Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações"

Transcrição

1 Programa Minha Casa Minha Vida Faixa 1 Especificações

2 PMCMV RECURSOS FAR OBJETIVO Aquisição e requalificação de imóveis destinados a alienação para famílias com renda mensal de até R$ 1.600,00 (Faixa 1), pelo FAR Fundo de Arrendamento Residencial, em parceria com o Poder Público (Estados e Municípios).

3 PMCMV RECURSOS FAR COMO FUNCIONA Contratação pelo valor de custo (limitado pelo programa) Unidade habitacional com especificações pré determinadas. Demanda estabelecida pelo Município e Estado (não há incorporação imobiliária) Parceria com Município para contrapartida para infraestrutura urbana externa a poligonal e/ou doação de área

4 PMCMV RECURSOS FAR VALORES MÁXIMOS DE AQUISIÇÃO DE UNIDADES - SP LOCALIDADE Capital Região Metropolitana de São Paulo Interior VALOR MÁXIMO DE AQUISIÇÃO DA UNIDADE APARTAMENTO , , ,00

5 DIRETRIZES DE PROJETOS (PORTARIA M. CIDADES 465/11) Os empreendimentos na forma de condomínio deverão ser segmentados em número máximo de 300 unidades habitacionais Nos casos em que houver necessidade da construção de sistemas de saneamento, deverá ser verificado com o Poder Público/Concessionária o responsável pela operação do sistema a ser implantado Apresentar Relatório de Diagnóstico de Demanda por Serviços e Equipamentos Públicos por parte do Poder Público local num raio de 2,5km (acima de 500 UH)

6 ESPECIFICAÇÕES MÍNIMAS (PORTARIA M. CIDADES 465/11) APARTAMENTO/CASA SOBREPOSTA Unidade habitacional com sala / 1 dormitório para casal e 1 dormitório para duas pessoas / cozinha / área de serviço / banheiro Mobiliário mínimo Largura mínima da cozinha: 1,80m Largura mínima do banheiro: 1,50m Área útil (sem contar com paredes): 39,00m² Pé-direito: 2,30m nos banheiros e 2,50m nos demais cômodos Revestimento áreas molhadas

7 ESPECIFICAÇÕES MÍNIMAS (PORTARIA M. CIDADES 465/11) Pisos: cerâmico em toda a unidade e áreas de circulação internas. Cimentado alisado nas escadas Portas: Vão livre de 0,80 m x 2,10 m em todas as portas Janelas: Vão de 1,50m² nos quartos e 2,00m² na sala Distância mínima entre blocos: Edificações até 3 pavimentos, maior ou igual a 4,50 m. Edificações de 4 a 5 pavimentos, maior ou igual a 5,00 m. Edificações acima de 5 pavimentos, maior ou igual a 6,00 m. Medição individualizada de água e gás CAIXA Downloads Habitação Minha Casa Minha Vida

8 ACESSIBILIDADE DAS UNIDADES HABITACIONAIS Todas as UH devem permitir adaptações para acessibilidade das unidades Todos ambientes devem permitir o giro de 180º (1,20m x 1,50m) Deve ser previsto espaço livre em frente a todas as portas da unidade de 1,20m; Para análise do empreendimento deverá ser apresentada planta com o mobiliário mínimo e as áreas de giro, garantindo a acessibilidade;

9 ACESSIBILIDADE DAS UNIDADES HABITACIONAIS

10 ACESSIBILIDADE DAS UNIDADES HABITACIONAIS

11 ACESSIBILIDADE DAS UNIDADES HABITACIONAIS Cartilha de Acessibilidade encontra-se disponível no site da CAIXA CAIXA Downloads Assistência Técnica Acessibilidade

12 ANÁLISE - PMCMV FAIXA 1 VALOR DO TERRENO O preço de aquisição do terreno é o menor dos valores: da proposta; do valor avaliado pela CAIXA; constante da matrícula ou da última transação efetuada (escritura de compra e venda), desde que realizada até 06 meses antes da contratação da operação; da Opção ou Promessa de Compra e Venda.

13 ANÁLISE - PMCMV FAIXA 1 CUSTO DA EDIFICAÇÃO Área equivalente de construção NBR Parâmetro Projeto Padrão SINAPI (R$/m²) CUSTO DE URBANIZAÇÃO E INFRAESTRUTURA O projeto deve demonstrar e detalhar as intervenções de modo a possibilitar a estimativa dos itens de maior relevância Todos os serviços devem constar no orçamento

14 ANÁLISE - PMCMV FAIXA 1 CUSTO DE EQUIPAMENTO COMUNITÁRIO Obrigatório para empreendimentos em condomínio, com 60 UH ou mais, devendo prever recursos de no mínimo 1% da soma dos custos de infraestrutura e edificações, obrigatoriamente nesta ordem: centro comunitário, espaço descoberto para lazer/recreação infantil e quadra de esportes.

15 ANÁLISE - PMCMV FAIXA 1 CUSTOS NÃO INCIDENTES Serviços necessários para execução do empreendimento, externos à poligonal do terreno. O valor pertinente deve ser caucionado no ato de assinatura do contrato pelo proponente ou pelo Poder Público e, neste caso, mediante lei autorizativa e dotação orçamentária.

16 ANÁLISE - PMCMV FAIXA 1 OUTRAS DESPESAS Trabalho Técnico Social: 2% do valor de aquisição pelo FAR Seguro Legalização Segurança (após término de obra) IPTU e outros tributos

17 ANÁLISE - PMCMV FAIXA 1 CAPACIDADE TÉCNICA DA CONSTRUTORA Certidão de Acervo Técnico (CAT emitido pelo CREA) Histórico de empreendimentos executados com a CAIXA Poderá ser contratado empreendimento com até três vezes a área ou o número de unidades habitacionais apresentado nos atestados

18 CONVÊNIO COM GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Termo de cooperação e parceria formalizado em 29/06/2012. Aporte de até R$ ,00 por unidade habitacional para viabilização de empreendimentos, sujeito à análise técnica, exceto infraestrutura externa representada pelo custo não incidente.

19 LEGISLAÇÃO Lei Federal n , de 07 de julho de 2009; Lei Federal n , de 16 de junho de 2011; Decreto Federal n 7.499, de 16 de junho de 2011; Portaria Ministério das Cidades n 325, de 07 de julho de 2011; Portaria Ministério das Cidades n 465, de 03 de outubro de 2011;

20

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA 0-3 SM PODER PÚBLICO 1 PMCMV 0 a 3 SM Poder Público - Construtoras ENTENDA O PROGRAMA O Programa consiste na aquisição de Terreno onde são construídas unidades habitacionais,

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES

OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES OBJETIVOS DO EVENTO APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA II NIVELAMENTO DAS INFORMAÇÕES DIRIMIR DÚVIDAS COLHER SUGESTÕES MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias

Leia mais

PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO

PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO PROGRAMA HABITACIONAL NOVO PRODUTO Produto Aquisição de empreendimentos habitacionais na planta Sem custos de comercialização para o construtor Recursos do Fundo do Novo Programa Habitacional Público Alvo:

Leia mais

O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE

O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE Crédito Imobiliário 2003 a 2010 75,92 47,05 275.528 MCMV 660.980

Leia mais

MINHA CASA MINHA VIDA 2 PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

MINHA CASA MINHA VIDA 2 PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA RESUMO Conjunto de medidas do Governo Federal, lançado em 13 ABR 2009, com objetivo de reduzir o déficit habitacional viabilizando o acesso à casa própria, aumentando o investimento

Leia mais

PALESTRA CAIXA PMCMV 2. SR Rio de Janeiro Centro

PALESTRA CAIXA PMCMV 2. SR Rio de Janeiro Centro PALESTRA CAIXA PMCMV 2 SR Rio de Janeiro Centro MINHA CASA, MINHA VIDA Ampliação das oportunidades de acesso das famílias de baixa renda à casa própria Mais emprego e renda por meio do aumento de investimentos

Leia mais

PROGRAMAS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL

PROGRAMAS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL PROGRAMAS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL PROGRAMAS HABITACIONAIS URBANOS IMPLEMENTADOS PELA COHAPAR A REALIDADE PROGRAMAS HABITACIONAIS URBANOS 1. PMCMV com recursos do OGU/OGE 1.1. FAR PMCMV FAR 1.2

Leia mais

Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante o seminário do projeto em Recife.

Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante o seminário do projeto em Recife. Esta apresentação foi realizada no âmbito do projeto Moradia é Central durante o seminário do projeto em Recife. Data: dia 29 de abril de 2009 Local: sede da ONG Etapas no Recife PROGRAMA REABILITAÇÃO

Leia mais

Análise de Viabilidade de Empreendimentos Habitacionais Programa Minha Casa Minha Vida

Análise de Viabilidade de Empreendimentos Habitacionais Programa Minha Casa Minha Vida Análise de Viabilidade de Empreendimentos Habitacionais Programa Minha Casa Minha Vida APRESENTAÇÃO 9h00 até 9h30: Abertura 9h30 até 11h15: Critérios gerais de análise técnica 11h15 até 11h30: Coffee-break

Leia mais

SOLUÇÕES CAIXA EM HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL. Residencial Jacinta Andrade Teresina - PI

SOLUÇÕES CAIXA EM HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL. Residencial Jacinta Andrade Teresina - PI SOLUÇÕES CAIXA EM HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL Residencial Jacinta Andrade Teresina - PI SOLUÇÕES EM HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL A CAIXA tem um importante papel de contribuir na redução do déficit habitacional

Leia mais

PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA RELATÓRIO

PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA RELATÓRIO PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA Projeto de Lei nº 072 de 08 de maio de 2013 AUTOR: Poder Executivo PARECER: Favorável, sem apresentação de emendas EMENTA: Autoriza o Poder Executivo a doar

Leia mais

Perfil CAIXA 70,2. 65 Mil. 97,9 Empregados 5.564. Milhões de clientes. Anos de existência. Pontos de Atendimento

Perfil CAIXA 70,2. 65 Mil. 97,9 Empregados 5.564. Milhões de clientes. Anos de existência. Pontos de Atendimento Perfil CAIXA 152 Anos de existência 70,2 Milhões de clientes 65 Mil Pontos de Atendimento 5.564 Presente em todos os municípios brasileiros Mil 97,9 Empregados Eixos de Trabalho BANCO COMERCIAL PENHOR

Leia mais

PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA MINHA CASA MINHA VIDA SINDUSCON, 24/05/2009

PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA MINHA CASA MINHA VIDA SINDUSCON, 24/05/2009 PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA MINHA CASA MINHA VIDA SINDUSCON, 24/05/2009 OBJETIVO DO PROGRAMA Subsidiar a aquisição de IMÓVEL NOVO para os segmentos populacionais de menor renda Política Social

Leia mais

Oficina dos principais desafios do Programa Minha Casa Minha Vida 3. 05 de junho de 2014

Oficina dos principais desafios do Programa Minha Casa Minha Vida 3. 05 de junho de 2014 Oficina dos principais desafios do Programa Minha Casa Minha Vida 3 05 de junho de 2014 INSERÇÃO URBANA E QUALIFICAÇÃO DOS PROJETOS URBANÍSTICOS E DE ARQUITETURA (parâmetros) PARCERIA ENTRE ATORES/ CADEIA

Leia mais

SEMINÁRIO HIS SUSTENTÁVEL. Projeto da Habitação de Interesse Social Sustentável. Desenho Universal

SEMINÁRIO HIS SUSTENTÁVEL. Projeto da Habitação de Interesse Social Sustentável. Desenho Universal SEMINÁRIO HIS SUSTENTÁVEL Projeto da Habitação de Interesse Social Sustentável Desenho Universal Agosto/2010 CONTEXTO Protocolo de intenções firmado entre a Secretaria de Estado da Habitação, a Secretaria

Leia mais

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH

PREFEITURA DE SÃO LUÍS SECRETARIA MUNICIPAL DE URBANISMO E HABITAÇÃO - SEMURH Documentos pessoais do requerente; Certidão Negativa do IPTU; Documento de responsabilidade técnica emitido pelo CREA ou CAU; Declaração do engenheiro ou arquiteto responsável pela obra; Aprovação do projeto

Leia mais

Minha Casa Minha Vida e a Qualidade das Construções

Minha Casa Minha Vida e a Qualidade das Construções Minha Casa Minha Vida e a Qualidade das Construções DE OLHO NA QUALIDADE DO MCMV A CAIXA está lançando o De olho na qualidade do Minha Casa Minha Vida, garantindo do atendimento e qualidade do atendimento

Leia mais

PORTARIA Nº 139, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA)

PORTARIA Nº 139, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA) PORTARIA Nº 139, DE 13 DE ABRIL DE 2009 (DOU DE 13.04.2009 - EDIÇÃO EXTRA) Dispõe sobre a aquisição e alienação de imóveis sem prévio arrendamento no âmbito do Programa de Arrendamento Residencial - PAR,

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 19/2015

NOTA TÉCNICA Nº 19/2015 NOTA TÉCNICA Nº 19/2015 Brasília, 3 de Novembro de 2015. ÁREA: Planejamento Territorial e Habitação TÍTULO: Novidades na operacionalização do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) em sua Terceria Fase

Leia mais

Estabelece as diretrizes gerais para aplicação dos recursos alocados ao Programa de Arrendamento Residencial - PAR e dá outras providências.

Estabelece as diretrizes gerais para aplicação dos recursos alocados ao Programa de Arrendamento Residencial - PAR e dá outras providências. PORTARIA Nº 231, DE 4 DE JUNHO DE 2004 Estabelece as diretrizes gerais para aplicação dos recursos alocados ao Programa de Arrendamento Residencial - PAR e dá outras providências. O MINISTRO DE ESTADO

Leia mais

MINISTÉRIO DAS CIDADES

MINISTÉRIO DAS CIDADES MINISTÉRIO DAS CIDADES PORTARIA N o 168, DE 12 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre as diretrizes gerais para aquisição e alienação de imóveis com recursos advindos da integralização de cotas no Fundo de Arrendamento

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 SELO CASA AZUL CAIXA Sandra Cristina Bertoni Serna Quinto Arquiteta Gerência Nacional de Meio Ambiente SELO CASA AZUL CAIXA CATEGORIAS E CRITÉRIOS SELO

Leia mais

CREDENCIAMENTO Nº 2014/12284 (7421) Errata

CREDENCIAMENTO Nº 2014/12284 (7421) Errata CREDENCIAMENTO Nº 2014/12284 (7421) Errata OBJETO: Credenciamento de empresas que cumpram as exigências de habilitação, visando à contratação de serviços técnicos profissionais de engenharia e/ou arquitetura,

Leia mais

DLR AVALIAÇÃO PARA GARANTIA DE FINANCIAMENTO RGI N.º: 1 - Identificação: Mutuário Contrato Moradores Banco Itaú S/A SIM x NÃO Endereço completo do imóvel Número Complemento Alameda Jurupis - "Condominium

Leia mais

Encontro Nacional ABC e FNSHDU Diretoria de Crédito Imobiliário

Encontro Nacional ABC e FNSHDU Diretoria de Crédito Imobiliário Encontro Nacional ABC e FNSHDU Diretoria de Crédito Imobiliário As perspectivas do mercado Relevância do CI no desenvolvimento do país Mercado - RS bilhões * PIB - R$ bilhões (***) Crédito Imobiliário

Leia mais

O papel da CAIXA na viabilização dos Programas Habitacionais

O papel da CAIXA na viabilização dos Programas Habitacionais O papel da CAIXA na viabilização dos Programas Habitacionais AGENDA I NÚMEROS CAIXA III PROGRAMAS DE HABITAÇÃO SOCIAL III.I PMCMV, Operações Coletivas, Crédito Solidário, PAR Valores Contratados 2003 A

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E HABITAÇÃO DIRETORIA TÉCNICA DE ENGENHARIA HABITACIONAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO URBANO E HABITAÇÃO DIRETORIA TÉCNICA DE ENGENHARIA HABITACIONAL EDITAL DE PUBLICIZAÇÃO DE ÁREA No. 001/2011. SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA, CASA MINHA VIDA II. O MUNICÍPIO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Lagoa Santa

Prefeitura Municipal de Lagoa Santa CEP 33400-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS LEI Nº 3.318, DE 12 DE SETEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a implantação do Programa "Minha Casa, Minha Vida" - para famílias com renda entre 3 (três)e 6 (seis) salários

Leia mais

Seu 2/4 com suíte, segurança e área de lazer no Planalto. Excelente localização na Rua Agrestina.

Seu 2/4 com suíte, segurança e área de lazer no Planalto. Excelente localização na Rua Agrestina. Seu 2/4 com suíte, segurança e área de lazer no Planalto. Excelente localização na Rua Agrestina. Depois do Planalto Dream, a Construtora IG Potiguar lança mais um grande empreendimento de sucesso: Planalto

Leia mais

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados DEAP/SNAPU/MCIDADES Maio/2015 Contexto brasileiro Necessidade de obras públicas para requalificação e reabilitação

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis 19/OUT/2011 Mara Luísa Alvim Motta Gerência Nacional de Meio Ambiente CAIXA EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO 2003-2010 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Leia mais

SISTEMA DE NORMAS RD Nº 05/2007 de 18/04/07 1 de 7

SISTEMA DE NORMAS RD Nº 05/2007 de 18/04/07 1 de 7 Nº RD e Data de aprovação: PÁGINA : SISTEMA DE NORMAS RD Nº 05/2007 de 18/04/07 1 de 7 CÓDIGO : GECOM/D.C. - 01 TÍTULO DA NORMA : SUBSTITUI : SISTEMA DE MEDIÇÃO INDIVIDUALIZADA 1. PROPÓSITOS: Estabelecer

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José dos Campos - Estado de São Paulo - LEI COMPLEMENTAR N 490/13 DE 11 DE ABRIL DE 2013

Prefeitura Municipal de São José dos Campos - Estado de São Paulo - LEI COMPLEMENTAR N 490/13 DE 11 DE ABRIL DE 2013 PUBLICADO (A) NO JORNAL ~~1~J.. ~~e 14~:fâ LEI COMPLEMENTAR N 490/13 DE 11 DE ABRIL DE 2013 Institui Programa de Incentivo Tributário para empreendimentos habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida

Leia mais

Processo nº 37758/2014. ML-27/2015 Encaminha Projeto de Lei.

Processo nº 37758/2014. ML-27/2015 Encaminha Projeto de Lei. ML-27/2015 Encaminha Projeto de Lei. São Bernardo do Campo, 15 de setembro de 2015. PROJETO DE LEI N. 33/15 PROTOCOLO GERAL N. 4.325/15 Senhor Presidente: Encaminhamos a Vossa Excelência, para apreciação

Leia mais

Recursos e Fontes de Financiamento

Recursos e Fontes de Financiamento Recursos e Fontes de Financiamento Recursos e Fontes de Financiamento A disponibilidade de recursos financeiros para a implementação do Plano Local de HIS é fundamental para a concretização dos objetivos

Leia mais

SEMINÁRIO ESTADUAL POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO EM PERNAMBUCO

SEMINÁRIO ESTADUAL POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO EM PERNAMBUCO SEMINÁRIO ESTADUAL POLÍTICAS PÚBLICAS PARA O DESENVOLVIMENTO URBANO EM PERNAMBUCO 29/10/2015 OS PROGRAMAS E PROJETOS ESTRATÉGICOS PARA INTEGRAÇÃO DA POLÍTICA URBANA EM PERNAMBUCO SUPERINTENDÊNCIAS EM P

Leia mais

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DAS CIDADES SECRETARIA NACIONAL DE HABITAÇÃO. Guia Básico dos Programas Habitacionais

GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DAS CIDADES SECRETARIA NACIONAL DE HABITAÇÃO. Guia Básico dos Programas Habitacionais GOVERNO FEDERAL MINISTÉRIO DAS CIDADES SECRETARIA NACIONAL DE HABITAÇÃO Guia Básico dos Programas Habitacionais Dezembro / 2007 REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA MINISTÉRIO

Leia mais

MINHA CASA, MINHA VIDA 2 Novas metas, maiores desafios

MINHA CASA, MINHA VIDA 2 Novas metas, maiores desafios MINHA CASA, MINHA VIDA 2 Novas metas, maiores desafios Desafios do PMCMV Sustentabilidade, Perenidade e Imagem O sucesso do PMCMV depende da produção de moradias bem localizadas, servidas de infraestrutura,

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS LEI COMPLEMENTAR Nº 292, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2014. Dispõe sobre a criação da Zona Especial de Interesse Social ZEIS Palmas Sul, estabelece normas para a implantação de Empreendimento Habitacional de Interesse

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Gerência Nacional de Meio Ambiente

SELO CASA AZUL CAIXA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Gerência Nacional de Meio Ambiente Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Gerência Nacional de Meio Ambiente Cases empresariais- SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 A sustentabilidade Demanda mudanças de hábitos, atitudes conscientes e corajosas

Leia mais

SEMINÁRIOS TEMÁTICOS. Mesa 1: Produção Habitacional : programas de financiamento da habitação de interesse social

SEMINÁRIOS TEMÁTICOS. Mesa 1: Produção Habitacional : programas de financiamento da habitação de interesse social SEMINÁRIOS TEMÁTICOS Mesa 1: Produção Habitacional : programas de financiamento da habitação de interesse social Maria do Carmo Avesani Diretora do Departamento de Produção Habitacional Secretaria Nacional

Leia mais

Minha casa minha vida

Minha casa minha vida Minha casa minha vida Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para o Brasil Construir um milhão de casas A meta é ambiciosa: construir um milhão de habitações, priorizando

Leia mais

ANEXO I PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA RECURSOS DO FAR DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE UNIDADES HABITACIONAIS

ANEXO I PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA RECURSOS DO FAR DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE UNIDADES HABITACIONAIS PORTARIA N 168, DE 12 DE ABRIL DE 2013, (D.O.U. DE 15.04.2013) Dispõe sobre as diretrizes gerais para aquisição e alienação de imóveis com recursos advindos da integralização de cotas no Fundo de Arrendamento

Leia mais

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade Soluções em Eficiência Energética e Energia Renovável Aplicáveis a Edificações Residenciais e Comerciais de Pernambuco Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA PREENCHIMENTO DA PROPOSTA DE PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA PREENCHIMENTO DA PROPOSTA DE PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA CARTILHA DE ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA PREENCHIMENTO DA PROPOSTA DE PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Prezado Técnico / Gestor Municipal, Entre os dias 30/11 e 30/12/11 estarão abertas no sitio

Leia mais

O Feirão DA SUA CASA.

O Feirão DA SUA CASA. O Feirão DA SUA CASA. Tudo o que você queria saber sobre o financiamento da CAIXA para comprar, construir ou reformar sua casa. E tudo sobre o Programa Minha Casa Minha Vida para quem ganha até R$ 4.900,00.

Leia mais

MUNICÍPIO DE POSSE GO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 001/2013

MUNICÍPIO DE POSSE GO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 001/2013 MUNICÍPIO DE POSSE GO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N. 001/2013 SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA

Leia mais

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Heber Xavier Ferreira Coordenador do COPLAN/ALTO VALE

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Heber Xavier Ferreira Coordenador do COPLAN/ALTO VALE RESOLUÇÃO COPLAN Nº 001/2012 O Coordenador do COPLAN/ALTO VALE, no exercício de suas atribuições e, atendendo a deliberação ocorrida na reunião ordinária do dia 07/12/2011, resolve: Art. 1º Fica aprovado,

Leia mais

PROGRAMAS HABITACIONAIS DESENVOLVIMENTO PARA OS MUNICIPIOS. Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para Alagoas

PROGRAMAS HABITACIONAIS DESENVOLVIMENTO PARA OS MUNICIPIOS. Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para Alagoas Superintendência Regional Alagoas PROGRAMAS HABITACIONAIS DESENVOLVIMENTO PARA OS MUNICIPIOS Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para Alagoas ALTERNATIVAS DE SOLUÇÕES PARA

Leia mais

Uma Parceria do Governo do Estado do ES com o Governo Federal e Municípios Capixabas

Uma Parceria do Governo do Estado do ES com o Governo Federal e Municípios Capixabas Uma Parceria do Governo do Estado do ES com o Governo Federal e Municípios Capixabas O maior Programa Habitacional da História do Espírito Santo Mais de R$ 800 Milhões de Investimentos em Habitação Os

Leia mais

Produtos Bancários CAIXA

Produtos Bancários CAIXA Produtos Bancários CAIXA Item 1- Programa Minha Casa Minha Vida Programa do Governo Federal, lançado em abril de 2009. Gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela CAIXA. Produtos Bancários

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2013

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2013 Programa 2049 - Moradia Digna 00AF - Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento Residencial - FAR Número de Ações 13 Esfera: 10 - Orçamento Fiscal Função: 28 - Encargos Especiais Subfunção: 845 -

Leia mais

SECOVI MINHA CASA, MINHA VIDA

SECOVI MINHA CASA, MINHA VIDA SECOVI MINHA CASA, MINHA VIDA Miriam Belchior Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão São Paulo, 15 de julho de 2013 NOVOS MOTORES DO CRESCIMENTO Modelo brasileiro diversificou as fontes de crescimento

Leia mais

Edifício Grande Maison. Fachadas Frontal e Esquerda

Edifício Grande Maison. Fachadas Frontal e Esquerda Fachadas Frontal e Esquerda 2 Ficha Técnica Nome do empreendimento: Edifício Grande Maison Número total de pavimentos: 6 Área total do empreendimento: 0.783,90m² Área de lazer: 959,75m² Número de pavimentos

Leia mais

FICHA TÉCNICA TOTAL DE UNIDADES: 122 8 APARTAMENTOS POR ANDAR 60 UNIDADES COM 2 DORMITÓRIOS 1 SUÍTE : 64M² 62 UNIDADES COM 3 DORMITÓRIOS 1 SUÍTE: 69M²

FICHA TÉCNICA TOTAL DE UNIDADES: 122 8 APARTAMENTOS POR ANDAR 60 UNIDADES COM 2 DORMITÓRIOS 1 SUÍTE : 64M² 62 UNIDADES COM 3 DORMITÓRIOS 1 SUÍTE: 69M² FICHA TÉCNICA INCORPORAÇÃO: EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S/A CONSTRUÇÃO: EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S/A PROJETO DE ARQUITETURA: JONAS BIRGER ARQUITETURA ENDEREÇO: RUA CEL. FRANCISCO JÚLIO CÉSAR

Leia mais

CUB e Preço de Venda

CUB e Preço de Venda CUB e Preço de Venda Histórico do CUB: O CUB Custo Unitário Básico tem amparo na Lei 4.591 de 16 de dezembro de 1964, que dispõe sobre as incorporações imobiliárias. Com amparo nesta Lei, surgiu em 1965

Leia mais

Processo nº 28609/2012. ML-46/2012 Encaminha Projeto de Lei.

Processo nº 28609/2012. ML-46/2012 Encaminha Projeto de Lei. ML-46/2012 Encaminha Projeto de Lei. Senhor Presidente: São Bernardo do Campo, 11 de dezembro de 2012. PROJETO DE LEI N.º 85/12 PROTOCOLO GERAL N.º 8.147/12 Encaminhamos a Vossa Excelência, para apreciação

Leia mais

Projeto Arquitetônico: AUTOR: Arq. Lilian Camargo Ferreira de Godoy CREA GO 1352/D

Projeto Arquitetônico: AUTOR: Arq. Lilian Camargo Ferreira de Godoy CREA GO 1352/D MEMORIAL DESCRITIVO INFORMAÇÕES GERAIS Nome do empreendimento: Residencial Jardim das Tulipas Incorporação: SC Parque Oeste Industrial Residence SPE LTDA. Realização e Construção: SERCA CONSTRUTORA LTDA.

Leia mais

HISTÓRIA DO BAIRRO. Vila Prudente é um distrito da cidade de São Paulo, SP, Brasil. Localiza-se na zona sudeste da cidade

HISTÓRIA DO BAIRRO. Vila Prudente é um distrito da cidade de São Paulo, SP, Brasil. Localiza-se na zona sudeste da cidade LOCALIZAÇÃO HISTÓRIA DO BAIRRO Vila Prudente é um distrito da cidade de São Paulo, SP, Brasil. Localiza-se na zona sudeste da cidade A Vila Prudente é um bairro em constante renovação, que está ficando

Leia mais

Ministério das Cidades. PORTARIA No- 325, DE 7 DE JULHO DE 2011

Ministério das Cidades. PORTARIA No- 325, DE 7 DE JULHO DE 2011 Ministério das Cidades PORTARIA No- 325, DE 7 DE JULHO DE 2011 Dispõe sobre as diretrizes gerais para aquisição e alienação de imóveis por meio da transferência de recursos ao Fundo de Arrendamento Residencial

Leia mais

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02

P R E F E I T U R A D E G A S P A R CNPJ 83.102.244/0001-02 Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL INTERESSADA NA PRODUÇÃO DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. O MUNICÍPIO

Leia mais

Seminário de Tecnologia da Construção & Arquitetura

Seminário de Tecnologia da Construção & Arquitetura CONCURSO PÚBLICO DE ESTUDANTES BAHIA: PROJETO DE EDIFICAÇÃO PARA O PMCMV - SELO CASA AZUL TECNOLOGIAS DA CONSTRUÇÃO E ARQUITETURA TERMO DE REFERÊNCIA Agosto 2014 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETO 2.1 Terreno

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA AQUISIÇÃO DE IMÓVEL RESIDENCIAL Nota: Os documentos abaixo relacionados deverão ser apresentados na forma original ou por cópia autenticada em cartório. DOCUMENTOS DO COMPRADOR

Leia mais

"ANEXO I PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA RECURSOS DO FAR DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE UNIDADES HABITACIONAIS

ANEXO I PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO URBANA RECURSOS DO FAR DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE UNIDADES HABITACIONAIS PORTARIA N 518, DE 8 DE NOVEMBRO DE 2013, (D.O.U. DE 11.11.2013) Dá nova redação à Portaria nº 168, de 12 de abril de 2013, do Ministério das Cidades, que dispõe sobre as diretrizes gerais para aquisição,

Leia mais

MINHA CASA MINHA VIDA ENTIDADES: A AUTOGESTÃO COLETIVA NA PRODUÇÃO DA MORADIA POPULAR

MINHA CASA MINHA VIDA ENTIDADES: A AUTOGESTÃO COLETIVA NA PRODUÇÃO DA MORADIA POPULAR MINHA CASA MINHA VIDA ENTIDADES: A AUTOGESTÃO COLETIVA NA PRODUÇÃO DA MORADIA POPULAR Evaniza Rodrigues Jul/2011 Curso de Capacitação e formação de agentes sociais, lideranças comunitárias e conselheiros(as)

Leia mais

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2013 AÇÕES INTEGRADAS DE REQUALIFICAÇÃO URBANA E SOCIOAMBIENTAL NO BAIRRO COTA 200 DO MUNICÍPIO DE CUBATÃO - SP

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2013 AÇÕES INTEGRADAS DE REQUALIFICAÇÃO URBANA E SOCIOAMBIENTAL NO BAIRRO COTA 200 DO MUNICÍPIO DE CUBATÃO - SP SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2013 AÇÕES INTEGRADAS DE REQUALIFICAÇÃO URBANA E SOCIOAMBIENTAL NO BAIRRO COTA 200 DO MUNICÍPIO DE CUBATÃO - SP ANTECEDENTES DO PROJETO ATORES Cooperação Técnica entre:

Leia mais

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL FORTALEZA. ANEXO II Memorial Descritivo

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL FORTALEZA. ANEXO II Memorial Descritivo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL FORTALEZA ANEXO II Memorial Descritivo 1. DESCRIÇÃO GERAL DO EMPREENDIMENTO. O Empreendimento, comercializado sob Condomínio Residencial Viva Bem, é composto por 04 (quatro) blocos,

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 012/2015.

RESOLUÇÃO N. 012/2015. RESOLUÇÃO N. 012/2015. Dispõe sobre a aprovação do Programa MINHA CASA MINHA VIDA no âmbito do Município de Paulo Afonso. O Plenário do (CMD), no uso das suas competências, especialmente as previstas no

Leia mais

AULA 3. Aspectos Técnicos da Regularização Fundiária.

AULA 3. Aspectos Técnicos da Regularização Fundiária. Regularização Fundiária de Assentamentos Informais em Áreas Urbanas Disciplina: Regularização Fundiária e Plano Diretor Unidade 03 Professor(a): Laura Bueno e Pedro Monteiro AULA 3. Aspectos Técnicos da

Leia mais

AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO. Estado de São Paulo. O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos.

AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO. Estado de São Paulo. O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos. AÇÕES PARA REGULARIZAÇÃO DE IMÓVEIS NO Estado de São Paulo O que o Governo de São Paulo, o Ministério Público e a sua Prefeitura podem fazer juntos. Sumário Apresentação 5 Porque regularizar 6 Quando uma

Leia mais

RESIDENCIAL PORTAL DA PÉROLAII - HABITAÇÃO SOCIALSEGUNDO AS DIRETRIZES DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDADA EM BIRIGUI SP

RESIDENCIAL PORTAL DA PÉROLAII - HABITAÇÃO SOCIALSEGUNDO AS DIRETRIZES DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDADA EM BIRIGUI SP 411 RESIDENCIAL PORTAL DA PÉROLAII - HABITAÇÃO SOCIALSEGUNDO AS DIRETRIZES DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDADA EM BIRIGUI SP Daiane dos Santos Esquevani¹, Mayara Pissutti Albano², Sibila Corral de Arêa

Leia mais

LEI Nº 13.290, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2008

LEI Nº 13.290, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2008 LEI Nº 13.290, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2008 Dispõe sobre os emolumentos por atos praticados pelos serviços notariais e de registro, na forma que especifica O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO: Faço saber

Leia mais

MUNICÍPIOS SELECIONADOS PARA O MINHA CASA MINHA VIDA - SUB 50 PRÉ-REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA SIMPLIFICADO RECURSO PRÓPRIO RECURSO FNHIS

MUNICÍPIOS SELECIONADOS PARA O MINHA CASA MINHA VIDA - SUB 50 PRÉ-REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA SIMPLIFICADO RECURSO PRÓPRIO RECURSO FNHIS MUNICÍPIOS SELECIONADOS PARA O MINHA CASA MINHA VIDA - SUB 50 PRÉ-REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA PRÉ-REQUISITOS FUNDO MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL E CONSELHO GESTOR PRAZOS MUNICÍPIOS

Leia mais

O Prefeito Municipal de Iturama, faço saber que o Poder Legislativo Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

O Prefeito Municipal de Iturama, faço saber que o Poder Legislativo Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei: PROJETO DE LEI N O. 74, DE 26 DE SETEMBRO DE 2011. Autoriza o Poder Executivo Municipal a doar áreas de terras de sua propriedade ao Fundo de Arrendam ento Residencial FAR, adm inistrado pela Caixa Econôm

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2015

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2015 Programa 2049 - Moradia Digna 00AF - Integralização de Cotas ao Fundo de Arrendamento Residencial - FAR Número de Ações 60 Esfera: 10 - Orçamento Fiscal Função: 28 - Encargos Especiais Subfunção: 845 -

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES Reunião Presencial com Municípios do Grupo 3

PERGUNTAS FREQUENTES Reunião Presencial com Municípios do Grupo 3 PERGUNTAS FREQUENTES Reunião Presencial com Municípios do Grupo 3 PERGUNTAS FREQUENTES 1. Quanto será a contrapartida mínima dos municípios? R: A contrapartida de OGU será zero. 2. Haverá liberação de

Leia mais

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015

CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 CONCESSÃO DE VIABILIDADE TÉCNICA PARA NOVOS EMPREENDIMENTOS ENG.006.03.2015 OBJETIVO Estabelecer as regras e procedimentos para concessão de viabilidade técnica, aprovação de projetos e acompanhamento

Leia mais

Minha casa minha vida

Minha casa minha vida Minha casa minha vida Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para o Brasil Construir um milhão de casas A meta é ambiciosa: construir um milhão de habitações, priorizando

Leia mais

Programa Minha Casa, Minha Vida Relação de Documentos PNHR

Programa Minha Casa, Minha Vida Relação de Documentos PNHR A documentação descrita abaixo, orienta quanto aos documentos exigidos para o cadastro de Pessoas Físicas (PF) e Pessoas Jurídicas (PJ) de direito público ou privado. Dessa forma, objetivamos assegurar

Leia mais

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE

RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE RESIDENCIAL MIRANTE DO PARQUE 1 Estrutura Acabamento externo SUMÁRIO DO PROJETO TORRE 5: 100% executado 95% executado - Revestimento fachada; - 100% concluído - Aplicação de textura; - 95% concluído -

Leia mais

Minha casa minha vida

Minha casa minha vida Minha casa minha vida Moradia para as famílias Renda para os trabalhadores Desenvolvimento para o Brasil Construir um milhão de casas A meta é ambiciosa: construir um milhão de habitações, priorizando

Leia mais

INSS NA CONSTRUÇÃO CIVIL CND DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

INSS NA CONSTRUÇÃO CIVIL CND DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL INSS NA CONSTRUÇÃO CIVIL CND DE OBRAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL Martelene Carvalhaes EXIGIBILIDADE DA CND A CND Certidão Negativa de Débito relativa às contribuições previdenciárias, será exigida: Pela autoridade

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes Índice 01. Incorporação Imobiliária...3 02. Contrato...4 03. Pagamento e Boletos...5 04. Financiamento...6 05. Distrato e Transferência...8 06. Documentações...9 07. Instalação

Leia mais

LOCALIZAÇÃO. mapa ilustrativo sem escala.

LOCALIZAÇÃO. mapa ilustrativo sem escala. LOCALIZAÇÃO mapa ilustrativo sem escala. Informações Gerais Incorporação Mikatys Vendas Remax CIA e Ello Imóveis Projeto de arquitetura Flávio Regis Número de casas 320 Número de garagens para visitantes

Leia mais

Tributação, Industrialização e Inovação Tecnológica

Tributação, Industrialização e Inovação Tecnológica 16 de junho de 2014 4 de Dezembro de 2013 1 Escopo: Análise da evolução da produtividade na construção, dos ganhos que a adoção de processos construtivos industrializados pode trazer e da distorção que

Leia mais

file://///192.168.0.100/clientes/sinduscon/cub/outubro_2007.htm

file://///192.168.0.100/clientes/sinduscon/cub/outubro_2007.htm 1 of 5 19/12/2013 09:54 CUB 2006 (NBR 12.721:2006) CUSTOS UNITÁRIOS DA CONSTRUÇÃO VALE DO PIRANGA OUTUBRO DE 2007 Estes Custos Unitários foram calculados conforme disposto na ABNT NBR 12.721:2006, em cumprimento

Leia mais

MEMORIAL DE INCORPORAÇÃO

MEMORIAL DE INCORPORAÇÃO MEMORIAL DE INCORPORAÇÃO EDIFÍCIO F17 RUA FIDALGA Nº 787 I - Localização do Terreno Rua Fidalga, onde existiam os prédios n s 775, 779, 783, 787 e 793, demolidos conforme Alvarás de Execuções de Demolições

Leia mais

PERSPECTIVA DO CONDOMÍNIO -

PERSPECTIVA DO CONDOMÍNIO - PERSPECTIVA DO CONDOMÍNIO - Imagens meramente ilustrativas Página 2 DADOS DO PROJETO - NOME COMERCIAL: DESCRIÇÃO: ENDEREÇO: Recanto do Outeiro Condomínio Residencial de 16 casas sobradas com jardim privativo

Leia mais

O Povo de Florianópolis, por seus representantes, aprova e eu sanciono a seguinte Lei:

O Povo de Florianópolis, por seus representantes, aprova e eu sanciono a seguinte Lei: LEI MUNICIPAL Nº 7692, de 21 de agosto de 2008. DISPÕE SOBRE FINANCIAMENTOS E PROGRAMAS HABITACIONAIS DE INTERESSE SOCIAL, ESTABELECE NORMAS DE CONCESSÃO DE SUBSÍDIOS, REGULAMENTA AS TRANSAÇÕES COM MORADIAS

Leia mais

ÁREAS COMUNS SOCIAIS

ÁREAS COMUNS SOCIAIS MEMORIAL DESCRITIVO ÁREAS COMUNS SOCIAIS LOBBY Piso: Porcelanato da Cecrisa, Biancogrês, Pamesa, Incepa, Portobello ou granito polido Parede: Tinta acrílica sobre massa corrida RECEPÇÃO Piso: Porcelanato

Leia mais

IDEAL PARA VIVER OU INVESTIR. www.pauloferes.com.br

IDEAL PARA VIVER OU INVESTIR. www.pauloferes.com.br IDEAL PARA VIVER OU INVESTIR A Paulo Feres Construções é uma empresa familiar com mais de 20 anos de tradição. Desde 1984 constrói edifícios residenciais com capital próprio e conta com a mesma equipe

Leia mais

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir

CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL. Esta cartilha visa orientar e contribuir CARTILHA PARA LOCAÇÃO DE IMÓVEL Esta cartilha visa orientar e contribuir objetivamente as pessoas de um modo geral e aos nossos clientes candidatos a LOCATÁRIOS, informando o passo a passo,nahoradeselocarumimóvel.

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº2.557 0/08

LEI MUNICIPAL Nº2.557 0/08 LEI MUNICIPAL Nº2.557 0/08 INSTITUI A POLÍTICA MUNICIPAL DE HABITAÇÃO DE INTERESSE SOCIAL, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A Câmara Municipal de Caeté, Minas Gerais, aprova: Art. 1º - Fica instituída a Política

Leia mais

PROGRAMA RENOVA CENTRO SÃO PAULO E O CENTRO

PROGRAMA RENOVA CENTRO SÃO PAULO E O CENTRO PROGRAMA RENOVA CENTRO SÃO PAULO E O CENTRO SÃO PAULO E O CENTRO CENTRO -Infraestrutura parcialmente ociosa: diferença na utilização da infraestrutura instalada é de 400% entre o dia e a noite (SILVA,

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Valor Potencial de Contratação - VPC ABR/2012 Agenda 1.Conceito; 2.Fluxo; 3.Visão Geral da Implantação; 4.Prazos de Análise; 5.Pontos importantes (comentários externos afetos ao

Leia mais

Programas Minha Casa Minha Vida

Programas Minha Casa Minha Vida Programas Minha Casa Minha Vida PNHR OGU Entidades FDS 0 a 3 SM FAR PNHU FGTS 1 2 PNHR - Programa Nacional de Habitação Rural OBJETIVO Financiamento aos agricultores familiares para construção, reforma

Leia mais

ATOS DO PODER EXECUTIVO

ATOS DO PODER EXECUTIVO ATOS DO PODER EXECUTIVO Decreto nº 7.499, de 16 de junho de 2011 Regulamenta dispositivos da Lei no 11.977, de 7 de julho de 2009, que dispõe sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida, e dá outras providências.

Leia mais

A vida que só a Barra tem. O estilo que só o Barra Exclusive pode oferecer.

A vida que só a Barra tem. O estilo que só o Barra Exclusive pode oferecer. A vida que só a Barra tem. O estilo que só o Barra Exclusive pode oferecer. Fachada O Open Space da ARC com conforto e inteligência na divisão dos espaços: feito para você. Projeto de Antônio Caramelo

Leia mais

Gestão do valor: fundamentos de marketing e satisfação do cliente

Gestão do valor: fundamentos de marketing e satisfação do cliente Gestão do valor: fundamentos de marketing e satisfação do cliente Carlos T. Formoso Professor e pesquisador do NORIE - UFRGS Conceito de marketing: visão ampla Identificação das necessidades dos clientes

Leia mais