COMPONENTE CURRICULAR: CURSO: SÉRIE: CARGA HORÁRIA:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPONENTE CURRICULAR: CURSO: SÉRIE: CARGA HORÁRIA:"

Transcrição

1 COMPONENTE CURRICULAR: CURSO: SÉRIE: CARGA HORÁRIA: PLANO DA DISCIPLINA Artes Técnico Integrado em Controle Ambiental 1º Ano 67 h.r. EMENTA Estudo sobre a arte em suas linguagens, códigos e tecnologias específicas e suas influências culturais e educativas na sociedade. Fundamentos, conceitos, funções, especificidades e características das Artes Visuais, Dança, Música, Teatro e Audiovisual; Conhecimento da arte como identidade, memória e criação de um grupo. Experimentação prática das linguagens artísticas com técnicas, materiais, estilos e gêneros variados. Fruição e apreciação das manifestações artísticas locais nas diversas linguagens dentro e fora do espaço escolar. OBJETIVOS Geral: Reconhecer a arte como área de conhecimento autêntico e autônomo, respeitando o contexto sociocultural em que está inserida. Específicos: Identificar a especificidade e o papel da Arte nas várias sociedades. Apreciar a arte nas suas diversas formas de manifestação, considerando-a elemento fundamental da estrutura da sociedade. Compreender a arte no processo histórico, como fundamento da memória cultural, importante na formação do cidadão, agente integrante e participativo nesses processos. Proporcionar vivências significativas em arte, para que o aluno possa realizar produções individuais e coletivas, bem como, possibilitar a ampliação do olhar e pensar dos estudantes sobre arte e cultura, relacionadas aos problemas vivenciados em seu cotidiano. Conhecer as contribuições africanas e indígenas na produção artística brasileira e de todas as demais etnias formadoras da cultura nacional. Respeitar as diversas manifestações artísticas em suas múltiplas funções, identificando, relacionando e compreendendo a arte como fato histórico contextualizado nas diversas culturas (local e global). Atentando para a memória, a construção e as mudanças no sistema social e cultural. Conhecer a área de abrangência profissional da arte, considerando as diferentes áreas de atuação e características de trabalho inerentes a cada uma. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

2 I ARTES AUDIOVISUAIS 1. Percepção audiovisual e sensibilidade estética: Apreciação e análise de imagens e sons em produtos Audiovisuais. Análise e crítica de produtos Audiovisuais Contemporâneos; Análise e crítica de obras de artes audiovisuais contemporâneas produzidas na Paraíba; Aproximação através de visitas, palestras e workshops com artistas paraibanos contemporâneos, estimulando a criação e produção artística em artes visuais relacionadas com o cotidiano dos estudantes. 2. Movimentos artísticos em artes audiovisuais em diferentes épocas e diferentes culturas: Relações entre as artes audiovisuais, seu contexto na história da humanidade e a arte contemporânea. Estudo das artes audiovisuais contemporâneas; Estudo de diferentes produtos audiovisuais; 3. Elementos das artes audiovisuais: Elementos formais das obras audiovisuais Teoria das especificidades do discurso audiovisual; Estrutura da obra audiovisual; Características das obras audiovisuais Brasileiras; Glossário. 4. Expressão e Difusão em Artes Audiovisuais: Elaboração e Produção de obras Audiovisuais Elaboração de roteiros de produtos audiovisuais; Elaboração de obras de Artes Audiovisuais. A cor e a forma nas obras de arte locais e regionais. II: ARTES VISUAIS 1. Percepção visual e sensibilidade estética: Apreciação e análise de imagens e objetos artísticos. Análise e crítica de obras de artes visuais contemporâneas; Análise e crítica de obras de artes visuais contemporâneas produzidas na Paraíba. 2. Movimentos artísticos em artes visuais em diferentes épocas e diferentes culturas: Relações entre as artes visuais, seu contexto na história da humanidade e a arte contemporânea. Estudo das premissas das artes visuais contemporâneas; Confecção de álbuns e portfólios.

3 3. Elementos das artes visuais: Elementos formais da obra de artes visuais. Teoria da cor; Teoria da forma e da composição; A cor e a forma nas obras de arte locais e regionais. 4. Expressão em artes visuais: Elaboração de obras em artes visuais III: MÚSICA 1. Percepção sonora e sensibilidade estética: Os sons em fontes sonoras diversas. Produção de sons em fontes sonoras diversas; Análise e crítica de obras musicais da atualidade. 3. Fundamentos da música: Elementos formais da produção musical. Estudo das modalidades e funções da música de diferentes épocas e culturas; Conceito de Música ; Elementos da música; Propriedades do som; Iniciação ao estudo da notação musical; Claves; Figuras musicais; As notas na pauta; Iniciação a leitura musical; Coordenação motora e percussão corporal; Apreciação musical; Acompanhamento de músicas com percussão corporal; Música brasileira: um pouco da história da música brasileira, variedade de ritmos, aspectos gerais; Apreciação de música brasileira; Apreciação de repertórios variados da cultura do mundo e da música erudita a partir da compreensão dos contextos teórico-perceptivos envolvidos no conteúdo musical desenvolvimento do sentido estético. Expressão musical: Execução e interpretação musical. Improvisação e criação musical com voz e fontes sonoras diversas Execução de músicas tradicionais e da atualidade. IV: TEATRO

4 1. Percepção dramática e sensibilidade estética: Análise de produções de teatro na atualidade. Apreciação e análise de teatro contemporâneo; Análise e crítica de obras de teatro produzidas na Paraíba. 2. Movimentos artísticos em teatro em diferentes épocas e diferentes culturas: Contextualização do teatro na história da humanidade. Conhecimento da dramaturgia tradicional e contemporânea; Abrangência do teatro em diferentes períodos na história. 3. Elementos do teatro: Expressão cênica. Narrativas e ação dramática; Espaço, tempo, ritmo e movimento; 4. Expressão teatral: Expressão corporal e gestual. Improvisação e construção de personagens. Interpretação e representação de peças teatrais tradicionais e/ou criadas pelo grupo. V: DANÇA 1. Percepção gestual/corporal e sensibilidade estética: Análise de produções de dança contemporânea. Apreciação e análise de danças contemporâneas; Análise e crítica de obras de dança contemporânea produzidas na Paraíba. 2. Movimentos artísticos em dança em diferentes épocas e diferentes culturas: Contextualização da dança na história da humanidade. Estudo das premissas da dança contemporânea. METODOLOGIA DE ENSINO Aulas expositivas e dialogadas; Oficinas de trabalho; Análise e discussão de textos em sala; Audições de CD s; Exibição de filmes; Apreciação musical e/ou teatral e/ou visual - audiovisual; Rodas de conversas para estimular a reflexão e a criticidade individual e/ou coletiva; Estímulo à criatividade a partir de Composições artísticas; Verificação de aprendizagem através de exercícios teórico-práticos; Aulas expositivas: Contextualização e apresentação do conteúdo e sua relação com a vida dos estudantes; Apreciação, reflexão crítica e exposição de imagens e objetos artísticos;

5 Exploração visual de locais externos em atividades fotográficas, plásticas e audiovisuais; Visitação a espaços expositivos. Aulas práticas: Criação e execução de obras artísticas com o uso de diferentes materiais. Atividades complementares: Compartilhamento da produção artística dos estudantes através de eventos, apresentações, exposições e etc. AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO E DE APRENDIZAGEM A avaliação será processual, formativa e continua. Apresentação de obras artísticas. SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO PARA A RECUPERAÇÃO DA PRENDIZAGEM O acompanhamento para a recuperação da aprendizagem ocorrerá, nos Núcleos de Aprendizagem, por meio de atividades que possibilitem ao estudante a apreensão efetiva dos conteúdos, de acordo com o previsto na LDB e nas Normas Didáticas dos Cursos Técnicos Integrado ao Médio do IFPB (item 2.3, artigos 28 a 30). RECURSOS NECESSÁRIOS Quadro branco e pincel. Retroprojetor e transparências, TV e vídeo, Microcomputador, Laboratório de Informática, Data Show. Artes Audiovisuais BIBLIOGRAFIA AUMONT, Jacques. A estética do filme. São Paulo: Papirus, BELLONI, Maria Luiza. O que é Mídia Educação. São Paulo: Autores Associados, COMPARATO, Doc. Roteiro - Arte e Técnica de Escrever para Cinema e Televisão. Rio de Janeiro: Nórdica, MARTIN, Marcel. A Linguagem Cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, MOSCARIELO, Angelo. Como ver um Filme - Lisboa: Editorial Presença NAPOLITANDO, Marcos. Como usar o Cinema na Sala de Aula. São Paulo: Contexto, XAVIER, Ismail. O olhar e a Cena - São Paulo: Cosac & Naify / Cinemateca Brasileira, Artes Visuais ARGAN, Giulio Carlo. Arte e crítica de arte. Lisboa: Estampa, BARBOSA, Ana Mae. Tópicos utópicos. Belo Horizonte: C/ARTE, BARBOSA, Ana Mae (org). Inquietações e mudanças no ensino de arte. São Paulo: Cortez, 2002.

6 CHAVES, Diógenes. Dicionário de Artes Visuais na Paraíba. João Pessoa: Fundo Municipal de Cultura de João Pessoa/ Edições Linha d Água, 2010, 280 p. DOMINGUES, Diana (org.). Arte no século XXI: a humanização das tecnologias. São Paulo: UNESP, FARIAS, Agnaldo. Arte brasileira hoje. Publifolha, 2ª. edição PIMENTEL, Lucia Gouvêa (org.). Som, gesto, forma e cor: dimensões da Arte e seu ensino. Belo Horizonte: C/ARTE, Música ADOLFO, Antonio. Música: Leitura conceitos e exercícios. Rio de Janeiro: Lumiar. BENNETT, Roy. Forma e estrutura na música. Rio de Janeiro: Zahar, Como Ler uma partitura. Rio de Janeiro: Zahar, Elementos básicos da música. Rio de Janeiro: Zahar, BONA, Pascoal. Curso completo de divisão musical. Irmãos Vitale. CARPEAUX, Otto Maria. O Livro de Ouro da História da Música. Rio de Janeiro: Ediouro, CHEDIAK, Almir. Dicionário de acordes cifrados. São Paulo: Irmãos Vitale, LACERDA, Osvaldo. Teoria Elementar da Música. São Paulo: Ricordi Brasileira, HINDEMITH, Paul. Treinamento Elementar para Músicos. 4a. ed. Camargo Guarnieri trad. São Paulo: Ricordi Brasileira, KIEFER, Bruno. Elementos da linguagem musical. Porto Alegre: Movimento, LACERDA, Osvaldo. Regras de grafia musical. São Paulo: Irmãos Vitale, MED, Bohumil. Teoria da música MUSIMED. PAZ, Ermelinda Azevedo. 500 Canções Brasileiras. Rio de Janeiro: Luiz Bogo Editor, As Estruturas Modais na Música Folclórica Brasileira. Rio de Janeiro: Cadernos Didáticos UFRJ nº 8, 1993 (1ª, 2ª e 3ª ed.). (Indicado desde 1994 em bibliografias básicas de concursos ao Magistério Público Municipal, Estadual e Federal). O Modalismo na Música Brasileira. Brasília: Editora MusiMed, SCHAFER, R. Murray. O Ouvido Pensante. São Paulo: Universidade Estadual Paulista, A Afinação do Mundo. São Paulo: Universidade Estadual Paulista, VILLA-LOBOS, HEITOR, Solfejos Originais e Sobre Temas de Cantigas Populares para Ensino de Canto Orfeônico. Rio de Janeiro: Irmãos Vitale S/A, WILLEMS, Edgar. Solfejo: Curso Elementar. Irmãos Vitale. WISNIK, José Miguel. O Som e o Sentido. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

7 Teatro KOUDELA, Ingrid Dormien. Texto e Jogo. São Paulo: Perspectiva/FAPESP, Jogos Teatrais. São Paulo: Perspectiva, MACHADO, Maria Clara e ROSMAN, Maria. 100 Jogos Dramáticos. Rio de Janeiro: Industriais de Artes Gráficas Atlan, SPOLIN, Viola. Improvisação para o Teatro. São Paulo: Perspectiva, STANISLAVSK, Constantin. A Construção da Personagem. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, Dança GARAUDY, Roger. Dançar a Vida. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, LABAN, Rudolf. Dança educativa moderna. São Paulo: Ícone, 1990.

Conteúdo Básico Comum (CBC) de Artes do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos / 2013

Conteúdo Básico Comum (CBC) de Artes do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Exames Supletivos / 2013 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

1.1. Identificar os elementos de composição de obras de artes visuais Usar vocabulário apropriado para a análise de obras de artes visuais.

1.1. Identificar os elementos de composição de obras de artes visuais Usar vocabulário apropriado para a análise de obras de artes visuais. Conteúdo Básico Comum (CBC) em Arte do Ensino Fundamental do 6º ao 9º ano Os tópicos obrigatórios são numerados em algarismos arábicos Os tópicos complementares são numerados em algarismos romanos Eixo

Leia mais

PLANO DE ENSINO ETIM DADOS DA DISCIPLINA. Ementa

PLANO DE ENSINO ETIM DADOS DA DISCIPLINA. Ementa PLANO DE ENSINO ETIM DADOS DA DISCIPLINA Nome da Disciplina: ARTES Curso: Técnico de Nível Médio Integrado em Contabilidade Período: 1 ANO Carga Horária: 2 a/s - 80 h/a 66.67 h/r Docente Responsável: Ementa

Leia mais

ARTES CÊNICAS Cenografia: Segunda-feira 16h55 às 18h30 14 vagas Dramaturgia I: Segunda-feira 18h35 às 20h10 15 vagas Dramaturgia II:

ARTES CÊNICAS Cenografia: Segunda-feira 16h55 às 18h30 14 vagas Dramaturgia I: Segunda-feira 18h35 às 20h10 15 vagas Dramaturgia II: ARTES CÊNICAS Cenografia: A disciplina trabalhará a criação da cenografia para um espetáculo teatral. Desenvolverá os processos de análise dramatúrgica, pesquisa sobre as especificidades do texto teatral,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PROGRAD CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2017 Edital N. 69/2016 ANEXO V PROGRAMAS DAS PROVAS PARA OS CURSOS QUE EXIGEM

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICAS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS ITAJAÍ PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO Unidade Curricular:

Leia mais

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Disciplina: Artes Curso: Técnico Em Eletromecânica Integrado Ao Ensino Médio Série: 1º Carga Horária: 67 h.r Docente Responsável: EMENTA O universo da arte, numa abordagem

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME: EDUCAÇÃO FÍSICA II PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO ANO: 2º CARGA HORÁRIA: 3 A/S - 120 H/A 100 H/R DOCENTE RESPONSÁVEL: ANA

Leia mais

EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS EMENTAS E CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS 2017 SUMÁRIO 1. SOBRE O ENSINO BÁSICO DE MÚSICA... 3 2. SOBRE A ETAPA DA MUSICALIZAÇÃO INFANTIL... 3 3. SOBRE A ETAPA DA INICIAÇÃO MUSICAL... 3 4. SOBRE AS PRÁTICAS COMPLEMENTARES...

Leia mais

BIMESTRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA TEATRO PARA O ENSINO MÉDIO

BIMESTRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA TEATRO PARA O ENSINO MÉDIO BIMESTRALIZAÇÃO DA DISCIPLINA TEATRO PARA O ENSINO MÉDIO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO 1º Bimestre Para o 1º Ano do Ensino Médio, propomos o estudo do Teatro Popular Tradicional, uma modalidade de representação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE MÚSICA CURSO TÉCNICO CURSO TÉCNICO EM INSTRUMENTO / CANTO PLANO DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE MÚSICA CURSO TÉCNICO CURSO TÉCNICO EM INSTRUMENTO / CANTO PLANO DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE MÚSICA CURSO TÉCNICO CURSO TÉCNICO EM INSTRUMENTO / CANTO PLANO DE DISCIPLINA CÓDIGO COMPONENTE CURRICULAR MODALIDADE Linguagem Musical

Leia mais

ARTE EDUCAÇÃO E ARTETERAPIA NO AMBIENTE ESCOLAR MÓDULO I: OFICINA DE TEATRO

ARTE EDUCAÇÃO E ARTETERAPIA NO AMBIENTE ESCOLAR MÓDULO I: OFICINA DE TEATRO ARTE EDUCAÇÃO E ARTETERAPIA NO AMBIENTE ESCOLAR MÓDULO I: OFICINA DE TEATRO Profa. Ms. Ana Cláudia Ramos OFICINA DE TEATRO NO CONTEXTO ESCOLAR Como o teatro vem sendo concebido na escola? Qual a importância

Leia mais

Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) Instituto de Filosofia, Artes e Cultura (IFAC) Departamento de Música (DEMUS)

Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) Instituto de Filosofia, Artes e Cultura (IFAC) Departamento de Música (DEMUS) 1 Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) Instituto de Filosofia, Artes e Cultura (IFAC) Departamento de Música (DEMUS) Curso de Licenciatura em Música DISCIPLINAS ELETIVAS / EMENTAS Análise Musical

Leia mais

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE:

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: PLANO DA DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira CURSO: Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: 1º Ano CARGA HORÁRIA: 100 h.r. EMENTA Estudos de Fonética e Fonologia

Leia mais

Oficina de Teatro Ação de formação acreditada ( modalidade Curso) Conselho Científico da Formação Contínua/Acc /14

Oficina de Teatro Ação de formação acreditada ( modalidade Curso) Conselho Científico da Formação Contínua/Acc /14 Oficina de Teatro Ação de formação acreditada ( modalidade Curso) Conselho Científico da Formação Contínua/Acc- 76517/14 Duração: 25 horas presenciais Número de Créditos: 1 Destinatários: Educadores de

Leia mais

OBJETIVOS DA DISCIPLINA

OBJETIVOS DA DISCIPLINA Faculdades Integradas Teresa D Ávila Lorena - SP Curso Educação Artística Habilitação Artes Plásticas Disciplina: Análise e Expressão do Som Ano letivo 2010 Série 2 Carga Horária 72 Professor(a) José Paulo

Leia mais

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral:

PLANEJAMENTO Julho. Professor (a): Janete Neusa Perin NOME DO LIVRO: Objetivo geral: PLANEJAMENTO Julho NOME DO LIVRO: Estratégias de outras áreas do conhecimento A BRUXA SALOMÉ Leitura e escrita; Oralidade; Dias da Semana; Rimas. -Desenvolver o gosto pela leitura, valorizando a como fonte

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD

PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD Professor-Carlos Juscimar de Souza Série: 1º Turma:D Período:NOTURNO Ano: 2014 ESTRUTURANTE: ESPECÍFICO: Objetivo/Justificativa Metodologia Critério de. História Conhecer, contextualizar e da Arte: desenvolver

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE MÚSICA CURSO TÉCNICO CURSO TÉCNICO EM INSTRUMENTO / CANTO PLANO DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE MÚSICA CURSO TÉCNICO CURSO TÉCNICO EM INSTRUMENTO / CANTO PLANO DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA ARTE ESCOLA DE MÚSICA CURSO TÉCNICO CURSO TÉCNICO EM INSTRUMENTO / CANTO PLANO DE DISCIPLINA CÓDIGO COMPONENTE CURRICULAR MODALIDADE Linguagem Musical

Leia mais

Crescer. Junt0s. Orientac0es curriculares. Teatro. Realização

Crescer. Junt0s. Orientac0es curriculares. Teatro. Realização Crescer Junt0s Orientac0es curriculares ~ ~ Teatro Realização Crescer Junt0s ~ Orientac0es curriculares ~ Governador do Estado de Goiás Marconi Ferreira Perillo Júnior Secretária de Estado da Educação,

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino

Universidade Federal de Minas Gerais Colégio Técnico Plano de Ensino Disciplina: Carga horária total: Universidade Federal de Minas Gerais Plano de Ensino Artes Ano: 2015 66,67 horas Curso: Todos Regime: Anual Série: 1º ano Observação: Carga Horária Semanal Total Teórica:

Leia mais

Disciplina: Teatro - Iniciantes

Disciplina: Teatro - Iniciantes Teatro - Iniciantes Disciplina: Teatro - Iniciantes Tema Transversal: Cultivar e guardar a Criação PLANEJAMENTO ANUAL 2017 Disciplina: Teatro - Iniciantes Ano: 4º, 5º e 6º EF Dia da aula: Segunda-feira

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DAN261 Folclore e Danças Brasileiras III

Programa Analítico de Disciplina DAN261 Folclore e Danças Brasileiras III Catálogo de Graduação 016 da UFV 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Artes e Humanidades - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: Teóricas Práticas Total Duração

Leia mais

Programa Analítico de Disciplina DAN161 Folclore e Danças Brasileiras I

Programa Analítico de Disciplina DAN161 Folclore e Danças Brasileiras I 0 Programa Analítico de Disciplina Departamento de Artes e Humanidades - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Número de créditos: 4 Teóricas Práticas Total Duração em semanas: 15 Carga horária semanal

Leia mais

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME: LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA III CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO AO

PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME: LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA III CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO AO PLANO DE DISCIPLINA DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR NOME: LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA BRASILEIRA III CURSO: TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES INTEGRADO AO ENSINO MÉDIO SÉRIE: 3º ANO CARGA HORÁRIA: 3 A/S - 120 H/A

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE

FACULDADE SETE DE SETEMBRO FASETE PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Licenciatura em Educação Física Disciplina: Teoria e Metodologia do Lazer e Recreação Professora: Mônica Mª Vieira Lima Barbosa e-mail: monica.barbosa@fasete.edu.br

Leia mais

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO:

MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PIBID- Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR LAÉRCIO FERNANDES NÍVEL DE ENSINO: Ensino Fundamental I- TURMA: 3º

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE PELOTAS SECRETARIA DE CULTURA EDITAL 010/2017 PROGRAMA MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA PROCULTURA ANEXO I

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICÍPIO DE PELOTAS SECRETARIA DE CULTURA EDITAL 010/2017 PROGRAMA MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA PROCULTURA ANEXO I EDITAL 010/2017 PROGRAMA MUNICIPAL DE INCENTIVO À CULTURA PROCULTURA ANEXO I DOCUMENTOS DE ACORDO COM A ÁREA EM QUE SE ENQUADRA SEU PROJETO SÃO ACEITAS AS EXTENSÕES DE ARQUIVO: AVI, MP3, MP4, PDF, JPG

Leia mais

Currículo Referência em Teatro 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos

Currículo Referência em Teatro 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos Bimestre Currículo Referência em Teatro 6º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL 1º. Bimestre 2º. Bimestre no teatro de formas animadas; manipular (experimentar) os múltiplos elementos da linguagem teatral por meio

Leia mais

PLANO DE ENSINO MÚSICA 2013

PLANO DE ENSINO MÚSICA 2013 PLANO DE ENSINO MÚSICA 2013 1. APRESENTAÇÃO A música está presente em todas as culturas, nos diferentes períodos históricos da humanidade e suas formas de organização se constituem em cada contexto específico.

Leia mais

Prova Específica de Música do Concurso Vestibular 2015 Música Popular Canto e instrumentos musicais

Prova Específica de Música do Concurso Vestibular 2015 Música Popular Canto e instrumentos musicais Prova Específica de Música do Concurso Vestibular 2015 Música Popular Canto e instrumentos musicais I. INFORMAÇÕES COMUNS A TODAS AS PROVAS A Prova de Habilitação Específica para o Curso de Graduação em

Leia mais

Currículo da Oferta de Escola Música

Currículo da Oferta de Escola Música Departamento de Expressões Currículo da Oferta de Escola Música Competências Específicas As competências específicas a desenvolver na disciplina de Música são aqui apresentadas em torno de quatro grandes

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 055/2005-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 055/2005-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 055/2005-COU/UNICENTRO ESTA RESOLUÇÃO ESTÁ REVOGADA PELA RESOLUÇÃO Nº 23/2009-COU/ UNICENTRO. Aprova o Currículo do Curso de Graduação em Arte-Educação da UNICENTRO, Campus Universitário de

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Licenciatura Plena em Educação Artística. Ênfase

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso Licenciatura Plena em Educação Artística. Ênfase Curso 1404 - Licenciatura Plena em Educação Artística Ênfase Identificação Disciplina 0003320A - Antropologia das Culturas Populares Docente(s) Rosa Maria Araujo Simões Unidade Faculdade de Arquitetura,

Leia mais

Instituto Federal de Goiás Câmpus Aparecida de Goiânia Licenciatura em Dança. Matriz Curricular

Instituto Federal de Goiás Câmpus Aparecida de Goiânia Licenciatura em Dança. Matriz Curricular ! Instituto Federal de Goiás Câmpus Aparecida de Goiânia Licenciatura em Dança Matriz Curricular NÚCLEO COMUM Horas 01 Filosofia da Educação 54h 02 História da Educação 54h 03 Sociologia da Educação 54h

Leia mais

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS º PERÍODO CURSO: PEDAGOGIA EMENTAS - 2016.1 1º PERÍODO DISCIPLINA: HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO Estudo da história geral da Educação e da Pedagogia, enfatizando a educação brasileira. Políticas ao longo da história engendradas

Leia mais

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE:

Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: PLANO DA DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Língua Portuguesa e Literatura Brasileira CURSO: Técnico Integrado em Controle Ambiental SÉRIE: 2º Ano CARGA HORÁRIA: 100 h.r. EMENTA Aspectos morfológicos e

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1102D - Comunicação Social: Radialismo. Ênfase. Disciplina A - Roteiros para Televisão

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de Bauru. Curso 1102D - Comunicação Social: Radialismo. Ênfase. Disciplina A - Roteiros para Televisão Curso 1102D - Comunicação Social: Radialismo Ênfase Identificação Disciplina 0003119A - Roteiros para Televisão Docente(s) Marcos Américo Unidade Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação Departamento

Leia mais

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO História

PROPOSTA CURRICULAR PARA O 2º SEGMENTO História PREFEITURA MUNICIPAL DE IPATINGA ESTADO DE MINAS GERAIS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO/SEÇÃO DE ENSINO NÃO FORMAL CENFOP Centro de Formação Pedagógica PROPOSTA CURRICULAR PARA

Leia mais

Composição do material

Composição do material BURITI MIRIM Composição do material O material do aluno no Projeto Buriti Mirim é composto de: Livro-texto: organizado com temas interessantes e desafiadores para as crianças. Possibilita uma vivência

Leia mais

Em busca da Felicidade E.E. Profª Irene Ribeiro

Em busca da Felicidade E.E. Profª Irene Ribeiro Em busca da Felicidade E.E. Profª Irene Ribeiro Professor(es) Apresentador(es): Tatiana Yukie Nakamoto Elenice Fernandes Realização: Foco do Projeto A cultura circense foi trazida para o contexto escolar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012 ENSINO MÉDIO

Plano de Trabalho Docente 2012 ENSINO MÉDIO Plano de Trabalho Docente 2012 ENSINO MÉDIO ETEC Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça SP Área de conhecimento: Linguagens e suas Tecnologias Componente Curricular: Artes Série: 1º Ensino

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES Infantil ao 5º ANO MÚSICA

ENSINO FUNDAMENTAL. DIRETRIZES CURRICULARES Infantil ao 5º ANO MÚSICA CENTRO EDUCACIONAL CHARLES DARWIN ENSINO FUNDAMENTAL 2013 DIRETRIZES CURRICULARES Infantil ao 5º ANO MÚSICA OBJETIVOS GERAIS Explorar e identificar elementos da música para se expressar e interagir com

Leia mais

Atividades rítmicas e expressão corporal

Atividades rítmicas e expressão corporal Atividades rítmicas e expressão corporal LADAINHAS CANTIGAS BRINQUEDOS CANTADOS FOLCLORE MOVIMENTOS COMBINADOS DE RÍTMOS DIFERENTES RODAS Estas atividades estão relacionados com o folclore brasileiro,

Leia mais

Currículo Referência em Dança Ensino Médio

Currículo Referência em Dança Ensino Médio Currículo Referência em Dança Ensino Médio 1º ANO - ENSINO MÉDIO Objetivos Conteúdos Expectativas Sugestão de Atividades - Conhecer a área de abrangência profissional da arte/dança e suas características;

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL

PLANEJAMENTO ANUAL Teatro Iniciantes Coordenadora de Área: Ana Loureiro Quarta-feira Série/Ensino: 4ª, 5ª e 6ª séries Data: 01/03/11 Professor: Marcelo Oliveira Área: DEFA Disciplina: Teatro INTENÇÃO FORMADORA DA ÁREA: PLANEJAMENTO

Leia mais

* Rio de Janeiro

* Rio de Janeiro * 25-12-1949 Rio de Janeiro Formação e Atuação Formação em Pedagogia, Licenciatura em Música e Piano na Faculdade Católica de Filosofia, Faculdade de Educação e Escola de Música e Artes Cênicas da UFBA,

Leia mais

Prova Específica de Música do Concurso Vestibular 2015 Regência Coral

Prova Específica de Música do Concurso Vestibular 2015 Regência Coral Prova Específica de Música do Concurso Vestibular 2015 Regência Coral I. INFORMAÇÕES COMUNS A TODAS AS PROVAS A Prova de Habilitação Específica para o Curso de Graduação em Música da Universidade Federal

Leia mais

MINISTERIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR

MINISTERIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CONSELHO SUPERIOR Nome: FILOSOFIA/SOCIOLOGIA II INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA -CAMPUS CATOLÉ DO ROCHA Curso: Técnico Integrado em Edificações Série: 2ª Carga Horária: 67 h.r Docente Responsável:

Leia mais

ANEXO III DA ENTREVISTA ITEGO BASILEU FRANÇA

ANEXO III DA ENTREVISTA ITEGO BASILEU FRANÇA ANEXO III DA ENTREVISTA ITEGO BASILEU FRANÇA CÓD. Cargo Modalidade/Tema 200 Arquivista Avaliação prática: Digitalizar um trecho de uma obra sinfônica no programa Finale. 201 Assistente de comunicação Entrevista

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Curso: Pedagogia. Disciplina: Teoria e Planejamento Curricular I. Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 5º

PLANO DE ENSINO. Curso: Pedagogia. Disciplina: Teoria e Planejamento Curricular I. Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 5º PLANO DE ENSINO 2016 Curso: Pedagogia Disciplina: Teoria e Planejamento Curricular I Carga Horária Semestral: 40 horas Semestre do Curso: 5º 1 - Ementa (sumário, resumo) Currículo: fundamentos e concepções.

Leia mais

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) Currículo dos Cursos (por estrutura)

Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) Currículo dos Cursos (por estrutura) Ano do Currículo/Versão: 20/1 - Resolução UNIRIO Nº 4.150, DE 09 DE JULHO DE 2013 Exigida Máxima Créditos Exigidos Créditos Máximo Hora: 1:15 Estrutura Curricular: Créditos Mínimo : Mínima : 540 1.EIXO

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática FORMA/GRAU: ( ) integrado ( ) subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):_marcia Oliveira Disciplina:_Arte Ano: 6º_A Período: º bimestre METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS

PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):_marcia Oliveira Disciplina:_Arte Ano: 6º_A Período: º bimestre METODOLÓGICO E RECURSOS DIDÁTICOS PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professor (a):_marcia Oliveira Disciplina:_Arte Ano: 6º_A Período: 2014 1º bimestre ESTRUTURANTES CONTEÚDO BÁSICO ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA ENCAMINHAMENTO METODOLÓGICO E

Leia mais

GESTÃO DE CONTEÚDOS 2017/2018

GESTÃO DE CONTEÚDOS 2017/2018 GESTÃO DE CONTEÚDOS 2017/2018 Ensino Básico 1.º Ciclo EXPRESSÕES ARTÍSTICAS 3.º ANO Domínios Subdomínios Conteúdos programáticos Nº Tempos previstos (Horas) Modelagem e escultura. Construções. - Estimular

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE Ensino Fundamental Ano letivo

PLANO DE TRABALHO DOCENTE Ensino Fundamental Ano letivo Colégio Estadual Jardim Gisele Ensino Fundamental e Médio PLANO DE TRABALHO DOCENTE Ensino Fundamental Ano letivo - 2015 DISCIPLINA: ARTE Os conteúdos curriculares relacionados às Leis: 11.769/08 Música;

Leia mais

PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA. Ano letivo 2016/2017

PLANIFICAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ANIMAÇÃO E DE APOIO À FAMILIA. Ano letivo 2016/2017 Ano letivo 2016/2017 ATIVIDADE DE EXPRESSÃO MOTORA 1º/2º/3º Período Deslocamentos e - Desenvolver a coordenação - Realização de corrida e transposição de obstáculos; Participação e equilíbrios motora global

Leia mais

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO

CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CURSO DE ARTES CÊNICAS 2007/2 BACHARELADO EM INTERPRETAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS PRÉ-REQUISITO CR CHS AULAS PR ART501 Jogos Teatrais I - 3 60 2 2 1º ART503 Expressão Vocal I - 3 60 2 2 1º ART507

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA. Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA. Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de , DOU de CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM DESIGN DE MODA Autorizado pela Portaria MEC nº 433 de 21.10.11, DOU de 24.10.11 Componente Curricular: Processos Criativos Código: CH Total: 30T 30P Pré-requisito: História

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ARTES VISUAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ARTES VISUAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ARTES VISUAIS Disciplina: Teorias da Imagem e Cultura Visual Curso: Artes Visuais Bacharelado Período: 5º Ano: 01/2016 CHA: 32 Código: Professora: Carla de Abreu

Leia mais

CURSO: MÚSICA LICENCIATURA EMENTAS º PERÍODO

CURSO: MÚSICA LICENCIATURA EMENTAS º PERÍODO CURSO: MÚSICA LICENCIATURA EMENTAS - 2016.2 2º PERÍODO DISCIPLINA: LINGUAGEM E ESTRUTURAÇÃO MUSICAL II Teoria e Percepção Musical II. Desenvolvimento da leitura musical em quatro claves de referência:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Ano Letivo / Semestre: 2012/2 Carga Horária: 60 Créditos Teóricos: 30 Créditos Práticos: 30

PLANO DE ENSINO. Ano Letivo / Semestre: 2012/2 Carga Horária: 60 Créditos Teóricos: 30 Créditos Práticos: 30 .3 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Campus: São Borja Curso: Comunicação Social Relações Públicas Componente

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS GONÇALO SAMPAIO ESCOLA E.B. 2, 3 PROFESSOR GONÇALO SAMPAIO DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES EDUCAÇÃO MUSICAL PLANIFICAÇÃO ANUAL 6º ANO 2016/2017 Metas Conceitos Conteúdos Objetivos Avaliação

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes Comunicação das Artes do Corpo

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes Comunicação das Artes do Corpo Deliberação nº 36/2011, publicada em 28 de junho de 2011. Matriz Curricular - ingressantes a partir de 2011 1 Artes do Corpo: os fundamentos na história da Arte Corpo e Voz Anatomia Corpo na Cultura -

Leia mais

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR

PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR PLANO DE ENSINO DADOS DO COMPONENTE CURRICULAR Nome: Educação Física Curso: Técnico em Meio Ambiente Integrado ao Ensino Médio Série: 1º, 2º, 3º Ano Carga Horária: 80h/a (67/H) Docente Responsável: EMENTA

Leia mais

ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS E RECURSOS DIDÁTICOS

ENCAMINHAMENTOS METODOLÓGICOS E RECURSOS DIDÁTICOS , PLANO DE TRABALHO DOCENTE 2014 DISCIPLINA: EDUCAÇÃO FÍSICA SÉRIE: 2ºB ano BIMESTRE: 1º PROFESSORA: SELMA MARIA DE MELLO DE SOUZA FREIRE CONTEÚDO ESTRUTURAN TE CONTEÚDOS ESPECÍFICOS JUSTIFICATIVA/ OBJETIVOS

Leia mais

Resolução 031/93 - CONSUNI (Alterada pelas Resoluções 041/94 - CONSUNI e 015/96 - CONSEPE)

Resolução 031/93 - CONSUNI (Alterada pelas Resoluções 041/94 - CONSUNI e 015/96 - CONSEPE) Resolução 031/93 - CONSUNI (Alterada pelas Resoluções 041/94 - CONSUNI e 015/96 - CONSEPE) Cria o curso de Música - Bacharelado -, com as opções "Instrumento: Piano" e "Instrumento: Violino", a ser oferecido

Leia mais

PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR

PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR ! UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS, AMBIENTAIS E BIOLÓGICAS COORDENAÇÃO ACADÊMICA FORMULÁ RIO R0092 PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR COMPONENTE CURRICULAR CÓDIGO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS

PROGRAMAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS LIVRO DO PROFESSOR ARTE CONCEPÇÃO DE ENSINO PROGRAMAÇÃO ANUAL DE CONTEÚDOS É importante esclarecer que alguns conteúdos serão trabalhados em todos os volumes, variando a forma e a intencionalidade do trabalho,

Leia mais

Música faz bem! BOA PROVA

Música faz bem! BOA PROVA Prova de Habilidade Específica em Música PROVA DE APTIDÃO CURSO MÚSICA LICENCIATURA 1. Todos os candidatos deverão se submeter à entrevista, ao teste escrito e oral, bem como escrever seu histórico musical.

Leia mais

Heitor Villa-Lobos ( ) Prof. Rafael Rodrigues da Silva

Heitor Villa-Lobos ( ) Prof. Rafael Rodrigues da Silva Heitor Villa-Lobos (1887-1959) Prof. Rafael Rodrigues da Silva Canto Orfeônico 1931 - a aula de música passa a ser obrigatória em todos os níveis. Até então, só era prescrita no nível primário (menos de

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada em. Desenho Artístico. na modalidade presencial. 30h (40h/a)

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada em. Desenho Artístico. na modalidade presencial. 30h (40h/a) Projeto Pedagógico do Curso de Formação Inicial e Continuada em Desenho Artístico na modalidade presencial 30h (40h/a) 1. Dados gerais do curso Nome do curso Eixo tecnológico Características do curso Número

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL. Ensino Médio Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO GERAL Ensino Médio Etec Etec: Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã/SP Área de conhecimento: Ciências da Natureza Componente Curricular: Biologia

Leia mais

1.1-EIXO CÊNICO - DRAMATÚRGICO

1.1-EIXO CÊNICO - DRAMATÚRGICO 1.1-EIXO CÊNICO - DRAMATÚRGICO ACG0007 - FUNDAMENTOS EM CENOGRAFIA E INDUMENTARIA ACG0011 - CENOGRAFIA I - CEN I BLOCO 1 Disciplina Vencida ACG0031 - INDUMENTÁRIA VI - IND VI BLOCO 1 Disciplina Vencida

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ARTES LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS MARIA MARGARETE PEREIRA GALVÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ARTES LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS MARIA MARGARETE PEREIRA GALVÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ARTES LICENCIATURA EM ARTES VISUAIS MARIA MARGARETE PEREIRA GALVÃO PRÁTICA DE ENSINO DE ARTES NO ENSINO MÉDIO VITÓRIA 2008 MARIA MARGARETE PEREIRA GALVÃO

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Ciências Humanas Componente Curricular: Sociologia Série: 2º Eixo Tecnológico:

Leia mais

HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre

HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre HORÁRIO DAS OFICINAS DO SEMINÁRIO DE MÚSICA Semestre 2017.2 APRECIAÇÃO MUSICAL OFICINA DE APRECIAÇÃO MUSICAL - A PARTIR DE 18 ANOS Análise de literatura musical e análise de instrumentos (seus timbres,

Leia mais

NORMAS PARA INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR

NORMAS PARA INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR NORMAS PARA INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR Cursos de Educação Artística Licenciatura com Habilitação em Música, Música Bacharelado com Habilitação em Instrumento e Música Bacharelado

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 2º Quadrimestre de Caracterização da disciplina Práticas de Ensino de Biologia l NHT

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 2º Quadrimestre de Caracterização da disciplina Práticas de Ensino de Biologia l NHT Código da disciplina: NHT1083-15 Nome da disciplina: Caracterização da disciplina Práticas de Ensino de Biologia l Créditos (T- P-I): Código da turma: Docente(s) responsável(is): (2-1-4) Carga horária:

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM TEATRO DISCIPLINA: INTERPRETAÇÃO TEATRAL II Código: Créditos: 03 Carga Horária: 90h. Pré-requisito:

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE 042 CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS PLANO DE ENSINO CÓDIGO UNIDADE 042 CÓD. CURSO CURSO 42501 COMUNICAÇÃO SOCIAL HAB: JORNALISMO CÓD. DISC. DISCIPLINA ETAPA CHS TEORIA PRÁTICA ANO 340.3451.1 ESTÉTICA E HISTÓRIA DA ARTE 4ª 04 04 1/2009 OBJETIVOS Desenvolver

Leia mais

estudo das cores e as formas formas geométricas.

estudo das cores e as formas formas geométricas. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CEDUC - CENTRO DE EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DA EDUCAÇÃO BÁSICA COLÉGIO DE APLICAÇÃO PLANO BIMESTRAL 1º BIMESTRE DISCIPLINA SÉRIE (S) TURMA (S) Arte

Leia mais

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA MÚSICA

EDUCAÇÃO ARTÍSTICA MÚSICA EDUCAÇÃO ARTÍSTICA MÚSICA 01) Assinale a alternativa CORRETA, no tocante ao ensino da música. A( ) O professor de música deve necessariamente ter o dom musical nato, porque somente assim poderá estar atento

Leia mais

Interpretação e Dizer rimas e lengalengas; Criação e experimentação

Interpretação e Dizer rimas e lengalengas; Criação e experimentação AGRUPAMENTO DE ESCOLAS MARQUÊS DE MARIALVA - CANTANHEDE ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR DO 1.º CEB - ATIVIDADES LÚDICO-EXPRESSIVAS - EXPRESSÃO MUSICAL Planificação Anual 1 e 2º Anos 2015/2016 Blocos

Leia mais

O segundo workshop trata das questões da duração: pulso, métrica, andamento, agógica, sistemas rítmicos.

O segundo workshop trata das questões da duração: pulso, métrica, andamento, agógica, sistemas rítmicos. WorkShow O CÓDIGO MUSICAL Um curso dividido em 5 workshops, para todos - músicos, atores, bailarinos e demais, que pretendam desvendar os segredos da linguagem musical e suas aplicações nos mais diversos

Leia mais

Professor: Filipe Gonzalez Martinez CURSO DE GUITARRA E VIOLÃO INDIVIDUAL OU EM GRUPO

Professor: Filipe Gonzalez Martinez CURSO DE GUITARRA E VIOLÃO INDIVIDUAL OU EM GRUPO Professor: Filipe Gonzalez Martinez CURSO DE GUITARRA E VIOLÃO INDIVIDUAL OU EM GRUPO 2014 RESUMO O projeto Curso de guitarra e violão individual ou em grupo visa proporcionar para os alunos alguns caminhos

Leia mais

Educação Física I OBJETIVOS DE ENSINO

Educação Física I OBJETIVOS DE ENSINO Educação Física I PLANO DE DISCIPLINA COMPONENTE CURRICULAR: Educação Física I CURSO: Técnico em Segurança no Trabalho (Integrado) SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 100 h (120 aulas) DOCENTE: EMENTA Conhecendo

Leia mais

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PARA JOVENS E ADULTOS CEEBJA GUARAPUAVA

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PARA JOVENS E ADULTOS CEEBJA GUARAPUAVA CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA PARA JOVENS E ADULTOS CEEBJA GUARAPUAVA PLANO DE TRABALHO DOCENTE PTD ANO 2 0 1 0 DISCIPLINA: HISTÓRIA ENSINO: FUNDAMENTAL II ( ) MÉDIO ( X) PROFESSOR(A): Rosemari Maia

Leia mais

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos

CONTEÚDO OBJETIVOS ESTRATÉGIAS RECURSOS AVALIAÇÃO. - Roda de música. cantadas - Momentos CUIDAR DE I, DO OUTRO E DO AMBIENTE. CONTEÚDO OBJETIVO ETRATÉGIA RECURO Higiene e cuidado pessoal Reconhecimento do próprio corpo Respeito às características pessoais relacionadas ao gênero, etnia, peso,

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010

Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Ficha de Unidade Curricular 2009/2010 Unidade Curricular Designação Análise do Texto Dramático 2 Área Científica Estudos Performativos Ciclo de Estudos Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre 2º ECTS

Leia mais

A MAGIA DAS LETRAS E.E. PROFº TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Sala 01 / Sessão 1

A MAGIA DAS LETRAS E.E. PROFº TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Sala 01 / Sessão 1 A MAGIA DAS LETRAS E.E. PROFº TEOTÔNIO ALVES PEREIRA Sala 01 / Sessão 1 Professor(es) Apresentador(es): Marcos Vinicius de Andrade Steidle Márika Utiike Realização: Foco O DESAFIO DO TRABALHO INTERDISCIPLINAR:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 DEPARTAMENTO DE ARTES CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA PLANO DE ENSINO Disciplina Metodologia do Ensino da

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL. Plano de Ensino

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL. Plano de Ensino UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE ARTES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Universidade Federal do Espírito Santo Plano de Ensino Campus Goiabeiras Curso: Publicidade e Propaganda Departamento

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: LIBRAS Código da Disciplina: NDC139 Curso: Faculdade de Pedagogia Semestre de oferta da disciplina: 7 período Faculdade responsável: NDC Programa em vigência a partir

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal

Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Alentejo Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal DEPARTAMENTO CURRICULAR DE EXPRESSÕES Critérios de Avaliação Quadriénio 2014/2018

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITOS POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO EDUCACIONAL

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITOS POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO EDUCACIONAL PLANO DE ENSINO Semestre 2017.1 IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DISCIPLINA PRÉ-REQUISITOS EDU126 POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO EDUCACIONAL CURSO DEPARTAMENTO ÁREA Química Educação Política CARGA HORÁRIA T P E 45 PROFESSOR(A)

Leia mais

- Identificar as formas de gestão e de tomadas de decisão dentro da organização escolar

- Identificar as formas de gestão e de tomadas de decisão dentro da organização escolar Disciplina: Gestão e Organização Escolar Código da Disciplina: EDU336 Curso: Pedagogia Período: 6º Faculdade Responsável: Pedagogia Programa em vigência a partir de: 2015 Número de créditos: 05 Horas-aula:

Leia mais

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL

MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL MINISTÉRIO DO ESPORTE SECRETARIA NACIONAL DE ESPORTE, EDUCAÇÃO, LAZER E INCLUSÃO SOCIAL PROGRAMA ESPORTE E LAZER DA CIDADE PELC FORMAÇÃO DE AGENTES SOCIAIS DE ESPORTE E LAZER PROGRAMAÇÃO 1 - IDENTIFICAÇÃO:

Leia mais

Do Espaço Geográfico ao Cinematográfico: Um estudo de caso no Ensino Médio Inovador (ProEMI)

Do Espaço Geográfico ao Cinematográfico: Um estudo de caso no Ensino Médio Inovador (ProEMI) Do Espaço Geográfico ao Cinematográfico: Um estudo de caso no Ensino Médio Inovador (ProEMI) Éricka Araújo Santos UEPB ericka21.araujo@hotmail.com Josandra Araújo Barreto de Melo (Orientadora) UEPB ajosandra@yahoo.com.br

Leia mais