CONVITE. Câmara Municipal de Proença a Nova CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONVITE. Câmara Municipal de Proença a Nova CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR"

Transcrição

1 CONVITE Câmara Municipal de Proença a Nova CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR

2 A Câmara Municipal de Proença a Nova, sita na Avenida do Colégio, Proença a Nova, com o NIPC , proencanova.pt, telefone , Fax: , convida a apresentar proposta para cessão de exploração do bar da zona de lazer da Pedra do Altar. A decisão de proceder à presente cessão de exploração foi tomada em 31/7/2014 por despacho do Presidente da Câmara Municipal, ao abrigo da competência que lhe foi delegada por deliberação da Câmara Municipal, exarada na ata de reunião de 21/10/2013 (alínea ee) do n.º 1 do artigo 33.º da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro). 1. OBJETO DO CONTRATO O objeto do contrato, de acordo com o estipulado no Caderno de Encargos, consiste na Cessão de Exploração do Bar da Zona de Lazer da Pedra do Altar. A cessão de exploração vigora pelo prazo de dois meses de 11 de agosto e 30 de setembro. 2. BASE DE LICITAÇÃO A base de licitação, para cessão de exploração, é de 100,00 /mês (cem euros/mês), não sendo admitidas propostas de valor igual ou inferior ao da base de licitação. 3. CRITÉRIO DE ATRIBUIÇÃO 3.1. A exploração do bar será cedida ao proponente que apresentar a proposta de valor mais elevado Em caso de igualdade será aberta licitação entre os proponentes presentes no ato público, ou dos seus representantes devidamente credenciados. 4. ESCLARECIMENTOS E VISITA ÀS INSTALAÇÕES 4.1. Os esclarecimentos necessários a boa compreensão e interpretação do Caderno de Encargos, devem ser solicitados, por escrito, até ao dia 05/08/2014, por correio eletrónico para o seguinte endereço: proencanova.pt Durante o prazo de apresentação das propostas os proponentes poderão visitar os locais a ceder, devendo para o efeito requerer o agendamento da visita, por correio eletrónico para o seguinte endereço: proencanova.pt. 5. DOCUMENTOS QUE INSTRUEM A PROPOSTA 5.1. A proposta é instruída com os seguintes documentos: a) Declaração do proponente de aceitação do conteúdo do caderno de encargos, elaborada em conformidade com o modelo constante do Anexo I a este Convite; b) Modelo de proposta contendo o valor mensal proposto, elaborado em conformidade com o Anexo II a este Convite Integram também a proposta quaisquer outros documentos que o proponente apresente por os considerar indispensáveis.

3 5.3. A declaração e o modelo de proposta referidos nas alíneas a) e b) do nº. 5.1, devem ser assinadas pelo proponente ou por representante que tenha poderes para o obrigar. 6. MODO DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA A proposta deve ser apresentada em sobrescrito opaco e devidamente fechado, identificando se no exterior do mesmo o proponente e a indicação da cessão de exploração a que se refere. 7. PRAZO DE ENTREGA 7.1. As propostas podem ser entregues pessoalmente até às 17h30 horas do próximo dia 6 de agosto de 2014, no Edifício Paços do Concelho, contra recibo, ou remetidas por correio eletrónico para o seguinte endereço: proencanova.pt As propostas apresentadas são listadas e ordenadas de acordo com a respetiva apresentação. 8. ATO PÚBLICO 8.1. As propostas são abertas em ato público, a realizar no dia 7 de agosto, pelas 15h00, no Edifício Paços do Concelho, sito na Avenida do Colégio O Ato Público decorrerá perante um júri nomeado para o efeito, constituído por três membros Só poderão intervir no ato público as pessoas que, para o efeito, estiverem devidamente credenciadas pelos proponentes. No caso de intervenção do titular de empresa em nome individual é suficiente a exibição do bilhete de identidade/cartão de cidadão O presidente do júri inicia o ato público identificando a Cessão de Exploração do Bar através de referência ao respetivo convite Em seguida, procede se à leitura da lista dos proponentes, elaborada pela ordem de receção e são abertos os invólucros que contêm os documentos que constituem as propostas O interessado que não tenha sido incluído na lista de proponentes pode reclamar desse facto, devendo para o efeito apresentar o recibo referido no n.º 7.1 ou documento postal comprovativo da tempestiva receção do seu invólucro Apresentada reclamação nos termos do disposto no número anterior, o júri interrompe a sessão do ato público para averiguar o destino do invólucro. Se o invólucro não for encontrado, o júri fixa ao reclamante um novo prazo para a apresentação da respetiva proposta, informando os presentes da data e da hora em que a sessão será retomada Se o invólucro for encontrado antes do termo do prazo referido no número anterior, dá se imediato conhecimento do facto ao interessado, procedendo se à abertura daquele logo que retomada a sessão do ato público Cumprido o disposto nos números anteriores, o presidente do júri encerra o ato público, do qual é elaborada ata que deve ser sempre assinada pelo secretário e pelo presidente do júri.

4 9. CAUÇÃO Para garantir o exato e pontual cumprimento das suas obrigações, é exigida ao cessionário a prestação de caução de valor correspondente a uma prestação mensal, nos termos previstos na cláusula 4.º do Caderno de Encargos. 10. DOCUMENTOS A APRESENTAR PELO CESSIONÁRIO No prazo de 5 dias a contar da data de notificação da decisão de cessão da exploração, o cessionário deve apresentar os seguintes documentos: a) Documento Comprovativo da Regularização da situação contributiva para com a Segurança Social Portuguesa, emitido pelo Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social; b) Declaração comprovativa da regularização da situação tributária regularizada, emitida pela repartição de finanças do domicílio ou sede do contribuinte em Portugal; c) Caução, em conformidade o modelo constante do Anexo III ao presente Convite. 11. FACULDADE DE NÃO ATRIBUIÇÃO A Câmara Municipal reserva se o direito de não atribuir a cessão de exploração, se todas as propostas apresentadas forem consideradas inaceitáveis ou desvantajosas para o interesse público. O Presidente da Câmara Municipal, João Paulo Marçal Lopes Catarino

5 ANEXO I Modelo de declaração (nome, número de documento de identificação e morada), na qualidade de representante legal de (1)... (firma, número de identificação fiscal e sede ou, no caso de agrupamento proponente, firmas, números de identificação fiscal e sedes), tendo tomado inteiro e perfeito conhecimento do caderno de encargos relativo à cessão de exploração do bar da zona de lazer da Pedra do Altar, declara, sob compromisso de honra, que a sua representada (2) se obriga a executar o referido contrato em conformidade com o conteúdo do mencionado caderno de encargos, relativamente ao qual declara aceitar, sem reservas, todas as suas cláusulas. 2. Declara ainda que renuncia a foro especial e se submete, em tudo o que respeitar à execução do referido contrato, ao disposto na legislação portuguesa aplicável. Data... Assinatura... (1) Aplicável apenas a proponentes que sejam pessoas coletivas. (2) No caso de o proponente ser uma pessoa singular, suprimir a expressão «a sua representada».

6 ANEXO II MODELO DE PROPOSTA DE PREÇO F... (indicar firma e sede), depois de ter tomado conhecimento do objeto do contrato denominado CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR DA ZONA DE LAZER DA PEDRA DO ALTAR, obriga se a respeitar os termos e as condições, previstas no Convite e no Caderno de Encargos, apresentando para tal uma proposta no valor de Euros/mês (em algarismos e por extenso), acrescido de IVA à taxa legal em vigor. Mais declara que se submete, em tudo o que respeitar à celebração, execução e extinção do contrato que vier a celebrar, ao que se acha prescrito na legislação portuguesa e ao foro do Tribunal Judicial da Comarca da Sertã, com expressa renúncia a qualquer outro. Data... Assinatura...

7 Euros:... ANEXO III MODELO DE GUIA DE DEPÓSITO Vai [ ], com sede [ou] residente em [ ], depositar na [sede, filial, agência ou delegação] a quantia de [por extenso], [em dinheiro ou representada por ], como caução exigida para a cessão de exploração do bar da zona de lazer da Pedra do Altar. Este depósito fica à ordem de Câmara Municipal de Proença a Nova, a quem deve ser remetido o respetivo conhecimento. [Data e assinatura do(s) representante(s) legal(ais

PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS

PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS APROVADO NA REUNIÃO DO EXECUTIVO MUNICIPAL DE 14/11/2016 O Presidente da Câmara Municipal Dr. Armando Varela PROGRAMA DE PROCEDIMENTOS Concurso Público Cessão de Exploração do Quiosque sito no Espaço Descoberto

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL DE LOJAS NO MERCADO MUNICIPAL DA NAZARÉ PROGRAMA DE CONCURSO

CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL DE LOJAS NO MERCADO MUNICIPAL DA NAZARÉ PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE ARRENDAMENTO COMERCIAL DE LOJAS NO MERCADO MUNICIPAL DA NAZARÉ PROGRAMA DE CONCURSO 1 - ENTIDADE ADJUDICANTE Município da Nazaré, Avenida Vieira Guimarães, nº 54, Paços

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESPAÇO COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DE MÉRTOLA

PROGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESPAÇO COMERCIAL NO MERCADO MUNICIPAL DE MÉRTOLA PROGRAMA DO CONCURSO PÚBLICO PARA ATRIBUIÇÃO DE CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE ESPAÇO Pág. 1 de 6 Índice Art.º 1º Objeto Art.º 2º Entidade adjudicante Art.º 3º Órgão que tomou a decisão de contratar

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM SEMI- REBOQUE

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM SEMI- REBOQUE NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE UM SEMI- REBOQUE ÍNDICE 1 Identificação da Entidade Alienante 2 Objeto 3 Consulta do processo 4 Condições de admissão à Hasta Pública 5 Documentos de habilitação

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE SUCATA DIVERSA (METAIS FERROSOS) ÍNDICE

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE SUCATA DIVERSA (METAIS FERROSOS) ÍNDICE NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE SUCATA DIVERSA (METAIS FERROSOS) ÍNDICE 1 Identificação da Entidade Alienante 2 Objeto 3 Consulta do processo 4 Condições de admissão à Hasta Pública 5

Leia mais

Programa do Procedimento

Programa do Procedimento Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística Programa do Procedimento Concurso Público n.º 21/DAC/2013 Aquisição de dois cinemómetros de controlo de velocidade Programa

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO URGENTE (Artº 155º do CCP)

CONCURSO PÚBLICO URGENTE (Artº 155º do CCP) 1 CONCURSO PÚBLICO URGENTE (Artº 155º do CCP) PROGRAMA DE CONCURSO Índice Artigo 1.º - Identificação do Concurso... 3 Artigo 2.º - Entidade Adjudicante... 3 Artigo 3.º - Órgão que tomou a decisão de contratar...

Leia mais

CONCESSÃO DO PRÉDIO URBANO NA RUA DO ARNADO - COIMBRA TERMOS DE REFERÊNCIA

CONCESSÃO DO PRÉDIO URBANO NA RUA DO ARNADO - COIMBRA TERMOS DE REFERÊNCIA CONCESSÃO DO PRÉDIO URBANO NA RUA DO ARNADO - COIMBRA TERMOS DE REFERÊNCIA 1 TERMOS DE REFERÊNCIA REGRAS DO PROCEDIMENTO Artigo 1.º Finalidade Destinam-se os presentes TERMOS DE REFERÊNCIA a regular o

Leia mais

HASTA PÚBLICA N.º 1/ VENDA DE GARAGEM E ARRECADAÇÕES MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

HASTA PÚBLICA N.º 1/ VENDA DE GARAGEM E ARRECADAÇÕES MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA N.º 1/2015 - VENDA DE GARAGEM E ARRECADAÇÕES MUNICIPAIS BLOCO B SARAMAGAS EM MINDE PROGRAMA DE PROCEDIMENTO 1 Objeto do procedimento Hasta Pública para alienação dos imóveis abaixo identificados:

Leia mais

Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP

Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP «Empresa» «Morada1» «Cod_Postal» «Localidade» Nossa referência Assunto: Convite para apresentação de proposta ao abrigo do Acordo Quadro ANCP Aquisição de serviços de dados acesso à internet e conectividade

Leia mais

MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ

MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ Reguengos ""Monsaraz CIDADE EUROPEIA DO VINHO 2015 MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ "CONSTRUÇÃO DE UM EDIFICIO PARA O TELESCOPIO E ESPAÇOS ENVOLVENTES - DARK SKY CU MEADA" CONVITE \,'!1r;;:.,if,

Leia mais

Anexo I Modelo de declaração

Anexo I Modelo de declaração Anexo I Modelo de declaração [a que se refere a alínea a) do n.º 1 do Artigo 57.º] 1.... (nome, número de documento de identificação e morada), na qualidade de representante legal de (1)...(firma, número

Leia mais

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE LOJA NA PROMENADE DO LIDO LOJA 2- COTA 16,50 PROGRAMA DO PROCEDIMENTO Página 1 de 19 Índice Artigo 1º Objeto do concurso --------------------------------------------------------------

Leia mais

PROJETO DE CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS

PROJETO DE CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS PROJETO DE CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS Concurso limitado por prévia qualificação para a seleção da empresa a designar para a prestação do serviço universal de disponibilização de uma lista telefónica

Leia mais

Programa de Procedimento

Programa de Procedimento Programa de Procedimento Hasta Pública Câmara Municipal de Vila Real de Santo António Em cumprimento dos deveres e competências desta Câmara Municipal, vai proceder-se através de hasta pública, à alienação

Leia mais

A entidade promotora deste acto é o Município de Fafe, com sede na Av. 5 de Outubro

A entidade promotora deste acto é o Município de Fafe, com sede na Av. 5 de Outubro REGULAMENTO DA HASTA PÚBLICA CONCESSÃO DO DIREITO DE SUPERFÍCIE DE UM LOTE DE TERRENO DESTINADO Á INSTALAÇÃO DE UM POSTO DE ABASTECIMENTO DE COMBUSTÍVEIS, NA ZONA INDUSTRIAL DO SOCORRO. 1 - OBJECTO DA

Leia mais

Instituto de Biologia Molecular e Celular - IBMC AJUSTE DIRETO N.º 14/ IBMC

Instituto de Biologia Molecular e Celular - IBMC AJUSTE DIRETO N.º 14/ IBMC Instituto de Biologia Molecular e Celular - IBMC AJUSTE DIRETO N.º 14/2013 - IBMC CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA PARA PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO AJUSTE DIRETO PARA A AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS PARA A ALIENAÇÃO DE 5.373,12 M2, SITA NO CASAL DO MOINHO DE DE PARCELA DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO, COM

CONDIÇÕES GERAIS PARA A ALIENAÇÃO DE 5.373,12 M2, SITA NO CASAL DO MOINHO DE DE PARCELA DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO, COM CONDIÇÕES GERAIS PARA A ALIENAÇÃO DE DE PARCELA DE TERRENO PARA CONSTRUÇÃO, COM 5.373,12 M2, SITA NO CASAL DO MOINHO DE BAIXO, JUNTO À VARIANTE NORTE DA ERICEIRA. Condições Gerais para alienação por hasta

Leia mais

Reguengos. '''Monsaraz CIDADE EUROPEIA DO VINHO CONVITE

Reguengos. '''Monsaraz CIDADE EUROPEIA DO VINHO CONVITE '''Monsaraz CIDADE EUROPEIA DO VINHO CONVITE Aquisição de Mesas e Estruturas para Bar para Eventos no âmbito da Cidade Europeia do Vinho Monsaraz f'i [i:>('ij)!'!1j. L>J,:1r,J1... r~, AJUSTE DIRECTO (Regime

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO

PROGRAMA DE CONCURSO CONCURSO PÚBLICO PARA A CONCESSÃO DA GESTÃO DO PARQUE GERAÇÕES S. JOÃO DO ESTORIL NO CONCELHO DE CASCAIS PROGRAMA DE CONCURSO Proc. N.º8/CON/DCOP/2014 ÍNDICE 1 - IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO 2 - ENTIDADE

Leia mais

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objeto O presente regulamento estabelece as normas pelas quais o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P.

Leia mais

PROGRAMA DE CONCURSO

PROGRAMA DE CONCURSO MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE Concurso Público ARRENDAMENTO DO ESTABELECIMENTO COMERCIAL DA CAFETARIA DA PISCINA MUNICIPAL DE CASTRO VERDE PROGRAMA DE CONCURSO Castro Verde, 8 de abril de 2013 PROGRAMA DE

Leia mais

HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE CASA DE HABITAÇÃO (Sita no Bairro de Alvoraçães, Bloco 11, 3.º Direito em Lamego) CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA

HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE CASA DE HABITAÇÃO (Sita no Bairro de Alvoraçães, Bloco 11, 3.º Direito em Lamego) CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA HASTA PÚBLICA PARA VENDA DE CASA DE HABITAÇÃO (Sita no Bairro de Alvoraçães, Bloco 11, 3.º Direito em Lamego) CONDIÇÕES GERAIS DA HASTA PÚBLICA 1 - Entidade adjudicante: Município de Lamego, pessoa colectiva

Leia mais

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS (SRE)

SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS (SRE) SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS (SRE) GABINETE DO SECRETÁRIO REGIONAL PROGRAMA DE CONCURSO REF. Nº CPU01/SRE/2013 CONCURSO PÚBLICO URGENTE LOCAÇÃO DE PLATAFORMA DE APOIO À GESTÃO ESCOLAR

Leia mais

MODELO DE DECLARAÇÃO A QUE SE REFERE A ALÍNEA A) DO Nº 2 DO ARTIGO 10

MODELO DE DECLARAÇÃO A QUE SE REFERE A ALÍNEA A) DO Nº 2 DO ARTIGO 10 MODELO DE DECLARAÇÃO A QUE SE REFERE A ALÍNEA A) DO Nº 2 DO ARTIGO 10 1 -... (nome, número de identificação, NIF e morada), tendo tomado inteiro e perfeito conhecimento do caderno de encargos relativo

Leia mais

PROCEDIMENTO. I Arrendamento

PROCEDIMENTO. I Arrendamento PROCEDIMENTO Arrendamento de imóvel para fim não habitacional sito no Empreendimento Social Armindo Lopes Coelho, lote 8 nº 319 e 325 da Rua Pedra Moura na União das Freguesias de Sandim, Olival, Lever

Leia mais

PROGRAMA CONCURSO PÚBLICO

PROGRAMA CONCURSO PÚBLICO PROGRAMA CONCURSO PÚBLICO Contrato de subscrição de Software de Produtividade e Infraestrutura Servidora Índice 1 Identificação do procedimento...3 2 Informação institucional...3 3 Consulta das peças do

Leia mais

EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE MEDICAMENTOS DE USO HUMANO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA

EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE MEDICAMENTOS DE USO HUMANO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA EXERCÍCIO DA ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE MEDICAMENTOS DE USO HUMANO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA A intermediação de medicamentos é qualquer atividade ligada à venda ou compra de medicamentos, com exceção

Leia mais

Aos vinte e nove dias do mês de novembro de dois mil e treze, os seguintes outorgantes:

Aos vinte e nove dias do mês de novembro de dois mil e treze, os seguintes outorgantes: CONTRATO DE FORNECIMENTO DE SERVIÇOS DE PRODUÇÃO DE DOCUMENTO DE DESIGN E ACOMPANHAMENTO DE PRODUÇÃO DE JOGO ESTRATÉGICO PARA A REDE DE CASTELOS E MURALHAS DO MONDEGO Valor: 34.000,00 Aos vinte e nove

Leia mais

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º. Objeto

REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS. Artigo 1.º. Objeto REGULAMENTO DE ARRENDAMENTO DE IMÓVEIS CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1.º Objeto O presente regulamento estabelece as normas pelas quais o Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, I.P.

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO CONCURSO PÚBLICO N.º AQUISIÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO, VERSÃO II

PROGRAMA DO CONCURSO CONCURSO PÚBLICO N.º AQUISIÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO, VERSÃO II CONCURSO PÚBLICO N.º 1900514 AQUISIÇÃO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE, HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO, DO INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP PROGRAMA DO CONCURSO VERSÃO II Avenida

Leia mais

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO DE CONSULTA PÚBLICA

PROGRAMA DO PROCEDIMENTO DE CONSULTA PÚBLICA PROGRAMA DO PROCEDIMENTO DE CONSULTA PÚBLICA 1. ENTIDADE PROMOTORA O presente procedimento é promovido pela União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, NIPC 510834108, com sede social na Rua

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO CESSÃO DE DIREITO DE OCUPAÇÃO CORETO DA PRAÇA DO ALMADA

CONCURSO PÚBLICO CESSÃO DE DIREITO DE OCUPAÇÃO CORETO DA PRAÇA DO ALMADA CONCURSO PÚBLICO CESSÃO DE DIREITO DE OCUPAÇÃO CORETO DA PRAÇA DO ALMADA 1 PROGRAMA DE CONCURSO 1 OBJETO DO CONCURSO O presente concurso tem por objeto a cessão do direito de ocupação do rés-do-chão do

Leia mais

PROGRAMA DE PROCEDIMENTO. ARTIGO 1.º Objeto da hasta pública

PROGRAMA DE PROCEDIMENTO. ARTIGO 1.º Objeto da hasta pública PROGRAMA DE PROCEDIMENTO ARTIGO 1.º Objeto da hasta pública 1- Alienação de pinha de pinheiro manso na árvore, proveniente de: Lote 1 Mata Nacional de Cabeção; Lote 2 Mata Nacional de Valverde, Área de

Leia mais

M U N I C Í P I O D E A R O U C A C Â M A R A M U N I C I P A L

M U N I C Í P I O D E A R O U C A C Â M A R A M U N I C I P A L M U N I C Í P I O D E A R O U C A C Â M A R A M U N I C I P A L Para. Sua referência Sua comunicação Nossa referência Data N.º / / Circular.º /DP Arouca, 8 de AGOST de 2012 Proc.º N.º ASSUNTO: Convite

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO URGENTE PARA FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PARA O EDIFÍCIO SEDE DO TURISMO DO ALGARVE, POSTOS DE TURISMO E ARMAZÉM DE BELA MANDIL

CONCURSO PÚBLICO URGENTE PARA FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PARA O EDIFÍCIO SEDE DO TURISMO DO ALGARVE, POSTOS DE TURISMO E ARMAZÉM DE BELA MANDIL CONCURSO PÚBLICO URGENTE PARA FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PARA O EDIFÍCIO SEDE DO TURISMO DO ALGARVE, POSTOS DE TURISMO E ARMAZÉM DE BELA MANDIL PROGRAMA DE CONCURSO ÍNDICE Artigo 1.º - Identificação

Leia mais

Hasta Pública. Alienação do Lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal. (antigo lote da Frutinatura)

Hasta Pública. Alienação do Lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal. (antigo lote da Frutinatura) Alienação do Lote n.º 1 da Zona Industrial do Carrascal (antigo lote PROGRAMA DE PROCEDIMENTO 1. Objecto e entidade adjudicante 1.1- A presente hasta pública destina-se à alienação do Lote n.º 1 da Zona

Leia mais

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A.

ANEXO II MODELO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS E LIMPEZA URBANA PELA EGEO TECNOLOGIA E AMBIENTE, S.A. REGULAMENTO TARIFÁRIO E DE EXPLORAÇÃO DA CONCESSÃO DOS SERVIÇOS DE LIMPEZA URBANA E RECOLHA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA ÁREA DE JURISDIÇÃO DA APL -ADMINISTRAÇÃO DO PORTO DE LISBOA, S.A. ANEXO II MODELO

Leia mais

CONVITE. 1. Objeto do contrato: NOVO QUARTEL DA GNR DE ÍLHAVO ELABORAÇÃO DE PROJETO. 2. Entidade Adjudicante

CONVITE. 1. Objeto do contrato: NOVO QUARTEL DA GNR DE ÍLHAVO ELABORAÇÃO DE PROJETO. 2. Entidade Adjudicante CONVITE Para o efeito, convida-se V. Exa. a apresentar proposta no âmbito do ajuste direto adotado para a celebração do contrato de NOVO QUARTEL DA GNR DE ÍLHAVO ELABORAÇÃO DE PROJETO. 1. Objeto do contrato:

Leia mais

ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, S.A. PROGRAMA DE PROCEDIMENTO

ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, S.A. PROGRAMA DE PROCEDIMENTO ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, S.A. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E DESOBSTRUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DA AdCA PROGRAMA DE PROCEDIMENTO Página 1 de 11 ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, S.A. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

1. A sociedade tem por objecto:.

1. A sociedade tem por objecto:. CONTRATO DE SOCIEDADE POR QUOTAS Artigo 1.º Tipo e firma 1. A sociedade é [civil] OU [comercial], adopta o tipo sociedade por quotas e a firma. 2. A sociedade tem o número de pessoa colectiva e o número

Leia mais

FREGUESIA DE QUIAIOS NIPC 510 833 535

FREGUESIA DE QUIAIOS NIPC 510 833 535 PROGRAMA DE HASTA PÚBLICA Para atribuição do direito de ocupação efetiva de natureza precária da loja n.º 4 no Mercado de Quiaios Artigo 1.º Identificação A loja objeto de hasta pública localiza-se no

Leia mais

Procedimento n.º 20/2015/DGF-A

Procedimento n.º 20/2015/DGF-A Procedimento n.º 20/2015/DGF-A Convite para Aquisição de Manuais Escolares - Ano Letivo 2015/2016 Índice 1. Entidades 3 2. Decisão de contratar e de autorização da despesa 3 3. Preço base 4 4. Proposta

Leia mais

Cláusula Segunda Prazo O prazo para execução do presente contrato é 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a contra da data da consignação.

Cláusula Segunda Prazo O prazo para execução do presente contrato é 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias a contra da data da consignação. CONTRATO DE EMPREITADA DE OBRA PÚBLICA Nº 135/2016 0103/DOM/DEM/15 REPARAÇÕES DIVERSAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL EM ESCOLAS E JARDINS DE INFÂNCIA DO MUNICÍPIO DE OEIRAS Entre: Município de Oeiras, Pessoa Colectiva

Leia mais

Escola Secundária de Cacilhas-Tejo. Caderno de Encargos AJUSTE DIRETO N.º 1/2016 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS ALUNOS

Escola Secundária de Cacilhas-Tejo. Caderno de Encargos AJUSTE DIRETO N.º 1/2016 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS ALUNOS Caderno de Encargos AJUSTE DIRETO N.º 1/2016 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS ALUNOS ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO O presente procedimento é um Ajuste Direto e tem a seguinte designação: AJUSTE DIRETO

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO

CONTRATO DE FORNECIMENTO 1 CÂMARA MUNICIPAL MINUTA DE CONTRATO DE FORNECIMENTO Proc. n.º 22/2014-DPO/SP RECOLHA E TRANSPORTE DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS, LIMPEZA URBANA E LAVAGEM, DESINFEÇÃO E MANUTENÇÃO DE CONTENTORES, NO MUNICÍPIO

Leia mais

EDITAL Nº 116/2009. Presidente da Câmara Municipal de Sines. Manuel Coelho Carvalho

EDITAL Nº 116/2009. Presidente da Câmara Municipal de Sines. Manuel Coelho Carvalho C Â M A R A M U N I C I P A L D E S I N E S EDITAL Nº 116/2009 Manuel Coelho Carvalho, Presidente da Câmara Municipal de Sines, no uso da competência que lhe confere a alínea v) do nº 1 do art. 68º do

Leia mais

o Identificação do medicamento (nome comercial, DCI, n.º de lote, tamanho de embalagem);

o Identificação do medicamento (nome comercial, DCI, n.º de lote, tamanho de embalagem); Requisitos e condições necessários à obtenção de autorização para dispensa de medicamentos ao domicílio e através da Internet por parte das farmácias, ao abrigo da Portaria n.º 1427/2007, de 2 de novembro

Leia mais

Acordo quadro para a prestação de serviços de consultadoria, desenvolvimento e manutenção de software

Acordo quadro para a prestação de serviços de consultadoria, desenvolvimento e manutenção de software Acordo quadro para a prestação de serviços de consultadoria, desenvolvimento e manutenção de software PROGRAMA DE CONCURSO Janeiro de 2013 ÍNDICE CAPÍTULO I OBJETO E ÂMBITO DO CONCURSO... 3 Artigo 1.º

Leia mais

ANÚNCIO VENDA EM HASTA PÚBLICA DE QUATRO VIATURAS PROPRIEDADE DA REGIÃO DE TURISMO DO ALGARVE

ANÚNCIO VENDA EM HASTA PÚBLICA DE QUATRO VIATURAS PROPRIEDADE DA REGIÃO DE TURISMO DO ALGARVE ANÚNCIO VENDA EM HASTA PÚBLICA DE QUATRO VIATURAS PROPRIEDADE DA REGIÃO DE TURISMO DO ALGARVE A Região de Turismo do Algarve aceita propostas para a alienação de quatro viaturas, cuja identificação e valor

Leia mais

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE MATERIAL DIVERSO

NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE MATERIAL DIVERSO NORMAS APLICÁVEIS À ALIENAÇÃO EM HASTA PÚBLICA DE MATERIAL DIVERSO ÍNDICE 1 Identificação da Entidade Alienante 2 Objeto 3 Consulta do processo 4 Condições de admissão à Hasta Pública 5 Documentos de habilitação

Leia mais

EDITAL/ANUNCIO 126/2012 PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA VENDA DE 18 LOTES DE TERRENO SITOS NO CONCELHO DE CASCAIS

EDITAL/ANUNCIO 126/2012 PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA VENDA DE 18 LOTES DE TERRENO SITOS NO CONCELHO DE CASCAIS 04.04.2012 Sumário PROCEDIMENTO DE NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA VENDA DE 18 LOTES DE TERRENO, SITOS NO CONCELHO DE CASCAIS EDITAL/ANÚNCIO 126/2012 EDITAL/ANUNCIO 126/2012 PROCEDIMENTO

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA FINANCEIRA SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO E GESTÃO DE STOCKS CONVITE AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA FINANCEIRA SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO E GESTÃO DE STOCKS CONVITE AJUSTE DIRETO UNIDADE ORGÂNICA FINANCEIRA SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO E GESTÃO DE STOCKS CONVITE AJUSTE DIRETO AQUISIÇÃO DE CONTENTORES DE RECOLHA DE RSU Reguengos ""Monsaraz CIDADE EUROPEIA DO VINHO 2015

Leia mais

Complexo da Calçada do Duque nº 14, 16, 18 e 20 em Lisboa REGRAS E CONDIÇÕES DE VENDA. Artigo 1.º Objeto

Complexo da Calçada do Duque nº 14, 16, 18 e 20 em Lisboa REGRAS E CONDIÇÕES DE VENDA. Artigo 1.º Objeto Complexo da Calçada do Duque nº 14, 16, 18 e 20 em Lisboa REGRAS E CONDIÇÕES DE VENDA Artigo 1.º Objeto As presentes condições de venda destinam-se a estabelecer as normas pelas quais a CP - Comboios de

Leia mais

Caderno de Encargos AJUSTE DIRECTO N.º 2/2011 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS PROFESSORES ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO

Caderno de Encargos AJUSTE DIRECTO N.º 2/2011 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS PROFESSORES ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO Caderno de Encargos AJUSTE DIRECTO N.º 2/2011 PARA EXPLORAÇÃO DO BAR DOS PROFESSORES ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO CONCURSO O presente procedimento é um Ajuste Directo e tem a seguinte designação: AJUSTE

Leia mais

INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE

INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE INSTITUTO PORTUGUÊS DO SANGUE E DA TRANSPLANTAÇÃO, IP CONCURSO PÚBLICO N.º 1200316 AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE CONSUMO CLÍNICO Diversos Tubos de Colheita Para os Laboratórios dos Centros de Sangue e da Transplantação

Leia mais

ANEXO II DECLARAÇÃO DE ACEITAÇÃO DO CONTEÚDO DO CADERNO DE ENCARGOS

ANEXO II DECLARAÇÃO DE ACEITAÇÃO DO CONTEÚDO DO CADERNO DE ENCARGOS Pág.1/2 ANEXO II DECLARAÇÃO DE ACEITAÇÃO DO CONTEÚDO DO CADERNO DE ENCARGOS [a que se refere a alínea a) do nº 1 do artigo 81º do Código dos Contratos Públicos] 1. Manuel Júlio Jorge da Silva titular do

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA ALTERAÇÃO DE DIRETOR TÉCNICO DE FARMÁCIA DE OFICINA

PROCEDIMENTO PARA ALTERAÇÃO DE DIRETOR TÉCNICO DE FARMÁCIA DE OFICINA PROCEDIMENTO PARA ALTERAÇÃO DE DIRETOR TÉCNICO DE FARMÁCIA DE OFICINA 1. Requisitos legais a) A direção técnica da farmácia é assegurada em permanência, por farmacêutico diretor técnico, registado na Secretaria

Leia mais

Feira Viva Cultura e Desporto, EEM

Feira Viva Cultura e Desporto, EEM Concurso Público Caderno de Encargos Feira Viva Cultura e Desporto, EEM 1/6 CADERNO DE ENCARGOS CONCURSO PÚBLICO PARA ADJUDICAÇÃO DA CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DO BAR/ESPLANADA DO PAVILHÃO MUNICIPAL DA LAVANDEIRA

Leia mais

CONVITE. Ajuste Direto 001/2014 ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO PROCEDIMENTO

CONVITE. Ajuste Direto 001/2014 ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO PROCEDIMENTO CONVITE Ajuste Direto 001/2014 ARTIGO 1º IDENTIFICAÇÃO DO PROCEDIMENTO O presente procedimento tem a seguinte designação: AJUSTE DIRETO 001/2014 AQUISIÇAÕ DE LEITE ESCOLAR ANO LETIVO 2014/2015. ARTIGO

Leia mais

EDITAL N.º 38/2016 SORTEIO N.º 1/UCT/DEPEP/DPDL/16 ATRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS FIXOS DE VENDA NA FEIRA DAS GALINHEIRAS

EDITAL N.º 38/2016 SORTEIO N.º 1/UCT/DEPEP/DPDL/16 ATRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS FIXOS DE VENDA NA FEIRA DAS GALINHEIRAS EDITAL N.º 38/2016 SORTEIO N.º 1/UCT/DEPEP/DPDL/16 ATRIBUIÇÃO DE ESPAÇOS FIXOS DE VENDA NA FEIRA DAS GALINHEIRAS 1. OBJETO DO SORTEIO 1.1. O presente Sorteio visa a atribuição de espaços de venda fixos

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ALIENAÇÃO DE UM LOTE DE TERRENO DE 1500 M² SITO NAS PENHAS DA SAÚDE

CONCURSO PÚBLICO PARA ALIENAÇÃO DE UM LOTE DE TERRENO DE 1500 M² SITO NAS PENHAS DA SAÚDE CONCURSO PÚBLICO PARA ALIENAÇÃO DE UM LOTE DE TERRENO DE 1500 M² SITO NAS PENHAS DA SAÚDE I - AVISO II - PROGRAMA DE CONCURSO III - CADERNO DE ENCARGOS IV - ANEXOS SETEMBRO 2016 I AVISO Nº2/2016 O Conselho

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES

JUNTA DE FREGUESIA SÃO BARTOLOMEU DE MESSINES EDITAL n.º 01/2016 Hasta Pública para a Alienação de Veículo, mediante proposta em carta fechada --------JOÃO CARLOS RODRIGUES CORREIA,PRESIDENTE DA JUNTA DE FREGUESIA DE ;----------------------------------------

Leia mais

GUIA PRÁTICO CONCURSO VENDA DE IMÓVEIS

GUIA PRÁTICO CONCURSO VENDA DE IMÓVEIS GUIA PRÁTICO CONCURSO VENDA DE IMÓVEIS ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/10 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Concurso Venda de Imóveis PROPRIEDADE Segurança Social Património Imobiliário Instituto

Leia mais

AJUSTE DIRECTO/2014/18

AJUSTE DIRECTO/2014/18 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E ALUGUER DE PALCOS, CAMARINS E OUTROS EQUIPAMENTOS PARA INICIATIVA "CAIS DE FADO" A INSTALAR NA SERRA DO PILAR E MARGINAL DE GAIA AJUSTE DIRECTO/2014/18 CONTRAENTES:

Leia mais

ÍNDICE. Caderno de Encargos: Parte I Disposições Gerais. 1. Identificação do procedimento. 2. Objeto do procedimento

ÍNDICE. Caderno de Encargos: Parte I Disposições Gerais. 1. Identificação do procedimento. 2. Objeto do procedimento ÍNDICE Caderno de Encargos: Parte I Disposições Gerais 1. Identificação do procedimento 2. Objeto do procedimento 3. Locais de realização dos serviços 4. Obrigações do adjudicatário 5. Valor Base 6. Prazo

Leia mais

CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DAS PDSC~NAS MUNOCDPAIS

CESSÃO DE EXPLORAÇÃO DAS PDSC~NAS MUNOCDPAIS 4wo o a--- O4NHP~P MUMCÍPIIO DE DDANHA-A-NOVA CÂMARA MUNICIPAL DE IDANHA-A-NOVA Largo do Municipio, 6060-163 Idanha-a-Nova - Telef, (277) 200570- Fax (277) 200580 Contribuinte N 501121030 CESSÃO DE EXPLORAÇÃO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA ALIENAÇÃO DE UM LOTE DE TERRENO DE 1500 M² SITO NAS PENHAS DA SAÚDE

CONCURSO PÚBLICO PARA ALIENAÇÃO DE UM LOTE DE TERRENO DE 1500 M² SITO NAS PENHAS DA SAÚDE CONCURSO PÚBLICO PARA ALIENAÇÃO DE UM LOTE DE TERRENO DE 1500 M² SITO NAS PENHAS DA SAÚDE I - AVISO II - PROGRAMA DE CONCURSO III - CADERNO DE ENCARGOS IV - ANEXOS JUNHO 2016 I AVISO Nº1/2016 O Conselho

Leia mais

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL

DIREÇÃO REGIONAL DA SOLIDARIEDADE SOCIAL CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Entre, de uma parte, a Direção Regional da Solidariedade Social, com sede no Solar dos Remédios, 9701-855 Angra do Heroísmo, Concelho de Angra do Heroísmo, representado

Leia mais

ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA

ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA ALIENAÇÃO DE EDIFICIOS DAS ESCOLAS DO 1.º CICLO DESACTIVADAS CONDIÇÕES DE VENDA 1 Objecto É objecto do presente procedimento a alienação de edifícios das escolas do 1.º ciclo desactivadas, no estado em

Leia mais

Hasta Pública. Regras da hasta pública. Preâmbulo

Hasta Pública. Regras da hasta pública. Preâmbulo Hasta Pública Regras da hasta pública Preâmbulo Nos termos e com os fundamentos ínsitos na deliberação camarária nº 3, apresentada e aprovada na reunião de Câmara de 5 de Fevereiro de 2014, procede-se

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA 1/6 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO FINANCEIRA ÀS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS PROMOTORAS DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E DE SAÚDE DO CONCELHO DE SINTRA FORMULÁRIO DE CANDIDATURA (nº SM ) Exmº Sr. Presidente da Câmara

Leia mais

Município de Portalegre EDITAL

Município de Portalegre EDITAL EDITAL MARIA ADELAIDE FRANCO LEBREIRO DE AGUIAR MARQUES TEIXEIRA, PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DO MUNICÍPIO DE PORTALEGRE. ----------------------------------- Faz saber que, de harmonia com a deliberação

Leia mais

Secção de Património e Aprovisionamento EDITAL HASTA PUBLICA PARA ALIENAÇÃO DE BEM IMÓVEL POR HASTA PÚBLICA "ESCOLA PRIMÁRIA DE MA TELA"

Secção de Património e Aprovisionamento EDITAL HASTA PUBLICA PARA ALIENAÇÃO DE BEM IMÓVEL POR HASTA PÚBLICA ESCOLA PRIMÁRIA DE MA TELA Secção de Património e Aprovisionamento EDITAL HASTA PUBLICA PARA ALIENAÇÃO DE BEM IMÓVEL POR HASTA PÚBLICA "ESCOLA PRIMÁRIA DE MA TELA" (APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA EM CARTA FECHADA) 1. A Câmara Municipal

Leia mais

CONVITE. PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO Casa de Chá FUNDAÇÃO DE SERRALVES

CONVITE. PROCEDIMENTO DE AJUSTE DIRETO PARA A CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO Casa de Chá FUNDAÇÃO DE SERRALVES CONCESSÃO DE EXPLORAÇÃO DOS SERVIÇOS DE RESTAURAÇÃO Casa de Chá FUNDAÇÃO DE SERRALVES Índice Artigo 1.º Objeto do procedimento de Ajuste Direto... 3 Artigo 2.º Entidade adjudicante... 3 Artigo 3.º Órgão

Leia mais

CONVITE Artigo 1.º Artigo 2.º Artigo 3.º Ajuste Direto n.º acal/ciceco 06/14

CONVITE Artigo 1.º Artigo 2.º Artigo 3.º Ajuste Direto n.º acal/ciceco 06/14 1/10 CONVITE Artigo 1.º Entidade pública adjudicante O presente procedimento é promovido pela Universidade de Aveiro, fundação pública com regime de direito privado, adiante abreviadamente designada por

Leia mais

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal

MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal MUNICÍPIO DE CUBA Câmara Municipal CADERNO DE ENCARGOS Cessão da Exploração do Estabelecimento de Bebidas Bar das Piscinas Municipais Descobertas de Cuba I PARTE CLÁUSULAS GERAIS Artº. 1º Âmbito de aplicação

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CONVITE AJUSTE DIRETO UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO CONVITE AJUSTE DIRETO Obra de Construção de um Mural ao Cante Alentejano '"Monsaraz CIDADf f Ukt)PfiA DC\W~HO UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO

Leia mais

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA

PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA Registo de entrada RE SERVADO AOS SERVIÇOS PEDIDO DE EMISSÃO DE ALVARÁ DE AUTORIZAÇÃO DE UTILIZAÇÃO DE FRACÇÃO AUTÓNOMA (Art.º 63 do D.L. 555/99 de 16 de Dezembro, com a redacção conferida pelo D.L. 177/2001

Leia mais

C Â M A R A M U N I C I P A L D E M O U R A PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA PARA A ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL

C Â M A R A M U N I C I P A L D E M O U R A PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA PARA A ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL PROGRAMA DE PROCEDIMENTO HASTA PÚBLICA PARA A ALIENAÇÃO DE IMÓVEL MUNICIPAL MARÇO DE 2016 1 OBJETO 1.1. A presente hasta pública tem por objeto a alienação do imóvel identificado no Anexo I, pela morada,

Leia mais

Caderno de Encargos. Ajuste Direto n.º 39/2016. Aquisição de serviços para Assessoria Jurídica

Caderno de Encargos. Ajuste Direto n.º 39/2016. Aquisição de serviços para Assessoria Jurídica Caderno de Encargos Ajuste Direto n.º 39/2016 Aquisição de serviços para Assessoria Jurídica Abril de 2016 ÍNDICE CADERNO DE ENCARGOS Página Parte I - Cláusulas Jurídicas Art.º 1.º - Objeto......... 2

Leia mais

ANÚNCIO SECÇÃO I ENTIDADE ADJUDICANTE

ANÚNCIO SECÇÃO I ENTIDADE ADJUDICANTE ANÚNCIO SECÇÃO I ENTIDADE ADJUDICANTE I.1) DESIGNAÇÃO E ENDEREÇO OFICIAIS DA ENTIDADE ADJUDICANTE: Organismo: PORTO VIVO, SRU Sociedade de Reabilitação Urbana da Baixa Portuense, S.A. À atenção de: Conselho

Leia mais

Despacho: Exm.º Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra

Despacho: Exm.º Sr. Presidente da Câmara Municipal de Sintra IMP.PS.01.431.02 IMP.PS.01.431.03 COMUNICAÇÃO DE ABERTURA AO PÚBLICO DE EMPREENDIMENTOS TURÍSTICOS EM CASO DE AUSÊNCIA DE AUTORIZAÇÃO PARA FINS TURÍSTICOS (ao abrigo do artigo 31º do Decreto-lei nº 39/2008,

Leia mais

PROGRAMA DO CONCURSO PARA A CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE/CAFETARIA DO MUSEU DE CHAPELARIA

PROGRAMA DO CONCURSO PARA A CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE/CAFETARIA DO MUSEU DE CHAPELARIA PROGRAMA DO CONCURSO PARA A CONCESSÃO DO DIREITO DE EXPLORAÇÃO DO RESTAURANTE/CAFETARIA DO MUSEU DE CHAPELARIA 1. OBJECTO DO CONCURSO 1.1. O presente concurso tem por objecto a concessão de exploração

Leia mais

GUIA PRÁTICO CONCURSO VENDA DE IMÓVEIS

GUIA PRÁTICO CONCURSO VENDA DE IMÓVEIS GUIA PRÁTICO CONCURSO VENDA DE IMÓVEIS INSTITUTO DE GESTÃO FINANCEIRA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P. ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/14 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Concurso Venda de Imóveis PROPRIEDADE

Leia mais

(NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO DECRETO-LEI Nº 229/2004, DE 10 DE DEZEMBRO) CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES

(NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO DECRETO-LEI Nº 229/2004, DE 10 DE DEZEMBRO) CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES (NÃO DISPENSA A LEITURA E ADOÇÃO DE REGRAS ESTABELECIDAS NO DECRETO-LEI Nº 229/2004, DE 10 DE DEZEMBRO) CONTRATO DE SOCIEDADE DE SOLICITADORES OUTORGANTES: PRIMEIRO: F., natural da freguesia de concelho

Leia mais

Convite CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA DIVISÃO DE SERVIÇOS MUNICIPAIS CONTRATAÇÃO PÚBLICA AJUSTE DIRETO

Convite CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA DIVISÃO DE SERVIÇOS MUNICIPAIS CONTRATAÇÃO PÚBLICA AJUSTE DIRETO CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE CERVEIRA DIVISÃO DE SERVIÇOS MUNICIPAIS CONTRATAÇÃO PÚBLICA Convite AJUSTE DIRETO Beneficiação e Conservação da Rede Viária Municipal Construção de Muro junto à Casa Vermelha

Leia mais

PROCEDIMENTO, POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO, PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DE UM ESPAÇO COMERCIAL NO INSTITUTO DE DESIGN DE GUIMARÃES REGULAMENTO

PROCEDIMENTO, POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO, PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DE UM ESPAÇO COMERCIAL NO INSTITUTO DE DESIGN DE GUIMARÃES REGULAMENTO PROCEDIMENTO, POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO, PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DE UM ESPAÇO COMERCIAL NO INSTITUTO DE DESIGN DE GUIMARÃES REGULAMENTO 1 - Objeto do procedimento O presente procedimento tem em vista

Leia mais

HOSPITAL DE SANTO ESPÍRITO DE ANGRA DO HEROÍSMO, E.P.E. Convenção n.º 4/2015 de 29 de Janeiro de 2015

HOSPITAL DE SANTO ESPÍRITO DE ANGRA DO HEROÍSMO, E.P.E. Convenção n.º 4/2015 de 29 de Janeiro de 2015 HOSPITAL DE SANTO ESPÍRITO DE ANGRA DO HEROÍSMO, E.P.E. Convenção n.º 4/2015 de 29 de Janeiro de 2015 CLAUSULADO TIPO DE CONVENÇÃO PARA A PRESTAÇÃO DE CUIDADOS DE SAÚDE NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS DIAGNÓSTICO

Leia mais

euros, dividido em acções do valor nominal de euros, pertencentes:

euros, dividido em acções do valor nominal de euros, pertencentes: CONTRATO DE SOCIEDADE ANÓNIMA A) Declaram constituir uma sociedade nos termos dos artigos seguintes: Artigo 1.º Tipo e firma 1. A sociedade é [civil] OU [comercial], adopta o tipo de sociedade anónima

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS. PARTE I Cláusulas jurídicas

CADERNO DE ENCARGOS. PARTE I Cláusulas jurídicas CADERNO DE ENCARGOS PARTE I Cláusulas jurídicas Artigo 1º Âmbito da Aplicação O presente caderno de encargos define as condições do procedimento de AJUSTE DIRETO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Participação

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Proposta de Regulamento Eleitoral das eleições primárias abertas a militantes e simpatizantes do PS para a designação do candidato do PS ao cargo do Primeiro-Ministro CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo

Leia mais

PROJETO DE CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS

PROJETO DE CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS PROJETO DE CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS Concurso limitado por prévia qualificação para a seleção da ou das empresas a designar para a prestação do serviço universal de ligação a uma rede de comunicações

Leia mais

CONCURSO PUBLICO INTERNACIONAL PROGRAMA DE CONCURSO

CONCURSO PUBLICO INTERNACIONAL PROGRAMA DE CONCURSO Página 1 de 10 CONCURSO PUBLICO INTERNACIONAL Nº 2/2011 PROGRAMA DE CONCURSO - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS TÉCNICOS DE DOCÊNCIA E VIGILÂNCIA; - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS GESTÃO - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

Leia mais

e) 5 Fases do procedimento 6 Comissão de acompanhamento do procedimento 7 Espaços comerciais 8 Esclarecimentos 8 de abril de 2016

e) 5 Fases do procedimento 6 Comissão de acompanhamento do procedimento 7 Espaços comerciais 8 Esclarecimentos 8 de abril de 2016 PROCEDIMENTO, POR PRÉVIA QUALIFICAÇÃO, PARA ARRENDAMENTO COMERCIAL DE TRÊS ESPAÇOS COMERCIAIS NA PLATAFORMA DAS ARTES E DA CRIATIVIDADE ATELIÊS EMERGENTES REGULAMENTO 1 Objeto do procedimento O presente

Leia mais

A associação tem como fim...

A associação tem como fim... ASSOCIAÇÃO Artigo 1.º Denominação, sede e duração 1. A associação, sem fins lucrativos, adopta a denominação, e tem a sede na, freguesia de, concelho de e constitui-se por. 2. A associação tem o número

Leia mais

Procedimento n.º 10/2015/DGF-A

Procedimento n.º 10/2015/DGF-A Procedimento n.º 10/2015/DGF-A Convite para Aquisição de Refeições Escolares - Ano Letivo 2015/2016 Procedimento n.º 10/2015/DGF-A Aquisição de Refeições Escolares - Ano Letivo 2015/2016 Assunto: Convite

Leia mais

Anexo 1 Anexo 2 RESPOSTA(S) DO(S) FORNECEDOR(ES) Referência do Procedimento:CLPQ_AQ-MOB-2014_Fase_Convite Designação do Procedimento:Acordo quadro de fornecimento

Leia mais

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO MOBILIÁRIO ADMINISTRATIVO E DE ESCRITÓRIO PARA A UCCI BENTO XVI

CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO MOBILIÁRIO ADMINISTRATIVO E DE ESCRITÓRIO PARA A UCCI BENTO XVI CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTO MOBILIÁRIO ADMINISTRATIVO E DE ESCRITÓRIO PARA A UCCI BENTO XVI ENTRE: Primeiro Contraente: União das Misericórdias Portuguesas, com sede na Rua de Entrecampos,

Leia mais

REGULAMENTO DE HASTA PÚBLICA

REGULAMENTO DE HASTA PÚBLICA REGULAMENTO DE HASTA PÚBLICA 1. Objeto da Hasta Pública Refere-se o presente Regulamento à hasta pública, promovida pelo Município de Vizela, com sede na Praça do Município, n.º 522, 4815-013 Vizela (telefone:

Leia mais