Apresentação da Disciplina

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação da Disciplina"

Transcrição

1 ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA, EMENTA E INFORMAÇÕES CORRELATAS Prof. Thiago Gomes Apresentação da Disciplina 1. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Estágio Supervisionado em Direito Tributário 2. PROFESSOR Me. Thiago Gomes 3. CARGA HORÁRIA 2 h/a semanais 4. POR QUE ESTUDAR A? Partes dos conhecimentos discutidos na disciplina são objeto de questionamento em concursos voltados às carreiras fiscais. A segunda fase de Tributário é mais tranquila em relação a outras áreas de concentração. 1

2 Apresentação da Disciplina 5. EMENTA (PONTOS ELEMENTARES) Processo Judicial Tributário. Espécies de Processo. Ações de iniciativa do contribuinte. Peças práticas. 6. MÉTODOS DE AVALIAÇÃO 7. REGRAS Todas as peças a serem entregues serão confeccionadas na forma manuscrita. As peças só serão recebidas em sala de aula. Procedimento de entrega das peças Cada aluno terá sua pasta de peças práticas. Cabe a este inserir as peças no prazo correto. Peças entregues fora no prazo não serão computadas. Apresentação da Disciplina 7. REGRAS Atividades paralelas: Recomenda-se a realização em outros momentos. Controle da Frequência: Realizada no início das aulas. Reunião das carteiras: Admissível na disciplina no momento do estudo de caso. Utilização de Códigos: Liberado, inclusive durante as avaliações. 8. VERIFICAÇÃO DE RESULTADOS Todos os resultados serão apresentados em sala e durante o período de aulas. Todas as retificações, questionamentos quanto ao resultado e portal devem ser realizados nessas ocasiões. Não serão aceitas solicitações após o término letivo, redes sociais ou . 2

3 Apresentação da Disciplina 9. BIBLIOGRAFIA AMARO, Luciano. Direito Tributário Brasileiro. São Paulo: Saraiva, MACHADO, Hugo de Brito. Curso de Direito Tributário. São Paulo: Malheiros Editores, CARRAZZA, Roque Antonio. Curso de Direito Tributário Constitucional. São Paulo: Malheiros Editores, CASSONE, Maria Eugênia Teixeira; CASSONE, Vittorio. Processo Tributário Teoria e Prática. São Paulo: Editora Atlas, CONTATOS Facebook: Blog: ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO RECAPITULANDO PONTOS IMPORTANTES Prof. Thiago Gomes 3

4 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS Tributo: Conceito, Espécies Tributárias e Competência Como surge a obrigação de pagar tributos? 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO A relação jurídico tributária é formada por sujeitos após a verificação da ocorrência do fato gerador. Sujeito Ativo: Capacidade Tributária Ativa = Fisco Sujeito Passivo: Capacidade Tributária Passiva = Contribuinte ou Responsável Tributário. Fato Gerador Situação descrita em lei, suficiente e necessária e suficiente para o nascimento da obrigação tributária. Fato típico do direito tributário 4

5 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO Obrigação Tributária Principal Surge com a ocorrência do fato gerador Tem por objeto a prestação pecuniária, ou seja, a entrega de dinheiro ao Estado. Tributo e multa fazem parte da obrigação principal. Obrigação Tributária Acessória Tem por objeto deveres instrumentais (obrigações de fazer ou não fazer) previstos em favor da arrecadação ou fiscalização dos tributos. Não tem por natureza a entrega de dinheiro. 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO Obrigação Tributária Acessória Apesar do nome, a obrigação tributária é completamente independente em relação à dita obrigação principal. Se não cumprida converte-se em principal no tocante ao pagamento da penalidade. Dispensa no pagamento de tributo não desobriga o contribuinte ao pagamento da obrigação acessória prevista em lei. Exemplos: Entrega de declaração/preenchimento de guia, livros fiscais/emitir notas 5

6 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO O simples fato de existir a obrigação tributária não dá ao Fisco o direito de exigi-la. Conceito de Crédito Tributário Crédito tributário é o vínculo jurídico, de natureza obrigacional, por força do qual o Estado (sujeito ativo) pode exigir do particular, o contribuinte ou responsável (sujeito passivo), o pagamento do tributo ou da penalidade pecuniária (objeto da relação obrigacional). (Hugo de Brito Machado, 2006) O crédito tributário decorre da obrigação principal e tem a mesma natureza desta. 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Crédito Tributário = Exigibilidade O crédito tributário é constituído após o LANÇAMENTO. Compete privativamente à autoridade administrativa constituir o crédito tributário pelo lançamento, assim entendido o procedimento administrativo tendente a verificar a ocorrência do fato gerador da obrigação correspondente, determinar a matéria tributável, calcular o montante do tributo devido, identificar o sujeito passivo e, sendo caso, propor a aplicação da penalidade cabível. (art.142, CTN) 6

7 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO HIPÓTESE DE INCIDÊNCIA RELAÇÃO JURÍDICO TRIBUTÁRIA CRÉDITO TRIBUTÁRIO FATO GERADOR OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA LANÇAMENTO O QUE PODE FAZER O CONTRIBUINTE? 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO Opções do contribuinte com a constituição do crédito tributário Quitação do crédito tributário Questionamento do crédito tributário Alguns dos questionamentos possíveis ERRO NO LANÇAMENTO Identificação do sujeito Inexigibilidade do crédito por não incidência tributária ALEGAÇÃO DE HIPÓTESE DE SUSPENSÃO DO CRÉDITO (art. 151, CTN) 7

8 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO Opções do contribuinte com a constituição do crédito tributário Questionamento do crédito tributário Alguns dos questionamentos possíveis EXCLUSÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO (Isenção e Anistia) (art. 175, CTN) PRESCRIÇÃO E DECADÊNCIA E OUTRAS ESPÉCIES DE EXTINÇÃO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO. (art. 156, CTN) 2.RETOMANDO ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ELEMENTARES DO DIREITO MATERIAL TRIBUTÁRIO QUESTIONAMENTO DO CRÉDITO TRIBUTÁRIO Os questionamentos do crédito tributário podem-se dar tanto na esfera administrativa quanto judicial. Terminologia: Processo Tributário x Procedimento Tributário? Procedimento Administrativo Fiscal: Compreende o lançamento até o pagamento do tributo não impugnado. Processo Administrativo Fiscal: Se instaura a partir da impugnação. Processo Judicial Tributário: Desenvolve perante o Poder Judiciário. 8

9 3. CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES DO PROCESSO JUDICIAL TRIBUTÁRIO Finalidade do Processo Judicial Tributário: Operar o controle da legalidade dos atos da Administração Tributária pelo Poder Judiciário. É possível buscar a tutela judicial mesmo que já tenha ocorrido o processo administrativo. Na ausência de legislação processual específica aplica-se o Código de Processo Civil, salvo no tocante à execução fiscal e cautelar fiscal. 4. TIPOS DE PROCESSO PROCESSO DE CONHECIMENTO É aquele que diz o direito através da ampla cognição realizada pelo juiz. É empregada pelo contribuinte pois a decisão que o Fisco aplica decorre do processo administrativo. PROCESSO DE EXECUÇÃO Não ocorre a composição de litígio pois o direito já está constituído. O pressuposto para a execução é um titulo executivo judicial (sentença) ou extrajudicial. Empregado regularmente pelo Fisco para cobrar o crédito em atraso. 9

10 4. TIPOS DE PROCESSO PROCESSO CAUTELAR Não se coloca um conflito para ser resolvido. Busca-se uma providência para preservação de um direito que está sendo ou vai ser questionado, mas poderá perecer se aquela providência não for adotada Processo cautelar é acessório de outro, em regra, de execução ou conhecimento. Entre as medidas cautelares merece destaque a cautelar fiscal, cujo objetivo é obter a indisponibilidade patrimonial do devedor a fim de garantir a execução fiscal. Dúvidas? 10

Obrigatoriedade. Autonomia do Crédito Tributário. Origem:

Obrigatoriedade. Autonomia do Crédito Tributário. Origem: Direito Tributário Crédito tributário:conceito e constituição. Lançamento: conceito e modalidades de lançamento. Hipóteses de alteração do lançamento. Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Tributo. Sistema Constitucional Tributário.

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 13 CAPÍTULO I A PROCURADORIA-GERAL DA FAZENDA NACIONAL... 15 1. Breve reconstrução histórica... 15 1.1. Do Procurador dos Feitos da Coroa, da Fazenda e do Fisco ao Procurador

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 8 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTARIO I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA Tributo. Sistema Constitucional Tributário.

Leia mais

CRÉDITO TRIBUTÁRIO. Conceito

CRÉDITO TRIBUTÁRIO. Conceito Conceito CRÉDITO TRIBUTÁRIO O crédito tributário corresponde ao direito do Estado de exigir o tributo, ou melhor, de exigir o objeto da obrigação tributária principal do sujeito. Contribuição do crédito

Leia mais

Direito Tributário para o Exame de Ordem

Direito Tributário para o Exame de Ordem Direito Tributário para o Exame de Ordem 3 Conceito de Tributo. 4 Legislação Tributária. 5 Obrigação Tributária. 6 Crédito Tributário. (1a. Parte: Conceito, Constituição) Sergio Karkache http://sergiokarkache.blogspot.com

Leia mais

Crédito e lançamento tributário

Crédito e lançamento tributário Crédito e lançamento tributário Levar o entendimento ao aluno sobre o que é, como se processa o crédito e as formas do lançamento do crédito tributário. Vamos lá, pessoal, na aula passada vimos a integração

Leia mais

Presunções no Processo Administrativo Fiscal

Presunções no Processo Administrativo Fiscal I Encontro sobre Julgamento Administrativo Municipal Tributário Presunções no Processo Administrativo Fiscal Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET Indícios

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A decadência e o inciso I do art. 173 do CTN José Hable* Indaga-se: como se interpreta o inciso I art. 173 do CTN, que trata da decadência tributária? 1. Introdução Quando se vai

Leia mais

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21

SUMÁRIO APRESENTAÇÃO Definição... 21 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 11 Capítulo I Direito Tributário... 13 1. Definição... 13 2. Relação com outros ramos do direito... 13 3. Fontes do direito tributário... 14 4. Legislação tributária... 20 Capítulo

Leia mais

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida

PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA. Denis Domingues Hermida PRÁTICA JURÍDICA TRIBUTÁRIA Denis Domingues Hermida - Locadora Carro Bom Ltda. foi autuada pela Receita Federal por ter deixado de recolher a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (COFINS)

Leia mais

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes

ICMS NOÇÕES BÁSICAS. Coordenação: Alexandre A. Gomes ICMS NOÇÕES BÁSICAS Coordenação: Alexandre A. Gomes O que é Tributo? - Art. 3º do CTN Toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir que não constitua sanção de ato

Leia mais

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar...

SUMÁRIO Direito Tributário...2 O Direito Tributário e as demais ciências jurídicas...5 O Direito Tributário e os Limites ao Poder de Tributar... SUMÁRIO Direito Tributário...2 Conceito...2 Polos...2 Receitas públicas...2 Natureza...3 Exemplos de receitas derivadas...3 Exemplos de receitas originárias...4 O Direito Tributário e o Direito Público...4

Leia mais

Curso de especialização em direito tributário e processo tributário. Indicação de leitura complementar

Curso de especialização em direito tributário e processo tributário. Indicação de leitura complementar Curso de especialização em direito tributário e processo tributário Indicação de leitura complementar Cursos e manuais AMARO, Luciano. Direito tributário brasileiro. 20 ed. São Paulo: Saraiva, 2014 CARRAZZA,

Leia mais

PLANO DE AULA DISCIPLINA: PRÁTICA PROCESSUAL E FISCAL TRIBUTÁRIA CÓD º PERÍODO

PLANO DE AULA DISCIPLINA: PRÁTICA PROCESSUAL E FISCAL TRIBUTÁRIA CÓD º PERÍODO PLANO DE AULA DISCIPLINA: PRÁTICA PROCESSUAL E FISCAL TRIBUTÁRIA CÓD. 00006408 4º PERÍODO TOTAL DE ENCONTROS: 20 SEMANAS SEMANA CONTEÚDOS/MATÉRIA TIPO DE AULA TEXTOS, FILMES E OUTROS MATERIAIS 1 UNIDADE

Leia mais

Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET

Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET Fabiana Del Padre Tomé Mestre e Doutora pela PUC/SP Professora da PUC/SP e do IBET COMPETÊNCIA LEGISLATIVA TRIBUTÁRIA traça os limites do que pode e do que não pode ser feito relativamente à instituição

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO

CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO CONTROLE DE CONTEÚDO - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SÃO PAULO - TÉCNICO LEGISLATIVO DIREITO LÍNGUA PORTUGUESA 1 Leitura e análise de textos. Estruturação do texto e dos parágrafos. Significação contextual de

Leia mais

Direito Tributário. Aula 09. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 09. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 09 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

ICMS. Arbitramento. A fiscalização deve apurar o montante devido no lançamento tributário com o abatimento dos

ICMS. Arbitramento. A fiscalização deve apurar o montante devido no lançamento tributário com o abatimento dos ICMS. Arbitramento. A fiscalização deve apurar o montante devido no lançamento tributário com o abatimento dos créditos ainda que não declarados em GIA? Paulo Campilongo Mestre e doutor PUC/SP ALTERNATIVAS

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º.

FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS CURSO DE DIREITO CALENDÁRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1º SEMESTRE DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. 20-02-16 Sábado 08:30h 02-04-16 - Sábado 08:30h ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 3º. Período * As aulas práticas têm início às 08:30h, impreterivelmente, não sendo tolerados atrasos. A aprovação. Em caso de reprovação

Leia mais

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS

CURSO JURÍDICO FMB CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DOS MÓDULOS Sumário DIREITO TRIBUTÁRIO... DIREITO TRIBUTÁRIO PROFS. GUILHERME ADOLFO DOS SANTOS MENDES E DIMAS MONTEIRO DE BARROS MÓDULO I Direito Tributário - Conceito; Tributo -

Leia mais

Fato Gerador LINHA DO TEMPO

Fato Gerador LINHA DO TEMPO Fato Gerador LINHA DO TEMPO 1º ) Lei criou o imposto com a sua HIPÓTESE DE INCIDÊNCIA 2º ) Ocorreu o FATO GERADOR do imposto 3º ) Consequentemente surge o OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA 4º ) Ocorre o LANÇAMENTO

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Direito Penal II Código da Disciplina: JUR 213 Curso: Direito Faculdade responsável: Direito Programa em vigência a partir de: Número de créditos: 04 Carga Horária total:

Leia mais

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO

COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO COMISSÃO NACIONAL DE ESTÁGIO E FORMAÇÃO Prática Processual Civil Programa I CONSULTA JURÍDICA 1.1 Consulta jurídica 1.2 Tentativa de resolução amigável 1.3 Gestão do cliente e seu processo II PATROCÍNIO

Leia mais

Experiência do Município do Salvador

Experiência do Município do Salvador Experiência do Município do Salvador Por que não se registram as despesas incorridas sem autorização orçamentária? Por que não se aplicam regras de depreciação, exaustão e amortização? Por que não se faz

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, DECRETA: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

O PREFEITO MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS, Estado da Bahia, no uso de suas atribuições legais, DECRETA: CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS DECRETO N o 3.594 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o art. 5 da Lei Municipal 618, de 16 de maio de 1990, na forma que indica e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS, Estado

Leia mais

Recife, 19 de julho de Armando Moutinho Perin Advogado

Recife, 19 de julho de Armando Moutinho Perin Advogado Recife, 19 de julho de 2016 Armando Moutinho Perin Advogado Constituição Federal de 1988 Art. 24. Compete à União, aos Estados e ao Distrito Federal legislar concorrentemente sobre: I direito tributário,

Leia mais

Aula 17. Turma e Ano: Master A 2015 Matéria / Aula: Direito Tributário Professor: Vanessa Siqueira Monitor: Natália Sant'Anna de Figueiredo

Aula 17. Turma e Ano: Master A 2015 Matéria / Aula: Direito Tributário Professor: Vanessa Siqueira Monitor: Natália Sant'Anna de Figueiredo Turma e Ano: Master A 2015 Matéria / Aula: Direito Tributário Professor: Vanessa Siqueira Monitor: Natália Sant'Anna de Figueiredo Aula 17 Obrigação Tributária Conceito: O que importa na obrigação tributária

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 11 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Relação jurídica tributária

Relação jurídica tributária Relação jurídica tributária Planejamento Tributário Empresarial Crédito tributário: Lançamento tributário (ofício ou direto; declaração ou misto e por homologação); Presunção da dívida ativa; Suspensão

Leia mais

ESCLARECIMENTOS LANÇAMENTO IPTU 2017

ESCLARECIMENTOS LANÇAMENTO IPTU 2017 ESCLARECIMENTOS LANÇAMENTO IPTU 2017 PLANEJAMENTO DE LANÇAMENTO É PRECISO EVITAR A POLÊMICA NO LANÇAMENTO DO IPTU. A população precisa ser esclarecida de forma isenta e responsável da base de cálculo do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRACEMA 2014 FISCAL DE TRIBUTOS PROVA OBJETIVA 1 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS De acordo com o Código Tributário do Município de Miracema (lei nº 1.453, de 26 de setembro de 2013), responda às questões de números 1 a 6. 1) É de competência do município

Leia mais

Tânia Maria Françosi Santhias Professora e Advogada

Tânia Maria Françosi Santhias Professora e Advogada Tânia Maria Françosi Santhias Professora e Advogada Conceito Processo X Procedimento Processo Tributário Administrativo X Processo Tributário Judicial Legalidade Oficialidade Devido Processo Legal Formalismo

Leia mais

Introdução ao direito tributário

Introdução ao direito tributário Capítulo 1 - Introdução ao direito tributário 1.1. Considerações iniciais 17 1.2. Conceito de tributo 19 1.3. Tipos de tributo.. 20 1.3.1. Imposto.... 20 1.3.2. Taxas..25 1.3.2.1. Diferenças entre taxa

Leia mais

Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas (CTOC) Formação à Distância

Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas (CTOC) Formação à Distância Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas (CTOC) Formação à Distância CURSO DIS1209 1 - OBJECTIVOS: Curso: INFRACÇÕES TRIBUTÁRIAS O curso de Infracções Tributárias tem como objectivo dar conhecer aos TOC

Leia mais

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 17 EDITAL SISTEMATIZADO CARREIRAS FISCAIS... 19 1. Receita Federal do Brasil... 19 2. Ministério do Trabalho e Emprego... 21 CAPÍTULO

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE DIREITO ECONÔMICO, FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO

FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE DIREITO ECONÔMICO, FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO FACULDADE DE DIREITO DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO DEPARTAMENTO DE DIREITO ECONÔMICO, FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO Disciplina: DIREITO TRIBUTÁRIO II (DEF 0417) Professores: Luís Eduardo Schoueri e Roberto Quiroga

Leia mais

O papel fundamental do CARF na realização da. Direito & DESENVOLVIMENTO Para melhorar o Brasil... PENSANDO O BRASIL...

O papel fundamental do CARF na realização da. Direito & DESENVOLVIMENTO Para melhorar o Brasil... PENSANDO O BRASIL... O papel fundamental do CARF na realização da Justiça Tributária: Eurico.santi@FGV.BR Direito & DESENVOLVIMENTO Para melhorar o Brasil... PENSANDO O BRASIL... PAPEL DO CARF & JUSTIÇA TRIBUTÁRIA Que é justiça

Leia mais

Filosofia e Direito. Filosofia e Direito

Filosofia e Direito. Filosofia e Direito 2016-2 HORÁRIO DO 1º SEMESTRE 1ª Aula Humanidades em Direito Redação e Linguagem Jurídica Filosofia e Direito Ciência Política e Teoria do Estado Introdução ao Estudo do Direito 2ª Aula Humanidades em

Leia mais

DANIEL BARBOSA LIMA FARIA-CORRÊA DE SOUZA Procurador do Município de São Leopoldo (RS); 1ª edição: São Leopoldo (RS) 04/06/2009

DANIEL BARBOSA LIMA FARIA-CORRÊA DE SOUZA Procurador do Município de São Leopoldo (RS); 1ª edição: São Leopoldo (RS) 04/06/2009 OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA: Definição e características. DANIEL BARBOSA LIMA FARIA-CORRÊA DE SOUZA Procurador do Município de São Leopoldo (RS); 1ª edição: São Leopoldo (RS) 04/06/2009 EMENTA: DIREITO TRIBUTÁRIO.

Leia mais

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL

BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL BÔNUS DE ADIMPLÊNCIA FISCAL Instituído pela Lei nº 10.637, de 2002 1) CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO LÍQUIDO (CSLL) * Silvério das Neves * Adherbal Corrêa Bernardes 1.1) Alíquotas O art. 6º da Medida

Leia mais

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA

EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV EMENTA EMENTÁRIO Curso: Direito Disciplina: DIREITO EMPRESARIAL IV Período: 6 Carga Horária: 72 h/a EMENTA Teoria geral do direito falimentar. Evolução histórica. Processo falimentar: Requisitos. Fases do processo

Leia mais

PLANO DE CURSO 2012/1

PLANO DE CURSO 2012/1 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2012/1 DISCIPLINA: DIREITO TRIBUTÁRIO PROFESSOR: JOÃO CLAUDIO GONÇALVES LEAL TURMA: 5º ANO INTEGRAL

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ:

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE 206/2002 D.O.U. 29/01/2002 ORGANIZAÇÃO SETE DE SETEMBRO DE CULTURA E ENSINO LTDA CNPJ: PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO: Curso: Bacharelado em Direito Disciplina: Direito Processual Penal III Professor: Marco Antônio de Jesus Bacelar Código: DIR4 Carga Horária: 80 H Créditos: 04

Leia mais

Planejamento Tributário Empresarial

Planejamento Tributário Empresarial Planejamento Tributário Empresarial Aula 13 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina, oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades,

Leia mais

Sistema Tributário Nacional

Sistema Tributário Nacional Sistema Tributário Nacional Considerações Iniciais Direito Direito e Contabilidade como Ciências Ciência das Normas obrigatórias que disciplinam as relações dos homens em sociedade. É o conjunto das normas

Leia mais

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS GERAIS:

PLANO DE ENSINO OBJETIVOS GERAIS: PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais CURSO: Direito Período: 3 DEPARTAMENTO: Ano: 2016 DISCIPLINA: Teoria Geral do Processo CARGA HORÁRIA: 80 horas PRÉ-REQUISITO: não há.

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO Código da Disciplina: JUR214 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 3º Faculdade responsável: DIREITO Programa em vigência a partir

Leia mais

ANO XXV ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014

ANO XXV ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014 ANO XXV - 2014-1ª SEMANA DE MAIO DE 2014 BOLETIM INFORMARE Nº 18/2014 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA DIPJ 2014 - PESSOAS JURÍDICAS E EQUIPARADAS - DISPOSIÇÕES GERAIS... Pág. 276 SIMPLES NACIONAL DASN-SIMEI

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ TRADIÇÃO, EXPERIÊNCIA E OUSADIA DE QUEM É PIONEIRO Curso: DIREITO Disciplina: DIREITO FINANCEIRO E TRIBUTÁRIO II Professora: ILZA MARIA DA SILVA FACUNDES Turma: 8ºDIV

Leia mais

AULA Partes a) Sujeito ativo (credor): titular do direito de receber o objeto obrigacional.

AULA Partes a) Sujeito ativo (credor): titular do direito de receber o objeto obrigacional. AULA 02 1. Conceito de Obrigações Caio Mário: o vínculo jurídico em virtude do qual uma pessoa pode exigir de outra prestação economicamente apreciável 1 Washington de Barros Monteiro: obrigação é a relação

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico MMO tecnologia para a saúde Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: ETEC PAULINO BOTELHO - Extensão E.E. Arlindo Bittencourt Código: 091.07 Município: São Carlos/SP Eixo Tecnológico: Gestão

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015.

LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. LEI COMPLEMENTAR Nº 773, DE 8 DE OUTUBRO DE 2015. Institui o Programa de Recuperação Fiscal Refispoa 2015 e revoga a Lei nº 11.428, de 30 de abril de 2013. O PREFEITO MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Faço saber

Leia mais

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás.

liberada por se tratar de um documento não aprovado pela PUC Goiás. PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação - PROGRAD Plano de Ensino 2015/1 Atenção! Este Plano de Ensino é um Rascunho. Sua impressão não está liberada por se tratar de um documento

Leia mais

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL

Manual de Prática Trabalhista - 6ª Edição - Cinthia Machado de Oliveira. Título I PETIÇÃO INICIAL Capítulo I PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL SUMÁRIO Título I PETIÇÃO INICIAL PETIÇÃO INICIAL EM DISSÍDIO INDIVIDUAL Fundamento legal... 15 Cabimento... 15 Espécies de ritos do processo do trabalho... 16 Rito sumário... 16 Rito sumaríssimo... 16

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER PÚBLICO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Direito (1º Ciclo) 2. Curso Direito 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular CONTENCIOSO DO PODER

Leia mais

Lauro de Freitas DECRETO Nº DE 20 DE JANEIRO DE 2015.

Lauro de Freitas DECRETO Nº DE 20 DE JANEIRO DE 2015. 2 - Ano III - Nº 291 Decretos DECRETO Nº 3.824 DE 20 DE JANEIRO DE 2015. Institui a Certidão de Regularidade Fiscal da Construção Civil CRFCC. O PREFEITO MUNICIPAL DE LAURO DE FREITAS, Estado da Bahia,

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE DIREITO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Fundamental: (Direito, Política e Economia) Ciência Política 02 0 02 40 Economia e Negócios 04 0 04 80 Fundamentos do Direito Civil 04 0 04

Leia mais

Capítulo 1. A Interdisciplinaridade do Direito Tributário... 3

Capítulo 1. A Interdisciplinaridade do Direito Tributário... 3 Sumário Parte I Introdução... 1 Capítulo 1. A Interdisciplinaridade do Direito Tributário... 3 Parte II Petição inicial e contestação... 7 Capítulo 1. Introdução... 9 Capítulo 2. Estrutura da petição inicial...

Leia mais

Obrigações Acessórias Hipóteses e limites. Efeitos do descumprimento.

Obrigações Acessórias Hipóteses e limites. Efeitos do descumprimento. Simples Nacional em Debate Obrigações Acessórias Hipóteses e limites. Efeitos do descumprimento. Patrícia Lenz Koinaski Porto Alegre, 1º/10/2007 INSCRIÇÃO, OPÇÃO E CADASTRO Obrigação de inscrição nos entes

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2014 Disciplina: Direito Tributário Departamento: Direito Público Docente Responsável: Prof. MS. Oswaldo Luiz Soares Carga Horária Anual: 100 horas/aula Tipo: Anual

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DIREITO ADMINISTRATIVO II Código da Disciplina: JUR 261 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 9 Faculdade responsável: FACULDADE DE DIREITO Programa em vigência

Leia mais

TEMA Auditoria Fiscal GABARITO DO ESTUDO DE CASO 1B Concessionárias de Serviços Públicos de Comunicação

TEMA Auditoria Fiscal GABARITO DO ESTUDO DE CASO 1B Concessionárias de Serviços Públicos de Comunicação TEMA Auditoria Fiscal GABARITO DO ESTUDO DE CASO 1B Concessionárias de Serviços Públicos de Comunicação QUESTÃO 1 Se você estivesse no lugar de Ricardo e Tiago, como montaria um roteiro, passo a passo,

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor: Mauro Moreira

DIREITO TRIBUTÁRIO. Professor: Mauro Moreira DIREITO TRIBUTÁRIO Professor: Mauro Moreira 1 RACIOCÍNIO JURÍDICO TRIBUTÁRIO CONSTITUIÇÃO -Princípios -Imunidades -Espécies Tributárias - I M P O S T O S T A X A S - C O N T R I B U IÇ Ã O D E M E L H

Leia mais

PROCEDIMENTO CRÉDITOS A RECEBER DE TRIBUTOS A RECUPERAR OU COMPENSAR RESPONSABILIDADE Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União.

PROCEDIMENTO CRÉDITOS A RECEBER DE TRIBUTOS A RECUPERAR OU COMPENSAR RESPONSABILIDADE Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União. PROCEDIMENTO CRÉDITOS A RECEBER DE TRIBUTOS A RECUPERAR OU COMPENSAR 1 REFERÊNCIAS 1.1 - RESPONSABILIDADE Coordenação-Geral de Contabilidade e Custos da União. 1.2 - COMPETÊNCIA - Portaria/STN N. 833,

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO

PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Perspectivas e desafios Análise de caso: Empresas terceirizadas Luciano L. A. Moraes setembro/2014 Planejamento tributário Objetivo: Redução, postergação ou eliminação da carga

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XX EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em 1º de janeiro de 2014, a União publicou lei ordinária instituindo Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (CIDE) incidente sobre as receitas decorrentes

Leia mais

Especialização em Direito Tributário Aula 2

Especialização em Direito Tributário Aula 2 Curso: Graduação em Contabilidade Disciplina: Legislação Empresarial Prof.: Ana Cláudia Akie Utumi Especialização em Direito Tributário Aula 2 Ana Cláudia Akie Utumi autumi@tozzinifreire.com.br Raquel

Leia mais

Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas. Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo

Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas. Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo Autuação e Contencioso no Simples Nacional Questões Controversas Satie Kimura Escritório Regional do SN de São Paulo Autuação e Contencioso no SN Questões Controversas SEFISC => NOVOS TEMPOS NO SN CONTROVERSAS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA:

PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETA: 1 DECRETO Nº 11.333, DE 30 DE JUNHO DE 2011. Dispõe sobre a regulamentação da emissão de certidões e declarações no âmbito da Fazenda Pública Municipal. O PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA, Estado do Piauí,

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ PLANO DE ENSINO CURSO: DIREITO MODALIDADE: Presencial DISCIPLINA: ESTÁGIO IV CARGA HORÁRIA: 72h/a ANO: 2011 SEMESTRE: 2º PROFESSOR: PAOLA JULIEN O. DOS SANTOS TURMAS: 10 DIN OBJETIVOS O objetivo precípuo

Leia mais

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1

LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Sumário LIVRO I Do Processo de Conhecimento...1 Capítulo 1 Da Jurisdição...3 1.1. Conceito de Jurisdição... 5 1.2. Exercício da Jurisdição Quem Exerce a Jurisdição?...15 1.3. Características da Jurisdição...17

Leia mais

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS

Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS Sistema Fiscal Moçambicano GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE PAGAMENTO DE DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS A PRESTAÇÕES COMPENSAÇÃO DAS DÍVIDAS TRIBUTÁRIAS GARANTIAS GERAIS E MEIOS DE DEFESA DO CONTRIBUINTE

Leia mais

Tributos. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Tributos. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Tributos Objetivos O presente curso tem por objetivo apresentar a definição de Tributo e a diferença entre Imposto, Taxa e Contribuição de Melhoria, seguindo-se as conclusões. Metodologia A metodologia

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Decadência e Prescrição Como Forma de Extinção da Obrigação Tributária Bruna Maggi de Sousa* INTRODUÇÃO A certeza e a segurança do direito não se compadecem com a permanência, no

Leia mais

DIREITO TRIBUTÁRIO Claudio Borba

DIREITO TRIBUTÁRIO Claudio Borba DIREITO TRIBUTÁRIO Claudio Borba FISCALIZAÇÃO Art. 194 e parágrafo único, CTN Art. 194 - A legislação tributária, observado o disposto nesta Lei, regulará, em caráter geral, ou especificamente em função

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO

ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM DIREITO TRIBUTÁRIO AÇÃO DE REPETIÇÃO DE INDÉBITO Prof. Thiago Gomes 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A ação empregada para o contribuinte recuperar valor já pago indevidamente ou a maior.

Leia mais

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS

PARTE I O PROCEDIMENTO TRIBUTÁRIO E AS GARANTIAS PROCEDIMENTAIS Mestrado: FORENSE Disciplina: PROCESSO TRIBUTÁRIO Docente: MESTRE ISABEL MARQUES DA SILVA Ano lectivo: 2008-2009 Semestre: 2.º 1. Programa da disciplina: INTRODUÇÃO 1. Fontes imediatas do processo tributário

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ANA CAROLINA IGNÁCIO DA SILVA FLAVIO JOSÉ PATROCÍNIO MARCIA TATHIANE DA SILVA RIBEIRO MANTOVANI RENATA CRISTINA TORREZAN DECADÊNCIA E PRESCRIÇÃO NO

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito

PLANO DE ENSINO. 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Direito Professores: Cássio Furlan cassiofurlan@yahoo.com.br Período/ Fase: 7ª Semestre: 2º Ano: 2012

Leia mais

Brasília - DF, quarta-feira, 20 de agosto de 2014 página 26 MINISTÉRIO DA FAZENDA

Brasília - DF, quarta-feira, 20 de agosto de 2014 página 26 MINISTÉRIO DA FAZENDA Brasília - DF, quarta-feira, 20 de agosto de 2014 página 26 MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 1.491, DE 19 DE AGOSTO DE 2014 Dispõe sobre os débitos a

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO POLÍCIA MILITAR CENTRO DE CAPACITAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PESQUISA ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR COSTA VERDE.

ESTADO DE MATO GROSSO POLÍCIA MILITAR CENTRO DE CAPACITAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PESQUISA ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR COSTA VERDE. PLANO DE ENSINO ESTADO DE MATO GROSSO POLÍCIA MILITAR CENTRO DE CAPACITAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PESQUISA ACADEMIA DE POLÍCIA MILITAR COSTA VERDE. GRUPO DE PRODUÇÕES ACADÊMICAS CURSO CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA SEMANA DO CONTABILISTA PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO Alexandre Henrique Salema Ferreira Ana Maria da Paixão Duarte OBJETIVO Discorrer acerca do Planejamento Tributário no campo

Leia mais

,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O

,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O ,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O I IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Legislação Social e Trabalhista Ano Letivo:

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br O tributo e a sua classificação Patrícia Persike O Código Tributário Nacional fornece a definição legal de tributo, em seu art. 3º, como sendo "toda prestação pecuniária compulsória,

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais CURSO: DIREITO Período: 4º DEPARTAMENTO: DIREITO PRIVADO Ano: 2016 DISCIPLINA: DIREITO CIVIL (Obrigações II) CARGA HORÁRIA: 80 PRÉ-REQUISITO:

Leia mais

0,1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D.11 PERÍODO: 3º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CONSTITUCIONAL I NOME DO CURSO: DIREITO 2.

0,1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D.11 PERÍODO: 3º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CONSTITUCIONAL I NOME DO CURSO: DIREITO 2. 0,1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D.11 PERÍODO: 3º CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO CONSTITUCIONAL I NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60

Leia mais

Aula Crédito tributário: conceito e constituição. 7. Lançamento: conceito e modalidades de lançamento.

Aula Crédito tributário: conceito e constituição. 7. Lançamento: conceito e modalidades de lançamento. Aula 4 6. Crédito tributário: conceito e constituição. 7. Lançamento: conceito e modalidades de lançamento. 1. (AFAM.UFRJ.2005.62) O Código Tributário Nacional numa interpretação autêntica ou legal estabelece

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DIREITO PROCESSUAL CIVIL 1. APRESENTAÇÃO A Pós-Graduação em Direito Processual Civil da FAACZ visa à conjugação das referidas áreas em meio à atualização da legislação em vigor,

Leia mais

IUS RESUMOS. Tributos e Competência Tributária. Organizado por: Samille Lima Alves

IUS RESUMOS. Tributos e Competência Tributária. Organizado por: Samille Lima Alves Tributos e Tributária Organizado por: Samille Lima Alves SUMÁRIO I. TRIBUTOS E COMPETÊNCIA TRIBUTÁRIA... 3 1. Caracterizando o tributo... 3 1.1 Conceito... 3 1.2 Classificação dos tributos... 4 2 tributária...

Leia mais

Direito Tributário. Aula 16. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Direito Tributário. Aula 16. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Direito Tributário Aula 16 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

Direito Tributário. Módulo IV: Obrigação Tributária e Crédito Tributário.

Direito Tributário. Módulo IV: Obrigação Tributária e Crédito Tributário. Direito Tributário Módulo IV: Obrigação Tributária e Crédito Tributário. Obrigação Tributária Relação obrigacional entre Poder Público e Contribuinte. Obrigação Tributária Espécies: 1. Principal (obrigação

Leia mais

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara

E S T A D O D O M A T O G R O S S O Prefeitura Municipal de Jaciara INSTRUÇÃO NORMATIVA STB SISTEMA DE TRIBUTOS / DIVIDA ATIVA Nº. 002/2010 Versão: 01 Aprovação em: 23/12/2010 Ato de aprovação: Decreto n.º 2895/2010 Unidade Responsável: Secretaria Municipal de Finanças/

Leia mais

DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL I

DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL I DIREITO DA SEGURIDADE SOCIAL I AULA 7 Arrecadação e Recolhimento de contribuições para a seguridade social I- ARRECADAÇÃO x RECOLHIMENTO - ARRECADAÇÃO: retenção do valor da contribuição de terceiro Lei

Leia mais

AULA 1) Ementa. Disposições administrativas:

AULA 1) Ementa. Disposições administrativas: Curso: DIREITO Disciplina: TEORIA GERAL DO PROCESSO (Matutino) quinta-feira 10:10 a 12:40 hs Ementa Direito Material e Direito Processual: conceito, natureza, posição enciclopédica, divisão. Fontes do

Leia mais

DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães

DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães DIREITO EMPRESARIAL Prof. Maurício Andrade Guimarães Matéria: Obrigações do empresário: O Regime Empresarial Registro: matrícula, arquivamento e autenticação Órgãos de Atuação: DNRC e Junta Comercial Escrituração:

Leia mais

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS

PROCEDIMENTOS ESPECIAIS PROCEDIMENTOS ESPECIAIS AÇÃO MONITÓRIA DA AÇÃO MONITÓRIA Art. 700. A ação monitória pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de

Leia mais

SUMÁRIO. Apresentação, xiii

SUMÁRIO. Apresentação, xiii SUMÁRIO Apresentação, xiii 1 A Contabilidade e a Gestão Tributária, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Os objetivos da atividade de gestão tributária, 1 1.3 Características profissionais exigidas para o cargo de

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES 2007/1 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Pró-Reitoria de Graduação ORGANIZAÇÃO BÁSICA DAS DISCIPLINAS CURRICULARES Disciplina: DIREITO PROCESSUAL PENAL I Curso: DIREITO Código CR PER Co-Requisito Pré-Requisito

Leia mais