O esocial para o Setor Público. Agosto/2016. Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O esocial para o Setor Público. Agosto/2016. Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka"

Transcrição

1 O esocial para o Setor Público Agosto/2016 Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Eduardo Tanaka

2 Entendendo o esocial

3 O que é o esocial? É o instrumento de unificação da prestação de informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, tendo por finalidade padronizar sua transmissão, validação, armazenamento e distribuição, constituindo um ambiente nacional. (Decreto 8373/2014)

4 Cenário a REFORMULAR As Empresas/Empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

5 Princípios Viabilizar a garantia de direitos previdenciários e trabalhistas; Racionalizar e simplificar o cumprimento de obrigações; Eliminar a redundância nas informações prestadas pelas pessoas físicas e jurídicas; Aprimorar a qualidade de informações das relações de trabalho, previdenciárias e tributárias; Conferir tratamento diferenciado às microempresas e empresas de pequeno porte. (Decreto 8373/2014)

6 Premissas do esocial Construção coletiva e gestão compartilhada Autonomia no tratamento das informações e utilização das informações no limite das atribuições e competências Prestação única da informação

7 Entes participantes Receita Federal do Brasil RFB Caixa Econômica Federal Representando o Conselho Curador do FGTS Instituto Nacional do Seguro Social INSS Ministério do Trabalho e Emprego MTE Ministério da Previdência Social MPS.

8 Funcionamento

9 Único Canal Resultados

10 Formas de transmissão GFIP x esocial SITUAÇÃO ATUAL GFIP Empresa Software da empresa PGD Programa Gerador de Declaração Transmissão da declaração - GFIP

11 esocial via WebService Software da empresa adaptado ao esocial Eventos XML via Internet Arquivo XML transmitido Arquivo XML de retorno

12 Nova forma esocial - Visão simplificada FGTS Centro de convergência de interesses FOLHA DE PAGAMENTOS DCTF RGPS Informações sociais Auditoria fiscal RPPS

13 WEB SERVICE O Empregador: Alimenta um aplicativo próprio Gera arquivos em leiautes preestabelecidos (xml) Transmite ao Ambiente Nacional do esocial Busca os protocolos e recibos O Ambiente Nacional do esocial: Recepciona esses arquivos e gera protocolo de envio Retorna arquivos resposta: Recibo de entrega atesta o recebimento da informação pelo esocial e o respectivo cumprimento da obrigação acessória ou Mensagem erro rejeitando o arquivo

14 esocial via portal web Empresa via Certificado Digital Empregador conectado a Internet no portal ou Empregador via código de acesso

15 Portal WEB Modulo Completo: Solução de Contingência Para prestar informações que não constam em seus sistemas Módulo Simplificado: Empregador Doméstico Segurado Especial Pequeno Produtor Rural Optante pelo Simples Nacional MEI

16 Eventos Iniciais/Tabela Sistema Interno Sistema Interno Eventos periódicos WS Eventos não periódicos WS Arquivo Original Validação de Estrutura Schema XML RET CPF/NIS Folha de Pagamento Cadastro/Tabelas Do Empregador GRFGTS Sistema Interno WS WS WS Aplicativo Web ReceitanetBx Ou Código Acesso Browser Autenticador DCTF e DARF

17 RFB-Tributos Antes do esocial GFIP DIRF Relações de trabalho esocial Implantação do esocial DCTF DARF EFD REINF Retenções e Informações Sistemas RFB (PER/DCOMP, Parcelamentos, etc)

18 Eventos Fiscais: EFD- Reinf: Retenções e Informações Serviços Prestados Mediante Cessão de Mão de Obra; Serviços Prestados por Cooperativas de Trabalho; Serviços Tomados Mediante Cessão de Mão de Obra; Serviços Tomados de Cooperativas de Trabalho; Aquisição de Produtos Rurais; Comercialização da Produção Rural por Pessoa Jurídica; Recursos Recebidos ou Repassados p/ Clube de Futebol; Receitas de Espetáculos Desportivos (Federações e Confederações); Contribuições Previdenciárias Sobre a Receita Bruta CPRB (desoneração). Pagamentos Cod. Receita não vinculados a relações do trabalho

19 DCTF - WEB Apuração automática dos débitos tributários Substituição da GFIP para declaração de débitos Integração com sistemas da RFB Vinculações dos débitos e créditos tributários Consulta e aproveitamento de créditos tributários disponíveis Compensações Geração do DARF

20 Segurança e Acesso

21 Segurança Obrigatoriedade do uso de Certificado Digital ICP-Brasil: A1 ou A3 (PF e PJ) Procuração Eletrônica: Subestabelecimento e Procuração Manual Obrigatoriedade de procuração para transmissão de eventos por certificado digital diferente do CNPJ da identificação do empregador (evento S1000) Integração das bases para controle de delegação de poderes: RFB e CAIXA (Conectividade)

22 Aspectos Técnicos Segurança no Acesso Podem utilizar código de acesso: Empresas optantes pelo Simples Nacional* Pequeno Produtor Rural* CI equiparado a empresa* MEI Empregador Doméstico * com até 7 empregados

23 Aspectos Técnicos Segurança no Acesso O código de acesso somente pode ser utilizado no módulo web Não pode ser estabelecida procuração eletrônica por código de acesso O procurador não pode utilizar o código de acesso, apenas certificado digital

24 Processos de validação e recepção Validação 1; Validação 2; Protocolo de envio; Recibo de entrega; Mensagens (sucesso/erro).

25 Sistema Interno WS V A L I D A Ç Ã O 1 Protocolo de envio sim não Ok? V A L I D A Ç Ã O 2 não Ok? sim Ambiente Nacional esocial Original CPF/NIS Folha de Pagamento msg erro RET Cadastro/Tabelas Do Empregador msg erro (consulta) WS Recibo de Entrega Cumprimento da obrigação! WS esocialbx

26 Validação 1 Campos obrigatórios Validade de formatos: Arquivo Campo Estrutura Validade de determinados dados (ex: CPF e CNPJ).

27 Protocolo de envio NÃO atesta o cumprimento da obrigação acessória Consulta situação Uma mensagem de sucesso no Protocolo de envio indica que o arquivo se encontra estruturalmente OK.

28 Sistema Interno WS V A L I D A Ç Ã O 1 Protocolo de envio sim não Ok? V A L I D A Ç Ã O 2 não Ok? sim Ambiente Nacional esocial Original CPF/NIS Folha de Pagamento msg erro RET Cadastro/Tabelas Do Empregador msg erro (consulta) WS Recibo de Entrega Cumprimento da obrigação! WS esocialbx

29 Validação 2 É mais detalhada Considera histórico (contido no RET) Validade das informações (ex CAEPF) Coerência das informações Dependência de eventos prévios.

30 Validação 2 - Exemplo Empregador existe? Empregado admitido? CPF válido (não cancelado) Rubricas OK? (existem na tabela?) Remuneração César Estabelecimento OK? Cargos OK? Totais OK?

31 Recibo de entrega Atesta o cumprimento da obrigação acessória Uma mensagem de sucesso no Recibo de entrega indica que o Ambiente Nacional recepcionou as informações (os arquivos).

32 Sistema Interno WS V A L I D A Ç Ã O 1 Protocolo de envio sim não Ok? V A L I D A Ç Ã O 2 não Ok? sim Ambiente Nacional esocial Original CPF/NIS Folha de Pagamento msg erro RET Cadastro/Tabelas Do Empregador msg erro (consulta) WS Recibo de Entrega Cumprimento da obrigação! WS esocialbx

33 Aplicativo Web V A L I D A Ç Ã O 1 V A L I D A Ç Ã O 2 msg erro no sistema Ok? não sim RET Ambiente Nacional esocial Original CPF/NIS Folha de Pagamento Cadastro/Tabelas Do Empregador WS Protocolo de recebimento Cumprimento da obrigação! WS esocialbx

34 Aspectos Técnicos Recuperação de Arquivos Recuperação de arquivos através de ferramenta própria esocialbx Autenticação do acesso Perfis de acesso Arquivos específicos ou em lote Entrega instantânea para poucos arquivos e programada para grandes quantidades.

35 Aspectos Técnicos Recuperação de Arquivos Parâmetros para recuperação de arquivos: CNPJ ou CPF Tipos de arquivo Datas inicial e final Arquivos com inconsistência

36 ÓRGÃO PÚBLICO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL RPPS ESTATUTÁRIOS REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL RGPS ESTATUTÁRIOS CELETISTAS (CLT) CONTRIBUINTES INDIVIDUAIS SEM REGIME PREVIDENCIÁRIO ESTAGIÁRIOS

37 Eventos do esocial

38 Eventos do esocial - Sequenciamento

39 Eventos Iniciais

40 Eventos Iniciais Informações do Empregador Tabelas Cadastramento Inicial de Vínculos Contratos Existentes Estes eventos devem ser enviados na ordem acima Todos os trabalhadores com vínculo ativo, mesmo que afastados (auxílio doença, acidente de trabalho, licença maternidade etc.) devem ser informados no cadastramento inicial de vínculos Informar trabalhadores sem vínculo

41 S-1000 Info. do Empregador/Contribuinte É o primeiro evento Habilita o empregador/contribuinte a utilizar o esocial

42 S-1000 Info. do Empregador/Contribuinte Os Estados, Municípios e Distrito Federal enviarão as informações conforme abaixo, por: Poder Executivo; Poder Legislativo; Poder Judiciário; Tribunal de Contas; Ministério Público; Defensoria Pública.

43 Eventos de Tabelas S-1005 Tabela de Estabelecimentos e Obras de Construção Civil S-1010 Tabela de Rubricas S-1020 Tabela de Lotações Tributárias S-1030 Tabela de Cargos S-1040 Tabela de Funções S-1050 Tabela de Horários/Turnos de Trabalho S-1060 Tabela de Ambientes de Trabalho S-1070 Tabela de Processos Administrativos/Judiciais S-1080 Tabela de Operadores Portuários

44 Relações de Trabalho O foco do esocial

45 Uma folha de pagamento é o produto das relações de trabalho entre empregador e trabalhador em um lapso temporal EVENTUAIS (outros Contribuintes Individuais)

46 TSV - Trabalhadores Sem Vínculo Obrigatórios: Estagiários Trabalhadores avulsos portuários e não portuários Dirigentes sindicais Diretores não empregados Cooperados Servidores públicos indicados para Conselho ou Orgão Administrativo Membros do conselho tutelar

47 TSV - Trabalhadores Sem Vínculo Não obrigatórios: Todos os demais contribuintes individuais

48 Eventuais Outros Contribuintes individuais Todos os prestadores de serviço, pessoas físicas, fazem parte da folha de pagamento da empresa e, se constantes, devem ser informados neste evento para facilitar a elaboração daquela (eletricista, contadores, engenheiros, faxineira, todos prestando serviço como pessoa física).

49 Fluxo da informação no esocial

50 RET Registro de Eventos Trabalhistas S-2100 Cadastramento Inicial do Vínculo S-2200 Admissão do Trabalhador S-2300 Trabalhador sem Vínculo - Início

51 Eventos Periódicos

52 S-1200 Remuneração do Trabalhador Regime de Competência Deve ser transmitido até o dia 07 do mês subsequente

53 S-1202 Remuneração do Trabalhador do RPPS Este evento deve ser utilizado para os trabalhadores filiados ao Regime Próprio de Previdência Social RPPS. A empresa deve informar cada demonstrativo de pagamento (contracheque/holerites) emitido no mês.

54 S-1207 Benefícios Previdenciários - RPPS Aposentados e Pensionistas do RPPS.

55 S-1210 Pagamentos de Rendimentos do Trabalho Regime de Caixa Limita-se a informar a data do efetivo pagamento Deve ser enviado até o dia 07 do mês seguinte ao da competência do pgto.

56 S-1299 Fechamento dos Eventos Periódicos Destina-se a informar ao ambiente do esocial o encerramento da transmissão dos eventos periódicos, no período de apuração. Neste momento são consolidadas todas as informações prestadas nos eventos S-1200 a S A aceitação deste evento pelo esocial, após processadas as devidas validações, conclui a totalizaçãovdas bases de cálculo relativas à remuneração dos trabalhadores e possibilita a integração com a respectiva DCTF. Neste momento, o contribuinte pode gerar as guias de recolhimento.

57 Eventos Não Periódicos

58 Eventos Não-Periódicos S-2190 Admissão de Trabalhador - Registro Preliminar S-2200 Admissão de Trabalhador S-2205 Alteração de Dados Cadastrais do Trabalhador S-2206 Alteração de Contrato de Trabalho S-2210 Comunicação de Acidente de Trabalho S-2220 Monitoramento da Saúde do Trabalhador S-2230 Afastamento Temporário S-2240 Condições Amb. do Trabalho - Fator de Risco S-2241 Insalubridade, Periculosidades e Aposentadoria Especial

59 Eventos Não-Periódicos S Aviso Prévio S-2298 Reintegração S-2299 Desligamento S-2300 Trabalhador Sem Vínculo Início S-2305 Trabalhador Sem Vínculo Alteração Contratual S-2399 Trabalhado Sem Vínculo Término S-3000 Exclusão de Eventos S-4000 Solicitação de Totalização de Eventos, Bases e Contribuições

60 Empregador Doméstico Desempilhamento

61 CRONOGRAMA?

62 MUITO OBRIGADO! Eduardo Tanaka Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Visite: Facebook: esocial do Empregador Doméstico

facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! MAPA ETECNICO FISCAL - - facebook/mapaetecnicofiscal 1

facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! MAPA ETECNICO FISCAL -  - facebook/mapaetecnicofiscal 1 www.etecnico.com.br facebook/mapaetecnicofiscal Prepare-se!!! facebook/mapaetecnicofiscal 1 O que é o esocial? É o instrumento de unificação da prestação de informações referentes à escrituração das obrigações

Leia mais

Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas

Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas O que é o esocial? Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas Decreto 8373/2014 É um projeto do governo federal que visa unificar, em uma só ferramenta, o envio

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ACIL Leme, 18/12/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ACIL Leme, 18/12/2013 ACIL Leme, 18/12/2013 Jeziel Tadeu Fior Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Sustentador Regional do Estado de São Paulo 8ª Região Fiscal e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016 esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Rio de Janeiro, 24 de novembro de 2016 O que é o esocial O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das

Leia mais

Visão Geral do esocial

Visão Geral do esocial Roteiro 1) Visão geral do esocial; 2) Vantagem do novo modelo; 3) Funcionamento e os eventos do esocial; 5) Situação atual do projeto; 6) Cronograma de implantação. Visão Geral do esocial O que é o esocial

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. José Maia Auditor-fiscal do Trabalho 07/08/2015

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. José Maia Auditor-fiscal do Trabalho 07/08/2015 José Maia Auditor-fiscal do Trabalho 07/08/2015 Apresentação: - Visão geral do esocial; - Situação atual do projeto; - SST no esocial; Visão Geral do esocial O que é o esocial O esocial é o instrumento

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas

esocial Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas esocial Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas Orion Sávio Santos de Oliveira Analista Técnico de Políticas Sociais ATPS DPSSO/SPPS/MF orion.oliveira@previdencia.gov.br Roteiro 1) Visão geral

Leia mais

CONFERÊNCIA esocial. Campinas/SP 14/10/2014. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

CONFERÊNCIA esocial. Campinas/SP 14/10/2014. Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil CONFERÊNCIA esocial Campinas/SP 14/10/2014 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas.

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Santos, 08 de dezembro de 2016 Sumário: Eventos periódicos; Tributos e FGTS; Eventos totalizadores;

Leia mais

18/07/2017. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro

18/07/2017. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro. Pesquisa. Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro 1 Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro Pesquisa Fonte: Daniel Belmiro 2 Relação Empresário - Contador Decreto nº 8.373,

Leia mais

esocial São Paulo - SP 16/02/2016 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

esocial São Paulo - SP 16/02/2016 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil esocial São Paulo - SP 16/02/2016 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias

Leia mais

Palestra esocial. 21/10/2014 Caçador

Palestra esocial. 21/10/2014 Caçador Palestra esocial 21/10/2014 Caçador O que é o esocial? O esocial é um projeto do governo federal que vai coletar as informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias, fiscais e do FGTS, relativas

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas

esocial Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas esocial Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas Paulo Rogério Albuquerque de Oliveira Coordenação-Geral de Monitoramento Benefício por Incapacidade CGMBI/DPSO/SPS/MF Esplanada dos Ministérios,Bloco

Leia mais

esocial - Regularização de Procedimentos Internos para Implantação Lincoln Ferrarezi

esocial - Regularização de Procedimentos Internos para Implantação Lincoln Ferrarezi esocial - Regularização de Procedimentos Internos para Implantação Lincoln Ferrarezi Conceito O esocial é um projeto do governo federal que visa coletar informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias

Leia mais

Inclui as informações sobre as contribuições previdenciárias substitutivas e as retenções sobre a prestação de serviço

Inclui as informações sobre as contribuições previdenciárias substitutivas e as retenções sobre a prestação de serviço A EFD-Reinf é resultado de um desmembramento do esocial, onde foram retiradas as informações que não estavam relacionadas diretamente à remuneração pelo trabalho. Inclui as informações sobre as contribuições

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Fortaleza,

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Fortaleza, uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Fortaleza, 11.03.2014 Daniel Belmiro Fontes uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Cenário atual Os empregadores

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil

esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil esocial e EFD-Reinf Integrações com RFB e Caixa Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Porto Alegre, 11 de abril de 2017 Sumário: Tributos e FGTS: esocial e EFD-Reinf como fonte de infs;

Leia mais

esocial objetivos e desafios, situação atual e cronograma do projeto

esocial objetivos e desafios, situação atual e cronograma do projeto esocial objetivos e desafios, situação atual e cronograma do projeto José Maia Auditor-fiscal do Trabalho Secretaria de Inspeção do Trabalho/MTb jose.maia@mte.gov.br Apresentação Visão geral do projeto

Leia mais

Uma nova forma de Registro de Eventos Trabalhistas

Uma nova forma de Registro de Eventos Trabalhistas Uma nova forma de Registro de Eventos Trabalhistas www.esocial.gov.br www.faespsenar.com.br Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 e-social Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias

Leia mais

EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e e Outras Informações Fiscais

EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e e Outras Informações Fiscais EFD-Reinf Escrituração Fiscal Digital das Retenções e e Outras Informações Fiscais Seminário sobre Contabilidade do Setor Cooperativo CRC/RS Porto Alegre 18 de agosto de 2017 NF-e: Quebra de paradigma

Leia mais

Onde são informadas atualmente?

Onde são informadas atualmente? EFD-Reinf O que é EFD-Reinf? Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (CPRB). A EFD-Reinf abarca todas as retenções do contribuinte sem relação

Leia mais

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas.

As informações dos Eventos Trabalhistas alimentarão uma base de dados denominada RET Registro de Eventos Trabalhistas. Objeto do esocial O esocial tem por objeto, informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais relativas à contratação e utilização de mão de obra onerosa, com ou sem vínculo empregatício

Leia mais

esocial Alterações e Inovações

esocial Alterações e Inovações esocial Alterações e Inovações JALES - SP 19/05/2016 Apoio: Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 e-social Sistema de Escrituração Digital

Leia mais

Quarta esocial. Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual.

Quarta esocial. Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual. Quarta esocial Conceito, legislação e o que muda no nosso cenário atual. O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial) é um projeto do governo federal

Leia mais

Cenário atual. Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

Cenário atual. Os empregadores são obrigados a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... OBJETIVOS Objetivos Ter um único cadastro de Empregados com vínculo empregatício, com informações trabalhistas, previdenciárias, tributárias e fiscais, facilitando seu controle, pelo Governo e Empregadores,

Leia mais

Joaquim Jackson Gomes de Oliveira

Joaquim Jackson Gomes de Oliveira Joaquim Jackson Gomes de Oliveira E-Social 120 horas Com certificado online Este material é parte integrante do curso online "E - Social" do INTRA (www.intra-ead.com.br) conforme a lei nº 9.610/98. É proibida

Leia mais

Qual é o objetivo do Governo com a implantação do esocial?

Qual é o objetivo do Governo com a implantação do esocial? O que é o esocial? O esocial é parte do sistema de escrituração digital que exigirá que todos os empregadores enviem ao Fisco, de forma unificada, ou seja, em um único documento digital, todas as informações

Leia mais

ESOCIAL O NOVO COMPONENTE DO SPED

ESOCIAL O NOVO COMPONENTE DO SPED ESOCIAL O NOVO COMPONENTE DO SPED Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas e de saúde e segurança do Trabalhador 15-02-2017 Ministério do Trabalho Dinâmica do esocial Empresas/ Entes Públicos

Leia mais

SEMANA DO CONHECER, AGIR E CRESCER

SEMANA DO CONHECER, AGIR E CRESCER SEMANA DO CONHECER, AGIR E CRESCER Aulas Gratuitas + Material para Download www.semanaesocial.com.br Prof. Zenaide Carvalho O que você vai aprender na Semana do esocial? CONHECER O que é o esocial AGIR

Leia mais

O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações...

O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... O que é o esocial? As empresas são obrigadas a preencher diversas declarações e documentos que possuem as mesmas informações... Consequências Dificuldades para garantir os direitos dos trabalhadores 2,5

Leia mais

Fortaleza CE, 28 a 31de agosto de Prof. Rondinelly Coelho. Rondinelly Coelho

Fortaleza CE, 28 a 31de agosto de Prof. Rondinelly Coelho. Rondinelly Coelho Fortaleza CE, 28 a 31de agosto de 2017 Rondinelly Coelho Rondinelly Coelho Contador formado pela Faculdade Lourenço Filho; Pós-Graduado em Controladoria e Gestão Empresarial pela Faculdade Christus; Sócio

Leia mais

esocial: Para o empresário, trabalhador e governo.

esocial: Para o empresário, trabalhador e governo. esocial: Para o empresário, trabalhador e governo. DECRETO O Diário Oficial da União publicou no dia 12 de dezembro de 2014, o decreto que institui o chamado, sistema que vai unificar o envio das informações

Leia mais

esocial N O V A E R A N A S R E L A Ç Õ E S E N T R E E M P R E G A D O S, E M P R E G A D O R E S E G O V E R N O Novembro/2015

esocial N O V A E R A N A S R E L A Ç Õ E S E N T R E E M P R E G A D O S, E M P R E G A D O R E S E G O V E R N O Novembro/2015 esocial N O V A E R A N A S R E L A Ç Õ E S E N T R E E M P R E G A D O S, E M P R E G A D O R E S E G O V E R N O Novembro/2015 O que é o esocial SPED Sistema Público de Escrituração Digital Decreto nº

Leia mais

ABMES/DF 09/08/2016 Brasília/DF

ABMES/DF 09/08/2016 Brasília/DF ABMES/DF 09/08/2016 Brasília/DF O que é o esocial O esocial é o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e

Leia mais

Quem está obrigado a transmitir a EFD-Reinf? A transmissão da EFD-Reinf é obrigatória para as seguintes organizações:

Quem está obrigado a transmitir a EFD-Reinf? A transmissão da EFD-Reinf é obrigatória para as seguintes organizações: EFD-REINF A Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (EFD-Reinf) é o mais recente módulo do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e está

Leia mais

Descobrindo o esocial

Descobrindo o esocial Descobrindo o esocial O que é? Histórico Índice Clique nos temas para navegar pela apresentação. Objetivos O que diz a Legislação Dúvidas frequentes Treinamentos e consultoria O que é? O esocial é um projeto

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro das informações de Saúde e Segurança do Trabalhador

esocial Uma nova forma de registro das informações de Saúde e Segurança do Trabalhador esocial Uma nova forma de registro das informações de Saúde e Segurança do Trabalhador Orion Sávio Santos de Oliveira Analista Técnico de Políticas Sociais ATPS DPSSO/SPPS/MF orion.oliveira@previdencia.gov.br

Leia mais

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013

esocial ASSESSORIA TRIBUTÁRIA Ref.: nº 34/2013 Ref.: nº 34/2013 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

EFD-Reinf. Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais. Palestrante: Ricardo Nogueira R.Nogueira Consultoria e Treinamento

EFD-Reinf. Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais. Palestrante: Ricardo Nogueira R.Nogueira Consultoria e Treinamento Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais Palestrante: Ricardo Nogueira O que é? Instituída pela Instrução Normativa RFB nº 1.701/2017, tratase de uma nova obrigação tributária

Leia mais

O esocial e seus desdobramentos

O esocial e seus desdobramentos O esocial e seus desdobramentos REALIZAÇÃO: Apoio: SESCON SP - Regional APAFISP Associação Comercial de Itapetininga - ACI www.esocial.gov.br sped.rfb.gov.br Decreto nº 8.373, de 11/12/2014 esocial Sistema

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015

GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial).

Leia mais

Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial).

Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (esocial). Ministério do Trabalho e Emprego GABINETE DO MINISTRO COMITÊ GESTOR DO ESOCIAL RESOLUÇÃO Nº 1, DE 20 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias

Leia mais

16º CONGRESSO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA Aneprem

16º CONGRESSO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA Aneprem 16º CONGRESSO NACIONAL DE PREVIDÊNCIA Aneprem VITÓRIA - 07 a 09 de novembro DE 2016 A IMPORTÂNCIA DO esocial PARA O SISTEMA INTEGRADO DE DADOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS E A GESTÃO DOS RPPS esocial? Instrumento

Leia mais

Processo de Retificação/alteração/exclusão de informações; Processo de Transferência de trabalhadores; Processo de Cancelamento do desligamento;

Processo de Retificação/alteração/exclusão de informações; Processo de Transferência de trabalhadores; Processo de Cancelamento do desligamento; Reflexos no FGTS Reflexos no FGTS Otimização na forma de geração e disponibilização das guias de recolhimento mensal e rescisório, e definição de um único modelo de guia - GRFGTS; Adequação da prestação

Leia mais

esocial na FIEPE Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas José Maia Auditor-fiscal do Trabalho

esocial na FIEPE Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas José Maia Auditor-fiscal do Trabalho esocial na FIEPE Uma nova forma de registro de eventos trabalhistas José Maia Auditor-fiscal do Trabalho jose.maia@mte.gov.br O que preciso saber sobre o esocial? O esocial irá acontecer mesmo? Quando

Leia mais

esocial Sistema de Escrituração das Obrigações Fiscais, Previdênciárias e Trabalhistas

esocial Sistema de Escrituração das Obrigações Fiscais, Previdênciárias e Trabalhistas esocial Sistema de Escrituração das Obrigações Fiscais, Previdênciárias e Trabalhistas O que é o esocial? O que é o esocial? O Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e

Leia mais

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais;

esocial esocial Diminuir o custo de produção, o controle e disponibilização das informações trabalhistas, previdenciárias e fiscais; Ref.: nº 05/2017 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

GRFGTS Recolhimento mensal

GRFGTS Recolhimento mensal BOTUCATU 17/05/2016 Reflexos no FGTS Reflexos no FGTS Otimização na forma de geração e disponibilização das guias de recolhimento mensal e rescisório, e definição de um único modelo de guia - GRFGTS; Adequação

Leia mais

GRFGTS Recolhimento mensal

GRFGTS Recolhimento mensal JALES 19/05/2016 Reflexos no FGTS Reflexos no FGTS Otimização na forma de geração e disponibilização das guias de recolhimento mensal e rescisório, e definição de um único modelo de guia - GRFGTS; Adequação

Leia mais

Conhecendo o esocial Fundamento Legal Conceito Cronograma Objetivo Órgãos Participantes (DIRETO)...

Conhecendo o esocial Fundamento Legal Conceito Cronograma Objetivo Órgãos Participantes (DIRETO)... Venhacom ag. I nf ors abert udos obreoe-soci al SUMÁRIO Conhecendo o esocial... 2 Fundamento Legal... 2 Conceito... 2 Cronograma... 3 Objetivo... 3 Órgãos Participantes (DIRETO)... 3 Órgãos indiretos...

Leia mais

esocial esocial Compartilhar informações integradas e atualizadas através de um único banco de dados entre os órgãos envolvidos;

esocial esocial Compartilhar informações integradas e atualizadas através de um único banco de dados entre os órgãos envolvidos; Ref.: nº 34/2013 esocial 1. Conceito O esocial é um projeto do Governo Federal que vai coletar as informações descritas em seu objeto, armazenando-as em Ambiente Nacional, possibilitando aos órgãos participantes,

Leia mais

MAPA ETÉCNICO FISCAL 1

MAPA ETÉCNICO FISCAL 1 MAPA ETÉCNICO FISCAL 1 Entes partícipes Caixa Econômica Federal Conselho Curador do FGTS Receita Federal do Brasil RFB Instituto Nacional do Seguro Social INSS Ministério do Trabalho e Emprego MTE Ministério

Leia mais

Cartilha. esocial. Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do esocial, versão 2.1

Cartilha. esocial. Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do esocial, versão 2.1 Elaborada com base nas informações constantes do Manual de Orientação do, versão 2.1 Índice Introdução... 3 Legislação... 4 Perguntas e Respostas... 5 2 Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração

Leia mais

Desafios da aderência

Desafios da aderência esocial Desafios da aderência O esocial é uma obrigação multisciplinar Mais complexo e oneroso no âmbito do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) - obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas

Leia mais

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações.

Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial e o prazo de envio das informações. SEMINÁRIO esocial Versão 1.1 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA AS ÁREAS TRABALHISTA/PREVIDENCIÁRIA/ CONTÁBIL/MEDICINA E SEGURANÇA DO TRABALHO COM PPP/CAT e ASO s Com Circular nº642 que aprova o leiaute oficial

Leia mais

esocial: GESTÃO DE PONTOS CRÍTICOS E COMO SE PREPARAR PARA O AMBIENTE DE TESTES

esocial: GESTÃO DE PONTOS CRÍTICOS E COMO SE PREPARAR PARA O AMBIENTE DE TESTES esocial: GESTÃO DE PONTOS CRÍTICOS E COMO SE PREPARAR PARA O AMBIENTE DE TESTES Pontos críticos do esocial Base cadastral da empresa e dos colaboradores Admissão e desligamento de trabalhadores Gestão

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas

esocial Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas esocial Uma nova forma de registro dos eventos trabalhistas José Maia Ministério do Trabalho e Previdência Social Eduardo Tanaka Receita Federal Apresentação: - Visão geral do projeto - Aspectos conceituais

Leia mais

Escopo do Produto. Permite copiar e inativar eventos, além de vincular um evento ao evento padrão, obtendo as mesmas características do evento Mega;

Escopo do Produto. Permite copiar e inativar eventos, além de vincular um evento ao evento padrão, obtendo as mesmas características do evento Mega; Escopo do Produto Módulo do Mega Empresarial: RH Folha de Pagamento Última Atualização: 01/04/2016 Gerente de Produto: Pedro Oliveira Descrição do Módulo O módulo de Folha de Pagamento do Mega Empresarial

Leia mais

A mais um CURSO realizado pela

A mais um CURSO realizado pela A mais um CURSO realizado pela Aqui tem qualificação de Verdade! esocial CONTROLE INTERNO Segurança do Trabalho e Previdência Normas atualizadas Ricardo Miranda Adrianne Lobo PERÍODO 09h00 X 12h00 Inserir

Leia mais

Seminário esocial para Órgãos Públicos. Eventos do esocial. Santos, 08 de dezembro de 2016

Seminário esocial para Órgãos Públicos. Eventos do esocial. Santos, 08 de dezembro de 2016 Seminário esocial para Órgãos Públicos Eventos do esocial Santos, 08 de dezembro de 2016 Ministério do Trabalho Impactos do esocial Mais de 40 milhões de trabalhadores Mais de 8 milhões de empresas/contribuintes

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Ministério do Trabalho Uberlândia, 23 de Outubro de 2017

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. Ministério do Trabalho Uberlândia, 23 de Outubro de 2017 Uberlândia, 23 de Outubro de 2017 Cláudio Maia Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil Ministério do Trabalho 1 O que é o esocial? Objetivos do esocial Resultados Direitos Garantidos Processos Simplificados

Leia mais

Entendendo o esocial

Entendendo o esocial Entendendo o esocial Qualificação dos Identificadores CPF e NIS Situação a partir do esocial Empregados CPF NIS Número de Identificação Social Composição do Cadastro NIS Composição do Cadastro NIS PIS

Leia mais

esocial 10 passos para a Implantação

esocial 10 passos para a Implantação esocial 10 passos para a Implantação Zenaide Carvalho Contadora e Administradora Pós-Graduada em Auditoria e Controladoria Autora do livro esocial Guia Prático para Implantação www.zenaide.com.br Pós-Graduada

Leia mais

esocial e EFD-Reinf Novas obrigações tributárias

esocial e EFD-Reinf Novas obrigações tributárias esocial e EFD-Reinf Novas obrigações tributárias 26 de Setembro de 2017 2017 KPMG Assessores Tributários, uma sociedade limitada brasileira e firma-membro da rede KPMG de firmas-membro independentes e

Leia mais

Qualificação dos Identificadores. CPF e NIS

Qualificação dos Identificadores. CPF e NIS Qualificação dos Identificadores CPF e NIS Composição do Cadastro NIS Composição do Cadastro NIS PIS PASEP MTE Cadastro NIS SUS Contribuinte Individual CADUN Quem é cadastrado, e por quem? Empregador Trabalhador

Leia mais

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DE RETENÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES FISCAIS EFD-REINF

ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DE RETENÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES FISCAIS EFD-REINF ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL DE RETENÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES FISCAIS EFD-REINF Professor: Jair Aparecido de Souza NF-e NFS-e CT-e NFC-e ECF MDF-e e-social EFD IPI/ICMS EFD-ReInf EFD- Contribuições ECD

Leia mais

IOB - Guia Prático. Orientações Gerais e Principais Eventos. 2ª edição

IOB - Guia Prático. Orientações Gerais e Principais Eventos. 2ª edição IOB - Guia Prático do esocial Orientações Gerais e Principais Eventos 2ª edição Sumário 1. INTRODUÇÃO... 11 SISTEMA DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL DAS OBRIGAÇÕES FISCAIS, PREVIDENCIÁRIAS E TRA- BALHISTAS (ESOCIAL)...

Leia mais

a) Eventos iniciais: são eventos que identificam o empregador/contribuinte e o cadastramento inicial dos vínculos.

a) Eventos iniciais: são eventos que identificam o empregador/contribuinte e o cadastramento inicial dos vínculos. Manual e-social INTRODUÇÃO O esocial está chegando para mudar a vida dos trabalhadores da Gestão de Pessoas em todos os níveis. Ele vem para instaurar uma nova era nas relações entre empregados, empregadores

Leia mais

Qualificação dos Identificadores. CPF e NIS

Qualificação dos Identificadores. CPF e NIS Qualificação dos Identificadores CPF e NIS Composição do Cadastro NIS Composição do Cadastro NIS PIS PASEP MTE Cadastro NIS SUS Contribuinte Individual CADUN Quem é cadastrado, e por quem? Empregador Trabalhador

Leia mais

Informativo. Adequação dos sistemas TOTVS ao esocial

Informativo. Adequação dos sistemas TOTVS ao esocial Adequação dos sistemas TOTVS ao esocial A TOTVS S.A., na condição de desenvolvedora e provedora de sistema empresarial, vem divulgar aos seus clientes, o escopo de atuação para adequação de seus sistemas

Leia mais

expert PDF E - Social Trial Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a).

expert PDF E - Social Trial Elaborado por: José Sérgio Fernandes de Mattos O conteúdo desta apostila é de inteira responsabilidade do autor (a). Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

Palestrantes. Marlon José Dognini. Valmir Hammes

Palestrantes. Marlon José Dognini. Valmir Hammes EFD-Reinf 08/2017 Palestrantes Valmir Hammes Com formação e experiência na área contábil fiscal de diversas empresas, hoje é responsável pelo compliance nas soluções da Senior. Marlon José Dognini Analista

Leia mais

03/05/2015. Entendendo o esocial

03/05/2015. Entendendo o esocial Entendendo o esocial 1 O que é o esocial O esocialé o instrumento de unificação da prestação das informações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas e tem por finalidade

Leia mais

EFD - Reinf Edgar Grassi

EFD - Reinf Edgar Grassi EFD - Reinf Edgar Grassi Diretor de Administração e Seguridade CBS Previdencia A Escrituração Fiscal Digital das Retenções e Informações da Contribuição Previdenciária Substituída (EFD Reinf) é o mais

Leia mais

S-1000 Informações do Empregador / Contribuinte / Órgão Público

S-1000 Informações do Empregador / Contribuinte / Órgão Público S-1000 Informações do Empregador / Contribuinte / Órgão Público Neste evento são fornecidas pelo empregador/contribuinte/órgão público as informações cadastrais, alíquotas e demais dados necessários ao

Leia mais

Coleção de Cartilhas Jurídicas da FecomercioSP

Coleção de Cartilhas Jurídicas da FecomercioSP 1 Coleção de Cartilhas Jurídicas da FecomercioSP CONHECENDO O e-social 2 Conhecendo o esocial 3 CONHECENDO O e-social 4 Conhecendo o esocial 5 7 introdução 15 do registro preliminar 9 da definição do e-social

Leia mais

Orientações Consultoria de Segmentos Orientações Consultoria de Segmentos EFD-REINF Conceito da obrigação

Orientações Consultoria de Segmentos Orientações Consultoria de Segmentos EFD-REINF Conceito da obrigação 25/05/2017 Sumário 1 Questão... 3 2 Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3 Análise da Consultoria... 3 3.1 Instrução Normativa 1701 de 2017... 3 3.2 Descrição Simplificada dos Eventos... 5 3.3 Sequencia

Leia mais

CFC. Brasília, Maio de 2013

CFC. Brasília, Maio de 2013 CFC Brasília, Maio de 2013 Agenda Abrangência Atual Infraestrutura de TI Contingência Formas de Recepção Uso da Informação Estatísticas esocial Perguntas? Abrangência Atual NF-e CT-e ECD FCont EFD IRPJ

Leia mais

esocial O que sua empresa precisa saber

esocial O que sua empresa precisa saber esocial O que sua empresa precisa saber Anelore B Tolardo esocial - Fenabrave-SC 1 O que é o esocial Nova forma de enviar as informações dos trabalhadores para o governo: SPED Sistema Público de Escrituração

Leia mais

esocial Jornada de preparação Maio, 2017

esocial Jornada de preparação Maio, 2017 esocial Jornada de preparação Maio, 2017 2 esocial o SPED Previdenciário Mais complexo e oneroso no âmbito do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) - obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas;

Leia mais

esocial Uma nova forma de registro dos eventos de Saúde e Segurança do Trabalhador

esocial Uma nova forma de registro dos eventos de Saúde e Segurança do Trabalhador esocial Uma nova forma de registro dos eventos de Saúde e Segurança do Trabalhador Orion Sávio Santos de Oliveira Analista Técnico de Políticas Sociais ATPS DPSSO/SPPS/MF orion.oliveira@previdencia.gov.br

Leia mais

As Responsabilidades e prazos do esocial EFD-Reinf complementa o esocial

As Responsabilidades e prazos do esocial EFD-Reinf complementa o esocial As Responsabilidades e prazos do EFD-Reinf complementa o Samuel Kruger Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil São Paulo, 07 de novembro de 2017 Grupos de obrigados 3 Grupos de contribuintes; Jan/18

Leia mais

E Social na Prática e Legislação Trabalhista para ME e EPP Novos Procedimentos Administrativas Necessários para Atendimento à Norma

E Social na Prática e Legislação Trabalhista para ME e EPP Novos Procedimentos Administrativas Necessários para Atendimento à Norma E Social na Prática e Legislação Trabalhista para ME e EPP Novos Procedimentos Administrativas Necessários para Atendimento à Norma Painelistas: Cátia Maria Soares Medeiros e Edval Henrique de Oliveira

Leia mais

12/02/14. E-social Fev/2014. } E-social Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas.

12/02/14. E-social Fev/2014. } E-social Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas. E-social Fev/2014 } E-social Sistema de Escrituração Fiscal Digital das Obrigações Fiscais Previdenciárias e Trabalhistas. 1 } O E-social é um projeto do governo federal que vai coletar informações trabalhistas,

Leia mais

Folha de Pagamento Digital. esocial Totalidade dos eventos trabalhistas. Histórico do esocial

Folha de Pagamento Digital. esocial Totalidade dos eventos trabalhistas. Histórico do esocial Histórico do esocial Folha de Pagamento Digital esocial Totalidade dos eventos trabalhistas Identificadores Cadastrais empregadores e empregados Empregado CPF NIS PIS PASEP NIT SUS Cad. ProgSociais Gov.

Leia mais

Introdução. Versão 2.2 de Setembro de Esta versão substitui a anterior.

Introdução. Versão 2.2 de Setembro de Esta versão substitui a anterior. esocial - FAQ Introdução O esocial, assim como outras grandes iniciativas do governo (Brasil Maior, Portaria 1510 etc.), representa um programa complexo, com um período longo de definição e de ajustes

Leia mais

PUBLICADO DECRETO 8373 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014 QUE INSTITUI ESOCIAL

PUBLICADO DECRETO 8373 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014 QUE INSTITUI ESOCIAL Rio de Janeiro, 22 de dezembro de 2014. CIRCULAR 82/2014 JURÍDICO PUBLICADO DECRETO 8373 DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014 QUE INSTITUI ESOCIAL Foi publico em 12 de dezembro de 2014, o Decreto 8373 de 11 de dezembro

Leia mais

32 anos WORKSHOP. e-social. Recursos Humanos.

32 anos WORKSHOP. e-social. Recursos Humanos. 32 anos WORKSHOP e-social Recursos Humanos atendimento@conexxoes.com.br conexxoeseducacao @conexxoeseducacao GOVERNANÇA E GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO Apresentação Com a versão atualizada e final

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009

Sistema Público de Escrituração Digital. Folha de Pagamento Digital. Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Folha de Pagamento Digital Reunião Cofis, 17 de dezembro de 2009 Objetivos Tratar todas as Informações Sociais de Trabalhadores, com ou sem vínculo empregatício, e demais fatos geradores de contribuições

Leia mais

4º ENCONCTRO DE GESTORES DE DO ESTADO MATO GROSSO

4º ENCONCTRO DE GESTORES DE DO ESTADO MATO GROSSO 4º ENCONCTRO DE GESTORES DE RPPS's DO ESTADO MATO GROSSO CUIABÁ 07 DE DEZEMBRO DE 2016 A IMPORTÂNCIA DO esocial PARA O SISTEMA INTEGRADO DE DADOS DOS SERVIDORES PÚBLICOS E A GESTÃO DOS ENTES FEDERATIVOS

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

Sistema Público de Escrituração Digital. Dante Barini Filho

Sistema Público de Escrituração Digital. Dante Barini Filho Sistema Público de Escrituração Digital Dante Barini Filho e-mail: alliance@alterdata.com.br Não precisa copiar as informações dos slides Vocês receberão um link automaticamente Não precisa copiar as

Leia mais

Cartilha de Orientação. esocial - Escrituração Fiscal Digital Social

Cartilha de Orientação. esocial - Escrituração Fiscal Digital Social Cartilha de Orientação esocial - Escrituração Fiscal Digital Social SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL O NOVO SISTEMA DE ARRECADAÇÃO RURAL 1 a Edição Novembro/2013 Brasília/DF Amigo produtor, amiga

Leia mais

expert PDF Trial E-Social - Impactos nos Processos de Controle das Empresas Elaborado por: Ademir Macedo de Oliveira

expert PDF Trial E-Social - Impactos nos Processos de Controle das Empresas Elaborado por: Ademir Macedo de Oliveira Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Tel. (11) 3824-5400 - ramal 1529 (núcleo de relacionamento) Email: desenvolvimento@crcsp.org.br web: www.crcsp.org.br Rua Rosa e Silva, 60 Higienópolis

Leia mais

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013

uma nova era nas relações entre Empregadores, Empregados e Governo. ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013 ABEMI Associação Brasileira de Engenharia Industrial São Paulo, 03/12/2013 Jeziel Tadeu Fior Auditor Fiscal da Receita Federal do Brasil O que é o esocial? Sistema de Escrituração Digital das Obrigações

Leia mais

esocial na prática Cenário do mercado - Impactos e soluções

esocial na prática Cenário do mercado - Impactos e soluções esocial na prática Cenário do mercado - Impactos e soluções Marco Histórico Mudança 360º.na Gestão Muitas empresas já soaram os alarmes e outras ainda buscam compreender o tamanho do tsunami que vem por

Leia mais

Processo de Retificação/alteração/exclusão de informações; Processo de Transferência de trabalhadores; Processo de Cancelamento do desligamento;

Processo de Retificação/alteração/exclusão de informações; Processo de Transferência de trabalhadores; Processo de Cancelamento do desligamento; Reflexos no FGTS Reflexos no FGTS: Geração e disponibilização das guias de recolhimento mensal e rescisório, e definição de um único modelo de guia - GRFGTS; Adequação da prestação da informação à nova

Leia mais

II Seminário esocial Uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo

II Seminário esocial Uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo II Seminário esocial Uma nova era nas relações entre empregadores, empregados e governo Câmara Americana de Comércio São Paulo / SP 02/10/2015 Paulo Roberto Magarotto Auditor-Fiscal da Receita Federal

Leia mais

Dra. Valéria de Souza Telles. esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1

Dra. Valéria de Souza Telles. esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1 Dra. Valéria de Souza Telles esocial - Dra. Valéria de Souza Telles 1 Manual de Orientação do e - Social Versão 1.0 (Ato Declaratório Executivo SUFIS nº 5/13 DOU de 18/07/2013) Manual de Orientação do

Leia mais

SPED Um ano de grandes mudanças

SPED Um ano de grandes mudanças SPED 2016 - Um ano de grandes mudanças Palestra: EFD-REINF Luis Claudio Palese Março 2016 O que é EFD-Reinf? Quem está obrigado? Blocos EFD-Reinf esocial vs. EFD-Reinf Estrutura EFD-Reinf vs esocial Integração

Leia mais