de Tiro De pé, sem nenhum tipo de apoio. Empunhadura Com uma ou duas mãos, a critério do atirador. Ensaio Não haverá ensaio. Prova de Tiro O Atirador efetuara no mínimo 6 (seis) tiros e no máximo 18 (dezoito) tiros em cada prova de tiro; O Atirador poderá fazer recarga de munição a qualquer tempo, inclusive utilizar Jet-Loaders ou Carregadores Sobressalentes; Os Balões devem serem estourados sequencialmente, de fora para centro (Area Neutra), do numero 1 (um) para o numero 6 (seis), sendo respectivamente as cores amarelo, vermelho, azul, branca, verde e preto; Vence a Prova de Tiro o atirador que estourar o Balão de cor preta antes do seu adversário; A comando do Diretor de Prova de Tiro, 2 (dois) Atiradores entram na Pista de Tiro simultaneamente, e se posicionando 1 (um) em cada Area do Atirador.

4

5 COMANDOS DE TIRO ATIRADOR POSIÇAO O Atirador se dirige a área onde realizara os tiros. CARREGAR O Atirador terá 1 (um) minuto para municiar e carregar sua arma com 6 (seis) cartuchos; Sera avisado quando o tempo atingir 30 (trinta) segundos; Após carregar, a arma devera ser empunhada, com uma ou duas mãos, e apontada para o solo, braços estendidos e fazendo um ângulo não superior a 45º (quarenta e cinco graus) com a vertical; O Atirador não pode colocar o dedo no gatilho ate que a arma esteja alinhada ao alvo. ATIRADOR PRONTO O Atirador somente se manifesta se não estiver pronto para efetuar os tiros, levantando a Mão-Fraca e pronunciando em voz alta: NÃO PRONTO ; Caso não ocorra nenhuma contestação de "NÃO PRONTO", o Diretor de Prova de Tiro autorizara efetuar os tiros; Caso um competidor diga "NÃO PRONTO", 15 (quinze) segundos depois, o Diretor de Prova dirá novamente "ATIRADORES PRONTOS" e autorizara efetuar os tiros; Não será aceito mais de 1 (uma) contestação de "NÃO PRONTO" pelo mesmo atirador. A ESPERA O Atirador deve aguardar atento o comando para efetuar os tiros. FOGO ou SILVO DE APITO LONGO O Atirador esta autorizado efetuar os tiros. CESSAR FOGO ou SILVO DE APITO LONGO O Atirador deve parar de atirar, descarregar a arma e deixa-la aberta. PISTA FRIA O Atirador deve DESCARREGAR sua arma de fogo e deixa-la ABERTA em direção ao Para-Balas;

6 Ninguém manuseia arma de fogo ou munição. PISTA QUENTE O atirador deve colocar óculos de proteção e abafador de ruídos; O manuseio de arma de fogo e munição esta autorizado. CATEGORIAS Esta prova de tiro sera disputada nas seguintes Categorias: Revolver Masculino Pessoa do sexo masculino que atira com Revolver; Mínimo de 18 (dezoito) anos de idade e imputável. Pistola Masculino Pessoa do sexo masculino que atira com Pistola; Mínimo de 18 (dezoito) anos de idade e imputável. Revolver Feminino Pessoa do sexo feminino que atira com Revolver; Mínimo de 18 (dezoito) anos de idade e imputável. Pistola Feminino Pessoa do sexo feminino que atira com Pistola; Mínimo de 18 (dezoito) anos de idade e imputável. OBSERVAÇÕES Revolver sera disparado somente em AÇAO DUPLA; É autorizado utilizar Carregadores Rápidos para revolver, e Carregador Sobressalente para Pistola; A utilização de coldre e porta carregadores é opcional, não haverá saque; Somente serão permitidas armas de fogo com características originais e destinadas ao Uso Defensivo;

7 Armas de Fogo fabricadas especificamente para competição não são permitidas sua utilização; Não é permitido o uso de roupas e calcados específicos para o tiro; Não é permitido o uso de qualquer tipo de mira eletrônica (Laser, Red-Dot, Holografica, etc.) ou equipamento que facilite o tiro (Contra-Peso, etc.); O Diretor de Prova de Tiro poderá a qualquer momento examinar o equipamento do Atirador e impugnar os resultados caso o julgue em desacordo com as normas estabelecidas. PREMIAÇÃO Sera feita apenas para o Atirador que vencer a Chave de Duelo, respectivamente de cada Categoria; Nesta modalidade não existe 2º (segundo) Lugar, o Atirador que não vence é considerado neutralizado pelo adversário. DISPOSIÇÕES GERAIS Caso o Atirador desrespeite as Normas de Segurança e Conduta do Estande de Tiro sera desclassificado da Prova de Tiro; A Atirador não deve apontar arma de fogo, carregada ou descarregada, para pessoa ou objeto que não queira atingir, caso infrinja essa Norma de Segurança e Conduta devera ser expulso do Estande de Tiro; O Atirador não deve apontar a arma de fogo durante os tiros ou recarga para área maior que 90º (noventa graus) a sua frente; Falhas de munição ou de arma de fogo devem serem sanadas durante o Duelo, não sera permitido atirar em outra prova de tiro; O Atirador é obrigado a usar de Óculos de Proteção e Abafador de Ruídos no Estande de Tiro; Não sera permitido que o Atirador acesse o Estande de Tiro sem roupas adequadas a atividade; Nos casos omissos, a decisão ficara a critério do Diretor de Prova de Tiro;

8 O Atirador deve permanecer em silencio durante a Prova de Tiro, e quando se dirigir ao Diretor de Prova de Tiro deve fazer de forma educada e que não atrapalhe os demais competidores; Não é permitido nenhum tipo de auxilio ao Atirador quando no posto de tiro; Não é permitido o uso de óculos especiais para tiro; No âmbito do Estande de Tiro é proibido fazer uso de qualquer tipo de aparelho de comunicação (exemplo: Telefone, Tablet, etc.); No âmbito do Estande de Tiro é proibido ingerir alimento ou bebida, fazer uso de medicação, e fumar; O Atirador devera receber a penalização de acrescentar 1 (um) Balão em caso de: DEDO NO GATILHO, QUEDA DE ARMA, SEQUENCIA ERRADA, ATIRAR NO BALÃO DO ADVERSARIO, INVASÃO DE AREA, e outras infrações leves; Não é permitido atirar com o pé sobre ou após a linha de tiro, inclusive fora da Area do Atirador, caso ocorra sera penalizado acrescentando 1 (um) balão ao seu resultado; O Atirador não pode ultrapassar a Linha de Tiro, que limita a Area do Atirador, caso ocorra sera desclassificado da Prova de Tiro. São Paulo, SP, 10/02/2013. A. C. Abdalla Contato de

Carabina.22 à 25 metros

Carabina.22 à 25 metros Regulamento de Prova de Tiro Numero 3/2013 Carabina.22 à 25 metros FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Carabina.22 à 25 metros no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE

Leia mais

Fuzil Militar de Combate

Fuzil Militar de Combate Regulamento de Prova de Tiro Numero 4/2013 Fuzil Militar de Combate FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Fuzil Militar de Combate no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito.

Leia mais

REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DOS MAGISTRADOS ABRIL/2015 REGULAMENTO 02/2015 DUELO DE BALÃO

REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DOS MAGISTRADOS ABRIL/2015 REGULAMENTO 02/2015 DUELO DE BALÃO REGULAMENTO DA COMPETIÇÃO CAMPEONATO NACIONAL DOS MAGISTRADOS ABRIL/2015 REGULAMENTO 02/2015 DUELO DE BALÃO 1- DA FINALIDADE: Regulamentar a Prova de Tiro Duelo de Balão no âmbito do Estande de Tiro do

Leia mais

Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013. Duelo 20 segundos

Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013. Duelo 20 segundos Regulamento de Prova de Tiro Numero 1/2013 Duelo 20 segundos FINALIDADE Regulamentar a Prova de Tiro Duelo 20 segundos no âmbito do Estande de Tiro do 2º Batalhão de Policia do Exercito. MODALIDADE Tiro

Leia mais

Regras. Tiro Rápido de Precisão (TRP)

Regras. Tiro Rápido de Precisão (TRP) Regras Tiro Rápido de Precisão (TRP) Atualização de Abril de 2015 Regulamento de Tiro Rápido de Precisão Atualização de Abril de 2015 1 - DA ARMA a. O comprimento do cano não deverá exceder a 6" (seis

Leia mais

VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA

VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA VI JOGOS NACIONAIS DA MAGISTRATURA 19/04/2013 NORMAS DE SEGURANÇA E CONDUTA PARA UTILIZAÇÃO DO ESTANDE DE TIRO DO 2º BATALHÃO DE POLICIA DO EXERCITO 1. NÃO FAÇA BRINCADEIRA ou experiência com Arma de Fogo

Leia mais

Regras Tiro Rápido de Precisão - TRP (Valido para as Provas On-Line)

Regras Tiro Rápido de Precisão - TRP (Valido para as Provas On-Line) Regras Tiro Rápido de Precisão - TRP (Valido para as Provas On-Line) Revisão 19/02/2016 Revisado por: Demetrius Oliveira Presidente CBTP Jose Carlos Belino Diretor de Arbitragem CBTP/NROI Maria Rita Assistente

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS DE CURITIBA GESTÃO 2009/ LAZER E SOCIAL 8º TORNEIO DE TIRO DA AGMUC CARACTERÍSTICA EVENTO...

ASSOCIAÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS DE CURITIBA GESTÃO 2009/ LAZER E SOCIAL 8º TORNEIO DE TIRO DA AGMUC CARACTERÍSTICA EVENTO... 8º TORNEIO DE TIRO DA CARACTERÍSTICA EVENTO...TORNEIO DE TIRO DATA...28/08/2010 - SÁBADO HORÁRIO...09:00 HS AS 15:00 HS LOCAL...CLUBE DE TIRO PONTA GROSSA - PR Nº DE PARTICIPANTES... 70 OBJETIVO O objetivo

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO TIRO DE PISTOLA

REGULAMENTO ESPECÍFICO TIRO DE PISTOLA REGULAMENTO ESPECÍFICO TIRO DE PISTOLA I - DA FINALIDADE E DA PARTICIPAÇÃO Art. 1º - As regras aplicadas nodo I Jogos Nacionais de Integração dos PRF/2015, para as competição do Tiro Pistola será realizada

Leia mais

VIII Jogos Nacionais da Magistratura Fortaleza, 25 a 29 de outubro de 2017 Regulamento do Tiro Esportivo Clube de Tiro Gun House 27 de outubro de 2017

VIII Jogos Nacionais da Magistratura Fortaleza, 25 a 29 de outubro de 2017 Regulamento do Tiro Esportivo Clube de Tiro Gun House 27 de outubro de 2017 SUMÁRIO 1) Regulamento das Competições de Tiro Esportivo...02 2) Regulamento da Prova de Carabina Mira Aberta...04 3) Regulamento da Prova de Duelo 20 Segundos...07 4) Regulamento da Prova de IPSC...09

Leia mais

Carabina de Ar 25m. Local apropriado e com segurança que permita a colocação de alvos nas distancias de 10, 15, 20 e 25 metros.

Carabina de Ar 25m. Local apropriado e com segurança que permita a colocação de alvos nas distancias de 10, 15, 20 e 25 metros. Carabina de Ar 25m 1. Objetivo Regulamentar a prova de Carabina de Ar 25m do Tiro Virtual. 2. Desenvolvimento a. Estande e Distância Local apropriado e com segurança que permita a colocação de alvos nas

Leia mais

V - Torneio Interno de Tiro de Precisão do Clube de Tiro Barra Bonita 2017

V - Torneio Interno de Tiro de Precisão do Clube de Tiro Barra Bonita 2017 V - Torneio Interno de Tiro de Precisão do Clube de Tiro Barra Bonita 2017 Finalidade - Implementar a realização de prova de carabina Mira Aberta (fogo central e circular), de Ar comprimido (4.5 e 5.5

Leia mais

Orientações ao Convidado

Orientações ao Convidado Orientações ao Convidado Nome do Evento: Instituição Responsável: VI Jogos Nacionais da Magistratura Competição de Tiro Associação dos Magistrados do Brasileiros Data: 19 de abril de 2013 Local: 2º Batalhão

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE PROVAS DE PISTOLA SPORT.45 ACP 10 DE NOVEMBRO DE 2010 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE PROVAS DE PISTOLA SPORT.45 ACP Artigo 1º Âmbito do Regulamento

Leia mais

Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS - Carabina Tipo Puma / Winchester 92/94 Calibres. 38 Spl ou 44/40

Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS - Carabina Tipo Puma / Winchester 92/94 Calibres. 38 Spl ou 44/40 Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS - Carabina Tipo Puma / Winchester 92/94 Calibres. 38 Spl ou 44/40 NORMAS DE SEGURANÇA: 1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar;

Leia mais

FEDERAÇÃO MINEIRA DE TIRO PRÁTICO

FEDERAÇÃO MINEIRA DE TIRO PRÁTICO REGULAMENTO DA FEDERAÇÃO MINEIRA DE TIRO PRÁTICO (FMTP) PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS ON LINE IMPORTANTE LER AS REGRAS BEM COMO TIRAR AS DÚVIDAS ANTES DA REALIZAÇÃO DAS PROVA. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES: O pagamento

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO. Regulamento de Provas de Pistola Sport 9mm

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO. Regulamento de Provas de Pistola Sport 9mm FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 14/10/1929 Instituição de Utilidade Pública Desportiva (D.R. 288 de 11/12/1993) Oficial da Ordem Militar de Cristo Medalha de

Leia mais

Campeonato. Portugal. Pistola Sport 9mm

Campeonato. Portugal. Pistola Sport 9mm Campeonato de Portugal de Pistola Sport 9mm Em vigor desde 01 de Janeiro de 2005 INTRODUÇÃO O Campeonato de Portugal com Armas de Ordenança perdeu as suas características próprias, as de um campeonato

Leia mais

Regulamento para o Campeonato Aberto Carabina Ar Mira Aberta

Regulamento para o Campeonato Aberto Carabina Ar Mira Aberta Clube de Caça e Tiro Araújo Brusque Regulamento para o Campeonato Aberto Carabina Ar Mira Aberta I. Finalidade Regulamentar a prova de Carabina Ar Mira Aberta II. Descrição da Prova a) Distância 10 (dez)

Leia mais

Campeonato Baiano 2016 Car / Pst

Campeonato Baiano 2016 Car / Pst Campeonato Baiano 2016 Car / Pst Regulamento Geral 1 I - Finalidade Estabelecer as normas para a realização das etapas que comporão o Campeonato Baiano de Tiro Esportivo nas modalidades de Carabina Mira

Leia mais

REGULAMENTO DE TIRO PROVA DE PISTOLA DE COMBATE

REGULAMENTO DE TIRO PROVA DE PISTOLA DE COMBATE REGULAMENTO DE TIRO PROVA DE PISTOLA DE COMBATE EsEFEx Atualizado em 2015 1 PROVA DE PISTOLA DE COMBATE Art 1º - A prova de Pistola de Combate será realizada com armamento e munição de dotação do Exército

Leia mais

TEAM SIX BRAZIL ADVANCED TACTICAL TRAINING

TEAM SIX BRAZIL ADVANCED TACTICAL TRAINING MIAMI - FLORIDA - USA Local: Miami, Florida, USA. Período: 26 à 29 de setembro de. Duração: 04 (quatro) dias. Carga Horária: 32 horas (incluso City Tour). Anexo: Informações Adicionais. Sobre o Tema Desenvolvido

Leia mais

REGRAS SAQUE RÁPIDO (Valido para as Provas On-Line)

REGRAS SAQUE RÁPIDO (Valido para as Provas On-Line) REGRAS SAQUE RÁPIDO (Valido para as Provas On-Line) Revisão 2 20/05/2016 Revisado por: Demetrius Oliveira Presidente CBTP Jose Carlos Belino Diretor de Arbitragem CBTP/NROI Maria Rita Assistente de Competição

Leia mais

Regulamento de saque-rápido Atualização de julho de 2007

Regulamento de saque-rápido Atualização de julho de 2007 Regulamento de saque-rápido Atualização de julho de 2007 Capitulo 1. Organização. A parte executiva da organização da prova é composta de Diretor de Prova (Match Director); Chefe dos Árbitros (Chief Range

Leia mais

1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar; 3. A arma NUNCA deverá ser apontada em direção que não ofereça segurança;

1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar; 3. A arma NUNCA deverá ser apontada em direção que não ofereça segurança; Apostila para Candidatos Teste MEAF CETTAS NORMAS DE SEGURANÇA: 1. Somente aponte sua arma, carregada ou não, para onde pretenda atirar; 2. NUNCA engatilhe a arma se não for atirar; 3. A arma NUNCA deverá

Leia mais

Torneio de Tiro de Precisão

Torneio de Tiro de Precisão Torneio de Tiro de Precisão REGRAS GERAIS: Armas: Qualquer tipo de arma com mira aberta, desde que não seja dióptro de qualquer tipo, ou seja com ou sem lente. Não poderá ser usado nenhum tipo de mira

Leia mais

Instalações: Carreira de Tiro do Complexo Desportivo de Rates ( CTCDR ) Intervenientes : Ass. de Fuzileiros / Sociedade de Tiro do Porto

Instalações: Carreira de Tiro do Complexo Desportivo de Rates ( CTCDR ) Intervenientes : Ass. de Fuzileiros / Sociedade de Tiro do Porto ASSOCIAÇÃO DE FUZILEIROS Sede: R. Miguel Paes,n.º 25 2830-356 BARREIRO afuzileiros@netvisao.pt afuzileiros.desporto@gmail.com Tlf. 21 206 00 79 Fax. 210884156 Fundada em 29 de Março de 1977 Assunto: Acordo

Leia mais

Regulamento Geral do Campeonato 2015

Regulamento Geral do Campeonato 2015 1) Data, Hora e Locais de Competição Regulamento Geral do Campeonato 2015 a) Data e Locais - Conforme publicado no site. Cada coordenador poderá definir se fará a competição em 1 ou 2 dias, devendo entrar

Leia mais

- Armamento e Tiro -

- Armamento e Tiro - - Armamento e Tiro - Edital Câmara 2014 (Polícia) item 06 - Professor: Marcos Girão - marcospascho@gmail.com Marcos Girão CONCEITOS INICIAIS ARMA DE FOGO MUNIÇÃO DAS ARMAS DE FOGO MUNIÇÃO - COMPONENTES

Leia mais

CURSO COMBATE URBANO

CURSO COMBATE URBANO CURSO COMBATE URBANO PLANO DE CURSO Local: TACTICAL SHOOTING CLUBE DE TIRO BOTUCATU - SP Data: dias 27 e 28 de Agosto de 2016. Instrutor parte prática: JAIRO INÁCIO Instrutor parte teórica: Arnaldo Adasz

Leia mais

Stage 1 OPEN PORTUGAL

Stage 1 OPEN PORTUGAL Stage 1 OPEN PORTUGAL - 2011 Posição inicial: Sentado na cadeira, voltado para o para balas principal, mãos nas marcas. Condição arma: arma no coldre descarregada. Procedimento da pista: Após o sinal sonoro

Leia mais

Regulamento de F-Class atualizado em 05 de fevereiro de 2015

Regulamento de F-Class atualizado em 05 de fevereiro de 2015 I- Finalidade Regulamentar a prova de F-Class no âmbito da. II- Descrição da Prova a) Distância 300 (trezentos) metros. b) Alvo 1. Alvos oficiais de F-Class e consistem em círculos concêntricos pretos

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA 10 DE NOVEMBRO DE 2010 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE PORTUGAL COM ARMAS DE ORDENANÇA

Leia mais

REGULAMENTO III DUATLO POLICIAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA

REGULAMENTO III DUATLO POLICIAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA REGULAMENTO III DUATLO POLICIAL DA POLÍCIA JUDICIÁRIA Artigo 1º Objeto A Associação Desportiva Cultural e Recreativa da Polícia Judiciária (ADCRPJ) em parceria com a Escola de Polícia Judiciária (EPJ)

Leia mais

DESAFIO DOS ATIRADORES TIROS DE PRECISÃO CPTCTC 2017

DESAFIO DOS ATIRADORES TIROS DE PRECISÃO CPTCTC 2017 DESAFIO DOS ATIRADORES TIROS DE PRECISÃO CPTCTC 2017 REGULAMENTO O Desafio dos Atiradores CPT-CTC 2017 será composto por 10 etapas, com início em Março (I Etapa) e término em Dezembro (X Etapa). Todas

Leia mais

PORTARIA Nº COLOG, DE 26 DE AGOSTO DE 2009

PORTARIA Nº COLOG, DE 26 DE AGOSTO DE 2009 MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO COMANDO LOGÍSTICO PORTARIA Nº 012 - COLOG, DE 26 DE AGOSTO DE 2009 Regulamenta os art. 2º e 4º da Portaria Normativa nº 1.811/MD, de 18 de dezembro de 2006, sobre

Leia mais

Futebol Sete Masculino Livre

Futebol Sete Masculino Livre Futebol Sete Masculino Livre FASE LOCAL CANOINHAS 2016 FUTEBOL SETE MASCULINO LIVRE CHAVE A CHAVE B 1 CIA B 6 FRICASA A 2 BONETES 7 INVIOLÁVEL 3 MILI 8 GRUPO GSA B 4 PROENGEL 9 GRUPO GSA A 5 CIA A 10 FRICASA

Leia mais

Pista 7 RULES: Ultima edição do regulamento de IPSC

Pista 7 RULES: Ultima edição do regulamento de IPSC Pista 7 RULES: Ultima edição do regulamento de IPSC 2ª PROVA CN IPSC COURSE DESIGNER: Monteiro Posição inicial do atirador: Arma carregada no coldre, mãos ao longo do corpo, calcanhares a tocar a marca

Leia mais

REGULAMENTO PROVAS DE TIRO DE PRECISÃO

REGULAMENTO PROVAS DE TIRO DE PRECISÃO REGULAMENTO PROVAS DE TIRO DE PRECISÃO Introdução Este regulamento tem por objetivo padronizar e normatizar as provas de tiro de precisão, em suas diversas modalidades, no âmbito da Associação Brasileira

Leia mais

REGULAMENTO 200 MILHAS DE KART RENTAL

REGULAMENTO 200 MILHAS DE KART RENTAL REGULAMENTO 200 MILHAS DE KART RENTAL Artigo 1º - Acordos O presente regulamento estipula que todos os Pilotos e Equipes que firmarem suas inscrições para as provas aceitam as condições previstas neste

Leia mais

AUDIÊNCIA DIRIGIDA MINUTA DO RBAC 90

AUDIÊNCIA DIRIGIDA MINUTA DO RBAC 90 90.0AM Aplicabilidade SUBPARTE AM RBAC 90 ARMAS E MUNIÇÕES EMBARCADAS (a) Esta seção estabelece os requisitos aplicáveis aos órgãos e entes da Administração Pública que, em razão de suas atribuições legais

Leia mais

REGULAMENTO FUZIL ESPORTIVO

REGULAMENTO FUZIL ESPORTIVO REGULAMENTO FUZIL ESPORTIVO I - OBJETIVO DO REGULAMENTO O objetivo deste regulamento é estabelecer as normas a serem aplicadas à modalidade FUZIL ESPORTIVO e suas duas categorias MIRA ÓPTICA e MIRA ABERTA,

Leia mais

Regulamento do Campeonato de Portugal com Armas de Ordenança

Regulamento do Campeonato de Portugal com Armas de Ordenança FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 14/10/1929 Instituição de Utilidade Pública Desportiva (D.R. 288 de 11/12/1993) Oficial da Ordem Militar de Cristo Medalha de

Leia mais

REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO CATARINENSE DE ARMAS CURTAS EXERCICIO 2017

REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO CATARINENSE DE ARMAS CURTAS EXERCICIO 2017 REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO CATARINENSE DE ARMAS CURTAS EXERCICIO 2017 Fevereiro 2017 1 INTRODUÇÃO 1.1 - O Campeonato Catarinense de Tiro Esportivo nas modalidades de Armas Curtas será disputado pelos

Leia mais

FEDERAÇÃO MARANHENSE DE TIRO ESPORTIVO - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST

FEDERAÇÃO MARANHENSE DE TIRO ESPORTIVO - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST FEDERAÇÃO MARANHENSE DE TIRO ESPORTIVO - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST São Luís MA Fevereiro de 2010 Federação Maranhense de Tiro Esportivo - FMTE REGULAMENTO DE BENCHREST CAPÍTULO I DAS MODALIDADES DE

Leia mais

Textos para Leitura e Exploração

Textos para Leitura e Exploração COMPONENTE CURRICULAR DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Textos para Leitura e Exploração Handebol. 8º ano - Ensino Fundamental II Professora: Raísa Prado. 1º Bimestre / 2016. Página 1 História do handebol Em 29 de outubro

Leia mais

< PT TECNOLOGIA MILITAR no calibre.380 ACP. Pistolas, Revólveres & Armas Longas 2015 calibres permitidos

< PT TECNOLOGIA MILITAR no calibre.380 ACP. Pistolas, Revólveres & Armas Longas 2015 calibres permitidos < PT 838 - TECNOLOGIA MILITAR no calibre.380 ACP Pistolas, Revólveres & Armas Longas 201 calibres permitidos Lançamento 201 PT 838 Nova PT 838, similar ao modelo utilizado pelas principais polícias, que

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. Manual de Instruções Carabina de Pressão SAG AR2000 JET Prezado cliente, obrigado por adquirir nossa nova

Leia mais

Confederação Brasileira de Tiro Prático

Confederação Brasileira de Tiro Prático Confederação Brasileira de Tiro Prático - Diretoria de Armas Longas Rifle e Mini Rifle Shotgun Confederação Brasileira de Tiro Prático Temas abordados: Rifle e Mini Rifle Shotgun Modelos de Pistas Compartilhadas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO FUTEBOL SETE PRIMEIRA DIVISÃO: CHAVE A MORPHOS COREMA CAMPEÃO SEGUNDA VICE SEGUNDA CHAVE B 1. È OBRIGATÓRIO O USO DE CANELEIRAS. 2. Os jogos terão a duração de

Leia mais

PROVAS A Performance B Participação 1) ATLETISMO Caminhada 25 metros - B Corrida 100 metros A

PROVAS A Performance B Participação 1) ATLETISMO Caminhada 25 metros - B Corrida 100 metros A PROVAS 1) Atletismo 2) Futsal 3) Voleibol Especial 4) Natação 5) Cabo de Guerra 6) Provas de Habilidade 7) Tênis de Mesa A Performance B Participação 1) ATLETISMO Caminhada 25 metros - B - Nesta prova

Leia mais

X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Infração - média; Penalidade - multa.

X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Infração - média; Penalidade - multa. IX - na contramão de direção: Penalidade - multa; X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Art. 183. Parar o veículo sobre a faixa de pedestres na mudança

Leia mais

II TORNEIO DE FUTEBOL DA OAB SUB. PARNAÍBA-PI

II TORNEIO DE FUTEBOL DA OAB SUB. PARNAÍBA-PI II TORNEIO DE FUTEBOL DA OAB SUB. PARNAÍBA-PI REGULAMENTO GERAL I. OBJETIVO Art. 1º - O 2º Torneio de Futebol Society da OAB Subseção de Parnaíba-PI, tem por finalidade a integração entre a comunidade

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA GUARDA MUNICIPAL DE GARANHUNS-2016

CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA GUARDA MUNICIPAL DE GARANHUNS-2016 CURSO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DA GUARDA MUNICIPAL DE GARANHUNS-2016 Provimento de cargos da Guarda Municipal de Garanhuns. Nome do candidato: Número de inscrição: Assinatura do candidato: PROVA MÓDULO

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE AR 50 22 DE JANEIRO DE 2016 Instituição de Utilidade Pública por Decreto de 14/10/1929 Instituição de Utilidade Pública Desportiva (DR 288, de 11/12/93) Renovação

Leia mais

31º J O G O S D O S E S I P A R A N Á NOTA OFICIAL 01/2017

31º J O G O S D O S E S I P A R A N Á NOTA OFICIAL 01/2017 31º J O G O S D O S E S I P A R A N Á NOTA OFICIAL 01/2017 Referência: Manutenção de Modalidades Prezados Senhores Curitiba, 10 de abril de 2017. A Coordenação Geral dos XXXI Jogos do SESI, através de

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ REGULAMENTO GERAL REGULAMENTO DO TORNEIO DE TIRO REINAUGURAÇÃO ESTANDE APMG Art. 1 - O Torneio de Tiro da Academia

Leia mais

Ministério de Juniores e Adolescentes. JUNAD nos JOGOS

Ministério de Juniores e Adolescentes. JUNAD nos JOGOS REGULAMENTO GERAL: Ministério de Juniores e Adolescentes O regulamento tem a função de orientar os participantes e a equipe que está executando as atividades do evento. Participantes de outras igrejas,

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPIRITOSANTENSE DE TIRO PRÁTICO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE SILHUETAS METALICAS

FEDERAÇÃO ESPIRITOSANTENSE DE TIRO PRÁTICO REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE SILHUETAS METALICAS 1 REGULAMENTO PARA O CAMPEONATO ESTADUAL DE SILHUETAS METALICAS 1. DISPOSIÇÕES GERAIS Este regulamento foi elaborado com o intuito de abranger de forma ampla, clara e simples todos os aspectos normativos,

Leia mais

Regulamento Geral de Car/Pst/RF 2015

Regulamento Geral de Car/Pst/RF 2015 Regulamento Geral de Car/Pst/RF 2015 I - Finalidade Estabelecer normas para os eventos nacionais da CBTE na modalidade de. II - Objetivo a) Incentivar a prática do Tiro Esportivo, em âmbito nacional, através

Leia mais

FIFA TEST NOVOS PROTOCOLOS

FIFA TEST NOVOS PROTOCOLOS CA-CBF ENAF-CBF FIFA TEST NOVOS PROTOCOLOS Introdução A prova oficial de condição física para árbitros de futebol, está dividida em 2 (duas) partes. A 1ª prova é de velocidade (RSA, por suas siglas em

Leia mais

I TORNEIO REGIONAL SUL DE NATAÇÃO MIRIM E PETIZ DE COLOMBO

I TORNEIO REGIONAL SUL DE NATAÇÃO MIRIM E PETIZ DE COLOMBO I TORNEIO REGIONAL SUL DE NATAÇÃO MIRIM E PETIZ DE COLOMBO DATA: 02 de abril de 2017 (Domingo) PRAZO DE INSCRIÇÃO: 28/03/2017 LOCAL: Santa Monica Clube de Campo CIDADE: Colombo/PR PISCINA: 50 metros PROGRAMAÇÃO:

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTADUAL ESCOLAR DE KARATE 2016 CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO ESTADUAL ESCOLAR DE KARATE 2016 CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO CAMPEONATO ESTADUAL ESCOLAR DE KARATE 2016 REGULAMENTO DO ESTADUAL ESCOLAR DE KARATE 2016 CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º - Este regulamento tem por finalidade determinar

Leia mais

16º CAMPEONATO DE VOLEI MASCULINO E FEMININO 2017

16º CAMPEONATO DE VOLEI MASCULINO E FEMININO 2017 16º CAMPEONATO DE VOLEI MASCULINO E FEMININO 2017 REGULAMENTO 1) Local As partidas serão realizadas nas quadras 1 e 3. 2) Composição das equipes: a. As equipes serão compostas de 6 (seis) jogadores. b.

Leia mais

NORMAS GERAIS PARA AS PROVAS ON-LINE 2017

NORMAS GERAIS PARA AS PROVAS ON-LINE 2017 NORMAS GERAIS PARA AS PROVAS ON-LINE 2017 1- Finalidade Estabelecer normas para os eventos nacionais ON-LINE da CBTP na modalidade de Desafio do aço, NRA Rápido, Saque Rápido e Tiro Rápido de Precisão

Leia mais

Regulamento UTFPR- 2015

Regulamento UTFPR- 2015 5ª Competição de Ponte de Macarrão da UTFPR- Câmpus Pato Branco Departamento de Engenharia Civil Universidade Tecnológica Federal do Paraná a) Disposições gerais: Regulamento UTFPR- 2015 1. Cada grupo

Leia mais

IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão.

IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. Prezado cliente, obrigado por adquirir nossa nova AR1000 Magnum. Esta é uma potente carabina de pressão que

Leia mais

Manual de Instruções Rossi Dione Takedown

Manual de Instruções Rossi Dione Takedown Manual de Instruções Rossi Dione Takedown IMPORTANTE! Por favor, leia este manual de instruções antes de usar a sua carabina de pressão. Prezado cliente, obrigado por adquirir a carabina de pressão Rossi

Leia mais

REGULAMENTO FUZIL SNIPER 2014

REGULAMENTO FUZIL SNIPER 2014 REGULAMENTO FUZIL SNIPER 2014 DEPARTAMENTO DE TIRO ADJLC CAMPEONATO PAULISTA INTERCLUBES DE FUZIL SNIPER -2014 I- DO CAMPEONATO PAULISTA I.I NOTAS INTRODUTÓRIAS 1-O objetivo deste regulamento é normatizar

Leia mais

OFICIAL DA ORDEM MILITAR DE CRISTO MEDALHA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E BONS SERVIÇOS

OFICIAL DA ORDEM MILITAR DE CRISTO MEDALHA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E BONS SERVIÇOS Circular n.º 026/2010 Exame de Aptidão para obtenção da Licença Federativa TAC O exame de aptidão para a Licença Federativa TAC, compõe-se de um teste oral sobre normas elementares de utilização e segurança

Leia mais

DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER E TRIATLETA

DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER E TRIATLETA DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER E TRIATLETA REGULAMENTO O DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER É ORGANIZADA PELO IBECEL- ISTITUTO BRASILEIRO DE ESPORTES

Leia mais

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE SEGUNDA DIVISÃO

PROGRAMAÇÃO FUTEBOL SETE SEGUNDA DIVISÃO PROGRMÇÃO FUTEBOL SETE SEGUND DIVISÃO FUTEBOL SETE SEGUND DIVISÃO: CHVE VOSSKO SER MD. BO ESPERNÇ GTS DO BRSIL KLBIN OC CHVE B KIMBERLY SER B MTRIZTEC J DE SOUZ 1. È OBRIGTÓRIO O USO DE CNELEIRS. 2. Os

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Boletim Final FUTEBOL DE AREIA Blumenau 2016 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA Nº DE EQUIPES

Leia mais

2º TriUSP Triathlon Rápido da USP Ribeirão Preto

2º TriUSP Triathlon Rápido da USP Ribeirão Preto 2º TriUSP Triathlon Rápido da USP Ribeirão Preto - 2015 REGULAMENTO 1. DATA E LOCAL: O 2º TriUSP será realizado no dia 15 de Novembro de 2015, no Campus da USP de Ribeirão Preto (Av. Bandeirantes, 3.900,

Leia mais

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016

VII JOGOS DOS APOSENTADOS FENACEF 2016 REGULAMENTO TÉCNICO DOMINÓ Art. 1º. O torneio de Dominó do VII JOGOS FENACEF, será realizado de acordo com as regras estabelecidas pela FENACEF no Regulamento Geral do VII JOGOS FENACEF, combinado com

Leia mais

ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF

ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF ANEXO VII NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA REALIZAÇÃO DAS PROVAS DA AVALIAÇÃO FÍSICA - TAF PROVA DE FLEXÃO DE BRAÇO NA BARRA FIXA BARRA (SOMENTE PARA O SEXO MASCULINO) Os procedimentos a serem adotados pelo

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO GINÁSTICA RÍTMICA JERNS / JEES 2015

REGULAMENTO ESPECÍFICO GINÁSTICA RÍTMICA JERNS / JEES 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO GINÁSTICA RÍTMICA JERNS / JEES 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DE GINÁSTICA RÍTMICA JERNS / JEES 2015 1- CATEGORIAS: Definidas pelo regulamento geral do Evento. 2- EXERCÍCIOS: a) Categoria

Leia mais

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando

FUTSAL Art. 1º - As partidas obedecerão as regras oficiais da C.B.F.S.. Art. 2º - O tempo de cada partida será de 08 (oito) minutos. Inciso I - quando VOLEIBOL Art. 1º - As partidas obedecerão às regras oficiais da FIVB, com as seguintes alterações: Inciso I - Os jogos serão realizados em 01 (um) set de 16 (dezesseis) pontos. Inciso II - Em caso de empate

Leia mais

Andebol. Origem. Caraterização

Andebol. Origem. Caraterização Origem As origens do andebol, bem como a época em que começou a ser praticado, não são conhecidas com rigor. Pode considerar-se que o andebol, na variante de onze, é de origem alemã. Este jogo foi divulgado

Leia mais

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO

Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Boletim Final FUTEBOL DE AREIA MASCULINO Blumenau 2017 Comprometimento Orgulho de representar a empresa Motivação Espírito de equipe Respeito EMPRESAS PARTICIPANTES DO FUTEBOL DE AREIA MASCULINO EMPRESA

Leia mais

REGULAMENTO DE PISTOLA. PISTOLA 50 m PISTOLA DE TIRO RÁPIDO 25 m PISTOLA FOGO CENTRAL 25 m PISTOLA STANDARD 25 m PISTOLA 25 m PISTOLA 10 m

REGULAMENTO DE PISTOLA. PISTOLA 50 m PISTOLA DE TIRO RÁPIDO 25 m PISTOLA FOGO CENTRAL 25 m PISTOLA STANDARD 25 m PISTOLA 25 m PISTOLA 10 m REGULAMENTO DE PISTOLA PISTOLA 50 m PISTOLA DE TIRO RÁPIDO 25 m PISTOLA FOGO CENTRAL 25 m PISTOLA STANDARD 25 m PISTOLA 25 m PISTOLA 10 m Edição de 2009 (1ª impressão Novembro de 2008) Em vigor desde 1

Leia mais

REGULAMENTO TÉCNICO 2017 GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA PROGRAMA COMPETITIVO CATEGORIA PRÉ-INFANTIL

REGULAMENTO TÉCNICO 2017 GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA PROGRAMA COMPETITIVO CATEGORIA PRÉ-INFANTIL REGULAMENTO TÉCNICO 2017 GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA PROGRAMA COMPETITIVO CATEGORIA PRÉ-INFANTIL Ginastas nascidos em 2008, 2007 e 2006. Bases Técnicas PROGRAMA OBRIGATÓRIO Séries 01, 02 e 03 Aparelhos

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MUNIÇÃO NÃO INCLUSA

MANUAL DE INSTRUÇÕES MUNIÇÃO NÃO INCLUSA MANUAL DE INSTRUÇÕES MUNIÇÃO NÃO INCLUSA MANUAL CARABINA DE AR COMPRIMIDO SPRING 5.5 - FIX - LAZ 102 Você acaba de adquirir uma carabina de ar comprimido modelo Spring 5.5 da marca Fixxar. 600 pés/seg

Leia mais

RT85S051CAABMPSP000 RT889101INABMISP000 RT605051CAABMPSP000 RT605051INABMPSP000 RT627101INFOICCH000 RT608165INFOICCH000 PT938152INFOMPSP000

RT85S051CAABMPSP000 RT889101INABMISP000 RT605051CAABMPSP000 RT605051INABMPSP000 RT627101INFOICCH000 RT608165INFOICCH000 PT938152INFOMPSP000 REVÓLVERES REV. 04 (18.07.16) CALIBRE MODELO TAMANHO ACABAMENTO.38 SPL.357 MAG RT85 RT889 RT605 COMPACTO MÉDIO COMPACTO Carbono alto Inox alto alto Inox alto CAPACID. TIROS COMPR. CANO 5 2 pol. 6 4 pol.

Leia mais

Segunda-feira (15/02/2016) Ginásio

Segunda-feira (15/02/2016) Ginásio Segunda-feira (15/02/) 1 13:30 BASQ. FEMININO 8º A X 8º B 2 13:45 BASQ. FEMININO 9º A X 9º B 3 14:00 BASQ. MASCULINO 8º A X 8º C 4 14:15 BASQ. MASCULINO 9º A X 9º C 5 14:30 BASQ. FEMININO 8º A X 8º C 6

Leia mais

REGULAMENTO GERAL - EDIÇÃO 2017

REGULAMENTO GERAL - EDIÇÃO 2017 1 REGULAMENTO GERAL - EDIÇÃO 2017 VERSÃO 3 29/09/2017 Art. 1º. DA ORGANIZAÇÃO, LOCAL E DATA 1. Este torneio de kart amador será organizado pela Associação de desenvolvimento do kartismo amador de Minas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL ACADEMIA NACIONAL DE POLÍCIA INSTRUÇÃO NORMATIVA N.º 05/2001-ANP/DPF, 31 DE OUTUBRO DE 2001 Regulamenta a aplicação da PROVA DE CAPACIDADE FÍSICA

Leia mais

PARAÍBA RT85S051CAABMPSP RT889101INABMISP RT605051CAFOMPSP413 RT605051INFOMPSP RT627101INFOICCH000

PARAÍBA RT85S051CAABMPSP RT889101INABMISP RT605051CAFOMPSP413 RT605051INFOMPSP RT627101INFOICCH000 REVÓLVERES REV. 06 (17.10.16) CAPACID. COMPR. CALIBRE MODELO TAMANHO ACABAMENTO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS CÓDIGO - DESCR MAT. SAP TIROS CANO.38 SPL.357 MAG RT85 RT889 RT605 COMPACTO MÉDIO COMPACTO alto

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE LICENÇAS FEDERATIVAS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE LICENÇAS FEDERATIVAS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE TIRO REGULAMENTO DE LICENÇAS FEDERATIVAS Em Vigor desde 01 de Janeiro de 2009 1. Por cada Atirador regularmente inscrito na Federação Portuguesa de Tiro, será emitida e entregue

Leia mais

38º ZESKAMP Regulamento

38º ZESKAMP Regulamento 38º ZESKAMP 2016 Regulamento Art. 1º - Poderão participar dos jogos: atletas holandeses, descendentes, casados com holandeses ou casados com descendentes. Os casos excepcionais deverão ser apresentados

Leia mais

CAMPEONATO BRASILEIRO DE VETERANOS REGULAMENTO

CAMPEONATO BRASILEIRO DE VETERANOS REGULAMENTO CAMPEONATO BRASILEIRO DE VETERANOS REGULAMENTO Artigo 1 - Atendendo o disposto nas NORMAS GERAIS PARA EVENTOS NACIONAIS da Confederação Brasileira de Judô CBJ, em seu Artigo 7, Parágrafo único, através

Leia mais

REGULAMENTO DE PISTOLA PARA. Pistola Tiro Rápido 25m. Pistola 25m

REGULAMENTO DE PISTOLA PARA. Pistola Tiro Rápido 25m. Pistola 25m REGULAMENTO DE PISTOLA PARA Pistola 50m Pistola Tiro Rápido 25m Pistola Fogo Central 25m Pistola Standard 25m Pistola 25m Pistola de Ar 10m Edição 2013 ( 11/2012 ISSF Vigente a partir de 1 de janeiro 2013

Leia mais

2012 / Programa Nestum Rugby nas Escolas. Introdução ao Tag-Rugby e ao Bitoque

2012 / Programa Nestum Rugby nas Escolas. Introdução ao Tag-Rugby e ao Bitoque 2012 / 2013 Programa Nestum Rugby nas Escolas Introdução ao Tag-Rugby e ao Bitoque Introdução O que é o TAG RUGBY? O Tag Rugby é usado como uma alternativa de ensino do rugby de XV nas escolas, ou como

Leia mais

FEDERAÇÃO GAUCHA DE DESPORTOS AQUÁTICOS Fundada em 12 de Setembro de 1955 NATAÇÃO, ESSE ESPORTE SALVA VIDAS! CIRCUITO GAÚCHO DE ÁGUAS ABERTAS

FEDERAÇÃO GAUCHA DE DESPORTOS AQUÁTICOS Fundada em 12 de Setembro de 1955 NATAÇÃO, ESSE ESPORTE SALVA VIDAS! CIRCUITO GAÚCHO DE ÁGUAS ABERTAS CIRCUITO GAÚCHO DE ÁGUAS ABERTAS - 2016 REGULAMENTO Art. 1º - A Federação Gaúcha de Desportos Aquáticos FGDA realizará o Circuito Gaúcho de Águas Abertas 2016 e, detém os direitos do mesmo. DAS DATAS E

Leia mais

CAPÍTULO I DA EQUIPE DE ARBITRAGEM

CAPÍTULO I DA EQUIPE DE ARBITRAGEM V COPA Sinttelrs de Futsal 2013 REGULAMENTO CAPÍTULO I DA EQUIPE DE ARBITRAGEM Art. 01 - Os jogos do torneio serão regulamentados pelas Regras Oficiais de Futsal da Confederação Brasileira de Futebol de

Leia mais

REGULAMENTO (Provisório) Circuito Marinheiro Extremo Etapa Ciclismo

REGULAMENTO (Provisório) Circuito Marinheiro Extremo Etapa Ciclismo + REGULAMENTO (Provisório) Circuito Marinheiro Extremo Etapa Ciclismo 1. A prova 1.1. A prova ciclística será realizada no dia 18 de Dezembro de 2016, com qualquer condição climática, com largada e chegada;

Leia mais

DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER

DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER REGULAMENTO O DESAFIO FERNANDO BICICLETAS 100 KM DE CICLISMO OPEN E MASTER É ORGANIZADA PELO IBECEL- ISTITUTO BRASILEIRO DE ESPORTES CULTURA

Leia mais

REGULAMENTO GERAL TORNEIO DO SERVIDOR DE FUTEBOL SOCIETY I DA FINALIDADE DO REGULAMENTO II - DA ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO

REGULAMENTO GERAL TORNEIO DO SERVIDOR DE FUTEBOL SOCIETY I DA FINALIDADE DO REGULAMENTO II - DA ORGANIZAÇÃO DA COMPETIÇÃO I DA FINALIDADE DO REGULAMENTO Art. 1º O presente regulamento foi elaborado pela Secretaria de Esporte e Lazer do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão (Sindjus-MA) com a intenção de normatizar

Leia mais

Copa São Paulo de Sprint Triathlon:

Copa São Paulo de Sprint Triathlon: Copa São Paulo de Sprint Triathlon Local: Praia de Peruíbe Av. Governador Mario Covas Jr x Rua São Paulo Cidade/Estado: Peruíbe/SP Data: 12/06/2016 Delegado Técnico: Gustavo Neves Abade Email: eventos@sptri.org.br

Leia mais

IDSC REGULAMENTO PROVISÓRIO 2016 IDSC/CBTD 1

IDSC REGULAMENTO PROVISÓRIO 2016 IDSC/CBTD 1 IDSC REGULAMENTO PROVISÓRIO 2016 IDSC/CBTD 1 INTRODUÇÃO É uma entidade esportiva internacional que criou uma modalidade de tiro defensivo que simula cenários da vida real na qual todos os praticantes,

Leia mais