Um consórcio internacional de cientistas anunciou nesta quinta-feira (11) a primeira

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Um consórcio internacional de cientistas anunciou nesta quinta-feira (11) a primeira"

Transcrição

1 Experimento vê ondas gravitacionais, fenômeno previsto por Einstein Abalo no espaço e no tempo foi provocado por colisão de buracos negros. Fenômeno foi antecipado pela Teoria da Relatividade Geral, há cem anos. Matéria publicada em 12 de Fevereiro de 2016 Um consórcio internacional de cientistas anunciou nesta quinta-feira (11) a primeira detecção de ondas gravitacionais, um fenômeno previsto pelo físico Albert Einstein há exatos cem anos, mas que nunca havia sido observado. \"Nós detectamos ondas gravitacionais. Nós conseguimos\", afirmou David Reitze, diretor do projeto, em uma entrevista coletiva na manhã desta quinta, em Washington. O que os pesquisadores do projeto Ligo (Laser Interferometer Gravitational-Wave Observatory) encontraram essencialmente foram \"distorções no espaço e no tempo\" causadas por um par de objetos com massas enormes interagindo entre si. Neste caso específico, os cientistas acreditam que o evento observado seja fruto da page 1 / 5

2 interação entre dois enormes buracos negros. O QUE FOI DESCOBERTO? Observando a interação de dois buracos negros (objetos do universo com gravidade extremamente forte) os pesquisadores registraram, pela primeira vez, as ondas de distorçãoprovocadas pela força gravitacional no espaço e no tempo Quando elaborou sua teoria da Relatividade Geral, Einstein afirmou que a gravidade é uma força de atração que age distorcendo o espaço e o tempo -- espaço e tempo, em sua concepção são uma coisa só. Quando há uma interação de objetos muito maciços, para os quais a força da gravidade é muito grande, eles produzem ondas que se propagam no espaço. As ondas gravitacionais estão para a gravidade assim como a luz, uma onda eletromagnética, está para o magnetismo e a eletricidade, forças capazes de gerar luminosidade. Oscilação sutil A detecção de ondas gravitacionais, porém, requer aparelhagem capaz de perceber oscilações muito mais sutis do que a luz. O Ligo consiste em dois enormes detectores de cerca de 4 km de extensão nos estados de Washington e Louisiana, nos EUA, operando conjuntamente. O Ligo em si começou a funcionar em 2002, depois de outros experimentos iniciais, e sua sensibilidade vem sendo aprimorada desde então. Só com um aprimoramento maior page 2 / 5

3 realizado no ano passado, porém, foi possível detectar um primeiro evento. A colisão de buracos negros registrada pelo projeto foi detectada em 14 de setembro. Cada um dos dois objetos pesava cerca de 30 vezes a massa do Sol, e o fenômeno ocorreu a 1,3 bilhão de anos-luz. Os buracos negros em colisão detectados pelo experimento são essencialmente estrelas mortas que implodiram dentro de sua própria força gravitacional. Esses objetos são escuros porque têm uma força de atração de gravidade tão grande que capturam até a luz. O custo do projeto Ligo foi estimado em US$ 620 milhões. O projeto foi uma iniciativa conjunta do Caltech (Instituto de Tecnologia da Califórnia) e do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts). Ao longo dos 40 anos que se passaram entre a construção do primeiro detector e a detecção das primeiras ondas gravitacionais, outros centros de pesquisa se juntaram à iniciativa. No Brasil, físicos do Inpex (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e do IFT-Unesp (Instituto de Física Teórica da Universidade Estadual Paulista) participaram do projeto. ENTENDA AS ONDAS GRAVITACIONAIS EM 7 PASSOS 1) Na teoria da Relatividade de Einstein, o espaço e o tempo são uma coisa só: o espaço-tempo page 3 / 5

4 2) O espaço-tempo, para a Relatividade, não é uma entidade fixa, mas maleável 3) Quando um astro de grande massa oscila, sua gravidade cria ondas no espaçotempo, da mesma forma que um barco chacoalhando cria ondas na água 4) Essas ondas gravitacionais, porém, são minúsculas, com milionésimos de milionésimos de milímetros 5) O Ligo, um experimento engenhoso nos EUA, foi capaz de capturar pela primeira vez a oscilação de ondas gravitacionais 6) A fonte das ondas detectadas pelo experimento eram dois buracos negros que giravam em torno um do outro e colidiram 7) A descoberta é importante porque consolida a teoria de Einstein e porque astrônomos podem agora estudar alguns fenômenos que não são visíveis pela luz page 4 / 5

5 Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) Hora de Decidir Fonte: g1 page 5 / 5

Está inaugurada a novíssima era da astronomia de ondas gravitacionais

Está inaugurada a novíssima era da astronomia de ondas gravitacionais CLIPPING Veículo: Folha de S. Paulo Data: 17/02/2016 Pág: Online Está inaugurada a novíssima era da astronomia de ondas gravitacionais Em 1916, Albert Einstein previu, a partir da sua teoria da relatividade

Leia mais

Relatividade Geral: o que é, para que serve

Relatividade Geral: o que é, para que serve Relatividade Geral: o que é, para que serve Ronaldo S. S. Vieira Astronomia ao meio-dia, 01 de junho de 2017 1 Mecânica clássica 1. Existem referenciais, ditos inerciais, tais que na ausência de forças

Leia mais

Fontes de Ondas Gravitacionais. José Carlos Neves de Araujo (DAS/INPE - Grupo GRÁVITON)

Fontes de Ondas Gravitacionais. José Carlos Neves de Araujo (DAS/INPE - Grupo GRÁVITON) 1 Fontes de Ondas Gravitacionais José Carlos Neves de Araujo (DAS/INPE - Grupo GRÁVITON) 1 Conteúdo Ondas Gravitacionais (OGs) OGs vs. OEs (ondas eletromagnéticas) OGs realmente existem? Fontes de OGs

Leia mais

Vítor Cardoso: Este é o acontecimento do último século em ciência"

Vítor Cardoso: Este é o acontecimento do último século em ciência Vítor Cardoso: Este é o acontecimento do último século em ciência" TERESA FIRMINO 11/02/2016 21:39 Professor e investigador do Centro Multidisciplinar de Astrofísica e Gravitação (Centra) do Instituto

Leia mais

Astronomia Nunca tínhamos visto luz e ondas gravitacionais vindas da colisão de estrelas de neutrões. Ciência, 30/31

Astronomia Nunca tínhamos visto luz e ondas gravitacionais vindas da colisão de estrelas de neutrões. Ciência, 30/31 Astronomia Nunca tínhamos visto luz e ondas gravitacionais vindas da colisão de estrelas de neutrões Ciência, 30/31 Pela primeira vez, vimos tanto ondas gravitacionais como luz emitidas pela colisão de

Leia mais

Quasares e Matéria Escura

Quasares e Matéria Escura Quasares e Matéria Escura Atila Costa, Ingrid Rais, Marcelo Diedrich, e Patrícia Gonçalves Seminário de Astronomia IFRS Novembro de 2013 Sumário Introdução...03 História...04 Radiotelescópios...06 Redshift...08

Leia mais

Arquitetura do Universo Nascimento e Estrutura do Universo

Arquitetura do Universo Nascimento e Estrutura do Universo Unidade 1 Arquitetura do Universo Nascimento e Estrutura do Universo s O Big Bang O Universo tem uma história! Uma história com cerca de 15 mil milhões de anos. Começou com o Big Bang, não tendo parado

Leia mais

Seleção Nacional - Turma Prova Escrita (23/10/2016)

Seleção Nacional - Turma Prova Escrita (23/10/2016) Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física - SBF Seleção Nacional - Turma 2017 - Prova Escrita (23/10/2016) 1. Na figura, indica-se um raio luminoso monocromático que penetra, a partir de um meio

Leia mais

Segundo astrônomos, buraco negro no centro de nossa galáxia está atraindo nuvem de gás e poeira cósmica que envolve uma jovem estrela.

Segundo astrônomos, buraco negro no centro de nossa galáxia está atraindo nuvem de gás e poeira cósmica que envolve uma jovem estrela. Segundo astrônomos, buraco negro no centro de nossa galáxia está atraindo nuvem de gás e poeira cósmica que envolve uma jovem estrela. Estrela é atraída por buraco negro no centro da Via Láctea, diz estudo

Leia mais

Gravidade: Clássica e Quântica. Panoramas da Física

Gravidade: Clássica e Quântica. Panoramas da Física Gravidade: Clássica e Quântica Panoramas da Física Programa - Breve introdução. - Relatividade Restrita. - Relatividade Geral. - Idéias fundamentais. - Campo fraco: Newton e ondas gravitacionais. - Solução

Leia mais

RELATÓRIO DE VALORES POR FAIXA DE CONSUMO

RELATÓRIO DE VALORES POR FAIXA DE CONSUMO 10 R$ 18,40 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 9,20 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 27,60 11 R$ 21,43 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 10,72 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 0,00 R$ 32,15 12 R$ 24,68 % 0 R$ 0,00 R$ 0,00

Leia mais

INTRODUÇÃO À RELATIVIDADE GERAL - Aula 3 p. 1

INTRODUÇÃO À RELATIVIDADE GERAL - Aula 3 p. 1 INTRODUÇÃO À RELATIVIDADE GERAL - Aula 3 Victor O. Rivelles Instituto de Física Universidade de São Paulo rivelles@fma.if.usp.br http://www.fma.if.usp.br/ rivelles/ XXI Jornada de Física Teórica 2006 INTRODUÇÃO

Leia mais

As principais formas de oscilação são: Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície.

As principais formas de oscilação são: Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície. Tudo ao nosso redor oscila!!! As principais formas de oscilação são: Ondas Massa - mola Pêndulo Ondas em uma superfície. O que é um pêndulo? Um corpo suspenso por um fio, afastado da posição de equilíbrio

Leia mais

WHITE PAPER ASTROFÍSICA DE ONDAS GRAVITACIONAIS: Uma Proposta de Plano Estratégico para a Comunidade Astrofísica Brasileira para o período

WHITE PAPER ASTROFÍSICA DE ONDAS GRAVITACIONAIS: Uma Proposta de Plano Estratégico para a Comunidade Astrofísica Brasileira para o período WHITE PAPER ASTROFÍSICA DE ONDAS GRAVITACIONAIS: Uma Proposta de Plano Estratégico para a Comunidade Astrofísica Brasileira para o período 2010-2015 Motivação: Colaboração GRÁVITON A comunidade científica

Leia mais

JENNIFER ANN THOMAS E RAQUEL BEER DE FEVEREIRO, DE FEVEREIRO, FURIA

JENNIFER ANN THOMAS E RAQUEL BEER DE FEVEREIRO, DE FEVEREIRO, FURIA PEGANDO ONDA NO UNIVERSO Previstas há 100 anos por Albert Einstein na sua Teoria da Relatividade Geral, as ondas gravitacionais são detectadas pela primeira vez a partir da fusão entre dois buracos negros

Leia mais

MÓDULO 1 FÍSICA, PARA QUE SERVE ISSO? PROF.EMERSON

MÓDULO 1 FÍSICA, PARA QUE SERVE ISSO? PROF.EMERSON MÓDULO 1 FÍSICA, PARA QUE SERVE ISSO? PROF.EMERSON INTRODUÇÃO À FÍSICA DEFINIÇÃO A FÍSICA é a ciência das coisas naturais, cujo objetivo é a formação de leis que regem os fenômenos da natureza, estudando

Leia mais

Gravitação de Newton

Gravitação de Newton Gravitação de Newton Acção à distância Acção instantânea (contradiz RR) Todos os objectos caem de igual forma Ioannes Philliponus (~600AC): deixe-se cair da mesma altura dois corpos, um muito mais pesado

Leia mais

MISTÉRIOS DO UNIVERSO

MISTÉRIOS DO UNIVERSO MISTÉRIOS DO UNIVERSO Natália Palivanas 16 de Dezembro de 2016 O objetivo desta Sessão Astronomia é mostrar que todo o conhecimento que agregamos até hoje, tanto pessoal quanto científico, tem origem em

Leia mais

Mecânica e Ondas MEEC Prof. Pedro Abreu 25ª Aula

Mecânica e Ondas MEEC Prof. Pedro Abreu 25ª Aula Mecânica e Ondas MEEC 2013-2014 Prof. Pedro Abreu abreu@lip.pt 25ª Aula Princípio de Equivalência (introdução à ) Relatividade Geral Questões em aberto no nosso Universo Eu não sei com que armas os homens

Leia mais

Seleção Nacional - Turma Prova Escrita (23/10/2016)

Seleção Nacional - Turma Prova Escrita (23/10/2016) Turma P41 Lista de Presença Pág. 1 Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física - SBF Seleção Nacional - Turma 2017 - Prova Escrita (23/10/2016) 1102 ALESSANDRA DE SOUZA TEIXEIRA 1103 ALEXANDRE JOÃO

Leia mais

Observar o Universo. astropartículas astronomia e física de partículas

Observar o Universo. astropartículas astronomia e física de partículas Observar o Universo astropartículas astronomia e física de partículas Sofia Andringa, LIP-Lisboa O que sabemos do Universo? São Tomé e Príncipe, Setembro 2009 Da Terra, vemos o Sol, a luz reflectida na

Leia mais

- FOCO, - EPICENTRO: - PROFUNDIDADE FOCAL: - DISTÂNCIA EPICENTRAL: - MAGNITUDE: - INTENSIDADE:

- FOCO, - EPICENTRO: - PROFUNDIDADE FOCAL: - DISTÂNCIA EPICENTRAL: - MAGNITUDE: - INTENSIDADE: 1 Terremoto (ou abalo sísmico) é a liberação instantânea de energia que gera ondas elásticas que se propagam pela Terra. Para ocorrer um terremoto, é necessário haver condições para o acúmulo de esforços

Leia mais

Previstas por Einstein há 100 anos, ondas gravitacionais detectadas pela primeira vez

Previstas por Einstein há 100 anos, ondas gravitacionais detectadas pela primeira vez Previstas por Einstein há 100 anos, ondas gravitacionais detectadas pela primeira vez ANA GERSCHENFELD 11/02/2016 15:36 A existência destas ondas era a derradeira previsão ainda por confirmar da Teoria

Leia mais

Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso...

Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso... Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso... I- A Ciência Astronomia-Astrofísica II- Estrutura Hierárquica do Universo III- Escalas de Dimensões e Distâncias

Leia mais

Descoberta a fonte das misteriosas ondas de rádio no espaço

Descoberta a fonte das misteriosas ondas de rádio no espaço Descoberta a fonte das misteriosas ondas de rádio no espaço Date : 5 de Janeiro de 2017 Ondas de rádio que ninguém conseguia explicar têm sido um dos grandes quebra-cabeças da astronomia moderna, mas uma

Leia mais

O espaço-tempo curvo na teoria da relatividade geral. Felipe Tovar Falciano

O espaço-tempo curvo na teoria da relatividade geral. Felipe Tovar Falciano O espaço-tempo curvo na teoria da relatividade geral Felipe Tovar Falciano IFCE - 2013 O que é Relatividade? 1685 - Newton "Philosophiae naturalis principia mathematica" A. Einstein (1879-1955) 1890 -

Leia mais

Introdução a Astronomia

Introdução a Astronomia Introdução a Astronomia...uma breve perspectiva do caminho que realizaremos durante o curso e a necessidade da utilização de Unidades Especiais e Medidas Astronômicas... I- A Ciência Astronomia-Astrofísica

Leia mais

Centro galáctico. Diâmetro da Galáxia AL

Centro galáctico. Diâmetro da Galáxia AL Centro galáctico Diâmetro da Galáxia 100.000 AL Centro Galáctico imagem no Infra-vermelho do Centro Galáctico O centro galáctico, observado desde a Terra, é obscurecido pela alta concentração de pó do

Leia mais

Após quase dois anos no espaço, o avião militar X-37 B dos Estados Unidos está de. volta à Terra, gerando especulações sobre sua missão misteriosa.

Após quase dois anos no espaço, o avião militar X-37 B dos Estados Unidos está de. volta à Terra, gerando especulações sobre sua missão misteriosa. Avião militar americano volta de missão misteriosa após dois anos no espaço Desde seu primeiro voo, em 2010, gerou todos os tipos de especulação sobre o seu verdadeiro propósito. Matéria publicada em 11

Leia mais

I Curso Introdução à Astronomia Jan A Terra e a Lua. Daniel R. C. Mello. Observatório do Valongo - UFRJ

I Curso Introdução à Astronomia Jan A Terra e a Lua. Daniel R. C. Mello. Observatório do Valongo - UFRJ I Curso Introdução à Astronomia Jan 2017 A Terra e a Lua Daniel R. C. Mello Observatório do Valongo - UFRJ Nesta aula veremos: O sistema Terra-Lua (dimensões e distâncias) Os Movimentos da Terra, da Lua

Leia mais

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Outono, 2015. Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: ALBERT EINSTEIN

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Outono, 2015. Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: ALBERT EINSTEIN Instituto de Educação Infantil e Juvenil Outono, 2015. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 4 MMXV grupo B ALBERT EINSTEIN Imagens de supernova podem ajudar a testar teoria de Einstein

Leia mais

EXPERIÊNCIA V ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E POLARIZAÇÃO

EXPERIÊNCIA V ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E POLARIZAÇÃO EXPERIÊNCIA V ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E POLARIZAÇÃO Nomes: Data: Período: ELETRICIDADE E MAGNETISMO II (2011) Professor Cristiano A) Objetivo Identificar o transporte de energia através da propagação de

Leia mais

A Matéria Escura. Samuel Jorge Carvalho Ximenes & Carlos Eduardo Aguiar

A Matéria Escura. Samuel Jorge Carvalho Ximenes & Carlos Eduardo Aguiar UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Instituto de Física Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Mestrado Prossional em Ensino de Física A Matéria Escura Samuel Jorge Carvalho Ximenes & Carlos

Leia mais

Os planetas Extrassolares

Os planetas Extrassolares Os planetas Extrassolares Daniel R. C. Mello Observatório do Valongo - UFRJ I Curso de extensão Introdução à Astronomia - 2017 Planetas Extrassolares Como esta aventura começou? Há um infinito número de

Leia mais

Thaisa Storchi Bergmann

Thaisa Storchi Bergmann Thaisa Storchi Bergmann Membro da Academia Brasileira de Ciências Prêmio L Oreal/UNESCO For Women in Science 2015 3/11/16 Thaisa Storchi Bergmann, Breve história do Universo, Parte II 1 Resum0 da primeira

Leia mais

Apresentado por Joice Maciel. Universidade Federal do ABC Agosto de 2013

Apresentado por Joice Maciel. Universidade Federal do ABC Agosto de 2013 Apresentado por Joice Maciel Universidade Federal do ABC Agosto de 2013 Formação das Galáxias Evolução Distribuição das Galáxias Galáxias ativas Formação das Galáxias A maioria das galáxias se formaram

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 14: Aglomerados de estrelas.

Astrofísica Geral. Tema 14: Aglomerados de estrelas. merados de estrelas. Outline 1 Aglomerados estelares 2 Populações estelares 3 Medidas com aglomerados 4 Bibliografia 2 / 23 Índice 1 Aglomerados estelares 2 Populações estelares 3 Medidas com aglomerados

Leia mais

Honneur - Championnat Territorial Phase Préliminaire

Honneur - Championnat Territorial Phase Préliminaire A 1 20/09/2015 R1 10/01/2016 A 2 27/09/2015 R2 17/01/2016 Page 1 de 9 A 3 04/10/2015 R3 24/01/2016 A 4 01/11/2015 R4 07/02/2016 Page 2 de 9 A 5 08/11/2015 R5 14/02/2016 A 6 15/11/2015 R6 21/02/2016 Page

Leia mais

Pesquisadores produzem diamantes nanoestruturados irradiando grafite com laser Trabalho também se destacou por sua simplicidade

Pesquisadores produzem diamantes nanoestruturados irradiando grafite com laser Trabalho também se destacou por sua simplicidade Pesquisadores produzem diamantes nanoestruturados irradiando grafite com laser Trabalho também se destacou por sua simplicidade Matéria publicada em 12 de Julho de 2015 A formação de diamantes na natureza

Leia mais

Tópicos de Física Geral I Cosmologia: o que sabemos sobre a história do universo? Miguel Quartin

Tópicos de Física Geral I Cosmologia: o que sabemos sobre a história do universo? Miguel Quartin Tópicos de Física Geral I 2016 Cosmologia: o que sabemos sobre a história do universo? Miguel Quartin Instituto de Física, UFRJ Grupo: Astrofísica, Relatividade e Cosmologia (ARCOS) 1 Resumo do Seminário

Leia mais

O que vamos estudar? O que é a Via Láctea? Sua estrutura Suas componentes

O que vamos estudar? O que é a Via Láctea? Sua estrutura Suas componentes A Via Láctea O que vamos estudar? O que é a Via Láctea? Sua estrutura Suas componentes A Via-Láctea Hoje sabemos que é a galáxia onde vivemos - Há 100 anos não sabíamos disso! - Difícil estudar estando

Leia mais

Astronomia em Sala de Aula. Patrícia F. Spinelli (MAST)

Astronomia em Sala de Aula. Patrícia F. Spinelli (MAST) Astronomia em Sala de Aula Patrícia F. Spinelli (MAST) I. Por que estudar astronomia? Tecnologias e descobertas oriundas da pesquisa em Astronomia Detecção de objetos fracos Busca de planetas extrassolares

Leia mais

http://www.institutogamaliel.com/declara%c3%a7%c3%a3o-de-f%c3%a9.php http://www.institutogamaliel.com/bacharelado-em-teologia-sistem%c3%a1tica.

http://www.institutogamaliel.com/declara%c3%a7%c3%a3o-de-f%c3%a9.php http://www.institutogamaliel.com/bacharelado-em-teologia-sistem%c3%a1tica. Links http://www.institutogamaliel.com/ http://www.institutogamaliel.com/home.php http://www.institutogamaliel.com/nossa-miss%c3%a3o.php http://www.institutogamaliel.com/declara%c3%a7%c3%a3o-de-f%c3%a9.php

Leia mais

O Lado Escuro do Universo

O Lado Escuro do Universo O Lado Escuro do Universo Thaisa Storchi Bergmann Departamento de Astronomia, Instituto de Física, UFRGS, Porto Alegre, RS, Brasil Em 400 anos Telescópio Espacial Hubble (2.4m) Telescópio de Galileu (lente

Leia mais

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (14) que decidiu reduzir o preço médio nas

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (14) que decidiu reduzir o preço médio nas Petrobras reduz preço do diesel em 5,8% e da gasolina em 2,3% Trata-se da segunda redução de preços nas refinarias em 20 dias. Empresa anuncia que reajustes serão mais frequentes Matéria publicada em 14

Leia mais

Portal G1 (Globo.com) 11/02/2014 Governo desiste de estender horário de verão, diz ministro

Portal G1 (Globo.com) 11/02/2014 Governo desiste de estender horário de verão, diz ministro Portal G1 (Globo.com) 11/02/2014 Governo desiste de estender horário de verão, diz ministro http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/02/governo-desiste-de-estender-horario-de-verao.html O ministro de

Leia mais

O Telescópio SOAR detecta o remanescente da explosão cósmica mais distante já vista até hoje, estabelecendo um novo recorde.

O Telescópio SOAR detecta o remanescente da explosão cósmica mais distante já vista até hoje, estabelecendo um novo recorde. Comunicado à imprensa 12 de Setembro de 2005 10:00 horas Sem embargo O Telescópio SOAR detecta o remanescente da explosão cósmica mais distante já vista até hoje, estabelecendo um novo recorde. Equipes

Leia mais

Introdução à Física Elétrica. Prof. Marco Simões

Introdução à Física Elétrica. Prof. Marco Simões Introdução à Física Elétrica Prof. Marco Simões Primeiras observações da eletricidade Por volta de 600 a.c. o filósofo grego Tales de Mileto notou que ao se atritar pele animal com o âmbar, ele passava

Leia mais

Espectro Eletromagnético. Professor Leonardo

Espectro Eletromagnético. Professor Leonardo Espectro Eletromagnético VÉSPERA- VERÃO 2010 EFEITO FOTO ELÉTRICO VÉSPERA- VERÃO 2010 VÉSPERA- VERÃO 2010 Efeito Fotoelétrico Problemas com a Física Clássica 1) O aumento da intensidade da radiação incidente

Leia mais

Interações fundamentais da natureza

Interações fundamentais da natureza Interações fundamentais da natureza Segundo o entendimento científico atual, todos os fenômenos físicos observados, da colisão de galáxias à interação entre os constituintes de um próton, são originados

Leia mais

Mini Curso de Ondas Gravitacionais I Encontro de Verão de Física no ITA

Mini Curso de Ondas Gravitacionais I Encontro de Verão de Física no ITA Mini Curso de Ondas Gravitacionais I Encontro de Verão de Física no ITA 1. a Aula Rubens M. Marinho Jr. ITA 13..17 fev 2006 1 Primeira aula O que são Ondas Gravitacionais? Newton x Einstein RG: Equações

Leia mais

Conteúdo. Conceitos físicos envolvidos no kit:

Conteúdo. Conceitos físicos envolvidos no kit: Conceitos físicos envolvidos no kit: Espectro eletromagnético/infravermelho; Radiação de corpo negro; Detectores, emissores e filtros de radiação; Apresentação do kit: Oprojeto; Adequação aos currículos;

Leia mais

Buracos negros e gravitação Karenn Liège

Buracos negros e gravitação Karenn Liège Buracos negros e gravitação Buracos negros e gravitação Karenn Liège Objetivos Enfatizar a importância da Teoria Gravitacional nas descobertas cosmológicas principalmente as relacionadas aos Buracos Negros.

Leia mais

ISOLAMENTO VERTICAL DO MULTI-NESTED PENDULA PARA DETECTORES INTERFEROMÉTRICOS DE ONDAS GRAVITACIONAIS

ISOLAMENTO VERTICAL DO MULTI-NESTED PENDULA PARA DETECTORES INTERFEROMÉTRICOS DE ONDAS GRAVITACIONAIS 107 Recebido em 04/2016. Aceito para publicação em 06/2016. ISOLAMENTO VERTICAL DO MULTI-NESTED PENDULA PARA DETECTORES INTERFEROMÉTRICOS DE ONDAS GRAVITACIONAIS VERTICAL ISOLATION OF MULTI-NESTED PENDULA

Leia mais

Teoria de Cordas e Supercordas. Henrique Boschi Filho Instituto de Física UFRJ

Teoria de Cordas e Supercordas. Henrique Boschi Filho Instituto de Física UFRJ Teoria de Cordas e Supercordas Henrique Boschi Filho Instituto de Física UFRJ III Encontro de Ciências do Universo, Núcleo de Pesquisas em Ciências, 4 de Julho de 2015 Ideia Central A hipótese central

Leia mais

INTRODUÇÃO À GRAVITAÇÃO E À COSMOLOGIA

INTRODUÇÃO À GRAVITAÇÃO E À COSMOLOGIA INTRODUÇÃO À GRAVITAÇÃO E À COSMOLOGIA Victor O. Rivelles Aula 4 Instituto de Física da Universidade de São Paulo e-mail: rivelles@fma.if.usp.br http://www.fma.if.usp.br/~rivelles Escola Norte-Nordeste

Leia mais

Astrônomos descobrem sistema com 7 exoplanetas, e eles podem ter água

Astrônomos descobrem sistema com 7 exoplanetas, e eles podem ter água Astrônomos descobrem sistema com 7 exoplanetas, e eles podem ter água Maria Júlia Marques Do UOL, em São Paulo 22/02/2017 15h00 m n H { Ouvir texto J Imprimir F Comunicar erro "Não, nós não encontramos

Leia mais

Decima Quinta Aula. Introdução à Astrofísica. Reinaldo R. de Carvalho

Decima Quinta Aula. Introdução à Astrofísica. Reinaldo R. de Carvalho Decima Quinta Aula Introdução à Astrofísica Reinaldo R. de Carvalho (rrdecarvalho2008@gmail.com) pdf das aulas estará em http://cosmobook.com.br/?page_id=440 Baseado no livro Universe, Roger A. Freedman

Leia mais

Física Material desenvolvido pela Editora do Brasil, não avaliado pelo MEC.

Física Material desenvolvido pela Editora do Brasil, não avaliado pelo MEC. Currículo Estadual Rio de Janeiro Física Material desenvolvido pela Editora do Brasil, não avaliado pelo MEC. Cosmologia - Movimento - Compreender o conhecimento científico como resultado de uma construção

Leia mais

A LUZ PRECIOSO BEM PARA OS ASTRÔNOMOS

A LUZ PRECIOSO BEM PARA OS ASTRÔNOMOS A LUZ PRECIOSO BEM PARA OS ASTRÔNOMOS A Astronomia vive quase que exclusivamente da luz captada dos objetos celestes. É através da luz por eles emitida, refletida ou absorvida que tiramos informações sobre

Leia mais

COSMOLOGIA II. Daniele Benício

COSMOLOGIA II. Daniele Benício COSMOLOGIA II Daniele Benício Relembrando da aula passada... COSMOLOGIA: É o ramo da Ciência que se dispõe a estudar e propor teorias sobre a origem, estrutura e evolução do Universo Evidências do Big

Leia mais

A SIMPLIFIED GRAVITATIONAL MODEL TO ANALYZE TEXTURE ROUGHNESS

A SIMPLIFIED GRAVITATIONAL MODEL TO ANALYZE TEXTURE ROUGHNESS A SIMPLIFIED GRAVITATIONAL MODEL TO ANALYZE TEXTURE ROUGHNESS Introdução Um padrão de textura é definido como uma função da variação espacial nas intensidades dos pixels Um dos mais importantes atributos

Leia mais

Tópicos Especiais em Física

Tópicos Especiais em Física Tópicos Especiais em Física Vídeo-aula 2: cosmologia e relatividade geral Vídeo-aula 2: cosmologia e relatividade geral 18/06/2011 Cosmologia: aspectos históricos Fundamentos da Relatividade Geral Cosmologia

Leia mais

Aula 2 Efeitos do meio nas observações (atmosfera terrestre, meio interplanetário e meio interestelar)

Aula 2 Efeitos do meio nas observações (atmosfera terrestre, meio interplanetário e meio interestelar) Aula 2 Efeitos do meio nas observações (atmosfera terrestre, meio interplanetário e meio interestelar) Prof. Dr. Sergio Pilling sergiopilling@yahoo.com.br http://www1.univap.br/spilling A atmosfera terrestre.

Leia mais

Das partículas às estrelas. Evaldo M. F. Curado Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas

Das partículas às estrelas. Evaldo M. F. Curado Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas Das partículas às estrelas Evaldo M. F. Curado Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas resumo natureza - física ordens de magnitude partículas - átomos fenômenos curiosos -> partícula-onda objetos macroscópicos

Leia mais

Os segredos do poder de manipulação Em geral, nós gostamos da ideia de sermos donos de nossas próprias escolhas. Mas será que somos mesmo?

Os segredos do poder de manipulação Em geral, nós gostamos da ideia de sermos donos de nossas próprias escolhas. Mas será que somos mesmo? Os segredos do poder de manipulação Em geral, nós gostamos da ideia de sermos donos de nossas próprias escolhas. Mas será que somos mesmo? Matéria publicada em 08 de Abril de 2015 Jay Olson, pesquisador

Leia mais

PORTOS E LOGÍSTICA (/NOTICIAS/PORTOS-E-LOGISTICA) Terça, 25 Julho :07

PORTOS E LOGÍSTICA (/NOTICIAS/PORTOS-E-LOGISTICA) Terça, 25 Julho :07 PORTOS E LOGÍSTICA (/NOTICIAS/PORTOS-E-LOGISTICA) Terça, 25 Julho 2017 18:07 Prumo prevê começar construção de térmica no Açu no início de 2018, diz CEO (/noticias/portos-elogistica/39803-prumopreve-comecarconstrucao-de-termicano-acu-no-inicio-de-2018-

Leia mais

Modelo geocêntrico: Terra no centro do Universo. Corpos celestes giravam ao seu redor. Defensores: Aristóteles e Cláudio Ptolomeu.

Modelo geocêntrico: Terra no centro do Universo. Corpos celestes giravam ao seu redor. Defensores: Aristóteles e Cláudio Ptolomeu. SISTEMA SOLAR Modelo geocêntrico: Terra no centro do Universo. Corpos celestes giravam ao seu redor. Defensores: Aristóteles e Cláudio Ptolomeu. Permaneceu até o século XV. Modelo heliocêntrico: Sol no

Leia mais

Aula 10 Relatividade. Física 4 Ref. Halliday Volume4. Profa. Keli F. Seidel

Aula 10 Relatividade. Física 4 Ref. Halliday Volume4. Profa. Keli F. Seidel Aula 10 Relatividade Física 4 Ref. Halliday Volume4 ...RELATIVIDADE RESTRITA Sumário A relatividade das distâncias Contração do Espaço Transformada de Lorenz A transformação das velocidades Relembrando...

Leia mais

INTRODUÇÃO À RELATIVIDADE GERAL - Aula 4 p. 1

INTRODUÇÃO À RELATIVIDADE GERAL - Aula 4 p. 1 INTRODUÇÃO À RELATIVIDADE GERAL - Aula 4 Victor O. Rivelles Instituto de Física Universidade de São Paulo rivelles@fma.if.usp.br http://www.fma.if.usp.br/ rivelles/ XXI Jornada de Física Teórica 2006 INTRODUÇÃO

Leia mais

Decima Quarta Aula. Introdução à Astrofísica. Reinaldo R. de Carvalho

Decima Quarta Aula. Introdução à Astrofísica. Reinaldo R. de Carvalho Decima Quarta Aula Introdução à Astrofísica Reinaldo R. de Carvalho (rrdecarvalho2008@gmail.com) pdf das aulas estará em http://cosmobook.com.br/?page_id=440 ! Capítulo 14!! A Nossa Galáxia - Descrição

Leia mais

Astronomia para Todos Buracos Negros

Astronomia para Todos Buracos Negros Astronomia para Todos Buracos Negros Oswaldo Duarte Miranda mailto: oswaldo@das.inpe.br INPE 27 de novembro de 2008 Oswaldo Duarte Miranda Buracos Negros Um pouco de História pré Einstein 1687: Isaac Newton

Leia mais

Busca por Luas e Anéis em Órbita de Planetas Extrassolares Utilizando os Telescópios Espaciais Kepler e CoRoT

Busca por Luas e Anéis em Órbita de Planetas Extrassolares Utilizando os Telescópios Espaciais Kepler e CoRoT Instituto Nacional de pesquisas Espaciais Divisão de Astrofísica Workshop da DAS Busca por Luas e Anéis em Órbita de Planetas Extrassolares Utilizando os Telescópios Espaciais Kepler e CoRoT Luis Ricardo

Leia mais

Class Responsibilities and Collaborators

Class Responsibilities and Collaborators Class Responsibilities and Collaborators Cartões que representam as responsabilidades e as interações das classes Utilizados para estimular o aprendizado do paradigma da orientação a objetos Dimensões

Leia mais

Moluscos têm uma língua de cerdas com pequenos dentes para coletar comida de

Moluscos têm uma língua de cerdas com pequenos dentes para coletar comida de Dente de molusco é material biológico mais resistente que existe Dentes de moluscos parecem ser o material biológico mais forte já testado, e suas estruturas podem ser copiadas para fazer carros, navios

Leia mais

Depois de visita do Papa aos EUA, Nasa prepara o caminho para a vinda de Salvador extraterresre

Depois de visita do Papa aos EUA, Nasa prepara o caminho para a vinda de Salvador extraterresre Depois de visita do Papa aos EUA, Nasa prepara o caminho para a vinda de Salvador extraterresre Deu em O Globo: Marcas no solo provam que existe água em Marte, diz Nasa Achado alimenta especulações sobre

Leia mais

cataclismo cósmico capa

cataclismo cósmico capa capa cataclismo cósmico Colisão de estrelas de nêutrons emite ondas gravitacionais e luz e desperta uma corrida internacional para compreender evento inédito na astronomia Ricardo Zorzetto e Igor Zolnerkevic

Leia mais

A FÍSICA ONTEM E HOJE

A FÍSICA ONTEM E HOJE PIBID FÍSICA EDIÇÃO A FÍSICA ONTEM E HOJE NOVEMBRO DE 2015 LUZ A ESPECTROSCOPIA [PAG 2] O EFEITO FOTOELÉTRICO [PAG 3] POLARIZAÇÃO DA LUZ [PAG 4] O ANO INTERNACIONAL E AS TECNOLOGIAS A BASE DE LUZ [PAG

Leia mais

Esse planeta possui maior velocidade quando passa pela posição: a) ( ) I b) ( ) II c) ( ) III d) ( ) IV e) ( ) V

Esse planeta possui maior velocidade quando passa pela posição: a) ( ) I b) ( ) II c) ( ) III d) ( ) IV e) ( ) V 1. Desde a antiguidade, existiram teorias sobre a concepção do universo. Por exemplo, a teoria Aristotélica propunha que a Terra seria o centro do universo e todos os astros descreveriam órbitas circulares

Leia mais

O Universo visto com outros olhos. Marcio A.G. Maia

O Universo visto com outros olhos. Marcio A.G. Maia O Universo visto com outros olhos Marcio A.G. Maia XIV Semana de Física da UERJ - Agosto 2008 Astrologia X Astronomia Qual a diferença entre elas? Física e Matemática, muuuiiiiita Física e Matemática!!!!

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física Polo: Juazeiro UNIVASF/MNPEF TIAGO FERRAZ

Leia mais

4 IMAGENS PARA VOCÊ REPENSAR COMPLETAMENTE SUA EXISTÊNCIA

4 IMAGENS PARA VOCÊ REPENSAR COMPLETAMENTE SUA EXISTÊNCIA https://awebic.com/natureza/o-universo-e-assustador/ 4 IMAGENS PARA VOCÊ REPENSAR COMPLETAMENTE SUA EXISTÊNCIA PorWillian Binder Atualizado em 23 de fevereiro de 2017 QUAL É A RAZÃO DA EXISTÊNCIA HUMANA?

Leia mais

Nosso corpo é o lar de cerca de 100 trilhões de bactérias e outros micróbios, e esse

Nosso corpo é o lar de cerca de 100 trilhões de bactérias e outros micróbios, e esse Bactérias do organismo podem manipular nossos desejos por alimentos A forma como micróbios agem em nosso corpo pode preencher algumas de nossas maiores dúvidas a respeito da vontade de consumir certas

Leia mais

a)a amplitude em centímetros. b)o período. c)o comprimento de onda em centímetros.

a)a amplitude em centímetros. b)o período. c)o comprimento de onda em centímetros. UNIPAC TO EXERCÍCIO AVALIATIVO EM SALA 4 PERÍODO ONDAS - Prof: Arnon Rihs VALOR 5 PONTOS NOME: NOME: NOME: NOME: A formosura da alma campeia e denuncia-se na inteligência, na honestidade, no recto procedimento,

Leia mais

A pesquisa que chegou a essa conclusão tem o objetivo de explicar a razão de alguns. tecidos do corpo serem mais vulneráveis ao câncer do que outros.

A pesquisa que chegou a essa conclusão tem o objetivo de explicar a razão de alguns. tecidos do corpo serem mais vulneráveis ao câncer do que outros. Pesquisa diz que \'má sorte\' é causa da maioria dos tipos de câncer A ocorrência da maior parte dos tipos de câncer pode ser atribuída mais à \"má sorte\" do que a fatores de risco conhecidos, como o

Leia mais

Questão 01) TEXTO: 1 - Comum à questão: 2

Questão 01) TEXTO: 1 - Comum à questão: 2 Questão 0) "Eu medi os céus, agora estou medindo as sombras. A mente rumo ao céu, o corpo descansa na terra." Com esta inscrição, Johannes Kepler encerra sua passagem pela vida, escrevendo seu próprio

Leia mais

ES fudo TEÓRICO DO DETECTOR DE ONDAS GRAVITACIONAIS MARIO SCHENBERG

ES fudo TEÓRICO DO DETECTOR DE ONDAS GRAVITACIONAIS MARIO SCHENBERG ES fudo TEÓRICO DO DETECTOR DE ONDAS GRAVITACIONAIS MARIO SCHENBERG Liana Cavalcante Lima 36 (ITA, Bolsista CNPq/PIBIC) Dr, Odylio Denys de Aguiar 37 (INPE/CEA/DAS) Dr, Rubens de Melo Marinho Jr. 38, (ITA/IEFF)

Leia mais

Ondas gravitacionais: comec a uma nova astronomia

Ondas gravitacionais: comec a uma nova astronomia Ondas gravitacionais: comec a uma nova astronomia Riccardo Sturani Instituto de Fı sica Teo rica - UNESP/ICTP-SAIFR - Sa o Paulo sturani@ift.unesp.br IFT - 18 Fevereiro 2016 O que são as ondas gravitacionais?

Leia mais

Aula 10 Relatividade. Física 4 Ref. Halliday Volume4. Profa. Keli F. Seidel

Aula 10 Relatividade. Física 4 Ref. Halliday Volume4. Profa. Keli F. Seidel Aula 10 Relatividade Física 4 Ref. Halliday Volume4 ...RELATIVIDADE RESTRITA Sumário A relatividade das distâncias Contração do Espaço Transformada de Lorenz A transformação das velocidades Relembrando...

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 03: Noções de Gravitação

Astrofísica Geral. Tema 03: Noções de Gravitação ma 03: Noções de Gravitação Outline 1 Leis de Kepler 2 Lei da gravitação de Newton 3 Força de maré 4 Limite de Roche 5 Conceitos de Relatividade 6 Bibliografia 2 / 46 Outline 1 Leis de Kepler 2 Lei da

Leia mais

O que são exoplanetas?

O que são exoplanetas? Exoplanetas O que são exoplanetas? α Um exoplaneta (ou planeta extra-solar) é um planeta que orbita uma estrela que não seja o Sol e, portanto, pertence a um sistema planetário diferente do nosso. α Até

Leia mais

Relembrando as interações fundamentais

Relembrando as interações fundamentais Relembrando as interações fundamentais As interações fundamentais da Natureza atuam em diferentes objetos de acordo com suas cargas, cujo termo possui um significado mais amplo do que o da carga elétrica.

Leia mais

Conheça aqui os sete problemas mais difíceis da matemática no século 21.

Conheça aqui os sete problemas mais difíceis da matemática no século 21. Matemática: Os sete problemas mais difíceis do século 21 Ser matemático e milionário no Brasil parece uma ideia paradoxal. Mas, se você realmente entender de matemática, talvez consiga. O Clay Mathematics

Leia mais

Descoberta do núcleo. Forças nucleares. Nuclídeos experimento de Rutherford Núcleo pequeno e positivo

Descoberta do núcleo. Forças nucleares. Nuclídeos experimento de Rutherford Núcleo pequeno e positivo Descoberta do núcleo 1911- experimento de Rutherford Núcleo pequeno e positivo Raio nuclear: fentometro (1 fm = 10-15 m) Razão entre os raios (r): r núcleo / r átomo = 10-4 Forças nucleares Prótons muito

Leia mais

Introdução à Astrofísica. Lição 27 No reino das Galáxias

Introdução à Astrofísica. Lição 27 No reino das Galáxias Introdução à Astrofísica Lição 27 No reino das Galáxias Chegamos em uma parte do curso onde iremos, de uma maneira mais direta, revisar o que vimos até agora e olhar para novos conceitos. Iremos tratar

Leia mais

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48

FORD C-MAX + FORD GRAND C-MAX CMAX_Main_Cover_2014_V3.indd 1-3 23/08/2013 10:01:48 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 12,999,976 km 9,136,765 km 1,276,765 km 499,892 km 245,066 km 112,907 km 36,765 km 24,159 km 7899 km 2408 km 76 km 12 14 16 9 10 1 8 12 7 3 1 6 2 5 4 3 11 18 20 21 22 23 24 26 28 30

Leia mais

Evolução Final das Estrelas

Evolução Final das Estrelas Introdução à Astrofísica Evolução Final das Estrelas Rogemar A. Riffel Destino das estrelas O destino final das estrelas, depois de consumir todo o seu combustível nuclear, depende de duas coisas: 1) Se

Leia mais

Questionário de Revisão do Capítulo 1

Questionário de Revisão do Capítulo 1 Questionário de Revisão do Capítulo 1 1) Os elementos básicos da matéria que formam o nosso planeta são: a. Átomos e moléculas compostos por fótons, nêutrons e quarks. b. Átomos e moléculas compostos por

Leia mais

Superaglomerados de galáxias

Superaglomerados de galáxias Superaglomerados de galáxias O esqueleto do Universo Marcio A.G. Maia Ciência às seis e meia SBPC-RJ 19/10/2005 Olhando à nossa volta Olhando à nossa volta Olhando à nossa volta (um pouco mais longe) Olhando

Leia mais

A ESTRUTURA DA TERRA Título determinada pela sismologia

A ESTRUTURA DA TERRA Título determinada pela sismologia A ESTRUTURA DA TERRA Título determinada pela sismologia eder@iag.usp.br Prof. Eder C. Molina IAG Universidade de São Paulo Ondas Título sísmicas Os principais tipos de ondas sísmicas são ondas de compressão,

Leia mais