Livro. Folha. Pres. Secr. MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR CÂMARA MUNICIPAL A T A REUNIÃO ORDINÁRIA DE 14 DE AGOSTO DE 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Livro. Folha. Pres. Secr. MUNICÍPIO DE VILA POUCA DE AGUIAR CÂMARA MUNICIPAL A T A REUNIÃO ORDINÁRIA DE 14 DE AGOSTO DE 2014"

Transcrição

1 Aos catorze dias do mês de agosto do ano de dois mil e catorze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, para apreciação e deliberação dos assuntos constantes da agenda Estiveram presentes os Senhores: ANTÓNIO ALBERTO PIRES AGUIAR MACHADO, JOSÉ CARLOS SARAIVA RENDEIRO, ANA RITA FERREIRA DIAS BASTOS, MANUEL FERNANDES CHAVES, ANTÓNIO MANUEL PARENTE CORREIA VASCONCELOS, MARIA JOÃO MENDES DA SANTA FERNANDES e DUARTE GOMES MARQUES, respetivamente, Presidente e Vereadores da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar e eu, IDALINA MARIA GUEDES DOS SANTOS, Técnica Superior, em substituição da Secretária da Câmara Municipal Esteve ainda presente o Senhor, NUNO MIGUEL FERNANDES AZEVEDO, Chefe do Gabinete de Apoio Pessoal do Presidente da Câmara Municipal A Senhora Vereadora, Ana Rita Ferreira Dias Bastos, só participou na reunião a partir do ponto dois Verificado o cumprimento das formalidades legais, o Senhor Presidente da Câmara Municipal declarou aberta a reunião eram nove horas e trinta minutos ASSUNTOS DA ORDEM DO DIA: DIVISÃO ADMINISTRATIVA E JURÍDICA/APOIO AOS ÓRGÃOS MUNICIPAIS: - PONTO UM - Ata da reunião ordinária de 24 de julho de Apreciação e deliberação Presente a ata referenciada, para apreciação e deliberação DELIBERADO: Aprovada por unanimidade PRESIDÊNCIA: PONTO DOIS - Celebração de contrato de aquisição de serviços de seguro casco de máquinas Ratificação de despacho Apreciação e deliberação I - Do enquadramento legal do pedido de parecer prévio De acordo com o disposto no n.º 4, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro, diploma legal que aprovou o Orçamento de Estado para 2014, carece de parecer prévio vinculativo dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da Administração Pública, nos termos e segundo a tramitação a regular por portaria dos referidos membros do Governo, a celebração ou a renovação de contratos de aquisição de serviços, por órgãos e serviços abrangidos pelo âmbito de aplicação da Lei n 12-A/2008, de 27 de Fevereiro e ulteriores alterações, independentemente da natureza da contraparte

2 2.Por sua vez, o n 11 do artigo 73, da retro citada disposição legal, esclarece que o parecer acima referido é da competência do órgão executivo municipal e depende da verificação dos requisitos previstos no n 5, da mesma norma legal, com as necessárias adaptações De acordo com o disposto no n 5, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro, o parecer previsto no número anterior depende da: a)demonstração de que se trate da execução de trabalho não subordinado, para a qual se revele inconveniente o recurso a qualquer modalidade da relação jurídica de emprego público; --- b)confirmação de declaração de cabimento orçamental; c)cumprimento do disposto no artigo 33, da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de Dezembro II- Do contrato de aquisição de serviços: O objeto do presente contrato consiste na subscrição de uma apólice de seguro casco de máquinas para um gerador para fornecimento de energia elétrica, destinada ao funcionamento de bomba submersível instalada no furo de captação de água de Lagoa Atendendo à natureza do contrato em apreço, os trabalhos serão desenvolvido sem qualquer tipo de subordinação hierárquica, não se encontrando, o prestador de serviços sujeito à disciplina e à direção do órgão contratante. Também não existe qualquer exigência quanto ao cumprimento de qualquer horário de trabalho, pelo que o recurso a qualquer modalidade da relação jurídica de emprego público se revela também ela inconveniente, por força da natureza da prestação de serviços O prazo de execução do contrato é de 12 meses, sendo o encargo total previsto de 65,60 (sessenta e cinco euros sessenta cêntimos), isento de IVA Os encargos financeiros decorrentes deste contrato têm cabimento orçamental na rubrica , nos termos da proposta de cabimento em anexo Quanto à redução remuneratória, dispõe o artigo 73 conjugado com o artigo 33 da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro (LOE 2014), que os contratos a celebrar ou a renovar durante o ano de 2014 com idêntico objeto e ou contraparte de contrato vigente em 2013, deverão sofrer uma redução remuneratória, desde que o seu valor seja superior a 675, nos termos previstos no artigo 33 da cita Lei No caso em apreço e considerando o valor contratual, não se aplica a redução remuneratória. 7.Será celebrado um contrato de prestação de serviços, com a Companhia de Seguros Allianz, S.A. na sequência da adoção do procedimento pré-contratual do tipo ajuste direto simplificado, nos termos da alínea a) do artigo 20 e artigos 112 a 127 do Código dos Contratos Públicos, aprovado pelo Decreto-Lei n 18/2008, de 29 de Janeiro III Do despacho em concreto É da competência da Câmara Municipal, nos termos dos nºs 4 e 11, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro (LOE 2014), a emissão do parecer acima referido; Dada a necessidade imediata de aluguer do gerador e da sua colocação em funcionamento para garantir o regular fornecimento de água à localidade da Lagoa, deverá ser celebrado um contrato de seguro que cubra os riscos inerentes à sua utilização

3 Não se demonstra exequível reunir extraordinariamente a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, face às contingências legais que tal ação implica, designadamente no que concerne à necessária antecedência da sua convocação e custos inerentes Refere o n 3 do artigo 35 da Lei n. 75/2013, de 12 de Setembro, que "Em circunstâncias excecionais, e no caso de, por motivo de urgência, não ser possível reunir extraordinariamente a câmara municipal, o presidente pode praticar quaisquer atos da competência desta, ficando os mesmos sujeitos a ratificação na primeira reunião realizada após a sua prática, sob pena de anulabilidade." Face ao exposto, em coerência com as razões de facto e de direito acima enunciadas, por força do disposto no n 4 e no n 11, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro e estando reunidos todos os requisitos previstos no n 5, do artigo 73, da citada Lei, é presente, para ratificação, um despacho do Senhor Presidente da Câmara Municipal, em que determinou a celebração do contrato de aquisição de serviços de seguro casco de máquinas, com a Companhia de Seguros Allianz, SA, pelo valor de 65, DELIBERADO: Ratificado por unanimidade PONTO TRÊS - Celebração de contrato de aquisição de serviços de seguro casco de máquinas Ratificação de despacho Apreciação e deliberação I - Do enquadramento legal do pedido de parecer prévio: De acordo com o disposto no n 4, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro, diploma legal que aprovou o Orçamento de Estado para 2014, carece de parecer prévio vinculativo dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da Administração Pública, nos termos e segundo a tramitação a regular por portaria dos referidos membros do Governo, a celebração ou a renovação de contratos de aquisição de serviços, por órgãos e serviços abrangidos pelo âmbito de aplicação da Lei n 12-A/2008, de 27 de Fevereiro e ulteriores alterações, independentemente da natureza da contraparte Por sua vez, o n 11 do artigo 73º, da retro citada disposição legal, esclarece que o parecer acima referido é da competência do órgão executivo municipal e depende da verificação dos requisitos previstos no n 5, da mesma norma legal, com as necessárias adaptações De acordo com o disposto no n 5, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro, o parecer previsto no número anterior depende da: a)demonstração de que se trate da execução de trabalho não subordinado, para a qual se revele inconveniente o recurso a qualquer modalidade da relação jurídica de emprego público; --- b)confirmação de declaração de cabimento orçamental; c)cumprimento do disposto no artigo 33, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro II - Do contrato de aquisição de serviços: O objeto do presente contrato consiste na subscrição de duas apólices de seguro casco de máquinas para dois geradores de fornecimento de energia elétrica, destinada ao funcio-

4 namento de bombas submersíveis instaladas nos furos de captação de água do Lago e Santa Marta da Montanha Atendendo à natureza do contrato em apreço, os trabalhos serão desenvolvido sem qualquer tipo de subordinação hierárquica, não se encontrando, o prestador de serviços sujeito à disciplina e à direção do órgão contratante. Também não existe qualquer exigência quanto ao cumprimento de qualquer horário de trabalho, pelo que o recurso a qualquer modalidade da relação jurídica de emprego público se revela também ela inconveniente, por força da natureza da prestação de serviços O prazo de execução do contrato é de 12 meses, sendo o encargo total previsto de 144,68 (cento e quarenta e quatro euros sessenta e oito cêntimos), isento de IVA Os encargos financeiros decorrentes deste contrato têm cabimento orçamental na rubrica , nos termos da proposta de cabimento em anexo Quanto à redução remuneratória, dispõe o artigo 73 conjugado com o artigo 33 da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro (LOE 2014), que os contratos a celebrar ou a renovar durante o ano de 2014 com idêntico objeto e ou contraparte de contrato vigente em 2013, deverão sofrer uma redução remuneratória, desde que o seu valor seja superior a 675, nos termos previstos no artigo 33 da cita Lei No caso em apreço e considerando o valor contratual, não se aplica a redução remuneratória. 7.Será celebrado um contrato de prestação de serviços, com a Companhia de Seguros Allianz, S.A. na sequência da adoção do procedimento pré-contratual do tipo ajuste direto simplificado, nos termos da alínea a) do artigo 20 e artigos 112 a 127 do Código dos Contratos Públicos, aprovado pelo Decreto-Lei n 18/2008, de 29 de Janeiro III Do despacho em concreto: É da competência da Câmara Municipal, nos termos dos nºs 4 e 11, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro (LOE 2014), a emissão do parecer acima referido; Dada a necessidade imediata de aluguer do gerador e da sua colocação em funcionamento para garantir o regular fornecimento de água à população das localidades abastecidas pelas captações supra, deverão ser celebrados de imediato dois contratos de seguro que cubram os riscos inerentes à sua utilização Não se demonstra exequível reunir extraordinariamente a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, face às contingências legais que tal ação implica, designadamente no que concerne à necessária antecedência da sua convocação e custos inerentes Refere o n 3 do artigo 35 da Lei n. 75/2013, de 12 de Setembro, que "Em circunstâncias excecionais, e no caso de, por motivo de urgência, não ser possível reunir extraordinariamente a câmara municipal, o presidente pode praticar quaisquer atos da competência desta, ficando os mesmos sujeitos a ratificação na primeira reunião realizada após a sua prática, sob pena de anulabilidade." Face ao exposto, em coerência com as razões de facto e de direito acima enunciadas, por força do disposto no n.º 4 e no n.º 11, do artigo 73, da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de Dezembro e estando reunidos todos os requisitos previstos no n.º 5, do artigo 73, da cita-

5 da Lei, é presente, para ratificação, um despacho do Senhor Presidente da Câmara Municipal, que se anexam, em que determinou a celebração de dois contratos de aquisição de serviços de seguro casco de máquinas, com a Companhia de Seguros Allianz, SA, pelo valor de 87,53 e 57,15, respetivamente DELIBERADO: Por unanimidade, emitir parecer favorável DIVISÃO FINANCEIRA E APROVISIONAMENTO/CONTRATAÇÃO PÚBLICA:--- PONTO QUATRO - Celebração de contrato de prestação de serviços para execução de cartografia Numérica e Ortofotomapas à escala 1/2000 Proposta de emissão de parecer Apreciação e deliberação I - Do enquadramento legal do pedido de parecer prévio: De acordo com o disposto no n.º 4, do artigo 73, da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de Dezembro, diploma legal que aprovou o Orçamento de Estado para 2014, carece de parecer prévio vinculativo dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da Administração Pública, nos termos e segundo a tramitação a regular por portaria dos referidos membros do Governo, a celebração ou a renovação de contratos de aquisição de serviços, por órgãos e serviços abrangidos pelo âmbito de aplicação da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro e ulteriores alterações, independentemente da natureza da contraparte Por sua vez, o n.º 11 do artigo 73, da retro citada disposição legal, esclarece que o parecer acima referido é da competência do órgão executivo municipal e depende da verificação dos requisitos previstos no n 5, da mesma norma legal, com as necessárias adaptações De acordo com o disposto no n.º 5, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro, o parecer previsto no número anterior depende da: a)demonstração de que se trate da execução de trabalho não subordinado, para a qual se revele inconveniente o recurso a qualquer modalidade da relação jurídica de emprego público; --- b)confirmação de declaração de cabimento orçamental; c)cumprimento do disposto no artigo 33, da Lei n.º 83-C/2013, de 31 de Dezembro. II- Do contrato de aquisição de serviços: O objeto do presente contrato consiste na contratação da prestação de serviços de execução de cartografia Numérica Vetorial e Ortofotomapas à Escala 1/ Atendendo à natureza do contrato em apreço e a sua especificidade e autonomia dos trabalhos fiscalização, estes trabalhos serão desenvolvidos sem qualquer tipo de subordinação hierárquica, não se encontrando, o prestador de serviços sujeito à disciplina e à direção do órgão contratante. Também não existe qualquer exigência quanto ao cumprimento de qualquer horário de trabalho em vigor no Município, revelando-se ainda desadequado a celebração de contratos de trabalho em funções públicas, pois torna-se preferível e mais vantajoso o recurso a um contrato de prestação de serviços, por se tratar de uma necessidade

6 pontual e o recurso a equipamentos e conhecimentos técnicos que o Município não dispõe. 3. O prazo de execução do contrato é de 200 dias, sendo o encargo total previsto de ,00 (sessenta e cinco mil euros), acrescidos de IVA à taxa legal em vigor Os encargos financeiros decorrentes deste contrato têm cabimento orçamental na rubrica , projeto 2014/1/2, nos termos da declaração de assunção de despesa em anexo Quanto à redução remuneratória, dispõe o artigo 73 conjugado com o artigo 33 da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro (LOE 2014), que os contratos a celebrar ou a renovar durante o ano de 2014 com idêntico objeto e ou contraparte de contrato vigente em 2013, deverão sofrer uma redução remuneratória, desde que o seu valor seja superior a 675, nos termos previstos no artigo 33 da cita Lei No caso em apreço, no ano de 2013 não se encontrava em vigor qualquer contrato com idêntico objeto ou idêntica contraparte, pelo que não aplicará a redução remuneratória Será celebrado um contrato de prestação de serviços, com a empresa Yunit, SA., na sequência da adoção do procedimento pré-contratual do tipo ajuste direto, nos termos da alínea a) do artigo 20 e artigos 112 a 127 do Código dos Contratos Públicos, aprovado pelo Decreto-Lei n 18/2008, de 29 de Janeiro, convidando a apresentar proposta as seguintes empresas da especialidade: Estereofoto, S.A., Lanfound, Levantamentos Cadastrais, Lda., Norvia, Consultores de Engenharia, S.A., Municípia, Empresa de cartografia e Sistemas de Informação, E.M, S.A., Geolayer, Estudos de Território, Lda., Geodouro, Lda. e Rzmapa S.A III Da proposta: Face ao exposto, em coerência com as razões de facto e de direito acima enunciadas, por força do disposto no n 4 e no n 11, do artigo 73, da Lei n 83-C/2013, de 31 de Dezembro e estando reunidos todos os requisitos previstos no n 5, do artigo 73, da citada Lei, é presente uma proposta do Senhor Presidente da Câmara Municipal, que se anexa, no sentido de ser emitido parecer favorável, quanto à celebração de um contrato de prestação de serviços para execução de cartografia Numérica Vetorial e Ortofotomapas à Escala 1/2000, pelo valor previsto de ,00, acrescidos de IVA à taxa legal em vigor DELIBERADO: Por unanimidade, emitir parecer favorável DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL/AÇÃO SOCIAL ESCOLAR: PONTO CINCO - 1º Ciclo do Ensino Básico e Pré-Escolar Atribuição de subsídios no âmbito da ação social escolar Apreciação e deliberação De acordo com a Informação prestada pela Técnica do Gabinete de Ação Social, relativa atribuição de subsídios, no âmbito da Ação Social Escolar para o 1º Ciclo do Ensino Básico e Pré-Escolar e ao abrigo da alínea hh) do n 1 do artigo 33, da Lei n 75/2013 de 12 de Setembro, é presente uma proposta do Senhor Presidente da Câmara Municipal, que se anexa, no sentido de serem concedidos os subsídios conforme listagem e respetivos proces-

7 sos anexos, em cumprimento com os n.ºs 1, 2 e 5, do artigo 32, do Capitulo IV, do Regulamento Social do Município de Vila Pouca de Aguiar DELIBERADO: Aprovado por unanimidade DIVISÃO DE AMBIENTE E URBANISMO/AGRICULTURA E PECUÁRIA: PONTO SEIS - Grupo Desportivo, Recreativo e Cultural de Raiz do Monte Proposta de comparticipação financeira Apreciação e deliberação Considerando que: Decorre no dia 10 de agosto a Feira de Gado da Freguesia de Vreia de Jales Dentro do programa da Feira, para além de outras atividades agropecuárias, insere-se o Concurso Pecuário para bovinos de raça maronesa, espécie autóctone da região e muito valorizada no concelho aguiarense Os concursos pecuários são atividades de grande interesse social e eventos de valorização e promoção desta raça autóctone "O Maronês" No âmbito da política municipal de apoio ao desenvolvimento rural, da agricultura e da pecuária, importa apoiar as atividades que propulsionem o desenvolvimento e valorização das espécies próprias e endógenas do concelho Assim, nos termos da alínea u) do artigo 33 da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, é presente uma proposta do Senhor Presidente da Câmara Municipal, que se anexa, no sentido de ser atribuída uma comparticipação financeira no valor de (três mil e trezentos e cinco euros) ao Grupo Desportivo, Recreativo e Cultural de Raiz do Monte, para organização do concurso pecuário DELIBERADO: Aprovada por unanimidade E nada mais havendo a tratar, o Senhor Presidente da Câmara Municipal, declarou encerrada a reunião eram nove horas e quarenta minutos, da qual se lavrou a presente ata, que foi aprovada em minuta e vai ser assinada pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal E eu, Idalina Maria Guedes dos Santos, Técnica Superior, em substituição da Secretária da Câmara Municipal, a redigi e subscrevi O Presidente:. O Secretário:.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------------- -------- Aos vinte e seis dias do mês de junho do ano de dois mil e treze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação

Leia mais

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de

-------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de -------- Aos três dias do mês de Março do ano de dois mil e três reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Oeste

Comunidade Intermunicipal do Oeste -------------------------------------------------ATA Nº 8--------------------------------------------------- ----- Aos onze dias do mês de abril de dois mil e catorze, pelas 11H00, reuniu na sua sede em

Leia mais

--------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------------------- -------- Aos vinte e três dias do mês de maio do ano de dois mil e doze, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e

Leia mais

------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------ -------- Aos cinco dias do mês de Maio do ano de dois mil e três, reuniu no Salão Nobre dos Paços do Município, a Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, em reunião ordinária para apreciação e deliberação

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ATA N.º 04/2014 27 DE NOVEMBRO - EXTRAORDINÁRIA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL REALIZADA NO DIA 27 DE NOVEMBRO DE 2014 (Contém 04 páginas) ESTIVERAM PRESENTES

Leia mais

A Câmara tomou conhecimento e mostrou-se recetiva a colaborar nesta iniciativa.

A Câmara tomou conhecimento e mostrou-se recetiva a colaborar nesta iniciativa. ACTA Nº. 19/2014 DA REUNIÃO Ordinária DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 03-10-2014 PRESENTES PRESIDENTE Dr. Alexandre Vaz VICE- PRESIDENTE Sr. Paulo Santos VEREADORES Dra. Rosa Carvalho Dra.

Leia mais

Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e doze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e doze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões Fl. ATA N.º 25/12 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 17 DE DEZEMBRO DE 2012 Aos dezassete dias do mês de Dezembro de dois mil e doze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES

CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES CÂMARA MUNICIPAL DE PAREDES QUADRIÉNIO 2006/2009 ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL 2009/08/05 ÍNDICE REUNIÃO DE 2009/08/05 JUSTIFICAÇÃO DE FALTA 5 APROVAÇÃO DA ACTA DA REUNIÃO DE 29/07/2009

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 16.ª reunião

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.27/2014 --------------- MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS REALIZADA NO DIA VINTE E DOIS DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E CATORZE ----------------------

Leia mais

O Conselho de Administração tomou as seguintes deliberações: -------------------------------------------------

O Conselho de Administração tomou as seguintes deliberações: ------------------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA EMPRESA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO HABISOLVIS REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DIA DO MÊS DE JULHO DE DOIS MIL E NOVE. ------ Aos vinte e oito dias do mês de Julho de dois mil e nove,

Leia mais

Câmara Municipal de Resende REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO

Câmara Municipal de Resende REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO Câmara Municipal de Resende REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO A Lei n.º 159/99, de 14 de setembro estabelece no seu artigo 19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E Acta n.º 21 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA OITO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E CATORZE. ------------------------- ------- Aos oito dias de mês de Outubro do ano de dois mil e catorze, na Sala de

Leia mais

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 19 de julho de 2013

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 19 de julho de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 19 de julho de 2013 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Despacho n.º 114/2013 Designa, em regime de comissão de serviço, o DR. EMANUEL

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE

CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO VICENTE (MANDATO 20132017) ATA DA VIGÉSIMA REUNIÃO DE 2015 Aos vinte e quatro dias do mês de setembro do ano dois mil e quinze, pelas dez horas, em cumprimento de convocatória emanada nos termos do disposto n.º

Leia mais

ATA DA VIGÉSIMA PRIMEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 14 DE OUTUBRO DE 2014.

ATA DA VIGÉSIMA PRIMEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 14 DE OUTUBRO DE 2014. ATA DA VIGÉSIMA PRIMEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONDIM DE BASTO, REALIZADA NO DIA 14 DE OUTUBRO DE 2014. ------------------------------------------ Aos Catorze dias do mês de outubro

Leia mais

PROJETO DE REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

PROJETO DE REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA PROJETO DE REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelo artigo 241.º, da Lei Constitucional, devem os municípios

Leia mais

R E G I M E N T O. Preâmbulo

R E G I M E N T O. Preâmbulo R E G I M E N T O Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei n.º 46/86, de 14 de outubro, com a redação que lhe foi dada pela Lei n.º 115/97, de 19 de setembro) e de acordo com as alterações introduzidas

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL

CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL CÂMARA MUNICIPAL DO CRATO EDITAL João Teresa Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal do Crato, em cumprimento do disposto no artigo 91.º da Lei n.º 169/99 de 18 de setembro, torna público que na 27.ª reunião

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 17-04-2015 PRESENTES ATA Nº. 8/2015 PRESIDENTE VEREADORES Alexandre Vaz Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando Gomes Catarina Almeida Silvério

Leia mais

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços

Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos Paços ACTA N.º 08/10 ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 19 DE ABRIL DE 2010 Aos dezanove dias do mês de Abril de dois mil e dez, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL, REALIZADA EM 22/05/2014 PRESIDENTE DA CÂMARA: Raul Jorge Fernandes Cunha, Dr. VEREADORES PRESENTES: Pompeu Miguel Noval da Rocha Martins, Dr. Helena Marta de Oliveira

Leia mais

Terça-feira, 6 de maio de 2014. Resolução n.º 265/2014. Resolução n.º 266/2014. Empresa de Automóveis do Caniço, Lda.. Resolução n.

Terça-feira, 6 de maio de 2014. Resolução n.º 265/2014. Resolução n.º 266/2014. Empresa de Automóveis do Caniço, Lda.. Resolução n. REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 6 de maio de 2014 Série Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Resolução n.º 263/2014 Mandata o Dr. Paulo Jorge Figueiroa de França Gomes para, em

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 10/2013 -

CÂMARA MUNICIPAL DE ALJUSTREL - ATA N.º 10/2013 - - ATA N.º 10/2013 - ---------- Aos quinze dias do mês de Maio do ano de dois mil e treze, na Sala de Sessões do Edifício dos Paços do Concelho, reuniu ordinariamente a Câmara Municipal de Aljustrel, tendo

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.8/2014 MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA DEZASSETE DE ABRIL DO ANO DE DOIS MIL E QUINZE ---------------------------------------------------------------------- ---------

Leia mais

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA N.º 27/2014

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA N.º 27/2014 ATA N.º 27/2014 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 23 DE DEZEMBRO DE 2014. ----------------------------------------------------------------------- ----- Aos vinte e três dias do mês

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ATA NÚMERO 21/2011 -------------- ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DE JULHO DO ANO DE DOIS MIL E ONZE --------------------------------------------

Leia mais

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA Nº 02/2014

Divisão de Gestão Administrativa e Financeira ATA Nº 02/2014 ATA Nº 02/2014 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE VINTE QUATRO DE JANEIRO DE DOIS MIL E CATORZE. -------------------------------------------------- ----- Aos vinte e quatro dias do

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 16/2007 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 26 de Setembro de 2007 --------- Aos vinte e seis dias do mês de Setembro de dois mil e

Leia mais

Município das Velas Rua de São João 9800 VELAS (AÇORES) Telefs.295 412882/295 412214 / Fax 295 412351 Contribuinte Nº 512075506

Município das Velas Rua de São João 9800 VELAS (AÇORES) Telefs.295 412882/295 412214 / Fax 295 412351 Contribuinte Nº 512075506 1 A C T A Nº 27/10 Acta da reunião extraordinária da Câmara Municipal das Velas, realizada no dia 10 de Dezembro do ano 2010: --------------------------------------------------------------------- -------Aos

Leia mais

27 MARÇO 2014 A T A Nº. 07/2014

27 MARÇO 2014 A T A Nº. 07/2014 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VALENÇA REALIZADA NO DIA 27 DE MARÇO DE 2014. ------------------ - - - Aos vinte e sete dias do mês de março do ano dois mil e catorze, nesta cidade de Valença

Leia mais

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a

sobre as quais recaíram despachos de aprovação do Presidente da Câmara, que se submetem a Fl. ATA N.º 14/13 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DA PÓVOA DE VARZIM DE 01 DE JULHO DE 2013 Ao primeiro dia do mês de Julho de dois mil e treze, pelas dezoito horas, na Sala de Reuniões dos

Leia mais

ATA N.º 17/2015. Ata da Reunião Ordinária de 7/09/2015 Página 1 de 7

ATA N.º 17/2015. Ata da Reunião Ordinária de 7/09/2015 Página 1 de 7 ATA N.º 17/2015 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE SETE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E QUINZE. ------------------------------------------------------ ----- Aos sete dias do mês de setembro

Leia mais

MUNICÍPIO DO CARTAXO. Contrato para "Fornecimento de Gás Natural"

MUNICÍPIO DO CARTAXO. Contrato para Fornecimento de Gás Natural Contrato para "Fornecimento de Gás Natural" Entre. Município do Cartaxo, com sede na Praça 15 de Dezembro, no Cartaxo, NIPC 506 780 902, representada neste ato por Fernando Manuel da Silva Amorim, na qualidade

Leia mais

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.---------------------------------------------------------------

----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ACTA Nº 2/2011 ----- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE 28 DE JANEIRO DO ANO DE 2011.--------------------------------------------------------------- ----- Aos 28 dias do mês de Janeiro

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTA MARIA DA FEIRA

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTA MARIA DA FEIRA REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE SANTA MARIA DA FEIRA O Decreto-Lei nº7/2003, de 15 de Janeiro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 41/2003, de 22 de Agosto, retificada pela

Leia mais

Ata N.º 3 /16 Página 1 de 8 Reunião da CMF realizada em 21/01

Ata N.º 3 /16 Página 1 de 8 Reunião da CMF realizada em 21/01 -----------------------------ATA NÚMERO 3/2016------------------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DO FUNCHAL, REALIZADA EM VINTE E UM DE JANEIRO DO ANO DOIS MIL E DEZASSEIS.------------------------------------------------------------------

Leia mais

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO CÂMARA MUNICIPAL CADERNO DE ENCARGOS PROCESSO Nº 3 RH-2015 Apoio Técnico na área de Gestão de Recursos Humanos - Prestação de Serviços Ajuste Direto 1 de 10 ÍNDICE CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 Cláusula 1.ª - Objecto...

Leia mais

---------- 23. - Presente à reunião proposta do Vereador José Maria Magalhães do seguinte teor:

---------- 23. - Presente à reunião proposta do Vereador José Maria Magalhães do seguinte teor: - Conselho Municipal de Educação de Vila Real - Proposta de Regulamento ---------- 23. - Presente à reunião proposta do Vereador José Maria Magalhães do seguinte teor: A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Ac. Câmara

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA. Ac. Câmara (AO-01) ESCLARECIMENTOS PRESTADOS PELO PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL SOBRE O ENQUADRAMENTO DO ACORDO ENTRE MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA E ÁGUAS DO NOROESTE, S.A. O Senhor Presidente da Câmara Municipal

Leia mais

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA ORDEM DO DIA

PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA ORDEM DO DIA Câmara Municipal de Matosinhos Reunião ordinária de 01 de Fevereiro de 2011 ------------------------------------------------------------------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA --------------------------------------------------------------------MUNICIPAL

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL ATA N.º 3/2014 DO MANDATO 2013/2017, REALIZADA NO DIA 13 DE FEVEREIRO DE 2014, INICIADA ÀS 10.00 HORAS E CONCLUÍDA ÀS 11.45 HORAS SUMARIO ABERTURA... 2 PERÍODO ANTES DA ORDEM DO DIA... 2 (AO- 01) ÁGUAS

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. --------------------------

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA. --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. -------------------------- REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA AT A N º 18/2012 - JULHO --- DATA DA REUNIÃO: Dezassete de julho de dois mil e doze. -------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho na Administração Publica (SIADAP)

Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho na Administração Publica (SIADAP) Sistema Integrado de Avaliação do Desempenho na Administração Publica (SIADAP) REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO COORDENADOR DA AVALIAÇÃO O Decreto Regulamentar n.º 18/2009, de 4 de setembro, procedeu

Leia mais

Ponto 5.3. Fornecimento de energia eléctrica em baixa tensão para diversas instalações de utilização do Município

Ponto 5.3. Fornecimento de energia eléctrica em baixa tensão para diversas instalações de utilização do Município MUNICÍPIO DE POMBAL Cópia de parte da ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal nº0006/cmp/15, celebrada em 19 de Março de 2015 e aprovada em minuta para efeitos de imediata execução. Ponto

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cascais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cascais Regimento do Conselho Municipal de Educação de Cascais Índice Natureza e Objetivos 2 Competências 2 Composição 3 Comissão Permanente 4 Presidência 5 Periodicidade 5 Convocação das reuniões 6 Quórum 6 Uso

Leia mais

Ata n.º 14/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 27 de julho de 2015, pelas 14,30 horas.

Ata n.º 14/ Minuta. Reunião Ordinária, realizada em 27 de julho de 2015, pelas 14,30 horas. A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 57.º da Lei n.º75/2013, de 12 de Setembro, aprovar em minuta o texto das seguintes deliberações Ponto 1.. Período de Antes da Ordem do Dia /

Leia mais

MUNICÍPIO DE POMBAL 0001/CMP/11 04-01-2011

MUNICÍPIO DE POMBAL 0001/CMP/11 04-01-2011 Acta da REUNIÃO ORDINÁRIA DE CÂMARA, nº 0001/CMP/10, de Aos quatro dias do mês de Janeiro de dois mil e onze, nesta Cidade de Pombal, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município, pelas dez horas,

Leia mais

PARECER N.º 403/CITE/2015

PARECER N.º 403/CITE/2015 PARECER N.º 403/CITE/2015 Assunto: Parecer prévio à intenção de recusa do pedido de autorização de trabalho em regime de horário flexível de trabalhadora com responsabilidades familiares, nos termos do

Leia mais

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL REGULAMENTO MUNICIPAL DE MEDIDAS DE APOIO SOCIAL A FAMÍLIAS CARENCIADAS DO CONCELHO DE VALENÇA Preâmbulo A atual situação económica tem provocado o aumento das situações de desemprego e como tal um elevado

Leia mais

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA

MUNICÍPIO DE CONDEIXA-A-NOVA NOTA JUSTIFICATIVA A Lei 159/99, de 14 de Setembro, estabelece no seu artigo 19.º, n.º 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os Conselhos locais de Educação. A Lei 169/99, de 18

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011

MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 1 Acta n.º 10/2011 MUNICÍPIO DA MURTOSA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 05 DE MAIO DE 2011 -------No dia cinco de Maio de dois mil e onze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de

Leia mais

Conselho Municipal de Educação

Conselho Municipal de Educação 1 Regimento do (CME) do Município de Vila Nova de Paiva A Lei 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo 19, n.º2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos locais

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 20 de janeiro de 2015. Série. Número 12

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 20 de janeiro de 2015. Série. Número 12 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 20 de janeiro de 2015 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DE JUVENTUDE E DESPORTO E ACADÉMICO

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 08/2008 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 23 de Abril de 2008 ---------- Aos vinte e três dias do mês de Abril de dois mil e oito,

Leia mais

Publicado em 2013-02-27 14h:28m N.º 257 http://www.cm-oaz.pt/boletimmunicipal/257.html

Publicado em 2013-02-27 14h:28m N.º 257 http://www.cm-oaz.pt/boletimmunicipal/257.html Manutenção da Comissão de Serviço Divisão Municipal de Auditoria interna, Planeamento e Sistemas de Informação Considerando - Que as Câmaras Municipais devem promover a adequação dos serviços até 31 de

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE CÂMARA MUNICIPAL MUNICÍPIO DE CASTRO VERDE CÂMARA MUNICIPAL ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE CASTRO VERDE, REALIZADA NO DIA 23 DE OUTUBRO DE 2013. Nº. 24/2013 Estiveram presentes para o efeito os eleitos:

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO y Câmara Municipal de Redondo CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE REDONDO REGIMENTO O DL 7/2003, de 15 de Janeiro, que prevê a constituição do Conselho Municipal de Educação, regulou as suas competências

Leia mais

ATA N.º 20/2015. Ata da Reunião Ordinária de 5/10/2015 Página 1 de 7

ATA N.º 20/2015. Ata da Reunião Ordinária de 5/10/2015 Página 1 de 7 ATA N.º 20/2015 ----- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DESTA CÂMARA MUNICIPAL DE CINCO DE OUTUBRO DE DOIS MIL E QUINZE. ------------------------------------------------------- ----- Aos cinco dias do mês de outubro

Leia mais

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA DEZASSETE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE. Discussão e aprovação da ata nº 28 realizada no dia 3 de dezembro de 2014

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA DEZASSETE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE. Discussão e aprovação da ata nº 28 realizada no dia 3 de dezembro de 2014 Ata n.º 29/14 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO DIA DEZASSETE DE DEZEMBRO DE DOIS MIL E CATORZE Aos dezassete dias do mês de dezembro do ano de dois mil e catorze, pelas quinze horas, no Salão Nobre dos Paços

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE VIEIRA DO MINHO REGIMENTO INTERNO A lei nº 159/99, de 14 de Setembro estabelece no seu artigo19º, nº 2, alínea b), a competência dos órgãos municipais para criar os conselhos

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE. Município de Soure

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE. Município de Soure REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DA JUVENTUDE Município de Soure 2014 1 Nota justificativa É hoje inquestionável a transversalidade das políticas públicas dirigidas à juventude. São inegáveis as vantagens

Leia mais

4 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE VERSÕES MELHORADAS E UPGRADES DE

4 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE VERSÕES MELHORADAS E UPGRADES DE CÂMARA MUNICIPAL DELIBERAÇÃO TOMADA EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 19 DE OUTUBRO DE 2015 4 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE VERSÕES MELHORADAS E UPGRADES DE SOFTWARE (CONSTRUÇÃO CIVIL E OBRAS PÚBLICAS:

Leia mais

REGULAMENTO DE CONSTITUIÇÃO E REGULARIZAÇÃO DE FUNDOS DE MANEIO

REGULAMENTO DE CONSTITUIÇÃO E REGULARIZAÇÃO DE FUNDOS DE MANEIO REGULAMENTO DE CONSTITUIÇÃO E REGULARIZAÇÃO DE FUNDOS DE MANEIO Em conformidade com a Lei n.º 8/2012, de 21 de fevereiro e Decreto-Lei n.º 127/2012, de 21 de junho Aprovado na reunião ordinária da Câmara

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM

MUNICÍPIO DE ALCOUTIM MUNICÍPIO DE ALCOUTIM ACTA N.º 05/2008 Da reunião pública ordinária da Câmara Municipal de Alcoutim Realizada em 12 de Março de 2008 ---------- Aos doze dias do mês de Março de dois mil e oito, nesta Vila

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL LAGOA AÇORES ATA Nº 18/2014 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 05 DE SETEMBRO DE 2014. (Contém 9 Folhas)

CÂMARA MUNICIPAL LAGOA AÇORES ATA Nº 18/2014 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 05 DE SETEMBRO DE 2014. (Contém 9 Folhas) 1 CÂMARA MUNICIPAL DE LAGOA AÇORES ATA Nº 18/2014 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 05 DE SETEMBRO DE 2014 (Contém 9 Folhas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: VEREADORA CRISTINA DE FÁTIMA DA

Leia mais

-------- ORDEM DE TRABALHOS.

-------- ORDEM DE TRABALHOS. Folha N.º 55 ------------------------------------------ATA NÚMERO NOVE -------------------------------------------- -------- ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE MONFORTE, REALIZADA EM 2 DE

Leia mais

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015

MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015 1 Ata n.º 9/2015 MUNICÍPIO DA MURTOSA ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DE 07 DE MAIO DE 2015 --------No dia sete de maio de dois mil e quinze, nesta Vila da Murtosa, edifício dos Paços do Município e sala de reuniões

Leia mais

Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal, nº0001/cmp/13 de 02/01/2013

Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal, nº0001/cmp/13 de 02/01/2013 Ata da Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Pombal, nº de 02/01/2013 Aos dois dias do mês de Janeiro de dois mil e treze, nesta cidade de Pombal, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município,

Leia mais

CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE EM MATÉRIA DE

CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE EM MATÉRIA DE CONTRATO INTERADMINISTRATIVO DE DELEGAÇÃO DE COMPETÊNCIAS NA FREGUESIA DE EM MATÉRIA DE No dia?? de????? de 2015, no Departamento de Administração Geral da Câmara Municipal de Guimarães, perante mim,?????????????????????,

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento

Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento Conselho Municipal de Educação de Santa Marta de Penaguião Projecto de Regimento A Lei de Bases do Sistema Educativo assume que o sistema educativo se deve organizar de forma a descentralizar, desconcentrar

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 31 de março de 2014. Série. Número 44

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 31 de março de 2014. Série. Número 44 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 31 de março de 2014 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIA REGIONAL DO PLANO E FINANÇAS Portaria n.º 34/2014 Aprova a organização

Leia mais

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA

REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA 1 REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE S. JOÃO DA MADEIRA ACTA Nº 10/2008 - MAIO --- DATA DA REUNIÃO: Vinte de Maio de dois mil e oito. -------------------------------- --- LOCAL DA REUNIÃO: Sala das

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA

REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO NOTA JUSTIFICATIVA NOTA JUSTIFICATIVA Em conformidade com os poderes regulamentares que lhes são atribuídos pelos artigos 112º n.º 8 e 241º da Lei Constitucional, devem os Municípios aprovar os respectivos regulamentos municipais,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ATA N.º 26/2013-30 DE DEZEMBRO DE 2013 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL (MANDATO 2013/2017) (Contém 11 páginas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: PRESIDENTE:

Leia mais

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA DEZASSETE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E QUINZE

ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA DEZASSETE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E QUINZE 17-09-2015 1 Acta número dezoito ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE BELMONTE, REALIZADA NO DIA DEZASSETE DE SETEMBRO DE DOIS MIL E QUINZE Aos dezassete dias do mês de Setembro do ano dois

Leia mais

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO

- CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE LAGOS - PREÂMBULO PREÂMBULO A Lei de Bases do Sistema Educativo (Lei nº 46/86 de 14 de Outubro) consagrou a interacção com a comunidade educativa local como um pilar fundamental da política educativa. Por essa razão o nº

Leia mais

ACTA N.º 3/2007 REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2007

ACTA N.º 3/2007 REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2007 ACTA N.º 3/2007 REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 02 DE FEVEREIRO DE 2007 ------ Aos dois dias do mês de Fevereiro de dois mil e sete, no Edifício dos Paços do Concelho Provisórios, sito na Rua das Indústrias,

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E ENERGIA

MINISTÉRIO DO AMBIENTE, ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO E ENERGIA 19774 Diário da República, 2.ª série N.º 142 23 de julho de 2015 na qualidade de Instalador de tacógrafos homologados de acordo com o Regulamento (EU) n.º 165/2014, de 4 de fevereiro, estando autorizado

Leia mais

Regimento. do Conselho Municipal de Educação. município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal;

Regimento. do Conselho Municipal de Educação. município, garantir o adequado ordenamento da rede educativa nacional e municipal; Regimento do Conselho Municipal de Educação Ao abrigo do artigo 8º do Decreto-Lei nº 7/2013, de 15 de janeiro, alterado pela Lei nº 41/2003, de 22 de agosto (objeto da Declaração de Retificação nº 13/2003,

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS ACTA NÚMERO 32/2010 -------- ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS, REALIZADA NO DIA VINTE E OITO DE DEZEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E DEZ --------------------------------------------------------------

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO Considerando que: 1. A experiência do Conselho Local de Educação em Palmela procurou fomentar a valorização da educação como motor de desenvolvimento do local,

Leia mais

ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011.

ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011. ACTA DA REU IÃO ORDI ÁRIA DA CÂMARA MU ICIPAL DE TRA COSO REALIZADA EM 8 DE OVEMBRO DE 2011. *A1* Aos 8 dias do mês de Novembro do ano 2011, nesta Cidade de Trancoso e sala das sessões dos Paços do Município,

Leia mais

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL

M U N I C Í P I O D E V A L E N Ç A C ÂM ARA MUNIC I PAL CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO REGULAMENTO PREÂMBULO Portugal, quer pelo aumento da esperança de vida, quer pelos baixos níveis da natalidade, está a tornar-se num país com população envelhecida. Valença não

Leia mais

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo

Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão. Preâmbulo REGULAMENTO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO FUNDÃO Publicação II SÉRIE N.º 98 20 de Maio de 2010 Regulamento do Conselho Municipal de Educação do Fundão Preâmbulo A Lei de Bases do Sistema Educativo

Leia mais

Município de Gouveia. Programa de apoio à criação de emprego no Concelho de Gouveia

Município de Gouveia. Programa de apoio à criação de emprego no Concelho de Gouveia Programa de apoio à criação de emprego no Concelho de Gouveia (Regulamento) Preâmbulo A promoção do desenvolvimento económico no Concelho de Gouveia está intimamente ligada à implementação de medidas de

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga Regimento do Conselho Municipal de Educação de Braga A lei de bases do sistema educativo assume que o sistema educativo se organiza de forma a descentralizar, desconcentrar e diversificar as estruturas

Leia mais

15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas

15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas Presidência 15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas A 15ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal de Odivelas realizou-se no dia 29 de julho, nos Paços de Concelho Quinta da Memória, com a

Leia mais

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O

M U N I C Í P I O D E S Á T Ã O DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL DE SÁTÃO REALIZADA NO DIA 16-01-2015 PRESENTES ATA Nº. 2/2015 PRESIDENTE Alexandre Vaz VICE- PRESIDENTE Paulo Santos VEREADORES Zélia Silva Rosa Carvalho Fernando

Leia mais

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA

MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA ATA N.º 01/2015 12 DE JANEIRO DE 2015 DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA MUNICIPAL (MANDATO 2013/2017) (Contém 10 páginas) ESTIVERAM PRESENTES OS SEGUINTES MEMBROS: PRESIDENTE:

Leia mais

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS

JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS MINUTA DA ATA NR.1/2015 --------------- MINUTA DA ACTA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE GALVEIAS REALIZADA NO DIA OITO DE JANEIRO DO ANO DE DOIS MIL E QUINZE. ---------------------------------

Leia mais

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO

REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO REGULAMENTO DO CARTÃO MUNICIPAL DO IDOSO Preâmbulo O Concelho de Portel, à semelhança da generalidade dos Concelhos do interior do país, tem uma parte significativa

Leia mais

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Viana do Alentejo Preâmbulo

Regimento do Conselho Municipal de Educação de Viana do Alentejo Preâmbulo Regimento do Conselho Municipal de Educação de Viana do Alentejo Preâmbulo A Lei nº 159/99, de 14 de setembro, visou estabelecer um quadro de transferências de atribuições e competências da Administração

Leia mais

ACTA N.º 05/2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE BENAVENTE

ACTA N.º 05/2014 REUNIÃO ORDINÁRIA DA JUNTA DE FREGUESIA DE BENAVENTE INÍCIO: 18,30 HORAS ENCERRAMENTO:21,00 HORAS No dia três de Março de dois mil e catorze, na Sala de Reuniões do edifício da Junta de Freguesia de Benavente, onde se encontrava pelas dezoito horas e trinta

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 20

CÂMARA MUNICIPAL DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 20 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 20 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 17/10/2001 (Contém 6 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

FUNDO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL

FUNDO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL FUNDO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL A realidade do concelho de Resende e as carências reais das suas populações mais desfavorecidas impõem que a Câmara Municipal, seu órgão representativo democraticamente eleito,

Leia mais

Conselho Municipal de Educação de Barrancos

Conselho Municipal de Educação de Barrancos Conselho Municipal de Educação de Barrancos Regimento Interno (versão consolidada com a 1ª alteração aprovada em 09/10/2008) (Deliberação nº 23/AM/2008, de 15/12, sob proposta aprovada pela Deliberação

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO NACIONAL PARA A ECONOMIA SOCIAL

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO NACIONAL PARA A ECONOMIA SOCIAL REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DO CONSELHO NACIONAL PARA A ECONOMIA SOCIAL CAPÍTULO I PRINCÍPIOS GERAIS Artigo 1. (Natureza) O Conselho Nacional para a Economia Social, adiante também identificado como CNES,

Leia mais

Ata n.º 16/ / Minuta

Ata n.º 16/ / Minuta Ata n.º 6/ / Minuta Reunião Ordinária, realizada em 28 de agosto de 205,, pelas 6,3 A Câmara Municipal de Soure deliberou, nos termos do artigo 57.º da Lei n.º75/203, de 2 de Setembro, aprovar em minuta

Leia mais