Direitos, obrigações e violações ao Humano à Alimentação Adequada (DHAA)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Direitos, obrigações e violações ao Humano à Alimentação Adequada (DHAA)"

Transcrição

1 Direitos, obrigações e violações ao Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Curso on line: Formação em DHAA: no contexto da segurança alimentar e nutricional

2 Realização: OPSAN Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome

3 Apoio e financiamento: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura FAO

4 MÓDULO 2 Direitos, obrigações e violações ao Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) MÓDULO 2: Aula 1 - O que são direitos humanos? Princípios e alguns atributos básicos Aula 2 - Histórico e Base Legal dos Direitos Humanos e do DHAA Aula 3 - Direitos e Obrigações Aula 4 - Diferentes dimensões do DHAA Aula 5 - Violações do DHAA

5 Ao final deste módulo você será capaz de: Definir e entender o conceito de direitos humanos Identificar os estágios do desenvolvimento histórico dos direitos humanos e do DHAA Conhecer a base legal internacional dos direitos humanos e do DHAA Conhecer a base legal do DHAA no Brasil. Entender os diferentes níveis de obrigações do Estado Identificar quem são os titulares de direitos do DHAA Compreender as obrigações do Estado para a realização do DHAA Identificar as responsabilidades dos indivíduos e de diferentes atores sociais para a realização do DHAA Compreender as diferentes dimensões do DHAA Identificar as violações ao DHAA.

6 Aula 1 - O que são direitos humanos? Princípios e alguns atributos básicos Direitos humanos são aqueles que os seres humanos possuem, única e exclusivamente, por terem nascido e serem parte da espécie humana a definição de direitos humanos está em constante construção são uma conquista da luta dos povos contra a opressão, a discriminação e o uso arbitrário do poder

7 Aula 1 - O que são direitos humanos? Princípios e alguns atributos básicos - São universais porque se aplicam a todos os seres humanos. - São indivisíveis porque os direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais são todos igualmente necessários para uma vida digna. Além disso, a satisfação de um não pode ser usada como justificativa para a não realização de outros. - São interdependentes e inter-relacionados porque a realização de um requer a garantia do exercício dos demais.. - São inalienáveis, ou seja, são direitos intransferíveis, inegociáveis e indisponíveis, o que significa que não podem ser cedidos voluntariamente por ninguém, nem podem ter a sua realização sujeita a condições.

8 Aula 1 - O que são direitos humanos? Princípios e alguns atributos básicos - Além disso, como explicado no módulo 1, os direitos humanos têm como base os seguintes princípios que devem nortear a sua realização: Participação e inclusão: A participação ativa e informada dos titulares de direitos pode ser descrita como um princípio básico dos direitos humanos, bem como a necessidade de inclusão dos marginalizados nas estratégias para a promoção da realização dos seus direitos humanos. Equidade e não discriminação Obrigação de prestar contas (responsabilização): Direitos implicam em obrigações e obrigações demandam responsabilidade. Estado de Direito

9 Aula 2 Histórico e Base Legal dos Direitos Humanos e do DHAA 1941: Discurso sobre as Quatro Liberdades 1948: Declaração Universal dos Direitos Humanos 1966: Pacto Internacional sobre Direitos Econômicos, Sociais e Culturais 1976: Entrada em vigor do PIDESC 1987: Estudo de Eide sobre o conteúdo do artigo 11 referente ao Direito Humano à Alimentação Adequada 1996: Cúpula Mundial da Alimentação da FAO 1999: Comentário Geral 12 sobre o Direito Humano à Alimentação Adequada

10 Aula 2 Histórico e Base Legal dos Direitos Humanos e do DHAA DUDH O artigo 25 afirma que: Todo homem tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação.... PIDESC O artigo 11 do Pacto reconhece o direito de todos a um padrão de vida adequado ( ) inclusive alimentação adequada e o direito fundamental de todos de estar livre da fome. Também define o que é necessário para alcançar a realização do Direito Humano à Alimentação Adequada.

11 Aula 2 Histórico e Base Legal dos Direitos Humanos e do DHAA Lei internacional vinculante e não vinculante As normas jurídicas internacionais são divididas em leis vinculantes e não vinculantes. A lei internacional vinculante inclui tratados que os Estados ratificaram ou com os quais de outra forma se comprometeram, expressamente, por meio de um processo nacional para tal fim. Exemplos são o Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais - PIDESC e o Pacto Internacional dos Direitos Civis e Políticos - PIDCP. No que diz respeito aos documentos não vinculantes, podemos citar como exemplo as resoluções, diretrizes e declarações, tais como as Diretrizes Voluntárias sobre o Direito Humano à Alimentação Adequada.

12 Aula 2 Histórico e Base Legal dos Direitos Humanos e do DHAA 2000: Designação do Relator Especial da ONU sobre Direito Humano à Alimentação Adequada 2002: Cúpula Mundial da Alimentação da FAO: cinco anos depois 2002: Grupo de Trabalho Intergovernamental sobre as Diretrizes do Direito à Alimentação 2004: Diretrizes Voluntárias em Apoio à Realização Progressiva do Direito Humano à Alimentação Adequada no Contexto da Segurança Alimentar Nacional

13 Aula 2 Base legal e histórico PIDESC, DUDH Constituição Federal LOSAN Outras leis e normas administrativas

14 Aula 2 Base legal e histórico Losan: Constituição Federal Definição do conteúdo normativo do DHAA Estratégias Exigibilidade do DHAA Outras leis e normas administrativas Obrigações de respeitar, proteger, promover e prover o DHAA

15 Aula 3 - Direitos e Obrigações A todo direito humano correspondem: obrigações do Estado responsabilidades de diferentes atores sociais (indivíduos, famílias, comunidades locais, organizações nãogovernamentais, organizações da sociedade civil, bem como as do setor privado) em relação à realização do mesmo. Toda vez que se define um direito humano, estabelece-se um titular de direitos e um portador de obrigações. Direitos e obrigações são as duas faces de uma mesma moeda.

16 Aula 3 - Direitos e Obrigações Nos termos dos Artigos 2º e 11º do PIDESC, as obrigações do Estado no que concerne ao Direito Humano à Alimentação Adequada são as seguintes: obrigação de adotar medidas, com o máximo de recursos disponíveis, para realizar progressivamente o Direito Humano à Alimentação Adequada. obrigação de adotar as medidas necessárias para assegurar o direito fundamental de todos de estar livre da fome. obrigação de não discriminação. obrigação de cooperar internacionalmente

17 Aula 3 - Direitos e Obrigações Respeitar Proteger Promover Prover

18 Aula 3 - Direitos e Obrigações Respeitar Um Estado não pode adotar quaisquer medidas que possam resultar na privação da capacidade de indivíduos ou grupos de prover sua própria alimentação.

19 Aula 3 - Direitos e Obrigações Proteger O Estado deve agir para impedir que terceiros (indivíduos, grupos, empresas e outras entidades) interfiram na realização ou atuem no sentido da violação do Direito Humano à Alimentação Adequada das pessoas ou grupos populacionais.

20 Aula 3 - Direitos e Obrigações Promover O Estado deve criar condições que permitam a realização efetiva do Direito Humano à Alimentação Adequada. Prover O Estado deve prover alimentos diretamente a indivíduos ou grupos incapazes de obtê-los por conta própria, até que alcancem condições de fazê-lo.

21 Aula 4 - Diferentes dimensões do DHAA Dimensões do DHAA: O DHAA de um bebê de menos de 6 meses passa necessariamente pelo direito humano da mãe de praticar o aleitamento materno exclusivo e/ou ser informada sobre as melhores alternativas, no caso de ela não poder ou decidir não amamentar; O DHAA das crianças em idade escolar depende tanto da capacidade de suas famílias proverem uma alimentação adequada no lar, em todos os seus sentidos, como da alimentação fornecida na escola ter quantidade e qualidade adequadas; O DHAA dos acampados sem terra depende da efetivação da reforma agrária e também de medidas emergenciais

22 Aula 5 - Violações do DHAA As violações do Direito Humano à Alimentação Adequada resultam do não cumprimento das obrigações do Estado. Isso pode ocorrer por meio de: ação direta (de um Estado ou de outras entidades da administração direta ou indireta, que resulta em interferência na fruição do direito); ou omissão na adoção das medidas necessárias provenientes de obrigações legais.

23 Ação Brasileira pela Nutrição e direitos Humanos SCLN 215, Bloco D, Salas Brasília. DF. Brasil Tel (61) Sitio www. abrandh.org.br

Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA)

Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Curso on line: Formação em DHAA: no contexto da segurança alimentar e nutricional Realização: Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA)

Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) Curso on line: Formação em DHAA: no contexto da segurança alimentar e nutricional Realização: OPSAN Ministério do

Leia mais

Módulo 8: Colocando em prática. Formação em Direito Humano à Alimentação Adequada no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional

Módulo 8: Colocando em prática. Formação em Direito Humano à Alimentação Adequada no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional Módulo 8: Colocando em prática Formação em Direito Humano à Alimentação Adequada no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional Realização: Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome MÓDULO

Leia mais

DIREITO HUMANO A ALIMENTAÇÃO ADEQUADA: UMA CONQUISTA DE DIREITOS?

DIREITO HUMANO A ALIMENTAÇÃO ADEQUADA: UMA CONQUISTA DE DIREITOS? MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME - MDS FUNDAÇÃO DE APOIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO R.G.SUL - FAURGS REDE INTEGRADA DE EQUIPAMENTOS PÚBLICOS DE SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL -

Leia mais

Direito Humano Alimentação Adequada no Contexto da SAN. Profa. Betzabeth Slater

Direito Humano Alimentação Adequada no Contexto da SAN. Profa. Betzabeth Slater Direito Humano Alimentação Adequada no Contexto da SAN Profa. Betzabeth Slater Situação atual O Brasil abriga aproximadamente 200 milhões pessoas distribuídos num pais de tamanho continental Embora a contração

Leia mais

Conferências de Segurança Alimentar e Nutricional. Irio Luiz Conti CONSEA/REDESAN/FIAN INTERNACIONAL Fone: (51)

Conferências de Segurança Alimentar e Nutricional. Irio Luiz Conti CONSEA/REDESAN/FIAN INTERNACIONAL Fone: (51) Conferências de Segurança Alimentar e Nutricional Alimentação Adequada e Saudável: Direito de Todos Irio Luiz Conti CONSEA/REDESAN/FIAN INTERNACIONAL irio@ifibe.edu.br Fone: (51) 9274-1002 INTRODUÇÃO Mundo:

Leia mais

Desafios para a realização do Direito à Alimentação no Hemisfério

Desafios para a realização do Direito à Alimentação no Hemisfério Desafios para a realização do Direito à Alimentação no Hemisfério San José de Costa Rica, 22 Agosto 2013 Ricardo Rapallo Oficial de Segurança Alimentar do Escritório Regional para a América Latina e o

Leia mais

DECLARAÇÃO SOBRE O DIREITO AO DESENVOLVIMENTO

DECLARAÇÃO SOBRE O DIREITO AO DESENVOLVIMENTO DECLARAÇÃO SOBRE O DIREITO AO DESENVOLVIMENTO Adotada pela resolução 41/128 da Assembleia Geral das Nações Unidas, de 4 de dezembro de 1986. DECLARAÇÃO SOBRE O DIREITO AO DESENVOLVIMENTO A Assembleia Geral,

Leia mais

A Exigibilidade do Direito Humano à Alimentação Adequada

A Exigibilidade do Direito Humano à Alimentação Adequada Brasília dezembro 2009 A Exigibilidade do Direito Humano à Alimentação Adequada O Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) é previsto em tratados internacionais de Direitos Humanos, a exemplo do Pacto

Leia mais

Oficina Base. A Segurança Alimentar e Nutricional e o Sistema de SAN

Oficina Base. A Segurança Alimentar e Nutricional e o Sistema de SAN Oficina Base A Segurança Alimentar e Nutricional e o Sistema de SAN Programação da Oficina 10h Histórico da SAN no Brasil 10h40 Intervalo 11h Construindo o conceito de SAN 12h Almoço 14h Check-in da tarde

Leia mais

O Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN)

O Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) CENTRO UNIVERSITÁRIO ASSUNÇÃO VI Simpósio Multidisciplinar O Direito Humano à Alimentação Adequada (DHAA) no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) Profª Ana Maria Nunes Gimenez OBJETIVOS

Leia mais

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito à Educação. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria

Centro de Direitos Humanos Faculdade de Direito Universidade de Coimbra. Direito à Educação. Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria 2013 Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria 2013 A educação deve visar à plena expansão da personalidade humana e ao reforço dos direitos humanos e das liberdades fundamentais [...] Artigo 26º,

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE (Dos Sres. Paulo Pimenta, Padre João e outros)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE (Dos Sres. Paulo Pimenta, Padre João e outros) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2016 (Dos Sres. Paulo Pimenta, Padre João e outros) Dá nova redação ao art. 6º da Constituição Federal, para introduzir o direito humano ao acesso à terra e à água

Leia mais

Direito Humano à Alimentação Adequada

Direito Humano à Alimentação Adequada Direito Humano à Alimentação Adequada Prof. Luciana Cisoto Ribeiro Curso de Nutrição e Metabolismo FMRP-USP 1 No BRASIL, a subnutrição começou a ser identificada como problema de saúde pública na década

Leia mais

Alimentação e Nutrição na 5ª CNSAN. Encontro com Referências Nacionais de Alimentação e Nutrição Junho 2015

Alimentação e Nutrição na 5ª CNSAN. Encontro com Referências Nacionais de Alimentação e Nutrição Junho 2015 Alimentação e Nutrição na 5ª CNSAN Encontro com Referências Nacionais de Alimentação e Nutrição Junho 2015 Brasília 3 a 6 de novembro 2015 Conceito de SAN A segurança alimentar e nutricional consiste

Leia mais

PROMOÇÃO DO DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA (DHAA) 1

PROMOÇÃO DO DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA (DHAA) 1 PROMOÇÃO DO DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA (DHAA) 1 1 Flavio Luiz Schieck Valente 2 Parte I Direitos Humanos e o Direito Humano à Alimentação Parte II Contextualizando o Processo Parte III - Exigibilidade

Leia mais

Profa. Dra. Najla Veloso Consultora Internacional da FAO para fortalecimento de Programas de Alimentação Escolar Sustentáveis na ALC

Profa. Dra. Najla Veloso Consultora Internacional da FAO para fortalecimento de Programas de Alimentação Escolar Sustentáveis na ALC Profa. Dra. Najla Veloso Consultora Internacional da FAO para fortalecimento de Programas de Alimentação Escolar Sustentáveis na ALC Governo Governo Pacto Internacional de Direitos Econômicos, Sociais

Leia mais

DECLARAÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS PERTENCENTES A MINORIAS NACIONAIS OU ÉTNICAS, RELIGIOSAS E LINGUÍSTICAS

DECLARAÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS PERTENCENTES A MINORIAS NACIONAIS OU ÉTNICAS, RELIGIOSAS E LINGUÍSTICAS DECLARAÇÃO SOBRE OS DIREITOS DAS PESSOAS PERTENCENTES A MINORIAS NACIONAIS OU ÉTNICAS, RELIGIOSAS E LINGUÍSTICAS Adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas na sua resolução 47/135, de 18 de dezembro

Leia mais

Resolução 53/144 da Assembleia Geral das Nações Unidas, de 9 de dezembro de 1998.

Resolução 53/144 da Assembleia Geral das Nações Unidas, de 9 de dezembro de 1998. DECLARAÇÃO SOBRE O DIREITO E A RESPONSABILIDADE DOS INDIVÍDUOS, GRUPOS OU ÓRGÃOS DA SOCIEDADE DE PROMOVER E PROTEGER OS DIREITOS HUMANOS E LIBERDADES FUNDAMENTAIS UNIVERSALMENTE RECONHECIDOS (DEFENSORES

Leia mais

Direitos humanos Noção e características

Direitos humanos Noção e características Direitos humanos Noção e características Os direitos humanos são os direitos que todas as pessoas têm devido à sua condição humana, de forma a viverem em liberdade e dignidade. Universais Pertencem a todas

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Of. GP/CM/427/2009 Canoas, 15 de outubro de 2009. Senhor Presidente, Temos a honra de submeter ao exame dessa egrégia Câmara Municipal o Projeto de Lei nº 57/09, que Institui o Sistema Municipal de Segurança

Leia mais

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARANAGUÁ/PR

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE PARANAGUÁ/PR Destinatários: a) Prefeito Municipal de Paranaguá Sr. Edison de Oliveira Kersten b) Coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social Sra. Jussara Ferreira das Neves c) Secretária

Leia mais

Pretendemos aqui esclarecer cada um dos principais marcos e instrumentos legais de SAN no Brasil, bem como apresentar suas inter relações.

Pretendemos aqui esclarecer cada um dos principais marcos e instrumentos legais de SAN no Brasil, bem como apresentar suas inter relações. LEI, POLÍTICA, PLANO E SISTEMA DE SAN Pretendemos aqui esclarecer cada um dos principais marcos e instrumentos legais de SAN no Brasil, bem como apresentar suas inter relações. 22 4. LEI, POLÍTICA, PLANO

Leia mais

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Bolsa Família na ótica dos direitos humanos. Clóvis Roberto Zimmermann

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Bolsa Família na ótica dos direitos humanos. Clóvis Roberto Zimmermann Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Bolsa Família na ótica dos direitos humanos Clóvis Roberto Zimmermann Políticas Sociais e os direitos Euzéby (2004) assim como Kaufmann (2003), Abramovich (2005)

Leia mais

Direito à Saúde da Criança e do Adolescente

Direito à Saúde da Criança e do Adolescente Direito à Saúde da Criança e do Adolescente Constituição Federal de 1988 Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade,

Leia mais

DIREITO INTERNACIONAL

DIREITO INTERNACIONAL DIREITO INTERNACIONAL Carlos Eduardo Pellegrini Professor de Pós graduação e Carreiras jurídicas Delegado de Polícia Federal Mestre em Direito Penal Internacional pela Universidade de Granada/Espanha Direito

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques.

DIREITOS HUMANOS. Prof. Ricardo Torques. fb.com/direitoshumanosparaconcursos. periscope.tv/rstorques. DIREITOS HUMANOS Prof. Ricardo Torques fb.com/direitoshumanosparaconcursos periscope.tv/rstorques rst.estrategia@gmail.com Teoria Geral dos Direitos Humanos Características, Eficácia e Classificação de

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Adotada e proclamada pela Resolução nº 217 A (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948. Assinada pelo Brasil na mesma data. Considerando

Leia mais

A Segurança Alimentar e Nutricional como estratégia de desenvolvimento local. Experiências municipais: São Paulo e Araraquara

A Segurança Alimentar e Nutricional como estratégia de desenvolvimento local. Experiências municipais: São Paulo e Araraquara A Segurança Alimentar e Nutricional como estratégia de desenvolvimento local Experiências municipais: São Paulo e Araraquara Institucionalização da SAN - A Lei 15.920, de 18 de dezembro de 2013, instituiu

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos: significado jurídico e importância. Profª Me. Érica Rios

Declaração Universal dos Direitos Humanos: significado jurídico e importância. Profª Me. Érica Rios Declaração Universal dos Direitos Humanos: significado jurídico e importância Profª Me. Érica Rios erica.carvalho@ucsal.br Adotada pela ONU em 10/12/1948 Preâmbulo Considerando que o reconhecimento da

Leia mais

Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE. Profa. Dra. Betzabeth Slater

Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE. Profa. Dra. Betzabeth Slater Programa Nacional de Alimentação Escolar PNAE Profa. Dra. Betzabeth Slater Programas Públicos são instrumentos ou estratégias destinados a reduzir os níveis de pobreza de populações vulneráveis. Assim,

Leia mais

INTRODUÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

INTRODUÇÃO 1 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA A JUSTICIABILIDADE DO DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA: O RECONHECIMENTO DA SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL COMO INTEGRANTE DA RUBRICA DA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA 1-2 Tauã Lima Verdan Rangel 3

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Aula 3 Direitos Fundamentais I Prof. Diego Vale de Medeiros 3.1 Do Direito à Vida e à Saúde Art. 7º A criança e o adolescente têm direitoaproteçãoà vida e à saúde, mediante

Leia mais

Direitos das Minorias

Direitos das Minorias Direitos das Minorias Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Direitos das Minorias Nos Estados em que existam minorias étnicas, religiosas ou linguísticas, as pessoas pertencentes a essas minorias

Leia mais

PROJETO DE INTERVENÇÃO: O APROVEITAMENTO INTEGRAL ALIMENTAR

PROJETO DE INTERVENÇÃO: O APROVEITAMENTO INTEGRAL ALIMENTAR FACULDADE SALESIANA DE VITÓRIA GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL KARLA FRANCINE MOREIRA DE JESUS(MB) ARQUIVO DISPONIBILIZADO NA BIBLIOTECA VIRTUAL DO PROJETO REDESAN Título: Projeto de Intervenção: O Aproveitamento

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos da Mãe Terra. Ter, 11 de Maio de :24

Declaração Universal dos Direitos da Mãe Terra. Ter, 11 de Maio de :24 Declaração Universal dos Direitos da Mãe Terra. Ter, 11 de Maio de 2010 19:24 Projeto de Declaração Universal dos Direitos da Mãe Terra Elaborado na Conferência Mundial dos Povos sobre Mudança Climática

Leia mais

Direito Humano à Alimentação Adequada Papel da Sociedade Civil

Direito Humano à Alimentação Adequada Papel da Sociedade Civil Direito Humano à Alimentação Adequada Papel da Sociedade Civil Conferencia Interparlamentaria sobre Derecho a la Seguridad Alimentaria Ciudad de Panamá 3 y 4 de septiembre Direito Humano a Alimentação

Leia mais

Direitos Humanos. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Professor Cristiano de Souza.

Direitos Humanos. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Professor Cristiano de Souza. Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Professor Cristiano de Souza www.acasadoconcurseiro.com.br Direitos Humanos DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Adotada e proclamada pela

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos do Homem

Declaração Universal dos Direitos do Homem Declaração Universal dos Direitos do Homem Preâmbulo Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da familia humana e seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da

Leia mais

Síntese Teórica: PNAN Promoção da Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) (Setembro 2016)

Síntese Teórica: PNAN Promoção da Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) (Setembro 2016) Síntese Teórica: PNAN Promoção da Alimentação Adequada e Saudável (PAAS) (Setembro 2016) Relembrando, a PNAN tem como propósito melhorar as condições de alimentação, nutrição e saúde da população brasileira,

Leia mais

DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS. em apoio à realização progressiva do direito à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar nacional

DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS. em apoio à realização progressiva do direito à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar nacional DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS em apoio à realização progressiva do direito à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar nacional Brasília, DF, Brasil 2005 Ação Brasileira pela Nutrição e Direitos

Leia mais

DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS. em apoio à realização progressiva do direito à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar nacional

DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS. em apoio à realização progressiva do direito à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar nacional DIRETRIZES VOLUNTÁRIAS em apoio à realização progressiva do direito à alimentação adequada no contexto da segurança alimentar nacional Brasília, DF, Brasil 2005 Ação Brasileira pela Nutrição e Direitos

Leia mais

Saúde Sexual e Reprodutiva: um direito básico dos/das adolescentes e jovens

Saúde Sexual e Reprodutiva: um direito básico dos/das adolescentes e jovens Saúde Sexual e Reprodutiva: um direito básico dos/das adolescentes e jovens Alfonso Barragues Fernandez, Assessor em Direitos Humanos, UNFPA 16 de outubro de 2013, Brasília-DF (Brasil) Outputs A CONDIÇÃO

Leia mais

LEGISLAÇÃO INTERNACIONAL COMENTADA

LEGISLAÇÃO INTERNACIONAL COMENTADA 4 concursos Dicas para realização de provas com questões de concursos e jurisprudência do STF e STJ inseridas artigo por artigo LEGISLAÇÃO INTERNACIONAL COMENTADA 2ª edição Revista, ampliada e atualizada

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATU-SENSU EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: BRASIL EQUADOR

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATU-SENSU EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: BRASIL EQUADOR CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATU-SENSU EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL: BRASIL EQUADOR Módulo I: Soberania, Segurança Alimentar e Nutricional e Direito Humano à Alimentação Adequada nas Políticas Públicas

Leia mais

POLITICAS DE PREVENÇÃO E MEDIAÇÃO DE CONFLITOS FUNDIÁRIOS CONCIDADES 2011

POLITICAS DE PREVENÇÃO E MEDIAÇÃO DE CONFLITOS FUNDIÁRIOS CONCIDADES 2011 POLITICAS DE PREVENÇÃO E MEDIAÇÃO DE CONFLITOS FUNDIÁRIOS CONCIDADES 2011 PRODUÇÃO DO ESPAÇO E CONFLITOS FUNDIÁRIOS Produção das Cidades e Ocupação Territorial das Cidades Atores/Agentes interesses Acesso

Leia mais

Ação de Distribuição de Alimentos a Grupos Populacionais Específicos

Ação de Distribuição de Alimentos a Grupos Populacionais Específicos Ação de Distribuição de Alimentos a Grupos Populacionais Específicos Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Introdução O Governo Federal procura assegurar o direito humano à alimentação

Leia mais

Conferência Internacional do Trabalho

Conferência Internacional do Trabalho Conferência Internacional do Trabalho PROTOCOLO À CONVENÇÃO 29 PROTOCOLO À CONVENÇÃO SOBRE TRABALHO FORÇADO, 1930, ADOTADA PELA CONFERÊNCIA EM SUA CENTÉSIMA TERCEIRA SESSÃO, GENEBRA, 11 DE JUNHO DE 2014

Leia mais

Processo Seletivo Simplificado Edital N o 12/2018 Normas Complementares

Processo Seletivo Simplificado Edital N o 12/2018 Normas Complementares Processo Seletivo Simplificado Edital N o 12/2018 Normas Complementares A Diretora da faz saber aos interessados que, encontram-se abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para contratação

Leia mais

Empresas e direitos humanos: como o respeito aos direitos humanos pode ajudar os negócios?

Empresas e direitos humanos: como o respeito aos direitos humanos pode ajudar os negócios? Empresas e direitos humanos: como o respeito aos direitos humanos pode ajudar os negócios? Juliana Gomes Ramalho Monteiro 31/10/2018 Contexto da atual proteção de Direitos Humanos Globalização econômica

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Conceito de Criança e Adolescente e Doutrina da Proteção Integral parte 2 Profª. Liz Rodrigues - Art. 3º, ECA: A criança e o adolescente gozam de todos os direitos fundamentais

Leia mais

Direitos Humanos. Declaração Universal de Professor Mateus Silveira.

Direitos Humanos. Declaração Universal de Professor Mateus Silveira. Direitos Humanos Declaração Universal de 1948 Professor Mateus Silveira www.acasadoconcurseiro.com.br Direitos Humanos DECLARAÇÃO UNIVERSAL DE 1948 Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia

Leia mais

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO E EXPERIÊNCIAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS Liana Zerbielli Trentin 1 Neuro Jose Zambam 2

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO E EXPERIÊNCIAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS Liana Zerbielli Trentin 1 Neuro Jose Zambam 2 DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO E EXPERIÊNCIAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS Liana Zerbielli Trentin 1 Neuro Jose Zambam 2 RESUMO O objetivo do presente estudo é apresentar o relevante papel desenvolvido pelas políticas

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL SOBRE A ERRADICAÇÃO DA FOME E MÁ NUTRIÇÃO

DECLARAÇÃO UNIVERSAL SOBRE A ERRADICAÇÃO DA FOME E MÁ NUTRIÇÃO DECLARAÇÃO UNIVERSAL SOBRE A ERRADICAÇÃO DA FOME E MÁ NUTRIÇÃO Adotada a 16 de novembro de 1974 pela Conferência Mundial sobre a Alimentação convocada nos termos da resolução 3180 (XXVIII) da Assembleia

Leia mais

Direito à Privacidade

Direito à Privacidade Federal Ministry for Foreign Affairs of Austria Ninguém sofrerá intromissões arbitrárias na sua vida privada, na sua família, no seu domicílio ou na sua correspondência, nem ataques à sua honra e reputação.

Leia mais

Documento compartido por el SIPI

Documento compartido por el SIPI El SIPI sistematiza la información sobre las acciones orientadas al cumplimiento de los derechos de la primera infancia en América Latina, y da cuenta del grado de cumplimiento de estos derechos. www.sipi.siteal.org

Leia mais

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. 3ª Fase

CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER. 3ª Fase CEM CADERNO DE EXERCÍCIOS MASTER 3ª Fase Sumário Direitos Humanos... 3 Características (Direitos Fundamentais)... 3 Introdução aos Direitos Humanos... 3 Antecedentes da Proteção Universal dos DH. Carta

Leia mais

DECLARAÇÃO SOBRE A ELIMINAÇÃO DE TODAS AS FORMAS DE INTOLERÂNCIA E DISCRIMINAÇÃO BASEADAS NA RELIGIÃO OU CONVICÇÃO

DECLARAÇÃO SOBRE A ELIMINAÇÃO DE TODAS AS FORMAS DE INTOLERÂNCIA E DISCRIMINAÇÃO BASEADAS NA RELIGIÃO OU CONVICÇÃO DECLARAÇÃO SOBRE A ELIMINAÇÃO DE TODAS AS FORMAS DE INTOLERÂNCIA E DISCRIMINAÇÃO BASEADAS NA RELIGIÃO OU CONVICÇÃO Proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas na sua resolução 36/55, de 25 de novembro

Leia mais

Os direitos da criança - No contexto internacional. Director do ILPI Njal Hostmaelingen MJDH, workshop interno, Luanda, 27 de Junho 2016

Os direitos da criança - No contexto internacional. Director do ILPI Njal Hostmaelingen MJDH, workshop interno, Luanda, 27 de Junho 2016 Os direitos da criança - No contexto internacional Director do ILPI Njal Hostmaelingen MJDH, workshop interno, Luanda, 27 de Junho 2016 Programa História e enquadramento legal Desenvolvimentos internacionais

Leia mais

PRINCÍPIOS BÁSICOS RELATIVOS À INDEPENDÊNCIA DA MAGISTRATURA. Princípios Básicos Relativos à Independência da Magistratura

PRINCÍPIOS BÁSICOS RELATIVOS À INDEPENDÊNCIA DA MAGISTRATURA. Princípios Básicos Relativos à Independência da Magistratura PRINCÍPIOS BÁSICOS RELATIVOS À INDEPENDÊNCIA DA MAGISTRATURA Adotados pelo Sétimo Congresso das Nações Unidas para a Prevenção do Crime e o Tratamento dos Delinquentes, realizado em Milão de 26 de agosto

Leia mais

DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto

DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto DIREITOS HUMANOS Professor Luis Alberto Documentos do Sistema ONU, Sistema Global Geral e Especial de Proteção dos Direitos Humanos Sistema global e Regional de proteção dos Direitos Humanos 2 Compõem

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Direitos Fundamentais Direito à vida e à saúde Profª. Liz Rodrigues - A partir do art. 7º, a Lei n. 8.069/90 indica um rol de direitos que devem ser assegurados à criança

Leia mais

O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional O que é um Sistema? Gestão Única Gestão Compartilhada O Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional É um sistema público criado por lei

Leia mais

Artigo XXV 1. Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação,

Artigo XXV 1. Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, Artigo XXV 1. Toda pessoa tem direito a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família saúde e bem estar, inclusive alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e os serviços sociais

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO. DIREITOS HUMANOS Parte 3 Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (arts. 1º ao 15). RESUMO DA AULA 20/11/2012

1 - INTRODUÇÃO. DIREITOS HUMANOS Parte 3 Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (arts. 1º ao 15). RESUMO DA AULA 20/11/2012 DIREITOS HUMANOS Parte 3 Pacto Internacional dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais (arts. 1º ao 15). RESUMO DA AULA 1 INTRODUÇÃO; 2 PACTO INTERNACIONAL DOS DIREITOS ECONÔMICOS, SOCIAIS E CULTURAIS

Leia mais

AULA 04 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; ; LEI DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 04

AULA 04 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; ; LEI DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 04 AULA 04 ROTEIRO CONSTITUIÇÃO FEDERAL ART. 5º; 37-41; 205 214; 227 229 LEI 8.069 DE 13/07/1990 ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE E C A PARTE 04 CAPÍTULO VII DA FAMÍLIA, DA CRIANÇA, DO ADOLESCENTE E DO

Leia mais

Declaração de Atlanta e Plano de Ação para o Avanço do Direito de Acesso a Informação

Declaração de Atlanta e Plano de Ação para o Avanço do Direito de Acesso a Informação Declaração de Atlanta e Plano de Ação para o Avanço do Direito de Acesso a Informação DECLARAÇÃO DE ATLANTA E PLANO DE AÇÃO PARA O AVANÇO DO DIREITO DE ACESSO A INFORMAÇÃO Nós, mais de 125 membros da comunidade

Leia mais

Construção da Politica Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil

Construção da Politica Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil Construção da Politica Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil Assembleia Ordinária CONSEA-Rio 12 de julho de 2016 Juliana Casemiro Nutricionista Sanitarista Professora Adjunta DNS/INU/UERJ

Leia mais

Diretrizes Voluntárias para Garantir a Pesca de Pequena Escala Sustentável. no Contexto da Segurança Alimentar e da Erradicação da Pobreza

Diretrizes Voluntárias para Garantir a Pesca de Pequena Escala Sustentável. no Contexto da Segurança Alimentar e da Erradicação da Pobreza Diretrizes Voluntárias para Garantir a Pesca de Pequena Escala Sustentável no Contexto da Segurança Alimentar e da Erradicação da Pobreza Diretrizes Voluntárias para Garantir a Pesca de Pequena Escala

Leia mais

LEI nº (DOE de )

LEI nº (DOE de ) LEI nº 11.046 (DOE de 21.05.2008) Dispõe sobre a Política, cria o Sistema Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a Assembléia

Leia mais

Saúde Coletiva Prof (a) Responsável: Roseli Aparecida de Mello Bergamo

Saúde Coletiva Prof (a) Responsável: Roseli Aparecida de Mello Bergamo Saúde Coletiva Prof (a) Responsável: Roseli Aparecida de Mello Bergamo Conteúdo da Unidade 2.1 Organização do Sistema Único de Saúde - SUS Principais tendências na política de saúde do Brasil 1. Sanitarismo

Leia mais

O Código de Ética e Conduta Profissional da ACM(Association for Computing Machinery) Código de Ética da ACM. Código de Ética da ACM

O Código de Ética e Conduta Profissional da ACM(Association for Computing Machinery) Código de Ética da ACM. Código de Ética da ACM Códigos de Ética em Computação O Código de Ética e Conduta Profissional da ACM(Association for Computing Machinery) SCC 207 Computadores e Sociedade I Não há diretrizes específicas para todos os casos

Leia mais

» Cacildo Baptista Palhares Júnior Advogado em Araçatuba (SP) Questões comentadas de Direitos Humanos da prova objetiva do concurso de 2009 para Defensor do Pará 81. A Declaração Universal de Direitos

Leia mais

COMO ASSIM, ALIMENTAÇÃO É UM DIREITO? OS DESAFIOS DO RECONHECIMENTO DA ALIMENTAÇÃO COMO DIREITO HUMANO

COMO ASSIM, ALIMENTAÇÃO É UM DIREITO? OS DESAFIOS DO RECONHECIMENTO DA ALIMENTAÇÃO COMO DIREITO HUMANO COMO ASSIM, ALIMENTAÇÃO É UM DIREITO? OS DESAFIOS DO RECONHECIMENTO DA ALIMENTAÇÃO COMO DIREITO HUMANO Elizângela Assunção Nunes(1) Josabete Bezerra Cacau (2) Leiriane de Araújo Silva (3) (1) Assistente

Leia mais

Plano Diretor PLANO DIRETOR DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL 12/09/2017

Plano Diretor PLANO DIRETOR DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL 12/09/2017 PLANO DIRETOR DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL 12/09/2017 Visão estratégica da mudança Pensar Descobrir Conceito Sentir Vivenciar Habilidade Querer Praticar Capacidade Identificação Motivação Dedicação

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção sobre os Direitos da Criança

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos. Convenção sobre os Direitos da Criança DIREITOS HUMANOS Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos Convenção sobre os Direitos da Criança Profª. Liz Rodrigues - Aberta às ratificações em 1989 e ratificada pelo

Leia mais

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO 4º Simpósio de Segurança Alimentar e Nutricional 30.maio.2012 Gramado, RS Direitos Humanos Direitos Humanos são aqueles que os seres humanos possuem, única e exclusivamente,

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-PNAE

PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-PNAE PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR-PNAE PROGRAMA NACIONAL DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - PNAE 10 ELEMENTOS CHAVE Objetivo Apresentar o componente nutricional inserido na alimentação escolar Metodologia

Leia mais

Políticas, planos e programas de Segurança Alimentar e Nutricional na América Latina

Políticas, planos e programas de Segurança Alimentar e Nutricional na América Latina Parte A Políticas, planos e programas de Segurança Alimentar e Nutricional na América Latina Estado (governo) Garantia dos direitos sociais Política Pública Garantia dos direitos sociais Qual é o processo

Leia mais

natureza jurídica da DUDH:

natureza jurídica da DUDH: Natureza jurídica da DUDH Há uma divergência doutrinária sobre a natureza jurídica da DUDH: 1) Parte da doutrina entende que por não ser tratado/convenção/acordo/pacto ela não gera obrigação. Isso significa

Leia mais

(Ao PLS n 555, de 2015) JUSTIFICATIVA

(Ao PLS n 555, de 2015) JUSTIFICATIVA EMENDA N 63 - PLENÁRIO Acrescenta-se o inciso X ao artigo 7 do Projeto de Lei do Senado Art. 7... SF/15733.48214-16... X As empresas públicas e sociedades de economia mista com faturamento anual bruto

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL SOBRE A DIVERSIDADE CULTURAL

DECLARAÇÃO UNIVERSAL SOBRE A DIVERSIDADE CULTURAL DECLARAÇÃO UNIVERSAL SOBRE A DIVERSIDADE CULTURAL Adotada pela Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura na sua 31.ª sessão, a 2 de novembro de 2001. DECLARAÇÃO

Leia mais

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA Renata Cardoso Lisboa ¹ RESUMO: A Constituição Brasileira de 1988 possui um dos textos mais avançados no que se refere à proteção e a promoção dos direitos humanos.

Leia mais

Direitos Humanos, cidadania, estabilidade e paz social. Com a atribuição deste

Direitos Humanos, cidadania, estabilidade e paz social. Com a atribuição deste CDHQSAN Atribuição do Prémio Ângelo d Almeida Ribeiro a Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP) ex aequo Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários - 11 de dezembro de 2017 - Todos os

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E DESENVOLVIMENTO MESTRADO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E DESENVOLVIMENTO MESTRADO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO, RELAÇÕES INTERNACIONAIS E DESENVOLVIMENTO MESTRADO JORDANA CARLOS DE MENDONÇA O PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA E SUA RELAÇÃO COM

Leia mais

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos

DIREITOS HUMANOS. Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos DIREITOS HUMANOS Sistema Global de Proteção dos Direitos Humanos: Instrumentos Normativos Parte 3 Profª. Liz Rodrigues - Liberdade de crença e culto: a pessoa é livre para ter ou adotar uma religião, professá-la

Leia mais

Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição Ministério da Saúde

Coordenação-Geral da Política de Alimentação e Nutrição Ministério da Saúde Situação Alimentar e Nutricional no Brasil e no Mundo - O rápido declínio da desnutrição infantil no Brasil e o papel das políticas públicas na redução das desigualdades Coordenação-Geral da Política de

Leia mais

Grupos Vulneráveis e Direitos Humanos: crianças, adolescentes e mulheres

Grupos Vulneráveis e Direitos Humanos: crianças, adolescentes e mulheres Grupos Vulneráveis e Direitos Humanos: crianças, adolescentes e mulheres Diretrizes para Políticas Públicas e Práticas Empresariais na Instalação e Operação de Grandes Empreendimentos em Territórios na

Leia mais

Nesse sentido, o caso do Timor Leste seria considerado um caso de intervenção humanitária de acordo com os dois elementos citados acima (agente

Nesse sentido, o caso do Timor Leste seria considerado um caso de intervenção humanitária de acordo com os dois elementos citados acima (agente 5 Conclusão O conceito de intervenção humanitária tem estado presente na agenda internacional no período pós-guerra Fria. Contudo, o que constitui tal prática permanece uma questão em aberto, tendo em

Leia mais

NACIONALIDADE COMO DIREITO FUNDAMENTAL: A QUESTÃO DOS, APÁTRIDAS E OS REFUGIADOS

NACIONALIDADE COMO DIREITO FUNDAMENTAL: A QUESTÃO DOS, APÁTRIDAS E OS REFUGIADOS NACIONALIDADE COMO DIREITO FUNDAMENTAL: A QUESTÃO DOS, APÁTRIDAS E OS REFUGIADOS Aula 07 NOS CAPÍTULOS ANTERIORES... Identificamos a evolução histórica dos direitos humanos Direitos Humanos Direitos fundamentais

Leia mais

DISCRIMINAÇÃO DE GÊNERO NO MERCADO DE TRABALHO. Bernadete Kurtz

DISCRIMINAÇÃO DE GÊNERO NO MERCADO DE TRABALHO. Bernadete Kurtz DISCRIMINAÇÃO DE GÊNERO NO MERCADO DE TRABALHO Bernadete Kurtz FERRAMENTAS CONTRA A DISCRIMINAÇÃO DA MULHER NAS RELAÇÕES DE TRABALHO Documentos Internacionais Legislação Brasileira Uso dos princípios Constitucionais

Leia mais

Diretrizes para a segurança da posse dos pobres urbanos

Diretrizes para a segurança da posse dos pobres urbanos Diretrizes para a segurança da posse dos pobres urbanos Entende-se a segurança da posse como um conjunto de relações que vinculam as pessoas às moradias e terra que ocupam, estabelecido por meio de leis

Leia mais

É DEVER DE TODOS PREVENIR A AMEAÇA OU VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DO IDOSO! DENUNCIE! VOCÊ TAMBÉM É RESPONSÁVEL.

É DEVER DE TODOS PREVENIR A AMEAÇA OU VIOLAÇÃO DOS DIREITOS DO IDOSO! DENUNCIE! VOCÊ TAMBÉM É RESPONSÁVEL. A violência contra a pessoa idosa é silenciosa e acontece em todo o mundo. Essa grave violação dos direitos humanos fez com que a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção

Leia mais

Políticas Públicas em Segurança Alimentar e Nutricional. Com a colaboração de Christiane Costa

Políticas Públicas em Segurança Alimentar e Nutricional. Com a colaboração de Christiane Costa Políticas Públicas em Segurança Alimentar e Nutricional Com a colaboração de Christiane Costa Portinari, Os Retirantes Programas de combate à fome no Brasil (Vasconcelos, 2005) Primeiros relatos de fome

Leia mais

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA

DIREITO HUMANO À ALIMENTAÇÃO ADEQUADA NOSSA MISSÃO Contribuir para a garantia do Direito Humano à Alimentação Adequada, fiscalizando, normatizando e disciplinando o exercício profissional do nutricionista e do técnico em Nutrição e Dietética,

Leia mais

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE DIREITO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE Conceito de Criança e Adolescente e Doutrina da Proteção Integral Parte 1 Profª. Liz Rodrigues - Art. 227, CF/88: É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar

Leia mais

2 A desnutrição em um paraíso nutricional: um objeto de estudo

2 A desnutrição em um paraíso nutricional: um objeto de estudo 26 2 A desnutrição em um paraíso nutricional: um objeto de estudo O objetivo deste capítulo é o de apresentar uma retrospectiva dos conceitos direito humano à alimentação adequada (DHAA) e segurança alimentar

Leia mais

IX JORNADA DE ESTÁGIO: FORMAÇÃO E PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL DIREITOS DOS IDOSOS: CONHECER PARA RESPEITAR

IX JORNADA DE ESTÁGIO: FORMAÇÃO E PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL DIREITOS DOS IDOSOS: CONHECER PARA RESPEITAR IX JORNADA DE ESTÁGIO: FORMAÇÃO E PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL DIREITOS DOS IDOSOS: CONHECER PARA RESPEITAR SCHOAB Fabiane Maria, (estágio não curricular), e-mail: abiane_schoab@hotmail.com SANTOS,

Leia mais

Aprendendo a ser Enfermeira Pediátrica. P rofª Graça P i menta UCSal

Aprendendo a ser Enfermeira Pediátrica. P rofª Graça P i menta UCSal Aprendendo a ser Enfermeira Pediátrica P rofª Graça P i menta UCSal A ssi stên ci a de Enfermagem P edi átri ca Na Assistência de Enfermagem Pediátrica torna-se necessário para a prestação de cuidados

Leia mais